Apoio à Valorização da Diversidade no Acesso e na Permanência na Universidade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apoio à Valorização da Diversidade no Acesso e na Permanência na Universidade"

Transcrição

1 Programa 1377 Educação para a Diversidade e Cidadania Objetivo Combater as desigualdades étnico-racial, de gênero, orientação sexual, geracional, regional e cultural no espaço escolar. Justificativa Público Alvo Alunos de todas as idades, seus familiares e os profissionais da educação Ações Orçamentárias Indicador(es) Indicador em processo de definição Órgão(s) 26 - Ministério da Educação úmero de Ações 11 09CU0000 Apoio à Valorização da Diversidade no Acesso e na Permanência na Universidade Aluno atendido Unidade de Medida: unidade UO: M. da Educação Facilitar a valorização da diversidade através do acesso e permanência na Universidade. Apoio ao acesso e permanência no Ensino Superior para jovens e adultos de grupos específicos, como negros e indígenas, além de alunos de baixa renda egressos de escolas públicas. Para isto, propõe o apoio a alunos dos grupos em foco, por meio do fortalecimento do processo de aprendizagem, por exemplo, mediante reforço escolar, orientação vocacional, cursos pré-vestibulares adaptados para a realidade destes grupos locais, e apoio durante a estada na universidade, desde que sejam especialmente estruturados para a finalidade desta ação. Pretende, com isto, ampliar e solidificar a gama de conhecimentos desses segmentos para que possam acessar a Universidade e ainda contribuir para uma permanência com qualidade de acompanhamento e aprendizagem no Ensino Superior. A execução da ação ocorrerá mediante o estabelecimento de parcerias com instituições governamentais e não-governamentais sem fins lucrativos que atuem com cursos e/ou atividades especialmente estruturados para atenderem à finalidade desta ação, por meio de projetos aprovados. Tipo de Participação UIÃO ESTADOS MUICÍPIOS OUTROS da Execução Composição Orçamentária/ da Ação Data/hora: :49:48 - Usuário: EVM Constituição Federal, art. 1º, incisos II e III, art. 3º, art. 206, inciso I, art. 208 e art º, art º; Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (LDB); Lei nº , de 13 de novembro de 2002; Lei nº , de 9 de janeiro de 2003; Declaração dos Direitos Humanos, 1948; 1

2 Declaração de Durban, 2001; Convenção 169/ OIT; 09CX0000 Apoio a Projetos Educacionais Inovadores Voltados à Educação para Diversidade e Cidadania Projeto apoiado Unidade de Medida: unidade UO: M. da Educação Fomentar projetos educacionais inovadores voltados para a educação para diversidade e cidadania. Assistência técnica, financeira e pedagógica a projetos educacionais que objetivem enfrentar as questões relacionadas à educação para diversidade e cidadania, em suas múltiplas dimensões social, cultural e ambiental, de forma inovadora.os projetos poderão prever, entre outros quesitos: a) elaboração e distribuição e difusão de materiais sobre as temáticas de educação para diversidade e cidadania; b) desenvolvimento de parâmetros curriculares em consonância com a LDB, em seu artigo 26a; c) criação de redes de jovens e adultos de diferentes níveis de ensino, voltadas a ações em suas comunidades de origem; d) estímulo ao protagonismo juvenil no ambiente educacional. Os projetos serão apoiados por meio de convênios com instituições governamentais e não-governamentais, cujos planos de trabalho serão apreciados pelo MEC. Tipo de Participação UIÃO ESTADOS MUICÍPIOS OUTROS da Execução Composição Orçamentária/ da Ação Data/hora: :51:28 - Usuário: EVM Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (LDB); Parecer CEB/CE nº 15, de 1 de junho de 1998 e Resolução CEB/CE nº 03, de 26 de junho de 1998; Parecer CEB/CE nº 36, de 4 de dezembro de 2001e Resolução CEB/CE nº 01, de 3 de abril de 2002; Lei nº , de 13 de novembro de 2002; Lei nº , de 09 de janeiro de ED0000 Concessão de Prêmio para Monografias sobre Educação para Diversidade e Cidadania monografia selecionada Unidade de Medida: unidade UO: FDE Apoiar e incentivar permanentemente a produção de monografias sobre educação para diversidade e cidadania, valorizando a diversidade em suas múltiplas dimensões dentro e a partir da escola, por meio de concursos nacionais. Cadastramento, seleção, publicação e divulgação de monografias sobre questões ambientais, étnico-raciais, de gênero, orientação sexual e diferenças culturais. 2

3 Estabelecimento de parcerias com instituições governamentais e não-governamentais, de acordo com as diretrizes estabelecidas para execução da ação. Tipo de Participação UIÃO ESTADOS MUICÍPIOS OUTROS da Execução Composição Orçamentária/ da Ação Data/hora: :06:59 - Usuário: EVM Constituição Federal, art. 1º, incisos II e III e art. 3º, 1988; Lei º de 1995; Lei º de 1996 (LDB); Lei de 14 de abril de 2004; Decreto 4229 de 13 de maio de 2002; Portaria 66 de 12 de maio de 2003; Resolução º 016 de 19 de novembro de 2003; Declaração dos Direitos Humanos, EL0000 Apoio a Atividades Educacionais de Valorização da Diversidade no Espaço Escolar Aluno beneficiado Unidade de Medida: unidade UO: FDE Apoiar a implementação de ações educativas complementares que visem o acesso, o reingresso e a permanência de alunos ao sistema educacional, que enfrentem as diferentes formas de violências na escola, bem como a participação da família na melhoria da freqüência e desempenho escolar dos alunos. Realização de atividades em outro período que não o das aulas regulares, de cunho artístico, cultural, esportivo, de reforço do conteúdo escolar, de orientação vocacional, entre outros. Estas atividades podem abordar educação sexual, educação para a saúde, entre outras, constituindo-se em instrumentos para o enfrentamento das diferentes formas de expressão das violências na escola e para a valorização da diversidade, em suas múltiplas dimensões, dentro e a partir da escola. 3

4 Por meio de convênios com instituições governamentais e não-governamentais, de acordo com as diretrizes estabelecidas para execução da ação. Constituição Federal, art. 225; Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (LDB). Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente). 09EM0000 Apoio ao Desenvolvimento de Atividades Educacionais, Culturais e de Lazer em Escolas Abertas nos Finais de Semana Escola apoiada Unidade de Medida: unidade UO: FDE Contribuir para a transformação da escola em um ambiente mais atuante e presente na vida dos estudantes, professores e comunidade, mediante a implementação de ações educativas nos finais de semana objetivando tornar a escola um espaço integrador, trazendo para ela não somente as crianças, os adolescentes e os jovens - particularmente estudantes da educação básica e da modalidade jovens e adultos das escolas públicas -, mas também a família, valorizando o processo de escolarização, transformando a relação escola-vizinhança, incentivando sua integração e criando as bases de uma cultura da paz e promoção de convivência que valorize a diversidade local, em suas múltiplas dimensões dentro e fora da escola; promover maior diálogo, cooperação e participação entre os alunos, pais e equipe de profissionais que atuam nas escolas públicas de educação básica. Abertura das escolas nos finais de semana, como estratégia para oferecer espaço alternativo para o desenvolvimento de atividades complementares às ações educacionais, que proporcionem oportunidades de acesso à cultura, ao esporte, à arte e ao lazer aos alunos da educação básica das escolas públicas e seus familiares. Será executada em articulação com o Ministério do Trabalho e Emprego e o Ministério da Cultura e, em parceria com órgãos estaduais e municipais, ou outras organizações interessadas em participar da implementação da ação, mediante assistência financeira integral ou parcial do FDE/MEC, condicionada à apresentação de planos de trabalho por parte das instituições governamentais ou não-governamentais, ou ainda, de forma indireta por intermédio de organismos internacionais. Esta ação será implementada pela Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC) e pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECAD/MEC) Fundo acional de Desenvolvimento da Educação Estabelecimento de parcerias com sistemas de ensino, instâncias governamentais, bem como com a sociedade civil e instituições não-governamentais, mediante a aprovação de projetos podendo, em alguns casos, ocorrer o estabelecimento de outras parcerias para implementação de outras ações, criando vários desdobramentos inclusive com organismos internacionais. Tipo de Participação UIÃO ESTADOS MUICÍPIOS OUTROS da Execução Composição Orçamentária/ da Ação Data/hora: :07:58 - Usuário: EVM Constituição Federal, Artigos 205, 208, 225 e 227; 4

5 Lei nº , de 9 de janeiro de 2001 (Plano acional de Educação); Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (LDB). Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente); 09HR0000 Apoio à Distribuição de Material Didático-Pedagógico sobre Educação para Diversidade e Cidadania Material distribuído Unidade de Medida: unidade UO: FDE Apoiar a produção, distribuição e difusão de materiais didático-pedagógicos com conteúdos e atividades que possam ser desenvolvidas em sala de aula, auxiliar o professor no desenvolvimento de sua prática pedagógica e/ou ampliar o acervo de publicações da escola sobre questões referentes à valorização da diversidade dentro e a partir da escola. Apoio financeiro às instituições governamentais e não-governamentais na produção, distribuição e difusão de materiais voltados para questões étnico-raciais, de gênero, orientação sexual e diferenças culturais, em todos os níveis de educação. Estabelecimento de parcerias com instituições governamentais e não-governamentais, de acordo com as diretrizes estabelecidas para execução da ação. Tipo de Participação UIÃO ESTADOS MUICÍPIOS OUTROS da Execução Composição Orçamentária/ da Ação Data/hora: :08:49 - Usuário: EVM Constituição Federal art. 1º, incisos II e III, art. 3º e art.225, 1988; Lei º de 1995; Lei º de 1996 (LDB); Lei nº 9.795, de 27 de abril de 1999; Lei nº , de 9 de janeiro de 2001 Decreto nº 4.281, de 25 de junho de 2002; Decreto 4229 de 13 de maio de 2002; Portaria 66 de 12 de maio de 2003; Resolução º 016 de 19 de novembro de 2003; Parâmetros Curriculares acionais Temas Transversais; Declaração dos Direitos Humanos,

6 09HS0000 Apoio à Qualificação de Profissionais da Educação em Educação para Diversidade e Cidadania Profissional qualificado Unidade de Medida: unidade UO: FDE Apoiar a qualificação de profissionais em educação (gestores, professores, servidores e profissionais que lidam com a área de educação, inclusive do MEC) com relação às questões de valorização da diversidade, em suas múltiplas dimensões, dentro da Educação. Atividades de formação e/ou capacitação de profissionais em educação, pertencentes aos níveis federal, estadual e municipal, tais como fóruns, encontros, palestras, seminários ou oficinas com a participação de especialistas de reconhecido saber sobre o tema, enfocando especialmente a diversidade em suas múltiplas dimensões, visando auxiliar os profissionais de educação em sua prática pedagógica e atuação política pela valorização da diversidade dentro e a partir da escola, em todos os níveis educacionais. Estabelecimento de parcerias com os sistemas de ensino estaduais e municipais, com Instituições de Ensino Superior, organizações não-governamentais sem fins lucrativos e com o Ministério do Meio Ambiente e outros, de acordo com as diretrizes estabelecidas para execução do plano. Constituição Federal art. 1º, incisos II e III, art. 3º e art.225, 1988; Lei º 8.069/90; Lei º de 1995; Lei º de 1996 (LDB); Lei nº 9.795, de 27 de abril de 1999; Lei nº , de 9 de janeiro de 2001; Decreto nº de 13 de maio de 2002; Decreto nº 4.281, de 25 de junho de 2002; Portaria 66 de 12 de maio de 2003; Resolução º 016 de 19 de novembro de 2003; Parâmetros Curriculares acionais Temas Transversais; Apoio à Educação do Campo Escola atendida Unidade de Medida: unidade UO: FDE Melhorar a qualidade da educação do campo, em todos os níveis de escolaridade, tendo por base as Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas Escolas do Campo. Apoio à educação do campo, em todos os níveis de escolaridade, segundo as Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas Escolas do Campo, com destinação de recursos, apoio técnico e outros subsídios, dando especial atenção às demandas específicas e diferenças entre as populações campesinas tais como ribeirinhos, pescadores, pequenos agricultores familiares, assentados, caiçaras, extrativistas, dentre outros. Estabelecimento de parcerias com instituições governamentais e não-governamentais para fornecimento de recursos, apoio técnico e outros subsídios nos municípios. Tipo de Participação UIÃO ESTADOS MUICÍPIOS OUTROS 6

7 da Execução Composição Orçamentária/ da Ação Data/hora: :09:40 - Usuário: EVM Constituição Federal, art. 208; Lei nº 9.394, de 20/12/1996, art. 4º (LDB); Parecer CEB/CE nº 36, de 04/12/2001 Resolução CEB/CE nº01, de 03/04/2002 (Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas Escolas do Campo) Gestão e Administração do Programa Produto: - Unidade de Medida: - UO: M. da Educação Constituir um centro de custos administrativos dos programas, agregando as despesas que não são passíveis de apropriação em ações finalísticas do próprio programa. Essas despesas compreendem: serviços administrativos; pessoal ativo; manutenção e uso de frota veicular, própria ou de terceiros por órgãos da União; manutenção e conservação de imóveis próprios da União, cedidos ou alugados, utilizados pelos órgãos da União; tecnologia da informação, sob a ótica meio, incluindo o apoio ao desenvolvimento de serviços técnicos e administrativos; despesas com viagens e locomoção (aquisição de passagens, pagamento de diárias e afins); sistemas de informações gerenciais internos; estudos que tem por objetivo elaborar, aprimorar ou dar subsídios à formulação de políticas públicas; promoção de eventos para discussão, formulação e divulgação de políticas, etc; produção e edição de publicações para divulgação e disseminação de informações sobre políticas públicas e demais atividades-meio necessárias à gestão e administração do programa. 7

Indicador(es) Órgão(s) 26 - Ministério da Educação

Indicador(es) Órgão(s) 26 - Ministério da Educação Programa úmero de Ações 13 1060 Brasil Alfabetizado e Educação de Jovens e Adultos Objetivo Indicador(es) Garantir acesso e permanência de jovens e adultos a programas educacionais que visam atender as

Leia mais

Fornecimento de Óculos para Alunos Portadores de Deficiência Visual

Fornecimento de Óculos para Alunos Portadores de Deficiência Visual Programa 1060 Brasil Alfabetizado Objetivo Criar oportunidade de alfabetização a todos os jovens e adultos Justificativa De acordo com o Censo de 2000 do IBGE, 13,6% da população de 15 anos e mais é analfabeta.

Leia mais

Implantação do Sistema Nacional de Aprovação Técnica

Implantação do Sistema Nacional de Aprovação Técnica Programa 0810 Qualidade e Produtividade do Habitat - PBQP-H Objetivo Elevar os patamares da qualidade e produtividade da construção civil, por meio da criação e implantação de mecanismos de modernização

Leia mais

Apoio à Implantação do 4º Ano Vocacional no Ensino Médio

Apoio à Implantação do 4º Ano Vocacional no Ensino Médio Programa 1066 Escola Básica Ideal Objetivo Oferecer atendimento integral e de qualidade em escolas de Educação Básica modelares e de referência Justificativa Público Alvo Crianças, adolescentes, jovens

Leia mais

Indicador(es) Órgão(s) 52 - Ministério da Defesa

Indicador(es) Órgão(s) 52 - Ministério da Defesa Programa 0630 Desenvolvimento da Aviação Civil Objetivo Promover o desenvolvimento do Sistema de Aviação Civil brasileiro a fim de melhorar a qualidade da prestação dos serviços oferecidos pelos elos componentes

Leia mais

Incentivar a comunidade escolar a construir o Projeto político Pedagógico das escolas em todos os níveis e modalidades de ensino, adequando o

Incentivar a comunidade escolar a construir o Projeto político Pedagógico das escolas em todos os níveis e modalidades de ensino, adequando o SELO DE EDUCAÇÃO PARA IGUALDADE RACIAL ANEXO 1: METAS NORTEADORAS DO PLANO NACIONAL DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS E PARA O ENSINO DE HISTÓRIA E CULTURA

Leia mais

Capacitação de Recursos Humanos em Pesquisa e Desenvolvimento para o Setor de Tecnologia da Informação (CT-Info)

Capacitação de Recursos Humanos em Pesquisa e Desenvolvimento para o Setor de Tecnologia da Informação (CT-Info) Programa 0465 Sociedade da Informação Objetivo Universalizar o acesso e a inclusão de todos os brasileiros na sociedade da informação Justificativa Público Alvo Produtores e usuários do conhecimento, empresas

Leia mais

Base Legal da Ação Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 e Lei nº 9.717, de 27 de novembro de 1998.

Base Legal da Ação Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 e Lei nº 9.717, de 27 de novembro de 1998. 0089 - Previdência de Inativos e Pensionistas da União 0181 - Pagamento de Aposentadorias e Pensões - Servidores Civis Tipo: Operações Especiais Número de Ações 1 Pagamento de proventos oriundos de direito

Leia mais

PROJETO ESCOLA DE FÁBRICA

PROJETO ESCOLA DE FÁBRICA PROJETO APRESENTAÇÃO O projeto Escola de Fábrica é uma iniciativa do Governo Federal, através do e da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, que pretende possibilitar a inclusão social de jovens

Leia mais

ANEXO 1. Programas e Ações do Ministério da Educação - MEC. 1. Programas e Ações da Secretaria da Educação Básica SEB/2015

ANEXO 1. Programas e Ações do Ministério da Educação - MEC. 1. Programas e Ações da Secretaria da Educação Básica SEB/2015 ANEXO 1 Programas e Ações do Ministério da Educação - MEC 1. Programas e Ações da Secretaria da Educação Básica SEB/2015 Docência em Educação Infantil A oferta de curso integra a política nacional de formação

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 928, DE 2011 (Do Sr. Paulo Wagner)

PROJETO DE LEI N.º 928, DE 2011 (Do Sr. Paulo Wagner) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 928, DE 2011 (Do Sr. Paulo Wagner) Dispõe sobre o Programa Escola Aberta nas escolas públicas urbanas de educação básica. DESPACHO: APENSE-SE À(AO) PL-7157/2010.

Leia mais

ANEXO I. PROGRAMA 2064 PROMOÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS Código do Programa no SICONV: 2012120140009 RECURSOS DO FUNDO NACIONAL DO IDOSO FNI

ANEXO I. PROGRAMA 2064 PROMOÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS Código do Programa no SICONV: 2012120140009 RECURSOS DO FUNDO NACIONAL DO IDOSO FNI ANEXO I PROGRAMA 2064 PROMOÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS Código do Programa no SICONV: 2012120140009 RECURSOS DO FUNDO NACIONAL DO IDOSO FNI CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CARACTERÍSTICAS DA PROPOSTA:

Leia mais

Indicador(es) Órgão(s) 54 - Ministério do Turismo

Indicador(es) Órgão(s) 54 - Ministério do Turismo Programa 1163 Brasil: Destino Turístico Internacional Objetivo Aumentar o fluxo de turistas estrangeiros no País Justificativa Devemos criar uma estratégia bem estruturada de inserção internacional do

Leia mais

COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 522, DE 2014

COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 522, DE 2014 COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 522, DE 2014 Redação do vencido, para o turno suplementar, do Substitutivo do Senado ao Projeto de Lei da Câmara nº 90, de 2013 (nº 757, de 2011, na Casa de origem). A Comissão

Leia mais

Prazo Limite de envio da Proposta ( informações atualizadas em 31/05/2012)

Prazo Limite de envio da Proposta ( informações atualizadas em 31/05/2012) ACESSE A PÁGINA DO SICOV PARA MAIORES DETALHES: https://www.convenios.gov.br/siconv/programa/listarchamamentopublico/listarchamamentopublico.do?op=disp Código do Programa Projetos referentes aos saberes,

Leia mais

Fórum Estadual de Educação PR Plano Nacional de Educação PNE 2011/2020

Fórum Estadual de Educação PR Plano Nacional de Educação PNE 2011/2020 Fórum Estadual de Educação PR Plano Nacional de Educação PNE 2011/2020 Sessão de Debate Regional Sudoeste, 01/07/2011 UTFPR Campus Pato Branco Região: Sudoeste Cidade: Pato Branco Data do debate: 01-07-2011

Leia mais

PATRULHA JUVENIL DE GARÇA

PATRULHA JUVENIL DE GARÇA Rua Baden Powell, 451 Telefone: (14) 3471-1630 / 3471-1816 CEP 17400-000 Garça - S P Fundada em 26 de Setembro de 1972 CNPJ 47.645.809/0001-34 Isenta de Contribuições Sociais conforme Decreto nº 3.048

Leia mais

METAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

METAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL METAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Meta 01. Universalizar, até 2016, o atendimento escolar da população de 04 a 5 anos de idade e ampliar, a oferta de educação infantil em creches de forma a atender a 50% da população

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 047 DE 20 DE SETEMBRO DE 2007

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 047 DE 20 DE SETEMBRO DE 2007 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 047 DE 20 DE SETEMBRO DE 2007 Alterar a Resolução CD/FNDE nº 29, de 20 de julho de 2007,

Leia mais

Implantação de Rede de Identificação e Localização de Crianças e Adolescentes Desaparecidos

Implantação de Rede de Identificação e Localização de Crianças e Adolescentes Desaparecidos Programa úmero de Ações 12 0153 Promoção e Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente Objetivo Indicador(es) Promover a ampla defesa jurídico-social de crianças e adolescentes Taxa de Municípios com

Leia mais

TOR/SECAD/FNDE/MEC Nº 02 /2010

TOR/SECAD/FNDE/MEC Nº 02 /2010 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO - TOR/SECAD/FNDE/MEC Nº 02 /2010 1. Número e Título do

Leia mais

RESOLUÇÃO CEB Nº 3, DE 26 DE JUNHO DE 1998

RESOLUÇÃO CEB Nº 3, DE 26 DE JUNHO DE 1998 RESOLUÇÃO CEB Nº 3, DE 26 DE JUNHO DE 1998 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio O Presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação, de conformidade

Leia mais

IMPLANTANDO O ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS NA REDE ESTADUAL DE ENSINO

IMPLANTANDO O ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS NA REDE ESTADUAL DE ENSINO ORIENTAÇÕES PARA A GARANTIA DO PERCURSO ESCOLAR DO ALUNO NA CONVIVÊNCIA DOS DOIS REGIMES DE ENSINO: ENSINO FUNDAMENTAL COM DURAÇÃO DE OITO ANOS E ENSINO FUNDAMENTAL COM DURAÇÃO DE NOVE ANOS. IMPLANTANDO

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PARATY INSTITUTO C&A DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL ASSOCIAÇÃO CASA AZUL

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PARATY INSTITUTO C&A DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL ASSOCIAÇÃO CASA AZUL SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PARATY INSTITUTO C&A DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL ASSOCIAÇÃO CASA AZUL EDITAL CONCURSO ESCOLA DE LEITORES PARATY - RJ 2009/2010 OBJETO: Seleção de projetos para o Concurso

Leia mais

Educação em Direitos Humanos Extensão

Educação em Direitos Humanos Extensão Código / Área Temática Direitos Humanos Código / Nome do Curso Etapa de ensino a que se destina Educação em Direitos Humanos Extensão QUALQUER ETAPA DE ENSINO Nível do Curso Extensão Objetivo O objetivo

Leia mais

Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2012

Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2012 Programa 2120 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério do Desenvolvimento Agrário 00H1 - Pagamento de Pessoal Ativo da União Tipo: Operações Especiais Número de Ações 23 Garantir o pagamento de

Leia mais

Violências no Ambiente Escolar. Coordenação-Geral de Direitos Humanos - DEIDHUC/SECAD/MEC

Violências no Ambiente Escolar. Coordenação-Geral de Direitos Humanos - DEIDHUC/SECAD/MEC Violências no Ambiente Escolar Coordenação-Geral de Direitos Humanos - DEIDHUC/SECAD/MEC Violências no Ambiente Escolar Pensar as diversas formas de violências nas escolas significa considerar o quanto

Leia mais

MUNICÍPIO DE BOM PRINCÍPIO Estado do Rio Grande do Sul

MUNICÍPIO DE BOM PRINCÍPIO Estado do Rio Grande do Sul ANEXO III DESCRIÇÃO DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS DO MAGISTÉRIO CARGO: COORDENADOR DO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO DA EDUCAÇÃO INFANTIL Coordenar as atividades específicas da área, participando do planejamento e

Leia mais

Educação Integral Desafios para a implementação

Educação Integral Desafios para a implementação Educação Integral Desafios para a implementação Educação Integral: uma demanda da sociedade Enfrentamento da desigualdade social: Garantia de direitos Ampliação das redes de proteção para crianças e adolescentes

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000 GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000 GABINETE DO PREFEITO LEI Nº. 277/2007. CEP: 5.50-000 Institui o Programa Casa da Família e dá outras providências. A Câmara Municipal aprovou e eu, Prefeito do Município de Pilões, sanciono e promulgo a seguinte lei: Art.

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 321, DE 2014

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 321, DE 2014 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 321, DE 2014 Altera a Lei n 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para definir critérios de mérito no processo de gestão

Leia mais

PORTARIA SMED N 073/2012. Dispõe sobre a transferência e utilização de recursos financeirosàs Caixas Escolares da Rede Municipal de Educação.

PORTARIA SMED N 073/2012. Dispõe sobre a transferência e utilização de recursos financeirosàs Caixas Escolares da Rede Municipal de Educação. PORTARIA SMED N 073/2012 Dispõe sobre a transferência e utilização de recursos financeirosàs Caixas Escolares da Rede Municipal de Educação A Secretária Municipal de Educação, no uso de suas atribuições

Leia mais

Ações do Ministério da Educação no enfrentamento ao Trabalho Infantil

Ações do Ministério da Educação no enfrentamento ao Trabalho Infantil MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão Diretoria de Políticas de Educação em Direitos Humanos e Cidadania Ações do Ministério da Educação no enfrentamento

Leia mais

Bacharelado em Educação Física

Bacharelado em Educação Física Bacharelado em Educação Física Estágio Curricular O Estágio Curricular possivelmente seja uma das mais ricas experiências do acadêmico que optou pelo Curso de Bacharelado em Educação Física. As situações

Leia mais

ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAO PESSOA Secretaria Municipal de Planejamento EXERCÍCIO: 20 ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ÓRGÃO: Projeto/Atividade Objetivo Denominação da Meta Unid.

Leia mais

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS 1. Assegurar, em regime de colaboração, recursos necessários para a implementação de políticas de valorização

Leia mais

EDITAL Nº 001/2013 TERMO DE REFERÊNCIA N 007 PROJETO PNUD BRA/05/021 PERFIL 007

EDITAL Nº 001/2013 TERMO DE REFERÊNCIA N 007 PROJETO PNUD BRA/05/021 PERFIL 007 EDITAL Nº 001/2013 TERMO DE REFERÊNCIA N 007 PROJETO PNUD BRA/05/021 PERFIL 007 1. Função no Projeto Produzir informe técnico com recomendações sobre alternativas de financiamento para empreendedorismo

Leia mais

Pedagogia Estácio FAMAP

Pedagogia Estácio FAMAP Pedagogia Estácio FAMAP # Objetivos Gerais: O Curso de Graduação em Pedagogia da Estácio FAMAP tem por objetivo geral a formação de profissionais preparados para responder às diferenciadas demandas educativas

Leia mais

Integração do Rio São Francisco com as Bacias dos Rios Paraíba, Moxotó e Ipojuca (Eixo Leste)

Integração do Rio São Francisco com as Bacias dos Rios Paraíba, Moxotó e Ipojuca (Eixo Leste) Programa 1036 Integração de Bacias Hidrográficas Objetivo Integrar os recursos hídricos nas bacias com baixa disponibilidade de água, aumentando a oferta de água nessas bacias Justificativa Público Alvo

Leia mais

PRONATEC. Fomenta as redes estaduais de EPT por intermédio do Brasil Profissionalizado;

PRONATEC. Fomenta as redes estaduais de EPT por intermédio do Brasil Profissionalizado; PRONATEC Criado em 26 de Outubro de 2011 com a sanção da Lei nº 12.513/2011, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) será executado pela União com a finalidade de ampliar a

Leia mais

Resolução nº 30/CONSUP/IFRO, de 03 de outubro de 2011.

Resolução nº 30/CONSUP/IFRO, de 03 de outubro de 2011. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA CONSELHO SUPERIOR Resolução nº 30/CONSUP/IFRO, de 03 de outubro

Leia mais

CENSO ESCOLAR EDUCACENSO O ITEM COR/RAÇA NO CENSO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA

CENSO ESCOLAR EDUCACENSO O ITEM COR/RAÇA NO CENSO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO GERAL DO CENSO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA CENSO ESCOLAR

Leia mais

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP Regulamento do Curricular Supervisionado do Curso de Graduação em Pedagogia - Licenciatura Faculdade de

Leia mais

Esfera: 10 Função: 12 - Educação Subfunção: 367 - Educação Especial UO: 26298 - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

Esfera: 10 Função: 12 - Educação Subfunção: 367 - Educação Especial UO: 26298 - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Programa 1374 Desenvolvimento da Educação Especial Numero de Ações 16 Ações Orçamentárias 0511 Apoio ao Desenvolvimento da Educação Especial Produto: Projeto apoiado UO: 26298 - Fundo Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2012 SPM/PR

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2012 SPM/PR PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2012 SPM/PR A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República SPM/PR torna público

Leia mais

PROGRAMA DE APREDIZAGEM NO IFRN

PROGRAMA DE APREDIZAGEM NO IFRN MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA DE APREDIZAGEM NO IFRN

Leia mais

ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DA INFANCIA E JUVENTUDE

ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DA INFANCIA E JUVENTUDE 1 1. TÍTULO: Programa de Estágio para Alunos do Ensino Médio nas Promotorias de Justiça do Ministério Público do Estado do Pará. 2. IDENTIFICAÇÃO Ministério Público do Estado do Pará, CNPJ 05054960/0001-58,

Leia mais

PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Proposta de ações para elaboração do Plano Estadual da Pessoa com Deficiência Objetivo Geral: Contribuir para a implementação

Leia mais

Lei nº 12.796 de 04/04/2013

Lei nº 12.796 de 04/04/2013 O governo federal publicou nesta sexta-feira (5), no Diário Oficial da União, a lei número 12.796 que altera a lei que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Como novidade, o texto muda

Leia mais

EDITAL 001/2016 APRESENTAÇÃO. A Fundação Municipal de Educação (FME), considerando o

EDITAL 001/2016 APRESENTAÇÃO. A Fundação Municipal de Educação (FME), considerando o EDITAL 001/2016 EDITAL PARA APOIO A PROJETOS EDUCACIONAIS FORMULADOS POR UNIDADES E/OU PROFISSIONAIS DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, COM O OBJETIVO DE APRIMORAR A QUALIDADE DOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM

Leia mais

1- Apoiar a construção coletiva e a implementação do Plano Municipal de Educação. 2 - Educação Inclusiva

1- Apoiar a construção coletiva e a implementação do Plano Municipal de Educação. 2 - Educação Inclusiva Atingir as metas estabelecidas no Plano Municipal de Educação Projeto do Plano Municipal de Educação Conferência Municipal de Educação Projeto realizado Conferência realizada Elaborar o Plano Municipal

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO

DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO Ações de Inclusão Social e de Combate à Pobreza Modelo Próprio de Desenvolvimento Infra-estrutura para o Desenvolvimento Descentralizado Transparência na Gestão

Leia mais

PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC

PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC Dados da Instituição Razão Social Esfera Administrativa Site de Instituição Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ITABORAÍ ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CÂMARA MUNICIPAL DE ITABORAÍ ESTADO DO RIO DE JANEIRO CÂMARA MUNICIPAL DE ITABORAÍ ESTADO DO RIO DE JANEIRO Meta 4: universalizar, para a população de 4 (quatro) a 17 (dezessete) anos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades

Leia mais

Capacitação para o Desenvolvimento Sustentável na Amazônia

Capacitação para o Desenvolvimento Sustentável na Amazônia Programa 0502 Amazônia Sustentável Objetivo Promover o desenvolvimento da Amazônia, mediante o uso sustentável de seus recursos naturais. Indicador(es) Número de Ações 9 Taxa de participação de produtos

Leia mais

2122 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

2122 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Programa 2122 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Número de Ações 13 00M1 - Benefícios Assistenciais decorrentes do Auxílio-Funeral e Natalidade Tipo:

Leia mais

RESOLUÇÃO CNAS Nº 13, DE 13 DE MAIO DE 2014.

RESOLUÇÃO CNAS Nº 13, DE 13 DE MAIO DE 2014. RESOLUÇÃO CNAS Nº 13, DE 13 DE MAIO DE 2014. Inclui na Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais, aprovada por meio da Resolução nº 109, de 11 de novembro de 2009, do Conselho Nacional de Assistência

Leia mais

INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE X ENSINO MÉDIO: INTERVENÇÃO MULTIDISCIPLINAR EM ADMINITRAÇÃO, INFORMÁTICA E EDUCAÇÃO.

INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE X ENSINO MÉDIO: INTERVENÇÃO MULTIDISCIPLINAR EM ADMINITRAÇÃO, INFORMÁTICA E EDUCAÇÃO. INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE X ENSINO MÉDIO: INTERVENÇÃO MULTIDISCIPLINAR EM ADMINITRAÇÃO, INFORMÁTICA E EDUCAÇÃO. Grupo PET Administração Universidade Federal de Lavras UFLA Resumo Os jovens formam o conjunto

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/FNDE/CD/N 48 DE 28 DE NOVEMBRO DE 2008.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/FNDE/CD/N 48 DE 28 DE NOVEMBRO DE 2008. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/FNDE/CD/N 48 DE 28 DE NOVEMBRO DE 2008. Estabelece orientações para a apresentação, seleção e apoio

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Secretaria-Executiva. Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Secretaria-Executiva. Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto TERMO DE REFERÊNCIA Projeto Agência: PNUD

Leia mais

Conheça as 20 metas aprovadas para o Plano Nacional da Educação _PNE. Decênio 2011 a 2021. Aprovado 29/05/2014

Conheça as 20 metas aprovadas para o Plano Nacional da Educação _PNE. Decênio 2011 a 2021. Aprovado 29/05/2014 Conheça as 20 metas aprovadas para o Plano Nacional da Educação _PNE Decênio 2011 a 2021. Aprovado 29/05/2014 Meta 1 Educação Infantil Universalizar, até 2016, o atendimento escolar da população de 4 e

Leia mais

Resoluções sobre Financiamento das três edições da Conferência Nacional do Esporte

Resoluções sobre Financiamento das três edições da Conferência Nacional do Esporte SEMINÁRIO NACIONAL DO ESPORTE EM CONSTRUÇÃO: SISTEMAS PÚBLICOS NACIONAIS E MODELOS ESPORTIVOS INTERNACIONAIS Resoluções sobre Financiamento das três edições da Conferência Nacional do Esporte Prof. Dr.

Leia mais

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS UNIÃO 1

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS UNIÃO 1 EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS Tendo em vista a construção do PNE e do SNE como política de Estado, são apresentadas, a seguir, proposições e estratégias, indicando

Leia mais

DELIBERAÇÃO Nº 02/2015-CEE/PR. Dispõe sobre as Normas Estaduais para a Educação em Direitos Humanos no Sistema Estadual de Ensino do Paraná.

DELIBERAÇÃO Nº 02/2015-CEE/PR. Dispõe sobre as Normas Estaduais para a Educação em Direitos Humanos no Sistema Estadual de Ensino do Paraná. DELIBERAÇÃO Nº 02/2015-CEE/PR Dispõe sobre as Normas Estaduais para a Educação em Direitos Humanos no Sistema Estadual de Ensino do Paraná. Curitiba Abril de 2015 EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS DELIBERAÇÃO

Leia mais

CONSELHO ESCOLAR QUAL A LEGISLAÇÃO QUE SUSTENTA OS CONSELHOS ESCOLARES?

CONSELHO ESCOLAR QUAL A LEGISLAÇÃO QUE SUSTENTA OS CONSELHOS ESCOLARES? CONSELHO ESCOLAR QUAL A LEGISLAÇÃO QUE SUSTENTA OS CONSELHOS Há toda uma legislação educacional, definida pelos espaços parlamentares competentes, influenciados pelos movimentos sociais organizados, que

Leia mais

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 1. Contexto Roteiro 2. Por que é preciso desenvolvimento de capacidades no setor

Leia mais

Estudos para Reorganização do Setor Elétrico

Estudos para Reorganização do Setor Elétrico Programa 0276 Gestão da Política de Energia Objetivo Apoiar o planejamento, avaliação e controle dos programas na área de energia. Público Alvo Governo Ações Orçamentárias Indicador(es) Órgão(s) 32 - Ministério

Leia mais

LEI Nº 6559 DE 16 DE OUTUBRO DE 2013. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL DO IDOSO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

LEI Nº 6559 DE 16 DE OUTUBRO DE 2013. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL DO IDOSO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LEI Nº 6559 DE 16 DE OUTUBRO DE 2013. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL DO IDOSO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de

Leia mais

MELHORIA DA INFRAESTRUTURA FÍSICA ESCOLAR

MELHORIA DA INFRAESTRUTURA FÍSICA ESCOLAR MELHORIA DA INFRAESTRUTURA FÍSICA ESCOLAR Este projeto visa investir na melhoria da infraestrutura escolar, por meio de construção, ampliação e reforma, bem como dotá-las com equipamentos e mobiliários

Leia mais

Organização Curricular e o ensino do currículo: um processo consensuado

Organização Curricular e o ensino do currículo: um processo consensuado Organização Curricular e o ensino do currículo: um processo consensuado Andréa Pereira de Souza Gestora da Formação Permanente na Secretaria Municipal de Educação do município de Mogi das Cruzes. Cintia

Leia mais

JOVEM HOMOSSEXUAL substituir por JOVENS GAYS, LÉSBICAS, BISSEXUAIS E TRANSGÊNEROS (GLBT) ou por JUVENTUDE E DIVERSIDADE SEXUAL

JOVEM HOMOSSEXUAL substituir por JOVENS GAYS, LÉSBICAS, BISSEXUAIS E TRANSGÊNEROS (GLBT) ou por JUVENTUDE E DIVERSIDADE SEXUAL JOVEM HOMOSSEXUAL substituir por JOVENS GAYS, LÉSBICAS, BISSEXUAIS E TRANSGÊNEROS (GLBT) ou por JUVENTUDE E DIVERSIDADE SEXUAL OBJETIVOS E METAS 1. Prover apoio psicológico, médico e social ao jovem em

Leia mais

11. EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

11. EDUCAÇÃO PROFISSIONAL 11. EDUCAÇÃO PROFISSIONAL A educação profissional no Brasil já assumiu diferentes funções no decorrer de toda a história educacional brasileira. Até a promulgação da atual LDBEN, a educação profissional

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 015/2015, DE 29 DE ABRIL DE 2015.

PROJETO DE LEI Nº 015/2015, DE 29 DE ABRIL DE 2015. PROJETO DE LEI Nº 015/2015, DE 29 DE ABRIL DE 2015. Aprova o Plano Municipal de Educação, para o próximo decênio e dá outras providências. CLAIRTON PASINATO, Prefeito Municipal de Cacique Doble, Estado

Leia mais

PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO 2012

PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO 2012 PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO 2012 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 3 CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO 5 CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO 7 CAPACITAÇÃO

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 21.624/2015

PROJETO DE LEI Nº 21.624/2015 PROJETO DE LEI Nº 21.624/2015 Institui o Projeto Estadual de Auxílio Permanência aos estudantes em condições de vulnerabilidade socioeconômica das Universidades Públicas Estaduais da Bahia e dá outras

Leia mais

Carta de Princípios dos Adolescentes e Jovens da Amazônia Legal

Carta de Princípios dos Adolescentes e Jovens da Amazônia Legal Carta de Princípios dos Adolescentes e Jovens da Amazônia Legal A infância, adolescência e juventude são fases fundamentais no desenvolvimento humano e na formação futura dos cidadãos. No plano social,

Leia mais

Presidência da República Secretaria Especial dos Direitos Humanos Subsecretaria de Promoção e Defesa e Defesa dos Direitos Humanos

Presidência da República Secretaria Especial dos Direitos Humanos Subsecretaria de Promoção e Defesa e Defesa dos Direitos Humanos AVISO DE CHAMAMENTO PÚBLICO (publicado no Diário Oficial da União, Seção 3, em 2 de maio de 2008) SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS PARA A CRIAÇÃO E/OU FORTALECIMENTO INSTITUCIONAL DE

Leia mais

ILUMINADO DE AMARELO PROPOSTA DO FÓRUM PARANAENSE, INCORPORADA NA DISCUSSÃO DO FÓRUM EJA/RJ DE 17/6/2013

ILUMINADO DE AMARELO PROPOSTA DO FÓRUM PARANAENSE, INCORPORADA NA DISCUSSÃO DO FÓRUM EJA/RJ DE 17/6/2013 LEGENDA: EM VERMELHO O QUE INCLUÍMOS NO FÓRUM EJA / RJ DE 17/6/2013 ILUMINADO DE AMARELO PROPOSTA DO FÓRUM PARANAENSE, INCORPORADA NA DISCUSSÃO DO FÓRUM EJA/RJ DE 17/6/2013 ILUMINADO DE VERDE PROPOSTA

Leia mais

RESULTADOS E EFEITOS DO PRODOCÊNCIA PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS RESUMO

RESULTADOS E EFEITOS DO PRODOCÊNCIA PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS RESUMO RESULTADOS E EFEITOS DO PRODOCÊNCIA PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS Elisabete Duarte de Oliveira e Regina Maria de Oliveira Brasileiro Instituto Federal de Alagoas

Leia mais

A APAE E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA

A APAE E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA A APAE E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA - APRESENTAÇÃO 1- COMO SURGIU A IDÉIA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA? 2- O QUE SIGNIFICA INCLUSÃO ESCOLAR? 3- QUAIS AS LEIS QUE GARANTEM A EDUCAÇÃO INCLUSIVA? 4- O QUE É UMA ESCOLA

Leia mais

III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL.

III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL. III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL. DOCUMENTO BASE: 1 - A comissão organizadora propõe aos delegados das pré conferências a aprovação das seguintes propostas de políticas e ações

Leia mais

PROJETO BRA/04/029. Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* PREVENÇÃO

PROJETO BRA/04/029. Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* PREVENÇÃO PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* PREVENÇÃO Os currículos deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico seguranca.cidada@mj.gov.br até o dia 20 de dezembro de 2015. ASSUNTO

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS LEI Nº 1.378, DE 28 DE JUNHO DE 2013. Dispõe sobre a oferta de cursos na modalidade a distância, bem como, dispõe sobre a implantação do Pólo Universitário de Apoio Presencial de São Gonçalo do Amarante,

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PARA O ENSINO SUPERIOR EM RONDÔNIA

CONTRIBUIÇÕES DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PARA O ENSINO SUPERIOR EM RONDÔNIA CONTRIBUIÇÕES DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PARA O ENSINO SUPERIOR EM RONDÔNIA Ivanete Saskoski Caminha, Adriana Leônidas de Oliveira 2 Universidade de Taubaté/Programa de Mestrado em Gestão e Desenvolvimento

Leia mais

Ações Orçamentárias 0027 Cobertura das Garantias Prestadas pela União nas Operações de Seguro de Crédito à Exportação (Lei nº 9.

Ações Orçamentárias 0027 Cobertura das Garantias Prestadas pela União nas Operações de Seguro de Crédito à Exportação (Lei nº 9. Programa 0412 Desenvolvimento do Comércio Exterior e da Cultura Exportadora Numero de Ações 19 Ações Orçamentárias 0027 Cobertura das Garantias Prestadas pela União nas Operações de Seguro de Crédito à

Leia mais

Secretaria Nacional de Segurança Pública

Secretaria Nacional de Segurança Pública Secretaria Nacional de Segurança Pública Mulheres da Paz Conceito do Mulheres da Paz O Projeto MULHERESDAPAZ é uma iniciativa do Ministério da Justiça, instituída pela Lei n 11.530/2007 e pelo Decreto

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Page 1 of 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 4.886, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2003. Institui a Política Nacional de Promoção da Igualdade Racial - PNPIR e dá

Leia mais

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Comitê Gestor do SIBRATEC. Resolução Comitê Gestor SIBRATEC nº 001, de 17 de março de 2008.

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Comitê Gestor do SIBRATEC. Resolução Comitê Gestor SIBRATEC nº 001, de 17 de março de 2008. MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Comitê Gestor do SIBRATEC Resolução Comitê Gestor SIBRATEC nº 001, de 17 de março de 2008. Aprova as Diretrizes Gerais do Sistema Brasileiro de Tecnologia - SIBRATEC.

Leia mais

Esfera: 10 Função: 06 - Segurança Pública Subfunção: 422 - Direitos Individuais, Coletivos e Difusos UO: 30101 - Ministério da Justiça

Esfera: 10 Função: 06 - Segurança Pública Subfunção: 422 - Direitos Individuais, Coletivos e Difusos UO: 30101 - Ministério da Justiça Programa 0698 Gestão e Apoio Institucional na Área da Justiça Numero de Ações 8 Ações Orçamentárias 1B30 do Plano Nacional de Combate à Pirataria Produto: Ação implementada Esfera: 10 Função: 06 - Segurança

Leia mais

Carta Final do IX Encontro sobre Leitura e escrita em Sociedades Indígenas IX ELESI.

Carta Final do IX Encontro sobre Leitura e escrita em Sociedades Indígenas IX ELESI. Carta Final do IX Encontro sobre Leitura e escrita em Sociedades Indígenas IX ELESI. Nós, povos indígenas Atikum, Baniwa, Fulniô, Guarani, Guarani Mbya, Ka apor, Kaimbé, Kaiowá, Kantaruré, Karajá, Kiriri,

Leia mais

META NACIONAL 15: garantir, em regime de colaboração entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, no prazo de 1 (um) ano de vigência deste PNE, política nacional de formação dos profissionais

Leia mais

PROJETO DO CURSO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO

PROJETO DO CURSO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense PROJETO DO CURSO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO Pró-reitoria de Desenvolvimento Humano e Social - PRODHS

Leia mais

Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011

Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011 Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011 INTRODUÇÃO A Fundação Tide Setubal nasce em 2005 para ressignificar e inovar o trabalho pioneiro

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 07, de 1º de setembro de 2010.

RESOLUÇÃO Nº 07, de 1º de setembro de 2010. RESOLUÇÃO Nº 07, de 1º de setembro de 2010. Revoga a Resolução de nº 05, de 16 de junho de 2010, que define as atribuições do cargo de Pedagogo da rede municipal de ensino de Governador Valadares e as

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 414, DE 2011

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 414, DE 2011 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 414, DE 2011 Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases da educação), para dispor sobre a avaliação e o reforço pedagógico nos

Leia mais

3.1 Ampliar o número de escolas de Ensino Médio de forma a atender a demanda dos bairros.

3.1 Ampliar o número de escolas de Ensino Médio de forma a atender a demanda dos bairros. Meta 1 - Universalizar, até 2016, o atendimento escolar da população de quatro e cinco anos, e ampliar, até 2025, a oferta de Educação Infantil de forma a atender a 50% da população de até 3 anos. Estratégias:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 1, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2013 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 1, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2013 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 1, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2013 (*) Define normas para declaração de validade de documentos escolares emitidos por

Leia mais

NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISA EM EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA: PROJETOS, PESQUISA E EXTENSÃO.

NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISA EM EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA: PROJETOS, PESQUISA E EXTENSÃO. NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISA EM EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA: PROJETOS, PESQUISA E EXTENSÃO. Palavras Chave: Educação Especial; Inclusão; Pesquisa; Introdução Mayra da Silva Souza UERJ Edicléa Mascarenhas

Leia mais

PLANO DE GOVERNO TULIO BANDEIRA PTC 36

PLANO DE GOVERNO TULIO BANDEIRA PTC 36 PLANO DE GOVERNO TULIO BANDEIRA PTC 36 GESTÃO PÚBLICA Garantir ampla participação popular na formulação e acompanhamento das políticas públicas; Criação do SOS Oprimidos, onde atenda desde pessoas carentes

Leia mais

Articular o Conselho Escolar, os Grêmios Estudantis, os trabalhadores de educação, as Associações de Pais e Mestres e a comunidade em geral.

Articular o Conselho Escolar, os Grêmios Estudantis, os trabalhadores de educação, as Associações de Pais e Mestres e a comunidade em geral. EIXO 1 PROMOÇÃO DOS DIREITOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES Garantir a elaboração e implementação da Política e do Plano Decenal de Direitos Humanos de Criança e Adolescente nos âmbitos federal, estadual,

Leia mais