MENSAGEM DO MESTRE MANUTENÇÃO NO ORGANISMO AFILIADO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MENSAGEM DO MESTRE MANUTENÇÃO NO ORGANISMO AFILIADO"

Transcrição

1 BOLETIM MENSAL Ano R+C 3368 Nº 8 Junho de 2015 PRONAOS ROSACRUZ ALVORADA DO PLANALTO - AMORC MENSAGEM DO MESTRE MANUTENÇÃO NO ORGANISMO AFILIADO No último boletim de maio, comentamos sobre a necessidade de adaptar as instalações físicas do Pronaos, de acordo com as diretrizes do Manual Administrativo e Ritualístico, Seção 126 Manutenção do Organismo Afiliado. Em suas diversas subseções, são delineadas as diretrizes da Grande Loja de Jurisdição de Língua Portuguesa-GLP quanto aos aspectos que devem ser observados nas instalações físicas, a fim de propiciar conforto, segurança e comodidade aos membros do Organismo Afiliado e seus visitantes. Na Assembleia Ordinária Anual, realizada em maio, mostramos aos participantes, de forma sucinta, essas orientações, cujos itens abrangem: PAISAGISMO INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS VELAS ACESAS NOS NOSSOS RITUAIS CONDIÇÕES ESPECIAIS PESSOAS IDOSAS E PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS CONDIÇOES GERAIS RAMPAS PORTAS

2 ESCADAS CORRIMÃO E GUARDA CORPO BEBEDOUROS SANITÁRIOS TELEFONES INTERRUPTORES E TOMADAS SINALIZAÇÃO EXTINTORES SAÍDA DE EMERGÊNCIA AR CONDICIONADO RENOVAÇÃO DO AR DEDETIZAÇÃO I INFILTRAÇÕES CUIDANDO DO MEIO AMBIENTE Um Frater predispôs-se a preparar o projeto básico da obra, com estimativa de orçamento necessário, que, tão logo prontos, serão levados ao conhecimento dos membros em uma Assembleia Extraordinária, a ser convocada com esse objetivo, bem como também submetido à avaliação e aprovação da Grande Loja. Os membros que puderem contribuir com doação de recursos financeiros, ou obter doação de patrocinador privado para a empreitada, será de enorme relevância para a consecução desse objetivo. Pelas atuais limitações de recursos financeiros, priorizaremos os mais prementes dentre aqueles itens: acessibilidade, sinalização, instalações elétricas, infiltrações, pintura e saídas de emergência. Importa frisar que as orientações definem que as referências aos eventuais patrocinadores em nossos boletins e comunicados se limitarão ao nome da empresa, o seu endereço, telefone etc., com um breve agradecimento do Organismo Afiliado pelo patrocínio. Não poderá haver, todavia, inclusão de mensagens promocionais ou ostensivas de produtos ou empresas, quer sejam de rosacruzes ou não. Doações em dinheiro devem ser feitas diretamente na conta do Pronaos: Banco do Brasil. Agência: C/C: Membros ativos, que desejarem compor a Comissão de Obras, procurem um dos Oficiais (Mestre, Secretário ou o Guardião), manifestando seu desejo de contribuir com esse serviço voluntário. Acrescente-se a esse convite que membros ativos que desejarem servir na Comissão de Expansão e na Comissão de Recepção serão muito bem-vindos. Estimas! Paz Profunda! Fraternalmente, Cleomar Viana Batista Mestre do Pronaos Rosacruz Alvorada do Planalto-AMORC

3 PROGRAMAÇÃO DE ATIVIDADES Ano R+C Junho de , 13, 20 E 27/06 SÁBADOS 16H CONVOCAÇÃO RITUALÍTICA 17H30 MEDITAÇÃO ABERTA À COMUNIDADE 06/06 09H REUNIÃO ADMINISTRATIVA INFORMAÇÕES IMPORTANTES O Pronaos funciona aos sábados. Veja Programação completa em Calendário de Atividades no site Convocações Ritualísticas - 16h Meditação Aberta a Visitantes - 17h30 ** As Reuniões Administrativas Mensais ocorrerão no final de semana seguinte ao primeiro dia de Convocação do mês, no sábado pela manhã, às 9h. Todos os membros estão convidados. IMPERATOR: Christian Bernard GRANDE MESTRE: Hélio de Moraes e Marques GRANDE CONSELHEIRO: José Delfim da Conceição Ferreira MONITOR DO PRONAOS: cargo vago MESTRE: Cleomar Viana Batista (61) SECRETÁRIO: Wandick Antônio Souza Costa (61) Doações em dinheiro servem para manter nosso Organismo Afiliado e podem ser feitas diretamente na conta do Pronaos, Banco do Brasil. Agência: C/C:

4 ANIVERSARIANTES DO MÊS Antônio Cantanhêde, 04/06 Cleomar Viana, 11/06 Cloves Antonio, 30/06

5 Juntos realizaremos este Sonho!!! PRONAOS ROSACRUZ ALVORADA DO PLANALTO - AMORC Região: DF1 EQNP 05/09 ÁREA ESPECIAL MÓDULO B - P NORTE CEP: CAIXA POSTAL: 7302 CEILÂNDIA-DF WEBSITE: FACEBOOK: TELEFONE: (61) Os conceitos e informações emitidos neste boletim são de inteira responsabilidade dos autores e não representam, necessariamente, o ponto de vista oficial da Ordem Rosacruz AMORC a não ser que assim seja afirmado.

6

Loja Rosacruz São Bernardo do Campo - AMORC

Loja Rosacruz São Bernardo do Campo - AMORC ORDEM ROSACRUZ ANTIGA E MÍSTICA ORDEM ROSAE CRUCIS Loja Rosacruz São Bernardo do Campo - AMORC sx BOLETIM INFORMATIVO Fevereiro/março DE 2012 ANO R+C 3364 Loja Rosacruz São Bernardo do Campo - AMORC EVENTOS

Leia mais

JUNHO E JULHO DE DE 2010 ANO ROSACRUZ 3363

JUNHO E JULHO DE DE 2010 ANO ROSACRUZ 3363 JUNHO E JULHO DE DE 2010 ANO ROSACRUZ 3363 3363 MENSAGEM DO MESTRE Estamos iniciando um novo tempo nas comunicações da Loja R+C Água Verde a seus membros e demais Rosacruzes. Este é o primeiro boletim

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO LOJA ROSACRUZ ÁGUA VERDE

BOLETIM INFORMATIVO LOJA ROSACRUZ ÁGUA VERDE BOLETIM INFORMATIVO LOJA ROSACRUZ ÁGUA VERDE AGOSTO E SETEMBRO DE 2010 ANO ROSACRUZ 3363 MENSAGEM DO MESTRE Fratres e Sorores, Salutem Punctis Trianguli! Mais ou menos nos dois últimos meses, houve uma

Leia mais

ORDEM ROSACRUZ ANTIGA E MÍSTICA ORDEM ROSAE CRUCIS Loja Rosacruz São Bernardo do Campo - AMORC

ORDEM ROSACRUZ ANTIGA E MÍSTICA ORDEM ROSAE CRUCIS Loja Rosacruz São Bernardo do Campo - AMORC ORDEM ROSACRUZ ANTIGA E MÍSTICA ORDEM ROSAE CRUCIS Loja Rosacruz São Bernardo do Campo - AMORC BOLETIM INFORMATIVO OUTUBRO/NOVEMBRO DE 2011 ANO R+C 3364 Loja Rosacruz São Bernardo do Campo - AMORC A Morte

Leia mais

CRAS - PRAIA DO CANTO

CRAS - PRAIA DO CANTO DATA DA VISITA: 08/01/2013 Responsável: Sílvia Cristina Caldas DATA DA VISITA:21/01/2015 CRAS - PRAIA DO CANTO Endereço: Rua Francisco Rubim, s/n Bairro: Bento Ferreira CEP: 29050-680 E-mail: crpcanto@vitoria.es.gov.br

Leia mais

ORDEM ROSACRUZ ANTIGA E MÍSTICA ORDEM ROSAE CRUCIS Loja Rosacruz São Bernardo do Campo - AMORC

ORDEM ROSACRUZ ANTIGA E MÍSTICA ORDEM ROSAE CRUCIS Loja Rosacruz São Bernardo do Campo - AMORC ORDEM ROSACRUZ ANTIGA E MÍSTICA ORDEM ROSAE CRUCIS Loja Rosacruz São Bernardo do Campo - AMORC BOLETIM INFORMATIVO AGOSTO/SETEMBRO DE 2011 ANO R+C 3364 Loja Rosacruz São Bernardo do Campo - AMORC A Lição

Leia mais

Créateur d échanges. Dossiê de Patrocínio

Créateur d échanges. Dossiê de Patrocínio Créateur d échanges + Dossiê de Patrocínio Apresentação Rio Accueil: Integração Rio Accueil é uma associação sem fins lucrativos cujo principal objetivo é acolher os recém-chegados de língua francesa no

Leia mais

COMPARTILHAMENTO ENTRE BIBLIOTECAS DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO

COMPARTILHAMENTO ENTRE BIBLIOTECAS DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO COMPARTILHAMENTO ENTRE BIBLIOTECAS DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO CAPÍTULO I Da denominação, localização e finalidades Art. 1º O Compartilhamento entre Bibliotecas

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I 1 Conselho Municipal do Idoso de São Caetano do Sul Lei n 4.179 de 23/10/2003. R. Heloísa Pamplona, 304 B. Fundação CEP 09520-310 São Caetano do Sul/SP. cmi@saocaetanodosul.sp.gov.br REGIMENTO INTERNO

Leia mais

PLANO DE FUGA EM OCORRÊNCIAS DE INCÊNDIOS E EMERGÊNCIAS EM ESCOLAS

PLANO DE FUGA EM OCORRÊNCIAS DE INCÊNDIOS E EMERGÊNCIAS EM ESCOLAS PLANO DE FUGA EM OCORRÊNCIAS DE INCÊNDIOS E EMERGÊNCIAS EM ESCOLAS PLANO DE EMERGÊNCIA CONTRA INCÊNDIO de acordo com o projeto de norma nº 24:203.002-004 da ABNT ( setembro 2000 ) 1 Objetivo 1.1 Estabelecer

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DE NATAL Lei Nº 05129/99 Tipo: LEI ORDINÁRIA Autor: CHEFE DO EXECUTIVO MUNICIPAL Data: (13/9/1999) Classificação: REGULAMENTAÇÃO Ementa: Dispõe sobre a Política Municipal do idoso,

Leia mais

REGIMENTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DIRETORIA RIO GRANDE DO NORTE CAPITULO I. Da Caracterização, Sede, Foro e Objetivos

REGIMENTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DIRETORIA RIO GRANDE DO NORTE CAPITULO I. Da Caracterização, Sede, Foro e Objetivos REGIMENTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DIRETORIA RIO GRANDE DO NORTE CAPITULO I Da Caracterização, Sede, Foro e Objetivos Art.1º A Diretoria Regional (DR) da SBEM-RN é órgão executivo

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DELIBERATIVO

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DELIBERATIVO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DELIBERATIVO Art. 1º - O presente Regimento tem por finalidade estabelecer normas para o funcionamento do Conselho Deliberativo da Associação Atlética Banco do Brasil São

Leia mais

ESTATUTO Fórum Nacional de Diretores de Departamento de Contabilidade e Finanças das Universidades Federais Brasileiras

ESTATUTO Fórum Nacional de Diretores de Departamento de Contabilidade e Finanças das Universidades Federais Brasileiras ESTATUTO Fórum Nacional de Diretores de Departamento de Contabilidade e Finanças das Universidades Federais Brasileiras Regimento alterado e aprovado pelo plenário na XVII Reunião Extraordinária em Porto

Leia mais

REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO

REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO Capítulo I da Finalidade Art. 1o. - Este Regimento Interno complementa e disciplina disposições do Estatuto da Associação Brasileira de Manutenção

Leia mais

PROPOSTA DE MODIFICAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CITOPATOLOGIA

PROPOSTA DE MODIFICAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CITOPATOLOGIA PROPOSTA DE MODIFICAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CITOPATOLOGIA 2011 Artigo 3º - A Sociedade Brasileira de Citopatologia tem como finalidades: h) colaborar e intervir no processo de

Leia mais

ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2.

ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2. ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2.008 Aos 17 dias do mês de setembro do ano de dois mil e oito,

Leia mais

(Comunicações) PARLAMENTO EUROPEU

(Comunicações) PARLAMENTO EUROPEU 4.8.2011 Jornal Oficial da União Europeia C 229/1 II (Comunicações) COMUNICAÇÕES DAS INSTITUIÇÕES, ÓRGÃOS E ORGANISMOS DA UNIÃO EUROPEIA PARLAMENTO EUROPEU Regulamento da Conferência dos Órgãos Especializados

Leia mais

Banco Bradesco S.A. Calendário Anual de Eventos Corporativos 2015

Banco Bradesco S.A. Calendário Anual de Eventos Corporativos 2015 Calendário Anual de s Corporativos 2015 Informações sobre a Companhia Denominação Social Endereço da Sede Endereço na Internet Diretor de Relações com Investidores Responsável pela Área de Relações com

Leia mais

COMISSÃO EXECUTIVA. c) Um docente por cada Unidade Orgânica, nomeado pelo Presidente do IPC,

COMISSÃO EXECUTIVA. c) Um docente por cada Unidade Orgânica, nomeado pelo Presidente do IPC, REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO DE VOLUNTARIADO SOCIAL DO IPC E DA COMISSÃO EXECUTIVA Artigo 1º (Âmbito) De acordo com o estabelecido no ponto 5 do Artigo 4º do Regulamento de Enquadramento da Rede do

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC. LOCAL (Município) PROJETOS N o PART RESULTADO/ OBSERVAÇÃO

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC. LOCAL (Município) PROJETOS N o PART RESULTADO/ OBSERVAÇÃO RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC ESTADO: GOIÁS COORDENADOR: HENRIQUE RICARDO BATISTA PERÍODO DO RELATÓRIO: JULHO A SETEMBRO/2013 ATIVIDADE DATA N o DE HORAS LOCAL (Município) PROJETOS N o

Leia mais

CAS/DF RECOMENDAMOS A LEITURA DO MANUAL PARA O CORRETO PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO

CAS/DF RECOMENDAMOS A LEITURA DO MANUAL PARA O CORRETO PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO As informações declaradas pelo agente público neste questionário possuem Fé Pública e constituem registros administrativos Sistema Único de Assistência Social. O fornecimento de informações inverídicas

Leia mais

REGIMENTO INTERNO. - Associação Brasileira de Energia Nuclear - (Aben)

REGIMENTO INTERNO. - Associação Brasileira de Energia Nuclear - (Aben) REGIMENTO INTERNO - Associação Brasileira de Energia Nuclear - (Aben) Este Regimento Interno, aprovado na Assembléia Geral Ordinária da Associação Brasileira de Energia Nuclear (ABEN), realizada em 29

Leia mais

Estatística de projetos de leis protocolados, aprovados e em tramitação

Estatística de projetos de leis protocolados, aprovados e em tramitação PROPOSIÇÕES 2010 2011 Mensagens do Prefeito Municipal 084 79 Anteprojetos de Leis 056 26 Projetos de Leis (de autoria dos Senhores Vereadores) 098 70 Projetos de Leis Complementares 015 8 Projetos de Decretos

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CMDCA DE LONDRINA EDITAL Nº. 004 DE 05 DE SETEMBRO DE 2013.

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CMDCA DE LONDRINA EDITAL Nº. 004 DE 05 DE SETEMBRO DE 2013. CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CMDCA DE LONDRINA EDITAL Nº. 004 DE 05 DE SETEMBRO DE 2013. Súmula: Define critérios para apresentação de projetos financiados por recursos provenientes

Leia mais

PARA REUNIÕES AL-ANON ON-LINE

PARA REUNIÕES AL-ANON ON-LINE Guias do Al-Anon G-39/S-60 PARA REUNIÕES AL-ANON ON-LINE Os Grupos Familiares Al-Anon reconhecem o potencial e o valor da Internet para comunicar informações sobre o Al-Anon/Alateen, oferecendo esperança

Leia mais

ORIENTAÇÃO AOS POSTULANTES À SEDE DO CONGRESSO DA SBTMO

ORIENTAÇÃO AOS POSTULANTES À SEDE DO CONGRESSO DA SBTMO CADERNO DE ENCARGOS ORIENTAÇÃO AOS POSTULANTES À SEDE DO CONGRESSO DA SBTMO 1 INTRODUÇÃO O Congresso da SBTMO é o principal evento desta área no Brasil e na América Latina. Já faz parte do calendário científico

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE FISIOLOGIA VEGETAL SBFV

ESTATUTO SOCIAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE FISIOLOGIA VEGETAL SBFV Estatuto ESTATUTO SOCIAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE FISIOLOGIA VEGETAL SBFV CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, OS FINS E A SEDE DA ASSOCIAÇÃO. Art. 1º - A associação é denominada Sociedade Brasileira de Fisiologia

Leia mais

PROJETO AÇÃO SOLIDÁRIA 2015

PROJETO AÇÃO SOLIDÁRIA 2015 PROJETO AÇÃO SOLIDÁRIA 2015 AÇÃO SOLIDÁRIA CA DIRIGENTES 2015 1. Introdução O projeto Ação Solidária CA Dirigentes 2015, visa atuar junto à comunidade de Bateias, Campo Largo/PR, oferecendo uma atividade

Leia mais

I - Metas do Conselho do Conselho de Usuários STFC de ULA

I - Metas do Conselho do Conselho de Usuários STFC de ULA I - Metas do Conselho do Conselho de Usuários STFC de ULA 1 - Realizar análise quanti e qualitativa dos serviços prestados pela CTBC, para avaliar e propor sugestões de melhorias que impactem diretamente

Leia mais

Rotary de Itaúna - Distrito 4560 JANEIRO MÊS DA CONSCIENTIZAÇÃO ROTÁRIA

Rotary de Itaúna - Distrito 4560 JANEIRO MÊS DA CONSCIENTIZAÇÃO ROTÁRIA ROTARY DE ITAÚNA DISTRITO 4560 Ano Rotário 2013/2014 BOLETIM 14 2ª quinzena Janeiro 2014 Presidente: Rafael Ferreira de Oliveira - Secretária: Paula Maria Viana de Vasconcelos JANEIRO MÊS DA CONSCIENTIZAÇÃO

Leia mais

Súmula: Regulamenta a Instituição do Programa Brigadas Escolares Defesa Civil na Escola.

Súmula: Regulamenta a Instituição do Programa Brigadas Escolares Defesa Civil na Escola. DECRETO QUE REGULAMENTA A LEI 18.424/2015 Súmula: Regulamenta a Instituição do Programa Brigadas Escolares Defesa Civil na Escola. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere

Leia mais

Comentários ao RT de Laboratórios Clínicos

Comentários ao RT de Laboratórios Clínicos nº 8 maio/2005 Público esquecido Comentários ao RT de Laboratórios Clínicos Em 2003, representantes da SBPC/ML e de instituições da área de saúde, inclusive do Governo, participaram da elaboração do Regulamento

Leia mais

PARA REUNIÕES AL-ANON ON-LINE

PARA REUNIÕES AL-ANON ON-LINE Guia do Al-Anon PARA REUNIÕES AL-ANON ON-LINE Introdução Os Grupos Familiares Al-Anon reconhecem o potencial e o valor da internet para comunicar informações sobre o Al-Anon/Alateen, oferecendo esperança

Leia mais

ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Nós, representantes democraticamente eleitos dos Parlamentos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné- Bissau, Moçambique, Portugal,

Leia mais

PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ELETRÔNICO

PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ELETRÔNICO PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ELETRÔNICO Este formulário é o canal exclusivo para o envio dos projetos concorrentes ao Edital de Patrocínio do Banco do Nordeste para 2015. Seu correto preenchimento é imprescindível

Leia mais

Recomendações para Montagem de um Telecentro

Recomendações para Montagem de um Telecentro MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES SECRETARIA EXECUTIVA COORDENAÇÃO GERAL DE ACOMPANHAMENTO DE PROJETOS ESPECIAIS Recomendações para Montagem de um Telecentro CGPE/SE-MC Brasília / DF, Março de 2008 SUMÁRIO 1.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 189, DE 24 DE MAIO DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº 189, DE 24 DE MAIO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº 189, DE 24 DE MAIO DE 2011. Institui a Iniciativa Estratégica de Segurança Operacional para a Aviação Civil, cria o Grupo Brasileiro de Segurança Operacional e o Grupo Brasileiro de Segurança

Leia mais

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil Após um mais de ano de trabalho e experiências adquiridas a CRIC apresenta à diretoria regional as diretrizes que regem

Leia mais

MELHORIAS IMPLANTADAS NO CENTRO DE RECICLAGEM DA VILA PAULICÉIA - SÃO BERNARDO DO CAMPO/SP

MELHORIAS IMPLANTADAS NO CENTRO DE RECICLAGEM DA VILA PAULICÉIA - SÃO BERNARDO DO CAMPO/SP MELHORIAS IMPLANTADAS NO CENTRO DE RECICLAGEM DA VILA PAULICÉIA - SÃO BERNARDO DO CAMPO/SP Cristiane Ferreira, Fernanda Duran, Julia Lima e Juliana Santos Mercedes-Benz do Brasil Ltda. RESUMO O Centro

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO PEDAGÓGICO

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO PEDAGÓGICO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO PEDAGÓGICO TRIÉNIO 2014/2017 Artigo 1º Princípios Gerais 1. O Conselho Pedagógico é o órgão de coordenação e orientação educativa da unidade orgânica, nomeadamente nos domínios

Leia mais

FACULDADE LEÃO SAMPAIO

FACULDADE LEÃO SAMPAIO CONSELHO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE LEÃO SAMPAIO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO COPEX Regimento Interno do Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade Leão Sampaio (CEP/LEÃO SAMPAIO) Atualizado

Leia mais

Ministério da Saúde Gabinete do Ministro

Ministério da Saúde Gabinete do Ministro Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA N o 173, DE 22 DE JANEIRO DE 2007 Aprova, na forma do Anexo a esta Portaria, o Regimento Interno do Comitê Permanente de Implementação e Acompanhamento

Leia mais

PLANO DE TRABALHO EXERCÍCIO 2014. Dados de Identificação: Nome da Entidade: Associação de Cegos Louis Braille - ACELB. Bairro: Rubem Berta

PLANO DE TRABALHO EXERCÍCIO 2014. Dados de Identificação: Nome da Entidade: Associação de Cegos Louis Braille - ACELB. Bairro: Rubem Berta ASSOCIAÇÃO DE CEGOS LOUIS BRAILLE CNPJ. 88173968/0001-60 Endereço: Rua Braille, 480 Núcleo Residencial Costa e Silva Bairro: Rubem Berta POA-RS - CEP: 91150-140 e-mail: acelb@terra.com.br Fone: 3344-18-04-33406840

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, Institui o Conselho de Controle das Empresas Estaduais - CCEE e dá providências correlatas O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA FACULDADE SANTO AGOSTINHO CEP/FSA

REGULAMENTO INTERNO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA FACULDADE SANTO AGOSTINHO CEP/FSA Teresina, 13 de agosto de 2012. Dispõe sobre a regulamentação do Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade Santo Agostinho CEP/FSA. A Direção Geral da Faculdade Santo Agostinho FSA, no uso de suas atribuições

Leia mais

LEI Nº 7213/2006 DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

LEI Nº 7213/2006 DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA LEI Nº 7213/2006 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO, COMPOSIÇÃO, ATRIBUIÇÕES E FUNCIONAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Faço saber a todos os habitantes

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC ESTADO: GOIÁS COORDENADOR: HENRIQUE RICARDO BATISTA PERÍODO DO RELATÓRIO: Ano de 20 RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC ATIVIDADE DATA N o DE HORAS LOCAL (Município) OBJETIVO N o PART RESULTADO/

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS Gabinete do Prefeito

PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS Gabinete do Prefeito Of/GP/CM/069/09 Canoas, 22 de abril de 2009. Senhor Presidente: Vimos respeitosamente apresentar para apreciação desta Casa Legislativa o Projeto de Lei 24/09, que Cria o Conselho Municipal de Segurança

Leia mais

DELIBERAÇÃO PLENÁRIA N 44, DE 24 DE ABRIL DE 2015. (ALTERADA PELA DELIBERAÇÃO PLENÁRIA Nº 55, DE 17 DE JULHO DE 2015)

DELIBERAÇÃO PLENÁRIA N 44, DE 24 DE ABRIL DE 2015. (ALTERADA PELA DELIBERAÇÃO PLENÁRIA Nº 55, DE 17 DE JULHO DE 2015) DELIBERAÇÃO PLENÁRIA N 44, DE 24 DE ABRIL DE 2015. (ALTERADA PELA DELIBERAÇÃO PLENÁRIA Nº 55, DE 17 DE JULHO DE 2015) Institui o Colegiado Permanente de Entidades de Arquitetos e Urbanistas de Santa Catarina

Leia mais

ORDEM DeMOLAY. Guia do Escrivão e do Tesoureiro

ORDEM DeMOLAY. Guia do Escrivão e do Tesoureiro ORDEM DeMOLAY Guia do Escrivão e do Tesoureiro Este Guia do Escrivão e do Tesoureiro é de propriedade do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil. Não é permitido fazer cópias.

Leia mais

Faço saber que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei:

Faço saber que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei: LEI Nº 1580/2010 Dá nova nomenclatura a Conferência, ao Conselho e ao Fundo Municipal de Assistência ao Idoso criado pela Lei nº 1269/2004 e dá outras providencias. Faço saber que a Câmara Municipal de

Leia mais

Guia Prático do Usuário

Guia Prático do Usuário Guia Prático do Usuário 3. O que esse Manual aborda Esse manual é um guia prático de utilização do sistema, ele aborda noções gerais sobre gerenciamento de sua empresa além de ter informações detalhando

Leia mais

ESTATUTO Comissão de Formatura Formandos em Engenharia Ambiental 2013/2 FAESA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DE VITÓRIA. Capítulo I Da Denominação e da Sede

ESTATUTO Comissão de Formatura Formandos em Engenharia Ambiental 2013/2 FAESA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DE VITÓRIA. Capítulo I Da Denominação e da Sede ESTATUTO Comissão de Formatura Formandos em Engenharia Ambiental 2013/2 FAESA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DE VITÓRIA Capítulo I Da Denominação e da Sede Art. 1º - Sob a denominação Formandos em Engenharia Ambiental

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I OBJETO E ÂMBITO DE APLICAÇÃO

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I OBJETO E ÂMBITO DE APLICAÇÃO REGIMENTO INTERNO CAPITULO I OBJETO E ÂMBITO DE APLICAÇÃO 1. O presente Regimento tem por objetivo regulamentar as questões internas de funcionamento dos órgãos de direção, dos grupos de trabalho, assim

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE

REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE TÍTULO I DA COMPOSIÇÃO E DAS COMPETÊNCIAS CAPÍTULO I - DA COMPOSIÇÃO Art. 1º O CONSEPE é o órgão colegiado superior que supervisiona e

Leia mais

Conselho Missionário da Igreja. O que é? Como organizar?

Conselho Missionário da Igreja. O que é? Como organizar? Conselho Missionário da Igreja O que é? Como organizar? O que é? Como organizar? É o agente da Missão é o Corpo de Cristo e o comprometimento da Igreja surge a partir da oração, estudo dos princípios bíblia

Leia mais

3.3. ATRIBUIÇÕES ESPECÍFICAS E GERAIS NA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL:

3.3. ATRIBUIÇÕES ESPECÍFICAS E GERAIS NA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL: PROCESSO SELETIVO Nº019/2014 NÚCLEO DE JUSTIÇA COMUNITÁRIA DA GRANDE MATHIAS VELHO EQUIPE MULTIPROFISSIONAL A GUAYÍ, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, sediada na Rua José do Patrocínio

Leia mais

Câmara Municipal de Uberaba O progresso passa por aqui LEI N.º 10.128

Câmara Municipal de Uberaba O progresso passa por aqui LEI N.º 10.128 LEI N.º 10.128 Reproduz em novo texto a Lei 8.339, de 12 de junho de 2002 que trata do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Pessoas Com Deficiência de Uberaba COMDEFU. O Povo do Município de Uberaba,

Leia mais

PROGRAMA IAB UM PATRIMÔNIO DE TODOS FICHA DE CADASTRO DE AMIGO DO IAB 1. DADOS PESSOAIS / EMPRESA 2. CATEGORIAS DE AMIGO C)PARCEIRO DE SERVIÇOS ( )

PROGRAMA IAB UM PATRIMÔNIO DE TODOS FICHA DE CADASTRO DE AMIGO DO IAB 1. DADOS PESSOAIS / EMPRESA 2. CATEGORIAS DE AMIGO C)PARCEIRO DE SERVIÇOS ( ) INSTITUTO DE ARQUEOLOGIA BRASILEIRA Estrada da Cruz Vermelha 45, Vila Santa Tereza, Belford Roxo, RJ. CEP: 26193-415. Tel/Fax: (21) 31358117 www.arqueologia-iab.com.br iab@arqueologia-iab.com.br NOME PROGRAMA

Leia mais

o item I do referido edital. O senhor Otávio iniciou a explanação explicando a todos que em 28/05/11 quando houve a primeira A.G.O.

o item I do referido edital. O senhor Otávio iniciou a explanação explicando a todos que em 28/05/11 quando houve a primeira A.G.O. ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 05/10/11 DA ASSOCIAÇÃO ALPHAVILLE NOVA ESPLANADA 1 CNPJ 10.802.559/0001-99 AVENIDA GEORGINA AIRES BERNARDI, NÚMERO 300 PARQUE SANTA MÁRCIA VOTORANTIM S.P. Aos

Leia mais

C 213/20 Jornal Oficial da União Europeia 6.8.2010

C 213/20 Jornal Oficial da União Europeia 6.8.2010 C 213/20 Jornal Oficial da União Europeia 6.8.2010 COMISSÃO ADMINISTRATIVA PARA A COORDENAÇÃO DOS SISTEMAS DE SEGURANÇA SOCIAL Estatutos da Comissão Administrativa para a Coordenação dos Sistemas de Segurança

Leia mais

ATA DA 32ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM RIBEIRÃO PRETO.

ATA DA 32ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM RIBEIRÃO PRETO. INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA 32ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM RIBEIRÃO PRETO. Data : 06.06.2014 Horário: 09h Local : Auditório GEX

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO CULTURAL E ESPORTIVA EDUCANDO PARA O FUTURO DE HARMONIA

REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO CULTURAL E ESPORTIVA EDUCANDO PARA O FUTURO DE HARMONIA REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO CULTURAL E ESPORTIVA EDUCANDO PARA O FUTURO DE HARMONIA Capítulo I - Da Instituição Art. 1.º - O presente Regimento Interno regula o funcionamento, as atividades e os cursos

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA PM/BM MT BALANCETE DO MÊS DE FEVEREIRO DE 2014. SALDO MÊS JANEIRO DE 2014 Página 002

ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA PM/BM MT BALANCETE DO MÊS DE FEVEREIRO DE 2014. SALDO MÊS JANEIRO DE 2014 Página 002 SALDO MÊS JANEIRO DE 2014 Página 002 5.458,56 Efetivo Contribuinte Contribuinte Especial Unimed Depósito RECEITA 76.561,09 MENSALIDADE ASSOCIADO 60.685,91 Páginas Quant. Folha Deb C/C Depósito TOTAL 5

Leia mais

Í ÍNDICE DO REGIMENTO INTERNO TÍTULO I DA ASSOCIAÇÃO E SEUS FINS

Í ÍNDICE DO REGIMENTO INTERNO TÍTULO I DA ASSOCIAÇÃO E SEUS FINS Í ÍNDICE DO REGIMENTO INTERNO TÍTULO I DA ASSOCIAÇÃO E SEUS FINS TÍTULO II DOS ASSOCIADOS Capítulo I Das categorias e da admissão dos associados Capítulo II Dos Direitos dos Associados Capítulo III Dos

Leia mais

NORMATIVO SARB 004/2009

NORMATIVO SARB 004/2009 O Conselho de Autorregulação Bancária, com base no art. 1 (b), do Código de Autorregulação Bancária, sanciona as regras abaixo dispostas, formalizando preceitos comuns a todas as signatárias da Autorregulação

Leia mais

FUNDAÇÃO FRANCISCO MASCARENHAS FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS

FUNDAÇÃO FRANCISCO MASCARENHAS FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS 1 REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS O presente Regimento (versão aprovada em reunião plenária de 24 de maio de 2011) disciplina os critérios de composição, eleição

Leia mais

CRAS REGIÃO CONTINENTAL

CRAS REGIÃO CONTINENTAL DATA DA VISITA: 27/11/2013 DATA DA VISITA: 16/12/2014 CRAS REGIÃO CONTINENTAL Coordenador(a): Andréa Alves Barbosa Coordenador: Genecy Oneida Kuster Bernabé E-mail: crcontinental@vitoria.es.gov.br Email:

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM REGIMEN TO INTERNO CAPÍTULO I Das finalidades e objetivos Art. 1º A 9ª JORNADA BRASILEIRA DE ENFERMAGEM GERIÁTRICA E GERONTOLÓGICA doravante denominado (9ª. JBEGG), acontecerá na cidade de Fortaleza, de

Leia mais

SECRETARIA DE GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO NA SAÚDE EDITAL N 32, DE 24 DE JULHO DE 2014

SECRETARIA DE GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO NA SAÚDE EDITAL N 32, DE 24 DE JULHO DE 2014 SECRETARIA DE GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO NA SAÚDE EDITAL N 32, DE 24 DE JULHO DE 2014 O SECRETÁRIO DE GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO NA SAÚDE - SUBSTITUTO do Ministério da Saúde e o SECRETÁRIO

Leia mais

Associação dos Participantes da CBS Nossa união é nossa força. Regimento Interno. apcbs@oi.com.br www.apcbs.com.br

Associação dos Participantes da CBS Nossa união é nossa força. Regimento Interno. apcbs@oi.com.br www.apcbs.com.br Associação dos Participantes da CBS Nossa união é nossa força. Regimento Interno apcbs@oi.com.br www.apcbs.com.br ÍNDICE SEÇÃO I - DOS SÓCIOS 1 SEÇÃO II - DA ASSEMBLÉIA GERAL 1 SEÇÃO III - DO CONSELHO

Leia mais

Regimento Interno do Conselho de Gestão Ambiental do Porto do Rio Grande

Regimento Interno do Conselho de Gestão Ambiental do Porto do Rio Grande Regimento Interno do Conselho de Gestão Ambiental do Porto do Rio Grande CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO, ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO Art.1º. O Conselho de Gestão Ambiental do Porto do Rio Grande (doravante denominado

Leia mais

Consulta Pública RESOLUÇÃO DA CPP N. 000/2011

Consulta Pública RESOLUÇÃO DA CPP N. 000/2011 Consulta Pública O Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP), por intermédio de sua Diretoria de Fomento à niciação Científica (Diric), encaminha à comunidade acadêmica da Universidade de Brasília consulta

Leia mais

Manual de. Educação Financeira. Dicas para planejar e poupar seu dinheiro. Cecreb MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Manual de. Educação Financeira. Dicas para planejar e poupar seu dinheiro. Cecreb MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA Manual de Educação Financeira MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA Dicas para planejar e poupar seu dinheiro 1 A filosofia da Manual de Educação Financeira 2 Um dos princípios básicos das Cooperativas de Crédito

Leia mais

PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO DA BHG S.A. BRAZIL HOSPITALITY GROUP PARA A ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 19 DE SETEMBRO DE

PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO DA BHG S.A. BRAZIL HOSPITALITY GROUP PARA A ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 19 DE SETEMBRO DE 463925v5 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO DA BHG S.A. BRAZIL HOSPITALITY GROUP PARA A ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 19 DE SETEMBRO DE 2014 BHG S.A. BRAZIL HOSPITALITY GROUP Companhia Aberta CNPJ/MF nº 08.723.106/0001-25

Leia mais

Política Corporativa para Atividades de Cidadania, Afiliações e Compras de Ingressos

Política Corporativa para Atividades de Cidadania, Afiliações e Compras de Ingressos Política Corporativa para Atividades de Cidadania, Afiliações e Compras de Ingressos (Revisada em 9 de agosto de 2011, com modificações no Anexo 1 em 12 de novembro de 2012 e modificações no Anexo 2 em

Leia mais

GRUPO SCHEILLA REGIMENTO INTERNO Título: Conselho de Administração - CAD Revisão: 0

GRUPO SCHEILLA REGIMENTO INTERNO Título: Conselho de Administração - CAD Revisão: 0 Aprovação CAD: Data: 29-11-08 Aprovação CRA: Data: 11-01-09 1. FINALIDADE DO REGIMENTO INTERNO Regulamentar o funcionamento do Conselho de Administração (CAD), previsto no Artigo 20 do Estatuto Social.

Leia mais

SEÇÃO SINDICAL DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA REGIMENTO. Título I Da finalidade, sede e duração

SEÇÃO SINDICAL DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA REGIMENTO. Título I Da finalidade, sede e duração SEÇÃO SINDICAL DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA REGIMENTO Título I Da finalidade, sede e duração Art. 1º. A Seção Sindical dos Docentes da Universidade Estadual de Ponta Grossa, fundada

Leia mais

Universidade de Brasília Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade de Brasília Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação RESOLUÇÃO DO DECANATO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO N. 4/2006 Regulamenta o Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília. O Decano de Pesquisa e Pós-Graduação, no uso das atribuições que

Leia mais

Residencial Real Classic Resort

Residencial Real Classic Resort ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DO DIA 18/6/2009 Aos 18 (dezoito) dias do mês de junho, do ano de 2009 (dois mil e nove), às 20:15h (vinte horas e quinze minutos), em segunda chamada, no salão de

Leia mais

MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE CONGRESSOS DO SKÅL INTERNACIONAL DO BRASIL

MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE CONGRESSOS DO SKÅL INTERNACIONAL DO BRASIL MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE CONGRESSOS DO SKÅL INTERNACIONAL DO BRASIL Av. Almirante Barroso, 63 sala 514 Centro Rio de Janeiro/RJ CEP: 20031-913 Tel./Fax: (+55 21) 2215-2876 - e-mail: secretaria@skalbrasil.org.br

Leia mais

Censo da Educação Superior. Bibliotecas Universitárias

Censo da Educação Superior. Bibliotecas Universitárias Censo da Educação Superior Bibliotecas Universitárias Bibliotecas Universitárias e o Censo da Educação Superior Em 2013, ocorreu uma reunião técnica entre representantes do CBBU e técnicos do Inep para

Leia mais

Regulamento das comissões internas de prevenção de acidentes - CIPAs

Regulamento das comissões internas de prevenção de acidentes - CIPAs Pág.: 1/5 1 Objetivo 1.1 Esta Norma estabelece os procedimentos relativos ao funcionamento das Comissões Internas de Prevenção de Acidentes - CIPAs na COPASA MG. 1.2 Aplica-se a todos os empregados e Unidades

Leia mais

Diário Oficial. Prefeitura ocupará o CAM neste semestre Valmir Leite/AgCom Em reunião com secretáhavia

Diário Oficial. Prefeitura ocupará o CAM neste semestre Valmir Leite/AgCom Em reunião com secretáhavia Diário Oficial Fundado em 1999 Órgão de Divulgação Oficial de Dourados ANO VII Nº 1.486 DOURADOS, MS SEGUNDA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2005 10 PÁGINAS Prefeitura ocupará o CAM neste semestre Valmir Leite/AgCom

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DA FAPERN

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DA FAPERN REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DA FAPERN Este Regimento tem por finalidade estabelecer normas para o funcionamento do Conselho Fiscal da Fundação de Apoio a Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte

Leia mais

Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial, de 07/07/2011

Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial, de 07/07/2011 Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial, de 07/07/2011 LEI Nº 810 DE 6 DE JULHO DE 2011. Dispõe sobre a reorganização dos Conselhos Escolares do Sistema Estadual de Ensino e dá

Leia mais

ACECASTRO. Próxima edição - Outubro 2014 - Edição Comemora va 10 anos da Acecastro. Em comemoração ao Dia de Castro e 10 anos da Associação

ACECASTRO. Próxima edição - Outubro 2014 - Edição Comemora va 10 anos da Acecastro. Em comemoração ao Dia de Castro e 10 anos da Associação Seu Bole m Informa vo Bole m nº 1 - Setembro 2014 Próxima edição - Outubro 2014 - Edição Comemora va 10 anos da Acecastro CAFÉ BOM NEGÓCIO Um novo modelo de encontros que proporciona a você. DIA D CARTA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 033 DE 10 DE MARÇO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº. 033 DE 10 DE MARÇO DE 2015. RESOLUÇÃO Nº. 033 DE 10 DE MARÇO DE 2015. O CONSELHO DE UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS, no uso de suas atribuições legais, e considerando o Parecer nº. 01/2015 da Comissão Permanente

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E FINALIDADE

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E FINALIDADE REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E FINALIDADE Art. 1º - O Conselho Municipal do Idoso CMI de Carlos Barbosa, criado pela Lei Municipal nº 1754,

Leia mais

Regimento da Assembleia Geral do Fórum Académico para a Informação e Representação Externa

Regimento da Assembleia Geral do Fórum Académico para a Informação e Representação Externa Regimento da Assembleia Geral do Fórum Académico para a Informação e Representação Externa CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º Natureza A Assembleia Geral é o órgão deliberativo máximo do Fórum Académico

Leia mais

FUNCASAL REGIMENTO INTERNO CONSELHO FISCAL

FUNCASAL REGIMENTO INTERNO CONSELHO FISCAL FUNCASAL REGIMENTO INTERNO CONSELHO FISCAL dezembro/2008 Capítulo I Da competência do Conselho Fiscal Art. 1º Como órgão de controle interno da EFPC, compete ao Conselho Fiscal, na forma estabelecida no

Leia mais

BIBLIOTECA. METRAGEM MÍNIMA (m2)

BIBLIOTECA. METRAGEM MÍNIMA (m2) BIBLIOTECA Administração Balcão de atendimento Balcão de referência Mesa de trabalho para 6 servidores, sendo recomendado 5 a 6m 2 /2 pessoas, com espaço para armários comuns e armários-arquivo para documentos

Leia mais

REGIMENTO INTERNO. Aprovado em 12/ 2011

REGIMENTO INTERNO. Aprovado em 12/ 2011 REGIMENTO INTERNO Aprovado em 12/ 2011 Estatuto Art. 4 - Só podem ser membros da ASSOCIAÇÃO pessoas físicas ou jurídicas, inclusive instituições, cujas atividades ainda que parcialmente sejam relacionadas

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO I V S E M I N Á R I O D E E X E C U Ç Ã O F I N A N C E I R A D E P R O J E T O S F I N A N C I A D O S C O M R E C U R S O S E X T E R N O S MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE

Leia mais

Governo do Estado do Amapá Secretaria de Estado da Saúde Conselho Estadual de Saúde do Amapá

Governo do Estado do Amapá Secretaria de Estado da Saúde Conselho Estadual de Saúde do Amapá Governo do Estado do Amapá Secretaria de Estado da Saúde Conselho Estadual de Saúde do Amapá Ata da 4ª Reunião ordinária do Conselho Estadual de Saúde do ano de 2012. No dia vinte e seis do mês de Abril

Leia mais

5. Existe critério para que uma pessoa seja atendida pelo CRAS NÃO

5. Existe critério para que uma pessoa seja atendida pelo CRAS NÃO 1. Quantidade de usuários cadastrados 4.518 famílias 2. Qual a média de pessoas atendidas por dia 25 a 30 famílias 3. Faixa etária de pessoas atendidas Todas as idades 4. Quantidade de usuários na lista

Leia mais

Como usar seu website para captar recursos

Como usar seu website para captar recursos Como usar seu website para captar recursos Objetivo: Hoje em dia, com mais de 1.5 bilhão de pessoas acessando a Internet regularmente em todo o mundo, nunca foi tão importante tirar o máximo de proveito

Leia mais

ESPAÇOS PÚBLICOS INICIATIVAS INSPIRADORAS. REQUALIFICAÇÃO DA RUA VIDAL RAMOS: Acessibilidade e segurança em rua comercial Florianópolis - SC

ESPAÇOS PÚBLICOS INICIATIVAS INSPIRADORAS. REQUALIFICAÇÃO DA RUA VIDAL RAMOS: Acessibilidade e segurança em rua comercial Florianópolis - SC ESPAÇOS PÚBLICOS INICIATIVAS INSPIRADORAS REQUALIFICAÇÃO DA RUA VIDAL RAMOS: Acessibilidade e segurança em rua comercial Florianópolis - SC ÍNDICE APRESENTAÇÃO A REQUALIFICAÇÃO DA RUA VIDAL RAMOS FASES

Leia mais

Marketing de Feiras e Eventos: Promoção para Visitantes, Expositores e Patrocinadores

Marketing de Feiras e Eventos: Promoção para Visitantes, Expositores e Patrocinadores Gestão e Organização de Conferências e Reuniões Organização de conferências e reuniões, nos mais variados formatos, tais como reuniões educativas, encontros de negócios, convenções, recepções, eventos

Leia mais