-

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.axeileoba.com.br - axe@axeileoba.com.br"

Transcrição

1 A valorização de uma cidade começa pela preservação de seus patrimônios e manutenção de suas identidades. Axé Ilê Obá - Patrimônio Histórico e Cultural CONDEPHAAT - São Paulo O Axé Ilê Obá está em funcionamento desde 1950, e em seu endereço atual desde 1975, com seus quatro mil metros quadrados, localizado no bairro do Jabaquara, zona sul de São Paulo, é considerado uma referência do trabalho humanitário, antropológico e histórico nacional. Há 22 anos se tornou oficialmente um símbolo do patrimônio histórico e cultural da cidade, por técnicos do CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico), que definiu o espaço como um bem de interesse histórico e cultural. Por tantas qualidades, se tornou o primeiro terreiro de candomblé tombado no estado de São Paulo, destacado pelo aprimoramento do culto e manutenção das tradições e cultura dos Orixás, de origem africana. Desde 1985 esteve à frente desse grandioso trabalho Mãe Sylvia de Oxalá, que por seus trabalhos em defesa das tradições e atuação em obras sociais junto à comunidade, recebeu inúmeras homenagens e prêmios, no Brasil e exterior. Como o diploma de Gratidão de São Paulo e a Medalha Anchieta; o Prêmio Niños de la Calle, em Madrid, e o Prêmio Humanista, da Universidade de Ciências de Moscou, entre outros. Foi recentemente homenageada na exposição Raízes: Mulheres d África, 2012 pelo Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura por sua atuação no combate ao racismo junto à sociedade e o Prêmio Luiza Mahin Câmara Municipal de São Paulo. Mãe Sylvia de Oxalá, compreendeu e aceitou que era uma Iyalorixá e cumpriu seu destino no comando do Axé Ile Obá. Desde então, resgatando as tradições da raça negra tornou-se uma de susas metas, pelas quais lutou até seus últimos dias de vida. Entre outras atividades, preocupou-se em difundir os trabalhos desenvolvidos através de participação em palestras, conferências e congressos com foco no trabalho de Durban (tratado concebido em Congresso, 2001, na África do Sul), no compromisso em prevenir, combater e erradicar o racismo, a discriminação racial, a xenofobia e a intolerância correlata. O Axé Ilê Obá mantém trabalho constante para que a sociedade compreenda a importância do equilíbrio de vida, do respeito as forças vitais da natureza, com foco nas necessidades da comunidade e nos diversos processos que implicam na necessidade de atingir o equilíbrio, a união de família em busca de um bem maior para todos. Mãe Sylvia de Oxalá dedicou-se a esta tarefa e transmitiu seus ensinamentos aos filhos da casa, bem como a todos que procruraram este espaço de relevante importância.

2 Mãe Sylvia de Oxalá Yalorixá do Axé Ilê Obá de 12 de fevereiro de 1986 a 08 de agosto de Formação Acadêmica Enfermagem - Cruz Vermelha do Brasil Especialista em esterilização de materiais hospitalares e em análises clinicas e patológicas - Instituto Adolfo Lutz Administração com Ênfase em Comércio Exterior na Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, 1972 Pós Graduação Comércio Exterior - Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, Vida Profissional Fundação do Hospital Infantil Candido Fontoura - Chefe de Enfermagem do Setor de Pediatria Hospital do Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Empregados em Transportes de Cargas - IAPETEC, onde participou da reestruturação e teve atuação ativa para a erradicação do sarampo e para redução de mortes por desidratação. Hospital Infantil Sabará - colaborou com estruturação da área de Pronto Socorro Infantil em 1962 Gabinete Estadual da Criança na área de Dermatologia Sanitária início de sua atuação junto a movimentos de assistência e solidariedade, atuando junto com o Fundo Social de Solidariedade recém criado no governo de Abreu Sodré. Escritório de Comércio Exterior - empresária atuava na comercialização de produtos entre países da Africa, Brasil e Estados Unidos Axé Ilê Obá Assume o cargo de yalorixá em fevereiro de 1986, como sucessora de Pai Caio de Xangô. Um de seus compromissos como Yalorixá foi a manutenção e transmissão dos ensinamentos das Tradições, Culto e Cultura dos Orixás. Apoio a comunidade do Axé e do entorno, para tanto desenvolveu uma trajetória de muito esforço no combate a intolerância de todo e qualquer tipo: racial, religiosa, de genero. Manteve uma participação ativa junta a Movimentos Negros sendo reconhecida por seu desempenho tanto no Brasil quanto no exterior. Mãe Sylvia foi um exemplo de liderança, as mulheres que estão no comando de casas de Axé em muitos momentos históricos, transcendem o âmbito religioso e tem servido de catalizadores para conquistas de direitos ligados tanto à população negra quanto à população ligada a essas religiosidades. Exemplo disto é o engajamento em reivindicações voltadas à segurança alimentar, à promoção de saúde nos terreiros e da saúde das mulheres, combate à violência doméstica contra a mulher,combate a intolerância religiosa e ao racismo, apoio ao sistema de cotas e demaispolíticas afirmativas. Tombamento Condephaat Mãe Sylvia deu início a solicitação do tombamento 23 de outubro de 1987, comprovando através de todos os documentos, pareceres técnicos e depoimentos a importância da oficialização deste território negro na cidade de São Paulo, e em 23 de abril de 1990 o CONDEPHAAT decreta que a Congregação Espírita Beneficente Pai Jerônimo Aché Ilê Obá é tombado como que definiu o espaço como um bem de interesse histórico e cultural.

3 ECO 92 Mãe Sylvia de Oxalá e outras importantes ialorixás, representaram o candomblé na Eco92 na cidade do Rio de Janeiro. Nesse encontro em que se discutiu a importância da natureza para a vida humana, os terreiros foram reconhecidos enquanto espaços de proteção ambiental. Ela assinou documentos importantes como a Carta da Terra, que assegura também a proteção do ecossistema e ressalta a sua importância para uma vida mais harmoniosa. Acervo da Memória e do Viver Afrobrasileiro Caio Egydio de Souza Aranha Na gestão de Luiza Erundina ( ), Mãe Sylvia de Oxalá e os movimentos populares do Jabaquara, obtiveram uma vitória importante, a criação do Acervo da Memória e do Viver Afro-Brasileiro. O acervo funcionou um período dentro do Sítio da Ressaca ao lado do Centro Cultural do Jabaquara, a partir de 2000 passou a ocupar uma sala do Centro Cultural. Em novembro de 2012, a Biblioteca Paulo Duarte assume-se com o foco de uma Temática em cultura afro-brasileira, e espaço para o qual Mãe Sylvia dedicou muito esforço para que houvesse a preservação da memória e dos modos de vida das comunidades que precisam de atendimento e de formação. Onde se preserve e se fortaleça território espacial, simbólico, político e social, onde emergem lembranças e tradições sobre as formas de viver, agir, e pensar sobre o mundo, onde a comunidade assuma seu pertencimento. (ver matéria publicada na revista Caros Amigos anexa a este arquivo) Em 20 de novembro de 2014, na semana da Consciência Negra, o espaço que compreende a Biblioteca Paula Duarte, O Acervo da Memória e do Viver Afro-brasileiro e o Sitio da Ressaca passam a formar um aparato cultural definito e nomeado como Território de Cultura Afro Mãe Sylvia de Oxalá, in memorium e em reconhecimento por seu comprometimento com causas importantes relacionadas as comunidades e aos movimentos sociais a que se dedicou. Prêmios e Homenagens Mãe Sylvia foi reconhecida inúmeras vezes por sua importante atuação no âmbito religioso e social. Diploma de Gratidão de São Paulo Medalha Anchieta; Prêmio Niños de la Calle, em Madrid, Prêmio Humanista, da Universidade de Ciências de Moscou, entre outros. Homenageada na exposição Raízes: Mulheres d África, 2012 pelo Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura por sua atuação no combate ao racismo junto à sociedade. Prêmio Luiza Mahin 2012, Câmara Municipal de São Paulo, categoria Religiosidade por seui impor tante papel na manutenção da Orixalidade e por sua constate atuação no combate a intolerância e melhoria das condições de vida.

4 Barracão espaço onde ocorrem rituais e as festas públicas. Pedra Fundamental - 30/9/1961 Placa de Tombamento - 14/ago/1990

5 Algumas publicações referenciais sobre Mãe Sylvia de Oxalá e sua importância no contexto social.

6 Algumas publicações referenciais sobre Mãe Sylvia de Oxalá e sua importância no contexto social.

7 Participação em Eventos e Premiações Mãe Sylvia de Oxalá em Congresso no Ilê Axé Opo Afonja, Mãe Sylvia, Dom Evaristo Arns e lideranças em evento contra descriminação e intolerância, São Paulo, Eco 92 - Rio de Janeiro Mãe Sylvia com Dalai Lama - PUC São Paulo

8 Participação em Eventos e Premiações - continuação Dialogando com o Sagrado -EMEF Profa. Ileusa Caetano da Silva - Novembro 2012 Mãe Sylvia de Oxalá e o Rabino Gilberto Ventura 7 a Primavera dos Museus MusIAL Museu do Instituto Adolfo Lutz, Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) Setembro de 2013

9 Participação em Eventos e Premiações - continuação XIV Alaiandê Xirê Festival Nacional de Alabês, Xicarangomas e Runtós - São Paulo Ilê Afro Brasileiro Odé Loreci - 30 Out a 02 de Novembro de Origens, Tradições e Continuidades - Desafios da Cultura Afro-Americana no Século XXI I Seninário Internacional para Preservação do Patrimônio Cultural Brasil Nigéria, Salvador 28 a 31 de julho, 2014

10 Participação em Eventos e Premiações - continuação Medalha Anchieta, Câmara dos Vereadores de São Paulo

11 Participação em Eventos e Premiações - continuação Prêmio Luiza Mahin 2012, Câmara Municipal de São Paulo Homenageada na exposição Raízes: Mulheres d África, 2012 pelo Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura por sua atuação no combate ao racismo junto à sociedade. Links de entrevistas e eventos Entrevista TV Baoba https://youtu.be/9ey89auhhfo A Mãe Sylvia fala dos cargos e das Yabás e dos Orixás. Candomblé-Tombamento 1990 https://youtu.be/ke_k9tmmqew Suplicy - Morte Mãe Sylvia PROGRAMA=N&COD_PROGRAMA=8&COD_VIDEO=364707&ORDEM=0&QUERY=&pagina=3

Salvador e Lauro de Freitas discutem saúde e religiões afro-brasileiras

Salvador e Lauro de Freitas discutem saúde e religiões afro-brasileiras Salvador e Lauro de Freitas discutem saúde e religiões afro-brasileiras Fotos: Alberto Lima Nos dias 14 e 15 de setembro, as Secretarias da Saúde de Salvador e Lauro de Freitas, Bahia, promoveram o I Seminário

Leia mais

UNIDADE 9 EXPERIÊNCIAS POSITIVAS DE PROMOÇAO DA IGUALDADE RACIAL

UNIDADE 9 EXPERIÊNCIAS POSITIVAS DE PROMOÇAO DA IGUALDADE RACIAL UNIDADE 9 EXPERIÊNCIAS POSITIVAS DE PROMOÇAO DA IGUALDADE RACIAL Módulo 1 - Aspectos gerais da educação e das relações étnico-raciais Unidade 9 - Experiências positivas de promoção da igualdade racial

Leia mais

Revista África e Africanidades Ano 2 - n. 5 - Maio. 2009 - ISSN 1983-2354 www.africaeafricanidades.com

Revista África e Africanidades Ano 2 - n. 5 - Maio. 2009 - ISSN 1983-2354 www.africaeafricanidades.com Homenagem Maria Stella de Azevedo Santos Mãe Stella de Oxossi Por Juliana Faria Escritora, Psicóloga e Presidente do Centro de Referência e Estudos da Tradição e Cultura Afro- Brasileira do Ilê-Axé Pilão

Leia mais

Educação das Relações Etnicorraciais e A lei 10639/2003 : construindo uma escola plural

Educação das Relações Etnicorraciais e A lei 10639/2003 : construindo uma escola plural Educação das Relações Etnicorraciais e A lei 10639/2003 : construindo uma escola plural Coordenação de Diversidade SECAD/MEC Professora Leonor Araujo A escola é apontada como um ambiente indiferente aos

Leia mais

ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792

ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 28 ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 FORMAÇÃO DE PROFESSORES A PARTIR DA LEI 10.639/03: UMA EXPERIÊNCIA NO PROJETO DE EDUCAÇÃO ANTIRRACISTA NO COTIDIANO ESCOLAR, DESENVOLVIDO PELA

Leia mais

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Realização: Ágere Cooperação em Advocacy Apoio: Secretaria Especial dos Direitos Humanos/PR Módulo III: Conselhos dos Direitos no

Leia mais

CURSO FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE COMUNIDADES REMANESCENTES DE QAUILOMBO

CURSO FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE COMUNIDADES REMANESCENTES DE QAUILOMBO CURSO FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE COMUNIDADES REMANESCENTES DE QAUILOMBO Integra o Catálogo der cursos proposto pela Secadi Coordenadora:. Candida Soares da Costa Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Relações

Leia mais

Abrasa - Ponto de Cultura, Internacional Brasileiros na Áustria.

Abrasa - Ponto de Cultura, Internacional Brasileiros na Áustria. 1 Abrasa - Ponto de Cultura, Internacional Brasileiros na Áustria. Quem somos: A Abrasa Associação Brasileiro-Afro-Brasileira para o Desenvolvimento da Dança, Cultura Educação e Arte, é uma Instituição

Leia mais

TEXTO BASE E FICHA DA CONSULTA PÚBLICA

TEXTO BASE E FICHA DA CONSULTA PÚBLICA TEXTO BASE PROPOSTA PARA O PLANO ESTADUAL DE PROMOÇÃO DA LIBERDADE RELIGIOSA E DIREITOS HUMANOS E FICHA DA CONSULTA PÚBLICA APRESENTAÇÃO Esta proposta de Texto-Base para o Plano Estadual é fruto da ação

Leia mais

IGUALDADE RACIAL. 146 políticas sociais acompanhamento e análise 7 ago. 2003 ipea

IGUALDADE RACIAL. 146 políticas sociais acompanhamento e análise 7 ago. 2003 ipea IGUALDADE RACIAL Constituição da República Federativa do Brasil (CRFB) 1988 Artigo 5 o Caput Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros

Leia mais

60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos PROGRAMAÇÃO

60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos PROGRAMAÇÃO VIII Semana do Assistente Social 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos 12 a 15 de maio de 2008 Escola de Serviço Social da PUC Minas Apoio: Núcleo de Direitos Humanos - Pró-Reitoria de Extensão

Leia mais

A baiana Ciça tem ponto na Praça XV de Novembro, na cidade do Rio de Janeiro 36 CIÊNCIAHOJE VOL. 50 299

A baiana Ciça tem ponto na Praça XV de Novembro, na cidade do Rio de Janeiro 36 CIÊNCIAHOJE VOL. 50 299 A baiana Ciça tem ponto na Praça XV de Novembro, na cidade do Rio de Janeiro 36 CIÊNCIAHOJE VOL. 50 299 ANTROPOLOGIA Baianas de acarajé: patrimônio, comida e dádiva O ofício das baianas de acarajé foi

Leia mais

CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS MISSIONÁRIAS DA IMACULADA CONCEIÇÃO COLÉGIO SANTA CLARA PROJETO: AFRICANIDADE BRASILEIRA

CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS MISSIONÁRIAS DA IMACULADA CONCEIÇÃO COLÉGIO SANTA CLARA PROJETO: AFRICANIDADE BRASILEIRA CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS MISSIONÁRIAS DA IMACULADA CONCEIÇÃO COLÉGIO SANTA CLARA PROJETO: AFRICANIDADE BRASILEIRA SANTARÉM 2010 I- IDENTIFICAÇÃO: COLÉGIO SANTA CLARA DIRETORA: Irmã Gizele Maria Pereira Marinho

Leia mais

Projeto - A afrodescendência brasileira: desmistificando a história

Projeto - A afrodescendência brasileira: desmistificando a história Projeto - A afrodescendência brasileira: desmistificando a história Tema: Consciência Negra Público-alvo: O projeto é destinado a alunos do Ensino Fundamental - Anos Finais Duração: Um mês Justificativa:

Leia mais

Ação Orçamentária - Padronizada Setorial 14U2 - Implantação, Instalação e Modernização de Espaços e Equipamentos Culturais

Ação Orçamentária - Padronizada Setorial 14U2 - Implantação, Instalação e Modernização de Espaços e Equipamentos Culturais Momento do Tipo de Temático Macrodesafio Fortalecer a cidadania Eixo Desenvolvimento Social e Erradicação da Miséria Valor de Referência para Individualização de Projetos em Iniciativas Esferas Fiscal

Leia mais

ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META

ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META S AO PLN 0002 / 2007 - LDO Página: 2310 de 2393 ESPELHO DE S DE INCLUSÃO DE META AUTOR DA 50160001 1061 Brasil Escolarizado 0509 Apoio ao Desenvolvimento da Educação Básica Projeto apoiado (unidade) 40

Leia mais

http://www.youtube.com/watch?v=h54vsr wwueo

http://www.youtube.com/watch?v=h54vsr wwueo http://www.youtube.com/watch?v=h54vsr wwueo Site:http://www.ccnma.org.br Coordenador: Carlos Sérgio Ferreira (coordenação cultura e identidade Afro brasileira) O Centro de Cultura Negra do Maranhão é uma

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DAS LEIS 10.639/03 E 11.645/08 NAS ESCOLAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA NO RECÔNCAVO

IMPLEMENTAÇÃO DAS LEIS 10.639/03 E 11.645/08 NAS ESCOLAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA NO RECÔNCAVO IMPLEMENTAÇÃO DAS LEIS 10.639/03 E 11.645/08 NAS ESCOLAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA NO RECÔNCAVO ELIANE FÁTIMA BOA MORTE DO CARMO 1 Introdução Após a promulgação da lei 10.639/03 e 11.645/08, passando a ser oficialmente

Leia mais

Aldeia Kilombo Século XXI

Aldeia Kilombo Século XXI Aldeia Kilombo Século XXI A cultura é a dinâmica existente no mundo que nasce do agir da pessoa humana e que permite que o humano possa se expressar e se realizar (Grygel, 2002). Podemos conhecer a dinâmica

Leia mais

PARECER Nº 13/2009 1- APRESENTAÇÃO

PARECER Nº 13/2009 1- APRESENTAÇÃO PARECER Nº 13/2009 Manifesta-se sobre a declaração de interesse público e social do acervo de Abdias Nascimento, sob a guarda do Instituto de Pesquisas e Estudos Afro-Brasileiros - IPEAFRO 1- APRESENTAÇÃO

Leia mais

MUSEU DA CIDADE OCA RECEBE A MAIOR EXPOSIÇÃO JÁ REALIZADA SOBRE A CIVILIZAÇÃO MAIA

MUSEU DA CIDADE OCA RECEBE A MAIOR EXPOSIÇÃO JÁ REALIZADA SOBRE A CIVILIZAÇÃO MAIA MUSEU DA CIDADE OCA RECEBE A MAIOR EXPOSIÇÃO JÁ REALIZADA SOBRE A CIVILIZAÇÃO MAIA Mayas: revelação de um tempo sem fim reúne pela primeira vez mais de 380 objetos e homenageia esta civilização em todo

Leia mais

AFRICAMOS: PENSAR E VIVER AFRICANIDADES PARA E COM AS CRIANÇAS EM CONTEXTOS COLETIVOS DE EDUCAÇÃO E CUIDADO

AFRICAMOS: PENSAR E VIVER AFRICANIDADES PARA E COM AS CRIANÇAS EM CONTEXTOS COLETIVOS DE EDUCAÇÃO E CUIDADO AFRICAMOS: PENSAR E VIVER AFRICANIDADES PARA E COM AS CRIANÇAS EM CONTEXTOS COLETIVOS DE EDUCAÇÃO E CUIDADO Área Temática: Educação Coordenador: Adilson de Angelo 1 Autoras: Neli Góes Ribeiro Laise dos

Leia mais

Campanha dos16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher. Vitória da Conquista - Bahia

Campanha dos16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher. Vitória da Conquista - Bahia Campanha dos16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher Vitória da Conquista - Bahia A Campanha dos16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher, realizada pela Rede de Proteção

Leia mais

Religiões Afro-Brasileiras

Religiões Afro-Brasileiras Religiões Afro-Brasileiras Apresentação Em continuidade ao Estudo Multidisciplinar Baía de Todos os Santos (Projeto BTS), estão sendo realizadas investigações com foco nas baías da Bahia, com envolvimento

Leia mais

As Nações Unidas e as Políticas de Redução da Desigualdade Racial

As Nações Unidas e as Políticas de Redução da Desigualdade Racial As Nações Unidas e as Políticas de Redução da Desigualdade Racial Introdução Este documento foi elaborado e aprovado pela Equipe de País do Sistema das Nações Unidas no Brasil em resposta ao interesse

Leia mais

Programa de Diálogo Intercultural para as Relações Étnico-Raciais da UNESCO no Brasil

Programa de Diálogo Intercultural para as Relações Étnico-Raciais da UNESCO no Brasil Programa de Diálogo Intercultural para as Relações Étnico-Raciais da UNESCO no Brasil Bases Fundamentais Convenção para a proteção e promoção da diversidade das expressões culturais Consolida princípios

Leia mais

Dia Nacional da Consciência Negra

Dia Nacional da Consciência Negra Dia Nacional da Consciência Negra Sobre a EBC Criada em 007 para instituir o Sistema Público de Comunicação, a Empresa Brasil de Comunicação é formada pela TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência Brasil,

Leia mais

O LUGAR DA INFÂNCIA NA RELIGIÃO DE MATRIZ AFRICANA Jaqueline de Fátima Ribeiro UFF Agência Financiadora: CAPES

O LUGAR DA INFÂNCIA NA RELIGIÃO DE MATRIZ AFRICANA Jaqueline de Fátima Ribeiro UFF Agência Financiadora: CAPES O LUGAR DA INFÂNCIA NA RELIGIÃO DE MATRIZ AFRICANA Jaqueline de Fátima Ribeiro UFF Agência Financiadora: CAPES Resumo O texto em questão é parte da pesquisa em desenvolvimento (mestrado) que tem como objetivo

Leia mais

CULTURA AFRO CULTURA AFRO

CULTURA AFRO CULTURA AFRO CULTURA AFRO ESCOPO Apresentamos o projeto Cultura Afro com o compromisso de oferecer aos alunos do ensino fundamental um panorama completo e diversificado sobre a cultura afro em nosso país. Levamos em

Leia mais

Seminário internacional Herança, identidade, educação e cultura: gestão dos sítios e lugares de memória ligados ao tráfico negreiro e à escravidão.

Seminário internacional Herança, identidade, educação e cultura: gestão dos sítios e lugares de memória ligados ao tráfico negreiro e à escravidão. Seminário internacional Herança, identidade, educação e cultura: gestão dos sítios e lugares de memória ligados ao tráfico negreiro e à escravidão. Palestra: Apresentação da experiência do Complexo Histórico

Leia mais

Formulário de inscrição para Unidades Escolares:

Formulário de inscrição para Unidades Escolares: Presidência da República Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial Secretaria de Políticas de Ações Afirmativas 1. Contextualização: Formulário de inscrição para Unidades Escolares: a) Descreva

Leia mais

Revista África e Africanidades Ano 2 - n. 5 - Maio. 2009 - ISSN 1983-2354 www.africaeafricanidades.com

Revista África e Africanidades Ano 2 - n. 5 - Maio. 2009 - ISSN 1983-2354 www.africaeafricanidades.com Direitos Humanos A mulher negra brasileira Walkyria Chagas da Silva Santos Pós-graduanda em Direito do Estado pela Fundação Faculdade de Direito da Bahia - UFBA E-mail: kyriachagas@yahoo.com.br A articulação

Leia mais

SECRETARIA NACIONAL DE COMBATE AO RACISMO BASTA DE RACISMO NO TRABALHO E NA VIDA

SECRETARIA NACIONAL DE COMBATE AO RACISMO BASTA DE RACISMO NO TRABALHO E NA VIDA SECRETARIA NACIONAL DE COMBATE AO RACISMO BASTA DE RACISMO NO TRABALHO E NA VIDA TEMÁTICA RACIAL NA CUT A temática racial faz parte da CUT desde a década de 80 e sempre houve um reconhecimento por parte

Leia mais

OFICINA DE APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS PREMIADOS NO EDITAL PNPI 2014 - PATRIMÔNIO CULTURAL DOS POVOS E COMUNIDADES TRADICIONAIS DE MATRIZ AFRICANA

OFICINA DE APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS PREMIADOS NO EDITAL PNPI 2014 - PATRIMÔNIO CULTURAL DOS POVOS E COMUNIDADES TRADICIONAIS DE MATRIZ AFRICANA OFICINA DE APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS PREMIADOS NO EDITAL PNPI 2014 - PATRIMÔNIO CULTURAL DOS POVOS E COMUNIDADES TRADICIONAIS DE MATRIZ AFRICANA PROGRAMAÇÃO 15/09 09h00 às 13h00 Faculdade de Medicina (Canela)

Leia mais

O Conselho Estadual de Educação do Estado da Paraíba, no uso de suas atribuições e considerando:

O Conselho Estadual de Educação do Estado da Paraíba, no uso de suas atribuições e considerando: GOVERNO DA PARAÍBA Secretaria de Estado da Educação e Cultura Conselho Estadual de Educação RESOLUÇÃO Nº 198/2010 REGULAMENTA AS DIRETRIZES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS E O

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial 0352 Abastecimento Agroalimentar 22000 1049 Acesso à Alimentação 0351 Agricultura Familiar - PRONAF 1215 Alimentação Saudável 1016 Artesanato Brasileiro 28000 0135 Assentamentos Sustentáveis para Trabalhadores

Leia mais

TÍTULO: AFRO-EDUCAÇÃO: DESAFIOS PARA A SUPERAÇÃO DO RACISMO NAS ESCOLAS A PARTIR DA IMPLEMENTAÇÃO DA LEI N. 10.639/03.

TÍTULO: AFRO-EDUCAÇÃO: DESAFIOS PARA A SUPERAÇÃO DO RACISMO NAS ESCOLAS A PARTIR DA IMPLEMENTAÇÃO DA LEI N. 10.639/03. TÍTULO: AFRO-EDUCAÇÃO: DESAFIOS PARA A SUPERAÇÃO DO RACISMO NAS ESCOLAS A PARTIR DA IMPLEMENTAÇÃO DA LEI N. 10.639/03. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: LETRAS INSTITUIÇÃO:

Leia mais

42203 - Fundação Cultural Palmares

42203 - Fundação Cultural Palmares 42203 - Fundação Cultural Palmares Quadro Síntese Código / Especificação Exec 2002 LOA 2003 PLOA 2004 LOA 2004 Total 8.006.695 13.677.789 9.205.183 20.878.795 Programa 0089 Previdência de Inativos e Pensionistas

Leia mais

1 Segunda-Feira 2 Terça-Feira 3 Quarta-Feira 4 Quinta-Feira 5 Sexta-Feira. 10 Quarta-Feira 11 Quinta-Feira. 31 Quarta-Feira

1 Segunda-Feira 2 Terça-Feira 3 Quarta-Feira 4 Quinta-Feira 5 Sexta-Feira. 10 Quarta-Feira 11 Quinta-Feira. 31 Quarta-Feira Calendário de Direitos Humanos 2013-2014 1 Segunda-Feira 2 Terça-Feira 3 Quarta-Feira 4 Quinta-Feira 5 Sexta-Feira Julho 2013 6 Sábado Dia Internacional do Cooperativismo. 7 Domingo 8 Segunda-Feira 9 Terça-Feira

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO OESTE ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO OESTE ESTADO DE MINAS GERAIS LEI COMPLEMENTAR Nº 38, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2011. Altera dispositivos e Cria Secretaria de Esporte, Cultura, Lazer e Turismo na Lei Complementar nº 24, de 23 de abril de 2009, que dispõe sobre a Organização

Leia mais

ATOS DO PODER EXECUTIVO DECRETO Nº 6.872, DE 4 DE JUNHO DE 2009

ATOS DO PODER EXECUTIVO DECRETO Nº 6.872, DE 4 DE JUNHO DE 2009 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA ATOS DO PODER EXECUTIVO DECRETO Nº 6.872, DE 4 DE JUNHO DE 2009 Aprova o Plano Nacional de Promoção da Igualdade Racial - PLANAPIR,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI N.º 13.694, DE 19 DE JANEIRO DE 2011. (publicada no DOE nº 015, de 20 de janeiro de 2011) Institui o Estatuto

Leia mais

CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS OU REGIONAIS INSTRUMENTAL PARA GRUPO DE TRABALHO SAÚDE

CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS OU REGIONAIS INSTRUMENTAL PARA GRUPO DE TRABALHO SAÚDE CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS OU REGIONAIS INSTRUMENTAL PARA GRUPO DE TRABALHO SAÚDE II CONFERÊNCIA DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL Instrumental de Trabalho baseado nas Propostas Aprovadas na I Conferencia Estadual

Leia mais

Aprova o Plano Nacional de Promoção da Igualdade Racial - PLANAPIR, e institui o seu Comitê de Articulação e Monitoramento.

Aprova o Plano Nacional de Promoção da Igualdade Racial - PLANAPIR, e institui o seu Comitê de Articulação e Monitoramento. DECRETO Nº 6.872, DE 4 DE JUNHO DE 2009. Aprova o Plano Nacional de Promoção da Igualdade Racial - PLANAPIR, e institui o seu Comitê de Articulação e Monitoramento. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da

Leia mais

CARTA À POPULAÇÃO BRASILEIRA Construindo um Projeto Político do Povo Negro para o Brasil

CARTA À POPULAÇÃO BRASILEIRA Construindo um Projeto Político do Povo Negro para o Brasil CARTA À POPULAÇÃO BRASILEIRA Construindo um Projeto Político do Povo Negro para o Brasil Há séculos que estamos em luta. Antes contra a escravidão, hoje enfrentamos a discriminação e o racismo. Os anos

Leia mais

42203 - Fundação Cultural Palmares

42203 - Fundação Cultural Palmares 42203 - Fundação Cultural Palmares Quadro Síntese Código / Especificação PLO. Lei+Créditos Empenhado PLO. PLO. 2003 2003 2003 2004 2005 Total 7.027.789 14.632.239 7.970.152 9.205.183 9.239.558 Programa

Leia mais

Baianas do acarajé: uma história de resistência

Baianas do acarajé: uma história de resistência Carolina Cantarino Baianas do acarajé: uma história de resistência O ofício das baianas do acarajé é patrimônio cultural do Brasil. Quando anunciado, equívocos em torno do tombamento do acarajé e outros

Leia mais

CURSOS NOVOS MATRIZ ORÇAMENTÁRIA 2013 UFRGS/FORPROF RENAFOR

CURSOS NOVOS MATRIZ ORÇAMENTÁRIA 2013 UFRGS/FORPROF RENAFOR CURSOS NOVOS MATRIZ ORÇAMENTÁRIA 2013 UFRGS/FORPROF RENAFOR Marie Jane Soares Carvalho Coordenadora Geral do FORPROF/RENAFOR/UFRGS Maio de 2013 Cursos SECADI - Catálogo EXTENSÃO, APERFEIÇOAMENTO E ESPECIALIZAÇÃO

Leia mais

AULA 05. Profª Matilde Flório EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL PMSP-DOT- 2008

AULA 05. Profª Matilde Flório EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL PMSP-DOT- 2008 AULA 05 Profª Matilde Flório EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL PMSP-DOT- 2008 FÁBRICA DE IDÉIAS PEDAGÓGICAS CONCURSO PMSP FUND II 2011 (em parceria com a APROFEM e o Jornal dos Concursos)

Leia mais

ECUMENISMO, INCULTURAÇÃO E IDENTIDADE: IMPASSES VIVIDOS EM UM TRABALHO DE INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL

ECUMENISMO, INCULTURAÇÃO E IDENTIDADE: IMPASSES VIVIDOS EM UM TRABALHO DE INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL ECUMENISMO, INCULTURAÇÃO E IDENTIDADE: IMPASSES VIVIDOS EM UM TRABALHO DE INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL Sheila Ferreira Miranda (Mestranda em Psicologia UFMG) Prof. Dr. Marcos Vieira Silva (LAPIP-UFSJ) Aparecida

Leia mais

Cultura Afro-Indígena Brasileira. Prof. Ms. Celso Ramos Figueiredo Filho

Cultura Afro-Indígena Brasileira. Prof. Ms. Celso Ramos Figueiredo Filho Cultura Afro-Indígena Brasileira Prof. Ms. Celso Ramos Figueiredo Filho Religiões Afro-Brasileiras Introdução - Escravidão miscigenação e sincretismo (Angola, Moçambique, Congo) - 3 a 5 milhões de africanos

Leia mais

Professor Ubiratan Castro de Araujo na Fundação Cultural PALMARES

Professor Ubiratan Castro de Araujo na Fundação Cultural PALMARES 1 Professor Ubiratan Castro de Araujo na Fundação Cultural PALMARES O ano de 2003 foi emblemático para o Brasil. A cultura negra não ficou imune a esse vendaval de mudanças. Luis Inácio Lula da Silva,

Leia mais

2. Objetivos do Projeto:

2. Objetivos do Projeto: 1. Apresentação: O Projeto Cia de Dança Negra Contemporânea Kina Mutembua consiste numa iniciativa da ONG Ação Comunitária do Brasil do Rio de Janeiro selecionada por um edital da Secretaria de Políticas

Leia mais

A QUESTÃO ÉTNICO-RACIAL NA ESCOLA: REFLEXÕES A PARTIR DA LEITURA DOCENTE

A QUESTÃO ÉTNICO-RACIAL NA ESCOLA: REFLEXÕES A PARTIR DA LEITURA DOCENTE A QUESTÃO ÉTNICO-RACIAL NA ESCOLA: REFLEXÕES A PARTIR DA LEITURA DOCENTE Kallenya Kelly Borborema do Nascimento 1 Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) E-mail: kallenyakelly2@hotmail.com Patrícia Cristina

Leia mais

AS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS DA UMBANDA NO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA RS¹. NASCIMENTO, Taiane Flores do²; SACCOL, Paloma Tavares³; BEZZI, Meri Lourdes 4

AS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS DA UMBANDA NO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA RS¹. NASCIMENTO, Taiane Flores do²; SACCOL, Paloma Tavares³; BEZZI, Meri Lourdes 4 AS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS DA UMBANDA NO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA RS¹ NASCIMENTO, Taiane Flores do²; SACCOL, Paloma Tavares³; BEZZI, Meri Lourdes 4 1 Trabalho de Pesquisa NERA/CCNE/UFSM 2 Acadêmica do

Leia mais

IHRLG na América Latina

IHRLG na América Latina IHRLG na América Latina Defesa dentro do Sistema Interamericano de Direitos Humanos O IHRLG, nos seus 24 anos de história, há estado envolvido em numerosos casos, tanto na defesa, como pleiteando perante

Leia mais

Uma Reflexão Sobre o Surgimento do Candomblé

Uma Reflexão Sobre o Surgimento do Candomblé Uma Reflexão Sobre o Surgimento do Candomblé Os estudos sobre a África e as culturas africanas têm ganhado espaço nas últimas décadas. No Brasil esse estudo começou, basicamente, com Nina Rodrigues em

Leia mais

Estruturas institucionais esfera federal

Estruturas institucionais esfera federal Estruturas institucionais esfera federal Departamento do Patrimônio Imaterial Princípio de atuação: respeito à diversidade cultural e valorização da diferença são os princípios organizadores da atuação

Leia mais

LEI Diretrizes Regime de colaboração articulação interfederativa Participação Fórum das Entidades Garantia do acesso Indicadores de acompanhamento

LEI Diretrizes Regime de colaboração articulação interfederativa Participação Fórum das Entidades Garantia do acesso Indicadores de acompanhamento PNE PME LEI Diretrizes Regime de colaboração articulação interfederativa Participação Fórum das Entidades Garantia do acesso Indicadores de acompanhamento locais e nacionais (prova Brasil e IDEB) 10% do

Leia mais

As Nações Unidas e as Políticas de Redução da Desigualdade Racial

As Nações Unidas e as Políticas de Redução da Desigualdade Racial As Nações Unidas e as Políticas de Redução da Desigualdade Racial Introdução Este documento foi elaborado e aprovado pela Equipe de País do Sistema das Nações Unidas no Brasil em resposta ao interesse

Leia mais

C U L T. A arte. e os orixás 1. CULTURA Abdias Nascimento* 80 DEMOCRACIA VIVA Nº 34 FOTO: MARCUS VINI

C U L T. A arte. e os orixás 1. CULTURA Abdias Nascimento* 80 DEMOCRACIA VIVA Nº 34 FOTO: MARCUS VINI C U L T CULTURA Abdias Nascimento* A arte e os orixás 1 FOTO: MARCUS VINI 80 DEMOCRACIA VIVA Nº 34 U R A Minha pintura requer como básico o universo conceitual afro-brasileiro, a diferença cultural do

Leia mais

Conhecendo a Fundação Vale

Conhecendo a Fundação Vale Conhecendo a Fundação Vale 1 Conhecendo a Fundação Vale 2 1 Apresentação Missão Contribuir para o desenvolvimento integrado econômico, ambiental e social dos territórios onde a Vale atua, articulando e

Leia mais

ANEXO IX - DEMONSTRATIVO VII METAS E PRIORIDADES - COMPATIBILIZAÇÃO DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS COM O PLANO PLURIANUAL

ANEXO IX - DEMONSTRATIVO VII METAS E PRIORIDADES - COMPATIBILIZAÇÃO DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS COM O PLANO PLURIANUAL METAS E PRIORIDADES - COMPATIBILIZ DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS COM O PLANO PLURIANUAL TÍTULO PRODUTO TIPO DE META 2013 2001 Administração Legislativa Serviços Realizados ORÇAMENTÁRIA 95% 0001 GESTÃO

Leia mais

42201 - Fundação Casa de Rui Barbosa

42201 - Fundação Casa de Rui Barbosa 42201 - Fundação Casa de Rui Barbosa Quadro Síntese Código / Especificação Exec 2002 LOA 2003 PLOA 2004 LOA 2004 Total 12.384.918 12.916.336 13.803.241 14.503.241 Programa 0089 Previdência de Inativos

Leia mais

CUIDAR DA NATUREZA RESPEITANDO OS ORIXÁS E ENTIDADES

CUIDAR DA NATUREZA RESPEITANDO OS ORIXÁS E ENTIDADES Ambiente em Ação CUIDAR DA NATUREZA RESPEITANDO OS ORIXÁS E ENTIDADES Orientações para práticas culturais/religiosas em unidades de conservação e áreas naturais protegidas por lei. Bem vindo(a)! componente

Leia mais

Pacto Gaúcho pelo Fim do Racismo Institucional

Pacto Gaúcho pelo Fim do Racismo Institucional Pacto Gaúcho pelo Fim do Racismo Institucional Aos 21 de março de 2014, dia em que o mundo comemora o Dia Internacional contra a Discriminação Racial instituído pela ONU em 1966, adotamos o presente Pacto

Leia mais

Presidência da República Federativa do Brasil. Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial

Presidência da República Federativa do Brasil. Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial Presidência da República Federativa do Brasil Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial A SEPPIR CRIAÇÃO A Seppir (Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial)

Leia mais

INDÍGENAS RESERVA DO VOTOURO E CHARRUA

INDÍGENAS RESERVA DO VOTOURO E CHARRUA INDÍGENAS RESERVA DO VOTOURO E CHARRUA Reserva com 210 famílias Escola com 280 alunos Todos os professores são formados ou estão se formando no ensino superior Há alunos do Município de Faxinal que estudam

Leia mais

Inclusão Social - mudanças K A T I A C A V A L C A N T E 2 0 1 4

Inclusão Social - mudanças K A T I A C A V A L C A N T E 2 0 1 4 Inclusão Social - mudanças K A T I A C A V A L C A N T E 2 0 1 4 Sumário Assistência Social Saúde Educação Infraestrutura - Comunicação e Energia Moradia Bolsa Família Bolsa Verde Direitos Culturais A

Leia mais

REGISTRE SEUS DADOS ESCOLA: ALUNO: Prezados alunos e professores!

REGISTRE SEUS DADOS ESCOLA: ALUNO: Prezados alunos e professores! 1 Prezados alunos e professores! O livro Somos os Senhores do Planeta é fruto de um trabalho didático que tem por objetivo reunir em uma única publicação temas sobre o meio ambiente, são textos de fácil

Leia mais

INFORME SOBRE POLÍTICAS E MOVIMENTOS NEGROS PERNAMBUCO

INFORME SOBRE POLÍTICAS E MOVIMENTOS NEGROS PERNAMBUCO INFORME SOBRE POLÍTICAS E MOVIMENTOS NEGROS PERNAMBUCO AGOSTO, 2009 2 INTRODUÇÃO O mapeamento nos estados do Nordeste foi iniciado por Pernambuco e buscou compreender quem são e como atuam os grupos, movimentos

Leia mais

Declaração de Pequim adotada pela Quarta Conferência Mundial sobre as Mulheres: Ação para Igualdade, Desenvolvimento e Paz (1995)

Declaração de Pequim adotada pela Quarta Conferência Mundial sobre as Mulheres: Ação para Igualdade, Desenvolvimento e Paz (1995) Declaração de Pequim adotada pela Quarta Conferência Mundial sobre as Mulheres: Ação para Igualdade, Desenvolvimento e Paz (1995) 1. Nós, os Governos, participante da Quarta Conferência Mundial sobre as

Leia mais

Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning)

Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning) Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning) DISCURSOS 1, 2, 3 e 4 sem mensagem de raça ou classe (o texto do discurso é para ser lido duas vezes por cada ator,

Leia mais

RAÇA BRASIL TEMAS & CÓDIGOS GRUPOS TEMÁTICOS

RAÇA BRASIL TEMAS & CÓDIGOS GRUPOS TEMÁTICOS Personalidade Personalidade Carreira 521 Personalidade Personalidade Perfil 412 Estética Cabelos Femininos 157 Negritude Discriminação Racial 130 Sociedade Eventos 122 Estética Moda Feminina & Masculina

Leia mais

Projeto Permanente junto aos Terreiros de Candomblé e Umbanda na Construção de Políticas Públicas 2003-2006

Projeto Permanente junto aos Terreiros de Candomblé e Umbanda na Construção de Políticas Públicas 2003-2006 Projeto Permanente junto aos Terreiros de Candomblé e Umbanda na Construção de Políticas Públicas 2003-2006 Maria Alcina Ramos de Freitas* Marise Leão Ciríaco** Conhecendo a estrutura Governamental O Projeto

Leia mais

LEVANTAMENTO DOS MARCOS LÓGICOS E LEGAIS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA

LEVANTAMENTO DOS MARCOS LÓGICOS E LEGAIS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA LEVANTAMENTO DOS MARCOS LÓGICOS E LEGAIS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA 1. Marcos Lógicos Publicação/Origem NORMATIVAS INTERNACIONAIS Convenção Relativa à Luta contra a Discriminação no Campo do Ensino Convenção

Leia mais

A INFORMAÇÃO E A COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA NA FIOCRUZ

A INFORMAÇÃO E A COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA NA FIOCRUZ A INFORMAÇÃO E A COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA NA FIOCRUZ Paulo Gadelha Vice-presidente de Desenvolvimento Institucional e Gestão do Trabalho Fundação Oswaldo Cruz 1900: Instituto Soroterápico Federal Objetivo

Leia mais

Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio

Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio Nome Desarrollo de Sistemas de Gobierno y Gestión en Empresas de Propiedad Familiar en el Perú Objetivo Contribuir

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PRELIMINAR FORTALECIMENTO E EXPANSÃO DA DOUTRINA E DA PRÁTICA UMBANDISTA

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PRELIMINAR FORTALECIMENTO E EXPANSÃO DA DOUTRINA E DA PRÁTICA UMBANDISTA PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PRELIMINAR FORTALECIMENTO E EXPANSÃO DA DOUTRINA E DA PRÁTICA UMBANDISTA MARÇO/2013 1-APRESENTAÇÃO 2-OBJETIVO 3-JUSTIFICATIVA 4-PLANEJAMENTO PRELIMINAR 4.1-VERTENTE DO CONHECIMENTO

Leia mais

Religiosidade Africana

Religiosidade Africana UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRPPG MECM CONHECIMENTO E DIVERSIDADE CULTURAL Religiosidade Africana Douglas Aires GOIÂNIA, 2012 Religião Africana O africano tem a religião como um modo de vida que é caracterizada,

Leia mais

ARTE E CULTURA AFRO-BRASILEIRA

ARTE E CULTURA AFRO-BRASILEIRA ARTE E CULTURA AFRO-BRASILEIRA Cultura afro-brasileira é o resultado do desenvolvimento da cultura africana no Brasil, incluindo as influências recebidas das culturas portuguesa e indígena que se manifestam

Leia mais

Respar McDonald s Franquia Curitiba Conjunto de Ações de Responsabilidade Social

Respar McDonald s Franquia Curitiba Conjunto de Ações de Responsabilidade Social Respar McDonald s Franquia Curitiba Conjunto de Ações de Responsabilidade Social A Respar JRM Comércio de Alimentos está trabalhando com os seguintes projetos sociais: 1- Contratação de Pessoas Especiais

Leia mais

RELAÇÕES DA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL NA PRÉ-ESCOLA: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA

RELAÇÕES DA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL NA PRÉ-ESCOLA: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA EDUCAÇÃO, CURRÍCULO E DIVERSIDADE CULTURAL RELAÇÕES DA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL NA PRÉ-ESCOLA: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA Michelly Spineli de Brito Campos Vieira/Prefeitura de Itapissuma-PE Paloma Viana de

Leia mais

8.504.930 PROJETOS DE INCLUSAO DIGITAL 8.504.930 DE INCLUSAO DIGITAL - NO ESTADO DO ESPIRITO SANTO F 4 2 30 0 100 8.504.930 TOTAL - FISCAL 9.904.

8.504.930 PROJETOS DE INCLUSAO DIGITAL 8.504.930 DE INCLUSAO DIGITAL - NO ESTADO DO ESPIRITO SANTO F 4 2 30 0 100 8.504.930 TOTAL - FISCAL 9.904. ORGAO : 24000 - MINISTERIO DA CIENCIA E TECNOLOGIA UNIDADE : 24101 - MINISTERIO DA CIENCIA E TECNOLOGIA 0750 APOIO ADMINISTRATIVO 1.400.024 19 122 0750 2000 ADMINISTRACAO DA UNIDADE 1.400.024 19 122 0750

Leia mais

NOVAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A CULTURA: O SISTEMA DE CULTURA DE LARANJEIRAS/SE

NOVAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A CULTURA: O SISTEMA DE CULTURA DE LARANJEIRAS/SE NOVAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A CULTURA: O SISTEMA DE CULTURA DE LARANJEIRAS/SE Hildênia Santos de Oliveira 1 Luana Silva Bôamorte de Matos 2 RESUMO: O presente artigo discorre sobre a implantação do Projeto

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FNDE PROINFÂNCIA BAHIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FACED DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM HISTÓRIA E CULTURA AFRO- BRASILEIRA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM HISTÓRIA E CULTURA AFRO- BRASILEIRA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM HISTÓRIA E CULTURA AFRO- BRASILEIRA ÁREA DO CONHECIMENTO Educação. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em História e Cultura Afro-Brasileira. AMPARO

Leia mais

Estado da Paraíba PREFEITURA MUNICIPAL DE TAVARES GABINETE DO PREFEITO

Estado da Paraíba PREFEITURA MUNICIPAL DE TAVARES GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 704/2013 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL COMPIR E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO CONSTITUCIONAL DO MUNICÍPIO DE TAVARES, Estado da Paraíba, usando

Leia mais

AFRICAN UNION UNION AFRICAINE

AFRICAN UNION UNION AFRICAINE Conferência Internacional sobre a Saúde Materna, Neonatal e Infantil em África 01 a 03 de agosto de 2013, Joanesburgo, África do Sul Comunicado Primeiras Consultas Ministeriais Multisetoriais sobre a Saúde

Leia mais

Maria Claudiana Rios dos Santos

Maria Claudiana Rios dos Santos Maria Claudiana Rios dos Santos Setembro /2014 Maria Claudiana Rios dos Santos Dados pessoais Nome Filiação Nascimento Maria Claudiana Rios dos Santos José Paulo dos Santos e Mariazinha Rios dos Santos

Leia mais

Seminário Internacional do Museu Histórico Nacional

Seminário Internacional do Museu Histórico Nacional Seminário Internacional do Museu Histórico Nacional Ponta do Calabouço e adjacências: história, memória e patrimônio nos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro CHAMADA PÚBLICA DE TRABALHOS A faixa de terra

Leia mais

MATERNIDADE NA ADOLESCÊNCIA

MATERNIDADE NA ADOLESCÊNCIA MATERNIDADE NA ADOLESCÊNCIA Autor: Marusa Fernandes da Silva marusafs@gmail.com Orientadora: Profª. Ms. Mônica Mª N. da Trindade Siqueira Universidade de Taubaté monica.mnts@uol.com.br Comunicação oral:

Leia mais

Diálogo. a diversidade um espaço privilegiado no Ensino Religioso

Diálogo. a diversidade um espaço privilegiado no Ensino Religioso Diálogo inter-religioso a diversidade um espaço privilegiado no Ensino Religioso Arte de calar Calar sobre sua própria pessoa é Humildade... Calar sobre os defeitos dos outros é Caridade... Calar quando

Leia mais

PAIF. Programa de Atenção Integral à Família - PAIF CRAS

PAIF. Programa de Atenção Integral à Família - PAIF CRAS Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Secretaria Nacional de Assistência Social Programa de Atenção Integral à Família - PAIF CRAS PAIF IMPORTANTE INTERRELAÇÃO ENTRE PAIF E CRAS CRAS O

Leia mais

PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM A COMUNIDADE INDÍGENA MBYA GUARANI

PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM A COMUNIDADE INDÍGENA MBYA GUARANI PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM A COMUNIDADE INDÍGENA MBYA GUARANI Prefeitura Municipal de Barra do Ribeiro BARRA DO RIBEIRO RIO GRANDE DO SUL AUTOR: John Fernando de Farias Würdig ENDEREÇO: Rua Dr.

Leia mais

cerca de 200 crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social do Centro Histórico e da periferia de Salvador.

cerca de 200 crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social do Centro Histórico e da periferia de Salvador. I ENCONTRO, CAPOEIRA e PATRIMÔNIO IMATERIAL no BRASIL: perspectivas para a implementação de políticas públicas de salvaguarda da Capoeira. Local: UFF Niterói RJ Data: 3 de setembro de 2006 às 16:00 h Tema:

Leia mais

Declaração de Brasília sobre Trabalho Infantil

Declaração de Brasília sobre Trabalho Infantil Declaração de Brasília sobre Trabalho Infantil Nós, representantes de governos, organizações de empregadores e trabalhadores que participaram da III Conferência Global sobre Trabalho Infantil, reunidos

Leia mais

Jornalismo Cultural: A Abordagem Dada a Reportagens Especializadas no Culto aos Orixás 1

Jornalismo Cultural: A Abordagem Dada a Reportagens Especializadas no Culto aos Orixás 1 Jornalismo Cultural: A Abordagem Dada a Reportagens Especializadas no Culto aos Orixás 1 Agnes Maria Araújo ANJOS 2 Natália Alberto de MELO 3 Cintia Cerqueira CUNHA 4 Universidade de Uberaba, Uberaba,

Leia mais

Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global

Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global Este Tratado, assim como a educação, é um processo dinâmico em permanente construção. Deve portanto propiciar a reflexão,

Leia mais

Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais Diretor Geral: Damião Mendonça Vieira

Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais Diretor Geral: Damião Mendonça Vieira Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais Diretor Geral: Damião Mendonça Vieira CREDENCIAMENTO DE DOCENTE ESP-MG Nº 066/2013 CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM COMPLEMENTAÇÃO Objetivo do Curso: Complementação

Leia mais