AutoRadio para dispositivos Android

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AutoRadio para dispositivos Android"

Transcrição

1

2 Instituto Politécnico da Guarda Escola Superior de Tecnologia e Gestão AutoRadio para dispositivos Android Ivo Rocha - n o Projeto Aplicado no Curso de Engenharia Informática em contexto de estágio 30 de Julho de 2012

3 Instituto Politécnico da Guarda Escola Superior de Tecnologia e Gestão AutoRadio para dispositivos Android Ivo Rocha - n o Projeto Aplicado no Curso de Engenharia Informática em contexto de estágio Supervisor: António Gil - Diretor Geral da empresa Dom Digital - Consultoria e Serviços Internet Docente Orientador: Mestre Paulo Jorge Costa Nunes, Professor Adjunto da Unidade Técnico-Cientíca de Informática da ESTG. 30 de Julho de 2012

4 Agradecimentos O desempenho no desenvolvimento deste projeto em contexto de estágio não teria sido o mesmo sem o apoio de algumas pessoas, às quais gostaria de aqui expressar o meu reconhecimento. Um agradecimento aos professores da Unidade Curricular Projeto de Informática, Prof. Paulo Nunes e Prof. Noel Lopes. Um agradecimento à Diretora da Escola Superior de Tecnologia e Gestão, Professora Doutora Maria Clara Silveira pelo seu apoio e disponibilidade. Um agradecimento ao Diretor da empresa Dom Digital, António Gil pelo apoio, liderança e pela forma como me integrou na equipa. Um agradecimento a todos os colegas de equipa da Dom Digital com os quais tive o privilégio de trabalhar, em especial ao Pedro Ribeiro e ao Paulo Fonseca. Finalmente, um agradecimento muito especial à minha namorada pela compreensão, paciência, carinho e apoio que sempre demonstrou.

5 Resumo A evolução tecnológica permitiu que os dispositivos móveis se tenham integrado na vida das pessoas, e hoje é muito comum um simples telemóvel ter acesso GPS, TV, jogos, acesso à internet e muito mais, tal como um computador, e, desta forma, o crescimento para desenvolver aplicações móveis para estes dispositivos, tem vindo a aumentar bastante. Este documento descreve o trabalho realizado no âmbito da disciplina Projeto de Informática na Licenciatura em Engenharia Informática da Escola Superior de Tecnologia e Gestão no Instituto Politécnico da Guarda. O trabalho consistiu no desenvolvimento de uma aplicação para dispositivos móveis, nomeadamente para tablet's embutidos em automóveis, com o sistema operativo Android, permitindo ao utilizador ter acesso a conteúdos da Rádio Nacional Antena3, tal como: ouvir a rádio, ouvir podcasts, consultar a programação, partilhar em redes sociais, telefonar para a rádio, etc. Também foi criada uma plataforma de gestão, apenas direcionada para a rádio, onde será guardada toda a informação sobre os ouvintes que utilizam a aplicação. Palavras Chave: Android, rádio, redes sociais, serviços web.

6 Abstract The technological evolution allowed mobile devices integration in people's lives, and today is a very common mobile access to GPS, TV, games, Internet access and much more, such as a computer, and therefore, growth to develop mobile applications to these devices, has increased considerably. This document describes the work done within the discipline of "Projeto de Informática"with a degree in Engenharia Informática from Escola Superior de Tecnologia e Gestão da Guarda. The work consisted to develop an application for mobile devices, particularly for tablets embedded in cars, with the Android operating system, allowing the user to access the contents of the Nation Radio Antena3, as listening to the radio, listen to podcasts, see the schedule, share on social networks, call to the radio, etc... It was also created a management platform only directed to the radio where all information will be stored about the listeners who use the application. Key Words Android, radio, social networks, web services.

7 Conteúdo 1 Introdução Instituição de acolhimento Motivação Solução Estrutura do documento Denição do problema e objetivos previstos Denição do problema Objetivos previstos Metodologia e resultados esperados Metodologia Descrição das tarefas Resultados esperados Tecnologias utilizadas Sistema operativo Andoid Programação Android API com a rede social Facebook API com a rede social Twitter RSS feeds Serviços web Serviço web da musixmatch Serviço web Twilio Salesforce.com Android Crash Reports Trabalho realizado Ciclo de vida de uma aplicação Android Máquina de estados FrontOce - A aplicação Android Arquitetura das tecnologias utilizadas A aplicação Android Activity principal - Modo Interativo Activity principal - Modo Radio Activity Podcasts Activity Trânsito

8 Activity Programas Activity Settings Janela de diálogo Call Radio Janela de diálogo Lyrics Janela de diálogo MyRecords BackOce Base de Dados Descrição das tabelas Páginas de visualização de dados Grácos Conclusões e trabalho futuro Conclusões Trabalho Futuro A Projeto Interactive Radio 48

9 Lista de Figuras 3.1 Mapa de Gantt Letra música Burn It Down e artista Linkin Park Ciclo de vida de uma aplicação Android [1] Serviços na aplicação Activity em modo de rádio interativa Activity em modo de rádio Activity Podcasts Activity Transito Activity Programas Activity Settings Diálogo Call Radio Diálogo Lyrics Diálogo MyRecords Base de dados - Relações entre tabelas Salesforce - Lista de ouvintes recentes Salesforce - Detalhes de um ouvinte Salesforce - Mapa de audiência Salesforce - Gráco músicas mais ouvidas A.1 Interactive Radio

10 Lista de Tabelas 4.1 Métodos da API do Facebook Métodos da API Twitter4j Métodos do serviço web musixmatch

11 Lista de listagens 1 Exemplo de uma aplicação Android Função de partilha de uma mensagem na rede social Facebook Função de partilha de uma mensagem na rede social Twitter Exemplo de documento de feed [14] Obter o lyrics de uma música Código para efetuar uma chamada através da Internet com o Twilio Código para inserir um registo na tabela SocialActivity no Salesforce Código de exemplo para implementar o sistema de relatórios de erro. 25 8

12 Glossário Activity É uma classe interface que gera e controla a interface gráca do utilizador no sistema operativo Android. ACRA Application Crash Report for Android - É uma library que permite às aplicações Android enviarem automaticamente relatórios de erros para um formulário GoogleDocs. API Application Programming Interface - É um conjunto de funções e padrões estabelecidos por um software para a utilização das suas funcionalidades em aplicações. Blog É um site cuja estrutura permite a atualização rápida a partir de acréscimos dos chamados artigos, ou posts. Classe Modelo abstrato para criar objetos. CRM Customer relationship management (Gestão de relação com o Cliente) Eclipse É um IDE desenvolvido em Java, seguindo um modelo open source de desenvolvimento de software. Feeds É um formato de dados, usado em formas de comunicação, com conteúdo atualizado frequentemente. Frictionless Sharing Termo utilizado para descrever a partilha de recursos em redes sociais, sem interação do utilizador após este a permissão deste. GPS Global Positioning System - Sistema de posicionamento global - É um sistema de navegação por satélite que fornece a um aparelho recetor móvel a posição geográca do mesmo. IDE Integrated Development Environment - Ambiente Integrado de Desenvolvimento - É um programa que reúne características e ferramentas de apoio ao desenvolvimento de software com o objetivo de agilizar o processo. Interface Em Java, uma interface é um conjunto de tipos de métodos que as classes podem implementar. Internet O maior conjunto de redes de dados do mundo, tendo em comum apenas a utilização do protocolo TCP/IP. IP Internet Protocol - É um protocolo de comunicação usado entre duas ou mais máquinas em rede para encaminhamento de dados. Java É uma linguagem de programação orientada a objetos da Sun Microsystems. 9

13 10 Library Coleção de subprogramas utilizados no desenvolvimento de software. Lyrics Letra de uma música. NetBeans É um IDE gratuito e de código aberto para desenvolvimento nas linguagens Java, C, C++, PHP, etc. RTSP Real Time Streaming Protocol - É um protocolo a nível de aplicação, para controlo na transferência de dados com propriedades de tempo real. SDK Software Development Kit - Kit de Desenvolvimento de Software. SO Sistema Operativo. Trigger É um recurso de programação, tipicamente usado em base de dados, executado sempre que o evento associado ocorrer. Plugin É um programa de computador usado para adicionar funcionalidades a outros programas maiores, provendo alguma funcionalidade especial ou muito especíca. XML Extended Markup Language - É uma linguagem de descrição documental para utilização em ambientes de Internet.

14 Capítulo 1 Introdução O presente relatório descreve o projeto em contexto de estágio desenvolvido pelo aluno Ivo Tiago Ramos Rocha, na empresa Dom Digital - Consultoria e Serviços Internet, no âmbito da disciplina de Projeto de Informática na Escola Superior de Tecnologia e Gestão no Instituto Politécnico da Guarda. O projeto consistiu em desenvolver uma aplicação para o sistema operativo Android denominada AutoRadio. Esta aplicação destina-se nomeadamente aos automobilistas ouvintes da Rádio Nacional Antena3 pela Internet. Para uso da aplicação Auto- Radio é necessário um equipamento que funcione com o sistema Android, como por exemplo, um smartphone ou um tablet. O conceito de tablet surgiu em 1968 por Alan Kay, cientista americano da computação e pioneiro em áreas como interfaces grácas e programação orientada a objetos [12]. O fenómeno dos tablets, que parece ser a principal aposta da indústria de tecnologia a partir do ano 2010 [9], impulsionado pelo sucesso do modelo da Apple, tornou possível o aparecimento de tablets em diferentes versões, tamanhos, cores e funcionalidades de diversas empresas, tais como Asus, Samsung e Sony. Segundo os dados da Gartner, em 2010 existiam aproximadamente 20 milhões de tablets comercializados, e até 2014 são esperados mais de 208 milhões de aparelhos no mercado. Atualmente, a industria automóvel está a incluir tablets nos seus automóveis, da mesma forma como incluiu o navegador GPS, o leitor de MP3, o leitor de CD o leitor de cassetes e o rádio. A inclusão de um tablet num automóvel permite aos seus ocupantes usufruir de muitos serviços com grande facilidade, como por exemplo, acesso a emissões, quer de estações de rádio, quer de televisão, acesso à internet, chamadas telefónicas por internet, acesso a conteúdos de áudio e vídeo. O projeto enquadra-se no âmbito e complexidade adequada às competências adquiridas no curso: Autonomia e capacidade de denir objetivos Capacidade de modelação de problemas Saber elaborar relatórios de análise, desenho e implementação de soluções Gestão do tempo e cumprimento de prazos 11

15 CAPÍTULO 1. INTRODUÇÃO 12 O projeto realizado obedeceu às seguintes condições: Ter a duração de aproximadamente três meses e uma carga horária com a opção de combinação projeto/formação entre a instituição de acolhimento e o aluno. O estágio teve inicio no dia 3 de Março de 2012 e terminou a 10 de Julho de Ter um orientador docente da Unidade Técnico-Cientíca de Informática da ESTG do Instituto Politécnico da Guarda, ou outro, assim como um supervisor direto na empresa. Ter um plano de desenvolvimento aprovado pelo diretor de curso. 1.1 Instituição de acolhimento A Dom Digital é uma empresa que presta serviços tendo como base a infra-estrutura da Internet. Foi fundada em Janeiro de 1997 na cidade da Guarda. Esta é uma empresa que acredita no futuro, onde as tecnologias da Internet farão cada vez mais parte da vida das empresas. Tem como missão criar soluções criativas, com base em tecnologia ável, que cria valor acrescentado ao negócio dos seus clientes; prestar serviços de excelência e contribuir para o desenvolvimento da Internet portuguesa na sua componente social. 1.2 Motivação A principal motivação para o desenvolvimento deste projeto é a possibilidade de poder trabalhar com novas tecnologias, com as quais nunca tive oportunidade de trabalhar, principalmente para o desenvolvimento de aplicações móveis para o sistema operativo Android. Também a possibilidade em poder reforçar a marca da Rádio, alargar a sua audiência para uma escala global, delizar a audiência atual, conhecer melhor as audiências e agregar facilmente outros conteúdos de qualidade. 1.3 Solução A solução proposta consiste em desenvolver uma aplicação para tablets Android com um FrontOce, onde os ouvintes da rádio poderão consultar conteúdos únicos da Rádio Nacional Antena3, entre outras funcionalidades e um BackOce em que permitirá, aos administradores da rádio, obter um conjunto de dados sobre as suas audiências, gostos musicais e distribuição geográca dos seus ouvintes, entre muitas outras. 1.4 Estrutura do documento Este documento está organizado da seguinte forma:

16 CAPÍTULO 1. INTRODUÇÃO 13 Capítulo 2 - Denição do problema e objetivos - apresentação do problema e dos objetivos do projeto. Capítulo 3 - Metodologia e calendarização - apresentação das metodologias usadas no desenvolvimento do trabalho realizado e a sua calendarização. Capítulo 4 - Tecnologias utilizadas - neste capítulo são abordadas com algum detalhe as tecnologias utilizadas na implementação do projeto. Capítulo 5 - Trabalho realizado - descrição detalhada do trabalho realizado e das tecnologias utilizadas durante o projeto. Capítulo 6 - Conclusões e trabalho futuro - considerações nais sobre o trabalho desenvolvido e possível trabalho futuro.

17 Capítulo 2 Denição do problema e objetivos previstos 2.1 Denição do problema Desenvolver uma aplicação para dispositivos móveis, nomeadamente para tablets embutidos em automóveis, com o sistema operativo Android, permitindo aos utilizadores ter acesso à emissão online da Rádio Antena3. A aplicação deve fornecer as seguintes funcionalidades: ouvir podcasts, consultar a programação, partilhar em redes sociais, telefonar para a rádio, etc. Também foi criada uma plataforma de gestão apenas direcionada para a rádio, onde será guardada toda a informação sobre os ouvintes que utilizam a aplicação. Para o desenvolvimento deste projeto, será preciso ultrapassar alguns problemas para obter a informação a disponibilizar na aplicação. Todo o conjunto destas informações terá que ser obtido através do acesso da aplicação à Internet. Os principais problemas a resolver são os seguintes: Como obter os dados da música ou programa que está atualmente a tocar na rádio; Como reproduzir o que está a ser reproduzido na rádio, na aplicação; Como obter os diversos podcasts e programação da rádio; Como obter a letra da música que está a tocar no momento; Como integrar a aplicação nas redes sociais; Como centralizar toda a informação dos ouvintes num único lugar para estatísticas da rádio; Como permitir à aplicação efetuar chamadas através da Internet para a rádio; Como obter informações da situação das estradas, por exemplo: obras, sinistralidade, tráfego, etc. e disponibilizá-las num mapa. 14

18 CAPÍTULO 2. DEFINIÇÃO DO PROBLEMA E OBJETIVOS PREVISTOS Objetivos previstos A seguir segue uma lista dos principais objetivos denidos no início deste projeto. Dependendo de vários fatores estes poderão ser ou não implementados. Objetivos a atingir: Desenvolver uma aplicação móvel em Android para a rádio Antena3; Integrar a informação da rádio na aplicação; Relacionar os dados dos ouvintes, como por exemplo, gostos musicais, músicas mais ouvidas, etc. para estatísticas da rádio através de relatórios e grácos; Permitir aos ouvintes partilhar o que ouvem na aplicação nas redes sociais; Integrar um sistema de chamadas VoIP permitindo aos ouvintes falar com os locutores da rádio, de forma gratuita; Permitir à rádio saber onde se encontram os vários ouvintes no mundo.

19 Capítulo 3 Metodologia e resultados esperados 3.1 Metodologia Para o desenvolvimento deste projeto foi utilizada uma metodologia ágil, que consistiu em ter, todas as semanas, uma versão para entrega na empresa, e apenas no nal, documentar tudo. Então, a metodologia utilizada para desenvolver, implementar e testar a aplicação móvel é a seguinte: 1. Análise de sistema dos requisitos do projeto denindo as funcionalidades da aplicação móvel; 2. Implementação do projeto; 3. Realização de testes e análise da eciência e abilidade da aplicação; 4. Documentação do projeto num relatório. 3.2 Descrição das tarefas As principais tarefas foram: Tarefa 1 Análise dos requisitos; Tarefa 2 Estudo do ciclo de vida de uma aplicação no sistema operativo Android; Tarefa 3 Aquisição e estudo das várias API's necessárias para o projeto; Tarefa 4 Implementação da solução proposta; Tarefa 5 Testes da aplicação; Tarefa 6 Elaboração do relatório. O agendamento das tarefas é apresentado na gura

20 CAPÍTULO 3. METODOLOGIA E RESULTADOS ESPERADOS 17 Figura 3.1: Mapa de Gantt. 3.3 Resultados esperados No m deste projeto, espera-se que a aplicação esteja terminada e pronta para ser disponibilizada ao público. A aplicação deverá ser capaz de: Permitir a um ouvinte ouvir a rádio e saber o que está a tocar; Permitir que o ouvinte possa partilhar nas redes sociais denidas, o que está a ouvir, onde e como; Permitir que o ouvinte possa telefonar para a rádio; Permitir ao ouvinte consultar a programação da rádio e ouvir podcasts; Permitir ao ouvinte denir o quê, e com quem pretende partilhar a informação da aplicação; Permitir ao ouvinte gravar um programa/música para mais tarde ouvir de novo; Permitir ao ouvinte usar o sistema de GPS para consultar o estado das estradas. Na plataforma de gestão online deverá ser possível, para os administradores da rádio: Consultar relatórios e grácos com estatísticas dos seus ouvintes; Consultar um mapa de audiência permitindo saber onde se encontram distribuídos os seus ouvintes em Portugal e no mundo; Alterar denições da aplicação móvel.

21 Capítulo 4 Tecnologias utilizadas O desenvolvimento da aplicação AutoRadio requer a utilização de diversas tecnologias, descritas nas secções seguintes. Para cada uma delas é apresentado um pequeno exemplo de utilização com código escrito na linguagem de programação Java. 4.1 Sistema operativo Andoid O Android é um sistema operativo baseado em Linux, para dispositivos móveis como smartphones e tablets, desenvolvido pela Open Handset Alliance, liderada pela empresa Google [5]. A primeira versão do Android foi apresentada em 20 Setembro de 2008, e atualmente encontra-se na versão 4.1 dada pelo nome Jelly Bean, lançada a 10 de Julho de A Open Handset Alliance é um consórcio de 84 rmas que desenvolvem standards abertos para dispositivos móveis [4]. 4.2 Programação Android Para desenvolver aplicações para Android, normalmente é utilizada a linguagem de programação Java. No desenvolvimento de aplicações que requerem melhor desempenho, pode-se recorrer à linguagem de programação C para otimizar algumas funcionalidades. As aplicações podem ser desenvolvidas, utilizando o ambiente de programação Eclipse e NetBeans, entre outros, sendo necessário recorrer à instalação de plugins e o SDK Android. A listagem 1 apresenta um exemplo de uma aplicação de Hello World. Esta aplicação contém uma EditText, que é uma caixa para introdução de texto, um botão e uma TextView para apresentar uma mensagem. Após introduzir um nome na caixa de texto e premindo o botão, na TextView será apresentada uma mensagem de boas vindas. 18

22 CAPÍTULO 4. TECNOLOGIAS UTILIZADAS 19 Listagem 1 Exemplo de uma aplicação Android. package android.ivo; import android.app.activity; import android.os.bundle; import android.view.view; import android.widget.button; import android.widget.edittext; import android.widget.textview; public class HelloWorld extends Activity { private EditText nameedittext; private Button buttonsubmit; private TextView protected void oncreate(bundle savedinstancestate) { super.oncreate(savedinstancestate); nameedittext = (EditText) findviewbyid(r.id.nameedittext); buttonsubmit = (Button) findviewbyid(r.id.buttonsubmit); textviewmessage = (TextView) findviewbyid(r.id.textviewmessage); buttonsubmit.setonclicklistener(new View.OnClickListener() { public void onclick(view v) { textviewmessage.settext("hello " + nameedittext.gettext() + "!"); ); 4.3 API com a rede social Facebook Para poder integrar a aplicação no Facebook, em primeiro lugar, foi preciso registála, seguindo certos passos necessários, para que tudo no m, funcione perfeitamente. Para tal, foi usado um tutorial disponibilizado na página de documentação da API, no Facebook [2]. Esta API utiliza o método SSO (Single Sign-On), que faz com que os utilizadores, que já tenham a aplicação Android do Facebook instalada nos seus dispositivos, não tenham que introduzir o username e password numa aplicação de externos (como é o caso da aplicação do projeto). Alguns dos métodos disponibilizados pela API são apresentados na tabela 4.1. Método Parâmetros de entrada Parâmetros de saída logout contexto:context result:string issessionvalid result:boolean request graphpath:string, param:bundle, Tabela 4.1: Métodos da API do Facebook. A listagem 2, apresenta uma função em Java, que permite publicar uma mensagem no perl do utilizador. É através do método request, que todos os pedidos e envios são efetuados para o Facebook.

23 CAPÍTULO 4. TECNOLOGIAS UTILIZADAS 20 Listagem 2 Função de partilha de uma mensagem na rede social Facebook.... public static AsyncFacebookRunner facebookasyncrunner;... private void partilhafacebook(string mensagem) { Bundle params = new Bundle(); params.putstring("message", mensagem); params.putstring("name", "AutoRadio Antena3"); facebookasyncrunner.request("me/feed", params, "POST", new postonwalllistener(), null); public class postonwalllistener extends BaseRequestListener { public void oncomplete(final String response, final Object state) { showtoast("atividade publicada no Facebook."); public void onfacebookerror(facebookerror error) { showtoast("ocorreu um erro ao publicar a sua atividade no Facebook."); 4.4 API com a rede social Twitter O Twitter, atualmente, ainda não disponibilizou uma API proprietária para o sistema operativo Android, e após uma breve pesquisa, foram encontradas algumas, desenvolvidas pela comunidade. A API usada denomina-se Twitter4j [15]. A listagem 3 exemplica uma função com o m de partilhar uma mensagem no Twitter. Listagem 3 Função de partilha de uma mensagem na rede social Twitter. private void partilhatwitter(string mensagem) { try { twitter.updatestatus(mensagem); showtoast("tweet publicado no seu Twitter."); catch (TwitterException te) { Log.e("MainActivity", "Ocorreu um erro ao publicar tweet: " + te); showtoast("ocorreu um erro ao publicar o seu tweet."); Alguns dos métodos disponibilizados pela API são apresentados na tabela 4.2. Método Parâmetros de entrada Parâmetros de saída createfriendship userid:long befrienduser:user getaccountsettings settings:accountsettings updatestatus status:string laststatus:status Tabela 4.2: Métodos da API Twitter4j. 4.5 RSS feeds Um feed é um formato de dados usado em formas de comunicação com conteúdo frequentemente atualizado [6]. Em sites onde ocorrem muitas atualizações, tais como

24 CAPÍTULO 4. TECNOLOGIAS UTILIZADAS 21 blogs, sites de notícias, etc., é frequente terem feeds, e assim os utilizadores poderão subscrevê-los e então, passarão a ter toda a informação num único sítio, evitando que estes visitem frequentemente os sites. A listagem 4 ilustra um exemplo de um documento de feed da Rádio Antena3, que contém as últimas músicas tocadas na rádio, referentes à data e hora 21:34:52. Listagem 4 Exemplo de documento de feed [14]. <rss xmlns:msxsl="urn:schemas-microsoft-com:xslt" xmlns:t="http://www.rtp.pt" version="2.0"> <channel> <title> <![CDATA[ Antena3 / Últimas Músicas ]]> </title> <link>http://www.rtp.pt</link> <name>antena3</name> <description> <![CDATA[ Últimas músicas Antena3 ]]> </description> <language>pt-pt</language> <lastbuilddate>thu, 26 Jul :40:46</lastBuildDate> <category>antena3 Rss</category> <copyright> c 2011 RTP.PT, Gabinete Multimedia</copyright> <item> <title> <![CDATA[ These Boots Are Made For Walking ]]> </title> <author> <![CDATA[ Legendary Tigerman & Maria de Medeiros ]]> </author> <durationint>221</durationint> <durationtime>00:03:41</durationtime> <start_timedate> t21:34:52.848</start_timedate> <start_timetime>21:34:52</start_timetime> <hora>496444</hora> </item> <item> <title> <![CDATA[ Lovers Lollypops ]]> </title> <author> <![CDATA[ Long Way To Alaska ]]> </author> <durationint>177</durationint> <durationtime>00:02:57</durationtime> <start_timedate> t21:32:03.614</start_timedate> <start_timetime>21:32:03</start_timetime> <hora> </hora> </item> </channel> </rss> 4.6 Serviços web Um serviço web é uma solução utilizada na integração de sistemas e na comunicação entre aplicações diferentes. Com esta tecnologia é possível que novas aplicações possam interagir com aqueles que já existem. Como cada aplicação pode ter a sua própria "linguagem", esta é traduzida para uma linguagem universal XML [7].

25 CAPÍTULO 4. TECNOLOGIAS UTILIZADAS Serviço web da musixmatch O serviço web disponibilizado pela musixmatch permite obter a letra de uma música (lyrics), com base no título e artista da música. Alguns dos métodos disponibilizados pelo serviço web [13] são apresentados na tabela 4.3. Este serviço fornece uma API, desenvolvida em Java, para facilitar as pesquisas e o tratamento de resultados. Método Parâmetros de entrada Parâmetros de saída getmatchingtrack trackname:string, artistname:string track:track getlyrics trackid:int lyricbody:lyric Tabela 4.3: Métodos do serviço web musixmatch. A listagem 5 ilustra um exemplo da utilização do método getmatchingtrack para obtenção da letra da música com o título Burn It Down e artista Linkin Park. Na gura 4.1 é apresentado o resultado, ou seja a letra da referida musica. Listagem 5 Obter o lyrics de uma música.... try { Track track = musixmatch.getmatchingtrack("burn It Down","Linkin Park"); TrackData data = track.gettrack(); Lyrics lyrics = musixmatch.getlyrics(data.gettrackid()); String lyricbody = lyrics.getlyricsbody(); catch (MusixMatchException e) { Log.e("MusicMatch", "Lyrics da música não foi encontrado");... The cycle repeated As explosions broke in the sky All that I needed Was the one thing I couldn't find And you were there at the turn Waiting to let me know We're building it up To break it back down We're building it up To burn it down We can't wait To burn it to the ground The colors conflicted As the flames climbed into the clouds I wanted to fix this But couldn't stop from tearing it down... ***** This Lyrics is NOT for Commercial use ***** Figura 4.1: Letra música Burn It Down e artista Linkin Park.

26 CAPÍTULO 4. TECNOLOGIAS UTILIZADAS Serviço web Twilio O Twilio é um serviço que disponibiliza API's para várias plataformas, sendo uma delas o Android [11]. Com o Twilio é possível efetuar chamadas sobre a rede IP, para a rede móvel, enviar mensagens de texto, chamadas de conferência, criar call center's, etc. Para utilizar este serviço é necessário efetuar um registo de utilizador. Para efeitos não comerciais é possível realizar chamadas gratuitas limitadas no tempo. Na aplicação AutoRadio é utilizado apenas o serviço de chamadas de voz do Twilio. A seguir, segue um exemplo na listagem 6, de uma função que efetua uma chamada para um determinado número de telefone, recebido como parâmetro da função. É através do método device.connect(), que a chamada é efetuada, recebendo como parâmetro, um número de telefone e uma Interface Listener para se programar os estados da chamada. Listagem 6 Código para efetuar uma chamada através da Internet com o Twilio. public void connect(string phonenumber) { if (phonenumber == null) { isinacall = false; Log.e(TAG, "Numero de telefone nao pode ser null."); return; Map<String, String> parameters = new HashMap<String, String>(1); parameters.put("phonenumber", phonenumber); connection = device.connect(parameters, new ConnectionListener(){ public void ondisconnected(connection inconnection, int inerrorcode, String inerrormessage) { Log.i(TAG, "DISCONNECTED_ERROR: " + inerrormessage + " Code:" + inerrorcode); isinacall = false; public void ondisconnected(connection inconnection) { Log.i(TAG, "DISCONNECTED"); isinacall = false; public void onconnecting(connection inconnection) { Log.i(TAG, "CONNECTING"); public void onconnected(connection inconnection) { Log.i(TAG, "CONNECTED"); ); if (connection == null) { fireaftererrorocurred("failed to create new connection"); this.isinacall = false; else { this.isinacall = true; 4.7 Salesforce.com O Salesforce é uma empresa líder de mercado mundial, em CRM. Esta plataforma na cloud, bastante exível, permite a uma empresa, gerir toda a sua relação com o cliente, desde a área comercial até ao atendimento [10].

27 CAPÍTULO 4. TECNOLOGIAS UTILIZADAS 24 Neste projeto, o Salesforce foi usado para guardar toda a informação recebida pela aplicação Android. Para isto, o Salesforce fornece uma API para o sistema operativo Android, no qual permite enviar a informação da aplicação para a plataforma [8]. Na listagem 7 é exemplicado o envio de dados para a tabela SocialActivity em Salesforce, através de uma aplicação Android. Listagem 7 Código para inserir um registo na tabela SocialActivity no Salesforce. public static void insertsalesforcesocialactivity(string mensagem, String socialnetwork) { if (!(socialnetwork.equals("facebook") ^ socialnetwork.equals("twitter"))) { Log.d(TAG, "socialnetwork desconhecido"); return; SObject obj = new SObject(); obj.settype("social_activity c"); HashMap<String, String> requestfields = new HashMap<String, String>(); requestfields.put("listener_id c", salesuserid); requestfields.put("social_message c", mensagem); requestfields.put("social_network c", socialnetwork); obj.setfields(requestfields); ArrayList<SObject> objs = new ArrayList<SObject>(); objs.add(obj); Salesforce.create(objs, new Salesforce.ResponseListener() { public void onsforceerror(apifault apifault) { String msg = apifault.getexceptionmessage(); String code = apifault.getexceptioncode().getvalue(); if (code.equals(exceptioncode._invalid_field)) { Log.e(TAG, "Query: Invalid field"); Log.e(TAG, "ERRO: " + msg); public void onexception(exception e) { Log.e(TAG, "Exception:", e); public void oncomplete(object response) { ArrayList<SaveResult> resultarray = (ArrayList<SaveResult>) response; for (SaveResult sr : resultarray) { if (sr.issuccess()) { Log.d(TAG, "social message inserted"); else { Log.d(TAG, "Record insert failed."); for (com.sforce.android.soap.partner.error error : sr.geterrors()) { Log.d(TAG, "Custom Error: " + error.getmessage()); ); 4.8 Android Crash Reports Android Crash Reports (ACRA) é uma library que permite às aplicações Android enviar, automaticamente, relatórios de erros para um formulário do GoogleDocs [3], para ajudar os programadores a obter a informação que levou a aplicação a um erro.

28 CAPÍTULO 4. TECNOLOGIAS UTILIZADAS 25 Para se poder usar esta library basta colocá-la dentro do projeto, e adicionar umas linhas de código na classe de aplicação. O exemplo na listagem 8, mostra o que é necessário colocar nessa classe. Listagem 8 Código de exemplo para implementar o sistema de relatórios de erro. import org.acra.*; import = "dgvacg0ydvhnanhjrjvtutetb3fpwgc6mq") //form-key do formulário do GoogleDocs public class MyApplication extends Application public void oncreate() { ACRA.init(this); super.oncreate();

29 Capítulo 5 Trabalho realizado A aplicação Android, com o recurso ao SDK Android, foi desenvolvida no ambiente de programação Eclipse. O Eclipse é um IDE desenvolvido em Java, seguindo um modelo open source de desenvolvimento de software. O sistema de gestão para a administração, foi desenvolvida em Salesforce.com, permitindo ter toda a informação armazenada na cloud. Para a integração da aplicação nas redes sociais Facebook e Twitter, foi preciso, em primeiro lugar, obter as API's necessárias e depois realizar um breve estudo de como estas funcionariam. Todos os conteúdos da rádio a apresentar na aplicação, foram obtidos através de feeds disponibilizados pela rádio. Também foi necessário recorrer às tecnologias da Google, mais propriamente aos mapas, para serem apresentados na aplicação. Para obter a letra da música (lyrics), foi utilizado um web service da Musixmatch, e nalmente, para chamadas através da Internet, usou-se a API do Twillio. 5.1 Ciclo de vida de uma aplicação Android Para o desenvolvimento desta aplicação foi preciso primeiro entender o ciclo de vida de uma activity no sistema operativo Android. Isto é muito importante para garantir a criação de uma aplicação robusta. A responsabilidade do ciclo de vida da aplicação é do sistema operativo. Quando uma activity está a ser executada, esta vai para o topo da pilha de atividades. Uma activity pode assumir vários estados: Em execução; Interrompida; Em segundo plano; Destruída. 26

30 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 27 No momento em que uma activity é interrompida em segundo plano, o sistema operativo pode, de acordo com a necessidade, libertar os recursos da memória e com isso, encerrar o processo da aplicação. É neste ponto, que pode ser necessário guardar algumas informações da aplicação para que seja possível o retorno da aplicação ao mesmo ponto em que foi deixada Máquina de estados A activity possui métodos que auxiliam o programador a controlar o estado da aplicação. De seguida será feita uma descrição de cada método: OnCreate É apenas executado uma vez quando a activity é iniciada e logo após a sua execução o método onstart é chamado. OnStart Pode ser executado após o oncreate ou o onrestart, e após a sua execução o método onresume é chamado. onresume É chamada quando uma activity está a ser executada. É chamada após o onstart. onrestart Este método é chamado quando a activity estava no estado de interrompida em segundo plano e volta a ser executada. onpause É executado quando a activity é interrompida. Aqui o programador deve guardar o estado da aplicação para que seja possível uma recuperação pelo método onresume. onstop É chamado quando a activity está a ser terminada. ondestroy Aqui a activity é terminada. A gura 5.1 mostra a máquina de estados de uma activity.

31 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 28 Figura 5.1: Ciclo de vida de uma aplicação Android [1]

32 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO FrontOce - A aplicação Android O FrontOce do projeto refere-se à aplicação em si, ou seja, tudo o que o utilizador nal tem acesso. Entende-se por utilizadores nais, os ouvintes da rádio que irão utilizar a aplicação para uso próprio. Esta é a parte visual a que o utilizador tem acesso através do que lhe é apresentado pela aplicação Arquitetura das tecnologias utilizadas Grande parte da aplicação utiliza serviços web, para obtenção dos dados necessários e ligação a redes sociais. A gura 5.2, representa a ligação destes serviços com a aplicação. Utilização de cada serviço: Figura 5.2: Serviços na aplicação. Twilio Este serviço foi utilizado na aplicação para permitir aos ouvintes ligar para a rádio sem qualquer custo. Twitter e Facebook As API's destes serviços foram utilizadas para partilha de conteúdos nas respetivas redes sociais.

33 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 30 musixmatch Utilizado para obter a letra da música que está a tocar na rádio. Rádio Antena3 A rádio Antena3 disponibilizou vários links de feed's para obter informações tais como: programação da rádio, lista de podcast's, o que está atualmente a tocar na rádio, links para streaming da rádio, etc.. Salesforce O "coração"da aplicação. É no Salesforce.com que ca toda a informação dos ouvintes guardada, tal como o que ouviu, quando e onde, o que partilhou nas redes sociais, quando ligou para a rádio, etc.. Basicamente torna a aplicação num "Big Brother". Crash Reports Este último, não é bem um serviço, pois não fornece nada à aplicação. Este apenas permite ajudar-me como programador, a detetar problemas que ocorram quando a aplicação já está disponibilizada ao público. Sempre que ocorra um problema na aplicação que a leve a um crash, esta informação será enviada para um documento no GoogleDocs para posterior análise e correção de bugs A aplicação Android Nesta secção são apresentados todos os menus da aplicação e todas as suas funcionalidades ilustradas, a seguir: Modo Interativo Ouvir rádio Através de stream RTSP Record e MyRecords Registados em Salesforce Call Radio Lyrics Utilização da API Twilio Utilização da API musixmatch Partilhas Sociais Utilização das API's Facebook e Twitter Like e Unlikes Registados em Salesforce Settings Login Facebook ou Twitter Username Password Partilhas Auto-mode Com a rádio Com a rede social Facebook e Twitter

34 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 31 Modo Rádio Ouvir rádio Podcasts Lista de podcasts Ouvir podcasts Obtidos através de feed's Trânsito Google Maps Posicionamento GPS Tráfego Programas Lista de programação diária da rádio Obtidos através de feed's Activity principal - Modo Interativo Figura 5.3: Activity em modo de rádio interativa. Este é o menu, apresentado na gura 5.3, que aparece quando a aplicação é executada pela primeira vez pelo ouvinte. Através deste, é possível aceder a todas as funcionalidades da aplicação. Na primeira vez que o utilizador abre a aplicação, esta irá registar o ouvinte na plataforma Salesforce, com um identicador único. O registo deste ouvinte implica que o dispositivo tenha um associado; se não o ouvinte cará registado como anónimo, até que seja associado um ao dispositivo.

35 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 32 O registo do ouvinte acontece uma única vez, e se o ouvinte possuir mais dispositivos que possam usar esta aplicação (ou outras, por exemplo a aplicação Interactive Radio desenvolvida também por mim, que irei falar um pouco no nal deste relatório), estes ligar-se-ão á conta do mesmo utilizador, desde que o associado ao respetivo dispositivo seja o mesmo em todos os dispositivos. Logotipo da marca No topo da aplicação aparece a marca de automóveis no qual esta está integrada. Devido a burocracias, ainda não foi denida a marca que irá utilizar esta aplicação, por isso, e de maneira a continuar a realizar o projeto, foi colocado o logo da "Mercedes Benz", que puderá ser mudado ou mantido mais tarde. Auto-mode De seguida, mesmo á direita do logotipo da marca, é apresentada a funcionalidade Auto-mode. Esta é uma funcionalidade muito interessante, mas com muita pena minha, ainda não foi implementada da forma pretendida. Isto é, esta funcionalidade se estiver em modo ON, fará com que a aplicação mude de estado conforme o veículo esteja em andamento ou não. Se o veículo estiver em andamento este menu deixará de ser apresentado e passará ao modo de rádio (que irá ser apresentado na secção seguinte), não permitindo que o ouvinte esteja a conduzir e ao mesmo tempo a interagir com a aplicação. Se estiver em modo OFF, o ouvinte tem a possibilidade de escolher o ecrã que desejar. Esta funcionalidade ainda não foi implementada, pois como referido atrás, ainda não foi decidida a marca de automóveis que irá adotar esta aplicação. Então, para efeitos de apresentação da aplicação, decidi colocar um temporizador nesta funcionalidade, e então, quando este esteja ON, de x em x segundos, a aplicação irá alternar entre modos automaticamente, e assim simular o automóvel quando em andamento ou parado. Botão Lyrics Este botão permite abrir uma janela de diálogo onde irá apresentar a letra da música que está atualmente a ser reproduzida pela rádio, caso exista na base de dados do site da musixmatch. Esta janela de diálogo será apresentada mais à frente, pela gura Botão Record Este botão permite fazer uma gravação da música ou programa que está atualmente em reprodução na rádio. Toda a lista de gravações do ouvinte cará guardada online na plataforma Salesforce.com. Botão MyRecords

36 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 33 Mais a frente será apresentada pela gura 5.11, a janela de diálogo que aparecerá ao pressionar este botão. Botão Settings Este botão permite abrir uma janela de diálogo, com todas as congurações que existem na aplicação. Caixa de informações do que está a ser reproduzido Nesta caixa, é apresentada a hora de início e m da música/programa que está atualmente a ser reproduzido na rádio, e por baixo desta, uma barra de progresso que permite ao ouvinte saber o estado da duração do que está em reprodução. Esta informação aqui apresentada é obtida através de um feed disponibilizado pela Rádio Antena3. Mais abaixo, existe uma barra de volume para controlar o volume do áudio da aplicação. Botão Tweet Este botão, como o nome também indica, permite ao utilizador publicar no seu Twitter, o que está a ouvir na rádio e onde o está a ouvir. Nos Settings da aplicação é possível congurar o que o ouvinte deseja ou não partilhar no seu Twitter. Botão Share Este botão, permite também publicar, mas no Facebook, o que o ouvinte está a ouvir e onde. Também é possível congurar isto tudo nos Settings. Este botão tal como o do Tweet, pode ser dispensado caso o ouvinte ativar nos Settings a opção de publicar automaticamente no seu mural da rede social. Botão Like e Dislike Estes dois botões servem para estatísticas da rádio. Serão submetidos "gosto"e "não gosto"ao que está atualmente a ser reproduzido na rádio. Esta informação será enviada e guardada no Salesforce. É preciso esclarecer que estes botões serão "gostos"do segundo (tempo) da música/programa que está a tocar, e não um "gosto"global da música/programa. Botão Call Radio Este botão permite abrir uma janela de diálogo, mais a frente apresentada, possibilitando efetuar chamadas através da Internet, para a Rádio Antena Activity principal - Modo Radio Este é um modo, no qual o ouvinte pouco interage com a aplicação. Este apenas terá a possibilidade de parar e tocar o stream de rádio.

37 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 34 Figura 5.4: Activity em modo de rádio Este modo é ativado sempre que o automóvel esteja em andamento, caso o ouvinte tenha a opção de Auto-mode ligada. Neste modo também continua a ser apresentada a informação da música/programa que está atualmente em reprodução Activity Podcasts Nesta activity, representada pela gura 5.5, o ouvinte poderá consultar e ouvir todos os podcasts disponibilizados pela rádio. A informação aqui apresentada é obtida através de vários feed's. Estes podcasts estão agrupados pelo programa da rádio, recorrendo a uma lista e uma sub-lista para cada podcast do programa respetivo Activity Trânsito Nesta activity, representada pela gura 5.6, é apresentado um mapa, e com recurso ao GPS do dispositivo é possível determinar a posição do ouvinte. Aqui será possível vericar qual o percurso que o ouvinte poderá tomar caso haja incidentes na zona do seu percurso rodoviário. Também com recurso aos dados fornecidos pelo GoogleMaps, é possível consultar o estado do tráfego nas principais estradas do país Activity Programas Nesta activity, representada pela gura 5.7 apenas é apresentada toda a programação do dia, da rádio, através de uma lista. Esta informação é obtida através de um feed disponibilizado pela rádio.

38 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 35 Figura 5.5: Activity Podcasts Figura 5.6: Activity Transito

39 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 36 Figura 5.7: Activity Programas Activity Settings Esta activity, representada pela gura 5.8, apresentada sob a forma de uma janela de diálogo, permite ao utilizador efetuar o seu login nas redes sociais Facebook e Twitter e congurar o que pretende ou não partilhar. O ouvinte pode partilhar no Facebook e Twitter: A sua localização; O que está a ouvir. O ouvinte pode partilhar com a rádio: A sua localização; O que está a ouvir; As chamadas que efetuou para a rádio; As suas partilhas nas redes sociais. Esta informação partilhada com a rádio, será guardada na plataforma Salesforce. Neste menu ainda é possível, com a permissão do ouvinte, ativar a opção de publicar automaticamente, nas redes sociais denidas, tudo o que faz na aplicação, sem ter que, por exemplo, no menu interativo ter que carregar no botão de Tweet ou Share. A isto dá-se o nome de Frictionless Sharing. Exemplo de uma mensagem de partilha nas redes sociais: "Estou a ouvir Linkin Park - Burn It Down na aplicação AutoRadio, na Rua Xanana Gusmão, Guarda.

40 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 37 Figura 5.8: Activity Settings. Figura 5.9: Diálogo Call Radio.

41 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO Janela de diálogo Call Radio Nesta janela de diálogo, representada pela gura 5.9, o ouvinte poderá efetuar chamadas pela Internet, com recurso à API do Twilio, sem qualquer custo, para a rádio, podendo assim, participar em passatempos da rádio, etc. Na plataforma Salesforce, será possível alterar o número de telefone para o qual a chamada será estabelecida Janela de diálogo Lyrics Figura 5.10: Diálogo Lyrics Nesta janela de diálogo, o ouvinte poderá consultar a letra da música em reprodução. As letras das músicas são obtidas pelo web-service da musixmatch. Nem sempre é possível obter todas as letras, pois podem não estar disponíveis, e nem sempre a rádio está a passar músicas Janela de diálogo MyRecords Nesta janela de diálogo, representada pela gura 5.11, são apresentadas todas as gravações que o ouvinte efetuou através do botão Record. A lista de gravações ca guardada na plataforma Salesforce. Atualmente ainda não é possível ouvir as gravações, pois não cou decido na empresa qual seria a melhor abordagem para implementar esta funcionalidade. Se gravar o som obtido pelo stream da rádio, ou arranjar um serviço, que mediante uma música

42 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 39 Figura 5.11: Diálogo MyRecords fornecida, devolvesse o cheiro de áudio. Esta será uma funcionalidade a terminar mais tarde.

43 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO BackOce O BackOce foi desenvolvido em Salesforce. Nesta plataforma são guardados todos os dados que são enviados pela aplicação. Todo o conteúdo nesta plataforma é direcionado para os administradores da rádio Base de Dados Os dados são armazenados numa base dados desenvolvida para o efeito na plataforma Salesforce. Na gura 5.12 é apresentado o modelo relacional da base de dados. Figura 5.12: Base de dados - Relações entre tabelas As ligações a vermelho, denominadas em Salesforce por Master-Detail Relationship, indicam obrigatoriedade, ou seja, para um registo existir na tabela respetiva, é obrigatório existir registos ao qual se ligarão em outras tabelas, enquanto que as azuis, Lookup Relationship, não têm obrigatoriedade Descrição das tabelas Listener Esta tabela contêm toda a informação relativa aos ouvintes: Endereço , Id's nas redes sociais, nome, última vez que entrou na aplicação, etc.

44 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 41 Music Esta tabela contêm todas as músicas que vão passando pela rádio. Como a rádio não pode estar sempre a introduzir músicas nesta tabela, então quem introduz os dados é a aplicação. Para não serem introduzidas músicas repetidas, criou-se um trigger que sempre que uma música é introduzida, este verica se já existe ou não. Music Listened Aqui cam guardadas todas as músicas ouvidas por cada ouvinte. Record Nesta tabela, cam guardadas todas as músicas que um determinado ouvinte gravou. Assim, sempre que o ouvinte se ligue noutro dispositivo, terá sempre as suas gravações disponíveis. Music Like Esta é uma tabela que não é usada por esta aplicação, mas sim pela Interactive Radio. Aqui cam registados todos os Likes que os ouvintes submetem para as músicas. Este é um Like a um todo, ou seja, um like da música em geral. RealTime Like Nesta tabela cam guardados todos os instantes de likes e unlikes submetidos pela aplicação. Estes dados, por agora, não estão a ser tratados de nenhuma maneira. Fica ao dispor da rádio tomar decisões com eles. Um real time like, como já descrito anteriormente, é um like de algo que está num certo instante a passar na rádio. Call Aqui cam registadas todas as chamadas efetuadas pelos ouvintes. Isto se o ouvinte permitir nas denições da aplicação a partilha desta informação com a rádio. Social Activity Nesta tabela ca registada toda a atividade feita pelos ouvintes na aplicação, com as redes sociais Facebook e Twitter. Esta informação também só é partilhada com a rádio se o ouvinte assim o permitir. Gps position Esta tabela contém a informação GPS obtida pela aplicação, ou seja, onde o ouvinte está a utilizar esta aplicação. Esta tabela será usada para criar um mapa de audiência (apresentado mais à frente). A aplicação submete dados para esta tabela de três em três minutos, com a permissão do ouvinte. App Settings Nesta tabela apenas são guardadas informações relativas à aplicação, como chaves de acesso ao Facebook, Twitter, Twilio, musixmatch, número de telefone, etc. Decidiuse criar esta tabela, pois assim, sempre que algo tenha que ser alterado, basta ser

45 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 42 alterado nesta tabela e não no source-code da aplicação, e assim, não sendo necessário que os ouvintes tenham que atualizar a aplicação para obter o resultado destas alterações. Radio Esta é uma tabela que por agora não está a ser utilizada pela aplicação. Futuramente esta tabela permitirá que aplicação se torne multi-rádio, não só para a Antena3 como também para outras rádios. Phone Finalmente, esta tabela, irá guardar os números de telefone de cada uma das rádios, na tabela Radio Páginas de visualização de dados Para cada tabela existe uma página que lista todo o conteúdo recente destas (ou total), e selecionando cada registo, é aberta uma outra página com os respetivos detalhes. A gura a seguir mostra a lista de ouvintes recentes registados na aplicação. Figura 5.13: Salesforce - Lista de ouvintes recentes. A gura a seguir mostra os detalhes de um ouvinte. Todas as outras páginas são similares, usando sempre o mesmo estilo de apresentação dos dados. A gura a seguir, apresenta o mapa de audiência, com recurso ao GoogleMaps. Nesta página é possível visualizar todos os ouvintes que estão no momento a utilizar a aplicação. Também é possível recuar no tempo e mostrar os ouvintes que estiveram online na última hora, no último dia, ou desde sempre. Ao clicar no pin que representa a posição do ouvinte, aparecerá um "balão"com o nome do ouvinte

46 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 43 Figura 5.14: Salesforce - Detalhes de um ouvinte. e foto. Estes dados são obtidos através do perl de uma das redes sociais ao qual o ouvinte se tenha ligado na aplicação Grácos Com a criação de relatórios de dados é possível criar vários grácos com os dados que as tabelas contêm. Devido ao escasso tempo para a criação dos mesmos, apenas tive a possibilidade de criar dois. Um gráco com as músicas mais ouvidas, durante um determinado período de tempo, como também os autores de músicas mais ouvidos. A gura 5.16 mostra um gráco das músicas mais ouvidas num determinado dia. É claro que, como a aplicação ainda não está disponível ao público, este gráco representa muito pouco do que será quando já estiver disponível. Muitos mais grácos serão possíveis de criar com os dados que existem nas tabelas, tais como por exemplo: Quais os países ou cidades com mais ouvintes que usam a aplicação? Quais as músicas que os ouvintes mais gostam ou não? Quais as horas do dia que têm uma maior ou menor audiência? A plataforma Salesforce contém inúmeras funcionalidades que ainda poderiam ser utilizadas para este projeto. Talvez no futuro possa tirar uma certicação em Salesforce e aprender tudo o que esta plataforma tem de bom para dar.

47 CAPÍTULO 5. TRABALHO REALIZADO 44 Figura 5.15: Salesforce - Mapa de audiência. Figura 5.16: Salesforce - Gráco músicas mais ouvidas

Desenvolvimento Android. http://www.larback.com.br

Desenvolvimento Android. http://www.larback.com.br Desenvolvimento Android http://www.larback.com.br Introdução ao Android O Android é a resposta da Google ao mercado crescente de dispositivos móveis. É uma nova plataforma de desenvolvimento baseado no

Leia mais

EIMOBILE INSTITUIÇÕES DE ENSINO MOBILE

EIMOBILE INSTITUIÇÕES DE ENSINO MOBILE UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS CENTRO POLITÉCNICO TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EIMOBILE INSTITUIÇÕES DE ENSINO MOBILE por Miguel Aguiar Barbosa Trabalho de curso II submetido como

Leia mais

PROGRAMAÇÃO COM ANDROID NA ÁREA DA ENGENHARIA CARTOGRÁFICA: ALGUNS EXEMPLOS

PROGRAMAÇÃO COM ANDROID NA ÁREA DA ENGENHARIA CARTOGRÁFICA: ALGUNS EXEMPLOS PROGRAMAÇÃO COM ANDROID NA ÁREA DA ENGENHARIA CARTOGRÁFICA: ALGUNS EXEMPLOS GLAUCO LEITE DE FREITAS ANA LÚCIA BEZERRA CANDEIAS Universidade Federal de Pernambuco - UFPE Centro de Tecnologia e Geociências

Leia mais

Aula 1 - Introdução e configuração de ambiente de desenvolvimento

Aula 1 - Introdução e configuração de ambiente de desenvolvimento Aula 1 - Introdução e configuração de ambiente de desenvolvimento Olá, seja bem-vindo à primeira aula do curso para desenvolvedor de Android, neste curso você irá aprender a criar aplicativos para dispositivos

Leia mais

Programação para Android. Aula 06: Activity, menus e action bar

Programação para Android. Aula 06: Activity, menus e action bar Programação para Android Aula 06: Activity, menus e action bar Activity A classe Activity é quem gerencia a interface com o usuário. Ela quem recebe as requisições, as trata e processa. Na programação

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS CENTRO POLITÉCNICO CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS CERVA TOISS. por

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS CENTRO POLITÉCNICO CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS CERVA TOISS. por UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS CENTRO POLITÉCNICO CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS CERVA TOISS por Daniel Teixeira Braga Trabalho de Conclusão de curso II Prof. Marcos Echevarria

Leia mais

Programação para Android

Programação para Android Programação para Android Aula 01: Visão geral do android, instalação e configuração do ambiente de desenvolvimento, estrutura básica de uma aplicação para Android Objetivos Configurar o ambiente de trabalho

Leia mais

Programação para Android. Aula 08: Persistência de dados SQL

Programação para Android. Aula 08: Persistência de dados SQL Programação para Android Aula 08: Persistência de dados SQL Persistência de dados Na maioria das aplicações precisamos ter algum tipo de persistência de dados. Para guardar informações de forma persistente

Leia mais

Security Shop MRS. Media Relay System. Manual do Usuário

Security Shop MRS. Media Relay System. Manual do Usuário Página 1 de 20 Security Shop MRS Media Relay System Manual do Usuário Página 2 de 20 Conteúdos: Conteúdos:... 2 Figuras:... 3 1. Introdução... 4 1.1 Âmbito do Documento... 4 1.2 Terminologia... 4 2. GERAL...

Leia mais

Guia de consulta rápida DVR HD

Guia de consulta rápida DVR HD Guia de consulta rápida DVR HD Primeira parte: Operações Básicas... 2 1. Instalação básica... 2 2. Arranque... 2 3. Desligar... 2 4. Iniciar sessão... 2 5. Pré- visualização... 3 6. Configuração da gravação...

Leia mais

Programação em Java para a Plataforma Android AULA 1. Primeiros Passos

Programação em Java para a Plataforma Android AULA 1. Primeiros Passos Programação em Java para a Plataforma Android AULA 1 Primeiros Passos O que é Android Como é o desenvolvimento de aplicações para esse ambiente O que é preciso para começar a programar ABvidades, o início

Leia mais

MAPEAMENTO E LOCALIZAÇÃO DE REGIÕES DE INTERESSE UTILIZANDO REALIDADE AUMENTADA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS COM PLATAFORMA ANDROID

MAPEAMENTO E LOCALIZAÇÃO DE REGIÕES DE INTERESSE UTILIZANDO REALIDADE AUMENTADA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS COM PLATAFORMA ANDROID MAPEAMENTO E LOCALIZAÇÃO DE REGIÕES DE INTERESSE UTILIZANDO REALIDADE AUMENTADA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS COM PLATAFORMA ANDROID Alessandro Teixeira de Andrade¹; Geazy Menezes² UFGD/FACET Caixa Postal 533,

Leia mais

Programação para Dispositivos Móveis

Programação para Dispositivos Móveis Programação para Dispositivos Móveis Fatec Ipiranga Análise e Desenvolvimento de Sistemas Aula 05 Programando formularios, activities e intents. Dalton Martins dmartins@gmail.com São Paulo, Março, 2012

Leia mais

Exemplo de Aplicaça o Facebook

Exemplo de Aplicaça o Facebook HCIM Summer Workshop Guião Hands-on Exemplo de Aplicaça o Facebook 1. Download do Software Development Kit (SDK) O download do SDK do Facebook encontra-se disponível aqui. Depois de fazer o download do

Leia mais

Android Básico Hello World!

Android Básico Hello World! Android Básico Hello World! Instrutor Programador desde 2000 Aluno de doutorado Mestre em informática pelo ICOMP/UFAM Especialista em aplicações WEB FUCAPI marcio.palheta@gmail.com sites.google.com/site/marcio

Leia mais

Mobincube. Navegar até ao website www.mobincube.com e carregar em Free sign up.

Mobincube. Navegar até ao website www.mobincube.com e carregar em Free sign up. Mobincube Navegar até ao website www.mobincube.com e carregar em Free sign up. Como criar uma conta? Inserir um nome de utilizador, password e email, de seguida clicar em Create Account. Nota: Por razões

Leia mais

Frameworks para criação de Web Apps para o Ensino Mobile

Frameworks para criação de Web Apps para o Ensino Mobile 393 Frameworks para criação de Web Apps para o Ensino Mobile Lucas Zamim 1 Roberto Franciscatto 1 Evandro Preuss 1 1 Colégio Agrícola de Frederico Westphalen (CAFW) Universidade Federal de Santa Maria

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS Depurando aplicações Professor: Danilo Giacobo OBJETIVOS DA AULA Aprender dicas e técnicas para encontrar erros em aplicações Android. Conhecer os recursos que auxiliam

Leia mais

Desenvolvimento para Android Prá9ca 2. Prof. Markus Endler

Desenvolvimento para Android Prá9ca 2. Prof. Markus Endler Desenvolvimento para Android Prá9ca 2 Prof. Markus Endler Criando o primeiro projeto Android Com o ambiente de desenvolvimento preparado, vá em File - > New - > Project... Na janela que abrir, selecione

Leia mais

Android Core. Felipe Silveira felipesilveira.com.br. Aula 6

Android Core. Felipe Silveira felipesilveira.com.br. Aula 6 Android Core Felipe Silveira felipesilveira.com.br Aula 6 Aplicações I Desenvolvimento de Aplicações Android SDK SDK https://developer.android.com/sdk Android SDK Android SDK: Eclipse + ADT plugin + Android

Leia mais

PROGRAMANDO ANDROID NA IDE ECLIPSE GABRIEL NUNES, JEAN CARVALHO TURMA TI7

PROGRAMANDO ANDROID NA IDE ECLIPSE GABRIEL NUNES, JEAN CARVALHO TURMA TI7 Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Rio Grande do Sul Informação e Comunicação: Habilitação Técnica de Nível Médio Técnico em Informática Programação Android na IDE Eclipse PROGRAMANDO ANDROID

Leia mais

Prof. Jhonatan Fernando

Prof. Jhonatan Fernando Prof. Jhonatan Fernando É uma classe gerenciadora de UI. É possível informar qual layout (arquivo xml) que será carregado para uma determinada activity. O método responsável por informar qual layout será

Leia mais

Como criar uma APP (Mobincube)

Como criar uma APP (Mobincube) Como criar uma APP (Mobincube) Este módulo irá ensinar-lhe como criar e disponibilizar uma APP (Aplicação) usando o programa Mobincube. A produção de uma APP constitui uma competência informática avançada.

Leia mais

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Sumário Apresentação... 2 Instalação do Aplicativo... 2 Localizando o aplicativo no smartphone... 5 Inserindo o link da aplicação... 6 Acessando o sistema...

Leia mais

MONITOR E PREDITOR DE CONECTIVIDADE WIRELESS BASEADA EM LOCALIZAÇÃO GPS

MONITOR E PREDITOR DE CONECTIVIDADE WIRELESS BASEADA EM LOCALIZAÇÃO GPS MONITOR E PREDITOR DE CONECTIVIDADE WIRELESS BASEADA EM LOCALIZAÇÃO GPS Aluna: Eleonora Cominato Weiner Orientador: Markus Endler Introdução A palavra mobilidade ganha mais importância a cada instante,

Leia mais

O gjaiku é um aplicação de desktop para uso com o serviço online de microblogging, Jaiku.

O gjaiku é um aplicação de desktop para uso com o serviço online de microblogging, Jaiku. Relatório final Denis Encarnação 25077 Tiago Rodrigues 25092 O gjaiku é um aplicação de desktop para uso com o serviço online de microblogging, Jaiku. O que é o Jaiku? O Jaiku é um serviço online de microblogging.

Leia mais

Desenvolvimento de aplicações na plataforma Google Android

Desenvolvimento de aplicações na plataforma Google Android Desenvolvimento de aplicações na plataforma Google Android Rafael M. Lins Manoel Taenan Prof. Dr. Fábio Gomes Design by Rafael M. Lins Autores Rafael Madureira Lins de Araújo Bla bla bla Manoel Taenan

Leia mais

INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. ADS 6º Período

INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. ADS 6º Período INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ADS 6º Período Activity INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS Activity A classe activity

Leia mais

Android. Marcelo Quinta @mrquinta

Android. Marcelo Quinta @mrquinta Android Marcelo Quinta @mrquinta Oi, eu sou o Marcelo Quinta Pública Público-privada Privada Próprio negócio Voluntariado Parabéns à organização do GO-GTUG Tablets 160% de aumento em 2011 Smartphones

Leia mais

W4Mobile Operations Management System. Manual do Usuário Versão 1.3.3

W4Mobile Operations Management System. Manual do Usuário Versão 1.3.3 W4Mobile Operations Management System Manual do Usuário Versão 1.3.3 W4Mobile Team: + 55 31 3475 3594 E-mail: suporte@3ssistemas.com.br Este documento consiste em 27 páginas. Elaborado por: IT Applications

Leia mais

7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12

7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12 7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12 Este programa permite gerir toda a sua colecção de músicas, vídeos e até mesmo imagens, estando disponível para download no site da Microsoft, o que significa que mesmo quem

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS Ciclo de Vida de uma Aplicação Android Professor: Danilo Giacobo OBJETIVOS DA AULA Entender o ciclo de vida de uma aplicação Android. Conhecer algumas dicas para tirar

Leia mais

Manual do utilizador do Cisco Unified Communications Self Care Portal, Versão 10.5(1)

Manual do utilizador do Cisco Unified Communications Self Care Portal, Versão 10.5(1) Manual do utilizador do Cisco Unified Communications Self Care Portal, Versão 10.5(1) Unified Communications Self Care Portal 2 Definições do Unified Communications Self Care 2 Telefones 4 Definições adicionais

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS 1 de 5 PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS BURITREINAMENTOS MANAUS-AM DEZEMBRO / 2014 2 de 5 PACOTES DE TREINAMENTOS BURITECH A Buritech desenvolveu um grupo de pacotes de treinamentos, aqui chamados de BuriPacks,

Leia mais

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR CONTEÚDO 1 2 3 4 5 6 Por que as empresas precisam estar conectadas ao mundo mobile Como os aplicativos mobile podem atrair mais clientes. Como os aplicativos

Leia mais

Introdução ao Android. SECAP 2014 Prof. Rone Ilídio - UFSJ

Introdução ao Android. SECAP 2014 Prof. Rone Ilídio - UFSJ Introdução ao Android SECAP 2014 Prof. Rone Ilídio - UFSJ O que é o Android? Sistema operacional móvel, baseado numa versão modificada do Linux. Código aberto: qualquer pessoa pode baixar e modificar Máquina

Leia mais

EA998/MC933 Guido Araujo e Sandro Rigo

EA998/MC933 Guido Araujo e Sandro Rigo EA998/MC933 Guido Araujo e Sandro Rigo 1 Hoje Ch1: Android Overview Ch2: The Stack Ch3: Quick Start Ch4: Main Building Blocks Ch5: Yamba Project Overview Ch6: Android User Interface Ch7: Preferences, Project

Leia mais

1ª Edição Outubro de 2007

1ª Edição Outubro de 2007 1 Ficha Técnica Título: Manual de utilização da ELGG - Aluno Autoria: Célia Tavares Direcção Pedagógica e Técnica: Paula Peres Copyright: Projecto de Apoio On-line 1ª Edição Outubro de 2007 O Manual de

Leia mais

Programação para Dispositivos Móveis

Programação para Dispositivos Móveis Programação para Dispositivos Móveis Fatec Ipiranga Análise e Desenvolvimento de Sistemas Aula 06 Controlando o fluxo de eventos e passando parametro para Activities. Dalton Martins dmartins@gmail.com

Leia mais

Programa de Dispositivos Móveis

Programa de Dispositivos Móveis Aula 02 - Exercício Programa de Dispositivos Móveis PDM - Aula02 - Exercício- Ver 02-04/06/2014 08:56 Criando Aplicação Android (BasicView) Vamos continuar a criar interfaces gráficas (UI) básicas com

Leia mais

( TIAGO DOS SANTOS MENDES ) PROGRAMAÇÃO DISPOSITIVOS MOVEIS ANDROID STUDIO

( TIAGO DOS SANTOS MENDES ) PROGRAMAÇÃO DISPOSITIVOS MOVEIS ANDROID STUDIO Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática ( TIAGO DOS SANTOS MENDES ) PROGRAMAÇÃO

Leia mais

Como funciona a MEO Cloud?

Como funciona a MEO Cloud? Boas-vindas O que é a MEO Cloud? A MEO Cloud é um serviço da Portugal Telecom, lançado a 10 de Dezembro de 2012, de alojamento e sincronização de ficheiros. Ao criar uma conta na MEO Cloud fica com 16

Leia mais

Android. Escolhe o dispositivo Android certo!

Android. Escolhe o dispositivo Android certo! Android O Android é a plataforma mais popular do mundo das telecomunicações. Podemos usar todos os aplicativos do Google, existem mais de 600.000 aplicativos e jogos disponíveis no Google Play para nos

Leia mais

Sistema para gestão de restaurante

Sistema para gestão de restaurante Sistema para gestão de restaurante Luciana Tavares Rosa luciana.rosa@inf.aedb.br AEDB Fábio Rezende Dutra fabio.dutra@inf.aedb.br AEDB Resumo:O sistema para gestão de restaurante é um software desenvolvido

Leia mais

Módulo I - Introdução. Faculdade Christus Sistemas de Informação 17/09/2010. Carlos Eugênio Torres Engenheiro de Informática http://cetorres.

Módulo I - Introdução. Faculdade Christus Sistemas de Informação 17/09/2010. Carlos Eugênio Torres Engenheiro de Informática http://cetorres. Módulo I - Introdução Aula 2 Carlos Eugênio Torres Engenheiro de Informática http://cetorres.com Faculdade Christus Sistemas de Informação 17/09/2010 Graduado em Ciência da Computação pela UFC, Brasil

Leia mais

Programação para Android. Aula 10: Acesso a câmera, sms e recursos do aparelho

Programação para Android. Aula 10: Acesso a câmera, sms e recursos do aparelho Programação para Android Aula 10: Acesso a câmera, sms e recursos do aparelho Objetivos Nesta aula iremos aprender como invocar os recursos do aparelho: Fazer chamadas telefônicas Enviar SMS Utilizar a

Leia mais

API's e Aplicações para Android

API's e Aplicações para Android API's e Aplicações para Android Computação Móvel Prof. Me. Eng. Adauto Mendes adauto.inatel@gmail.com Introdução As API s estabelecidas para Android permitem total modificação por meio de programação do

Leia mais

Conference For You C4U v. 0.13

Conference For You C4U v. 0.13 Departamento de Informática Conference For You C4U v. 0.13 Projecto Integrador 2012/2013 Licenciatura em Engenharia Informática Preparado por: João Regateiro nº 28994 Miguel Silva nº 28508 Ricardo Monteiro

Leia mais

Dominando Action Script 3

Dominando Action Script 3 Dominando Action Script 3 Segunda Edição (2014) Daniel Schmitz Esse livro está à venda em http://leanpub.com/dominandoactionscript3 Essa versão foi publicada em 2014-05-02 This is a Leanpub book. Leanpub

Leia mais

Programação para a Plataforma Android Aula 7. Mul$mídia

Programação para a Plataforma Android Aula 7. Mul$mídia Programação para a Plataforma Android Aula 7 Mul$mídia Como executar aplicações que contêm músicas? Como abrir vídeos em Android? Quais formatos de músicas são aceitos? Quais formatos de vídeo? Como o$mizar

Leia mais

Telefone sem fios Manual de configuração Office

Telefone sem fios Manual de configuração Office Telefone sem fios Manual de configuração Office Índice Configurar o Office sem fios 5 Configurar o seu telefone sem fios 5 Configurar a base do telefone 5 Associar o telefone à base 8 Configurar uma conta

Leia mais

Fundamentos da Computação Móvel

Fundamentos da Computação Móvel Fundamentos da Computação Móvel (Plataformas Sistemas Operacionais e Desenvolvimento) Programação de Dispositivos Móveis Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus

Leia mais

I - O que é o Mobilize-se

I - O que é o Mobilize-se Índice O que é o Mobilize-se...03 A campanha de lançamento...12 Divulgação da campanha...14 Como irá funcionar o sistema para o ouvinte da rádio...20 O que a rádio deve fazer para se inscrever no Mobilize-se...36

Leia mais

Capitulo 11 Multimídias

Capitulo 11 Multimídias Capitulo 11 Multimídias Neste capítulo são exploradas as ferramentas multimídias presentes no SO Android customizadas para o Smartphone utilizado neste manual. É inegável o massivo uso destas ferramentas,

Leia mais

Programação para Dispositivos Móveis. Activities

Programação para Dispositivos Móveis. Activities Programação para Dispositivos Móveis Activities Activity Uma activity é uma tarefa, muito focada, do que um usuário pode fazer. Quase todas as atividades interagem com o usu ário, então uma classe de atividade

Leia mais

Introdução à aplicação móvel da plataforma Android. Instalação

Introdução à aplicação móvel da plataforma Android. Instalação Introdução à aplicação móvel da plataforma Android A aplicação (app) móvel SanDisk +Cloud Mobile App permite-lhe aceder ao seu conteúdo e gerir a sua conta a partir do seu dispositivo móvel. Com a aplicação

Leia mais

Log, Ciclo de Vida e Diálogos. Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br)

Log, Ciclo de Vida e Diálogos. Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br) Log, Ciclo de Vida e Diálogos Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br) Conteúdo Log Classe android.u:l.log LogCat Ciclo de Vida Pilha de a:vidades Métodos e estados da a:vidade Instance State

Leia mais

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU Imagina que queres criar o teu próprio site. Normalmente, terías que descarregar e instalar software para começar a programar. Com a Webnode não é preciso instalar nada.

Leia mais

Introdução a programação de dispositivos móveis. Prof. Me. Hélio Esperidião

Introdução a programação de dispositivos móveis. Prof. Me. Hélio Esperidião Introdução a programação de dispositivos móveis. Prof. Me. Hélio Esperidião Windows Mobile O Windows Mobile é um sistema operacional compacto, desenvolvido para rodar em dispositivos móveis como Pocket

Leia mais

TRBOnet MDC Console. Manual de Operação

TRBOnet MDC Console. Manual de Operação TRBOnet MDC Console Manual de Operação Versão 1.8 ÍNDICE NEOCOM Ltd 1. VISÃO GERAL DA CONSOLE...3 2. TELA DE RÁDIO...4 2.1 COMANDOS AVANÇADOS...5 2.2 BARRA DE FERRAMENTAS...5 3. TELA DE LOCALIZAÇÃO GPS...6

Leia mais

Geração Automática de Código Android Eficiente a partir de Modelos UML

Geração Automática de Código Android Eficiente a partir de Modelos UML Geração Automática de Código Android Eficiente a partir de Modelos UML Abilio Gambim Parada Aline Rodrigues Tonini Lisane Brisolara de Brisolara Grupo de Arquiteturas e Circuitos Integrados - GACI Universidade

Leia mais

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1 Copyright 2012 Efacec Todos os direitos reservados. Não é permitida qualquer cópia, reprodução, transmissão ou utilização deste documento sem a prévia autorização escrita da Efacec Sistemas de Gestão S.A.

Leia mais

MEGAFREE MANUAL DO USUÁRIO

MEGAFREE MANUAL DO USUÁRIO MEGAFREE MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO: Julho, 2013. DIREITOS DE USO: Publicação de uso exclusivo, classificada quanto ao nível de sigilo como RESERVADA. A presente documentação é propriedade da Tellfree Brasil

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

Programa de Dispositivos Móveis

Programa de Dispositivos Móveis Aula 02 Programa de Dispositivos Móveis A Classe Activity A classe Actvity é similar a classe JFrame do Swing representa basicamente uma tela. Quase todas as atividades interagem com o usuário, então ela

Leia mais

CONHECENDO O AUDACITY E O PODOMATIC

CONHECENDO O AUDACITY E O PODOMATIC CONHECENDO O AUDACITY E O PODOMATIC O Audacity (Audio (áudio) + Acity (cilindrada) - (http://audacity.sourceforge.net/) é uma aplicação de Software Livre para gravação e edição de áudio. No Audacity, através

Leia mais

Guia rápido de iniciação ao. ArcGISSM. Online

Guia rápido de iniciação ao. ArcGISSM. Online Guia rápido de iniciação ao ArcGISSM Online Guia rápido de iniciação ao ArcGIS Online ArcGIS SM Online é uma plataforma baseada na Cloud que permite, de uma forma fácil e rápida, construir um mapa, colaborar

Leia mais

Manual do Usuário Nextel Cloud. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Nextel 2014. http://nextelcloud.nextel.com.br

Manual do Usuário Nextel Cloud. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Nextel 2014. http://nextelcloud.nextel.com.br Manual do Usuário Versão 1.0.0 Copyright Nextel 2014 http://nextelcloud.nextel.com.br 1 Nextel Cloud... 4 2 Nextel Cloud Web... 5 2.1 Página Inicial... 6 2.1.1 Meu Perfil... 7 2.1.2 Meu Dispositivo...

Leia mais

Departamento de Engenharia e Ciências do Mar Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores Projeto Fim de Curso TÍTULO

Departamento de Engenharia e Ciências do Mar Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores Projeto Fim de Curso TÍTULO Departamento de Engenharia e Ciências do Mar Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores Projeto Fim de Curso TÍTULO CLASS-REMINDER PARA ESTUDANTES DO DECM AUTOR: Arilson Jorge Santos Rocha

Leia mais

Manual do Utilizador Aluno

Manual do Utilizador Aluno Manual do Utilizador Aluno Escola Virtual Morada: Rua da Restauração, 365 4099-023 Porto PORTUGAL Serviço de Apoio ao Cliente: Telefone: (+351) 707 50 52 02 Fax: (+351) 22 608 83 65 Serviço Comercial:

Leia mais

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Versão I POR Definições de notas Ao longo deste manual do utilizador, é utilizado o seguinte estilo de nota: especifica o ambiente operativo,

Leia mais

Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904

Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: APLICATIVO ANDROID PARA DEFICIENTES VISUAIS REDIGIREM MENSAGENS DE TEXTO NAS TELAS TOUCHSCREEN

Leia mais

ONE TOONE CURSOS PARTICULARES FACEBOOK

ONE TOONE CURSOS PARTICULARES FACEBOOK ONE TOONE CURSOS PARTICULARES FACEBOOK Plano do Curso. Curso One. Os Cursos desenvolvidos pela One To One, são reflexo da experiência profissional no âmbito da Formação, do Design e Comunicação, apresentando

Leia mais

LinkCities MANUAL GESTOR DE CONTEÚDOS. Cities all together, make a better world. Copyright 2014 Link Think. Todos os direitos reservados.

LinkCities MANUAL GESTOR DE CONTEÚDOS. Cities all together, make a better world. Copyright 2014 Link Think. Todos os direitos reservados. LinkCities Cities all together, make a better world MANUAL GESTOR DE CONTEÚDOS Introdução Bem vindos ao LinkCities! O LinkCities é uma plataforma online dirigida aos profissionais e cidades que compõem

Leia mais

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS Provemos consultoria nas áreas de comunicação online, especializados em sites focados na gestão de conteúdo, sincronização de documentos, planilhas e contatos online, sempre integrados com

Leia mais

Introdução ao IDE Netbeans (Programação Java)

Introdução ao IDE Netbeans (Programação Java) Universidade Federal do ABC (UFABC) Disciplina: Processamento da Informação (BC-0505) Assunto: Java e Netbeans Introdução ao IDE Netbeans (Programação Java) Conteúdo 1. Introdução... 1 1.1. Programas necessários...

Leia mais

ANDROID APPLICATION PROJECT

ANDROID APPLICATION PROJECT Criando um programa Abrindo o programa Eclipse, clique na opção [FILE], depois em [NEW], selecione a opção [PROJECT], uma janela de opção do tipo de projeto irá se abrir, escolha [ANDROID] logo depois

Leia mais

FAQ s ELEVATION Express

FAQ s ELEVATION Express FAQ s ELEVATION Express PRIMAVERA Business Software Solutions Contents FAQ s... 3 2 FAQ s 1. Como configurar Motivos de Isenção Diferentes por artigo na mesma FA? 1º Criar novos Tipos de Imposto para cada

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE JOGOS COM LIBGDX. Vinícius Barreto de Sousa Neto

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE JOGOS COM LIBGDX. Vinícius Barreto de Sousa Neto INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE JOGOS COM LIBGDX Vinícius Barreto de Sousa Neto Libgdx é um framework multi plataforma de visualização e desenvolvimento de jogos. Atualmente ele suporta Windows, Linux,

Leia mais

Produção de aplicativo de catálogo de cursos da UTFPR para o sistema Android

Produção de aplicativo de catálogo de cursos da UTFPR para o sistema Android Produção de aplicativo de catálogo de cursos da UTFPR para o sistema Android Wenner S. Santos*, Marcos Silvano Orita Almeida* *COINT / UTFPR, Campo Mourão, Brasil e-mail: wenner.santos@hotmail.com Resumo/Abstract

Leia mais

Guião de Introdução ao Eclipse IDE Índice

Guião de Introdução ao Eclipse IDE Índice Índice 1. Introdução... 2 1.1. O que é um ambiente de desenvolvimento (IDE)?... 2 1.2. Visão geral sobre o Eclipse IDE... 2 2. Iniciar o Eclipse... 3 2.1. Instalação... 3 2.2. Utilizar o Eclipse... 3 3.

Leia mais

Desenvolvimento com Android Studio. Aula 02 Widgets, Manipulação de Dados e Programação de Eventos

Desenvolvimento com Android Studio. Aula 02 Widgets, Manipulação de Dados e Programação de Eventos Desenvolvimento com Android Studio Aula 02 Widgets, Manipulação de Dados e Programação de Eventos Widgets TextView O Widget TextView é utilizado para apresentar um texto não editável na tela. Qualquer

Leia mais

Tutorial Eclipse (IDE)

Tutorial Eclipse (IDE) www.dejavuxteam.wordpress.com Tutorial Eclipse (IDE) (Start) Sumário Introdução O que é o Eclipse? Característica e Ferramentas Download Preparando Ambiente de Trabalho Iniciando o Eclipse Criando um Projeto

Leia mais

Facebook. Java com o. Integrando Aplicações. Descubra como é fácil criar uma aplicação para rodar no Facebook. _capa

Facebook. Java com o. Integrando Aplicações. Descubra como é fácil criar uma aplicação para rodar no Facebook. _capa _capa Integrando Aplicações Java com o Facebook Descubra como é fácil criar uma aplicação para rodar no Facebook Desde o lançamento oficial do Facebook, em 2004, o número de usuários vem aumentando a cada

Leia mais

Guia Rápido. Versão 9.0. Mover a perícia - não as pessoas

Guia Rápido. Versão 9.0. Mover a perícia - não as pessoas Guia Rápido Versão 9.0 Mover a perícia - não as pessoas Copyright 2006 Danware Data A/S. Partes utilizadas sob licença de terceiros. Todos os direitos reservados. Revisão do documento: 2006080 Por favor,

Leia mais

Definições de Projeto

Definições de Projeto App Alunos Definições de Projeto Implementação de uma app para Manipulação de Dados de Alunos Em linhas gerais, a app consiste em: Manter dados de alunos; Entrar em contato com alunos; Trocar dados com

Leia mais

Introdução à aplicação móvel da plataforma ios. Instalação

Introdução à aplicação móvel da plataforma ios. Instalação Introdução à aplicação móvel da plataforma ios A aplicação (app) móvel SanDisk +Cloud Mobile App permite-lhe aceder ao seu conteúdo e gerir a sua conta a partir do seu dispositivo móvel. Com a aplicação

Leia mais

MANUAL ARTSOFT Mobile AutoSales

MANUAL ARTSOFT Mobile AutoSales MANUAL ARTSOFT Mobile AutoSales INDÍCE O que é?... 3 Como se configura?... 3 ARTSOFT... 3 ANDROID... 3 Login... 4 Home... 5 Funcionalidades... 6 Sincronização... 6 Contas... 7 Consultas... 7 Resumos...

Leia mais

YMT REQUISITOS FUNCIONAIS + REFLEXÃO VIABILIDADE TÉCNICA

YMT REQUISITOS FUNCIONAIS + REFLEXÃO VIABILIDADE TÉCNICA REQUISITOS FUNCIONAIS + REFLEXÃO VIABILIDADE TÉCNICA YMT DeCA NTC ANO3 PROJECTO NTC SEM2 RENATO COSTA RICARDO CARVALHO TIAGO FIGUEIREDO MARTIM SANTOS JOÃO ELVAS REQUISITOS FUNCIONAIS 1. Paradigma de interacção

Leia mais

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Página 1 Índice Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 1 O que é o EasyReader? 4 Abrir um livro 5 Abrir um novo livro de um CD/DVD 5 Abrir um novo livro

Leia mais

Os aplicativos da Godiva Apps, podem ser customizados para qualquer tipo de negócio.

Os aplicativos da Godiva Apps, podem ser customizados para qualquer tipo de negócio. Os aplicativos da Godiva Apps, podem ser customizados para qualquer tipo de negócio. Restaurante Academia Farmácia Shopping Padaria Palestrante Concessionária Bar Balada Pizzaria Imobiliária Hotel Petshop

Leia mais

VERSÃO: DIREITOS DE USO: Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Tellfree Brasil Telefonia IP S.A

VERSÃO: DIREITOS DE USO: Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Tellfree Brasil Telefonia IP S.A VERSÃO: Março, 2015. DIREITOS DE USO: Publicação de uso exclusivo, classificada quanto ao nível de sigilo como RESERVADA. A presente documentação é propriedade da Tellfree Brasil Telefonia IP S.A., tem

Leia mais

Desenvolvimento para Android Prá3ca 3. Prof. Markus Endler

Desenvolvimento para Android Prá3ca 3. Prof. Markus Endler Desenvolvimento para Android Prá3ca 3 Prof. Markus Endler Exercício 3.1 Solicitando permissão para abrir uma página Web ü Criaremos uma Ac.vity com um EditText (para entrada de uma URL), um Bu?on e uma

Leia mais

Vox4all Manual de Utilização http://arca.imagina.pt/manuais/manual Vox4all BR.pdf

Vox4all Manual de Utilização http://arca.imagina.pt/manuais/manual Vox4all BR.pdf Vox4all Manual de Utilização http://arca.imagina.pt/manuais/manual Vox4all BR.pdf A voz ao seu alcance! Software de comunicação aumentativa e alternativa para smartphone e tablet Projeto co financiado

Leia mais

MÓDULO MULTIMÉDIA. Text PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo.

MÓDULO MULTIMÉDIA. Text PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo. MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com URL: http://esganarel.home.sapo.pt Text GABINETE: 1G1 - A HORA DE ATENDIMENTO: SEG. E QUA. DAS 11H / 12H30

Leia mais

Utilização de informação geoespacial na gestão e apoio à decisão das empresas

Utilização de informação geoespacial na gestão e apoio à decisão das empresas Utilização de informação geoespacial na gestão e apoio à decisão das empresas A Gisgeo Alguns dados da empresa: Fundada em 2008; Integrada no UPTEC Parque de Ciência e Tecnologia da UP; 3 sócios + 2 colaboradores,

Leia mais

Assinare consiste na oferta de soluções e serviços na área da identificação electrónica.!

Assinare consiste na oferta de soluções e serviços na área da identificação electrónica.! Assinare Apresentação Assinare consiste na oferta de soluções e serviços na área da identificação electrónica. De forma a responder ao ambiente altamente competitivo a que as empresas e organizações hoje

Leia mais

Introdução à Internet

Introdução à Internet Introdução à Internet Paulo Santos v. 2.0-2012 1 Índice 1 Introdução à Internet... 3 1.1 Conceitos base... 3 1.1.1 O que é a internet?... 3 1.1.2 O que é preciso para aceder à internet?... 3 1.1.3 Que

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CAPÍTULO 1 APRESENTANDO O C#

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CAPÍTULO 1 APRESENTANDO O C# LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CAPÍTULO 1 APRESENTANDO O C# 1.1 - Apresentação Quando fazemos nossas compras em um supermercado, é comum encontrarmos um código de barras impresso nos produtos expostos

Leia mais

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Versão G POR Definições de notas Ao longo deste Manual do Utilizador, é utilizado o seguinte ícone: As Notas indicam o que fazer perante

Leia mais