MATRIZ DA PROVA GLOBAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MATRIZ DA PROVA GLOBAL"

Transcrição

1 Curso Artístico Especializado de Música [Escreva um trecho do documento ou o resumo de um ponto interessante. Pode posicionar a caixa de texto em qualquer ponto do documento. Utilize o separador Ferramentas de Desenho para alterar a formatação da caixa de texto do trecho em destaque.] MATRIZ DA PROVA GLOBAL DE FORMAÇÃO MUSICAL Curso Básico 5.º grau Curso Artístico Especializado da Música REGULAMENTO DA DISCIPLINA DE INSTRUMENTO Curso Básico 1.º grau ao 5.º grau

2 Curso Artístico Especializada de Música MATRIZ DA PROVA GLOBAL 2.º GRAU e 5.º GRAU 18/19

3 Curso Artístico Especializada de Música MATRIZ DA PROVA GLOBAL DE FORMAÇÃO MUSICAL - 5.º GRAU 18/19 MATRIZ DA PROVA GLOBAL DE FORMAÇÃO MUSICAL - 5.º GRAU Prova Escrita Conteúdos programáticos Descrição da realização Critérios de avaliação Cotação 1. Ditado rítmico a duas partes em seis tempos de divisão binária. ou Ditado rítmico a duas partes, em cinco tempos de divisão ternária. São dadas três pulsações introdutórias. Quatro vezes com intervalo. a cotação é distribuída pelas células rítmicas selecionadas 12,5 2. Deteção e correção de quatro erros melódicos e rítmicos de partitura de uma melodia, após audição. 3. Ditado melódico a uma voz, em compasso simples ou composto, em tonalidade maior ou menor, de quatro a oito compassos, com a primeira dada (altura). 4. Ditado polifónico a duas vozes, em compasso simples ou composto, em tonalidade maior ou menor, de seis a oito compassos, com a primeira de cada voz dada (alturas). Tocada no piano ou em gravação. Dada a ouvir a inicial, é dada a pulsação em compasso vazio. Quatro vezes com intervalo. Dada a ouvir a inicial, é dada a pulsação em compasso vazio. Quatro vezes cada frase de dois compassos e a seguinte, com intervalo. Uma vez todo, no final. Dada a ouvir a inicial de cada voz, é dada a pulsação em compasso vazio. Quatro vezes cada excerto de um ou dois compassos e a seguinte, com intervalo. Uma vez todo, no final. Tocadas no piano ou em gravação. Duas vezes seguidas cada, com curtos intervalos. Tocados no piano ou em gravação. Duas vezes seguidas cada, com curtos intervalos. Tocada no piano ou em gravação. harmónica simples, como apresentação da tonalidade. É dada a ouvir a função inicial. Quatro vezes, com intervalo. cada erro 1,25 cada deteção 0,5 cada correção 0,75 s 70% s 70% 5. Reconhecimento auditivo de duas escalas. cada escala 2, Reconhecimento auditivo de cada acorde 2,5 5 dois acordes. 7. Reconhecimento auditivo de s do soprano % 10 uma progressão harmónica funções 50% escrita da linha melódica do s constitituintes 30% soprano, das funções harmónicas e construção dos acordes atendendo apenas às s constituintes (referência da linha melódica do baixo, a primeira função harmónica e a primeira do soprano). 8. Análise auditiva (quadro de Dado a ouvir em gravação, duas vezes, com a cotação é distribuída pelos 10 audição com os elementos a intervalo. elementos selecionados preencher) de um excerto de uma obra que consta no programa. 9. Classificação de duas escalas. --- cada escala 2, Classificação de dois acordes. --- cada acorde 2, Classificação de cinco --- Cada intervalo 1 5 intervalos melódicos (ascendentes e descendentes) e/ou harmónicos, simples e/ou compostos. 5 12,5 17,5

4 12. Duas questões teóricas. --- a cotação é distribuída pelos pontos das questões 7,5 100% Curso Artístico Especializada de Música MATRIZ DA PROVA GLOBAL DE FORMAÇÃO MUSICAL - 5.º GRAU 18/19 Prova Oral Conteúdos programáticos Descrição da realização Critérios de avaliação Cotação 1. Leitura, à primeira vista, de uma frase rítmica a duas partes, em compasso simples ou composto, de quatro a seis compassos. Percutir as duas partes ou ler uma em vocábulos ou fonemas e percutir a outra. a cotação é distribuída pelas células rítmicas selecionadas 2. Leitura, à primeira vista, de uma frase rítmica unitemporal e multimétrica, com três mudanças de compasso. 3. Improvisação melódica, em duas frases, em tonalidade maior ou menor, em compasso simples ou composto, de seis a oito compassos, sobre base rítmica, a partir do segundo compasso (no primeiro compasso é apresentado um motivo melódico. Ler em fonemas e marcar o compasso. É dada a ouvir, a escala e/ou uma progressão É dada a inicial. Entoar com o nome das s e marcar o compasso. mudanças 50% marcação do compasso % s 60% (rigor) %(criativ.) ritmo 10% Leitura entoada, à primeira vista, de uma melodia com acompanhamento de piano, em tonalidade maior ou menor, em compasso simples ou composto. Entoar com o nome das s e marcar o tempo ou o compasso. É dada a ouvir, a escala e/ou uma progressão É dada a inicial. É dado novamente o tom e a inicial. É dada a pulsação para iniciar, em compasso vazio. s 70% rítmo % 5. Leitura solfejada por relatividade. Nota: O acompanhamento de piano inicia logo após a introdução do tempo em compasso vazio e segue sem parar. Solfejar com o nome das s e marcar o compasso. s 60% ritmo 30% 6. Memorização: entoação de uma frase melódica, em compasso simples ou composto, com marcação do tempo. São dados dez segundos para observar. Cantar com o nome das s, marcando o tempo. Nota: a marcação do tempo não é audível. s: 50% ritmo: 30% marcação do tempo: % 5 100%

5