Escola de Artes SAMP. Matriz para a Prova de Passagem Formação Musical

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escola de Artes SAMP. Matriz para a Prova de Passagem Formação Musical"

Transcrição

1 Matriz para a Prova de Passagem Formação Musical Preparatório PROVA MELÓDICA Reprodução de intervalos Capacidade de reproduzir sons e respetivas distâncias sonoras Canto de uma melodia Conhecimento de repertório de canções Canto de melodias usando diferentes modos Capacidade de entoar os sons de diferentes escalas Entoação de sons Capacidade de entoar sons com auxílio do piano Improvisações melódicas Capacidade de fazer pergunta/resposta de temas PROVA RÍTMICA Reprodução de frases rítmicas Imitação de células rítmicas da divisão binária e ternária Exercícios de lateralidade e Coordenação motora Capacidade de distinguir e coordenar diferentes movimentos

2 Matriz de Prova Final de Avaliação de Formação Musical 1º Grau Prova Escrita Classificação e identificação auditiva de 7 intervalos, usando as claves de Sol e Fá, sendo eles: (2ªm/M; 3ªm/M; 4ªP; 5ªP e 8ªP) Conhecimentos teóricos de intervalos e a sua identificação auditiva 5% Escrita de duas escalas: Maior e menor natural Conhecimentos teóricos a nível da construção de escalas Identificação de modos de melodias (Maiores/menores) Capacidade de reconhecer numa obra ou trecho musical o modo Escrita de pequenas sequências sonoras, por graus conjuntos e alguns pequenos saltos Capacidade de relacionar os sons de uma escala conforme o seu movimento Ditado melódico de espaços Ordenação de frases rítmicas (binárias e ternárias) Capacidade de relacionar a audição com os elementos fornecidos Capacidade de descodificar e ordenar consoante a audição frases rítmicas dadas Identificação escrita de células rítmicas na divisão binária e ternária Conhecimento e reconhecimento de células rítmicas da divisão binária e ternária Ditado rítmico Capacidade compreender e escrever uma frase rítmica

3 Prova Oral Itens da prova Objectivos de avaliação Cotação Leitura solfejada nas claves de Sol e Fá Capacidade de ler nas duas claves, associando o nome da nota com as células aprendidas ao nível da leitura Cantar pequenas sequências sonoras em graus conjuntos e com pequenos saltos Capacidade de ler e cantar sons Leitura melódica Capacidade de ler e cantar sons e ritmos, tendo em conta o rigor da interpretação, afinação e musicalidade 30% Leitura rítmica a uma voz (binária e ternária) Capacidade de leitura de uma pequena frase rítmica com rigor 30% Nota: A prova oral do 1º grau não contém nenhum conteúdo para realizar à 1ª vista, ou seja, todos os exercícios são estudados previamente em casa e sorteados no dia da prova.

4 Matriz de Prova Global de Formação Musical 2º Grau Prova Escrita Classificação de todos os intervalos, 6ªs e 7ªs apenas de forma quantitativa (nas claves de Sol/ Fá) e identificação auditiva dos intervalos do ano anterior Escrita de três escalas: Maiores e menores (natural, harmónica) Conhecimentos teóricos de intervalos e a sua identificação auditiva Conhecimentos teóricos a nível da construção de escalas Identificação de acordes M/m e outros Conhecimento das organizações sonoras a nível harmónico Ditado melódico de espaços Capacidade de relacionar a audição com os elementos fornecidos Identificação de modos de melodias Capacidade de reconhecer numa obra ou trecho musical o (Maiores/menores) modo Identificação escrita de células rítmicas na Conhecimento e reconhecimento de células rítmicas da divisão divisão binária e ternária binária e ternária Ditado rítmico Capacidade compreender e escrever uma frase rítmica

5 Prova Oral Leitura solfejada nas claves de Sol e Fá Leitura rítmica a uma voz (binária e ternária) Leitura rítmica em alternância Leitura melódica Capacidade de ler nas duas claves, associando o nome da nota com as células aprendidas ao nível da leitura Capacidade de leitura de uma pequena frase rítmica com rigor 30% Capacidade de leitura vertical do ritmo; coordenação motora e rigor rítmico Capacidade de ler e cantar sons e ritmos, tendo em conta o rigor da interpretação, afinação e musicalidade 30% Nota: A prova oral do 2º grau não contém nenhum conteúdo para realizar à 1ª vista, ou seja, todos os exercícios são estudados previamente em casa e sorteados no dia da prova.

6 Matriz de Prova Final de Avaliação de Formação Musical 3º Grau Prova Escrita Classificação de todos os intervalos (nas claves de Sol/ Fá) e identificação dos mesmos com exceção da 4ªA Conhecimentos teóricos de intervalos e a sua identificação auditiva Escrita de escalas maior/menor/cromática Conhecimentos teóricos a nível da construção de escalas Escrita de acordes perfeitos M/m nas várias inversões. Identificação de acordes M/m/A/D no E.F. Conhecimento das organizações sonoras a nível harmónico Escrita integral de uma melodia simples Capacidade de escrever uma melodia partindo do nada Ditado melódico de espaços a duas vozes Capacidade de ouvir duas vozes em simultâneo e ser capaz de (uma voz escrita e outra por completar) completar uma melodia Ditado rítmico Capacidade de isolar e associar o ritmo de uma melodia às notas correspondentes Progressão harmónica com I/V Capacidade de ouvir e identificar funções tonais de I/V graus

7 Prova Oral Leitura solfejada nas claves de Sol Fá e Dó na Capacidade de ler nas duas claves, associando o nome da nota 3ª linha com as células aprendidas ao nível da leitura Leitura rítmica a duas partes Capacidade de leitura vertical do ritmo; coordenação motora e rigor rítmico Leitura rítmica a uma voz B/T Capacidade de leitura de uma frase rítmica com rigor Canto de uma melodia memorizada Capacidade de memória melódica Leitura melódica Capacidade de ler e cantar sons e ritmos, tendo em conta o rigor da interpretação, afinação e musicalidade Nota: A prova oral do 3º grau contém conteúdos para realizar à 1ª vista (leitura solfejada e a leitura rítmica a uma voz), todos os outros conteúdos são estudados previamente em casa.

8 Matriz de Prova Final de Avaliação de Formação Musical 4º Grau Prova Escrita Classificação em claves alternadas e identificação de intervalos (todos os anteriores mais a 4ªA) Escrita e identificação auditiva de escalas (maior/menor/tons inteiros/cromática/mistas) Escrita e identificação de acordes perfeitos M/m (estes dois nas suas respetivas inversões) /A e dim. E de sétima da dominante no E.F. Conhecimentos teóricos de intervalos e a sua identificação auditiva Conhecimentos teóricos a nível da construção de escalas e reconhecimento numa obra, ou, trecho musical o modo Conhecimento das organizações sonoras a nível harmónico Escrita integral de uma melodia simples a partir da memorização Ditado melódico a duas vozes (melodia + baixo) Ditado rítmico a duas partes Progressão harmónica com I/IV/V/VI Capacidade de escrever uma melodia através da audição interior Capacidade de ouvir duas vozes em simultâneo e ser capaz de completar uma melodia + baixa Capacidade de destacar e escrever o ritmo de uma melodia Capacidade de ouvir através da audição interior as referidas funções

9 Prova Oral Leitura rítmica a uma voz B ou T Capacidade de leitura de uma frase rítmica com rigor Leitura rítmica a duas partes Capacidade de leitura vertical do ritmo; coordenação motora e rigor rítmico Canto de uma melodia memorizada Capacidade de memória melódica e entoação noutro tom Leitura solfejada em claves alternadas (Sol, Fá e Dó nas 3ª e 4ª linhas) Leitura melódica Capacidade de ler associando o nome da nota com as células aprendidas ao nível da leitura Capacidade de ler e cantar sons e ritmos, tendo em conta o rigor da interpretação, afinação e musicalidade Nota: A prova oral do 4º grau contém conteúdos para realizar à 1ª vista (leitura solfejada, a leitura rítmica a uma voz e a leitura melódica), todos os outros conteúdos são estudados previamente em casa.

10 Matriz de Prova Global de Formação Musical 5º Grau Prova Escrita Itens do exame Objetivos de avaliação Cotação Classificação e identificação de intervalos Conhecimentos teóricos de intervalos e a sua identificação auditiva Classificação e identificação de acordes Conhecimentos teóricos e capacidade de reconhecer acordes quanto ao tipo e inversão Escrita de três escalas (todas as anteriores Conhecimentos teóricos a nível da construção de escalas e acrescidas dos modos) modos 12% Progressão harmónica com I/II/III/IV/V/VI Compreensão de uma sequência harmónica lógica e utilização do ouvido harmónico Escrita melódica integral a duas vozes Capacidade de relacionar a audição com os elementos fornecidos Ditado rítmico a duas partes Capacidade de ouvir e identificar dois ritmos em simultâneo Memorização de uma melodia Capacidade de memória; audição interior e conhecimento da estrutura de uma tonalidade 18%

11 Prova Oral Itens do exame Objetivos de avaliação Cotação Rigor na leitura de ritmos e capacidade de distinguir duas vozes em Leitura solfejada + ritmo simultâneo Capacidade de ler a clave do instrumento, associando o nome da nota com Leitura solfejada em diferentes claves as células aprendidas ao nível da leitura Leitura melódica à 1ª vista Afinação; musicalidade; rigor rítmico e rigor na interpretação Memorização melódica Capacidade de memória; audição interior; conhecimento da tonalidade, percepção harmónica e rigor rítmico Entoação de uma melodia atonal simples Capacidade de ouvir interiormente determinados intervalos Nota: Na prova oral do 5º grau, à exceção da leitura de memorização, todos os conteúdos e estratégias deverão ser à 1ª vista.

12 Matriz de Prova Final de Avaliação de Formação Musical 6º Grau Prova Escrita Itens do exame Objetivos de avaliação Cotação Classificação e identificação de intervalos Conhecimentos teóricos de intervalos e a sua identificação auditiva Classificação e identificação de acordes Conhecimentos teóricos e capacidade de reconhecer acordes quanto ao tipo e inversão Escrita de três escalas (todas as anteriores Conhecimentos teóricos a nível da construção de escalas e acrescidas dos modos) modos 12% Progressão harmónica com I/II/III/IV/V/VI Compreensão de uma sequência harmónica lógica e utilização do ouvido harmónico Escrita melódica integral a duas vozes Capacidade de relacionar a audição com os elementos fornecidos Ditado rítmico a duas partes Capacidade de ouvir e identificar dois ritmos em simultâneo Memorização de uma melodia Capacidade de memória; audição interior e conhecimento da estrutura de uma tonalidade 18%

13 Prova Oral Itens do exame Objetivos de avaliação Cotação Rigor na leitura de ritmos e capacidade de distinguir duas vozes Leitura solfejada + ritmo em simultâneo Capacidade de ler a clave do instrumento, associando o nome Leitura solfejada em diferentes claves da nota com as células aprendidas ao nível da leitura Leitura melódica à 1ª vista Afinação; musicalidade; rigor rítmico e rigor na interpretação Memorização melódica Capacidade de memória; audição interior; conhecimento da tonalidade, perceção harmónica e rigor rítmico Entoação de uma melodia atonal simples Capacidade de ouvir interiormente determinados intervalos Nota: Na prova oral da prova de acesso ao 6º grau, à exceção da leitura de memorização, todos os conteúdos e estratégias deverão ser à 1ª vista.

14 Matriz de Prova Final de Avaliação de Formação Musical 6º Grau Prova Escrita Ditado de um exercício atonal Identificação e classificação de 6 acordes em posição não cerrada e em qualquer inversão: PM, Pm, A, d, 7º Dominante, 7ªM e 7ªm Capacidade de ouvir interiormente e escrever uma série de intervalos num contexto atonal Conhecimentos teóricos a nível da construção e identificação auditiva de acordes Funções tonais no Modo Maior e menor Capacidade de compreensão harmónica e tonal de uma frase musical Ditado rítmico a duas partes Coerência na organização das células rítmicas e na sua escrita tanto horizontal como verticalmente Ditado de uma frase de coral (dando o contralto e tenor) com a identificação da cadência Capacidade de audição harmónica e polifónica 25% Memorização auditiva de uma melodia Capacidade de memória, bem como a sua audição interior e conhecimento da estrutura da tonalidade Cadências Capacidade de compreensão de frases cadencia

15 Prova Oral Leitura solfejada nas seguintes claves: Sol, fá, dó (3ª e 4ª linha) Capacidade de ler nas diferentes claves e de mudar de clave mantendo a fluência e o rigor rítmico Leitura melódica Afinação; musicalidade; rigor rítmico e rigor na interpretação Memorização de uma melodia e sua transposição com nome de notas Capacidade de memória auditiva do aluno; conhecimento da estrutura da tonalidade e transposição com o nome das notas Leitura melódica + percussão rítmica Leitura rítmica com mudança de compassos Entoação de uma melodia atonal Capacidade de leitura vertical da melodia + ritmo; coordenação motora e rigor rítmico Capacidade de compreensão e rigor na leitura de ritmos mais complexos e mudanças de compasso Capacidade de ouvir interiormente e reproduzir uma série de intervalos num contexto atonal Nota: Na prova oral do 6º grau, todos os conteúdos e estratégias deverão ser à 1ª vista. Expecto a leitura melódica + percussão rítmica que será trabalhada previamente em casa e sorteada no dia da prova.

16 Matriz de Prova Final de Avaliação de Formação Musical 7º Grau Prova Escrita Ditado de um exercício atonal Capacidade de ouvir interiormente e escrever uma série de intervalos num contexto atonal Identificação auditiva e classificação de 6 acordes de 4 sons em posição não cerrada e em qualquer inversão: PM, Pm, A, d, 7º Dominante, 7ºdiminuta, 7ª de sensível, 7ªM e 7ªm Funções tonais no Modo Maior e menor Conhecimentos teóricos a nível da construção e identificação auditiva de acordes Capacidade de compreensão harmónica e tonal de uma frase musical Ditado rítmico com mudança de compassos Coerência na organização das células rítmicas e compreensão da mudança de compassos Ditado de uma frase de coral (dando o contralto) com a identificação da cadência e análise harmónica Capacidade de audição harmónica e polifónica e conhecimentos teóricos de harmonia Memorização auditiva de uma melodia Capacidade de memória, bem como a sua audição interior e conhecimento da estrutura da tonalidade Cadências Capacidade de compreensão de frases cadencia

17 Prova Oral Leitura solfejada horizontal e/ou vertical nas seguintes claves: Sol, fá, dó (1ª, 3ª e 4ª linha) e instrumentos transpositores Capacidade de ler nas diferentes claves e de mudar de clave mantendo a fluência e o rigor rítmico Leitura melódica Afinação; musicalidade; rigor rítmico e rigor na interpretação Leitura melódica + percussão rítmica Leitura atonal Leitura polirrítmica Memorização de uma melodia e sua transposição com nome de notas Capacidade de dissociar uma melodia cantada de um ritmo percutido Capacidade de ouvir interiormente e reproduzir uma série de intervalos num contexto atonal Capacidade de compreensão e rigor na leitura de ritmos mais complexos Capacidade de memória auditiva do aluno; conhecimento da estrutura da tonalidade e transposição com o nome das notas Nota: Na prova oral do 7º grau, todos os conteúdos e estratégias deverão ser à 1ª vista, expecto a leitura melódica + percussão rítmica e a leitura atonal que será trabalhada previamente em casa.

18 Matriz de Exame de Formação Musical 8º Grau Prova Escrita Itens do exame Objetivos de avaliação Cotação Ditado de um exercício atonal Capacidade de ouvir interiormente e escrever uma série de intervalos num contexto atonal Identificação e classificação de 6 acordes de 4 sons em posição não cerrada e em qualquer inversão: PM, Pm, A, d, todos os tipos de 7ª Conhecimentos teóricos a nível da construção e identificação auditiva de acordes Escrita e análise integral de um Choral de Bach Intervalos Capacidade de audição harmónica e polifónica e conhecimentos teóricos de harmonia Identificação auditiva de intervalos isolados 25% Ditado modal com percussão Memorização de uma melodia Funções tonais nos modos Maior e menor Capacidade de isolar e associar o ritmo de uma melodia às notas correspondentes Capacidade de memória; audição interior e conhecimento da estrutura de uma tonalidade Capacidade de compreensão harmónica e tonal de uma frase musical

19 Prova Oral Itens do exame Objetivos de avaliação Cotação Leitura solfejada horizontal e/ou vertical nas seguintes claves: Sol, fá, dó (1ª, 3ª e 4ª linha)) e instrumentos transpositores Capacidade de ler nas diferentes claves e de mudar de clave mantendo a fluência e o rigor rítmico Leitura rítmica com mudança de compassos Leitura melódica preparada pelo aluno Rigor na leitura de ritmos mais difíceis, bem como o conhecimento da ornamentação, indicações de agógica, compassos, etc. Afinação; musicalidade; rigor rítmico, rigor na interpretação e avaliação do trabalho preparado Entoação de uma melodia atonal Capacidade de ouvir interiormente e reproduzir uma série de intervalos num contexto atonal Leitura melódica Afinação; musicalidade; rigor rítmico e rigor na interpretação Improvisação cantada ou tocada sobre um encadeamento harmónico Noção harmónica; criatividade, interpretação e musicalidade Nota: Na prova oral do 8º grau todos os conteúdos e estratégias deverão ser à 1ª vista, expecto a leitura melódica preparada que será sorteada.

- MATRIZES DAS DISCIPLINAS -

- MATRIZES DAS DISCIPLINAS - - MATRIZES DAS DISCIPLINAS - FORMAÇÃO MUSICAL Anexo II Matrizes das Disciplinas Admissões 2015/2016 Página 30 de 80 1. DITADOS RÍTMICOS FORMAÇÃO MUSICAL ACESSO AO 2º GRAU PROVA ESCRITA 1.1. Duas frases

Leia mais

MATRIZ DA PROVA ESCRITA DE APTIDÃO MUSICAL CANDIDATOS AO 1º GRAU EM MÚSICA

MATRIZ DA PROVA ESCRITA DE APTIDÃO MUSICAL CANDIDATOS AO 1º GRAU EM MÚSICA MATRIZ DA PROVA ESCRITA DE APTIDÃO MUSICAL CANDIDATOS AO 1º GRAU EM MÚSICA O,6 X NOTA APTIDÃO MUSICAL + O,4 X NOTA EXECUÇÃO EXPERIMENTAL IDENTIFICAÇÃO DE TRECHOS MUSICAIS IDENTIFICAR E ASSINALAR FRASES

Leia mais

Formação Musical Ensino Secundário Prova Escrita e Oral

Formação Musical Ensino Secundário Prova Escrita e Oral Informação - Prova de Equivalência à Frequência Formação Musical Ensino Secundário Prova Escrita e Oral Ano Letivo 2016/2017 Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de

Leia mais

FORMAÇÃO MUSICAL 12.º Ano/8.º Grau

FORMAÇÃO MUSICAL 12.º Ano/8.º Grau Informação - Prova de Equivalência à Frequência FORMAÇÃO MUSICAL 12.º Ano/8.º Grau Ano Letivo 2015/2016 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência

Leia mais

FORMAÇÃO MUSICAL 9.º Ano/5.º Grau

FORMAÇÃO MUSICAL 9.º Ano/5.º Grau Informação - Prova de Equivalência à Frequência FORMAÇÃO MUSICAL 9.º Ano/5.º Grau Ano Letivo 2015/2016 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência

Leia mais

Grelhas de conteúdos programáticos

Grelhas de conteúdos programáticos Grelhas de conteúdos programáticos > disciplina de Iniciação Musical ACADEMIA MUSICAL DOS AMIGOS DAS CRIANÇAS AMAC - GRELHAS DE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DA DISCIPLINA DE INICIAÇÃO MUSICAL 1 RITMO frases

Leia mais

Formação Musical 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova Escrita e Oral

Formação Musical 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova Escrita e Oral Informação - Prova de Equivalência à Frequência Formação Musical 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova Escrita e Oral Ano Letivo 2016/2017 Introdução O presente documento visa divulgar as características da

Leia mais

MATRIZ DA PROVA GLOBAL

MATRIZ DA PROVA GLOBAL Curso Artístico Especializado de Música [Escreva um trecho do documento ou o resumo de um ponto interessante. Pode posicionar a caixa de texto em qualquer ponto do documento. Utilize o separador Ferramentas

Leia mais

Informação para a Prova de Ingresso - 5º Ano

Informação para a Prova de Ingresso - 5º Ano Informação para a Prova de Ingresso - 5º Ano Tipo de Prova: Escrita Duração da prova: 60 minutos Material permitido: Lápis, borracha e esferográfica azul ou preta Identificar e escrever frases musicais

Leia mais

Grelhas de conteúdos programáticos

Grelhas de conteúdos programáticos Grelhas de conteúdos programáticos > disciplina de Formação Musical ACADEMIA MUSICAL DOS AMIGOS DAS CRIANÇAS Academia Musical dos amigos das Crianças - GRELHAS DE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DA DISCIPLINA

Leia mais

Sumário. Unidade 1. Unidade 2. Unidade 3. Prefácio da tradução Prefácio...13

Sumário. Unidade 1. Unidade 2. Unidade 3. Prefácio da tradução Prefácio...13 Sumário Prefácio da tradução... 11 Prefácio...13 Unidade 1 Melodia 1A Ditado melódico: melodias formadas com base em escalas (conjunto diatônico)... 15 Melodia 1B Reconhecimento do modo: escala maior e

Leia mais

REGULAMENTO AVALIAÇÃO DE FORMAÇÃO MUSICAL

REGULAMENTO AVALIAÇÃO DE FORMAÇÃO MUSICAL REGULAMENTO AVALIAÇÃO DE FORMAÇÃO MUSICAL 17/18 Disciplina de FORMAÇÃO MUSICAL AVALIAÇÃO ANO LETIVO 17/18 Ensino Básico 1.º grau ao 5.º grau Ensino Secundário 6.º grau ao 8.º grau Diretor Pedagógico Prof.

Leia mais

HORÁRIO DAS OFICINAS DO SEMINÁRIO DE MÚSICA Semestre

HORÁRIO DAS OFICINAS DO SEMINÁRIO DE MÚSICA Semestre HORÁRIO DAS OFICINAS DO SEMINÁRIO DE MÚSICA Semestre 2017.2 APRECIAÇÃO MUSICAL OFICINA DE APRECIAÇÃO MUSICAL - A PARTIR DE 18 ANOS Análise de literatura musical e análise de instrumentos (seus timbres,

Leia mais

AVALIAÇÃO DISCIPLINA DE FORMAÇÃO MUSICAL

AVALIAÇÃO DISCIPLINA DE FORMAÇÃO MUSICAL Educação Artística Especializada AVALIAÇÃO DISCIPLINA DE FORMAÇÃO MUSICAL 2016-17 Curso Básico 1.º grau ao 5.º grau Curso Secundário 6.º grau ao 8.º grau 2 Diretor Pedagógico, Prof. Antero Leite Coordenadora

Leia mais

Música faz bem! BOA PROVA

Música faz bem! BOA PROVA Prova de Habilidade Específica em Música PROVA DE APTIDÃO CURSO MÚSICA LICENCIATURA 1. Todos os candidatos deverão se submeter à entrevista, ao teste escrito e oral, bem como escrever seu histórico musical.

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Conservatório de Música de Viseu Dr. José de Azeredo Perdigão Critérios de Avaliação Peso percentual de cada período na avaliação final de frequência: 1º Período = 25%; 2º Período = 40%; 3º Período = 35%

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR EXPERIMENTAL PARA O ENSINO DE MÚSICA DE 1ª. A 4ª. SÉRIES TEMA 1: DURAÇÃO

MATRIZ CURRICULAR EXPERIMENTAL PARA O ENSINO DE MÚSICA DE 1ª. A 4ª. SÉRIES TEMA 1: DURAÇÃO MATRIZ CURRICULAR EXPERIMENTAL PARA O ENSINO DE MÚSICA DE 1ª. A 4ª. SÉRIES CECÍLIA CAVALIERI FRANÇA TEMA 1: DURAÇÃO Tópico 1: Curto e longo Diferenciar entre sons curtos e longos, não proporcionais e proporcionais.

Leia mais

GRADE CURRICULAR CAVALLIERI TECLADO

GRADE CURRICULAR CAVALLIERI TECLADO MÓDULO I 1º Semestre 1.1 Apresentação do instrumento - Conhecimento das características e possibilidades de uso com seus recursos sonoros e eletrônicos e diferenças entre o teclado e o piano. 1.2 Postura,

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL 6.º Ano

PLANIFICAÇÃO ANUAL 6.º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL 6.º Ano Disciplina de Educação Musical METAS DE APRENDIZAGEM Domínios e Subdomínios Desenvolvimento da Capacidade de Expressão e Comunicação: Interpretação e Comunicação INDICADORES

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA

AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA Código 150502 EDUCAÇÃO MUSICAL: A Música é uma forma do conhecimento cuja linguagem é o som. A experiência musical viva e criativa é a base de todas as aprendizagens.

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA Código EDUCAÇÃO MUSICAL:

AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA Código EDUCAÇÃO MUSICAL: EDUCAÇÃO MUSICAL: A Música é uma forma do conhecimento cuja linguagem é o som. A experiência musical viva e criativa é a base de todas as aprendizagens. As vivências e os pensamentos musicais dos alunos

Leia mais

PONDERAÇÃO DE CADA PERÍODO LETIVO NA AVALIAÇÃO FINAL: 1º Período: (30%); 2º Período: (40%); 3º Período: (30%)

PONDERAÇÃO DE CADA PERÍODO LETIVO NA AVALIAÇÃO FINAL: 1º Período: (30%); 2º Período: (40%); 3º Período: (30%) CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PONDERAÇÃO DE CADA PERÍODO LETIVO NA AVALIAÇÃO FINAL: 1º Período: (30%); 2º Período: (40%); 3º Período: (30%) Domínio da Avaliação Critérios gerais Critérios Específicos Instrumentos

Leia mais

PROVA DE ADMISSÃO AO CURSO BÁSICO DE MÚSICA. Regulamento ACADEMIA MUSICAL DOS AMIGOS DAS CRIANÇAS

PROVA DE ADMISSÃO AO CURSO BÁSICO DE MÚSICA. Regulamento ACADEMIA MUSICAL DOS AMIGOS DAS CRIANÇAS PROVA DE ADMISSÃO AO CURSO BÁSICO DE MÚSICA Regulamento ACADEMIA MUSICAL DOS AMIGOS DAS CRIANÇAS Prova de Admissão ao Curso Básico de Música - Regulamento - 1.º Enquadramento legal e âmbito a) De acordo

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES EDUCAÇÃO MUSICAL PLANIFICAÇÃO ANUAL 6º ANO 2016/2017 Metas Conceitos Conteúdos Objetivos Avaliação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Expressões e Tecnologias Planificação Anual de Educação Musical 5º ano Ano Letivo 2016/2017

Leia mais

Programa Curricular do módulo de INSTRUMENTO, variante CANTO. Fornecer um sólido conhecimento técnico do instrumento.

Programa Curricular do módulo de INSTRUMENTO, variante CANTO. Fornecer um sólido conhecimento técnico do instrumento. Programa Curricular do módulo de INSTRUMENTO, variante CANTO Objectivos Gerais Fornecer um sólido conhecimento técnico do instrumento. Desenvolver a coordenação entre raciocínio musical e execução no instrumento.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Expressões e Tecnologias Planificação Anual de Educação Musical 5º ano Ano Letivo 2015/2016

Leia mais

Universidade Metodista de Piracicaba Processo Seletivo 2013 Prova de Aptidão Curso Música Licenciatura Prova 1

Universidade Metodista de Piracicaba Processo Seletivo 2013 Prova de Aptidão Curso Música Licenciatura Prova 1 INSTRUÇÕES A prova de aptidão musical constitui-se de três partes: Universidade Metodista de Piracicaba Processo Seletivo 2013 Prova de Aptidão Curso Música Licenciatura Prova 1 1. HISTÓRICO MUSICAL Você

Leia mais

TEORIA. Atividades de teoria e treinamento auditivo para adolescentes. Hannelore Bucher. volume 5 1.ª edição. Vitória ES 2017.

TEORIA. Atividades de teoria e treinamento auditivo para adolescentes. Hannelore Bucher. volume 5 1.ª edição. Vitória ES 2017. TEORIA Atividades de teoria e treinamento auditivo para adolescentes volume 5 1.ª edição Hannelore Bucher Vitória ES 2017 Edição do Autor Hannelore Bucher.Teoria Teen 5-1 - copyright MMXVII Hannelore Bucher.Teoria

Leia mais

Programa Curricular do módulo de INSTRUMENTO, variante SAXOFONE. Fornecer um sólido conhecimento técnico do instrumento.

Programa Curricular do módulo de INSTRUMENTO, variante SAXOFONE. Fornecer um sólido conhecimento técnico do instrumento. Programa Curricular do módulo de INSTRUMENTO, variante SAXOFONE Objectivos Gerais Fornecer um sólido conhecimento técnico do instrumento. Desenvolver a coordenação entre raciocínio musical e execução no

Leia mais

MÚSICA. Transcreva o trecho musical I, por completo e sem rasura, para o pentagrama correspondente na folha de respostas. O espaço

MÚSICA. Transcreva o trecho musical I, por completo e sem rasura, para o pentagrama correspondente na folha de respostas. O espaço INSTRUÇÕES 1 Este caderno é constituído de treze questões. 2 Caso o caderno de prova esteja incompleto ou tenha qualquer defeito, solicite ao fiscal de sala mais próximo que tome as providências cabíveis.

Leia mais

TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA

TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA THE 2010 MÚSICA CONQUISTE ESTA VITÓRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE Centro de Humanidades Coordenação do Curso de Bacharelado e Licenciatura em Música THE 2010

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 DE SANDE

ESCOLA E.B. 2,3 DE SANDE ESCOLA E.B. 2,3 DE SANDE Educação Musical - Planificação Anual 5º ano Departamento de Expressões Artísticas e Tecnológicas 2017/2018 PLANIFICAÇÃO ANUAL 1.º Período (Unidades 1 e 2) Pulsação. Tempo. Andamentos:

Leia mais

Conservatório Regional de Palmela Sociedade Filarmónica Humanitária

Conservatório Regional de Palmela Sociedade Filarmónica Humanitária Conservatório Regional de Palmela Sociedade Filarmónica Humanitária Formação Musical - 2º Ciclo 1. Domínio Cognitivo (80%) Critérios de Avaliação 2015/2016 Capacidades Essenciais* Instrumentos de Avaliação

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO MUSICAL

PROGRAMA DE FORMAÇÃO MUSICAL OBJETIVO EDUCATIVO FUNDAMENTAL PROGRAMA DE FORMAÇÃO MUSICAL OBJETIVOS EDUCATIVOS Apreciar, executar e compreender a performance da música enquanto arte, permitindo respostas e reconhecimentos estéticos,

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO EDUCAÇÃO MUSICAL

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO EDUCAÇÃO MUSICAL EDUCAÇÃO MUSICAL 1. INTRODUÇÃO O presente documento, visa dar a conhecer, aos diversos intervenientes no processo de exames, o objeto de avaliação da Prova Escrita e da Prova Prática, a sua estrutura,

Leia mais

Informação para a Prova de Ingresso no 10º Ano

Informação para a Prova de Ingresso no 10º Ano Informação para a Prova de Ingresso no 10º Ano Disciplina: Formação Musical Tipo de Prova: Escrita Duração da prova: 90 minutos Material permitido: Lápis, borracha e esferográfica azul ou preta Objetivos:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FORMAÇÃO AUDITIVA II Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FORMAÇÃO AUDITIVA II Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular FORMAÇÃO AUDITIVA II Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Jazz e Música Moderna 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVAS GLOBAIS DE FORMAÇÃO MUSICAL 2014/2015 12.º ANO / 8.º GRAU

INFORMAÇÃO PROVAS GLOBAIS DE FORMAÇÃO MUSICAL 2014/2015 12.º ANO / 8.º GRAU INFORMAÇÃO PROVAS GLOBAIS DE FORMAÇÃO MUSICAL 2014/2015 12.º ANO / 8.º GRAU 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova global do ensino secundário da disciplina de Formação

Leia mais

Sugestões Metodológicas: Estratégias/Atividades. Metas de Aprendizagem

Sugestões Metodológicas: Estratégias/Atividades. Metas de Aprendizagem Ano Letivo - 2012/201 Conteúdos Objetivos Curriculares Metas de Aprendizagem Sugestões Metodológicas: Estratégias/Atividades Avaliação Calendarização Dinâmica Forma Ficheiro 1 Reconhece diferentes timbres,

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL - 6.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL - 6.º ANO DE EDUCAÇÃO MUSICAL - 6.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO PERFIL DO ALUNO ATINGIR NO FINAL DE CICLO O aluno canta a solo e em grupo, com intencionalidade expressiva, canções em diferentes tonalidades

Leia mais

13 de fevereiro INÍCIO: 8h DURAÇÃO: 4 horas. 20 questões MÚSICA NOME: CARTEIRA :

13 de fevereiro INÍCIO: 8h DURAÇÃO: 4 horas. 20 questões MÚSICA NOME: CARTEIRA : 13 de fevereiro 2011 INÍCIO: 8h DURAÇÃO: 4 horas CONTEÚDO: 20 questões MÚSICA NOME: CARTEIRA : PERCEPÇÃO MUSICAL 01. Indique a notação correta da melodia que será ouvida a seguir. A melodia será tocada

Leia mais

TEORIA E PERCEPÇÃO MUSICAL

TEORIA E PERCEPÇÃO MUSICAL 2 a Etapa TEORIA E PERCEPÇÃO MUSICAL Vestibular CADERNO 1 SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente o CARTAZ sobre ELIMINAÇÃO AUTOMÁTICA, afixado na parede da sala, à sua frente, e as instruções que

Leia mais

TEORIA E PERCEPÇÃO MUSICAL

TEORIA E PERCEPÇÃO MUSICAL 2 a Etapa TEORIA E PERCEPÇÃO MUSICAL Vestibular CADERNO 2 SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente o CARTAZ sobre ELIMINAÇÃO AUTOMÁTICA, afixado na parede da sala, à sua frente, e as instruções que

Leia mais

TEORIA E PERCEPÇÃO MUSICAL

TEORIA E PERCEPÇÃO MUSICAL 2 a Etapa TEORIA E PERCEPÇÃO MUSICAL Vestibular CADERNO 4 SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente o CARTAZ sobre ELIMINAÇÃO AUTOMÁTICA, afixado na parede da sala, à sua frente, e as instruções que

Leia mais

REGULAMENTO DA DISCIPLINA DE INSTRUMENTO

REGULAMENTO DA DISCIPLINA DE INSTRUMENTO Curso Artístico Especializado da Música REGULAMENTO DA DISCIPLINA DE FORMAÇÃO MUSICAL [Escreva um trecho do documento ou o resumo de um ponto interessante. Pode posicionar a caixa de texto em ualuer ponto

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL 6.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL 6.º ANO DE EDUCAÇÃO MUSICAL 6.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO PERFIL DO ALUNO ATINGIR NO FINAL DE CICLO O aluno canta a solo e em grupo, com intencionalidade expressiva, canções em diferentes tonalidades

Leia mais

Informação para a Prova de Ingresso no 9º Ano

Informação para a Prova de Ingresso no 9º Ano Informação para a Prova de Ingresso no 9º Ano Disciplina: Formação Musical Tipo de Prova: Escrita Duração da prova: 90 minutos Material permitido: Lápis, borracha e esferográfica azul ou preta Objetivos:

Leia mais

Janeiro. Março/Abril

Janeiro. Março/Abril Outubro Jogos de exploração da voz Planificação Anual Expressão e Educação Musical 1.º ano 1º Período 2º Período 3º Período Dizer e entoar rimas e lengalengas Experimentar sons vocais (todos os que a criança

Leia mais

Ano Letivo 2012/2013 2º Ciclo 5º Ano

Ano Letivo 2012/2013 2º Ciclo 5º Ano AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação Anual EDUCAÇÃO MUSICAL Ano Letivo 2012/2013 2º Ciclo 5º Ano Unidade Didática/Tema* Conceitos/Conteúdos Organizadores/Competências Específicas

Leia mais

Programa Curricular do módulo de INSTRUMENTO, variante GUITARRA. Fornecer um sólido conhecimento técnico do instrumento.

Programa Curricular do módulo de INSTRUMENTO, variante GUITARRA. Fornecer um sólido conhecimento técnico do instrumento. Programa Curricular do módulo de INSTRUMENTO, variante GUITARRA Objectivos Gerais Fornecer um sólido conhecimento técnico do instrumento. Desenvolver a coordenação entre raciocínio musical e execução no

Leia mais

VESTIBULAR PROVA DE APTIDÃO EM MÚSICA AGUARDE A ORDEM DO FISCAL PARA ABRIR ESTE CADERNO DE QUESTÕES. INSTRUÇÕES

VESTIBULAR PROVA DE APTIDÃO EM MÚSICA AGUARDE A ORDEM DO FISCAL PARA ABRIR ESTE CADERNO DE QUESTÕES. INSTRUÇÕES VESTIBULAR 2007 003. PROVA DE APTIDÃO EM MÚSICA INSTRUÇÕES VOCÊ RECEBEU SUA FOLHA DE RESPOSTAS E ESTE CADERNO CONTENDO 30 QUESTÕES OBJETIVAS. CONFIRA SEU NOME E NÚMERO DA CARTEIRA NA CAPA DESTE CADERNO.

Leia mais

Programa Curricular do módulo de INSTRUMENTO, variante BAIXO EL./CONTRABAIXO. Fornecer um sólido conhecimento técnico do instrumento.

Programa Curricular do módulo de INSTRUMENTO, variante BAIXO EL./CONTRABAIXO. Fornecer um sólido conhecimento técnico do instrumento. Programa Curricular do módulo de INSTRUMENTO, variante BAIXO EL./CONTRABAIXO Objectivos Gerais Fornecer um sólido conhecimento técnico do instrumento. Desenvolver a coordenação entre raciocínio musical

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L DEPARTAMENTO: Expressões ÁREA DISCIPLINAR: Artes Visuais DISCIPLINA: Educação Musical CURSO: Básico DE: 2º ciclo ANO: 6º- ANO LETIVO: 2017/18 MANUAL: PLAY Unidade Didática

Leia mais

01. Escute o Exemplo Auditivo 1. Assinale a alternativa que indica corretamente a autoria do trecho da música executada.

01. Escute o Exemplo Auditivo 1. Assinale a alternativa que indica corretamente a autoria do trecho da música executada. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE ARTES DEPARTAMENTO DE MÚSICA CONCURSO VESTIBULAR 2017 PROVA ESPECÍFICA TESTE TEÓRICO-PERCEPTIVO Nome: (ATENÇÃO: coloque seu nome em todas as páginas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2017 Edital N.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2017 Edital N. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2017 Edital N. 69/2016 ANEXO V PROGRAMAS DAS PROVAS PARA OS CURSOS QUE EXIGEM

Leia mais

PERFIL DE APRENDIZAGENS 5ºANO

PERFIL DE APRENDIZAGENS 5ºANO 5ºANO No final do 5º ano, o aluno deverá ser capaz de: DISCIPLINA DOMÍNIO DESCRITOR Educação Musical Audição - Apreender conceitos musicais - Reconhecer instrumentos musicais Orff - Reconhecer figuras

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Escola Técnica de Artes - ETA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Escola Técnica de Artes - ETA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Escola Técnica de Artes - ETA Prova de Teoria Musical e Percepção Melódica e Rítmica Curso Técnico em Música (Canto Erudito, Piano, Violino

Leia mais

ENSINO BÁSICO ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR. Entidade Promotora: Câmara Municipal de Abrantes. Entidade Parceira: Orfeão de Abrantes

ENSINO BÁSICO ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR. Entidade Promotora: Câmara Municipal de Abrantes. Entidade Parceira: Orfeão de Abrantes ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR Entidade Promotora: Câmara Municipal de Abrantes Entidade Parceira: Orfeão de Abrantes ESCOLA do 1º Ciclo: EB1 Pego, EB1 Alvega, EB1 Alvega/Concavada, EB1 Rossio

Leia mais

001. Prova de Conhecimento e Habilidade em Música

001. Prova de Conhecimento e Habilidade em Música vestibular 2014 001. Prova de Conhecimento e Habilidade em Música presencial Confira seus dados impressos neste caderno. Esta prova contém 30 questões objetivas e terá duração total de 2 horas. Para cada

Leia mais

Informação para os Testes de Ingresso Prova de Execução Instrumental - 5º Ano

Informação para os Testes de Ingresso Prova de Execução Instrumental - 5º Ano Percussão planificações da disciplina. 1 Peça de Peles (2) 1 Peça de Lâminas (2) 1 Peça de Peles 1 Peça de Lâminas Notas: 1 A seleção do programa a executar realiza-se no momento da prova. 2 - Cada andamento

Leia mais

ESTHER SCLIAR. Porto Alegre, 28 de setembro de 1926 Rio de Janeiro, 18 de março de 1978.

ESTHER SCLIAR. Porto Alegre, 28 de setembro de 1926 Rio de Janeiro, 18 de março de 1978. ESTHER SCLIAR Porto Alegre, 28 de setembro de 1926 Rio de Janeiro, 18 de março de 1978. De 1963 a 1975 desenvolveu seu trabalho na Pró-Arte do Rio de Janeiro. Trabalhou, ainda, no Instituto Villa-Lobos

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR 2015 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Assinatura: PROVA COLETIVA

CONCURSO VESTIBULAR 2015 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Assinatura: PROVA COLETIVA CONCURSO VESTIBULAR 2015 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA Nome do Candidato: Inscrição: Assinatura: PROVA COLETIVA 1- A prova está dividida em 4 questões com as seguintes pontuações: Questão

Leia mais

1- PROVA OBJETIVA DE TEORIA E PERCEPÇÃO MUSICAL (DE MÚLTIPLA ESCOLHA A, B, C, D E E).

1- PROVA OBJETIVA DE TEORIA E PERCEPÇÃO MUSICAL (DE MÚLTIPLA ESCOLHA A, B, C, D E E). A Prova de Habilidade Específica em Música compreenderá: a) uma Prova Objetiva de Teoria e Percepção Musical e b) uma Prova Prática, cada uma delas eliminatória e classificatória. As provas versarão sobre

Leia mais

Metas de Aprendizagem: Educação Musical (2º Ciclo)

Metas de Aprendizagem: Educação Musical (2º Ciclo) Metas de Aprendizagem: Educação Musical (2º Ciclo) Domínio: Desenvolvimento da Capacidade de Expressão e Comunicação Subdomínio: Interpretação e Comunicação Meta Final 1) O aluno canta a solo e em grupo,

Leia mais

Programação de 6º ano

Programação de 6º ano Programação de 6º ano 2011 12 Esta programação está organizada com base nos conteúdos a desenvolver ao longo do 5º ano de escolaridade. E é através das situações educativas descritas que se torna possível

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL - CONTEÚDOS

PLANIFICAÇÃO ANUAL - CONTEÚDOS PLANIFICAÇÃO ANUAL - CONTEÚDOS UNIDADE 1 Compasso binário, ternário e quaternário Figuras rítmicas Notas na pauta e na flauta Organização da música Cânone Elementos expressivos da música Dinâmica Andamento

Leia mais

Disciplina: Análise e Técnicas de Composição 2017

Disciplina: Análise e Técnicas de Composição 2017 Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga INFORMAÇÃO - Prova de Equivalência à Frequência Disciplina: Análise e Técnicas de Composição 2017 Código da prova 672 Secundário / 12º ano de escolaridade

Leia mais

Prova de Habilitação Específica. Música Teste Teórico-Perceptivo

Prova de Habilitação Específica. Música Teste Teórico-Perceptivo Prova de Habilitação Específica Música - 2018 Teste Teórico-Perceptivo Instruções Verifique se este caderno contém 20 questões do Teste Teórico-Perceptivo (questões de 01 a 20). Se necessário, solicite

Leia mais

PROVA DE ADMISSÃO AO CURSO BÁSICO DE MÚSICA REGULAMENTO _Ano Letivo

PROVA DE ADMISSÃO AO CURSO BÁSICO DE MÚSICA REGULAMENTO _Ano Letivo PROVA DE ADMISSÃO AO CURSO BÁSICO DE MÚSICA REGULAMENTO _Ano Letivo 2017 2018 1.º Enquadramento legal e âmbito a) De acordo com a Portaria n.º 225/2012, de 30 de julho, podem ser admitidos no Curso Básico

Leia mais

,4. Identificar o intervalo melódico ascendente que é executado primeiro: 2.ª M ou 2.ª m?

,4. Identificar o intervalo melódico ascendente que é executado primeiro: 2.ª M ou 2.ª m? INTRODUÇÃO Intervalo de 2.ª - recapitulação Este volume 2 é a continuação do trabalho de treinamento auditivo para alunos que já dominam ouvir ritmos básicos (até semicolcheia), escala maior e intervalos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE CONCURSO VESTIBULAR 2010 E MÓDULO III DO PISM - TRIÊNIO 2007/2009

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE CONCURSO VESTIBULAR 2010 E MÓDULO III DO PISM - TRIÊNIO 2007/2009 PROVA DE PERCEPÇÃO E TEORIA (HABILIDADE ESPECÍFICA IAD/UFJF 2010) Parte I: PERCEPÇÃO Instruções: Cada uma das questões de 1 a 5 é acompanhada de um exemplo musical gravado; cada exemplo musical será repetido

Leia mais

MÚSICA 2 a Etapa PROVA DE PERCEPÇÃO MUSICAL (PARTE ESCRITA)

MÚSICA 2 a Etapa PROVA DE PERCEPÇÃO MUSICAL (PARTE ESCRITA) MÚSICA 2 a Etapa PROVA DE PERCEPÇÃO MUSICAL (PARTE ESCRITA) SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém a parte escrita da Prova de Percepção

Leia mais

EMENTAS E CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

EMENTAS E CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS EMENTAS E CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 2017 SUMÁRIO 1. SOBRE O ENSINO BÁSICO DE MÚSICA... 3 2. SOBRE A ETAPA DA MUSICALIZAÇÃO INFANTIL... 3 3. SOBRE A ETAPA DA INICIAÇÃO MUSICAL... 3 4. SOBRE AS PRÁTICAS COMPLEMENTARES...

Leia mais

GRADE CURRICULAR CAVALLIERI GUITARRA

GRADE CURRICULAR CAVALLIERI GUITARRA MÓDULO I 1º Semestre 1.1 Apresentação do instrumento. Conhecer o instrumento fisicamente bem como suas características. Nomes das partes e funções. 1.2 Afinação e postura. Postura corporal correta e a

Leia mais

* Rio de Janeiro

* Rio de Janeiro * 25-12-1949 Rio de Janeiro Formação e Atuação Formação em Pedagogia, Licenciatura em Música e Piano na Faculdade Católica de Filosofia, Faculdade de Educação e Escola de Música e Artes Cênicas da UFBA,

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L DEPARTAMENTO: Expressões ÁREA DISCIPLINAR: Artes Visuais DISCIPLINA: Educação Musical CURSO: Básico DE: 2º ciclo ANO: 5º- ANO LETIVO: 2017/18 MANUAL: PLAY TIMBRE DINÂMICA

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Educação Musical

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Educação Musical INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2016 Educação Musical Escola: Escola Básica 2.3 Pêro de Alenquer Código: 12 Disciplina: Educação Musical 2º Ciclo Anos de escolaridade:5º e 6º Introdução O

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL - CONTEÚDOS

PLANIFICAÇÃO ANUAL - CONTEÚDOS PLANIFICAÇÃO ANUAL - CONTEÚDOS UNIDADE 1 Elementos expressivos da Música Sons vocais, corporais e instrumentais; Dinâmica: fortissimo, pianissimo, crescendo e decrescendo; Andamento: presto, moderato,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Escola Técnica de Artes - ETA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Escola Técnica de Artes - ETA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Escola Técnica de Artes - ETA Prova de Teoria Musical e Percepção Melódica e Rítmica Curso Técnico em Música (Canto, Violoncelo e Piano)

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM º CICLO Ano Letivo 01/017 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa de Educação Musical / Metas de Aprendizagem em EM / Manual 100%Músic@ 5ºano

Leia mais

Processo Seletivo

Processo Seletivo UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Processo Seletivo 2011.2 2ª Fase Habilidades Específicas Candidato (a): Feira de Santana, de julho de 2011. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE

Leia mais

ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO PROGRAMA DE INSTRUMENTO DE TECLA UNIÃO EUROPEIA. Fundo Social Europeu REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA

ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO PROGRAMA DE INSTRUMENTO DE TECLA UNIÃO EUROPEIA. Fundo Social Europeu REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO PROGRAMA DE INSTRUMENTO DE TECLA UNIÃO EUROPEIA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Fundo Social Europeu Ensino Artístico Especializado Curso Básico e Secundário de Música Programa

Leia mais

Sumário. B Modelos diatônicos e fragmentos melódicos para o canto de intervalos: 2M e 2m 28

Sumário. B Modelos diatônicos e fragmentos melódicos para o canto de intervalos: 2M e 2m 28 Sumário Prefácio 15 Agradecimentos 21 Prefácio da tradução 23 Unidade 1 A Ritmo Métrica simples: Durações com uma, duas ou três pulsações 25 Seção A1. Módulos em métrica simples 25 Seção A2. Frases em

Leia mais

UEL Prova de Habilidades Específicas. Vestibular. M Ú S I C A 2 5 / 0 9 / M a t u t i n o P r o v a C o l e t i v a.

UEL Prova de Habilidades Específicas. Vestibular. M Ú S I C A 2 5 / 0 9 / M a t u t i n o P r o v a C o l e t i v a. Prova de Habilidades Específicas M Ú S I C A 2 5 / 0 9 / 2 0 1 6 M a t u t i n o P r o v a C o l e t i v a Nome do Candidato: Inscrição: Assinatura: PROVA COLETIVA 1- A prova está dividida em 4 questões

Leia mais

Currículo Referência em Música 6º ANO- ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos

Currículo Referência em Música 6º ANO- ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos Bimestre Objetiv Currículo Referência em Música Conceit 6º ANO- ENSINO FUNDAMENTAL Conteúd Expectativas Sugestão de Atividades em diferentes 1º. Bimestre Fazer uso de formas não convencionais de registro,

Leia mais

CURSO: MÚSICA LICENCIATURA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: MÚSICA LICENCIATURA EMENTAS º PERÍODO CURSO: MÚSICA LICENCIATURA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: LINGUAGEM E ESTRUTURAÇÃO MUSICAL I Leitura musical em duas claves de referência: sol e fá na 4º linha. Percepção auditiva. sistemas diatônicos.

Leia mais

Prova de Teoria Musical e Percepção melódica e rítmica

Prova de Teoria Musical e Percepção melódica e rítmica UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Escola Técnica de Artes - ETA Prova de Teoria Musical e Percepção Melódica e Rítmica Curso Técnico em Música (Canto Erudito, Canto Popular,

Leia mais

Curso Básico de Música

Curso Básico de Música Curso Básico de Música Betel Brasileiro - Juazeirinho Instrutores: Alex Junior e Nilson Barbosa Contatos: (83)9333-4185 Facebook Page: www.facebook.com/musicadicas 1 Dicas Se você deseja ser um bom músico

Leia mais

Informação Prova. Prova código 12 de Educação Musical. Prova de Equivalência à Frequência do 2º Ciclo do Ensino Básico

Informação Prova. Prova código 12 de Educação Musical. Prova de Equivalência à Frequência do 2º Ciclo do Ensino Básico Informação Prova Prova código 12 de Educação Musical Prova de Equivalência à Frequência do 2º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Despacho normativo n.º 1-A/2017, de 10 de fevereiro

Leia mais

PERCEPÇÃO MUSICAL. Prova de 2 a Etapa UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. Duração total desta prova, incluindo a parte oral: três horas.

PERCEPÇÃO MUSICAL. Prova de 2 a Etapa UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. Duração total desta prova, incluindo a parte oral: três horas. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS PERCEPÇÃO MUSICAL Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - A Prova de Percepção Musical é constituída de oito

Leia mais

VESTIBULAR MÚSICA

VESTIBULAR MÚSICA 0 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ - REITORIA DE ENSINO COMISSÃO DE PROCESSOS VESTIBULARES UNIDADE ACADEMICA DE ARTE E MÍDIA VESTIBULAR 2015.2 TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA MÚSICA CONQUISTE

Leia mais