Teste Intermédio Inglês. 11.º Ano de Escolaridade. Critérios de Classificação COTAÇÕES. Atividade A pontos. Atividade B...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Teste Intermédio Inglês. 11.º Ano de Escolaridade. Critérios de Classificação COTAÇÕES. Atividade A... 15 pontos. Atividade B..."

Transcrição

1 Teste Intermédio Inglês Parte III Produção e interação escritas Critérios de Classificação º Ano de Escolaridade COTAÇÕES Atividade A pontos pontos Atividade B pontos Atividade C pontos Subtotal pontos TI de Inglês 11.º Ano fev CC Página 1/ 7

2 A classificação do teste deve respeitar integralmente os critérios gerais e os critérios específicos a seguir apresentados. critérios gerais de classificação A classificação a atribuir a cada resposta resulta da aplicação dos critérios gerais e dos critérios específicos de classificação apresentados para cada item e é expressa por um número inteiro. As respostas ilegíveis são classificadas com zero pontos. Em caso de omissão ou de engano na identificação de uma resposta, esta pode ser classificada se for possível identificar inequivocamente o item a que diz respeito. Se for apresentada mais do que uma resposta ao mesmo item, só é classificada a resposta que surge em primeiro lugar. Todos os itens apresentam critérios específicos de classificação organizados por níveis de desempenho. A cada um desses níveis é atribuída uma única pontuação. Para a Atividade A, são considerados sete níveis (N7, N6, N5, N4,, N2 e ). Para as restantes atividades, em que se consideram dois parâmetros competência pragmática e competência linguística, são sempre considerados cinco níveis. Qualquer resposta que não corresponda ao nível mais alto descrito é integrada num dos outros níveis apresentados, de acordo com o desempenho observado. Estão previstos níveis de desempenho intercalares não descritos. Nestes casos, sempre que uma resposta revele um desempenho que não se integre em nenhum de dois níveis consecutivos descritos, deve ser-lhe atribuída a pontuação correspondente ao nível intercalar que os separa. Nos itens de reposta restrita ou extensa, por exemplo, para uma resposta ser classificada com nível 5, deverá corresponder, no mínimo, a tudo o que está descrito nesse nível. No que se refere ao nível 4, este enquadra combinações dos descritores dos níveis 5 e, ou seja, o desempenho do aluno não corresponde a tudo o que está descrito no nível 5, mas apresenta mais características do que as descritas no nível. É classificada com zero pontos qualquer resposta que não atinja o nível 1 de desempenho. Itens de construção Nos itens de construção, é atribuída a classificação de zero pontos a respostas que não correspondam ao solicitado, independentemente da qualidade do texto produzido, nomeadamente nos itens de resposta restrita e de resposta extensa, onde a competência linguística só é avaliada se o examinando tiver tratado o tema proposto e se tiver obtido, pelo menos, a classificação mínima na competência pragmática. Nos itens de resposta curta, a cotação do item só é atribuída às respostas totalmente corretas. Poderão ser atribuídas pontuações às respostas parcialmente corretas, de acordo com os critérios específicos. As respostas que não apresentem exatamente os mesmos termos ou expressões constantes dos exemplos de resposta devem ser consideradas para efeito de classificação, desde que o seu conteúdo seja cientificamente válido e adequado ao solicitado. Quando é dada uma chave nos critérios específicos, não podem ser aceites outras respostas diferentes das apresentadas. Nas chaves e nos exemplos de resposta apresentados nos critérios específicos, a ausência/presença da informação que se encontra entre parênteses não constitui uma incorreção. TI de Inglês 11.º Ano fev CC Página 2/ 7

3 critérios específicos de classificação Atividade A Os itens 1., 2.,., 4., 5., 6., 7. e 8. são classificados em conjunto. Versão 1 Chave: complaint...; Versão 1 Chave: (an) agreement...; versoversvvvvex.:.... more intelligent than...; versoversvvvvex.: on playing music [Com a ausência de on e/ou com a ausência da forma -ing considera-se a frase incorreta.]; versoversvvvvex.: arrived (after 7 o clock)(,) the shop was (already) closed /... arrived (after 7 o clock) (,) the shop had (already) closed (at 7 o clock) [Considera-se correta apenas a frase com todas as formas verbais corretas.]; versoversvvvvex.: (that) he could/might have a word with him / as to have a word with him; versoversvvvvex.: not to open that/the file (,) because/as/since it was a virus /... not to open that/the file. It was a virus /... against opening that/the file because it was a virus; versoversvvvvex.: a difficult problem (that) I was unable/not able to solve it /... a difficult problem (that) I couldn t solve it /... a difficult problem (that) it was impossible for me to solve (it). Versão 2 Chave: solution (for/to it); Versão 1 Chave: helpful; versoversvvvvex.:.... any faster than this / any faster / faster (than this) /... more quickly (than this) /... any quicker; versoversvvvvex.: (to me/us/... ) for having forgotten / forgetting the appointment /... (to me/us/... ) for not having remembered/not remembering the appointment /... (to me/us/... ) that she had forgotten the appointment /... (to me/us/... ) for having forgotten (that) she had an appointment; versoversvvvvex.: working/to work here twenty years ago [Sem ago considera-se a frase incorreta.]; versoversvvvvex.: you confirm your order; versoversvvvvex.: to talk to my/the school counsellor if I was worried; versoversvvvvex.: use/good shouting [Com a ausência da forma -ing considera-se a frase incorreta.]. N7 Reescreve sete ou oito frases estruturalmente corretas e sem alterar o seu sentido. Pode escrever apenas com incorreções de pontuação e de grafia que não impliquem competência gramatical, por exemplo: agrement ou forgeting. 15 N6 Reescreve seis frases estruturalmente corretas e sem alterar o seu sentido. Pode escrever N5 N4 Reescreve cinco frases estruturalmente corretas e sem alterar o seu sentido. Pode escrever Reescreve quatro frases estruturalmente corretas e sem alterar o seu sentido. Pode escrever Reescreve três frases estruturalmente corretas e sem alterar o seu sentido. Pode escrever N2 Reescreve duas frases estruturalmente corretas e sem alterar o seu sentido. Pode escrever 5 Reescreve uma frase estruturalmente correta e sem alterar o seu sentido. Pode escrever apenas com incorreções de pontuação e de grafia que não impliquem competência gramatical, por exemplo: agrement ou forgeting. Erra ou omite as outras frases. TI de Inglês 11.º Ano fev CC Página / 7

4 Atividade B N5 Competência Pragmática Escreve um texto de resposta ao anúncio. Respeita as instruções dadas, referindo a informação solicitada (razão para escrever, razão do interesse e pedido de informação), recorrendo a pormenores e a aspetos relevantes e respeitando o contexto do destinatário, nomeadamente no que se refere às fórmulas de saudação e despedida. Utiliza, com eficácia, mecanismos de coesão (por exemplo, conjunções, pronomes, advérbios, numerais, concordância nominal e verbal). Articula as ideias de forma adequada num texto organizado, claro e coerente, por exemplo, demonstrando a relação entre ideias ou acontecimentos, não introduzindo elementos contraditórios entre si e não se limitando a repetir informação já fornecida. Respeita os limites de palavras indicados. 5 N4 4 Escreve um texto de resposta ao anúncio. Respeita as instruções dadas, referindo, pelo menos, duas das informações solicitadas (razão para escrever, razão do interesse e pedido de informação), recorrendo a alguns pormenores e aspetos relevantes e respeitando o contexto do destinatário, nomeadamente no que se refere às fórmulas de saudação e despedida. Utiliza, com alguma eficácia, mecanismos de coesão (por exemplo, conjunções, pronomes, advérbios, numerais, concordância nominal e verbal). Articula as ideias, com alguma adequação, num texto coerente, embora ainda constituído por uma sequência linear de informações. Pode não respeitar os limites de palavras indicados. N2 2 Escreve um texto de resposta ao anúncio. Aborda o tema de forma genérica, recorrendo a repetições e a pormenores pouco relevantes. Pode não respeitar o contexto do destinatário. Utiliza os conectores mais frequentes (por exemplo, and, but e because ) para ligar frases simples, mas estrutura deficientemente o texto, podendo revelar alguma incoerência. Pode não respeitar os limites de palavras indicados. 1 TI de Inglês 11.º Ano fev CC Página 4/ 7

5 N5 Competência Linguística* Utiliza recursos linguísticos variados (revelando alguma complexidade) e adequados ao tipo e à temática do texto, que lhe permitem transmitir a informação de forma precisa. Pode ainda, ocasionalmente, revelar alguma influência da língua materna, por exemplo, na organização sintática, na escolha de vocabulário, na grafia ou na pontuação. Utiliza vocabulário variado e adequado para se exprimir, podendo suprir algumas lacunas com a ajuda de circunlocuções. Revela, geralmente, bom domínio desse vocabulário, podendo ainda ocorrer alguma confusão e escolha incorreta de palavras em contextos menos usuais. Revela, geralmente, bom domínio das estruturas e formas gramaticais, não cometendo erros que possam causar incompreensão. A ortografia é quase sempre precisa. A pontuação é adequada, podendo ocorrer lapsos raros. 5 N4 4 Utiliza recursos linguísticos suficientes e, geralmente, adequados ao tipo e à temática do texto, que lhe permitem transmitir a informação com alguma precisão. Pode ainda revelar alguma influência da língua materna, por exemplo, na organização sintática, na escolha de vocabulário, na grafia ou na pontuação. Utiliza vocabulário simples, mas suficiente e, geralmente, adequado para se exprimir, podendo suprir algumas lacunas com a ajuda de circunlocuções. Revela bom domínio do vocabulário elementar, cometendo erros graves apenas quando exprime um pensamento mais complexo. Utiliza, com correção, estruturas simples, não cometendo de forma sistemática erros gramaticais elementares que causam incompreensão. A ortografia é suficientemente precisa para não afetar a inteligibilidade do texto. A pontuação é, geralmente, adequada. N2 2 Utiliza recursos linguísticos limitados, e nem sempre adequados, recorrendo a padrões frásicos elementares e revelando dificuldades na transmissão da informação de forma clara. Utiliza vocabulário simples, mas limitado, podendo ocorrer erros. Utiliza, com alguma correção, estruturas simples, mas ainda comete alguns erros gramaticais elementares de forma sistemática, sem que isso impeça a compreensão global da mensagem. Revela algum conhecimento das convenções ortográficas. A pontuação é, frequentemente, inadequada ou insuficiente. 1 * A competência linguística só será avaliada se o aluno tiver tratado o tema proposto, situando-se o seu texto, pelo menos, no nível 1 da competência pragmática. TI de Inglês 11.º Ano fev CC Página 5/ 7

6 Atividade C Notas: A não realização do first step não invalida a classificação do texto produzido ( second step ), devendo a classificação obedecer ao desempenho observado. No entanto, esta situação impede que a esse texto possa ser atribuído o nível mais alto (N5) da competência pragmática. A competência linguística só será avaliada se o aluno tiver tratado o tema proposto, situando-se o seu texto, pelo menos, no nível 1 da competência pragmática. Caso o aluno se limite a contar o enredo do filme, o seu texto não cumpre as características mínimas para ser classificado com o nível 1 na competência pragmática, logo, também não poderá ser classificado na competência linguística. Competência Pragmática N5 Escreve um texto sobre o tema apresentado que evidencia características de uma crítica de um filme. Respeita as instruções dadas, recorrendo a pormenores e a aspetos relevantes e respeitando o contexto do destinatário. Utiliza, com eficácia, mecanismos de coesão (por exemplo, conjunções, pronomes, advérbios, numerais, concordância nominal e verbal). Articula as ideias de forma adequada num texto organizado, claro e coerente, por exemplo, demonstrando a relação entre ideias ou acontecimentos, não introduzindo elementos contraditórios entre si e não se limitando a repetir informação já fornecida. A relação entre o plano que elaborou ( first step ) e o texto que escreve é claramente evidente. Respeita os limites de palavras indicados. 15 N4 12 Escreve um texto sobre o tema apresentado que evidencia características de uma crítica de um filme. Respeita as instruções dadas, recorrendo a alguns pormenores e a aspetos relevantes e respeitando o contexto do destinatário. Utiliza, com alguma eficácia, mecanismos de coesão (por exemplo, conjunções, pronomes, advérbios, numerais, concordância nominal e verbal). Articula as ideias, com alguma adequação, num texto coerente, embora ainda constituído por uma sequência linear de informações. A relação entre o plano que elaborou ( first step ) e o texto que escreve pode não ser evidente. Pode não respeitar os limites de palavras indicados. 9 N2 6 Escreve um texto sobre o tema apresentado que ainda evidencia algumas características de uma crítica de um filme. Embora aborde o tema de forma genérica, recorrendo a repetições e a pormenores pouco relevantes, não se limita a uma descrição do enredo do filme. Pode não respeitar o contexto do destinatário. Utiliza os conectores mais frequentes (por exemplo, and, but e because ) para ligar frases simples, mas estrutura deficientemente o texto, podendo revelar alguma incoerência. A relação entre o plano que elaborou ( first step ) e o texto que escreve pode não ser evidente. Pode não respeitar os limites de palavras indicados. TI de Inglês 11.º Ano fev CC Página 6/ 7

7 N5 Competência Linguística* Utiliza recursos linguísticos variados (revelando alguma complexidade) e adequados ao tipo e à temática do texto, que lhe permitem transmitir a informação de forma precisa. Pode ainda, ocasionalmente, revelar alguma influência da língua materna, por exemplo, na organização sintática, na escolha de vocabulário, na grafia ou na pontuação. Utiliza vocabulário variado e adequado para se exprimir, podendo suprir algumas lacunas com a ajuda de circunlocuções. Revela, geralmente, bom domínio desse vocabulário, podendo ainda ocorrer alguma confusão e escolha incorreta de palavras em contextos menos usuais. Revela, geralmente, bom domínio das estruturas e formas gramaticais, não cometendo erros que possam causar incompreensão. A ortografia é quase sempre precisa. A pontuação é adequada, podendo ocorrer lapsos raros. 10 N4 8 Utiliza recursos linguísticos suficientes e, geralmente, adequados ao tipo e à temática do texto, que lhe permitem transmitir a informação com alguma precisão. Pode ainda revelar alguma influência da língua materna, por exemplo, na organização sintática, na escolha de vocabulário, na grafia ou na pontuação. Utiliza vocabulário simples, mas suficiente e, geralmente, adequado para se exprimir, podendo suprir algumas lacunas com a ajuda de circunlocuções. Revela bom domínio do vocabulário elementar, cometendo erros graves apenas quando exprime um pensamento mais complexo. Utiliza, com correção, estruturas simples, não cometendo de forma sistemática erros gramaticais elementares que causam incompreensão. A ortografia é suficientemente precisa para não afetar a inteligibilidade do texto. A pontuação é, geralmente, adequada. N2 4 Utiliza recursos linguísticos limitados, e nem sempre adequados, recorrendo a padrões frásicos elementares e revelando dificuldades na transmissão da informação de forma clara. Utiliza vocabulário simples, mas limitado, podendo ocorrer erros. Utiliza, com alguma correção, estruturas simples, mas ainda comete alguns erros gramaticais elementares de forma sistemática, sem que isso impeça a compreensão global da mensagem. Revela algum conhecimento das convenções ortográficas. A pontuação é, frequentemente, inadequada ou insuficiente. * A competência linguística só será avaliada se o aluno tiver tratado o tema proposto, situando-se o seu texto, pelo menos, no nível 1 da competência pragmática. 6 2 TI de Inglês 11.º Ano fev CC Página 7/ 7

Teste Intermédio Inglês. 11.º Ano de Escolaridade. Critérios de Classificação COTAÇÕES. Partes I, II e III 03.03.2015

Teste Intermédio Inglês. 11.º Ano de Escolaridade. Critérios de Classificação COTAÇÕES. Partes I, II e III 03.03.2015 Teste Intermédio Inglês Partes I, II e III Critérios de Classificação 03.03.2015 11.º Ano de Escolaridade COTAÇÕES Parte I Compreensão da escrita e uso da língua Atividade A... Atividade B... Atividade

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Inglês. 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal. Prova 550/2.ª Fase. Critérios de Classificação

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Inglês. 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal. Prova 550/2.ª Fase. Critérios de Classificação EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Inglês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 550/2.ª Fase Critérios de Classificação 8 Páginas

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 7/200, de 26 de março Prova Escrita de Inglês.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 0/1.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Inglês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova 0/2.ª Fase Critérios de Classificação 8 Páginas

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova Escrita de Inglês.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 0/1.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Inglês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 550/Época Especial Critérios de Classificação

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês Exame Nacional do Ensino Secundário Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Inglês 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 0/2.ª Fase 6 Páginas Duração da Prova: 120

Leia mais

Prova Escrita de Francês

Prova Escrita de Francês Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Francês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova 17/1.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês Exame Nacional do Ensino Secundário Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Inglês 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 0/1.ª Fase 6 Páginas Duração da Prova: 120

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Inglês 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 0/2.ª Fase Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Inglês.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 550/2.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

15 Chave: a. is Chave: b. recreates Chave: c. are N3 Chave: d. impress Chave: e. include Chave: f. can Não é penalizado por erros de grafia.

15 Chave: a. is Chave: b. recreates Chave: c. are N3 Chave: d. impress Chave: e. include Chave: f. can Não é penalizado por erros de grafia. 3. Completa correctamente 5 ou 6 espaços. Chave: a. is Chave: b. recreates Chave: c. are Chave: d. impress Chave: e. include Chave: f. can Não é penalizado por erros de grafia. N2 Completa correctamente

Leia mais

INFORMAÇÃO- EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012

INFORMAÇÃO- EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PINHEIRO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA INFORMAÇÃO- EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS LE I (2 anos) 2015

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS LE I (2 anos) 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS LE I (2 anos) 2015 Prova 06 / 2015 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

(Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

(Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Escola Básica 2.º e 3.º Ciclos Roque Gameiro INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova Escrita + oral 2014/201 2º Ciclo do Ensino Básico INGLÊS CÓD. 06 (Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho)

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós Informação-Prova de Equivalência à Frequência Prova de Equivalência à Frequência de Inglês (Escrita + Oral) Prova Código 06-2015 2º Ciclo do Ensino Básico - 6ºano de escolaridade 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Ano letivo 2014/2015 Ensino Secundário - 1ª e 2ª Fase Disciplina de ESPANHOL (INICIAÇÃO BIENAL) - 375 Informação Prova de Equivalência à Frequência 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Prova Escrita de Alemão

Prova Escrita de Alemão EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Alemão 11.º Ano de Escolaridade Iniciação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 501/1.ª Fase Critérios de Classificação 9 Páginas

Leia mais

1ª/2ª Fase. As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do programa da disciplina.

1ª/2ª Fase. As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do programa da disciplina. Agrupamento de Escolas de Barrancos INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO INGLÊS abril de 2015 Prova 21 2015 1ª/2ª Fase 3.º Ciclo do Ensino Básico Tipo de Prova: Escrita + Oral

Leia mais

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: INGLÊS (LE I) Prova Oral e Prova Escrita

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: INGLÊS (LE I) Prova Oral e Prova Escrita Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: INGLÊS (LE I) Prova Oral e Prova Escrita 2º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo de 2011/12 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Projeto Testes Intermédios 2012/2013

Projeto Testes Intermédios 2012/2013 Projeto Testes Intermédios 2012/2013 3.º Ciclo GEOGRAFIA Informação n.º 2 Ano de escolaridade 9.º ano Data 27 de fevereiro de 2013 OBJETO DE AVALIAÇÃO O teste intermédio de Geografia tem por referência

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês (Geral Continuação) Código da Prova: 367 2014 10.º e 11.º Anos de Escolaridade

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês (Geral Continuação) Código da Prova: 367 2014 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Disciplina Inglês (Cont.) Código - 367 2013/2014 Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês (Geral Continuação) Código da Prova: 367 2014 10.º e 11.º Anos de Escolaridade 1. Introdução As informações

Leia mais

Quadro 2 Distribuição temporal das partes do teste. Pausa para recolha e distribuição de material

Quadro 2 Distribuição temporal das partes do teste. Pausa para recolha e distribuição de material Projeto Testes Intermédios 2012/2013 3.º Ciclo INGLÊS Informação n.º 2 OBJETO DE AVALIAÇÃO Os testes intermédios de Inglês, LE I (9.º ano) têm por referência o Programa de Inglês, 3.º Ciclo, LE I e o Quadro

Leia mais

Geografia COTAÇÕES GRUPO I GRUPO II GRUPO III GRUPO IV. Teste Intermédio de Geografia. Teste Intermédio. Duração do Teste: 90 minutos 27.02.

Geografia COTAÇÕES GRUPO I GRUPO II GRUPO III GRUPO IV. Teste Intermédio de Geografia. Teste Intermédio. Duração do Teste: 90 minutos 27.02. Teste Intermédio de Geografia Teste Intermédio Geografia Duração do Teste: 90 minutos 7.0.03 9.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 6/00, de 8 de janeiro COTAÇÕES GRUPO I.... 4 pontos.... 4 pontos 3....

Leia mais

2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALMANCIL (145142) Prova de equivalência à frequência de Inglês (Prova escrita e oral) 1.ª e 2.ª Fases 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) As informações

Leia mais

Prova Escrita de Economia A

Prova Escrita de Economia A EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Economia A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 19/2012, de 5 de julho Prova 712/1.ª Fase Critérios de Classificação 1 Páginas 2015 Prova

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Ano Letivo 2012/2013 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Disciplina: ECONOMIA C Prova/Código: 312 Ano(s) de Escolaridade: 12º Ano 1. Introdução A prova

Leia mais

358 INGLÊS (continuação-12.ºano) escrita e oral 12.ºano de escolaridade

358 INGLÊS (continuação-12.ºano) escrita e oral 12.ºano de escolaridade informação-prova de equivalência à frequência data: 18. 05. 2016 358 INGLÊS (continuação-12.ºano) escrita e oral 12.ºano de escolaridade curs os c ien t íf ico -h um an ísticos formação específica 2016

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês Código da Prova: 21 2013 9.º Ano de Escolaridade/3º ciclo do Ensino Básico

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês Código da Prova: 21 2013 9.º Ano de Escolaridade/3º ciclo do Ensino Básico Disciplina INGLÊS - LE I Código - 21 2012/2013 Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês Código da Prova: 21 2013 9.º Ano de Escolaridade/3º ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012,

Leia mais

Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na redação atual. Regulamento de Exames.

Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na redação atual. Regulamento de Exames. Disciplina Inglês (cont.) Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês Código 21 2014/2015 Código da Prova: 21 2015 9.º Ano de Escolaridade/3º ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012,

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 2. OBJETO DE AVALIAÇÃO

1. INTRODUÇÃO 2. OBJETO DE AVALIAÇÃO INFORMAÇÃO-Prova de Equivalência à Frequência 2º Ciclo do Ensino Básico Despacho Normativo nº 6-A/2015 de 5 de março Disciplina: INGLÊS Código: 06 Tipo de Prova: ESCRITA E ORAL (Língua Estrangeira I, Nível

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Básico Informação Prova de Equivalência à Frequência INGLÊS (LE I) Prova escrita e oral Prova 21 2015 do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame

Leia mais

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ENSINO BÁSICO 3º CICLO ANO LETIVO: 2014/2015 1 ª / 2ª fases

Leia mais

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO ANO LETIVO: 2014/2015 1 ª /

Leia mais

Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Informação-Prova de Equivalência à Frequência Informação-Prova de Equivalência à Frequência ENSINO SECUNDÁRIO PROVA ESCRITA E ORAL Prova de Equivalência à Frequência de Espanhol, 11º ano (Iniciação) Prova 375 (ter como referência quadro III do Desp.Norm.5/2013)

Leia mais

Espanhol (Prova Escrita + Oral)

Espanhol (Prova Escrita + Oral) Informação-Prova de Equivalência à Frequência Espanhol (Prova Escrita + Oral) Prova 15 2015 9º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 90 minutos (escrita) 15 minutos (oral) O presente documento visa divulgar

Leia mais

português língua não materna (a2) Dezembro de 2013

português língua não materna (a2) Dezembro de 2013 Informação prova final / Exame Final Nacional português língua não materna (a2) Dezembro de 2013 Prova 63/93/739 2014 6.º Ano, 9.º Ano ou 12.º Ano de Escolaridade O presente documento divulga as características

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência da disciplina de FRANCÊS

Informação Prova de Equivalência à Frequência da disciplina de FRANCÊS Informação Prova de Equivalência à Frequência da disciplina de FRANCÊS Prova 16 2015 3º Ciclo do Ensino Básico Despacho normativo n.º 6-A/2015 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Ano letivo: 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Ano de escolaridade: 9.º PROVA ESCRITA

Ano letivo: 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Ano de escolaridade: 9.º PROVA ESCRITA Escola Secundária com 3. o Ciclo PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Ensino Básico INFORMAÇÃO PROVA DISCIPLINA: Inglês, Código 21 PROVA: Escrita/ Oral Ano letivo: 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Ano de escolaridade:

Leia mais

COTAÇÕES GRUPO I. 1... 8 pontos 2... 8 pontos 3... 8 pontos 4... 8 pontos 5... 10 pontos 6... 10 pontos GRUPO II

COTAÇÕES GRUPO I. 1... 8 pontos 2... 8 pontos 3... 8 pontos 4... 8 pontos 5... 10 pontos 6... 10 pontos GRUPO II Teste Intermédio de Geologia Teste Intermédio Geologia Duração do Teste: 90 minutos 0.0.009 11.º ou 1.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/004, de 6 de Março COTAÇÕES GRUPO I.... 8 pontos.... 8 pontos

Leia mais

Inglês 1ª / 2ª Fase 2014

Inglês 1ª / 2ª Fase 2014 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês 1ª / 2ª Fase 2014 Prova 06 2014 6.º Ano de Escolaridade - 2.º Ciclo do Ensino Básico PROVA ESCRITA 50% 1. Objeto de avaliação, caraterísticas e estrutura

Leia mais

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Acesso aos mestrados profissionalizantes) 2.ª chamada

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Acesso aos mestrados profissionalizantes) 2.ª chamada INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE LISBOA 2015 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Acesso aos mestrados profissionalizantes) 2.ª chamada CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO I. Leitura (80 )

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS DO 2º CICLO

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS DO 2º CICLO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS-2ºCICLO (PROVA ESCRITA) 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico de Inglês,

Leia mais

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA [INGLÊS]

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA [INGLÊS] INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS ANO DE ESCOLARIDADE: 10º E 11º ANOS ANO LETIVO: 2012 2013 TIPO DE PROVA: DURAÇÃO: CÓDIGO DA PROVA: MATERIAL NECESSÁRIO/PERMITIDO: ESCRITA 90 MINUTOS

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Samora Correia Informação - Prova de Exame de Equivalência à Frequência de INGLÊS I Data: abril 2015

Agrupamento de Escolas de Samora Correia Informação - Prova de Exame de Equivalência à Frequência de INGLÊS I Data: abril 2015 Agrupamento de Escolas de Samora Correia Informação - Prova de Exame de Equivalência à Frequência de INGLÊS I Data: abril 2015 2ºCiclo - 6º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

Leia mais

Quadro 2 Distribuição temporal das partes do teste. Pausa para recolha e distribuição de material

Quadro 2 Distribuição temporal das partes do teste. Pausa para recolha e distribuição de material Projeto Testes Intermédios 2012/2013 3.º Ciclo INGLÊS Informação n.º 2 OBJETO DE AVALIAÇÃO Os testes intermédios de Inglês, LE I (9.º ano) têm por referência o Programa de Inglês, 3.º Ciclo, LE I e o Quadro

Leia mais

Prova Escrita de Espanhol

Prova Escrita de Espanhol EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova Escrita de Espanhol 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Iniciação bienal Prova 47/1.ª Fase Critérios de Classificação 6 Páginas

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência ESPANHOL (continuação) Código da Prova:368 2015 10.º e 11.º Anos de Escolaridade

Informação - Prova de Equivalência à Frequência ESPANHOL (continuação) Código da Prova:368 2015 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Disciplina Espanhol Código - 368 Informação - Prova de Equivalência à Frequência ESPANHOL (continuação) Código da Prova:368 2015 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho,

Leia mais

Agrupamentos de Escolas: Carcavelos, Ibn Mucana, Parede, S. João Estoril Escola Salesiana de Manique, Associação Escola 31 de Janeiro

Agrupamentos de Escolas: Carcavelos, Ibn Mucana, Parede, S. João Estoril Escola Salesiana de Manique, Associação Escola 31 de Janeiro ESCOLS COM ENSINO BÁSICO D P10 grupamentos de Escolas: Carcavelos, Ibn Mucana, Parede, S. João Estoril Escola Salesiana de Manique, ssociação Escola 31 de Janeiro INFORMÇÃO PROV DE EQUIVLÊNCI À FREQUÊNCI

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Final de Português. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 61/2.ª Fase. Critérios de Classificação.

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Final de Português. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 61/2.ª Fase. Critérios de Classificação. Prova Final de Português.º Ciclo do nsino Básico Decreto-ei n.º 9/0, de 5 de julho Prova 6/.ª Fase Critérios de Classificação Páginas 05 Prova 6/.ª F. CC Página / CITÉIOS GIS D CSSIFICÇÃO classificação

Leia mais

Prova Escrita de Economia A

Prova Escrita de Economia A Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Economia A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 19/01, de 5 de julho Prova 71/.ª Fase Critérios de Classificação 1 Páginas 014 Prova 71/.ª

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade. INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade. INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA) INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico I. INTRODUÇÃO

Leia mais

Prova Escrita + Oral de Inglês

Prova Escrita + Oral de Inglês Informação-Prova de Equivalência à Frequência Prova Escrita + Oral de Inglês Prova 367 2015 11º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 90 minutos (sem tolerância); Oral: 25 minutos Decreto-Lei n.º 139/2012,

Leia mais

Obrigatoriamente, os alunos devem realizar as duas componentes, sob pena de reprovação.

Obrigatoriamente, os alunos devem realizar as duas componentes, sob pena de reprovação. Informação 2015 Prova de Equivalência à Frequência de INGLÊS (formação específica) Código 358 Cursos Científico-Humanísticos 12.º Ano de Escolaridade Tipo de Prova Escrita e Oral Estrutura da prova A prova

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Final de Matemática. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 62/2.ª Fase. Critérios de Classificação.

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Final de Matemática. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 62/2.ª Fase. Critérios de Classificação. Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 62/2.ª Fase Critérios de Classificação 9 Páginas 2015 Prova 62/2.ª F. CC Página 1/ 9 CRITÉRIOS GERAIS

Leia mais

INGLÊS LE I Código 21 abril 2015

INGLÊS LE I Código 21 abril 2015 PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS LE I Código 21 abril 2015 9º Ano de escolaridade (Decreto Lei 139/ 2012, de 05 de julho) O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. Informação Agrupamento de Escolas de Samora Correia Data: Maio 2012 Escola E. B. 2,3 Prof. João Fernandes Pratas Exame de Equivalência à Frequência de Inglês 2º Ciclo - 6.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS 2015 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

COTAÇÕES. 2... 88 pontos 2.1... 16 pontos 2.2. 2.2.1... 16 pontos 2.2.2... 24 pontos 2.3. 3... 24 pontos. 4... 16 pontos

COTAÇÕES. 2... 88 pontos 2.1... 16 pontos 2.2. 2.2.1... 16 pontos 2.2.2... 24 pontos 2.3. 3... 24 pontos. 4... 16 pontos Teste Intermédio Física e Química A Teste Intermédio Física e Química A Duração do Teste: 90 minutos 16.01.2008 11.º ou 12.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março COTAÇÕES 1....

Leia mais

Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na redação atual. Regulamento de Exames.

Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na redação atual. Regulamento de Exames. Disciplina Francês II Código: 16 Informação - Prova de Equivalência à Frequência 2014/2015 Francês II Código da prova: 16 9º Ano de Escolaridade / 3º ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência. Física Código da Prova: 315 2014 12.º Ano de Escolaridade

Informação - Prova de Equivalência à Frequência. Física Código da Prova: 315 2014 12.º Ano de Escolaridade Disciplina - Física Código - 315 2013/2014 Informação - Prova de Equivalência à Frequência Física Código da Prova: 315 2014 12.º Ano de Escolaridade 1. Introdução As informações sobre a prova apresentadas

Leia mais

(Nos termos do Despacho Normativo 6-A/2015, de 5 de março)

(Nos termos do Despacho Normativo 6-A/2015, de 5 de março) Código: 345921 Escola Básica e Secundária de Melgaço Sede do Agrupamento de Escolas de Melgaço INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 10 E 11º ANOS DE ESCOLARIDADE INGLÊS (Nos termos do Despacho

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 201 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases PROVA 358 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Formação Específica Anual 12.º Ano (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Provas Escrita e Oral Cursos Científico-

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência - 2014. Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 358

Informação Prova de Equivalência à Frequência - 2014. Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 358 DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 358 CICLO: Secundário ANO DE ESCOLARIDADE: 12º Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de equivalência à frequência da disciplina

Leia mais

Prova Final de Português

Prova Final de Português Prova Final de Português 3.º Ciclo do nsino Básico Decreto-ei n.º 139/01, de 5 de julho Prova 91/.ª Chamada Critérios de Classificação 13 Páginas 014 Prova 91/.ª Ch. CC Página 1/ 13 Critérios Gerais de

Leia mais

Prova Escrita de Física e Química A

Prova Escrita de Física e Química A EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 19/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Física e Química A 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 715/1.ª Fase Critérios de Classificação 1 Páginas 201

Leia mais

INGLÊS cont. Código 367 abril 2015

INGLÊS cont. Código 367 abril 2015 Direção Regional de Educação do Norte AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO - 150915 PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS cont. Código 367 abril 2015 11º Ano de escolaridade (Decreto Lei 139/

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº1 DE SERPA INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE 3.º CICLO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº1 DE SERPA INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE 3.º CICLO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº DE SERPA INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE 3.º CICLO Ano Letivo de 204/205 Modalidade da Prova: Escrita Disciplina: INGLÊS (Língua Estrangeira I) Duração: 90

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Disciplina Francês Tipo de Prova Escrita e oral Ano letivo 2014/2015 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova de

Leia mais

Este documento vai ser divulgado na escola-sede do Agrupamento e na página eletrónica: www.aepjm.pt/joomla

Este documento vai ser divulgado na escola-sede do Agrupamento e na página eletrónica: www.aepjm.pt/joomla Agrupamento de Escolas Pedro Jacques de Magalhães INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 2014 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga a informação relativa à prova de Equivalência

Leia mais

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS PEF 367 PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS TIPO DE PROVA DURAÇÃO Teórico/prática 90 Minutos (escrita) +25 Minutos (oral) X Escrita Com tolerância de 30 minutos X Oral X Sem tolerância 11º ANO

Leia mais

Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 835/2.ª Fase Critérios de Classificação

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Abação. Escola Básica de Abação

Agrupamento de Escolas de Abação. Escola Básica de Abação Agrupamento de Escolas de Abação Escola Básica de Abação Informação n.º 1 ---------------------------------------------------- Data: 07/05/2014 Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Básico (Alunos

Leia mais

Prova Escrita de Matemática B

Prova Escrita de Matemática B EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/004, de 6 de Março Prova Escrita de Matemática B 11.º/1.º Anos de Escolaridade Prova 735/.ª Fase 1 Páginas Duração da Prova: 150 minutos. Tolerância:

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA

INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA 4.º ANO DE ESCOLARIDADE / PORTUGUÊS INTRODUÇÃO O presente documento divulga informação relativa à prova final a nível

Leia mais

INGLÊS Cont. Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO. 11º Ano de Escolaridade. Prova 367 2015. Pág. 1 de 5. 1. Objeto de avaliação

INGLÊS Cont. Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO. 11º Ano de Escolaridade. Prova 367 2015. Pág. 1 de 5. 1. Objeto de avaliação Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA A À FREQUÊNCIA INGLÊS Cont. Prova 367 2015 11º Ano de Escolaridade Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova a que esta

Leia mais

Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Informação-Prova de Equivalência à Frequência Informação-Prova de Equivalência à Frequência 2º Ciclo do Ensino Básico Prova de Equivalência à Frequência de Língua Estrangeira I Inglês Escrita e Oral Prova 06/ 2013 Despacho normativo nº 5/ 2013, de

Leia mais

Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. FUVEST e UNESP

Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. FUVEST e UNESP Singular-Anglo Vestibulares Professora Natália Sanches Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. Retirado do site oficial do vestibular. FUVEST e UNESP Na correção, três

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. ANTÓNIO FERREIRA GOMES INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS 2º CICLO ANO 2015

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. ANTÓNIO FERREIRA GOMES INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS 2º CICLO ANO 2015 AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. ANTÓNIO FERREIRA GOMES INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS 2º CICLO ANO 2015 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da

Leia mais

PROVA 367. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases

PROVA 367. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases PROVA 367 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS- continuação 10.º e 11.º Anos (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Provas Escrita e Oral Cursos Científico-

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 2015 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Inglês. 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal. Prova 550/2.ª Fase. Critérios de Classificação

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Inglês. 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal. Prova 550/2.ª Fase. Critérios de Classificação EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Inglês.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 9/0, de de julho Prova 0/.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas 06 Prova

Leia mais

Ano Letivo 2014/2015. Introdução INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS. 1ª e 2ª Fase. Prova 16 2015

Ano Letivo 2014/2015. Introdução INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS. 1ª e 2ª Fase. Prova 16 2015 Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 1ª e 2ª Fase Prova 16 2015 9ºAno/3.º Ciclo do Ensino Básico Prova Escrita/Oral Introdução O presente documento visa divulgar as

Leia mais

Colégio Internato dos Carvalhos

Colégio Internato dos Carvalhos Grupo Disciplinar de Línguas Românicas aøväxé wé XÇá ÇÉ fxvâçwöü É Matriz do Teste Intermédio de Português do 12.º ano Ano letivo 2014-2015 Objeto de avaliação INFORMAÇÃO-TESTE de Português 12.º ano (a

Leia mais

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova:

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: Informação sobre Prova de Equivalência à Frequência de Inglês Data: 10 de abril de 2013 Prova nº 21 2013 3º Ciclo do Ensino Básico Despacho Normativo n.º 24-A/2012 Agrupamento de Escolas de Vallis Longus-Valongo

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Inglês.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 9/0, de de julho Prova 0/.ª Fase Critérios de Classificação 8 Páginas 06 Prova

Leia mais

COTAÇÕES GRUPO I. 1... 8 pontos 2... 8 pontos 3... 10 pontos. 48 pontos. 5... 10 pontos GRUPO II. 1... 8 pontos 2... 8 pontos 3...

COTAÇÕES GRUPO I. 1... 8 pontos 2... 8 pontos 3... 10 pontos. 48 pontos. 5... 10 pontos GRUPO II. 1... 8 pontos 2... 8 pontos 3... Teste Intermédio de Biologia e Geologia Teste Intermédio Biologia e Geologia Duração do Teste: 90 minutos 28.05.2009 10.º ou 11.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março COTAÇÕES GRUPO

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALMANCIL (145142) Prova de equivalência à frequência de Inglês ( Prova escrita e oral ) nível V Ano letivo 2013 / 2014 1ª e 2ª fases 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O

Leia mais

INGLÊS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA. 1. Objeto de avaliação. 2. Caracterização da prova. Prova 06 2015. 2º Ciclo do Ensino Básico

INGLÊS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA. 1. Objeto de avaliação. 2. Caracterização da prova. Prova 06 2015. 2º Ciclo do Ensino Básico AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Prova 06 2015 2º Ciclo do Ensino Básico O presente documento visa divulgar as características do Exame de Equivalência

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA ANO LETIVO 2014/2015

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA ANO LETIVO 2014/2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA ANO LETIVO 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 6º Ano Abril de 2015 Prova 06* 2015 Inglês Prova escrita (Decreto-Lei 3/2008, de 7 de janeiro)

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Ano letivo de 2012/2013

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Ano letivo de 2012/2013 ESCOLAS COM ENSINO BÁSICO DA AP10 Agrupamentos de Escolas: Carcavelos, Ibn Mucana, Parede, S. João Estoril Escola Salesiana de Manique INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Francês nível 3 (16)

Leia mais

DISCIPLINA: Biologia CÓDIGO DA PROVA: 302

DISCIPLINA: Biologia CÓDIGO DA PROVA: 302 DISCIPLINA: Biologia CÓDIGO DA PROVA: 302 CICLO: Secundário ANO DE ESCOLARIDADE: 12º 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino

Leia mais

PORTUGUÊS 3º ANO abril de 2014

PORTUGUÊS 3º ANO abril de 2014 MATRIZ DA PROVA DE AVALIAÇÃO INTERNA PORTUGUÊS 3º ANO abril de 2014 5 Páginas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar informação relativa à prova de avaliação interna

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE REDONDO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. HERNÂNI CIDADE INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA)

AGRUPAMENTO VERTICAL DE REDONDO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. HERNÂNI CIDADE INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA) INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA) 1. INTRODUÇÃO ENSINO BÁSICO 2ºCICLO O presente documento visa divulgar as características do Exame de Equivalência à Frequência Escrita e

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Informação Prova de Equivalência à Frequência INGLÊS Abril 2015 2ºCiclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Prova 06/2015 Tipo de Prova: Escrita e Oral Duração: 90 minutos + 15 minutos

Leia mais

A classificação do teste deve respeitar integralmente os critérios gerais e os critérios específicos a seguir apresentados.

A classificação do teste deve respeitar integralmente os critérios gerais e os critérios específicos a seguir apresentados. Teste Intermédio de Português Teste Intermédio Português Duração do Teste: 45 min (Caderno 1) + 30 min (pausa) + 45 min (Caderno 2) 28.05.2013 2.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro

Leia mais

INFORMAÇÃO- EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FÍSICA - PROVA 315/ 2015. Secundário. [Despacho normativo n.º6/2012 de 10 de abril]

INFORMAÇÃO- EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FÍSICA - PROVA 315/ 2015. Secundário. [Despacho normativo n.º6/2012 de 10 de abril] AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO ESCOLA EB/S VIEIRA DE ARAÚJO VIEIRA DO MINHO INFORMAÇÃO- EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FÍSICA - PROVA 315/ 2015 Secundário [Despacho normativo n.º6/2012 de

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS DO ESTREITO DE CÂMARA DE LOBOS Ano Letivo 2014/2015

ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS DO ESTREITO DE CÂMARA DE LOBOS Ano Letivo 2014/2015 ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS DO ESTREITO DE CÂMARA DE LOBOS Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE AVALIAÇÃO EXTRAORDINÁRIA DA DISCIPLINA DE LÍNGUA ESTRANGEIRA I - INGLÊS Componente de Formação:

Leia mais

Português Abril 2015

Português Abril 2015 Direção Geral de Estabelecimentos Escolares AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO - 150915 Informação Prova Final de ciclo a nível de escola Português Abril 2015 Prova 81/ 2015 3.º Ciclo do Ensino

Leia mais