A evolução das empresas rumo ao esocial Titulo Subtitulo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.pwc.com.br A evolução das empresas rumo ao esocial www.pwc.com/br Titulo Subtitulo"

Transcrição

1 A evolução das empresas rumo ao esocial Titulo Subtitulo

2 Sumário Apresentação 3 Sobre a pesquisa 5 Sobre o esocial 10 Principais conclusões da pesquisa 12 Como as empresas estão se preparando 13 Fatores críticos de sucesso para adequação ao esocial 26 Equipe de pesquisa 28 PwC 1

3 Apresentação Há quase dois anos, as organizações atuantes no país vêm acompanhando uma importante mudança regulatória, o esocial. O processo de conformidade às novas regras para o envio de informações trabalhistas e previdenciárias aos diversos órgãos governamentais é complexo e exige um esforço significativo que envolve diversas áreas internas. A sistematização no fornecimento de informações ao esocial obriga as organizações a racionalizar e automatizar diversos processos, especialmente os relacionados à gestão de pessoas, entretanto não restrito a eles. O projeto está em pauta há muito tempo e a mobilização para a adequação de rotinas e processos por parte das organizações vem ocorrendo em etapas e deve se intensificar agora que o Governo publicou a regulamentação. A previsão é que o esocial passe a vigorar a partir de abril de 2016 para as organizações de grande e médio porte e a partir de setembro do mesmo ano para as demais. Ciente dos desafios que a implementação do esocial representa, a PwC tem acompanhado de perto e orientado várias organizações nesse processo. Para verificar essa evolução apresentamos os resultados de nossa mais recente pesquisa, a terceira sobre este tema, na qual mapeamos as iniciativas e ações adotadas nessa transição, buscando entender as principais dificuldades encontradas e as lições aprendidas. Agradecemos aos profissionais e às empresas participantes que compartilharam conosco as suas experiências e visões. Fernando Alves Sócio-presidente PwC Brasil PwC 3

4 Sobre a pesquisa A pesquisa busca entender como as empresas estão se preparando para cumprir as obrigações do esocial, que representa uma importante mudança no ambiente regulatório brasileiro. Por meio de uma análise comparativa entre o cenário das empresas diante do esocial em 2015 e a situação apresentada pelas pesquisas realizadas pela PwC em 2014, procuramos identificar o avanço na adequação ao novo sistema. O mercado brasileiro começou a se preparar de maneira mais intensa para essa realidade no segundo semestre de 2013, após a publicação, em 17 de julho de 2013, do Ato Declaratório Executivo Sufis nº 5, que aprovou e divulgou, em versão inicial, o leiaute do esocial. Porém, as movimentações em relação à preparação para o sistema devem ser mais intensas este ano, uma vez que, em 11 de dezembro de 2014, o Governo Federal instituiu o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial) por meio do Decreto nº8.373 e, em 20 de fevereiro de 2015, a versão 2.0 do Manual de Orientação do esocial foi aprovada, de acordo com a Resolução nº 1 do Comitê Gestor do esocial. Os prazos de entrega das informações sobre os eventos que compõem o esocial e o cronograma da obrigatoriedade serão objeto de outra disposição a ser publicada em breve no Diário Oficial da União. Uma das últimas informações oficiais divulgadas sobre o cronograma de obrigatoriedade foi a Circular Caixa nº 673/2015, a qual trouxe orientações sobre a versão 2.0 do Manual (MOS) e definiu o leiaute dos arquivos que compõem o esocial, referente aos eventos aplicáveis ao FGTS. No entanto, de acordo com informações compartilhadas pela Receita Federal do Brasil, apenas a partir de abril de 2016 as empresas de grande e médio porte com faturamento anual superior a R$ 78 milhões em 2014 serão obrigadas a registrar as informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais relacionadas à contratação de mão de obra, com ou sem vínculo empregatício, por meio do novo sistema eletrônico. Já as demais empresas só precisarão fazê-lo a partir de setembro de Obs.: Por questões de arredondamento, é possível que os percentuais de alguns gráficos ao longo desta publicação não somem 100%. PwC 5

5 Figura 1 Cronologia do esocial O cronograma oficial não foi publicado. A cronologia a seguir se baseia em informações compartilhadas pela Receita Federal do Brasil, através de seus representantes, em eventos realizados nos últimos meses Aplicativo para qualificação do cadastro Disponibilização do aplicativo para qualificação do cadastro dos trabalhadores existentes nas empresas Minuta do manual de orientação do esocial, versão 1.1 Divulgação do leiaute Minuta do Manual de Orientação do esocial Publicação do Decreto nº 8.373, de 11 de dezembro de 2014 que instituiu o esocial Manual de orientação do esocial, versão 2.0 Aprovação do Manual de Orientação do esocial, vs. 2.0 (Resolução do Comitê Gestor do esocial nº 1, de 20 de fevereiro de 2015) jul nov dez jan dez fev Manual de orientação do esocial, versão 1.0 Divulgação do leiaute do Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas - esocial (Ato Declaratório Executivo Sufis nº 05, de 17 de julho de 2013) Publicação do Manual de Orientação, versão 1.2 (divulgação extraoficinal) 6 Pesquisa esocial

6 Ambiente de testes para conexão webservice e recepção do arquivo Obrigatoriedade da primeira carga inicial até 30/04 para as empresas grandes e médias (com faturamento anual superior a R$ 78 milhões em 2014) Substituição da GFIP para empresas (com faturamento anual superior a R$ 78 milhões em 2014) Obrigatoriedade da primeira carga inicial até 30/09 para as demais empresas Substituição da GFIP para as demais empresas e exclusão definitiva da Dirf set jan abr mai jul set out jan Liberação da área para qualificação dos empregados Consulta CPF, PIS/NIT e data de nascimento na base do sistema CNIS Habilitação oficial do esocial Será opcional o envio pela empresa. Se optante, terá GFIP e Dirf substituídas integralmente Obrigatoriedade da carga completa até 31/05 para as empresas grandes e médias (com faturamento anual superior a R$ 78 milhões em 2014) Obrigatoriedade da carga completa até 31/10 para as demais empresas PwC 7

7 A presente pesquisa contou com a participação de 153 empresas de diversos setores da economia, a maioria de grande porte, com capital nacional, e foi respondida, em grande parte, pelos responsáveis da área de Recursos Humanos. Aproximadamente 77% delas já tinham um projeto ou ações voltadas à adaptação ao ambiente do esocial, e 8% estão participando do grupo piloto criado pela Receita Federal para testar e discutir os leiautes e procedimentos relacionados ao esocial durante sua fase de desenvolvimento. Na comparação dos resultados desta pesquisa com aqueles apontados em 2014, é importante notar que parte das variações pode ser explicada por mudanças na composição da amostra de empresas, uma vez que ambos os levantamentos foram realizados por adesão espontânea dos respondentes. De maneira geral, porém, entendemos que os resultados ajudam a compreender a evolução dos trabalhos de adequação ao longo do último ano. Figura 2 Características das empresas participantes Número de empregados 10% Até 100 empregados 101 a 500 empregados 501 a empregados 7% 10% a empregados 10% 8% a empregados 2% Acima de empregados Base: 153 empresas (2015) / 50 empresas (2014) Origem do capital 16% 20% 25% 29% 31% 32% 62% 37% 66% 32% 1% 2% Nacional Multinacional Economia mista Base: 153 empresas (2015) / 50 empresas (2014) 8 Pesquisa esocial

8 Setor de atuação Área de atuação do respondente Produtos industriais 20% 32% Recursos Humanos 68% Prestação de serviços Agronegócio 2% 13% 18% 54% Contabilidade Financeiro Fiscal/Tributário 12% 5% 4% Varejo 0% 8% Administração 3% Serviços financeiros/ Seguros 7% 5% CSC 1% Engenharia e construção/ Transportes Tecnologia da informação/ Telecomunicações 7% 2% 7% 2% Jurídico Tecnologia da informação Comercial 1% 1% 1% Mineração/Energia Saúde Bens de consumo Químico/Petroquímico Automobilístico Entretenimento e lazer 5% 0% 5% 0% 5% 2% 2% 0% 1% 0% 1% 0% Comunicação 1% Controladoria 1% Fiscal 1% Gestão de projetos 1% Base: 153 empresas (2015) / 50 empresas (2014) Terceiro setor 1% 0% Base: 153 empresas (2015) / 50 empresas (2014) PwC 9

9 Sobre o esocial A Resolução nº 1/2015 regulamenta o esocial como instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das obrigações trabalhistas, previdenciárias e fiscais. Também padroniza a transmissão, a validação, o armazenamento e a distribuição dessas informações no ambiente nacional do esocial. Apesar da sistematização, o esocial não dispensa as empresas de manter os documentos na forma e nos prazos previstos na legislação aplicável. Os eventos que compõem o esocial obedecerão às regras constantes no Manual de Orientação do esocial, versão 2.0, e serão transmitidos ao ambiente nacional nos prazos previstos na Figura 3. Figura 3 Grupos de informações previstos no Manual de Orientação do esocial Eventos iniciais e tabelas Informações de natureza permanente, armazenadas em tabelas como: Tabela de rubricas Tabela de cargos Tabela de horários Tabela de estabelecimentos e obras de construção civil Tabela de processos Informações do empregador (identificadores) Vínculos empregatícios atuais Outras Eventos não periódicos Registro de ações ou situações advindas da relação entre empresa e trabalhador, como: Admissão Alteração contratual CAT Afastamentos Reintegração Exposição a agentes nocivos Outras Eventos periódicos Registro de dados, como: Remuneração dos trabalhadores (arquivo individual para cada trabalhador) Aquisição de produção rural Informações tributárias, trabalhistas e previdenciárias Eventos iniciais e tabelas: primeiros arquivos que serão enviados Vínculos trabalhistas atuais: deverão ser transmitidas antes do envio de qualquer evento (periódico ou não) até o final do primeiro mês de sua obrigatoriedade Atualização dos eventos iniciais e tabelas: deverão ser enviadas até o dia 7 do mês subsequente ao de ocorrência da alteração Eventos trabalhistas não periódicos: deverão ser gerados e transmitidos dentro do prazo legal (vide página 11). Eventos periódicos: a transmissão começará com o arquivo de abertura e terminará com o de encerramento (em caso de arquivo com o mesmo identificador, será válido o mais recente) até o dia 7 do mês seguinte ao da competência 10 Pesquisa esocial

10 Prazos legais para envio de informações por tipo de evento: Registro de admissão Deverão ser enviadas até o fim do dia imediatamente anterior ao início da prestação do serviço. Desligamento Deverão ser enviadas até o primeiro dia útil seguinte à data do desligamento, no caso de aviso prévio trabalhado, ou do término de contrato por prazo determinado. Nos demais casos, o envio deve ser feito em até 10 dias da data do desligamento. Comunicação de acidente de trabalho Deverão ser enviadas até o primeiro dia útil seguinte à ocorrência e, em caso de morte, de imediato. Afastamento temporário ocasionado por acidente de trabalho, acidente de qualquer natureza, agravo de saúde ou doença com duração de até 30 dias Deverão ser enviadas até o dia 7 do mês subsequente. Afastamento temporário ocasionado por acidente de trabalho, acidente de qualquer natureza, agravo de saúde ou doença com duração superior a 30 dias Deverão ser enviadas até o 31º dia da ocorrência. Fonte: Manual de Orientação do esocial, versão 2.0. PwC 11

11 Principais conclusões da pesquisa Com base nas respostas dos participantes sobre o processo de preparação para cumprir as obrigações previstas no esocial, destacamos as seguintes conclusões: Mudança cultural e processos internos são as maiores dificuldades para a adequação. A maioria das empresas que iniciaram ações e projetos para adequação ao esocial está na fase de diagnóstico. O cumprimento de todas as obrigações dentro do prazo é visto como a maior dificuldade após a implantação do esocial As empresas estão cada vez mais comprometidas com as necessidades do esocial e conscientes disso. 5 6 Melhoria no cumprimento da legislação e maior eficiência nos processos são os benefícios mais esperados. 1A área de RH sofrerá os maiores impactos, mas o esocial afeta a empresa como um todo. 12 Pesquisa esocial

12 Como as empresas estão se preparando Esta seção do relatório explora cada uma das principais conclusões da pesquisa, apresentando com um pouco mais de detalhes as estratégias utilizadas pelas empresas para se adequarem ao esocial, bem como as barreiras e os facilitadores que elas estão encontrando nesse processo. 1. Impactos para toda a empresa, mas com foco maior na área de RH Grande parte das informações a serem fornecidas no esocial está relacionada à gestão de pessoas. Assim, é natural que as empresas continuem percebendo que essa área é a mais afetada. Como as informações necessárias para envio do esocial têm origem em diversas fontes, os participantes da pesquisa também indicaram impactos em outras áreas (ver Figura 4). Observamos que as áreas indicadas são as mesmas mencionadas em 2014, com uma pequena diferença na percepção de impacto em três áreas: ele é maior na área de TI e menor nas de Contabilidade e Compras (Gestão de Terceiros). A percepção de menor impacto na área de Compras (Gestão de Terceiros) talvez se deva à possibilidade de algumas informações sob sua responsabilidade, como dados sobre Serviços Prestados e Tomados, Aquisição de Produção Rural e Comercialização da Produção, deixarem de ser exigidas no esocial e migrarem para outros módulos do SPED. PwC 13

13 Vale ressaltar ainda que, em 2015, poucas empresas (apenas 7%) perceberam que o impacto das mudanças pode ser grande na sua própria operação. Muitas das informações requeridas pelo esocial são originadas nas áreas operacionais e administrativas da organização e, para serem capturadas nos processos de RH, precisam da intervenção dos gestores dessas áreas. Assim, o desafio das empresas não é apenas se adequar neste momento ao esocial, mas também manter a sua conformidade, pois está em jogo uma mudança de comportamento dos gestores no sentido de dar mais atenção à precisão e à tempestividade das informações fornecidas. Figura 4 Áreas mais impactadas pelo esocial P: Qual das áreas abaixo você acredita que sofrerá maiores impactos em seus processos para adequação ao esocial? Recursos Humanos Saúde, Segurança e Meio Ambiente Tecnologia da Informação Fiscal Contabilidade Operação (área de negócio) 4% 8% 5% 11% 7% 11% 7% 5% 16% 16% 43% 45% Compras (gestão de terceiros) 6% 10% Jurídico Outra 3% 1% 0% 3% Base 2015: 153 empresas 14 Pesquisa esocial

14 2. Cresce o comprometimento e a conscientização das empresas Podemos concluir, com base nas respostas dos participantes, que o comprometimento das empresas com o projeto de adequação avançou em relação ao ano anterior. Na pesquisa deste ano, 56% das empresas pesquisadas informam ter uma estrutura interna dedicada ao projeto de adequação ou já ter contratado uma consultoria especializada para auxiliar no projeto um avanço de 14 pontos percentuais em relação ao ano anterior. O percentual de empresas que aguardavam a publicação de um cronograma oficial definitivo em 2014 mudou muito pouco em comparação com as que estão esperando a divulgação da versão final do manual para iniciar o projeto de adequação em 2015: passou de 35% para 34%. Em 2014, 23% das empresas não tinham uma visão completa dos impactos ou entendiam que as mudanças eram uma questão restrita ao software de folha de pagamento. Este ano, esse percentual caiu para 10%, reforçando a percepção de que as empresas estão mais conscientes de que o impacto do esocial é amplo e o desafio de adequação é complexo. Figura 5 Comprometimento das empresas com a adequação ao esocial P: Você acredita que sua empresa está consciente e comprometida com as necessidades do esocial? Sim, inclusive foi definida uma estrutura interna dedicada a essa implantação, que está preparada para conduzir o projeto 28% 42% Sim, inclusive foi contratada uma consultoria especializada para auxiliar no processo 0% 18% Parcialmente, pois está aguardando a versão final do manual para iniciar o projeto de adequação ao esocial 34% 35% Parcialmente, pois, apesar de definida uma estrutura interna dedicada a esta implantação, ela ainda não está preparada para conduzir o projeto 0% 10% Acompanha à distância, pois entende que o software da folha de pagamento atenderá a todas as necessidades 2% 10% Ainda não foram identificados os impactos sobre a gestão de riscos e a cultura organizacional 0% % Base: 153 empresas (2015) / 50 empresas (2014) PwC 15

15 Entre as empresas que já possuem uma estrutura interna preparada para conduzir o projeto de adequação, a maioria é representada por organizações de grande porte, com mais de 3 mil empregados (conforme podemos observar na Figura 6). Mas observamos que, reforçando a tendência de aumento do comprometimento, as empresas que têm entre 500 e empregados já definiram uma estrutura interna para o projeto, embora ainda não estejam preparadas para conduzi-lo. Figura 6 Comprometimento em relação à quantidade de empregados Empresas com uma estrutura interna dedicada à implantação e preparada para conduzir o projeto Acima de empregados a empregados a empregados 501 a empregados 101 a 500 empregados 11% 11% 14% 20% 36% Até 100 empregados 7% Base 2015: 153 empresas Empresas com uma estrutura interna dedicada à implantação, mas ainda não preparada para conduzir o projeto Acima de empregados 21% a empregados 0% a empregados 501 a empregados 29% 29% 101 a 500 empregados 14% Até 100 empregados 7% Base 2015: 153 empresas 16 Pesquisa esocial

16 3. A maioria das empresas que iniciaram os trabalhos está na fase de diagnóstico Das empresas pesquisadas, 42% estão levantando os gaps de informações e analisando a adequação, a qualidade e a segurança das informações ou avaliando a exposição a riscos trabalhistas, previdenciários e fiscais. As empresas que já concluíram o diagnóstico e estão na fase de implementação, desenvolvendo soluções sistêmicas e adequando os processos internos, correspondem a apenas 29% da amostra. Até o momento, 6% já estão na fase de monitoramento, aguardando a versão final do manual para fazer os últimos ajustes necessários. Porém, uma parcela relevante da amostra (23%) ainda não realizou qualquer atividade com relação ao esocial. Figura 7 Fase de adequação da empresa ao esocial P: Em que fase a seguir você acredita que a sua empresa está, no momento, em relação ao esocial? 23% 42% 29% 6% Sem iniciativa: minha empresa ainda não realizou qualquer atividade com relação ao esocial, pois estamos aguardando a versão final do manual ser publicada Diagnóstico: levantamos os gaps (informações em papel, incompletas ou faltantes no sistema que precisam ser parametrizadas), analisamos a adequação, a qualidade e a segurança da informação e/ou avaliamos a exposição a riscos trabalhistas, previdenciários e fiscais das práticas atuais Implementação: o diagnóstico já foi concluído e estamos desenvolvendo soluções sistêmicas, adequando os processos internos e realizando o saneamento das informações Monitoramento: o diagnóstico e a implementação foram concluídos e estamos somente aguardando a última versão do manual do esocial para fazer os últimos ajustes necessários Base 2015: 153 empresas PwC 17

17 A avaliação dos respondentes sobre o nível de adequação das suas empresas aos requisitos do esocial também revela avanços de 2014 para Analisamos quatro dimensões de preparação: (1) processos de trabalho e fluxo de informações, (2) base de informações (qualidade e disponibilidade dos dados para os eventos), (3) sistemas informatizados atuais e (4) controles internos. Em relação ao ano passado, diminuíram os percentuais dos itens considerados pouco e muito pouco adequados e aumentaram os daqueles percebidos com nível alto e muito alto de adequação, conforme ilustra a Figura 8. Embora as empresas avaliem seu nível de adequação de maneira mais positiva que em 2014, ainda há grandes desafios a serem vencidos para assegurar que elas estejam prontas para enviar as informações em Figura 8 Evolução do nível de adequação das empresas Processos e fluxos de informações Muito alto Alto Moderado Pouco Muito pouco 12% 9% 7% 11% 5% 9% % 31% 40% Base de informações (qualidade e disponibilidade dos dados para os eventos) Muito alto 16% 6% 50% Alto 46% 52% Moderado 10% 14% Pouco 19% 29% Muito pouco 3% 6% Pesquisa esocial

18 Sistemas atuais Muito alto Alto 10% 9% 44% 52% Entre eles, destacamos a conformidade legal dos procedimentos e políticas atualmente adotados. O aspecto não foi avaliado em profundidade na pesquisa, mas, diante da complexidade da legislação trabalhista e previdenciária no Brasil, pode exigir das empresas um esforço significativo para garantir seu pleno atendimento. Moderado Pouco Muito pouco 4% 9% 12% 12% Controles internos 21% 26% Segundo declarações do próprio governo, as medidas atuais contribuirão para melhorar a fiscalização e reduzir despesas do governo com programas relacionados à saúde do trabalho. Estima-se que cerca de R$ 2,7 bilhões seriam obtidos com o incremento da fiscalização eletrônica, e que o esocial deverá também ajudar a elevar a cobrança de multas das empresas que desrespeitam as regras trabalhistas. 1 Muito alto 14% 6% Alto 48% 44% Moderado 11% 15% Pouco 23% 26% Muito pouco 3% 9% Base: 153 empresas (2015) / 50 empresas (2014) 1 Fonte: Valor Econômico, Governo prepara pacote trabalhista que deve somar R$ 10 bi, diz ministro, publicado em 09/02/2015. PwC 19

19 4. Mudança cultural e processos internos são as maiores dificuldades Na pesquisa atual, 30% dos respondentes destacaram a mudança cultural como uma das maiores dificuldades para se adequar ao esocial. Em 2014, 20% das empresas também identificaram essa questão como um dos principais obstáculos. O resultado demonstra que as empresas percebem que o novo ambiente mudará o tempo de resposta às demandas de informações no dia a dia, como também o nível de cuidado necessário para garantir a qualidade do que é fornecido. Figura 9 Principais dificuldades para se adequar P: Diante da nova obrigação, indique até dois temas abaixo que você acredita que sua empresa terá mais dificuldade de lidar? Base 2015: 153 empresas Mudança cultural Processos internos Sistema e tecnologia Comprometimento dos gestores da empresa Pleno cumprimento da legislação vigente Estrutura e governança Capacitação dos profissionais envolvidos 3% 10% 7% 5% 8% 8% 10% % 16% 17% 20% 24% 30% 29% Informações como as relativas a acidentes de trabalho, admissão, desligamento de profissionais e mudança no conjunto de atividades dos trabalhadores precisam ser fornecidas de modo tempestivo às autoridades. Com o novo sistema, isso será feito de maneira eletrônica e dentro do prazo legal. Além disso, como o ambiente do esocial envolve o sequenciamento lógico de dados, inconsistências nas informações fornecidas serão verificadas automaticamente, o que impedirá a empresa de enviar os arquivos e também evitará riscos de autuação. Além da mudança cultural, outra dificuldade mencionada por muitos respondentes é a adequação dos processos internos. Do total, 29% das empresas preveem dificuldades em relação a esse tema, também apontadas por 24% dos participantes no ano anterior. Esse aspecto pode ser analisado também em conjunto com o dos sistemas e da tecnologia outro assunto de grande preocupação pela sua natureza de integração. Uma importante mudança ocorrida na percepção das dificuldades enfrentadas pelas empresas está relacionada à necessidade de capacitar os profissionais envolvidos. A explicação pode estar na maior conscientização sobre os impactos do esocial e, consequentemente, na busca de treinamentos e conhecimentos sobre o tema. 20 Pesquisa esocial

20 Figura 10 Principais motivos das dificuldades P: Na sua visão, qual o principal motivo para a provável dificuldade? Integração dos dados de diversas origens 41% 44% Pouco entendimento e comprometimento dos gestores com o projeto Legislação atual muito complexa 13% 14% 13% 22% Qualidade do conteúdo das informações Ausência de dados Informações em papel, não sistematizadas Grande mudança cultural da empresa para implantar novos processos e garantir o atendimento à legislação 7% 6% 6% 4% 2% 3% 9% 13% Outros 0% 5% Base 2015: 153 empresas Entre as principais causas de dificuldades percebidas pelas empresas participantes em 2015, destaca-se a integração dos dados provenientes de diversas origens. Isso porque, em muitas empresas, parte significativa das informações que precisam ser fornecidas ao esocial não é coletada de maneira sistemática pelos processos atuais ou pelas soluções tecnológicas disponíveis. Em outros casos, é preciso redesenhar e racionalizar esses processos para cumprir plenamente as exigências, sem aumentar de forma significativa o efetivo de profissionais em atividades administrativas. Além das dificuldades apontadas, a maioria dos participantes da pesquisa este ano (77%) também acredita que garantir a segurança das informações será um aspecto crítico da implantação do esocial. PwC 21

21 22 Pesquisa esocial

22 5. O cumprimento do prazo das obrigações preocupa Em 2015, 37% dos participantes da pesquisa apontaram o cumprimento do prazo das obrigações como uma das principais dificuldades que as empresas enfrentarão após a implementação do esocial. No ano anterior, esse percentual ficou em 21%, pois as empresas estavam mais preocupadas com a dificuldade de manter a qualidade dos dados e das bases de informações. A implantação do esocial obrigará as empresas a rever diversos processos e rotinas de atividades para que as informações estejam disponíveis no sistema no prazo exigido pelas novas regras. Por exemplo, as informações sobre admissão de um novo empregado deverão ser fornecidas até o fim do dia anterior ao início da atividade do empregado. Já as informações da CAT seguirão o prazo legal, ou seja, deverão ser fornecidas até 24 horas após o acidente. Em 2014, 21% das empresas apontaram o aumento dos custos como a principal dificuldade após implantação do esocial, mas este ano apenas 11% mencionaram esse aspecto, o que pode estar relacionado à maior conscientização das empresas sobre os objetivos do esocial e ao fato de elas estarem se preparando para implantar o novo sistema. Figura 11 Principais dificuldades após a implementação P: Após a implantação do esocial, que dificuldades, na sua opinião, a sua empresa enfrentará? Dificuldade para cumprir todas as obrigações dentro do prazo 21% 37% Dificuldade em manter a interação entre as áreas 10% 17% Manutenção da qualidade dos dados e bases de informações Ainda não consigo visualizar dificuldades pós-implantação Aumento dos custos 17% 16% 13% 11% 21% 23% Questionamento pelos empregados diante da visualização de seus dados no sistema 3% 13% Base 2015: 153 empresas PwC 23

23 6. Interesse em melhorar o cumprimento da legislação e a eficiência dos processos Assim como na pesquisa anterior, os respondentes destacaram em 2015 a melhoria no cumprimento da legislação em vigor (39%) como um dos principais ganhos e benefícios esperados com a implantação do esocial. Esse resultado revela que, embora o investimento inicial na adequação ao esocial possa ser grande, as empresas esperam que a sua preparação efetiva para cumprir a complexa regulamentação do trabalho no Brasil fique mais fácil. Isso evitará surpresas desagradáveis e impactos nos resultados do negócio provocados por processos trabalhistas ou autuações aplicadas pelas autoridades governamentais. A sistematização do fornecimento de informações ao esocial vai obrigar as empresas a racionalizar e automatizar processos. Nesse novo contexto e diante da complexidade da legislação, será fundamental contar com soluções administrativas que contemplem, por exemplo, uma melhor integração de sistemas, o gerenciamento eletrônico de documentos e ferramentas de workflow. Figura 12 Ganhos e benefícios esperados com o esocial P: Quais ganhos e benefícios você percebe em sua empresa com a adequação ao esocial? Melhoria no cumprimento da legislação trabalhista, previdenciária, social e fiscal Base 2015: 153 empresas Eficiência dos processos Ainda não consigo visualizar ganhos e beneficios Eliminação de erros e redução dos custos operacionais para cumprir as obrigações acessórias Maior facilidade para realizar negócios Garantia dos direitos dos trabalhadores 1% 3% 0% % 18% 19% 14% 19% 13% 26% 27% 39% 24 Pesquisa esocial

24 Outras expectativas interessantes também destacadas pelas empresas em 2015 estão relacionadas à eficiência dos processos de gestão de pessoas (27%) e à eliminação de erros e redução de custos operacionais (14%). Um fato interessante capturado nesta pesquisa foi a falta de indicação das empresas sobre o aumento das garantias dos direitos dos trabalhadores com o advento do esocial. Enquanto, em 2014, 13% das empresas entendiam que esse aspecto era um ganho proporcionado pelo esocial, este ano nenhum participante indicou essa opção. De modo geral, a visão das empresas sobre os potenciais benefícios do esocial indica um cenário no qual quem se preparar adequadamente poderá não apenas evitar dissabores, como multas e processos, mas também sair dessa fase de transição com uma melhor gestão de pessoas. PwC 25

25 Fatores críticos de sucesso para adequação ao esocial A pesquisa também revelou alguns sinais de boas práticas nesse processo de preparação para o novo ambiente. Analisando esses sinais com base em nossa experiência de trabalho com empresas engajadas nos projetos de adequação ao esocial, conseguimos destacar alguns fatores importantes para o sucesso dessa iniciativa. São eles: Perspectiva multidisciplinar: o processo de adequação envolve mudanças de diversas naturezas na empresa. Em outras palavras, para cumprir as novas exigências não será suficiente apenas alterar processos e bases de informações. Será preciso também fazer ajustes nas soluções tecnológicas disponíveis, em papéis e responsabilidades e na qualificação das pessoas. A Figura 13 apresenta uma visão geral desses desafios. Apoio da alta administração: como a adequação ao esocial não é apenas um problema de RH ela envolve diversas áreas da empresa é fundamental contar com o apoio da alta administração para garantir a dedicação dos profissionais e alocar os recursos necessários às ações previstas para a transição. Diagnóstico da situação atual: é melhor começar com uma boa avaliação da situação atual e identificar as lacunas em relação aos requisitos do esocial, contemplando as diversas dimensões da mudança. Isso permite concentrar melhor os esforços para cumprir o prazo disponível de adequação. Gestão de projetos e gestão da mudança: como o processo de adequação envolve um conjunto de ações interdependentes e simultâneas, uma boa gestão do projeto garante que nenhum detalhe será esquecido. Já a gestão da mudança pode contribuir para conscientizar e preparar os profissionais e gestores para atuarem no novo contexto. 26 Pesquisa esocial

26 Figura 13 Como a PwC pode ajudar O processo de adequação é muito mais amplo do que apenas um ajuste de sistemas. Acreditamos que existam cinco grandes frentes de análise para preparar as empresas para o esocial. Revisão trabalhista, previdenciária e fiscal Identificar pontos de vulnerabilidade que podem expor inconsistências e/ ou fragilidades nas práticas trabalhistas e previdenciárias da empresa, ocasionando ações fiscalizatórias pelas autoridades competentes. Tecnologia Avaliar as principais debilidades ou limitadores na plataforma de sistemas e infraestrutura para suportar adequado nível de controle sobre os processos e segurança da informação. Processos Analisar processos com foco na efetividade dos mesmos e em controles, com redefinição de fluxos, requisitos funcionais para sistemas, políticas, indicadores e controles-chave, para melhorar a gestão e otimizar esforços. Pessoas Definir plano de comunicação para adequação às mudanças e identificar necessidade de ações de capacitação das pessoas envolvidas no processo. Estrutura e governança Avaliar potencial de melhoria na estrutura organizacional e interação entre as áreas, com redefinição de papéis e responsabilidade para garantir a correta adequação ao esocial. Interpretação técnica da legislação do esocial. Mapeamento dos gaps de cadastro. Revisão de compliance e das tabelas de incidências. Análise do ambiente tecnológico e dos controles internos. Verificação da adequação e da qualidade dos dados exigidos. Matriz de recomendações para adequação ao esocial. Integração do RH com as demais áreas envolvidas com o esocial. Redesenho dos processos internos e do fluxo das informações. Revisão da estrutura, dos papéis e das responsabilidades. Implementação das soluções e entrega do esocial. Gestão da mudança. Gestão de projeto (PMO). PwC 27

27 Equipe de pesquisa Coordenação geral João Lins Sócio Marcel Cordeiro Sócio Líder de projeto Raquel Guilhoto Gerente Equipe técnica de apoio Lívia Macedo Consultora Pesquisa esocial

28 2015 PricewaterhouseCoopers Serviços Profissionais Ltda. Todos os direitos reservados. Neste documento, PwC refere-se à PricewaterhouseCoopers Serviços Profissionais Ltda., a qual é uma firma membro do network da PricewaterhouseCoopers, sendo que cada firma membro constitui-se em uma pessoa jurídica totalmente separada e independente. O termo PwC refere-se à rede (network) de firmas membro da PricewaterhouseCoopers International Limited (PwCIL) ou, conforme o contexto determina, a cada uma das firmas membro participantes da rede da PwC. Cada firma membro da rede constitui uma pessoa jurídica separada e independente e que não atua como agente da PwCIL nem de qualquer outra firma membro. A PwCIL não presta serviços a clientes. A PwCIL não é responsável ou se obriga pelos atos ou omissões de qualquer de suas firmas membro, tampouco controla o julgamento profissional das referidas firmas ou pode obrigá-las de qualquer forma. Nenhuma firma membro é responsável pelos atos ou omissões de outra firma membro, nem controla o julgamento profissional de outra firma membro ou da PwCIL, nem pode obrigá-las de qualquer forma. (DC0) Informação Pública

Adequação ao esocial Como se preparar?

Adequação ao esocial Como se preparar? www.pwc.com.br/esocial Adequação ao esocial Como se preparar? Agenda 1 2 3 4 5 Introdução O que é o esocial? Pesquisa Como as empresas estão se preparando? Impactos Mudanças no manual e seus impactos Discussão

Leia mais

www.pwc.com.br A preparação das empresas para o esocial www.pwc.com/br Titulo Subtitulo

www.pwc.com.br A preparação das empresas para o esocial www.pwc.com/br Titulo Subtitulo www.pwc.com.br A preparação das www.pwc.com/br empresas para o esocial Titulo Subtitulo Índice Índice Apresentação 3 Sobre a pesquisa 5 Principais conclusões da pesquisa 7 Como as empresas estão se preparando

Leia mais

A evolução das empresas rumo ao esocial

A evolução das empresas rumo ao esocial www.pwc.com.br A evolução das empresas rumo ao esocial 3 a edição da pesquisa sobre o esocial Sumário Apresentação 3 Sobre a pesquisa 5 Sobre o esocial 8 Principais conclusões da pesquisa 9 Como as empresas

Leia mais

A preparação das empresas para o esocial

A preparação das empresas para o esocial www.pwc.com.br A preparação das empresas para o esocial Fevereiro de 2014 (DC2) Uso Restrito na PwC - Confidencial Agenda O esocial e seus impactos Sobre a pesquisa Principais conclusões Governança do

Leia mais

Saiba tudo sobre o esocial

Saiba tudo sobre o esocial Saiba tudo sobre o esocial Introdução Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais

Leia mais

Agora começa a ser implementado o esocial, que constituirá a maior e mais complexa parte do Sped.

Agora começa a ser implementado o esocial, que constituirá a maior e mais complexa parte do Sped. Introdução O que é esocial? Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais das empresas

Leia mais

O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED

O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED Transmissão única Informações de folha de pagamento e de outras obrigações trabalhistas, previdenciárias e tributárias pelo empregador em relação aos seus

Leia mais

E-SOCIAL. Comunicamos que entrará em vigor, a partir de Abril de 2014, o novo projeto do governo, denominado E-Social.

E-SOCIAL. Comunicamos que entrará em vigor, a partir de Abril de 2014, o novo projeto do governo, denominado E-Social. E-SOCIAL Comunicamos que entrará em vigor, a partir de Abril de 2014, o novo projeto do governo, denominado E-Social. O E-Social é um projeto do governo federal que vai unificar o envio de informações

Leia mais

Quais são os objetivos?

Quais são os objetivos? O que é EFD-Social EFD é a sigla para Escrituração Fiscal Digital. É o nome dado ao sistema que vai unificar o registro de escrituração das empresas em um único cadastro a ser compartilhado por diversos

Leia mais

O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED. MTE, CAIXA, RFB, Previdência, outros

O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED. MTE, CAIXA, RFB, Previdência, outros O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED Transmissão única Informações de folha de pagamento e de outras obrigações trabalhistas, previdenciárias e tributárias pelo empregador em relação aos seus

Leia mais

www.pwc.com.br Gerenciamento de capital e ICAAP

www.pwc.com.br Gerenciamento de capital e ICAAP www.pwc.com.br Gerenciamento de capital e ICAAP Como desenvolver uma abordagem eficaz de gerenciamento de capital e um processo interno de avaliação da adequação de capital (ICAAP) A crise financeira de

Leia mais

APRENDA AS MUDANÇAS DE FORMA FÁCIL

APRENDA AS MUDANÇAS DE FORMA FÁCIL 2014 APRENDA AS MUDANÇAS DE FORMA FÁCIL I S O esocial está causando arrepios, mas pouca gente já sabe exatamente o que é. Em poucas palavras, o esocial é um programa do governo federal que tenta consolidar

Leia mais

A Escrituração Fiscal Digital Social, ou apenas esocial, é, até o momento, a parte mais complexa do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED).

A Escrituração Fiscal Digital Social, ou apenas esocial, é, até o momento, a parte mais complexa do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). Escrituração Fiscal Digital Social esocial Introdução A Escrituração Fiscal Digital Social, ou apenas esocial, é, até o momento, a parte mais complexa do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED).

Leia mais

Projeto esocial Aspectos Legais

Projeto esocial Aspectos Legais Projeto esocial Aspectos Legais ÍNDICE O que é o esocial Cenários e Leiaute Cronograma do Governo Fiscalização e Penalidades ÍNDICE O que é o esocial? O esocial é um projeto do Governo Federal, com implantação

Leia mais

www.pwc.com.br Como melhorar a gestão da sua empresa?

www.pwc.com.br Como melhorar a gestão da sua empresa? www.pwc.com.br Como melhorar a gestão da sua empresa? Como melhorar a gestão da sua empresa? Melhorar a gestão significa aumentar a capacidade das empresas de solucionar problemas. Acreditamos que, para

Leia mais

Escolhendo a melhor opção para sua empresa

Escolhendo a melhor opção para sua empresa www.pwc.com.br Escolhendo a melhor opção para sua empresa Auditoria Interna Auditoria Interna - Co-sourcing atende/supera as expectativas da alta administração? A função de Auditoria Interna compreende

Leia mais

Palestrantes: Reginaldo da Silva dos Santos, André Bocchi e. Luis Antônio dos Santos

Palestrantes: Reginaldo da Silva dos Santos, André Bocchi e. Luis Antônio dos Santos esocial SEMINÁRIO Uma realidade RETENÇÕES a ser DE enfrentada IMPOSTOS pelos E CONTRIBUIÇÕES profissionais de RH, Contabilidade e de Gestão Administrativa Palestrantes: André Bocchi da Silva Reginaldo

Leia mais

COMO FAZER A TRANSIÇÃO

COMO FAZER A TRANSIÇÃO ISO 9001:2015 COMO FAZER A TRANSIÇÃO Um guia para empresas certificadas Antes de começar A ISO 9001 mudou! A versão brasileira da norma foi publicada no dia 30/09/2015 e a partir desse dia, as empresas

Leia mais

Pilares do SPED EFD ICMS/IPI EFD IRPJ. esocial ECF ECD. EFD Contribuições. (NF-e, NFS-e, CT-e) Doc. Fiscais Eletrônicos

Pilares do SPED EFD ICMS/IPI EFD IRPJ. esocial ECF ECD. EFD Contribuições. (NF-e, NFS-e, CT-e) Doc. Fiscais Eletrônicos Nossa trajetória... Doc. Fiscais Eletrônicos (NF-e, NFS-e, CT-e) ECD EFD ICMS/IPI EFD Contribuições EFD IRPJ Pilares do SPED esocial ECF Perfil 21 anos de atuação com dedicação exclusiva em projetos da

Leia mais

e-social Divisão Trabalhista e Previdenciária Agosto de 2013

e-social Divisão Trabalhista e Previdenciária Agosto de 2013 Divisão Trabalhista e Previdenciária Agosto de 2013 Conceito de EFD-Social O (EFD-Social) é um projeto do governo federal que visa a unificação das obrigações trabalhistas, previdenciárias e tributárias

Leia mais

Novo nível de confiança e transparência

Novo nível de confiança e transparência www.pwc.com/br Novo nível de confiança e transparência Uma perspectiva na transição do SAS 70 para o SSAE 16 e o ISAE 3402 Introdução As organizações que prestam serviços os quais impactam as demonstrações

Leia mais

Formulários Eletrônicos e Processos para o esocial

Formulários Eletrônicos e Processos para o esocial Formulários Eletrônicos e Processos para o esocial 1. Objetivos 2. Definições dos Formulários Eletrônicos 3. Validações Automáticas de Dados 4. Relatórios de Inconsistências 5. Definição e Regras Gerais

Leia mais

Sumário. (11) 3177-7700 www.systax.com.br

Sumário. (11) 3177-7700 www.systax.com.br Sumário Introdução... 3 Amostra... 4 Tamanho do cadastro de materiais... 5 NCM utilizadas... 6 Dúvidas quanto à classificação fiscal... 7 Como as empresas resolvem as dúvidas com os códigos de NCM... 8

Leia mais

NONO NONONO NO NONO NONO NONONO NONO CIESP Centro das Indústrias do Estado de São Paulo DR de Sorocaba

NONO NONONO NO NONO NONO NONONO NONO CIESP Centro das Indústrias do Estado de São Paulo DR de Sorocaba SPED Sistema Público de Escrituração Digital esocial NONO NONONO NO NONO NONO NONONO NONO CIESP Centro das Indústrias do Estado de São Paulo DR de Sorocaba 7 de outubro de 2014 O SPED Sistema Público de

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Os profissionais estão envelhecendo. E agora?

Os profissionais estão envelhecendo. E agora? 10Minutos Gestão de talentos Pesquisa sobre envelhecimento da força de trabalho no Bras Os profissionais estão envelhecendo. E agora? Fevereiro 2015 Destaques O Bras está envelhecendo rapidamente. Estima-se

Leia mais

Nota Data 8 de maio de 2013

Nota Data 8 de maio de 2013 Nota Data 8 de maio de 2013 Contato Flávio Resende Proativa Comunicação flavioresende@proativacomunicacao.com.br Tel: (61) 3242-9058/9216-9188 Kadydja Albuquerque Proativa Comunicação coordenacao@proativacomunicacao.com.br

Leia mais

Cenário Atual. Os empregadores devem preencher inúmeras declarações e documentos que possuem as mesmas informações.

Cenário Atual. Os empregadores devem preencher inúmeras declarações e documentos que possuem as mesmas informações. índice O que é o esocial?...03 Cenário Atual...04 Cenário Ideal...05 Abrangência...06 Identificadores das Empresas...07 Identificadores...08 Módulo Consulta Cadastral...09 Órgãos envolvidos no Projeto...11

Leia mais

esocial: Integração no Ambiente Sped SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL

esocial: Integração no Ambiente Sped SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL esocial: Integração no Ambiente Sped SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL NF-e Abrangência ECD esocial EFD EFD - IRPJ CT-e NFS-e E-Lalur FCont O esocial é um projeto do governo federal que vai unificar

Leia mais

Lista de verificação (Check list) para planejamento e execução de Projetos

Lista de verificação (Check list) para planejamento e execução de Projetos www.tecnologiadeprojetos.com.br Lista de verificação (Check list) para planejamento e execução de Projetos Eduardo F. Barbosa Dácio G. Moura Material didático utilizado na disciplina Desenvolvimento de

Leia mais

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 INDICE POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1. Objetivo...2 2. Aplicação...2 3. implementação...2 4. Referência...2 5. Conceitos...2 6. Políticas...3

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. esocial - FECON 19/02/2014

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. esocial - FECON 19/02/2014 esocial - FECON 19/02/2014 Contextualização - Objetivo do Projeto OBJETIVOS - O que é o esocial Conceitos básicos - Qualificação cadastral - Povoamento da base - Eventos Não periódicos - Eventos periódicos

Leia mais

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Mastermaq Softwares Há quase 20 anos no mercado, a Mastermaq está entre as maiores software houses do país e é especialista em soluções para Gestão

Leia mais

BLOCO K ENTENDA A NOVA OBRIGAÇÃO DO SPED FISCAL

BLOCO K ENTENDA A NOVA OBRIGAÇÃO DO SPED FISCAL BLOCO K ENTENDA A NOVA OBRIGAÇÃO DO SPED FISCAL Sumário: 01 02 03 04 05 O que é o Bloco K? Por onde começar? A quem se aplica? A quem não se aplica? Quais os impactos na organização? 06 07 08 09 10 Quais

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1 Governança de TI ITIL v.2&3 parte 1 Prof. Luís Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL 1 1 ITIL Gerenciamento de Serviços 2 2 Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços 3 3 Gerenciamento de Serviços

Leia mais

CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Elias S. Assayag eassayag@internext.com.br Universidade do Amazonas, Departamento de Hidráulica e Saneamento da Faculdade

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

IMPACTOS DAS MUDANÇAS NA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA NA ROTINA FISCAL DAS EMPRESAS

IMPACTOS DAS MUDANÇAS NA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA NA ROTINA FISCAL DAS EMPRESAS IMPACTOS DAS MUDANÇAS NA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA NA ROTINA FISCAL DAS EMPRESAS A pesquisa Muito se fala sobre as mudanças na legislação tributária e é certo de que estas sempre impactam na rotina fiscal

Leia mais

Nossas soluções para o setor sucroenergético

Nossas soluções para o setor sucroenergético www.pwc.com.br Nossas soluções para o setor sucroenergético Centro PwC de Serviços em Agribusiness Outubro de 2013 Agrícola Gestão de fornecedores de cana Revisão da estrutura de relacionamento entre usina

Leia mais

Descubra aqui os benefícios de possuir um sistema de NF-e integrado com o software de gestão de empresas da Indústria da Construção.

Descubra aqui os benefícios de possuir um sistema de NF-e integrado com o software de gestão de empresas da Indústria da Construção. Descubra aqui os benefícios de possuir um sistema de NF-e integrado com o software de gestão de empresas da Indústria da Construção. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01 OS IMPACTOS GERADOS COM A IMPLANTAÇÃO

Leia mais

Justificativa da iniciativa

Justificativa da iniciativa Sumário Justificativa da iniciativa O que é o Framework? Apresentação básica de cada ferramenta Quais projetos serão avaliados por meio do Framework? Fluxo de avaliação Expectativas Justificativa da iniciativa

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG SUPERINTENDÊNCIA DE CONTROLE GERÊNCIA DE CONTROLE DE TESOURARIA ANÁLISE DE RISCO OPERACIONAL RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG Belo Horizonte 01 de Julho de 2008 1 SUMÁRIO 1. Introdução...02

Leia mais

Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo

Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo CONSTRUÇÃO CONJUNTA Receita Federal do Brasil; Caixa; Instituto Nacional do Seguro Social INSS; Ministério da Previdência Social MPS;

Leia mais

Gerenciamento de Problemas

Gerenciamento de Problemas Gerenciamento de Problemas O processo de Gerenciamento de Problemas se concentra em encontrar os erros conhecidos da infra-estrutura de TI. Tudo que é realizado neste processo está voltado a: Encontrar

Leia mais

Gestão do Conhecimento A Chave para o Sucesso Empresarial. José Renato Sátiro Santiago Jr.

Gestão do Conhecimento A Chave para o Sucesso Empresarial. José Renato Sátiro Santiago Jr. A Chave para o Sucesso Empresarial José Renato Sátiro Santiago Jr. Capítulo 1 O Novo Cenário Corporativo O cenário organizacional, sem dúvida alguma, sofreu muitas alterações nos últimos anos. Estas mudanças

Leia mais

esocial O que muda na sua empresa? TAX

esocial O que muda na sua empresa? TAX TAX esocial O que muda na sua empresa? 20XX KPMG, uma [estrutura legal] brasileira e firma-membro da rede KPMG de firmasmembro independentes e afiliadas à KPMG International Cooperative ( KPMG International

Leia mais

Agenda: ü Conceito do e- Social; ü Saúde e Segurança do Trabalho SSO- EHS; ü e- Social e a Saúde e Segurança do Trabalho;

Agenda: ü Conceito do e- Social; ü Saúde e Segurança do Trabalho SSO- EHS; ü e- Social e a Saúde e Segurança do Trabalho; Agenda: ü Conceito do e- Social; ü Saúde e Segurança do Trabalho SSO- EHS; ü e- Social e a Saúde e Segurança do Trabalho; 1. O que é o esocial? Um Sistema de Escrituração Fiscal Digital das obrigações

Leia mais

ACOMPANHAMENTO GERENCIAL SANKHYA

ACOMPANHAMENTO GERENCIAL SANKHYA MANUAL DE VISITA DE ACOMPANHAMENTO GERENCIAL SANKHYA Material exclusivo para uso interno. O QUE LEVA UMA EMPRESA OU GERENTE A INVESTIR EM UM ERP? Implantar um ERP exige tempo, dinheiro e envolve diversos

Leia mais

PERCEPÇÃO DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS CONTÁBEIS EM RELAÇÃO AO SPED

PERCEPÇÃO DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS CONTÁBEIS EM RELAÇÃO AO SPED Apresentação O Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) tem promovido grandes mudanças, as quais não se restringem à substituição do papel por informações digitais ou a questões puramente tecnológicas.

Leia mais

SE O OBJETIVO É A EXPORTAÇÃO, A SOLUÇÃO É O START EXPORT

SE O OBJETIVO É A EXPORTAÇÃO, A SOLUÇÃO É O START EXPORT SE O OBJETIVO É A EXPORTAÇÃO, A SOLUÇÃO É O START EXPORT SUA EMPRESA ESTÁ PREPARADA PARA EXPORTAR? Já participou de feiras internacionais do setor? Você pode adequar/modificar seu produto? Seu site e catálogos

Leia mais

MUDANÇAS NA ISO 9001: A VERSÃO 2015

MUDANÇAS NA ISO 9001: A VERSÃO 2015 MUDANÇAS NA ISO 9001: A VERSÃO 2015 Está em andamento o processo de revisão da Norma ISO 9001: 2015, que ao ser concluído resultará na mudança mais significativa já efetuada. A chamada família ISO 9000

Leia mais

Processo de Implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade

Processo de Implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade 3 Processo de Implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade Não existe um jeito único de se implementar um sistema da qualidade ISO 9001: 2000. No entanto, independentemente da maneira escolhida,

Leia mais

3ª Pesquisa. 3ª Pesquisa. IOB SPED NF-e. Mais informações sobre SPED e NF-e, acesse www.iobsolucoes.com.br www.iobsolucoes.com.

3ª Pesquisa. 3ª Pesquisa. IOB SPED NF-e. Mais informações sobre SPED e NF-e, acesse www.iobsolucoes.com.br www.iobsolucoes.com. 3ª Pesquisa /iobprimeo 1 A PESQUISA Estamos acompanhando o projeto SPED desde seu início, e sabemos que a crença de várias empresas quanto à adequação a esse sistema era de que poderia não perdurar. Entretanto,

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo II Ciclo de Vida e Organização do Projeto

Gerenciamento de Projetos Modulo II Ciclo de Vida e Organização do Projeto Gerenciamento de Projetos Modulo II Ciclo de Vida e Organização do Projeto Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com PMBoK Organização do Projeto Os projetos e o gerenciamento

Leia mais

Circular SUSEP Nº285, de 21 de Março de 2005. Versão atualizada pela Circular SUSEP Nº297.

Circular SUSEP Nº285, de 21 de Março de 2005. Versão atualizada pela Circular SUSEP Nº297. Circular SUSEP Nº285, de 21 de Março de 2005. Versão atualizada pela Circular SUSEP Nº297. Cadastro de recursos dos sistemas de informação e mapa de saldos. Gustavo Dias - CEINF Marcos de Almeida - DECON

Leia mais

Dra. Valéria de Souza Telles. esocial - Dra. Valéria de Souza Telles 1

Dra. Valéria de Souza Telles. esocial - Dra. Valéria de Souza Telles 1 Dra. Valéria de Souza Telles esocial - Dra. Valéria de Souza Telles 1 Manual de Orientação do e - Social Versão 1.0 (Ato Declaratório Executivo SUFIS nº 5/13 DOU de 18/07/2013) Manual de Orientação do

Leia mais

Rumo a novos patamares

Rumo a novos patamares 10Minutos Auditoria Estudo sobre a Situação da Profissão de Auditoria Interna Rumo a novos patamares Destaques Os stakeholders estão menos satisfeitos com a contribuição da auditoria interna em áreas de

Leia mais

Gildo Freire de Araújo

Gildo Freire de Araújo A Contabilidade das empresas diante das novas medidas Contador: Gildo Freire de Araújo Cenário atual Os empregadores são obrigados a registrar os eventos trabalhistas de várias maneiras diferentes e a

Leia mais

Tecnologia para garantir qualidade e eficiência

Tecnologia para garantir qualidade e eficiência Tecnologia para garantir qualidade e eficiência 20 Fenacon em Serviços Julho/Agosto 2010 É cada vez maior o número de empresas que adotam a virtualização de documentos. Além de economia em tempo e papel,

Leia mais

PLANO DE GERANCIAMENTO DO RELEASE Release: 515.05

PLANO DE GERANCIAMENTO DO RELEASE Release: 515.05 Release: 515.05 Versão Data Descrição da Versão Autor 1.0 28/02/15 Versão inicial dos Produtos PRONIM Roberto Bonanomi 1.1 18/03/15 Atualizado Riscos, texto abaixo das entregas do GP e Correção data de

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

OS DESAFIOS DO RH BRASILEIRO EM 2015. Pantone 294 U

OS DESAFIOS DO RH BRASILEIRO EM 2015. Pantone 294 U Pantone 294 U C 95 R 10 M 70 G 50 HEX 0A3278 Sob uma forte demanda de assumir um papel mais estratégico dentro da organização, pesquisa exclusiva realizada pela Efix revela quais são as principais preocupações

Leia mais

O esocial e os desafios trabalhistas. A mudança na rotina de pessoal.

O esocial e os desafios trabalhistas. A mudança na rotina de pessoal. O esocial e os desafios trabalhistas. A mudança na rotina de pessoal. esocial -É o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhista (esocial); -Trata-se de um projeto

Leia mais

As informações foram coletadas por meio de uma pesquisa aplicada aos profissionais que estiveram presentes no 6º Fórum de Gestão Fiscal e Sped.

As informações foram coletadas por meio de uma pesquisa aplicada aos profissionais que estiveram presentes no 6º Fórum de Gestão Fiscal e Sped. Panorama da área fiscal e tributária A área fiscal no Brasil recebe constantemente mudanças e atualizações ligadas aos processos de fiscalização, tributação, contribuição, regulamentação entre outros.

Leia mais

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade As empresas têm passado por grandes transformações, com isso, o RH também precisa inovar para suportar os negócios

Leia mais

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil 10Minutos Futuro do trabalho Pesquisa sobre impactos e desafios das mudanças no mundo do trabalho para as organizações no B O futuro do trabalho Destaques Escassez de profissionais, novos valores e expectativas

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) A CONCERT Technologies S.A. prioriza a segurança de seus Colaboradores, Fornecedores,

Leia mais

Navegação em Nuvem. Abrangência Atual

Navegação em Nuvem. Abrangência Atual SPED Apresentação Instituído pelo Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007, o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal (PAC

Leia mais

SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português

SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português 1 de 7 28/10/2012 16:47 SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português RESULTADO DO SIMULADO Total de questões: 40 Pontos: 0 Score: 0 % Tempo restante: 55:07 min Resultado: Você precisa

Leia mais

Primeira Pesquisa TecnoAtiva de Segurança da Informação da Bahia e Sergipe 2006

Primeira Pesquisa TecnoAtiva de Segurança da Informação da Bahia e Sergipe 2006 Apresentamos os resultados da Primeira Pesquisa TecnoAtiva de Segurança da Informação da Bahia e Sergipe, realizada com o apoio da SUCESU-BA. O objetivo dessa pesquisa é transmitir aos gestores e ao mercado

Leia mais

SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124

SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124 1 12 SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124 SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124 12 Em 2013, o registro de dados no

Leia mais

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 Conhecimento em Tecnologia da Informação Alinhamento Estratégico A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 2010 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

Em 2012, a Prosoft planejou o lançamento da Versão 5 dos seus produtos.

Em 2012, a Prosoft planejou o lançamento da Versão 5 dos seus produtos. VERSÃO 5 Outubro/2012 Release Notes Não deixe de atualizar o seu sistema Planejamos a entrega ao longo do exercício de 2012 com mais de 140 melhorias. Mais segurança, agilidade e facilidade de uso, atendendo

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação REGIONALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TI MAPEAMENTO DE PROVIDÊNCIAS INICIAIS Março/2014 V 1.1 REGIONALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TI MAPEAMENTO

Leia mais

ANÁLISE DO EDITAL DE AUDIÊNCIA PÚBLICA SDM Nº 15/2011 BM&FBOVESPA

ANÁLISE DO EDITAL DE AUDIÊNCIA PÚBLICA SDM Nº 15/2011 BM&FBOVESPA ANÁLISE DO EDITAL DE AUDIÊNCIA PÚBLICA SDM Nº 15/2011 MINUTA PROPOSTA CVM Art. 1º As pessoas habilitadas a atuar como integrantes do sistema de distribuição, os analistas, os consultores e os administradores

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) Quiz Interativo: Dificuldades e receios das empresas

Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) Quiz Interativo: Dificuldades e receios das empresas IMPOSTOS INDIRETOS Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) Quiz Interativo: Dificuldades e receios das empresas tax As empresas sempre conviveram com a preocupação de manter organizadas as suas

Leia mais

Em 2013, o registro de dados no SIOPS passará a ser obrigatório.

Em 2013, o registro de dados no SIOPS passará a ser obrigatório. Em 2013, o registro de dados no SIOPS passará a ser obrigatório. Fique atento aos procedimentos e prazos estabelecidos pela Lei para declaração de despesas com saúde. art certificado digital-siops-10,5x29,7.indd

Leia mais

esocial Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Copyright 2013 1

esocial Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Copyright 2013 1 esocial Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Copyright 2013 1 O que é esocial? É o projeto de escrituração digital da folha de pagamento e das obrigações trabalhistas, previdenciárias

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

RELATÓRIO 203 ASSUNTO: 79ª REUNIÃO DO COPISS COORDENADOR. 1. Participantes da 79ª reunião do COPISS; 2. Leitura e aprovação da ata 78ª reunião;

RELATÓRIO 203 ASSUNTO: 79ª REUNIÃO DO COPISS COORDENADOR. 1. Participantes da 79ª reunião do COPISS; 2. Leitura e aprovação da ata 78ª reunião; RELATÓRIO 203 ASSUNTO: 79ª REUNIÃO DO COPISS COORDENADOR DATA: 28/05/2015 LOCAL: ANS HORÁRIO: 09h às 12h30min Pauta: 1. Participantes da 79ª reunião do COPISS; 2. Leitura e aprovação da ata 78ª reunião;

Leia mais

Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH

Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH Os papéis do executivo de RH Pessoas são os principais ativos de uma empresa e o executivo de Recursos Humanos (RH), como responsável por administrar

Leia mais

Departamento de Recursos Humanos / DRH SUA EMPRESA ESTÁ PREPARADA?

Departamento de Recursos Humanos / DRH SUA EMPRESA ESTÁ PREPARADA? SUA EMPRESA ESTÁ PREPARADA? Setembro/2015 ESOCIAL: SUA EMPRESA ESTÁ PREPARADA? Habitantes: 681.036 (Fonte: IBGE - 2014) Servidores Públicos: 11.627 (Fonte: DRH) Orçamento Geral: R$ 2 bilhões (previsão

Leia mais

ISO/IEC 12207: Gerência de Configuração

ISO/IEC 12207: Gerência de Configuração ISO/IEC 12207: Gerência de Configuração Durante o processo de desenvolvimento de um software, é produzida uma grande quantidade de itens de informação que podem ser alterados durante o processo Para que

Leia mais

7 perguntas para fazer a qualquer fornecedor de automação de força de vendas

7 perguntas para fazer a qualquer fornecedor de automação de força de vendas 7 perguntas para fazer a qualquer fornecedor de automação de força de vendas 1. O fornecedor é totalmente focado no desenvolvimento de soluções móveis? Por que devo perguntar isso? Buscando diversificar

Leia mais

O que é o esocial? Empregado

O que é o esocial? Empregado CICLO DE PALESTRAS O que é o esocial? É uma nova forma de registro de informações, também conhecida como folha de pagamento digital que unificará todos os sistemas. Empregado O Ato Declaratório Executivo

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA NA SELEÇÃO / IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO - ERP Alinhamento das expectativas; O por que diagnosticar; Fases do diagnóstico; Critérios de seleção para um ERP; O papel da

Leia mais

Projeto Você pede, eu registro.

Projeto Você pede, eu registro. Projeto Você pede, eu registro. 1) IDENTIFICAÇÃO 1.1) Título do Projeto: Você pede eu registro. 1.2) Equipe responsável pela coordenação do projeto: Pedro Paulo Braga Bolzani Subsecretario de TI Antonio

Leia mais

Recebimento e gerenciamento de NF-e. Resultados da Pesquisa

Recebimento e gerenciamento de NF-e. Resultados da Pesquisa Recebimento e gerenciamento de NF-e Resultados da Pesquisa Sumário Introdução... 2 Acredita possuir os arquivos de todos os XML das NF-e emitidas em 2013?... 3 Acredita possuir os arquivos de todos os

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES DESENHO DE SERVIÇO Este estágio do ciclo de vida tem como foco o desenho e a criação de serviços de TI cujo propósito será realizar a estratégia concebida anteriormente. Através do uso das práticas, processos

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Classificação das Informações 5/5/2015 Confidencial [ ] Uso Interno [ X ] Uso Público ÍNDICE 1 OBJETIVO... 3 2 ABRANGÊNCIA... 3 3 CONCEITOS... 3 4 ESTRUTURA NORMATIVA...

Leia mais

Tecnologia da Informação e Comunicação. Douglas Farias Cordeiro

Tecnologia da Informação e Comunicação. Douglas Farias Cordeiro Tecnologia da Informação e Comunicação Douglas Farias Cordeiro O desenvolvimento de um SI Ciclo de desenvolvimento de um SI: O desenvolvimento de um SI Definição do sistema Nessa fase estima-se as dimensões

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO TOR/FNDE/DTI/MEC

Leia mais

O papel do CRM no sucesso comercial

O papel do CRM no sucesso comercial O papel do CRM no sucesso comercial Escrito por Gustavo Paulillo Você sabia que o relacionamento com clientes pode ajudar sua empresa a ter mais sucesso nas vendas? Ter uma equipe de vendas eficaz é o

Leia mais

Mining 2014 Redução de Custos

Mining 2014 Redução de Custos www.pwc.com.br Redução de Custos O desafio das empresas para manter a rentabilidade com preço do minério em queda Conectando Estratégia à Execução Luís Seixas Sócio Advisory Brasil competência Melhoria

Leia mais

Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 23/04/2013. 1 Semestre de 2013

Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 23/04/2013. 1 Semestre de 2013 Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 23/04/2013 1 Semestre de 2013 Fonte: https://www.facebook.com/cons ELHOSDOHEMAN Defina os seguintes termos: a) Risco Definição do PMBoK, 4ª edição: Um evento

Leia mais

Curso esocial voltado à Administração Pública - Uma Relação Transparente com o Fisco.

Curso esocial voltado à Administração Pública - Uma Relação Transparente com o Fisco. Mostrar Todos Curso esocial voltado à Administração Pública - Uma Relação Transparente com o Fisco. Aspectos Tributários e Trabalhistas, no SPED, através da prática aplicada. Agora é Oficial! Instituído

Leia mais

Sistema de Gestão da Qualidade

Sistema de Gestão da Qualidade Sistema de Gestão da Qualidade Coordenadora Responsável Mara Luck Mendes, Jaguariúna, SP, mara@cnpma.embrapa.br RESUMO Em abril de 2003 foi lançado oficialmente pela Chefia da Embrapa Meio Ambiente o Cronograma

Leia mais