CURSO NATUROPATIA NATUROLOGIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CURSO NATUROPATIA NATUROLOGIA"

Transcrição

1 1. Área de formação Saúde (729) 2. Itinerário de Qualificação Naturopata - Naturologista 3. Modalidade da formação Qualificação Inicial e Profissional 4. Saída profissional Naturopata - Naturologista 5. Condições de Acesso Sexo: F/M Idade mínima: 17 anos Escolaridade: 12º ano de escolaridade e/ou análise curricular 6. Condições de pagamento Inscrição: 250,00 euros Mensalidade: 45 x 200,00 euros Valor Total: 9.250,00 euros Nota: Pronto pagamento = oferta de inscrição 7. Metodologia de Selecção e Recrutamento Através de entrevista escrita e oral individual e dinâmica de grupo, o candidato (a) deve demonstrar possuir: Vocação pelas ciências e saúde Dinamismo e facilidade no relacionamento interpessoal Capacidade de organização do trabalho Responsabilidade e espírito de iniciativa Motivação pelas actividades em grupo 8. Carga Horária Formação Tecnológica / Componente Profissionalizante Horas (Componente Teórica) 1980 horas Horas (Componente Prática Simulada) 356 horas Horas (Estágio) 500 horas Total: 2836 horas

2 9. Local ALTIUS CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL, S.A., RUA ANTÓNIO OLIVEIRA N.º 40, EDIFICIO L, ZONA E, ZONA INDUSTRIAL, CALDAS DA RAINHA 10. Data Início: 10/2013 Fim: 09/ Regime: DIURNO (das 09h00 às 13h00) e (das 14H00 às 18H00) PÓS LABORAL (das 19H00 às 23H00) 12. Objectivos Pedagógicos Gerais Pretende-se com este curso formar Naturopatas, devidamente qualificados, dotados de uma forte base técnica e científica. Mediante aulas teóricas, práticas e estágio integrado ao longo dos 4 anos lectivos, será possível assimilar os conhecimentos necessários de uma forma coerente e facilitada. 13. Objectivos Específicos - Desempenhar tarefas com elevado grau de autonomia - Prevenção, manutenção e tratamento do organismo humano - Saber observar determinadas características do paciente, que permitam a correcta prescrição, de acordo com a sua problemática - Prescrever dietas, fitoterápicos, homeopáticos, outros tratamentos - Saber direccionar o paciente a outros profissionais de saúde - Executar vários tipos de massagem - Proceder ao acolhimento e atendimento individual do paciente - Gerir de forma adequada o espaço de trabalho 14. Formas de Organização da Formação Formação presencial 15. Métodos e Técnicas Pedagógicas A metodologia do curso abrange Métodos e Técnicas diversificados e adequados às características das competências a adquirir, privilegiando em especial os: MÉTODO ACTIVO; MÉTODO EXPOSITIVO E O MÉTODO DEMONSTRATIVO. Com o apoio de infra-estruturas que possibilitam o acesso directo aos meios, tais como: Exposição oral dos temas com apoio áudio visual; Demonstrações práticas;

3 Trabalhos de grupo; Exercícios de prática em contexto simulado CURSO Os formandos serão submetidos a um regime de avaliação contínua e a testes semestrais, respeitantes às unidades de formação teórica. A formação prática simulada será avaliada através da execução de trabalhos práticos. Por sua vez, a formação prática real será avaliada através do comportamento na função. A avaliação final: Formação Profissionalizante (Científico/ Tecnológica) é expressa na escala de 0 a 20 valores, os formandos obtêm o certificado com a nota mínima de 10 valores. Caso tenham nota inferior transitarão a uma segunda fase em que será feita uma reciclagem e poderá efectuar nova prova de avaliação, relativamente à assiduidade, devem os formandos assistir a pelo menos 90% total de horas de formação, dado que a formação é presencial é condição obrigatória. 16. Elementos de Avaliação Nível de Reacção Questionários de reacção no final do curso Entrevistas aos formandos Sensibilidade e experiência do formador Nível da formação Interesse, motivação, participação, Socialização e integração em grupo Trabalhos de grupo Testes escritos Prática Simulada Nível de comportamento Questionários Testes de desempenho Entrevistas Observações por parte dos formadores Registos de desempenho Nível do impacto / efeitos na empresa Entrevistas Registos de desempenho 17. O que é um Naturopata? O Naturopata é o profissional de saúde dedicado ao estudo e aplicação de métodos Naturais, na prevenção, manutenção e recuperação da saúde. Um Naturopata devidamente qualificado, com uma forte base técnicocientífica, consegue através de um conjunto de observações específicas, discernir o tipo e a intensidade do desequilíbrio na saúde. Aplicando de imediato os melhores métodos à sua disposição, para recuperar o estado geral e específico do indivíduo, recorrendo sempre a meios naturais. Um Naturopata pode desenvolver a sua

4 actividade em consultórios, clínicas, spas, centros de estética, centros de formação, laboratórios de fitoterápicos, entre outros. 18. O que é a Naturopatia? A Naturopatia é uma das Terapêuticas Não Convencionais, enquadrada legalmente ao abrigo da Lei 45/2003 Lei das Terapêuticas Não Convencionais e recomendada pela Organização Mundial de Saúde. Em Naturopatia, dá-se especial atenção à etiologia das patologias, não descartando, contudo, a sua sintomatologia. Tendo a sua base assente no conhecimento da Fisiologia, Bioquímica e Biologia humana, em Naturopatia dá-se igual importância aos conceitos de saúde orientais acerca do funcionamento orgnânico. Proporcionando ao Naturopata uma visão da saúde extremamente vasta, complementar e sinérgica. Uma correcta observação do estado de saúde é essencial para uma correcta prescrição, daí a importância não só dos métodos de observação típicos da naturologia, mas também na preparação que um Naturopata Moderno tem, em interpretar os diversos exames clínicos. A Naturopatia nos dias de hoje, como métodos terapêuticos principais, faz o uso de, Nutrição; Fitoterapia; Hidroterapia/Argiloterapia; Homeopatia; Massagem e Suplementação Ortomolecular. No entanto, em alguns casos mostra-se necessário recorrer a outros métodos tais como, Gemoterapia; Litoterapia; Aromaterapia; Magnetoterapia, Cromoterapia; Terapia pelo som; Shiatsu; Reflexologia, entre outras abordagens. 19. Perguntas frequentes Existe, em Portugal, licenciatura de Naturopatia? Não! Por falta de regulamentação, em nenhuma instituição do país existe tal licenciatura. No entanto, nesta instituição (Al.tius), o curso é curricularmente elaborado de forma a atingir um patamar de conhecimentos equivalente ao que seria uma licenciatura, possuindo docentes qualificados para tal. No entanto, em termos legais e de emissão de Certificado, está no âmbito das Formações Profissionais, o que não menospreza a qualidade real do Curso de Naturopatia, a aguardar regulamentação. Que garantia tenho da qualidade do curso? Sendo o próprio Al.tius, um Centro de Formação de reconhecida Qualidade. O Curso de Naturopatia do Al.tius, segue um rigoroso programa curricular com um corpo docente devidamente qualificado e credenciado. Assenta numa forte componente de base biomédica (Anatomia; Fisiologia; Patologia; Biologia; etc), essencial a qualquer bom curso de saúde. E, por outro lado, possui de forma sólida, bem estruturada e igualmente forte a componente naturológica, sendo por isso um curso equilibrado. Concluindo um excelente programa curricular, que permite ao profissional acabado de ser formado, actuar com total autonomia, segurança, forte base técnica e científica. Porquê frequentar o Curso de Naturopatia do Al.tius? O Curso de Naturopatia do Al.tius, foi desenvolvido para dar resposta à crescente exigência de se terem cursos com qualidade em Portugal. O Al.tius desenhou o Curso de Naturopatia, baseando-se não só no programa curricular ideal, mas também na experiência de alguns Naturopatas formados por Instituições Portuguesas, que apontaram algumas brechas na formação da área, em Portugal. Portanto, em reunião com diversos profissionais de vários sectores da área de saúde, foi possível desenvolver, sob orientação e coordenação de alguns Naturopatas, um curso com especial atenção a esse facto.

5 PROGRAMA DO CURSO GERAL: NATUROPATIA O planeamento das unidades tem por base percursos específicos em função dos perfis visados, sendo distribuídas da seguinte forma: carga horária e componentes nomeadamente: Formação de Base, Formação Tecnológica. CARGA UNIDADES DE FORMAÇÃO T PS ANATOMIA E FISIOLOGIA BIOLOGIA BIOQUÍMICA BOTÂNICA SUPORTE BÁSICO DE VIDA FARMACOLOGIA IMUNOLOGIA E MICROBIOLOGIA BIOMECÂNICA PATOLOGIA PSICOLOGIA CLÍNICA EXAMES CLÍNICOS TOXICOLOGIA E INTERACÇÕES ESTATÍSTICA FITOTERAPIA FITOTERAPIA AVANÇADA BIOTERAPIAS NUTRIÇÃO DIETOTERAPIA CIÊNCIAS HOLÍSTICAS MEDICINA TRADICIONAL CHINESA AURICULOTERAPIA HOMEOPATIA IRIDOLOGIA PRESCRIÇÃO CLÍNICA ANÁLISE MICROSCÓPICA PRÁTICAS ENERGÉTICAS MASSAGEM TERAPÊUTICA SHIATSU REFLEXOLOGIA TOTAIS ESTÁGIO 500 DURAÇÃO TOTAL DA ACÇÃO 2836 HORÁRIA T FORMAÇÃO TEÓRICA Legenda: PS FPRÁTICA SIMULADA

Curso Livre para Qualificação Profissional em Naturopatia

Curso Livre para Qualificação Profissional em Naturopatia Escola Superior de Ciências Tradicionais e Ambientais ESCAM www.escam.com.br escam@escam.com.br Curso Livre para Qualificação Profissional em Naturopatia O profissional ao freqüentar o Curso Livre para

Leia mais

Terapias Complementares e Não Medicamentosas

Terapias Complementares e Não Medicamentosas Curso de Pós-graduação Terapias Complementares e Não Medicamentosas Organização Colaboração ESCOLA NACIONAL DE EQUITAÇÃO INDICE INDICE 2 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO E ENTIDADES QUE O PROMOVEM 3 2. ENQUADRAMENTO

Leia mais

Eleva-te a um Nível Superior

Eleva-te a um Nível Superior Eleva-te a um Nível Superior Curso b-learning de Medicina Oriental, Shiatsu e Fitoterapia Introdução O CT.Doriente ou Escola Nacional de Shiatsu e Disciplinas Associadas, desenvolveu tecnicamente o curso

Leia mais

Élio Renato Ruivo Miranda

Élio Renato Ruivo Miranda INFORMAÇÃO PESSOAL Rua Principal n. 81, 2640-204 Encarnação Casais da Areia (Portugal) Travessa das Parreiras, nº 9, 1150-250 Lisboa 261 855 565 96 3175522 elio.renato@gmail.com Sexo Masculino Data de

Leia mais

REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO

REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO DE Área de Formação 862 Segurança e Higiene no Trabalho Formação Profissional Contínua/de Especialização ÍNDICE 1- ENQUADRAMENTO... 3 2- OBJECTIVO GERAL... 4 3- OBJECTIVOS

Leia mais

UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA

UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA Acção de formação Módulo, curso, curso livre, curso multidisciplinar ou seminário realizado no âmbito da Educação Contínua ou da Aprendizagem

Leia mais

FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA

FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA 1 FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA O PROFISSIONAL FARMACÊUTICO O Farmacêutico é um profissional da

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA

CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA Coordenaçăo: Profª. MS. Mara Rosana dos Santos E-mail: nutricao@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 211 Ser Nutricionista É atuar em todas

Leia mais

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima:

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima: Acordo Ibérico entre Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU) e Universidade Alfonso X El Sabio de Madrid permite o ingresso de alunos licenciados em Ciências Biomédicas pela

Leia mais

Deliberação n.º 762/2003

Deliberação n.º 762/2003 Deliberação n.º 762/2003 de 27 de Maio Deliberação n.º 763/2003. - Por deliberação da Secção Permanente do Senado, em reunião de 5 de Fevereiro de 2003, foi aprovada a criação do curso de Mestrado em Ciências

Leia mais

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia (ou equivalente legal à licenciatura) 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia (ou equivalente legal à licenciatura) 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS EDITAL Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Terapia Manipulativa e Osteopatia 2.ª Edição 2014/2015 A Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 30-30 02

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 30-30 02 MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 30 30 60 04-2. Bioestatística Geral 30-30 02-3. Bioética 30-30 02-4. Biofísica 60-60 04-5. Citologia, Histologia e Embriologia

Leia mais

MEDICINA CHINESA APLICADA À FISIOTERAPIA

MEDICINA CHINESA APLICADA À FISIOTERAPIA MEDICINA CHINESA APLICADA À FISIOTERAPIA 27 e 28 de Setembro e 25 e 26 de Outubro de 2014 - PORTO Resumo A Medicina Chinesa (MC) tem por base o conhecimento das leis fundamentais que regem o funcionamento

Leia mais

enquadramento objectivos

enquadramento objectivos enquadramento O curso tem uma estrutura holística, integradora e procura trabalhar as competências da gestão de recursos humanos numa perspectiva de marketing interno no âmbito de temas marcadamente actuais,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR FORMAÇÃO SGS ACADEMY LOCAL: LISBOA, PORTO E FUNCHAL GRUPO SGS PORTUGAL O Grupo SGS Société Générale de Surveillance S.A é a maior

Leia mais

c) Conhecimentos aprofundados da função biológica, da anatomia e da fisiologia no domínio da obstetrícia e relativamente ao recém-nascido, bem como

c) Conhecimentos aprofundados da função biológica, da anatomia e da fisiologia no domínio da obstetrícia e relativamente ao recém-nascido, bem como Directiva 80/155/CEE do Conselho, de 21 de Janeiro de 1980, que tem por objectivo a coordenação das disposições legislativas, regulamentares e administrativas relativas ao acesso às actividades de parteira

Leia mais

Av. Francisco Samuel Lucchesi Filho, 770 Penha / Bragança Paulista - SP CEP: 12.929-600 Fone/Fax: (11) 4035 7800 / e-mail: faculdade@fesb.edu.

Av. Francisco Samuel Lucchesi Filho, 770 Penha / Bragança Paulista - SP CEP: 12.929-600 Fone/Fax: (11) 4035 7800 / e-mail: faculdade@fesb.edu. MATRIZ CURRICULAR SESTRAL DO CURSO DE NUTRIÇÃO 1º SESTRE CIÊNCIAS SOCIAIS, HUMANAS E ECONÔMICAS Biologia (Genética/Citologia/Evolução) 04 68 Microbiologia e Imunologia 02 34 Anatomia Humana 04 68 Histologia

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO

PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 1. Identificação do Curso Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Recursos Humanos 2. Destinatários Profissionais em exercício de funções na área de especialização do curso ou novos

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho ÍNDICE HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO... 3 OBJECTIVOS... 3 DESTINATÁRIOS... 3 INSCRIÇÕES E NÚMERO

Leia mais

FORMAÇÃO E ESTÁGIO COMPLEMENTAR

FORMAÇÃO E ESTÁGIO COMPLEMENTAR FORMAÇÃO E ESTÁGIO COMPLEMENTAR EM CURSO: MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Portaria nº 181/2014 de 12 de Setembro DOCENTES: VÁRIOS EQUADRAMENTO DA FORMAÇÃO Este curso destina-se a todos os profissionais de

Leia mais

A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório.

A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório. Licenciatura Cardiopneumologia Descrição A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório. O Cardiopneumologista é o profissional

Leia mais

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Medicina. 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS. 4.

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Medicina. 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS. 4. EDITAL Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Terapia Manipulativa e Osteopatia 1.ª Edição 2013/2014 A Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA 1.º OBJECTIVO Os Cursos de Pós-Graduação e Mestrados Executivos do ISLA Campus Lisboa são programas de estudos que visam

Leia mais

Regulamento de Estágios

Regulamento de Estágios Programa de Inserção Profissional Regulamento de Estágios Faculdade de Ciências Humanas Nos últimos anos, o ensino universitário tem vindo a integrar nos percursos formativos a realização de estágios curriculares

Leia mais

Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado

Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado Edital 4ª Edição 2012-2013 Barreiro, Julho de 2012 Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado 1 ENQUADRAMENTO A Pós-Graduação em Conservação

Leia mais

Perto de si, mudamos consigo! www.wechange.pt

Perto de si, mudamos consigo! www.wechange.pt Hotel Alvalade LUANDA 16 a 27 de RH Os Ciclos de RH, consistem em planos de desenvolvimento de competências no domínio da gestão de Recursos Humanos, nomeadamente ao nível das áreas de Selecção, Formação

Leia mais

NCE/10/01121 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/10/01121 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/10/01121 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universitas, Crl A.1.a. Descrição

Leia mais

Código IMP.EM.EE.37_00. Ano Lectivo: 2014/2015 I. PREÂMBULO

Código IMP.EM.EE.37_00. Ano Lectivo: 2014/2015 I. PREÂMBULO Ano Lectivo: 2014/2015 I. PREÂMBULO A Escola Superior de Saúde Egas Moniz (ESSEM), tutelada pela Egas Moniz Cooperativa de Ensino Superior, C.R.L., foi criada pelo decreto-lei 381/99 de 22 de Setembro,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 02/2011 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO Aprova a estrutura curricular do Curso de Nutrição, na modalidade bacharelado,

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA

PROPOSTA DE REGULAMENTO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA PROPOSTA DE REGULAMENTO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA De acordo com o art. 14 da Lei de Bases do Sistema Educativo e ao abrigo do Capítulo III do Decreto-Lei 74/2006, e para aprovação pelo Conselho

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO NAS DOENÇAS CRÔNICAS

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO FOTOGRAFIA DIGITAL E PÓS-PRODUÇÃO DE IMAGEM EDIÇÃO Nº 01/2012

FICHA TÉCNICA DO CURSO FOTOGRAFIA DIGITAL E PÓS-PRODUÇÃO DE IMAGEM EDIÇÃO Nº 01/2012 FICHA TÉCNICA DO CURSO FOTOGRAFIA DIGITAL E PÓS-PRODUÇÃO DE IMAGEM EDIÇÃO Nº 01/2012 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Fotografia Digital e Pós-produção de imagem. 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER O "Curso de Fotografia

Leia mais

MESOTERAPIA HOMEOPÁTICA

MESOTERAPIA HOMEOPÁTICA MESOTERAPIA HOMEOPÁTICA 26 e 27 de Setembro de 2014 Resumo A Mesoterapia consiste na micro-injecção intradérmica de pequenas quantidades de medicamentos em doses baixas nos locais a tratar. A Mesoterapia

Leia mais

Universidade do Algarve. Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente

Universidade do Algarve. Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente Universidade do Algarve Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente Licenciatura (1º Ciclo) em Engenharia do Ambiente: Duração: 3 anos Grau: Licenciatura Directores de Curso: Prof.ª Doutora Maria João Bebianno

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM NUTRIÇÃO

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM NUTRIÇÃO MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM PRIMEIRO PERÍODO / 1 O ANO CIÊNCIAS SOCIAIS, HUMANAS E CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Sociologia, Antropologia e Filosofia 2-40 Iniciação à Pesquisa em Nutrição 2-40 Leitura

Leia mais

Componente de Formação Técnica. Disciplina de

Componente de Formação Técnica. Disciplina de CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO Técnico de Multimédia PROGRAMA Componente de Formação Técnica Disciplina de Projecto e Produção Multimédia Escolas Proponentes / Autores Direcção-Geral de Formação

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DO CURSO DE BIOMEDICINA I. INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DO CURSO DE BIOMEDICINA I. INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DO CURSO DE BIOMEDICINA I. INTRODUÇÃO Este documento regulamenta os estágios obrigatórios e não obrigatórios do Curso de Bacharelado em Biomedicina visando à formação integral do

Leia mais

INFORMAÇÕES PARA A PÁGINA DA ESCOLA FRASE DE ABERTURA NOVOS TESTEMUNHOS DE EX-ALUNOS A INCLUIR

INFORMAÇÕES PARA A PÁGINA DA ESCOLA FRASE DE ABERTURA NOVOS TESTEMUNHOS DE EX-ALUNOS A INCLUIR INFORMAÇÕES PARA A PÁGINA DA ESCOLA FRASE DE ABERTURA De acordo com os últimos dados disponíveis do Observatório para a inserção profissional da Universidade Nova de Lisboa, a taxa de emprego dos alunos

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA GERAL/FCSES EDITAL Nº009/2010 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O 2º SEMESTRE DE 2010 A Secretária Geral da Faculdade

Leia mais

Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de

Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de boticários na Universidade de Coimbra. 1772: Reforma da

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO

FICHA TÉCNICA DO CURSO FICHA TÉCNICA DO CURSO AVALIAÇÃO DE BENS IMOBILIÁRIOS EDIÇÃO Nº01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Avaliação de Bens Imobiliários. 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER No final da formação, os participantes deverão

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCB UFV NUTRIÇÃO. COORDENADOR DO CURSO DE NUTRIÇÃO Gilberto Paixão Rosado gilberto@ufv.br

Currículos dos Cursos do CCB UFV NUTRIÇÃO. COORDENADOR DO CURSO DE NUTRIÇÃO Gilberto Paixão Rosado gilberto@ufv.br 88 NUTRIÇÃO COORDENADOR DO CURSO DE NUTRIÇÃO Gilberto Paixão Rosado gilberto@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 89 Bacharelado ATUAÇÃO O Nutricionista é um profissional de saúde, legal e tecnicamente

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO ARCHICAD 15 EDIÇÃO Nº 01/2013

FICHA TÉCNICA DO CURSO ARCHICAD 15 EDIÇÃO Nº 01/2013 FICHA TÉCNICA DO CURSO ARCHICAD 15 EDIÇÃO Nº 01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Archicad 15. 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER No final da formação o formando deverá ser capaz de criar a simulação de um edifício

Leia mais

REFLEXOLOGIA INTEGRADA

REFLEXOLOGIA INTEGRADA A ANUAL CURSO 2015 / 2016 REFLEXOLOGIA INTEGRADA DATAS: Outubro 2015 a Julho 2016 DURAÇÃO: 240h AULAS: Sábado e Domingo APRESENTAÇÃO A Reflexologia é uma terapia que se baseia no princípio da existência

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM FISIOTERAPIA-FORMAÇÃO FISIOTERAPEUTA

CURSO DE BACHARELADO EM FISIOTERAPIA-FORMAÇÃO FISIOTERAPEUTA CURSO DE BACHARELADO EM FISIOTERAPIA-FORMAÇÃO FISIOTERAPEUTA Coordenaçăo: Profª. Esp. Lidiane Alves Dias E-mail: fisioterapia@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 219 Conceito É uma ciência da Saúde

Leia mais

Curso de Educação e Formação em Desenho Assistido por Computador / Construção Civil

Curso de Educação e Formação em Desenho Assistido por Computador / Construção Civil Curso de Educação e Formação em Desenho Assistido por Computador / Construção Civil Saída Profissional: Operador CAD Certificação ao nível do 9º Ano / Nível II Laboral Bem-Vindo/a à FLAG! A FLAG é uma

Leia mais

FACULDADE DE PSICOLOGIA MATRIZ CURRICULAR 2013 1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 3º SEMESTRE

FACULDADE DE PSICOLOGIA MATRIZ CURRICULAR 2013 1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 3º SEMESTRE MATRIZ CURRICULAR 2013 1º SEMESTRE Psicologia Ciência e Profissão 4 60 12 Bases Filosóficas da Psicologia 4 72 0 Bases Sócio-Antropológicas da Psicologia 4 60 12 Anatomia Humana 4 36 36 Metodologia de

Leia mais

REGULAMENTO DO XLV CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR

REGULAMENTO DO XLV CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR REGULAMENTO DO XLV CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR 1. Introdução O Curso de Especialização em Administração Hospitalar (CEAH) da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) da Universidade

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PRÓTESE SOBRE IMPLANTES

REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PRÓTESE SOBRE IMPLANTES REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PRÓTESE SOBRE IMPLANTES 1. FINALIDADE O Curso de Especialização em Prótese sobre Implantes tem uma duração de 3 semestres e tem por finalidade a formação de técnicos

Leia mais

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.9 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora:

Leia mais

Curso internacional Especialização em Psicossomática e Epigenética em Psicoterapia

Curso internacional Especialização em Psicossomática e Epigenética em Psicoterapia Curso internacional Especialização em Psicossomática e Epigenética em Psicoterapia Instituição e Curso acreditado por: Lisboa Coimbra San Sebastian Barcelona Videos (Youtube) O que é a Psicoterapia Somática

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA /FCSES EDITAL Nº002/2013 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O 1º SEMESTRE DE 2013 A Secretária Geral da Faculdade Católica

Leia mais

Referencial de Qualificação para as Profissões nos Domínios da Massagem e da Fisioterapia na Europa

Referencial de Qualificação para as Profissões nos Domínios da Massagem e da Fisioterapia na Europa Portal ECVET para a Promoção e o Reconhecimento Mútuo das Profissões nos Domínios da Massagem e da Fisioterapia na Europa MaecVET 527 330-LLP-1-2012 1 DE-Leonardo-LMP Referencial de Qualificação para as

Leia mais

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO A APLICAR AOS 1 OS CICLOS

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO A APLICAR AOS 1 OS CICLOS REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO A APLICAR AOS 1 OS CICLOS DE ESTUDOS DOS CURSOS ADEQUADOS AO PROCESSO DE BOLONHA I Calendário e carga horária 1. O ano escolar tem início em Setembro e termina em

Leia mais

Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições

Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições 1980L0155 PT 31.07.2001 002.001 1 Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições B DIRECTIVA DO CONSELHO de 21 de Janeiro de 1980 que tem por objectivo a coordenação

Leia mais

No final do curso os formandos deverão realizar a gestão de uma IPSS, promovendo a sustentabilidade da instituição.

No final do curso os formandos deverão realizar a gestão de uma IPSS, promovendo a sustentabilidade da instituição. 1. OBJETIVOS GERAIS No final do curso os formandos deverão realizar a gestão de uma IPSS, promovendo a sustentabilidade da instituição. 2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Descrever a orgânica das Instituições Sociais;

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013

FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013 FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Especialização em Gestão de Projectos Nível 1 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER Este curso constitui

Leia mais

CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ)

CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ) INTEGRAÇÃO PROFISSIONAL DE TÉCNICOS SUPERIORES BACHARÉIS, LICENCIADOS E MESTRES CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ) GUIA DE CURSO ÍNDICE 1 - Objectivo do curso 2 - Destinatários 3 - Pré-requisitos

Leia mais

Curso Pós-graduado de Aperfeiçoamento B-LEARNING EM ENDODONTIA

Curso Pós-graduado de Aperfeiçoamento B-LEARNING EM ENDODONTIA UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DENTÁRIA Curso Pós-graduado de Aperfeiçoamento B-LEARNING EM ENDODONTIA (2013-2015) 1. FINALIDADE O Curso Pós-graduado de Aperfeiçoamento B-LEARNING EM ENDODONTIA

Leia mais

NCE/12/01121 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/12/01121 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/12/01121 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade Do Algarve A.1.a.

Leia mais

PROGRAMA CURRICULAR ESTÁGIO COMPLEMENTAR DE ACUPUNTURA PROGRAMA CURRICULAR CURSO: ACUPUNTURA. DOCENTES: Vários

PROGRAMA CURRICULAR ESTÁGIO COMPLEMENTAR DE ACUPUNTURA PROGRAMA CURRICULAR CURSO: ACUPUNTURA. DOCENTES: Vários PROGRAMA CURRICULAR CURSO: 2015 ACUPUNTURA DOCENTES: Vários EQUADRAMENTO DA FORMAÇÃO Este curso destina-se a todos os diplomados em Acupuntura que pretendam acrescentar ou reforçar os elementos/requisitos

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DOS MESTRADOS EM ENSINO - FORMAÇÃO DE PROFESSORES

REGULAMENTO INTERNO DOS MESTRADOS EM ENSINO - FORMAÇÃO DE PROFESSORES REGULAMENTO INTERNO DOS MESTRADOS EM ENSINO - FORMAÇÃO DE PROFESSORES Artigo 1º Âmbito O Regulamento interno dos mestrados em ensino formação inicial de professores aplica-se aos seguintes ciclos de estudo

Leia mais

FUNDAÇÃO MINERVA CULTURA ENSINO E INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA NOTA EXPLICATIVA

FUNDAÇÃO MINERVA CULTURA ENSINO E INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA NOTA EXPLICATIVA NOTA EXPLICATIVA DA AQUISIÇÃO DE COMPETÊNCIAS NO ÂMBITO DO 1º CICLO DE ESTUDOS DO CURSO DE LICENCIATURA/MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITECTURA, CONDUCENTE AO GRAU DE LICENCIADO EM CIÊNCIAS DA ARQUITECTURA.

Leia mais

Matriz Curricular. 1º Período Nome da disciplina

Matriz Curricular. 1º Período Nome da disciplina Matriz Curricular A grade curricular proposta para o Curso de Farmácia abrange três modalidades de disciplinas: disciplinas básicas, que serão comuns aos cursos de Bioquímica, Enfermagem e Medicina, disciplinas

Leia mais

Caracterização dos cursos de licenciatura

Caracterização dos cursos de licenciatura Caracterização dos cursos de licenciatura 1. Identificação do ciclo de estudos em funcionamento Os cursos de 1º ciclo actualmente em funcionamento de cuja reorganização resultam os novos cursos submetidos

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Segurança e Higiene no Trabalho Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/7 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO

Leia mais

Matriz Curricular Atual

Matriz Curricular Atual Faculdades INTA Centro de Ciências da Saúde Curso de Nutrição Matriz Curricular Atual (Em vigor desde Janeiro de 2012) NIVELAMENTO Nº 0 Português Instrumental 45-45 03-1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana I

Leia mais

REGULAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL

REGULAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL REGULAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL CURSOS LIVRES ACTIVIDADES EXTRACURRICULARES REGULAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL Artigo 1.º (Objecto e componentes)

Leia mais

SUPLEMENTO I SÉRIE ÍNDICE. Ministério da Educação e Ciência. Quarta-feira, 26 de setembro de 2012 Número 187

SUPLEMENTO I SÉRIE ÍNDICE. Ministério da Educação e Ciência. Quarta-feira, 26 de setembro de 2012 Número 187 I SÉRIE Quarta-feira, 26 de setembro de 2012 Número 187 ÍNDICE SUPLEMENTO Ministério da Educação e Ciência Portaria n.º 292-A/2012: Cria uma experiência-piloto de oferta formativa de cursos vocacionais

Leia mais

Relatório. Turística

Relatório. Turística Relatório anual de avaliação de curso Gestão do Lazer e da Animação Turística 2008 2009 Estoril, Março 200 Francisco Silva Director de Curso de GLAT Conteúdo Introdução... 3 2 Dados do Curso... 3 3 Avaliação

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DO 51º CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA

PLANO DE ESTUDOS DO 51º CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA PLANO DE ESTUDOS DO 51º CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA Janeiro de 2012 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESTINATÁRIOS... 4 3. FINALIDADE... 4 4. OBJECTIVOS GERAIS... 4 5. PLANO CURRICULAR... 5 6.

Leia mais

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Relatório Resumo Junho de 2012 Índice 1. Objectivo... 3 2. Enquadramento... 3 3. Trabalho realizado... 3 4. Dados síntese da Licenciatura

Leia mais

FFARM Faculdade de Farmácia

FFARM Faculdade de Farmácia FFARM Faculdade de Farmácia Secretaria: Prédio12 - Bloco A Fone: 3320-3512 E-mail: farmácia@pucrs.br www.pucrs.br/farmacia Departamentos: Análises Clínicas e Toxicológicas n.º 351 Desenvolvimento e Produção

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR 2013 / 2015

REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR 2013 / 2015 REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR 2013 / 2015 ÍNDICE 1. Introdução 1 2. Finalidades e objectivos educacionais 2 3. Organização interna do CEAH 2 4. Habilitações de acesso

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 81/2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Altera a Resolução nº. 46/2009 do CONSEPE, que aprova o Projeto Pedagógico do

Leia mais

Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança)

Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) 1 - Apresentação Grau Académico: Mestre Duração do curso: : 2 anos lectivos/ 4 semestres Número de créditos, segundo o Sistema

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS QUALITATIVOS Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS QUALITATIVOS Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular MÉTODOS QUALITATIVOS Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular MÉTODOS

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFESSORES. No. 06/ 2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFESSORES. No. 06/ 2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFESSORES No. 06/ 24 atribuições, O Diretor da Faculdade Maria Milza no uso das Faz saber que estão abertas as inscrições para o processo seletivo de professores, que será realizado

Leia mais

Universidade Nova de Lisboa ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA

Universidade Nova de Lisboa ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA REGULAMENTO O Regulamento do Curso de Especialização em Medicina do Trabalho (CEMT) visa enquadrar, do ponto de vista normativo, o desenvolvimento das actividades inerentes ao funcionamento do curso, tendo

Leia mais

Regulamento 2010/2011. Cursos de Treinadores de Futebol. Distrital (Nível I)

Regulamento 2010/2011. Cursos de Treinadores de Futebol. Distrital (Nível I) Regulamento 2010/2011 Cursos de Treinadores de Futebol (Nível I) 1.- ORGANIZAÇÃO A responsabilidade dos Cursos de Treinadores é da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), através do seu (SF), a quem compete

Leia mais

RESOLUÇÃO CA Nº 001/2013

RESOLUÇÃO CA Nº 001/2013 RESOLUÇÃO CA Nº 001/2013 Aprova a alteração na Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética, da Faculdade Independente do Nordeste. O Conselho Acadêmico - CA da Faculdade

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA FERNÃO DE MAGALHÃES. REGULAMENTO DOS CURSOS EFA Educação e Formação de Adultos. I - Objecto

ESCOLA SECUNDÁRIA FERNÃO DE MAGALHÃES. REGULAMENTO DOS CURSOS EFA Educação e Formação de Adultos. I - Objecto ESCOLA SECUNDÁRIA FERNÃO DE MAGALHÃES REGULAMENTO DOS CURSOS EFA Educação e Formação de Adultos I - Objecto O presente regulamento define a organização, desenvolvimento e acompanhamento dos Cursos de Educação

Leia mais

Organizados de acordo com referenciais de competências e de formação associados respectivas qualificações constantes do Catálogo Nacional de Qualificações ões, os Cursos de Educação e Formação de Adultos

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA-FORMAÇÃO ODONTÓLOGO

CURSO DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA-FORMAÇÃO ODONTÓLOGO CURSO DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA-FORMAÇÃO ODONTÓLOGO E-mail: odontologia@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 228 Objetivos do Curso Formar Odontólogo para atuar em todos os níveis de atenção

Leia mais

Novidade: Formação avançada

Novidade: Formação avançada Novidade: Formação avançada Lisboa Coimbra San Sebastian Barcelona Videos (Youtube) O que é a Psicoterapia Somática em Biossintese? https://www.youtube.com/watch?v=ugipdmfkd9w Psicoterapeuta Corporal:

Leia mais

Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Formação Pedagógica Inicial de Formadores Formação Pedagógica Inicial de Formadores MÓDULOS CARGA HORÁRIA Acolhimento 1 O formador face aos sistemas e contextos de formação 8 Factores e processos de aprendizagem 6 Comunicação e Animação de Grupos

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2010 1.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2010 1.ª SÉRIE Curso: Graduação: Regime: Duração: MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA TECNOLÓGICA SERIADO ANUAL MATUTINO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO

Leia mais

Curso de Técnico Auxiliar de Geriatria

Curso de Técnico Auxiliar de Geriatria Curso de Técnico Auxiliar de Geriatria Área de Formação: 762. Trabalho Social e Orientação O Técnico Auxiliar de Geriatria é o profissional com múltiplas competências para poder desempenhar as suas funções

Leia mais

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação A Ciência Viva tem como missão a difusão da Cultura Científica e Tecnológica apoiando acções dirigidas à promoção da Educação Científica e Tecnológica

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS. B) TEMPO ÚTIL (Carga Horária) = 3.840 H/AULA CURRÍCULO PLENO 1.

MATRIZ CURRICULAR SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS. B) TEMPO ÚTIL (Carga Horária) = 3.840 H/AULA CURRÍCULO PLENO 1. MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: NUTRIÇÃO BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁIMO = 7 (SETE)

Leia mais

Disciplina. Matemática - 1

Disciplina. Matemática - 1 FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA /FCSES EDITAL Nº00/204 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O º SEMESTRE DE 204 A Secretária Geral da Faculdade Católica

Leia mais

ANEXO 1 PERFIS DE PROFESSOR

ANEXO 1 PERFIS DE PROFESSOR ANEXO 1 PERFIS DE PROFESSOR EDITAL 162/2013 Curso Sem. Disciplina Perfil do Docente Administração 1º Teoria Geral da Administração Administração 1º Empreendedorismo Administração 1º Sociologia das Organizações

Leia mais

PRÉ-REQUISITOS (ESPECIFICAR CONTEÚDOS E, SE POSSÍVEL, DISCIPLINAS)

PRÉ-REQUISITOS (ESPECIFICAR CONTEÚDOS E, SE POSSÍVEL, DISCIPLINAS) 7.5. Disciplina Clínica Médica 4: Atenção Primária (Atual Medicina Geral de Adultos II (CLM006)) CÓDIGO DA DISCIPLINA ATUAL: CLM006 NOME ATUAL: Medicina Geral de Adultos II NOVO NOME: Clínica Médica 4:

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA UNIDADE CURRICULAR

REGULAMENTO INTERNO DA UNIDADE CURRICULAR REGULAMENTO INTERNO DA UNIDADE CURRICULAR DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL CURSOS LIVRES ACTIVIDADES EXTRA-CURRICULARES REGULAMENTO INTERNO DA UNIDADE CURRICULAR DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL Secção I Disposições

Leia mais

1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo

1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo 1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo 2. RAZÕES JUSTIFICATIVAS DA ACÇÃO: PROBLEMA/NECESSIDADE DE FORMAÇÃO IDENTIFICADO Esta formação de professores visa

Leia mais

Curso de Licenciatura em Higiene Oral

Curso de Licenciatura em Higiene Oral 2/2015 14 09 18 Conselho Pedagógico 14 04 7 18 Regimes de precedências, frequência e de faltas 1 - Regime de precedências Curso de Licenciatura em Higiene Oral 1º Ano/2º Semestre 2º Higiene Oral II Higiene

Leia mais

Uma Questão de Atitude...

Uma Questão de Atitude... Uma Questão de Atitude... Catálogo de Formação 2014 1 Introdução 3 Soluções de Formação 3 Áreas de Formação 4 Desenvolvimento Pessoal 5 Comercial 12 Secretariado e Trabalho Administrativo 15 Indústrias

Leia mais

Curso de Pós-Graduação em Acupunctura Contemporânea

Curso de Pós-Graduação em Acupunctura Contemporânea Curso de Pós-Graduação em Acupunctura Contemporânea Escola de Ciências da Saúde Universidade do Minho Setembro de 2012 a Janeiro de 2013 1 Apresentação e Objectivos do Curso Já não é necessário passar

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. Gestão Logística

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. Gestão Logística Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Sines Tecnopolo Pós-Graduação Gestão Logística Edital 1ª Edição 2012 1 Enquadramento Tem vindo a ser reconhecida, por políticas governamentais

Leia mais