Resultados da Vitrine Brasil / DCPAT 2009

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Resultados da Vitrine Brasil / DCPAT 2009"

Transcrição

1 Salão Vitrine Brasil Resultados da Vitrine Brasil / DCPAT 2009 Departamento de Qualificação, Certificação E de Produção Associada ao Turismo

2 Salão Vitrine Brasil AGRADECIMENTO AOS PARCEIROS do Desenvolvimento Agrário MDA do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC / Programa de Artesanato Brasileiro - PAB Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos - IBGM Secretarias Estaduais de Turismo SEBRAE Secretaria de Políticas para o Desenvolvimento / Programa de Regionalização Roteiros do Brasil Projeto:Turismo de Base Comunitária / Parceiro: Instituto Cultural Casa Brasil

3 Salão Vitrine Brasil Resultados da Comercialização Direta Quadro Evolutivo ESPAÇOS ARTESANATO R$ ,02 R$ ,52 R$ ,25 R$ ,37 AGRICULTURA FAMILIAR R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ , R$ ,00 R$ , R$ ,50 R$ ,02 R$ ,52 R$ ,25 R$ ,53 JOIAS MOSTRA GASTRONÔMICA MODA - TALETOS DO BRASIL Total R$ ,00 R$ ,70 -

4 Salão Vitrine Brasil Estimativa de Negócios Futuros ESPAÇOS ARTESANATO 2009 R$ ,00 AGRICULTURA FAMILIAR* R$ ,00 JOIAS R$ ,00 Total R$ ,00 * 20 empreendimentos responderam e 8 não responderam ao questionário

5 Salão Vitrine Brasil LOJAS DE ARTESANATO Itens para serem repensados na V Edição: Perda de vendas nas lojas de artesanato pela não utilização de máquinas para cartão de crédito; Número insuficiente de vendedores para atender a demanda de sábado e domingo. Lojas congestionadas. Ocorrência de pequenos furtos; Pouco comprometimento dos Estados BA, SE, PE, DF, MT, TO, RN e RJ no cumprimento dos horários para abertura das lojas; Comercialização PROIBIDA de alimentos dentro das lojas; Os artesanatos não foram bem selecionados. A curadoria deixou a desejar. Algumas orientações do manual para curadoria não foram seguidas.

6 Salão Vitrine Brasil Espaço SABER FAZER com VIVÊNCIAS Itens para serem repensados na V Edição: Localização: final da feira e distante das lojas de artesanato, o que prejudicou alguns artesãos na comercialização de seus produtos; Comercialização nas lojas: sábado e domingo - tumulto na agenda. Artesãos ficavam nas lojas e esqueciam os horários das apresentações ou realizavam trocas de turno com colega e não comunicavam a coordenação. Os Estados ( SP, RJ e MA) inscreveram artesãos extras na agenda e não compareceram nem comunicaram a ausência à coordenação; Estagiários: Os estagiários devem ser treinados no local do evento e devem participar da reunião preparatória junto com os artesãos; O serviço de limpeza prejudicou as trocas de turno. Uma única pessoa não atende duas SABER FAZER e Vivências; Vivências: aumentar o espaço para o próximo ano. Sucesso total!

7 Salão Vitrine Brasil AGRICULTURA FAMILIAR Itens para serem repensados na V Edição: Falta de caixa eletrônico no pavilhão; Alimentação mais barata para os expositores; Ir mais de uma pessoa por empreendimento; Aumentar espaço dos estandes e de circulação no mercado; Parceria com bancos para viabilizar depósitos das mercadorias comercializadas no evento; Aperfeiçoar logística para entrada de mercadoria no dia anterior ao Salão; Sacola de papelão em vez de sacola plástica; O serviço de som, mencionar Mercado da Agricultura Familiar.

8 Salão Vitrine Brasil MODAS TALENTOS DO BRASIL Itens a serem repensados na V Edição: Comercialização: Deixaram de vender porque não tinham máquina de cartão de crédito; Profissionais pouco qualificados: falta de simpatia das pessoas que estavam atendendo; Moda masculina: Reclamação por falta de roupa masculina.

9 Salão Vitrine Brasil Obrigada!!!

10 Salão Vitrine Brasil

11 Salão Vitrine Brasil

12 Salão Vitrine Brasil

13 Salão Vitrine Brasil

14 Salão Vitrine Brasil

15 Salão Vitrine Brasil

16 Salão Vitrine Brasil

17 Salão Vitrine Brasil

18 Salão Vitrine Brasil

19 Salão Vitrine Brasil

20 Salão Vitrine Brasil Obrigada!!! Coordenação Geral da Vitrine Brasil Contatos: (61) / 4565 / 4532

21 Salão Vitrine Brasil Até 2010!!!!

Vitrine Brasil. Salão do Turismo Roteiros do Brasil 2010. Vitrine Brasil

Vitrine Brasil. Salão do Turismo Roteiros do Brasil 2010. Vitrine Brasil Salão do Turismo Roteiros do Brasil 2010 Vitrine Brasil Área de promoção, exposição e comercialização de produtos associados ao turismo (artesanato, moda, produtos da agricultura familiar). Áreas Mercado

Leia mais

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL Trabalho apresentado no III ENECULT Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, realizado entre os dias 23 a 25 de maio de 2007, na Faculdade de Comunicação/UFBa, Salvador-Bahia-Brasil. METODOLOGIA

Leia mais

Atuação do Ministério do Turismo na Produção Associada ao Turismo

Atuação do Ministério do Turismo na Produção Associada ao Turismo Atuação do na Produção Associada ao Turismo Atuação do na Produção Associada ao Turismo Produção Associada ao Turismo É qualquer produção artesanal, industrial ou agropecuária que detenha atributos naturais

Leia mais

REGULAMENTO DA II CREDIART FEIRA INTEGRADA DE CRÉDITO E ARTESANATO

REGULAMENTO DA II CREDIART FEIRA INTEGRADA DE CRÉDITO E ARTESANATO REGULAMENTO DA II CREDIART FEIRA INTEGRADA DE CRÉDITO E ARTESANATO A Superintendência de Fundos, Investimentos e Incorporações (SFI), no uso de suas atribuições conferidas pelo Regimento Interno, bem como

Leia mais

PROPOSTA. Plano de Trabalho do Comitê Temático de APLs de Base Mineral 2011/ 2012.

PROPOSTA. Plano de Trabalho do Comitê Temático de APLs de Base Mineral 2011/ 2012. PROPOSTA Plano de Trabalho do Comitê Temático de APLs de Base Mineral 2011/ 2012. 1 Apresentação No campo da Política Nacional de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais (APLs), o Grupo de Trabalho Permanente

Leia mais

(*) Listagem fornecida pelo cliente

(*) Listagem fornecida pelo cliente 2 (*) Listagem fornecida pelo cliente 3 5 Sucesso . 6 7 8 9 10 11 Deve ser mantido das 14:00 às 20:00 hrs (na percepção da maioria da amostra, que não lembrava com segurança do horário de início e término

Leia mais

Salão de Negócios e. Fabricação de Acessórios do Vestuário, exceto para segurança e proteção.

Salão de Negócios e. Fabricação de Acessórios do Vestuário, exceto para segurança e proteção. Salão de Negócios e Empreendedorismo Inovador Fabricação de Acessórios do Vestuário, exceto para ç, p segurança e proteção. A MARCA Missão Oferecer aos seus clientes adornos a partir da fabricação, comercialização

Leia mais

SECRETARIA DA ECONOMIA CRIATIVA SEC. 6ª Conferência Brasileira de APLs Brasília, 3 de dezembro de 2014

SECRETARIA DA ECONOMIA CRIATIVA SEC. 6ª Conferência Brasileira de APLs Brasília, 3 de dezembro de 2014 SECRETARIA DA ECONOMIA CRIATIVA SEC 6ª Conferência Brasileira de APLs Brasília, 3 de dezembro de 2014 Ações 2013 Editais de Economia Criativa Prêmio Economia Criativa: Edital de fomento a iniciativas

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS W ARTE "SERRALHARIA E ESQUADRIA RAPOSÃO" Empreendedor(a): WALBER MACEDO DOS SANTOS

PLANO DE NEGÓCIOS W ARTE SERRALHARIA E ESQUADRIA RAPOSÃO Empreendedor(a): WALBER MACEDO DOS SANTOS PLANO DE NEGÓCIOS W ARTE "SERRALHARIA E ESQUADRIA RAPOSÃO" Empreendedor(a): WALBER MACEDO DOS SANTOS Maio/2013 SUMÁRIO 1 SUMÁRIO EXECUTIVO 1.1 Resumo dos principais pontos do plano de negócio 1.2 Empreendedores

Leia mais

DIA DOS PAIS 2015 SERÁ DE COMPRAS À VISTA E PRESENTES COM VALOR MÉDIO DE R$ 100

DIA DOS PAIS 2015 SERÁ DE COMPRAS À VISTA E PRESENTES COM VALOR MÉDIO DE R$ 100 VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 24.07.15 EDITORIA: ECONOMIA VEÍCULO: BLOG COMUNICAR DATA: 22.07.15 EDITORIA: ECONOMIA DIA DOS PAIS 2015 SERÁ DE COMPRAS À VISTA E PRESENTES COM VALOR MÉDIO DE R$ 100 22

Leia mais

Objetivo do Projeto Articular, organizar e animar uma Rede Nacional

Objetivo do Projeto Articular, organizar e animar uma Rede Nacional Objetivo do Projeto Articular, organizar e animar uma Rede Nacional de Comercialização Solidária constituída por empreendimentos econômicos comerciais feiras permanentes, lojas e centrais/centros públicos

Leia mais

Data: 23 e 24 de maio de 2013 Horário: 08h00-17h00 Centro de Convenções Rebouças. Av. Rebouças, 600 (estacionamento) Av. Dr.

Data: 23 e 24 de maio de 2013 Horário: 08h00-17h00 Centro de Convenções Rebouças. Av. Rebouças, 600 (estacionamento) Av. Dr. Data: 23 e 24 de maio de 2013 Horário: 08h00-17h00 Centro de Convenções Rebouças. Av. Rebouças, 600 (estacionamento) Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 23 (portaria 1) Cerqueira Cesar São Paulo - SP Todos

Leia mais

14ª Edição POMERODE. 26, 27 e 28 de Junho. Pavilhão de Eventos (Festa Pomerana)

14ª Edição POMERODE. 26, 27 e 28 de Junho. Pavilhão de Eventos (Festa Pomerana) 14ª Edição POMERODE 26, 27 e 28 de Junho Pavilhão de Eventos (Festa Pomerana) PROGRAMAÇÃO DO EVENTO DIA 26/06/2015 SEXTA-FEIRA Início às 19h e término às 22h - Apresentação Grupo Folclórico Alpino Germânico

Leia mais

Carta Projeto MDA N 001/2014 IPD Curitiba, 22 de abril de 2014. IPD - INSTITUTO DE PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO

Carta Projeto MDA N 001/2014 IPD Curitiba, 22 de abril de 2014. IPD - INSTITUTO DE PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO Carta Projeto MDA N 001/2014 IPD Curitiba, 22 de abril de 2014. IPD - INSTITUTO DE PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO CARTA DE SOLICITAÇÃO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARA EMPREENDIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR

Leia mais

Ata de Reunião. Data da Reunião: 02/07/2013 Horário: 10h00min às 18h00min Local: Apex Brasil.

Ata de Reunião. Data da Reunião: 02/07/2013 Horário: 10h00min às 18h00min Local: Apex Brasil. Ata de Reunião 1. IDENTIFICAÇÃO DA REUNIÃO Data da Reunião: 02/07/2013 Horário: 10h00min às 18h00min Local: Apex Brasil. Líder da Reunião: Regina Silvério Telefones: (61) 3426-0785 Ordem do dia: Reunião

Leia mais

Carta de São Paulo 1º FEIRATUR Feira Nacional de Turismo Rural

Carta de São Paulo 1º FEIRATUR Feira Nacional de Turismo Rural Carta de São Paulo 1º FEIRATUR Feira Nacional de Turismo Rural No período compreendido entre os dias 16 e 19 do mês de setembro de 2004, realizou-se a Primeira Feira Nacional do Turismo Rural - 1º FEIRATUR,

Leia mais

PLANO DE AÇÃO APLICADO NAS ORGANIZAÇÕES

PLANO DE AÇÃO APLICADO NAS ORGANIZAÇÕES Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins APLICADO NAS ORGANIZAÇÕES Belo Horizonte 2011 Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins APLICADO NAS ORGANIZAÇÕES Trabalho apresentado à disciplina

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR

CHAMADA DE SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR Carta Projeto MDA N 002/2012 IPD Curitiba, 13 de janeiro de 2012. IPD - INSTITUTO DE PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO CHAMADA DE SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR Chamada de Seleção de Empreendimentos

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS FIN 04 01 Vaga

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS FIN 04 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS FIN 04 01 Vaga 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria Financeira de conciliação das informações repassadas pelos

Leia mais

SECRETARIA NACIONAL DE PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO. Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo

SECRETARIA NACIONAL DE PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO. Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo SECRETARIA NACIONAL DE PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo Desenvolvimento do Turismo Promoção de Investimentos ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO Chamada para seleção de empreendimentos e/ou redes de empreendimentos para participação na Bio Brazil Fair 010 VI Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia

Leia mais

SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS

SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS OUTUBRO/2013 FECOMERCIO/TO Hugo de Carvalho Presidente Anselmo da Silva Moraes Vice Presidente Silmara Lustosa Ribeiro Superintendente INSTITUTO FECOMÉRCIO/TO Hugo de

Leia mais

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia Sessão Plenária 5: Programas Nacionais de Estímulo e Apoio às Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos Ana Lúcia Vitale Torkomian Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONS-MON 04-09. 01 Vaga

TERMO DE REFERÊNCIA CONS-MON 04-09. 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS-MON 04-09 01 Vaga 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria de pessoa física para aprimoramento das estratégias e metodologias

Leia mais

Edital para Exposição de Oportunidades de Negócios na 5ª Edição da SEMANA SEBRAE DE TECNOLOGIA E INOVAÇÃO 2015 I DA CONVOCAÇÃO II DO EVENTO

Edital para Exposição de Oportunidades de Negócios na 5ª Edição da SEMANA SEBRAE DE TECNOLOGIA E INOVAÇÃO 2015 I DA CONVOCAÇÃO II DO EVENTO I DA CONVOCAÇÃO O SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ, entidade associativa de direito privado, sem fins lucrativos, comunica e convida empresas do setor

Leia mais

AGENDA DA GERENTE E GESTÃO DA EQUIPE DE LOJA

AGENDA DA GERENTE E GESTÃO DA EQUIPE DE LOJA AGENDA DA GERENTE E GESTÃO DA EQUIPE DE LOJA Entregar a informação atrasada, cometer pequenos erros todos os dias, não conseguir atingir as metas, ter de resolver assuntos urgentes a todo o momento, entre

Leia mais

Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria

Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria Santa Maria, 15 de Outubro de 2012 Pauta: 1) Contexto da Economia Criativa no Brasil de acordo com o Plano da Secretaria da Economia Criativa

Leia mais

PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O DIA DAS MÃES

PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O DIA DAS MÃES PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O DIA DAS MÃES Macapá-AP, Abril de 2015 A Pesquisa sobre o potencial de compras para o dia das mães, foi realizada pelo IPDC/AP nos dias 22 e 24 de abril tem como

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria para promover estudos, formular proposições e apoiar as Unidades

Leia mais

Abra suas portas para oportunidades de bons negócios!

Abra suas portas para oportunidades de bons negócios! Abra suas portas para oportunidades de bons negócios! OBJETIVOS Objetivo Geral: Promover a realização de negócios entre os elos da cadeia produtiva e a capacitação dos profissionais do setor hoteleiro

Leia mais

COMUNICADO AOS CLIENTES Lei De olho no Imposto

COMUNICADO AOS CLIENTES Lei De olho no Imposto São Paulo, 23 de Maio de 2013. COMUNICADO AOS CLIENTES Lei De olho no Imposto Conforme é de conhecimento de V. Sas., a Presidente Dilma Rousseff sancionou a Lei nº 12.741/12, publicada no DOU em 10/12/2012,

Leia mais

PESQUISA SOBRE O POTENCIAL DE COMPRA PARA O DIA DAS MÃES

PESQUISA SOBRE O POTENCIAL DE COMPRA PARA O DIA DAS MÃES PESQUISA SOBRE O POTENCIAL DE COMPRA PARA O DIA DAS MÃES SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA... 4 Ilustração 1 - Consumidores que irão comprar algum produto para presentear no Dia das Mães...

Leia mais

Pólo de Gemas e Jóias do Estado do Pará

Pólo de Gemas e Jóias do Estado do Pará Pólo de Gemas e Jóias do Estado do Pará INTRODUÇÃO O Estado do Pará abriga a província mineral mais representativa do país. O território paraense possui a maior jazida de ferro do mundo, 80% das reservas

Leia mais

TURISMO. o futuro, uma viagem...

TURISMO. o futuro, uma viagem... TURISMO o futuro, uma viagem... PLANO NACIONAL DO TURISMO 2007-2010 OBJETIVOS Desenvolver o produto turístico brasileiro com qualidade, contemplando nossas diversidades regionais, culturais e naturais.

Leia mais

Boletim Fecomércio - TO

Boletim Fecomércio - TO SENAC traz ao Tocantins Projeto Talentos do Brasil Um projeto nacional, que foi criado para estimular a troca de conhecimentos entre cooperativas e grupos de artesãs de todo o Brasil, gerando emprego e

Leia mais

Conjunto de Realização Busca de Oportunidades e Iniciativa Exigência de Qualidade e Eficiência Correr Riscos Calculados Persistência Comprometimento

Conjunto de Realização Busca de Oportunidades e Iniciativa Exigência de Qualidade e Eficiência Correr Riscos Calculados Persistência Comprometimento O que é? Seminário de 80 horas em sala, aplicado num período de 9 dias, em regime de imersão; Metodologia trabalha, através de vivências, 10 Características do Comportamento Empreendedor (CCEs), que compreendem

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS DOS CURSOS DE QUALIFICAÇÃO E HABILITAÇÃO DAS ÁREAS: ADMINISTRAÇÃO, MODA E BELEZA E TURISMO E HOTELARIA DO SISTEMA SENAC

ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS DOS CURSOS DE QUALIFICAÇÃO E HABILITAÇÃO DAS ÁREAS: ADMINISTRAÇÃO, MODA E BELEZA E TURISMO E HOTELARIA DO SISTEMA SENAC ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS DOS CURSOS DE QUALIFICAÇÃO E HABILITAÇÃO DAS ÁREAS: ADMINISTRAÇÃO, MODA E BELEZA E 1 O projeto de pesquisa do Senac TURISMO E HOTELARIA DO SISTEMA SENAC O Centro de Análises,

Leia mais

SOLUÇÕES INOVADORAS PARA ORGANIZAÇÃO DOS ARRANJOS PRODUTIVOS DA AGRICULTURA FAMILIAR

SOLUÇÕES INOVADORAS PARA ORGANIZAÇÃO DOS ARRANJOS PRODUTIVOS DA AGRICULTURA FAMILIAR SOLUÇÕES INOVADORAS PARA ORGANIZAÇÃO DOS ARRANJOS PRODUTIVOS DA AGRICULTURA FAMILIAR As políticas públicas implementadas nos últimos anos têm consolidado a importância da agricultura familiar para a segurança

Leia mais

AdDIARY EXCHANGE PROGRAM REALIZAÇÃO PUCPR DE 09 A 21 DE OUTUBRO DE 2015 EDITAL PUCPR / 2015

AdDIARY EXCHANGE PROGRAM REALIZAÇÃO PUCPR DE 09 A 21 DE OUTUBRO DE 2015 EDITAL PUCPR / 2015 AdDIARY EXCHANGE PROGRAM REALIZAÇÃO PUCPR DE 09 A 21 DE OUTUBRO DE 2015 EDITAL PUCPR / 2015 O AdDIARY EXCHANGE PROGRAM, a ser desenvolvido por estudantes universitários da PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA

Leia mais

Memória de Reunião Grupo de Trabalho Permanente para Arranjos Produtivos Locais GTP APL 6ª REUNIÃO PLENÁRIA DO GTP APL

Memória de Reunião Grupo de Trabalho Permanente para Arranjos Produtivos Locais GTP APL 6ª REUNIÃO PLENÁRIA DO GTP APL Memória de Reunião Grupo de Trabalho Permanente para Arranjos Produtivos Locais GTP APL 6ª REUNIÃO PLENÁRIA DO GTP APL Data: 26/04/2006, quarta-feira Horário: 10h às 12h Local: sala 614, MDIC, Brasília/DF

Leia mais

COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS.

COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS. COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS. A Rio Quality existe com o objetivo de proporcionar a total satisfação dos clientes e contribuir para o sucesso de todos. Essa integração se dá através do investimento

Leia mais

INDUSTRIALIZAÇÃO POR ENCOMENDA: EFICIÊNCIA EM PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO. Desenvolvido por:

INDUSTRIALIZAÇÃO POR ENCOMENDA: EFICIÊNCIA EM PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO. Desenvolvido por: INDUSTRIALIZAÇÃO POR ENCOMENDA: EFICIÊNCIA EM PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO. Desenvolvido por: 2014 PRIMEIRA PARTE: DEFINIÇÃO E VANTAGENS O que é a industrialização por encomenda? É uma forma de ganhar eficiência

Leia mais

A agenda de inovação das micro e pequenas empresas e o desenvolvimento da cadeia de fornecedores

A agenda de inovação das micro e pequenas empresas e o desenvolvimento da cadeia de fornecedores A agenda de inovação das micro e pequenas empresas e o desenvolvimento da cadeia de fornecedores Reunião da Mobilização Empresarial pela Inovação São Paulo 05.11.2010 Micro e Pequenas Empresas no Brasil

Leia mais

Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Economia Solidária A Santa Maria que Queremos

Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Economia Solidária A Santa Maria que Queremos Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de A Santa Maria que Queremos Visão: Que Santa Maria e região sejam referências no fortalecimento de um novo modelo de organização e sustentabilidade da

Leia mais

Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2012

Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2012 Programa 2047 - Micro e Pequenas Empresas Número de Ações 10 Tipo: Operações Especiais 0473 - Honra de Aval decorrente de Garantia do Risco das Operações de Financiamento a Micro, Pequenas e Médias Empresas

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: PLANEJAMENTO

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: PLANEJAMENTO Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria PLANEJAMENTO CATEGORIA: PLANEJAMENTO Município de Florânia RN Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Leia mais

GESTÃO DOCUMENTAL. Mapeamento de processos P05 - Gestão Estratégica. Sub-processo Procedimento Gestão Instruções de Trabalho Impressos

GESTÃO DOCUMENTAL. Mapeamento de processos P05 - Gestão Estratégica. Sub-processo Procedimento Gestão Instruções de Trabalho Impressos Actualizado em: 81121 P5 - Gestão Estratégica Sub-processo Procedimento Gestão Instruções de Trabalho Impressos SP3 Planeamento e Revisão do Sistema IT 9 Planeamento e Análise 4 Programa de Objectivos

Leia mais

SALÃO DO TURISMO - ROTEIROS DO BRASIL

SALÃO DO TURISMO - ROTEIROS DO BRASIL SALÃO DO TURISMO - ROTEIROS DO BRASIL Estratégia de mobilização, promoção e comercialização dos roteiros turísticos desenvolvidos segundo as diretrizes e os princípios do Programa de Regionalização do

Leia mais

PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O NATAL

PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O NATAL PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O NATAL Macapá-AP, Dezembro de 2014 RESULTADOS DA PESQUISA O Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio do Estado do Amapá (IPDC), ligado a Fecomércio Amapá,

Leia mais

MANUAL DE EXPOSIÇÃO 1

MANUAL DE EXPOSIÇÃO 1 MANUAL DE EXPOSIÇÃO 1 INDICE 1 REGULAMENTO GERAL...3 1.1 DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO...3 1.2 MOVIMENTAÇÃO DE MERCADORIA...3 1.3 IDENTIFICAÇÃO/CRACHÁS...3 1.4 OBRIGAÇÕES DO EXPOSITOR...4 1.5 MONTAGEM...4

Leia mais

FRANCHISING JAIR PASQUALI

FRANCHISING JAIR PASQUALI FRANCHISING JAIR PASQUALI jair.pasquali@marisolsa.com PARTICIPAÇÃO DOS SEGMENTOS DE VAREJO RECEITA TOTAL DO COMÉRCIO VAREJISTA E DE VEÍCULOS Produtos farmacêuticos 5,7% Tecidos e artigos do vestuário 7,5%

Leia mais

Presidente do Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simões. Diretor-Presidente Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho

Presidente do Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simões. Diretor-Presidente Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho brasília-df 2012 2012. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, constitui violação

Leia mais

SEMINÁRIO NACIONAL DE BOAS PRÁTICAS DE ATER 1º A 3 DE DEZEMBRO DE 2015 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

SEMINÁRIO NACIONAL DE BOAS PRÁTICAS DE ATER 1º A 3 DE DEZEMBRO DE 2015 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL SEMINÁRIO NACIONAL DE BOAS PRÁTICAS DE ATER 1º A 3 DE DEZEMBRO DE 2015 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL www.emater.pr.gov.br O QUE É CONSÓRCIO EMPRESARIAL É a união de várias empresas, com a finalidade de realizar

Leia mais

3º Prêmio de Reabilitação e Readaptação Profissional

3º Prêmio de Reabilitação e Readaptação Profissional Instituição: SENAC Comunidade Categoria: Escolas de Educação Profissional Trabalho Eliminando barreiras, construindo pontes: A experiência do SENAC Comunidade na inclusão de pessoas com deficiência intelectual

Leia mais

PESQUISA SONDAGEM DE VENDAS DIA DOS PAIS 2014. Palmas - TO, 23 de agosto de 2014.

PESQUISA SONDAGEM DE VENDAS DIA DOS PAIS 2014. Palmas - TO, 23 de agosto de 2014. PESQUISA SONDAGEM DE VENDAS DIA DOS PAIS 2014 Palmas - TO, 23 de agosto de 2014. 2 EXPEDIENTE DE PESQUISA Corpo Docente UFT Colegiado do Curso de Graduação em Tecnologia Logística Campus de Araguaína Delson

Leia mais

UGE Unidade de Gestão Estratégica Área de Estudos e Pesquisas

UGE Unidade de Gestão Estratégica Área de Estudos e Pesquisas Pesquisa Setorial Supermercados Sebrae em em Goiás Conselho Deliberativo Marcelo Baiocchi Carneiro Presidente Diretoria Executiva Diretoria Executiva Manoel Xavier Ferreira Filho Diretor Manoel Superintendente

Leia mais

Plano Nacional de. Emergências Ambientais com Produtos Químicos Perigosos. Curso LíderesL

Plano Nacional de. Emergências Ambientais com Produtos Químicos Perigosos. Curso LíderesL Plano Nacional de Prevenção, Preparação e Resposta Rápida R a Emergências Ambientais com Produtos Químicos Perigosos Curso LíderesL Brasília, 20 de agosto de 2008 1 Como surgiu o P2R2 Histórico de ocorrência

Leia mais

Prestação de Contas Eleitorais 2010

Prestação de Contas Eleitorais 2010 Prestação de Contas Eleitorais 2010 Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Controle Interno e Auditoria Contas Eleitorais e Partidárias pcontas@tre-rs.gov.br Legislação

Leia mais

SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP

SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP O SEBRAE SP desenvolveu um Programa de Soluções Tecnológicas, cujo objetivo é de aumentar a competitividades e sustentabilidade dos Pequenos

Leia mais

SELEÇÃO DE PROJETOS. Feiras de Economia Solidária no Brasil. Brasília/DF, Maio de 2009 SENAES/MTE - UBEE/IMS N. 01/2009

SELEÇÃO DE PROJETOS. Feiras de Economia Solidária no Brasil. Brasília/DF, Maio de 2009 SENAES/MTE - UBEE/IMS N. 01/2009 SELEÇÃO DE PROJETOS Feiras de Economia Solidária no Brasil Brasília/DF, Maio de 2009 SELEÇÃO DE PROJETOS FEIRAS INTERNACIONAIS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA - UBEE/IMS N. 01/2009 1. APRESENTAÇÃO A União Brasileira

Leia mais

8º SALÃO DE TURISMO DO ESPÍRITO SANTO E 3º SALÃO DE ARTESANATO DO ESPÍRITO SANTO.

8º SALÃO DE TURISMO DO ESPÍRITO SANTO E 3º SALÃO DE ARTESANATO DO ESPÍRITO SANTO. 1 APRESENTAÇÃO DE CASOS/EXEMPLOS DE SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO ROTEIROS DO BRASIL 8º SALÃO DE TURISMO DO ESPÍRITO SANTO E 3º SALÃO DE ARTESANATO DO ESPÍRITO SANTO.

Leia mais

MARIANA IMPLEMENTA LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA

MARIANA IMPLEMENTA LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA INFORMATIVO DEZEMBRO DE 2013 Acesse também: www.mariana.gov.br MARIANA IMPLEMENTA LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA Promover a criação de um ambiente favorável para valorizar a micro e pequena empresa,

Leia mais

Período de exposição e funcionamento dos Quiosques

Período de exposição e funcionamento dos Quiosques Chamamento Público para empreendimentos da agricultura familiar que tenham a intenção de participar dos Quiosques Brasil Orgânico e Sustentável durante os dias 11 a 27/06 em 10 cidades sedes da Copa de

Leia mais

Hospede sua marca no único hotel funcional dentro da Equipotel

Hospede sua marca no único hotel funcional dentro da Equipotel Inspirado no sucesso do Espaço Gestão Cozinha Profissional, que há dois anos consolidou-se como sucesso de público e de visitação na FISPAL Food Service, a revista Hotelaria Profissional seguirá os mesmos

Leia mais

ANEXO 2 PLANO DE INVESTIMENTO E GESTÃO SOCIOAMBIENTAL - MODELO 1.1 SUMÁRIO EXECUTIVO 1.2 IDENTIFICAÇÃO

ANEXO 2 PLANO DE INVESTIMENTO E GESTÃO SOCIOAMBIENTAL - MODELO 1.1 SUMÁRIO EXECUTIVO 1.2 IDENTIFICAÇÃO PLANO DE INVESTIMENTO E GESTÃO SOCIOAMBIENTAL MODELO Descrição da Proposta 1.1 SUMÁRIO EXECUTIVO Objetivos Resultados Esperados Estratégia de Ação Nome da Entidade 1.2 IDENTIFICAÇÃO Razão Social CGC/CNPJ

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO CULTURAL E LINGUÍSTICO ENTRE A PUCPR E UFPR COM OS INSTITUTOS EDUCACIONAIS TAKAHASHI E KAKE 29 DE JUNHO A 22 DE JULHO DE 2015

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO CULTURAL E LINGUÍSTICO ENTRE A PUCPR E UFPR COM OS INSTITUTOS EDUCACIONAIS TAKAHASHI E KAKE 29 DE JUNHO A 22 DE JULHO DE 2015 PROGRAMA DE INTERCÂMBIO CULTURAL E LINGUÍSTICO ENTRE A PUCPR E UFPR COM OS INSTITUTOS EDUCACIONAIS TAKAHASHI E KAKE 29 DE JUNHO A 22 DE JULHO DE 2015 EDITAL PUCPR / 2015 O intercâmbio entre estudantes

Leia mais

Seleção de Empresas para participação em Missões Empresariais em Mercado Internacional:

Seleção de Empresas para participação em Missões Empresariais em Mercado Internacional: CHAMADA EMPRESARIAL N o 01/2014 Seleção de Empresas para participação em Missões Empresariais em Mercado Internacional: Canton Fair China e Feira SIAL Paris Dando continuidade às ações do Programa de Competitividade

Leia mais

EDIÇÃO RIO DO SUL 29, 30 E 31 DE MAIO CENTRO DE EVENTOS HERMANN H. PURNHAGEN

EDIÇÃO RIO DO SUL 29, 30 E 31 DE MAIO CENTRO DE EVENTOS HERMANN H. PURNHAGEN EDIÇÃO RIO DO SUL 29, 30 E 31 DE MAIO CENTRO DE EVENTOS HERMANN H. PURNHAGEN PAUTA Programação da Feira de Oportunidades; Comunicação do evento; Informações sobre os estandes; Dicas de como se preparar

Leia mais

SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV

SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV Realizar projetos para destinação de resíduos sólidos * Meio Ambiente Desenvolver programas de educação ambiental Apresentar pequenos e médios projetos de recuperação (seqüestro

Leia mais

ezshopping Suíte de comércio eletrônico Características gerais do sistema

ezshopping Suíte de comércio eletrônico Características gerais do sistema Suíte de comércio eletrônico Características gerais do sistema Conteúdo Conteúdo... 2 A WebSolve... 3 Seu parceiro de comércio eletrônico... 3 Por que WebSolve ezshopping?... 4 Lista de características...

Leia mais

Pronatec Resultados e Perspectivas. Marco Antonio de Oliveira Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Brasília, 04 de dezembro de 2012

Pronatec Resultados e Perspectivas. Marco Antonio de Oliveira Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Brasília, 04 de dezembro de 2012 Pronatec Resultados e Perspectivas Marco Antonio de Oliveira Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Brasília, 04 de dezembro de 2012 Resultados 2011-2012 Iniciativas CURSOS TÉCNICOS Vagas Previstas

Leia mais

PROGRAMA: AP A R P E R N E D N E D N E D N O D O LO L G O Í G ST S I T CA C

PROGRAMA: AP A R P E R N E D N E D N E D N O D O LO L G O Í G ST S I T CA C PROGRAMA: APRENDENDO LOGÍSTICA APRESENTAÇÃO A proposta foi construída a partir do Programa de Qualificação Técnica Profissional - SEDU. Os empresários do Conselho de Logística concordam que a grade curricular

Leia mais

Sistema de Gestão Estratégica

Sistema de Gestão Estratégica Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria de Desenvolvimento Territorial Sistema de Gestão Estratégica Avaliação de Projetos de Investimento Brasília, setembro de 2011 Avaliação de Projetos de Investimento

Leia mais

Projeto PODEMOS MAIS E MELHOR

Projeto PODEMOS MAIS E MELHOR Projeto PODEMOS MAIS E MELHOR Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: "PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO

Leia mais

Sistema Indústria. 28 Áreas de atuação 730 Unidades de Operação 4 Milhões de matrícula/ano (2014), mais de 57 milhões de alunos capacitados

Sistema Indústria. 28 Áreas de atuação 730 Unidades de Operação 4 Milhões de matrícula/ano (2014), mais de 57 milhões de alunos capacitados Sistema Indústria CNI 27 Federações de Indústrias 1.136 Sindicatos Associados 622.874 Indústrias SENAI SESI IEL 28 Áreas de atuação 730 Unidades de Operação 4 Milhões de matrícula/ano (2014), mais de 57

Leia mais

Gestão Comunitária de Resíduos Orgânicos subsídios para implementação de projetos

Gestão Comunitária de Resíduos Orgânicos subsídios para implementação de projetos Gestão Comunitária de Resíduos Orgânicos subsídios para implementação de projetos Agentes de uma Revolução... Grupo Gestor tem o objetivo de promover o início das atividades, organizar a equipe que irá

Leia mais

PRONAF SUSTENTÁVEL PLANO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA UNIDADE FAMILIAR

PRONAF SUSTENTÁVEL PLANO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA UNIDADE FAMILIAR PRONAF SUSTENTÁVEL PLANO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA UNIDADE FAMILIAR ANTECEDENTES DO PRONAF SUSTENTÁVEL RESGATANDO OS OBJETIVOS DO PRONAF... Estimular o incremento ordenado dos investimentos rurais,

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS CONSELHO DE ALTOS ESTUDOS E AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA GRUPO DE ESTUDOS SOBRE A CAPACITAÇÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SEBRAE

CÂMARA DOS DEPUTADOS CONSELHO DE ALTOS ESTUDOS E AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA GRUPO DE ESTUDOS SOBRE A CAPACITAÇÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SEBRAE CÂMARA DOS DEPUTADOS CONSELHO DE ALTOS ESTUDOS E AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA GRUPO DE ESTUDOS SOBRE A CAPACITAÇÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SEBRAE Brasília, 18 de maio de 2010. MPE? Conceituação Brasil REPRESENTATIVIDADE

Leia mais

CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CASOS/EXEMPLOS DE SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO ROTEIROS DO BRASIL

CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CASOS/EXEMPLOS DE SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO ROTEIROS DO BRASIL CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CASOS/EXEMPLOS DE SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO ROTEIROS DO BRASIL Considerações Gerais Para comemorar os cinco anos do Programa de Regionalização

Leia mais

PROJETO EXPORTAR BRASIL

PROJETO EXPORTAR BRASIL CNPJ: 10692.348/0001-40 PROJETO EXPORTAR BRASIL Apresentação da GS Educacional A GS Educacional faz parte de um grupo que trabalha há vários anos com cursos e serviços na área de comércio exterior e vem

Leia mais

OBJETIVO CARACTERIZAÇÃO

OBJETIVO CARACTERIZAÇÃO OBJETIVO Incrementar a economia digital do Estado de Alagoas e seus benefícios para a economia local, através de ações para qualificação, aumento de competitividade e integração das empresas e organizações

Leia mais

O Advogado sem fronteiras

O Advogado sem fronteiras O Advogado sem fronteiras Até 201 8 100 os Tribunais devem estar com das ações no PJe A lei que prevê o processo eletrônico é de 2006. Mas Minas Gerais iniciou a implantação do sistema somente seis anos

Leia mais

Projeto. Das Roças e Florestas dos Povos e Comunidades Tradicionais e da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar

Projeto. Das Roças e Florestas dos Povos e Comunidades Tradicionais e da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Projeto Das Roças e Florestas dos Povos e Comunidades Tradicionais e da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Nutritivo para alimentação escolar Nutrição como Sustento e Sustentabilidade Nutrimento

Leia mais

Programas de Apoio à Exportação

Programas de Apoio à Exportação INTERCÂMBIO COMERCIAL BRASIL / MERCOSUL Programas de Apoio à Exportação ENCOMEX JARAGUÁ DO SUL Flávio Martins Pimentel Coordenação-Geral de Programas de Apoio à Exportação MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO,

Leia mais

Reconstruir: projetos de apoio às micro e pequenas empresas atingidas em situações de desastres climáticos A atuação do Sebrae

Reconstruir: projetos de apoio às micro e pequenas empresas atingidas em situações de desastres climáticos A atuação do Sebrae Reconstruir: projetos de apoio às micro e pequenas empresas atingidas em situações de desastres climáticos A atuação do Sebrae Dezembro de 2011 Objetivo Geral Promover o atendimento imediato às necessidades

Leia mais

Compromissos com o Meio Ambiente e a Qualidade de Vida Agenda Socioambiental para o Desenvolvimento Sustentável do Amapá

Compromissos com o Meio Ambiente e a Qualidade de Vida Agenda Socioambiental para o Desenvolvimento Sustentável do Amapá Compromissos com o Meio Ambiente e a Qualidade de Vida Agenda Socioambiental para o Desenvolvimento Sustentável do Amapá Eu, ( ) (sigla do partido) me comprometo a promover os itens selecionados abaixo

Leia mais

SEMIÁRIDOSHOW Edição 2011

SEMIÁRIDOSHOW Edição 2011 SEMIÁRIDOSHOW Edição 2011 Tecnologias Agrícolas: Água e Produção de Alimentos na Agricultura Familiar. De 22 a 25 de agosto de 2011 Local: Embrapa Transferência de Tecnologia BR 122 Km 50 (BR 428 Km 148)

Leia mais

POLÍTICA COMERCIAL. COMO COMPRAR: 1. Cadastrando-se como Cliente 2. Obrigatoriedade para compra

POLÍTICA COMERCIAL. COMO COMPRAR: 1. Cadastrando-se como Cliente 2. Obrigatoriedade para compra 1 POLÍTICA COMERCIAL Para realizar um excelente atendimento e garantir uma ótima experiência de compra aos nossos clientes, nos preocupamos com todos os detalhes que envolvem a venda. E um quesito ao qual

Leia mais

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA ASSUNTOS TRATADOS Cartilha sobre produtos e serviços bancários para Micro e Pequenos Empresários Apresentação dos cases de sucesso e fracasso no setor da Construção Civil Notícias sobre o Fórum Permanente

Leia mais

CAMPANHA CURSOS BEAUTY HAIR DAY JORNAL EXTRA REGULAMENTO

CAMPANHA CURSOS BEAUTY HAIR DAY JORNAL EXTRA REGULAMENTO CAMPANHA CURSOS BEAUTY HAIR DAY JORNAL EXTRA REGULAMENTO 1. Esta campanha é uma promoção realizada em parceria pela INFOGLOBO COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. (Infoglobo), empresa sediada na capital do

Leia mais

PORTFOLIO. Os valores que permeiam o trabalho da Prisma são:

PORTFOLIO. Os valores que permeiam o trabalho da Prisma são: PORTFOLIO A Prisma Consultoria é uma empresa voltada para o marketing de destinos, produtos, serviços e instituições, com foco em planejamento, gestão de produto, comunicação, comercialização e inovação

Leia mais

Descrição do Sistema de Franquia. Histórico do Setor. O Fórum Setorial de Franquia

Descrição do Sistema de Franquia. Histórico do Setor. O Fórum Setorial de Franquia Descrição do Sistema de Franquia Franquia é um sistema de distribuição de produtos, tecnologia e/ou serviços. Neste sistema uma empresa detentora de know-how de produção e/ou distribuição de certo produto

Leia mais

Curso Gratuito Operador de Caixa

Curso Gratuito Operador de Caixa Acredite no seu potencial, bons estudos! Curso Gratuito Operador de Caixa Carga horária: 35hs 1 Conteúdo Introdução Conhecendo a empresa, seus produtos, serviços e pagamentos Controle interno e fluxo de

Leia mais

QUEM SOMOS Brasil Brokers Brasil Brokers Brasil Brokers Brasil Brokers

QUEM SOMOS Brasil Brokers Brasil Brokers Brasil Brokers Brasil Brokers QUEM SOMOS O maior e mais completo grupo de venda de imóveis do país. Assim é a Brasil Brokers. Formado por 26 imobiliárias líderes em 16 estados, o grupo conta com mais de 17 mil corretores altamente

Leia mais

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS PEQUENOS negócios no BRASIL 99% 70% 40% 25% 1% do total de empresas brasileiras da criação de empregos formais da massa salarial do PIB das exportações

Leia mais

CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Elias S. Assayag eassayag@internext.com.br Universidade do Amazonas, Departamento de Hidráulica e Saneamento da Faculdade

Leia mais

EDITAL PUCPR / 2013. Dele participarão até vinte (20) estudantes da PUCPR. A. OBJETIVOS:

EDITAL PUCPR / 2013. Dele participarão até vinte (20) estudantes da PUCPR. A. OBJETIVOS: PROGRAMA ENGLISH AS A SECOND LANGUAGE FOR HEALTH SCIENCES STUDENTS ENTRE A PUCPR E A UNIVERSITY OF NORTH CAROLINA WILMINGTON, USA DE 12 DE JANEIRO E 01 DE FEVEREIRO DE 2014 EDITAL PUCPR / 2013 O PROGRAMA

Leia mais

ÍNDICE I APRESENTAÇÃO... 2 OBJETIVOS DO PROGRAMA GERAL... 3 ESPECÍFICOS... 3 III CONTRATO DE TRABALHO... 4 IV CARGA HORÁRIA... 5

ÍNDICE I APRESENTAÇÃO... 2 OBJETIVOS DO PROGRAMA GERAL... 3 ESPECÍFICOS... 3 III CONTRATO DE TRABALHO... 4 IV CARGA HORÁRIA... 5 ÍNDICE I APRESENTAÇÃO... 2 II OBJETIVOS DO PROGRAMA GERAL... 3 ESPECÍFICOS... 3 III CONTRATO DE TRABALHO... 4 IV CARGA HORÁRIA... 5 V DIREITOS DO APRENDIZ... 5 VI DEVERES DO APRENDIZ... 6 VII FREQUÊNCIA...

Leia mais

A BRASIL BROKERS EM RESUMO

A BRASIL BROKERS EM RESUMO QUEM SOMOS O maior e mais completo grupo de venda de imóveis do país. Assim é a Brasil Brokers. Formado por 27 imobiliárias líderes em 16 estados, o grupo contacom mais de 17 mil corretores altamente qualificados.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 045/2015

PROCESSO SELETIVO Nº 045/2015 PROCESSO SELETIVO Nº 045/2015 REDE NACIONAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA E FEMINISTA A GUAYÍ, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, sediada na Rua José do Patrocínio 611, Bairro Cidade Baixa, Porto

Leia mais