O jornal das Comunidades lusófonas de França, editado por CCIFP Editions, da Câmara de Comércio e Indústria Franco Portuguesa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O jornal das Comunidades lusófonas de França, editado por CCIFP Editions, da Câmara de Comércio e Indústria Franco Portuguesa"

Transcrição

1 Edition nº 102 Série II, du 07 novembre 2012 Hebdomadaire Franco-Portugais G R A T U I T PUB O jornal das Comunidades lusófonas de França, editado por CCIFP Editions, da Câmara de Comércio e Indústria Franco Portuguesa 06 o empresário isidro fartaria foi nomeado pelo Governo português cônsul Honorário de Portugal em clermont-ferrand. Edition F R A N C E fr Media. Os órgãos de comunicação social portugueses na diáspora juntaramse e decidiram constituir uma plataforma de partilha de conteúdos. 06 Social. A Obra católica portuguesa das migração organizou um encontro em Fátima para debater o acompanhamento social das Comunidades Ensino. Afinal a Propina para quem aprenda português no estrangeiro só vai ser aplicada a partir do próximo ano letivo. Associações. A União luso-franco-europeia de Dijon organizou uma Semana cultural portuguesa com a presença de muitas personalidades. Televisão lusófona vai nascer em Paris Criada por Pascal Albertini e outros profissionais da televisão Bomdia.lu / Ricardo Silva PUB

2 02 opinião le 07 novembre 2012 Pergunta do leitor Chronique d opinion un musulman c est quoi? Henri de carvalho Écrivain à L Isle Jourdain Pergunta: Senhor Diretor, O seu mail foi-me indicado por uma pessoa quando fazia pesquisa na Internet sobre clubes de emigrantes portugueses em França. Sou português. Licenciado. Estou com intenção de emigrar para França. Tenho um amigo que me pode alojar que disse, se bem percebi, que, enquanto licenciado, e depois de 3 meses de estar a residir em França poderei pedir o RSA, enquanto não tiver emprego nem receber subsídio de desemprego e que é de 500 euros. É verdade? Deu-me a entender que os licenciados podem pedir o RSA enquanto não têm dossier no Centro de emprego? Agradeço se me puder esclarecer estas dúvidas e outras relacionadas. Rui Sousa ( ) resposta: Caro leitor, De uma certa forma o seu mail choca-me. Emigrar com o objetivo de recorrer à assistência social noutro país está efetivamente no oposto daqueles milhares de emigrantes que escolheram a França para trabalhar e que depunham no trabalho, a esperança de concretizar sonhos. Temos recebido no LusoJornal dezenas, centenas até, de pedidos de emprego. Alguns gostariam de trabalhar no LusoJornal, outros pedem-nos contactos de empresas que os possam empregar. Infelizmente, as nossas possibilidades de ajuda são muito poucas. Mas prefiro mil vezes responder a essas pessoas. Não leve a mal. Carlos Pereira, Diretor do LusoJornal Envie a sua pergunta para: Todas as semanas, estamos ao seu lado Je suis né au Portugal, au fin fond de cette vieille Europe, avec son Vatican et ses chrétientés, et où j ai fait mon école primaire et commencé à travailler, encore enfant. A vingt ans j ai émigré en France, non seulement pour mieux gagner ma vie, sur les chantiers du bâtiment, mais aussi pour accéder à la libre expression, c est-à-dire: à la possibilité de dire tout haut ce que je pensais tout bas, au lieu de laisser ce privilège unique à ceux qui essayaient de me dicter ce qui est sacré et universel. C est ainsi que, dès ma petite enfance, j ai intégré, par imprégnation permanente, deux grandes notions, une vraie et une fausse: La première, concernait l amour naturel, par entrailles interposé et le profond attachement affectif au village, à l école et au terroir où je suis né. A tel point que Lisbonne et Porto me semblaient des contrées lointaines, et le Portugal, au centre du monde, avait la dimension d un continent! La fausse avait pour but, à travers des lectures, leçons et prêches, à me faire accréditer l absolue et immuable idée que la religion catholique était la seule, certifiée conforme et dûment labélisée par Dieu en personne et ses plus éminents émissaires. Au-delà, il n y avait que des athées en pleine dégénérescence morale, ainsi que des impies et des impurs qu il fallait CARICATURA DA SEMANA Por Gon Cristiano Ronaldo continua a sonhar vir a Paris, mais uma vez, para levar para casa mais uma Bota de Ouro! convertir ou combattre à tout prix. Plus encore, on a fait de moi un pratiquant austère et sévère, au bord de l intolérance, à tel point que c était de ma libre volonté que je m agenouillais dans les temples, à même le sol froid et humide, afin d adorer Dieu. Comme si mes genoux étaient la voix ou les caches hypocrites, de mon propre cœur! Plus je m engouffrais dans ma religion, plus l intolérance me réduisais le champ de vision avec ses lourdes œillères, en me demandant pertinemment à quoi pouvaient servir les autres religions, composées, d après l assemblage des demi-mots, au mieux: des pauvres ignares dans les chemins de perdition; au pire: des suppôts du démon. Personne ne m avait jamais expliqué, dans ma jeunesse, que les autres religions étaient autant respectables, car constituées d hommes et de femmes, recherchant par des approches différentes, à gravir la montagne sacrée, afin d accéder à un peu de Lumière, de Connaissance et enfin d Espérance. C est bien plus tard, au contact dialectique avec des pratiquants d autres religions que j ai pu comprendre que Rome (comme d autres hauts lieux de pèlerinage ) ne pouvaient être le but ultime sur terre, où tous les chemins doivent converger pour avoir la «grâce», et que ma chère religion catholique, était soumise, comme toutes les communautés sociales ou religieuses, aux dures et inexorables lois des hommes, surtout des détenteurs de pouvoir. Je voyais dans ma religion, ceux qui restaient dans le giron par simple repère sociétal, mais ayant opté pour un peu de liberté concernant les diverses lectures du dogme, ont fini par en prendre autant de distances, tout en se sentant aussi heureux que ceux qui pratiquaient les cultes assidument. Mais il y avait aussi une frange très minoritaire et extrémiste, épousant intimement les thèses les plus violentes, au nom de la pureté mystique, d une xénophobie religieuse, à l instar d autres, faisant des descentes barbares sur des émigrés. A tel point que la honte et la nausée me serraient le cœur à chaque drame, si promptement médiatisé, car un amalgame sur la tête, quel qu il soit, est un anathème bien douloureux. Puis la lassitude envers tous ces gens, dans ma religion comme dans les autres, qui fixent l avenir des hommes dans le passé, sans aucun rendezvous pour l avenir, hormis le paradis pour les uns et l enfer pour les autres! Un passé figé par des scribes d époque, déjà tournés, eux aussi, vers le passé. C est en lisant des livres d Histoire que j ai appris que ma religion avait commis dans le passé, par l entremise de quelques branches, aussi pourries qu extrémistes à la recherche de pouvoir, de graves et honteuses exactions, contre des communautés qui pensaient autrement ou qui avaient une autre culture, m invitant ainsi à constater les décalages dans le temps (plusieurs siècles), dans l évolution de chaque religion par rapport à ses sœurs (religions du livre ou révélées), ou de ses cousines (religions non révélées). Combien de fois ma religion n a-t-elle pas été instrumentalisée par des ambitions politiques, au service du pouvoir et de l or? Comme partout: protection et confort pour les riches et puissants; délaissement pour les pauvres. Mais là, ce n est plus d une religion qu il s agit, mais d une déviation morale, perverse et ignoble. Quelques fois, pourtant, je me sentais bien dans l égrégore de ceux qui communiaient la même aspiration de liberté et de spiritualité, en me disant: La vérité vient de ton Seigneur. Croit qui veut, doute qui veut. Cela me rassérénait un peu, mais aussi des moments de solitude, coincé entre un doute qui frappe à la porte, et la fenêtre qui reste fermée de l extérieur, par les devoirs, les serments, les pressions de famille ou de groupe, voire même la peur de l opprobre. Il était 13 heures. Dans la cabane de chantier qui nous servait de loge pendant les repas, avec mes collègues chrétiens et musulmans, y compris Chan l hindou, nous nous apprêtions à reprendre le travail. Pas de théologiens, ni de prêcheurs ni de métaphysiciens! Nous éprouvions juste un silencieux besoin, chacun de nôtre côté, de rentrer chez soi, et balayer devant nos portes, les tas de gravats et de conformismes qui s y accumulaient, nous empêchant de voir un peu plus loin et de respirer. Nous nous retrouvions comme des miroirs les uns des autres. Nos Histoires et nos emmerdes étant finalement les mêmes. A un rituel près, c est tout cela aussi un musulman. PUB LusoJornal. Le seul hebdomadaire franco-portugais d information Édité par: CCIFP Editions SAS, une société d édition de la Chambre de commerce et d industrie franco-portugaise. N siret: Represéntée par: Carlos Vinhas Pereira Directeur: Carlos Pereira Collaboration: Alfredo Cadete, Alfredo Lima, António Marrucho, Aurélio Pinto, Carla Fernandes (Juridique), Carlos dos Reis, Clara Teixeira, Cindy Peixoto (Strasbourg), Cristina Branco, Daniela Fernandes (Juridique), Dominique Stoenesco, Duarte Pereira (Cyclisme), Edite Fonseca, Gonçalo Pedro, Henri de Carvalho, Inês Vaz (Nantes), Jean-Luc Gonneau (Fado), Joana Valente (Alpes), Joaquim Pereira, Jorge Campos (Lyon), José Manuel dos Santos (Arles), José Paiva (Orléans), Julien Milhavet, Luis Horta, Manuel Martins, Manuel do Nascimento, Maria Fernanda Pinto, Mário Cantarinha, Mário Loureiro, Mickael Cordeiro de Oliveira, Natércia Gonçalves (Clermont-Ferrand), Nathalie de Oliveira, Nuno Gomes Garcia (Sport), Padre Carlos Caetano, Ricardo Vieira (Musique Classique), Sheila Ferreira (Clermont-Ferrand), Susana Alexandre, Tivô Évora (Cabo Verde), Valérie Jan (Lyon) Les auteurs d articles d opinion prennent la responsabilité de leurs écrits Agence de presse: Lusa Photos: Alfredo Lima, António Borga, Mário Cantarinha Design graphique: Jorge Vilela Design Impression: Corelio Printing (Belgique) LusoJornal. 7 avenue de la porte de Vanves, Paris. Tel.: Distribution gratuite exemplaires Dépôt légal: novembre 2012 ISSN www.

3 le 07 novembre 2012 Política 03 Adjunto do Maire de Saint Gilles-du-Gard fernando soares apela à participação cívica dos Portugueses Por José Manuel Santos A escolha de candidatos lusodescendentes nas listas autárquicas francesas tem trazido para o debate político francês uma componente de origem portuguesa considerada essencial para a Comunidade. Independentemente do ideário político em que cada um se revê, a escolha de lusodescendentes para integrar as listas candidatas é vista pela notável capacidade de integração, trabalho, força, dedicação, empenho, profissionalismo e contribuição da Comunidade portuguesa para a economia francesa. A implicação dos lusodescendentes é o resultado de toda uma movimentação e apelos à participação cívica e Fernando Soares é um dos muitos exemplos espalhados por toda a França. Fernando Soares nasceu em Nogueira, concelho de Viana do Castelo. Chegou a França - à Lorraine - em 1962, com os seus pais, e no ano seguinte começou a trabalhar na Siderurgia de Fos-sur-Mer, no departamento des Bouches-du- Rhône, tendo assumido as funções de sindicalista até Em 1979 passou a residir na vila de Saint Gilles e, em 2010, passou a integrar o executivo da Mairie local, por convite de Alain Gaido, atual Maire. Eleito como Adjunto, Fernando Soares é responsável pelas pastas inerentes à conservação dos edifícios públicos, gestão dos salões municipais e comissões de segurança, destacando «obras de restauro e conservação da escola Jules Ferry, no montante global de ,00 euros, contrução de casas de banho públicas com acessibilidades para os deficientes, restauro de vários edifícios municipais, está em curso a construção de duas salas suplementares na escola Jean Moulin, o projeto de construção da Casa das associações (Maison Plantel) e a instalação de climatização na sala polivalente que habitualmente é utlizada gratuitamente pelas associações locais - nomeadamente dos Portugueses -, e que irá também ser utilizada neste fim-de-semana com a festa da radioportugas», comentou o autarca. Fernando Soares explicou que «a Comunidade portuguesa está a mexer, pelo número de atividades socioculturais e não é uma questão partidária que move os emigrantes, mas sim o facto de sentirem que podem ser úteis em França na divulgação de Portugal como roteiro turístico, cultural, gastronómico, dos seus usos e costumes». Para Fernando Soares «é importante que a Comunidade portuguesa demonstre a sua capacidade de intervenção e o que é o seu real contributo para a França com a imagem que transmite junto da opinião pública. Sempre que se fala dos Portugueses residentes em França é reconhecida a sua capacidade de integração e o espírito empreendedor que os carateriza, mas ao mesmo tempo é citado o seu défice de visibilidade em comparação com outras Comunidades menos numerosas e bem menos influentes no plano económico e social», comentou. «Aqui os Portugueses e lusodescendentes estão muito bem integrados, a maioria trabalha sobretudo na agricultura e construção civil, mas também há empresas com raízes portuguesas a laborar em vários setores industriais e comerciais», salientou ainda Fernando Soares. O autarca concluiu referindo que «reconhece e está consciente que tem de ser feita uma enorme campanha de sensibilização junto da Comunidade portuguesa no sentido de haver uma maior motivação à participação cívica». associação criou estratégia de apelo ao voto dos emigrantes portugueses em frança O Instituto de Cooperação Social Internacional (ICOSI) estudou a participação cívica e política da Comunidade portuguesa em França e vai entregar às associações lusofrancesas uma estratégia de apelo ao voto dos emigrantes nas eleições locais e europeias. O projeto é financiado pela Comissão Europeia e insere-se no programa europeu Direitos Fundamentais e Cidadania. Arnaud Breuil, Diretor do ICOSI, disse à Lusa que a campanha de sensibilização a pôr em prática se dirige aos cerca de 430 mil Portugueses que se estima residam em França. Ficam de fora os lusodescendentes (com nacionalidade francesa) e os luso-franceses (com dupla nacionalidade), automaticamente inscritos nas listas eleitorais. Fernando Soares em Saint Gilles-du-Gard LusoJornal / José Manuel Santos O projeto, que decorreu durante este ano e termina no início de 2013, foi elaborado tendo em conta as eleições europeias e municipais de 2014, nas quais os cidadãos europeus residentes num Estado-membro diferente do país de origem podem participar. Em França, devem inscrever-se nas listas eleitorais até ao fim de 2013, lembrou Arnaud Breuil. O objetivo do trabalho que o ICOSI vem desenvolvendo é, resumiu o responsável, reforçar a cidadania europeia, recorrendo à rede associativa da Comunidade, aos grupos religiosos, aos media, e mesmo aos eleitos portugueses e de origem portuguesa. O programa é composto por duas fases: Uma primeira - já concluída -, de pesquisa, de diagnóstico, de compreensão da ideia que os Portugueses em França têm sobre a cidadania europeia; e uma segunda, a executar com base nesse diagnóstico, de elaboração de recomendações de boas práticas, e de soluções para reforçar a participação desta Comunidade nas eleições, explicou Breuil. No relatório que resultou da primeira etapa do trabalho pode ler-se que em França, os Portugueses, que são em termos numéricos a maior Comunidade estrangeira, continuam a ser, proporcional e comparativamente, a menos mobilizada para as eleições municipais e europeias. É claro que a participação política (o voto, ser candidato) é apenas um elemento da cidadania, e a invisibilidade da Comunidade portuguesa é contrabalançada por mobilizações, sobretudo associativas. Contudo, a cidadania europeia praticada pelos Portugueses residentes em França é, no presente, de âmbito limitado, lêse ainda. A próxima etapa do projeto é desenvolver formações adaptadas às associações portuguesas em França, e colocar nas suas mãos ferramentas para que elas impulsionem esta estratégia de apelo ao voto, e criem uma dinâmica de participação política. O Instituto de Cooperação Social Internacional é uma organização nãogovernamental. Foi criado em 1983 e tem como principal objetivo promover os valores da economia social: solidariedade e respeito pelos princípios e pelos modos da gestão democrática. Trois questions politiques à... alain Gaido, maire de saint Gilles-du-Gard Por José Manuel Santos Saint Gilles est la 5ème ville du département du Gard en termes de population et se situe dans la région Languedoc-Roussillon. Alain Gaido, proche du Parti Socialiste, est le Maire de la ville depuis LusoJornal: Quel est le poids de la Communauté portugaise dans votre ville? Alain Gaido: 1%. LusoJornal: Pourquoi, selon vous, les Portugais ne s inscrivent pas massivement sur les listes électorales complémentaires? Alain Gaido: Est-ce leur choix? Ou le manque d information? LusoJornal: Combien de Portugais sont inscrits sur les listes électorales à Saint Gilles et ne croyez-vous pas qu il faut faire une campagne pour les motiver à s inscrire? Alain Gaido: Il y a 80 inscrits. Peutêtre ont-ils un sentiment appartenance à notre ville très provisoire? PUB PUB

4 04 Política le 07 novembre 2012 em síntese assembleia Plenária do PcP frança prepara o XiX congresso A Assembleia Plenária do PCP- França decorrerá no dia 11 de novembro, entre as 9h00 e as 13h00, em Nanterre, no Espace Chevreul, Salle Grand Champ, avenue de la Liberté. A Assembleia, composta pelos militantes comunistas residentes em território francês, contará, também, com a presença de José Neto, membro do Comité Central do PCP. A ordem de trabalhos da Assembleia anuncia a conclusão da discussão dos documentos para o XIX Congresso. O Projeto de Resolução Política (que os Comunistas chamam de Teses) já foi objeto de debate ao longo dos últimos meses, nomeadamente nas Células do PCP existentes em França. Muitos dos militantes do PCP já apresentaram propostas de alteração que serão debatidas e votadas na Assembleia Plenária. No final dos trabalhos, os militantes presentes levarão a cabo a eleição dos dois Delegados que representarão a organização do Partido Comunista Português em França no XIX Congresso do PCP, que vai ter lugar em Almada, dia 30 de novembro, 1 e 2 de dezembro. Prof DRA Grande famille de médium Payement après résultats Vous êtes trompé(e) ou trahi(e), vous voulez connaître la verité. Je trouve la solution et interviens immédiatement. Harmonie du couple, séduction, amour, stress, maladie, travail, argent, désenvoûtement. Déplacement possible. Tél.: PUB PUB Demonstrando apoio aos funcionários consulares em greve dia 14 comunistas portugueses vão manifestar junto ao consulado de Portugal em Paris A Organização do Partido Comunista Português (PCP) em França divulgou na semana passada um comunicado onde mostrava solidariedade para com os trabalhadores em luta, tanto em Portugal, como em França e na restante Europa. Uma delegação do PCP em França estará junto às instalações do Consulado Geral de Portugal em Paris durante todo o dia, demonstrando o apoio do PCP à luta dos funcionários consulares em greve. Em Portugal, a Greve Geral de 14 de novembro é a resposta a uma triste realidade económica e social que o Orçamento de Estado para 2013 irá agravar de forma dramática, com mais roubo nos salários, pensões e subsídios, com o astronómico aumento da carga fiscal, com o vergonhoso despedimento coletivo na Administração Pública, com medidas conducentes à destruição do Estado Social e com maiores ataques à soberania nacional diz o comunicado dos Comunistas de França. Os trabalhadores dos setores público e privado, os estudantes e os reformados recorrem a esta forma superior de luta na sequência da enorme onda de lutas que nas empresas e nas ruas reafirmam o enorme descontentamento contra a imposição desta política monstruosa que conduz Crónica de opinião filosofia rasca Consulado Geral de Portugal em Paris LusoJornal / Susana Alexandre o país à recessão económica, ao empobrecimento e à perda da soberania nacional. O PCP Paris diz que esta é uma política de um Governo que conta com uma maioria na Assembleia da República, com o amparo do Presidente da República e com a cumplicidade do PS e da UGT, sendo apoiado pelos grandes grupos económicos e financeiros. É urgente que, com a força do Lendo uma opinião publicada no LusoJornal sobre que Portugal queremos, num contexto marcado por políticas de austeridade que mergulham o país numa recessão sem saída e impõem dificuldades cada vez maiores à grande maioria do Povo Português, procurando opor gerações entre elas, como se as desastrosas consequências desta política fossem diferentes em função da classe etária, lembrei-me de uma frase citada por um médico inglês, numa conferência sobre a relação entre gerações: Esta juventude está podre até aos ossos. Os jovens são malandros e preguiçosos e nunca chegarão ao nível da juventude de outrora. A juventude hoje nunca será capaz de preservar nossa cultura. Depois de um compasso de espera destinado a permitir à assistência de manifestar sua aprovação, entendeu revelar a autoria desta frase que parecia tão atual a boa parte dos ouvintes. Era uma inscrição sobre um jarro de barro descoberto em Babilónia e datando de há mais 4 mil anos! Isto para ilustrar que certos preconceitos não têm idade e vão-se perpetuando sob a capa enganosa do bom-senso e da evidência. Ainda mais quando para confortar seu parecer, o autor enumera outras evidências pelo menos contestáveis: a tecnologia seria por exemplo o motor das mudanças desta nossa sociedade mundial! Será oportuno recordar que a tecnologia não é mais que uma produção humana, um meio e nunca um fim e que é no ser humano que reside o primeiro fator de evolução das sociedades, quaisqueres que sejam os meios que elas desenvolvam para tal efeito. Mas também que toda e qualquer produção de riqueza tem origem no trabalho. Aliás a sina da emigração portuguesa também testemunha desse facto e o facto de as remessas superarem hoje em dia o montante dos dos fundos estruturais europeus também desmente outra evidência martelada neste artigo sobre a suposta generosidade das ajudas europeias. Essas remessas são o fruto do trabalho e do esforço dos emigrantes portugueses que, à imagem dos restantes trabalhadores portugueses no país, não se tem furtado nem a um nem a outro, como o insinua o senhor Conselheiro. Diz também que os Portugueses viveram o 25 de Avril, e continuam a vivê-lo. Se foi de facto a intervenção maciça e determinada do povo português que fez de Abril povo, este Governo seja derrotado. Perante um Governo deslegitimado pelas descaradas mentiras proferidas durante a campanha eleitoral de 2011 e que vendeu a soberania de Portugal à Troika estrangeira [...] Perante um Presidente da República sem rei nem roque que colabora na destruição da nação [...] Não resta, então, ao povo, face ao empobrecimento generalizado da nação, outra alternativa que não seja a luta quotidiana e contínua no interior das suas empresas (se ainda tiverem emprego), ou dentro das escolas e universidades ou nas ruas e praças. A nota do PCP França fala ainda de Orçamento de Estado 2013 impraticável, de empobrecimento/desaparecimento da classe média, do inferno de salários baixos, de destruição do Estado Social. Pedro da nóbrega Historiador, antropólogo e dirigente associativo em Nice uma das Revolução cujas conquistas foram muito mais além da simples liberdade de expressão e a Constituição ainda testemunha desse facto, já faz muitos anos que as políticas seguidas pelos succesivos Governos andam bem longe dos valores de Abril. É sempre fácil apontar o dedo aos outros, mas quando se conhece as situações de miséria que se vão alargando hoje em Portugal, que tocam tanto os idosos com reformas indígnas que jovens mergulhados numa precaridade que só lhes-deixa como saída retomar o rumo da emigração, há lições que soam mal, sobretudo vindas de um advogado que não me parece ser a categoria social que mais tem sofrido nestes últimos anos. E será preciso chamar os clarins e as sirenes da Segunda Guerra quando não me parece que tenha havido inúmeros bombardeamentos sobre Portugal nessa altura e a eventual saudade dos tempos negros da miséria? Já agora porque não reabrir as penintenciárias de Caxias e Peniche para aprender aos jovens de hoje como é? Por ter participado desde a primeira hora na Revolução de Abril como militante de base, lembro-me de ela ter sido levada a cabo precisamente na esperança legítima de uma vida melhor e mais justa para as gerações seguintes. Uma utopia talvez para o senhor advogado mas foi certamente porque alguns nunca desistiram deste sonho mesma durante a longa noite do fascismo que o 25 de Abril aconteceu. Escrevia o grande arquitecto brasileiro Oscar Niemeyer: A gente tem é que sonhar, senão as coisas não acontecem. As inúmeras e notáveis realizações que ele produziu mostram bem que a utopia é a terra onde florescem os frutos mais apetecíveis. E quem, durante estes anos todos desde o 25 de Abril andou vivendo acima dos seus meios, não foi certamente a maioria do povo português que hoje se vê obrigado a pagar uma dívida que não lhe diz respeito. São precisamente os que andaram a pintar a integração na União Europeia como a manta das mil maravilhas e que dividiram o poder até agora. Não será por acaso que Portugal é o país da União Europeia onde a desigualdade de renda é a maior. E se este Governo da Troïka está possivelmente à rasca, é porque a oposição do povo à sua política ilegítima vai crescendo cada vez mais, tanto em Portugal como nas Comunidades emigradas.

5 le 07 novembre 2012 comunidades 05 Foi criada uma associação dos media portugueses nas Comunidades órgãos de comunicação social nas comunidades decidiram unir-se em síntese Governo não está a aproveitar potencial de investimento dos emigrantes Participantes no Fórum, em Oeiras Bomdia.lu / Ricardo Silva Cerca de 30 representantes dos media da emigração reuniram de sexta-feira a domingo passado, em Oeiras, para discutir formas de organização e de relacionamento com Portugal, numa altura em que no país se debate a crise no jornalismo. O Fórum dos Media das Comunidades Portuguesas, promovido em parceria pelo Governo e pelo Observatório dos Lusodescendentes, pretendia encontrar pistas para a organização destes jornais, rádios e televisões que operam nos mais variados países. De França participou Artur Silva da Rádio Alfa, Pascal Albertini e Jaqueline Corado da Silva, assim como Carlos Pereira, Diretor do LusoJornal. Uma das coisas, porventura a mais séria, é discutir até que ponto estes órgãos de informação devem ter um tipo de organização, funcionando em rede, de maneira a poderem promover encontros, ações de formação e outras ações de contacto e interação com a comunicação social portuguesa, disse à agência Lusa o Secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, que participou no primeiro dia do evento. Os participantes manifestaram-se preocupados com o futuro da comunicação social pública em Portugal, apelando ao Governo para que tenha em conta as necessidades das Comunidades na definição do modelo de serviço público, nomeadamente agência Lusa, RDP e RTP. Para estes media, a agência Lusa é um instrumento crucial para o desenvolvimento do seu trabalho. Por essa razão, os media das Comunidades portuguesas acompanham as preocupações dos jornalistas da Lusa, quanto às consequências das decisões do Governo em matéria de redução de financiamento, refere o texto final. Os órgãos de comunicação social das Comunidades portuguesas têm acesso gratuito ao serviço Comunidades da agência Lusa, mas reclamam acesso integral ao serviço da agência. Os participantes no Fórum apelaram ainda a que o Governo tenha em conta as suas necessidades dos órgãos de comunicação e das Comunidades que servem, no modelo que vier a ser escolhido para o futuro do serviço público de televisão e rádio. Os canais da RDP são um parceiro indispensável das rádios das Comunidades portuguesas, enquanto a RTP Internacional deve continuar a ser um veículo de difusão da língua e culturas portuguesas, devendo os seus conteúdos ser melhorados, numa perspetiva de aproximação com as Comunidades que serve, sublinham. Durante o encontro de três dias, foi ainda decidida a criação da Plataforma - Associação dos Órgãos de Comunicação das Comunidades, que será registada em Portugal e permitirá aos jornais, rádios e televisões partilhar conteúdos online. Artur Silva, da Rádio Alfa de Paris é um dos 11 elementos da Comissão instaladora da associação, e disse à Lusa que os estatutos e o plano técnico da organização deverão estar prontos dentro de dois meses. O jornalista explicou que a associação estará aberta a quem quiser aderir, devendo respeitar sempre a ética e deontologia dos jornalistas. Os jornalistas e representantes dos media da emigração propuseram a criação de uma Plataforma de partilha de conteúdos online com o objetivo de otimizar meios e reduzir custos. Carlos Pereira, Diretor do LusoJornal, sublinhou à Lusa a importância da criação de uma estrutura para a partilha de informação. É importante que haja uma plataforma para a partilha de meios e informação. Os nossos jornais são assumidamente jornais locais, o LusoJornal é de França mas há informação que outros jornais têm que nos pode interessar, disse Carlos Pereira. Para o Diretor do LusoJornal entre textos, vídeos e ficheiros de áudio, há muito para partilhar. cozinheiro michel da costa detido pela PJ a pedido das autoridades francesas A Polícia Judiciária portuguesa deteve na semana passada dois homens, entre os quais o conhecido cozinheiro Michel da Costa, a pedido das autoridades francesas, por pertencerem a uma organização criminosa e terem cometido fraude fiscal e branqueamento de capitais, entre 2005 e Segundo fonte judicial, um dos cidadãos detidos em Cascais, é o cozinheiro Michel da Costa e o outro é um cidadão de nacionalidade francesa, de 67 anos de idade, chamado Haig Jean, sócio do cozinheiro, tendo a Polícia Judiciária executado dois Mandados de Detenção Europeus, emitido através do gabinete Schengen. Entretanto, em comunicado, a Polícia Judiciária, através da Unidade de Informação de Investigação Criminal, refere que a detenção foi realizada a pedido das autoridades francesas, com vista à extradição dos dois homens para França. Michel da Costa opôs-se ao pedido de extradição das autoridades francesas, tendo a juíza do Tribunal da Relação de Lisboa aplicado a prisão preventiva por considerar que havia risco de fuga e concedido cinco dias, para que o arguido apresente contestação. Fonte judicial adiantou à agência Lusa que a juíza Conceição Gonçalves ouviu Michel da Costa, que, através da sua advogada, pediu prazo para fundamentar a sua oposição ao pedido de extradição emitido pela França. A fonte precisou que, quando a juíza receber a contestação de Michel da Costa, dará também um prazo de cinco dias para o Ministério Público se pronunciar, antes de tomar uma decisão, que não pode exceder 60 dias, salvo se o processo for considerado «complexo», havendo neste caso mais 30 dias. Enquanto decorrem estes trâmites, o conhecido cozinheiro ficou em prisão preventiva. O pedido de extradição das autoridades francesas refere que o processo em que Michel da Costa e Haig Jean estão indiciados, se encontra em investigação por suspeitas de «participação em rede organizada e lavagem de lucros de fraude organizada». A polícia francesa acredita que os dois empresários, suspeitos de pertencerem a uma organização criminosa, terão lesado o Estado francês em milhões de euros, com diversas fugas ao fisco e dissimulação de dinheiro conseguido ilegalmente. O Deputado do Partido Socialista eleito pelo círculo da Europa, Paulo Pisco, afirmou na semana passada que o Governo não está a aproveitar o imenso potencial de investimento dos empresários portugueses emigrantes. Em declarações à Lusa depois de um encontro com o Presidente da Câmara do Comércio e Indústria Franco-Portuguesa (CCIFP), Carlos Vinhas Pereira, o Deputado acusou o Governo de não ter tomado uma única medida que permita que os empresários portugueses que vivem fora do país possam investir em Portugal com segurança, com acompanhamento, para que o seu desejo de investir não seja perdido. Há o desejo dos empresários de investirem em Portugal, mas eles acabam por deparar-se com barreiras intransponíveis. Não há qualquer tipo de medidas que possam envolvê-los e aproveitar o seu imenso potencial, afirmou. Paulo Pisco defendeu ainda a necessidade de o Governo apoiar as Câmaras portuguesas do comércio no estrangeiro para que elas possam ajudar a coordenar este processo. O Deputado socialista esteve também reunido na semana passada com o Cônsul Geral de Portugal em Paris, Pedro Lourtie, para discutir questões referentes ao funcionamento do Consulado. suicídio na limpa nettoyage O responsável, desde 2010, da agência de Orléans da empresa Limpa Nettoyage, Christophe Armelin, foi encontrado morto em casa e a polícia diz tratar-se de um suicídio. A companheira da vítima, também ela empregada de Limpa Nettoyage, acusa agora o patrão da empresa, Artur Barbosa, por este ter suspenso por uma semana, a atividade de Christophe Armelin. Artur Barbosa foi ouvido pela polícia, mas nega ter feito pressões que tivessem levado o seu colaborador ao suicídio. Aliás, disse à imprensa que não acredita na hipótese do suicídio. Leia online www.

6 06 comunidades le 07 novembre 2012 o consulado informa... Quais os documentos necessários para pedir o Cartão do Cidadão? Resposta : Basta dirigir-se ao Consulado em Paris ou a qualquer Conservatória ou Loja do Cidadão em Portugal, levar o Bilhete de Identidade caducado e um justificativo de domicílio (não são necessárias fotografias). Para proceder ao levantamento do Cartão do Cidadão irá receber uma carta na morada de residência declarada, pelo que é importante que esta esteja correta. Para facilitar esse mesmo levantamento, este pode ser efetuado num local diferente daquele onde foi realizado o pedido. Por exemplo, se solicitar a emissão do Cartão em Portugal, pode pedir para proceder ao levantamento no Consulado em Paris. O Cartão do Cidadão tem que ser levantado no prazo de um ano. Pode consultar esta e outras informações no site do Consulado ou contactar-nos através da nossa central de atendimento telefónico Consulado Geral de Portugal em Paris 6, rue Georges Berger Paris Presença consular em Bourges No próximo dia 15 de novembro, quinta-feira, vai ter lugar uma Presença consular na cidade de Bourges. Os funcionários do Consulado Geral de Portugal em Paris vão estar no Centro Franco-Português de Bourges, 28 bis route d Orléans, Saint Doulchard, entre as 9h00 e as 13h00. Podem beneficiar deste serviço descentralizado todos os cidadãos portugueses que precisem de tratar de assuntos de natureza consular. Permanência consular em Grenoble Com o objetivo de prestar a assistência e apoio consular à Comunidade portuguesa da sua área de jurisdição, o Consulado Geral de Portugal em Lyon vai realizar uma Permanência consular no próximo dia 23 de novembro, em Grenoble, na Maison de l International, 1 rue Hector Berlioz, Grenoble. O horário da permanência consular será o seguinte: das 9h30 às 12h30 e das 13h30 às 16h30. Para marcação e/ou informação, os utentes podem contactar o Consulado Geral de Portugal em Lyon. Infos: Nomeação já é oficial e foi publicada no Diário da República isidro fartaria foi nomeado cônsul Honorário de Portugal em clermont-ferrand Por Carlos Pereira Foi publicado na semana passada, no Diário da República, o Despacho assinado pelo Diretor do Departamento Geral de Administração, José Augusto Duarte, nomeando Isidro de Jesus Fartaria para o cargo de Cônsul Honorário de Portugal em Clermont- Ferrand. O Consulado de Portugal em Clermont-Ferrand foi despromovido a Vice Consulado pelo Governo anterior, quando o Secretário de Estado das Comunidades era António Braga. O atual Secretário de Estado, José Cesário, decidiu encerrar completamente o posto, mas prometeu logo que ficaria ali um Consulado Honorário. O processo para a escolha do Cônsul Honorário começou antes mesmo de José Cesário ter visitado Clermont- Ferrand, onde foi aliás confrontado com uma manifestação da Comunidade que protestava contra o encerramento do posto. Nessa altura teve dois encontros com vista a escolher o Cônsul Honorário: um encontro com Isidro Fartaria e outro com José Neves, também empresário e Presidente da associação de empresários Les Portauvergnats. O LusoJornal sabe que uma série de contactos foram estabelecidos a nível local e aparentemente todos se pronunciaram pela escolha de Isidro [ndr: Isidore, como lhe chamam em Clermont-Ferrand] Fartaria. Isidro Fartaria é Presidente da Câmara de Comércio e Indústria de Clermont-Ferrand / Isoire, é o Presidente do Groupe Titel, uma empresa com expansão internacional, na área dos produtos químicos, é o dono do único hotel de cinco estrelas na região de Clermont-Ferrand, o ex-richelieu Palace Hotel, atualmente Princesse Flore do nome da filha, e é também Administrador da ASM Clermont Auvergne, uma das equipas de râguebi mais conhecidas de França. Filho de emigrantes portugueses radicados em Clermont-Ferrand, Isidro Fartaria tem um CAP de canalizador, mas depressa enveredou pela área comercial, chegando mesmo a vender aspiradores de porta a porta. Agora aceitou ser o Cônsul Honorário de Portugal em Clermont-Ferrand. Estivemos quase meio ano à espera da autorização do Governo francês e por isso é que só agora é que foi publicada a nomeação no Diário da República disse ao LusoJornal o Secretário de Estado José Cesário. O edifício do Consulado de Portugal já está à venda, mas vão ficar em Clermont-Ferrand dois funcionários, embora tenham integrado os quadros do Consulado geral de Portugal em Lyon, a quem devem reportar. Para além do trabalho administrativo em Clermont-Ferrand, José Cesário confirma que quer que os funcionários façam Permanências consulares em várias cidades da região. Promotores socioculturais das comunidades reuniram em fátima Um Encontro dos Promotores Socioculturais das Comunidades Portuguesas teve lugar no fim de semana passada, em Fátima, com participantes de vários países onde há emigração portuguesa. O evento foi organizado pela Obra Católica Portuguesa de Migrações e a Cáritas Portuguesa, com o patrocínio da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas. A cerimónia de abertura teve lugar na sexta-feira, com a presença do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas e do Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, Presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana. O povo português está a sentir-se obrigado a emigrar, disse à agência Lusa D. António Jorge Ortiga. Neste momento não estão a ter o direito de não emigrar, uma expressão que está contida no Concílio Vaticano II e foi utilizada pelo Papa Bento XVI recentemente. O responsável da Igreja Católica portuguesa frisou ainda que o Governo tem de criar condições necessárias para os cidadãos poderem viver e trabalhar onde querem, na sua terra, se assim o quiserem, admitindo, contudo, que hoje é muito difícil arranjar emprego para todos. Durante a sessão de abertura do evento, o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas sustentou Isidro Fartaria, novo Cônsul Honorário em Clermont-Ferrand DR Cerimónia de abertura do Encontro DR que quem está no Governo, central ou local, deve contribuir para a felicidade das pessoas na sua terra. Também não podemos fazer de conta de que está tudo bem e há que aceitar que muitos são obrigados a emigrar para poderem singrar na vida", alertou José Cesário. A máquina diplomática tem muito a melhorar no apoio social à emigração, admitiu o governante, que aproveitou para elogiar o trabalho realizado pelas missões e paróquias da Igreja Católica na ajuda prestada às Comunidades portuguesas. Jorge Ortiga destacou o pioneirismo evangélico da Igreja Católica, que deu vida às missões e às paróquias portuguesas no trabalho social de integração, mas salientou que hoje o desafio não é o de olhar o passado, mas a necessidade de intensificar a sua presença da Igreja entre os emigrantes. Mas a falta de emprego nos destinos tradicionais da emigração está a provocar uma redução no número de saídas para estes países, considerou o Secretário de Estado das Comunidades, adiantando que a tendência se acentuou desde o verão. Há menos oportunidades de emprego, há menos gente a ir para o estrangeiro. É uma coisa que me começa a parecer muito evidente nestes últimos meses, sobretudo depois do verão. Há países onde as oportunidades de emprego estão a reduzir-se drasticamente, disse José Cesário. No encontro de promotores sociais e culturais da diáspora, participaram países como a Espanha, França, Luxemburgo, Reino Unido ou Suíça. São países onde também está a aumentar o desemprego e onde a redução de lugares é muito evidente, sublinhou. A importância da emigração no contexto atual foi um dos temas em destaque durante o encontro, que decorreu a 2, 3 e 4 de novembro em Fátima. Carlos Pereira, o Diretor do LusoJornal proferiu a conferência de abertura do Encontro falando da emigração recente e da forma como são apoiados pelos emigrantes que já residem nos países de acolhimento. Carlos Pereira disse que é um erro dizer que os emigrantes que saem do país são todos jovens e licenciados e depois acrescentou que a rede familiar ainda é aquela que melhor funciona. De França participaram também no encontro o Presidente da Associação portuguesa cultural e Social de Pontault-Combault, Mário Castilho, e o ex-provedor da Santa Casa da Misericórdia de Paris, Aníbal de Almeida. Por seu lado, Carlos Matos é padre, mora em Portugal, mas nasceu e foi criado em França, filho de pais emigrantes.

7 PUB

8 08 ensino le 07 novembre 2012 em síntese Placa para eça de Queiroz No próximo dia 25 de novembro, domingo, às 12h00, celebrando nesse dia a data do nascimento de Eça de Queiroz, o Embaixador de Portugal em França, Francisco Seixas da Cosra, vai proceder ao descerramento formal de placa na rua onde viveu Eça de Queiroz, em Paris; «Como diria enfaticamente José Hermano Saraiva, foi aqui, no nº5 da rue Crevaux, que liga a avenue Foch à avenue Bugeaud, que José Maria Eça de Queiroz, recém nomeado Cônsul de Portugal em Paris, alugou a sua primeira habitação, das três que viria a ocupar durante a sua estada na capital francesa, onde morreu em 1900» diz o Embaixador português no seu blogue pessoal, Duas ou três coisas. «Eça viveu na rue Crevaux entre 1889 e 1891 e, por alguma razão, esta sua morada não estava assinalada com uma placa. Decidi tomar a iniciativa de colmatar esta lacuna e, passados meses de autorizações e procedimentos administrativos, vai ser agora possível descerrar essa memória». livro de victor Pereira apresentado na embaixada Crónica de opinião regime Jurídico do ensino de Português no estrangeiro - um passo importante Na passada semana foi publicado em Diário da República o Regime Jurídico do Ensino de Português no Estrangeiro (EPE). As alterações introduzidas ao regime jurídico do EPE traduzem a vontade do atual executivo em devolver qualidade, credibilidade e sustentabilidade ao EPE e resultam, também, do culminar de uma negociação importante com os diversos atores deste setor de ensino e, em particular, com os professores. O EPE inicia agora um novo caminho em que, apesar das dificuldades orçamentais, está mais adequado à realidade das nossas Comunidades e mais capaz de ser reconhecido como um elemento importante na valorização da Crónica de opinião língua portuguesa e na ligação da nossa diáspora a Portugal. Como já tive oportunidade de referir anteriormente aqui no LusoJornal, a avaliação, a certificação das aprendizagens e a formação são três pilares fundamentais associados a esta reforma que responde também às questões de gestão da rede e da vida profissional do corpo docente. Permitam-me que destaque o acordo obtido com os Sindicatos representativos dos professores a exercer funções no estrangeiro, à exceção da questão da Propina. Esse entendimento parece-me ser essencial para o sucesso desta reforma do EPE e demonstra o bom senso e sentido de responsabilidade de todas as partes envolvidas neste processo, quer seja o Governo quer sejam os responsáveis sindicais. É que para mim é claro que não é possível ter sucesso no EPE sem a mobilização dos professores e, como tal, era essencial obter a sua concordância para a introdução de uma reforma que acredito venha a produzir bons resultados nesta área. Iniciado que foi o ano letivo, publicado que está o regime jurídico do EPE, conseguido que foi o acordo com os sindicatos, criadas que estão as condições para o processo de avaliação e certificação de aprendizagem dos alunos, decidida que está a elaboração de um programa de estudos, definidas que estão medidas para a promoção do português como o plano nacional a raridade da língua portuguesa ou o desprezo que os governantes portugueses sentem por ela? Há, na vida, uma primeira vez para tudo Até as coisas mais improváveis nos podem acontecer. Essa improbabilidade aconteceu comigo, na semana passada, ao ler as declarações do Eurodeputado Nuno Melo (CDS/PP), pois não pude deixar de concordar com as críticas (tardias!) que este famalicense de sotaque fozeiro (é assim que a plebe tripeira apelida a aristocracia de sotaque betinho que habita na freguesia da Foz do Douro) proferiu contra as declarações de Geneviève Fioraso, a Ministra francesa da investigação e ensino superior. Relembro que a dita Ministra disse (há quase dois meses!) que a língua portuguesa é rara e que não é indispensável que esteja em todas as Universidades. Depois admirem-se que os Franceses sejam, genericamente, conhecidos como os campeões mundiais de umbiguismo que é, como se sabe, o primeiro passo para a sobranceria e a ignorância sobre o mundo que nos rodeia. Até podemos admitir que a Ministra desconhecesse que, no campeonato dos idiomas, a língua portuguesa goleia a língua francesa em quase todos os parâmetros: número de falantes nativos, crescimento exponencial a nível de impacto global, adaptabilidade, etc. Dito isto, convém, então, salientar a falta de memória e de autocrítica de Nuno Melo e do CDS. O mesmo poderá ser dito de Paulo Pisco e de Carlos Gonçalves, Deputados do PS e do PSD, respetivamente, que também criticaram a Ministra francesa. Estes Deputados e os seus partidos são, em primeira e última análise, os grandes e principais responsáveis pelos preconceitos idiotas de Geneviève Fioraso. Uma Ministra estrangeira não é obrigada a admirar e a ter respeito por uma língua que os próprios governantes que a falam desprezam. E os sucessivos Governos PSD/CDS e PS, ao longo das últimas décadas, votaram ao desprezo tanto a língua portuguesa como os seus principais embaixadores no estrangeiro, carlos Gonçalves Deputado (PSD) pelo Circulo eleitoral da Europa de leitura, é chegado o tempo de concluir que o caminho que está a ser percorrido neste setor de ensino vai no sentido do EPE se assumir como estratégico para a valorização da língua portuguesa. Nem todos quiseram colaborar neste que é o grande projeto das nossas Comunidades. Preferiram a crítica fácil ao contributo concreto independentemente das suas próprias responsabilidades e do silêncio a que se remeteram durante seis anos. Felizmente, aqueles que entendem a importância do EPE para Portugal e para as suas Comunidades têm estado empenhados em contribuir para o seu sucesso e para o passo importante que agora foi dado. nuno Gomes Garcia ou seja: os emigrantes. Convém relembrar ao patriota Nuno Melo e ao patriótico CDS que patriotismo não é só aumentar impostos, ignorar os direitos dos cidadãos e cortar salários e pensões. O verdadeiro patriotismo é promover a língua e a cultura portuguesas fora de Portugal. Ora, o Ministério dos negócios estrangeiros (conhecido igualmente como o ministério da pseudo-diplomacia económica), liderado pelo grande patriota e democrata-cristão Paulo Portas tem feito exatamente o oposto. Tem despromovido a língua portuguesa! Seguindo e (exacerbando) a linha dos anteriores Governos do PS, este Governo tem vindo a destruir o prestígio da língua e da cultura portuguesas não só junto dos estrangeiros, mas também dentro da própria Diáspora. O último ano foi um annus horribilis para os falantes de português que residem no estrangeiro. O Governo fez tudo ao invés. No lugar de investir meia dúzia de milhões de euros no EPE (Ensino do Português no Estrangeiro), aumentando o número de alunos e de professores de forma a alargar o seu alcance e a incrementar o prestígio da língua portuguesa para que amanhã se colham os frutos (também económicos) plantados hoje, o Governo PSD/CDS despediu professores, diminuiu o número de alunos e começou a cobrar propinas às famílias (desrespeitando o artigo 74 da Constituição). Os 5 milhões de promotores/defensores que a língua e cultura portuguesas possuem espalhados pelo mundo foi desbaratado pela falta de visão de um Governo sem rei nem roque. Um Governo composto por homens demasiado pequenos e submissos, inaptos para governar um país tão grande, histórica e culturalmente, como Portugal. Com uma só machadada, o Governo PSD/CDS atirou o prestígio da língua portuguesa pelo barranco abaixo. Não é de espantar, portanto, que no futuro surjam mais imbecilidades proferidas por outras Genevièves Fiorasos. O Embaixador de Portugal em França, Francisco Seixas da Costa convidou o Historiador Victor Pereira para apresentar o seu novo livro na Embaixada de Portugal no próximo dia 26 de novembro. O comportamento do Estado Novo face à emigração é o tema do livro, intitulado «La dictature de Salazar face à l émigration - L État portugais et ses migrants en France ( )». O autor é doutorado em História pelo Instituto de Estudos Políticos, em Paris. les 100 visages de nelson rodrigues A l occasion du centenaire de la naissance du dramaturge, journaliste et écrivain Nelson Rodrigues, le Théâtre de l Opprimé, la compagnie Bruta Flor et l Ambassade du Brésil présentent une quinzaine dédiée à cet auteur brésilien majeur, peu connu en France. Ecrivain controversé, Nelson Rodrigues a écrit 17 pièces, des chroniques journalistiques, des feuilletons, des romans publiés sous le nom de Suzana Flag, ainsi que des nouvelles et des contes. A maintes reprises, on a reproché à ses pièces d être indécentes et immorales. Néanmoins, Nelson Rodrigues est devenu le représentant de la littérature dramatique de son époque. Le public ne reste pas indifférent à sa pensée. Du mercredi 7 au dimanche 11 novembre: «Fleur d obsession» par la Compagnie Bruta Flor, avec mise en scène de Flavia Lorenzi. Du mercredi 14 au dimanche 18 novembre: «Nelson de Rio» par la Compagnie du Théâtre de l Opprimé, avec mise en scène de Rui Frati. Les spectacles ont lieu: Théâtre de l Opprimé 78 rue du Charolais Paris Infos:

9 le 07 novembre 2012 ensino 09 Governo não aprovou legislação a tempo Propina para ensino de português só no próximo ano letivo O Secretário de Estado das Comunidades disse na semana passada que a cobrança de Propinas aos alunos de português no estrangeiro avança no próximo ano, adiantando que os valores a pagar ainda estão a ser negociados com o Ministério das Finanças. A Propina vai ser introduzida para o ano letivo de 2013/2014 embora seja paga na altura da inscrição (fevereiro ou março de 2013), disse José Cesário à Lusa explicando que a Portaria que prevê a cobrança da referida Propina ainda está a ser acertada com o Ministério das Finanças. O Governo tinha anunciado em março a introdução de uma Propina de 120 euros a pagar pelos alunos de português no estrangeiro para cobrir despesas com os manuais e com a certificação. A ideia era aplicar a taxa no presente ano letivo, mas o executivo não aprovou em tempo útil a legislação necessária para poder cobrar a Propina, que é contestada por sindicatos, pais e professores. José Cesário, que falava no dia em que foi publicado em Diário da República o novo regime do ensino de português no estrangeiro (EPE), explicou que o que está em causa é a definição dos valores da Propina e os casos em que os alunos podem beneficiar de reduções ou isenção do pagamento. O Secretário de Estado das Comunidades, que tutela o ensino de português no estrangeiro através do Instituto Camões, escusou-se a avançar os valores das taxas a cobrar. Secretário de Estado José Cesário Lusa / Manuel Almeida Antes de acertar os valores da Propina com o Ministério das Finanças não falo de números. A única coisa clara é que vai haver Propina, disse. A introdução de Propinas e a contratação de professores por dois anos são as principais alterações introduzidas pelo novo regime do ensino de português no estrangeiro (EPE), publicado na semana passada em Diário da República e que entrou em vigor na última quarta-feira. O decreto-lei, assinado pelo Primeiro Ministro e pelos Ministros das Finanças, Negócios Estrangeiros e Educação, aponta como objetivo das alterações maior flexibilidade e dinamismo e mais equilíbrio e capacidade de resposta da rede de ensino português no estrangeiro. O diploma institui a possibilidade de cobrança de taxas de frequência (Propinas) nos casos em que o Estado português for responsável pelo ensino, ou seja nos cursos de português paralelos aos sistemas de educação dos países de acolhimento, e de taxas pela certificação das aprendizagens aos alunos que queiram ver as suas competências reconhecidas. As referidas taxas serão aplicadas à generalidade dos alunos, exceto nos casos de comprovada carência ou insuficiência económica. O diploma remete para Portaria a publicar pelos Ministérios dos Negócios Estrangeiros e das Finanças, o valor das Propinas e as condições em que os alunos poderão beneficiar de isenções. O Governo tinha anunciado em março a introdução de uma Propina de 120 euros a pagar pelos alunos de português no estrangeiro para cobrir despesas com os manuais e com a certificação. A legislação agora publicada prevê ainda o aumento de um para dois anos das comissões de serviço dos professores no estrangeiro, admitindo a sua renovação por períodos semelhantes até um máximo de seis anos. No que diz respeito ao prazo de duração da comissão de serviço dos professores e leitores do ensino português no estrangeiro, constatou-se que, aumentando-o para dois anos, obtém-se maior estabilidade no exercício das funções docentes, sem afetar as necessidades de gestão da rede, refere o texto. Os concursos de recrutamento de professores no estrangeiro passam a bienais e é admitida a constituição de uma reserva de recrutamento através de contratação local, o que segundo o Governo permite ganhos de eficiência na organização da rede de ensino. A rede do EPE inclui cursos de português integrados nos sistemas de ensino locais e cursos associativos e paralelos, assegurados pelo Estado português, em países como a Alemanha, Espanha, Andorra, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, França, Reino Unido, Suíça, África do Sul, Namíbia, Suazilândia e Zimbabué. No corrente ano letivo, frequentam os cursos de Ensino de Português no Estrangeiro alunos ( em 2011/2012), distribuídos por cursos (3.621 no ano anterior). sindicato de professores acusa Governo de degradar propositadamente o ensino no estrangeiro O Sindicato dos Professores das Comunidades Lusíadas voltou a contestar a cobrança de uma Propina pelas aulas de português no estrangeiro, considerando que o Governo quer agora sanar um ensino que degradou propositadamente. O Instituto Camões e a Secretaria de Estado das Comunidades degradaram este ensino. Em pouco mais de dois anos desapareceram quase 200 professores do sistema. Quase 50 foram retirados em dezembro de 2011 e os outros têm sido retirados pelas redes de ensino que têm sido feitas, sempre com menos lugares, embora o número de alunos não diminua. Tem-se assistindo a uma degradação progressiva do ensino, disse à Lusa Teresa Soares, Secretária Geral do Sindicato dos Professores das Comunidades Lusíadas (SPCL). Teresa Soares, que falava à Lusa a propósito da entrada em vigor do novo regime de ensino de português (EPE) no estrangeiro, na quarta-feira da semana passada, considera ofensivas as palavras do Secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, de que a introdução da propina vai melhorar o ensino aos filhos dos emigrantes. O sistema foi degradado, até Teresa Soares, dirigente sindical LusoJornal / Carlos Pereira certa medida propositadamente, e dizem agora que se os encarregados de educação pagarem uma Propina vai melhorar, quando foram os responsáveis por essa Propina que fizeram que ficasse no estado lamentável em que se encontra, sublinhou. A introdução de Propinas é uma das principais novidades do regime do ensino de português no estrangeiro, que entrou em vigor na quarta-feira e prevê também alterações na contratação de professores. Para José Cesário, o novo regime concretiza um conjunto de novidades que vão dar nova qualidade ao ensino de português no estrangeiro, apontando como exemplos a avaliação e certificação, a definição de programas, a formação de professores e os incentivos à leitura. Esta posição é contestada por Teresa Soares, que garante que o ensino de português no estrangeiro sempre foi avaliado e os professores sempre tiveram formação. Dá ideia que essas coisas não existiam e que é preciso uma Propina para existirem. O EPE tem 35 anos e sempre tudo isso existiu. Enquanto estivemos na tutela no Ministério de Educação tivemos formação de qualidade, frequente e gratuita, disse Teresa Soares. Esta professora na Alemanha lembrou que, desde 2009, o número de alunos por professor aumentou e que as horas letivas diminuíram. Para 15 alunos tínhamos cinco horas de ensino, agora temos duas ou três horas, disse, acrescentando que o número de professores passou de mais de 600 para 400. A Secretária Geral do SPCL disse acreditar que a cobrança de uma Propina não terá aceitação pelos pais e estima que uma queda acentuada no número de alunos levará a nova redução no número de professores. Com a atual qualidade de ensino, que praticamente não existe porque os professores estão sobrecarregados com 200 e mais alunos, pedir dinheiro às pessoas é absolutamente revoltante, disse.

10 10 ensino le 07 novembre 2012 Question juridique... Le salarié peut-il se retirer d une situation dangereuse? Réponse: La réponse est «oui». Le salarié, ayant un motif raisonnable de penser qu il encourt un danger grave et imminent pour sa santé, peut exercer son droit de retrait à condition d avoir préalablement ou simultanément alerté son employeur. La notion de «danger grave et imminent» implique que le danger soit exceptionnel, inhabituel et pouvant entraîner des blessures graves. Il s agira d une menace pour la vie ou la santé du salarié. En principe, aucune sanction, ni retenue sur salaire ne peuvent être prises à l encontre d un salarié ayant fait usage de son droit de retrait. Le salarié perçoit donc son salaire pendant toute la durée du retrait. L employeur alerté d une telle situation doit faire procéder à une inspection sur les lieux du travail. A l issue de l enquête, deux situations: - S il y a un danger grave et imminent, il ordonne les mesures nécessaires à la sécurisation du site. Ce dernier, une fois sécurisé, l employeur pourra ordonner au salarié de reprendre le travail. Si le salarié refuse, des sanctions pourront être prononcées. - S il estime qu il n y a pas de danger grave et imminent, il demandera au salarié de reprendre son travail. En cas de refus, des sanctions disciplinaires pourront être prononcées. Ainsi, si aucune sanction, ni retenue sur salaire ne peuvent intervenir à l encontre du salarié ayant fait usage de son droit de retrait, l employeur peut toujours saisir les tribunaux pour contester la réalité de ce danger grave et imminent. Si les juges constatent l absence de danger grave et imminent, l employeur pourra demander le remboursement des salaires versés pendant la période du droit de retrait et la validation des sanctions éventuellement prononcées. Si, au contraire, le salarié a été sanctionné, alors qu il y avait un danger grave et imminent, il pourra obtenir des dommages et intérêts. Daniela Fernandes Avocat à la Cour 5 rue du Renard Paris Infos: Coup de projecteur sur la poésie de Camões récital de poésie au csi de Grenoble Le récital de poésie a mobilisé les élèves Par Manuel Ramos Le samedi 27 octobre, à 10h00, à la Bibliothèque municipale de Grenoble qui fait service de CDI de la Cité Scolaire internationale (CSI), les élèves de Première de la Section de Portugais ont présenté un Récital de poésie ouvert à tout venant. Au programme: Camões, le grand écrivain classique fondateur de la langue portugaise moderne. Comme mise en bouche du récital, le public a eu droit à un poème chanté d après la musique de José Afonso «Verdes são os campos / Da cor do limão». Puis, comme plat de résistance, il y a eu plein de sonnets récités par cœur, dont notamment: «Alma minha gentil que te partiste» et «Amor é fogo que arde sem se ver». Le dessert fut constitué par un tout dernier sonnet chanté: «Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades». Tout récemment, quelques élèves avaient déjà profité de ce dernier Juridique sonnet pour mener une activité en collaboration avec une enseignante de Français, lorsqu ils avaient dû étudier la poésie engagée et en français et en portugais. En fait, la chanson dont les paroles sont constituées de ce sonnet de Camões fut tout d abord publié dans un disque enregistré à Paris en José-Mário Branco, son auteur, y était exilé à l époque, celle qu on a dénommée au Portugal comme le «Printemps de Marcello Caetano». Caetano était le Chef du Gouvernement portugais, après avoir remplacé dans ce poste Salazar, à la fin de la sixième décennie du XXème siècle, lorsque le «grand» dictateur était tombé malade et avant même que celui-ci ne fût décédé. Caetano avait promis des changements politiques mais au tout début des années 1970 l on commençait à s apercevoir que ces changements n auraient pas du tout lieu, d où le sens politique des paroles de la chanson - où il est question de ces changements illusoires - et, du coup, le caractère idéologiquement engagé que prend le sonnet de Camões. Le récital s est clôturé par la lecture de quelques poèmes dans des langues autres que le portugais: en allemand, deux compositions de Goethe; en anglais, un poème de l Américaine Emily Dickinson; en arabe, un poème du Syrien Nizar Kabbani ayant pour titre, si on le traduit en français, «Aime-moi encore»; en espagnol, un poème de Garcilaso de la Vega, un autre de Sainte Thérèse d Avila et un autre de Saint Jean de la Croix; en italien, quatre sonnets de Pétrarque. Le public du récital était bien nombreux, constitué de presque tous les élèves de la Section de Portugais faisant partie du lycée à la Cité Scolaire internationale de Grenoble. Mais plein de leurs camarades surtout de Première, toutes les sections confondues, ont aussi pu profiter de cette merveilleuse séance de poésie orale, la vraie poésie en fin de compte! le recouvrement forcé de créances Les impayés constituent un point sensible dans les entreprises. Or, la stratégie à adopter dans le recouvrement de sa créance est essentielle pour augmenter ses chances de succès. Il existe plusieurs méthodes pour recouvrer une créance et chacune avec ses règles et rigueur à respecter. Les principales actions en justice qui s offrent au créancier sont les suivantes: - L injonction de payer: procédure permettant d agir sans l assistance d un avocat, pour laquelle l entreprise doit déposer une requête au greffe du Tribunal afin que celui-ci délivre une ordonnance d injonction de payer à l encontre du débiteur. Toutefois, elle est enfermée dans des délais stricts et le débiteur a la possibilité de faire opposition. - Le référé-provision, procédure ayant le mérite d être rapide, et selon laquelle le juge des référés pourra accorder à l entreprise une provision qui peut aller jusqu à 100% de la créance, mais qui n est praticable que si la créance n est pas sérieusement contestable. - La saisie conservatoire, mesure provisoire et préalable permettant de faire bloquer les fonds sur le compte bancaire du débiteur, constituant une garantie en attendant que ne soit prononcé le jugement condamnant le débiteur à payer sa créance. À cet effet, il faudra tout d abord adresser une requête au Président du Tribunal, afin d obtenir une ordonnance autorisant la mesure conservatoire. Par la suite, il est nécessaire d introduire une procédure devant le tribunal compétent afin d obtenir un titre exécutoire. Cette mesure est plus Un sonnet de Camões en portugais Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades, Muda-se o ser, muda-se a confiança; Todo o mundo é composto de mudança, Tomando sempre novas qualidades. E [refrão:] se todo o mundo é composto de mudança, Troquemos-lhe as voltas, que ainda o dia é uma criança. Continuamente vemos novidades, Diferentes em tudo da esperança; Do mal ficam as mágoas na lembrança E do bem, se algum houve, as saudades Mas [refrão] O tempo cobre o chão de verde manto, Que já coberto foi de neve fria E em mim converte em choro o doce canto. Mas [refrão] E afora este mudar-se cada dia, Outra mudança faz de mor espanto: Que não se muda já como soía coûteuse, mais plus sécurisante et rapide. L assignation en paiement. Si cette procédure est donc moins rapide, elle présente l avantage de démontrer par tout moyen que les sommes réclamées sont bien dues. Carla Fernandes Salarl Rsda Avocat à la Cour 11 rue René Goscinny Paris Tel.:

11 le 07 novembre 2012 Destaque 11 Canal franco-português quer ser a voz da diáspora oito Tv começa a emitir em setembro 2013 PUB Pascal Albertini, Presidente da Oito TV Bomdia.lu / Ricardo Silva Por Carlos Pereira Aquando da sua Assembleia plenária do dia 21 de setembro de 2011, o Conseil supérieur de l audiovisuel (CSA) decidiu adotar uma convenção com a empresa Oito TV para a criação de um canal de televisão intitulado também Oito TV destinado a promover a cultura franco-portuguesa. Pascal Albertini, produtor de televisão com larga experiência na área de produção, casado com uma lusodescendente, a atriz Jaqueline Corado da Silva, é o Presidente do canal, agora tornado público. Tudo começou quando ainda existia o canal de televisão CLP TV, em Paris. Na altura, como o canal estava com problemas pediram a minha análise sobre a questão explica Pascal Albertini ao LusoJornal. Estive a trabalhar com uma equipa durante quase 6 meses, investi bastante esforço e toda a gente que eu encontrava, concluía que há um verdadeiro potencial neste mercado. No entanto, os Administradores da CLP TV não consideraram as propostas de Pascal Albertini. Eles preferiram concentrar-se nas guerras internas, em fazer perder dinheiro uns aos outros, em vez de se concentrarem num plano de salvação do canal explica Pascal Albertini. E o canal acabou mesmo. Mas Pascal Albertini tinha um estudo de mercado, um estudo de viabilidade do projeto, que apontava para resultados positivos. Há um potencial enorme, que toda a gente vê. Interrogado sobre os principais erros da CLP TV, Pascal Albertini diz que, o meu modelo é um canal de televisão feito para a diáspora, pela diáspora e depois argumenta que os Administradores da CLP TV preferiram ir buscar equipas a Portugal, esquecendo-se que na nossa Comunidade temos gente formada nas melhores escolas, e com conhecimento do funcionamento do m e r c a d o francês, dos circuitos de apoio à produção, por exemplo. Este é o grande desafio na Oito TV: utilizar gente de cá! Logo na sua formação, para além de Pascal Albertini, conta com 4 lusodescendentes: o realizador Christophe Fonseca, fundador da produtora Les Films de l Odissée que trabalha para o prime-time francês, a jornalista da Radio France, Nathalie Lopes, a atriz Jaqueline Corado da Silva, formada na Escola Superior de Comércio de Paris, e Bruno António, que vai ocupar-se de toda a área comercial do canal. Mas conta também com dois produtores franceses Laurent e Mathieu Cappoen. São dois irmãos, com grande experiência na criação de canais étnicos. O Laurent, por exemplo, criou uma webradio brasileira que já vai com mais de um milhão de ouvintes diz Pascal Albertini. E Jaqueline Corado da Silva acrescenta que não são lusófonos, mas são lusófilos. Eles compreenderam que há uma potencialidade neste projeto. Eu também. Estou aqui por afinidade, claro, mas também por oportunismo. Vejo aqui uma oportunidade de negócio espantoso acrescenta o Presidente do canal. O novo canal vai chamarse Oito TV - m e s m o em francês vai chamarse assim - porque se trata dos oito países de expressão lusófona. Vai ser difundido em França, mas também nos restantes países francófonos, como o Luxemburgo, a Bélgica e a Suíça. Também vai ser distribuída em Portugal, para que Portugal também descubra a riqueza que representa as suas Comunidades lembra Jaqueline Corado da Silva. Vai estar disponível nas principais redes de cabo, em principio a partir de setembro de Vai ser um canal pago, mas com espaços abertos, de manhã, ao meio dia e ao fim da tarde, como acontece com o Canal Plus explica Pascal Albertini. Contrariamente à CLP TV, nós não queremos investir tudo numa redação. Uma redação é extremamente cara. A M6, por exemplo, demorou 20 anos, até começar a ter uma pequena redação e fazer telejornais explica Pascal Albertini. Vamos ter magazines informativos, culturais, económicos, dar a palavra à diáspora. Vai ser um espaço onde finalmente se vão poder afirmar. Neste momento os fundadores do canal estão a trabalhar na montagem financeira do projeto. Com um orçamento da ordem dos três milhões de euros por ano, Pascal Albertini espera que o projeto obtenha viabilidade a partir do terceiro ano de exercício. Por isso procura investidores. É natural que os investidores portugueses tenham algum receio, sobretudo depois do falhanço do projeto da CLP TV mas Pascal Albertini não desiste. Há muitos franceses que analisam a situação do ponto de vista económico e podem entrar no capital por interesse financeiro, mas eu gostava que fossem mais investidores que o façam por questões emocionais diz por seu lado Jaqueline Corado da Silva. Como é que nós conseguimos fazer tanta coisa e não havíamos de fazer uma televisão questiona a lusodescendente. Em breve o canal lançará um apelo a contribuições, numa plataforma digital e se tudo correr bem, Pascal Albertini espera inaugurar o canal já na próxima rentrée. Orgulho das origens portuguesas Jaqueline Corado da Silva orgulha-se de ver nascer este canal. É uma questão identitária afirma ao LusoJornal. Quero que o meu filho [ndr: o filho que tem com Pascal Albertini] tenha orgulho na cultura portuguesa que eu lhe transmito. Que veja coisas neste canal que lhe vão dar vontade de conhecer melhor as suas origens portuguesas. Atriz de teatro e cinema, Jaqueline Corado da Silva também trabalhou alguns anos na rádio Alfa de Paris. A nossa Comunidade é muito diversificada, é muito rica e eu gostava que em Portugal descobrissem esta riqueza através da Oito TV diz ao LusoJornal. Quero que a Oito TV seja um canal moderno, quero que saia do bacalhau tradicional diz a rir. Mas também terá bacalhau. Até terá uma missa em português todos os domingos. Jacqueline Corado da Silva Bomdia.lu / Ricardo Silva

12 12 empresas le 07 novembre 2012 em síntese Representante do Banco Santander Totta lyon: vítor Baptista aposentou-se restaurante cria animações em ladouze Por Delfim da Silva O restaurante português Un Coin de Vie, em Ladouze, organizou no sábado passado um jantar, com Feijoada, seguido de um Concurso de sueca para os muitos portugueses que residem nesta pequena localidade do Périgord. Quando se perguntava ao cozinheiro - e jovem proprietário - se era uma Feijoada à Transmontana ou à moda do Porto ele respondia com uma ponta de ironia. É uma Feijoada à minha moda ou à moda de Ladouze. Segundo os clientes, a Feijoada estava magnífica fazendo a delicia das 50 pessoas presentes. Seguiu-se depois o Concurso de sueca que reuniu 15 equipas e que durou até as 2 da manhã. A vitória foi para o par Horácio e Jorge Ferreira, que ganhou o Concurso contra o par Joaquim Silva e António Moreno. O Banco BPI esteve presente no evento oferecendo ao par vencedor camisolas, bonés, e o tão desejado Troféu. Perante o sucesso obtido, o jovem Sérgio Ferreira, que retomou o restaurante há pouco tempo, afirmou que o próximo jantar deste tipo será também uma surpresa à minha maneira, despertando desde já a curiosidade dos compatriotas da região. empresas portuguesas no midest As duas principais associações portuguesas do setor metal, AIMMAP e ANEME, organizam a presença do Pavilhão português no maior salão mundial de subcontratação industrial MIDEST, em Villepinte. Portugal contará com a presença de 34 empresas especializadas em subcontratação industrial de várias áreas, mais 10 empresas portuguesas com participações individuais. O Embaixador Seixas da Costa, acompanhado pelo Diretor da Aicep em Paris, António Silva, visitará os expositores portugueses no Midest, na quinta-feira dia 8, às 15h30. Festa na companhia de colegas e amigos LusoLyon Por Jorge Campos O responsável do Escritório de Representação de Lyon do Banco Santander Totta, Vítor Batista, passou à situação de aposentado no passado dia 30 de setembro sendo substituído em breve. Nesse âmbito, estiveram presentes em Lyon, na quarta-feira da semana passada, dia 31 de outubro, um conjunto de amigos e colegas, nomeadamente responsáveis de Portugal e outros representantes de Escritórios do banco na Europa, para assinalar os anos de abnegada dedicação à Instituição e ao mesmo tempo desejar-lhe uma longa e tranquila reforma. É natural de Ois do Bairro, no conselho de Anadia, e muito perto do centro termal da Curia, muito conhecido na região da Bairrada. O local, até à idade dos 17 anos, foi o centro de vida de Vítor Manuel Gomes Baptista. Foi a partir dos onze anos, após a escola primária, que aí começou a trabalhar durante as férias grandes, enquanto seguia o percurso escolar ao nível do liceu. Durante três meses sem folga nenhuma Vítor Batista trabalhou como grume e servente de mesa no hotel Santos Cruz, onde o seu pai também foi Chefe de mesa. Nasceu aqui um gosto crescente pela gastronomia regional, e aos poucos tomou conhecimento de várias receitas regionais, que ele mesmo aprendeu a confecionar esmeradamente, e com as quais presenteia frequentemente os amigos, como por exemplo a Chanfana e o Leitão à Bairrada. Não há nenhum Bairradino, que se respeite, que não tenha um forno em casa para assar leitões, desde que tenha casa claro diz sorrindo Vítor Baptista. O meu irmão mais velho já estava mobilizado para ir para a Angola, e eu com os meus 17 anos iria ter o mesmo destino, e então pensei fugir à tropa conta Vítor Batista ao Luso- Jornal. Resolveu então vir a salto para França com um Passador de Coimbra, fazendo a viagem de comboio, sem grandes sobressaltos. O meu destino foi a região da Alsace, precisamente a cidade de Obernai. Aí um primo meu acolheu-me e arranjou-me trabalho numa fábrica de peças para aquecimento central explica ao LusoJornal. Três anos passaram e finalmente resolvi voltar para Portugal para fazer a tropa. Vítor Baptista assentou praça nas Caldas da Rainha e mais tarde tirou o curso de Sargento em Tavira e acabou em Aveiro, como Furriel instrutor. Vivi o 25 de Abril durante o meu percurso de tropa e fiquei por lá quase 32 meses da minha vida. Assim que passei à disponibilidade regressei a França, mais precisamente para a cidade Strasbourg e aqui comecei o meu percurso profissional de bancário, onde integrei a União de Bancos Portugueses. Mais tarde foi para Nancy, Metz, Longwy, Hagondange, e finalmente Thionville, sempre na União de Bancos Portugueses. Em 1982 integrou o Banque Populaire e mais tarde no Crédito Predial Português, integrado este por sua vez no Banque de Savoie. Mais tarde o Pinto & Sotto Mayor compra parte da União de Bancos Portugueses e eu encontro-me como Diretor de agência na cidade de Lyon, o que continuei a ser finalmente, mas depois com o nome de Banque BCP. Em 2006 Vítor Baptista foi convidado para integrar as equipas do Banco Santander Totta, onde hoje finalizo o meu percurso profissional de bancário. Durante este percurso tive a sorte de encontrar pessoas formidáveis, e onde também fiz muitas amizades. Não só no meio profissional com todos os clientes, mas também na vida de todos os dias diz o jovem reformado. Não nomeio ninguém para não esquecer ninguém, mas os meus amigos devem-se reconhecer certamente. Vítor Baptista casou e hoje é avô de quatro netos que são a minha alegria diz ao LusoJornal. As três filhas, Carla, Raquel e Joana, a mais nova, e a esposa Júlia completam o quadro familiar onde sou feliz e onde me sinto plenamente realizado. Na festa com os colegas de trabalho do banco Santander Totta, participaram José Nogueira Leite, vindo de Portugal, Luís Rocha do banco em Paris e Carlos Pereira e Pedro Nogueira vindos de Zurique, entre outros. Os amigos e ex-clientes felicitaram-no e agradeceram-lhe pela sua generosidade e boa disposição, porque sempre se apresentava com um grande sorriso, nas suas relações de profissional e humanas. Agora, diz que vai dedicar a reforma para viajar com a família e descansar. Uns meses em Portugal, outros cá em França. Também vou visitar os amigos e participar, do melhor que possa, nos encontros da Academia de Bacalhau e noutras atividades que tenho o prazer em praticar. Depois acrescenta que penso que o mereço. Disse ao LusoJornal que na minha carreira também tive muitas dificuldades. Houve bons e menos bons momentos, mas foi a minha escolha. Vítor Baptista tem 59 anos de idade, e 48 de trabalho. Eu comecei a descontar logo desde os 11 anos de idade. Por isso, não vou ficar a dever nada a ninguém, concluiu. BPi do concelho de ourém em champigny Por David Alves Nos passados dias 19, 20, 21 e 22 de outubro, os balcões do BPI do Concelho de Ourém, representados pelas colaboradoras Alexandra Martins, Gerente do balcão de Ourém Avenida, e Sandra Silva, Subgerente de Caxarias, estiveram em Champigny-sur-Marne (94). Nos primeiros dias e na segunda-feira de manhã tiveram reuniões com vários clientes daquela região na agência do BPI em Champigny. As duas representantes do BPI tiveram ainda oportunidade de estar presentes no sábado à noite nas Rusgas em Bondy, organizadas pela Associação Comité des Parents Portugais da mesma localidade, e no domingo de manhã visitaram o Mercado de Villiers-sur- -Marne, tendo encontrado vários clientes e tido a oportunidade de ver in loco um dos mercados mais portugueses da região parisiense. O ponto alto aconteceu no domingo à tarde. Os 5 balcões do BPI no Concelho de Ourém associaram-se à causa Solidarité Ourém tendo Vítor Baptista LusoJornal / Jorge Campos realizado centenas de telefonemas divulgando e convidando os seus clientes a comparecerem no evento. A vinda da Alexandra Martins e da Sandra Silva permitiu não só desenvolver contactos comerciais, mas também reencontrar muitos clientes num ambiente diferente em que reinou a boa disposição, a alegria e principalmente a solidariedade dizem ao LusoJornal. Na foto Alexandra Martins e Sandra Silva, estão com responsáveis do BPI em França, com Laura Santos, Presidente da associação APICR e colaboradora do BPI, e com Michèle Verrier, Conselheira municipal na Marie de Plessis-Trèvise.

13 le 07 novembre 2012 cultura 13 Organisé par l Association Culturelle France Portugal 37 concert triomphal de luís Peças et João santos C est devant un parterre de trois cent personnes, réunies dans un silence rempli d attention et de ferveur, malgré leur grand nombre, que Luís Peças, contre ténor, et João Santos, organiste, se sont produits dimanche, le 28 octobre, en l église de Saint Paterne-Racan, au nord de Tours. Luís Peças a interprété les airs de Haendel, Purcell et Vivaldi que les habitués attendaient, mais il avait préparé quelques surprises, comme un extrait de l Orfeo ed Euridice de Glück ou des chansons espagnoles, qu il interprétait pour la première fois en concert dans la région. João Santos, organiste titulaire du Sanctuaire de Fátima, a gratifié le public de son inégalable «Batalha» du compositeur portugais António C. Braga, qui a mis en valeur à la fois tout son talent d organiste et les possibilités de l orgue historique de Saint Paterne. Le public enthousiaste réunissait les habitants de la commune, du canton, de tout le département, et des départements avoisinants: Sarthe, Loir et Cher, Maine et Loire, Eure et Loir, Vienne, mais aussi beaucoup de spectateurs et d admirateurs venus spécialement de Paris et la région parisienne, de Lyon, de Bordeaux, des Deux-Sèvres, de Picardie, et même d Outre Manche, grâce à l annonce du concert faite cet été par Luís Peças en personne dans la salle capitulaire du Monastère d Alcobaça auprès des touristes français! Le Maire et Conseiller Général Henri Zamarlik et les Amis de l Orgue de Saint Paterne-Racan qui accueillaient la manifestation, ont remercié l Association Culturelle France Portugal 37 de leur avoir permis d entendre la voix la musique classique portugaise à l honneur à Tourcoing Guimarães, capitale européenne de la culture 2012, s apprête à passer le relais à la ville de Marseille le 1er janvier Cependant, d ici là, de beaux évènements culturels et musicaux peuvent être appréciés. C est ainsi qu à partir du 8 novembre s y déroule le Festival de Jazz. Tourcoing, ville jumelée de Guimarães, continue à mettre à l honneur cette année la culture portugaise. C est dans ce cadre que Samantha Delberghe, Directrice musicale et les musiciens de l Orchestre d Harmonie de la ville de Tourcoing présentent le dimanche 11 novembre, à partir de 12h30, à l Auditorium du Conservatoire, un Concert de musique classique contemporaine portugaise. Serons joués à cette occasion, les morceaux Vathek de Luís de Freitas Branco et Otonifonias de Joly Braga Santos. Luís de Freitas Branco est né le 12 octobre 1890 au sein d une famille de la haute aristocratie portugaise qui dès le départ a voulu donner à celui-ci une éducation musicale très complète. C est ainsi qu il a voyagé à travers toute l Europe pour apprendre et contacter des musiciens de son temps. Il a eu le privilège d être au contact de Debussy et de Gabriel Grovlez lors d un voyage d étude à Paris. Tout le long de sa carrière, il a exercé les fonctions de professeur au Conservatório Nacional, Directeur du Théâtre de São Carlos, Conseiller musical de l Emissora Nacional, entre autres. Il a publié plusieurs œuvres littéraires et musicales d inspiration néo-classique jusqu à sa mort en Vathek, est un l un de plus beaux morceau de musique classique écrit du XXème siècle. C est comme qu un poème symphonique, inspiré d un conte arabe écrit en 1782 par William Beckord. Celui-ci vécu une partie de sa vie à Monserrate au Portugal. Luís de Freitas Branco a joué d une influence notable sur toute une génération de compositeurs portugais, notamment Fernando Lopes Graça et Joly Braga Santos. Ce dernier sera également à l honneur dans le concert donné par l Orchestre d Harmonie de Tourcoing. Joly Braga Santos est née à Lisbonne le 14 mai 1924 et nous a quitté le 18 juillet Il a dès son plus jeune âge acquis le gout pour l Opéra et a commencé à jouer du violon dès ses 5 ans. C est dans le cadre de l apprentissage de cet instrument, qu il a été en contact pour la première fois avec Luís de Freitas Branco. exceptionnelle de Luís Peças... Une chanteuse professionnelle, présente incognito au concert, a confié son émotion, et son admiration devant le talent de Luís Peças, dont elle a apprécié la «tonalité ronde et douce» de la voix... Les Portugais présents dans l église sont repartis émus et fiers du succès remporté par leurs compatriotes! La prestation de Luís Peças et de João Santos fut, selon les fans, la meilleure de celles réalisées en Touraine: les applaudissements fournis, chaleureux et prolongés de l auditoire et les «standing ovations», récompensées par deux bis de l artiste, en sont les preuves indéniables! Luís Peças a invité le public à se joindre à lui pour chanter l Ave Maria de Schubert attendu par tous, et qui a clôturé le spectacle, suivi d un tonnerre d applaudissements. Henri Zamarlik, Maire de Saint Paterne-Racan, bien épaulé par son épouse, ne peut que se féliciter de s être battu pour la restauration de l orgue historique de l église, et la petite commune tourangelle dont il est le premier magistrat depuis trente ans n est pas prête d oublier l événement! Guimarães estreia peça de Jean-luc nancy Par António Marrucho Quelques minutes avant le concert avec l église comble DR Nos dias 2 e 3 de novembro, no Espaço Oficina, Guimarães 2012 estreou a peça A Beleza, pequenas conferências, uma conferência teatral, construída a partir do texto A Beleza, do filósofo francês, Jean-Luc Nancy obra concebida sobre conversas do autor com crianças. Ao longo da peça, o público é confrontado com questões, que se ampliam e inteiram quando vocalizadas, ao vivo. Sublinhando um jogo de espelhamento, com adultos que dirigem às crianças questões sérias de modo simples, mas segundo dinâmicas de representação. Durante a performance, Maria Duarte, Gonçalo Ferreira de Almeida e João Rodrigues convidaram o público a pensar e interpretar o poder estético, a beleza que rodeia o quotidiano de cada um, num espetáculo com a duração de 60 minutos. Joly Braga Santos a écrit durant son existence 6 symphonies, les 4 premières l ont été entre ses 22 et 27 ans et immédiatement jouées par l Orquestra Sinfónica da Emissora Nacional. Le musicologue João de Freitas Branco considère Luís de Freitas Branco comme le plus grand symphoniste portugais et a dit de lui: «il est le contraire de l artiste qui compose que pour des minorités privilégiées. Il voulait que beaucoup de gens puissent tirer profit de son art». Otonifonias a été joué par la première fois dans le Teatro da Trindade en 1978 par la Banda Sinfónica da GNR. Le 11 novembre, à 12h30, le public présent à l Auditorium du Conservatoire de Tourcoing pourra ainsi se rendre compte que le Portugal a également de très talentueux compositeurs de musique classique. ricardo vieira Pianista música clássica rui vieira nery Nascido em Lisboa em 1957, Rui Vieira Nery iniciou os seus estudos musicais na Academia de Música de Santa Cecília, estudando mais tarde no Conservatório Nacional de Lisboa. Licenciado em História pela Faculdade de Letras de Lisboa (1980), doutorou-se em Musicologia pela Universidade do Texas em Austin (1990), onde trabalhou com os Professores Robert Snow, Gérard Béhague, Douglass Green, Michael Tusa e Elliot Antokoletz. Em 1985 tornou-se professor no Departamento de Ciências Musicais da Universidade Nova de Lisboa, e é atualmente professor no Departamento de Músicas da Universidade de Évora. Neste período orientou vários mestrados e doutoramentos em universidades portuguesas, espanholas e francesas. Como musicólogo, é autor de diversos estudos sobre História da Música Portuguesa, dois dos quais receberam o Prémio de Ensaismo Musical do Conselho Português da Música (1984 e 1992). Com um largo número de artigos científicos publicados em revistas e obras coletivas especializadas, Rui Vieira Nery exerce uma atividade intensa como conferencista, nacional e internacionalmente. Os seus temas de investigação incluem a problemática do maneirismo e do barroco na música ibérica e os processos de interpenetração cultural na música portuguesa, do vilancico à modinha e ao fado. Rui Vieira Nery tem tido uma intervenção regular no campo da reflexão sobre Políticas Culturais, tanto por escrito como pela participação em ações de debate e formação avançada neste domínio. Como crítico e colunista musical, colaborou nos semanários Expresso e O Independente, e é atualmente colaborador da Antena2 da RDP. Foi-lhe concedida em 2004 pelo Presidente da República a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique por serviços prestados ao estudo da Cultura portuguesa. Rui Vieira Nery é o atual Diretor do Programa Gulbenkian Educação para a Cultura, na Fundação Calouste Gulbenkian. Leitura obrigatória Histoire de la musique - Rui Vieira Nery, Paulo Ferreira de Castro, 1991 Imprensa Nacional Casa da Moeda

14 14 cultura le 07 novembre 2012 em síntese musicorba em tournée na Índia Depois da aliança em ano em que subiram ao palco para a celebração dos 150 anos de cooperação entre os dois países - os pianistas Tomohiro Hatta e Ricardo Vieira, radicados em França e que formam o duo MusicOrba, continuaram a imortalizar as obras para «piano a 4 mãos», formação considerada por muitos como a mais sublime da Música de Câmara. MusicOrba esteve no 30 de outubro no Stein Auditorium/Habitat Center, Nova Deli, no dia 31 no Blue Frog, também em Nova Deli e no dia 4 de novembro no BIITS Festival, em Goa. Os concertos contaram com a Estreia Mundial das obras «Emotional Waves» e «D après le vocalise de Sorabju» dos compositores Donald Yu (Hong Kong) e Edward Abreu (Portugal). Ambas as obras foram dedicadas ao duo MusicOrba. mário laginha toca em Paris em novembro O pianista Mário Laginha vai atuar em Paris, no dia 14 de novembro, no Jazzycolors, o festival dos institutos culturais estrangeiros na capital francesa, que pretende dar a conhecer ao público francês os melhores grupos de jazz. O Jazzycolors define-se com um conceito simples. Diz-se um palco para fazer descobrir ao público francês, os melhores grupos de jazz de cada país participante, com três palavras-chave em mente qualidade, originalidade, inovação. O festival acolhe artistas de renome e músicos emergentes, e artistas de diferentes universos. Do jazz folclórico aos standards clássicos revisitados, passando pelo jazz-rock psicadélico, escreve a organização. O pianista de origem sérvia Bojan Z e o saxofonista francês Julien Lourau abrem o festival. Mário Laginha atua no dia 14, às 20h00, no Goethe Institut de Paris. O concerto é organizado pelo Instituto Camões, Centro Cultural Português de Paris. A 10ª edição do Festival Jazzycolors decorre de 6 a 30 de novembro, e tem previstos 18 concertos, em oito centros culturais, na capital francesa. Presque 35 ans de présence en France casimiro silva, le pilier du fado Par Jean-Luc Gonneau Dans le petit monde du fado francilien, impossible de manquer Casimiro Silva, homme tranquille, toujours serviable, parfois rêveur avec une lueur enfantine dans le regard, rarement bougon. Fin 2013, il fêtera trentecinq ans de présence en France, il a joué et chanté dans tous les lieux de fado de la région, a porté le fado dans nos provinces et dans les pays limitrophes. Et chaque année, il profite de ses vacances pour retrouver Lisbonne et ses maisons de fado, et son Alentejo natal. Le fado, il y est entré par une grande porte, à 17 ans. Invité par des amis, il entre pour la première fois dans une maison de fado, est invité à y chanter et y est derechef embauché. C est dans le Bairro Alto, A Tipoia, en 1967, la maison tenue par la fadiste Adelina Ramos, où évoluent alors d autres grands noms du fado: Manuel d Almeida, la trop oubliée Quinita Gomes, et le très grand guitariste Casimiro Ramos, auteur entre autres du fameux Nocturno, toujours joué par les maîtres de la guitare portugaise. Peu de temps après, il part pour le tout voisin Solar da Herminia, la maison de fado d Herminia Silva, une légende du fado. C est elle, son mari et Manuel d Almeida qui aideront le jeune Casimiro, pas encore careca, à obtenir la précieuse carte professionnelle, qui n était que rarement délivrée à des mineurs. De prestigieux parrains! Casimiro, jusque là uniquement chanteur, commence alors à apprendre la guitare - la viola - aidé des conseils de ses pairs. Il travaillera ainsi notamment à Porto avec un autre éminent guitariste, Arménio de Melo, et une autre diva: Beatriz da Conceição. En décembre 1978, il est contracté pour un mois avec le guitariste et chanteur Carlos Macedo et Filipe Duarte par Don Agostinho, le jovial patron du restaurant Saudade à Versailles. Il y restera trois ans, et y retournera même quelques années plus tard. Il participera aussi à l ouverture d autres maisons de fado aujourd hui disparues: le Petit Cardoso, l Express, Avril au Portugal, O Fado. Pourquoi est-il resté en France? «Il y avait du travail, une ambiance agréable, et puis le décès de mes parents m a un peu coupé du Portugal». Un peu seulement, témoigne la chanteuse Mónica Cunha, qu il accompagne souvent à Paris: «A Lisbonne, Casimiro est intenable, il est prêt à passer toutes nuits dans les maisons de fado jusqu au petit jour». A cette époque ces lieux proposaient du fado tous les soirs, comme à Lisbonne. Heureux temps Casimiro a depuis joué et chanté dans tous les lieux parisiens de fado. Il est depuis 15 ans abonné les jeudis soirs au Saint-Cyr Palace, aux mardis du Saudade à Paris, aux nuits de fado mensuelles du Petit Chalet à Colombes (la plus adorable des patronnes de maisons de fado, dit-il de Dona São, qui règne avec gentillesse sur ce rendez-vous fadiste, mais il aime bien les autres aussi) et participe à la réouverture de L Express, transféré de la rue Cardinet à Paris vers la rue Martre à Clichy en ce début novembre, chaque dimanche soir. Accompagnateur apprécié, Casimiro Silva est aussi l un des meilleurs chanteurs de fado de la place parisienne, disposant d un vaste répertoire. Ce qu il pense du fado à Paris? Ne lui demandez pas de jugements sur les personnes, Casimiro a bon cœur: «Il y a ici beaucoup de talents chez les musiciens et les chanteurs. Il y a peut-être un peu de charlatanisme, mais à Lisbonne aussi, et il n y en a pas que dans le fado, ce n est pas grave», dit celui qui a pour références Fernando Farinha, Maria Teresa de Noronha, Fernando Mauricio, et, nous allions dire évidemment «a nossa divina Amália Rodrigues». Il a beaucoup de choses à raconter, Casimiro, et nous espérons le retrouver bientôt dans ces colonnes. atividades da residência andré de Gouveia «raízes» du maracatu nação oju oba à Paris Le spectacle «Raízes» du Maracatu Nação Oju Oba sera de nouveau à Paris, le 18 novembre prochain, à 14h30, à l Espace Reuilly. C est un spectacle splendide, qui a déjà été donné à Paris et en Allemagne. Il va être présenté à nouveau, gratuitement, sur la grande scène de l Espace Reuilly, un lieu moderne et confortable qui est situé juste à côté de la Mairie du 12ème. «Lorsque j avais vu Raízes, j avais été ébloui: une large variété de chants, musiques et danses du Nordeste, mis en scène avec brio» explique Jean-Pierre Guis, Conseiller Délégué du 12ème arrondissement de Paris, Chargé du développement économique, du commerce, de l artisanat et de l emploi et Chargé des manifestations culturelles en lien avec le Brésil. «C est l histoire du Brésil, depuis Casimiro Silva, accompagné par Philippe de Sousa DR A Residência André de Gouveia na Cité Universitaire Internationale de Paris, em parceria com o Instituto Camões e com a Fundação Calouste Gulbenkian, organizam uma série de eventos nos próximos dias. No dia 8 de novembro, às 19h00, vais er inaugurada uma exposição intitulada «Résidence André de Gouveia ans en images». A exposição vai estar patente ao público até ao dia 21 de novembro, das 10h00 às 19h00 (durante a semana) e das 13h00 às 20h00 (ao fim de semana). No dia 22 de novembro, às 18h00, vais ser inaugurada outra exposição, intitulada «Novas Cartas portuguesas» e vai ter lugar uma mesa-redonda com Maria Isabel Barreno, Michelle Perrot, Mireille Calle Gruber e Ana Luísa Amaral. No âmbito do colóquio «Nouvelles Lettres Portugaises, généalogies et générations», organizado pela Universidade de Paris III e pelo Instituto de Estudos Comparatistas Margarida Llosa da Universidade do Porto. Também no dia 7 de novembro, às 18h30, um encontro em torno da poesia de Ana Marques Gastão, «L écriture du dedans», na presença da autora, de Catherine Dumas (Universidade de Paris III), de José Manuel Esteves (Cátedra Lindley Cintra / Universidade de Paris Ouest Nanterre La Défense) e de Diogo Sardinha (Colégio Internacional de Filosofia). Esta sessão, embora coorganizada pela Residência, decorrerá na Fundação Calouste Gulbenkian - Delegação em França. l esclavage, qui nous est contée». Le Nordeste du Brésil a donné naissance à une culture aux mille facettes alliant les héritages européens, amérindiens et africains. A travers «Raízes» vous approcherez de cette culture afro-brésilienne en perpétuelle évolution et découvrirez les multiples déclinaisons de rythmes et danses qu ils soient populaires ou sacrés. Ce spectacle vous ouvrira les portes d un univers à la fois festif, coloré et envoûtant! L association Labà vous invite à aller voir ce fabuleux spectacle qui sera exceptionnellement gratuit, mais à condition d être inscrit sur Espace Reuilly, 21 rue Hénard Paris

15 le 07 novembre 2012 cultura 15 Organisée par Céline Ventura Teixeira Journée d études sur l azulejo, à Paris Par Clara Teixeira L institut national d histoire de l art organise une journée d études lusophone sous le thème de «L art de l azulejo histoire d une pratique ornementale», ce vendredi 9 novembre, dirigé par Céline Ventura Teixeira. «C est suite à mes recherches dans le cadre de ma thèse que j ai décidé réaliser cette manifestation avec l aide de ma conseillère scientifique de l INHA, Julie Ramos», déclare la jeune étudiante. Issu des arts du feu, l azulejo démontre une capacité d adaptation et d incorporation des styles et mouvements artistiques du XVIème au XVIIIème siècles. «Initialement employé pour pallier le manque de peintures au sein des églises, l azulejo est progressivement devenu un objet coûteux prisé par l aristocratie pour la décoration de ses palais». Certaines compositions témoignent d une pratique artistique dont la dimension ornementale est nuancée par la volonté de lui accorder ses lettres de noblesse. «Divers artistes portugais ou travaillant au Portugal seront réunis lors de cette journée», dit-elle au LusoJornal. Entre 9h45 et 10h10, le grand panorama de Lisbonne - l iconographie de Lisbonne en azulejos: représentation, modèle et décor de Pedro Flor (IHA, Institut d histoire de l art - FSCH, Faculté de sciences sociales et humaines/ Université Nouvelle de Lisbonne). Découvert il y a peu dans le palais des comtes de Tentúgal, cette création attribuée à Gabriel del Barco et datant de la fin du XVIIe siècle rend compte des goûts de l époque. Il présente un panorama complet de la ville avant le fameux tremblement de terre de 1755; sa dimension topographique permet d identifier des monuments existant encore ou disparus. Couvents, églises, palais, bon nombre des édifices représentés ont un point commun: la présence en leur sein d azulejos. Ce panorama permet donc d analyser l ornement par l étude typologique de ces lieux de conservation. Cependant, d une église à un palais, l usage d azulejos ne sera pas le même. «Une Route des Azulejos à travers le panneau Vue de Lisbonne» par Ana Paula Rebelo Correia de l Université Nouvelle de Lisbonne/ École Supérieure d Arts Décoratifs Fondation Ricardo do Espírito Santo Silva, «Les pavements céramiques dans la peinture portugaise de la Renaissance ( )» par Teresa Peralta de l IHA - FL/ Université de Lisbonne / École Supérieure d Arts Décoratifs Fondation Ricardo do Espírito Santo Silva, «L art du brutesco et les carreaux portugais de l âge baroque: triomphe et signification artistique (XVIIe- XVIIIe siècles)» par Vítor Serrão de l IHA - FL/ Université de Lisbonne, «Echanges, Circulations et Transfers de modèles entre le Portugal et l Europe» par Sílvia Ferreira de l IHA - FCSH/ Université Nouvelle de Lisbonne et Maria João Pereira Coutinho de l IHA - FCSH/ Université Nouvelle de Lisbonne, ainsi que «Histoire et Perspectives: l azulejo comme métaphore d un passé historique commun aux royaumes de Castille et exposição de Tânia martins em Dijon Integrada na Semana Cultural Luso- Francesa organizada em Dijon pela ULFE (Union Luso Française Européenne), Tânia Martins expôs parte das suas obras obtendo franco sucesso junto dos visitantes. Tânia Martins Vieira é uma jovem pintora de 24 anos, natural de Vila Nova de Armamar, no distrito de Viseu e residente em Dijon. Adepta de pinturas de relevo, cores vivas e brilhantes, e cenas do real, Tânia Martins esteve presente com a sua exposição de 31 de outubro até domingo dia 4 de novembro, onde informou e iluminou os aficionados de naturezas mortas. du Portugal (XVIIe - XVIIIe siècles)» sont les communications présentées le long de la Journée. «La fonction, l utilité et le plaisir de posséder de telles réalisations font aussi partie des paramètres à prendre en compte dans l appréhension d un art qui croise ainsi les problématiques engagées par la notion d ornement. Cette journée présentera des études de cas de la péninsule ibérique et permettra de prendre connaissance des résultats des récents projets de recherche sur les azulejos et la céramique au Portugal». Cette idée de Journée d études a vu le jour grâce à des rencontres déterminantes avec notamment le Professeur Pedro Flor, le Professeur Vitor Serrão et Susana Varela Flor. Par ailleurs, sans le soutient de ma Directrice de recherche le Professeur Annie Molinié ainsi que de l INHA, je pense à Julie Ramos, Conseillère scientifique ainsi qu au Directeur du département des études et de la recherches Monsieur Philippe Sénéchal, ce projet n aurait pas pu se réaliser» explique Céline Ventura Teixeira au LusoJornal. Galerie Colbert, Salle Walter Benjamin 2 rue Vivienne ou 6 rue des Petits- Champs Paris manuel de oliveira prochainement à lille? Par António Marrucho Por Chico Correia Tânia Martins em Dijon Chico Correia Citéphilo 2012, qui a pour thème cette année «Quel réel», se déroulera dans la métropole lilloise entre le 8 et 28 novembre. Les organisateurs rêvent et espèrent que le jeune homme de 104 ans, Manoel de Oliveira, puisse venir assister à l hommage qui lui sera rendu du samedi 24 au lundi 26 novembre prochains. Des rencontres avec le cinéaste y sont programmées. Le cinéaste le plus âgé de la planète a du être hospitalisé, il y de cela quelques mois, pour de petits soucis de santé. Ce patient, a démontré avoir très peu patience pour rester à l hôpital, par manque de temps pour être malade disait-il. Il a vite fait comprendre à ses médecins qu il fallait le laisser sortir... du travail l attendait. C est à l âge ou beaucoup d entre nous pensent à la retraite, que celuici, a commencé à ce faire remarquer avec sa manière très particulière de faire du cinéma. Manoel de Oliveira doit être un des cinéastes qui a les plus fréquenté Cannes au mois de mai, sa présence au festival l obligeant pour présenter ses œuvres. C est donc quoi Citéphilo, la manifestation à laquelle est convié Manoel de Oliveira? Citéphilo est une manifestation publique et gratuite qui se veut populaire. Elle parie sur la capacité de tous publics à entendre et à suivre des discours parfois difficiles, ainsi qu à évaluer ceux qui sont pertinents et ceux qui le sont moins. Le samedi 24 novembre, à 19h30 est prévue l ouverture de l hommage à Manoel de Oliveira, suivie de la projection de «Le Passé et le Présent», au Palais des Beaux-Arts, Grand auditorium, Place de la République, à Lille, avec présentation de Jacques Lemière de l Institut de sociologie et d anthropologie, de l Université Lille 1, auteur de «Le cinéma comme interpellation du pays. Le Portugal après Avril Parcours de cinéastes, événement politique et idée nationale». Le dimanche 25 novembre il y aura la projection de «Le Pain» (10h00), «Porto de Mon Enfance» (11h30), Val Abraham (14h30), et, à 19h45 est donc prévue une rencontre avec Manoel de Oliveira, sous réserve de sa participation, bien sur, avec António Preto de la Escola Superior Artística do Porto et de l Universidade Lusófona do Porto, Commissaire de l exposition Manoel de Oliveira/José Régio, Releituras e Fantasmas. Présentation de Jacques Lemière. Le lundi 26 novembre, il y aura la projection de Gebo et l ombre (20h30) et une nouvelle rencontre avec Manoel de Oliveira, à 22h00. Sendo esta a sua primeira exposição fora do território português, salientase contudo algumas das suas exposições ao nível nacional: CM Armamar, Centro Cultural de Sernancelhe, CM Mangualde e Museu de Carregal do Sal. Sem ter cursado escolas de belas artes e menos ainda grandes escolas de pintura, Tânia Martins teve a sorte de ser descoberta pela sua professora de desenho quando frequentava o seu 3º ciclo que viu nesta jovem aluna um dom nato pela pintura, sendo ela própria a lhe ensinar as bases rudimentares da arte. Tudo leva a antever um futuro prometedor no meio da pintura desta jovem artista. Dominique stoenesco um livro por semana un livre par semaine «Bonjour camarades» de ondjaki Né en 1977, à Luanda, le jeune écrivain angolais Ondjaki a une vie littéraire déjà bien remplie. Son appétit pour les livres a commencé très tôt, grâce à son oncle qui lui donna à lire, alors qu il n avait que 14 ans, La Nausée de Sartre et Cent ans de solitude de Garcia Marquez. Après des études en Sociologie et un passage par le théâtre et la peinture, Ondjaki publie Actu Sanguíneu (poésie) qui lui vaut, en 2000, une mention honorable du Prix António Jacinto. Suivront d autres livres de poésie, des nouvelles et des romans, jusqu au tout récent, Os transparentes, où Ondjaki nous fait le portrait d une Luanda réelle et surréaliste à la fois. Traduit dans de nombreuses langues, Ondjaki (pseudonyme qui signifie «guerrier» en quimbundo) a obtenu plusieurs grands prix littéraires. Dans Bonjour Camarades (éd. La Joie de Lire, 2004, traduction de D. Nédellec), Ondjaki raconte son enfance et nous embarque dans un univers rocambolesque de l Angola post-colonial, encore marqué par la domination portugaise et aux prises avec une guerre civile qui va durer jusqu au premier traité de paix de 1991, moment où les Cubains, qui étaient venus en renfort, se retirent du pays. Dès les premières pages on est conquis par ce récit plein d imagination, de poésie et d humour, où apparaissent des personnages surprenants, comme António, employé de maison nostalgique, ou tante Dada, qui revient du Portugal passer quelques jours à Luanda et qui sera prétexte pour une réflexion sur les nouvelles conditions de vie en Angola. Sans compter le Cercueil Vide, un mystérieux groupe d hommes armés qui terrorise les collégiens à la sortie des cours. Sur l écriture de Ondjaki, imprégnée d oralité, il y aurait beaucoup à dire, car sous sa plume la langue portugaise se transforme, parfois il fabrique des mots en les remodelant par juxtaposition ou agglutination. Mais le principal est certainement de plonger dans cet univers si varié et de se laisser porter par sa magie.

16 16 cultura le 07 novembre 2012 em síntese festival de poésie avec alice machado et Dan inger Alice Machado et Dan Inger dos Santos vont participer à la première édition de Poésir les cinq sens de l écriture, un festival multidisciplinaire autour de la poésie, qui a lieu du 7 au 11 novembre dans différents centres culturels étrangers à Paris. Dans Poésir, crase qui fonde la Poésie et le Désir (ou l elisir, voire l alchimie du verbe comme dirait Rimbaud) y ont des différents niveaux de lecture: poésie perçue par les sens (vue, ouïe, goût, odorat, toucher), poésie en tous ses styles et formes, poésie comme dialogue interculturel et interlinguistique, poésie en rapport et symbiose avec les autres arts. Alice Machado et Dan Inger dos Santos seront le 8 novembre à la Maison de l Amérique Latine, à Paris 7 et le 11 novembre, au New Morning, à Paris 10. festa portuguesa no Blanc mesnil A la recherche de mes racines livro sobre raízes de maria do sameiro carvalho vai ser apresentado no consulado de Paris No próximo dia 9 de novembro, às 18h30, o Consulado Geral de Portugal em Paris, acolhe a apresentação do livro A la recherche de mes racines de Maria do Sameiro de Carvalho-Marchand. A obra será apresentada pelo autor Manuel do Nascimento, cofundador da Sociedade dos autores lusófonos de França. Maria Marchand nasceu em 1957 em Melgaço, Portugal, muito cedo os seus pais emigraram para França, onde vive desde criança. Apaixonada pela história, Maria M a r c h a n d descobre a genealogia e inicia-se no seu estudo, aperfeiçoando-se no estudo das famílias. Após anos de dedicação, a autora decide por em prática os seus conhecimentos e procurar os seus antepassados portugueses. É uma grande aventura partir à procura dos nossos antepassados diz a autora. Através da sua pesquisa familiar, Maria Marchand descobre também a História de Portugal. Esta obra destina-se a genealogistas e curiosos e mostra que é possível viver ou reviver as nossas raízes mais longínquas. Tem como base documentos de arquivo e cobre quatro séculos de acontecimentos familiares, que fazem deste livro uma saga familiar. Após a apresentação do livro, terá lugar um momento musical com Dan Inger dos Santos e a cantora de fado Conceição Guadalupe. lionel cecílio dans aladin au Théâtre comédia Par Cristina Branco Lionel Cecílio LusoJornal / Cristina Branco Pour la reprise d Aladin au Théâtre Comédia on retrouve Lionel Cecílio sous la peau d Aladin aussi rusé et amoureux de sa princesse Yasmine. Ce jeune et talentueux acteur, déjà plusieurs fois primé Jeune Talent Cannes (Festival de Cannes 2011) - Prix d Interprétation Masculine (Vaucresson 2004) est un lusodescendant. Avec une formation initiale a l Ecole des Enfants Terribles à Paris, Lionel Cecílio ne s est plus jamais arrêté, il compte à son actif plusieurs rôles au théâtre, filmes, séries, publicité, Au téléfilm «Le bonheur des Duprés», il tient un rôle où il joue aussi en portugais. Très bientôt au cinéma on le retrouvera à coté de Catherine Deneuve, Almaric, Malkovitch, entre autres grands acteurs pour «Les lignes de Wellington». Pour connaître mieux son parcours n hésitez pas à consulter son site perso: Mais pour rencontrer Lionel Cecílio en personne, allez au Théâtre Comédia voir Aladin. Cette féérie qui a déjà émerveillé plus de spectateurs l année dernière est de retour depuis le 13 octobre, et restera à l affiche jusqu au 5 janvier Accompagner ses enfants ce n est qu un prétexte, on redevient enfant devant ce conte de Disney adapté au théâtre. Aladin, sa lampe magique et son tapis volant plaira autant aux petits qu aux grands. A Association des Portugais du Blanc Mesnil realizou no passado dia 3 de novembro uma grande festa animada por José Malhoa, Elena e o grupo Baila Portugal. Foi um evento em que estiveram presentes mais de 800 pessoas e onde reinou a boa disposição. Esta associação conta com 10 anos de existência e cerca de 350 sócios sendo liderada desde há dois anos por Luís Gonçalves, natural de Viana do Castelo. Não faltando a dinâmica que caracteriza todas as associações portuguesas, apostam agora na criação de um rancho folclórico assim como uma equipa de futebol. O próximo evento terá lugar já no próximo domingo, dia 11 de novembro com um Aprés-midi dansant animado por Paulo da Costa e que terá lugar na Salle Claude Terrasse em Blanc Mesnil. Na fotografia está Didier Mignot, Maire du Blanc Mesnil, Luís Gonçalves, Presidente da associação e Susana Duarte do Banco BPI de Drancy. semana cultural luso-francesa em Dijon Por Chico Correia A capital dos Duques de Borgonha foi uma vez mais palco de uma Semana Cultural Luso-Francesa. Numa organização da ULFE (Union Luso-Française Européenne) - que é o fruto da união das duas principais associações portuguesas de Dijon, ASOP (Association Sportive des Ouvriers Portugais) e da Maison du Portugal - este certame decorreu de 31 de outubro a 4 de novembro. Com inauguração no dia 31 outubro, na presença de Nathalie Green em representação Pascal Mailhos, Préfet da Côte d Or, Laurence Karoubi Vice- Cônsul de Espanha, Alain Millot em representação de François Rebsamen, Senador e Maire de Dijon, Gilbert Menut em representação de François Sauvadet, Presidente do Conseil Général, entre outros autarcas, presidentes de associações e convidados. Após a apresentação deste evento pela Presidente da ULFE, Odália Novais, todas as personalidades acima citadas proferiram algumas palavras de elogios e incentivação em direção da Comunidade portuguesa de Dijon e onde ficou o desejo, quase uma promessa, de que a próxima Semana Cultural, no ano 2013, possa ter lugar no novo Centro Cultural Português de Odália Novais, Laurent Grandguillaume e Carlos Gonçalves LusoJornal / Chico Correia Dijon, uma obra monumental que se encontra em fase de acabamentos. Com duas exposições, uma dedicada ao artesanato português, com relevo especial aos trabalhos executados pelas senhoras do Grupo folclórico da associação (rendas, bordados etc.), mas também trabalhos das crianças que seguem os curso de aulas em português. A segunda exposição, consagrada às pinturas da jovem artista Tânia Martins. Um jantar de confraternização no sábado pelas 19h00, com especialidades tipicamente portuguesas, foi seguido de um baile para uma boa digestão com a animação da banda Fantasia vinda de Paris. Ponto alto desta manifestação, foi o Festival folclórico, presidido pelo Deputado (PSD) Carlos Gonçalves, eleito pelo círculo eleitoral da Europa, que teve lugar no domingo, das 14h00 às 20h00, e que contou também com a presença de Laurent Grandguillaume, Deputado de Dijon. No Festival participaram os grupos Grupo Folclórico Bourguignon La Bourguignonne, Grupo folclórico Associação recreativa dos Portugueses de Faucigny Scionzier Haute Savoie «Os Lusitanos», Grupo folclórico infantil da Associação das famílias portuguesas de Auxonne, Grupo folclórico dos Portugueses de Friburg (Suíça), Grupo folclórico dos Portugueses de Besançon, e o Grupo folclórico dos Portugueses de Dijon ULFE, que abriu este festival. A terminar esta manifestação, houve entrega de prémios aos grupos participantes, encerramento da Semana Cultural Luso-Francesa, com muitos agradecimentos a todos aqueles que benevolamente se investiram para o sucesso deste Festival, um agradecimento à Mairie de Dijon pela disponibilidade desta sala, e claro, um adeus à sala Devosge que durante todos estes anos acolheu esta como tantas outras manifestações portuguesas, uma vez que o próximo evento terá lugar provavelmente numa das próprias salas da associação.

17 le 07 novembre 2012 associações 17 Com Rebeca, Sandrine Gibelin e Anjos da Noite em Saint Gilles-du-Gard radioportugas promete festa de arromba Por José Manuel Santos A estação de rádio Radioportugas promete uma grande festa, dia 10 de novembro, mesmo que isso implique custos elevados, disse Pedro Carvalho, Administrador da rádio. Muito aguardada em Saint Gilles-du- Gard, com um sabor muito especial já que se comemora a noite de S. Martinho, a sala polyvalente da Mairie saint-gilloise, localizada no Boulevard Emile Cazelles, junto à praça de touros, irá ser palco de um cenário composto pela cantora portuguesa Rebeca, a cantora francesa Sandrine Gibelin e o conjunto musical Anjos da Noite, que vem da Suíça, onde irão também marcar presença Isabel Silva, Chanceler no Consulado de Portugal em Marseille em representação da Cônsul - por esta se encontrar de luto pelo falecimento de um familiar - Alain Gaido, Maire de Saint Gilles e seus Adjuntos, patrocinadores, individualidades convidadas e caras conhecidas desta estação webradio. Construímos um projeto sólido que é hoje uma referência, e esta é a altura de comemorarmos todos juntos, celebrando este encontro com talentos, aproveitando para conviver uns com os outros numa noite onde a animação promete e partilhar o que alcançamos até aqui, comentou Pedro Carvalho. Este ano, na comemoração do seu segundo aniversário, um grande evento onde marcaram presença Maria Lisboa, Paula Soares, Kassio, David Garcia, Hugo Sampaio, Diogo Douro e o conjunto musical Anjos da Noite, os festejos foram, no entender de Carla Saraiva, locutora e Diretora de programas, inevitáveis. Sempre que estamos todos juntos é muito divertido. Cortámos nos custos, reestruturámos a radio e foi uma noite muito bem passada, que deixou marcas e desta vez queremos aumentar o sucesso das edições anteriores, salientou. 9ème festival folklorique de st Priest Par Mário Loureiro Le samedi 3 novembre a eu lieu a la salle polyvalente Mosaïque de St. Priest, la 9ème édition du Festival folklorique de l Association portugaise Juventude do Alto Minho de St. Priest. Pour cette occasion, Manuel de Amorim, Président de cette association, ainsi que tout sont Bureau, ont décidé convier les groupes folkloriques portugais d Oyonnax, de St Claude dans le Jura, Verde Minho de St Martin d Hères dans l Isère, mais surtout pour la première fois dans la région, la présence du groupe Saudades de Montpellier, dans l Hérault. Toutes ces associations ont appelé les danses traditionnelles portugaises devant un public d environ 500 personnes. La fête fut suivie d un bal jusqu à l aube. Manuel de Amorim a créé cette association il y a 9 ans déjà et n à cessé de lui donner une vie avec le folklore, De outra maneira era impossível, adiantou Serafim Ferreira, locutor e responsável pelos locutores. Este tipo de eventos, e não falo especificamente deste, mas de uma maneira geral, são sempre dispendiosos mas imprescindíveis, rematou. Pedro Carvalho revelou ainda que para esta festa conseguiu encontrar uma solução entre a Radioportugas e algumas empresas patrocinadoras que tornaram possível a realização deste evento, muito particularmente a Maire de Saint Gilles-du-Gard e o Adjunto do Maire, o lusodescendente Fernando Soares, que tem sido incansável com uma ajuda muito preciosa para que este tipo de encontros de amigos da Radioportugas sejam um sucesso. A partir das 19h00 e até perto da uma da manhã, a festa vai ser de arromba, constituindo uma noite de excelente convívio e de partilha das tradições lusas, onde se juntarão aos anfitriões, ilustres anónimos da cultura francesa, que habitualmente acompanham a carreira musical de Sandrine Gibelin. Antes do espetáculo, uma sessão pública de autógrafos será levada a efeito no restaurante Le Portugal en Camargue, junto ao canal e porto de abrigo de barcos de recreio, naquela vila do Gard, onde irá decorrer também uma exposição do artista plástico Carlos Sousa e que este jovem talento intitula de Reflexão. Na sala polivalente onde decorrerá a festa, um bar estará em funcionamento com uma vasta gama de petiscos tradicionalmente portugueses, com especial destaque para o leitão assado à moda da Bairrada. mais aussi avec des bals avec de grands noms de la chanson populaire portugaise comme Jorge Ferreira, José Malhoa, Quim Barreiros, entre autres. A ce jour, son groupe a effectué plus de 500 représentations dans la France et les pays francophones ainsi qu au Portugal (Fafe, Ponte de lima, Porto). Aujourd hui, Manuel de Amorim souhaite que son groupe participe à une émission de télévision française afin de faire connaitre le folklore portugais. Dans ces premières années de présidence, il a lancé des animations diverses comme le Festival de la chanson portugaise dans la région, ainsi que l élection de Miss Portugal en Rhône-Alpes, animation qu il aimerait relancer dans un futur proche. Il aimerait aussi créer un orchestre afin d animer des bals dans la région et pour cela il recherche actuellement un batteur pour finir de former cet orchestre. em síntese festival de folclore em Drancy A sala do Espace Culturel du Parc em Drancy encheu novamente para receber o Festival folclórico português de Drancy. Houve grande afluência de Portugueses para ver os vários grupos: Estrelas de Portugal de Cergy Pontoise, Barquinho do Rio Lima de Paris 17, Estrelas Douradas de Versailles, Os Lusitanos de Saint Cyr L école e Romarias do Minho de Drancy. A festa teve a participação especial do grupo Os Portugueses de Corse. As várias coletividades permitiram aos muitos presentes passarem uma tarde cheia de entusiasmo e de saudosismo. Na foto Carlos Machado da agência do BPI em Drancy e a Mme Silva, Presidente da Association Drancèenne les Amis du Portugal. s.martinho em Beausoleil Por José Manuel Santos cap magellan fête la s. martinho à Paris Par Manuel Martins Comme chaque année, l association Cap Magellan organise un évènement autour de la Fête de S. Martinho et des Châtaignes. «La Fête de S. Martinho au Portugal est le jour de la Fête des Châtaignes. C est une fête traditionnelle appelée Magusto que l on continue à célébrer autour d un feu improvisé dans lequel on grille des châtaignes et autour duquel sont conviés à manger et à boire, ceux qui passent» dit un communiqué de presse de l association. L évènement mis en place par Cap Magellan aura lieu les samedis 10 et 17 et dimanche 11 novembre prochains. Les châtaignes ont été offertes par la Ville de Trancoso et Cap Magellan les distribue par les différents partenaires de l opération qui s engagent à les griller et à les offrir, tout en remettant aussi un dépliant expliquant cette tradition. Voici la liste des évènements divulguée par Cap Magellan. Le samedi 10 novembre Café du Château, 143 rue du Château, Paris 14, à partir de 15h00. Châtaignes grillées. Boulangerie Aux Délices du Palais, 60 boulevard Brune, Paris 14, à partir de 14h00. Châtaignes grillées. Le dimanche 11 novembre Association Culturelle et Récréative de Saint-Antoine, Centre João Gama, rue François Truffaut, Paris 12, à partir de 14h30. Châtaignes grillées et animations avec le Groupe folklorique de l ACR de Saint-Antoine. Paroisse Saint-Antoine des Quinze- Vingts, 57 rue de Traversière, Paris 12, à partir de 15h00. Châtaignes grillées. Paroisse Notre-Dame du Travail, 36 rue Guilleminot, Paris 14, à partir de 14h30. Châtaignes grillées et animations avec le Groupe folklorique Alegres do Minho de Paris 13. Association La Boule du Moulin Vert de Paris 14, Stade Elisabeth, 7-15 avenue Paul Appell, à Paris 14, à partir de 14h30. Châtaignes grillées et animations. Restaurant L Arganier, 14 rue Edouard Jacques, Paris 14, à partir de 15h00. Châtaignes grillés. Sanctuaire Notre-Dame de Fátima, 48 bis Boulevard Serrurier, Paris 19, à partir de 16h00. Châtaignes grillées et animations. L Art O Café, 55 avenue Verdun (Place du marché), Romainville (93), de 11h00 à 13h00. Châtaignes grillées et animations (expositions à l intérieur du café, groupe de musique à l extérieur). Paroisse Portugaise de Paris Gentilly, 111 avenue Paul Vaillant Couturier, Gentilly (94), à partir de 15h00. Châtaignes grillées et animations folkloriques. Association Franco-portugaise du Kremlin-Bicêtre Terras do Minho, 19 rue du professeur Bergonié, Kremlin-Bicêtre (94), à partir de 15h00. Châtaignes grillées et animations (accordéonistes et bal). Le samedi 17 novembre Association d Amitié Franco-portugaise du Val d Yerres, Espace René Fallet, 29 bis avenue Jean Jaurès, Crosne (91), à 20h. Repas, Châtaignes grillées et animations (chanteur Francisco Peças et Soirée dansante avec Copakabana). LJ/ José Manuel Santos O Grupo folclórico dos Portugueses de Beausoleil organiza, no Stade André Vanco, uma castanhada, no próximo sábado e domingo, com bar aberto ao público, petiscos e bebidas tradicionais portuguesas. No sábado, a partir das 14h30, irá ter lugar um Torneio de sueca, com inscrições a efetuar no local a partir das 13h30 e atuação do grupo musical Sol Nascente das 21h00 até às 24h00. No domingo, a partir das 10h00 e até cerca das 21h00, o dia será preenchido com as atuações dos grupos folclóricos AUP de Cannes, Recordações de Portugal d Antibes e Portugueses de Beausoleil. A organização oferece as castanhas nos dois dias da festa.

18 18 associações le 07 novembre 2012 boa notícia Doar. Doer. No dia 4 de fevereiro de 1994, em Nova Iorque, Madre Teresa de Calcutá encontrou alguns dos mais importantes políticos americanos, entre os quais, o então Presidente Bill Clinton e o seu Vice-Presidente Al Gore. Nesse encontro histórico, Madre Teresa cunhou uma expressão que nos ajuda a compreender o evangelho do próximo domingo: «Doar tem que doer». Se não dói quando damos, isso significa que ainda não doámos realmente nada. Demos do que sobrava; partilhámos apenas o que sobejava e a nossa vida não foi minimamente tocada por esse gesto. Madre Teresa dizia também que «o importante não é o que se dá, mas o amor com que se dá», e que «amar significa estar disposto a doarse até que doa». No próximo dia 11, o evangelho apresenta-nos dois casos bem distintos: em primeiro lugar é descrito o comportamento dos escribas e dos ricos: sempre sedentos de lucro, não fazem nada sem segundas intenções e exploram tudo e todos (até mesmo uma esmola) em troca de um momento de glória, um aplauso, um elogio. O segundo caso corresponde a uma pobre viúva que depositou na caixa das esmolas do templo tudo o que possuía: duas pequenas moedas. Ninguém reparou no gesto da viúva. Ninguém, exceto Jesus. E para Ele (para Deus) aqueles dois tostões foram o dom mais importante, pois nenhuma outra esmola foi dada com tanta gratuidade, totalidade e sacrifício. Este evangelho ensina-nos que o verdadeiro cristão não é o que cultiva gestos teatrais e espampanantes, que impressionam as multidões e que são aplaudidos pelos homens. Verdadeiro cristão é quem, no segredo - livremente e gratuitamente - ajuda os irmãos mais pobres e partilha tudo o que tem. Não apenas o que sobeja. Doa a quem doer. P. Carlos Caetano padrecarloscaetano.blogspot.com Sugestão de missa em português: Comunidade Católica Portuguesa da Paroisse de St. Antoine des Quinze-Vingts de Paris rue de Traversière Paris Missa portuguesa ao domingo, às 9h15 Foram recolhidos mais de euros solidariedade em nanterre para ajudar o Hugo Por Joaquim Pereira A Festa de solidariedade para com uma criança, organizada no fim de semana passado na ARCOP de Nanterre, rendeu euros que foram entregues à mãe da criança, uma ex-emigrante, membro da associação, mas agora a morar em Portugal. Maria do Céu Alves Pereira veio de Portugal, onde reside, com o filho, Hugo, para assistir à festa. Quando eu fazia as ecografias, aqui em França, não foi detetada qualquer anomalia disse ao LusoJornal. Mas quando o Hugo tinha três meses, enquanto que as outras crianças já seguravam a cabecinha, ele não segurava e aí os médicos começaram a preocupar-se. Sofrendo de paralisia cerebral, o Hugo começou a fazer fisioterapia a partir dos 6 meses, mas entretanto o casal regressou para Boticas, com os dois filhos. Em questão de saúde o Hugo está bem, mas não tem equilíbrio. Antes de regressar a Portugal o casal participava na vida da associação. Nós não tivemos um bom comportamento, confessa Manuel Brito, o Presidente da associação. Sabíamos que o Hugo tinha um problema, mas nunca nos preocupamos em saber como tinham evoluído as coisas diz emocionado. Quando li, no verão passado, num jornal português, o apelo da mãe do Hugo, compreendi que a situação era grave. Esta gente é reservada e não gosta de expor os seus problemas. Preferem dar, do que receber. Compreendi que, se estavam a pedir ajuda, é porque necessitam mesmo de apoio diz Manuel Brito. A Direção concordou ajudar a família e a festa de recolha de fundos teve lugar no sábado e no domingo passado. Eu faço tudo pelo meu filho. Se não faço mais é porque não posso conta Maria do Céu. Estivemos três meses em Cuba e foi aí que ele aprendeu a comer, mas custou-me euros. Maria do Céu está 24 horas por dia a ocupar-se do Hugo. Recebe apenas 78 euros por mês de ajudas da Segurança Social. Também pagam a fisioterapia e o transporte nos carros dos bombeiros, mas também queriam cortar-me esta ajuda do transporte duas vezes por semana entre Boticas e Vila Real disse ao LusoJornal. No sábado à noite havia mais de 800 pessoas na sala e no domingo havia cerca de 400 pessoas. Os valores que foram recolhidos vão servir para comprar em prioridade uma cadeira para o banho e uma cadeira de rodas para casa. O Hugo está a crescer e agora, quando estou sozinha já se torna difícil dar-lhe banho diz Maria do Céu. Pouco a pouco, Hugo vai progredindo. Com a ida a Cuba passou a comer de tudo, com a fisioterapia já vai ganhando algum equilíbrio, também tem terapia da fala e vai tendo progressos, já se começa a perceberse quando chama pela irmã Cristiana, por exemplo. Música, folclore, concertinas e muita animação popular foi a fórmula escolhida pela associação organizadora. Maria do Céu agradeceu a todos quantos se mobilizaram para ajudar a família. O Hugo vai percebendo tudo, mas aqui está muita gente e ele está habituado a que se ocupem dele, com pouca gente. Está um pouco confuso para ele esta gente toda aqui. Mas o evento da ARCOP de Nanterre mostra que, em momentos como este, a Comunidade sabe unir-se e mostrar que é solidária. Parabéns à ARCOP. cortes nas subvenções ameaçam ccpf A Coordenação das Coletividades Portuguesas de França (CCPF) está a atravessar graves problemas financeiros devido à redução das subvenções por parte dos Governos português e francês, disse à Lusa o Presidente da instituição, José Cardina. A situação financeira hoje é mais do que complicada. Com a redução das subvenções públicas, que baixaram enormemente, está complicado para trabalhar, afirmou José Cardina. O responsável explicou que o apoio de 15 mil euros por parte da Direção Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas (DGACCP) com que a CCPF contava para 2012 acabou por ser suspenso devido à crise que Portugal atravessa. Segundo o Presidente, do Estado português, a Coordenação das Coletividades recebeu apenas um apoio de cinco mil Em Saint Gilles-du-Gard e Bellegarde euros para realizar em Portugal um encontro de jovens lusodescendentes. Até ver, o que nos foi anunciado não foi que não iríamos ter apoio, foi que, de momento, e devido à crise, as ajudas a estruturas como a nossa estavam suspensas, afirmou, reconhecendo, contudo, que este cenário está a colocar à instituição um grande problema. Questionado pela Lusa, o secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, afirmou, por escrito, estar ao corrente da situação difícil que a CCPF atravessa, confirmou o apoio de 5 mil euros que a DGACCP atribuiu à Coordenação este ano, e acrescentou que outros pedidos de apoio estão em análise, tendo em conta que o protocolo estabelecido anteriormente entre a DGACCP e a CCPF caducou. mantém-se a tradição de fazer magustos Por José Manuel Santos Mais que não seja para perpetuar esta tradição e aquecer as noites frias que se avizinham, o Centro Português de Saint Gilles-du-Gard e a Association Amicale Franco-Portugaise de Bellegarde organizam a festa do Magusto, associado ao dia de Todos-os-Santos e ao dia de São Martinho. Nestas duas associações, o simbolismo particular e ainda marcadamente pagão greco-romano irá ter a sua réplica nas festividades em louvor de São Martinho. No Centro Português de Saint Gilles este dia festivo está marcado para a noite do dia 10 de novembro, no mesmo dia do espetáculo da Radioportugas, também em Saint-Gilles. No dia seguinte é a vez da Association Amicale Franco-Portugaise de Bellegarde se associar ao ritual e juntar à volta da fogueira os apreciadores Manuel Brito com Maria do Céu, Hugo e uma ex-vizinha LusoJornal / Mário Cantarinha «Leais» animam magustos associativos Lusojornal / José Manuel Santos das castanhas, vinho novo, água-pé e jeropiga. As animações musicais nestas duas associações estarão a cargo do grupo de danças e cantares «Os Leais» e do duo-musical Pai & Filha «Os Latinos». A lenda de São Martinho conta que foi um soldado Romano, no século IV, que encontrou, por acaso, um mendigo em Amiens, França, e como o tempo estava frio e o mendigo sem roupa, cortou o seu manto em duas partes, e deu uma ao pobre diabo. São Martinho morreu após uma vida cheia de ações de caridade, em 11 de novembro, que coincide com as primeiras castanhas da estação. Daí, talvez, a ligação da lenda do São Martinho com os Magustos, embora alguns digam que também era a sua comida preferida. Em Trás-os-Montes, região de castanheiros, a castanha apresenta-se como alimento de eleição, quer nesta data, quer durante o ano inteiro, tendo chegado, em tempos idos e difíceis, a substituir o pão e a batata, sendo considerada no século XVII, um dos produtos básicos da alimentação das populações beirãs. A tradição de fazer magustos, vem, possivelmente, da época da Proto- História. No magusto, primeiro deitase no chão uma camada de caruma, sobre esta colocam-se algumas castanhas, e assim, sucessivamente. Finalmente lança-se o fogo à caruma, até as mesmas ficarem assadas. Logo que estão assadas são retiradas, manualmente, da fogueira, descascadas e comidas. É a ocasião, um pouco rude, de cumprir a velha tradição de sujar a cara de cada um com as cinzas do Magusto! É a altura em que se bebe o vinho novo, água-pé e jeropiga, que é um vinho doce fermentado por meio de aguardente.

19 PUB

20 20 Desporto le 07 novembre 2012 em síntese Portugal qualifica-se para europeu de Grenoble de râguebi de sub-18 A Seleção portuguesa de râguebi de sub-18 apurou-se no fim de semana passado para o Grupo de Elite do Campeonato da Europa, repetindo o feito do ano passado, após bater a Alemanha, por 34-3, no Estádio Nacional, em Oeiras. Portugal somou frente aos germânicos a segunda vitória em outros tantos jogos no torneio de qualificação e vai voltar a juntar-se aos residentes Inglaterra, Irlanda, França, País de Gales, Escócia e Itália no Europeu que vai decorrer em março de 2013, em Grenoble (França). Também no Jamor, a Geórgia juntou-se aos Lobos e garantiu também a passagem ao Grupo de Elite, ao vencer a Bélgica, por rui Gonçalves e Xavier Boog integram equipa satélite da KTm no mundial de motocrosse O jovem português Rui Gonçalves foi anunciado na semana passada como novo piloto da equipa ICE1Racing na principal categoria do motocrosse (MX1), tendo em vista a temporada de O piloto de Vidago terá como companheiro de equipa o francês Xavier Boog, passando ambos a utilizar a nova KTM 450 SX-F oficial. Em declarações à sua assessoria de imprensa, Rui Gonçalves mostra-se satisfeito com o ingresso na equipa liderada pelo finlandês Kimi Räikkönen, antigo Campeão do Mundo de Fórmula 1, e já apontou os objetivos para a época que se avizinha. «Estou extremamente contente e aguardo ansiosamente pelo começo da nossa relação em termos profissionais. Foi um enorme prazer conhecer todos os elementos da equipa e sei que tudo farão para dar o máximo para que tenhamos uma equipa 100 por cento profissional, em que o objetivo é lutar pelos pódios na classe de MX1». Além da contratação do piloto português, a equipa finlandesa muda também de marca, trocando a Kawasaki, que representou nas duas anteriores temporadas, pela KTM Sportmotorcycle, alcançando assim o estatuto de equipa satélite da marca austríaca. Le club envisage d être au niveau national dans 3 à 4 ans la 187ème filiale du sporting est à albi Le SFC Albigeois, plus communément appelé Sporting Futsal Club d Albi est l équipe phare du Futsal Tarnais faisant partie de l Association Sportive et Culturelle des Portugais d Albi. Évoluant en Futsal depuis 2003, son palmarès est le suivant: en 2007 Champion du Tarn Honneur, montée en Excellence; en 2009 Finaliste de la Coupe du Tarn, en 2010 le Sporting Futsal d Albi remporte tout au niveau départemental avec un Triplé Championnat-Coupe Départementale-Challenge Départemental, terminant même la saison invaincu. Montée en Promotion Ligue. Et en 2011 fini 2ème de sa poule à 3 point du premier et monte en Promotion Honneur. Pou cette nouvelle saison qui a commencé début septembre, le Président Antoine Pereira, entame la nouvelle aventure avec modestie: «L objectif étant de nous maintenir». Avec des nouveaux joueurs et un nouvel encadrement l objectif est plus ambitieux: titiller l élite du Futsal national d ici 3 à 4 ans... «Mais seul l avenir et les résultats au fils des matchs nous le dirons... La route est longue, et le manque de moyens aussi DSR: Jornada 5 surtout dans les créneaux et les salles» explique le Président au Luso- Jornal. Encadrée par Mustapha Dakhlaoui et Julien Garcia, l équipe fanion rassemble des joueurs de tous les clubs de l Albigeois. Aujourd hui 7ème au classement avec 3 matchs gagnés et 3 perdus, «dont 1 par pénalités alors que nous avons gagné 9 à 3 sur le terrain, la décision a été mise en appel», la motivation est lusitanos de st maur esmagou Paris Por Nuno Gomes Garcia Lusitanos Saint-Maur 6-0 CA Paris National: Jornada 13 O Lusitanos inaugurou o marcador cedo graças a uma grande penalidade. O mais difícil estava feito. A partir desse momento, os alvinegros parisienses não conseguiram encontrar quaisquer soluções que pudessem travar o rolo compressor gerado pela dinâmica de jogo dos atletas de Adérito Moreira. Os jogadores do centenário clube parisiense pareciam sentir-se em férias: as linhas demasiado afastadas e uma entreajuda quase nula. Os líderes do Campeonato limitaram-se a fazer o seu trabalho e a marcarem golo atrás de golo. A história do encontro resume-se ao constante andamento do marcador. As desculpas em relação à arbitragem ou ao estado da relva, proferidas por alguns responsáveis do CA Paris, não justificam uma exibição enorme reviravolta do créteil/lusitanos Por Nuno Gomes Garcia Amiens 1-4 Créteil/Lusitanos Vitória importantíssima (a sétima consecutiva!) do clube presidido pelo português Armando Lopes, pois o Créteil/Lusitanos, graças ao empate do Metz em Colmar (0-0), isolou-se ainda mais na frente do Campeonato e está agora a 15 pontos do 4º classificado. Relembremos que sobem à Ligue 2 os três primeiros classificados. A jogar no seu tradicional 4-5-1, embora sem poderem contar com o Capitão Lesage, os Béliers entraram no belo Stade de La Licorne pouco incomodados com a sua recente e surpreendente eliminação da Taça de França perante o Drancy. Ao longo de uma primeira parte muito equilibrada, com algumas oportunidades de golo para ambos os lados, os Lusitanos de Créteil Sporting Futsal Club d Albi DR acabaram por sofrer um golo aos 40 min. Uma jogada muito facilitada pelos defensores Cristoliens. O lateral direito fez um lançamento comprido desde as imediações da sua grande área, a bola voou todo o meio campo contrário e pingou no meio dos defesas centrais Val-de- Marnais que se esqueceram de atacar a bola, facilitando o trabalho de Kodjia, o avançado-centro da casa. Este penetrou na área e, ligeiramente descaído para a direita, rematou sem hipóteses para o guardião Kerboriou, inaugurando o marcador. O Créteil/Lusitanos regressou aos balneários em desvantagem e a conversa entre os atletas e Jean- Luc Vasseur terá feito bem ao ânimo da equipa, pois os atletas Cristoliens reentraram decididos a corrigir os erros. A pressão alta dos Béliers deu resultados logo aos 48 minutos. Os Licornes perderam a bola ainda no seu meio campo para os insaciáveis Lusitanos. Estes, em meia dúzia de passes curtos, conduziram a bola para a ala direita de onde partiu o inevitável cruzamento de Mahon. A bola, algo bombeada, dirigiu-se para a zona do segundo poste e Da Cruz, de cabeça, não perdoou, empatando a partida. Os Cristoliens estavam endiabrados e incutiam grande velocidade ao jogo, não deixando os atletas do Amiens construírem as suas jogadas. Aos 54 min, um lançamento de linha lateral na ala esquerda, junto à área Amiénoise, resultou em mais um cruzamento, desta feita da autoria de Djellilahine. A bola fez um milimétrico voo rasante e Dabo mergulhou, cabeceando para o 1-2. Um belo golo. O português Pedro Oliveira, uma antiga promessa, hoje com 30 anos, substituiu Diaby, aos 65 minutos. là et grandit de jour en jour... Depuis le 31 mai dernier le Sporting Futsal Club des Portugais d Albi est devenue la 187ème affiliation du Sporting Clube de Portugal, «une grande fierté et honneur pour notre association». A la moindre opportunité, Antoine Pereira profite «pour souligner et saluer les performances du Sporting Club de Paris au niveau Futsal que ce soit ai niveau national qu au niveau international. Ce club est l exemple et la fierté de la Communauté portugaise dans l hexagone, mais aussi sans oublier de saluer les autres clubs portugais qui évoluent dans les différents Championnats français» dit-il au LusoJornal. Le 10 novembre, l association organise un repas pour fêter le S. Martinho et surtout présenter à tous les sócios et sympathisants les nouveaux maillots de la saison avec les nouveaux sponsors: AXA, Intersport, MTEX et MAPUB. Cette soirée aura lieu à la Salle des Fêtes de Lescure d Albigeois, au menu il y a le «Bacalhau à moda da nossa associação» et le Bal des Châtaignes sera animé par Alexandre Rocha. tão pobre. No próximo domingo, o Lusitanos de Saint Maur receberá o Conflans (5º classificado) no Churrascão. Classificação: 1º Lusitanos com 16 pontos, 2º Garenne Colombes 16, 4º Bretigny 15. O Amiens perdeu-se no encontro (apesar de ainda ter enviado uma bola à barra) e permitiu ao Créteil ampliar a vantagem já numa fase tardia do encontro. Dabo, aos 87 min, bisou na partida. O defensor central executou um despejo e a bola caiu perto da grande área contrária. O guardião do Amiens, L Hostis, além de calcular mal a trajetória da bola, escorregou e o esférico, após bater na relva à sua frente, ressaltou para o avançado que rematou para a baliza deserta. Pouco depois, já com 3 minutos de compensação, foi a vez de Djellilahine bisar. Depois de uma bela jogada coletiva, a bola sobrou na esquerda para Gache que, na linha de fundo, cruzou atrasado e rasteiro para um golo simples do centrocampista. Um triunfo indiscutível. Classificação: 1º Créteil/Lusitanos com 36 pontos, 2º Metz 30, 3º Le Poire 24, 4º Bourg-Peronnas 21

1. António Costa promete mudança política, Antena 1 - Notícias, 07-04-2015 1

1. António Costa promete mudança política, Antena 1 - Notícias, 07-04-2015 1 Radios_8_Abril_2015 Revista de Imprensa 1. António Costa promete mudança política, Antena 1 - Notícias, 07-04-2015 1 2. Sindicatos da PSP enviam proposta conjunta ao ministério, TSF - Notícias, 07-04-2015

Leia mais

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E FRANCÊS 12.ºANO NÍVEL DE CONTINUAÇÃO PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 20 minutos para cada grupo de dois alunos. Domínios de referência

Leia mais

O pacote de austeridade que Paulo Portas e Maria Luísa Albuquerque esconderam aos portugueses

O pacote de austeridade que Paulo Portas e Maria Luísa Albuquerque esconderam aos portugueses Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt O pacote de austeridade que Paulo Portas e Maria Luísa Albuquerque esconderam aos portugueses A conferência de imprensa realizada por Paulo Portas e pela

Leia mais

MOÇÃO Solidariedade com os trabalhadores da Gestnave/Ereta

MOÇÃO Solidariedade com os trabalhadores da Gestnave/Ereta Deliberações de 1 de Fevereiro de 2008 1 de Fevereiro de 2008 Auditoria externa das Contas Aprovada a contratação da Sociedade de Revisores Oficiais de Contas Sebastião & Santos, para prestação de serviços

Leia mais

Realizar exames supletivos com o apoio da representação diplomática brasileira

Realizar exames supletivos com o apoio da representação diplomática brasileira Propostas da Comunidade Brasileira na Bélgica para a II Conferência Brasileiros no mundo, Palácio do Itamaraty, Rio de Janeiro, dias 14, 15 e 16 de Outubro de 2009 Considerando os Documentos propositivos

Leia mais

SESSÃO DE ABERTURA DA XVII ASSEMBLEIA GERAL DO CONSELHO MUNDIAL DAS CASAS DOS AÇORES

SESSÃO DE ABERTURA DA XVII ASSEMBLEIA GERAL DO CONSELHO MUNDIAL DAS CASAS DOS AÇORES SESSÃO DE ABERTURA DA XVII ASSEMBLEIA GERAL DO CONSELHO MUNDIAL DAS CASAS DOS AÇORES Hilmar, Califórnia, 29 de Agosto de 2014 Intervenção do Presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro Começo

Leia mais

FRANCÊS INSTRUÇÕES 1 - ESTA PROVA CONTÉM 1 (UM) TEXTO SEGUIDO DE QUESTÕES DE COMPREENSÃO 2 - ESCOLHA E ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA, SEMPRE DE ACORDO COM O TEXTO EXISTE-T-IL DES RECETTES POUR ÊTRE HEUREUX?

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SÁTÃO

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SÁTÃO 1 ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO DA REALIZADA NO DIA DEZASSEIS DO MÊS DE OUTUBRO DO ANO DE DOIS MIL E TREZE Após a instalação dos respetivos órgãos municipais, o Sr. Presidente da Assembleia Municipal cessante

Leia mais

ser difundida para a população: ainda há esperança. Somos capazes de alterar o destino das gerações futuras, dar-lhes um futuro melhor.

ser difundida para a população: ainda há esperança. Somos capazes de alterar o destino das gerações futuras, dar-lhes um futuro melhor. Um futuro melhor Várias vezes me questiono se algum dia serei capaz de me sentir completamente realizada, principalmente quando me encontro entregue somente aos meus pensamentos mais profundos. E posso

Leia mais

7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL TÍTULO I. Disposições gerais

7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL TÍTULO I. Disposições gerais 7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 Aux fins de l application de l article 6, paragraphe 5, les autorités compétentes sont le commandant en chef de la police («Komendant

Leia mais

Intervenção de Manuel Freitas Primeiro Candidato à Câmara Municipal de Felgueiras. Caros Camaradas e Amigos,

Intervenção de Manuel Freitas Primeiro Candidato à Câmara Municipal de Felgueiras. Caros Camaradas e Amigos, Intervenção de Manuel Freitas Primeiro Candidato à Câmara Municipal de Felgueiras Caros Camaradas e Amigos, Quero partilhar convosco a minha satisfação e o quanto me sinto honrado por ter recebido o convite

Leia mais

(COM GALERIA DE FOTOS)

(COM GALERIA DE FOTOS) Intervenção de Encerramento do Colóquio O Serviço Público de Comunicação Social: de Portugal para o Mundo, pelo Presidente da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação, Deputado Mendes Bota Sala

Leia mais

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire.

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Caros pais, A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Esta iniciativa insere-se no âmbito de um projeto

Leia mais

DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011

DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011 DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011 2 MENSAGEM DO CHEFE DE CONTINGENTE Meus caros Caminheiros, Companheiros e Dirigentes... Mais uma vez, uns quantos de nós, terão oportunidade

Leia mais

PRESIDENTE DA REPÚBLICA

PRESIDENTE DA REPÚBLICA CONCEITO: Cidadão directamente eleito que representa a República Portuguesa e garante a independência nacional, a unidade do Estado e o regular funcionamento das instituições democráticas. CARACTERÍSTICAS

Leia mais

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos PAAES 2ª ETAPA SUBPROGRAMA 2011/2014 24 de fevereiro de 2013

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 219/VIII

PROJECTO DE LEI N.º 219/VIII PROJECTO DE LEI N.º 219/VIII CONSIDERA O TEMPO DE SERVIÇO PRESTADO NA CATEGORIA DE AUXILIAR DE EDUCAÇÃO PELOS EDUCADORES DE INFÂNCIA HABILITADOS COM CURSOS DE FORMAÇÃO A EDUCADORES DE INFÂNCIA PARA EFEITOS

Leia mais

1. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 1. 2. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 2

1. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 1. 2. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 2 Radios_25_Maio_2015 Revista de Imprensa 1. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 1 2. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 2 3. PS quer alterar o Código do IVA,

Leia mais

Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família. Tese de Doutorado

Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família. Tese de Doutorado Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família Tese de Doutorado Tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica da PUC-Rio como requisito

Leia mais

Exma. Senhora Presidente da Assembleia Municipal, Exmas. Senhoras e Senhores Deputados Municipais,

Exma. Senhora Presidente da Assembleia Municipal, Exmas. Senhoras e Senhores Deputados Municipais, Exma. Senhora Presidente da Assembleia Municipal, Exmas. Senhoras e Senhores Deputados Municipais, Exmo. Senhor Presidente da Câmara e Senhoras e Senhores Vereadores, Exmos. Senhores Presidentes de Junta

Leia mais

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff 31/10/2010 23h56 - Atualizado em 01/11/2010 11h24 Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff Em Brasília, ela fez primeiro discurso após anúncio do resultado da eleição. Ela afirmou

Leia mais

Mateus Geraldo Xavier. Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral. Dissertação de Mestrado

Mateus Geraldo Xavier. Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral. Dissertação de Mestrado Mateus Geraldo Xavier Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral Dissertação de Mestrado Programa de Pós-graduação em Teologia do Departamento de Teologia

Leia mais

A Participação Cívica dos Jovens

A Participação Cívica dos Jovens A Participação Cívica dos Jovens 2 Parlamento dos Jovens 2009 Nos dias 25 e 26 de Maio de 2009, realizou-se em Lisboa, no Palácio de São Bento, a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens 2009 do Ensino

Leia mais

Declaração ao país. António José Seguro. 19 de Julho de 2013. Boa tarde. Durante esta semana batemo-nos para que:

Declaração ao país. António José Seguro. 19 de Julho de 2013. Boa tarde. Durante esta semana batemo-nos para que: Declaração ao país António José Seguro 19 de Julho de 2013 Boa tarde. Durante esta semana batemo-nos para que: Não houvesse mais cortes nas reformas e nas pensões Não houvesse mais despedimentos na função

Leia mais

CARTA INTERNACIONAL DO 17 DE OUTUBRO. Dia Mundial da Erradicação da Miséria

CARTA INTERNACIONAL DO 17 DE OUTUBRO. Dia Mundial da Erradicação da Miséria CARTA INTERNACIONAL DO 17 DE OUTUBRO Dia Mundial da Erradicação da Miséria reconhecido pelas Nações Unidas como Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza Junho de 2013 CARTA INTERNACIONAL DO 17 DE

Leia mais

visão global do mundo dos negócios

visão global do mundo dos negócios Senhor Primeiro Ministro Senhor Ministro da Saúde Senhor Presidente da AM Senhor Presidente do CA da Lenitudes Senhores Deputados Srs. Embaixadores Srs. Cônsules Senhores Vereadores e Deputados Municipais

Leia mais

CAFEZINHO BRASILEIRO A5

CAFEZINHO BRASILEIRO A5 1 PRONOMES (adjetivo) DEMONSTRATIVOS Déterminant Démonstratifs Oi Paulo, esse bola é do seu filho? Salut Paulo, ce balon est à ton fils? Sim, é dele. Oui, c est à lui. Les déterminants démonstratifs (pronomes

Leia mais

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto As Jornadas de Educação Pelo Desporto alinham-se com os objetivos gerais do Diálogo Estruturado na área da juventude, uma vez que

Leia mais

Comunicar PAPA. Jornal. Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano. Administração Pública. www.governo.cv

Comunicar PAPA. Jornal. Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano. Administração Pública. www.governo.cv Jornal Comunicar Administração Pública Governo de Cabo Verde Edição Gratuita Mensal nº18 Setembro de 2010 Edição Especial www.governo.cv www.governo.cv PAPA Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Miranda do Douro

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Miranda do Douro Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Miranda do Douro Preâmbulo A Lei 8/2009, de 18 de Fevereiro, com as alterações introduzidas pela Lei nº 6/2012, de 10 de Fevereiro, estabelece, no artigo

Leia mais

Testemunhos Comentários

Testemunhos Comentários O que algumas personalidades disseram sobre o CIEJD Testemunhos Comentários No âmbito de: Seminários Debates Conferências Visitas Lançamento de publicações Dr. Jorge Sampaio Presidente da República Portuguesa

Leia mais

Comissão Nacional do Eleições ATA N. 36/XIV

Comissão Nacional do Eleições ATA N. 36/XIV Comissão Nacional do Eleições ATA N. 36/XIV Teve lugar no dia vinte e nove de maio de dois mil e doze, a sessão número trinta e seis da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na Av. D.

Leia mais

Congresso da Cidadania. Ruptura e Utopia para a Próxima Revolução Democrática

Congresso da Cidadania. Ruptura e Utopia para a Próxima Revolução Democrática Congresso da Cidadania. Ruptura e Utopia para a Próxima Revolução Democrática Celebramos os 40 anos do 25 de Abril. Durante um ano celebrámos os valores de Abril de Liberdade, de Justiça, de Solidariedade.

Leia mais

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2012 Boa noite, A todos os Portugueses desejo um Bom Ano Novo, feito de paz e de esperança. O ano que

Leia mais

Instituto Marista Hoje. Armando Luiz Bortolini

Instituto Marista Hoje. Armando Luiz Bortolini Instituto Marista Hoje Armando Luiz Bortolini IRMÃOS MARISTAS HOJE DIMENSÃO EDUCATIVA E MARIAL INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS Fundador: S. Marcelino J. B. Champagnat Fundação

Leia mais

Orçamento do Estado 2016 Uma Perspectiva Pessoal

Orçamento do Estado 2016 Uma Perspectiva Pessoal Aese Orçamento do Estado 2016 Uma Perspectiva Pessoal Quando o Fórum para a Competitividade me convidou para esta intervenção, na qualidade de empresário, já se sabia que não haveria Orçamento de Estado

Leia mais

Decreto-lei n.º 205/93 de 14 de Junho (DR 137/93 SÉRIE I-A de 1993-06-14)

Decreto-lei n.º 205/93 de 14 de Junho (DR 137/93 SÉRIE I-A de 1993-06-14) PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Decreto-lei n.º 205/93 de 14 de Junho (DR 137/93 SÉRIE I-A de 1993-06-14) O desenvolvimento das relações de cooperação entre Portugal e os países africanos de língua

Leia mais

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica.

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. 2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. Cinq mémoires sur l instruc1on publique (1791). Présenta@on, notes, bi- bliographie et chronologie part Charles Coutel et Catherine

Leia mais

Manifesto. Os direitos dos trabalhadores no Poder Local de Abril Autonomia do Poder Local, Democracia e Desenvolvimento

Manifesto. Os direitos dos trabalhadores no Poder Local de Abril Autonomia do Poder Local, Democracia e Desenvolvimento Manifesto Os direitos dos trabalhadores no Poder Local de Abril Autonomia do Poder Local, Democracia e Desenvolvimento Décadas de políticas de direita, agravadas nos últimos anos, nomeadamente, pela destruição

Leia mais

Steinmeier, MNE da Alemanha: Sabemos que o caminho tem sido difícil

Steinmeier, MNE da Alemanha: Sabemos que o caminho tem sido difícil ESPECIAIS Steinmeier, MNE da Alemanha: Sabemos que o caminho tem sido difícil 27 Maio 2015 Nuno André Martins MNE alemão diz que Portugal "é um exemplo para a Europa", admite que só a negociação deu à

Leia mais

POR UM SINDICATO MAIS FORTE NAS ESCOLAS E COM OS PROFESSORES

POR UM SINDICATO MAIS FORTE NAS ESCOLAS E COM OS PROFESSORES Sobre a MOÇÃO B POR UM SINDICATO MAIS FORTE NAS ESCOLAS E COM OS PROFESSORES Rosa Vaz* Ao longo dos últimos anos temos vindo a sentir os efeitos perversos de políticas governativas de direita que optam

Leia mais

Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens

Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens et m ont fait partager leurs connaissances et leurs expériences

Leia mais

Agradeço muito o convite que me foi endereçado para encerrar este XI Congresso da Ordem dos Revisores Oficias de Contas.

Agradeço muito o convite que me foi endereçado para encerrar este XI Congresso da Ordem dos Revisores Oficias de Contas. Senhor Bastonário da Ordem dos Revisores Oficiais de Contas, Dr. José Azevedo Rodrigues; Senhor Vice-Presidente do Conselho Diretivo da Ordem dos Revisores Oficiais de Contas e Presidente da Comissão Organizadora

Leia mais

Projeto de Resolução n.º 1515/XII/4ª. Recomenda ao Governo medidas urgentes de valorização da Escola Pública, enquanto pilar do regime democrático

Projeto de Resolução n.º 1515/XII/4ª. Recomenda ao Governo medidas urgentes de valorização da Escola Pública, enquanto pilar do regime democrático PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar Projeto de Resolução n.º 1515/XII/4ª Recomenda ao Governo medidas urgentes de valorização da Escola Pública, enquanto pilar do regime democrático Exposição

Leia mais

Projeto de Resolução n.º 617/XII. Recomenda ao Governo a valorização e reconhecimento da educação não formal EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

Projeto de Resolução n.º 617/XII. Recomenda ao Governo a valorização e reconhecimento da educação não formal EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Projeto de Resolução n.º 617/XII Recomenda ao Governo a valorização e reconhecimento da educação não formal EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Enquadramento O debate e o apelo ao reconhecimento da educação não formal

Leia mais

IISEMANA 13 DE ABRIL / 15H00 SESSÃO DE ABERTURA DA SEMANA DA REABILITAÇÃO URBANA DE LISBOA

IISEMANA 13 DE ABRIL / 15H00 SESSÃO DE ABERTURA DA SEMANA DA REABILITAÇÃO URBANA DE LISBOA INSTITUTO DA CONSTRUÇÃO E DO IMOBILIÁRIO IISEMANA DARE- ABILITAÇÃO ASSIMFOI URBANA 13 DE ABRIL / 15H00 SESSÃO DE ABERTURA DA SEMANA DA REABILITAÇÃO URBANA DE LISBOA C o n f e r ê n c i a s E x p o s i

Leia mais

AS S E M B L E I A M U N I C I P AL D E ESPINHO

AS S E M B L E I A M U N I C I P AL D E ESPINHO ACTA Nº 11/2013 ----- Aos 11 dias do mês de outubro de 2013, realizou-se na Sala de Reuniões da Assembleia Municipal, após a sua respetiva instalação, a primeira reunião de funcionamento da Assembleia

Leia mais

I - Exposição de motivos

I - Exposição de motivos Projeto de Resolução n.º 14/XIII/1ª Recomenda ao Governo a criação de um programa de desenvolvimento social I - Exposição de motivos «Nos últimos quatro anos, Portugal viveu uma situação excecional e venceu-a;

Leia mais

Língua Estrangeira: FRANCÊS L alarme intelligente Finis les hurlements intempestifs, elle reconnaît les cambrioleurs Les alarmes, c est bien pratique Sauf quand ça se met à hurler à tout bout de champ

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES COMISSÃO DE POLÍTICA GERAL INTRODUÇÃO

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES COMISSÃO DE POLÍTICA GERAL INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO A Comissão de Política Geral reuniu no dia 11 de junho de 2014, na delegação de Ponta Delgada da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, a fim de apreciar, relatar e dar parecer

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADE E DE CONTAS REFERENTE AO 1º ANO DO STCC (SETEMBRO 2014/2015)

RELATÓRIO DE ACTIVIDADE E DE CONTAS REFERENTE AO 1º ANO DO STCC (SETEMBRO 2014/2015) RELATÓRIO DE ACTIVIDADE E DE CONTAS REFERENTE AO 1º ANO DO STCC (SETEMBRO 2014/2015) Introdução O documento em apreço procura traduzir a complexa actividade realizada, bem como alguns sucessos, as dificuldades

Leia mais

Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária

Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária Ce qui ne change pas O que não se altera entre o pré-escolar e o 1º ano no LFIP L organisation administrative/a organização administrativa -Les contacts

Leia mais

solução BeM-vindo * (*) Oferta gratuita durante o 1º ano Toujours plus proche de ceux qui veulent aller plus loin.

solução BeM-vindo * (*) Oferta gratuita durante o 1º ano Toujours plus proche de ceux qui veulent aller plus loin. * solução BeM-vindo * (*) Oferta durante o 1º ano Toujours plus proche de ceux qui veulent aller plus loin. BCP Bem-vindo Descubra a nossa solução ** para recém-chegados ao Luxemburgo! Gestão conta corrente

Leia mais

25 de Abril de 2015 Comemoração dos 41 anos da Revolução dos Cravos

25 de Abril de 2015 Comemoração dos 41 anos da Revolução dos Cravos 25 de Abril de 2015 Comemoração dos 41 anos da Revolução dos Cravos Intervenção da Deputada Municipal do PSD Célia Sousa Martins Senhora Presidente da Assembleia Municipal, Senhor Presidente da Câmara

Leia mais

DISCURSO ABERTURA DO SEMINÁRIO DA OISC CPLP HOTEL PESTANA, 10 DE JUNHO DE 2013, SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NACIONAL;

DISCURSO ABERTURA DO SEMINÁRIO DA OISC CPLP HOTEL PESTANA, 10 DE JUNHO DE 2013, SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NACIONAL; DISCURSO ABERTURA DO SEMINÁRIO DA OISC CPLP HOTEL PESTANA, 10 DE JUNHO DE 2013, SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA; SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NACIONAL; MERITÍSSIMO JUIZ CONSELHEIRO

Leia mais

RESOLUÇÃO SECRETARIADO NACIONAL DE 29 DE JANEIRO DE 2015

RESOLUÇÃO SECRETARIADO NACIONAL DE 29 DE JANEIRO DE 2015 RESOLUÇÃO SECRETARIADO NACIONAL DE 29 DE JANEIRO DE 2015 O ano de 2015 é o primeiro em que nos encontramos integralmente fora da alçada da Troika e no qual o Governo poderia ter operado uma real mudança

Leia mais

As principais mudanças sociais e laborais: novos desafios para o mundo do trabalho

As principais mudanças sociais e laborais: novos desafios para o mundo do trabalho As principais mudanças sociais e laborais: novos desafios para o mundo do trabalho 30 de setembro 1 de outubro de 2016 Escola de Direito do Porto Universidade Católica Portuguesa Porto (Portugal) #GTT2016

Leia mais

Módulo Europeu sobre Direitos Fundamentais

Módulo Europeu sobre Direitos Fundamentais Módulo Europeu sobre Direitos Fundamentais Coordenadores: Professores Doutores Fausto de Quadros, Luís Pereira Coutinho e Lourenço Vilhena de Freitas Duração: Início no dia 17 de Maio Dias de leccionação:

Leia mais

Valentim e mais 23 arguidos vão a Julgamento

Valentim e mais 23 arguidos vão a Julgamento Valentim e mais 23 arguidos vão a Julgamento Fonte: anti-corrupcao.150m.com e Correio da Manhã O juiz Pedro Miguel Vieira validou as mais de 16 mil horas de escutas do caso Apito Dourado e decidiu levar

Leia mais

Relatório da visita da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação ao Porto, nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2013

Relatório da visita da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação ao Porto, nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2013 Relatório da visita da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação ao Porto, nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2013 20 de fevereiro de 2013 Índice 1 Objetivo da visita... 3 2 Delegação... 3 3 Visita

Leia mais

RESPOSTA ÀS PERGUNTAS DA JORNALISTA DA LUSA SANDRA MOUTINHO

RESPOSTA ÀS PERGUNTAS DA JORNALISTA DA LUSA SANDRA MOUTINHO RESPOSTA ÀS PERGUNTAS DA JORNALISTA DA LUSA SANDRA MOUTINHO Carlos Pimenta Presidente do Observatório de Economia e Gestão de Fraude Professor Catedrático da Universidade do Porto Observação prévia: Em

Leia mais

CADERNO DE PROVA 1.ª FASE

CADERNO DE PROVA 1.ª FASE AZUL CADERNO DE PROVA 1.ª FASE Francês Nome do candidato Nome do curso / Turno Local de oferta do curso N.º de inscrição Assinatura do candidato Coordenação de Exames Vestibulares I N S T R U Ç Õ E S LEIA

Leia mais

Cidadania O ASSOCIATIVISMO O RECENSEAMENTO MILITAR O RECENSEAMENTO ELEITORAL O VOLUNTARIADO

Cidadania O ASSOCIATIVISMO O RECENSEAMENTO MILITAR O RECENSEAMENTO ELEITORAL O VOLUNTARIADO 24 Capítulo 43 2 25 Estudos, Depois Formação da Outros Licenciatura e Trabalho Apoios 5 O ASSOCIATIVISMO O RECENSEAMENTO MILITAR O RECENSEAMENTO ELEITORAL O VOLUNTARIADO 5 Capítulo Capítulo 5 57 O ASSOCIATIVISMO

Leia mais

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO. Decreto-Lei n.º 76/2012 de 26 de março

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO. Decreto-Lei n.º 76/2012 de 26 de março MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO Decreto-Lei n.º 76/2012 de 26 de março No âmbito do Compromisso Eficiência, o XIX Governo Constitucional determinou as linhas gerais do Plano de Redução e Melhoria da

Leia mais

Resumo de Imprensa. Quinta-feira, 19 de Junho de 2008

Resumo de Imprensa. Quinta-feira, 19 de Junho de 2008 Resumo de Imprensa Quinta-feira, 19 de Junho de 2008 DIÁRIO ECONÓMICO 1. Setenta respostas sobre as mudanças na função pública. Últimas medidas arrancam em Janeiro (págs. 1, 14 a 21) Aumentos, reformas,

Leia mais

Ana Maria Be encourt 1

Ana Maria Be encourt 1 ABERTURA Ana Maria Be encourt 1 Senhor Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Senhor Embaixador Presidente da Comissão Nacional da UNESCO, Senhora Secretária Regional da Educação

Leia mais

Seminário Inverno demográfico - o problema. Que respostas?, Associação Portuguesa de Famílias Numerosas

Seminário Inverno demográfico - o problema. Que respostas?, Associação Portuguesa de Famílias Numerosas Seminário Inverno demográfico - o problema. Que respostas?, Associação Portuguesa de Famílias Numerosas Painel: Desafio Demográfico na Europa (11h45-13h00) Auditório da Assembleia da República, Lisboa,

Leia mais

EM LISBOA: COLÓQUIO SOBRE AS REDES SOCIAIS NUMA DEMOCRACIA LIBERAL (COM GALERIA DE FOTOS)

EM LISBOA: COLÓQUIO SOBRE AS REDES SOCIAIS NUMA DEMOCRACIA LIBERAL (COM GALERIA DE FOTOS) N20120229n EM LISBOA: COLÓQUIO SOBRE AS REDES SOCIAIS NUMA DEMOCRACIA LIBERAL (COM GALERIA DE FOTOS) A 29 de Fevereiro de 2012, Mendes Bota interveio na sessão de abertura do colóquio subordinado ao tema

Leia mais

Portugal com Futuro: Finanças Públicas Sustentáveis. Maria Luís Albuquerque

Portugal com Futuro: Finanças Públicas Sustentáveis. Maria Luís Albuquerque Portugal com Futuro: Finanças Públicas Sustentáveis Maria Luís Albuquerque 25 de agosto de 2015 Universidade de Verão do PSD Castelo de Vide 25 de agosto de 2015 Tema: Portugal com Futuro: Finanças Públicas

Leia mais

Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009

Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009 Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009 Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 15-20 minutos para cada grupo

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DO CARTAXO. Preâmbulo

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DO CARTAXO. Preâmbulo REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DO CARTAXO Preâmbulo As Autarquias Locais são os órgãos que, devido à sua proximidade com a população, mais facilmente podem criar condições para uma efetiva

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 393/VIII ESTABELECE O ESTATUTO LEGAL DO MEDIADOR SÓCIO-CULTURAL. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 393/VIII ESTABELECE O ESTATUTO LEGAL DO MEDIADOR SÓCIO-CULTURAL. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 393/VIII ESTABELECE O ESTATUTO LEGAL DO MEDIADOR SÓCIO-CULTURAL Exposição de motivos A necessidade de função de mediação sócio-cultural surgiu da vontade de melhorar a relação entre

Leia mais

Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira

Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira Fortunato Lamego, 10 de Junho de 2015 Senhor Presidente

Leia mais

Relatório de atividades 2012

Relatório de atividades 2012 Associação Nacional de Proprietários Propriedade e Liberdade. Relatório de atividades 2012 Direção da ANP 9-Mai-2013 Para cumprimento da alínea h) do art.º 25.º dos Estatutos, apresentamos o Relatório

Leia mais

Boletim de Informação Sindical

Boletim de Informação Sindical Boletim de Informação Sindical Ano 40 N 18 18 setembro 2015 Respostas dos partidos Como noticiamos no BIS nº 12, após a ronda de reuniões de sensibilização dos partidos políticos com assento na Assembleia

Leia mais

Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012

Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012 Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012 Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira Excelentíssimas Senhoras e Senhores Deputados A proposta do Orçamento

Leia mais

Praça José Fontana, 4-5º 1050-129 Lisboa T 213 156 200 808 202 922 microcredito@microcredito.com.pt

Praça José Fontana, 4-5º 1050-129 Lisboa T 213 156 200 808 202 922 microcredito@microcredito.com.pt Praça José Fontana, 4-5º 1050-129 Lisboa T 213 156 200 808 202 922 microcredito@microcredito.com.pt Com o Apoio : 2014 RELATÓRIO Notas introdutórias O ano de 2014 foi um ano marcado por uma recuperação

Leia mais

Encontro das Instituições Particulares de Solidariedade Social Católica da Diocese,

Encontro das Instituições Particulares de Solidariedade Social Católica da Diocese, Encontro das Instituições Particulares de Solidariedade Social Católica da Diocese, Data: 21 de Janeiro de 2012 Agradeço o convite do Senhor Bispo da Diocese de Bragança-Miranda para participar na oração

Leia mais

Mensagem do 1º de Dezembro

Mensagem do 1º de Dezembro Mensagem do 1º de Dezembro 2011 Por S.A.R. o Duque de Bragança Portugal atravessa uma das maiores crises da sua longa vida. Crise que, disfarçada por enganosas facilidades, foi silenciosamente avançando

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO DISCIPLINA: Francês ANO: 7º Nível 1 Curso: Ensino Básico Total de aulas previstas: 99 Manual adotado: Mots Clés Porto Editora 1º PERÍODO - AULAS PREVISTAS: 41 Competências

Leia mais

O que não posso, porque não tenho esse direito, é calar-me, seja sob que pretexto for. Francisco Sá Carneiro, Lisboa, 1972

O que não posso, porque não tenho esse direito, é calar-me, seja sob que pretexto for. Francisco Sá Carneiro, Lisboa, 1972 JAIME O que não posso, porque não tenho esse direito, é calar-me, seja sob que pretexto for Francisco Sá Carneiro, Lisboa, 1972 RAMOS As Razões para uma candidatura à liderança do PPD/PSD Madeira As eleições

Leia mais

Manual de GUIA PRÁTICO ADOÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13

Manual de GUIA PRÁTICO ADOÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 Manual de GUIA PRÁTICO ADOÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Adoção (32 V4.07) PROPRIEDADE Instituto da Segurança Social,

Leia mais

entre o Senhor Secretário Regional da Economia, Vasco Cordeiro, e o Senhor Ministro da Economia e Trabalho, Álvaro dos Santos Pereira, tendo

entre o Senhor Secretário Regional da Economia, Vasco Cordeiro, e o Senhor Ministro da Economia e Trabalho, Álvaro dos Santos Pereira, tendo Exma. Senhora Presidente da Assembleia Ex. mas Senhoras e Senhores Deputados. Ex. mo Senhor Presidente do Governo, Senhoras e Senhores membros do Governo, Foi no dia 18 Agosto de 2011, em Lisboa, que ocorreu

Leia mais

Sindicato Nacional do Ensino Superior - Associação Sindical de Docentes e Investigadores

Sindicato Nacional do Ensino Superior - Associação Sindical de Docentes e Investigadores PROGRAMA DA DIREÇÃO DO SNESup Lista A Mandato 2012-2014 Vivemos uma crise, um período em que as respostas às dificuldades sentidas já não são conseguidas no quadro em que nos situamos. Apesar dos naturais

Leia mais

Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando *

Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando * Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando * São Domingos, março de 2012 Escrito especialmente para o blog de Sônia Mara: http://www.aventurasdasonia.blogspot.com/2012/03/brasileiro-doseculo-o-homem-livro.html

Leia mais

ATA DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

ATA DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ATA DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Ao décimo primeiro dia do mês de março de dois mil e treze, pelas nove horas e trinta minutos, no edifício da Junta de Freguesia de Viana do Alentejo, reuniu o Conselho

Leia mais

4.º Encontro de Tradutores da Administração Pública os novos desafios 7 de outubro de 2013

4.º Encontro de Tradutores da Administração Pública os novos desafios 7 de outubro de 2013 4.º Encontro de Tradutores da Administração Pública os novos desafios 7 de outubro de 2013 Transposição para Portugal da Diretiva 2010/64/UE Proposta de intervenção Exmas Senhoras e Senhores Caros colegas,

Leia mais

A formação do engenheiro para as próximas décadas

A formação do engenheiro para as próximas décadas Seminário Inovação Pedagógica na Formação do Engenheiro Universidade de São Paulo Maio de 2003 A formação do engenheiro para as próximas décadas Henrique Lindenberg Neto Escola Politécnica da Universidade

Leia mais

A sustentabilidade energética e a estratégia Europa 2020: Que oportunidade para um novo papel do poder local em Portugal?

A sustentabilidade energética e a estratégia Europa 2020: Que oportunidade para um novo papel do poder local em Portugal? A sustentabilidade energética e a estratégia Europa 2020: Que oportunidade para um novo papel do poder local em Portugal? Como é do conhecimento geral, a Estratégia de Lisboa definida pela Comissão Europeia

Leia mais

Aproximam-se duas datas muito especiais. Mensagem do Presidente

Aproximam-se duas datas muito especiais. Mensagem do Presidente NOTÍCIAS DO MUTUALISMO Informação Quinzenal Edição n.º 55 - II Série 15 de outubro de 2014 Mensagem do Presidente Aproximam-se duas datas muito especiais para o Mutualismo e para os Mutualistas, a Comemoração

Leia mais

MANUAL DE CANDIDATURA DE GRUPOS DE CIDADÃOS ELEITORES

MANUAL DE CANDIDATURA DE GRUPOS DE CIDADÃOS ELEITORES MANUAL DE CANDIDATURA DE GRUPOS DE CIDADÃOS ELEITORES ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2013 Elaborado com base na legislação atualmente em vigor * * Lei Eleitoral dos Órgãos das Autarquias Locais, aprovada pela Lei

Leia mais

DEBATE DO PG SRETC 21/05/2015

DEBATE DO PG SRETC 21/05/2015 DEBATE DO PG SRETC 21/05/2015 Senhor Presidente da Assembleia Legislativa Regional, Excelência Senhor Presidente do Governo Regional da Madeira, Excelência Senhoras e Senhores Secretários Regionais Senhoras

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL PESQUISA NO CATÁLOGO BIBLIOGRÁFICO Administração pública AND Portugal ALMEIDA, António Henrique Gomes de - A aplicação do balanced scorecard às agências Públicas : um

Leia mais

BACCALAURÉAT GÉNÉRAL ET TECHNOLOGIQUE. Session 2011 PORTUGAIS LANGUE VIVANTE 2

BACCALAURÉAT GÉNÉRAL ET TECHNOLOGIQUE. Session 2011 PORTUGAIS LANGUE VIVANTE 2 BACCALAURÉAT GÉNÉRAL ET TECHNOLOGIQUE Session 2011 PORTUGAIS LANGUE VIVANTE 2 Série L : 3 heures coefficient 4 Série S : 2 heures coefficient 2 Série STG (sauf CGRH) : 2 heures coefficient 2 Série STG

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Dados Pessoais: Habilitações académicas: Dados Profissionais: Outras Funções Profissionais:

CURRICULUM VITAE. Dados Pessoais: Habilitações académicas: Dados Profissionais: Outras Funções Profissionais: CURRICULUM VITAE Dados Pessoais: - António de Sousa Marinho e Pinto, (também usa assinar António Marinho e Pinto ou apenas António Marinho), divorciado, nascido a 10 de Setembro de 1950, na freguesia de

Leia mais

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA --- EMBARGO DE DIVULGAÇÃO ATÉ ÀS 21:00 HORAS DE 01.01.13 --- Palácio de Belém, 1 de janeiro de 2013 --- EMBARGO DE DIVULGAÇÃO ATÉ ÀS 21:00

Leia mais

ACTA N. 13/XIV. Carlos 1, n. 128. Senhor Dr. Nuno

ACTA N. 13/XIV. Carlos 1, n. 128. Senhor Dr. Nuno 9 icomissão Nacional de Eleições ACTA N. 13/XIV lugar no dia treze de Dezembro de is mil e onze, a sessão número treze da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na Av. D. Carlos 1, n.

Leia mais

CARTA DA IGUALDADE 11 COMPROMISSOS PARA UM TERRITÓRIO MAIS IGUAL

CARTA DA IGUALDADE 11 COMPROMISSOS PARA UM TERRITÓRIO MAIS IGUAL CARTA DA IGUALDADE 11 COMPROMISSOS PARA UM TERRITÓRIO MAIS IGUAL PREÂMBULO A igualdade das mulheres e dos homens é um direito fundamental para todos e todas, constituindo um valor capital para a democracia.

Leia mais

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Ses objectifs / OBJECTIVOS Éduquer pour vivre ensemble -> Educar para viver juntos Portugais Português Instruire pour comprendre aujourd hui, construire

Leia mais

Apresentação do FDSTP à comunidade santomense em Lisboa

Apresentação do FDSTP à comunidade santomense em Lisboa Fórum da Diáspora de São Tomé e Príncipe (FDSTP) Apresentação do FDSTP à comunidade santomense em Lisboa João Viegas d Abreu COMISSÃO INSTALADORA EMAIL: diasporastp@gmail.com Website: http://www.diasporastp.org/

Leia mais