ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO PIAUÍ EDITAL 001/2015 TESTE SELETIVO PARA ADVOGADO. Espelho de respostas Prova Subjetiva

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO PIAUÍ EDITAL 001/2015 TESTE SELETIVO PARA ADVOGADO. Espelho de respostas Prova Subjetiva"

Transcrição

1 ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO PIAUÍ EDITAL 001/2015 TESTE SELETIVO PARA ADVOGADO Espelho de respostas Prova Subjetiva Questão 1: Abordar a colisão entre o princípio da legalidade e a vinculação dos Poderes aos direitos fundamentais. Ressaltar que o prefeito não possui legitimidade para proposição de Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental e que, por isso, a não aplicação da lei depende da vontade de outro ente ajuizar a ADPF. Como a doutrina é divergente, o aluno poderia se posicionar contra ou a favor a aplicação da lei, desde que usando os fundamentos acima. Questão 2: O candidato deve abordar os seguintes pontos, nos quais estão destacados as ideias centrais: 01 - princípios constitucionais da Administração Pública aplicados à licitação (art. 37, caput, Constituição Federal) e princípios específicos previstos no artigo 3º da Lei 8.666/93, com destaque para o julgamento objetivo inviabilidade de competição entre sociedades de advogados, o que torna a licitação inexigível, conforme art. 25, caput, da Lei 8.666/93, considerando: - a impossibilidade de se aferir melhor técnica advocatícia através de licitação, por se tratar de serviço técnico profissional especializado (art. 13, III e V) e atividade 1/5

2 intelectual personalíssima, de singularidade inerente (art. 25, II, da Lei 8.666/93), que não permite julgamento objetivo; - o dever legal de obediência aos deveres do Código de Ética e Disciplina (art. 33, caput, da Lei 8.906/94 Estatuto da Advocacia e da OAB), em especial a vedação à disputa entre sociedades de advogados com base no critério menor preço, dada a incompatibilidade da advocacia com procedimento de mercantilização (art. 5º, Código de Ética e Disciplina); - a discricionariedade conferida ao Administrador para escolha de uma sociedade de advogados dentre as notoriamente especializadas para o serviço, com base na confiança que rege a relação cliente-advogado (princípio do Código de Ética e Disciplina), elemento subjetivo, desde que voltado ao atendimento ao interesse público (ausência de desvio de finalidade), o que também não permite o julgamento objetivo; 03 - a necessidade de procedimento prévio à contratação, no qual seja motivada a escolha de dada sociedade de advogados, com destaque para a notória especialização (art. 25, II, 1º, da Lei 8.666/93); 04 Precedentes dos Tribunais: CONSTITUCIONAL E ADMINISTRATIVO. IMPROBIDADE. SINGULARIDADE DO SERVIÇO. INVIABILIDADE DE COMPETIÇÃO. NOTÓRIA ESPECIALIZAÇÃO. DISCRICIONARIEDADE DO ADMINISTRADOR NA ESCOLHA DO MELHOR PROFISSIONAL, DESDE QUE PRESENTE O INTERESSE PÚBLICO E INOCORRENTE O DESVIO DE PODER. APELAÇÃO IMPROVIDA. 1. Depreende-se, da leitura dos arts. 13 e 25 da Lei 8.666/93, que, para a contratação dos serviços técnicos enumerados no art. 13, com inexigibilidade de licitação, é imprescindível a presença dos requisitos de natureza singular do serviço prestado e inviabilidade de competição. 2. É impossível aferir, mediante processo licitatório, o trabalho intelectual do Advogado, pois trata-se de prestação de serviços de natureza personalíssima e singular, mostrando-se patente a inviabilidade de competição. 3. A singularidade dos serviços prestados pelo Advogado consiste em seus conhecimentos individuais, estando ligada à sua capacitação profissional, sendo, dessa forma, inviável escolher o melhor profissional, para prestar serviço de natureza intelectual, por meio de licitação, pois tal mensuração não se funda em critérios objetivos (como o menor preço). 2/5

3 4. Diante da natureza intelectual e singular dos serviços de assessoria jurídica, fincados, principalmente, na relação de confiança, é lícito ao administrador, desde que movido pelo interesse público, utilizar da discricionariedade, que lhe foi conferida pela lei, para a escolha do melhor profissional. (...) (AC Nº RN ( ) - RELATOR P/ACÓRDÃO : DES. FEDERAL PAULO MACHADO CORDEIRO (CONVOCADO) julgado em 26 de fevereiro de 2015) ADMINISTRATIVO E PROCESSUAL CIVIL. IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ADVOCATÍCIOS (...) ARTS. 13 E 25 DA LEI 8.666/93. REQUISITOS DA INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO. SINGULARIDADE DO SERVIÇO. INVIABILIDADE DE COMPETIÇÃO. NOTÓRIA ESPECIALIZAÇÃO. DISCRICIONARIEDADE DO ADMINISTRADOR NA ESCOLHA DO MELHOR PROFISSIONAL, DESDE QUE PRESENTE O INTERESSE PÚBLICO E INOCORRENTE O DESVIO DE PODER, AFILHADISMO OU COMPADRIO. RECURSO ESPECIAL PROVIDO. (...) 4. É impossível aferir, mediante processo licitatório, o trabalho intelectual do Advogado, pois trata-se de prestação de serviços de natureza personalíssima e singular, mostrando-se patente a inviabilidade de competição. 5. A singularidade dos serviços prestados pelo Advogado consiste em seus conhecimentos individuais, estando ligada à sua capacitação profissional, sendo, dessa forma, inviável escolher o melhor profissional, para prestar serviço de natureza intelectual, por meio de licitação, pois tal mensuração não se funda em critérios objetivos (como o menor preço). 6. Diante da natureza intelectual e singular dos serviços de assessoria jurídica, fincados, principalmente, na relação de confiança, é lícito ao administrador, desde que movido pelo interesse público, utilizar da discricionariedade, que lhe foi conferida pela lei, para a escolha do melhor profissional. 7. Recurso Especial a que se dá provimento para julgar improcedentes os pedidos da inicial, em razão da inexistência de improbidade administrativa. (REsp RS, Rel. Ministro NAPOLEÃO NUNES MAIA FILHO, J. em 12/11/2013) AÇÃO PENAL PÚBLICA. (...) INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO CARACTERIZADA PELA NOTÓRIA ESPECIALIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS CONTRATADOS, COMPROVADA NOS AUTOS, ALIADA À CONFIANÇA DA ADMINISTRAÇÃO POR ELES DESFRUTADA. PREVISÃO LEGAL. A hipótese dos autos não é de dispensa de licitação, eis que não caracterizado o requisito da emergência. Caracterização de situação na qual há inviabilidade de competição e, logo, inexigibilidade de licitação. 2. "Serviços técnicos profissionais especializados" são serviços que a Administração deve contratar sem licitação, escolhendo o contratado de acordo, em última instância, com o grau de confiança que ela própria, Administração, deposite na especialização desse contratado. Nesses casos, o requisito da confiança da Administração em quem deseje contratar é subjetivo. Daí que a realização de procedimento licitatório para a contratação de tais serviços - procedimento regido, entre outros, pelo princípio do julgamento objetivo - é incompatível com a atribuição de exercício de subjetividade que o direito positivo confere à Administração para a escolha do "trabalho essencial e indiscutivelmente mais adequado à plena satisfação do objeto do contrato" (cf. o 1º do art. 25 da Lei 8.666/93). (...) (AP 348 SC, Relator: EROS 3/5

4 GRAU, Tribunal Pleno, DJe-072 DIVULG PUBLIC DJ PP EMENT VOL PP LEXSTF v. 29, n. 344, 2007, p ) Peça processual: ITEM Pontuação Endereçamento: 0,2 Juiz de Direito da Vara Única da Comarca de Qualificação das partes 0,2 Adequação/título: Assistência 0,4 Narrativa dos fatos 0,4 Fundamentação: 2,3 1 - Cabimento da Assistência e Legitimidade da OAB - artigo 49, parágrafo único, e 44, II, (defesa dos advogados) da Lei 8.906/94 (Estatuto da Advocacia e da OAB). (0,4 pt) 2 - Ausência de crime. Absolvição sumária (art. 397, III, do Código de Processo Penal) (0,5 pt) 3 - Legalidade da conduta do advogado: a) prévia explicação sobre a abrangência do serviço, preço e forma de pagamento, atendendo ao princípio da boa-fé objetiva (art. 422, Código Civil; art. 2º, II, e art. 8º do Código de Ética Código de Ética e Disciplina da OAB) (0,2 pt) b) confecção de contrato escrito (art. 35, do CEDOAB) (0,2 pt); c) moderação (razoabilidade) na pactuação dos honorários contratuais, considerando tratar-se de pagamento majoritariamente condicionados ao êxito 4/5

5 e, portanto, após considerável demora (somente após trânsito em julgado e execução) (art. 36, CED) (0,3 pt); d) desconto dos honorários após prévia autorização do cliente via procuração com poderes especiais para receber e dar quitação (art. 35, 2º, CED) (0,2 pt); e) os honorários de sucumbência são verbas autônomas do advogado, não se confundindo com os honorários pagos pelo cliente (art. 23 do EAOAB) (0,2 pt); f) a soma de honorários contratuais e de sucumbência são inferiores ao proveito econômico do cliente (art. 38, caput, do CEDOAB), mesmo após a dedução dos valores pertencentes ao advogado (0,3 pt); Pedidos: - habilitação da OAB como Assistente do acusado Armando Bessa (0,4) - absolvição sumária do acusado (0,6) 1,0 Habilidade de redação (0,5 pt) Capacidade de síntese argumentativa (0,5 pt) Domínio da língua portuguesa (0,5 pt) 1,5 TOTAL 6,0 5/5

I DA INEXIGIBILIDADE DO PROCESSO DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE ADVOGADO OU DE ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA

I DA INEXIGIBILIDADE DO PROCESSO DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE ADVOGADO OU DE ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA Vale do Sol, RS, 20 de novembro de 2015. CONSULENTE: DEPARTAMENTO DE CONTRATOS OBJETO: PARECER JURÍDICO INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO Vem para esta Procuradoria Jurídica, para análise e parecer, o processo

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CABROBÓ PARECER DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO Nº 003/2015 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 006/2015

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CABROBÓ PARECER DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO Nº 003/2015 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 006/2015 PARECER DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO Nº 003/2015 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 006/2015 I - Dos Fatos. O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério FUNDEF foi

Leia mais

Pregão para serviços de advocacia

Pregão para serviços de advocacia Pregão para serviços de advocacia Jair Eduardo Santana Mestre em Direito do Estado pela PUC de São Paulo Professor em cursos de pós-graduação, atua na capacitação de servidores públicos das três esferas

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO. Gabinete do Conselheiro Sidney Estanislau Beraldo

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO. Gabinete do Conselheiro Sidney Estanislau Beraldo 02-09-14 JR ============================================================ 072 TC-000260/003/13 Contratante: Prefeitura Municipal de Itapira. Contratada: Daniela Campos Libório Di Sarno. Autoridade Responsável

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Do Sr. Eduardo Gomes)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Do Sr. Eduardo Gomes) PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Do Sr. Eduardo Gomes) Acrescenta parágrafo único ao art. 23 da Lei nº 8.906, de 04 de Julho de 1994, que dispõe sobre o Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil

Leia mais

INICIAÇÃO A ADVOCACIA CIVEL ASPECTOS GERAIS

INICIAÇÃO A ADVOCACIA CIVEL ASPECTOS GERAIS COBRANÇA DE HONORÁRIOS ASPECTOS GERAIS ESTATUTO DA ADVOCACIA CAPÍTULO VI Dos Honorários Advocatícios Art. 22. A prestação de serviço profissional assegura aos inscritos na OAB o direito aos honorários

Leia mais

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO WILDO

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO WILDO REMESSA EX OFFICIO EM AÇÃO CÍVEL Nº 526414/CE (2009.81.00.014498-7) PARTE A : BERCHRIS MOURA REQUIÃO NETO ADV/PROC : MARCUS CLAUDIUS SABOIA RATTACASO E OUTROS PARTE R : UNIÃO FEDERAL REMTE : JUÍZO FEDERAL

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR RAIMUNDO NONATO SILVA SANTOS

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR RAIMUNDO NONATO SILVA SANTOS fls. 122 Processo: 0135890-46.2012.8.06.0001 - Apelação Apelante: Sindicato dos Guardas Municipais da Região Metrolitana de Fortaleza - SINDIGUARDAS Apelado: Município de Fortaleza Vistos etc. DECISÃO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0052654-08.2013.8.19.0000 Agravante: Município de Armação de Búzios Agravado: Lidiany da Silva Mello

Leia mais

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO JUIZ FRANCISCO CAVALCANTI

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO JUIZ FRANCISCO CAVALCANTI APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO Nº 15708 CE (0007321-11.2010.4.05.8100) APELANTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL APELADO : UFC - UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REPTE : PROCURADORIA REGIONAL FEDERAL - 5ª REGIÃO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 437.853 - DF (2002/0068509-3) RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI RECORRENTE : FAZENDA NACIONAL PROCURADOR : DANIEL AZEREDO ALVARENGA E OUTROS RECORRIDO : ADVOCACIA BETTIOL S/C

Leia mais

Pós-graduada em Direito Administrativo pela FMU. Professora de Direito Administrativo na FMU. Advogada militante em Direito Administrativo.

Pós-graduada em Direito Administrativo pela FMU. Professora de Direito Administrativo na FMU. Advogada militante em Direito Administrativo. Jurisprudência comentada: contratação de advogado por inexigibilidade de licitação. Recente jurisprudência do egrégio Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo Gina Copola Pós-graduada em Direito Administrativo

Leia mais

PROVIMENTO nº 09/2007-CGJ

PROVIMENTO nº 09/2007-CGJ PROVIMENTO nº 09/2007-CGJ Dispõe sobre a nomeação de defensor dativo nas Comarcas onde não exista Defensoria Pública e dá outras providências atribuições legais, O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA, no uso de

Leia mais

A Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, Estado do Paraná, Aprova:

A Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, Estado do Paraná, Aprova: PROJETO DE LEI Nº 131/2010 Dispõe sobre a criação do Fundo Especial dos Procuradores, Consultores Jurídicos, Assessores Técnicos Jurídicos e Advogados Públicos Municipais de Foz do Iguaçu. Autor: Vereador

Leia mais

REDUÇÃO DOS ENCARGOS PREVIDENCIÁRIOS NOVAS TESES

REDUÇÃO DOS ENCARGOS PREVIDENCIÁRIOS NOVAS TESES REDUÇÃO DOS ENCARGOS PREVIDENCIÁRIOS NOVAS TESES INCIDÊNCIAS SOBRE A FOLHA-DE-SALÁRIOS EMPRESAS DE LIMPEZA (CNAE 81.21-4-00 + 81.29-0-00) (FPAS 515) 20% - COTA PATRONAL 3,0% - SAT 5,8% - ENTIDADES TERCEIRAS

Leia mais

DECISÃO INTERLOCUTÓRIA HOMOLOGAÇÃO DO PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL ANÁLISE APÓS ÚLTIMO DESPACHO NO MOV. 2304

DECISÃO INTERLOCUTÓRIA HOMOLOGAÇÃO DO PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL ANÁLISE APÓS ÚLTIMO DESPACHO NO MOV. 2304 DECISÃO INTERLOCUTÓRIA HOMOLOGAÇÃO DO PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL 2379] ANÁLISE APÓS ÚLTIMO DESPACHO NO MOV. 2304 1. PETIÇÃO DA CREDORA AUNDE BRASIL S/A. [mov. Considerando que não há previsão legal

Leia mais

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO...

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO...19 DEDICATÓRIA...21 CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 23 1. Antecedentes históricos da função de advogado...23 2. O advogado na Constituição Federal...24 3. Lei de

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PAULISTANA

ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PAULISTANA ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PAULISTANA AÇÃO CIVIL PÚBLICA PROCESSO Nº 00000064-20.2012.8.18.000064 AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUI RÉUS: MUNICÍPIO DE PAULISTANA/PI e OUTRO

Leia mais

QUEM É QUE ESTÁ DISPENSADO DO EXAME DE ORDEM DA OAB?

QUEM É QUE ESTÁ DISPENSADO DO EXAME DE ORDEM DA OAB? QUEM É QUE ESTÁ DISPENSADO DO EXAME DE ORDEM DA OAB? Autor: Joselito Alves Batista. Advogado atuante na Capital do Estado de São Paulo, graduado pela Universidade São Francisco, pós-graduado em Direito

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0071.07.034954-4/001 Númeração 0349544- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Bitencourt Marcondes Des.(a) Bitencourt Marcondes 25/03/2009 30/04/2009

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM HABEAS CORPUS Nº 21.628 - SP (2007/0158779-3) RELATORA : MINISTRA LAURITA VAZ RECORRENTE : AGOSTINHO FERRAMENTA DA SILVA JÚNIOR ADVOGADO : JULIANA FERRAMENTA DA SILVA RECORRIDO : TRIBUNAL DE

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2013.0000216806 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 0196471-72.2012.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante SOCIORTHO COMERCIO

Leia mais

DESPACHO SEJUR N.º 520/2013

DESPACHO SEJUR N.º 520/2013 DESPACHO SEJUR N.º 520/2013 (Aprovado em Reunião de Diretoria em 19/12 2013) Expediente n.º 10719/2013. Assunto: Análise jurídica quanto à possibilidade de dispensa/inexigibilidade de licitação para contratação

Leia mais

PROCURAÇÃO "AD-JUDICIA"

PROCURAÇÃO AD-JUDICIA CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS CONTRATADA: A Sociedade de Advogados MARTUCCI MELILLO ADVOGADOS ASSOCIADOS, registrada na OAB/SP sob o n. 9237, inscrita no CNPJ n. 07.697.074/0001-78,

Leia mais

XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Civil - ProfessorAoVivo Qual a peça Juquinha? Prof. Darlan Barroso

XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Civil - ProfessorAoVivo Qual a peça Juquinha? Prof. Darlan Barroso XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Civil - ProfessorAoVivo Qual a peça Juquinha? Prof. Darlan Barroso 2ª Fase OAB - Civil Juquinha Junior, representado por sua genitora Ana, propôs ação de investigação de paternidade

Leia mais

A SINGULARIDADE DA ADVOCACIA E AS AMEAÇAS ÀS PRERROGATIVAS PROFISSIONAIS

A SINGULARIDADE DA ADVOCACIA E AS AMEAÇAS ÀS PRERROGATIVAS PROFISSIONAIS A SINGULARIDADE DA ADVOCACIA E AS AMEAÇAS ÀS PRERROGATIVAS PROFISSIONAIS Floriano de Azevedo Marques Neto Professor de Direito Administrativo da USP e advogado em São Paulo Dentre tantos aspectos relativos

Leia mais

ACÓRDÃO. Rio de Janeiro, 05 de outubro de 2010. Desembargador ROBERTO FELINTO Relator

ACÓRDÃO. Rio de Janeiro, 05 de outubro de 2010. Desembargador ROBERTO FELINTO Relator DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL Apelação Cível nº 0355516-46.2008.8.19.0001 Apelante 1 : AZZURRA PARIS VEÍCULOS LTDA. Apelante 2 : SUL AMÉRICA COMPANHIA NACIONAL DE SEGUROS Apelados 1 : OS MESMOS Apelado 2

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Juiz Convocado HELVÉCIO DE BRITO MAIA NETO

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Juiz Convocado HELVÉCIO DE BRITO MAIA NETO HABEAS CORPUS Nº 0002031-78.2014.827.0000 ORIGEM: COMARCA DE PARAÍSO DO TOCANTINS 1ª VARA CRIMINAL PACIENTE: RAPHAEL BRANDÃO PIRES IMPETRANTE: ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SECCIONAL DO TOCANTINS IMPETRADO:

Leia mais

02579887423 MI 4208 MANDADO DE INJUNÇÃO COLETIVO EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

02579887423 MI 4208 MANDADO DE INJUNÇÃO COLETIVO EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL A UNIÃO DOS ADVOGADOS PÚBLICOS FEDERAIS DO BRASIL UNAFE, pessoa jurídica de direito privado, sem fins econômicos, associação civil

Leia mais

Marcas de Alto Renome: Novas Regras nos Tribunais

Marcas de Alto Renome: Novas Regras nos Tribunais Painel 13 Marcas de Alto Renome: Novas Regras nos Tribunais Márcia Maria Nunes de Barros Juíza Federal Notoriedade Código de Propriedade Industrial de 1971 (art.67): marca notória, com registro próprio,

Leia mais

(414e. (41't3 rummir24. &dada da ga,rada gade. r fadidckda 51illuaa1 /ao/iça

(414e. (41't3 rummir24. &dada da ga,rada gade. r fadidckda 51illuaa1 /ao/iça ,s (414e (41't3 rummir24 &dada da ga,rada gade. r fadidckda 51illuaa1 /ao/iça çadlizete da..ge..itarcao tz Saída Malar ACÓRDÃO 4(.1 APELAÇÃO CÍVEL N. 888.2004.010426-4/001 - CAPITAL RELATOR : Dr. Romero

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 781.703 - RS (2005/0152790-8) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA : UNIÃO : MARCOS ROBERTO SILVA DE ALMEIDA E OUTROS : WALDEMAR MARQUES E OUTRO EMENTA

Leia mais

NULIDADE POR FALTA DE INTIMAÇÃO DA AVALIAÇÃO.

NULIDADE POR FALTA DE INTIMAÇÃO DA AVALIAÇÃO. NULIDADE POR FALTA DE INTIMAÇÃO DA AVALIAÇÃO. A inexistência de intimação para o devedor se manifestar em relação à avaliação realizada implica em nulidade do processo. Esse fato macula de nulidade a arrematação

Leia mais

PARECER JURÍDICO. Ref.: Banco de Preços; Ferramenta Singular de Busca de Informações; Inexigibilidade de Licitação.

PARECER JURÍDICO. Ref.: Banco de Preços; Ferramenta Singular de Busca de Informações; Inexigibilidade de Licitação. Página 1 de 5 PARECER JURÍDICO Ref.: Banco de Preços; Ferramenta Singular de Busca de Informações; Inexigibilidade de Licitação. Legislação aplicável: Lei 8.666/93. Lei 12.440/11. Como é de conhecimento

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete Desembargador Walter Carlos Lemes AC n. 158325-97 DM

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete Desembargador Walter Carlos Lemes AC n. 158325-97 DM APELAÇÃO CÍVEL N. 158325-97.2012.8.09.0011 (201291583254) COMARCA DE APARECIDA DE GOIÂNIA APELANTE : ADÃO MARTINS DE ALMEIDA E OUTRO(S) APELADA : VERA CRUZ S/A 1º INTERES.: MUNICÍPIO DE APARECIDA DE GOIÂNIA

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO PEÇA PROFISSIONAL A administração pública local desencadeou procedimento licitatório, na modalidade de tomada de preços, tendo por objeto a construção de uma ponte de 28 metros.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo ACÓRDÃO Registro: 2012.0000122121 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 9074862-42.2007.8.26.0000, da Comarca de São José do Rio Preto, em que são apelantes PREFEITURA MUNICIPAL DE

Leia mais

TERMO DE REFEÊNCIA 1.INTRODUÇÃO

TERMO DE REFEÊNCIA 1.INTRODUÇÃO TERMO DE REFEÊNCIA 1.INTRODUÇÃO 1.1 Este Termo de Referência visa a orientar na contratação, por inexigibilidade de licitação, de pessoa jurídica, na forma de sociedade de advogados, para prestar serviços

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Diário da Justiça de 28/04/2006 14/03/2006 PRIMEIRA TURMA RECURSO EXTRAORDINÁRIO 466.705-3 SÃO PAULO RELATOR : MIN. SEPÚLVEDA PERTENCE RECORRENTE(S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO RECORRIDO(A/S)

Leia mais

RELATÓRIO. Trata-se de consulta, de matéria em tese, formulado pela Advogada MARIA ADELAIDE MACHADO ROCHA, OAB MG 11.328, nos seguintes termos:

RELATÓRIO. Trata-se de consulta, de matéria em tese, formulado pela Advogada MARIA ADELAIDE MACHADO ROCHA, OAB MG 11.328, nos seguintes termos: Consulta 2010.29.03728-01 Origem: Processo Originário Assunto: Consulta. Recebimento de honorários. Término do processo. Consulente: Maria Adelaide Machado Rocha (OAB/MG 11328). Relator: Conselheiro Federal

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. Assunto: Desconto da Contribuição Sindical previsto no artigo 8º da Constituição Federal, um dia de trabalho em março de 2015.

Leia mais

(ambas sem procuração).

(ambas sem procuração). ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa AGRAVO DE INSTRUMENTO N. 001.2009.006097-9 / 001 Relator: Des. José Di Lorenzo Serpa. Agravante: Itatj Seguros S/A. Advogado:

Leia mais

SORRISO: A CAPITAL NACIONAL DO AGRONEGÓCIO

SORRISO: A CAPITAL NACIONAL DO AGRONEGÓCIO SOLICITAÇÃO DA: Secretaria Municipal de Cidades PARA: Prefeito Municipal Solicito que seja providenciada a abertura de Procedimento Administrativo, com análise de hipótese de inexigibilidade de licitação,

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 963.454 - SC (2007/0143805-5) RELATOR RECORRENTE ADVOGADOS RECORRIDO PROCURADOR INTERES. : MINISTRO PAULO DE TARSO SANSEVERINO : LIBERTY PAULISTA SEGUROS S/A : SÉRGIO ALEXANDRE SODRÉ

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO nº 133023/PE (0006482-31.2013.4.05.0000)

AGRAVO DE INSTRUMENTO nº 133023/PE (0006482-31.2013.4.05.0000) AGRTE AGRDO ADV/PROC ORIGEM RELATOR : UNIÃO (FAZENDA NACIONAL) : CLEIDE & LIMA LTDA ME : PEDRO MELCHIOR DE MELO BARROS e outros : 28ª VARA FEDERAL DE PERNAMBUCO (ARCOVERDE) : DESEMBARGADOR FEDERAL FERNANDO

Leia mais

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual AC no 200.2010.039908-4/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2 010.039908-4/001

Leia mais

DECISÃO. Relatório. Tem-se do voto condutor do julgado recorrido:

DECISÃO. Relatório. Tem-se do voto condutor do julgado recorrido: DECISÃO RECURSO EXTRAORDINÁRIO. CONSTITUCIONAL. DESAPROPRIAÇÃO POR INTERESSE SOCIAL PARA FINS DE REFORMA AGRÁRIA. CLASSIFICAÇÃO DA PROPRIEDADE RURAL. INCLUSÃO DE ÁREAS NÃO APROVEITÁVEIS. PRECEDENTE DO

Leia mais

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO JUIZ FRANCISCO CAVALCANTI

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO JUIZ FRANCISCO CAVALCANTI APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO Nº 26674 PB (0000052-38.2012.4.05.8200) APELANTE : CONSELHO FEDERAL DE BIOMEDICINA - CFBM ADV/PROC : AUGUSTO CESAR DE ARAUJO APELADO : UFPB - UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Leia mais

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO PARTE A ADV/PROC PARTE R REPTE ORIGEM RELATOR : JORGEVALDO ROBINSTON DE MOURA : FÁBIO CORREA RIBEIRO E OUTROS : INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL : PROCURADORIA REPRESENTANTE DA ENTIDADE : JUÍZO

Leia mais

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO WILDO

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO WILDO APELAÇÃO CÍVEL Nº 553789/CE (0004204-41.2012.4.05.8100) APTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL APDO : FACULDADE CATÓLICA DE FORTALEZA - FCF E OUTRO ADV/PROC : CARMEN ANDREIA PEIXOTO GURGEL ORIGEM : 4ª VARA

Leia mais

Deontologia Jurídica. Professor Roberto Morgado rnmorgado@hotmail.com www.morgadodeontologia.blogspot.com Aula 1

Deontologia Jurídica. Professor Roberto Morgado rnmorgado@hotmail.com www.morgadodeontologia.blogspot.com Aula 1 Deontologia Jurídica Professor Roberto Morgado rnmorgado@hotmail.com www.morgadodeontologia.blogspot.com Aula 1 ATIVIDADE PRIVATIVA QUESTÃO Nº01 A empresa Consumidor Ltda., composta por contadores, despachantes,

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa APELAÇÃO E RECURSO ADESIVO N. 2001997051712-0/001 Relator Des. José Di Lorenzo Serpa 1 Apelante Banco do Nordeste do Brasil

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa Agravo de Instrumento n 2 073.2012.001287-4 /001 Relator: Des. José Di Lorenzo Serpa Agravante: Marina Jacaré Clube Advogado:

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.079.644 - SP (2008/0172654-7) RELATORA : MINISTRA ELIANA CALMON RECORRENTE : VELLOZA GIROTTO E LINDENBJOM ADVOGADOS ASSOCIADOS S/C ADVOGADO : LUIZ EDUARDO DE CASTILHO GIROTTO E OUTRO(S)

Leia mais

AGRAVO INTERNO EM APELACAO CIVEL 2002.02.01.005234-7

AGRAVO INTERNO EM APELACAO CIVEL 2002.02.01.005234-7 RELATOR : DESEMBARGADOR FEDERAL PAULO BARATA AGRAVANTE : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS PROCURADOR : JANE MARIA MACEDO MIDOES AGRAVADO : O FORTE DO SABAO LTDA ADVOGADO : SAULO RODRIGUES DA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.374.048 - RS (2013/0073161-8) RELATOR RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO HUMBERTO MARTINS : FAZENDA NACIONAL : PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL : EMERSON DA SILVA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2015.0000421989 ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2015.0000421989 ACÓRDÃO fls. 243 Registro: 2015.0000421989 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1114351-72.2014.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante BROOKFIELD SÃO PAULO EMPREENDIMENTOS

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL nº 458566/AL (2006.80.00.003230-6)

APELAÇÃO CÍVEL nº 458566/AL (2006.80.00.003230-6) APTE : UFAL - UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS REPTE : PROCURADORIA REPRESENTANTE DA ENTIDADE APDO : ROBSON ANTÔNIO AMORIM CARNEIRO ADV/PROC : FELIPE REBELO DE LIMA ORIGEM : 4ª VARA FEDERAL DE ALAGOAS (COMPETENTE

Leia mais

Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul

Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO AO EDITAL REFERÊNCIA : TOMADA DE PREÇOS N.º 01/2015 PROC. ADM. N.º : 143/2015 IMPUGNANTE : FLORES ADVOGADOS ASSOCIADOS - OAB/RS 4.398 EDITAL TOMADA DE PREÇOS N.º 01/2015. CONTRATAÇÃO

Leia mais

Honorários advocatícios

Honorários advocatícios Honorários advocatícios Os honorários advocatícios são balizados pelo Código de Processo Civil brasileiro (Lei de n. 5.869/73) em seu artigo 20, que assim dispõe: Art. 20. A sentença condenará o vencido

Leia mais

: Município de Cascavel, Prosegur Brasil S.A. Transportadora de Valores e Segurança.

: Município de Cascavel, Prosegur Brasil S.A. Transportadora de Valores e Segurança. APELAÇÃO CIVEL E REEXAME NECESSÁRIO Nº. 917060-5, DA 2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE CASCAVEL. APELANTE: MUNICÍPIO DE CASCAVEL APELADO: PROSEGUR BRASIL S.A. TRANSPORTADORA DE VALORES E SEGURANÇA. RELATOR:

Leia mais

EMB. DECL. EM AC 333.188-CE (2002.81.00.013652-2/01). RELATÓRIO

EMB. DECL. EM AC 333.188-CE (2002.81.00.013652-2/01). RELATÓRIO RELATÓRIO 1. Trata-se de Embargos Declaratórios interpostos pela FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO VALE DO ACARAÚ- UVA, contra Acórdão da Segunda Turma deste TRF de fls. 526/528, nos autos de AC 333.188-CE,

Leia mais

MANUAL DE SERVIÇOS 1. PLANO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA FAMILIAR PAF

MANUAL DE SERVIÇOS 1. PLANO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA FAMILIAR PAF MANUAL DE SERVIÇOS 1. PLANO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA FAMILIAR PAF 1.1 SERVIÇOS PRESTADOS Souza & Evangelista Advocacia e Consultoria Jurídica propicia atividades jurídicas privativas de advogados nas vias

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO Registro: 2013.0000209289 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0017770-14.2003.8.26.0224, da Comarca de Guarulhos, em que é apelante/apelado HSBC SEGUROS ( BRASIL ) S/A, são

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL nº 492592/AL (2009.80.00.001267-9)

APELAÇÃO CÍVEL nº 492592/AL (2009.80.00.001267-9) APTE : VALÉRIA ALVES LOPES GUIMARÃES ADV/PROC : ELISBÁRBARA MENDONÇA PEREIRA APDO : CEF - CAIXA ECONÔMICA FEDERAL ADV/PROC : CARLOS ANDRÉ CANUTO DE ARAÚJO ORIGEM : 2ª VARA FEDERAL DE ALAGOAS RELATOR :

Leia mais

SORRISO: A CAPITAL NACIONAL DO AGRONEGÓCIO

SORRISO: A CAPITAL NACIONAL DO AGRONEGÓCIO SOLICITAÇÃO De: Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente Para: Secretária de Administração Solicito que seja providenciada a abertura de Procedimento Administrativo, com análise de hipótese

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.015.473 - RS (2007/0299452-2) RELATOR : MINISTRO NAPOLEÃO NUNES MAIA FILHO AGRAVANTE : SIMONE DAI PRA ZAMIN ADVOGADO : FELIPE NÉRI DRESCH DA SILVEIRA E OUTRO(S) AGRAVADO :

Leia mais

PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual.

PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual. PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Legitimidade - art. 499 CPC: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual. Preposto é parte? Pode recorrer? NÃO.

Leia mais

Nº 70023762412 COMARCA DE CACHOEIRINHA

Nº 70023762412 COMARCA DE CACHOEIRINHA APELAÇÃO CÍVEL. TRIBUTÁRIO. AÇÃO ANULATÓRIA. TAXA DE LICENÇA E LOCALIZAÇÃO DO ESTABELECIMENTO. ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA. É possível o exercício do poder de polícia municipal efetivado sobre o estabelecimento

Leia mais

35 a Câmara A C O R D A O *01967384*

35 a Câmara A C O R D A O *01967384* ^ TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SAO PAULO 3 SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO J APELAÇÃO S/ REVISÃO N 1031227-0/3 35 a Câmara Comarca de SÃO PAULO 4 0.V.CÍVEL Processo 37645/05 APTE CMW PLANEJAMENTO E CONSULTORIA

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides. Vistos, etc.

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides. Vistos, etc. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides APELAÇÃO CÍVEL n 2 073.2003.012900-8/001 Comarca de Cabedelo RELATOR: João Benedito da Silva Juiz Convocado

Leia mais

Estado do Pará Município de Benevides PODER EXECUTIVO

Estado do Pará Município de Benevides PODER EXECUTIVO DA: ASSESSORIA JURÍDICA DO MUNICÍPIO PARA: SETOR DE LICITAÇÕES. REF.: Processo de Inexigibilidade de Licitação nº 04-009/2016. OBJETO: Contratação de empresa para execução de serviços técnicos de consultoria

Leia mais

É o relatório. No Mérito

É o relatório. No Mérito PARECER EMITIDO SOBRE A POSSIBILIDADE DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS JURÍDICOS PARA REALIZAÇÃO DE ESTUDO TÉCNICO-LEGISLATIVO E ELABORAÇÃO DE MINUTA DE PROJETO DE CONSOLIDAÇÃO DE LEIS MUNICIPAIS:

Leia mais

EMENTA EMENTA. Representado: P. M. S. - LOCUPLETAMENTO E AUSENCIA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS INFRAÇÃO DISCIPLINAR SUSPENSÃO

EMENTA EMENTA. Representado: P. M. S. - LOCUPLETAMENTO E AUSENCIA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS INFRAÇÃO DISCIPLINAR SUSPENSÃO Recorrente: R. P.: ADVOGADO. LOCUPLETAMENTO A CUSTA DE CLIENTE COMPROVADA. DEVOLUÇÃO DO VALOR CONFIGURADA VIOLAÇÃO EXPRESSADA NO ARTIGO 34, XX, XXI DA LEI N 8906/94. PROCEDENCIA DA REPRESENTAÇÃO. O recebimento

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº Registro: 2013.0000605821 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0002348-73.2011.8.26.0238, da Comarca de Ibiúna, em que é apelante ASSOCIAÇAO DOS PROPRIETARIOS DO LOTEAMENTO

Leia mais

; 1. ESTADO DA PARMBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

; 1. ESTADO DA PARMBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa k ; 1 m ACÓRDÃO ESTADO DA PARMBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa Apelação Cível n 014.2006.002720-9 / 001 Relator: Des. José Di Lorenzo Serpa. Apelante: Associação Comunitária

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli APELAÇÃO CÍVEL Nº 550822-PE (2001.83.00.010096-5) APTE : INSS - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL REPTE : PROCURADORIA REPRESENTANTE DA ENTIDADE APDO : LUZIA DOS SANTOS SANTANA ADV/PROC : SEM ADVOGADO/PROCURADOR

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 125447-PB (0006137-02.2012.4.05.0000) AGRTE : PAULO ROBERTO JACQUES COUTINHO FILHO ADV/PROC : CARLOS FREDERICO NÓBREGA FARIAS e outros AGRDO : INCRA - INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0012968-93.2012.404.0000/PR

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0012968-93.2012.404.0000/PR AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0012968-93.2012.404.0000/PR RELATOR : Des. Federal NÉFI CORDEIRO AGRAVANTE : MARIA JOSÉ SIERRA espólio ADVOGADO : Renata Moço AGRAVADO : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS

Leia mais

IV - APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO 2012.50.01.001991-0

IV - APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO 2012.50.01.001991-0 Nº CNJ : 0001991-31.2012.4.02.5001 RELATORA : JUÍZA FEDERAL CONVOCADA CARMEN SILVIA LIMA DE ARRUDA APELANTE : ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL - ESPÍRITO SANTO ADVOGADOS : LUIS ROBERTO BARROSO E OUTROS APELADO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS RELATÓRIO O Excelentíssimo Senhor Desembargador Federal FRANCISCO BARROS DIAS (Relator): Trata-se de recurso de apelação interposto por JOSÉ PINTO DA NÓBREGA contra a sentença que, em sede de mandado de

Leia mais

TERCEIRA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 28345/2003 - CLASSE II - 23 - COMARCA CAPITAL

TERCEIRA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 28345/2003 - CLASSE II - 23 - COMARCA CAPITAL APELANTE(S): APELADA(S): INFOWORLD TECNOLOGIA EM INFORMÁTICA LTDA. DATEX COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA. - ME Número do Protocolo: 28345/2003 Data de Julgamento: 12-11-2003 EMENTA EMBARGOS À EXECUÇÃO - CHEQUE

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal CONFLITO DE COMPETÊNCIA 7.572 DISTRITO FEDERAL RELATORA SUSTE.(S) ADV.(A/S) : MIN. ROSA WEBER :VASP - VIAÇÃO AÉREA SÃO PAULO S/A :MARCUS VINÍCIUS DE ALMEIDA RAMOS :SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA (RECLAMAÇÃO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça MANDADO DE SEGURANÇA Nº 10.818 - DF (2005/0116531-1) RELATOR : MINISTRO ERICSON MARANHO (DESEMBARGADOR CONVOCADO DO TJ/SP) IMPETRANTE : ADELINO SIMÕES JORGE ADVOGADO : ANNA ANDRÉA SIMÕES JORGE IMPETRADO

Leia mais

ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO MINAS GERAIS, contra o TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS em possível descumprimento de norma federal.

ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO MINAS GERAIS, contra o TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS em possível descumprimento de norma federal. Autos: PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS 0001505 65.2014.2.00.0000 Requerente: ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO MINAS GERAIS e outros Requerido: CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS RELATÓRIO

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PALMAS 3ª VARA CRIMINAL. PROCESSOS N os 5021457-83.2013.827.2729 e 5021453-46.2013.827.

ESTADO DO TOCANTINS PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PALMAS 3ª VARA CRIMINAL. PROCESSOS N os 5021457-83.2013.827.2729 e 5021453-46.2013.827. ESTADO DO TOCANTINS PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PALMAS 3ª VARA CRIMINAL PROCESSOS N os 5021457-83.2013.827.2729 e 5021453-46.2013.827.2729 DECISÃO Tratam-se de queixas oferecidas por Eudival Coelho Barros,

Leia mais

TURMA RECURSAL ÚNICA J. S. Fagundes Cunha Presidente Relator

TURMA RECURSAL ÚNICA J. S. Fagundes Cunha Presidente Relator RECURSO INOMINADO Nº 2006.3281-7/0, DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE FAZENDA RIO GRANDE RECORRENTE...: EDITORA ABRIL S/A RECORRIDO...: RAFAELA GHELLERE DAL FORNO RELATOR...: J. S. FAGUNDES CUNHA

Leia mais

Novidades Trabalhistas

Novidades Trabalhistas Novidades Trabalhistas Acerto rescisório, demora na liberação da guia do seguro-desemprego e ausência de punição gradativa são os temas tratados nessa quinzena e que merecem atenção das empresas. Veja

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores LUIZ ANTONIO DE GODOY (Presidente sem voto), DE SANTI RIBEIRO E ELLIOT AKEL.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores LUIZ ANTONIO DE GODOY (Presidente sem voto), DE SANTI RIBEIRO E ELLIOT AKEL. ACÓRDÃO Registro: 2011.0000324840 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0068021-37.2009.8.26.0576, da Comarca de São José do Rio Preto, em que é apelante UNIMED - SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete da Desembargadora Elizabeth Maria da Silva

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete da Desembargadora Elizabeth Maria da Silva APELAÇÃO CÍVEL Nº 481605-21.2009.8.09.0143 (200994816057) COMARCA DE SÃO MIGUEL DO ARAGUAIA 4ª CÂMARA CÍVEL APELANTES : ADEMIR CARDOSO DOS SANTOS E OUTRA APELADO : MINISTÉRIO PÚBLICO RELATOR : Juiz SÉRGIO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 168 Registro: 2015.0000424279 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1034086-83.2014.8.26.0100, da Comarca de, em que é apelante LUIS EDUARDO DA SILVA NAVES, é apelado TEC

Leia mais

PARECER Nº 013/2015 ALTAPREV PARECER

PARECER Nº 013/2015 ALTAPREV PARECER PARECER Nº 013/2015 ALTAPREV PROCESSO Nº INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO N.º 0815001/2015 INTERESADA: INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DE ALTAMIRA ASSUNTO: CONTRATAÇÃO DIRETA DE SERVIÇOS

Leia mais

Nº 70033432600 COMARCA DE PORTO ALEGRE

Nº 70033432600 COMARCA DE PORTO ALEGRE APELAÇÃO CÍVEL. LICITAÇÃO E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS. CGTEE. CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS JURÍDICOS ESPECIALIZADOS NAS ÁREAS TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA. TÉRMINO DO PRAZO DE VIGÊNCIA DO CONTRATO. AUSÊNCIA

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da 5ª Região Gabinete do Desembargador Federal Rogério Fialho Moreira

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da 5ª Região Gabinete do Desembargador Federal Rogério Fialho Moreira RELATÓRIO Trata-se de recurso em sentido estrito interposto por Célio Bispo Kojuch contra sentença proferida pelo Juízo da 14.ª Vara da SJRN que denegou ordem de habeas corpus através da qual era objetivada

Leia mais

Limitações na ação de consignação em pagamento. Sumário: 1 Conceito. 2 Sua disciplina legal. 3 Limites da ação em consignação em pagamento.

Limitações na ação de consignação em pagamento. Sumário: 1 Conceito. 2 Sua disciplina legal. 3 Limites da ação em consignação em pagamento. Limitações na ação de consignação em pagamento Kiyoshi Harada* Sumário: 1 Conceito. 2 Sua disciplina legal. 3 Limites da ação em consignação em pagamento. 1 Conceito O que significa consignação em pagamento?

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL .) PEÇA PROFISSIONAL Na elaboração da peça, o(a) examinando(a) deverá observar os seguintes aspectos: a) recurso cabível: apelação (com fundamento no art. 496, I, do CPC); b) endereçamento adequado: tribunal

Leia mais

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. FRANCISCO WILDO (Relator):

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. FRANCISCO WILDO (Relator): APELAÇÃO CÍVEL Nº 511146/AL (0002840-14.2010.4.05.8000) APTE : CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS DA 6ª REGIÃO (AL/PE/PB/RN/CE/PI/MA) ADV/PROC : ALINE JANISZEWSKI LINS APDO : SHBRS/AL - SINDICATO DOS

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores IVAN SARTORI (Presidente sem voto), BORELLI THOMAZ E LUCIANA BRESCIANI.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores IVAN SARTORI (Presidente sem voto), BORELLI THOMAZ E LUCIANA BRESCIANI. ACÓRDÃO Registro: 2011.0000317355 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 9160752-75.2009.8.26.0000, da Comarca de Cândido Mota, em que é apelante EDVAL INACIO DE SOUZA sendo apelado

Leia mais

EXMO(A). SR(A). JUIZ(A) DE DIREITO DA XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX.

EXMO(A). SR(A). JUIZ(A) DE DIREITO DA XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX. EXMO(A). SR(A). JUIZ(A) DE DIREITO DA XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX. Processo NPU: XXXXXXXXXXXXX Ação de XXXXXXXXXXXXX Ref. Execução de Honorários Sucumbenciais A DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE PERNAMBUCO, CNPJ

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça : UNIMED DE ARAÇATUBA - COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO EMENTA PLANO DE SAÚDE. INADIMPLÊNCIA DO SEGURADO SUPERIOR A 60 (SESSENTA) DIAS. NOTIFICAÇÃO PRÉVIA. RESCISÃO UNILATERAL. POSSIBILIDADE. 1. A rescisão

Leia mais