JDB Java Desktop Basis

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "JDB Java Desktop Basis"

Transcrição

1

2 JDB Java Desktop Basis Por Welbson Siqueira Costa Brasil Natal/RN 2012

3 ii Copyright 2012, Welbson Siqueira Costa. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei de 19/02/1998. Nenhuma parte deste livro, sem prévia autorização por escrito do autor, Welbson Siqueira Costa, poderá ser reproduzida ou transmitida sejam quais forem os meios empregados. O autor deste livro tem trabalhado bastante para produção de material didático que ensine a desenvolver aplicações comerciais de forma produtiva com o Framework JDB. Assim, os exemplos neste livro foram produzidos para fornecer suporte didático ao JDB. No entanto, por serem didáticos, poderão apresentar necessidades de melhorias quanto aos aspectos de segurança, desempenho, estabilidade e confiabilidade. Por isso, o autor não se responsabiliza por eventuais danos em virtude da aplicação, em escala real ou comercial, dos conhecimentos aqui expostos ou dos conhecimentos aqui referenciados.

4 iii Nota do Autor O desenvolvimento do Framework JDB tem tomado muito do meu tempo. Muitos dos momentos que seriam disponibilizados para estar com a família, parentes ou amigos têm sido empregados no esforço desse trabalho. Sem falar nas brechas que encontro nos períodos em que estou no meu emprego para trabalhar mais um pouco no JDB. Escrever este primeiro livro tornou-se um trabalho tão importante quanto o desenvolvimento do próprio Framework JDB, já que, em virtude de se tratar de uma inovação tecnológica, o JDB quase não tem material didático. Tenho enfrentado algumas dificuldades em manter o projeto de forma gratuita. Acredito ter encontrado a solução para esse problema através da venda deste primeiro livro na forma de e-book. Sendo assim, peço a todos aqueles que se interessarem pelo JDB que não pratiquem a pirataria. Dessa maneira, todos nós contribuiremos para o crescimento do projeto. Obrigado, Welbson Siqueira Costa

5 iv Prefácio É sempre uma grande satisfação analisar uma obra prestes a ser bublicada, principalmente quando se trata de algo inovador e que traz grandes benefícios para a comunidade científica e acadêmica. Não tenho dúvidas de que neste volume o leitor vai encontrar uma obra com excelente qualidade técnica e didática. O criador o "Mestre Welbson", como costumo chamá-lo consegue espelhar em seu belo trabalho aquilo que possui em excesso: experiência profissional, experiência acadêmica, criatividade, determinação, objetividade e clareza vocabular. Trata-se de um texto esclarecedor que inova apresentando ao mundo acadêmico e tecnológico o Framework JDB, projeto desenvolvido pelo próprio autor que vem suprir carências no mundo Java para desenvolvimento de aplicações desktop. Mesmo sendo admirável, é importante mencionar que este livro é apenas a primeira manifestação didática do efetivo e inovador projeto que é o Framework JDB. Alguém que resolve disponibilizar grande parte do seu tempo para um projeto dessa dimensão, do qual cuida com muito zelo a ponto de torná-lo primoroso, merece nossos aplausos. Prof. M.Sc. Carlos Avelino de Barros

6 v Agradecimentos Aprendi que o mundo evolui por meio da participação de todos. Portanto, passar por essa existência e deixar a minha contribuição é uma filosofia de vida que adquiri através da boa educação e bons valores que meus pais me transmitiram. Sendo assim, eu não poderia deixar de dedicar este livro ao Sr. Walmyk e a Sra. Dalva. Também não poderia deixar de dedicá-lo a minha amada esposa, Ana Carolina, que sempre me apoiou e, por muitas vezes, suportou minhas ausências enquanto estive empenhado no desenvolvimento do projeto JDB e deste livro.

7 vi Público Alvo e Conhecimentos Necessários Este livro destina-se a estudantes de cursos técnicos e nível superior na área de informática que estejam interessados em aprender a desenvolver sistemas comerciais desktop em Java. Destina-se, igualmente, a qualquer estudante autônomo ou desenvolvedor de software interessado em aprender a desenvolver software desktop de maneira produtiva. Por fim, este livro é ferramenta essencial para aqueles que queiram aprender a trabalhar com o Framework JDB. O livro considera que o leitor detém conhecimentos básicos sobre bancos de dados relacionais e programação com a linguagem Java. Conhecimentos sobre o Sistema Gerenciador de Bancos de Dados MySQL e sobre o IDE Netbeans também seriam bastante proveitosos, já que o livro apenas fornece informações básicas e necessárias para que o leitor desenvolva os exemplos abordados.

8 vii Conteúdo do Livro O livro está organizado em 14 capítulos e três apêndices. No capítulo dois é iniciada a construção de um sistema fictício denominado Bibliotecário. A construção desse sistema continua até o capítulo 11, o qual explica como distribuir o Bibliotecário. Os capítulos que desenvolvem o sistema fictício exploram diversos aspectos do Framework JDB. Assim, o Bibliotecário é trabalhado como um laboratório de aprendizado do JDB. Os apêndices contém informações introdutórias sobre o JDK SE, o Netbeans e o SGBD MySQL. Tais informações abordam apenas assuntos necessários ao entendimento e desenvolvimento dos exemplos exibidos nos diversos capítulos do livro. Os capítulos 12, 13 e 14 exploram componentes e funcionalidades do JDB que não foram apresentadas quando do desenvolvimento do Bibliotecário. A seguir é apresentada breve descrição de todos os capítulos do livro. Capítulo 1- Fundamentos Nesse primeiro capítulo o leitor entrará em contato com aspectos fundamentais relacionados à teoria da programação de aplicações para interação com bancos de dados; mas especificamente, o capítulo aborda assuntos relacionados à persistência de dados e Java. A linguagem utilizada é impessoal, pois o capítulo tem um caráter dissertativo. Os capítulos posteriores abandonam a impessoalidade e trabalham os assuntos de maneira mais amigável. Capítulo 2 Entendendo o Framework JDB É apresentada a estrutura do Framework JDB e definido o sistema fictício Bibliotecário. O sistema fictício Bibliotecário será desenvolvido do capítulo 2 até o capítulo 11 e será utilizado como laboratório de aprendizado do JDB. Também é demonstrado como trabalhar com o JDB independentemente de IDE e com o IDE Netbeans. Assim, é desenvolvido um pequeno programa (Cadastro de Idiomas) sem a utilização do Netbeans; em seguida, esse mesmo programa é desenvolvido utilizando-se o IDE Netbeans. O Cadastro de Idiomas é um dos formulários do sistema fictício Bibliotecário. Capítulo 3 Eventos e Tratamento de Erros Este capítulo explica como trabalhar com eventos e tratamento de erros. O capítulo também aborda a construção da tela principal do sistema Bibliotecário; realiza a incorporação do Cadastro de Idiomas, desenvolvido no

9 viii capítulo anterior, ao projeto do Bibliotecário; e, desenvolve o Cadastro de Gêneros do Bibliotecário. Capítulo 4 Implementando Relacionamento 1 x N (um para muitos) É demonstrado como implementar relacionamentos um para muitos entre tabelas de um banco de dados relacional. O leitor conhecerá os componentes JDBLookUpComboBox e JDBLookUpField. Capítulo 5 Validando Dados Este capítulo utiliza exemplos desenvolvidos nos capítulos três e quatro para explicar como o JDB pode validar dados. É demonstrado como desviar o processamento da operação de salvar para disparo do evento onsavemanually, que permite personalizar a operação de salvar com o código necessário à validação dos dados. Capítulo 6 JDB sem os Componentes de Controle O capítulo demonstra como trabalhar com o JDB sem utilizar os componentes de Controle (componentes visuais). Tal maneira de programação apresenta-se um pouco trabalhosa, porém, mostra-se importante para que o desenvolvedor detenha controle total sobre as diversas funcionalidades disponibilizadas pelos componentes Essenciais do JDB. O leitor provavelmente utilizará os conhecimentos adquiridos neste capítulo com pouca frequência, no entanto, quando necessitar, terá conhecimento suficiente para fazê-lo. Capítulo 7 Implementando Relacionamento de Herança Aqui o leitor aprenderá a implementar relacionamentos de herança. Também conhecerá o componente JDBUpdate, que pode executar declarações SQL, DDL ou DML, exceto consultas que devem ser executadas pelo JDBQuery. Capítulo 8 Consultas Personalizadas e Utilização de Parâmetros Neste capítulo é demonstrado como construir formulários que realizam consultas personalizadas, definidas pelo usuário em tempo de execução, através do preenchimento de campos de consulta. Também é mostrado como utilizar parâmetros no interior do código SQL.

10 ix Capítulo 9 Transações com JDB O capítulo demonstra como trabalhar com transações de banco de dados. As transações são exemplificadas com a construção de dois formulários do Bibliotecário, responsáveis pela realização de empréstimo e devolução de livros. Capítulo 10 Armazenando Declarações SQL em Repositório É mostrado como armazenar declarações SQL em arquivos externo ao código do programa. Depois que o sistema é distribuído, tal facilidade permite que as declarações sejam alteradas sem a necessidade de intervenção no código do programa. Neste capítulo é finalizada a construção do Bibliotecário. Capítulo 11 Distribuindo o Bibliotecário Aqui o Bibliotecário é preparado para distribuição. Capítulo 12 Execução de SQL DDL e DML Neste capítulo é exemplificado como trabalhar com o JDB para executar declarações SQL DDL (Data Definition Language) e DML (Data Manipulation Language). Capítulo 13 Objetos Complexos não Estruturados Neste capítulo é mostrado como trabalhar com objetos complexos não estruturados (cadeias de bytes). Esses objetos são armazenados em campos (colunas) do tipo BLOB (Binary Large Objects) do SGBD MySQL. O capítulo está dividido em duas seções. Na primeira, é construído um programa capaz de converter qualquer arquivo em um array de bytes e armazenar o objeto resultante no banco de dados. Esse mesmo programa também é capaz de recuperar os objetos armazenados no banco de dados e convertê-los em arquivos, retornando, portanto, sua forma original. Na segunda seção, é construído outro programa, semelhante ao primeiro, porém, aperfeiçoado para armazenar e recuperar imagens. Para este último é utilizado o componente JDBImage, que permite exibir as imagens armazenadas nos campos BLOB.

11 x Capítulo 14 Classes de Entidades Persistentes Neste capítulo é apresentada a classe AbstractEntity e explicado o conceito de CEP JDB (Classe de Entidade Persistente JDB). Em seguida, é construído um programa bastante simples para demonstrar como é possível transformar uma CEP JDB em um componente JavaBean. Por fim, é desenvolvido um programa um pouco mais complexo com o intuito de demonstrar que componentes JavaBeans de CEP JDB, usufruem de todos os recursos herdados do componente JDBQuery. Apêndice A1 Introdução ao JDK SE Nesse apêndice o leitor receberá informações de como realizar o download, instalação e configuração do JDK (Java Development Kit) no Windows 7. Apêndice A2 Introdução ao Netbeans Aqui é feita introdução ao IDE Netbeans. É mostrado onde fazer o download e como instalar o IDE. Também e desenvolvido um simples projeto para demonstrar aspectos de configuração e usabilidade do IDE, que serão necessários para o perfeito entendimento dos exemplos desenvolvidos nos vários capítulos do livro. Apêndice A3 Introdução ao MySQL Esse apêndice apresenta o SGBD MySQL e algumas de suas ferramentas. O capítulo inicia com o download, instalação e configuração do servidor MySQL. Depois, apresenta a ferramenta gráfica MySQL Workbench, que automatiza atividades de gerenciamento do bando de dados. Como exemplo de utilização do MySQL Workbench é feita a restauração do banco de dados dbbiblioteca, que é usado no sistema Bibliotecário.

12 xi Orientações para Leitura do Livro O grafo abaixo apresenta a ordem na qual o livro deverá ser lido. As setas apontam para o próximo capítulo a ser lido. As setas tracejadas indicam sugestões, isto é, caso o leitor já detenha o conhecimento abordado pelo capítulo, ele poderá passar adiante sem lê-lo ou fazer uma consulta rápida. Apêndice A1 Capítulo 1 Capítulo 7 Apêndice A2 Capítulo 2 Capítulo 8 Apêndice A3 Capítulo 3 Capítulo 9 Capítulo 4 Capítulo 10 Capítulo 12 Capítulo 13 Capítulo 5 Capítulo 11 Capítulo 14 Capítulo 6

13 xii Material Complementar O material complementar é disponibilizado em conjunto com o livro. Atualizações desse material poderão ser obtidas no seguinte endereço: Organização do Material Complementar A figura abaixo apresenta a estrutura de diretórios do material complementar:

14 xiii Vejamos a descrição breve de cada um desses diretórios: apend_a2: projeto exemplo desenvolvido no Apêndice A2. cap_2: projetos exemplos desenvolvidos no Capítulo 2. cap_2/banco_de_dados: contém o backup do banco de dados do sistema Bibliotecário. cap_2/exemplo_sem_ide: programa exemplo desenvolvido sem apoio de IDE. cap_2/exemplo_com_ide: programa exemplo desenvolvido com apoio do IDE Netbeans. cap_3-cap_11: projeto Bibliotecário desenvolvido no livro. cap_12: projeto exemplo desenvolvido no Capítulo 12. cap_13: projeto exemplo desenvolvido no Capítulo 13. cap_13/banco_de_dados: contém o backup dos bancos de dados dos projetos exemplos desenvolvidos no Capítulo 13. cap_13/banco_imagens: programa exemplo para trabalhar com imagens armazenadas em bancos de dados. cap_13/banco_objetos: programa exemplo para trabalhar com objetos binários armazenados em bancos de dados. cap_14: projeto exemplo desenvolvido no Capítulo 14. cap_14/banco_de_dados: contém o backup do banco de dados dos projetos exemplos desenvolvidos no Capítulo 14. cap_14/disciplina: programa exemplo para trabalhar com Classe de Entidade Persistente JDB. cap_14/simples_cep: programa exemplo para trabalhar com Classe de Entidade Persistente JDB. doc: documentação do JDB (javadoc e código fonte). lib: bibliotecas utilizadas nos projetos do livro. listagens: listagens contidas no livro. tutoriais: tutoriais referenciados no livro.

15 Ferramentas e Tecnologias Utilizadas no Livro xiv Framework JDB (Java Desktop Basis): IDE Netbeans: SGBD MySQL: JDK SE (Java Development Kit Standard Edition): Sistema Operacional Microsoft Windows 7:

16 xv Sumário Capítulo 1 Fundamentos Contexto Evolutivo História de Java Persistência de dados e Java Sistemas de Bancos de Dados Relacionais Sistemas de Bancos de Dados Orientados a Objetos Sistemas de Bancos de Dados Objeto-relacionais ou Relacionais Estendidos Estimativa da Evolução do Uso dos Modelos Relacional, Objeto-relacional e Orientado a Objetos Mapeamento entre Classes Persistentes e Relações Subsistemas de Persistência JDBC Puro Classes de Entidades Persistentes Padrão DAO Subsistemas ORM (Object-relational Mapping) Comparação entre Subsistemas de Persistência Framework JDB (Java Desktop Basis) Resumo Capítulo 2 Entendendo o Framework JDB Estrutura do JDB Características Necessárias do Driver JDBC Características Exigidas Características Desejáveis Sistema Fictício para Aplicação do JDB (Bibliotecário) Trabalhando com JDB sem IDE (Formulário Cadastro de Idiomas) Construindo o Software Compilando o Software Rodando o Software Fazendo Algumas Pequenas Alterações no Software Trabalhando com JDB no Netbeans (Formulário Cadastro de Idiomas) Fazendo Algumas Pequenas Alterações no Software Resumo Capítulo 3 Eventos e Tratamento de Erros Iniciando a Construção do Sistema Fictício (Bibliotecário) Formulário Principal do Bibliotecário Integração entre Projetos do Netbeans (Cadastro de Idiomas e Bibliotecário) Formulário Cadastro de Gêneros Trabalhando com Eventos Tratando Erros de Conexão com o Banco de Dados Tratando Erros de Consultas... 92

17 xvi 3.6 Resumo Capítulo 4 Implementando Relacionamento 1 x N (um para muitos) Formulário Cadastro de Livros Trabalhando com Campos de Lookup no JDBTable Trabalhando com eventos Tratando erros Resumo Capítulo 5 Validando Dados Investigando o componente JDBQuery Desviando Operação Salvar para Disparo do Evento onsavemanually Estratégias de Validação de Dados Usando Componentes Visuais Usando o Vetor newcurrentfieldsvalues Usando Funções de Validação Resumo Capítulo 6 JDB sem os Componentes de Controle Formulário Cadastro de Departamentos Exibição dos Dados do JDBQuery no JTable Chamadas Explícitas de Métodos do JDBQuery Codificação de Eventos do JDBQuery Resumo Capítulo 7 Implementando Relacionamento de Herança Implementando Superclasse (Formulário Cadastro de Pessoas) Implementando Subclasse com JDBQuery (Formulário Cadastro de Professores) Formulário de Consulta e Exclusão Formulário de Inserção Formulário de Edição Implementando Subclasse com JDBUpdate (Formulário Cadastro de Alunos) Formulário de Consulta e Exclusão Formulário de Inserção Formulário de Edição Resumo Capítulo 8 Consultas Personalizadas e Utilização de Parâmetros Consulta Personalizada (Formulário Consulta Pessoas) Consulta Personalizada com Parâmetros (Formulário Consulta Livros) Resumo Capítulo 9 Tansações com JDB Trabalhando com JDBUpdateTransaction

18 xvii Formulário Empréstimo de Livros Formulário Devolução de Livros Resumo Capítulo 10 Armazenando Declarações SQL em Repositório Formulário Consulta Empréstimos Trabalhando com o Componente JDBSQLRepository Uso Restrito do JDBSQLRepository Uso Abrangente do JDBSQLRepository Segurança no Uso de Repositório de SQL Resumo Capítulo 11 Distribuindo o Bibliotecário Construindo o Bibliotecário Distribuindo o Bibliotecário Rodando o Bibliotecário Resumo Capítulo 12 Execução de SQL DDL e DML Formulário para Execução de SQL Exemplos de Execução de SQL Resumo Capítulo 13 Objetos Complexos não Estruturados Trabalhando com Objetos Binários Trabalhando com Imagens Resumo Capítulo 14 Classes de Entidades Persistentes Classes de Entidades e Bancos de Dados Relacionais Conhecendo a Classe AbstractEntity e Criando Classes de Entidades Persistentes Programa Simples com Classe de Entidade Persistente Manipulando Objetos de Classes de Entidades Persistentes Criando as Classes de Entidades Persistentes Formulário de Consulta e Exclusão Formulário de Inserção Formulário de Edição Resumo Referências Apêndice A1 Introdução ao JDK SE Download e Instalação do JDK SE Configuração do path no Windows Resumo

19 xviii Apêndice A2 Introdução ao Netbeans Download e Instalação Definindo o Idioma Criando um Novo Projeto Desktop Criando um Formulário para o Projeto Entendendo a Área de Trabalho Configurando a Codificação de Caracteres Encoding Configurando a Visualização da Janela Projects Adicionando os Componentes JDB à Palette Adicionando Bibliotecas ao Projeto Construindo a GUI do Projeto Aparência e Comportamento da GUI (Look and Feel) Compilando e Rodando o Projeto Resumo Apêndice A3 Introdução ao MySQL Download do MySQL Server, MySQL Workbench e Connector/J Instalação do MySQL Community Server Instalação do MySQL Workbench (GUI Tool) Trabalhando com o MySQL Workbench Restaurando Backup Executando Scripts SQL Entendendo o Conectot/J Resumo Índice

Classes de Entidades Persistentes JDB

Classes de Entidades Persistentes JDB Classes de Entidades Persistentes JDB Brasil, Natal-RN, 07 de setembro de 2011 Welbson Siqueira Costa www.jdbframework.com Nota de Retificação: em 11/12/2011 a Listagem 3 desse tutorial sofreu uma pequena

Leia mais

Roteiro 2 Conceitos Gerais

Roteiro 2 Conceitos Gerais Roteiro 2 Conceitos Gerais Objetivos: UC Projeto de Banco de Dados Explorar conceitos gerais de bancos de dados; o Arquitetura de bancos de dados: esquemas, categorias de modelos de dados, linguagens e

Leia mais

Figura 1 - Arquitetura multi-camadas do SIE

Figura 1 - Arquitetura multi-camadas do SIE Um estudo sobre os aspectos de desenvolvimento e distribuição do SIE Fernando Pires Barbosa¹, Equipe Técnica do SIE¹ ¹Centro de Processamento de Dados, Universidade Federal de Santa Maria fernando.barbosa@cpd.ufsm.br

Leia mais

Java Desktop Basis. Brasil, Natal-RN, 29 de maio de 2011 Welbson Siqueira Costa. www.jdbframework.com

Java Desktop Basis. Brasil, Natal-RN, 29 de maio de 2011 Welbson Siqueira Costa. www.jdbframework.com Java Desktop Basis Brasil, Natal-RN, 29 de maio de 2011 Welbson Siqueira Costa www.jdbframework.com A velocidade com que Java foi adotada pela comunidade científica é realmente impressionante. Desde o

Leia mais

Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.

Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4. Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5 Por: Fabio Pozzebon Soares Página 1 de 11 Sistema ProJuris é um conjunto de componentes 100% Web, nativamente integrados, e que possuem interface com vários idiomas,

Leia mais

e-stf WebServices Processo Eletrônico Smart Client Manual de Instalação

e-stf WebServices Processo Eletrônico Smart Client Manual de Instalação SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Secretaria de Tecnologia da Informação e-stf WebServices Processo Eletrônico Smart Client 1 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 30/07/2008 1.0 Criação do documento

Leia mais

Conteúdo Programático de PHP

Conteúdo Programático de PHP Conteúdo Programático de PHP 1 Por que PHP? No mercado atual existem diversas tecnologias especializadas na integração de banco de dados com a WEB, sendo o PHP a linguagem que mais se desenvolve, tendo

Leia mais

Prof. Marcelo Machado Cunha www.marcelomachado.com mcelobr@yahoo.com.br

Prof. Marcelo Machado Cunha www.marcelomachado.com mcelobr@yahoo.com.br Prof. Marcelo Machado Cunha www.marcelomachado.com mcelobr@yahoo.com.br Ementa Introdução a Banco de Dados (Conceito, propriedades), Arquivos de dados x Bancos de dados, Profissionais de Banco de dados,

Leia mais

Manual de Atualização Versão 3.6.4.

Manual de Atualização Versão 3.6.4. Manual de Atualização Versão 3.6.4. Sumário 1. AVISO... 1 2. INTRODUÇÃO... 2 3. PREPARAÇÃO PARA ATUALIZAÇÃO... 3 4. ATUALIZANDO GVCOLLEGE E BASE DE DADOS... 7 5. HABILITANDO NOVAS VERSÕES DO SISTEMA....

Leia mais

INTRODUÇÃO. Diferente de Bando de Dados

INTRODUÇÃO. Diferente de Bando de Dados INTRODUÇÃO Diferente de Bando de Dados 1 INTRODUÇÃO DADOS São fatos conhecidos que podem ser registrados e que possuem significado. Ex: venda de gasolina gera alguns dados: data da compra, preço, qtd.

Leia mais

CA Desktop Migration Manager

CA Desktop Migration Manager CA Desktop Migration Manager Notas da versão do CA DMM 12.9 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada Documentação),

Leia mais

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher. Manual do Administrador QWCFP. Versão 1.2.0.0

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher. Manual do Administrador QWCFP. Versão 1.2.0.0 Padrão ix Q-Ware Cloud File Publisher Manual do Administrador QWCFP Versão 1.2.0.0 Copyright 2000-2014 Padrão ix Sistemas Abertos Ltda. Todos os direitos reservados. As informações contidas neste manual

Leia mais

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 2007 2012 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

GeCA: Uma Ferramenta de Engenharia Reversa e Geração Automática de Código

GeCA: Uma Ferramenta de Engenharia Reversa e Geração Automática de Código GeCA: Uma Ferramenta de Engenharia Reversa e Geração Automática de Código Igor Steinmacher 1, Éderson Fernando Amorim 1, Flávio Luiz Schiavoni 1, Elisa Hatsue Moriya Huzita 1 1 Departamento de Informática

Leia mais

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 FileMaker Pro 14 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 2007-2015 FileMaker, Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

FileMaker Pro 13. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13

FileMaker Pro 13. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13 FileMaker Pro 13 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13 2007-2013 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados. / NT Editora. -- Brasília: 2013. 94p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm.

Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados. / NT Editora. -- Brasília: 2013. 94p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm. Autor Ismael Sousa Araujo Pós-graduado em Gerência de Projetos PMBOK UNICESP. Graduado em Tecnologia em Segurança da Informação UNICESP. Professor de concurso da área de informática e consultor em EAD.

Leia mais

FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS

FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS PAULO ALBERTO BUGMANN ORIENTADOR: ALEXANDER ROBERTO VALDAMERI Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas Linguagem de Programação JAVA Professora Michelle Nery Nomeclaturas Conteúdo Programático Nomeclaturas JDK JRE JEE JSE JME JVM Toolkits Swing AWT/SWT JDBC EJB JNI JSP Conteúdo Programático Nomenclatures

Leia mais

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher - QWCFP Manual do Gestor de Grupo. Versão 1.0.1.0

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher - QWCFP Manual do Gestor de Grupo. Versão 1.0.1.0 Padrão ix Q-Ware Cloud File Publisher - QWCFP Manual do Gestor de Grupo Versão 1.0.1.0 Copyright 2000-2014 Padrão ix Sistemas Abertos Ltda. Todos os direitos reservados. As informações contidas neste manual

Leia mais

Dados em Java. Introdução

Dados em Java. Introdução Interface Gráfica e Banco de Dados em Java Introdução Java and all Java-based marks are trademarks or registered trademarks of Sun Microsystems, Inc. in the U.S. and other countries. Licença para uso e

Leia mais

Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério.

Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério. EDSON GONÇALVES Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério. AGRADECIMENTOS Primeiramente gostaria de agradecer

Leia mais

Instalação do ByYou ESB. Guia de Instalação e Atualização do ByYou ESB

Instalação do ByYou ESB. Guia de Instalação e Atualização do ByYou ESB Instalação do ByYou ESB Guia de Instalação e Atualização do ByYou ESB Instalação do ByYou ESB Copyright 2010 TOTVS S.A. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste documento pode ser copiada, reproduzida,

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO - VERSÃO DESKTOP

DESCRITIVO TÉCNICO - VERSÃO DESKTOP sistema para gerenciamento de instituições de ensino DESCRITIVO TÉCNICO - VERSÃO DESKTOP Nossa Empresa A Sponte Informática é uma empresa brasileira, localizada em Pato Branco, cidade considerada pólo

Leia mais

Programação de Computadores II: Java. / NT Editora. -- Brasília: 2014. 82p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm.

Programação de Computadores II: Java. / NT Editora. -- Brasília: 2014. 82p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm. Autor José Jesse Gonçalves Graduado em Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual de São Paulo - UNESP, de Presidente Prudente (1995), com especialização em Análise de Sistemas (1999) e mestrado

Leia mais

Treinamento. DBA Oracle 11g. Duração: 120 horas

Treinamento. DBA Oracle 11g. Duração: 120 horas Treinamento DBA Oracle 11g Duração: 120 horas Neste curso no primeiro módulo (Introdução ao Oracle 11g SQL e PL_SQL) é oferecido um curso introdutório à tecnologia do banco de dados Oracle 11g. Também

Leia mais

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Cookies e Sessões. Prof. MSc. Hugo Souza

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Cookies e Sessões. Prof. MSc. Hugo Souza Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Cookies e Sessões Prof. MSc. Hugo Souza Se você precisar manter informações sobre seus usuários enquanto eles navegam pelo seu site, ou até quando eles saem

Leia mais

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Aula 3 Cap. 4 Trabalhando com Banco de Dados Prof.: Marcelo Ferreira Ortega Introdução O trabalho com banco de dados utilizando o NetBeans se desenvolveu ao longo

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

Visão geral do Document Distributor

Visão geral do Document Distributor Para ver ou fazer o download desta ou de outras publicações do Lexmark Document Solutions, clique aqui. Visão geral do Document Distributor O pacote Lexmark Document Distributor oferece uma maneira de

Leia mais

Programação para Internet Orientada a Objetos com PHP & MySQL Visão Geral de Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL II

Programação para Internet Orientada a Objetos com PHP & MySQL Visão Geral de Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL II Programação para Internet Orientada a Objetos com PHP & MySQL Visão Geral de Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL II Prof. MSc. Hugo Souza Na última aula falamos um pouco da necessidade do surgimento

Leia mais

www.lanuniversity.com.br MCTS SHAREPOINT 2010, CONFIGURING Um exame para obter a Certificação completa

www.lanuniversity.com.br MCTS SHAREPOINT 2010, CONFIGURING Um exame para obter a Certificação completa www.lanuniversity.com.br MCTS SHAREPOINT 2010, CONFIGURING Um exame para obter a Certificação completa 10174B - Configuring and Administering Microsoft SharePoint 2010 Exame 70-667 Módulo 1: Introdução

Leia mais

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário Sumário Conceitos Microsoft Access 97... 01 Inicialização do Access... 02 Convertendo um Banco de Dados... 03 Criando uma Tabela... 06 Estrutura da Tabela... 07 Propriedades do Campo... 08 Chave Primária...

Leia mais

Introdução a Banco de Dados

Introdução a Banco de Dados Introdução a Banco de Dados Ricardo Henrique Tassi - Departamento de Replicação Índice 1- Introdução... 03 2- Quais são os bancos de dados mais conhecidos hoje em dia...04 3- Quais são os tipos de banco...05

Leia mais

Dado: Fatos conhecidos que podem ser registrados e têm um significado implícito. Banco de Dados:

Dado: Fatos conhecidos que podem ser registrados e têm um significado implícito. Banco de Dados: MC536 Introdução Sumário Conceitos preliminares Funcionalidades Características principais Usuários Vantagens do uso de BDs Tendências mais recentes em SGBDs Algumas desvantagens Modelos de dados Classificação

Leia mais

Troubleshooting Versão 1.0

Troubleshooting Versão 1.0 Troubleshooting Versão 1.0 As informações contidas neste documento estão sujeitas a alteração sem notificação prévia. Os dados utilizados nos exemplos contidos neste manual são fictícios. Nenhuma parte

Leia mais

Introdução. à Linguagem JAVA. Prof. Dr. Jesus, Edison O. Instituto de Matemática e Computação. Laboratório de Visão Computacional

Introdução. à Linguagem JAVA. Prof. Dr. Jesus, Edison O. Instituto de Matemática e Computação. Laboratório de Visão Computacional Introdução à Linguagem JAVA Prof. Dr. Jesus, Edison O. Instituto de Matemática e Computação Laboratório de Visão Computacional Vantagens do Java Independência de plataforma; Sintaxe semelhante às linguagens

Leia mais

Banco de Dados. Uma coleção de dados relacionados [ELMASRI/NAVATHE]

Banco de Dados. Uma coleção de dados relacionados [ELMASRI/NAVATHE] 1/6 Banco de Dados O que é um Banco de Dados? Uma coleção de dados relacionados [ELMASRI/NAVATHE] Conjunto de dados integrados que tem por objetivo atender a uma comunidade específica [HEUSER] Um conjunto

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta de JDBC. jdbc_response série 1.1

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta de JDBC. jdbc_response série 1.1 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Monitoramento de resposta de JDBC jdbc_response série 1.1 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se somente para fins

Leia mais

Criação de Consultas e Relatórios no Access CRIAÇÃO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS NO ACCESS

Criação de Consultas e Relatórios no Access CRIAÇÃO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS NO ACCESS Criação de Consultas e Relatórios no Access CRIAÇÃO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS NO ACCESS Sumário Conceitos / Autores chave... 3 1. Introdução... 4 2. Consultas... 5 3. Relatórios... 8 4. Conclusões... 11

Leia mais

Introdução. O que é o Registro do Windows

Introdução. O que é o Registro do Windows Introdução O objetivo deste tutorial é mostrar alguns conceitos básicos para a manipulação do Registro do Windows. Desde já o InfoWester deixa claro que é necessário cautela. Qualquer precipitação pode

Leia mais

Gerador de aplicativos Oracle PL/SQL WEB baseado na estrutura das tabelas do. Wagner da Silva Orientando Prof. Alexander Roberto Valdameri Orientador

Gerador de aplicativos Oracle PL/SQL WEB baseado na estrutura das tabelas do. Wagner da Silva Orientando Prof. Alexander Roberto Valdameri Orientador Gerador de aplicativos Oracle PL/SQL WEB baseado na estrutura das tabelas do banco de dados Oracle Wagner da Silva Orientando Prof. Alexander Roberto Valdameri Orientador Roteiro Introdução e Objetivos;

Leia mais

1. CONCEITOS BÁSICOS DE BD, SBD E SGBD

1. CONCEITOS BÁSICOS DE BD, SBD E SGBD Introdução 1. CONCEITOS BÁSICOS DE BD, SBD E SGBD A importância da informação para a tomada de decisões nas organizações tem impulsionado o desenvolvimento dos sistemas de processamento de informações.

Leia mais

Capítulo 2 Introdução à ferramenta Flash

Capítulo 2 Introdução à ferramenta Flash Capítulo 2 Introdução à ferramenta Flash Índice 1. O uso da ferramenta Flash no projeto RIVED.... 1 2. História do Flash... 4 1. O uso da ferramenta Flash no projeto RIVED. É importante, antes de iniciarmos

Leia mais

Instalando o J2SE 5.0 JDK no Windows 2000/XP

Instalando o J2SE 5.0 JDK no Windows 2000/XP Instalando o J2SE 5.0 JDK no Windows 2000/XP Fabricio Leonard Leopoldino Descreve o processo de download, instalação e configuração do J2SE 5.0 JDK, no Windows 2000 e no Windows XP. 1 - Introdução Para

Leia mais

Para construção dos modelos físicos, será estudado o modelo Relacional como originalmente proposto por Codd.

Para construção dos modelos físicos, será estudado o modelo Relacional como originalmente proposto por Codd. Apresentação Este curso tem como objetivo, oferecer uma noção geral sobre a construção de sistemas de banco de dados. Para isto, é necessário estudar modelos para a construção de projetos lógicos de bancos

Leia mais

Trabalhando com banco de dados

Trabalhando com banco de dados Avançado Trabalhando com Aprenda a manipular dados no Excel com a ajuda de outros aplicativos da suíte Office Armazenar e organizar informações são tarefas executadas diariamente por todos nós. Desde o

Leia mais

Uma Proposta de Tecnologia Embarcada na Internação Domiciliar Capítulo 3 Implementação do SMD 93

Uma Proposta de Tecnologia Embarcada na Internação Domiciliar Capítulo 3 Implementação do SMD 93 Capítulo 3 Implementação do SMD 93 CAPÍTULO 3 IMPLEMENTAÇÃO DO SMD Este capítulo reserva-se à apresentação da implementação do SMD tomando como partida o desenvolvimento do Projeto Preliminar que consta

Leia mais

[MANUAL DE INTEGRAÇÃO PARA SITES DE MEMBROS]

[MANUAL DE INTEGRAÇÃO PARA SITES DE MEMBROS] 2011 [MANUAL DE INTEGRAÇÃO PARA SITES DE MEMBROS] Destinado a usuários que desejam vender conteúdo premium, disponível em sites de membros, através da plataforma Hotmart. Versão do documento: 1.0, 11/04/2011.

Leia mais

Aplicação Prática de Lua para Web

Aplicação Prática de Lua para Web Aplicação Prática de Lua para Web Aluno: Diego Malone Orientador: Sérgio Lifschitz Introdução A linguagem Lua vem sendo desenvolvida desde 1993 por pesquisadores do Departamento de Informática da PUC-Rio

Leia mais

Casa do Código Livros para o programador Rua Vergueiro, 3185-8º andar 04101-300 Vila Mariana São Paulo SP Brasil

Casa do Código Livros para o programador Rua Vergueiro, 3185-8º andar 04101-300 Vila Mariana São Paulo SP Brasil Casa do Código Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei nº9.610, de 10/02/1998. Nenhuma parte deste livro poderá ser reproduzida, nem transmitida, sem autorização prévia por escrito da editora,

Leia mais

USANDO O IZCODE PARA GERAR SOFTWARE RAPIDAMENTE

USANDO O IZCODE PARA GERAR SOFTWARE RAPIDAMENTE USANDO O IZCODE PARA GERAR SOFTWARE RAPIDAMENTE SUMÁRIO usando o izcode... 1 para gerar software rapidamente... 1 introdução... 2 o que é o izcode?... 2 Como funciona o izcode?... 2 os tipos diferentes

Leia mais

TCM Informática Rua Senador Ivo D'Aquino, 121 Bairro: Lagoa da Conceição 88062-050 Florianópolis, SC Brasil Fone +55 48 3334-8877 Fax +55 48

TCM Informática Rua Senador Ivo D'Aquino, 121 Bairro: Lagoa da Conceição 88062-050 Florianópolis, SC Brasil Fone +55 48 3334-8877 Fax +55 48 1.1 Roteiro para Instalação do Software 1.1.1 Servidor 1.1.1.1 Requisitos de Hardware Servidor de pequeno porte Servidor dedicado: Processador: 500Mhz Memória RAM: 256MB Hard Disk: 20 ou 40GB (7.500rpm)

Leia mais

DÚVIDAS E SUGESTÕES? frank@microsize.com.br

DÚVIDAS E SUGESTÕES? frank@microsize.com.br 1 Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, especialmente por sistemas gráficos, micro fílmicos, fotográficas, reprográficos, fonográficos, videográficos,

Leia mais

MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL: UM ESTUDO DE CASO

MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL: UM ESTUDO DE CASO MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL: UM ESTUDO DE CASO UTILIZANDO O HIBERNATE Rafael Laurino GUERRA, Dra. Luciana Aparecida Martinez ZAINA Faculdade de Tecnologia de Indaiatuba FATEC-ID 1 RESUMO Este artigo apresenta

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI Setembro de 2013 Objetivo: Esse manual, baseado no manual GLPI feito pela DTI, tem como objetivo principal instruir os usuários quanto à utilização do GLPI, sistema

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

Desenvolvendo relatórios com CRYSTAL REPORTS XI. Gildo C. Araújo

Desenvolvendo relatórios com CRYSTAL REPORTS XI. Gildo C. Araújo Desenvolvendo relatórios com CRYSTAL REPORTS XI Gildo C. Araújo I Desenvolvendo Relatórios com Crystal Reports XI Copyright 2006 da Editora Alta Books Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela

Leia mais

HIBERNATE EM APLICAÇÃO JAVA WEB

HIBERNATE EM APLICAÇÃO JAVA WEB HIBERNATE EM APLICAÇÃO JAVA WEB Raul Victtor Barbosa Claudino¹, Ricardo Ribeiro Rufino¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil victtor.claudino@gmail.com, ricardo@unipar.br Resumo: Este

Leia mais

FileMaker. Guia de instalação e novos recursos. do FileMaker Pro 15 e FileMaker Pro 15 Advanced

FileMaker. Guia de instalação e novos recursos. do FileMaker Pro 15 e FileMaker Pro 15 Advanced FileMaker Guia de instalação e novos recursos do FileMaker Pro 15 e FileMaker Pro 15 Advanced 2007-2016 FileMaker, Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

e-mail: ebertonsm@gmail.com eberton.marinho@gmail.com

e-mail: ebertonsm@gmail.com eberton.marinho@gmail.com INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Ambientes de Programação e Banco de Dados Docente: Éberton da Sl Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com eberton.marinho@gmail.com

Leia mais

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS O CSF Designer Intuition TM da FIS ajuda organizações que lidam com o cliente a criar, de forma instantânea e interativa, documentos comerciais respeitando as regulações vigentes,

Leia mais

SMART Sync 2010 Guia prático

SMART Sync 2010 Guia prático SMART Sync 2010 Guia prático Simplificando o extraordinário Registro do produto Se você registrar o seu produto SMART, receberá notificações sobre novos recursos e atualizações de software. Registre-se

Leia mais

Estruturando um aplicativo

Estruturando um aplicativo Com o Visual FoxPro, é possível criar facilmente aplicativos controlados por eventos e orientados a objetos em etapas. Esta abordagem modular permite que se verifique a funcionalidade de cada componente

Leia mais

Conectando Bancos de Dados Microsoft Access no BrOffice.org Base. fornecido pelo Projeto de Documentação do BrOffice.org

Conectando Bancos de Dados Microsoft Access no BrOffice.org Base. fornecido pelo Projeto de Documentação do BrOffice.org Conectando Bancos de Dados Microsoft Access no BrOffice.org Base fornecido pelo Projeto de Documentação do BrOffice.org Índice 1 Introdução...2 1.1 Versão... 2 1.2 Licenciamento...2 1.3 Mensagem do Projeto

Leia mais

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br Capture Pro Software Introdução A-61640_pt-br Introdução ao Kodak Capture Pro Software e Capture Pro Limited Edition Instalando o software: Kodak Capture Pro Software e Network Edition... 1 Instalando

Leia mais

ANEXO - Introdução a Informática

ANEXO - Introdução a Informática ANEXO - Introdução a Informática Regitros do Windows maiores informações 1 Introdução O objetivo deste tutorial é mostrar alguns conceitos básicos para a manipulação do Registro do Windows. Desde já avisamos,

Leia mais

Ferramenta de apoio a gerência de configuração de software. Aluno: Rodrigo Furlaneto Orientador: Everaldo Artur Grahl

Ferramenta de apoio a gerência de configuração de software. Aluno: Rodrigo Furlaneto Orientador: Everaldo Artur Grahl Ferramenta de apoio a gerência de configuração de software Aluno: Rodrigo Furlaneto Orientador: Everaldo Artur Grahl Roteiro de apresentação Introdução Objetivos Fundamentação Teórica Gerência de Configuração

Leia mais

Persistindo dados com TopLink no NetBeans

Persistindo dados com TopLink no NetBeans Persistindo dados com TopLink no NetBeans O que é TopLink? O TopLink é uma ferramenta de mapeamento objeto/relacional para Java. Ela transforma os dados tabulares de um banco de dados em um grafo de objetos

Leia mais

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução SCIM 1.0 Guia Rápido Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal Introdução Nesta Edição O sistema de Controle Interno administra o questionário que será usado no chek-list

Leia mais

Perguntas frequentes do Samsung Drive Manager

Perguntas frequentes do Samsung Drive Manager Perguntas frequentes do Samsung Drive Manager Instalação P: Meu Disco Rígido Externo Samsung está conectado, mas nada está acontecendo. R: Verifique a conexão a cabo USB. Se seu Disco Rígido Externo Samsung

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MÍDIAS EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MÍDIAS EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MÍDIAS EM EDUCAÇÃO Jader dos Santos Teles Cordeiro Orientador Prof. Paulo Guilhermeti PERSISTÊNCIA EM OBJETOS JAVA: UMA ANÁLISE

Leia mais

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem 1 de 20 Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem Resolvi documentar uma solução que encontrei para fazer minhas cópias de segurança. Utilizo um software gratuito chamado Cobian Backup

Leia mais

Copyright 2008, 2013 da Novatec Editora Ltda.

Copyright 2008, 2013 da Novatec Editora Ltda. 4a Edição Novatec Copyright 2008, 2013 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a reprodução desta obra, mesmo parcial, por qualquer processo,

Leia mais

CA Desktop Migration Manager

CA Desktop Migration Manager CA Desktop Migration Manager Notas da Versão Release 12.8 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada Documentação),

Leia mais

QUESTINAMENTOS AO EDITAL DE CONCORRÊNCIA 01/2013

QUESTINAMENTOS AO EDITAL DE CONCORRÊNCIA 01/2013 QUESTINAMENTOS AO EDITAL DE CONCORRÊNCIA 01/2013 Prezados Senhores da comissão de licitação da UENF, seguem alguns questionamentos acerca do edital de concorrência 01/2013 para esclarecimentos: 1. ANEXO

Leia mais

15 Conceitos de Bancos de Dados com o LibreOffice Base

15 Conceitos de Bancos de Dados com o LibreOffice Base Introdução a Informática - 1º semestre AULA 14 Prof. André Moraes Objetivos desta aula: Explorar as propriedades na criação de bancos de dados no LibreOffice Base; Criar e explorar tabelas; Criar e explorar

Leia mais

NOVO COMPONENTE ASSINADOR ESEC

NOVO COMPONENTE ASSINADOR ESEC NOTAS FISCAIS DE SERVIÇO ELETRÔNICAS PREFEITURA DE JUIZ DE FORA COMPLEMENTO AO SUPORTE A ATENDIMENTO NÍVEL 1 1.0 Autor: Juiz de Fora, Fevereiro 2015. PÁGINA 1 DE 38 SUMÁRIO 1REQUISITOS MÍNIMOS CONFIGURAÇÕES

Leia mais

11 Conclusão. 11.1 Descobertas

11 Conclusão. 11.1 Descobertas 97 11 Conclusão 11.1 Descobertas Nesse trabalho apresentamos o McCloud Service Framework, um arcabouço para implementação de serviços baseados na Simulação de Monte Carlo na nuvem, disponibilizamos duas

Leia mais

Evolução. Tópicos. Bancos de Dados - Introdução. Melissa Lemos. Evolução dos Sistemas de Informação Esquemas Modelos. Características de SGBDs

Evolução. Tópicos. Bancos de Dados - Introdução. Melissa Lemos. Evolução dos Sistemas de Informação Esquemas Modelos. Características de SGBDs 1 Bancos de Dados - Introdução Melissa Lemos melissa@inf.puc-rio.br Tópicos Evolução dos Sistemas de Informação Esquemas Modelos Conceitual Lógico Características de SGBDs 2 Evolução tempo Programas e

Leia mais

PROVA DE NOÇÕES DE MICROINFORMÁTICA

PROVA DE NOÇÕES DE MICROINFORMÁTICA 18 PROVA DE NOÇÕES DE MICROINFORMÁTICA AS QUESTÕES DE 41 A 60 CONSIDERAM O ESQUEMA PADRÃO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA OPERACIONAL MICROSOFT WINDOWS ME E DAS FERRAMENTAS MICROSOFT WINDOWS EXPLORER, MICRO-

Leia mais

GERADOR DE CÓDIGO JSP BASEADO EM PROJETO DE SGBD. Acadêmico: Maicon Klug Orientadora: Joyce Martins

GERADOR DE CÓDIGO JSP BASEADO EM PROJETO DE SGBD. Acadêmico: Maicon Klug Orientadora: Joyce Martins GERADOR DE CÓDIGO JSP BASEADO EM PROJETO DE SGBD Acadêmico: Maicon Klug Orientadora: Joyce Martins Roteiro Introdução Objetivos do trabalho Fundamentação teórica Desenvolvimento do trabalho Conclusão Extensões

Leia mais

Microsoft Access XP Módulo Um

Microsoft Access XP Módulo Um Microsoft Access XP Módulo Um Neste primeiro módulo de aula do curso completo de Access XP vamos nos dedicar ao estudo de alguns termos relacionados com banco de dados e as principais novidades do novo

Leia mais

Capture Pro Software. Guia de referência. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Guia de referência. A-61640_pt-br Capture Pro Software Guia de referência A-61640_pt-br Iniciando o Kodak Capture Pro Software Este guia foi projetado para fornecer instruções simples para início rápido, incluindo a instalação e a inicialização

Leia mais

O sistema que completa sua empresa Roteiro de Instalação (rev. 15.10.09) Página 1

O sistema que completa sua empresa Roteiro de Instalação (rev. 15.10.09) Página 1 Roteiro de Instalação (rev. 15.10.09) Página 1 O objetivo deste roteiro é descrever os passos para a instalação do UNICO. O roteiro poderá ser usado não apenas pelas revendas que apenas estão realizando

Leia mais

marcio@dsc.ufcg.edu.br priscillakmv@gmail.com

marcio@dsc.ufcg.edu.br priscillakmv@gmail.com DSC/CEEI/UFCG marcio@dsc.ufcg.edu.br priscillakmv@gmail.com 1 Realiza atividades com ênfase em Ensino, Pesquisa e Extensão (Ensino) 2 Configurando o projeto Adicionando código ao arquivo com o código-fonte

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO RDB2LOD

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO RDB2LOD GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO RDB2LOD Em sua versão inicial, o aplicativo RDB2LOD foi desenvolvido para instalação e execução em ambiente de máquina virtual Java, e oferece suporte aos SGBDs

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do Usuário Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registradas da Microsoft Corporation nos EUA. As informações

Leia mais

Programação para Internet Orientada a Objetos com PHP & MySQL Instalando e configurando um ambiente de ferramentas PHP e MySQL. Prof. MSc.

Programação para Internet Orientada a Objetos com PHP & MySQL Instalando e configurando um ambiente de ferramentas PHP e MySQL. Prof. MSc. Programação para Internet Orientada a Objetos com PHP & MySQL Instalando e configurando um ambiente de ferramentas PHP e MySQL Prof. MSc. Hugo Souza Na última aula falamos um pouco sobre as ferramentas

Leia mais

splinker Manual de instalação, configuração e uso

splinker Manual de instalação, configuração e uso splinker Manual de instalação, configuração e uso Índice ÍNDICE... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. SPLINKER E A REDE SPECIESLINK... 3 1.2. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO E EXECUÇÃO DO SPLINKER... 3 2. INSTALAÇÃO...

Leia mais

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Sistema Gerenciador de Banco de Dados: Introdução e configuração de bases de dados com Postgre e MySQL

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Sistema Gerenciador de Banco de Dados: Introdução e configuração de bases de dados com Postgre e MySQL Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Sistema Gerenciador de Banco de Dados: Introdução e configuração de bases de dados com Postgre e MySQL Prof. MSc. Hugo Souza Iniciando nossas aulas sobre

Leia mais

Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados

Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados Fernando Castor A partir de slides elaborados por Fernando Fonseca & Robson Fidalgo 1 Sistemas de Arquivos Sistemas de arquivos Principal característica é a replicação

Leia mais

Receita de bolo para instalar MinGW-GCC e Netbeans em Windows

Receita de bolo para instalar MinGW-GCC e Netbeans em Windows Receita de bolo para instalar MinGW-GCC e Netbeans em Windows Hae Yong Kim 13/08/2014 Este documento explica como fiz para instalar compilador MinGW-GCC e ambiente de desenvolvimento Netbeans em Windows.

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Group Folha no servidor...6

Leia mais

DESENVOLVENDO SOLUÇÕES COM VISUAL FOXPRO 8 E 9

DESENVOLVENDO SOLUÇÕES COM VISUAL FOXPRO 8 E 9 DESENVOLVENDO SOLUÇÕES COM VISUAL FOXPRO 8 E 9 Í N D I C E Capítulo 1 - O Início de Tudo 1 Reunindo todas as informações necessárias 2 Instalando o Visual FoxPro 2 Configurando o Visual FoxPro 7 Capítulo

Leia mais

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase.

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase. Prof. Omero, pág. 63 O que é o InterBase? O InterBase é um SGBDR - Sistema Gerenciador de Banco de Dados Cliente/Servidor Relacional 1 que está baseado no padrão SQL ANSI-9, de alta performance, independente

Leia mais

Manual de Consulta Web Service Consulta ao SCR para Instituições Financeiras

Manual de Consulta Web Service Consulta ao SCR para Instituições Financeiras Manual de Consulta Web Service Consulta ao SCR para Instituições Financeiras 1. Introdução O que é a Consulta ao SCR via Web Service? A consulta ao SCR via Web Service permite a consulta da posição consolidada

Leia mais

Administração. Apresentação. Objetivo. Dados Principais. Tecnologia Abordada Administração de Banco de Dados SQL Server 2008 R2

Administração. Apresentação. Objetivo. Dados Principais. Tecnologia Abordada Administração de Banco de Dados SQL Server 2008 R2 Administração de Banco de Dados R2 Apresentação Este curso fornece capacitação técnica e administrativa necessária para o desenvolvimento, administração e manutenção de soluções de dados utilizando o SQL

Leia mais

Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 1 Levante e ande - Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte. Ano: 02/2011 Nesta Edição

Leia mais

DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR

DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR Fortaleza - CE Introdução ao ambiente de desenvolvimento delphi e preparação da interface basíca O ambiente delphi foi criado pela Borland Software

Leia mais