pesquisa.sapo.pt João Pedro Gonçalves Codebits, 14 de Novembro 2007

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "pesquisa.sapo.pt João Pedro Gonçalves Codebits, 14 de Novembro 2007"

Transcrição

1 pesquisa.sapo.pt João Pedro Gonçalves Codebits, 14 de Novembro 2007

2 Agenda A Pesquisa do SAPO Como funciona um motor de Pesquisa APIs de acesso à Pesquisa

3 A Pesquisa do SAPO 40 milhões Pesquisas por mês. 50 Queries por Segundo (QPS). Acordo com Google desde Indexador FAST com cerca de 75 milhões de páginas indexadas.

4 A Pesquisa do SAPO Frontend em mod_perl Perl, Python, PHP, C e C++ Equipa de 10 programadores nas áreas de Pesquisa, Anúncios contextualizados e Directório

5 A Pesquisa do SAPO Interface com menus contextuais. Preview e Gravar página como PDF. Pesquisa de Notícias e Blogs portugueses.

6 Como funciona um motor de Pesquisa Desafios Tempo de Resposta Ranking Volume de Informação

7 Tempo de resposta - ciclo Search, Find, Obtain Mindstorms Acesso rápido à caixa de Pesquisa. Tempo de carregamento da páginas de destino está fora de controle do motor de busca. Resultado pretendido rápido de encontrar na página.

8 Autoridade e Relevância - Desafios Análise estrutural da Web. Autoridade nem sempre qualidade Comportamento dos utilizadores ajuda no ranking. Problemas com Spam.

9 Volume da Informação - Desafios ~15 KB por documento 75 milhões de páginas 1 Terabyte de Indice de Pesquisa Objectivo: No caso Português, garantir 50 QPS em menos de 500ms por Pesquisa, com um Índice de 1 Terabyte.

10 Como funciona um motor de Pesquisa Fases da Pesquisa Crawling e análise de conteúdo Indexação Query

11 Crawlers Percorrem as páginas que irão ser indexadas. Limite de pedidos por site. Vários sites em simultâneo, optimizado para a largura de banda disponível. Crawling distribuído. Master distribui tarefas, cada nó é responsável pelo seu armazenamento.

12 Document Pipeline Conteúdo dos crawlers é enviado para a Document Pipeline. Envio em batch dos documentos. Cada url é um objecto Document. No início do processo, apenas sabemos a url e o conteúdo do documento não processado.

13 Document Pipeline Cada componente na cadeia é um módulo isolado que altera o objecto Document. Módulos desenvolvidos em Python. DOCInit EncodingNormalizer PDF/Flash / doc Converter HTMLParsing LinkExtractor LinkAnalyzer LanguageDetector Vectorizer Lemmatizer GetLocations GetPersonNames GetDateAndTime QualityBoosting RankTuning SerializeDocument Send to Indexer Preparar Documento Analizar estrutura Análise linguística Extracção de Entidades Controle de Qualidade Índice

14 Vectorizer: Clustering de conteúdo [senado aprova, 1] [michael mukasey, 1] [attorney general, 1] [estados unidos, 1] [justiça, 1] [aprova responsável, 1] [alberto gonzales, ] [reformado michael, ] [mukasey substitui, ] [unidos confirmou, ] [oito procuradores, ] [opiniões controversas, ] [juiz reformado, ] [procuradores públicos, ] [substitui alberto gonzales, ] [posições controversas, 1] [aprova responsável, 1] [senado aprova, 1] [attorney general, ] [attorney, ] [oito procuradores, ] [procuradores públicos, ] [interrogatório waterboarding, ] [debate duro, ] [michael mukasey, ] [substitui alberto gonzales, ] Essencial para evitar resultados semelhantes. Vector do documento permite efectuar análise de clusters.

15 Indexação doc1, (pos1,pos2,.., posn) termo doc2, (pos1,pos2,.., posn) docn, (pos1,pos2,.., posn) Índices invertidos optimizados para a intersecção de termos. Posição relativa dos termos é guardada.

16 Indexação 5, (90,125,324) mindstorm 23, (1,25,34) 34, (5, 46) lego 34, (4, 45, 925) 45, (2, 322) 9, (10023) doc lego mindstorm lego U mindstorm = doc34

17 Indexação Cada índice é gerado localmente. Perfil do Índice permite definir quais os campos mais relevantes e qual o peso.

18 Pesquisa em paralelo Publicidade Contextualizada Mindstorms Correcção ortográfica Módulos Contextualizados Pesquisa Distribuída

19 Pesquisa distribuída Cada nó de Pesquisa tem uma porção do índice total de Pesquisa. A um conjunto de nós com o mesmo índice chamamos de Coluna. Uma pesquisa na Coluna devolve sempre os mesmos resultados.

20 Query Ao conjunto de nós que perfazem a totalidade do Índice, mas sem redundância chamamos de Linha. Cada Linha responde a um número limitado de QPS. Uma pesquisa é efectuada em todas as colunas presentes numa Linha.

21 Query A Matriz da Pesquisa é o número de nós [Linhas x Colunas ] Cada Pesquisa é balanceada dentro de cada Coluna para ser servida por um dos nós com o mesmo Índice. O algoritmo de MergeSort ordena os resultados que vêm de cada nó.

22 Query Mindstorms Col 2 Col 0 Merge(Col0, Col1, Col2) Col 1

23 Open source Lucene SolR Motor em Java. Suporte perfis de índices e pesquisa em campos. Baseado no Lucene. Optimizado para conteúdo web. APIs JSON e XML/RPC

24 Agenda A Pesquisa do SAPO Como funciona um motor de Pesquisa APIs de acesso à Pesquisa

25 OpenSearch Protocolo Opensearch da A9 RSS para a Pesquisa. Auto-discovery suportada em Browsers modernos.

26 OpenSearch <?xml version="1.0" encoding="utf-8"?> <OpenSearchDescription xmlns="http://a9.com/-/spec/opensearchdescription/1.0/"> <Url>http://pesquisa.sapo.pt/openSearch? q={searchterms}&count={count}&fs={startindex}&rss=1</url> <Format>http://a9.com/-/spec/opensearchrss/1.0/</Format> <ShortName>SAPO</ShortName> <LongName>Pesquisa SAPO</LongName> <Description>Pesquisa no Directorio SAPO - Portuguese only</description> <Tags>sapo portugal directorio pesquisa</tags> <Image>http://imgs.sapo.pt/images/c2/www.sapo.pt/icones_topo/logotipo/logo_b.gif</Image> <SampleSearch>sapo</SampleSearch> <Developer>Joao Pedro Goncalves</Developer> <Attribution>SAPO - Portugal Online, PT.COM</Attribution> <SyndicationRight>open</SyndicationRight> <AdultContent>false</AdultContent> </OpenSearchDescription>

27 OpenSearch em Perl use WWW::OpenSearch; my $url = "http://services.sapo.pt/metadata/opensearch/search"; my $engine = WWW::OpenSearch->new($url); # Perform search for "sapo" my $response = $engine->search("sapo"); for my $item ($response->feed->items) { print $item->title, "\n\t", $item->link, "\n"; }

28 Query completion - Collective Intelligence Análise dos queries efectuados na Pesquisa do SAPO Ordenar as pesquisas mais frequentes devolve comportamentos dos Portugueses, um sistema de sugestões de Pesquisa Fonte de informação valiosa para previsão de comportamento dos utilizadores

29 Query completion Integração com Firefox Serviço já disponível Extremamente rápido Interface em JSON e XML ["quarteira",["quarteira","apartamentos quarteira","ferias quarteira","hoteis quarteira","mapa quarteira","hoteis em quarteira","quarteira apartamentos","quarteira nomes de cafes","hotel quarteira sol","apartamentos na quarteira","quarteiratur","quarteirao","orbitur quarteira","quartos quarteira","camping quarteira","parque campismo quarteira"],[],[]]

30 Obrigado! Perguntas? João Pedro Gonçalves Codebits, 14 de Novembro 2007

Motor de Pesquisa Baseado na Web Semântica

Motor de Pesquisa Baseado na Web Semântica Motor de Pesquisa Baseado na Web Semântica Rui Gaspar, Ricardo Clemente {ruiandre, ricjorge}@student.dei.uc.pt Resumo: Com este projecto pretende-se desenvolver um motor de pesquisa, que implemente conceitos

Leia mais

Programação para Internet I. 10. Motores de busca. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet I. 10. Motores de busca. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet I 10. Motores de busca Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt A Internet assume-se como a maior fonte de informação de todos os tempos No entanto, a informação encontra-se

Leia mais

MÓDULO MULTIMÉDIA. Text PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo.

MÓDULO MULTIMÉDIA. Text PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo. MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com URL: http://esganarel.home.sapo.pt Text GABINETE: 1G1 - A HORA DE ATENDIMENTO: SEG. E QUA. DAS 11H / 12H30

Leia mais

Recuperação de Informação na Web. Recuperação de informação na Web

Recuperação de Informação na Web. Recuperação de informação na Web Recuperação de Informação na Web Baeza-Yates e Ribeiro-Neto, Modern Information Retrieval, Cap. 13 Informação online sobre motores de pesquisa e outras ferramentas Recuperação de informação na Web Características

Leia mais

Apresentação do Artigo

Apresentação do Artigo Apresentação do Artigo Web Search for a Planet: The Google Cluster Architecture Publicado em IEEE Micro Março 2003, pg.22-28 Luiz A.Barroso, Jeffrey Dean, Urs Hölze Frank Juergen Knaesel fknaesel@inf.ufsc.br

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia do Porto Administração de Sistemas Informáticos I Clusters

Instituto Superior de Engenharia do Porto Administração de Sistemas Informáticos I Clusters Instituto Superior de Engenharia do Porto Administração de Sistemas Informáticos I Clusters Trabalho elaborado por: 980368 - Sérgio Gonçalves Lima 1010949 - Nisha Sudhirkumar Chaganlal Clusters O que é

Leia mais

...da informação...ao conhecimento

...da informação...ao conhecimento ...da informação...ao conhecimento Mário J. Gaspar da Silva FCUL/DI e LASIGE/XLDB mjs@di.fc.ul.pt Agenda Informática Informática na FCUL O TUMBA! Informática 1. Ciência que se ocupa do tratamento de informação

Leia mais

Plano de Comunicação para o QCA III. Relatório de Execução de 2002

Plano de Comunicação para o QCA III. Relatório de Execução de 2002 Plano de Comunicação para o QCA III Relatório de Execução de 2002 Após o período de lançamento do QCA III o ano de 2002 foi de consolidação dos projectos iniciados e de apresentação dos primeiros resultados.

Leia mais

MITRA: Uma solução para serviços de pesquisa em intranets

MITRA: Uma solução para serviços de pesquisa em intranets MITRA: Uma solução para serviços de pesquisa em intranets Jorge Machado 1, José Borbinha 2 1 Escola Superior de Tecnologia e Gestão, Instituto Politécnico de Portalegre, Lugar da Abadessa, Apartado 148

Leia mais

Mário J. Gaspar da Silva. mjs@di.fc.ul.pt. Construção e Operação de Recursos Públicos em Ambiente Universitário: O Motor de Pesquisa Tumba!

Mário J. Gaspar da Silva. mjs@di.fc.ul.pt. Construção e Operação de Recursos Públicos em Ambiente Universitário: O Motor de Pesquisa Tumba! Construção e Operação de Recursos Públicos em Ambiente Universitário: O Motor de Pesquisa Tumba! Mário J. Gaspar da Silva FCUL/DI e LASIGE/XLDB mjs@di.fc.ul.pt Tumba! - entrada Tumba! resultados Tumba!

Leia mais

OpenOffice.orgWriter

OpenOffice.orgWriter OpenOffice.orgWriter Permite criar e editar texto e objectos gráficos em cartas, relatórios, documentos e páginas da web utilizando o Writer. BARRA DE MENUS: Ficheiro Editar Ver Inserir Formatar Tabela

Leia mais

Organizaçãoe Recuperaçãode Informação GSI521. Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU

Organizaçãoe Recuperaçãode Informação GSI521. Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Organizaçãoe Recuperaçãode Informação GSI521 Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Análisede links Page Rank Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Motivação Suponha que um modelo clássico, como

Leia mais

Web Crawlers Open Source. Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br

Web Crawlers Open Source. Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br Web Open Source Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) foi criado pela Portaria Interministerial nº 147, de 31 de maio de 1995, alterada pelo

Leia mais

Pesquisa cruzada em múltiplas fontes e formatos (mesmo imagem) a partir duma única caixa nas colecções sem paralelo.

Pesquisa cruzada em múltiplas fontes e formatos (mesmo imagem) a partir duma única caixa nas colecções sem paralelo. Ainda melhores ferramentas para procurar, encontrar, usar e partilhar informação A nova plataforma ProQuest foi criada por si. A ProQuest trabalhou com centenas de profissionais de informação e utilizadores

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

Arquitectura de Sistemas 2006/2007 2º Semestre

Arquitectura de Sistemas 2006/2007 2º Semestre Tópicos obrigatórios a desenvolver no trabalho para todos os temas 1. Descrição de alto nível da aplicação a. Descrição das principais funcionalidades da aplicação. b. Descrição dos componentes, classes

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

ARQUITECTURA DE UM MOTOR DE BUSCA: EXEMPLO DO GOOGLE

ARQUITECTURA DE UM MOTOR DE BUSCA: EXEMPLO DO GOOGLE ARQUITECTURA DE UM MOTOR DE BUSCA: EXEMPLO DO GOOGLE por Vasco Nuno Sousa Simões Pereira vasco@dei.uc.pt Sumário. Este artigo explica em modos gerais a arquitectura de um dos motores de busca mais populares

Leia mais

Joaquim Muchaxo. Mapas.SAPO.pt

Joaquim Muchaxo. Mapas.SAPO.pt API de Mapas do Sapo e exemplos de integração Joaquim Muchaxo Mapas.SAPO.pt Resumo Introdução I - Widget do SAPO Mapas II - Os mapas como Web-Services I) API de Mapas Cliente: - HTML / DOM / CSS - Javascript

Leia mais

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos II Professor: Cheli dos S. Mendes da Costa Modelo Cliente- Servidor Modelo de Aplicação Cliente-servidor Os

Leia mais

Portal da Imprensa Regional. Actualizações e Correcções

Portal da Imprensa Regional. Actualizações e Correcções Portal da Imprensa Regional Actualizações e Correcções Índice Versão: 3.1.3... 3... 3 BackOffice... 3 Versão: 3.0.1... 3... 3 BackOffice... 3 Versão: 3.0.0... 4... 4 BackOffice... 4 Histórico de Versões...

Leia mais

Anexo V - Planilha de Apuração Aquisição de Solução de Redes Sociais

Anexo V - Planilha de Apuração Aquisição de Solução de Redes Sociais Anexo V - Planilha de Apuração Aquisição de Solução de Redes Sociais Será utilizado o seguinte critério: Atende / Não atende (Atende em parte será considerado Não atende) Item Itens a serem avaliados conforme

Leia mais

Índice. 3 Capítulo 1: Visão Geral do Blog. 4 Capítulo 2: SEO. 5 Capítulo 3: Backend: Como Funciona. Visão Geral Plataforma Frontend Backend

Índice. 3 Capítulo 1: Visão Geral do Blog. 4 Capítulo 2: SEO. 5 Capítulo 3: Backend: Como Funciona. Visão Geral Plataforma Frontend Backend MANUAL 1 Índice 3 Capítulo 1: Visão Geral do Blog Visão Geral Plataforma Frontend Backend 4 Capítulo 2: SEO O que é SEO? Google Configuração Inicial Ferramentas SEO 5 Capítulo 3: Backend: Como Funciona

Leia mais

Engenharia de Software Aplicações de Internet

Engenharia de Software Aplicações de Internet Engenharia de Software Aplicações de Internet Eduardo Santos eduardo.edusantos@gmail.com eduardo.santos@planejamento.gov.br www.softwarepublico.gov.br Histórico Por que existe a Internet? Por que existe

Leia mais

Search Plugins para o Firefox

Search Plugins para o Firefox Search Plugins para o Firefox Rogério Aparecido Gonçalves rag@ime.usp.br By Rogério Aparecido Gonçalves. It is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License 1 Roteiro O que são? Formatos

Leia mais

World Wide Web e Aplicações

World Wide Web e Aplicações World Wide Web e Aplicações Módulo H O que é a WWW Permite a criação, manipulação e recuperação de informações Padrão de fato para navegação, publicação de informações e execução de transações na Internet

Leia mais

QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER?

QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER? QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER? GARANTIR A PRESENÇA DA SUA EMPRESA NOS MEIOS ONLINE? TER UM SITE TOTALMENTE OTIMIZADO? IMPULSIONAR O AUMENTO DAS SUAS VENDAS? CONHEÇA A CERTIFICAÇÃO EM MARKETING DIGITAL

Leia mais

Universidade da Beira Interior

Universidade da Beira Interior Universidade da Beira Interior Relatório Apresentação Java Server Pages Adolfo Peixinho nº4067 Nuno Reis nº 3955 Índice O que é uma aplicação Web?... 3 Tecnologia Java EE... 4 Ciclo de Vida de uma Aplicação

Leia mais

dok.news 11/2015 www.dokfile.com

dok.news 11/2015 www.dokfile.com dok.news / www.dokfile.com Introdução Caro cliente, a Dok vem crescendo e tem muitas coisas novas para mostrar. Assim, criamos este informativo que será enviado para mostrar as novidades, além de conhecer

Leia mais

Instruções para Administração do Site do Jornal de Oleiros... 2 Recomendações e Sugestões Técnicas... 2 Aceder à Zona de Administração do Site...

Instruções para Administração do Site do Jornal de Oleiros... 2 Recomendações e Sugestões Técnicas... 2 Aceder à Zona de Administração do Site... Instruções para Administração do Site do Jornal de Oleiros... 2 Recomendações e Sugestões Técnicas... 2 Aceder à Zona de Administração do Site... 2 Gerir Notícias no Site... 4 Inserir uma Notícia no Site...

Leia mais

0767 Internet - Navegação

0767 Internet - Navegação TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 0767 Internet - Navegação Noção de Internet Noção de Internet A Internet é uma rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas comuns,

Leia mais

Sistema SciELO de Publicação Eletrônica - OJS. Solange Santos BIREME/OPAS/OMS Unidade SciELO

Sistema SciELO de Publicação Eletrônica - OJS. Solange Santos BIREME/OPAS/OMS Unidade SciELO Sistema SciELO de Publicação Eletrônica - OJS Solange Santos BIREME/OPAS/OMS Unidade SciELO Sistema SciELO de Publicação Eletrônica Nova metodologia de publicação na SciELO baseado no sistema Open Journal

Leia mais

NoSQL como suporte à análise de dados nãonormalizados. volume

NoSQL como suporte à análise de dados nãonormalizados. volume NoSQL como suporte à análise de dados nãonormalizados e de grande volume Joel Alexandre Orientador: Professor Luís Cavique Motivação Grande quantidade de registos Tudo é registado Internet of things tudo

Leia mais

Proposta de Reformulação do Site do Conselho de Transparência da Administração Pública

Proposta de Reformulação do Site do Conselho de Transparência da Administração Pública Proposta de Reformulação do Site do Conselho de Transparência da Administração Pública Análise e propostas realizadas, levando-se em conta: arquitetura da informação, layout, navegabilidade e estruturação

Leia mais

Que software livre para a Administração Pública?

Que software livre para a Administração Pública? Que software livre para a Administração Pública? Lisboa, 07/11/2007 Vantagens práticas na utilização do software livre -Podem ser lançados projectos piloto com custos reduzidos e que permitem avaliar a

Leia mais

Alberto Manuel Simões, José João Almeida, and Xavier Gomez Guinovart

Alberto Manuel Simões, José João Almeida, and Xavier Gomez Guinovart Memórias de Tradução Distribuídas Alberto Manuel Simões, José João Almeida, and Xavier Gomez Guinovart Departamento de Informática, Universidade do Minho {albie@alfarrabio. jj@}di.uminho.pt Universidade

Leia mais

Encontro de Utilizadores Esri 2013. ArcGIS for Server 10.2 Administração Orador: João Ferreira Esri Portugal

Encontro de Utilizadores Esri 2013. ArcGIS for Server 10.2 Administração Orador: João Ferreira Esri Portugal Encontro de Utilizadores Esri 2013 ArcGIS for Server 10.2 Administração Orador: João Ferreira Esri Portugal ArcGIS Server Administração e Configuração João Ferreira Agenda Arquitectura Instalação do ArcGIS

Leia mais

Banco de Dados de Músicas. Andre Lima Rocha Campos Osório Pereira Carvalho

Banco de Dados de Músicas. Andre Lima Rocha Campos Osório Pereira Carvalho Banco de Dados de Músicas Andre Lima Rocha Campos Osório Pereira Carvalho Definição Aplicação Web que oferece ao usuário um serviço de busca de músicas e informações relacionadas, como compositor, interprete,

Leia mais

BACO BAse de Co-Ocorrências

BACO BAse de Co-Ocorrências BACO? BACO BAse de Co-Ocorrências Luís Sarmento O BACO é uma base de dados que guarda informação gerada a partir um processamento efectuado a um ou vários corpora. O objectivo: Permitir pesquisar rapidamente

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS FACTOS A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas encontram, descobrem, compartilham, compram e se conectam. INTRODUÇÃO Os meios digitais, fazendo hoje parte do quotidiano

Leia mais

Palavras-chave: On-line Analytical Processing, Data Warehouse, Web mining.

Palavras-chave: On-line Analytical Processing, Data Warehouse, Web mining. BUSINESS INTELLIGENCE COM DADOS EXTRAÍDOS DO FACEBOOK UTILIZANDO A SUÍTE PENTAHO Francy H. Silva de Almeida 1 ; Maycon Henrique Trindade 2 ; Everton Castelão Tetila 3 UFGD/FACET Caixa Postal 364, 79.804-970

Leia mais

A SÈTIMA. O nosso principal objectivo

A SÈTIMA. O nosso principal objectivo 03 A SÈTIMA A SÉTIMA produz soluções de software maioritariamente com recurso à WEB, de modo a dar suporte ao crescimento tecnológico que é já a maior realidade do século XXI. Esta aposta deve-se ao facto

Leia mais

Módulo I MOTORES DE BUSCA NA INTERNET

Módulo I MOTORES DE BUSCA NA INTERNET Módulo I MOTORES DE BUSCA NA INTERNET Introdução Pesquisa de Informação de carácter genérico Pesquisa de Informação em Bases de Dados Utilização de dicionários on-line Ferramentas de tradução on-line 1

Leia mais

Serviço de visualização (INSPIRE View Service) Como implementar um serviço de visualização utilizando tecnologia Open Source: MapServer

Serviço de visualização (INSPIRE View Service) Como implementar um serviço de visualização utilizando tecnologia Open Source: MapServer Serviço de visualização (INSPIRE View Service) Como implementar um serviço de visualização utilizando tecnologia Open Source: MapServer Danilo Furtado dfurtado@igeo.pt myesig2010 Lisboa 2010 1 Agenda 1.

Leia mais

Testes de Software. Anne Caroline O. Rocha TesterCertified BSTQB NTI UFPB. Anne Caroline O. Rocha Tester Certified BSTQB NTI UFPB

Testes de Software. Anne Caroline O. Rocha TesterCertified BSTQB NTI UFPB. Anne Caroline O. Rocha Tester Certified BSTQB NTI UFPB Testes de Software 1 AULA 04 FERRAMENTAS DE AUTOMAÇÃO DE TESTES FUNCIONAIS Anne Caroline O. Rocha TesterCertified BSTQB NTI UFPB Conteúdo Programático Aula 04 Automação de testes funcionais Ferramentas

Leia mais

Serviço de visualização (INSPIRE View Service) Como implementar um servidor WMS utilizando tecnologia Open Source: MapServer

Serviço de visualização (INSPIRE View Service) Como implementar um servidor WMS utilizando tecnologia Open Source: MapServer Serviço de visualização (INSPIRE View Service) Como implementar um servidor WMS utilizando tecnologia Open Source: MapServer Danilo Furtado dfurtado@igeo.pt 2 as Jornadas SASIG Évora 2009 1 Agenda 1. Serviço

Leia mais

Introdução à Internet

Introdução à Internet Introdução à Internet Paulo Santos v. 2.0-2012 1 Índice 1 Introdução à Internet... 3 1.1 Conceitos base... 3 1.1.1 O que é a internet?... 3 1.1.2 O que é preciso para aceder à internet?... 3 1.1.3 Que

Leia mais

PESQUISA EMPRESARIAL E SOLUÇÕES FAST

PESQUISA EMPRESARIAL E SOLUÇÕES FAST 10 de Março de 2010 PESQUISA EMPRESARIAL E SOLUÇÕES FAST Pedro Moutinho 2 Pesquisa Empresarial e Soluções FAST 3 Pesquisa Empresarial e Soluções FAST AGENDA A marca Web 2.0 Conectar Pessoas, Conteúdos

Leia mais

Desenvolvendo aplicações desktop em Java: presente e futuro

Desenvolvendo aplicações desktop em Java: presente e futuro Desenvolvendo aplicações desktop em Java: presente e futuro Michael Nascimento Santos Conexão Java 2006 Michael Nascimento Santos 7 anos de experiência com Java Expert nas JSRs 207, 250, 270 (Java 6),

Leia mais

Manual de Administração Intranet BNI

Manual de Administração Intranet BNI Manual de Administração Intranet BNI Fevereiro - 2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Conceitos... 5 3. Funcionamento base da intranet... 7 3.1. Autenticação...8 3.2. Entrada na intranet...8 3.3. O ecrã

Leia mais

Sistemas Distribuídos na Web. Pedro Ferreira DI - FCUL

Sistemas Distribuídos na Web. Pedro Ferreira DI - FCUL Sistemas Distribuídos na Web Pedro Ferreira DI - FCUL Arquitetura da Web Criada por Tim Berners-Lee no CERN de Geneva Propósito: partilha de documentos Desde 1994 mantida pelo World Wide Web Consortium

Leia mais

Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização

Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização Google Site Search Folha de dados Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização Google Site Search Para mais informações, visite: http://www.google.com/enterprise/search/ Quais

Leia mais

Operador de informática. ... quando nos ligamos a internet, o mais certo é que parte substancial do tempo seja gasto à procura de informação.

Operador de informática. ... quando nos ligamos a internet, o mais certo é que parte substancial do tempo seja gasto à procura de informação. Directórios Motores de busca ftp newsgroups... quando nos ligamos a internet, o mais certo é que parte substancial do tempo seja gasto à procura de informação. Felizmente existem sites especiais que nos

Leia mais

Introdução ao Apache Lucene: inserindo busca eficiente ao seu projeto de software

Introdução ao Apache Lucene: inserindo busca eficiente ao seu projeto de software Congresso de Inovação Com Tecnologias Open Source Introdução ao Apache Lucene: inserindo busca eficiente ao seu projeto de software II Fórum de Tecnologia Em Software Livre Instrutora: Cristina Lage dos

Leia mais

A plataforma. Sistemas de Gestão de Aprendizagem. Carlos Nunes csmnunes@gmail.com

A plataforma. Sistemas de Gestão de Aprendizagem. Carlos Nunes csmnunes@gmail.com A plataforma Sistemas de Gestão de Aprendizagem Carlos Nunes csmnunes@gmail.com O que é o Moodle? É um Sistema de Gestão de Aprendizagem (LMS) e de trabalho colaborativo, acessível através da Internet

Leia mais

Definições: quando usar cada um?

Definições: quando usar cada um? Framework ou CMS? Definições: quando usar cada um? Framework: Uma arquitetura desenvolvida com o objetivo de atingir a máxima reutilização, representada como um conjunto de classes abstratas e concretas,

Leia mais

Novas Tecnologias Microsoft. http://formacao.rumos.pt/

Novas Tecnologias Microsoft. http://formacao.rumos.pt/ Novas Tecnologias Microsoft http://formacao.rumos.pt/ Rich Internet Applications (RIA) Carlos Lima carlos.lima@rumos.pt Agenda Objectivos da sessão O que é uma RIA O que é o Silverlight Software necessário

Leia mais

Consistência Eventual - Sistemas Distribuidos e Tolerância a Falhas

Consistência Eventual - Sistemas Distribuidos e Tolerância a Falhas Consistência Eventual Sistemas Distribuidos e Tolerância a Falhas Marco Bernardo Departamento de Informática Universidade da Beira Interior 25 de Maio de 2009 Descrição Geral 1 Introdução O Problema Definições

Leia mais

2 Gerenciamento de Log 2.1 Definições básicas

2 Gerenciamento de Log 2.1 Definições básicas 2 Gerenciamento de Log 2.1 Definições básicas Os logs são fontes riquíssimas de informação e são gerados pelos servidores e pelas aplicações conforme eventos significativos acontecem. Em [1], log é definido

Leia mais

WEB OF KNOWLEDGE NOTAS DA VERSÃO v5.11

WEB OF KNOWLEDGE NOTAS DA VERSÃO v5.11 WEB OF KNOWLEDGE NOTAS DA VERSÃO v5.11 Os recursos a seguir são planejados para a Web of Knowledge em 28 de julho de 2013. Este documento fornece informações sobre cada um dos recursos incluídos nessa

Leia mais

Microsoft TechDays 2007 - Lisboa

Microsoft TechDays 2007 - Lisboa DEV016 Desenvolvimento de Web Sites Só com Ferramentas Gratuitas Hugo Silva hugos@evidensys.com Partner - EVIDENSYS Patrocinadores Agenda Open source vs. Grátis Camadas de Aplicações (LAMP vs. WISA) As

Leia mais

Manual de Usuário. Sistema de Agendamento de Coleta

Manual de Usuário. Sistema de Agendamento de Coleta Manual de Usuário Sistema de Agendamento de Coleta Apresentação O que é? É um sistema on-line de agendamento de coletas para Nadir / Transportadoras Como funciona? Os usuários(id / NADIR / TRANPORTADORA)

Leia mais

Anexo A Requisitos técnicos e funcionais, de integração e de nível de serviço para plataforma base

Anexo A Requisitos técnicos e funcionais, de integração e de nível de serviço para plataforma base Anexo A Requisitos técnicos e funcionais, de integração e de nível de serviço para plataforma base Requisitos técnicos e funcionais: 1. Estar estruturada de acordo com os diversos tipos de procedimentos

Leia mais

São Paulo. Maio/2015

São Paulo. Maio/2015 São Paulo Maio/2015 Padrões de Arquitetura para Big Data Hélio Silva Sr. Big Data Analytics Consultant Professional Services AWS Summit São Paulo Maio/2015 Henrique Souza Especialista de Cloud e Big Data

Leia mais

Secretaria-Geral do MAOT

Secretaria-Geral do MAOT Secretaria-Geral do MAOT Paula Vieira 8 Outubro 2010 SIAP 2010 1 IMPLEMENTAÇÃO DE UMA INTRANET SIAP 2010 2 AGENDA Objectivos do projecto Arranque do projecto Implementação do projecto Resultados: - Conteúdos

Leia mais

RSS no desenvolvimento de uma Central de Notícias

RSS no desenvolvimento de uma Central de Notícias RSS no desenvolvimento de uma Central de Notícias Darley Passarin 1, Parcilene Fernandes de Brito 1 1 Sistemas de Informação Centro Universitário Luterano de Palmas (CEULP/ULBRA) Palmas TO Brasil darley@centralrss.com.br,

Leia mais

GOOGLE FOTÓGRAFOS. Sites e sistemas para fotógrafos www.epics.com.br. Por Evandro Rocha

GOOGLE FOTÓGRAFOS. Sites e sistemas para fotógrafos www.epics.com.br. Por Evandro Rocha GOOGLE PARA FOTÓGRAFOS Por Evandro Rocha Sites e sistemas para fotógrafos www.epics.com.br SEO Search Engine Optimization Otimização para motores de busca Como o Google funciona? Através de um robô de

Leia mais

Google Site Search Pesquisa de Websites Google para a sua Entidade

Google Site Search Pesquisa de Websites Google para a sua Entidade Google Site Search Folha de Dados Google Site Search Pesquisa de Websites Google para a sua Entidade google site search para obter mais informações, aceda a: http://www.google.com/enterprise/search/ o

Leia mais

Forms Authentication em ASP.NET

Forms Authentication em ASP.NET Forms Authentication em ASP.NET Em muitos sites web é necessário restringir selectivamente o acesso a determinadas áreas, ou páginas, enquanto para outras páginas pode permitir-se acesso livre. ASP.NET

Leia mais

A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012.

A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012. quem SOMOS A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012. Nossa agência surgiu com o conceito de atender as micro, pequenas e médias empresas de

Leia mais

Arquiteturas escaláveis utilizando ferramentas Shared Nothing. Victor Canô

Arquiteturas escaláveis utilizando ferramentas Shared Nothing. Victor Canô Arquiteturas escaláveis utilizando ferramentas Shared Nothing Victor Canô Victor Canô - Founder / CTO @ Cazamba - Founder @ Troz.io /victoracano Conteúdo O que esperamos de uma aplicação? Cloud, benefícios

Leia mais

COMO CRIAR UM BLOG GRATUITO NO WORDPRESS

COMO CRIAR UM BLOG GRATUITO NO WORDPRESS COMO CRIAR UM BLOG GRATUITO NO WORDPRESS O objectivo deste artigo é, como o título indica, explicar a todos os leitores do Peopleware como podem criar um blog gratuito no WordPress. Para alguns, o que

Leia mais

Especializado Search Engine Marketing. Sobre o curso. Destinatários. Pré-requisitos. Web & Mobile - Web Marketing. Nível: Iniciado Duração: 72h

Especializado Search Engine Marketing. Sobre o curso. Destinatários. Pré-requisitos. Web & Mobile - Web Marketing. Nível: Iniciado Duração: 72h Especializado Search Engine Marketing Web & Mobile - Web Marketing Nível: Iniciado Duração: 72h Sobre o curso Search Engine Marketing (SEM), ou marketing em motores de pesquisa, é a área de web marketing

Leia mais

Observatório da Web: Uma Plataforma para Monitoramento de Eventos em Tempo Real. Gisele L. Pappa glpappa@dcc.ufmg.br Outubro/2013

Observatório da Web: Uma Plataforma para Monitoramento de Eventos em Tempo Real. Gisele L. Pappa glpappa@dcc.ufmg.br Outubro/2013 Observatório da Web: Uma Plataforma para Monitoramento de Eventos em Tempo Real Gisele L. Pappa glpappa@dcc.ufmg.br Outubro/2013 Observatório da Web Transforma, em tempo real, grandes volumes de dados

Leia mais

Publicação em contexto académico: OJS na prática

Publicação em contexto académico: OJS na prática Publicação em contexto académico: OJS na prática sumário 1. Publicações científicas em ambiente académico: um cenário pouco homogéneo 1.1 o papel das bibliotecas de ensino superior 2. OJS Open Journal

Leia mais

Processos (Threads,Virtualização e Migração de Código)

Processos (Threads,Virtualização e Migração de Código) Processos (Threads,Virtualização e Migração de Código) Roteiro Processos Threads Virtualização Migração de Código O que é um processo?! Processos são programas em execução. Processo Processo Processo tem

Leia mais

Customer Engagement & Commerce

Customer Engagement & Commerce Customer Engagement & Commerce Rafael Morcelli Junho 2015 ENGAJE COMO NUNCA ANTES VISTO. +22.5% LÍDERES EM EXPERIÊNCIA DO CLIENTE -1.3% S&P 500 SEGUIDORES -46.3% TODOS TÊM QUE SE TRANSFORMAR COM FOCO NO

Leia mais

Tutorial. Introdução ao XML e tecnologias associadas. Aplicações e dialectos XML. Sessão 4. 8-10 Fevereiro XATA 06

Tutorial. Introdução ao XML e tecnologias associadas. Aplicações e dialectos XML. Sessão 4. 8-10 Fevereiro XATA 06 Tutorial Introdução ao XML e tecnologias associadas Sessão 4 Aplicações e dialectos XML Miguel Ferreira mferreira@dsi.uminho.pt Departamento de Sistemas de Informação Universidade do Minho Conteúdo Vantagens

Leia mais

A Grande Importância da Mineração de Dados nas Organizações

A Grande Importância da Mineração de Dados nas Organizações A Grande Importância da Mineração de Dados nas Organizações Amarildo Aparecido Ferreira Junior¹, Késsia Rita da Costa Marchi¹, Jaime Willian Dias¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil

Leia mais

SEO Juliano Torriani Lehugeur

SEO Juliano Torriani Lehugeur SEO Juliano Torriani Lehugeur Entendendo SEO e seus Benefícios (Search Engine Optimization) O Que é SEO O Que é SEO Antes de um Trabalho de SEO O Que é SEO Trabalho gerando resultados O Que é SEO O Que

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS FACTOS A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas encontram, descobrem, compartilham, compram e se conectam. INTRODUÇÃO Os meios digitais, fazendo hoje parte do quotidiano

Leia mais

Manual de Procedimentos

Manual de Procedimentos Manual de Procedimentos Ly n ns O Rei dos Blogs Crescendo empreendedores Sumário Propósito... 3 Estrutura do Manual... 4 1. Iniciando... 5 1.1. O que é o Portal LyonBlogs... 5 1.2. Qual é o Objetivo...

Leia mais

Agregadores de Conteúdo

Agregadores de Conteúdo Agregadores de Conteúdo São programas ou sites capazes de interpretar e mostrar o conteúdo dos Feeds RSS. Essa é uma forma de facilitar a leitura de vários sites e blogs, acessando o que há de novo em

Leia mais

Nenhum dado deixado para trás: +20 novas fontes de dados com a nova preparação de dados no MicroStrategy 10

Nenhum dado deixado para trás: +20 novas fontes de dados com a nova preparação de dados no MicroStrategy 10 Nenhum dado deixado para trás: +20 novas fontes de dados com a nova preparação de dados no MicroStrategy 10 Apresentador: Marcos José msantos@microstrategy.com MicroStrategy Analytics Agenda Workflow do

Leia mais

Conteúdo. Curso de Introdução ao Plone. O que é Plone. Parte I Conceitos básicos

Conteúdo. Curso de Introdução ao Plone. O que é Plone. Parte I Conceitos básicos Curso de Introdução ao Plone Conteúdo Parte I - Conceitos básicos Parte II - Interface do Plone Parte III - Gerenciamento de usuários Modulo A Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Laurimar Gonçalves

Leia mais

Drupal para Empresas. Descobrindo os benefícios do Drupal para o seu negócio

Drupal para Empresas. Descobrindo os benefícios do Drupal para o seu negócio Sorteio de R$400 de crédito nos cursos de Drupal! http://j.mp/sorteio400reais O que veremos nessa palestra? # Apresentação # Introdução a CMS # Conhecendo o Drupal # Drupal como solução para Empresas #

Leia mais

Memória Descritiva. 1 Memória Descritiva. 1.1 Introdução. ISPGAYA Seminário 2006-12-16 1(7) Rodrigues Eng. Sílvio Macedo. B2B de divulgação de imóveis

Memória Descritiva. 1 Memória Descritiva. 1.1 Introdução. ISPGAYA Seminário 2006-12-16 1(7) Rodrigues Eng. Sílvio Macedo. B2B de divulgação de imóveis Memória Descritiva ISPGAYA Seminário Grupo: Orientador: Data: : Pedro Oliveira & Pedro Costa Projecto: Mestre João Paulo Rodrigues Eng. Sílvio Macedo B2B de divulgação de imóveis 2006-12-16 1(7) 1 Memória

Leia mais

Apresentação. Sistema de E-Commerce

Apresentação. Sistema de E-Commerce Apresentação de Sistema de E-Commerce vtec Shopping Engine v2.0 Novembro 2009-1 - Apresentação da vtec Com mais de 12 anos de experiência de desenvolvimento de tecnologias para websites, softwares de gestão,

Leia mais

Engenharia do software: paradigmas por desvendar

Engenharia do software: paradigmas por desvendar Engenharia do software: paradigmas por desvendar Agenda O que é que podemos aprender da engenharia de software para melhorar os nossos sistemas de informação? A engenharia do sofware é uma criança Também

Leia mais

Engenharia de Software Sistemas Distribuídos. 2º Semestre, 2007/2008. Departamento Engenharia Informática. Enunciado do projecto: Loja Virtual

Engenharia de Software Sistemas Distribuídos. 2º Semestre, 2007/2008. Departamento Engenharia Informática. Enunciado do projecto: Loja Virtual Engenharia de Software Sistemas Distribuídos 2º Semestre, 2007/2008 Departamento Engenharia Informática Enunciado do projecto: Loja Virtual Fevereiro de 2008 Índice Índice...2 Índice de Figuras...3 1 Introdução...4

Leia mais

Netiqueta (ou Netiquette)

Netiqueta (ou Netiquette) Netiqueta (ou Netiquette) Conjunto de atitudes e normas recomendadas (não impostas) para que todos os utilizadores possam comunicar através da Internet de um forma cordial e agradável. Evite a utilização

Leia mais

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Administrador

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Administrador Extracto on Line Aplicação Local Guia do Administrador 1 Índice 1. Sobre o Guia... 3 1.1 Objectivo... 3 1.2 Conceitos e Termos... 3 1.2 Utilização do Guia... 3 2. Ferramentas de Administração... 4 2.1

Leia mais

Can't Get My Engine To Start (why?) Introdução

Can't Get My Engine To Start (why?) Introdução Linguagens e Ambientes de Programação (2009/2010) [Eng.Inf. - DI/FCT/UNL] Enunciado do 1º Projecto Prático (OCaml) Datas 19/Mar (16:00) - Divulgação deste enunciado 25/Mar (22:00) - Abertura dum concurso

Leia mais

MELHORANDO O DESEMPENHO DO SEU WORDPRESS JULIAN FERNANDES TIAGO HILLEBRANDT

MELHORANDO O DESEMPENHO DO SEU WORDPRESS JULIAN FERNANDES TIAGO HILLEBRANDT MELHORANDO O DESEMPENHO DO SEU WORDPRESS JULIAN FERNANDES TIAGO HILLEBRANDT Julian Fernandes Technical Support Team Lead na Copyblogger Media, LLC Trabalha diariamente com uma estrutura com mais de 10.000

Leia mais

EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER

EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER Host On-Demand - HOD Versão 6.0 Fev/2002 Suporte Técnico: Central de Atendimento SERPRO CAS 0800-782323 Gilson.Pereira@serpro.gov.br Marcio.Nunes@serpro.gov.br O que é o serviço

Leia mais

2 Conceitos Gerais de Classificação de Documentos na Web

2 Conceitos Gerais de Classificação de Documentos na Web Conceitos Gerais de Classificação de Documentos na Web 13 2 Conceitos Gerais de Classificação de Documentos na Web 2.1. Páginas, Sites e Outras Terminologias É importante distinguir uma página de um site.

Leia mais

Rede Nacional de Ensino e Pesquisa - RNP Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança CAIS

Rede Nacional de Ensino e Pesquisa - RNP Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança CAIS - RNP Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança CAIS GTS-13-20 de junho de 2009 1 Ano do Catálogo de Fraudes RNP: Números, tendências e próximos passos Ronaldo Castro de Vasconcellos 2009 RNP Agenda

Leia mais

Sistema para Optimização da Extracção de Energia de Painéis Solares Fotovoltaicos

Sistema para Optimização da Extracção de Energia de Painéis Solares Fotovoltaicos ENER 05 Conferência sobre Energias Renováveis e Ambiente em Portugal Figueira da Foz, Portugal, 5-7 de Maio de 2005, ISBN: 972-8822-02-02, pp. 1.165-1.170 Sistema para Optimização da Extracção de Energia

Leia mais