SIG como uma ferramenta de análise espacial Um estudo de caso da saúde no RN

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SIG como uma ferramenta de análise espacial Um estudo de caso da saúde no RN"

Transcrição

1 SIG como uma ferramenta de análise espacial Um estudo de caso da saúde no RN Adeline M. Maciel, Luana D. Chagas, Cláubio L. L. Bandeira Mestrado em Ciência da Computação (MCC) Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) Mossoró RN Brasil {adelsud6, luana.dc17, Abstract. The Geoprocessing allows data related to the physical space of the real world are represented and stored in computers. Through computational tools, it is possible to collect, store, process and provide spatial information. These tools are called Geographic Information Systems (GIS). GIS enables the analysis of phenomena and are of great support for the decisions of managers. This article aims to expose the use of GIS as a tool for spatial analysis and present a case study to show the utility of a GIS. Resumo. O Geoprocessamento permite que dados relacionados ao espaço físico do mundo real sejam representados e armazenados em computadores. Por meio de ferramentas computacionais, é possível coletar, armazenar, processar e disponibilizar informações espaciais. Estas ferramentas são chamadas de Sistemas de Informações Geográficas (SIG). Os SIG possibilitam a análise de fenômenos e são de grande apoio para a tomada de decisões de gestores. Este artigo tem como objetivo expor a utilização do SIG como uma ferramenta para a análise espacial e apresentar um estudo de caso para exibir a utilidade de um SIG. 1. Introdução O estudo de eventos relacionados ao espaço físico é de grande importância na análise e avaliação de diversos tipos de fenômenos, tais como: perfil socioeconômico, avaliação de áreas que apresentam riscos à saúde, áreas afetadas por queimadas, entre outros. A análise desses fenômenos envolve o estudo de grandes volumes de dados, na qual cada dado caracteriza uma determinada área em relação a um atributo, por exemplo, é possível caracterizar cada cidade de um estado por meio de sua área territorial, população, renda per capta, entre outros. A tarefa de análise espacial, portanto, não é possível de ser realizada através de técnicas manuais de forma eficiente, pois estas demandariam muito tempo e estariam muito propensas a erros. Dessa forma, surge a necessidade de utilizar ferramentas computacionais. As ferramentas que tratam dados relacionados à localização no espaço são denominadas Sistemas de Informações Geográficas (SIG). Estas são capazes de armazenar dados, possibilitando o mapeamento, estruturação e análise destes. A partir de uma base de dados, é possível realizar um mapeamento associando os dados armazenados (alfanuméricos) à informações gráficas (mapas) e realizar operações sobre esta associação.

2 A utilização dos SIG pode ser realizada para estudos em qualquer área na qual a localização é determinante para as questões ou problemas que estão sendo pesquisados. Algumas áreas em que adoção de SIG é uma prática comum são: transportes, área florestal e agrícola, concessionárias de água, telefonia ou energia e administração municipal, estadual e federal. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de expor a utilização do SIG como uma ferramenta para a análise espacial e apresentar um estudo de caso para exibir a utilidade deste. O estudo de caso foi desenvolvido utilizando indicadores referentes a saúde do estado Rio Grande do Norte (RN) do ano de 2008 ou 2009, caracterizando a situação dos municípios potiguares frente a esses índices. 2. Geoprocessamento O surgimento dos computadores teve impacto nas mais diferentes áreas da ciência. A representação por meio de bits tornou possível reproduzir dados de diversas naturezas: textos de filosofia, fórmulas matemáticas, áudios de língua estrangeira; possibilitando o uso do computador como uma ferramenta de apoio. Além disso, este fato permitiu o surgimento de novos campos de pesquisa. Dentre estes campos encontra-se o Geoprocessamento, que une o computador com técnicas de outras disciplinas do conhecimento para estudar fenômenos relacionados ao espaço físico. A utilização do Geoprocessamento determina a representação de dados do mundo real em sistemas computacionais, de forma a estabelecer estratégias para o planejamento da superfície terrestre por meio de dados georeferenciados. Estes apresentam características específicas de posicionamento espacial [Lima 2008]. O conceito de Geoprocessamento pode ser visto em [Câmara et al. 2001a], na qual o autor o define como uma tecnologia interdisciplinar para os estudos de fenômenos ambientais e urbanos. O Geoprocessamento faz uso de tecnologias para coletar, armazenar, processar e disponibilizar as informações espaciais. Algumas dessas tecnologias são: Sistemas de Posicionamento Global (GPS, do inglês Global Positioning System), Bancos de Dados Geográficos e Sistemas de Informações Geográficas. 3. Sistemas de Informações Geográficas Compreender e representar dados que abordam eventos ocorridos no espaço é uma necessidade que se torna cada vez mais importante no mundo atual [Câmara et al. 2001b]. Esses eventos abrangem questões que necessitam de ferramentas para a representação de informações envolvendo dados referenciados por coordenadas espaciais ou geográficas. Diante dessa necessidade, foram desenvolvidos os SIG, que são capazes de trabalhar com dados georeferenciados, buscando simular a realidade do espaço geográfico. De acordo com [Borém et al. 2000], um SIG pode ser definido como um poderoso conjunto de ferramentas para capturar, armazenar, recuperar, transformar e apresentar dados espaciais do mundo real. Exemplos desses dados são: dados cartográficos, dados de censo e cadastro urbano, imagens de satélite e modelos de terreno, dentre outros. Segundo [Queiroz and Câmara 2001], os SIG podem ser utilizados de três maneiras: como ferramenta para produção de mapas; como uma ferramenta de suporte para análise espacial e fenômenos; e como um banco de dados geográficos, o qual possui funções de armazenamento e recuperação de informação espacial.

3 Dentre alguns SIG existentes podemos citar: TerraView [TerraView 2010], Spring [Spring 2010], gvsig [gvsig 2010], MapServer [MapServer 2010] e GeoServer [GeoServer 2010]. 4. Estudo de Caso O estudo de caso foi realizado com o objetivo de ilustrar a utilidade na análise de fenômenos atuais ou que ocorreram em determinado espaço de tempo, bem como na tomada de decisão por gestores. Para isso, foram utilizados indicadores referentes a saúde, de forma a caracterizar a situação do estado do RN no ano de 2008 ou 2009 em cada um desses índices Material e Métodos A pesquisa teve como unidade de análise cada município do RN, sendo o estado constituído de 167 municípios. Como referencial cartográfico foi utilizada a malha digital do RN disponibilizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) [IBGE 2010]. O estudo iniciou-se com a criação de um banco de dados, por meio do software Microsoft Office Access Este foi populado com informações, para cada município, referentes a: quantidade de leitos de internações públicos existentes, quantidade de aparelhos de Raio-X, quantidade de partos cesários e o total de gasto com a saúde. Essas informações foram extraídas dos Cadernos de Informação de Saúde [DATASUS 2010], disponibilizados pelo Ministério da Saúde. Os índices referem-se à pesquisas dos anos 2008 ou A ferramenta utilizada para a análise dos dados foi o SIG TerraView Esta foi conectada ao bando de dados criado, permitindo a manipulação desses dados, de forma que cada tupla da tabela estava relacionada à um espaço do mapa do RN. Em seguida, foram gerados mapas temáticos de cada índice, considerando a divisão dos dados em 5 ou 10 faixas. Estes valores foram escolhidos por proporcionarem uma maior heterogeneidade na distribuição dos dados Resultados O mapa dos leitos públicos (Figura 1) disponíveis mostrou que a maiorira dos municípios, um total de 17, possuem entre 12 e 15 leitos. Alguns municípios chegam a uma quantidade de no máximo 7 leitos para atender toda a população e somente 11 municípios possuem a quantidade superior a 52 leitos. No mapa representando a quantidade de aparelhos de Raio-X (Figura 2), é possivel perceber a difícil situação que alguns municípios enfrentam, na qual 43 munícipios possuem no máximo dois aparelhos. Como muitos dados não estão disponibilizados, é possível que essa situação seja ainda mais grave. Esse fato pode provocar uma migração dessa população para outras cidades no intuito de suprir essa necessidade. O mapa dos partos cesáreos (Figura 3) mostra a ocorrência destes em porcentagem. Neste é possível visualizar que 50 municípios possuem taxa maior que 51%, sendo a maior parte deles concentrados na mesorregião do Oeste Potiguar. O mapa dos gastos com a saúde (Figura 4) mostrou que 16 municípios gastam no máximo até R$ ,40 e estes estão distribuídos em todas as mesorregiões com

4 Figura 1. Quantidade de leitos de internação no setor público. Figura 2. Quantidade de aparelhos de Raio-X. exceção da mesorregião do Leste Potiguar. Em contraposição, é possível visualizar que existem alguns municípios os quais gastam mais que R$ ,28 na saúde, podendose destacar os municípios de Natal, Mossoró, Parnamirim e Macau. 5. Conclusão Os SIG são ferramentas bastante úteis quando se está trabalhando com dados georeferenciados, permitindo a realização de operações como armazenamento, transformação, recuperação e apresentação destes. Através do SIG, é possível realizar trabalhos e investigar problemas na qual a localização é essencial. Dessa forma, estes sistemas atendem diversas áreas como estudo do meio ambiente e distribuição de serviços de água, luz e

5 Figura 3. Percentual de partos cesáreos. Figura 4. Gastos na saúde. telefone. O apoio da ferramenta supre a limitada capacidade humana de analisar grandes volumes de dados. Dessa forma, ela torna-se essencial para o estudo de fenômenos relacionados ao espaço físico. O uso do SIG foi demonstrado nesse trabalho, realizando-se um estudo sobre indicadores da saúde no estado do RN. Tal ferramenta demonstrou eficiência e capacidade ao ser aplicado nessa pesquisa, apresentando-se como uma poderosa ferramenta de auxílio à análise, descoberta e compreensão dos dados. Com a utilização do SIG, pode-se obter informações que não estão explicitamente visíveis como, por exemplo, a concentração de partos cesáreos em certas mesorregiões do estado.

6 Uma vez utilizado um SIG para mapear fenômenos, é possível obter uma melhor visão de como estes estão ocorrendo. Dessa forma, pode-se ter informações para utilizar como base na tomada de decisões. No caso do estudo realizado nessa pesquisa, as informações coletadas são importantes para avaliar a situação do estado no que se refere a saúde, investigando, por exemplo, quais municípios necessitam de mais investimentos, utilizando mais eficientemente o dinheiro público. O estudo realizado demonstrou que o SIG pode ser utilizado para auxiliar na análise de qualquer tipo de dado que contenha informações espaciais, tornando-se uma ferramenta de apoio para muitas atividades. Referências Borém, A., Giúdice, M., Queiroz, D., Mantovane, E., Ferreira, L., Valle, F., and Gomide, R. (2000). Agricultura de Precisão. Viçosa, MG - Brasil. 467 p. Câmara, G., Davis, C., and Monteiro, A. M. V. (2001a). Conceitos Básicos em Ciência da Geoinformação, chapter 2. In: Introdução à Ciência da Geoinformação. Versão online. Disponível em: Câmara, G., Monteiro, A. M., Funcks, S. D., and Carvalho, M. S. (2001b). Análise Espacial e Geoprocessamento, chapter 1. In: Introdução à Ciência da Geoinformação. Versão online. Disponível em: intro.pdf. DATASUS (2010). Cadernos de Informação de Saúde. Disponível em: < Último acesso em set GeoServer (2010). GeoServer. Disponível em: < Último acesso em set gvsig (2010). gvsig. Disponível em: < Último acesso em set IBGE (2010). IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: < Último acesso em set Lima, J. P. (2008). Proposta para o Compartilhamento de Dados Geográficos entre Setores da Prefeitura Municipal de João Pessoa através do Serviço WMS. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia), Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba, João Pessoa. MapServer (2010). MapServer - open source web mapping. Disponível em: < Último acesso em set Queiroz, G. R. and Câmara, G. (2001). Arquitetura de Sistemas de Informação Geográfica, chapter 3. In: Introdução à Ciência da Geoinformação. Versão online. Disponível em: Spring (2010). SPRING - Sistema de Processamento de Informações Georeferenciadas. Disponível em: < Último acesso em set TerraView (2010). TerraView. Disponível em: < Último acesso em set 2010.

Relações mais harmoniosas de convívio com a natureza; O mundo como um modelo real que necessita de abstrações para sua descrição; Reconhecimento de

Relações mais harmoniosas de convívio com a natureza; O mundo como um modelo real que necessita de abstrações para sua descrição; Reconhecimento de Relações mais harmoniosas de convívio com a natureza; O mundo como um modelo real que necessita de abstrações para sua descrição; Reconhecimento de padrões espaciais; Controle e ordenação do espaço. Técnicas

Leia mais

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO. Profª Iana Alexandra Alves Rufino [iana_alex@uol.com.br]

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO. Profª Iana Alexandra Alves Rufino [iana_alex@uol.com.br] INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO Profª Iana Alexandra Alves Rufino [iana_alex@uol.com.br] Introdução ao Geoprocessamento Conceitos básicos Componentes de um SIG Exemplos de aplicações Conceitos Geoprocessamento

Leia mais

Introdução ao SIG. Objetivos Específicos 18/11/2010. Competência: Apresentar: Utilidade de um SIG

Introdução ao SIG. Objetivos Específicos 18/11/2010. Competência: Apresentar: Utilidade de um SIG MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE - ICMBio DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA - DIPLAN COORDENAÇÃO GERAL DE GESTÃO DE PESSOAS -

Leia mais

Utilização de SIGs na Análise de Irregularidades na Distribuição do Eleitorado no Estado do Rio Grande do Norte nas Eleições Municipais de 2008

Utilização de SIGs na Análise de Irregularidades na Distribuição do Eleitorado no Estado do Rio Grande do Norte nas Eleições Municipais de 2008 Utilização de SIGs na Análise de Irregularidades na Distribuição do Eleitorado no Estado do Rio Grande do Norte nas Eleições Municipais de 2008 Francisco Márcio de Oliveira 2, Igor Saraiva Brasil 1 1 Programa

Leia mais

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO GEOPROCESSAMENTO. Introdução ao Geoprocessamento. Conceitos básicos 18/06/2015. Conceitos básicos

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO GEOPROCESSAMENTO. Introdução ao Geoprocessamento. Conceitos básicos 18/06/2015. Conceitos básicos GEOPROCESSAMENTO INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO Prof. Esp. André Aparecido da Silva Introdução ao Geoprocessamento Conceitos básicos Conceitos básicos Componentes de um SIG Entrada de Dados em Geoprocessamento

Leia mais

Sistemas de Informação Geográfica Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc.

Sistemas de Informação Geográfica Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc. Sistemas de Informação Geográfica Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc. SUMÁRIO Apresentação da ementa Introdução Conceitos Básicos de Geoinformação Arquitetura de SIGs Referências Bibliográficas APRESENTAÇÃO

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO. Herondino Filho

GEOPROCESSAMENTO. Herondino Filho GEOPROCESSAMENTO Herondino Filho Sumário 1. Introdução 1.1 Orientações Avaliação Referência 1.2 Dados Espaciais 1.2.1 Exemplo de Dados Espaciais 1.2.2 Aplicações sobre os Dados Espaciais 1.3 Categoria

Leia mais

Conceitos Iniciais MARCEL SANTOS SILVA

Conceitos Iniciais MARCEL SANTOS SILVA Conceitos Iniciais MARCEL SANTOS SILVA DPI - INPE Criada em 1984, a Divisão de Processamento de Imagens (DPI) faz parte da Coordenação Geral de Observação da Terra/OBT do Instituto Nacional de Pesquisas

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO DE SOFWARES GRATUITOS DE GEOPROCESSAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA

ESTUDO COMPARATIVO DE SOFWARES GRATUITOS DE GEOPROCESSAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA ESTUDO COMPARATIVO DE SOFWARES GRATUITOS DE GEOPROCESSAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA 1. Introdução Nos últimos anos, a área de geotecnologias ganhou maior visibilidade através da popularização

Leia mais

Cenário atual de uso e das ferramentas de software livre em Geoprocessamento

Cenário atual de uso e das ferramentas de software livre em Geoprocessamento Cenário atual de uso e das ferramentas de software livre em Geoprocessamento Tiago Eugenio de Melo tiago@comunidadesol.org 1 Sumário Conceitos GIS e Software Livre Ferramentas: Jump Qgis Thuban MapServer

Leia mais

Universidade Federal do Ma Pós-Graduação em Eng. Elétrica

Universidade Federal do Ma Pós-Graduação em Eng. Elétrica Universidade Federal do Ma Pós-Graduação em Eng. Elétrica Computação Gráfica II Sistemas de Informação Geográfica Prof. Anselmo C. de Paiva Depto de Informática Introdução aos Sistemas de Informação Geografica

Leia mais

EMBRAPA GADO DE LEITE SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO TERRITORIAL PARA SUPORTE A CADEIA PRODUTIVA DO LEITE NO ESTADO DE MINAS GERAIS

EMBRAPA GADO DE LEITE SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO TERRITORIAL PARA SUPORTE A CADEIA PRODUTIVA DO LEITE NO ESTADO DE MINAS GERAIS EMBRAPA GADO DE LEITE SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO TERRITORIAL PARA SUPORTE A CADEIA PRODUTIVA DO LEITE NO ESTADO DE MINAS GERAIS Roberto Carlos Soares Nalon Pereira Souza, Marcos Cicarini Hott, Vitor

Leia mais

Palavras chave Sistema de Informações Geográficas, Banco de Dados, Geoprocessamento

Palavras chave Sistema de Informações Geográficas, Banco de Dados, Geoprocessamento IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS PARA O MUNICÍPIO DE TERESÓPOLIS, EM LABORATÓRIO DO UNIFESO José Roberto de C. Andrade Professor do Centro de Ciências e Tecnologia, UNIFESO Sergio Santrovitsch

Leia mais

Tecnologias Digitais de Geoprocessamento

Tecnologias Digitais de Geoprocessamento Gilberto Pessanha Ribeiro Engenheiro Cartógrafo - UERJ Mestre em Ciências Geodésicas - UFPR Doutor em Geografia UFF Especialista em Geologia do Quaternário Museu Nacional/UFRJ gilberto@eng.uerj.br gilberto@globalgeo.com.br

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (I)

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (I) UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE BIOSSISTEMAS DISCIPLINA: LEB450 TOPOGRAFIA E GEOPROCESSAMENTO II PROF. DR. CARLOS ALBERTO VETTORAZZI

Leia mais

Anais do II Seminário de Atualização Florestal e XI Semana de Estudos Florestais. Deise Regina Lazzarotto

Anais do II Seminário de Atualização Florestal e XI Semana de Estudos Florestais. Deise Regina Lazzarotto SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS APLICADO AOS DADOS DO GRUPO DE PESQUISA BIODIVERSIDADE E SUSTENTABILIDADE DE ECOSSISTEMAS FLORESTAIS DE IRATI PR. Deise Regina Lazzarotto Departamento de Engenharia Florestal

Leia mais

Site da disciplina: Site do Laboratório de Geotecnologias Aplicadas: https://moodleinstitucional.ufrgs.br. http://www.ufrgs.

Site da disciplina: Site do Laboratório de Geotecnologias Aplicadas: https://moodleinstitucional.ufrgs.br. http://www.ufrgs. Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Geociências Departamento de Geografia Sistemas de Informações Geográficas I GEO 01007 Professora: Eliana Lima da Fonseca Site da disciplina: https://moodleinstitucional.ufrgs.br

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável Prof. Pablo Santos 4 a Aula SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA - SIG Introdução Definições Necessárias

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO O que ele pode fazer por Você? Anderson Maciel Lima de Medeiros Tecnólogo em Geoprocessamento 2010

GEOPROCESSAMENTO O que ele pode fazer por Você? Anderson Maciel Lima de Medeiros Tecnólogo em Geoprocessamento 2010 GEOPROCESSAMENTO O que ele pode fazer por Você? Anderson Maciel Lima de Medeiros Tecnólogo em Geoprocessamento 2010 Sumário Geoprocessamento O que é? Geotecnologias Análise Espacial Geoprocessamento e

Leia mais

Seminário. Banco de Dados II Banco de Dados Espaciais. Alunos: Lucas Alves Teixeira e Vinícius Dias Villar Professor: Guilherme Tavares de Assis

Seminário. Banco de Dados II Banco de Dados Espaciais. Alunos: Lucas Alves Teixeira e Vinícius Dias Villar Professor: Guilherme Tavares de Assis Seminário Banco de Dados II Banco de Dados Espaciais Alunos: Lucas Alves Teixeira e Vinícius Dias Villar Professor: Guilherme Tavares de Assis Descrição do Tema Bando de Dados Espaciais é um recurso que

Leia mais

FORMAÇÃO EM TÉCNICAS DE PLANEAMENTO DE REDES PRIMÁRIAS DE FAIXAS DE GESTÃO DE COMBUSTÍVEL FASE II ELABORAÇÃO DE PLANOS DE RPFGC

FORMAÇÃO EM TÉCNICAS DE PLANEAMENTO DE REDES PRIMÁRIAS DE FAIXAS DE GESTÃO DE COMBUSTÍVEL FASE II ELABORAÇÃO DE PLANOS DE RPFGC FORMAÇÃO EM TÉCNICAS DE PLANEAMENTO DE REDES PRIMÁRIAS DE FAIXAS DE GESTÃO DE COMBUSTÍVEL FASE II ELABORAÇÃO DE PLANOS DE RPFGC Tecnologias SIG Sistemas de Informação Geográfica Centro de Operações e Técnicas

Leia mais

Análise dos Indicadores de Sustentabilidade na Cidade de Serafina Corrêa - RS

Análise dos Indicadores de Sustentabilidade na Cidade de Serafina Corrêa - RS Análise dos Indicadores de Sustentabilidade na Cidade de Serafina Corrêa - RS Daniela Maroni (1) Denize Fabiani (2) Malu Durante (3) Tatiana Chiodi (4) (1) Aluna da Escola de Arquitetura e Urbanismo, IMED,

Leia mais

Diferenças entre Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados para GIS - SGBDs

Diferenças entre Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados para GIS - SGBDs Diferenças entre Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados para GIS - SGBDs O objetivo deste documento é fazer uma revisão bibliográfica para elucidar as principais diferenças entre os SGBDs, apontando

Leia mais

SIG APLICADO AO MEIO AMBIENTE

SIG APLICADO AO MEIO AMBIENTE SIG APLICADO AO MEIO AMBIENTE Prof. Luciene Delazari Grupo de Pesquisa em Cartografia e SIG da UFPR SIG Aplicado ao Meio Ambiente - 2011 GA020- SIG APLICADO AO MEIO AMBIENTE Prof. Luciene S. Delazari -

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA Jugurta Lisboa Filho Departamento de Informática Universidade Federal de Viçosa (MG) jugurta@dpi.ufv.br Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática Tópicos

Leia mais

O USO DO GEOPROCESSAMENTO NA IDENTIFICAÇÃO DE PONTOS CRÍTICOS EM SISTEMA CONDOMINIAL DE ESGOTO - MUNICÍPIO DO NATAL/RN

O USO DO GEOPROCESSAMENTO NA IDENTIFICAÇÃO DE PONTOS CRÍTICOS EM SISTEMA CONDOMINIAL DE ESGOTO - MUNICÍPIO DO NATAL/RN p. 001-005 O USO DO GEOPROCESSAMENTO NA IDENTIFICAÇÃO DE PONTOS CRÍTICOS EM SISTEMA CONDOMINIAL DE ESGOTO - MUNICÍPIO DO NATAL/RN ELIEZER MAZZETTI ROSA *Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico

Leia mais

Sistema de Informação Geográfica Aplicado na Agricultura

Sistema de Informação Geográfica Aplicado na Agricultura Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento Engenharia Agrícola Pós-Graduação em Engenharia Agrícola Disciplina: Seminário I Sistema de Informação Geográfica Aplicado na Agricultura

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS NO ESTUDO DE MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS

A IMPORTÂNCIA DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS NO ESTUDO DE MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS A IMPORTÂNCIA DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS NO ESTUDO DE MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS CAVALLARI, Ricardo Luis Engenheiro agrônomo e ex-acadêmico da Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal

Leia mais

Geoprocessamento com Software Livre. Anderson Maciel Lima de Medeiros Consultor em Geotecnologias

Geoprocessamento com Software Livre. Anderson Maciel Lima de Medeiros Consultor em Geotecnologias Geoprocessamento com Software Livre Anderson Maciel Lima de Medeiros Consultor em Geotecnologias SUMÁRIO O que é Software Livre? A GLP GNU Geoprocessamento Algumas Geotecnologias Geotecnologias Livres

Leia mais

SIG - Sistemas de Informação Geográfica

SIG - Sistemas de Informação Geográfica SIG - Sistemas de Informação Geográfica Gestão da Informação Para gestão das informações relativas ao desenvolvimento e implantação dos Planos Municipais de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica

Leia mais

CADASTRO DE METADADOS POR SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS GEOGRÁFICO (SGBD) EM SIG PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CADASTRO DE METADADOS POR SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS GEOGRÁFICO (SGBD) EM SIG PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CADASTRO DE METADADOS POR SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS GEOGRÁFICO (SGBD) EM SIG PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Raphael de Oliveira Fernandes Vivian Castilho da Costa

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS QUE UTILIZAM GEOPROCESSAMENTO E TECNOLOGIA BIM PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA CIVIL

ESTUDO COMPARATIVO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS QUE UTILIZAM GEOPROCESSAMENTO E TECNOLOGIA BIM PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA CIVIL ESTUDO COMPARATIVO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS QUE UTILIZAM GEOPROCESSAMENTO E TECNOLOGIA BIM PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA CIVIL 1. INTRODUÇÃO E REFERENCIAL TEÓRICO A área de geoprocessamento

Leia mais

TerraView. O TerraView está estruturado da seguinte forma: - Modelo de dados

TerraView. O TerraView está estruturado da seguinte forma: - Modelo de dados TerraView O TerraView é um aplicativo desenvolvido pelo DPI/INPE e construído sobre a biblioteca de geoprocessamento TerraLib, tendo como principais objetivos: - Apresentar à comunidade um fácil visualizador

Leia mais

ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação

ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação UNIFEI Universidade Federal de Itajubá Prof. Dr. Alexandre Ferreira de Pinho 1 Sistemas de Apoio à Decisão (SAD) Tipos de SAD Orientados por modelos: Criação de diferentes

Leia mais

Software Livre e GIS: Quais são as alternativas?

Software Livre e GIS: Quais são as alternativas? Software Livre e GIS: Quais são as alternativas? Tiago Eugenio de Melo tiago@comunidadesol.org 1 Sumário Conceitos GIS e Software Livre Ferramentas: Thuban Qgis Jump MapServer O Futuro das Tecnologias

Leia mais

Introdução ao Geoprocessamento

Introdução ao Geoprocessamento Sistema de Informação Geográfica SIG Introdução ao Geoprocessamento Professor: Daniel Luis Nithack e Silva O processo de urbanização marcha em um ritmo mais acelerado do que as possibilidades de planejar

Leia mais

Cerrado Online: Plataforma de Distribuição de Informações Geográficas Produzidas pelo Programa de Monitoramento de Desmatamentos do Bioma Cerrado

Cerrado Online: Plataforma de Distribuição de Informações Geográficas Produzidas pelo Programa de Monitoramento de Desmatamentos do Bioma Cerrado Cerrado Online: Plataforma de Distribuição de Informações Geográficas Produzidas pelo Programa de Monitoramento de Desmatamentos do Bioma Cerrado Levindo Cardoso de Medeiros 1 Nilson Clementino Ferreira

Leia mais

MAPEAMENTO FLORESTAL

MAPEAMENTO FLORESTAL MAPEAMENTO FLORESTAL ELISEU ROSSATO TONIOLO Eng. Florestal Especialista em Geoprocessamento OBJETIVO Mapear e caracterizar a vegetação visando subsidiar o diagnóstico florestal FUNDAMENTOS É uma ferramenta

Leia mais

Conceitos Básicos. Geoprocessamento: Uma Ferramenta Para o Desenvolvimento Regional Sustentável. Conceitos Básicos.

Conceitos Básicos. Geoprocessamento: Uma Ferramenta Para o Desenvolvimento Regional Sustentável. Conceitos Básicos. Geoprocessamento: Uma Ferramenta Para o Desenvolvimento Regional Sustentável Sistema de Informação Dados Armazenados Questão Informação Laboratório de Geoprocessamento (LAGEO) Programa de Mestrado em Ciências

Leia mais

SENRORIAMENTO REMOTO E SIG. Aula 1. Prof. Guttemberg Silvino Prof. Francisco das Chagas

SENRORIAMENTO REMOTO E SIG. Aula 1. Prof. Guttemberg Silvino Prof. Francisco das Chagas SENRORIAMENTO REMOTO E SIG Aula 1 Programa da Disciplina 1 CONCEITOS, HISTÓRICO E FUNDAMENTOS (8 aulas) 2 Sensoriamento remoto. Histórico e definições 3 Domínios do Sensoriamento Remoto 4 Níveis de Coleta

Leia mais

http://mapas.ipea.gov.br/i3geo/

http://mapas.ipea.gov.br/i3geo/ IPEAMAPAS Disponibilização de forma espacializada dos dados publicados pelo IPEA; Permite interatividade com outros dados disponíveis (infraestrutura, assistência social, saúde, educação, cultura e dados

Leia mais

O Termo SIG é aplicado para sistemas que realizam o tratamento computacional de dados geográficos

O Termo SIG é aplicado para sistemas que realizam o tratamento computacional de dados geográficos Prof. Herondino O Termo SIG é aplicado para sistemas que realizam o tratamento computacional de dados geográficos Inserir e integrar, numa única base de dados informações espaciais provenientes de: meio

Leia mais

OBTENÇÃO DE IMAGEM DO GOOGLE EARTH PARA CLASSIFICAÇÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO

OBTENÇÃO DE IMAGEM DO GOOGLE EARTH PARA CLASSIFICAÇÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO OBTENÇÃO DE IMAGEM DO GOOGLE EARTH PARA CLASSIFICAÇÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO ROGER TORLAY 1 ; OSVALDO T. OSHIRO 2 N 10502 RESUMO O sensoriamento remoto e o geoprocessamento trouxeram importantes avanços

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DO BRASIL

DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DO BRASIL DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DO BRASIL MOURA, A. L. A. 1 ; SÁ, L. A. C. M 2 RESUMO - A presente pesquisa está sendo desenvolvida com o objetivo de formular uma base de dados espaciais

Leia mais

Anderson Maciel Lima de Medeiros Consultor em Geotecnologias 2011

Anderson Maciel Lima de Medeiros Consultor em Geotecnologias 2011 Anderson Maciel Lima de Medeiros Consultor em Geotecnologias 2011 SOBRE O AUTOR Anderson Maciel Lima de Medeiros Tecnólogo em Geoprocessamento; consultor em Geotecnologias; Criador do Portal ClickGeo [www.clickgeo.com.br];

Leia mais

SIGMACast: Sistema de Informação Geográfica focado em aplicações meteorológicas e ambientais

SIGMACast: Sistema de Informação Geográfica focado em aplicações meteorológicas e ambientais SIGMACast: Sistema de Informação Geográfica focado em aplicações meteorológicas e ambientais Cíntia Pereira de Freitas¹; Wagner Flauber Araujo Lima¹ e Carlos Frederico de Angelis¹ 1 Divisão de Satélites

Leia mais

I SIMPÓSIO DE CIÊNCIA & TECNOLOGIA Soluções Integradas para uma Gestão Compartilhada

I SIMPÓSIO DE CIÊNCIA & TECNOLOGIA Soluções Integradas para uma Gestão Compartilhada I SIMPÓSIO DE CIÊNCIA & TECNOLOGIA Soluções Integradas para uma Gestão Compartilhada OS ATLAS ELETRÔNICOS E O DESENVOLVIMENTO DO APLICATIVO PARA A PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL TerraViewWeb

Leia mais

Autor(es) BARBARA STEFANI RANIERI. Orientador(es) LUIZ EDUARDO GALVÃO MARTINS, ANDERSON BELGAMO. Apoio Financeiro PIBIC/CNPQ. 1.

Autor(es) BARBARA STEFANI RANIERI. Orientador(es) LUIZ EDUARDO GALVÃO MARTINS, ANDERSON BELGAMO. Apoio Financeiro PIBIC/CNPQ. 1. 19 Congresso de Iniciação Científica ESPECIFICAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE UMA FERRAMENTA AUTOMATIZADA DE APOIO AO GERSE: GUIA DE ELICITAÇÃO DE REQUISITOS PARA SISTEMAS EMBARCADOS Autor(es) BARBARA STEFANI

Leia mais

Serviço de Consulta Versão: outubro/ 2010

Serviço de Consulta Versão: outubro/ 2010 Serviço de Consulta Versão: outubro/ 2010 1 Índice Portal CopaGIS...3 1 - Como se cadastrar...4 2 - Serviços do Portal de Geoprocessamento...8 3 - Serviço de Consulta...9 3.1 - Dados informativos... 10

Leia mais

OpenJUMP. Pontos fracos do OpenJUMP

OpenJUMP. Pontos fracos do OpenJUMP OpenJUMP No início foi chamado apenas de JUMP (JAVA Unified Mapping Platform), e se tornou popular no mundo livre de SIG(Sistema de informação Geográfica), desenhado por Vivid Solutions. Atualmente é desenvolvido

Leia mais

Repositórios de dados espaciais para suporte À modelagem matemática da dengue

Repositórios de dados espaciais para suporte À modelagem matemática da dengue Repositórios de dados espaciais para suporte À modelagem matemática da dengue Prof. Dr. Anselmo C. Paiva Prof.Dr. Aristófanes C. Silva Núcleo de Computação Aplicada NCA UFMA Contexto Projeto: Desenvolvimento

Leia mais

Técnicas de Cartografia Digital

Técnicas de Cartografia Digital Técnicas de Cartografia Digital Maria Cecília Bonato Brandalize 2011 Aula 8 1. Vetoriais 2. Matriciais 3. Vantagens e Desvantagens 1. Vetoriais 2. Matriciais 3. Vantagens e Desvantagens Como são representados

Leia mais

Geoprocessamento e Cartografia Prof. MSc. Alexander Sergio Evaso

Geoprocessamento e Cartografia Prof. MSc. Alexander Sergio Evaso Geoprocessamento e Cartografia Prof. MSc. Alexander Sergio Evaso Aula 02 Componentes de um GIS (SIE, ou SIG) Ideias dependem de pessoas. Pessoas trazem o conhecimento para uma equipe, que engendra ideias.

Leia mais

Capítulo 5 INTERNET E NOVAS TECNOLOGIAS

Capítulo 5 INTERNET E NOVAS TECNOLOGIAS Capítulo 5 INTERNET E NOVAS TECNOLOGIAS 5.1 - GEOPROCESSAMENTO E INTERNET...2 5.2 - BIBLIOTECAS DIGITAIS...4 5.2.1 - Introdução...4 5.2.2 - Natureza dos Dados Geográficos...4 5.2.3 - Apresentação dos Dados...5

Leia mais

(in: SENE, Eustáquio. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Scipione, 2010.)

(in: SENE, Eustáquio. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Scipione, 2010.) CARTOGRAFIA Sensoriamento Remoto (in: SENE, Eustáquio. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Scipione, 2010.) Sensoriamento remoto é o conjunto de técnicas de captação e registro de imagens a distância

Leia mais

Uso da Informação Geoespacial no Brasil

Uso da Informação Geoespacial no Brasil Uso da Informação Geoespacial no Brasil Seminário Gestores Públicos em Geoinformação Painel Gerenciamento de Informação Geoespacial Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo (SP) 7 à 9 de maio de 2014

Leia mais

A DIVERSIDADE DA GEOGRAFIA BRASILEIRA: ESCALAS E DIMENSÕES DA ANÁLISE E DA AÇÃO DE 9 A 12 DE OUTUBRO

A DIVERSIDADE DA GEOGRAFIA BRASILEIRA: ESCALAS E DIMENSÕES DA ANÁLISE E DA AÇÃO DE 9 A 12 DE OUTUBRO UTILIZAÇÃO DE GEOPROCESSAMENTO PARA ANÁLISE DA ACESSIBILIDADE A EQUIPAMENTOS PÚBLICOS DE ENSINO FUNDAMENTAL EM ÁREAS DE EXPANSÃO URBANA: BACIA HIDROGRÁFICA DO ARROIO DO SALSO PORTO ALEGRE/RS PEDRO GODINHO

Leia mais

Espacialização comparativa de dados de produtividade de milho com teores agronômicos das propriedades químicas dos solos

Espacialização comparativa de dados de produtividade de milho com teores agronômicos das propriedades químicas dos solos Espacialização comparativa de dados de produtividade de milho com teores agronômicos das propriedades químicas dos solos Amarindo Fausto Soares Embrapa Informática Agropecuária, Campinas São Paulo - Brasil

Leia mais

Eixo Temático ET-04-007 - Gestão Ambiental em Saneamento

Eixo Temático ET-04-007 - Gestão Ambiental em Saneamento 270 Eixo Temático ET-04-007 - Gestão Ambiental em Saneamento LEVANTAMENTO DA TUBULAÇÃO DE CIMENTO-AMIANTO NA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA DO MUNICÍPIO DE PRINCESA ISABEL - PARAÍBA Maria Auxiliadora Freitas

Leia mais

PROPOSTA PRELIMINAR PARA A ADOÇÃO DE UM REFERÊNCIAL GEOCÊNTRICO NO BRASIL

PROPOSTA PRELIMINAR PARA A ADOÇÃO DE UM REFERÊNCIAL GEOCÊNTRICO NO BRASIL PROPOSTA PRELIMINAR PARA A ADOÇÃO DE UM REFERÊNCIAL GEOCÊNTRICO NO BRASIL 1 Seminário sobre Referencial Geocêntrico no Brasil Rio de Janeiro - IBGE/CDDI 1 O que é um sistema geodésico de referência? É

Leia mais

MAPEAMENTO DA ROTA DE COLETA SELETIVA DAS COOPERATIVAS DE CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS DO NATAL/RN

MAPEAMENTO DA ROTA DE COLETA SELETIVA DAS COOPERATIVAS DE CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS DO NATAL/RN MAPEAMENTO DA ROTA DE COLETA SELETIVA DAS COOPERATIVAS DE CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS DO NATAL/RN Rejane dos Santos Dantas¹; Robson Garcia da Silva²; rsdbiosl@bol.combr¹; robson.garcia@ifrn.edu.br²;

Leia mais

Bolsa de Integração na Investigação

Bolsa de Integração na Investigação Bolsa de Integração na Investigação Avaliação da precisão de um Modelo Digital de Terreno de alta resolução obtido por filtragem de dados LiDAR num povoamento de Eucaliptos: Bruno Baeta Magalhães Baptista

Leia mais

Diagnóstico Ambiental do Município de Alta Floresta - MT

Diagnóstico Ambiental do Município de Alta Floresta - MT Diagnóstico Ambiental do Município de Alta Floresta - MT Paula Bernasconi Ricardo Abad Laurent Micol Maio de 2008 Introdução O município de Alta Floresta está localizado na região norte do estado de Mato

Leia mais

CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO

CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO A atuação do homem no meio ambiente, ao longo da história, fornece provas de suas ações em nome do progresso. Esta evolução tem seu lado positivo, pois abre novos horizontes, novas

Leia mais

2010-2014 NUVEM TECNOLOGIA LTDA. WWW.NUVEM.NET

2010-2014 NUVEM TECNOLOGIA LTDA. WWW.NUVEM.NET Sediada em Cuiabá, Mato Grosso, a Nuvem Tecnologia Ltda desenvolve softwares para empresas de médio e grande porte no centro-oeste do país. A partir do know-how adquirido sobre rastreabilidade, lançou

Leia mais

Setor Sucroenergético: GIS Corporativo e Inovações no Grupo Noble CASE NOBLE GROUP. Herbert Del Petri Gerente Técnico Agrícola

Setor Sucroenergético: GIS Corporativo e Inovações no Grupo Noble CASE NOBLE GROUP. Herbert Del Petri Gerente Técnico Agrícola Gerente Técnico Agrícola Introdução O Noble Bioenergia ao longo da sua história no Brasil vem desenvolvendo o uso das informações espacializadas no dia-a-dia das operações e planejamento agrícola através

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA Anexo II.9 Especificações do Sistema de Monitoramento da Frota PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 OBJETIVOS... 2 2 ESPECIFICAÇÃO BÁSICA... 2 2.1 Aquisição de Dados Monitorados do Veículo...

Leia mais

Curso de Economia para Jornalistas. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada Erivelton Pires Guedes erivelton.guedes@ipea.gov.br mapas@ipea.gov.

Curso de Economia para Jornalistas. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada Erivelton Pires Guedes erivelton.guedes@ipea.gov.br mapas@ipea.gov. Curso de Economia para Jornalistas Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada Erivelton Pires Guedes erivelton.guedes@ipea.gov.br mapas@ipea.gov.br IpeaMapas Roteiro Missão do Ipea Objetivos principais Principais

Leia mais

OBSERVATÓRIO RIO DAS METROPOLES NÚCLEO RM NATAL (CCHLA-UFRN) & GRUPO DE GOPROCESSAMENTO DO NORDESTE (CRN INPE)

OBSERVATÓRIO RIO DAS METROPOLES NÚCLEO RM NATAL (CCHLA-UFRN) & GRUPO DE GOPROCESSAMENTO DO NORDESTE (CRN INPE) OBSERVATÓRIO RIO DAS METROPOLES NÚCLEO RM NATAL (CCHLA-UFRN) & GRUPO DE GOPROCESSAMENTO DO NORDESTE (CRN INPE) APRESENTAÇÃO 1. O ATLAS SOCIO-ECONÔMICO-AMBIENTAL DA RM NATAL, COM BASE EM APLICATIVO DESENVOLVIDO

Leia mais

Mapeamento da Cobertura Vegetal do Município do Rio de Janeiro, 2010 Autores:

Mapeamento da Cobertura Vegetal do Município do Rio de Janeiro, 2010 Autores: Mapeamento da Cobertura Vegetal do Município do Rio de Janeiro, 2010 Desafios Uma cidade com a natureza exuberante e diferenciada merece um levantamento a sua altura: Inédito Único no Brasil Multidisciplinar

Leia mais

Geoprocessamento e Padrões OGC

Geoprocessamento e Padrões OGC Geoprocessamento e Padrões OGC Martin Pereira 36 slides Agenda Geoprocessamento Definição Histórico SIG OGC Definição Importância Histórico Padrões Slide 2 de 36 Geoprocessamento Definição Disciplina do

Leia mais

Arquiteturas, Padrões e Serviços para Geoprocessamento. Lúbia Vinhas 13/05/2008

Arquiteturas, Padrões e Serviços para Geoprocessamento. Lúbia Vinhas 13/05/2008 Arquiteturas, Padrões e Serviços para Geoprocessamento Lúbia Vinhas 13/05/2008 Desejo saber estatísticas sobre áreas queimadas. Desejo fazer análises por localização, por classes de uso ou ainda por seleção

Leia mais

WORKSHOP GEOTECNOLOGIAS DO INPE O SIG SPRING CARLOS A FELGUEIRAS DPI - INPE

WORKSHOP GEOTECNOLOGIAS DO INPE O SIG SPRING CARLOS A FELGUEIRAS DPI - INPE WORKSHOP GEOTECNOLOGIAS DO INPE O SIG SPRING 1 CARLOS A FELGUEIRAS DPI - INPE SPRING Sistema de PRocessamento de INformações Georeferenciadas Introdução Processamento de Imagens Manipulação de Mapas Temáticos

Leia mais

Márcio de Carvalho Saraiva marcio@dsc.ufcg.edu.br

Márcio de Carvalho Saraiva marcio@dsc.ufcg.edu.br DSC/CEEI/UFCG Márcio de Carvalho Saraiva marcio@dsc.ufcg.edu.br 1 o geoprocessamento? o SIG? o o aplicação simples o aplicação complexa o o 2 SIG? o "Geoprocessamento é o conjunto de tecnologias que utilizam

Leia mais

MAPAS E BASES DE DADOS EM SIG. QUANTUM GIS E POSTGRE SQL Operar e programar em tecnologia SIG com software open source

MAPAS E BASES DE DADOS EM SIG. QUANTUM GIS E POSTGRE SQL Operar e programar em tecnologia SIG com software open source MAPAS E BASES DE DADOS EM SIG QUANTUM GIS E POSTGRE SQL Operar e programar em tecnologia SIG com software open source 1 02 DESTINATÁRIOS Todos os que trabalhando ou que virão a trabalhar com tecnologia

Leia mais

SOFTWARES DE GEOPROCESSAMENTO

SOFTWARES DE GEOPROCESSAMENTO SOFTWARES DE GEOPROCESSAMENTO Ferramentas Proprietário para SIG É um conjunto de aplicativos computacionais de Sistemas de Informações Geográficas (SIGs) desenvolvido pela empresa norte americana Esri

Leia mais

Demanda por um sistema integrado de mobilidade urbana, acessível por órgãos gestores, operadoras de transporte e população!

Demanda por um sistema integrado de mobilidade urbana, acessível por órgãos gestores, operadoras de transporte e população! Curso de Gestão da Mobilidade Urbana Ensaio Crítico - Turma 17 Sistema de Informação de Usuários Michel Costa da Silva (*) No Brasil, o crescimento demográfico das grandes capitais, o apoio governamental

Leia mais

Sistemas de Informação Geográfica (SIG) para Agricultura de Precisão

Sistemas de Informação Geográfica (SIG) para Agricultura de Precisão 01 Sistemas de Informação Geográfica (SIG) para Agricultura de Precisão Rodrigo G. Trevisan¹; José P. Molin² ¹ Eng. Agrônomo, Mestrando em Engenharia de Sistemas Agrícolas (ESALQ-USP); ² Prof. Dr. Associado

Leia mais

XIX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica

XIX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica XIX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2010 22 a 26 de novembro São Paulo - SP - Brasil Utilização de Sistema de Informação Geográfica em dispositivos móveis aplicados ao cadastro

Leia mais

18/11/2010 CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS. Objetivo.

18/11/2010 CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS. Objetivo. Objetivo Autos de Infração 2007 - SICAFI - Objetivo Objetivo Ponto coletado em WGS84 e reinserido em SAD69. Erro de 67.98 metros O Sistema GPS O Sistema GPS O sistema GPS foi desenvolvido pelo Departamento

Leia mais

Análise de Desempenho de um SGBD para Aglomerado de Computadores

Análise de Desempenho de um SGBD para Aglomerado de Computadores Análise de Desempenho de um SGBD para Aglomerado de Computadores Diego Luís Kreutz, Gabriela Jacques da Silva, Hélio Antônio Miranda da Silva, João Carlos Damasceno Lima Curso de Ciência da Computação

Leia mais

TECNOLOGIAS GEOESPACIAIS INOVADORAS. Tecnologia. Geoprocessamento. Sistemas de Informações Geográficas. Sensoriamento Remoto. Geociências.

TECNOLOGIAS GEOESPACIAIS INOVADORAS. Tecnologia. Geoprocessamento. Sistemas de Informações Geográficas. Sensoriamento Remoto. Geociências. TECNOLOGIAS GEOESPACIAIS INOVADORAS Tecnologia Geoprocessamento Sistemas de Informações Geográficas Sensoriamento Remoto Geociências Geofísica www.hexgis.com PIONEIRISMO E INOVAÇÃO Idealizada a partir

Leia mais

UM ESTUDO DE CASO DE APLICAÇÃO DE TÉCNICAS DE AGRICULTURA DE PRECISÃO NO CULTIVO DE LARANJA NO MUNICÍPIO DE LIMEIRA - SP

UM ESTUDO DE CASO DE APLICAÇÃO DE TÉCNICAS DE AGRICULTURA DE PRECISÃO NO CULTIVO DE LARANJA NO MUNICÍPIO DE LIMEIRA - SP UM ESTUDO DE CASO DE APLICAÇÃO DE TÉCNICAS DE AGRICULTURA DE PRECISÃO NO CULTIVO DE LARANJA NO MUNICÍPIO DE LIMEIRA - SP BARBOSA, Rogério Zanarde rogério.zanarde@hotmail.com GARCIA, Fernando Manfrin GIATI

Leia mais

GEONFORMAÇÃO PARA NÃO ESPECIALISTAS

GEONFORMAÇÃO PARA NÃO ESPECIALISTAS GEONFORMAÇÃO PARA NÃO ESPECIALISTAS - Produtos Cartográficos - Geoprocessamento - Sistemas de Informações Geográficas (GIS) - Serviços de Mapas - Demo de um GIS aplicado na PMSP CARTOGRAFIA (conceitos)

Leia mais

Utilização de SIG aliado ao sistema de gestão ambiental em cursos d água urbanos.

Utilização de SIG aliado ao sistema de gestão ambiental em cursos d água urbanos. Utilização de SIG aliado ao sistema de gestão ambiental em cursos d água urbanos. AUTORES: Reginal Exavier¹, Elizabeth Rodrigues Brito Ibrahim² ¹Graduado no curso de Engenharia Ambiental e Sanitária pelo

Leia mais

OFICINA USO DO I3GEO. Levindo Cardoso Medeiros. levindocm@gmail.com

OFICINA USO DO I3GEO. Levindo Cardoso Medeiros. levindocm@gmail.com OFICINA USO DO I3GEO Levindo Cardoso Medeiros levindocm@gmail.com ESTRUTURA INTRODUÇÃO UTILIZANDO O I3GEO Aprendendo a navegar pelo I3Geo Propriedades do mapa ADICIONANDO E MANIPULANDO CAMADAS Adicionando

Leia mais

Cloud Computing. O modelo no cenário Geoespacial. Technology Session Latin America Geospatial Forum. 15-17 August 2012 Rio de Janeiro

Cloud Computing. O modelo no cenário Geoespacial. Technology Session Latin America Geospatial Forum. 15-17 August 2012 Rio de Janeiro Cloud Computing O modelo no cenário Geoespacial Technology Session Latin America Geospatial Forum 15-17 August 2012 Rio de Janeiro Iara Musse Felix Diretora, Santiago e Cintra Consultoria, Brazil Alguns

Leia mais

Uso de AutoCAD Map 3D para desenvolvimento de análise Multi-Critério Kátia Góes Mestrando UERJ

Uso de AutoCAD Map 3D para desenvolvimento de análise Multi-Critério Kátia Góes Mestrando UERJ Uso de AutoCAD Map 3D para desenvolvimento de análise Multi-Critério Kátia Góes Mestrando UERJ A proposta metodológica se insere na temática de Turismo Sustentável em áreas rurais e teve como área de estudo

Leia mais

CONTEÚDOS DE GEOGRAFIA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE GEOGRAFIA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO DE GEOGRAFIA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Ricardo Dantas SECRETÁRIA EXECUTIVA

Leia mais

MAPAS URBANOS INTELIGENTES CAPÍTULO 04 RESULTADOS E ANÁLISES

MAPAS URBANOS INTELIGENTES CAPÍTULO 04 RESULTADOS E ANÁLISES CAPÍTULO 04 RESULTADOS E ANÁLISES Neste capítulo serão abordados os resultados e as análises decorrentes da aplicação do método proposto no desenvolvimento deste trabalho. a) Integração dos Dados Raster/Vector

Leia mais

A utilização de Sistema de Informação Geográfica baseada em software livre na área de Segurança Pública

A utilização de Sistema de Informação Geográfica baseada em software livre na área de Segurança Pública A utilização de Sistema de Informação Geográfica baseada em software livre na área de Segurança Pública Alan Peixoto Medeiros Universidade Presidente Antônio Carlos Rodovia MG 368 KM 12 Colônia Rodrigo

Leia mais

BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS

BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS E WEBMAPPING - I 3 GEO Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Apresentação Instalação do i 3 Geo Visão geral do i3geo Características e funcionalidades

Leia mais

POLÍTICA DE GEOPROCESSAMENTO DA ELETROSUL

POLÍTICA DE GEOPROCESSAMENTO DA ELETROSUL POLÍTICA DE GEOPROCESSAMENTO DA ELETROSUL Abril - 2013 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. ABRANGÊNCIA... 3 3. CONCEITOS... 3 3.1. Geoprocessamento... 3 3.2. Gestão das Informações Geográficas... 3 3.3. Dado Geográfico

Leia mais

GERAÇÃO DE MAPAS DIGITAIS E MODELOS TRIDIMENSIONAIS DE SUPERFÍCIES. Manoel Silva Neto Engenheiro Cartógrafo

GERAÇÃO DE MAPAS DIGITAIS E MODELOS TRIDIMENSIONAIS DE SUPERFÍCIES. Manoel Silva Neto Engenheiro Cartógrafo GERAÇÃO DE MAPAS DIGITAIS E MODELOS TRIDIMENSIONAIS DE SUPERFÍCIES Manoel Silva Neto Engenheiro Cartógrafo Com um novo conceito enraizado na inovação, a Droneng busca integrar a multidisciplinaridade no

Leia mais

PROJETO: CONSOLIDAÇÃO DA MODELAGEM PREVISÃO NUMÉRICA DO TEMPO NO INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET) BRA/OMM/011/001 TERMO DE REFERÊNCIA

PROJETO: CONSOLIDAÇÃO DA MODELAGEM PREVISÃO NUMÉRICA DO TEMPO NO INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET) BRA/OMM/011/001 TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO: CONSOLIDAÇÃO DA MODELAGEM PREVISÃO NUMÉRICA DO TEMPO NO INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET) BRA/OMM/011/001 TERMO DE REFERÊNCIA Perfil: Especialista em TI para atuar no aprimoramento do

Leia mais

Solução espacial do GEOBANK, banco de dados do Serviço Geológico do Brasil, CPRM Autores:

Solução espacial do GEOBANK, banco de dados do Serviço Geológico do Brasil, CPRM Autores: Solução espacial do GEOBANK, banco de dados do Serviço Geológico do Brasil, CPRM Histórico Década de 70 Arquivos de dados de análises geoquímicas e de levantamentos aerogeofísicos Ambiente Computador de

Leia mais

O USO DE CARTAS TOPOGRÁFICAS E IMAGENS DO GOOGLE EARTH EM ESTUDOS DE IDENTIFICAÇÃO DE TURFAS NOS MUNICIPIOS DE GUARAPUAVA E PINHÃO-PR

O USO DE CARTAS TOPOGRÁFICAS E IMAGENS DO GOOGLE EARTH EM ESTUDOS DE IDENTIFICAÇÃO DE TURFAS NOS MUNICIPIOS DE GUARAPUAVA E PINHÃO-PR O USO DE CARTAS TOPOGRÁFICAS E IMAGENS DO GOOGLE EARTH EM ESTUDOS DE IDENTIFICAÇÃO DE TURFAS NOS MUNICIPIOS DE GUARAPUAVA E PINHÃO-PR Machado, F. (UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE - UNICENTRO) ; Pelegrina,

Leia mais

O uso do gvsig em projetos de geoprocessamento no setor corporativo e na GAUSS Geotecnologia

O uso do gvsig em projetos de geoprocessamento no setor corporativo e na GAUSS Geotecnologia O uso do gvsig em projetos de geoprocessamento no setor corporativo e na GAUSS Geotecnologia Carlos Aluísio Mesquita de Almeida GAUSS Geotecnologia e Engenharia LTDA Tópicos Introdução Aprendizado do gvsig

Leia mais

A DEMANDA POR SAÚDE PÚBLICA EM GOIÁS

A DEMANDA POR SAÚDE PÚBLICA EM GOIÁS Título: A DEMANDA POR SAÚDE PÚBLICA EM GOIÁS Projeto de pesquisa: ANÁLISE REGIONAL DA OFERTA E DA DEMANDA POR SERVIÇOS DE SAÚDE NOS MUNICÍPIOS GOIANOS: GESTÃO E EFICIÊNCIA 35434 Autores: Sandro Eduardo

Leia mais