COLÉGIO OFÉLIA FONSECA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COLÉGIO OFÉLIA FONSECA"

Transcrição

1 COLÉGIO OFÉLIA FONSECA A EVOLUÇÃO DA GUITARRA ELÉTRICA E O HEAVY METAL. Caio Chaves de Souza São Paulo 2013

2 Caio Chaves de Souza A EVOLUÇÃO DA GUITARRA ELÉTRICA E O HEAVY METAL. Trabalho realizado e apresentado sob a orientação do Professor Daniel Mauro Justi, da disciplina de Física.

3 Resumo Este trabalho trará a problematização do porque que a guitarra elétrica ganhou tamanho espaço na música. Para entender essa evolução, foi escolhido um gênero que se encaixa nos parâmetros de analise do tema, o Heavy Metal. Serão levados em conta fatos históricos, pesquisas acadêmicas, histórias e conhecimento para a realização desta tese.

4 Abstract This work is about the importance that the electric guitar has achieved since it was created. For instance. it will show the transformation that this instrument has suffered. Due to the fact of that the evolution is an inevitable topic to mention and focus. To help us to comprehend all this aspects, this work will show the genre that the guitar has more space to act, the Heavy Metal. Overall, at the end, all this questions and doubts will be solved.

5 Decicatória Dedico este trabalho as minhas paixões, a música, a guitarra e ao Heavy Metal que já me proporcionaram grandes momentos de ecstasy e alegria, fazendo de mim o que sou hoje. Também gostaria de dedicar aos meus familiares e meus amigos que sempre estão comigo me apoiando e criticando.

6 Agradecimentos Gostaria agradecer todos aqueles que me ajudaram em meu trabalho, principalmente minha família, amigos e colaboradores. Obrigado ao meu orientador, Daniel Mauro Justi, também, pela sua competência e paciência na execução desta tese. Não posso me esquecer de agradecer a instituição de ensino, Colégio Ofélia Fonseca, e todos os professores e colaboradores nela presentes que me abraçaram desde quando era uma criança levada e risonha até os dias atuais. Um Obrigado mais do que especial ao meu pai, Celso Ricardo de Souza, por ter me proporcionado a paixão pelo o que tenho hoje em dia.

7 Sumário 1.1 INTRODUÇÃO DESENVOLVIMENTO O Heavy Metal Primórdios e Início, Black Sabbath O Fim do Começo ( ) Anos de Ouro ( ) Decadência e Reformulação do Gênero O Heavy Metal Brazuca CONCLUSÃO BIBLIOGRAFIA...20

8 1.1 INTRODUÇÃO No século XX houve diversas revoluções no modo de se fazer música. Neste século foram criados e adaptados diversos tipos de gêneros e estilos musicas. A mais importante e adaptável criação deste século foi à criação do mais novo membro da família das guitarras a: guitarra elétrica, a partir do violão. A guitarra elétrica foi criada com o intuído de obter uma maior amplitude de som fazendo com que o mesmo soasse mais alto. Este proposito fez com que o instrumento ganhasse um impressionante reconhecimento mundial, principalmente após a Segunda Grande Guerra. A princípio essa reivindicação de som foi para aderir à vontade de instrumentistas de Jazz que viam a necessidade de se ter um maior aproveitamento de som, de maneira que se amplificasse o mesmo. Para que esse feito pudesse ser concretizado, na década de 1920 começaram pesquisas de aperfeiçoamento, aproveitamento e formas de amplificação. Deu-se então, após uma década de pesquisas eletrônicas e de design, aproximadamente, a criação da guitarra elétrica, obtendo como criação final um produto pronto para o uso e vendas. A experiência final tinha corpo sólido, que tem como marca uma sonoridade tônica e amplitude sonora diferente entre instrumentos da classe de guitarras, e não completamente acústico, porém, tendo como forte influência nos primeiros modelos a utilização de corpos semiacústicos. O corpo sólido foi desenvolvido para ter-se um maior rendimento de sustentação sonora (sustain), ou alongamento na duração de notas e acordes tendo ao mesmo tempo um tom único e característico dos corpos sólidos que naturalmente realça um aumento no ganho de volume. Esta é uma característica única das guitarras elétricas e é o que a difere de todos os outros membros da categoria guitarra. Teve-se também a aplicação de uma das características dos novos modelos de instrumentos de cordas, os captadores. Foram eles que foram desenvolvidos durante as pesquisas realizadas na década de Os captadores tem a função de captar o som produzido pelas vibrações das cordas. Após a captação dessas vibrações, os captadores transferem o sinal recebido e o lançam no falante do amplificador. O sistema de captadores trabalha em conjunto com os mecanismos elétricos existentes na guitarra, com o amplificador e com o tom escolhido pelo guitarrista que utiliza a peça. O primeiro captador desenvolvido estava inserido no grupo das pesquisas que haviam sido realizadas durante a década de Não há exatidão de quando foi a sua primeira utilização no instrumento, porém a primeira prova do uso de captadores ocorreu quando Lloyd Loar, que trabalhou na empresa Gibson de 1920 a 1924, o mesmo período que ele desenvolveu o sistema de captação. Por ironia do destino, a marca pela qual Lloyd trabalhava fez uma gama experimental de seu novo equipamento, entretanto não se atreveu a desenvolver uma linha com instrumentos elétricos, ainda mais utilizando tal audaciosa criação, já que, ao ver deles, o mercado de instrumentos elétricos era muito fraco. 1

9 Após o final de uma suposta fase experimental de criação do novo instrumento, durante a década de 1920, na década de 1930, mais especificadamente em 1931, a Richenbacher Company lançou no Primeira guitarra, a Frying Pan, criada pela Richenbacher Company. mercado o primeiro produto na classe de guitarras elétricas. Este produto era uma guitarra havaiana elétrica que possuía o apelido de Frying Pan (que traduzindo para o português significa frigideira). Recebeu este apelido pelo formato de seu corpo e pelo fato do mesmo ter sido feito em alumínio. Esta rápida transformação na maneira de se fazer guitarras, em um curto espaço de tempo, tendo antes instrumentos em sua grande e esmagadora maioria fabricados única e exclusivamente de madeira, para em um curto espaço de tempo a utilização e venda de corpos feitos de outros materiais, neste caso o alumínio. Isto mostra o quão este equipamento poderia se adaptar a vários estilos e gostos, e também como sua historia de evolução seria repleta de inovações, atendendo as necessidades de publico, instrumentistas e mercado. A versatilidade do instrumento em questão, fez com que o mesmo fosse essencial para criação de diversos estilos musicais. Tente imaginar um mundo sem guitarras elétricas. Se não fosse ela não existiria do Jazz até o Flamenco, do Country até a Salsa, o que mostra a tamanha importância e popularidade que o instrumento ganhou ao longo das décadas. Porém, o estilo musical que mais se apossou da simplicidade, longevidade, personalidade, beleza e estilo da guitarra elétrica foi sem duvida o bom e velho Rock and Roll, que por um simples acaso não existiria se a guitarra elétrica não existisse. Este conceito nos leva a pensar que sem guitarras elétricas no mundo atual não haveria musica. O Rock and Roll foi criado na transição da década de 1940 para a década de 1950 nos Estados Unidos. O novo estilo possui raízes no Blues, Country e de gêneros Gospels. Coincidentemente, o Rock and Roll é caracterizado pela guitarra elétrica. Antigamente o gênero era visto como única e exclusivamente para a dança e diversão de jovens. Tais jovens que tiveram um papel fundamental na ascensão de popularidade do estilo já que os mesmos protagonizavam o estilo, durante a década de 1950 e de 1960, Ficaram famosos por possuírem a fama de serem rebeldes, o que trazia os olhares de todos para o novo jeito de se fazer e promover música. Grandes nomes históricos da musica mundial fizeram parte do time de celebridades que se divertiram e entretiveram os outros com o estilo. Como por exemplo: o Rei do Rock, Elvis Presley e os Garotos de Liverpool, The Beatles. Com o passar dos tempos, o estilo que foi criado por influencias de outros estilos, serviu como pilar na formação de outros gêneros. Gêneros estes, que assim como seu pai, ganharam popularidade alarmante em suas épocas. Algumas dessas novas criações, principalmente, são: Surf Rock, Pop Rock, Rock Progressivo, Rock Psicodélico, Punk Rock, Glam Rock, Hard Rock, Rock Alternativo e o Heavy Metal. Muitos destes que ainda ocupam 2

10 importante espaço no atual ramo da música e muitos desses possuem em suas montagens de produções, composições, palco e de instrumentos a guitarra elétrica. As criações desses estilos remontam diversas épocas e públicos. Mas no fim da década de 1960 as coisas começaram a se agitar na Inglaterra. No final da década, de 1966 a 1969, em dois polos da Inglaterra, um em Londres e outro em Birmingham, duas novas bandas revolucionaram com seu estilo e gênero. Era então criado a partir de Led Zeppelin e Black Sabbath o Heavy Metal. Assim como a guitarra, com o passar do tempo o Heavy Metal passou por diversas transformações. Sua base de gênero e de composição de grupo é basicamente bateria, baixo, vocal, teclado, guitarra elétrica e membros e adeptos cabeludos. Suas bandas percussoras também se modificaram com os anos, mas sempre foram fonte clara de influencia para novas bandas que viam em seus ídolos a maravilha rítmica e teatral das letras e aparência das bandas. Muitos taxam o Heavy Metal como música do Diabo, por gestos, letras e oposição, em alguns casos, à sociedade. Águas correram na historia do estilo até que chegamos ao final da década de 1970 e começo da década de 1980, onde a venda de discos e o espaço da cena Heavy Metal começou a diminuir, em vista que as gravadoras estavam aderindo a cena Punk. Neste período um movimento de contracultura causava transtorno na Inglaterra. O movimento era a Nova Onda do Heavy Metal Britânico (New Wave Of British Heavy Metal NWOBHM). O movimento visava uma transformação na forma de se fazer e de se promover o Heavy Metal. Era proposto pelas bandas que estavam inseridas neste contexto a ideia de inovação. Esta que seria principalmente fixada na maneira de se lançar no mercado, produção de material e criação de novas formas de caracterizar o estilo. Muitas bandas surgiram nesta época, dentre elas estão: anteriormente: Motorhead, Judas Priest, Deep Purple, Van Halen e outras, e durante: Iron Maiden, Def Leppard, Saxon, Venon e muitas outras. Bandas essas que espalharam novamente a cena do Metal pelo mundo, cada uma com sua característica porem todas inseridas na vertente maior. A guitarra esteve ao lado em todas essas historias, inclusive, evoluindo com os gêneros. Um pouco antes, durante e após a década de 1980 cada banda via como necessidade de inovar na forma de fazer seu material. Assim então se criou um auxilio na hora de se fazer o material com a introdução de pedais que possuíam efeitos diversos, podendo ser montados a gosto do usuário. Portanto, depois desta prévia, percebe-se que a guitarra elétrica foi, e é, muito importante para a música, levando em conta que o mercado instrumentista cresceu, se fortaleceu e se inovou com a criação da mesma. Então, qual será o real papel do instrumento na musica em geral, e principalmente no Heavy Metal? 3

11 A evolução da guitarra foi algo que sempre me intrigou. Quando passou pela minha cabeça que poderia realizar um trabalho sobre minha amada de seis cordas não hesitei. Também, um fator que contribuiu para a escolha deste tema foi a minha preferência pela vertente musical que aqui será citada, o grandioso Heavy Metal. Levando isso em conta, minha paixão pela música e a guitarra, gosto preferencial ao gênero escolhido e tendo pessoas sábias em relação ao tema em minha volta, não vi motivo para não escolher este tópico para trabalhar. Apresentarei de forma prática e de fácil compreensão tudo aquilo que está ligado ao meu trabalho, que tem como fonte motivacional o enriquecimento cultural sobre aquilo que pretendo levar para minha vida. 2.1 DESENVOLVIMENTO 2.2 O Heavy Metal Nos anos de 1980 o estilo que se deriva do Rock, o Heavy Metal, estourou na Inglaterra e Estados Unidos, assim se espalhando para todo o globo. Entretanto, tal estilo não se iniciou nesta época, mas sim aproximadamente vinte anos antes. As bandas precursoras do estilo foram principalmente: Led Zeppelin, Deep Purple e Black Sabbath. Nenhuma destas bandas eram iguais entre si, no entanto se encaixam no estilo em geral por possuírem algumas características em comum. Características essas que estão principalmente ligadas as inovações que foram trazidas por tais para a musica. Tais inovações giravam em torno da nova temática envolvida em temas de musicas e álbuns, Led Zeppelin Jimmy Page, Robert Plant, John Bonham e John Paul Jones. pulsação dentro da musica, teatralização em palco e a utilização de cada instrumento. Deep Purple Roger Glover, Ian Paice, Ian Gillan, Don Airey e Steve Morse. O Heavy Metal evoluiu com o tempo. Algumas das inovações criadas por suas principais bandas precursoras se mantiveram. No entanto, algumas novas características, mais emblemáticas talvez, foram criadas. A essência do Heavy Metal, musicalmente falando, está em: possuir um canto, vocal, marcante, e em algumas vezes estridente, baixo evidente, às vezes seguindo as bases ou independente, porem sempre dando suporte ao resto da banda, bateria com pegada forte e marcante, em grande maioria das vezes rápida e extremamente ritmada, e em algumas vezes com a presença de pedal duplo, e por ultimo, e de maneira alguma menos importante, a guitarra elétrica. 4

12 O estilo que se desenvolveu em prol da guitarra elétrica tem como sua maior marca a própria guitarra elétrica. O estilo é o único que tem como foco o famoso e indispensável instrumento de seis cordas. A guitarra elétrica no gênero é vista como essencial para a execução mais fiel do mesmo. Pode-se ter uma ou duas, e em poucos casos mais do que duas, guitarras em uma banda de Heavy Metal. Todas, primeira ou segunda, lead ou base, guitarras são de estrema importância para a realização da musica. Qualquer musica que se enquadra no gênero apresenta um riff, levada ou solo de guitarra marcante, o que torna mais evidente a criação do estilo a favor do instrumento. Além de fraseados marcantes e solos técnicos e elaborados, para ser Heavy Metal de verdade a guitarra apresentará os seguintes pontos: notas graves com muita presença, agudos altos e bastante evidentes, palhetada marcada, ritmo acelerado, peso e muito ganho de potencia em distorções de amplificadores, frases dobradas (quando um pedal de efeito da o efeito ou uma segunda guitarra elétrica realiza uma frase semelhante ou igual ao mesmo tempo que a guitarra elétrica principal) e solos rápidos, porem sem perder o felling (expressão usada no ramo musical para representar o sentimento aplicado pelo artista em seu instrumento). Por este motivo, a ênfase na guitarra, que o Black Sabbath se distingue das outras bandas dos primórdios. Ambas, Led Zeppelin e Deep Purple, meio que dividiam o espaço de instrumento ou apenas não dependiam de um único instrumento para passar a mensagem esperada. Não que isso seja algo ruim, dar tal ênfase, é apenas um ponto particular de cada banda. 2.3 Primórdios e início, Black Sabbath Muitas, se não todas, as bandas criadas nas décadas seguintes se espelharam no Black Sabbath. Pela importância que esta banda tem, acho indispensável e extremamente facilitador a compreensão da evolução do Heavy Metal após a análise da história da banda. A banda começou com a união de Anthony Iommi (Tony Iommi), guitarrista, William Ward (Bill Ward), baterista, que pertenciam à banda Mithology leram que um tal de John Osbourne (Ozzy Osbourne), vocalista, estava a procura de uma banda. Então, fizeram um encontro na casa de Ozzy que chamou dois companheiros de uma antiga banda, eram eles Terence Butler (Geezer Butler), futuro baixista, e Jimmy Phillips, este que não continuou na banda como os outros. Black Sabbath Bill Ward, Geezer Butler, Ozzy Osbourne e Tony Iommi. Após a junção, começou então a jornada da até então Polka Tulk Blues Band que tocava de pubs em bares do Reino Unido tocando covers de Jimi Hendrix, Cream e outros. Depois de algum tempo a banda decidiu mudar ser nome para Earth, porem não 5

13 sabiam que este nome já havia sido escolhido e estava sendo utilizado por outra banda. A alternativa foi dada então por Geezer. Ele, que era fã de romances com temas de terror e magia negra, viu um filme que quando estreado no Reino Unido recebeu o nome de Black Sabbath. Como gostou do filme e achou sua história boa decidiu dar este nome à banda, e até fazer uma musica com ele. O nome também foi dado para o primeiro disco da banda, que foi um sucesso na época. O primeiro disco foi inovador e por isso foi adorado por todos. A temática e a forma de em que ela era colocada nas musicas, com letras pesadas de conteúdo como os tons utilizados por Tony na musicas. A partir disso se inaugurou o Heavy Metal, para muitos. Para a época as letras e as sonoridades eram muito polêmicas. Até que por isso a banda possuiu uma visibilidade Black Sabbath Black Sabbath grande em seu trabalho. No primeiro álbum as musicas mais prestigiadas foram Black Sabbath, The Wizard e N.I.B.. Todas tinham as características da banda, e consequentemente as do novo gênero. Qualquer apreciador do estilo e do Black Sabbath diz que o começo, e o que até se prolongou por toda historia da banda, são marcados pelos riffs e peso colocado por Tony em todas as musicas da banda. No inicio da estrada isso foi crucial. Nos primeiros álbuns o mais esperado, criticado e aclamado era a junção do novo estilo musical que surgia e a guitarra de Tony. O segundo álbum, Paranoid que saiu no mesmo ano em que o primeiro, 1970, foi um sucesso estrondoso assim como havia sido o primeiro. Os pilares da banda de mantiveram e novos sucessos vieram com eles. A segunda produção de estúdio estava repleta de clássicos. Cada um com sua particularidade de tema, além de um ar sombrio. Entre os clássicos estão War Pigs, Eletric Funeral, Iron Man e Paranoid. Essas musicas tratavam de algo a mais do que apenas sombrio. Possuía temática fictícia e cientifica, temas de guerra e até mesmo loucuras, paranoias. Black Sabbath Paranoid. Paranoid foi um marco para a música e um marco para o Heavy Metal. O álbum foi o que concretizou o estilo. Prêmios e mais prêmios foram dados a ele. Discos de Platina foram adquiridos em diversas paradas em varias parte do mundo. Na época, 1970, as faixas do álbum ficaram nos topos das paradas americanas e britânicas, o que fez que o grupo se tornasse famoso mundialmente e ganhasse visibilidade em seus próximos passos. 6

14 No ano seguinte foi lançado um novo trabalho da banda. Este novo álbum de estúdio foi intitulado Master of Reality. Este pode ser considerado o álbum mais obscuro e perverso da banda. Isto ocorre por dois motivos. O primeiro deles é a temática e o clima mais presado presente nas musicas. O segundo é o fato de que Tony mudou a afinação de sua guitarra, deixou-a mais pesada, abaixando um tom e meio, indo de E (mi) para C# (dó sustenido). Tal feito foi declarado necessário para acompanhar a voz de Ozzy, dito anos depois pelo próprio Tony. Geezer também seguiu esta linha e afinou seu baixo um tom e meio mais grave, para tornar a sonoridade mas pesada, suja e sombria. Dado tal fato, muitas Black Sabbah Master of Reality. bandas que sefuem uma vertente mais pesada do Heavy Metal, como Doom Metal e Null Metal, se disseram inspiradas particularmente por este álbum para poder desenvolver seus projetos. O álbum contava com clássicos como Embryo, Children of The Grave, Sweet Leaf e After Forever. Snowblind era para ter sido o nome do quarto álbum da banda, porem foi barrado por fazer menção a cocaína. A banda então deu este nome a uma música, que coincidentemente é a mais conhecida do disco. Black Sabbath, Vol 4 foi a alternativa encontrada para o nome do novo trabalho, que foi lançado em A criatividade dos músicos deu este nome porque este seria o quarto álbum de estúdio da banda. Black Sabbath Black Sabbath Vol 4. Black Sabbath Sabbath Bloody Sabbath. O ano era 1973 e Sabbath Bloody Sabbath estava para ser lançado. Este também é o nome do maior clássico deste disco. A mistura de rock, Heavy Metal e rock progressivo ainda se manteve nesse disco, e continuou a dar certo. Porem, na época do lançamento desde disco, a banda inteira passou por problemas com drogas e entorpecentes, não que este problema havia começado agora, mas se intensificou e passou a causar transtornos por agora. Bill e Ozzy foram os mais afetados, e isso traria consequências no futuro. Dois anos depois foi a vez de Sabotage. Este álbum era inovador e moderno mas não fazia o gosto do publico, que 7 Black Sabbath Sabotage.

15 achava que a banda deveria continuar com suas características. O disco foi bastante diversificado, um dos fatores que desagradou o publico. Tinha canções de mais gêneros a não ser o Heavy Metal. Canto Gregoriano e Pop Rock foram introduzidos no disco, mas não fizeram sucesso. O Heavy Metal prevaleceu como o estilo mais adorado e aclamado pelos fãs na banda. O disco contava com clássicos como Symptom of The Universe e Hole in The Sky. Black Sabbath Technical Ecstasy. Technical Ecstasy foi o álbum seguinte da banda. No entanto, se o álbum anterior já havia despertado um sentimento de desilusão no publico o que dirá deste. As ideias de unir, incorporar, outros estilos nas musicas e no disco não foi bem vista pelo publico, entretanto a qualidade ainda continuou. O clássico deste disco é Dirty Women. A desilusão completa não foi com o álbum, mas sim com o que houve após a turnê do mesmo. Devido a fatores como dependência as droga e ao álcool Ozzy deixou a banda. Mas, em 1978, Ozzy voltou para a banda para gravar um novo projeto que tinha o nome de Never Say Die!. O disco foi extremamente mal visto pelo publico que não era adepto da pegada eletrônica experimental que a banda havia aderido. A faixa mais popular do álbum é a que leva o nome do mesmo, mas não se engane muitos não gostam da faixa. Black Sabbath Never Say Die!. Depois da turnê do disco anterior Ozzy Osbourne foi despedido da banda pelos mesmos motivos que o haviam feito se afastar da banda anteriormente. Antes o sentimento era de compaixão dos integrantes da banda em relação a Ozzy, mas agora com brigas e discórdias frequentes este sentimento havia mudado, não é a toa que ele foi despedido. No entanto o príncipe das trevas não se aposentou e iniciou sua carreira solo. Dá-se então uma nova fase na historia da banda, uma fase conturbada e instável. Muitos músicos entraram e o primeiro deles foi nada mais nada menos que Ronnie James Dio (1942~2010). Dio é uma das figuras mais emblemáticas e importantes para a história do Heavy Metal e por tal importância adquirida é dito por muitos como a melhor voz de metal que já pisou na Terra. Havia tocado na banda Elf e Rainbow. Com sua entrada na banda deu-se a possibilidade de gravar um novo álbum, em O disco Heaven and Hell foi mais do que um sucesso. O disco também contava com a entrada de Geoff Nicholls, teclado, e é visto de maneira lendária por muitos até os dias atuais. Ele remonta a ideia Ronnie James Dio (1942~2010) e a Mão Chinfrada do Metal. 8

16 primordial da temática e estilo adotados pela banda em seu início porem de maneira mais agitada, seguindo a nova linha da nova década. Com ele o Black Sabbath voltou ao cume das paradas, não é demais dizer que todas as suas faixas se tornaram clássicos e foram sucessos na época. Suas faixas são: Neon Knights, Children of The Sea, Lady Evil, Wishing Well, Lonely Is The World, Walk Away, Die Young e Heaven and Hell. Esta ultima que leva o nome do álbum se tornou um grandessíssimo clássico sendo um marco para a nova fase da banda e para o Heavy Metal, sendo às vezes dito por alguns como hino do estilo. Black Sabbath Heaven and Hell. Em 1981, sem Bill Ward que deixou a banda no ano anterior por motivos pessoais, o Black Sabbath decidiu gravar mais um disco. Para que isso fosse possível, a gravação de um novo álbum, chamou-se Vinny Appice para se juntar a banda. Surgiu então Mob Rules que gerou grandes faixas, como Voodoo, Mob Rules e Turn Up The Night. Este disco e a atmosfera que Dio trouxe e Black Sabbath Mob Rules. criou junto aos outros integrantes fez com que fosse gravado o primeiro álbum ao vivo e oficial da banda, e não um bootleg, como havia ocorrido ainda com Ozzy no grupo. O nome do disco ao vivo é Live Evil. Neste show foram tocadas as principais musicas, selecionadas pelos integrantes, que pertenciam principalmente a nova era. Isso, de algum modo, gerou discordâncias e conflitos entre Tony e Dio. Por isso então que Dio deixou a banda e seguiu carreira solo em sua nova banda DIO. Na despedida Dio levou junto a si Appice. Black Sabbath Live Evil Com a saída de Dio era necessária à contratação de um novo vocalista e um baterista. Nas baquetas o problema foi resolvido rapidamente. Bill Ward já havia se recuperado de seu problema pessoal e voltou para o grupo. No entanto no microfone as coisas não foram tão simples assim. Alguns candidatos foram escolhidos e chegaram até a entrar na banda, porem não vingaram. Tony e os outros integrantes viram que o ex-vocalista do Deep Purple Ian 9

17 Gillan estava sem banda. Dadas às circunstancias, Tony e Gillan se encontram e se acertam. Uma nova parceria havia sido fechada. Com a tomada da banda com a formação original mais Gillan foi produzido Born Again. Este mostrou a união das forças, mas que essas foram muito fracas. O álbum foi muito mal quisto pela mídia e pelo publico. Depois deste lapso de criatividade e do fracasso que havia sido o álbum, por mera coincidência, o Deep Purple decidiu fazer uma reunião, o que fez com que posteriormente Gillan se juntasse a banda novamente. Black Sabbath Born Again A banda então se encontrava de novo sem integrantes para fazer um trabalho completo. Por isso que Tony decidiu fazer um álbum que a principio iria ser solo, mas que foi creditado nas contas do Black Sabbath. O álbum era Seventh Star. Junto a Tony se juntou Eric Singer, ex-baterista do KISS, nas gravações e execução do tour. A fase da banda era tão ruim que um dos primeiros integrantes saiu antes mesmo do lançamento deste disco. Geezer criou sua própria banda, no entanto não produziu material de gravação com ela. Tony Martin foi o vocalista escolhido para a gravação do disco The Eternal Idol. Junto a ele também foram trazidos Jo Burt, baixista, e Terry Chimes. Estes não realizaram a gravação do disco, mas foram quem ficaram na banda para fazer a pequena turnê que o disco gerou. Para o próximo álbum o vocalista, Martin, não saiu mas sim Singer e Burt. Em seus lugares entraram Cozy Powell e Black Sabbath The Eternal Idol. Laurence Cottle. Deu-se dessa nova formação Headless Cross, que não foi um alarde de sucesso, mas fez com que a banda continuasse consolidada. Nesta mesma pegada a banda fez seu novo álbum, com um baixista novo, Neil Murray, ex Whitesnake. O álbum feito foi Tyr. O mesmo Black Sabbath Headless Cross. não trouxe muito mais do que a banda havia fazendo nos últimos anos, mas ainda sim, fez com que continuasse no mercado e fosse falado na mídia, pelo menos neste período de transição da década de 1980 para Porem depois desde disco a banda parou pelo período de dois anos. Esta parada representa o fim desta fase conturbada da banda e o inicio de uma nova fase. Esta nova fase pode ser chama de era das reuniões. 10

18 Com o fim da pausa que durou apenas alguns anos, Tony convoca os membros que fizeram parte da banda em 1980/1981. Eram estes integrantes Geezer Butler, Vinny Appice e Ronnie James Dio. Dessa nova união saiu um álbum mais preenchido e com características diferentes do que havia sido apresentado pela banda na ultima década. Dehumanizer foi o álbum criado pela banda e adorado pela mídia pelo publico, estes que já esperavam a muito tempo por algo emblemático e consistente vindo deles. A turnê que se estendeu entre 1992 e 1993 teve no final uma passagem marcante. Ozzy dizia que queria se aposentar da musica, o que não aconteceu no final, mas na época ele estava com isso na cabeça. Tendo isso como um compromisso, Ozzy contata seu ex-companheiro de banda, Tony Iommi, e pediu para ser o frontman do Black Sabbath nas duas ultimas datas da turnê. Tony disse que o ex-colega de escola. Porem não passou em sua cabeça o que o atual vocalista da banda iria pensar. Black Sabbath Dehumanizer. Dio, após esse episódio, se retirou da banda. Ele não alegou que este foi o motivo para sua saída, mas sim a continuidade de suas brigas com Tony. O que pode, ou não, ser verdade. Quando saiu da banda Dio levou Appice junto, fazendo assim com que a banda que sair a procura de mais integrantes para compor o elenco. Para completar a turnê Rob Halford do Judas Priest. Depois do final da turnê, Tony chamou o ex-companheiro de banda, Tony Martin, para assumir os vocais. Para a bateria chamou Bobby Rondinelli. Com esta nova formação foi gravado o álbum Cross Purposes, que não chamou muito a atenção da mídia. Geezer Butler e Bill Ward, este que havia assumido no final da turnê pelo afastamento de Rondinelli, deixaram a banda novamente. Tony chamou os ex-companheiros da época do disco Tyr, Cozy Powell e Neil Muerray. Com eles o Black Sabbath gravou em 1995 Forbbiden, que mais uma vez não arrancou grandes elogios da mídia e do público. Com essa nova pausa, veio em 1997 o renascimento de Ozzy Osbourne, que tinha em sua cabeça a ideia de promover um festival. Este festival tinha o nome de Ozzfest. Na programação do evento, Ozzy iria se apresentar por ultimo, mas o que ninguém esperava era que seus excompanheiros de Black Sabbath estariam junto à ele. Depois desse show, em 1998, foi gravado o disco ao vivo mais famoso da banda, o Reunion, que tinha como setlist os clássicos da era Ozzy na banda, na primeira década do grupo. Na divulgação do disco foram também Black Sabbath Reunion. 11

SOBRE GHOST DOGS: A banda Ghost Dogs foi fundada em Abril de 2005.

SOBRE GHOST DOGS: A banda Ghost Dogs foi fundada em Abril de 2005. SOBRE GHOST DOGS: A banda Ghost Dogs foi fundada em Abril de 2005. Em Outubro de 2006 a Ghost Dogs foi convidada pela professora Eliete Murari do IC&T (Instituto de Canto e Tecnologia) para ser a banda

Leia mais

A fotografia de Jørgen Angel

A fotografia de Jørgen Angel A fotografia de Jørgen Angel Jørgen Angel (nascido em 1951, em Copenhagen na Dinamarca) trabalhou como fotógrafo profissional no cenário musical desde sua adolescência, no final dos anos 60, até o início

Leia mais

por ano para trocar o sangue. Page leu todos os livros do Aleister Crowley. Em 1977, eles já tinham se tornado a banda definitiva de iniciação.

por ano para trocar o sangue. Page leu todos os livros do Aleister Crowley. Em 1977, eles já tinham se tornado a banda definitiva de iniciação. O Led Zeppelin sempre foi complicado. Esse era o problema inicial deles. Os shows deles sempre tinham violência masculina. Isso foi um desvio nos anos 1970, que foi uma época muito estranha. Era uma anarquia

Leia mais

Fotos: Luís Antônio Rodrigues. No Perfil Ché & Colin

Fotos: Luís Antônio Rodrigues. No Perfil Ché & Colin Fotos: Luís Antônio Rodrigues No Perfil & Perfil Em meio às gravações no estúdio Brothers da Lua do músico, juntamente com o gravamos uma entrevista, onde eles nos contam como começou essa amizade e parceria,

Leia mais

DISCÓRDIA Biografias

DISCÓRDIA Biografias A L I C E DISCÓRDIA Biografias Afonso Alves // Voz - Já há algum tempo que queria escrever na língua em que sonho [visto que anteriormente escrevia maioritariamente em inglês]. O Diogo foi o primeiro reflexo

Leia mais

O Beat Beatles é um espetáculo musical que conta em detalhes a trajetória da banda mais importante de todos os tempo, os Beatles.

O Beat Beatles é um espetáculo musical que conta em detalhes a trajetória da banda mais importante de todos os tempo, os Beatles. The Beat Beatles www.beatbeatles.com.br A banda é formada por dois ex-integrantes da lendária banda Beatles 4ever. Fabio Colombini (John Lennon) e Ricardo Júnior (Paul McCartney) interpretaram juntos durante

Leia mais

Entrevista com Entrevista com Max Matta, vocalista da banda Caps Lock

Entrevista com Entrevista com Max Matta, vocalista da banda Caps Lock Entrevista com Entrevista com Max Matta, vocalista da banda Caps Lock POUCA E BOAS DA MARI - Max, você, o Sté e o Carlinhos tocam juntos desde 2003. Em 2005, o Thiago entrou na banda, foi quando surgiu

Leia mais

PHELIPE AGNELLI. Baterista Percussionista Compositor. Músico Brasileiro!

PHELIPE AGNELLI. Baterista Percussionista Compositor. Músico Brasileiro! PHELIPE AGNELLI Baterista Percussionista Compositor Músico Brasileiro 1 ENTREVISTA "Inspirando e sendo inspirado" Phelipe Agnelli é músico e compositor, nascido a 50 minutos de São Paulo, na cidade de

Leia mais

DENIS WARREN. Entrevista

DENIS WARREN. Entrevista Entrevista texto e entrevista: Luciano Vieira Entrevistamos o guitarrista brasileiro radicado em Londres, para saber sobre sua carreira, seus projetos e também as diferenças entre ser músico no Brasil

Leia mais

TIME FOR FUN ANUNCIA SHOWS NO BRASIL DO G3, TRIO DE GUITARRISTAS FORMADO POR JOE SATRIANI, JOHN PETRUCCI E STEVE MORSE

TIME FOR FUN ANUNCIA SHOWS NO BRASIL DO G3, TRIO DE GUITARRISTAS FORMADO POR JOE SATRIANI, JOHN PETRUCCI E STEVE MORSE TIME FOR FUN ANUNCIA SHOWS NO BRASIL DO G3, TRIO DE GUITARRISTAS FORMADO POR JOE SATRIANI, JOHN PETRUCCI E STEVE MORSE Apresentações acontecem em outubro no Rio de Janeiro, dia 11 e em São Paulo, dia 12

Leia mais

Conteúdos: Gêneros musicais: Rock. Revisão. Avaliação

Conteúdos: Gêneros musicais: Rock. Revisão. Avaliação Conteúdos: Gêneros musicais: Rock Revisão Avaliação Habilidades: Valorizar as diversas culturas musicais, especialmente as brasileiras Habilidades: Reconhecer e utilizar com propriedade diversas técnicas

Leia mais

Colégio Ofelia Fonseca IDENTIDADE DO HEAVY METAL

Colégio Ofelia Fonseca IDENTIDADE DO HEAVY METAL Colégio Ofelia Fonseca IDENTIDADE DO HEAVY METAL Ilan Dayan São Paulo, Brasil 2012 1 Ilan Dayan IDENTIDADE DO HEAVY METAL Trabalho realizado e apresentado sob a orientação do Professor Henrique, da disciplina

Leia mais

FORTALECENDO A MÃO ESQUERDA

FORTALECENDO A MÃO ESQUERDA FORTALECENDO A MÃO ESQUERDA Muitas vezes, quando nós guitarristas estamos tocando, sentimos um certo cansaço na mão esquerda. Isso nos atrapalha principalmente na hora de fazer solos que exigem um nível

Leia mais

Entrevista com Atomic Fear

Entrevista com Atomic Fear Entrevista com Atomic Fear 1- Quando a Atomic Fear diz que foge dos lugares comuns em suas composições, oque vocês realmente desejam expressar? Que não nos preocupamos em seguir determinadas tendências,

Leia mais

RELEASE. Ficha Técnica: Sá - Baixo Pedrão - Vocal Mamorra - Guitarra Cesar - Bateria

RELEASE. Ficha Técnica: Sá - Baixo Pedrão - Vocal Mamorra - Guitarra Cesar - Bateria RELEASE Band a MÁXI MA CULPA Ficha Técnica: Sá - Baixo Pedrão - Vocal Mamorra - Guitarra Cesar - Bateria Contatos com Mamorra- 58550420-9595-7909 (vivo) mamorra@gmail.com.br WWW.MAXIMACULPA.COM.BR Release

Leia mais

Escalas I. Escalas - I. Escala Pentatônica Menor e Escala Penta-blues. Assista a aula completa em: http://www.youtube.com/watch?

Escalas I. Escalas - I. Escala Pentatônica Menor e Escala Penta-blues. Assista a aula completa em: http://www.youtube.com/watch? Escalas - I Escala Pentatônica Menor e Escala Penta-blues Assista a aula completa em: http://www.youtube.com/watch?v=ek0phekndbu Sumário Introdução Escalas Musicais...0 Escala Pentatônica Menor Histórico

Leia mais

Currículo Referência em Música Ensino Médio

Currículo Referência em Música Ensino Médio Currículo Referência em Música Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas - Conhecer a área de abrangência profissional da arte e suas características; - Reconhecer e valorizar

Leia mais

sobre nós, fazendo uma 'revolução' altamente benéfica para a nossa missão, afirma Eraldo Mattos.

sobre nós, fazendo uma 'revolução' altamente benéfica para a nossa missão, afirma Eraldo Mattos. A BANDA Inovação e qualidade. Essas duas palavras resumem bem o trabalho e a história de um dos maiores fenômenos da música católica no Brasil: a banda Anjos de Resgate. Percorrendo todo o Brasil e lotando

Leia mais

estoril Saiba mais sobre as atrações!

estoril Saiba mais sobre as atrações! Realização A Petrúcio Maia chega à sua sétima edição em 2015 como um dos eventos mais importantes para a cena autoral de Fortaleza. A Mostra é uma homenagem a um dos maiores compositores cearenses! Saiba

Leia mais

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO MARIO SALES SANTOS CAMPO HARMÔNICO São Paulo 2013 SUMARIO O QUE É O CAMPO HARMÔNICO... 02 OUTROS CAMPOS MAIORES... 03 HARMONIZAÇÃO PELO C.H E DICA DE COMPOSIÇÃO... 05 O QUE

Leia mais

O GRUPO PROCURAM INSTIGAR AS PESSOAS PARA NOSSA REALIDADE SOCIAL E AMBIENTAL

O GRUPO PROCURAM INSTIGAR AS PESSOAS PARA NOSSA REALIDADE SOCIAL E AMBIENTAL PORTFOLIO O GRUPO O GRUPO Fruto de pesquisas sonoras com materiais alternativos como lixo e sucata, o grupo VIDA SECA se forma em 2004, relendo ritmos brasileiros, africanos e latino-americanos, com influências

Leia mais

APRESENTAÇÃO. www.radiomisturebaonline.com.br

APRESENTAÇÃO. www.radiomisturebaonline.com.br APRESENTAÇÃO www.radiomisturebaonline.com.br O que é a rádio MISTUREBA on-line? A rádio MISTUREBA on-line é voltada para divulgação sócio-cultural, musical e esportiva. cultural. A rádio MISTUREBA on-line

Leia mais

PLANO DE PATROCÍNIO 2015. Depto. de Marketing e Pesquisa Depto. de Marketing Pesquisa

PLANO DE PATROCÍNIO 2015. Depto. de Marketing e Pesquisa Depto. de Marketing Pesquisa PLANO DE PATROCÍNIO 2015 Depto. de Marketing e Pesquisa Depto. de Marketing Pesquisa O SEGMENTO LIGHT A Rede Transamérica Light atinge o público pertencente às classes AB, acima de 25 anos, formador de

Leia mais

TÍTULO: VÁRIAS VARIÁVEIS: O BRASIL DOS ANOS 80 PELAS MÚSICAS DO ENGENHEIROS DO HAWAII

TÍTULO: VÁRIAS VARIÁVEIS: O BRASIL DOS ANOS 80 PELAS MÚSICAS DO ENGENHEIROS DO HAWAII Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: VÁRIAS VARIÁVEIS: O BRASIL DOS ANOS 80 PELAS MÚSICAS DO ENGENHEIROS DO HAWAII CATEGORIA: EM

Leia mais

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades?

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades? A Estação Pilh@ também traz uma entrevista com Rodrigo Teaser, cover do Michael Jackson reconhecido pela Sony Music. A seguir, você encontra os ingredientes da longa história marcada por grandes shows,

Leia mais

Este projeto estará acessível a todos que tiverem interesse e disponibilidade. Piano Booster: Musical Instrumental Midi. Deu trabalho pra fazer!

Este projeto estará acessível a todos que tiverem interesse e disponibilidade. Piano Booster: Musical Instrumental Midi. Deu trabalho pra fazer! Partituras Digitais com opções de vários tipos de leitura facilitada, com letras símbolos das notas, ou de modo convencional. Antes de tudo, você deverá e precisara ter á técnica de solo, do tipo de instrumento

Leia mais

JUVENTUDE PERDIDA: METAL, CONSERVADORISMO E PRECONCEITO NA DÉCADA DE 1980. Palavras-chaves: heavy metal, juventude, conservadorismo.

JUVENTUDE PERDIDA: METAL, CONSERVADORISMO E PRECONCEITO NA DÉCADA DE 1980. Palavras-chaves: heavy metal, juventude, conservadorismo. JUVENTUDE PERDIDA: METAL, CONSERVADORISMO E PRECONCEITO NA DÉCADA DE 1980 Reubert Marques Pacheco Universidade Federal de Goiás/ Campus Catalão (Aluno graduação) Orientadora: Profa. Dra. Márcia Pereira

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

QUEM É ALICE CAYMMI? >> www.alicecaymmi.com.br

QUEM É ALICE CAYMMI? >> www.alicecaymmi.com.br QUEM É ALICE CAYMMI? A cantora e compositora carioca Alice Caymmi nasceu no dia 17 de março de 1990, na cidade do Rio de Janeiro. Neta de Dorival Caymmi, a musicista compõe desde os dez anos e começou

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

(Never give out your password or credit card number in an instant message conversation)

(Never give out your password or credit card number in an instant message conversation) Nada mais adeqüado do que usar a web para uma entrevista de uma edição da fluxo que tem como tema principal os meios digitais de comunicação e produção de informação; foi exatamente isso que fizemos para

Leia mais

CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO

CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO Nos encontramos na música O AfroReggae e a Natura acreditam na cultura. Por isso, estamos juntos mais uma vez para revelar talentos e dar voz aos jovens

Leia mais

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO Rebeca Vieira de Queiroz Almeida Faculdade Saberes Introdução O presente texto é um relato da experiência do desenvolvimento do projeto

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

Numa recente e longa entrevista concedida para a rede de emissoras rádio via satélite AMERICAN SAT, o cantor PAULINHO BOCA lembrou dos fatos mais

Numa recente e longa entrevista concedida para a rede de emissoras rádio via satélite AMERICAN SAT, o cantor PAULINHO BOCA lembrou dos fatos mais Numa recente e longa entrevista concedida para a rede de emissoras rádio via satélite AMERICAN SAT, o cantor PAULINHO BOCA lembrou dos fatos mais importantes que marcaram a trajetória da MPB nos últimos

Leia mais

BONGO. Prefácio. Aprender rapidamente e de forma fácil

BONGO. Prefácio. Aprender rapidamente e de forma fácil BONGO Aprender rapidamente e de forma fácil Página 1 Prefácio Com este guia de aprendizagem, passado pouco tempo conseguirás tocar as primeiras batidas no teu bongo. A combinação de manual e CD é ideal

Leia mais

Programação Geral. Música Regional Brasileira. A música do Brasil - Seg/Dom 6h.

Programação Geral. Música Regional Brasileira. A música do Brasil - Seg/Dom 6h. Programação Geral Música Regional Brasileira A música do Brasil - Seg/Dom 6h. Programa destinado a divulgar a música típica das regiões do Brasil. Toca os grandes mestres da música nordestina e mostra

Leia mais

Planificação MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS

Planificação MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS Sessão n.º 1 1- Apresentação do projeto: objectivos e finalidades; 2- Apresentação dos objetivos e finalidades; 3- Música Timorense (He-le-le);

Leia mais

PROJETO FAZENDO ARTE ESPÍRITA

PROJETO FAZENDO ARTE ESPÍRITA 1. IDENTIFICAÇÃO PROJETO FAZENDO ARTE ESPÍRITA Elaborado pelos jovens, participantes da COJEDF de 2004 Executante: Diretoria de Infância e Juventude/DIJ da Federação Espírita do Distrito Federal/FEDF Previsão

Leia mais

Primeiro Disco Com 12 faixas,

Primeiro Disco Com 12 faixas, Bande Dessinée Misto de retrô e contemporâneo, a Bande Dessinée trouxe nos ares para a cena musical Pernambucana. Marcada por influências da música francesa e inspirada no universo da música pop dos anos

Leia mais

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdiadasmaes 6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Apresentamos uma seleção com 6 dinâmicas de grupo para o Dia das Mães, são atividades que podem

Leia mais

e como tocar a escala menor harmônica.

e como tocar a escala menor harmônica. 36 - Guitar Class - Fevereiro 2003 Guitar Class - Vamos começar falando sobre como surgiu o seu interesse pela música... Eduardo - Minha família sempre foi muito musical. Minha mãe era cantora profissional,

Leia mais

5 201 O LI Ó RTF PO 1

5 201 O LI Ó RTF PO 1 1 PORTFÓLIO 2015 Um pouco da trajetória do Colégio Ação1 QUANDO TUDO COMEÇOU 1993 Experientes profissionais fundaram, no bairro do Méier, a primeira unidade da rede Ação1. O foco do trabalho era a preparação

Leia mais

ANTONIO LOUREIRO. www.boranda.com.br/antonioloureiro

ANTONIO LOUREIRO. www.boranda.com.br/antonioloureiro ANTONIO LOUREIRO www.boranda.com.br/antonioloureiro O compositor e multi-instrumentista Antonio Loureiro chega ao segundo álbum solo apostando na liberdade do improviso e defendendo uma criação musical

Leia mais

TECLADO. (aula 1) O Teclado é um instrumento musical eletrônico, composto por teclas onde simulam sons de forma digital! Origem do Instrumento

TECLADO. (aula 1) O Teclado é um instrumento musical eletrônico, composto por teclas onde simulam sons de forma digital! Origem do Instrumento TECLADO (aula 1) O Teclado é um instrumento musical eletrônico, composto por teclas onde simulam sons de forma digital! Origem do Instrumento O Piano e o Órgão são os instrumentos musicais mais tradicionais

Leia mais

A Banda. Beatlemania formada há 8 anos, surgiu de encontros de músicos experientes e, acima de tudo, admiradores da obra dos Beatles.

A Banda. Beatlemania formada há 8 anos, surgiu de encontros de músicos experientes e, acima de tudo, admiradores da obra dos Beatles. RELEASE A Banda Beatlemania formada há 8 anos, surgiu de encontros de músicos experientes e, acima de tudo, admiradores da obra dos Beatles. A Música dos Beatles Carrega fortes mensagens de paz e amor

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DINIS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DINIS 1 NOTA INTRODUTÓRIA Programa Música - AEC (1º e 2º Ano - 1º CEB) (Adaptação do Programa do 1º Ciclo Plano da Meloteca) No âmbito da Expressão e Educação Musical, ao abrigo do Despacho n.º 9265-B/2013,

Leia mais

NEWS LETTER. Rock in Rio 2015 por Lucy Carvalho NESTA EDIÇÃO ED 11. Shows & Entretenimento. Fine Arts

NEWS LETTER. Rock in Rio 2015 por Lucy Carvalho NESTA EDIÇÃO ED 11. Shows & Entretenimento. Fine Arts NEWS LETTER... ED 11 NESTA EDIÇÃO Rock in Rio 2015 Shows & Entretenimento - Rock in Rio 2015 - Vamps - All Time Low - 43rd WorldSkills Competition - OTC Brasil Fine Arts - Frieze Masters Nos 30 anos de

Leia mais

450 ano da Música no Rio de Janeiro na Sala de Aula

450 ano da Música no Rio de Janeiro na Sala de Aula 450 ano da Música no Rio de Janeiro na Sala de Aula Caderno do professor Criado a partir da Cartilha Piano Brasil VII do maestro Ricardo Prado (gentilmente cedida por Cíntia Pereira-Delphos Produções www.delphosproducoes.com)

Leia mais

LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL

LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DAS VELAS LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO 1 DO ENSINO BÁSICO CE 1 CE 5 CE 8 CE 12 CE 14 Interpretação e comunicação

Leia mais

ROCK NA SALA DE AULA: A MÚSICA COMO INSTRUMENTO METODOLÓGICO NAS AULAS DE HISTÓRIA 1

ROCK NA SALA DE AULA: A MÚSICA COMO INSTRUMENTO METODOLÓGICO NAS AULAS DE HISTÓRIA 1 ROCK NA SALA DE AULA: A MÚSICA COMO INSTRUMENTO METODOLÓGICO NAS AULAS DE HISTÓRIA 1 Jussara Hilario dos Santos UFMS 2 Introdução Desde o surgimento do rock nos anos 50, os assuntos que envolvem o gênero

Leia mais

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA PROJETO DE LEI N o 1372, DE 2007 Institui o Dia Nacional do Rock e dá outras providências. Autor: Deputado Nelson Pellegrino Relatora: Deputada Elcione Barbalho I RELATÓRIO

Leia mais

Iniciação à PNL. www.cursosbrasil.com.br. Produção. Parte 2. Jimmy L. Mello. www.brasilpnl.com.br. www.brasilpnl.com.br

Iniciação à PNL. www.cursosbrasil.com.br. Produção. Parte 2. Jimmy L. Mello. www.brasilpnl.com.br. www.brasilpnl.com.br Serie: Cursos Profissionalizantes Brasil PNL Formação em "Programação neurolingüística" (PNL) Curso Gratuito Produção www.cursosbrasil.com.br Iniciação à PNL Parte 2 Jimmy L. Mello Distribuição gratuita

Leia mais

de 20, à criação do samba no Rio de Janeiro ou ao cinema novo. Ao mesmo tempo procurei levar em conta as aceleradas transformações que ocorriam nesta

de 20, à criação do samba no Rio de Janeiro ou ao cinema novo. Ao mesmo tempo procurei levar em conta as aceleradas transformações que ocorriam nesta 5 Conclusão A década de 70 foi com certeza um período de grande efervescência para a cultura brasileira e em especial para a música popular. Apesar de ser muito difícil mensurar a constituição de um termo

Leia mais

(PI): 01 - O 01 (A1):

(PI): 01 - O 01 (A1): Tema do Projeto: Composição Musical em Banda Pop/Rock em contexto extracurricular Que aprendizagens e motivações são desenvolvidas no projeto de composição de canções a partir de sequências harmónicas

Leia mais

A PROPOSTA SOLINHO 1 : DESENVOLVENDO ASPECTOS MUSICAIS E SOCIAIS ATRAVÉS DA AULA DE VIOLÃO EM GRUPO. Igor Luiz Medeiros 2. igorluiz.m@hotmail.

A PROPOSTA SOLINHO 1 : DESENVOLVENDO ASPECTOS MUSICAIS E SOCIAIS ATRAVÉS DA AULA DE VIOLÃO EM GRUPO. Igor Luiz Medeiros 2. igorluiz.m@hotmail. A PROPOSTA SOLINHO 1 : DESENVOLVENDO ASPECTOS MUSICAIS E SOCIAIS ATRAVÉS DA AULA DE VIOLÃO EM GRUPO Igor Luiz Medeiros 2 igorluiz.m@hotmail.com Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Artes, Filosofia

Leia mais

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas.

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas. ESCOLA MUNICIPAL BUENA VISTA Goiânia, 19 de junho de 2013. - Turma: Mestre de Obras e Operador de computador - 62 alunos 33 responderam ao questionário Orientador-formador: Marilurdes Santos de Oliveira

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

Notas de Campo (1) - 01-10-2014

Notas de Campo (1) - 01-10-2014 Notas de Campo (1) - 01-10-2014 Presença de 13 alunos na aula. A apresentação do projeto educativo aos alunos decorreu dentro das Expetativas. Foram apresentados os objetivos e estratégias a serem trabalhadas

Leia mais

WORKSHOP INTRODUÇÃO À MÚSICA

WORKSHOP INTRODUÇÃO À MÚSICA WORKSHOP INTRODUÇÃO À MÚSICA INTRODUÇÃO Nos dias de hoje, é quase impensável querermos uma televisão a preto e branco em deterimento de uma televisão a cores e acontece porque a partir do momento em que

Leia mais

O Manifesto do Samba Rock

O Manifesto do Samba Rock O Manifesto do Samba Rock Por José Xavier Introdução O samba rock é dançado nas periferias da capital paulista desde meados dos anos 60. Essa cultura propagada por dançarinos entusiasmados ao longo de

Leia mais

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma?

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma? O que é um Pocket Show? Apesar de não ter limite de tempo, definimos Pocket Show como uma apresentação curta, em média 40 minutos, ou, em caso de bandas com muitos membros, uma apresentação com número

Leia mais

Brújula Volume 10 Spring 2015. Topographies. Santiago Nazarian e a literatura brasileira underground. Alexandre Lima University of Texas at Austin

Brújula Volume 10 Spring 2015. Topographies. Santiago Nazarian e a literatura brasileira underground. Alexandre Lima University of Texas at Austin Brújula Volume 10 Spring 2015 Topographies Santiago Nazarian e a literatura brasileira underground Alexandre Lima University of Texas at Austin Santiago Nazarian é um escritor brasileiro, além de tradutor

Leia mais

Release Principais shows Clipping 1 Clipping 2 Clipping 3 Mapa de palco Input List Discografia Demo clipe Contato

Release Principais shows Clipping 1 Clipping 2 Clipping 3 Mapa de palco Input List Discografia Demo clipe Contato Release Principais shows Clipping 1 Clipping 2 Clipping 3 Mapa de palco Input List Discografia Demo clipe Contato A banda surgiu em 2005 na cidade de Moreno (PE) através de uma reunião organizada entre

Leia mais

Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida. por Caio Amon. Imagens Sonoras. A Expansão da Imagem pelo Som

Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida. por Caio Amon. Imagens Sonoras. A Expansão da Imagem pelo Som Imagens Sonoras por Caio Amon A Expansão da Imagem pelo Som Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida Aprenda a produzir som e trilha para seus projetos. Imagens Sonoras A Expansão

Leia mais

tudo tem seu tempo Poesias e pensamentos de Ernesto Wenth Filho e Juliano Simão

tudo tem seu tempo Poesias e pensamentos de Ernesto Wenth Filho e Juliano Simão tudo tem seu tempo Poesias e pensamentos de Ernesto Wenth Filho e Juliano Simão Ribeirão Preto, SP 2013 IELD Locação, Edição e Vendas de Livros Ltda. Rua Amadeu Amaral, 340 cj 42 Vila Seixas Ribeirão Preto-SP

Leia mais

PREFEITURA DE PORTEIRINHA DIRETORIA MUNICIPAL DE CULTURA REGULAMENTO FESTIVAL DE MÚSICA EDIÇÃO 2013

PREFEITURA DE PORTEIRINHA DIRETORIA MUNICIPAL DE CULTURA REGULAMENTO FESTIVAL DE MÚSICA EDIÇÃO 2013 A PREFEITURA DE PORTEIRINHA POR MEIO DA DIRETORIA DE CULTURA faz saber, para conhecimento dos artistas da música do município de Porteirinha, que estão abertas as inscrições para o FESTIVAL DE MÚSICA EDIÇÃO

Leia mais

A CONTRACULTURA NA MÚSICA DOS ANOS 60 - SCRIPT DO JOGRAL

A CONTRACULTURA NA MÚSICA DOS ANOS 60 - SCRIPT DO JOGRAL 1 DEPARTAMENTO DE LETRAS E ARTES LICENCIATURA EM LETRAS COM A LÍNGUA INGLESA LITERATURA BRASILEIRA JOÃO BOSCO DA SILVA (prof.bosco.uefs@gmail.com) A CONTRACULTURA NA MÚSICA DOS ANOS 60 - SCRIPT DO JOGRAL

Leia mais

JF Folia 2011 10 anos

JF Folia 2011 10 anos JF Folia 2011-10 anos A Bahia é aqui! Uma festa diferente, uma micareta que Juiz de Fora nunca viu. Essa é a promessa do JF Folia edição 2011, que este ano completa 10 anos de folia, ininterruptos. A festa

Leia mais

DVD's junho de 2009 preços sujeitos a alteração sem aviso prévio. CodMusimed Autor Título R$ Editora Instrume

DVD's junho de 2009 preços sujeitos a alteração sem aviso prévio. CodMusimed Autor Título R$ Editora Instrume CodMusimed Autor Título R$ Editora Instrume DVD000047 JESUS,CARLINHOS DE APRENDA A DANÇAR COM CARLINHOS DE JESUS APRENDA MUSICA. 29,00 DVD000127. BLUE JEANS MAGIC SLIM APRENDA MUSICA. 32,00 DVD000159 GUARNIERI,M.CAMARGO

Leia mais

MODELOS CLÁSSICOS DE GUITARRA

MODELOS CLÁSSICOS DE GUITARRA MODELOS CLÁSSICOS DE GUITARRA Na hora de comprar uma guitarra, é muito comum surgir a dúvida: Qual modelo comprar?, principalmente quando se trata da sua primeira guitarra. Por isso, hoje estamos começando

Leia mais

Pedimos a cinco profissionais para criar a capa de um álbum fictício

Pedimos a cinco profissionais para criar a capa de um álbum fictício 60 Project three Promotion and packaging Foto Nelson Alves Jr. Livraria Cultura - Conjunto Nacional Desafio de design Pedimos a cinco profissionais para criar a capa de um álbum fictício Dentro do diverso

Leia mais

www.sylviopassos.com/putosbrothersband

www.sylviopassos.com/putosbrothersband v BLUES N ROLL v FORMADA EM 2010 COM A PROPOSTA DE MÚSICA AUTORAL, A PUTOS BROTHERS BAND VEM FAZENDO GRANDE SUCESSO NAS APRESENTAÇÕES EM CASAS NOTURNAS E BARES COM SHOWS MEMORÁVEIS EM CURITIBA, GOIÂNIA,

Leia mais

CD (13 11 & 15 2014 2002 20.000 1999, 2015 2 CD

CD (13 11 & 15 2014 2002 20.000 1999, 2015 2 CD A banda ABLUESADOS representa hoje, dentro do circuito musical de Goiás, a principal referência na execução dentro de um estilo pouco valorizado: o Blues. As conquistas conseguidas pela banda e principalmente

Leia mais

Lucas Zanella. Collin Carter. & A Civilização Sem Memórias

Lucas Zanella. Collin Carter. & A Civilização Sem Memórias Lucas Zanella Collin Carter & A Civilização Sem Memórias Sumário O primeiro aviso...5 Se você pensa que esse livro é uma obra de ficção como outra qualquer, você está enganado, isso não é uma ficção. Não

Leia mais

1 Acadêmico, formando do Curso de Licenciatura com Habilitação em Música da UDESC. 2 Professora Mestra do Departamento de Música da UDESC.

1 Acadêmico, formando do Curso de Licenciatura com Habilitação em Música da UDESC. 2 Professora Mestra do Departamento de Música da UDESC. 1 O ensino de música extracurricular na Escola Técnica Federal em Florianópolis/SC: relato de experiência sobre uma oficina de improvisação musical realizada Maycon José de Souza 1 Universidade do Estado

Leia mais

O básico da Guitarra - Aula 6 J. Junior. Acordes Básicos

O básico da Guitarra - Aula 6 J. Junior. Acordes Básicos O básico da Guitarra - Aula 6 J. Junior Acordes Básicos Muitas vezes, o que mexe com a gente e nos faz querer tocar guitarra é aquele solo ou riff do guitarrista da nossa banda favorita, mas devemos saber

Leia mais

COMO LER E ESCREVER PARTITURAS - I

COMO LER E ESCREVER PARTITURAS - I COMO LER E ESCREVER PARTITURAS - I ALTURAS Philippe Lobo 03 Introdução Um pouco de História 06 Conhecimentos Preliminares Contextualização Teórica Cordas Soltas + Escala Cromática 08 Entendendo a Pauta

Leia mais

2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL]

2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL] 2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL] Plano Anual de Expressão Musical Ano Letivo 2012/2013 Introdução: Esta atividade pretende que os alunos fortaleçam o gosto natural pela expressão musical

Leia mais

Deutsche Welle Learning By Ear Aprender de Ouvido Empregos 08: Música

Deutsche Welle Learning By Ear Aprender de Ouvido Empregos 08: Música Deutsche Welle Learning By Ear Aprender de Ouvido Empregos 08: Música Texto: Sam Olukoya Redacção: Ulrich Neumann, Maja Dreyer Tradução: Madalena Sampaio 1 Voz para Intro e Outro (Voz 1) 1 Narrador (Voz

Leia mais

Jovem Guarda além do iê-iê-iê: Estilo de vida jovem nos anos 1960. Maíra Zimmermann. No período relativo ao segundo pós-guerra, com o avanço da

Jovem Guarda além do iê-iê-iê: Estilo de vida jovem nos anos 1960. Maíra Zimmermann. No período relativo ao segundo pós-guerra, com o avanço da Jovem Guarda além do iê-iê-iê: Estilo de vida jovem nos anos 1960 Maíra Zimmermann Data da defesa: 15/MAIO/2009 Instituição: Centro Universitário Senac No período relativo ao segundo pós-guerra, com o

Leia mais

APOSTILA DO CURSO. Parabéns por ter se cadastrado no curso online da D Music House!

APOSTILA DO CURSO. Parabéns por ter se cadastrado no curso online da D Music House! APOSTILA DO CURSO Parabéns por ter se cadastrado no curso online da D Music House! A partir de agora você entrará em contato com o primeiro e melhor curso de violão e guitarra via internet do Mundo! Atenção:

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

Introdução. Alexandre Francischini

Introdução. Alexandre Francischini Introdução Alexandre Francischini SciELO Books / SciELO Livros / SciELO Libros FRANCISCHINI, A. Laurindo Almeida: dos trilhos de Miracatu às trilhas em Hollywood [online]. São Paulo: Editora UNESP; São

Leia mais

O futuro do YouTube - VEJA.com

O futuro do YouTube - VEJA.com Entrevista O futuro do YouTube 29/08/2009 10:49 Por Leo Branco Nesta semana, Chad Hurley, de 32 anos, um dos criadores do YouTube, esteve no Brasil e falou a VEJA sobre o futuro do maior site de vídeos

Leia mais

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico O Dia D e a culturalização de um posicionamento estratégico 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE Centro Universitário Franciscano uma universidade para suas aspirações Santa Maria é um polo educacional

Leia mais

Apresentação Reinaldo Arias

Apresentação Reinaldo Arias Apresentação Reinaldo Arias 2011 Projeto musical Música para envolver, encantar e integrar. Essa é a proposta do músico, produtor e compositor Reinaldo Arias. Artista atuante, gravou, produziu e compôs

Leia mais

PELA PRIMEIRA VEZ EM BRASÍLIA O SHOW DE CELEBRAÇÃO DO CENTENÁRIO DE FRANK SINATRA. Salute to Sinatra

PELA PRIMEIRA VEZ EM BRASÍLIA O SHOW DE CELEBRAÇÃO DO CENTENÁRIO DE FRANK SINATRA. Salute to Sinatra PELA PRIMEIRA VEZ EM BRASÍLIA O SHOW DE CELEBRAÇÃO DO CENTENÁRIO DE FRANK SINATRA Salute to Sinatra Show celebra o centenário de Frank Sinatra através das emocionantes interpretações do cantor britânico

Leia mais

As consequências. Brasilidade

As consequências. Brasilidade O inicio No fim do século passado surgiu no cenário musical norte americano uma fusão chamada acid jazz, onde a harmonia e a melodia sofisticada do jazz encontravam os beats derivados do rap e do funk,

Leia mais

18 - A surpresa... 175 19 A fuga... 185 20 O atraso... 193 21 Vida sem máscaras... 197 22 - A viagem... 209 23 - A revelação...

18 - A surpresa... 175 19 A fuga... 185 20 O atraso... 193 21 Vida sem máscaras... 197 22 - A viagem... 209 23 - A revelação... Sumário Agradecimentos... 7 Introdução... 9 1 - Um menino fora do seu tempo... 13 2 - O bom atraso e o vestido rosa... 23 3 - O pequeno grande amigo... 35 4 - A vingança... 47 5 - O fim da dor... 55 6

Leia mais

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE Mesmo não acreditando na Educação Criativa, o professor pode fazer uma experiência para ver o resultado. É o caso da professora deste relato. Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br

Leia mais

TIME FOR FUN TRAZ ROBERT PLANT, ST. VINCENT, FOSTER THE PEOPLE E BASTILLE, ATRAÇÕES DO LOLLAPALOOZA

TIME FOR FUN TRAZ ROBERT PLANT, ST. VINCENT, FOSTER THE PEOPLE E BASTILLE, ATRAÇÕES DO LOLLAPALOOZA TIME FOR FUN TRAZ ROBERT PLANT, ST. VINCENT, FOSTER THE PEOPLE E BASTILLE, ATRAÇÕES DO LOLLAPALOOZA Enviado por BENEDITA COMUNICAÇÃO 13-Jan-2015 PQN - O Portal da Comunicação BENEDITA COMUNICAÇÃO - 13/01/2015

Leia mais

TEMAS PARA BANCAS DE PSS ÁREA DE MÚSICA TODOS OS PROFESSORES DEVERÃO APRESENTAR O PLANO DE AULA PROCESSO SELETIVO

TEMAS PARA BANCAS DE PSS ÁREA DE MÚSICA TODOS OS PROFESSORES DEVERÃO APRESENTAR O PLANO DE AULA PROCESSO SELETIVO TEMAS PARA BANCAS DE PSS ÁREA DE MÚSICA TODOS OS PROFESSORES DEVERÃO APRESENTAR O PLANO DE AULA PROCESSO SELETIVO Componente Curricular OBOÉ FAGOTE FLAUTA TRANSVERSAL Temas respiração, aplicados ao ensino

Leia mais

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita!

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Hum, essa não é uma novidade. As outras também eram de certa forma inéditas, uma vez que o layout era baseado na estrutura dos Gurus, mas vamos lá,

Leia mais

Roda de conversa 6 Moderadores: Sergio Molina e Adriana Terahata Participantes: Carlos Sandroni e Ivan Vilela

Roda de conversa 6 Moderadores: Sergio Molina e Adriana Terahata Participantes: Carlos Sandroni e Ivan Vilela A música do Brasil e do mundo Moderadores: Sergio Molina e Adriana Terahata Participantes: Carlos Sandroni e Ivan Vilela Sergio Molina Projeto A Música na Escola, roda de conversa número seis vai discutir

Leia mais

1º FEMASF FESTIVAL DE MUSICA DA ASSOCIAÇÃO SABESP - FRANCA

1º FEMASF FESTIVAL DE MUSICA DA ASSOCIAÇÃO SABESP - FRANCA Regulamento TÍTULO 1 - DA PROMOÇÃO: O 1 FEMASF FESTIVAL DE MUSICA DA ASSOCIAÇÃO SABESP -, promovido pela ASSOCIAÇÃO SABESP Departamento de Franca, através de sua diretoria Cultural, terá apenas uma categoria,

Leia mais

Agradecimentos. Encarte e letras disponíveis em www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music. Uma empresa que pensa no futuro.

Agradecimentos. Encarte e letras disponíveis em www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music. Uma empresa que pensa no futuro. Agradecimentos Hoje e sempre a Deus!! Ele tem o tempo perfeito, Sua vontade é boa e agradável. A liderança da Igreja Batista Nova Jerusalém pelo constante discipulado e amor. Aos nossos familiares, que

Leia mais

Do meio das árvores secas da floresta escura emer giu o maníaco com a máscara de pele humana. Motosserra em mãos, desceu-a entre as pernas do pobre

Do meio das árvores secas da floresta escura emer giu o maníaco com a máscara de pele humana. Motosserra em mãos, desceu-a entre as pernas do pobre 1 Do meio das árvores secas da floresta escura emer giu o maníaco com a máscara de pele humana. Motosserra em mãos, desceu-a entre as pernas do pobre paraplégico, cortando-o ao meio, assim como a sua cadeira

Leia mais

Relatório de atividades Socioambientais

Relatório de atividades Socioambientais Relatório de atividades Socioambientais Ação 1: Apresentação da programação da Feira do Empreendedor 2014 às instituições da comunidade do entorno do SESI. Realização: Amazônia Socioambiental Equipe Técnica

Leia mais

KRAFTWERK, O GRUPO DE MÚSICA ELETRÔNICA POP MAIS IMPORTANTE DA HISTÓRIA, GANHA BIOGRAFIA INÉDITA EM PORTUGUÊS.

KRAFTWERK, O GRUPO DE MÚSICA ELETRÔNICA POP MAIS IMPORTANTE DA HISTÓRIA, GANHA BIOGRAFIA INÉDITA EM PORTUGUÊS. KRAFTWERK, O GRUPO DE MÚSICA ELETRÔNICA POP MAIS IMPORTANTE DA HISTÓRIA, GANHA BIOGRAFIA INÉDITA EM PORTUGUÊS. Considerada tão ou mais influente que os Beatles no cenário musical do século XX, a banda

Leia mais