Uma Ontologia para Estruturação da Informação Contida em Laudos Radiológicos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Uma Ontologia para Estruturação da Informação Contida em Laudos Radiológicos"

Transcrição

1 Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Uma Ontologia para Estruturação da Informação Contida em Laudos Radiológicos Luana P. Annibal, Natália A. Rosa, Paulo M. Azevedo-Marques, José A. Baranauskas, Joaquim C. Felipe

2 Roteiro Introdução Proposta Metodologia Resultados Discussão e Conclusões Agradecimentos 1

3 Roteiro Introdução Proposta Metodologia Resultados Discussão e Conclusões Agradecimentos 2

4 Introdução Aumento de informações digitais Prontuário Eletrônico do Paciente(PEP) Desafio Texto aberto versus interfaces rígidas, de preenchimento padronizado e pré-definido Texto = dado não estruturado 3

5 Roteiro Introdução Proposta Metodologia Resultados Discussão e Conclusões Agradecimentos 4

6 Proposta Estudo do domínio léxico e semântico Ontologia e Modelagem de uma base de dados Estruturação das descrições textuais de laudos utilizando computação não intrusiva 5

7 Roteiro Introdução Proposta Metodologia Resultados Discussão e Conclusões Agradecimentos 6

8 Metodologia Base de laudos - HCFMRP Região Exame Descrição do exame Conclusão exame Joelho Direito Ressonância Magnética Estruturas ósseas regionais com morfologia e intensidade de sinal preservados. Cartilagem articular com espessura e sinal conservados. Tendões patelar e do quadríceps e demais estruturas do aparelho extensor sem alterações. Ligamentos cruzados anterior e posterior, bem como os colaterais lateral e medial com forma, orientação e intensidade de sinal habituais. Meniscos lateral, com forma, contornos e intensidade de sinal normais. Laceração na transição corpo-corno posterior do menisco medial, com deslocamento da porção central para incisura intercondilar, porção periféria de aspecto irregular. Pequena quantidade de líquido livre intrarticular. Observa-se distensão da bursa gastrocnêmiosemimenbranosa medial por coleção líquida. 1. Ruptura do menisco medial (alça de balde) 2. Cisto de baker. 3. Pequeno derrame articular 7

9 Metodologia Estudo de caso Ressonância Magnética de Joelho Tomografia Computadorizada de Crânio Ultra-sonografia de Rim 8

10 Metodologia Domínio Léxico Laudo modelo com alto nível descritivo de informação Relacionamentos entre termos componentes dos laudos Hierarquia 9

11 Metodologia Ontologia Demonstração explícita e estrutural Conceitos, Termos e relacionamentos Elaborando e compartilhando um vocabulário comum entre seus usuários Ontologia Proposta Representação de exames radiológicos e seus respectivos achados, diagnósticos e outros elementos descritos em laudos Modelagem da base de dados 10

12 Roteiro Introdução Proposta Metodologia Resultados Discussão e Conclusões Agradecimentos 11

13 Resultados Ontologia Protégé com a linguagem OWL Nove classes relacionadas entre si Característica da Modalidade, Diagnóstico, Entidade Anatômica, Estado, Modalidade, Laudo, Observação, Região Anatômica e Sentença. Sete relacionamentos eh_caracterizada_por, refere-se, eh_caracteristica_de, esta_presente, possui, examina, gera 12

14 Resultados Modelo da ontologia 14

15 Resultados Modelagem da base de dados 15

16 Roteiro Introdução Proposta Metodologia Resultados Discussão e Conclusões Agradecimentos 16

17 Discussão e Conclusões Sistemas computacionais obtenham um nível inicial de semântica Esta ontologia pode ser utilizada para outras modalidades e entidades anatômicas Trabalhos futuros: Ferramenta para estruturação de laudos - mineração de texto Ferramenta de busca complexa Ferramenta de auxílio ao diagnóstico Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina Este trabalho viabiliza o desenvolvimento de um ambiente computacional não-intrusivo para o armazenamento de laudos estruturados sem que no entanto seja retirada a liberdade dos radiologistas 17

18 Roteiro Introdução Proposta Metodologia Resultados Discussão e Conclusões Agradecimentos 18

19 Agradecimentos Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (Centro de Ciências das Imagens e Física Médica) 19

20 Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Uma Ontologia para Estruturação da Informação Contida em Laudos Radiológicos Luana P. Annibal, Natália A. Rosa, Paulo M. Azevedo-Marques, José A. Baranauskas, Joaquim C. Felipe

Possibilita excelente avaliação e análise morfológica, com diferenciação espontânea para :

Possibilita excelente avaliação e análise morfológica, com diferenciação espontânea para : JOELHO JOELHO RM do Joelho Possibilita excelente avaliação e análise morfológica, com diferenciação espontânea para : ligamentos, meniscos e tendões músculos, vasos e tecido adiposo osso cortical ( hipointenso

Leia mais

ONTOLOGIA DE DOMÍNIO PARA ANÁLISE DE BLOGS

ONTOLOGIA DE DOMÍNIO PARA ANÁLISE DE BLOGS Centro Universitário Feevale ONTOLOGIA DE DOMÍNIO PARA ANÁLISE DE BLOGS Fernando Mertins Prof. Orientador: Rodrigo Rafael Villarreal Goulart Dezembro de 2007 Roteiro da Apresentação Introdução Objetivos

Leia mais

LESOES MENISCAIS Ricardo Yabumoto Curitiba, 09 de Abril de 2007 Introdução Forma aproximada de C Integram o complexo biomecânico do joelho Servem de extensões da tíbia para aprofundar as superfícies articulares,

Leia mais

Lesões Traumáticas dos Membros Inferiores

Lesões Traumáticas dos Membros Inferiores Prof André Montillo Lesões Traumáticas dos Membros Inferiores Lesões do Joelho: Lesões de Partes Moles: Lesão Meniscal: Medial e Lateral Lesão Ligamentar: o Ligamentos Cruzados: Anterior e Posterior o

Leia mais

Resolução CFM Nº 2107 DE 25/09/2014 Publicado no DO em 17 dez 2014

Resolução CFM Nº 2107 DE 25/09/2014 Publicado no DO em 17 dez 2014 Resolução CFM Nº 2107 DE 25/09/2014 Publicado no DO em 17 dez 2014 Define e normatiza a Telerradiologia e revoga a Resolução CFM nº 1890/09, publicada no D.O.U. de 19 janeiro de 2009, Seção 1, p. 94-5p

Leia mais

INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA MUSCULO-ESQUELÉTICA

INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA MUSCULO-ESQUELÉTICA INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA MUSCULO-ESQUELÉTICA Prof. Rodrigo Aguiar O sistema músculo-esquelético é formado por ossos, articulações, músculos, tendões, nervos periféricos e partes moles adjacentes. Em grande

Leia mais

SELEÇÃO EXTERNA DE PROFESSORES. Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO

SELEÇÃO EXTERNA DE PROFESSORES. Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO SELEÇÃO EXTERNA DE PROFESSORES Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO A coordenadora do curso de Medicina, Profa. Alessandra Duarte Clarizia, nos termos das regras fixadas pela Pró-Reitoria de Graduação do

Leia mais

29/08/2011. Radiologia Digital. Princípios Físicos da Imagem Digital 1. Mapeamento não-linear. Unidade de Aprendizagem Radiológica

29/08/2011. Radiologia Digital. Princípios Físicos da Imagem Digital 1. Mapeamento não-linear. Unidade de Aprendizagem Radiológica Mapeamento não-linear Radiologia Digital Unidade de Aprendizagem Radiológica Princípios Físicos da Imagem Digital 1 Professor Paulo Christakis 1 2 Sistema CAD Diagnóstico auxiliado por computador ( computer-aided

Leia mais

Hospitalares(HIS) com o. e Arquivamento de Imagens Médicas(PACS) Serviço de Informática - SINFO

Hospitalares(HIS) com o. e Arquivamento de Imagens Médicas(PACS) Serviço de Informática - SINFO Integração do Sistema de Informações Hospitalares(HIS) com o Sistema de Transmissão, Distribuição e Arquivamento de Imagens Médicas(PACS) Serviço de Informática - SINFO Instituto tuto do Coração de São

Leia mais

Uma ontologia para a representação do domínio de agricultura familiar na arquitetura AgroMobile. Roger Alves Prof. Me.

Uma ontologia para a representação do domínio de agricultura familiar na arquitetura AgroMobile. Roger Alves Prof. Me. Uma ontologia para a representação do domínio de agricultura familiar na arquitetura AgroMobile Roger Alves Prof. Me. Vinícius Maran O que é uma ontologia? Palavra vinda do grego, advinda da união entre

Leia mais

FERRAMENTA PARA CRIAÇÃO DE BASES DE CONHECIMENTO NA FORMA DE ONTOLOGIA OWL A PARTIR DE DADOS NÃO ESTRUTURADOS

FERRAMENTA PARA CRIAÇÃO DE BASES DE CONHECIMENTO NA FORMA DE ONTOLOGIA OWL A PARTIR DE DADOS NÃO ESTRUTURADOS FERRAMENTA PARA CRIAÇÃO DE BASES DE CONHECIMENTO NA FORMA DE ONTOLOGIA OWL A PARTIR DE DADOS NÃO ESTRUTURADOS Aluno: Allan Renato Sabino Orientador: Roberto Heinzle Roteiro Introdução; Objetivos; Fundamentação

Leia mais

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO (Bacharelado)

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO (Bacharelado) UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO (Bacharelado) SISTEMA INTERNO INTEGRADO PARA CONTROLE DE TAREFAS INTERNAS DE UMA EMPRESA DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Lesoes Osteoarticulares e de Esforco

Lesoes Osteoarticulares e de Esforco Lesoes Osteoarticulares e de Esforco Dr.Roberto Amin Khouri Ortopedia e Traumatologia Ler/Dort Distúrbio osteoarticular relacionado com o trabalho. Conjunto heterogênio de quadros clínicos que acometem:

Leia mais

Sandro Reginaldo Presidente da SBOT-GO

Sandro Reginaldo Presidente da SBOT-GO ORTOPÉDICA PARA O JORNALISTA ESPORTIVO AGRADECIMENTOS Secretaria Municipal de Esporte e Lazer Agradecemos o apoio imprescindível do presidente da Associação Brasileira de Traumatologia Desportiva e médico

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1890/2009

RESOLUÇÃO CFM Nº 1890/2009 RESOLUÇÃO CFM Nº 1890/2009 (Publicada no D.O.U. de 19 jan 2009, Seção I, pg. 94-5) Define e normatiza a Telerradiologia O CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA, no uso das atribuições conferidas pela lei nº. 3.

Leia mais

Estruturação da. Prontuário rio Eletrônico do Paciente

Estruturação da. Prontuário rio Eletrônico do Paciente Estruturação da Evolução Clínica para o Prontuário rio Eletrônico do Paciente Éderson Antonio Gomes Dorileo Thiago Martini da Costa Marcelo Ponciano da Silva Prof. Dr. Joaquim Cezar Felipe X Congresso

Leia mais

Resolução CFBM Nº 234 DE 05/12/2013

Resolução CFBM Nº 234 DE 05/12/2013 Resolução CFBM Nº 234 DE 05/12/2013 Publicado no DO em 19 dez 2013 Dispõe sobre as atribuições do biomédico habilitado na área de imagenologia, radiologia, biofísica, instrumentação médica que compõe o

Leia mais

BANDAGEM FUNCIONAL. Prof. Thiago Y. Fukuda

BANDAGEM FUNCIONAL. Prof. Thiago Y. Fukuda BANDAGEM FUNCIONAL Prof. Thiago Y. Fukuda INTRODUÇÃO (BANDAGEM) Refere-se à aplicação de algum tipo de fita protetora que adere à pele de determinada articulação. A bandagem quando aplicada corretamente,

Leia mais

LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR

LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR Anatomia O ligamento cruzado anterior (LCA) é um dos ligamentos mais importantes para a estabilidade do joelho. Considerado um ligamento intra-articular, sua função

Leia mais

Proposta de um Padrão de Metadados Para Imagens Médicas

Proposta de um Padrão de Metadados Para Imagens Médicas Proposta de um Padrão de Metadados Para Imagens Médicas Fabio Massao Hasegawa 1,2, João Paulo Aires 1,3 1 UTFPR - Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus Ponta Grossa Av. Monteiro Lobato, Km

Leia mais

Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde)

Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde) Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde) Demonstrativo de retorno: modelo formal de representação e descrição documental do padrão TISS sobre o pagamento dos eventos assistenciais realizados

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX 1. Nome do Curso e Área de Conhecimento: Curso de Especialização em Diagnóstico por Imagem do Tórax 4.01.00.00-6

Leia mais

Radiologia Brasileira ISSN 0100-3984 versão impressa

Radiologia Brasileira ISSN 0100-3984 versão impressa Radiologia Brasileira ISSN 0100-3984 versão impressa Radiol Bras v.37 n.3 São Paulo maio/jun. 2004 RELATO DE CASO Resolução espontânea de lesão em alça de balde do menisco medial: relato de caso e revisão

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRA HIERARQUIZADA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS

CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRA HIERARQUIZADA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRA HIERARQUIZADA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS Montagem: Dr. Jorge Utaliz Silveira - Diretor da AMRIGS Sra. Maria da Graça Gonzalez Schneider Gerente de Defesa Profissional AMRIGS Conceito:

Leia mais

Recuperação de imagens médicas em bases de dados distribuídas

Recuperação de imagens médicas em bases de dados distribuídas Recuperação de imagens médicas em bases de dados distribuídas Vágner Nepumuceno Guimarães Orient.: Paulo Eduardo Ambrósio Introdução O avanço tecnológico vem influenciando cada vez mais na área médica.

Leia mais

II CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA E IMAGINOLOGIA UNIVERSIDADE PAULISTA CAMPUS DE BRASÍLIA CRONOGRAMA DOS MÓDULOS

II CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA E IMAGINOLOGIA UNIVERSIDADE PAULISTA CAMPUS DE BRASÍLIA CRONOGRAMA DOS MÓDULOS II CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA E IMAGINOLOGIA UNIVERSIDADE PAULISTA CAMPUS DE BRASÍLIA CRONOGRAMA DOS MÓDULOS MÓDULO MÊS DATAS I OUTUBRO/NOVEMBRO/07 29, 30, 31/10, 01/11 II DEZEMBRO/07

Leia mais

Projeto FlexiGrid IWA. Sistema de Armazenamento e Comunicação de Imagens

Projeto FlexiGrid IWA. Sistema de Armazenamento e Comunicação de Imagens Projeto FlexiGrid IWA Sistema de Armazenamento e Comunicação de Imagens Aristófanes C. Silva Danilo Launde Lúcio Dias Roteiro PACS Definição Infra-Estrutura Camadas Problemas Soluções DICOM IWA Histórico

Leia mais

ESTUDO SOBRE SOFTWARE DE VISUALIZAÇÃO DE IMAGENS MÉDICAS DIGITAIS: INVESALIUS

ESTUDO SOBRE SOFTWARE DE VISUALIZAÇÃO DE IMAGENS MÉDICAS DIGITAIS: INVESALIUS ESTUDO SOBRE SOFTWARE DE VISUALIZAÇÃO DE IMAGENS MÉDICAS DIGITAIS: INVESALIUS ADRIANY DA S. CARVALHO * EDUILSON LÍVIO NEVES DA C. CARNEIRO ** Resumo. O presente trabalho se propõe, através de uma revisão

Leia mais

Sistema Gerenciador de Clínica Médica Automatizando a Clínica Cardiomed Implantação

Sistema Gerenciador de Clínica Médica Automatizando a Clínica Cardiomed Implantação Sistema Gerenciador de Clínica Médica Automatizando a Clínica Cardiomed Implantação Acadêmico: Giuliano Márcio Stolf Orientador: Ricardo Alencar de Azambuja Apresentação Clínica médica SI na área da saúde

Leia mais

DENSIDADE. Aspecto Anatômico

DENSIDADE. Aspecto Anatômico Prof André Montillo O Fator Determinante para Definir uma Imagem DENSIDADE São as Variadas Densidades dos Tecidos Orgânicos que Reproduzem as Diferentes Imagens nos Exames por Imagem Aspecto Anatômico

Leia mais

Engenharia Biomédica. Profissão do Presente e do Futuro

Engenharia Biomédica. Profissão do Presente e do Futuro Engenharia Biomédica Profissão do Presente e do Futuro Formada por 7 campi Campus Barueri Campus Santana Campus Monte alegre Campus Ipiranga Campus Sorocaba Campus Marques de Paranaguá O que é engenharia?

Leia mais

Roteiro. BCC321 - Banco de Dados I. Conceitos Básicos. Conceitos Básicos. O que é um banco de dados (BD)?

Roteiro. BCC321 - Banco de Dados I. Conceitos Básicos. Conceitos Básicos. O que é um banco de dados (BD)? Roteiro BCC321 - Banco de Dados I Luiz Henrique de Campos Merschmann Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto luizhenrique@iceb.ufop.br www.decom.ufop.br/luiz Conceitos Básicos Banco

Leia mais

INTEGRAÇÃO DOS HOSPITAIS, AMBULATÓRIOS E CENTROS PÚBLICOS DE SAÚDE DO ESTADO COM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE IMAGENS MÉDICAS

INTEGRAÇÃO DOS HOSPITAIS, AMBULATÓRIOS E CENTROS PÚBLICOS DE SAÚDE DO ESTADO COM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE IMAGENS MÉDICAS INTEGRAÇÃO DOS HOSPITAIS, AMBULATÓRIOS E CENTROS PÚBLICOS DE SAÚDE DO ESTADO COM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE IMAGENS MÉDICAS Introdução O objetivo deste trabalho é apresentar um modelo de central de laudos

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Massas Nodulares, Classificação de Padrões, Redes Multi- Layer Perceptron.

PALAVRAS-CHAVE: Massas Nodulares, Classificação de Padrões, Redes Multi- Layer Perceptron. 1024 UMA ABORDAGEM BASEADA EM REDES PERCEPTRON MULTICAMADAS PARA A CLASSIFICAÇÃO DE MASSAS NODULARES EM IMAGENS MAMOGRÁFICAS Luan de Oliveira Moreira¹; Matheus Giovanni Pires² 1. Bolsista PROBIC, Graduando

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO MÉDICO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM/2015

PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO MÉDICO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO MÉDICO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM/2015 EDITAL Nº 01/2014 Com este edital, o Dr. Heraldo Belmont Rosas, responsável pelo Programa de Especialização

Leia mais

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DOS CARGOS

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DOS CARGOS DENOMINAÇÃO DO CARGO: AUXILIAR DE BIBLIOTECA NÍVEL DE CLASSIFICAÇÃO: C DESCRIÇÃO DE ATIVIDADES TÍPICAS DO CARGO: Organizar, manter e disponibilizar os acervos bibliográficos para docentes, técnicos e alunos;

Leia mais

NEWS: ARTIGOS CETRUS Ano VI Edição 59 Outubro 2014. O novo BI-RADS Ultrassonográfico (Edição 2013) - O que há de novo?

NEWS: ARTIGOS CETRUS Ano VI Edição 59 Outubro 2014. O novo BI-RADS Ultrassonográfico (Edição 2013) - O que há de novo? NEWS: ARTIGOS CETRUS Ano VI Edição 59 Outubro 2014 O novo BI-RADS Ultrassonográfico (Edição 2013) - O que há de novo? O novo BI-RADS Ultrassonográfico (Edição 2013) - O que há de novo? AUTORA Dra. Patrícia

Leia mais

Universidade da Beira Interior Curso Tecnologias e Sistemas de Informação Tecnologia dos Computadores 2011/2012. Docente: Grupo 10:

Universidade da Beira Interior Curso Tecnologias e Sistemas de Informação Tecnologia dos Computadores 2011/2012. Docente: Grupo 10: Universidade da Beira Interior Curso Tecnologias e Sistemas de Informação Tecnologia dos Computadores 2011/2012 Docente: Prof.Doutor Pedro Araújo Grupo 10: Luís Pinheiro nº26684 Artur Duque nº 25484 Níveis

Leia mais

Cirurgiã Dentista, Especialista em Radiologia, Especializanda em Ortodontia PLANO DE CURSO

Cirurgiã Dentista, Especialista em Radiologia, Especializanda em Ortodontia PLANO DE CURSO C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: RADIOLOGIA Código: ODO-14 Pré-requisito: ANATOMIA

Leia mais

Assessoria ao Cirurgião Dentista

Assessoria ao Cirurgião Dentista Assessoria ao Cirurgião Dentista Publicação mensal interna a Papaiz edição V setembro de 2014 Escrito por: Dr. André Simões, radiologista da Papaiz Diagnósticos Odontológicos por Imagem 11 3894 3030 papaizassociados.com.br

Leia mais

Linguagem de Programação Visual. Aula 2 Prof. Gleison Batista de Sousa

Linguagem de Programação Visual. Aula 2 Prof. Gleison Batista de Sousa Linguagem de Programação Visual Aula 2 Prof. Gleison Batista de Sousa Historico 50s Interfaces são painel de controles do hardware, usuário são engenheiros; 60-70s Interfaces são programas em linguagens

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro

Leia mais

Implantação de PACS com Suporte à Recuperação de Imagens Baseada em Conteúdo em Hospital Universitário

Implantação de PACS com Suporte à Recuperação de Imagens Baseada em Conteúdo em Hospital Universitário X CONGRESSO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA EM SAÚDE Implantação de PACS com Suporte à Recuperação de Imagens Baseada em Conteúdo em Hospital Universitário Autores: Edilson Carlos Caritá Enzo Seraphim Marcelo

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica

Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica Parecer de Aprovação MEC n 3.607, de 3 de dezembro de 2003 -D.O.U 4/12/2003 Diretora da Faculdade: Profª Vera Lucia

Leia mais

Sistemas de Informações Hospitalares Imagens Armazenamentos. Prof.: Edson Wanderley

Sistemas de Informações Hospitalares Imagens Armazenamentos. Prof.: Edson Wanderley Sistemas de Informações Hospitalares Imagens Armazenamentos Prof.: Edson Wanderley O que é um Sistema de Informação Hospitalar É um software que tem a finalidade de gerenciar um ou diversos setores de

Leia mais

TNR.ADRIANO LIMA E SILVA

TNR.ADRIANO LIMA E SILVA TNR.ADRIANO LIMA E SILVA HISTÓRICO CRIAÇÃO DA PROFISSÃO Lei n.º 7.394/85 REGULAMENTAÇÃO Decreto n.º 92.790/86 HISTÓRICO ATÉ 1990 PRATICAMENTE INEXISTIAM ESCOLAS NO PAÍS 1 Escola Técnica no RS 1991 inicio

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos LISTA DE DISCIPLINAS DA GRADUAÇÃO

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos LISTA DE DISCIPLINAS DA GRADUAÇÃO A B C Álgebra Linear Álgebra Linear Computacional Álgebra Linear II Algoritmos e Estrutura de Dados I Algoritmos e Estrutura de Dados II Algoritmos em Bioinformática Alteridade e Diversidade no Brasil

Leia mais

Sistema de Busca, Recuperação e Visualização de Imagens Médicas: Laudo Web

Sistema de Busca, Recuperação e Visualização de Imagens Médicas: Laudo Web Sistema de Busca, Recuperação e Visualização de Imagens Médicas: Laudo Web Edilson Carlos Caritá 1,2, André Luiz Mendes Matos 1, Paulo Mazzoncini de Azevedo Marques 1 1 Centro de Ciências das Imagens e

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

Curso Forense Computacional

Curso Forense Computacional Curso Forense Computacional Todos nossos cursos são preparados por mestres e profissionais reconhecidos no mercado de Segurança da Informação no Brasil e exterior. Os cursos são ministrados em português,

Leia mais

Patologias dos membros inferiores

Patologias dos membros inferiores Disciplina de Traumato-Ortopedia e Reumatologia Patologias dos membros inferiores Prof. Marcelo Bragança dos Reis Introdução Doenças do quadril Doenças do joelho Doenças do pé e tornozelo Introdução Doenças

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 2.107/2014

RESOLUÇÃO CFM Nº 2.107/2014 RESOLUÇÃO CFM Nº 2.107/2014 (Publicado no D.O.U. de 17 dez 2014, Seção I, p. 157-158) Define e normatiza a Telerradiologia e revoga a Resolução CFM nº 1890/09, publicada no D.O.U. de 19 janeiro de 2009,

Leia mais

Movimentos da articulação do joelho. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

Movimentos da articulação do joelho. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Movimentos da articulação do joelho Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Introdução Uma das mais complexas articulações do corpo humano. É composta por 3 articulações: 1. entre os côndilos mediais

Leia mais

SISTEMA GERENCIADOR DE BANCO DE DADOS

SISTEMA GERENCIADOR DE BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Ciência da Computação Prof. Alexandre Veloso de Matos alexandre.matos@udesc.br SISTEMA GERENCIADOR

Leia mais

PACS. III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica. Santa Casa de Porto Alegre, RS. 24 de Novembro de 2012

PACS. III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica. Santa Casa de Porto Alegre, RS. 24 de Novembro de 2012 PACS III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica Santa Casa de Porto Alegre, RS 24 de Novembro de 2012 III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica PACS - Agenda Histórico Workflow Modalidades

Leia mais

Implantação de PACS com Suporte à Recuperação de Imagens Baseada em Conteúdo em Hospital Universitário

Implantação de PACS com Suporte à Recuperação de Imagens Baseada em Conteúdo em Hospital Universitário Implantação de PACS com Suporte à Recuperação de Imagens Baseada em Conteúdo em Hospital Universitário Edilson Carlos Caritá 1, Enzo Seraphim 2, Marcelo Ossamu Honda 1, Paulo Mazzoncini de Azevedo Marques

Leia mais

BANCO DE IMAGENS PARA O ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA

BANCO DE IMAGENS PARA O ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA 9. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA (X) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( )

Leia mais

Ontologia Aplicada ao Desenvolvimento de Sistemas de Informação sob o Paradigma da Computação em Nuvem

Ontologia Aplicada ao Desenvolvimento de Sistemas de Informação sob o Paradigma da Computação em Nuvem Ontologia Aplicada ao Desenvolvimento de Sistemas de Informação sob o Paradigma da Computação em Nuvem Luiz Cláudio Hogrefe Orientador: Prof. Roberto Heinzle, Doutor Roteiro Introdução Fundamentação teórica

Leia mais

Novas Tecnologias para Construção do Prontuário Eletrônico do Paciente

Novas Tecnologias para Construção do Prontuário Eletrônico do Paciente Novas Tecnologias para Construção do Prontuário Eletrônico do Paciente Fabiane Bizinella Nardon 1, Sérgio Furuie 2, Umberto Tachinardi 3 Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina

Leia mais

A Câmara Municipal de Uruaçu, Estado de Goiás, aprova e eu, Prefeita Municipal, sanciono a seguinte Lei:

A Câmara Municipal de Uruaçu, Estado de Goiás, aprova e eu, Prefeita Municipal, sanciono a seguinte Lei: Lei nº 1.265 /2003 Uruaçu-Go., 11 de dezembro de 2003. Altera e dá nova redação a dispositivos da Lei nº 1000, de 16.12.97, e dá outras providências A Câmara Municipal de Uruaçu, Estado de Goiás, aprova

Leia mais

FUNDAÇÃO PIO XII - HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS APRIMORAMENTO EM RADIOLOGIA MAMÁRIA ( Fellowship ) EDITAL DE SELEÇÃO PARA O ANO DE 2014

FUNDAÇÃO PIO XII - HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS APRIMORAMENTO EM RADIOLOGIA MAMÁRIA ( Fellowship ) EDITAL DE SELEÇÃO PARA O ANO DE 2014 FUNDAÇÃO PIO XII - HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS APRIMORAMENTO EM RADIOLOGIA MAMÁRIA ( Fellowship ) EDITAL DE SELEÇÃO PARA O ANO DE 2014 EDITAL N.º 11/2013-IEP/HCB A Fundação Pio XII, Hospital do Câncer

Leia mais

Modelagem do Conhecimento para a Gestão de Processos e Projetos. Modelagem do Conhecimento para a Gestão de Processos e Projetos Prof.

Modelagem do Conhecimento para a Gestão de Processos e Projetos. Modelagem do Conhecimento para a Gestão de Processos e Projetos Prof. Modelagem do Conhecimento para a Gestão de Processos e Projetos 1 Objetivo Apresentação de modelo conceitual para a integração e recuperação de informações, disponíveis em ambientes internos ou externos,

Leia mais

RADIOLOGIA DIGITAL. Conceitos Básicos. Eizo Soluções Médicas

RADIOLOGIA DIGITAL. Conceitos Básicos. Eizo Soluções Médicas Eizo Soluções Médicas Conceitos Básicos RADIOLOGIA DIGITAL Entenda os conceitos, termos e a história da radiologia ; os benefícios, desafios e o futuro da radiologia digital INTRODUÇÃO Para profissionais

Leia mais

Conteúdo do curso de massagem desportiva

Conteúdo do curso de massagem desportiva Conteúdo do curso de massagem desportiva Massagem desportiva Vamos fazer uma massagem desportiva na pratica. A massagem desportiva pode denotar dois tipos diferentes de tratamento. Pode ser utilizada como

Leia mais

Entorse do. 4 AtualizaDOR

Entorse do. 4 AtualizaDOR Entorse do Tornozelo Tão comum na prática esportiva, a entorse pode apresentar opções terapêuticas simples. Veja como são feitos o diagnóstico e o tratamento desse tipo de lesão 4 AtualizaDOR Ana Paula

Leia mais

CRESEMS, CISCOPAR e 20ª. Regional de Saúde Toledo PR PROTOCOLOS CLÍNICOS ESPECIALIZADOS

CRESEMS, CISCOPAR e 20ª. Regional de Saúde Toledo PR PROTOCOLOS CLÍNICOS ESPECIALIZADOS CRESEMS, CISCOPAR e 20ª. Regional de Saúde Toledo PR PROTOCOLOS CLÍNICOS ESPECIALIZADOS ORTOPEDIA Pré-requisitos: História clínica detalhada; Exame físico completo; Exames complementares essenciais conforme

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE COLABORATIVO TIDIA-AE PELO GRUPO DE GERENCIAMENTO DO VOCABULÁRIO CONTROLADO DO SIBiUSP - BIÊNIO 2011-2013

UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE COLABORATIVO TIDIA-AE PELO GRUPO DE GERENCIAMENTO DO VOCABULÁRIO CONTROLADO DO SIBiUSP - BIÊNIO 2011-2013 UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE COLABORATIVO TIDIA-AE PELO GRUPO DE GERENCIAMENTO DO VOCABULÁRIO CONTROLADO DO SIBiUSP - BIÊNIO 2011-2013 Adriana Nascimento Flamino 1, Juliana de Souza Moraes 2 1 Mestre em Ciência

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 4 5 6 Etapas do Processo Seletivo Pág. 7 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR 1º SEMESTRE P101 Desenvolvimento Web 80 CE05 CE06 P102 Língua Portuguesa 40 CG08 CG13 P103 Algoritmos e Lógica de Programação 80

Leia mais

Fundamentos de Engenharia de Software Professor Rafael Escalfoni

Fundamentos de Engenharia de Software Professor Rafael Escalfoni Escola Superior de Gestão e Tecnologia Fundamentos de Engenharia de Software Professor Rafael Escalfoni Introdução a Engenharia de Software Aula 1 1 Fundamentos em Engenharia de Software Objetivos da disciplina

Leia mais

2 Imagens Médicas e Anatomia do Fígado

2 Imagens Médicas e Anatomia do Fígado 2 Imagens Médicas e Anatomia do Fígado Neste capítulo são apresentados os tipos de dados utilizados neste trabalho e a anatomia do fígado, de onde foram retiradas todas as heurísticas adotadas para segmentação

Leia mais

Manual Específico Unimed-Rio - TISS

Manual Específico Unimed-Rio - TISS UNIME D-RIO Manual Específico Unimed-Rio - TISS Área de Relacionamento com Hospitais Rio 2 PADRONIZAÇÃO DOS NOVOS FORMULÁRIOS QUE SERÃO UTILIZADOS PELOS PRESTADORES PARA ENVIO PARA A UNIMED-RIO. Estes documentos

Leia mais

Tópicos em Engenharia de Software (Optativa III) AULA 2. Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com (81 )9801-6619

Tópicos em Engenharia de Software (Optativa III) AULA 2. Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com (81 )9801-6619 Tópicos em Engenharia de Software (Optativa III) AULA 2 Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com (81 )9801-6619 Engenharia de Software Objetivo da aula Depois desta aula você terá uma revisão sobre o

Leia mais

Síndromes Dolorosas do Quadril: Bursite Trocanteriana Meralgia Parestésica

Síndromes Dolorosas do Quadril: Bursite Trocanteriana Meralgia Parestésica André Montillo UVA Anatomia do Quadril Anatomia do Quadril Síndromes Dolorosas do Quadril: Bursite Trocanteriana Meralgia Parestésica Definição: Bursite Trocanteriana É o Processo Inflamatório da Bursa

Leia mais

VISUALIZAÇÃO VOLUMÉTRICA DE EXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DA MAMA

VISUALIZAÇÃO VOLUMÉTRICA DE EXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DA MAMA PIBIC-UFU, CNPq & FAPEMIG Universidade Federal de Uberlândia Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação DIRETORIA DE PESQUISA VISUALIZAÇÃO VOLUMÉTRICA DE EXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DA MAMA Gabriel Jara

Leia mais

PROCESSO-CONSULTA CFM Nº 4.728/08 PARECER CFM Nº 10/09 INTERESSADO:

PROCESSO-CONSULTA CFM Nº 4.728/08 PARECER CFM Nº 10/09 INTERESSADO: PROCESSO-CONSULTA CFM Nº 4.728/08 PARECER CFM Nº 10/09 INTERESSADO: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem ASSUNTO: Tempo de guarda de exames radiológicos; RELATOR: responsabilidade

Leia mais

Peterson Azevedo Fernandes

Peterson Azevedo Fernandes Peterson Azevedo Fernandes Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3086479328976426 Última atualização do currículo em 23/01/2013 Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Leia mais

Universidade de Santa Cruz do Sul Departamento de Informática

Universidade de Santa Cruz do Sul Departamento de Informática Universidade de Santa Cruz do Sul Departamento de Informática II Seminário dos Grupos de Pesquisa da UNISC Ficha de Inscrição do Grupo de Pesquisa Sistemas Computacionais de Apoio à Educação Santa Cruz

Leia mais

Jorge Elias Jr Doutor em Medicina Coordenador do Centro de Ciências das Imagens e Física Médica da FMRP USP Professor da FMRP USP

Jorge Elias Jr Doutor em Medicina Coordenador do Centro de Ciências das Imagens e Física Médica da FMRP USP Professor da FMRP USP AMBIENTE COMPUTACIONAL PARA ENSINO DE RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM: SISTEMA TUTOR PARA TREINAMENTO DE RESIDENTES E LEVANTAMENTO DE TERMOS TÉCNICOS Marília Guimarães Pinheiro Doutora em Ciências

Leia mais

Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1

Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1 Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1 Aula 4 Introdução aos Sistemas Biométricos 1. Identificação, Autenticação e Controle

Leia mais

Em direção à portabilidade entre plataformas de Computação em Nuvem usando MDE. Elias Adriano - UFSCar Daniel Lucrédio - UFSCar

Em direção à portabilidade entre plataformas de Computação em Nuvem usando MDE. Elias Adriano - UFSCar Daniel Lucrédio - UFSCar Em direção à portabilidade entre plataformas de Computação em Nuvem usando MDE Elias Adriano - UFSCar Daniel Lucrédio - UFSCar III Workshop Brasileiro de Desenvolvimento de Software Dirigido por Modelos

Leia mais

PROCESSO N 988/2006 PROTOCOLO N.º 9.041.582-4 PARECER N.º 652/06 APROVADO EM 08/12/06 INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ALVO

PROCESSO N 988/2006 PROTOCOLO N.º 9.041.582-4 PARECER N.º 652/06 APROVADO EM 08/12/06 INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ALVO PROTOCOLO N.º 9.041.582-4 PARECER N.º 652/06 APROVADO EM 08/12/06 CÂMARA DE PLANEJAMENTO INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ALVO MUNICÍPIO: APUCARANA ASSUNTO: Renovação do Reconhecimento do Curso

Leia mais

SIS17-Arquitetura de Computadores

SIS17-Arquitetura de Computadores Sistema de Computação SIS17-Arquitetura de Computadores Apresentação da Disciplina Peopleware Hardware Software Carga Horária: 40 horas 2 Computadores atuais Unidade Central de Processamento Entrada Computadores

Leia mais

PACS - Um Conceito Obsoleto?

PACS - Um Conceito Obsoleto? Cyclops LAPIX - INE - UFSC PACS - Um Conceito Obsoleto? Dr rer nat Aldo von Wangenheim Projeto Cyclops Laboratório rio de Telemedicina Hospital Universitário rio Ernani de São Thiago Universidade Federal

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Introdução à Computação Noções básicas sobre arquitetura e organização de computadores Universidade Federal Rural de Pernambuco Professor: Abner Corrêa Barros abnerbarros@gmail.com Funções do computador

Leia mais

LP II Estrutura de Dados. Introdução e Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br

LP II Estrutura de Dados. Introdução e Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br LP II Estrutura de Dados Introdução e Linguagem C Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Considerações Gerais Introdução a Linguagem C Variáveis e C Tipos de

Leia mais

EXAME DO JOELHO. Inspeção

EXAME DO JOELHO. Inspeção EXAME DO JOELHO Jefferson Soares Leal O joelho é a maior articulação do corpo e está localizado entre os dois maiores ossos do aparelho locomotor, o fêmur e a tíbia. É uma articulação vulnerável a lesões

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO EDITAL N.º 195, DE 26 DE JULHO DE 2011 ANEXO I

CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO EDITAL N.º 195, DE 26 DE JULHO DE 2011 ANEXO I SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO EDITAL N.º 195, DE 26 DE JULHO DE 2011 ANEXO I REQUISITOS BÁSICOS PARA INVESTIDURA

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.823/2007 21-Nov-2007

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.823/2007 21-Nov-2007 RESOLUÇÃO CFM Nº 1.823/2007 21-Nov-2007 Foi publicada no Diário Oficial de 31 de agosto de 2007, RESOLUÇÃO CFM -1823/2007 que torna-se uma norma que trata da interface entre patologistas e demais médicos,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA GABINETE DA REITORIA EDITAL DE INCLUSÃO Nº 03 A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA (UFBA),

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA GABINETE DA REITORIA EDITAL DE INCLUSÃO Nº 03 A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA (UFBA), MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA GABINETE DA REITORIA EDITAL DE INCLUSÃO Nº 03 A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA (UFBA), no uso de suas atribuições estatutárias, tendo em vista

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.821/07 (Publicada no D.O.U. de 23 nov. 2007, Seção I, pg. 252)

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.821/07 (Publicada no D.O.U. de 23 nov. 2007, Seção I, pg. 252) RESOLUÇÃO CFM Nº 1.821/07 (Publicada no D.O.U. de 23 nov. 2007, Seção I, pg. 252) Aprova as normas técnicas concernentes à digitalização e uso dos sistemas informatizados para a guarda e manuseio dos documentos

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA ADMINISTRAÇÃO DA INFORMAÇÃO PROGRAMA GERAL. Módulo I Sociedade da informação 30 h. Módulo II Teoria das organizações 30 h

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA ADMINISTRAÇÃO DA INFORMAÇÃO PROGRAMA GERAL. Módulo I Sociedade da informação 30 h. Módulo II Teoria das organizações 30 h CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA ADMINISTRAÇÃO DA INFORMAÇÃO PROGRAMA GERAL Módulos Disciplinas Carga Horária Módulo I Sociedade da informação 30 h Módulo II Teoria das organizações 30 h Módulo III Redes sociais

Leia mais

CMS Cyclops Medical Station. Manual de Instalação

CMS Cyclops Medical Station. Manual de Instalação CMS Cyclops Medical Station Manual de Instalação CMS Cyclops Medical Station Manual de Instalação http://www.telemedicina.ufsc.br/cms/ mailto: cms@telemedicina.ufsc.br INE (telefone) +55 048 3331 9498

Leia mais

Programação para Computação

Programação para Computação Universidade Federal do Vale do São Francisco Programação para Computação Professor: Marcelo Santos Linder E-mail: marcelo.linder@univasf.edu.br Ementa Conceito de algoritmo. Lógica de programação e programação

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Conceito de Computador Um computador digital é

Leia mais

TÍTULO: INCIDÊNCIA DE LESÕES NO JOELHO NA POPULAÇÃO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO ENCAMINHADA PARA REABILITAÇÃO

TÍTULO: INCIDÊNCIA DE LESÕES NO JOELHO NA POPULAÇÃO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO ENCAMINHADA PARA REABILITAÇÃO TÍTULO: INCIDÊNCIA DE LESÕES NO JOELHO NA POPULAÇÃO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO ENCAMINHADA PARA REABILITAÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA INSTITUIÇÃO: UNIÃO

Leia mais

Sistemas Operacionais valnaide@dca.ufrn.br kliger@dca.ufrn.br affonso@dca.ufrn.br

Sistemas Operacionais valnaide@dca.ufrn.br kliger@dca.ufrn.br affonso@dca.ufrn.br Sistemas Operacionais valnaide@dca.ufrn.br kliger@dca.ufrn.br affonso@dca.ufrn.br INTRODUÇÃO O que é um sistema operacional? História dos sistemas operacionais Conceitos dos Sistemas Operacionais Estrutura

Leia mais

Aula 02 Modelagem de Dados. Banco de Dados. Aula 02 Modelagem de Dados. Superior /2011 Redes Computadores - Disciplina: Banco de Dados -

Aula 02 Modelagem de Dados. Banco de Dados. Aula 02 Modelagem de Dados. Superior /2011 Redes Computadores - Disciplina: Banco de Dados - Banco de Dados Aula 02 Modelagem de Dados Roteiro Definição Evolução Projeto de BD Abstração Esquema e Instância Definição É uma representação, normalmente gráfica, de estruturas de dados reais. Auxilia

Leia mais

Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados

Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados Orivaldo V. Santana Jr A partir de slides elaborados por Ivan G. Costa Filho Fernando Fonseca & Robson Fidalgo 1 Sistemas de Arquivos Sistemas de arquivos Principal

Leia mais