Atuação e Linhas de Financiamento do BNDES São Paulo Wireless 2ª edição

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Atuação e Linhas de Financiamento do BNDES São Paulo Wireless 2ª edição"

Transcrição

1 Atuação e Linhas de Financiamento do BNDES São Paulo Wireless 2ª edição Ludmila Colucci Departamento de Telecomunicações 25 de Março de 2009

2 Organização interna Secretaria Geral Conselho de Administração Presidente Luciano Coutinho Auditoria Ricardo Froes Área Jurídica Chefe de Gabinete Paulo Mattos Vice-Presidente Armando Mariante Diretor 1 João Carlos Ferraz Diretor 2 Wagner B. Oliveira Diretor 3 Maurício B. Lemos Diretor 4 Elvio Gaspar Diretor 5 Luiz Linck Dorneles Diretor 6 Eduardo Rath Fingerl Planejamento Infra-Estrutura Financeira Inclusão Social Tecnologia da Informação Mercado de Capitais Gestão de Riscos Insumos Básicos Operações Indiretas Crédito Recursos Humanos Capital Empreendedor Pesquisa Econômica Estruturação de Projetos Administração Gestão do Projeto AGIR Industrial Comércio Exterior

3 O BNDES E O SETOR DE TELECOM Financiamento às empresas para implantação de infra-estrutura

4 Financiamentos do BNDES Desembolsos BNDES : 92,2 R$ bilhões 64,9 38,2 35,1 40,0 47,1 52,3 23,4 25,

5 Participação % de Telecom nos desembolsos R$ bilhões 92,2 6% % 2% % BNDES % TELECOM

6 A Troca de Obrigações no PGMU - A Expansão da Banda Larga necessita de Infra-estrutura capilar de Transmissão (Backhaul) EXIT INTERNET Mundial Backbone Nacional GESAC Infra-estrutura de Transmissão para GESAC Infra-estrutura de Transmissão para Hospital INTERNET Local Infra-estrutura de Transmissão para Escola Hospital Escola

7 INCLUSÃO DIGITAL Chegada de backhaul a todos os municípios do país até 2010 Conexão em BL para todas as 56 mil escolas da sede dos municípios até 2010 Celulares 3G em todos os municípios maiores que 30 mil habitantes e em 60% dos municípios abaixo de 30 mil Leilão frequências WiMax

8 COBERTURA CELULAR Em 2007, dos Municípios, (33%) não tinham cobertura celular. Pelas regras do leilão de 3G, até 2010 todos os municípios terão cobertura. Região municípios % Nordeste ,4% Sul ,0% Norte ,8% Centro-Oeste 155 8,5% Sudeste 5 0,3% Total % Fonte: ANATEL, INEP, IBGE 2006

9 CONDIÇÕES DE APOIO À TELECOM Equipamentos (FINAME): TJLP + 0,9% + spread Risco Participação 100% - Tecnologia Nacional Participação 80% - PPB Participação de até 100%: ao custo TJ ,5% + spread de risco. Itens Financiáveis: TJ ,8% + spread risco Participação 60% Participação de até 100%: ao custo TJ ,5% + spread de risco.

10 PMAT Linha de Financiamento para Modernização da Administração Tributária e Gestão dos Setores Sociais Básicos

11 Objetivos PMAT Contribuir para a ampliação das receitas próprias do Município Controle dos gastos correntes e de investimentos Racionalização do uso dos recursos públicos Melhoria da qualidade do atendimento ao cidadão Maior transparência na ação governamental

12 Itens Financiáveis e Limites % Tecnologia da Informação e Equipamentos de Informática aquisição de hardware e de redes de computação e de comunicação e aquisição e desenvolvimento de software e sistemas de informação, inclusive para implantação e acesso à internet Capacitação de Recursos Humanos desenvolvimento de programas de treinamento, atualização e reciclagem de pessoal, participação em cursos e seminários e visitas técnicas; Serviços Técnicos Especializados execução de serviços para desenvolver atividades do projeto, inclusive sistemas de organização e gerência, base cadastral e de tecnologia da informação; Equipamentos de Apoio à Operação e Fiscalização aquisição de equipamentos operacionais, de comunicação e outros bens móveis e operacionais; Infra-estrutura Física adequação de ambientes físicos, através da melhoria de instalações e de programas operacionais e de atendimento ao cidadão. 35% 25% 35% 25% 20%

13 Carteira PMAT Brasil

14 Forma de Apoio: Direta Operações acima de R$ 6 milhões Municípios com mais de 333mil hab. Taxa de Juros: Custo Financeiro: TJLP Remuneração Básica do BNDES: 0,9% a.a. Taxa de Risco de Crédito: 1% a.a Taxa Flat (mandatário): Até 3% do valor liberado e pago a cada liberação. Prazos: Utilização e Carência: Até 2 anos Amortização: Até 6 anos Prazo Total: Até 8 anos Participação Máxima do BNDES: Até 90% dos itens financiáveis (Pop. > hab) Até 100% dos itens financiáveis (Pop. <= hab) Valor do Financiamento: Limitado, simultaneamente, a R$ 30 milhões ou R$18,00 por habitante

15 PMAT: Ações mais comuns Atendimento centralizado do contribuinte Sistema integrado de gestão tributária (cadastros) Geoprocessamento das bases de dados Otimização dos sistemas de cobrança e fiscalização Saúde: gestão de estoques (Farmácia) Saúde: marcação de consultas Saúde: prontuário eletrônico Educação: otimização na distribuição de vagas Assistência Social: Cadastro e gestão dos contratos

16 Semente para Cidades Digitais Rádios e celulares PMS Sincronização Semáforos Usuários PMS+Cidade Universidades e Hospitais Internet Grátis Educação à distância, Vídeo-Conferência, Tele-Saúde, TV IP Sensores, Câmeras Internas, e externas

17 Alguns exemplos de Cidades Digitais

18 Trâmite das Operações no BNDES Carta Consulta Enquadramento CONTRATAÇÃO: ENQUADRAMENTO: APRESENTAÇÃO ANÁLISE DO PROJETO: DO PROJETO: Solicitação de apoio, encaminhada ao Atendidas Departamento Após Relatório receber de todas Análise, a de Carta as Prioridades condições elaborado de Enquadramento prévias (DEPRI) pela área à verifica contratação, a operacional, empresa prepara é é as BNDES, pela empresa interessada. elaborado adequação informações submetido o à do instrumento e aprovação pedido a documentação, às prioridades contratual Diretoria sob a do de a ser orientação Banco. atuação firmado pelas da área partes. do operacional BNDES. do BNDES, e encaminha ao Banco. Nível de Aprovação: Análise do Projeto - Comitê de Prioridades, composto pelos Superintendentes das Áreas Operacionais. Contratação Apresentação do Projeto Acompanhamento/ Desembolso Verificação dos gastos realizados e acompanhamento físico do Projeto

19 MUITO OBRIGADA Ludmila Colucci Gerente AIE/DETEL Telefone: (0xx21) fax: (0xx21) Atendimento Empresarial Para consultas e informações sobre as linhas de apoio financeiro: Rio de Janeiro: (0xx21) São Paulo: (0xx11) Recife: (0xx81) Brasília: (0xx61) Marcelo Fernandes Gerente AS/PMAT Telefone: (0xx21) fax: (0xx21)

I FÓRUM REGIONAL DE CIDADES DIGITAIS DA FOZ DO RIO ITAJAÍ. Itajaí/SC Março/2015 BNDES PMAT

I FÓRUM REGIONAL DE CIDADES DIGITAIS DA FOZ DO RIO ITAJAÍ. Itajaí/SC Março/2015 BNDES PMAT I FÓRUM REGIONAL DE CIDADES DIGITAIS DA FOZ DO RIO ITAJAÍ Itajaí/SC Março/2015 BNDES PMAT O que é o PMAT? É uma modalidade de financiamento do BNDES que apoia projetos voltados à: Modernização da Administração

Leia mais

III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasilia, 7 a 9 de abril de 2015.

III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasilia, 7 a 9 de abril de 2015. III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasilia, 7 a 9 de abril de 2015. Apoio Específico aos Municípios Linha de Financiamento para Modernização

Leia mais

Qual município você quer?

Qual município você quer? Qual município você quer? A MAXCITY te ajudará a conseguir. Palestra de: Mosán Santos Consultor de Projetos Internacionais Seja a mudança que você quer no Mundo. Mahatma Gandhi O que todos os brasileiros

Leia mais

O BNDES mais perto de você. Apoio do BNDES para Biotecnologia e Indústria Farmaceútica. Belo Horizonte MG

O BNDES mais perto de você. Apoio do BNDES para Biotecnologia e Indústria Farmaceútica. Belo Horizonte MG Apoio do BNDES para Biotecnologia e Indústria Farmaceútica Belo Horizonte MG dezembro /2007 Missão do BNDES Promover o desenvolvimento econômico e social Redução das desigualdades sociais e regionais Geração

Leia mais

Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos Linha BNDES PMAT e Programa BNDES PMAT Automático

Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos Linha BNDES PMAT e Programa BNDES PMAT Automático Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos Linha BNDES PMAT e Programa BNDES PMAT Automático REGRAS GERAIS APLICÁVEL AO FINEM E AO AUTOMÁTICO Excluído o limite de

Leia mais

Apresentação Institucional Departamento de Bens de Capital - BNDES ABIMAQ 2014

Apresentação Institucional Departamento de Bens de Capital - BNDES ABIMAQ 2014 Apresentação Institucional Departamento de Bens de Capital - BNDES ABIMAQ 2014 Prioridades BNDES Infraestrutura logística e energética Infraestrutura urbana de saneamento e mobilidade. Modernização da

Leia mais

Novas Políticas Operacionais do BNDES - Apoio ao Setor de Petróleo e Gás

Novas Políticas Operacionais do BNDES - Apoio ao Setor de Petróleo e Gás Novas Políticas Operacionais do BNDES - Apoio ao Setor de Petróleo e Gás Mauricio dos Santos Neves Superintendente Área de Indústrias de Base Maio / 2017 Organização Interna Auditoria Interna Conselho

Leia mais

1. OBJETIVO 2. PARTICIPANTES

1. OBJETIVO 2. PARTICIPANTES ÍNDICE 1. OBJETIVO... 3 2. PARTICIPANTES... 3 3. ESTRUTURA DO PROGRAMA... 3 4. MONITORAMENTO DE RESULTADOS... 4 5. CONDIÇÕES DO PROGRAMA... 4 6. REQUISITOS... 6 2 1. OBJETIVO Constituição de programa de

Leia mais

Câmara dos Deputados. Comissão Especial de Telecomunicações PL 6.789/2013 DF, 25/08/2015

Câmara dos Deputados. Comissão Especial de Telecomunicações PL 6.789/2013 DF, 25/08/2015 Câmara dos Deputados Comissão Especial de Telecomunicações PL 6.789/2013 DF, 25/08/2015 UMA GRANDE EMPRESA BRASILEIRA Pioneira na prestação de serviços convergentes no país, oferece transmissão de voz

Leia mais

ROTEIRO BÁSICO LINHAS DE INVESTIMENTO DO BNDES Vigência:

ROTEIRO BÁSICO LINHAS DE INVESTIMENTO DO BNDES Vigência: 1. APRESENTAÇÃO. O Bandes é uma instituição financeira credenciada para atuar no repasse de recursos do BNDES, já com bastante tradição na operacionalização do crédito rural através dessa modalidade. Esse

Leia mais

O Saneamento Ambiental no BNDES: Estratégias de Financiamento ao Setor

O Saneamento Ambiental no BNDES: Estratégias de Financiamento ao Setor O Saneamento Ambiental no BNDES: Estratégias de Financiamento ao Setor Vanessa Duarte de Carvalho Deptº de Saneamento Ambiental do BNDES Belo Horizonte, 26 de novembro de 2010 Agenda RESÍDUOS SÓLIDOS BNDES

Leia mais

PMAT VITÓRIA - ES. Junho de Julho Gilson Fernando Cordeiro Silveira Gerente de Clientes e Negócios VIGOV\SUPUJ\GEPUB

PMAT VITÓRIA - ES. Junho de Julho Gilson Fernando Cordeiro Silveira Gerente de Clientes e Negócios VIGOV\SUPUJ\GEPUB PMAT VITÓRIA - ES Junho de 2017 Gilson Fernando Cordeiro Silveira Gerente de Clientes e Negócios VIGOV\SUPUJ\GEPUB Julho 2015 PMAT PMAT Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão

Leia mais

Seminário Climatização & Cogeração a Gás Natural

Seminário Climatização & Cogeração a Gás Natural Seminário Climatização & Cogeração a Gás Natural Linhas de Financiamentos - BNDES 12 de julho de 2012. Nelson Granthon Barata Gerente Departamento de Fontes Alternativas de Energia Área de Infraestrutura

Leia mais

Apresentação Institucional BNDES Departamento de Bens de Capital Programa BNDES ProBK

Apresentação Institucional BNDES Departamento de Bens de Capital Programa BNDES ProBK Apresentação Institucional BNDES Departamento de Bens de Capital Programa BNDES ProBK Fevereiro de 2016 Bruno Plattek bruno.plattek@bndes.gov.br Como apoiamos Tx. de Interm. Fin. Organização Interna Área

Leia mais

CIRCULAR N 12/2009. Rio de Janeiro, 09 de fevereiro de Ref.: Produto BNDES AUTOMÁTICO. Ass.: Programa Especial de Crédito PEC - BNDES

CIRCULAR N 12/2009. Rio de Janeiro, 09 de fevereiro de Ref.: Produto BNDES AUTOMÁTICO. Ass.: Programa Especial de Crédito PEC - BNDES CIRCULAR N 12/2009 Rio de Janeiro, 09 de fevereiro de 2009 Ref.: Produto BNDES AUTOMÁTICO Ass.: Programa Especial de Crédito PEC - BNDES O Superintendente da Área de Operações Indiretas, consoante Resolução

Leia mais

Novas Políticas Operacionais do BNDES - Apoio ao Setor de Petróleo e Gás. Luís André Sá D Oliveira Chefe de Departamento Gás e Petróleo Abril / 2017

Novas Políticas Operacionais do BNDES - Apoio ao Setor de Petróleo e Gás. Luís André Sá D Oliveira Chefe de Departamento Gás e Petróleo Abril / 2017 Novas Políticas Operacionais do BNDES - Apoio ao Setor de Petróleo e Gás Luís André Sá D Oliveira Chefe de Departamento Gás e Petróleo Abril / 2017 O BNDES na Estrutura da União República Federativa do

Leia mais

Protocolo de Intenção à CAIXA Financiamento (BNDES) - PMAT DO TOMADOR E DA ANÁLISE DE RISCO ATENDIMENTO À OPERAÇÃO STN

Protocolo de Intenção à CAIXA Financiamento (BNDES) - PMAT DO TOMADOR E DA ANÁLISE DE RISCO ATENDIMENTO À OPERAÇÃO STN 1 de 7 Áreas relacionadas Prefeitura Municipal Poder Executivo. Últimas alterações Revisão geral. Fluxo simplificado da operação de FINANCIAMENTO (BNDES) PMAT ETAPAS ANTERIORES AO PROJETO DE MODERNIZAÇÃO

Leia mais

Junho de Modelos de Financiamento aos Projetos de Energia Renovável

Junho de Modelos de Financiamento aos Projetos de Energia Renovável Junho de 2016 Modelos de Financiamento aos Projetos de Energia Renovável Líderes em Renováveis Investimentos em 2014 3 Source: Renewables 2015 Global Status Report (year base: 2014) Participação das renováveis

Leia mais

Agência do Paraná. Paulo Marques Ferreira. Analista econômico-financeiro e representante do BRDE na região Oeste do PR

Agência do Paraná. Paulo Marques Ferreira. Analista econômico-financeiro e representante do BRDE na região Oeste do PR Agência do Paraná Paulo Marques Ferreira Analista econômico-financeiro e representante do BRDE na região Oeste do PR O BRDE Região de atuação: MS - PR SC - RS Criado em 1961 por três estados da região

Leia mais

Soluções BNDES para pequenos negócios. Belo Horizonte - MG 20/06/2017

Soluções BNDES para pequenos negócios. Belo Horizonte - MG 20/06/2017 Soluções BNDES para pequenos negócios Belo Horizonte - MG 20/06/2017 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Operações Indiretas Instituição Financeira Credenciada Informação

Leia mais

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE AEROPORTOS

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE AEROPORTOS CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE AEROPORTOS FIESP CIESP Ricardo Cunha da Costa Assessor da Área de Infraestrutura BNDES Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social 24 de Abril de 2009 1 Missão e Visão

Leia mais

Apoio do BNDES a Pequenos e Médios Provedores de Internet

Apoio do BNDES a Pequenos e Médios Provedores de Internet Apoio do BNDES a Pequenos e Médios Provedores de Internet São José do Rio Preto - SP 29.setembro.2015 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Como apoiamos? Operações Indiretas

Leia mais

Seminário Investimentos em BIODIESEL

Seminário Investimentos em BIODIESEL Seminário Investimentos em BIODIESEL João Carlos Cavalcanti Superintendente da Área de Infra-estrutura do BNDES 16 de março de 2006 Agenda BNDES Formas de Atuação Programa de Financiamento para BNDES Formas

Leia mais

Alternativas de Financiamento da IP, a partir da COSIP

Alternativas de Financiamento da IP, a partir da COSIP Alternativas de Financiamento da IP, a partir da COSIP 25.04.2017 Classificação: Documento ostensivo Unidade Gestora: AGS/DEGEP Agenda Contextualização Estrutura COSIP Modelos de Negócios em Iluminação

Leia mais

PMAT Linha de Financiamento para a

PMAT Linha de Financiamento para a PMAT Linha de Financiamento para a Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Área de Inclusão Social Departamento

Leia mais

BNDES - Apresentação Institucional. Oportunidades para Investimentos na Indústria Química Brasileira Sinproquim 23 de abril de 2014

BNDES - Apresentação Institucional. Oportunidades para Investimentos na Indústria Química Brasileira Sinproquim 23 de abril de 2014 BNDES - Apresentação Institucional Oportunidades para Investimentos na Indústria Química Brasileira Sinproquim 23 de abril de 2014 Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952 Empresa pública de propriedade

Leia mais

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Rio de Janeiro Março de 2013

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Rio de Janeiro Março de 2013 Apoio do BNDES à Infraestrutura Rio de Janeiro Março de 2013 Aspectos Institucionais Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União; Instrumento chave para

Leia mais

BNDES. Experiência do BNDES no Financiamento ao Setor de Bens de Capital. Fabio Stefano Erber Diretor. Jose Oswaldo Barros de Souza Superintendente

BNDES. Experiência do BNDES no Financiamento ao Setor de Bens de Capital. Fabio Stefano Erber Diretor. Jose Oswaldo Barros de Souza Superintendente Experiência do no Financiamento ao Setor de Bens de Capital Fabio Stefano Erber Diretor Jose Oswaldo Barros de Souza Superintendente Haroldo Fialho Prates Chefe do DEPIP 14 de junho de 2004 Atuação Estratégica

Leia mais

O BNDES Apresentação Institucional Políticas Operacionais

O BNDES Apresentação Institucional Políticas Operacionais O BNDES Apresentação Institucional Políticas Operacionais 1 Aspectos institucionais Focos de apoio financeiro Formas de atuação Novas Políticas Operacionais do BNDES Políticas Operacionais e a Indústria

Leia mais

Diretrizes e programas prioritários do Ministério das Comunicações

Diretrizes e programas prioritários do Ministério das Comunicações Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) Diretrizes e programas prioritários do Ministério das Comunicações Paulo Bernardo Silva Ministro de Estado das Comunicações Brasília,

Leia mais

Março de BNDES e a Energia Elétrica. Apresentação para ABRAPCH

Março de BNDES e a Energia Elétrica. Apresentação para ABRAPCH Março de 2017 BNDES e a Energia Elétrica Apresentação para ABRAPCH Sistema BNDES // 2 Financiamentos de longo prazo BNDESPAR FINAME Participações Societárias Produção e Aquisição de Máquinas e Equipamentos

Leia mais

QUEM SOMOS? Longos prazos + Baixas taxas = CRÉDITO SUSTENTÁVEL

QUEM SOMOS? Longos prazos + Baixas taxas = CRÉDITO SUSTENTÁVEL Março/2017 QUEM SOMOS? Uma instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo, que promove o desenvolvimento sustentável por meio de operações de crédito consciente e de longo prazo para as pequenas,

Leia mais

Seminário de Crédito das Linhas do BNDES para Micro, Pequenas e Médias Empresas. Belo Horizonte - MG 01 de setembro de 2009

Seminário de Crédito das Linhas do BNDES para Micro, Pequenas e Médias Empresas. Belo Horizonte - MG 01 de setembro de 2009 Seminário de Crédito das Linhas do BNDES para Micro, Pequenas e Médias Empresas Belo Horizonte - MG 01 de setembro de 2009 Missão Banco do DESENVOLVIMENTO Competitividade e sustentabilidade Redução das

Leia mais

PRIORIDADES ESTRATÉGICAS DE UMA POLÍTICA MULTISSETORIAL DE TIC

PRIORIDADES ESTRATÉGICAS DE UMA POLÍTICA MULTISSETORIAL DE TIC PRIORIDADES ESTRATÉGICAS DE UMA POLÍTICA MULTISSETORIAL DE TIC Rio de Janeiro, 15 de Setembro de 2015 EDUARDO LEVY nas últimas duas décadas, as políticas públicas para o setor de telecomunicações enfatizaram:

Leia mais

Workshop ABDE - BNDES Operações indiretas e instrumentos BNDES para Economia Criativa

Workshop ABDE - BNDES Operações indiretas e instrumentos BNDES para Economia Criativa Workshop ABDE - BNDES Operações indiretas e instrumentos BNDES para Economia Criativa Rio de Janeiro, 13.05.2015 Política de Privacidade: Documento Reservado Empresas do Sistema BNDES - Unidade Gestora

Leia mais

BNDES/SEBRAE. Seminário de Crédito Teresina - PI Energias. 07 de dezembro de 2018

BNDES/SEBRAE. Seminário de Crédito Teresina - PI Energias. 07 de dezembro de 2018 BNDES/SEBRAE 1 Seminário de Crédito Teresina - PI Energias 07 de dezembro de 2018 2 Como apoiamos? e atuamos Operações Diretas Realizadas diretamente com o BNDES Operações Indiretas Realizadas por meio

Leia mais

Apresentação Institucional Departamento de Bens de Capital - BNDES. ABIMAQ fevereiro de 2014

Apresentação Institucional Departamento de Bens de Capital - BNDES. ABIMAQ fevereiro de 2014 Apresentação Institucional Departamento de Bens de Capital - BNDES ABIMAQ fevereiro de 2014 Prioridades BNDES Infraestrutura logística e energética Infraestrutura urbana de saneamento e mobilidade. Modernização

Leia mais

PLANO ESTRUTURAL DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES PERT 2018

PLANO ESTRUTURAL DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES PERT 2018 PLANO ESTRUTURAL DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES PERT 2018 PAINEL TELEBRASIL 2018 Sessão Temática 13 Novas Tecnologias: Uma Esperança Ameaçada Brasília, 22 de maio de 2018. Anatel Conselheiro Aníbal Diniz

Leia mais

Apoio do BNDES para a Cadeia de P&G -Programa BNDES P&G -

Apoio do BNDES para a Cadeia de P&G -Programa BNDES P&G - Apoio do BNDES para a Cadeia de P&G -Programa BNDES P&G - Departamento da Cadeia Produtiva de Petróleo e Gás - Área de Insumos Básicos Departamento Regional Sul Gabinete da Presidência (GP/DESUL) Abril

Leia mais

Seminário ABNT/BID Gestão dos Gases de Efeito Estufa. São Paulo, 04 de setembro de 2013

Seminário ABNT/BID Gestão dos Gases de Efeito Estufa. São Paulo, 04 de setembro de 2013 Seminário ABNT/BID Gestão dos Gases de Efeito Estufa São Paulo, 04 de setembro de 2013 Agenda 1. Informações Institucionais 2. Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas Projetos de Investimento Aquisição

Leia mais

PLANO NACIONAL DE BANDA LARGA (PNBL)

PLANO NACIONAL DE BANDA LARGA (PNBL) Diretoria Comercial PLANO NACIONAL DE BANDA LARGA (PNBL) O Programa Nacional de Banda Larga Brasil Conectado foi criado pelo Governo Federal para ampliar o acesso à internet em banda larga no país. I -

Leia mais

Programa PCA. Armazena MT Cuiabá, 17 de outubro de 2017

Programa PCA. Armazena MT Cuiabá, 17 de outubro de 2017 Programa PCA Armazena MT Cuiabá, 17 de outubro de 2017 Quem somos Banco de DESENVOLVIMENTO Prioridades Competitividade e sustentabilidade Redução das desigualdades sociais e regionais Inovação Bens de

Leia mais

Apoio do BNDES a Pequenos e Médios Provedores de Internet

Apoio do BNDES a Pequenos e Médios Provedores de Internet Apoio do BNDES a Pequenos e Médios Provedores de Internet Londrina - PR 26.janeiro.2015 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Como apoiamos? Operações Indiretas N o de operações

Leia mais

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas CUIABÁ - MT 28/06/2016

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas CUIABÁ - MT 28/06/2016 Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas CUIABÁ - MT 28/06/2016 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Operações Indiretas Instituição Financeira Credenciada Informação

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS DE INFRAESTRUTURA PARA O SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES

POLÍTICAS PÚBLICAS DE INFRAESTRUTURA PARA O SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES POLÍTICAS PÚBLICAS DE INFRAESTRUTURA PARA O SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES Estratégias para um Brasil Digital Conselheiro Igor Vilas Boas de Freitas CRITÉRIOS PARA ELABORAÇÃO DE UMA POLÍTICA PÚBLICA O desenho

Leia mais

QUEM SOMOS? Já desembolsamos mais de R$ 2 bilhões e apoiamos mais de 1400 empresas em todo Estado de São Paulo. PRESIDÊNCIA

QUEM SOMOS? Já desembolsamos mais de R$ 2 bilhões e apoiamos mais de 1400 empresas em todo Estado de São Paulo. PRESIDÊNCIA QUEM SOMOS? Uma instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo, que promove o desenvolvimento sustentável por meio de operações de crédito consciente e de longo prazo para as pequenas, médias

Leia mais

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES ABINEE TEC 2009 ENITEE - 2º Encontro Nacional da Inovação Tecnológica da Indústria Elétrica e Eletrônica BNDES Área Industrial Departamento

Leia mais

BRDE. 1º Workshop Nacional de CGH s ABRAPCH 28/03/2017 Tatiana Henn Gerente de Planejamento PR

BRDE. 1º Workshop Nacional de CGH s ABRAPCH 28/03/2017 Tatiana Henn Gerente de Planejamento PR BRDE 1º Workshop Nacional de CGH s ABRAPCH 28/03/2017 Tatiana Henn Gerente de Planejamento PR O BRDE Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul O BRDE Fundação: 1961 562 funcionários 3 agências localizadas

Leia mais

ABDE-BNDES-BID. Seminário e oficina Técnica ABDE-BNDES-BID: Políticas Ambientais como fonte de negócio para IFDs.

ABDE-BNDES-BID. Seminário e oficina Técnica ABDE-BNDES-BID: Políticas Ambientais como fonte de negócio para IFDs. ABDE-BNDES-BID Seminário e oficina Técnica ABDE-BNDES-BID: Políticas Ambientais como fonte de negócio para IFDs. Sessão V: Ampliando a atuação de IFDs no financiamento climático. Painel: O potencial na

Leia mais

Apoio do BNDES a Provedores Regionais de Internet

Apoio do BNDES a Provedores Regionais de Internet Apoio do BNDES a Provedores Regionais de Internet Feira de Santana BA 30/09/2014 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Como apoiamos? No de operações 2013 R$ 1,1 milhões

Leia mais

Mais de. Em mais de R$ 2,5 BILHÕES. operações de crédito. em desembolsos. Dados de jun/2017.

Mais de. Em mais de R$ 2,5 BILHÕES. operações de crédito. em desembolsos. Dados de jun/2017. outubro/2017 Mais de R$ 2,5 BILHÕES em desembolsos Em mais de 3.518 operações de crédito Dados de jun/2017. OPERAÇÕES DE CRÉDITO LIBERADAS POR SETOR DESEMBOLSO ACUMULADO TOTAL (R$ MILHÕES) Data base: 30.06.2017

Leia mais

PROFARMA Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde

PROFARMA Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde Banco Nacional de Desenvolvimento Econômco e Social - BNDES PROFARMA Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde Belo Horizonte dezembro/2007 1 Aprovado em maio / 2004 MACRO-OBJETIVO

Leia mais

Provedores Serviços de Comunicações e Internet (ISP) Apoio do BNDES

Provedores Serviços de Comunicações e Internet (ISP) Apoio do BNDES Provedores Serviços de Comunicações e Internet (ISP) Apoio do BNDES Encontro de Provedores Regionais Norte Bit Social / Momento Editorial Luiz Pazos Chefe do Departamento Norte BNDES Alter do Chão, 13

Leia mais

Programa de apoio à aquisição inovadora em empresas de telecomunicações. 33º Encontro Provedores Regionais Campinas 11 de julho de 2017

Programa de apoio à aquisição inovadora em empresas de telecomunicações. 33º Encontro Provedores Regionais Campinas 11 de julho de 2017 Programa de apoio à aquisição inovadora em empresas de telecomunicações 33º Encontro Provedores Regionais Campinas 11 de julho de 2017 A Finep A Finep é uma empresa pública vinculada ao MCTIC (Ministério

Leia mais

Apoio do BNDES às Exportações

Apoio do BNDES às Exportações Apoio do BNDES às Exportações ABINEE São Paulo outubro/2015 Classificação: Documento Ostensivo - Unidade Gestora AEX Objetivos Objetivos Apoiar a exportação de bens e serviços de alto valor agregado; Aumentar

Leia mais

O papel da CAIXA na Estruturação e Modelagem de Parcerias Público Privadas. Roberto Derziê de Sant Anna Vice-Presidente de Governo

O papel da CAIXA na Estruturação e Modelagem de Parcerias Público Privadas. Roberto Derziê de Sant Anna Vice-Presidente de Governo E O papel da CAIXA na Estruturação e Modelagem de Parcerias Público Privadas Roberto Derziê de Sant Anna Vice-Presidente de Governo Cenário atual das Concessões e PPP no Brasil 101 Contratos de PPP assinados

Leia mais

SERVIÇOS DE TELEFONIA

SERVIÇOS DE TELEFONIA SERVIÇOS DE TELEFONIA NO BRASIL CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO, FINANCEIRA E CONTROLE SÉRGIO KERN BRASÍLIA, 03 DE DEZEMBRO DE 2015 Números do Setor de Telecomunicações 275 milhões de celulares

Leia mais

Ass.: Programa BNDES para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação BNDES Prosoft - Comercialização

Ass.: Programa BNDES para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação BNDES Prosoft - Comercialização Grau: Documento Ostensivo Unidade Gestora: AOI CIRCULAR SUP/AOI Nº 49/2016-BNDES Rio de Janeiro, 15 de dezembro de 2016. Ref.: Produto BNDES Automático Ass.: Programa BNDES para o Desenvolvimento da Indústria

Leia mais

Eficiência Energética e GD

Eficiência Energética e GD Eficiência Energética e GD Maio de 2019 Alexandre Siciliano Esposito Felipe Lobo Fontes Histórico de Recursos de Aprovação de Crédito BNDES 2003-2018 Fonte: Formas de Apoio Direto do BNDES Direto 10 Até

Leia mais

BANDA LARGA A PAUTA REGULATÓRIA E OS PROVEDORES REGIONAIS. Agência Nacional de Telecomunicações Gerência Regional no Estado de São Paulo (GR01)

BANDA LARGA A PAUTA REGULATÓRIA E OS PROVEDORES REGIONAIS. Agência Nacional de Telecomunicações Gerência Regional no Estado de São Paulo (GR01) BANDA LARGA A PAUTA REGULATÓRIA E OS PROVEDORES REGIONAIS Agência Nacional de Telecomunicações Gerência Regional no Estado de São Paulo (GR01) Fevereiro de 2018 - Cenário dos Provedores Regionais no País

Leia mais

Programa BNDES Municípios Assembleia Legislativa do Estado do Pará. junho/2018

Programa BNDES Municípios Assembleia Legislativa do Estado do Pará. junho/2018 1 Programa BNDES Municípios Assembleia Legislativa do Estado do Pará junho/2018 2 BNDES e os Municípios Novas formas de apoio aos Municípios Focos de apoio Condições Financeiras Processo de Solicitação

Leia mais

Apresentação BNDES. FIESP Reunião do Conselho Superior da Indústria da Construção (CONSIC) São Paulo SP 10 de outubro de 2017

Apresentação BNDES. FIESP Reunião do Conselho Superior da Indústria da Construção (CONSIC) São Paulo SP 10 de outubro de 2017 Apresentação BNDES FIESP Reunião do Conselho Superior da Indústria da Construção (CONSIC) São Paulo SP 10 de outubro de 2017 Desembolsos // Construção Civil 2 4000 3000 2000 1000 0 4000 3000 2000 1000

Leia mais

Senado Federal Audiência Pública Conjunta CMA; CI; CCT 20/05/2014

Senado Federal Audiência Pública Conjunta CMA; CI; CCT 20/05/2014 Senado Federal Audiência Pública Conjunta CMA; CI; CCT 20/05/2014 Empresa pioneira na prestação de serviços convergentes no país, oferece transmissão de voz local e de longa distância, telefonia móvel,

Leia mais

Financiamento do investimento social privado Atuação do BNDES no entorno de projetos eólicos

Financiamento do investimento social privado Atuação do BNDES no entorno de projetos eólicos Seminário Socioambiental Eólico SSE 2017 Financiamento do investimento social privado Atuação do BNDES no entorno de projetos eólicos Salvador, dezembro/2017 Agenda 1 Financiamento do BNDES ao Setor Eólico

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 2. MARCO REGULATÓRIO PRÓ-CIDADES

1. INTRODUÇÃO 2. MARCO REGULATÓRIO PRÓ-CIDADES NOTA TÉCNICA Nº 07/2019 Brasília, 04 de Junho de 2019. ÁREA: Planejamento Territorial e Habitação TÍTULO: Orientações acerca do Programa de Desenvolvimento Urbano - Pró-Cidades PALAVRAS-CHAVE: Reabilitação

Leia mais

IoT: Políticas e Infraestrutura

IoT: Políticas e Infraestrutura Ministério das Comunicações IoT: Políticas e Infraestrutura A Evolução da Internet das Coisas no Brasil. FIESP, São Paulo 29/07/2015 PNBL para PBLT Banda Larga para Todos Chegar a 90% dos municípios com

Leia mais

Workshop CIESP Campinas/SP Uma solução para cada fase do negócio.

Workshop CIESP Campinas/SP Uma solução para cada fase do negócio. Workshop CIESP Campinas/SP Uma solução para cada fase do negócio. julho/2017 Uma solução para cada fase do negócio. Mais de R$ 2,4 BILHÕES em desembolsos Em mais de 3.384 operações de crédito Dados de

Leia mais

Caixa Hospitais BNDES Saúde

Caixa Hospitais BNDES Saúde Caixa Hospitais Dezembro 2016 Atuar na promoção da cidadania e do desenvolvimento sustentável do País...e parceira estratégica do Estado brasileiro Caixa Hospitais O que é? Capital de Giro disponibilizado

Leia mais

PROSOFT. Programa para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação. Prosoft Exportação

PROSOFT. Programa para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação. Prosoft Exportação PROSOFT Programa para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação Prosoft Exportação Florianópolis, 16 de novembro de 2009 1 Apresentação do BNDES Fundado

Leia mais

BNDES. 8º Lubgrax Meeting. 16 de Agosto de 2017

BNDES. 8º Lubgrax Meeting. 16 de Agosto de 2017 BNDES 8º Lubgrax Meeting 16 de Agosto de 2017 Aspectos institucionais // Quem somos!! Fundado em 20 de junho de 1952!! Empresa pública de propriedade integral da União!! Instrumento-chave para implementação

Leia mais

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Comissão de Obras Públicas, Privatização e Concessões da CBIC Brasília 17 de março de 2016

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Comissão de Obras Públicas, Privatização e Concessões da CBIC Brasília 17 de março de 2016 Apoio do BNDES à Infraestrutura Comissão de Obras Públicas, Privatização e Concessões da CBIC Brasília 17 de março de 2016 BNDES Desembolsos do BNDES Infraestrutura representa mais de 1/3 R$ bilhões 168

Leia mais

Apoio do BNDES a Pequenos e Médios Provedores de Internet

Apoio do BNDES a Pequenos e Médios Provedores de Internet Apoio do BNDES a Pequenos e Médios Provedores de Internet Aracaju-SE 14.março.2016 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Operações Indiretas Instituição Financeira Credenciada

Leia mais

Encontro de Provedores Regionais Nordeste Bit Social / Momento Editorial

Encontro de Provedores Regionais Nordeste Bit Social / Momento Editorial Encontro de Provedores Regionais Nordeste Bit Social / Momento Editorial Políticas Públicas O Apoio do BNDES a Pequenas e Médias Empresas Fortaleza, 1º de Abril de 2016 Margarida Baptista BNDES O BNDES

Leia mais

Ministério das Comunicações

Ministério das Comunicações Ministério das Comunicações Incentivos à implantação de infraestrutura de banda larga INVESTIMENTOS NO SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES R$ bilhões correntes 25 20 15 10 5 4.6% 3.3 3.3% 4.3 5.2% 4.7% 7.4 7.6 7.4%

Leia mais

Apresentação Institucional BNDES Cadeia Fotovoltaica. 19 de Junho de 2015

Apresentação Institucional BNDES Cadeia Fotovoltaica. 19 de Junho de 2015 Apresentação Institucional BNDES Cadeia Fotovoltaica 19 de Junho de 2015 Linha do Tempo 50 s 60 s 70 s 80 s 90 s 00 s Hoje Infraestrutura Indústria de Base - Bens de Consumo Desenvolvimento Tecnológico

Leia mais

BNDES - Apoio às MPMEs

BNDES - Apoio às MPMEs BNDES - Apoio às MPMEs ABIGRAF - SP 14 de maio de 2009 Quem somos Fundado em 20 de junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União Federal; Principal fonte de crédito de longo prazo; Apoio

Leia mais

Linhas e Programas de Financiamento 3º São Paulo Wireless. Campinas - 09 de agosto de 2011

Linhas e Programas de Financiamento 3º São Paulo Wireless. Campinas - 09 de agosto de 2011 Linhas e Programas de Financiamento 3º São Paulo Wireless Campinas - 09 de agosto de 2011 Agenda Informações Institucionais Apoio à Modernização da Administração Tributária e de Gestão dos Setores Sociais

Leia mais

Linhas de Financiamentos voltadas à Inovação

Linhas de Financiamentos voltadas à Inovação Linhas de Financiamentos voltadas à Inovação Novo Modelo Operacional Comitê de Enquadramento e Priorização Agosto 2012 Financiamento a empresas SINDIPEÇAS Agosto 2012 Orientação estratégica Público : -

Leia mais

Reunião Conjunta. Linha de Financiamento para Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos - BNDES PMAT

Reunião Conjunta. Linha de Financiamento para Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos - BNDES PMAT Reunião Conjunta Linha de Financiamento para Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos - BNDES PMAT O que é o PMAT? É uma modalidade de financiamento do BNDES que

Leia mais

BNDES: Apresentação ABIMAQ - GAMESA

BNDES: Apresentação ABIMAQ - GAMESA BNDES: Apresentação ABIMAQ - GAMESA Fevereiro de 2016 Classificação: Documento Ostensivo Unidade Gestora: GP/DEDIV/GATE 1. Aspectos Institucionais Apoio a infraestrutura no BNDES Os vários setores são

Leia mais

BNDES Automático Prosoft Comercialização MPME Informações básicas sobre o apoio financeiro

BNDES Automático Prosoft Comercialização MPME Informações básicas sobre o apoio financeiro BNDES Automático Prosoft Comercialização MPME Informações básicas sobre o apoio financeiro A seguir as informações sobre as condições financeiras, o objetivo do financiamento, a orientação sobre como solicitar

Leia mais

PMAT Linha de Financiamento para a Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos

PMAT Linha de Financiamento para a Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos PMAT Linha de Financiamento para a Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos Área de Inclusão Social AS Departamento de Gestão Pública e Avaliação de Impactos Sociais

Leia mais

Viabilização de Investimentos no Setor Elétrico. ABiNEE TEC Nelson Siffert São Paulo 24 de abril de Foto: Usina Hidrelétrica Barra Grande

Viabilização de Investimentos no Setor Elétrico. ABiNEE TEC Nelson Siffert São Paulo 24 de abril de Foto: Usina Hidrelétrica Barra Grande 1 Viabilização de Investimentos no Setor Elétrico ABiNEE TEC 2007 Foto: Usina Hidrelétrica Barra Grande Nelson Siffert São Paulo 24 de abril de 2007 Agenda BNDES Financiamentos do BNDES - Setor Elétrico

Leia mais

PNBL Catalisador da Produção e Desenvolvimento Local

PNBL Catalisador da Produção e Desenvolvimento Local Ministério das Comunicações PNBL Catalisador da Produção e Desenvolvimento Local Otavio Caixeta Secretaria de Telecomunicações Ministério das Comunicações Brasília Maio/2013 PNBL- Objetivos Expandir a

Leia mais

INFORMAÇÕES - PORTAL DA TRANSPARÊNCIA

INFORMAÇÕES - PORTAL DA TRANSPARÊNCIA OBJETO/PROJETO CONVENENTE VALOR CONVENIADO VALOR CONTRAPARTID A VALOR LIBERADO DATA LIBERAÇÃO SITUAÇÃO Impressão de Carteiras de Identidade Profissional e aquisição de impressoras, coletoras de impressão

Leia mais

Programa Nacional de Banda Larga: a infraestrutura passiva como um desafio

Programa Nacional de Banda Larga: a infraestrutura passiva como um desafio Encontro Telesíntese Programa Nacional de Banda Larga: a infraestrutura passiva como um desafio São Paulo, junho de 2012 Banda larga fixa vs. móvel: demanda crescente por infraestrutura... BL Móvel (abr/2012)

Leia mais

A DESENVOLVE SP é a instituição financeira do Governo do Estado

A DESENVOLVE SP é a instituição financeira do Governo do Estado QUEM SOMOS A DESENVOLVE SP é a instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo. Atua como banco de desenvolvimento apoiando financeiramente às iniciativas que estimulam o crescimento da economia

Leia mais

Amortização Financiamento (BNDES) - PMAT DO TOMADOR E DA ATENDIMENTO À CONTRATAÇÃO STN

Amortização Financiamento (BNDES) - PMAT DO TOMADOR E DA ATENDIMENTO À CONTRATAÇÃO STN 1 de 7 Áreas relacionadas Secretaria de Finanças / contabilidade. Últimas alterações Revisão geral. Fluxo simplificado da operação de FINANCIAMENTO (BNDES) - PMAT ETAPAS ANTERIORES AO PROJETO DE MODERNIZAÇÃO

Leia mais

Ass.: Programa BNDES de Modernização da Administração Tributária e de Gestão dos Setores Sociais Básicos Automático BNDES PMAT Automático

Ass.: Programa BNDES de Modernização da Administração Tributária e de Gestão dos Setores Sociais Básicos Automático BNDES PMAT Automático CIRCULAR Nº 01/2011 Rio de Janeiro, 05 de janeiro de 2011 Ref.: Produto BNDES Automático Ass.: Programa BNDES de Modernização da Administração Tributária e de Gestão dos Setores Sociais Básicos Automático

Leia mais

Apoio do BNDES ao Setor Elétrico

Apoio do BNDES ao Setor Elétrico Apoio do BNDES ao Setor Elétrico Márcia Leal Chefe do Departamento de Energia Elétrica Área de Infraestrutura mleal@bndes.gov.br Maio 2012 O BNDES Evolução dos desembolsos 168,4 R$ bilhão 137,4 140,0 92,2

Leia mais

Hospital Unimed de Piracicaba. Investimentos + Fontes Financiamentos

Hospital Unimed de Piracicaba. Investimentos + Fontes Financiamentos Hospital Unimed de Piracicaba Investimentos + Fontes Financiamentos Base: 06/2007 Fontes de Financiamentos: BIRD Banco Mundial BID Banco do Brasil BNDES FINEP Ex Im Bank Crédito Mobiliário Bancos Privados.

Leia mais

Luciene Machado. Painel Financiamento: fontes e modalidades para suportar os investimentos

Luciene Machado. Painel Financiamento: fontes e modalidades para suportar os investimentos Seminário ABDIB- As Soluções para o Saneamento Básico e os Recursos Hídricos no Brasil Painel Financiamento: fontes e modalidades para suportar os investimentos SP, 16/03/2017 15 de dezembro de 2016 Luciene

Leia mais

Eduardo Levy. Rio de Janeiro, 02 de julho de 2013

Eduardo Levy. Rio de Janeiro, 02 de julho de 2013 Banda Larga na América Latina ferramenta para efetivar os direitos dos cidadãos na era digital e alavancar a economia - soluções completas com TICs em banda larga para o Estado digital Rio de Janeiro,

Leia mais

Financiamentos de Projetos de Infra-Estrutura

Financiamentos de Projetos de Infra-Estrutura Financiamentos de Projetos de Infra-Estrutura BNDES Nelson Siffert Chefe do Departamento de Energia Elétrica BNDES Abril de 2004 BNDES - Histórico 1950 1960 1970 1980 1990 2000 Infra-estrutura (Energia

Leia mais

Linhas de Crédito para Micro, Pequenas e Médias Empresas

Linhas de Crédito para Micro, Pequenas e Médias Empresas Linhas de Crédito para Micro, Pequenas e Médias Empresas APEOP São Paulo SP 20 de setembro de 2017 2 Quem pode solicitar financiamento? Pessoas Jurídicas Empresas com CNPJ Microempreendedor individual

Leia mais

MILTON LUIZ DE MELO SANTOS Diretor Presidente

MILTON LUIZ DE MELO SANTOS Diretor Presidente MILTON LUIZ DE MELO SANTOS Diretor Presidente Instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo, que promove o desenvolvimento sustentável por meio de operações de crédito consciente e de longo

Leia mais

BANDA LARGA 12ª RIO WIRELESS INTERNATIONAL CONFERENCE EDUARDO LEVY RIO DE JANEIRO, 21 DE MAIO DE 2012

BANDA LARGA 12ª RIO WIRELESS INTERNATIONAL CONFERENCE EDUARDO LEVY RIO DE JANEIRO, 21 DE MAIO DE 2012 BANDA LARGA 12ª RIO WIRELESS INTERNATIONAL CONFERENCE EDUARDO LEVY RIO DE JANEIRO, 21 DE MAIO DE 2012 Fonte: Telebrasil mais de 324 milhões de clientes mais de 240 mil km de cabos com multifibras ópticas

Leia mais

700 MHZ PARA OS SERVIÇOS DE BANDA LARGA MÓVEL 4G

700 MHZ PARA OS SERVIÇOS DE BANDA LARGA MÓVEL 4G DESTINAÇÃO DA FAIXA DE 700 MHZ PARA OS SERVIÇOS DE BANDA LARGA MÓVEL 4G CÂMARA DOS DEPUTADOS - CCTCI EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 08 DE ABRIL DE 2014 crescimento do setor de telecomunicações está acelerado 4%

Leia mais