Para a Indústria Brasileira de Bens de Capital Mecânicos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Para a Indústria Brasileira de Bens de Capital Mecânicos"

Transcrição

1 Presidência 1 Anexos Proposta de Políticas de Competitividade Para a Indústria Brasileira de Bens de Capital Mecânicos

2 Anexo I Anexo I - Regimes Tributários Especiais Impactos desfavoráveis e alternativas para eliminação destes impactos 1. Os impactos desfavoráveis sobre a indústria nacional de bens de capital a. O viés importador. Via de regra, os Regimes Tributários Especiais estabelecem os incentivos de caráter fiscal em forma de suspensão da incidência dos seguintes impostos e contribuições federais sobre as aquisição no mercado interno e na importação de bens destinados ao ativo imobilizado: (i) II (Imposto de Importação); (ii) IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados); (iii) PIS/PASEP (Contribuição para o Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público); (iv) COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social); (v) PIS/PASEP- Importação; e (vi) COFINS- Importação. No caso de aquisição de bens de capital nacionais, a suspensão dos impostos e contribuições se dá na saída dos mesmos dos estabelecimentos fabricantes, o que gera nestes, o tão temido e oneroso crédito acumulado de tributos (porque nessas operações, há o crédito fiscal relativo às aquisições de matérias-primas, componentes e materiais diversos de fabricação e não há débito na saída do bem fabricado). Por outro lado, no caso de bens importados, a suspensão dos tributos se dá no momento do desembaraço alfandegário, de modo que a desoneração estabelecida pelo Regime se dá prontamente, de uma só vez e sem qualquer outro ônus. Ainda mais, voltando para o caso dos bens nacionais, como a suspensão ocorre na saída do estabelecimento produtor, é este que responde também pelo emprego ou utilização imprópria dos equipamentos por parte de seu cliente beneficiário do Regime, isso, pelo prazo de 5 anos. Resumindo: o chamado viés importador ocorre porque o fabricante, quando orça ou faz a cotação de máquina ou equipamento cuja operação esteja beneficiada por um Regime Especial, é obrigado a embutir no respectivo preço, os custos dos impactos ao menos o custo financeiro do crédito acumulado e da insegurança jurídica decorrente da responsabilidade fiscal assumida na operação com suspensão do recolhimento dos tributos.

3 Anexo I b. A perversidade dos créditos acumulados de impostos. Diz-se, no meio empresarial, que a questão do crédito acumulado de tributos é uma perversidade, uma maldade das autoridades fazendárias porque ela não ocorreria se houvesse o cumprimento ágil e rigoroso das normas tributárias que preveem mecanismos para evitar que essa tragédia fiscal ocorra em prejuízo dos fabricantes. A situação tem sido insustentável sob todos os aspectos para as empresas especializadas na de equipamentos utilizados por setores clientes específicos como o dos operadores de portos, da indústria de pesquisa e de petróleo e gás, o da geração de energia elétrica e outros. Por que? Porque esses fabricantes não têm como descarregar os créditos gerados na compra de insumos nas saídas de produtos tributados. A verdade é que muitos desses fabricantes, possuidores de parques fabris de grande porte, empregadores de recursos humanos de altíssima qualificação e detentoras de tecnologias de ponta, encontram-se em sérias dificuldades, algumas em situação desesperadora em razão de milhões de reais imobilizados em créditos acumulados. Pior, os mecanismos de compensação ou de ressarcimento desses créditos, ainda que previstos nos regulamentos fiscais, não têm funcionado, em razão da intransponível barreira burocrática quando se trata de devolução ao contribuinte daquilo que foi arrecadado a maior. Mais ainda. Para aumentar ainda mais o ônus provocado pelo engessamento do capital de giro, de custo elevadíssimo na nossa economia, os créditos acumulados não estão protegidos contra a erosão inflacionária, ou seja, não vencem, nem juros, nem correção monetária. 2. Alternativas para a eliminação dos impactos desfavoráveis dos Regimes Especiais. a. Extinguir os Regimes Tributários Especiais. Revogando as Medidas Provisórias, Leis ou Decretos que criaram os Regimes Tributários Especiais. A partir dessa revogação, a desoneração dos investimentos passará a ser estabelecida por normas de aplicação geral que existem nos regulamentos dos impostos e contribuições. Com exceção do Imposto de Importação que tem natureza específica de regular a competitividade dos produtos fabricados no país perante os importados, todos os demais tributos indiretos incidentes sobre bens destinados ao ativo imobilizado das empresas já contam com mecanismos de desoneração. No caso de investimentos nascentes ou em implantação em que os créditos do imposto oriundos da aquisição ou importação de bens para o ativo fixo, não possam ser compensados com as saídas de produtos fabricados, deverá ser criado mecanismo de ressarcimento imediato (nem haveria necessidade de auditoria prévia porquanto as empresas não estariam ainda em operação de ).

4 Conjuntura Anexo I 4 Com isso, acabar-se-ia com o chamado viés importador descrito no item 1 porque as empresas investidoras que importassem os bens destinados ao ativo imobilizado pagariam os impostos e contribuições no desembaraço que seriam creditados quando da entrada dos mesmos no estabelecimento fabril e compensados imediatamente. Haveria, assim, isonomia de tratamento em relação aos bens adquiridos no mercado interno. b. Manter os Regimes Tributários Especiais estendendo a desoneração ao segundo elo da cadeia produtiva de bens de capital. O fabricante de máquinas e equipamentos destinados ao ativo fixo do adquirente beneficiário de Regime Especial, passará a comprar e importar matérias-primas, produtos intermediários e materiais auxiliares de, com suspensão dos impostos e contribuições (II, IPI, PIS/PASEP, COFINS, PIS/PASEP-Importação, COFINS- Importação e ICMS). Estando a saída das máquinas e equipamentos beneficiada com a suspensão dos mesmos impostos e contribuições e não havendo crédito na aquisição e importação de insumos de, deixaria de gerar o famigerado acúmulo de créditos, eliminando-se também o chamado viés importador. Esta alternativa tem a vantagem de simplificar a burocracia das obrigações acessórias atualmente existentes na contabilidade fiscal dos impostos e contribuições do tipo IVA (imposto sobre o valor agregado). Como as aquisições dos insumos não gerarão créditos, as saídas de produtos acabados que não estiverem beneficiados com o incentivo (suspensão ou isenção) serão tributadas com as alíquotas cheias (inteiras) de cada tributo. Uma pequena reforma tributária. Para a implementação desta alternativa, o Governo deverá criar um REGIME ESPECIAL DE DESONERAÇÃO TRIBUTÁRIA DE BENS DE CAPITAL através do qual, todas as empresas que a ele aderirem, passarão a adquirir no mercado interno e importar matérias-primas, produtos intermediários e materiais auxiliares de, com suspensão de impostos e contribuições. A suspensão genérica de tributos na aquisição de insumos por parte das empresas fabricantes de bens de capital não representará renúncia adicional de arrecadação por parte da Fazenda Pública porquanto, nas saídas de produtos não destinados aos beneficiários dos Regimes Especiais, haverá incidência normal de todos os impostos e contribuições. c. Manter os Regimes Tributários Especiais com incidência dos impostos indiretos (IVA) a alíquotas reduzidas (moduladas) nas aquisições, pelas empresas beneficiárias, de bens destinados ao seu ativo imobilizado. Propõe-se estabelecer alíquotas moduladas dos impostos e contribuições do tipo IVA (imposto sobre o valor adicionado) de modo a evitar a geração de créditos acumulados na contabilidade fiscal dos fabricantes de bens de capital condicionar

5 Anexo I que os créditos tributários oriundos das compras de insumos de sejam mais ou menos iguais aos débitos devidos nas saídas dos produtos acabados (bens de capital). Como foi amplamente descrito nos itens anteriores deste documento, a ocorrência de acúmulo de créditos tributários é, para os fabricantes de bens de capital, um dos principais fatores de comprometimento da competitividade diante dos produtos importados ( viés importador ), além do efeito deletério sobre a gestão financeira (imobilização de capital de giro). Considerando-se o índice médio de agregação de valor das empresas do setor, da ordem de 60%, incluídas as despesas administrativas, de vendas e a margem de contribuição, as alíquotas dos principais tributos do tipo IVA (imposto sobre o valor agregado) deveriam ser: Tributo Alíquota Normal Alíquota Modulada IPI 0,00% 2,00% PIS/PASEP 1,65% 0,65% COFINS 7,60% 3,00% No caso do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), todos os itens de bens de capital, saldo algumas exceções, estão com alíquota de zero por cento (0%), gerando crédito acumulado. Por esta alternativa, a alíquota desses itens seria aumentada de 0% para 2,0%, com o que o débito na saída do produto acabado assimilaria os créditos oriundos das compras de insumos (matérias-primas, produtos intermediários e materiais diversos de ). No caso do PIS/PASEP e da COFINS, teria que haver mudança legislativa (Medida Provisória ou Lei Ordinária) estabelecendo as alíquotas moduladas que passariam a ser calculadas sobre a receita bruta de venda de bens de capital (discriminadas pelos códigos da Nomenclatura Comum do Mercosul ). d. Corrigir o viés importador absoluto existente em alguns Regimes Tributários Especiais. d.1) REPETRO: Admissão Temporária Atualmente, este benefício é dado de forma indiscriminada, para bens que poderiam ser fornecidos pela indústria nacional e até para produtos de uso e consumo, num fragrante violação do objetivo para o qual o regime foi criado. A concessão da admissão temporária deve ser limitada: (i) a bens sem similar produzido no País; (ii) a bens que, após a utilização pelo tempo estabelecido, possam ser removidos e devolvidos para o exterior; (iii) a máquinas e equipamentos empregados no processo de pesquisa e exploração de jazidas de petróleo e gás natural.

6 Conjuntura Anexo I 6 Bem Repetrável - Estender a exportação ficta (sem a saída do bem do território brasileiro) ao segundo elo da cadeia produtiva de bens passíveis de serem beneficiados pelo Regime, em forma de suspensão da incidência de impostos e contribuições indiretos (IPI, PIS/PASEP, COFINS e ICMS). d.2) REB (Registro Especial Brasileiro) DRAWBACK Revogar o 9º do artigo 11 da Lei nº 9.432, de 8 de janeiro de 1997, que equipara às operações de exportação, a construção, a conservação, a modernização e o reparo de embarcações prerregistradas ou registradas no REB. Enquanto vigorar esta disposição legal, não se implantará no Brasil, uma verdadeira indústria naval, compreendendo toda a sua cadeia produtiva. Hoje, o que é chamada de indústria naval não passa de uma indústria de cascos de navios os seus componentes (o miolo ) que incorporam tecnologias avançadas são totalmente importados. e. Concluindo, permitimo-nos afirmar, sem exagero nem pessimismo, de que enquanto perdurarem as atuais desvantagens competitivas, a indústria brasileira de máquinas e equipamentos, ou melhor, a indústria nacional de bens de capital como um todo, não terá condições para reverter o processo de perda de participação na formação bruta de capital fixo. Sabemos e temos consciência do quanto é difícil mudar procedimentos arraigados ao longo dos anos, sobretudo se essas mudanças envolverem remoção ou redução de privilégios e benefícios, ainda que reconhecidamente injustos e incompatíveis com o interesse público. Mas essa mudança é inadiável diante das evidências de que a indústria brasileira se encontra num franco e perigoso processo de encolhimento não são mais meras ameaças! Colocando-nos à disposição de Vossa Excelência para quaisquer esclarecimentos adicionais que se fizerem necessários, valemo-nos do ensejo para renovar as expressões do nosso apreço e consideração. Respeitosamente, Luiz Aubert Neto Presidente

7 Anexo II Anexo II - Relação de Nomenclatura Comum do Mercosul para desoneração Descrição Descrição Tubos e perfis ocos, de ferro fundido Outras máquinas para secar roupa Tubos ferro/aço utiliz.p/oleod./gasodutos Máquinas e prensas para passar roupa, automáticas Outs.tubos d/tipos utiliz.em oleodutos/gasodutos Prensas para passar roupa, de peso<-14kg Tub.fer/aço p/poç.supr.prod.extr.petról/gás Outs.maqs.e prensas p/passar roupa, incl.as fixadoras Outs.tub.fer/aço p/poç.supr.prod.extr.petr/gás Máquinas p/lavar fios/tecidos/obras de matérias têxteis Pontes e elementos de pontes, de ferro fundido/ferro/ Maqs.p/tingir tecidos em rolos, por pressão estatica, etc aço Torres e pórticos, de ferro fundido, ferro ou aço Outras máquinas p/tingir ou branquear fios ou tecidos Reservatórios, ferro/aço, c>300l, p/armaz.graos, Máquinas branquear ou tingir outras matérias têxteis solid Outs.reservatórios, de ferro/aço, c>300l, s/disp.term Máquinas para inspecionar tecidos Recipientes de ferro/aço, p/gases comprimidos/liquefeit Máquinas para enfestar ou cortar tecidos, automáticas Corrente de rolos, de ferro fundido, ferro ou aço Outs.maqs.p/enrolar, desenrolar, dobrar, dentear tecidos Corrente de transmissão, de ferro fundido, ferro ou aço Outs.máquinas e aparelhos p/trabalhar matérias têxteis Outras correntes de elos articulados, de ferro ou aço Partes de outs.máquinas e aparelhos p/trab.mater.têxtil Partes de correntes de elos articulados, de ferro ou aço Máquinas de costura de uso doméstico Correntes antiderrapantes, de ferro fundido, ferro ou Máquinas para costurar couros ou peles, automáticas aço Correntes de elos com suporte, de ferro fundido/ferro/ Máquinas para costurar tecidos, automáticas aço Correntes de elos soldados, de ferro fundido/ferro/aço Máquinas para costurar outras matérias, automáticas Outras correntes e cadeias, de ferro fundido/ferro/aço Máquinas para costurar couros ou peles, não automáticas Partes de outras correntes e cadeias, de ferro ou aço Remalhadeiras para costurar tecidos, não automáticas Âncoras e fateixas e suas partes, de ferro fundido, Máquinas para casear tecidos, não automáticas Chaves de fenda, manuais, de metais comuns Maqs.p/inserir elastico em tecido, zigue-zague, n/ automat Ferramentas de embutir/estampar/puncionar, de met Máquinas p/costurar tec., de costura reta, não automatic comuns Reatores nucleares Máquinas p/costurar tec., galoneiras, não automáticas Máquinas e aparelhos p/separação de isotopos, e partes Outras máquinas p/costurar tecidos, não automáticas Partes de reatores nucleares Outras máquinas de costura, não automáticas Caldeiras aquatubulares, com de vapor> 45t/hora Agulhas para máquinas de costura

8 Conjuntura Anexo II 8 Descrição Descrição Caldeiras aquatubulares, com de vapor< =45t/hora Guia-fios, lançadeiras e porta-bobinas p/maq.costura Outras caldeiras p/ de vapor, incl.caldeira mist Outras partes de máquinas de costura de uso doméstico Caldeiras denominadas "de água superaquecida" Guia-fios, lancadeiras, p/outras máquinas de costura Partes de caldeiras de vapor e "de água superaquecida" Partes para remalhadeiras Caldeiras p/aquecimento central, cap<= kcal/hora Lançadeiras rotativas de máquinas de costurar Outras caldeiras para aquecimento central Corpos moldados por fundição Partes de caldeiras para aquecimento central Partes de outras máquinas de costurar Aparelhos auxil.p/caldeiras de vapor/"água superaquec." Máquinas p/dividir couros c/l<=3m, lamina s/fim, eletron Aparelhos auxiliares p/caldeiras de aquecimento central Outs.máquinas e apars.p/prepar/curtir/trab.couros/peles Condensadores para máquinas a vapor Máquinas e aparelhos p/fabr/conserto calçados Partes de aparelhos auxiliares p/caldeiras de vapor, etc Maqs.e apars.p/fabr/conserto outs.obras de couros/peles Partes de aparelhos auxil.p/caldeiras aquecim.central Partes de maqs.e apars.p/prepar/curtir, couros/peles Geradores de gas de ar/gas de água/de acetileno, Conversores para metalurgia, aciaria ou fundição Partes de geradores de gas de ar/gas de água, Lingoteiras de fundição Turbinas a vapor, para propulsão de embarcações Cadinhos ou colheres de fundição Outras turbinas a vapor, de potência > 40 mw Máquinas de vazar (moldar) sob pressão Outras turbinas a vapor, de potência <= 40 mw Máquinas de vazar (moldar) por centrífugação Rotores de turbinas a reacao, a vapor, de multipl.estag Outs.maqs.de vazar (moldar), p/metalurgia, aciaria, Outros rotores de turbinas a vapor Partes de máquinas de vazar (moldar) por centrífugação Palhetas fixas (de estator) de turbinas a vapor Partes de conversores, p/metalurgia/aciaria/fundição Outras palhetas de turbinas a vapor Laminador de metais, de tubo Outras partes de turbinas a vapor Laminador a quente e/ou frio, de metais, de cilindro liso Motores de explosão, para aviação Outros laminadores a quente e/ou frio, de metais Outros motores de explosão, para embarcação, "outboard" Outros motores de explosão, p/embarcação, monocilíndricos Outros laminadores a frio de metais Cilindros de laminadores, fundidos, de aço/ferro nodular Outros motores de explosão, para embarcação Cilindro de lamin.forjad.de aço corte rap.c>=0.80%, Motores de explosão, p/veic.do cap.87, ate 50cm3, monocil Outros cilindros de laminadores de metais Outros motores de explosão.p/veic.do cap.87, ate 50cm Outras partes de laminadores de metais Motores de explosão, p/veic.cap.87, sup.1000cm3, monocil Maqs.ferram.a "laser", cmd.num.p/corte chapa metal. e>8mm Outros motores de explosão, p/veic.cap.87, sup.1000cm Outs.máquinas ferram.oper.por "laser", de cmd.numer Outros motores de explosão Outras máquinas ferram.oper.por "laser", Motores diesel/semidiesel, p/embarcação, tipo Máquinas ferram.a ultra-som, de comando numérico "outboard" Outros motores diesel/semidiesel, para embarcação Outras máquinas ferram.oper.por ultra-som Motores diesel/semidiesel, p/veic.do cap.87, ate 1500cm Maqs.ferram.eletroerosão, cmdo num.p/textur.sup.cilindr Motores diesel/semidiesel, p/veic.cap.87, 1500<cm3<= Motores diesel/semidiesel, p/veic.cap.87, 2500<cm3<= Outs.máquinas ferram.a eletroerosão, de comando numer Outras máquinas ferram.oper.por eletroerosão Outros motores diesel/semidiesel, p/veic.do cap Outs.máqs.-ferr.que trab.p/elim.d/qq.matéria Outs.motores diesel, estacionarios, pot>=337.5kw, Centros de usinagem, para trabalhar metais rpm>1000

9 Anexo II Descrição Descrição Outros motores diesel/semidiesel Maqs.de sistema monostatico, p/trab.metais, de cmdo. numer Turbinas e rodas hidráulicas, de potência <= 1000kw Outras máquinas de sistema monostatico, p/trab.metais Turbinas e rodas hidráulicas, 1000kw<potencia<=10000kw Maqs.de estacoes múltiplas, p/trab.metais, de cmdo. numer Turbinas e rodas hidráulicas, de potência > 10000kw Outras máquinas de estacoes múltiplas, p/trabalh.metais Partes de turbinas e rodas hidráulicas, incl.reguladores Tornos horiz.p/trab.metais, c/cmdo.numer.tipo revólver Turborreatores de empuxo <= 25kn Tornos horiz.p/trab.metais, 6 ou mais fusos porta-pecas Turborreatores de empuxo > 25kn Outros tornos horiz.p/trab.metais, c/cmdo.numer Turbopropulsores de potência > 1100kw Outros tornos horiz.p/trab.metais, s/cmdo.numer Outras turbinas a gás, de potência <= 5000kw Outros tornos p/trab.metais, c/comando numerico Outras turbinas a gás, de potência > 5000kw Outros tornos p/trab.metais, s/comando numerico Partes de turborreatores ou de turbopropulsores Maqs.ferram.p/furar, mandrilar, metais, cabeça desliz Partes de outras turbinas a gás Máquinas ferram.p/furar metais, cmd.num.radiais Propulsores a reação, exc.os turborreatores Maqs.ferram.p/furar metais, cmd.num. cabecote>=1mono/mult Cilindros hidráulicos Outras máquinas ferramentas p/furar metais, c/cmdo. numer Outros motores hidráulicos, de movimento retilíneo Outras máquinas ferramentas para furar metais Outros motores hidráulicos Outras mandriladoras-fresadoras de metais, c/cmdo. numer Cilindros pneumáticos Outras mandriladoras-fresadoras de metais, s/cmdo. numer Outros motores pneumáticos, de movimento retilíneo Outras máquinas ferram.p/mandrilar metais Outros motores pneumáticos Máquinas ferram.p/fresar metais, c/console, c/cmdo. numer Outros motores e máquinas motrizes Máquinas ferram.p/fresar metais, c/console, s/cmdo. numer Partes de propulsores à reação Máquinas ferram.p/fresar metais, s/console, c/cmdo. numer Partes de máquinas a vapor, de movimento retilíneo Máquinas ferram.p/fresar metais, s/console, s/cmdo. numer Partes de motores hidraul/pneumat.de movim.retilíneo Outs.maqs.ferram.p/roscar interior/exteriormente metal Partes de outros motores e máquinas motrizes Maqs-ferram.p/retif.superf.plana de metais, c/cmd.num Bombas p/distrib.combustiv/lubrif.em póstos serviços, etc Outs.máquinas ferram.p/retif.superf.plana de metais, etc Outs.bombas p/líquidos c/disp.medidor/conceb.p/ comport Outs.maqs.ferram.p/retif.metais, prec>=0.01mm, c/cmd. num Bombas para líquidos, manuais Outs.maqs.ferram.p/retif.metais/ceramais, prec>=0.01mm Bombas para gasolina/álcool, para motor a explosão Máquinas ferram.p/afiar metais/ceramais, c/cmdo. numerico Bombas injetoras de combustível p/motor diesel/semi Outras máquinas/ferramentas para afiar metais/ceramais Bombas p/oleo lubrificante, p/motor explosão/diesel/ semi Outs.bombas p/combustíveis, p/motor explosão/ diesel/ Brunidoras p/cilindros de metais, d<=312mm, c/cmdo. numer Outs.maqs.ferram.p/brunir metais/ceramais, c/cmdo. numer Bombas para concreto (betao) Outs.brunidoras p/cilindros de metais/ceramais, d<=312mm

10 Conjuntura Anexo II 10 Descrição Descrição Bombas volumétricas alternativas,5hp<potencia<=600hp Outras máquinas ferram.p/brunir metais/ceramais Outras bombas volumétricas alternativas Outs.maqs.ferram.polir, metais/ceramais, c/cmd. num.rotat Bombas volumetr.rotativas, vazao<=300l/min.de engrenagem Outras bombas volumetricas rotativas, de vazao<=300l/min Maqs.ferram.de esmerilhar, cabeças>=2, porta-peca rotat Outs.maqs.ferram.p/amolar, metais/ceramais, c/ cmd.num Outras bombas volumétricas rotativas Outras máquinas ferram.p/amolar, metais/ ceramais Eletrobombas submersíveis Máquinas ferramentas para escatelar engrenagens Outras bombas centrífugas, de vazão<=300litros/ Plainas-limadoras de engrenagens minuto Outras bombas centrífugas Máquinas ferram.p/brochar engrenagens, c/cmdo. numer Outras bombas para líquidos Outras máquinas ferram.p/brochar engrenagens Elevadores de líquidos Denteadoras de engrenagens, com comando numérico Hastes de bombeamento para extração de petróleo Outras redondeadoras de dentes de engrenagens Outras partes de bombas para líquidos Outras máquinas ferram.p/cortar/acabar engrenagens Partes de elevadores de líquidos Maqs.ferram.p/serrar/seccionar metais, de fitas sem fim Bombas de vácuo Máquinas ferram.p/serrar/seccionar metais, circulares Bombas de ar, de mão ou de pé Outras máquinas ferram.p/serrar/seccionar metais Motocompressor hermetico, capacidade<4700 frigorias/hora Outs.motocompressores hermeticos p/equipam. frigoríficos Compressor p/equipam.frigorífico, cap<=16000 frigorias/h Outs.maqs.ferram.oper.por elim.metal, c/cmdo. numer Outras máquinas ferram.oper.por elim.metal, Máquinas ferram.p/estampar metais, c/comando numérico Outros compressores para equipamentos frigoríficos Maqs.ferram.p/forjar metais, martelos, c/cmdo. numer Compressor de ar, de deslocamento alternativo Outs.maqs.ferram.p/forjar/estampar metais, martelos, Compressor de ar, de parafuso, mont.chassis/ rebocáveis Outs.compressores de ar, mont.chassis c/rodas/ rebocaveis Maqs-ferram.p/enrolar, arquear, metais, c/cmdo. numer Outras máquinas ferram.p/enrolar, arquear, metais Microventiladores com área de carcaça < 90cm Máquinas ferram.p/cisalhar metais, c/comando numérico Outros ventiladores Maqs-ferram.p/cisalhar metais, tipo guilhotina Outros compressores de ar, estacionários, de pistão Outras máquinas/ferramentas para cisalhar metais Outros compressores de ar, de parafuso Maqs.ferram.p/puncionar/chanfrar metais, c/cmdo. numer Outs.compressores de ar, de lobulos paralelos ("roots") Outras máquinas ferram.p/puncionar/chanfrar metais Outros compressores de ar Prensas hidraul.p/moldag.po metal.por sinter. c<=35000kn Outs.turboaliment.de ar, p<=50kg, p/motor explosão/diesel Outras prensas hidraul.p/metais/carbon.metal. c<=35000kn

11 Anexo II Descrição Descrição Outs.turboaliment.de ar, p>50kg, p/motor explosão/ Outras prensas hidraul.p/moldag.po metal.por sinter. diesel Outros turbocompressores de ar Outras prensas hidraul.p/metais/carbon.metal Outros compressores de gases, de pistão Outras prensas p/moldag.de po metal.por sinter Outros compressores de gases, de parafuso Outs.prensas p/extrusao de metais/carbonetos metálicos Outs.compressores de gases, centrif.vazao max<22000 m3/h Outras prensas p/trabalhar metais/carbonetos metálicos Outros compressores de gases, centrífugos Bancas para estirar tubos de metais/ceramais Outros compressores de gases Bancas p/estirar barras, perfis, fios de metais/ ceramais Outs.bombas de ar/coifas aspirantes p/extração/ reciclag Maqs.ferram.p/fazer roscas por lamin.metais, c/cmd. numer Partes de bombas de ar ou de vácuo Outs.maqs.ferram.de pente plano, cap>=160 roscas/ min Partes de ventiladores ou coifas aspirantes Outs.maqs.ferram.p/fazer roscas por lamin.de metais, etc Pistoes ou embolos, de compressores de ar/outros gases Máquinas ferram.p/trabalhar arames e fios de metal Aneis de segmento, para compressores de ar ou outs.gases Blocos de cilindros/cabecotes/carteres, p/ compressores Outs.maqs.ferram.p/trab.metais, s/elim.mater.c/cmd. numer Outras máquinas ferram.p/trab.metais, s/elim.mater Válvulas de compressores de ar/outros gases Maqs.ferram.p/serrar pedra, prods.cerâmicos, concreto, etc Outras partes de compressores de ar/outras gases Máquinas ferram.p/esmerilar/polir vidro Outros aparelhos de ar condicionado, p/janelas, Maqs.ferram.p/polir placas, pavim.revestim.de cerâmica Outros aparelhos de ar condicionado, p/veics Outs.máquinas ferram.p/esmerilar/polir cerâmica automóveis Outs.apars.de ar cond.c/disp.refrig.valv Máquinas ferram.p/esmerilar/polir pedra, inv.<=30000f/h Outs.apars.de ar cond.c/disp.refrig.valv.inv.ciclo term Outs.maqs.ferram.p/retif.fresar, vidro, c/cmd. numer Outs.apars.de ar condicionado, c/disp.refrig. c<=30000f/h Outras máquinas ferram.p/trab.a frio do vidro Outs.aparelhos de ar condicionado, c/dispositivos refrig Outs.aparelhos de ar condicionado, s/dispositivos refrig Queimadores p/aliment.fornalhas, de combustiv. líquidos Outras máquinas ferram.p/trab.pedra, prods. cerâmicos, etc Maqs.ferram.p/trab.madeira, c/difer.operac.s/ trocar Maqs.ferram.de serrar madeira, cortiça, de fita s/ fim Queimadores p/aliment.fornalhas, de gases Maqs.ferram.de serrar madeira, cortiça, circulares Outs.queimadores p/aliment.de fornalhas, incl.os mistos Outs.máquinas ferram.de serrar madeira, cortiça, osso, etc Fornalhas automáticas, incl.as antefornalhas, Fresadoras de madeira, cortiça, osso, c/cmdo. numer Partes de queimadores, fornalhas automativas, Maqs.ferram.p/desbastar, madeira, c/cmdo. numer Fornos industriais, n/eletr.p/fusão de metais Outs.maqs.ferram.p/desbastar, madeira, cortiça,

12 Conjuntura Anexo II 12 Descrição Descrição Fornos industriais, n/eletr.p/tratam.térmico de metais Outs.fornos n/eletr.p/ustulacao, de minérios/ metais Lixadeiras p/madeira, cortiça, osso, borracha endurec Outs.maqs.ferram.p/esmerilar/polir madeira, cortiça, Fornos industriais, n/eletr.de padaria, pastelaria, Maqs.ferram.p/arquear/reunir madeira, cortiça, osso, Fornos industriais, não elétricos, para cerâmica Maqs.ferram.p/furar madeira, cortiça, c/cmdo. numer Fornos industriais, não elétricos, para fusão de vidro Maqs.ferram.p/escatelar madeira, cortiça, c/ cmdo.num Outros fornos industriais ou de laboratório, não elétricos Partes de fornos industriais ou de laboratório, não elétricos Outs.máquinas ferram.p/furar madeira, cortiça, osso, Outs.maqs.ferram.p/escatelar madeira, cortiça, osso, Outros congeladores ("freezers") Maqs.ferram.p/fender/seccionar/desenrolar madeira, Outs.refrigeradores, vitrinas, balcoes, p/prod.de frio Outras máquinas ferram.p/trab.madeira, cortiça, osso, Outs.mats.máqs.apar.prod.frio, bomb.d/calor Porta-ferramentas e fieiras de abertura automática Máquinas para preparação de sorvetes, não Porta-peças para tornos domésticas Resfriadores de leite Porta-peças para outras máquinas ferram Unidades fornecedoras de água ou sucos Dispositivos divisores/especiais p/máquinas ferram Unidades fornecedoras de bebidas carbonatadas Partes e acess.de maqs.ferram.p/trab.pedra, concreto, etc Equip.p/refr/ar-cond.cap=< frigorias/h Partes e acess.de maqs.ferram.p/trab.madeira, osso, Resfriadores de água, de absorção por brometo de litio Outs.materiais/maqs.apars.p/prod.frio, e bombas de calor Partes e acess.de máquinas ferram.oper.por ultrasom Partes e acess.de máquinas ferram.oper.por "laser", Outras partes de refrigeradores, congeladores, Partes e acess.de centros de usinagem, p/trab. metais Aquecedores de água, de aquecimento instantâneo, Partes e acessórios de tornos para metais a gás Aquecedores solares de água Partes e acess.de maqs.ferram.p/furar, fresar, metais Outs.aquecedores de água, n/eletr.de aquecim. instant.etc Partes e acess.de maqs.ferram.p/afiar, amolar, metais Esterilizadores médico-cirúrgicos ou de laboratório Partes e acess.de maqs.ferram.p/aplainar, engrenagem Secadores para produtos agrícolas Partes e acess.de máquinas ferram.p/forjar, metais Secadores p/madeiras, pastas de papel, papéis ou cartões Partes e acess.de máquinas ferram.p/enrolar, metais Outros secadores Partes e acessórios de prensas para extrusão de metais Aparelhos de destilação de água Partes e acess.de outs.maqs.ferram.p/trab.metais, Aparelhos de destilação ou retificação, de alcoóis, Furadeiras pneumáticas rotativas, de uso manual Outros aparelhos de destilação ou de retificação Outras ferramentas pneumaticas rotativas, de uso manual

13 Anexo II Descrição Descrição Trocadores (permutadores) de calor, de placas Outras ferramentas pneumáticas, de uso manual Trocadores (permutadores) de calor, tubulares, metálicos Trocadores (permutadores) de calor, tubulares, de grafite Cortadoras de tecidos, com motor elétrico incorporado Martelos com motor elétrico incorporado Outros trocadores (permutadores) de calor, tubulares Serras de corrente, de uso manual Outros trocadores (permutadores) de calor Outs.ferramentas hidraul/de motor n/eletr.de uso manual Aparelhos e dispositivos p/liquefacao do ar/outs Partes de serras de corrente, de uso manual gases Autoclaves p/prepar.de bebida quente/aquec.de alimento Partes de ferramentas pneumaticas, de uso manual Outs.aparelhos/disposit.p/prepar.de bebidas quentes, etc Esterilizadores de aliment.uht, inj.vapor, cap>=6500 l/h Partes de ferramentas hidraul/de motor n/eletr. manuais Maçaricos de uso manual Outros esterilizadores Outras máquinas e aparelhos a gás,p/tempera superficial Estufas Máquinas e aparelhos para soldar por fricção Torrefadores Outras máquinas e aparelhos para soldar Evaporadores Partes de maçaricos de uso manual Recipiente refrigerador, c/disposit.circul.fluido refrig Partes de máquinas e aparelhos para soldar por fricção Outs.aparelhos e dispositiv.p/trat.mater.modif. temperat Partes de aquecedores de agua, n/eletr.aquecim. inst Partes de outs.maqs.e apars.p/soldar, maqs.e apars.a gas Máquinas de tratamento de textos Partes de colunas de destilação ou de retificação Outs.maqs.de franquear, emitir tiquetes e maqs. semelh Placa corrugada, de aço inox/alumínio, troca term Duplicadores hectograficos ou a estencil, p/escritório s>0.4m Outras placas de trocadores (permutadores) de calor Outs.maqs.p/selecionar, dobrar, abrir, correspondência Partes de aparelhos/disposit.p/prepar.bebida quente, etc Outs.partes de aparelhos/disposit.p/trat.modif. temperat Outras máquinas bancarias, c/dispositivos p/ autenticar Máquinas para selecionar e contar moedas ou papelmoeda Calandras e laminadores, para papel ou cartão Máquinas de apontar lapis, perfuradores, grampeadores, etc Outras calandras e laminadores Máqs.impr.ender., p/estamp.placa d/enders Cilindros para calandras e laminadores Outs.máqs.apars.d/escritório, bancário, Outras partes para calandras e laminadores Partes e acess.de máquinas de tratamento de textos Desnatadeira centrífuga, cap.processam Máquinas e apars.p/selecionar, subst.miner.solida leite>30000l/hora Outras desnatadeiras centrífugas Maqs.e apars.p/esmagar, subst.miner.solida, de bolas Outros secadores de roupa, centrífugos Outs.máquinas e apars.p/esmagar, subst.miner. solida Centrífugador p/laborat.de analise, ensaio, pesq Betoneiras e aparelhos para amassar cimento cientif Outros centrífugadores Máquinas para misturar matérias minerais com betume

14 Conjuntura Anexo II 14 Descrição Descrição Aparelhos para filtrar ou depurar água Outs.maqs.e apars.p/misturar/amassar subst.miner. solida Aparelhos para filtrar ou depurar bebidas, exceto água Apars.p/filtrar óleos minerais nos motores explosao, etc Máquinas e apars.p/fabr.de moldes de areia p/ fundicao Máquinas p/aglomerar/moldar combustiv.miner. sólidos, etc Aparelhos de osmose inversa Partes de maqs.e apars.p/selecionar, subst. minerais Filtros-prensas para líquidos Máquinas p/montag.de lâmpadas/tubos/válvulas, eletr Outros aparelhos para filtrar ou depurar líquidos Máquinas para fabr.de fibras ópticas e seus esboços Filtros de entrada de ar para motores a explosão/ Máquinas p/fabr.de recipientes de vidro, exc.ampolas diesel Filtros eletrostáticos para gases Outs.máquinas p/fabr/trab.a quente, de vidro/suas obras Depurador por convers.catalitica de gases de escap. veic Concentrador de oxigênio por depuracao do ar, c<=6l/min Partes de maqs.p/fabr/trab.a quente, de vidro/suas obras Maqs.automat.de venda de bebidas, c/disp.aquec/ refrig Outros aparelhos para filtrar ou depurar gases Outras máquinas automáticas de venda de bebidas Tambores rotativos c/pratos/discos separadores, p>300kg Maqs.automat.de venda de alimentos, c/disp.aquec/ refrig Outras partes de centrífugadores Máquinas automáticas de venda de outros produtos Partes de outros aparelhos p/filtrar ou depurar gases Partes de máquinas automáticas de venda de produtos Partes de apars.p/util.linhas de sangue p/ hemodiálise Cartuchos de membrana de aparelhos de osmose inversa Outs.partes de apars.p/filtrar ou depurar líquidos, Maqs.de moldar termopl.p/inj<=5kg, horiz.cmd.num. monocol Outs.maqs.de moldar borracha/plast.p/inj.horiz.cmd. num Outs.maqs.de moldar termopl.p/inj<=5kg, horiz. monocol Outras máquinas de lavar louça Outras máquinas de moldar borracha/plast.p/inj. horiz Máquinas e apars.p/limpar/secar garrafas/outs. recipient Máquinas e apars.p/encher/fechar/arrolhar, garrafas Máquinas e aparelhos p/encher caixas/sacos com po/graos Máquinas e apars.p/encher/fechar embalagem "tetra pack" Maqs.e apars.p/encher/fechar bisnagas, cap>=100 unid/min Maqs.e apars.p/encher/fechar latas, capsular vasos, Outras máquinas de moldar borracha/plast.p/inj. cmd.num Outras máquinas de moldar borracha/plast.p/injeção Extrusoras p/materiais termoplásticos, diam. rosca<=300mm Outras extrusoras para borracha ou plástico Maqs.p/fabr.recip.termopl.c<=5l, prod<=1000u/h, p/ insufl Outras máquinas de moldar borracha/plast.por insuflação Máquinas e aparelhos para gaseificar bebidas Maqs.de moldar a vácuo poliestireno expand/ polipropilen Maqs.e apars.horizont.p/empacotar massa alim. longa, Maqs.e apars.automat.p/embalar tubo/barra de metal, Outras máquinas de moldar a vácuo ou de termoformar Máquinas p/moldar/recauchutar pneus, moldar câmara-de-ar

15 Anexo II Descrição Descrição Maqs.e apars.p/empacot.embalag.papel/cartão, cap>=5000/h Outs.máquinas e apars.p/empacotar/embalar mercadorias Partes de maqs.e apars.p/limpar/secar/encher/ fechar, etc Prensas para moldar borracha/plast.cap<=30000kn Outras prensas para moldar borracha/plast Outras máquinas e aparelhos p/moldar borracha/ plast Básculas de pesagem contínua em transportadores Maqs.unir lamina de borracha c/tecido, p/fabr. pneumáticos Básculas dosadoras c/apars.periféricos c/unid. funcional Outs.maqs.e apars.p/trab.borracha/plast.fabr.seus prods Outras básculas dosadoras Partes de maqs.e apars.p/trab.borracha/plast.fabr. prods Básculas de pesagem constante e básculas ensacadoras Apars.e instrum.pesagem, de mesa, c<=30kg, c/disp. reg Outros aparelhos e instrumentos de pesagem, capac<=30kg Aparelhos e instrumentos pesagem, 30kg<capac<=5000kg Batedoras-separadoras automat.de talos/folhas de fumo Outras máquinas e aparelhos p/preparar/transformar fumo Partes de máquinas e apars.p/preparar/transformar fumo Maqs.e apars.automotrizes p/espalhar, pavim. betumin Outros aparelhos e instrumentos de pesagem Outs.maqs.e apars.p/obras publicas, construção civil, etc Pesos para balanças Maqs.e apars.p/extração, de oleo/gordura animal/veg Partes de balancas p/pessoas, incl.p/bebes/uso doméstico Partes de outs.aparelhos e instrum.pesagem, incl. bascula Prensas p/fabr.painel de particulas, fibras madeira, Máquinas para fabricação de cordas/cabos Extintores, mesmo carregados Robôs industriais Pistolas aerográficas e aparelhos semelhantes Aparelhos de evaporação para arrefecimento do ar Maqs.e apars.p/desobstrucao tubulacao, de jato agua Outras pontes de embarque Maqs.e apars.p/desgaste localiz.vestuário, de jato areia Maqs.e apars.perfuradoras por jato agua, pressão>=10mpa Diferenciadores das tensoes p/instal.de galvanoplastia Outras máquinas e aparelhos para tratamento de metais Outs.maqs.e apars.de jato de areia/jato de vapor, Outros misturadores Apars.manuais p/projetar, prods.p/combate a pragas Outs.aparelhos p/pulverizar fungicidas/inseticidas, Outs.maqs.e apars.p/amassar, esmagar, moer, separar, Outras prensas Irrigadores e sistemas de irrigação, por aspersão Outros distribuidores/doseadores de sólidos/líquidos Outros aparelhos irrigadores e sistemas de irrigação Máquinas e aparelhos p/cestaria/espartaria Outros aparelhos para agrigultura ou horticultura Máquinas e aparelhos p/fabr.de pincéis/broxas/ escovas Apars.de pulveriz.c/bot.press.p/projet.liq.pos, Limpadores de pára-brisas elétricos, para aeronaves espumas Apars.automat.p/projetar lubrif.sobre pneus secag.a Acumuladores hidráulicos para aeronaves Outs.aparelhos mecânicos, p/projetar, líquidos, Silos metálicos p/cereais, fixos, incl.as baterias, pós Partes de extintores/aparelhos p/pulverizar, manuais Aparelhos para limpar peças por ultra-som

16 Conjuntura Anexo II 16 Descrição Descrição Partes de outs.apars.mecan.p/projetar, liquid/ po, etc Máquinas de leme para embarcações Talhas, cadernais e moitões, de motor elétrico Outras máquinas e aparelhos mecânicos c/função propria Talhas, cadernais e moitões, manuais Partes de limpadores de para-brisas, p/aeronaves Outras talhas, cadernais e moitões Outs.partes de máquinas e apars.mecan.c/função propria Guinchos e cabrestantes, de motor elétrico, cap<=100t Caixas de fundição Outros guinchos e cabrestantes, de motor elétrico Placas de fundo para moldes Outros guinchos e cabrestantes, cap<=100t Modelos para moldes Outros guinchos e cabrestantes Moldes p/moldagem de metais, por injecao/ compressão Macacos elevadores fixos de veículos, p/garagens Coquilhas para metais/carbonetos metálicos Macacos hidráulicos Outros moldes para metais/carbonetos metálicos Macacos manuais Moldes para vidros Outros macacos Moldes para matérias minerais Pontes e vigas, rolantes, de suportes fixos Moldes p/moldagem de borrracha/plástico, por injecao, etc Porticos moveis de pneumáticos e carros-pórticos Outros moldes para borracha/plástico Outros pórticos e pontes-guindastes Válvulas redutoras de pressão Guindastes de torre Rotativas, de caixas de direção hidráulica, com pinhão Guindastes de pórtico Rotativas, de caixas de direção hidráulica - outras Maqs.apars.autopropulsados, de pneumáticos, cap>=60t Outs.válvulas p/transmissoes oleo-hidráulicas/ pneumat Outs.maqs.e apars.autopropulsados, de pneumáticos Válvulas de retenção Maqs.apars.autopropulsados, de esteiras, cap Válvulas de segurança ou de alívio elev>=70t Outras máquinas e aparelhos autopropulsados Válvulas de expansão termostáticas/pressostáticas Máquinas e aparelhos p/montagem em veículos rodoviários Outros dispositivos utilizados em refrigeração Cabreas e outros guindastes Outras válvulas para utilização em equipamentos a gás Empilhadeiras autopropulsoras, de motor eletr. cap>6.5t Outras empilhadeiras autopropulsoras, de motor elétrico Outros veículos p/movim.carga, autopropuls.c/ motor eletr Outras empilhadeiras autopropulsoras, capacidade >6.5t Outros veículos para movimentar carga, autopropulsores Outs.empilhadeiras/veics.p/movim.carga, c/disp. elevação Válvulas solenoides Válvulas tipo gaveta Válvulas tipo globo Válvulas tipo esfera Válvulas tipo macho Válvulas tipo borboleta Elevadores e monta-cargas Torneiras e outros dispositivos para canalizações, Transportadores pneumat.tubulares moveis de motor>120hp Outros aparelhos elevadores/transportadores, pneumáticos Partes de torneiras, outs.dispositiv.p/canalizações, Virabrequins forjados, de peso=>900k e comp=>2.000mm

17 Anexo II Descrição Descrição Apars.elevadores/transp.de mercadorias, p/uso subterran Aparelhos elevadores/transp.de mercadorias, de caçamba Apars.elevadores/transp.de mercadorias, de tira/ correia Aparelhos elevadores/transp.de mercadorias, de correntes Apars.elevadores/transp.de mercadorias, de rolos motores Aparelhos de pinças laterais para transporte de jornais Outs.apars.elevadores/transportadores de mercadorias Outros virabrequins (cambotas) Árvores de "cames" para comando de válvulas Veios flexíveis de transmissão Manivelas Árvores de transmissão, provido de açoplam. dentado, Outras árvores (veios) de transmissão Mancais (chumaceiras) com rolamentos incorporados Escadas e tapetes, rolantes Mancais s/rolam.montados c/bronzes de metal antifricção Teleféricos e mecanismos de tração para funiculares Bronzes com diâmetro interno =>200mm Máquinas e apars.p/desembarque de botes salvavidas, Outros bronzes etc Transportadores-elevadores automat.de deslocam Outros mancais sem rolamentos horiz Máquina p/formação de pilhas de jornais, cap>=80000/hora Caixas de transmissão, redutores, de velocidade Outs.maqs.e apars.de elevação, de carga, de descarga, "Bulldozers" e "angledozers", de lagartas, de pot.>=520hp Engrenagens e rodas de fricção, eixos de esferas/ roletes Polias, exceto as de rolamentos reguladores de tensão Outros "bulldozers" e "angledozers", de lagartas Volantes e outras polias Outros "bulldozers" de potência no volante>=315hp Embreagens de fricção Outros "bulldozers" e "angledozers" Outras embreagens Motoniveladores articulados, potencia no volante>=275hp Dispositivos de acoplamento, incl.juntas de articulação Outros niveladores Partes de árvores de transmissão, manivelas, mancais, Raspo-transportadores, autopropulsores Juntas metaloplásticas Compactadores e rolos/cilindros compressores, Juntas de vedação, mecânicas autopropul Carregadoras-transportadoras, util.minas substerraneas Jogos/sortidos de juntas, em bolsas, envelopes, Outras carregadoras-transportadoras de carregam. frontal Infraestrutura motora, p/receber carregadoras, p>=609hp Infraestrutura motora, para receber outras carregadoras Carregadoras/pas-carregadoras, de pot.no volante>=399hp Carregadoras/pas-carregadoras, de pot.no volante<=59hp Outs.carregadoras/pas-carregadoras, de carregam. frontal Máquinas e aparelhos para fabricação esferas/ plaquetas Máqs.apar.fabr.dispos.sem.circ.integr.eletr Máqs.apar.fabr.dispos.visualiz.de tela plana Máqs.apar.especif.nota 9 c)presente capítulo Partes acess.maqs.apar.fab.esferas/plaquetas Hélices para embarcações e suas pás

18 Conjuntura Anexo II 18 Descrição Descrição Escavadoras capacid.carga>=19m3, pot.no volante>=650hp Outras Hélices para embarcações e suas pás Escavadoras capacid.carga>=19m3, pot.no volante<=54hp Outras escavadoras com capacidade de carga >=19m Infraestrut.motora, p/receb.equip.perfur.compact. escav Outs.máquinas escavadoras, cap.efet. rotacao=360graus Outras pás mecânicas, escavadores, carregadoras, Motor eletr.de corrente contínua, pot<=37.5w, passo<=1.8g Outros motores eletr.de corrente alternada, pot<=37.5w Motor elétrico de corrente contínua, 37.5w<pot<=750w Gerador elétrico de corrente contínua, pot<=750w Motor elétrico de corrente contínua, 750w<pot<=75kw Bate-estacas e arranca-estacas Gerador eletr.de corrente contínua, 750w<pot<=75kw Limpa-neves Motor elétrico de corrente contínua, 75kw<pot<=375kw Cortadores de carvão ou de rochas, autopropulsores Gerador elétrico de corrente contínua, 75kw<pot<=375kw Maqs.p/perfuração de túneis e galerias, autopropulsoras Motor elétrico de corrente contínua, 375kw<pot<=3000kw Outros cortadores de carvão ou de rochas Geradores elétricos de corrente contínua, potência >375kw Outras máquinas p/perfuração de túneis e galerias Outros motores eletr.de corr.altern. monof.37.5w<p<=15kw Perfuratriz de percussão, autopropulsora Motor eletr.corr.altern.trif.37.5w<p<=750w, rotor gaiola Perfuratriz rotativa, autopropulsora Motor eletr.corr.altern.trif.37.5w<p<=750w, rotor aneis Máquinas de sondagem, rotativas, autopropulsoras Outros motores eletr.de corr.altern. polif.37.5w<p<=750w Outras máquinas de sondagem/perfuração, autopropulsoras Motor eletr.corr.altern.trif.750w<p<=75kw, rotor gaiola Outras perfuratrizes de percussão Motor eletr.corr.altern.trif.750w<p<=75kw, rotor aneis Outras máquinas de sondagem, rotativas Outs.motores eletr.de corr.altern. polif.750w<pot<=75kw Outras máquinas de sondagem/perfuração Motor eletr.corr.altern.trif.75kw<pot<=7500kw Outs.maqs.e apars.de terraplanagem, autopropulsores Motor eletr.corr.altern.trif.7.500kw<pot<=30.000kw Maqs.de comprimir/compactar terra, exc. autopropuls Equipamentos frontais p/escavo-carregadoras, cap>4m Outs.equipamentos frontais p/carregad.exc. autopuls Outs.maqs.e apars.de terraplanagem, exc. autopropuls Partes de talhas, cadernais, moitoes manuais, guinchos, etc Partes de outras talhas, cadernais, moitoes, guinchos, Outs.motores eletr.corr.altern.polifasicos, pot>30.000kw Geradores de corrente alternada, pot<=75kva Geradores de corrente alternada, 75kva<pot<=375kva Geradores de corrente alternada, 375kva<pot<=750kva Geradores de corrente alternada, pot>750kva Grupo eletrog.p/motor diesel, p<=75kva, corr.altern Partes de empilhadeiras, autopropulsoras Outros grupos eletrog.p/motor diesel, pot<=75kva

19 Anexo II Descrição Descrição Partes de outras empilhadeiras Grupo eletrog.p/motor diesel, 75<p<=375kva, corr. altern Partes de outros veic.p/movim.carga, c/disposit. elevação Outros grupos eletrog.p/motor diesel, 75kva<p<375kva Partes de elevadores Grupo eletrog.p/motor diesel, 375<p<=430kva, corr. altern Partes de monta-cargas/escadas rolantes Outs.grupos eletrog.p/motor diesel, p>375kva, corr. altern Partes de outs.maqs.e apars.de elevação de carga, Caçambas, pás, ganchos, p/máquinas e apars. terraplanag Outros grupos eletrogeradores p/motor diesel, p>375kva Grupo eletrog.p/motor explosão, corr.altern. p<=210kva Lâminas para "bulldozers" ou "angledozers" Outros grupos eletrog.p/motor explosão, corr.altern Partes das máquinas de sondagem rotativas Outros grupos eletrogeradores para motor explosão Partes de outras máquinas de sondagem/perfuração Outros grupos eletrogeradores de energia eólica Partes de guindastes, outs.maqs.apars.de carga/ Outros grupos eletrogeradores descarga Cabinas p/máquinas e aparelhos de terraplanagem Conversores rotativos elétricos, de frequência e Lagartas de máquinas/aparelhos das posic ou Outros conversores rotativos elétricos Outs partes de maqs.e aparelhos de terraplanagem e Partes de outros motores/geradores/grupos eletrog Arados e charruas Acoplamentos, embreagens, eletromagnéticos Grades de discos, uso agrícola, p/prepar.do solo Eletroímãs Outras grades, escarificadores, cultivadores, enxadas, Placas, mandris e dispositivos magnéticos, de fixação Semeadores-adubadores Partes de aclopamentos, embreagens, eletromagnéticos Outros semeadores, plantadores e transplantadores Outs.aspirads.eletr.c/motor elétr.uso domést Espalhadores de estrume/distribuid.de adubos/ Partes/aps.eletrom.c/motor elétr.uso doms. fertiliz Outs.máquinas e apars.agrícolas, p/prepar.do solo Fornos de resistencia, industriais (aquecim.indireto) Partes de maqs.e apars.agricolas, p/prepar.do solo Cortadores de grama, motoriz.disp.corte num plano horiz Fornos de resistencia, de laboratorio (aquecim. indireto) Fornos de indução, industriais Outros cortadores de grama Fornos de indução, de laboratório Ceifeiras c/disp.acond.em fileiras, rotor de dedos/ pente Outs.ceifeiras, incl.barras de corte p/montag.em trator Outras máquinas e aparelhos para colher e dispor o feno Enfardadeiras de palha/forragem, incl.com apanhadeiras Fornos de perdas dielétricas, industriais/de laboratório Fornos de resistência, industriais (aquecimento direto) Fornos de resistencia, de laboratorio (aquecim. direto) Fornos de arco voltaico, industriais Ceifeiras-debulhadoras Fornos de arco voltaico, de laboratório Outras máquinas e aparelhos para debulha Outros fornos elétricos industriais ou de laboratório Máquinas para colheita de raízes ou tubérculos Outs.apars.de indução/perdas dieletr.p/trat.term. mater Colheitadeira de algodão, cap.2 sulcos, pot.no vol.80hp Partes de fornos eletr.industriais/de laboratorio,

20 Conjuntura Anexo II 20 Descrição Descrição Outras colheitadeiras de algodão Ferros e pistolas para soldadura forte ou fraca Outras máquinas e aparelhos para colheita Outras máquinas e aparelhos p/soldadura forte ou fraca Selecionadores de frutas Máquinas e apars.p/soldar metais, de resistencia, automat Máquinas p/limpar ou selecionar ovos, cap>=36000/ hora Outs.máquinas e apars.p/soldar metais, de resistência Outras máquinas para limpar ou selecionar ovos Robos p/soldar, por arco, metais, int/parc.autom. cmdo.num Maqs.p/limpar/selecionar ovos e outs.prods.agricolas Outs.maqs.apars.soldar metais, de arco/jato plasma, autom Partes de cortadores de grama Outs.maqs.e apars.p/soldar metais, de arco/jato plasma Partes de outs.máquinas e apars.p/colheita, debulha, Máquinas e aparelhos para soldar a "laser" Máquinas de ordenhar Outs.máquinas e apars.p/soldar, eletr.por outs. processos Máquinas e aparelhos para tratamento do leite Partes de máquinas e aparelhos p/soldar, eletr Outras máquinas e aparelhos para ind.de laticinios Aparelhos p/prepar.cafe ou cha, eletroterm.uso doméstico Partes de maqs.e apars.de ordenhar/ind.de laticínios Fritadoras eletrotérmicas, uso doméstico Máquinas e apars.p/fabr.vinho, sidra, suco de frutas, Aceleradores de partículas Partes de máquinas e apars.p/fabr.de vinho, sidra, Geradores de sinais, elétricos Máquinas e apars.p/prepar.de alimentos/rações p/ animais Maqs.e apars.de galvanoplastia, eletrolise, eletroforese Chocadeiras e criadeiras Partes de outs.máquinas e apars.eletr.c/função própria Outras máquinas e aparelhos para avicultura Locomotivas e locotratores, de fonte ext.de eletricidade Outras máquinas e aparelhos p/agricultura, horticult Tratores motocultores etc Partes de máquinas e aparelhos para avicultura Tratores de lagartas Partes de maqs.e apars.p/agricultura, horticultura, Tratores para arrastar troncos ("log skidders") Maqs.p/limpeza, selecao, de graos, prods.hortic. secos Outros tratores Máquinas e aparelhos para trituração ou moagem de grãos Dumpers p/transp.mercadoria>=85t, util.fora de rodovias Outs.maqs.e apars.p/ind.de moagem, tratam.de cereais, etc Partes de maqs.e apars.p/limpeza, seleção, de grãos Máquinas e apars.p/ind.de panificação, pastelaria, Maqs.e apars.p/fabr.bombons de chocolate, cap>=150 kg/h Outs.máquinas e aparelhos p/indústrias de confeitaria Máquinas e aparelhos p/ind.de cacau ou de chocolate Outs.dumpers p/transp.mercadoria, util.fora de rodovias Caminhões-guindastes cap.max.de elev.>=60t, haste telesc Outros caminhões-guindastes Torres (derricks) automóveis, p/sondagem/ perfuração Veículos automóveis de combate a incêndios Caminhões-betoneiras

Anexo I. Anexo I - Regimes Tributários Especiais Impactos desfavoráveis e alternativas para eliminação destes impactos

Anexo I. Anexo I - Regimes Tributários Especiais Impactos desfavoráveis e alternativas para eliminação destes impactos Anexo I Anexo I - Regimes Tributários Especiais Impactos desfavoráveis e alternativas para eliminação destes impactos 1. Os impactos desfavoráveis sobre a indústria nacional de bens de capital a. O viés

Leia mais

Anexo II - Relação de Nomenclatura Comum do Mercosul NCM para desoneração

Anexo II - Relação de Nomenclatura Comum do Mercosul NCM para desoneração Anexo II Anexo II - Relação de Nomenclatura Comum do Mercosul NCM para desoneração 73030000 Tubos e perfis ocos, de ferro fundido 84512990 Outras máquinas para secar roupa 73061100 Tubos ferro/aço utiliz.p/oleod./gasodutos

Leia mais

DECRETO Nº 8.224, DE 3 DE ABRIL DE 2014

DECRETO Nº 8.224, DE 3 DE ABRIL DE 2014 CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Documentação e Informação DECRETO Nº 8.224, DE 3 DE ABRIL DE 2014 Estabelece a aplicação de margem de preferência em licitações realizadas no âmbito da administração pública

Leia mais

REPORTO - REGIME TRIBUTÁRIO PARA INCENTIVO À MODERNIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA PORTUÁRIA

REPORTO - REGIME TRIBUTÁRIO PARA INCENTIVO À MODERNIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA PORTUÁRIA REPORTO - REGIME TRIBUTÁRIO PARA INCENTIVO À MODERNIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA PORTUÁRIA Em 1º de dezembro de 2004, o Congresso Nacional aprovou o Projeto de Lei de Conversão nº 53, de 2004 (Medida

Leia mais

DECRETO Nº 1.767, DE 12 DE SETEMBRO DE 2005.

DECRETO Nº 1.767, DE 12 DE SETEMBRO DE 2005. DECRETO Nº 1.767, DE 12 DE SETEMBRO DE 2005. Publicado no DOE(Pa) de 13.09.05. ADIN Nº 3.246 DE 19.04.06, STF declarou inconstitucional o art. 5º. I da Lei 6.489/02, com a publicação do Acórdão no DJ de

Leia mais

PRINCIPAIS PRODUTOS PRODUZIDOS PELAS ASSOCIADAS DA ANFAVEA, POR CLASSIFICAÇÃO FISCAL

PRINCIPAIS PRODUTOS PRODUZIDOS PELAS ASSOCIADAS DA ANFAVEA, POR CLASSIFICAÇÃO FISCAL PRINCIPAIS PRODUTOS PRODUZIDOS PELAS ASSOCIADAS DA, POR CLASSIFICAÇÃO FISCAL 1. Automóveis, comerciais leves, comerciais pesados (caminhões, ônibus e chassis com motor) AUTOMÓVEIS 8703.21.00 Automóveis

Leia mais

LEI Nº 10.485, DE 3 DE JULHO DE 2002

LEI Nº 10.485, DE 3 DE JULHO DE 2002 LEI Nº 1.48, DE 3 DE JULHO DE 22 Dispõe sobre a incidência das contribuições para os Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep) e da Contribuição para o

Leia mais

Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes

Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Notas. 1.- Este Capítulo não compreende: a) as mós e artefatos semelhantes para moer e outros artefatos

Leia mais

PRINCIPAIS PRODUTOS PRODUZIDOS PELAS ASSOCIADAS DA ANFAVEA, POR CLASSIFICAÇÃO FISCAL (versão de 28/03/2013)

PRINCIPAIS PRODUTOS PRODUZIDOS PELAS ASSOCIADAS DA ANFAVEA, POR CLASSIFICAÇÃO FISCAL (versão de 28/03/2013) PRINCIPAIS PRODUTOS PRODUZIDOS PELAS ASSOCIADAS DA, POR CLASSIFICAÇÃO FISCAL (versão de 28/03/2013) 1. Automóveis, comerciais leves, comerciais pesados (caminhões, ônibus e chassis com motor) AUTOMÓVEIS

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO Pág.: 1 de 10 Identificação do equipamento ELEVADOR DE PASSAGEIROS E CARGAS Com Relação às Torres: Prumo; Espessura da parede do tubo; Resistência e nivelamento da base; Estaiamento; Aterramento elétrico

Leia mais

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010 Questão 21 Conhecimentos Específicos - Técnico em Mecânica A respeito das bombas centrífugas é correto afirmar: A. A vazão é praticamente constante, independentemente da pressão de recalque. B. Quanto

Leia mais

Capítulo 84. Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes

Capítulo 84. Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Notas. 1.- Este Capítulo não compreende: a) as mós e artefatos semelhantes para moer e outros artefatos

Leia mais

Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes

Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Notas. Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes 1.- Este Capítulo não compreende: a) as mós e artefatos semelhantes para moer e outros artefatos

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO Pág.: 1 de 9 Identificação do equipamento ELEVADOR DE PASSAGEIROS E CARGAS Com Relação às Torres: Prumo; Espessura da parede do tubo; Resistência e nivelamento da base; Estaiamento; Aterramento elétrico

Leia mais

DECRETO Nº 2.731, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2006

DECRETO Nº 2.731, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2006 DECRETO Nº 2.731, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2006 Publicado no DOE(Pa) de 29.12.06. Concede tratamento tributário às operações que especifica, realizadas pela empresa USIPAR - USINA SIDERÚRGICA DO PARÁ LTDA.

Leia mais

Capítulo 84. Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes

Capítulo 84. Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Notas. 1. Este Capítulo não compreende: a) as mós e artefatos semelhantes para moer, e outros artefatos

Leia mais

DECRETO Nº 2.334, DE 13 DE JULHO DE 2006

DECRETO Nº 2.334, DE 13 DE JULHO DE 2006 Publicada no DOE(Pa) de 14.07.06. DECRETO Nº 2.334, DE 13 DE JULHO DE 2006 Altera dispositivos do Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços

Leia mais

DECRETO Nº 52.837, DE 26 DE MARÇO DE 2008

DECRETO Nº 52.837, DE 26 DE MARÇO DE 2008 DECRETO Nº 52.837, DE 26 DE MARÇO DE 2008 (DOE 27-03-2008) Introduz alteração no Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 722-A, DE 2011 (Do Sr. Jorge Corte Real)

PROJETO DE LEI N.º 722-A, DE 2011 (Do Sr. Jorge Corte Real) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 722-A, DE 2011 (Do Sr. Jorge Corte Real) Estabelece medidas de estímulo ao investimento, altera o art. 1º da Lei nº 11.529, de 22 de outubro de 2007, e dá outras

Leia mais

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005 Total... 147 358 6 443 364 1 255 903 923 1 233 256 750 157 359 927 105 804 733 1 192 717 909 681 401 937 511 315 972 C Indústrias extrativas... 3 019 126 018 38 315 470 32 463 760 4 145 236 2 657 977 35

Leia mais

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES Complexo Esportivo de Deodoro Edital 1.10 1. Instalações Hidráulicas e Sanitárias Os serviços de manutenção de instalações hidráulicas e sanitárias,

Leia mais

ANEXO AO COMUNICADO: MÁQUINA INDÚSTRIAL SOFRE ALTERAÇÃO DA ALÍQUOTA INTERNA DO ICMS. Item Descriminação NCM 1 Comportas de represas 7308.90.

ANEXO AO COMUNICADO: MÁQUINA INDÚSTRIAL SOFRE ALTERAÇÃO DA ALÍQUOTA INTERNA DO ICMS. Item Descriminação NCM 1 Comportas de represas 7308.90. ANEXO AO COMUNICADO: MÁQUINA INDÚSTRIAL SOFRE ALTERAÇÃO DA ALÍQUOTA INTERNA DO ICMS. Abrangência: contribuintes do ICMS de São Paulo que comercializem máquinas, aparelhos e equipamentos industriais. Produto:

Leia mais

Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais.

Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais. Maio/2014 OBJETIVO Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais. Permitir ainda, uma análise comparativa da evolução

Leia mais

Lista de Produtos do Setor Eletroeletrônico

Lista de Produtos do Setor Eletroeletrônico 3705.90.10 Fotomáscaras sobre vidro plano, positivas, próprias para gravação em pastilhas de silício ( chips ) para fabricação de microestruturas eletrônicas Componentes para Equipamentos Industriais 3705.90.90

Leia mais

ANEXO. Anexo I-A do título IV do Acordo de Associação entre a União Europeia e os seus Estados-Membros, por um lado, e a Ucrânia, por outro

ANEXO. Anexo I-A do título IV do Acordo de Associação entre a União Europeia e os seus Estados-Membros, por um lado, e a Ucrânia, por outro COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 15.5.2013 COM(2013) 290 final Annex II - Part 20/22 ANEXO Anexo I-A do título IV do Acordo de Associação entre a União Europeia e os seus Estados-Membros, por um lado, e a Ucrânia,

Leia mais

經 濟 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE ECONOMIA. 通 告 Aviso. 商 標 之 保 護 Protecção de Marca. 申 請 Pedido

經 濟 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE ECONOMIA. 通 告 Aviso. 商 標 之 保 護 Protecção de Marca. 申 請 Pedido 13092 28 2015 7 15 澳 門 特 別 行 政 區 REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU 政 府 機 關 通 告 及 公 告 AVISOS E ANÚNCIOS OFICIAIS 經 濟 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE ECONOMIA 通 告 Aviso 商 標 之 保 護 Protecção de Marca 申 請

Leia mais

DECRETO Nº 6657 23/05/2006

DECRETO Nº 6657 23/05/2006 DECRETO Nº 6657 23/05/2006 Publicado no Diário Oficial N.º 7231 de 23/05/2006 O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, e considerando

Leia mais

Soluções em Equipamentos Industriais

Soluções em Equipamentos Industriais Soluções em Equipamentos Industriais QUEM SOMOS Com atuação a nível nacional e internacional, a Jemp Equipamentos é a maior empresa brasileira na área de equipamentos industriais, acumulando uma experiência

Leia mais

2) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR 1) TANQUE DE INOX 3) REATOR / BATEDEIRA/ HOMOGENIZADOR 4) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR 6) FUSOR 5) REATOR

2) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR 1) TANQUE DE INOX 3) REATOR / BATEDEIRA/ HOMOGENIZADOR 4) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR 6) FUSOR 5) REATOR 1) TANQUE DE INOX Agitação lateral por hélice naval. Variação de velocidade eletrônica. Saída do produto por válvula, na parte inferior. 2) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR Estrutura de aço SAE 1.020,

Leia mais

POSTOS ÁREAS. Empresa: MAPEAMENTO ERGONÔMICO GERAL. Serviços pontes rolantes Contratos Full Time. Caldeiraria Mac /Corte / Usinagem de Miscelânia

POSTOS ÁREAS. Empresa: MAPEAMENTO ERGONÔMICO GERAL. Serviços pontes rolantes Contratos Full Time. Caldeiraria Mac /Corte / Usinagem de Miscelânia Empresa: MAPEAMENTO ERGONÔMICO GERAL Manutenção POSTOS ÁREAS Caldeiraria Mac /Corte / Serralheria Caldeiraria de /Serviços Montagem Pte. Rolante /Comp. Mot. Esp./Pint./Jato e Lavagem Empilhamento de estatores

Leia mais

FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA LINHAS DE FINANCIAMENTO E ACESSO AO CRÉDITO PARA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO 13 / 4 / 09 ACESSO AO CRÉDITO PARA AS MICROS E

Leia mais

ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH

ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 1 Cabeça de poço para perfuração de poços de petróleo 7307.19.20 2 Ferramentas de embutir, de estampar ou de puncionar 8207.30.00 3 Brocas 8207.19.00 4 CALDEIRAS DE VAPOR, SEUS APARELHOS

Leia mais

Indústria brasileira de bens de capital mecânicos. Janeiro/2011

Indústria brasileira de bens de capital mecânicos. Janeiro/2011 AGENDA DE TRABALHO PARA O CURTO PRAZO Indústria brasileira de bens de capital mecânicos Janeiro/2011 UMA AGENDA DE TRABALHO (para o curto prazo) A. Financiamento A1. Taxa de juros competitiva face a nossos

Leia mais

Tabela - Produtos x Aplicação x Equipamentos. Tipo de indústria produtos aplicação

Tabela - Produtos x Aplicação x Equipamentos. Tipo de indústria produtos aplicação Tabela - Produtos x Aplicação x Equipamentos Tipo de indústria produtos aplicação - Equipamentos para - Laboratórios ensaios de trafos e capacitores - Reguladores e estabilizadores de tensão, tipo indução

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 47.346, DE 01 DE JULHO DE 2010. (publicado no DOE nº 124, de 02 de julho de 2010) Modifica o Regulamento

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 46.999, DE 11 DE FEVEREIRO DE 2010. (publicado no DOE nº 029, de 12 de fevereiro de 2010) Modifica o Regulamento

Leia mais

BOOSTER BOOSTER? Benefícios e vantagens PORQUE COMPRAR UM

BOOSTER BOOSTER? Benefícios e vantagens PORQUE COMPRAR UM Linha BOOSTER Agilidade, confiabilidade e eficiência BOOSTER Os compressores Schulz modelo SB, possuem como função principal elevar a pressão da rede de baixa pressão para até 40 bar (580 psi). Benefícios

Leia mais

Dobramento. e curvamento

Dobramento. e curvamento Dobramento e curvamento A UU L AL A Nesta aula você vai conhecer um pouco do processo pelo qual são produzidos objetos dobrados de aspecto cilíndrico, cônico ou em forma prismática a partir de chapas de

Leia mais

4. O Ciclo das Substancias na Termoelétrica Convencional De uma maneira geral todas as substâncias envolvidas na execução do trabalho são o

4. O Ciclo das Substancias na Termoelétrica Convencional De uma maneira geral todas as substâncias envolvidas na execução do trabalho são o 1.Introdução O fenômeno da corrente elétrica é algo conhecido pelo homem desde que viu um raio no céu e não se deu conta do que era aquilo. Os efeitos de uma descarga elétrica podem ser devastadores. Há

Leia mais

vendas1@juntasamf.com.br

vendas1@juntasamf.com.br À Sr( a) Ref.: Apresentação para Cadastro de Fornecedor Prezados Senhores, Vimos através desta, apresentar a Juntas AMF Ind. e Com. de Peças Ltda., uma empresa que já se tornou referencia no mercado de

Leia mais

São Paulo, 30 de Julho de 2012 DTE/DEAT/CIR/3.8475/12

São Paulo, 30 de Julho de 2012 DTE/DEAT/CIR/3.8475/12 Prezados senhores, De acordo com o disposto nos artigos 32 e 33 da Portaria SECEX nº 10, de 24 de maio de 2010, alterada pela Portaria SECEX nº 17, de 15 de setembro de 2010 do Ministério do Desenvolvimento,

Leia mais

AR CONDICIONADO. Componentes

AR CONDICIONADO. Componentes AR CONDICIONADO AR CONDICIONADO Basicamente, a exemplo do que ocorre com um refrigerador (geladeira), a finalidade do ar condicionado é extrair o calor de uma fonte quente, transferindo-o para uma fonte

Leia mais

ANEXO II Redução da Base de Cálculo (Previsto no artigo 28 deste regulamento)

ANEXO II Redução da Base de Cálculo (Previsto no artigo 28 deste regulamento) ANEXO II Redução da Base de Cálculo (Previsto no artigo 28 deste regulamento) TABELA II DO ANEXO II REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO CONCESSÕES POR TEMPO DETERMINADO 1 - VENCIDO E NÃO PRORROGADO VIDE ITEM 14

Leia mais

Equipamentos primários. L. Roriz

Equipamentos primários. L. Roriz Equipamentos primários L. Roriz Unidades de Arrefecimento Unidades de Arrefecimento de Ar Unidades Produtoras de Água Refrigerada Sistemas de compressão de vapor Sistemas de expansão directa Sistemas utilizando

Leia mais

Trabalha nos diversos setores da indústria no Brasil, dentre os quais se destaca:

Trabalha nos diversos setores da indústria no Brasil, dentre os quais se destaca: HSO Hidráulica e Pneumática Ltda, e uma empresa constituída de engenheiros, técnicos e projetistas especializados nos setores de hidráulica e pneumática. Atuam fortemente na engenharia e desenvolvimento,

Leia mais

1.1.1 SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE

1.1.1 SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE BINETE DO SECRETÁRIO PUBLICADA NO DOE DE 31-12-2010 SEÇÃO I PÁG 36 RESOLUÇÃO SMA Nº 131 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 Altera os artigos 2º, 3,4º e 5º e acrescenta o artigo 5ºA a Resolução SMA nº 24, de 30

Leia mais

ANEXO II AO COMUNICADO: ALTERAÇÃO DAS ALÍQUOTAS DE PIS E COFINS NA IMPORTAÇÃO

ANEXO II AO COMUNICADO: ALTERAÇÃO DAS ALÍQUOTAS DE PIS E COFINS NA IMPORTAÇÃO 40.16 Outras obras de borracha vulcanizada não endurecida. 4016.10 -De borracha alveolar Partes de veículos automóveis ou tratores e de máquinas ou aparelhos, não domésticos, dos 4016.10.10 Capítulos 84,

Leia mais

Transmissão de Movimento

Transmissão de Movimento Universidade Estadual do Norte Fluminense Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias Laboratório de Engenharia Agrícola EAG 03204 Mecânica Aplicada * Transmissão de Movimento 1. Introdução A transmissão

Leia mais

Lista Bens de Capital para fins do disposto no 1º do artigo 97 e do inciso VI do artigo 98 da Portaria SECEX nº 23/11.

Lista Bens de Capital para fins do disposto no 1º do artigo 97 e do inciso VI do artigo 98 da Portaria SECEX nº 23/11. Lista Bens de Capital para fins do disposto no 1º do artigo 97 e do inciso VI do artigo 98 da Portaria SECEX nº 23/11. NCM DESCRIÇÃO NCM 0101.10.10 CAVALOS REPRODUTORES DE RACA PURA 0101.10.90 ANIMAIS

Leia mais

TABELA II - TAXAS GENÉRICAS

TABELA II - TAXAS GENÉRICAS TABELA II - TAXAS GENÉRICAS ACTIVO CORPÓREO GRUPO 1 - IMÓVEIS 2005 Edificações ligeiras (fibrocimento, madeira, zinco, etc.) 10 Edifícios (a): 2010 Habitacionais 2 2015 Comerciais e administrativos 2 2020

Leia mais

CAMEX - Câmara de Comércio Exterior

CAMEX - Câmara de Comércio Exterior CAMEX - Legislação- Resolução /13 Page 1 of 9 26/02/13 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior CAMEX - Câmara de Comércio Exterior RETIFICAÇÃO (Publicada no D.O.U. de 22/02/13) Na

Leia mais

Compressores. Na refrigeração industrial e no condicionamento de ar são utilizados praticamente todos os tipos e compressores:

Compressores. Na refrigeração industrial e no condicionamento de ar são utilizados praticamente todos os tipos e compressores: Compressores Na refrigeração industrial e no condicionamento de ar são utilizados praticamente todos os tipos e compressores: Alternativos Rotativos de parafusos Rotativos Scroll Rotativos de palhetas

Leia mais

Diretoria de Pesquisas COIND. Índice de Preços ao Produtor

Diretoria de Pesquisas COIND. Índice de Preços ao Produtor Diretoria de Pesquisas COIND Índice de Preços ao Produtor Índice de Preços ao Produtor Indústrias de Transformação Resultados Agosto 2012 Principais Indicadores Indústrias de Transformação JUN JUL AGO

Leia mais

ANEXO I DO DECRETO Nº 21.379, DE 06 DE NOVEMBRO DE 2009

ANEXO I DO DECRETO Nº 21.379, DE 06 DE NOVEMBRO DE 2009 Alterado pelos Decretos: nº 21.644, de 29/04/10 nº 21.820, de 02/08/10 nº 22.004, de 05/11/10 nº 22.146, de 13/01/11 OBSERVAÇÕES: * Não será exigido o ICMS incidente sobre as operações com os produtos

Leia mais

MÁQUINAS, APARELHOS E EQUIPAMENTOS DESTINADOS À UTILIZAÇÃO COMO ATIVO PERMANENTE - BENEFÍCIO DE REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO DO ICMS

MÁQUINAS, APARELHOS E EQUIPAMENTOS DESTINADOS À UTILIZAÇÃO COMO ATIVO PERMANENTE - BENEFÍCIO DE REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO DO ICMS MÁQUINAS, APARELHOS E EQUIPAMENTOS DESTINADOS À UTILIZAÇÃO COMO ATIVO PERMANENTE - BENEFÍCIO DE REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO DO ICMS Matéria elaborada com base na Legislação vigente em 18.12.2012. Sumário:

Leia mais

Lubrificação III. Após a visita de um vendedor de lubrificante. Outros dispositivos de lubrificação

Lubrificação III. Após a visita de um vendedor de lubrificante. Outros dispositivos de lubrificação A U A UL LA Lubrificação III Introdução Após a visita de um vendedor de lubrificante ao setor de manutenção de uma indústria, o pessoal da empresa constatou que ainda não conhecia todos os dispositivos

Leia mais

Insumos - EQUIPAMENTOS

Insumos - EQUIPAMENTOS EQUIPAMENTOS - AQUISIÇÃO 3127 Vibrador de imersão, diesel 4 hp UN 2.200,00 3130 Máquina para bloco intertravado, (prensa), gasolina 3 hp UN 12.200,00 3001-CA Trator de esteiras, com lâmina, diesel 110

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MSN

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MSN ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MSN CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX MSN são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido nodular, e um elemento poliuretano alojado entre eles

Leia mais

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX MN

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX MN CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre eles, de borracha sintética de elevada resistência a abrasão.

Leia mais

JATEAMENTO - INTRODUÇÃO APLICAÇÃO

JATEAMENTO - INTRODUÇÃO APLICAÇÃO www.sinto.com.br JATEAMENTO - INTRODUÇÃO APLICAÇÃO O Jateamento com abrasivo é um método de trabalho a frio que consiste no arremesso de partículas contra uma determinada superfície, a elevadas velocidades,

Leia mais

4 pólos (n = 1800 rpm) 8 pólos (n = 900 rpm) 1,5 2,2 3,0 3,7 4,4 5,5 7,5 9,2 11,0 15,0 18,5 22,0 30,0 37,0 45,0 55,0 75,0 92,0 110,0

4 pólos (n = 1800 rpm) 8 pólos (n = 900 rpm) 1,5 2,2 3,0 3,7 4,4 5,5 7,5 9,2 11,0 15,0 18,5 22,0 30,0 37,0 45,0 55,0 75,0 92,0 110,0 VULBRAFLEX VB GENERALIDADES O VULBRAFLEX é um acoplamento flexível e torcionalmente elástico. Sua flexibilidade permite desalinhamentos radiais, axiais e angulares entre os eixos acoplados e ainda, sendo

Leia mais

COMPRESSORES, SOPRADORES E VENTILADORES COMPRESSORES CENTRÍFUGOS (NORMA API 617)

COMPRESSORES, SOPRADORES E VENTILADORES COMPRESSORES CENTRÍFUGOS (NORMA API 617) COMPRESSORES, SOPRADORES E VENTILADORES FAIXAS MAIS USADAS ÁRA SELEÇÃO DOS COMPRESSORES. CENTRÍFUGOS: ENTRE 2.000 E 200.000 FT 3 /MIN (CFM) PRESSÃO ATÉ 5.000 PSIG ALTERNATIVOS: ATÉ 16.000 CFM PRESSÃO ATÉ

Leia mais

Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor.

Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor. Objetivos Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor. Descrição Neste módulo são abordados os princípios de funcionamento do motor Ciclo Otto,

Leia mais

2013 José Carlos Guarino

2013 José Carlos Guarino José Carlos Guarino 2013 OBJETIVOS 1- Panorama Atual X Panorama Futuro ( O Que vai mudar?) 2-Aumento do COFINS de 1% em alguns itens importados (com similar nacional) Porque? Que devemos fazer? 3- Prestadores

Leia mais

ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS - END Ensaios realizados em materiais, acabados ou semi acabados, para verificar a existência ou não de descontinuidades ou defeitos, através de princípios físicos definidos, sem

Leia mais

... CIRCULAR 171... Novos produtos sujeitos a Substituição Tributária a partir de 06/2009.

... CIRCULAR 171... Novos produtos sujeitos a Substituição Tributária a partir de 06/2009. ... CIRCULAR 171......... Novos produtos sujeitos a Substituição Tributária a partir de 06/2009. Prezados Clientes, Foi publicado no DOE de 18/05/2009 através do Decreto Nº. 54.338 a relação com novos

Leia mais

RECEITA FEDERAL DO BRASIL /FIESP. Bens de Capital e Infraestrutura

RECEITA FEDERAL DO BRASIL /FIESP. Bens de Capital e Infraestrutura RECEITA FEDERAL DO BRASIL /FIESP Bens de Capital e Infraestrutura Não dará direito a crédito o valor da aquisição de bens ou serviços não sujeitos ao pagamento da contribuição, inclusive no caso de isenção,

Leia mais

Apresentação. Planejamento tributário como técnica de economizar impostos indiretos nos limites da lei. Parte I - Economia de Impostos, 1

Apresentação. Planejamento tributário como técnica de economizar impostos indiretos nos limites da lei. Parte I - Economia de Impostos, 1 Apresentação Prefácio à 11ª edição Prefácio à 10ª edição Prefácio à 9ª edição Prefácio à 8ª edição Prefácio à 7ª edição Prefácio à 6ª edição Nota à 5ª edição Prefácio Planejamento tributário como técnica

Leia mais

(Do Sr. Guilherme Campos) O Congresso Nacional decreta:

(Do Sr. Guilherme Campos) O Congresso Nacional decreta: PROJETO DE LEI N o, DE 2007 (Do Sr. Guilherme Campos) Institui incentivos fiscais para a aquisição de bens e prestação de serviços necessários para a utilização de energia solar, eólica ou outras formas

Leia mais

Evaporadores. Ciclo de refrigeração

Evaporadores. Ciclo de refrigeração Evaporadores Ciclo de refrigeração Evaporadores Função Extrair calor do meio a ser resfriado (ar, água ou outra substância). Processo Mudança de estado do gás refrigerante, da fase líquida para a fase

Leia mais

PORTUGAL: RELACIONAMENTO ECONÓMICO COM A AUSTRÁLIA

PORTUGAL: RELACIONAMENTO ECONÓMICO COM A AUSTRÁLIA BALANÇA COMERCIAL 2005 2006 2007 2008 Exportações 82.213 65.434 62.538 53.583 44.990-13,8 39.853 62.848 57,7 Importações 23.679 28.230 38.501 16.980 14.662-3,5 14.187 11.454-19,3 Saldo 58.534 37.204 24.037

Leia mais

PORTUGAL: RELACIONAMENTO ECONÓMICO COM A ALEMANHA

PORTUGAL: RELACIONAMENTO ECONÓMICO COM A ALEMANHA Expedições 4.646.753 4.957.528 4.954.299 4.099.667 4.771.584 1,4 16,4 Chegadas 8.054.468 8.367.508 8.594.931 6.813.091 7.886.527 0,4 15,8 Saldo -3.407.716-3.409.980-3.640.632-2.713.423-3.114.943 -- --

Leia mais

Rafael da Conceição Santana

Rafael da Conceição Santana Rafael da Conceição Santana Rua Xavantes, 23 (11) 4376-2011 / ( (11) 99501-4586 Brasileiro rafael- 29 anos Bairro: Bussocaba james@ig.com.br 06056-440 Osasco SP Solteiro Formação: Universidade Bandeirante

Leia mais

ALUGATUDO CORROIOS ALUGUER DE MÁQUINAS & FERRAMENTAS UNIPESSOAL, LDA.

ALUGATUDO CORROIOS ALUGUER DE MÁQUINAS & FERRAMENTAS UNIPESSOAL, LDA. ALUGUER DE MÁQUINAS & FERRAMENTAS UNIPESSOAL, LDA. F E I J Ó L I S B O A CORROIOS B R A G A GERADORES - BETONEIRAS - MÁQUINAS LAVAR Á PRESSÃO ASPIRADORES - MARTELOS DEMOLIDORES PLACAS COMPACTADORAS - SALTITÕES

Leia mais

PIS/ COFINS EM NOTÍCIAS

PIS/ COFINS EM NOTÍCIAS PIS/ COFINS EM NOTÍCIAS I NOVAS SOLUÇÕES DE CONSULTAS.... 2 A) SOMENTE O FRETE CONTRATADO PARA TRANSPORTE DE INSUMOS E MARCADORIAS PARA REVENDA QUANDO SUPORTADO PELO COMPRADOR GERA DIREITO AO CRÉDITO DE

Leia mais

Inovação e qualidade em sistemas de filtração

Inovação e qualidade em sistemas de filtração Inovação e qualidade em sistemas de filtração A Vemag é uma empresa que atua com filtração e bombeamento de fluidos, em diversas áreas de aplicações. Através de uma equipe de técnicos capacitados, oferece

Leia mais

República da Guiné - Síntese País

República da Guiné - Síntese País Informação Geral sobre a Rep. da Guiné Área (km 2 ): 245 857 Primeiro-Ministro: Mohamed Said Fofana População (milhões hab.): 11,8 (estimativa 2013) Risco de crédito: 7 (1 = risco menor; 7 = risco maior)

Leia mais

Distrito Federal > Novembro/2015

Distrito Federal > Novembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Distrito Federal

Leia mais

Créditos. a. das aquisições de bens para revenda efetuadas no mês;

Créditos. a. das aquisições de bens para revenda efetuadas no mês; Créditos Dos valores de Contribuição para o PIS/Pasep e Cofins apurados, a pessoa jurídica submetida à incidência não-cumulativa poderá descontar créditos, calculados mediante a aplicação das alíquotas

Leia mais

INCIDÊNCIA DE TRIBUTOS NAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS.

INCIDÊNCIA DE TRIBUTOS NAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS. INCIDÊNCIA DE TRIBUTOS NAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS. OUTUBRO DE 2009 1 1. Apresentação Os acordos internacionais de comércio firmados na Organização Mundial do Comércio (OMC) reconhecem a legitimidade de

Leia mais

Atlas Copco. Secadores de ar comprimido por refrigeração. FX1-16 60 Hz

Atlas Copco. Secadores de ar comprimido por refrigeração. FX1-16 60 Hz Atlas Copco Secadores de ar comprimido por refrigeração FX1-16 60 Hz Capacidade total, responsabilidade total A Atlas Copco fornece ar comprimido de qualidade para garantir uma excelente produtividade.

Leia mais

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX CR (COM CRUZETA)

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX CR (COM CRUZETA) ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX CR (COM CRUZETA) CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX CR são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre

Leia mais

Contratos de Manutenção Mercedes-Benz para Veículos Comerciais. Bom para o seu veículo, rentável para o seu negócio. Mercedes-Benz

Contratos de Manutenção Mercedes-Benz para Veículos Comerciais. Bom para o seu veículo, rentável para o seu negócio. Mercedes-Benz Contratos de Manutenção Mercedes-Benz para Veículos Comerciais Bom para o seu veículo, rentável para o seu negócio. Mercedes-Benz Em um cenário competitivo, o sucesso não é determinado apenas pela oferta

Leia mais

"ANEXO I CLÁUSULA PRIMEIRA DO CONVÊNIO ICMS 52/91 MÁQUINAS, APARELHOS E EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS

ANEXO I CLÁUSULA PRIMEIRA DO CONVÊNIO ICMS 52/91 MÁQUINAS, APARELHOS E EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS "ANEXO I CLÁUSULA PRIMEIRA DO CONVÊNIO ICMS 52/91 MÁQUINAS, APARELHOS E EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 1 Cabeça de poço para perfuração de poços de petróleo 7307.19.20 2 Ferramentas de

Leia mais

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria;

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; CATEGORIAS E PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; 2.- Os atestados deverão: 2.1.- Ser apresentados rigorosamente de acordo com

Leia mais

DECRETO Nº 5.567 DECRETA

DECRETO Nº 5.567 DECRETA DECRETO Nº 5.567 O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, e considerando o disposto no Convênio ICMS 130/2007, DECRETA Art.

Leia mais

MEDIDAS DE POLÍTICA INDUSTRIAL. Brasília, 18 de junho de 2014

MEDIDAS DE POLÍTICA INDUSTRIAL. Brasília, 18 de junho de 2014 MEDIDAS DE POLÍTICA INDUSTRIAL Brasília, 18 de junho de 2014 1 Objetivos Fortalecer a indústria no novo ciclo de desenvolvimento econômico Estimular aumentos de produtividade e da competitividade Promover

Leia mais

1. INVENTÁRIOS 1.2 INVENTÁRIO PERIÓDICO. AGENTE E ESCRIVÃO DA POLICIA FEDERAL Disciplina: Contabilidade Prof.: Adelino Corrêa. 1..

1. INVENTÁRIOS 1.2 INVENTÁRIO PERIÓDICO. AGENTE E ESCRIVÃO DA POLICIA FEDERAL Disciplina: Contabilidade Prof.: Adelino Corrêa. 1.. 1. INVENTÁRIOS 1..1 Periódico Ocorre quando os estoques existentes são avaliados na data de encerramento do balanço, através da contagem física. Optando pelo inventário periódico, a contabilização das

Leia mais

Assunto: 13ª Rodada de Licitações de Blocos e de Campos Marginais - Alterações no Conteúdo Local para sondas.

Assunto: 13ª Rodada de Licitações de Blocos e de Campos Marginais - Alterações no Conteúdo Local para sondas. 48380.001019/2015-00 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis Departamento de Política de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural NOTA TÉCNICA

Leia mais

OBTENÇÃO E PREPARAÇÃO do RAP e do RAM (*)

OBTENÇÃO E PREPARAÇÃO do RAP e do RAM (*) 38 PARTE IV OBTENÇÃO E PREPARAÇÃO do RAP e do RAM (*) 1. INTRODUÇÃO A reciclagem das camadas do pavimento pode ser executada na pista, ou em usina central ou fixa. Os processos de obtenção dos materiais

Leia mais

14 ASPECTOS BÁSICOS PARA SELEÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROCESSO

14 ASPECTOS BÁSICOS PARA SELEÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROCESSO 14 ASPECTOS BÁSICOS PARA SELEÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROCESSO Há certos parâmetros que são desejados em todos os tipos de equipamentos de processo, como: FUNCIONALIDADE EFICÁCIA CONFIABILIDADE

Leia mais

DECRETO Nº 1.495, DE 22 DE JANEIRO DE 2009

DECRETO Nº 1.495, DE 22 DE JANEIRO DE 2009 DECRETO Nº 1.495, DE 22 DE JANEIRO DE 2009 Publicado no DOE(Pa) de 23.01.09. Acrescenta dispositivos ao Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de

Leia mais

O BNDES mais perto de você. abril de 2009

O BNDES mais perto de você. abril de 2009 O BNDES mais perto de você abril de 2009 Quem somos Fundado em 20 de junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União Federal; Principal fonte de crédito de longo prazo; Apoio ao mercado

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX GR (COM GARRAS)

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX GR (COM GARRAS) ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX GR (COM GARRAS) CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX GR são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre

Leia mais

Jurisprudência. SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 47 de 12 de Novembro de 2012

Jurisprudência. SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 47 de 12 de Novembro de 2012 SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 143 de 20 de Novembro de 2012 ASSUNTO: Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social Cofins/ Contribuição para o PIS/Pasep EMENTA: CRÉDITOS VINCULADOS A RECEITA NÃO TRIBUTADA.

Leia mais

Imunidade O PIS e a Cofins não incidem sobre as receitas decorrentes de exportação (CF, art. 149, 2º, I).

Imunidade O PIS e a Cofins não incidem sobre as receitas decorrentes de exportação (CF, art. 149, 2º, I). Comentários à nova legislação do P IS/ Cofins Ricardo J. Ferreira w w w.editoraferreira.com.br O PIS e a Cofins talvez tenham sido os tributos que mais sofreram modificações legislativas nos últimos 5

Leia mais

Capítulo 73. Obras de ferro fundido, ferro ou aço

Capítulo 73. Obras de ferro fundido, ferro ou aço Capítulo 73 Obras de ferro fundido, ferro ou aço Notas. 1.- Neste Capítulo, consideram-se de ferro fundido os produtos obtidos por moldação nos quais o ferro predomina em peso sobre cada um dos outros

Leia mais

Medidas de Incentivo à Competitividade. Min. Guido Mantega 05 de Maio de 2010

Medidas de Incentivo à Competitividade. Min. Guido Mantega 05 de Maio de 2010 Medidas de Incentivo à Competitividade Min. Guido Mantega 05 de Maio de 2010 Devolução mais rápida de créditos tributários federais por exportações Devolução de 50% dos créditos de PIS/Pasep, Cofinse IPI

Leia mais

Automação Hidráulica

Automação Hidráulica Automação Hidráulica Definição de Sistema hidráulico Conjunto de elementos físicos associados que, utilizando um fluido como meio de transferência de energia, permite a transmissão e o controle de força

Leia mais