INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS"

Transcrição

1 INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS

2 APRESENTAÇÃO A YOUNIC é especializada na assessoria a empresas com vista ao crescimento e expansão dos seus negócios num panorama internacional. Com uma atuação versátil, estende os seus serviços desde os estudos de mercado à implementação física das empresas nos mercados alvo. O RIGOR E A EXCELÊNCIA PAUTAM O NOSSO DIA-A-DIA

3 MERCADOS A YOUNIC possui uma vasta rede de parceiros internacionais de referência para o apoio à internacionalização das empresas. AMÉRICA Brasil; Colômbia; México; República Dominicana. ÁFRICA Angola; Guiné Equatorial; Nigéria; Marrocos ; Mauritânia; República Democrática do Congo; São Tomé e Príncipe. EUROPA Portugal; Suíça; Espanha.

4 SERVIÇOS YOUNIC ANÁLISE E DEFINIÇÃO ESTRATÉGICA APOIO À INTERNACIONALIZAÇÃO E EXPORTAÇÃO ESTUDOS DE MERCADO BUSINESS COACHING RESTRUTURAÇÃO E APOIO À GESTÃO GESTÃO E OBTENÇÃO DE VISTOS INTERNACIONAIS ANÁLISE DE FINANCIAMENTOS IDENTIFICAÇÃO DE POTENCIAIS AGENTES E PARCEIROS EXTERNOS ESTUDOS DE VIABILIDADE ECONÓMICA PARA CANDIDATURAS A FUNDOS COMUNITÁRIOS

5 PLANO DE INTERNACIONALIZAÇÃO Internacionalizar para crescer é uma realidade, num panorama de crise ao nível do contexto nacional. Porém, a entrada num novo mercado, dando inicio ao processo de internacionalização, ao nível da exportação de produtos ou serviços, não é uma tarefa fácil. O Plano de Internacionalização da YOUNIC constitui um instrumento de apoio transversal à abordagem de mercados externos, que contempla a prospeção de mercados, um plano estratégico direcionado e guia de internacionalização. 1 SELEÇÃO DE MERCADOS 2 ESTUDO DIRECIONADO 3 GUIA DE INTERNACIONALIZAÇÃO

6 PLANO DE INTERNACIONALIZAÇÃO 1 PROSPEÇÃO DE MERCADOS Apenas com uma estratégia sustentável de internacionalização é que será possível entrar num novo mercado com sucesso. Assim, a prospeção tem como objetivo primordial identificar mercados que se adequem ao tipo de negócio a ser desenvolvido e que permitam à empresa exportar produtos e serviços. A seleção do mercado alvo é determinado com base em métricas que permitem avaliar a taxa de retorno do investimento do processo de internacionalização, nomeadamente: Diagnóstico da empresa e de viabilidade de internacionalização; Potencial atual do mercado para o qual se pretende internacionalizar a empresa; Previsão da quota de mercado expectável, ao exportar produtos ou serviços; Aconselhamento de Fundos e Incentivos Nacionais de apoio à exportação; Estimativa da taxa de retorno sobre este investimento na internacionalização.

7 PLANO DE INTERNACIONALIZAÇÃO 2 PLANO ESTRATÉGICO DIRECIONADO Enquadramento e informação geral, fiscal e aduaneira Análise sectorial e da concorrência; Identificação de oportunidades de negócio e potenciais clientes/ parceiros Identificação e gestão da cadeia de distribuição e logística de importação Definição da estratégia de Marketing.

8 PLANO DE INTERNACIONALIZAÇÃO 3 GUIA DE INTERNACIONALIZAÇÃO Os procedimentos a adotar para o êxito na abordagem ao novo mercado são apresentados à empresa, existindo a garantia por parte da YOUNIC de: Aconselhamento estratégico que envolve o processo de entrada e internacionalização no mercado de destino, passando pelo posicionamento do mercado e identificação de parcerias; Correta estimativa da taxa de retorno sobre este investimento na internacionalização.

9 ASSESSORIA INTERNACIONAL - COMERCIAL O culminar do Plano de Internacionalização, após a apresentação da forma de entrada no mercado alvo, consiste no acompanhamento internacional do cliente por parte da rede de parceiros da YOUNIC, proporcionando uma negociação direta entre as partes. Contato com os potenciais clientes/parceiros identificados no Plano Estratégico Direcionado, para concretização de parceiros e negócios; Agendamento e Acompanhamento a reuniões in loco; Monotorização da estratégia do processo de internacionalização; Análise da credibilidade das entidades importadoras; Em casos de exportação, será assegurada a inspeção de mercadorias e da respetiva documentação.

10 ASSESSORIA INTERNACIONAL - JURIDICA Com este serviço pretende-se dotar as empresas de ferramentas que lhes permitam agilizar o processo jurídico na entrada no mercadoalvo,atravésdaredeinternadayounic,comagarantia de que imprevistos e gastos adicionais serão evitados. Diligência/acompanhamento junto a entidades notariais, bancárias e financeiras; Auxilio no processo de registo de marca no país-alvo; Gestão das questões logísticas(vistos e passaportes)

11 MONTRA INTERNACIONAL As feiras internacionais constituem uma ferramenta de relevo no que se refere à apresentação de um serviço / produto nos mercados externos, assim, com o know-how da YOUNIC a presença da sua empresa será um sucesso. Seleção das Feiras Internacionais mais indicadas aos serviços/ produtos da sua empresa; Preparação do Dossier da Feira Internacional, com menção aos produtos a expor, técnicas de vendas a adotar e custos associados a toda a logística envolvida; Desenvolvimento e acompanhamento do expositor; Acompanhamento da empresa na feira selecionada e junto a potenciais clientes/parceiros.

12 MISSÕES EMPRESARIAIS As empresas que pretendem abordar novos mercados, procurar novos parceiros comerciais, aumentar as suas exportações, identificar oportunidades de negócios e parcerias ou implementarem-se em mercados externos podem ver nas Missões Empresariais da YOUNIC um excelente auxílio neste processo. As missões são personalizadas e definidas em função do perfil do seu cliente, o qual beneficia de: Agendamento de reuniões e contatos bilaterais personalizados, com preparação de dossier informativo entregue previamente; Participação em workshops, visitas institucionais e bolsas de contatos; Acompanhamento de um elemento da rede de parceiros internacionais da YOUNIC; Voos, visto, alojamento, viagens internas e refeições do cliente.

13 GESTÃO ESTRATÉGICA DE OPORTUNIDADES DE INTERNACIONAIS Em cinco fases a YOUNIC acompanha as empresas que pretendem alcançar os mercados externos, através da avaliação de necessidades da empresa e do(s) tipo(s) de negócio(s) por forma a garantir maior potencial para o seu sucesso dos seus negócios: CARACTERIZAÇÃO DO CLIENTE 2 ADEQUABILIDADE DO NEGÓCIO SELEÇÃO DO NEGÓCIO 4 DOSSIER DE CANDIDATURA AVALIAÇÃO MENSAL DE RESULTADOS 1 3 5

14 GESTÃO DE OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS CARACTERIZAÇÃO DO CLIENTE Descrição pormenorizada das atividades da empresa; Vantagens; Requisitos para produtos e serviços; Mercado concorrencial existente; Mercados preferenciais; Abordagem da empresa à Internacionalização; Parcerias. ADEQUABILIDADE E SELEÇÃO DO TIPO DE NEGÓCIO Identificação e avaliação de negócios alvo Caracterização de cada negócio Análise de oportunidades Preparação do dossier DOSSIER DE CANDIDATURA E AVALIAÇÃO MENSAL DE RESULTADOS Candidatura pública ou privada; Contato com entidades externas do mercado global; Relatório mensal que será constituído por: Perfil da empresa; Tipo de negócio; Resultados alcançados Vs objetivos previstos.

15 PROCEDIMENTOS YOUNIC (STEP-BY-STEP) 1. DESENVOLVIMENTO DO BILHETE DE IDENTIDADE INTERNACIONAL DO CLIENTE 4. GESTÃO ESTRATÉGICA DO PROCESSO DE INTERNACIONALIZAÇÃO IN SITU 2. ESTUDOS DE NEGÓCIO NO MERCADO GLOBAL Prospeção de mercados; Plano estratégico direcionado Guia de internacionalização personalizado. 3. ABERTURA DE PORTAS DOS MERCADOS Missões Empresariais; Gestão estratégica de oportunidades internacionais. 5. ÊXITO ALCANÇADO Expansão da empresa no mercado global; Retorno no investimento Aumento do volume de vendas / clientes / parceiros Acompanhamento / acessória por parte da YOUNIC nas várias fases do processo.

16 PLANO DE TRABALHO PLANO DE INTERNACIONALIZAÇÃO PROSPEÇÃO DE MERCADOS PLANO ESTRATÉGICO DIRECIONADO GUIA DE INTERNACIONALIZAÇÃO ASSESSORIA INTERNACIONAL COMERCIAL ASSESSORIA INTERNACIONAL JURIDICA MONTRAS INTERNACIONAIS E MISSÕES EMPRESARIAIS GESTÃO DE ESTRATÉGICA DE OPORTUNIDADES INTERNACIONAIS

17 CONTACTOS YOUNIC International, Lda. Avenida do Empresário Praça Nercab Castelo Branco- Portugal Tel/Fax:(+351) Telm:(+351)

18 OLHAMOS PELO SEU SUCESSO NA INTERNACIONALIZAÇÃO

PROGRAMA STEP BY STEP

PROGRAMA STEP BY STEP PROGRAMA STEP BY STEP A Nossa Dica para um Processo de Internacionalização com Sucesso Antes de decidir exportar ou internacionalizar conheça primeiro o mercado. Todos sabemos que hoje o desígnio nacional

Leia mais

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012 Apoio à Internacionalização CENA 3 de Julho de 2012 Enquadramento Enquadramento Comércio Internacional Português de Bens e Serviços Var. 13,3% 55,5 68,2 57,1 73,4 48,3 60,1 54,5 66,0 67,2 61,7 Exportação

Leia mais

Associação Empresarial da Região de Lisboa. Uma força ao serviço das empresas

Associação Empresarial da Região de Lisboa. Uma força ao serviço das empresas Associação Empresarial da Região de Lisboa Uma força ao serviço das empresas ÁREAS DE INTERVENÇÃO INFORMAÇÃO SERVIÇOS ÀS EMPRESAS DESENVOLVIMENTO REGIONAL ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS FORMAÇÃO PROFISSIONAL INTERNACIONALIZAÇÃO

Leia mais

Consultoria Estratégica

Consultoria Estratégica Quem somos e o que fazemos A Select Advisor é uma empresa de Consultoria Estratégica Ajudamos à criação de valor, desde a intenção de investimento e angariação de parcerias até ao apoio de candidaturas

Leia mais

Uma parceria forte e segura. Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã

Uma parceria forte e segura. Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã Uma parceria forte e segura Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã Experiência consolidada - no reforço das relações bilaterais! Maior e mais dinâmica Câmara estrangeira em Portugal com mais de 1.000

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

Apresentação da empresa

Apresentação da empresa Apresentação da empresa A nossa Missão Ajudar as empresas a enfrentar os desafios do presente e do futuro e a encontrar ou retomar os caminhos do sucesso Sabemos que cada problema tem solução e que cada

Leia mais

INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA

INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA 2 PROGRAMA INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA A Portugal Ventures, Caixa Capital e Mota-Engil Industria e Inovação celebraram um acordo para a concretização de um Programa, designado

Leia mais

Programa de Empreendedorismo Tecnológico

Programa de Empreendedorismo Tecnológico PROGRAMA EIBTnet O QUE É? Programa de Empreendedorismo Tecnológico de apoio ao desenvolvimento, implementação, criação e consolidação de novas empresas inovadoras e de base tecnológica. 1 OBJECTIVOS Facilitar

Leia mais

Começar Global e Internacionalização

Começar Global e Internacionalização Começar Global e Internacionalização Artur Alves Pereira Assessor do Conselho de Administração, AICEP Portugal Global Fevereiro 06, 2014 1 A aicep Portugal Global Missão. A aicep Portugal Global é uma

Leia mais

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS Presente em mais de 80 países e com mais de 280 escritórios em todos os Continentes, a MGI é uma das maiores

Leia mais

AVISO Nº 01/SI/2014 - INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DAS PME PROJETOS CONJUNTOS INTERNACIONALIZAÇÃO

AVISO Nº 01/SI/2014 - INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DAS PME PROJETOS CONJUNTOS INTERNACIONALIZAÇÃO AVISO Nº 01/SI/2014 - Janeiro de 2015 Objetivo Estratégico Beneficiários Ações globais do Programa Abrir novos horizontes às PME nacionais, fomentando a sua entrada no mercado-alvo de África do Sul e impulsionado

Leia mais

Internacionalização: Oportunidades e Desafios A CGD como Parceiro. Luís Rego Direção Internacional de Negócio da CGD

Internacionalização: Oportunidades e Desafios A CGD como Parceiro. Luís Rego Direção Internacional de Negócio da CGD Internacionalização: Oportunidades e Desafios A CGD como Parceiro Luís Rego Direção Internacional de Negócio da CGD Internacionalização: oportunidades e desafios - A CGD como Parceiro Índice 1. Evolução

Leia mais

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada.

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. Anexo A Estrutura de intervenção As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. 1. Plano de ação para o período 2016

Leia mais

REGULAMENTO. Artigo 1º. Objeto e âmbito

REGULAMENTO. Artigo 1º. Objeto e âmbito REGULAMENTO O presente regulamento estabelece os procedimentos associados à medida «Passaporte para o Empreendedorismo», regulamentada pela Portaria n.º 370-A/2012, de 15 de novembro de 2012, estabelecida

Leia mais

1ª Semana Europeia das PME Workshop Internacionalização

1ª Semana Europeia das PME Workshop Internacionalização 1ª Semana Europeia das PME Workshop Internacionalização Faro, 7 de Maio de 2009 Índice Posicionamento AICEP AICEP - Produtos e Serviços Apoios à Internacionalização Posicionamento AICEP Posicionamento

Leia mais

Brochura GrowUpServices

Brochura GrowUpServices Brochura GrowUpServices 1. O QUE FAZEMOS 1. Quem Somos 03-12-2015 3 1. Quem Somos A GROWUPSERVICES é uma marca da GROWUPIDEAS e que actua na área da consultoria de negócios. Entre os seus sócios acumulam-se

Leia mais

Catala Consulting, Lda. Apresentação da empresa

Catala Consulting, Lda. Apresentação da empresa Catala Consulting, Lda. Apresentação da empresa A nossa Missão Ajudar as empresas a enfrentar os desafios do presente e do futuro e a encontrar ou retomar os caminhos do sucesso Sabemos que cada problema

Leia mais

Internacionalização. Países lusófonos - Survey. Janeiro de 2015

Internacionalização. Países lusófonos - Survey. Janeiro de 2015 Internacionalização Países lusófonos - Survey Janeiro de 2015 1 Índice 1. Iniciativa Lusofonia Económica 2. Survey Caracterização das empresas participantes 3. Empresas não exportadoras 4. Empresas exportadoras

Leia mais

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 A aposta no apoio à internacionalização tem sido um dos propósitos da AIDA que, ao longo dos anos, tem vindo a realizar diversas acções direccionadas para

Leia mais

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda.

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda. 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa, com sede em Castelo Branco, é uma empresa criada em 2007 que atua nos domínios da engenharia civil e da arquitetura. Atualmente, é uma empresa

Leia mais

Consolidação de Contas

Consolidação de Contas A Valorgest soluções de gestão Consolidação de Contas especialização Serviços / Produtos produtividade Quem somos Missão Valores Abordagem DADIT-M Objetivos da consolidação Consolidação de Grupos Municipais

Leia mais

Missão Empresarial EUA Flórida. 21 a 26 de Março 2015

Missão Empresarial EUA Flórida. 21 a 26 de Março 2015 Missão Empresarial EUA Flórida 21 a 26 de Março 2015 Apoiamos empresas a ter sucesso nos mercados internacionais Sobre nós Na Market Access prestamos serviços de apoio à exportação e internacionalização.

Leia mais

Grant Thornton & Associados SROC, Lda. Apresentação da Firma

Grant Thornton & Associados SROC, Lda. Apresentação da Firma Grant Thornton & Associados SROC, Lda. Apresentação da Firma A nossa competência e experiência e a qualidade dos nossos serviços ao seu serviço A Grant Thornton assenta a sua estratégia no desenvolvimento

Leia mais

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas Porto, 28 de Janeiro de 2014 Índice 1. Enquadramento 2. A aicep Portugal Global 3. Produtos e serviços AICEP Enquadramento Enquadramento

Leia mais

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas A aicep Portugal Global A aicep Portugal Global aicep Portugal Global missão é: é uma agência pública de natureza empresarial, cuja Atrair investimento

Leia mais

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org 1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org CONCEITO Realização do 1º Fórum União de Exportadores CPLP (UE-CPLP) que integra:

Leia mais

Apoio. Programa NOVOS EXPORTADORES

Apoio. Programa NOVOS EXPORTADORES Programa NOVOS EXPORTADORES Artº 1º Definição e Âmbito 1. A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E., adiante designada por AICEP, está a promover o Programa NOVOS EXPORTADORES.

Leia mais

FORMAÇÃO PARA EMPREENDEDORES

FORMAÇÃO PARA EMPREENDEDORES FORMAÇÃO PARA EMPREENDEDORES QUADRO RESUMO: FORMAÇÃO UFCD (H) Noções de Economia de Empresa 5437 25 Métodos e Práticas de Negociação 5442 50 Empresa Estrutura Organizacional 7825 25 Perfil e Potencial

Leia mais

Passaporte para o Empreendedorismo

Passaporte para o Empreendedorismo Passaporte para o Empreendedorismo Enquadramento O Passaporte para o Empreendedorismo, em consonância com o «Impulso Jovem», visa através de um conjunto de medidas específicas articuladas entre si, apoiar

Leia mais

Principais objectivos

Principais objectivos Âmbito A Exponor vai realizar o Time2Export com o objectivo de fomentar networking, partilhar informação e preparar as empresas para melhor explorarem as oportunidades de negócios que a economia global

Leia mais

Rede CIN CIN MS. Centro Internacional de Negócios FIEMS

Rede CIN CIN MS. Centro Internacional de Negócios FIEMS Rede CIN CIN MS Centro Internacional de Negócios FIEMS O que é a REDE CIN? Coordenada pela Confederação Nacional da Indústria - CNI, e criada com o apoio da Agência Nacional de Promoção de Exportações

Leia mais

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas. Porto, 25 de Setembro de 2012

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas. Porto, 25 de Setembro de 2012 A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas Porto, 25 de Setembro de 2012 A aicep Portugal Global A aicep Portugal Global aicep Portugal Global missão é: é uma agência pública de natureza empresarial,

Leia mais

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Uma Rede de apoio à competitividade das empresas 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Quem somos Quem somos? Onde estamos? Criada pela Comissão Europeia no âmbito do Programa Quadro para a Competitividade

Leia mais

Política nacional. Empreendedorismo Fator fundamental e prioritário para o desenvolvimento e aumento da competitividade da economia nacional.

Política nacional. Empreendedorismo Fator fundamental e prioritário para o desenvolvimento e aumento da competitividade da economia nacional. Criar a Empresa O desafio do empreendedorismo! Política nacional Empreendedorismo Fator fundamental e prioritário para o desenvolvimento e aumento da competitividade da economia nacional. Empreendedorismo

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PARA A ECONOMIA CÍVICA PORTUGAL

ASSOCIAÇÃO PARA A ECONOMIA CÍVICA PORTUGAL ASSOCIAÇÃO PARA A ECONOMIA CÍVICA PORTUGAL MISSÃO A Associação para a Economia Cívica Portugal é uma Associação privada, sem fins lucrativos cuja missão é: Promover um novo modelo de desenvolvimento económico

Leia mais

Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais

Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais 24 de maio de 2012 Auditório ISEGI - UNL Patrocínio Principal Apoios Patrocinadores Globais APDSI A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas Lisboa,

Leia mais

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E Paternoster Square Londres ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS Francisco Cary 19 de Maio de 2011 O Mercado dos Países

Leia mais

PREPARE O SEU PROJETO FALE CONNOSCO!

PREPARE O SEU PROJETO FALE CONNOSCO! Candidaturas abertas até 18 de Setembro QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO PREPARE O SEU PROJETO FALE CONNOSCO! Tel./Fax: 22 600 71 20 projectos@advancedway.pt www.advancedway.pt Qualificação e internacionalização

Leia mais

O Papel da Banca no Contexto da Internacionalização. Roadmap para a Internacionalização Castelo Branco 19.fevereiro.2015

O Papel da Banca no Contexto da Internacionalização. Roadmap para a Internacionalização Castelo Branco 19.fevereiro.2015 O Papel da Banca no Contexto da Internacionalização Roadmap para a Internacionalização Castelo Branco 19.fevereiro.2015 2 Desafios da internacionalização Desafios Língua e Cultura Hábitos e crenças diferentes

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL. ANGOLA - BENGUELA E MALANGE 8 a 16 de Novembro de 2014

MISSÃO EMPRESARIAL. ANGOLA - BENGUELA E MALANGE 8 a 16 de Novembro de 2014 MISSÃO EMPRESARIAL ANGOLA - BENGUELA E MALANGE 8 a 16 de Novembro de 2014 ANGOLA Com capital na cidade de Luanda, Angola é um país da costa ocidental de África, cujo território principal é limitado a norte

Leia mais

Iniciar um negócio em Franchising

Iniciar um negócio em Franchising Iniciar um negócio em Franchising Franchising, o que é? Terminologia Vantagens e Desvantagens do Franchisado Vantagens e Desvantagens do Franchisador Dicas para potenciais Franchisados Serviços de apoio

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Internacionalização da Arquitetura Brasileira

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Internacionalização da Arquitetura Brasileira PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Internacionalização da Arquitetura Brasileira PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO SETORIAL PARA INTERNACIONALIZAÇÃO DA ARQUITETURA BRASILEIRA AMBIENTE EXTERNO WORKSHOP APRESENTAÇÃO PES AMBIENTE

Leia mais

INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA

INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA 2 PROGRAMA INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA A Mota-Engil Indústria e Inovação e a Caixa Capital celebraram um acordo para a concretização de um Programa, designado Internacionalizar

Leia mais

Percepção de Portugal no mundo

Percepção de Portugal no mundo Percepção de Portugal no mundo Na sequência da questão levantada pelo Senhor Dr. Francisco Mantero na reunião do Grupo de Trabalho na Aicep, no passado dia 25 de Agosto, sobre a percepção da imagem de

Leia mais

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL Diretor Geral O Diretor Geral supervisiona e coordena o funcionamento das unidades orgânicas do Comité Olímpico de Portugal, assegurando o regular desenvolvimento das suas

Leia mais

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ 2009 Índice Introdução...3 O que é Base Tecnológica?...3 O que é o Programa de Incubação?...3 Para quem é o Programa de Incubação?...4 Para que serve o

Leia mais

Todas as páginas deverão ser o mais apelativas graficamente, pelo que os formatos e as imagens aqui apresentados são meramente indicativos.

Todas as páginas deverão ser o mais apelativas graficamente, pelo que os formatos e as imagens aqui apresentados são meramente indicativos. Notas prévias Todas as páginas deverão ser o mais apelativas graficamente, pelo que os formatos e as imagens aqui apresentados são meramente indicativos. Tens toda a liberdade para alterar, conforme aches

Leia mais

A importância da IAA para o crescimento da economia Ambição 2020 na rota do crescimento

A importância da IAA para o crescimento da economia Ambição 2020 na rota do crescimento A importância da IAA para o crescimento da economia Ambição 2020 na rota do crescimento Nuno Netto nnetto@deloitte.pt 28 de Outubro 2014 Agenda 2014. Para informações, contacte Deloitte Consultores, S.A.

Leia mais

Portugal Brasil Moçambique Polónia

Portugal Brasil Moçambique Polónia www.promover.pt www.greatteam.pt Portugal Brasil Moçambique Polónia QUEM SOMOS - Prestamos serviços técnicos de consultoria de gestão e formação nos diversos setores da economia. - Presentes em Lisboa,

Leia mais

PROMOÇÃO TURISMO 2020 Protocolo de Cooperação. Turismo de Portugal Confederação do Turismo Português

PROMOÇÃO TURISMO 2020 Protocolo de Cooperação. Turismo de Portugal Confederação do Turismo Português PROMOÇÃO TURISMO 2020 Protocolo de Cooperação Turismo de Portugal Confederação do Turismo Português Lisboa, 25 de fevereiro 2015 1 Considerando que: 1. O Turismo é uma atividade estratégica para a economia

Leia mais

REGULAMENTO DO PASSAPORTE PARA O EMPREENDEDORISMO

REGULAMENTO DO PASSAPORTE PARA O EMPREENDEDORISMO REGULAMENTO DO PASSAPORTE PARA O EMPREENDEDORISMO Artigo 1º Âmbito Ao abrigo do n.º 1 do artigo 8.º da Portaria n.º 370-A/2012, de 15 de novembro de 2012, o presente regulamento estabelece os procedimentos

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

Criar eventos de excelência Assessoria e orientação estratégica Soluções criativas Transferência de conhecimento

Criar eventos de excelência Assessoria e orientação estratégica Soluções criativas Transferência de conhecimento Your global partner Quem Somos A NewEvents, constituída por profissionais com elevado Know-how, é uma empresa pioneira e especializada na organização, formação e consultoria internacional em Gestão e Marketing

Leia mais

CAPI CANISM TAL DE O DE C RISCO APIT AL DE RISCO

CAPI CANISM TAL DE O DE C RISCO APIT AL DE RISCO MECANISMO CAPITAL DE CAPITAL DE RISCO DE RISCO António Carvalho A Portugal Ventures InovCapital AICEP Capital Global Turismo Capital Clarificação de objectivos estratégicos e concentração de meios para

Leia mais

As empresas interessadas podem inscrever-se até ao próximo dia 25 de Junho, mediante preenchimento e envio da Ficha de Inscrição em anexo.

As empresas interessadas podem inscrever-se até ao próximo dia 25 de Junho, mediante preenchimento e envio da Ficha de Inscrição em anexo. ABC Mercado S. Tomé e Príncipe Apesar da sua pequena dimensão, o mercado de S. Tomé e Príncipe pode revestir-se de importância significativa para as empresas portuguesas que pretendam atingir mercados

Leia mais

Consultoria em COMPRAS e REDUÇÃO DE CUSTOS. Rumo à COMPETITIVIDADE das Empresas!

Consultoria em COMPRAS e REDUÇÃO DE CUSTOS. Rumo à COMPETITIVIDADE das Empresas! Consultoria em COMPRAS e REDUÇÃO DE CUSTOS Rumo à COMPETITIVIDADE das Empresas! QUEM SOMOS A EZ Trade Center apoia as empresas na OTIMIZAÇÃO DE COMPRAS e REDUÇÃO DE CUSTOS operacionais, permitindo gerar

Leia mais

Lusoflora 2015. Crédito Agrícola. Santarém, 27 de Fevereiro

Lusoflora 2015. Crédito Agrícola. Santarém, 27 de Fevereiro Lusoflora 2015 Crédito Agrícola Santarém, 27 de Fevereiro Agenda 1. Quem somos 2. Proposta Valor 3. Soluções Crédito Agrícola para EMPRESAS/ ENI 4. CA Seguros 2 Quem somos O Grupo Crédito Agrícola é um

Leia mais

EXPORTAR MAIS - PLANO DE ACÇÃO 2008

EXPORTAR MAIS - PLANO DE ACÇÃO 2008 EXPORTAR MAIS - PLANO DE ACÇÃO 2008 AEP - Associação Empresarial de Portugal Direcção de Serviços às Empresas Internacionalização e Promoção Externa Leça da Palmeira, 26 de Junho de 2008 A/C Direcção Comercial/Exportação

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL MÉXICO

MISSÃO EMPRESARIAL MÉXICO MISSÃO EMPRESARIAL MÉXICO Cidade do México - 27 a 31de Outubro de 2014 COM GARANTIA DE SUCESSO Saiba mais na pág. 5 MÉXICO O México, oficialmente Estados Unidos Mexicanos, é uma república constitucional

Leia mais

Marketing de Feiras e Eventos: Promoção para Visitantes, Expositores e Patrocinadores

Marketing de Feiras e Eventos: Promoção para Visitantes, Expositores e Patrocinadores Gestão e Organização de Conferências e Reuniões Organização de conferências e reuniões, nos mais variados formatos, tais como reuniões educativas, encontros de negócios, convenções, recepções, eventos

Leia mais

Enquadramento 02. Justificação 02. Metodologia de implementação 02. Destinatários 02. Sessões formativas 03

Enquadramento 02. Justificação 02. Metodologia de implementação 02. Destinatários 02. Sessões formativas 03 criação de empresas em espaço rural guia metodológico para criação e apropriação 0 Enquadramento 02 Justificação 02 de implementação 02 Destinatários 02 Sessões formativas 03 Módulos 03 1 e instrumentos

Leia mais

Fondo Europeo de Desarrollo Regional

Fondo Europeo de Desarrollo Regional Anúncio da Autoridade de Gestão (Vice-secretaria da Economia e Assuntos Económicos com a União Europeia do Governo das Canárias), pelo qual se dá publicidade à primeira convocatória do Programa Operacional

Leia mais

Together We Create Value

Together We Create Value Together We Create Value APRESENTAÇÃO DA MUNDISERVIÇOS LISBOA 2015 A história da MundiServiços carateriza-se por um percurso de inovação e de investimento na excelência dos seus serviços, assim como por

Leia mais

Por Paulo Lopes. Viana do Castelo, Fevereiro 2014 Seminário Exportar, exportar, exportar A Experiência dos Principais Clusters Regionais

Por Paulo Lopes. Viana do Castelo, Fevereiro 2014 Seminário Exportar, exportar, exportar A Experiência dos Principais Clusters Regionais Por Paulo Lopes Viana do Castelo, Fevereiro 2014 Seminário Exportar, exportar, exportar A Experiência dos Principais Clusters Regionais A SOFID Critérios de Elegibilidade Produtos e Serviços Atividade

Leia mais

Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação

Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação 1 Incentivos financeiros à internacionalização Em 2010 os incentivos financeiros à internacionalização, não considerando

Leia mais

SILVER SUDOE Produtos e Serviços para a Silver Economy

SILVER SUDOE Produtos e Serviços para a Silver Economy SILVER SUDOE Produtos e Serviços para a Silver Economy 2º Congresso Regional sobre o Envelhecimento Ativo e Saudável Coimbra, 7 de Março de 2014 Luísa Bernardes CEC CEC Câmara de Comércio e Indústria do

Leia mais

www.finaccount.com Vales Simplificados Prestação de Serviços de Consultoria Empresarial e Formação

www.finaccount.com Vales Simplificados Prestação de Serviços de Consultoria Empresarial e Formação www.finaccount.com Vales Simplificados Prestação de Serviços de Consultoria Empresarial e Formação Índice 1. Vale Empreendedorismo 3 2. Vale Inovação 5 3. Vale Internacionalização 8 2 1 VALE EMPREENDEDORISMO

Leia mais

Programa de Internacionalização Agronegócios CPLP 2015/16. Juntos vamos mais longe...

Programa de Internacionalização Agronegócios CPLP 2015/16. Juntos vamos mais longe... Programa de Internacionalização Agronegócios CPLP 2015/16 Juntos vamos mais longe... foto: www.verangola.net A CAL - Câmara Agrícola Lusófona - é uma associação empresarial sem fins lucrativos que promove

Leia mais

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA AMedi T Finance é a mais recente aposta do Grupo Medi T. É uma organização multidisciplinar que presta serviços profissionais nasáreas da Assessoria Financeira, Contabilidade, Auditoria e Consultoria.

Leia mais

A AICEP e os Apoios à Internacionalização

A AICEP e os Apoios à Internacionalização A AICEP e os Apoios à Internacionalização Guimarães, 12 de junho de 2015 Índice 1. Enquadramento / Desafios 2. A aicep Portugal Global 3. Produtos e serviços AICEP 4. O Processo de Internacionalização

Leia mais

Tinteiros Express. Imprima com Qualidade a Baixo Custo

Tinteiros Express. Imprima com Qualidade a Baixo Custo Tinteiros Express Imprima com Qualidade a Baixo Custo Tinteiros Express 2 ÍNDICE I. Sumário Executivo Pág. 3 II. Apresentação da Empresa Pág. 4 III. Análise do meio envolvente Pág. 5 IV. Análise do mercado

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO REGULAMENTO Artigo 1.º - Enquadramento O Concurso de Ideias para a Criação de Empresas Inovadoras é uma iniciativa do BICMINHO no âmbito da execução da operação n.º NORTE-07-0364-FEDER-000006 Apoio à Criação

Leia mais

PROPOSTA DE VALOR PARA A ECONOMIA SOCIAL DO ALTO ALENTEJO Plano de Promoção e Internacionalização. www.hqnstrategyconsulting.com

PROPOSTA DE VALOR PARA A ECONOMIA SOCIAL DO ALTO ALENTEJO Plano de Promoção e Internacionalização. www.hqnstrategyconsulting.com PROPOSTA DE VALOR PARA A ECONOMIA SOCIAL DO ALTO ALENTEJO Plano de Promoção e Internacionalização Seminário Apresentação Resultados do Plano de Promoção e Internacionalização Dezembro 2015 www.hqnstrategyconsulting.com

Leia mais

Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA

Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA December 2011 Espírito Santo Investment Bank Somos: A unidade de Banca de Investimento do Grupo Banco Espírito Santo O Banco de Investimento de

Leia mais

Fórum Exportador do CEDRAC O Montepio e a atividade exportadora. Roadmap para a Internacionalização Guimarães 12.junho.2015

Fórum Exportador do CEDRAC O Montepio e a atividade exportadora. Roadmap para a Internacionalização Guimarães 12.junho.2015 Fórum Exportador do CEDRAC O Montepio e a atividade exportadora Roadmap para a Internacionalização Guimarães 12.junho.2015 2 Montepio Parceiro no apoio à expansão do negócio das empresas Grupo Montepio

Leia mais

Exportação Indireta GRUPO INTERNACIONALIZAÇÃO DO SEBRAE-SP

Exportação Indireta GRUPO INTERNACIONALIZAÇÃO DO SEBRAE-SP Exportação Indireta GRUPO INTERNACIONALIZAÇÃO DO SEBRAE-SP Junho/2011 1 Tipos de Exportação: Direta : A própria empresa vende diretamente ao exterior. Brasil Exterior 2 Indireta : Mercadoria é exportada

Leia mais

AMCHAM e a Internacionalização de empresas

AMCHAM e a Internacionalização de empresas Defensores da livre iniciativa Representatividade multisetorial e nacional Amplo e diferenciado conteúdo Estabelecer a competitividade de longo prazo Fortalecimento dos canais de influência AMCHAM e a

Leia mais

INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS - Marketing Internacional

INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS - Marketing Internacional INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS - Marketing CURSO: Administração DISCIPLINA: Comércio FONTE: DIAS, Reinaldo. RODRIGUES, Waldemar. Comércio Exterior Teoria e Gestão. Atlas. São Paulo: 2004 2.4d_ização de

Leia mais

Gerido pelo CIN Centro Internacional de Negócios / Sistema FIEB e Sebrae, através do acompanhamento e apoio individualizado às empresas, com foco na

Gerido pelo CIN Centro Internacional de Negócios / Sistema FIEB e Sebrae, através do acompanhamento e apoio individualizado às empresas, com foco na Gerido pelo CIN Centro Internacional de Negócios / Sistema FIEB e Sebrae, através do acompanhamento e apoio individualizado às empresas, com foco na competitividade e acesso a mercados, através da articulação

Leia mais

Em Crise Profunda no Mercado Interno. Em Expansão Acelerada nos Mercados Externos

Em Crise Profunda no Mercado Interno. Em Expansão Acelerada nos Mercados Externos 2ª JORNADAS DA ESPECIALIZAÇÃO EM DIREÇÃO E GESTÃO DA CONSTRUÇÃO ENGENHARIA CIVIL OS NOVOS DESAFIOS O PAPEL DA CONSTRUÇÃO NO FUTURO Índice: Onde Estamos Europa 2020 e Crescimento da Construção em Portugal

Leia mais

Plano de Atividades e Orçamento. Exercício de 2014

Plano de Atividades e Orçamento. Exercício de 2014 Plano de Atividades e Orçamento Exercício de 2014 Plano de Atividades e Orçamento para o exercício de 2014 Preâmbulo O Plano de Atividades do ano de 2014 foi elaborado de acordo com as expetativas dos

Leia mais

DOSSIER FESTA DO VINHO E PRODUTOS REGIONAIS 2006-2011

DOSSIER FESTA DO VINHO E PRODUTOS REGIONAIS 2006-2011 FESTA DO VINHO PRODUTOS REGIONAIS & TURISMO DOSSIER FESTA DO VINHO E PRODUTOS REGIONAIS 2006-2011 Índice Parcerias 3 Breve Caracterização 4 Edição 2011 5 Edição 2010 7 Edição 2009 9 Edição 2008 10 Edição

Leia mais

Ações de capacitação empresarial

Ações de capacitação empresarial AÇÕES COLETIVAS - ATIVIDADES DE APOIO À EXPORTAÇÃO Acores Export -2016 Introdução Este documento é desenvolvido com base na informação recolhida junto das principais empresas exportadoras que contribuíram

Leia mais

Victor Ferreira Plataforma Construção Sustentável Entidade Gestora do Cluster Habitat Sustentável

Victor Ferreira Plataforma Construção Sustentável Entidade Gestora do Cluster Habitat Sustentável 2ª CONFERÊNCIA PASSIVHAUS PORTUGAL 2014 29 de Novembro de 2014 Aveiro - Centro Cultural e de Congressos Victor Ferreira Plataforma Construção Sustentável Entidade Gestora do Cluster Habitat Sustentável

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO Fundada a 30 de Maio de 1950 Única Associação das Agências de Viagens em Portugal Medalha de Ouro de Mérito Turístico de Portugal Medalha de Ouro

Leia mais

Soluções de Financiamento para a Internacionalização

Soluções de Financiamento para a Internacionalização Soluções de Financiamento para a Internacionalização por João Real Pereira Internacionalização para Moçambique Oportunidades e Financiamento 15 de Março de 2012 Braga Sumário 1. O que é a SOFID? Estrutura

Leia mais

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME PROJECTOS INDIVIDUAIS RELATÓRIO FINAL DE EXECUÇÃO

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME PROJECTOS INDIVIDUAIS RELATÓRIO FINAL DE EXECUÇÃO Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME PROJECTOS INDIVIDUAIS RELATÓRIO FINAL DE EXECUÇÃO DESIGNAÇÃO DO PROJECTO Promoção Internacional dos Serviços PROJECTO Nº: 26039 AVISO DE

Leia mais

ce tec CURSO DE EMPREENDEDORISMO 3ª Edição-Internacional CENTRO DE EMPREENDEDORISMO / ISMAI - TECMAIA

ce tec CURSO DE EMPREENDEDORISMO 3ª Edição-Internacional CENTRO DE EMPREENDEDORISMO / ISMAI - TECMAIA ce tec CENTRO DE EMPREENDEDORISMO / ISMAI - TECMAIA CURSO DE EMPREENDEDORISMO 3ª Edição-Internacional O CEITEC (Centro de Empreendedorismo ISMAI-Tecmaia) apresenta a 3ª edição do Curso em Empreendedorismo,

Leia mais

Apresentação. Estamos no Mercado desde 1997 e criamos e produzimos conteúdos a partir dos interesses e desejos dos nossos clientes, a palavra-chave é

Apresentação. Estamos no Mercado desde 1997 e criamos e produzimos conteúdos a partir dos interesses e desejos dos nossos clientes, a palavra-chave é Apresentação A Companhia Própria é uma empresa de Formação Profissional e de Consultoria de Recursos Humanos que dirige a sua oferta sobretudo a executivos e grandes empresas tecnológicas. Estamos no Mercado

Leia mais

Índice PORTUGAL - BREVE CARATERIZAÇÃO A CIP ATIVIDADE ASSOCIADOS ORGANIZAÇÃO E CONTACTOS

Índice PORTUGAL - BREVE CARATERIZAÇÃO A CIP ATIVIDADE ASSOCIADOS ORGANIZAÇÃO E CONTACTOS Índice PORTUGAL - BREVE CARATERIZAÇÃO A CIP ATIVIDADE ASSOCIADOS ORGANIZAÇÃO E CONTACTOS Portugal Breve caraterização Portugal Caraterização geral Inserido na União Europeia desde 1986, Portugal é o país

Leia mais

IFD. Debate ao almoço Associação Empresarial de Portugal

IFD. Debate ao almoço Associação Empresarial de Portugal O Papel da Instituição Financeira de Desenvolvimento no apoio ao Financiamento das Empresas Portuguesas Debate ao almoço Associação Empresarial de Portugal INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE DESENVOLVIMENTO José

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO MADEIRA 14-20

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO MADEIRA 14-20 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS PROGRAMA OPERACIONAL DA 2014-2020 (MADEIRA 14-20) EIXO PRIORITÁRIO 3 Reforçar a Competitividade das Empresas PRIORIDADE DE INVESTIMENTO (PI) 3.b Desenvolvimento

Leia mais

CONSELHO DE MINISTROS

CONSELHO DE MINISTROS CONSELHO DE MINISTROS Decreto n.º 35/02 de 28 de Junho Considerando a importância que a política comercial desempenha na estabilização económica e financeira, bem como no quadro da inserção estrutural

Leia mais

1º Ciclo de Workshops em Empreendedorismo - 2013

1º Ciclo de Workshops em Empreendedorismo - 2013 1º CICLO DE WORKSHOPS EM Abril e Maio de 2013 EMPREENDEDORISMO AS PEQUENAS IDEIAS GERAM GRANDES NEGÓCIOS! Co-financiamento: APRESENTAÇÃO O Município de Penacova, através do Gabinete de Desenvolvimento

Leia mais

Capacitação em Valorização de Tecnologias

Capacitação em Valorização de Tecnologias Capacitação em Valorização de Tecnologias Enquadramento No âmbito do projeto INESPO 2 Innovation Network Spain-Portugal, as universidades parceiras propuseram-se dinamizar uma ação de Capacitação em Valorização

Leia mais

Guia de Participação na MISSÃO PARA O CRESCIMENTO PORTUGAL

Guia de Participação na MISSÃO PARA O CRESCIMENTO PORTUGAL Guia de Participação na MISSÃO PARA O CRESCIMENTO PORTUGAL Encontro Internacional de Negócios Lisboa, 29 de Novembro de 2013 INTRODUÇÃO As PME portuguesas têm vindo a atravessar bastantes dificuldades

Leia mais

COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO DAS EMPRESAS DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA 2014-2020

COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO DAS EMPRESAS DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA 2014-2020 COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO DAS EMPRESAS DA 2014-2020 18-11-2015 INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL, IP-RAM MISSÃO Promover o desenvolvimento, a competitividade e a modernização das empresas

Leia mais

Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia

Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia Manila, 18 a 22 de Março de 2013 1 Enquadramento: No âmbito do Acordo de Parceiros celebrado entre a AICEP e o GPEARI (Ministério

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais