EMPRÉSTIMO NA CONTA CORRENTE Comodidade e segurança aos associados

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EMPRÉSTIMO NA CONTA CORRENTE Comodidade e segurança aos associados"

Transcrição

1 BRASÍLIA, JULHO 2014 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 1 JULHO/AGOSTO 2014 ED. Credfaz - SCS - Q 05 - BL. C - ENT CEP BRASÍLIA - DF - FONE-FAX: (61) EMPRÉSTIMO NA CONTA CORRENTE Comodidade e segurança aos associados EDITORIAL DINHEIRO EXIGE RESPEITO PÁGINA 02 ENTREVISTA JOSÉ ROBERTO FRANÇA CRESCIMENTO ESTRATÉGICO PÁGINA 04 SICOOBCARD SOLICITE AGORA (61) DESTAQUE BANCOS SOBEM JUROS 11,8% COOPERATIVA MANTÉM BAIXOS PÁGINA 10 COMPRAMOS SUA DÍVIDA SIMULE VALORES (61)

2 2 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JULHO 2014 Editorial DINHEIRO EXIGE RESPEITO José Alves de Sena O Brasil ainda não está entre os países com índices de poupança elevados; pelo contrário, há crescente endividamento da população, cuja cultura de consumo não colabora com o desenvolvimento econômico da família brasileira. Boa parte investe em passivos, acumulando perdas expressivas em curto prazo. Automóveis de luxo são exemplos desse tipo de negócio. Alguns modelos, além dos altos impostos e seguros, têm depreciação entre 20 a 35% em apenas um ano. Outro caso está na contratação de empréstimos e serviços bancários com taxas e juros altos. Mesmo com a queda dos últimos anos, algumas representam verdadeiro desrespeito ao consumidor, que assiste impotente a corrosão das finanças. Embora ainda não estejam culturalmente enraizadas entre as opções do mercado brasileiro, as cooperativas de crédito representam uma nova forma de lidar com dinheiro, em que os associados (consumidores) são tratados não como objeto de rapina, mas com respeito e consideração necessários ao progresso de qualquer nação desenvolvida. Todo dinheiro aplicado gera outro montante (sobras) que é rateado entre os participantes. Assim, seja por meio de empréstimos, cartões de crédito, aplicações financeiras etc, os associados têm a certeza de que não estão sendo explorados, antes investindo para si mesmos. A carteira de produtos e serviços do SICOOB Credfaz Servidor Federal está entre as mais completas com capacidade de atender as mais variadas demandas, incluindo conta corrente para recebimento de salários, empréstimos e sobras, cartões de crédito e débito, plano de previdência privada, consórcios, seguros de automóvel, residencial e de vida. Além dos tradicionais empréstimos e aplicações financeiras. Ademais, está entre as cooperativas de crédito do DF com maiores sobras devolvidas aos associados nos últimos cinco anos, além de gozar de ótima saúde financeira. Resultados do alto comprometimento com transparência e responsabilidade. EXPEDIENTE COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO DA FAZENDA E DOS ÓRGÃOS VINCULADOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA LTIDA. Ed. Credfaz SCS Q. 05 Bl. C Ent. 165 CNPJ: / CEP Brasília DF Fone/Fax: (61) Ouvidoria SICOOB: Redação: Roni Pinheiro Paula Estela Edição, Diagramação e arte: James Romanzini Produção: Promopipoca Soluções em Comunicação Gráfica: Tiragem: DIRETORIA EXECUTIVA Diretor Presidente José Alves de Sena Diretor Administrativo Nelson Pessuto Diretor de Crédito Agostinho Fernandes Bezerra Diretor Financeiro Carlos Alberto Pio DELEGADOS SECCIONAL DF es Bruno Luiz de Assis Pio Isaltino Alves da Cruz Cecilia Maria Ferreira Godofredo da Silva Neto Francisco de Assis Bispo Santos Jorge Brasilico de Araujo Costa Antonia Rodrigues da Silva Manoel Moreira de Carvalho Lucia Helena de Andrade José Vicente Fialho Flores s Marcelo Joaquim Nunes Moreira Ana José de Santana Guedes Fernando da Silva Fernandes Filho Agostinho Saraiva Goiran Oliveira Rocha Cezira Inês Minari Diniz Leonisio Resende Judite Ana dos Santos José Osmar Monte Rocha CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Presidente João Dias Neto Vice Presidente José Roberto França Secretário Edivaldo Franklin de Medeiros José Alves de Sena Nelson Pessuto Agostinho Fernandes Bezerra SECCIONAL RJ es Maria Gláudia Férrer Mamede Acir de Castro Guimarães Ana Maria Balthar Pinto Machado Regina Celia Ferreira de Oliveira Edson dos Santos Tomaz SECCIONAL RS Roserlani Schmidt SECCIONAL PR/SC Osvaldo João Pedro Pacheco Padilha Jesus Luiz Brandão SECCIONAL SP Elias Carneiro Junior Carlos Alberto Pio Geraldo da Silva e Souza Rossana Valeria Gonçalves SUPLENTES José Francisco de Lima Rui Ribeiro de Araújo Ozéas Lucas de Oliveira Eloísa Meireles Santos Telheiro Kleber Alencar Damasceno SECCIONAL MG João Colaço dos Santos SECCIONAL GO/TO Maurício Barbosa Cintra Armando Zafalão SECCIONAL MT/MS José Luiz da Silva Enil Silva Nunes Da Conceição SECCIONAL BA/SE Edvaldo Santos Rodrigues SECCIONAL PE/AL Severino José da Silva Audo Alves de Melo CONSELHO FISCAL EFETIVOS Presidente José Alves de Souza Neto Secretário Ivanilce Mangabeira Borges Membro José Marcos dos Santos SUPLENTES Membros Maria Lucia Gonçalves de Aquino José Lino Soares dos Santos Luiz Alberto Cavalcante Dutra SECCIONAL RN/PB Antonio José da Silva Francisco Clero Gomes Monteiro SECCIONAL CE Rosenildo Rodrigues Silva Joaquim Agustinho Rolim Esmeraldo SECCIONAL MA/PI José Maria Silva Ferreira Filho SECCIONAL PA/AM/RR /RO/AP/AC Antonia Helcia Picanço Neiva

3 CAPA BRASÍLIA, JULHO 2014 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 3 Dinheiro EMPRÉSTIMOS NA CONTA CORRENTE Comodidade e segurança aos associados Mais uma novidade aos associados do SI- COOB Credfaz Servidor Federal. Agora, valores correspondentes à contratação de empréstimos passam a ser creditados diretamente na conta corrente, segundo o diretor financeiro, Carlos Alberto Pio, a medida visa maior segurança, economia e comodidade. Ele explica que os depósitos feitos em outras entidades podem gerar pagamento de taxas. Todos os cartões de débito e crédito já foram emitidos, bem como as senhas para qualquer operação nos caixas eletrônicos e no home banking, assim os assosciados podem movimentar livremente sua conta corrente que têm na cooperativa, se o cooperado não recebeu ou pegou o seu é só pedir, fala. Outras possibilidades estão disponíveis aos correntistas; recebimento de salário é uma realidade há bastante tempo. Basta que o servidor procure o órgão pagador e solicite a mudança para o SICOOB Credfaz Servidor Federal, informe: Bancoob 756, agência 4221 e o número de sua conta corrente que consta Senhas de acesso ao SICOOBNET e conta corrente (61) Carlos Pio no cartão, aqui não existe nenhum tipo de tarifa para manutenção da conta. O mesmo já aconteceu com a distribuição das sobras, que foram creditadas na conta conrrente do associado logo após a Assembleia Geral. Para o diretor, a cooperativa tem total condição de ser a principal entidade financeira de qualquer associado, simplesmente por contar com todos os produtos e serviços oferecidos por bancos, mas sem a cobrança de taxas e juros abusivos. Pio termina dizendo que as dúvidas devem ser tiradas pelos canais de comunicação da cooperativa, que disponibiliza central de atendimento via telefone ou por .

4 4 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JULHO 2014 Entrevista CRESCIMENTO ESTRATÉGICO SICOOB Credfaz Servidor Federal mais atraente. José Roberto França O vice-presidente do Conselho de Administração, José Roberto França, concede entrevista ao Jornal SICOOB Credfaz Servidor Federal em que fala do crescimento estratégico por meio da nova carteira de serviços e produtos, que a tornam ainda mais atrativa. Ele se mostra animado com as mudanças e vê o surgimento de novo perfil de usuário, bem diferente daquele de anos anteriores, quando se resumia aos que buscam aplicações e crédito. JS: Como avalia o momento atual da Cooperativa? França: Quando fundada, a Cooperativa tinha objetivo apenas de crédito mais barato, salvando muitos servidores das garras de agiotas e dos altos juros cobrados no mercado financeiro. Contudo, as mudanças na economia e aumento da concorrência permitiram abertura da carteira de produtos e serviços. Continuamos com crédito mais barato, mas agora temos mais para oferecer. JS: Sobre a situação econômica e financeira? Estamos entre as cooperativas que devolvem mais sobras no DF e gozamos de ótima saúde financeira, conforme relatório apresentado pelo Conselho de Administração e aprovado em Assembleia Geral. JS: Como é feito o controle das contas e da gestão? Nós temos um controle muito forte, exercido pelos conselhos de Administração e Fiscal, além daqueles dos órgãos governamentais e também de auditorias independentes. Todos os pareceres são submetidos à Assembleia Geral, composta por delegados seccionais. JS: Qual a responsabilidade dos gestores e conselheiros? É objetiva, isto é, qualquer negligência é passível de culpa solidária, visto que as obrigações dos conselheiros são de acompanhar regularmente as condições administrativas e fiscais da cooperativa. JS: Qual é seu perfil de usuário? Agora não falo como conselheiro, mas como cooperado. Eu uso a Cooperativa de forma completa, uso todos os produtos e serviços; talvez seja o usuário mais completo. Porque os custos são incomparáveis, bem como os ganhos. Não há como fazer paralelo com outros, pois tudo que aplico tem retorno, seja no pagamento de juros ou nas taxas das aplicações financeiras, mais vantajosas. JS: Você conhece outras realidades do cooperativismo. O que tem a falar sobre isso? Eu estive na Espanha e vi como as cooperativas são fortes na Europa, sobretudo na Alemanha. Elas atuam em vários mercados e ocupam posições importantes. JS: Como vê o futuro das cooperativas no Brasil? Ele depende de fatores culturais. Eu pude ver a realidade em outros países, onde as cooperativas exercem papel importante na economia. Alemanha e Espanha são bons exemplos. Acredito que o Brasil tem enorme potencial de crescimento.

5 BRASÍLIA, JULHO 2014 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 5 Fusão MAIS FORTES E MELHORES Diretoria espera 600 associados da COOPERMINF Ajuste nos procedimentos a fim de resolver algumas divergências, motivo pelo qual estiveram reunidos em Brasília no dia 09 de julho, diretores do SICOOB Credfaz Servidor Federal e da Cooperminf, que se junta a primeira nos meados do mês de setembro. A Cooperativa do dos Funcionários do Ministério da Fazenda no Estado de São Paulo tem cerca de 600 associados e atua desde De acordo com o presidente da Cooperminf, Celso Fernandes, as conversas sobre a fusão começaram há dois anos e evoluíram de maneira que o processo deve ser finalizado no mês de agosto ou setembro. Esta é a segunda reunião formal, mas percorremos um longo percurso de avaliação antes de levar qualquer proposta à Assembleia Geral, contou. Fernandes disse que a mudança representa avanço estratégico impor- Celso Fernandes tante, visto que os custos de manutenção da cooperativa vêm crescendo bastante nos últimos anos devido ao processo de modernização do sistema financeiro nacional, bem como a competitividade com a redução das taxas de juros. Nós estamos unindo forças e assim ficaremos mais fortes, declarou. Ele fez questão de ressaltar a boa saúde financeira da Cooperminf como trunfo na negociação. É bom que se diga que estamos bem economicamente, o que justifica essa união. Sobre as mudanças, Celso Fernandes afirmou que as partes ganham com a fusão e que não há nenhum tipo de prejuízo. Nós iremos para uma cooperativa maior, que tem patrimônio, juros menores e mais serviços. O SICOOB Credfaz terá aumento patrimonial, nas receitas e no quadro de sócios. Sobre as divergências, ficou resolvido que os cooperados da Cooperminf continuarão com a possibilidade de saques regulares do capital, visto que têm caráter de poupança, e que a apólice de seguro coletiva será mantida sem nenhum tipo de perda.

6 6 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JULHO 2014

7 BRASÍLIA, JULHO 2014 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 7 Plano Estratégico EM BUSCA DA EXCELÊNCIA Com participação de cooperados, diretores, conselheiros e colaboradores, o SICOOB Credfaz Servidor Federal define metas e objetivos de 2014 a Aumento do número de associados, incrementos nas ações voltadas para melhoria dos serviços, produtos e atendimento, assim como alinhar as estratégias do SICOOB Credfaz Servidor Federal com as demais do sistema SICOOB apareceram como principais objetivos na reunião do grupo de trabalho responsável pela elaboração do plano estratégico da entidade, que aconteceu em Brasília nos dias 25 e 26 de julho, definindo metas para o período de 2014 a Além de conselheiros, diretores e colaboradores, o plano contou com a participação dos cooperados, que puderam opinar por meio de questionário. Segundo o consultor Sergio Cordioli, o modelo participativo tem diversas vantagens, entre as quais, a integração de diretores e cooperados. Isso é imprescindível, definiu. Ele definiu o plano de maneira espacial, dizendo que é a identificação de onde se está e para onde se pretende ir e, que neste contexto, deve-se estabelecer o caráter ideológico a fim de que haja identificação dos usuários com a organização. O presidente, José Alves de Sena, informou que todas as cooperativas do SICOOB Planalto Central passaram pelo mesmo processo, que as colocará em conformidade com as ações do sistema SI- COOB nacional. Faltam apenas três, já realizamos em outras dez, destacou. Buscamos melhoria dos serviços e a construção de canais de comunicação para alcançar novos associados. Para o diretor, Agostinho Bezerra, o fórum trouxe comprometimento com a busca de soluções e metas de trabalho. Conseguirmos organizar ideias e identificamos problemas que precisam ser resolvidos, falou. Pontos que apresentam alguma fragilidade serão prioridade nas ações da cooperativa, para que seja cada vez mais eficiente.

8 8 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JULHO 2014

9 BRASÍLIA, JULHO 2014 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 9

10 10 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JULHO 2014 Crédito BANCOS SOBEM JUROS 11,8% Cooperativa contraria mercado e mantém taxas em patamares menores. Relatório do Banco Central aponta elevação de 11,8% nas taxas de juros cobradas pelos bancos em 12 meses até junho deste ano para concessão de empréstimos. Na contramão do mercado, o SICOOB Credfaz Servidor Federal mantém a política de manutenção de juros baixos, tornando-se ainda mais vantajosa aos associados. De acordo com a Diretoria, diferentemente de outras instituições financeiras nas quais o lucro fica com donos e acionistas, no modelo de crédito cooperativo qualquer ação visa sempre o bem coletivo. O compromisso da Cooperativa é com os cooperados, por isso podemos praticar o que chamamos de capitalismo do bem, onde todos não são meros correntistas, mas proprietários e, por isso, participam de todos os benefícios oferecidos pelo SICOOB Credfaz Servidor Federal. Enquanto os bancos aumentam os juros, nós estamos mantendo a mesma taxa. Entre outras vantagens, associados da cooperativa recebem sobras e contam, além dos empréstimos com desconto em conta corrente, com outros produtos e serviços oferecidos pela rede bancária como cartões de crédito e débito (Master Card e Visa), seguros, consórcios, previdência privada, aplicações financeiras, poupança, Credconsignado INSS, conta corrente, postos de atendimento da rede SICOOB, Cirrus, banco 24h e internet home banking.

NOSSA MARCA, AGORA É...

NOSSA MARCA, AGORA É... AGOSTO/SETEMBRO 2013 ED. Credfaz SCS Q 05 BL. C ENT 165 CEP 70305921 BRASÍLIA DF FONEFAX: (61) 30358299 NOSSA MARCA, AGORA É... MUDANÇA ATENDE À POLÍTICA DE CRESCIMENTO DA COOPERATIVA Editorial Vale mais

Leia mais

BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 1

BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 1 JORNAL BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 1 JUNHO/JULHO 2015 Ed. Credfaz - SCS - Q 05 - BL. C - ENT 165 - CEP 70305-921 - BRASÍLIA - df - FONE-FAX: (61) 3035-8299 CONTA CORRENTE

Leia mais

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Sul

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Sul em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Sul O desempenho e os resultados alcançados pelo Sicoob Sul em comprovam as vantagens do trabalho coletivo em cooperativa. Mesmo num ano de muitas incertezas

Leia mais

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Norte

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Norte em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Norte O desempenho e os resultados alcançados pelo Sicoob Norte em comprovam as vantagens do trabalho coletivo em cooperativa. Mesmo num ano de muitas

Leia mais

SICOOB NORTE. Resultados

SICOOB NORTE. Resultados SICOOB NORTE Resultados 2014 MENSAGEM DA DIRETORIA O Sicoob Norte conseguiu ótimos resultados, numa clara demonstração da força do trabalho cooperativo, na busca por maior participação no mercado financeiro

Leia mais

SICOOB CREDIROCHAS. Resultados

SICOOB CREDIROCHAS. Resultados SICOOB CREDIROCHAS Resultados 2014 MENSAGEM DA DIRETORIA O Sicoob Credirochas conseguiu ótimos resultados numa clara demonstração da força do trabalho cooperativo, na busca por maior participação no mercado

Leia mais

Cooperativismo - Forma ideal de organização

Cooperativismo - Forma ideal de organização Cooperativismo - Forma ideal de organização Cooperativismo é modelo socioeconômico capaz de unir desenvolvimento econômico e bem-estar social. Seus referenciais fundamentais são: participação democrática,

Leia mais

O cooperativismo de crédito e você

O cooperativismo de crédito e você O cooperativismo de crédito e você A Cooperativa de Crédito é uma instituição financeira sem fins lucrativos de propriedade dos associados, controlada de forma democrática por seus membros, e tem o propósito

Leia mais

Sicoob Sul-Litorâneo

Sicoob Sul-Litorâneo Sicoob Sul-Litorâneo Mensagem da Diretoria 02 2013 Relatório Anual Mais uma vez, a força do trabalho cooperativo foi comprovada através do desempenho e resultados alcançados pelo Sicoob em 2013. Enquanto

Leia mais

Quatorze anos de história

Quatorze anos de história OPINIÃO Quatorze anos de história Sicoob Engecred completa, no final de O setembro, 14 anos de efetivo funcionamento. Uma conquista que começou a ser construída em 17 de novembro de 1997, quando 25 engenheiros

Leia mais

Mensagem da Diretoria

Mensagem da Diretoria Sicoob Sul-Serrano Mensagem da Diretoria Mais uma vez, a força do trabalho cooperativo foi comprovada através do desempenho e resultados alcançados pelo Sicoob em 2013. Enquanto a economia brasileira se

Leia mais

COOPERATIVA DE CRI:DfTO DO SERVIDOR FEDERAL LTOA. SIC008 CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL

COOPERATIVA DE CRI:DfTO DO SERVIDOR FEDERAL LTOA. SIC008 CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL SICOOB Credfaz Federal Servidor COOPERATIVA DE CRI:DfTO DO SERVIDOR FEDERAL LTOA. SIC008 CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL &I. CREDFAZ- SCS - Q. 05 81.C - EnL 165/9 CEP 70.305-921 Brasllia - DF - Fone - (611 3035-8299

Leia mais

Seja sócio dessa ideia. Filiada a

Seja sócio dessa ideia. Filiada a Seja sócio dessa ideia. Filiada a COMPARE... E VEJA A DIFERENÇA BANCO Você é um Cliente Precisa de resultado Os lucros vão para o banqueiro ou acionistas Antes do ajudar, vem a questão do retorno Taxas

Leia mais

SAC: Fale com quem resolve

SAC: Fale com quem resolve SAC: Fale com quem resolve A Febraban e a sociedade DECRETO 6523/08: UM NOVO CENÁRIO PARA OS SACs NOS BANCOS O setor bancário está cada vez mais consciente de seu papel na sociedade e deseja assumi-lo

Leia mais

BEM-VINDO AO SICOOB. A maior instituição financeira cooperativa do país. www.sicoob.com.br

BEM-VINDO AO SICOOB. A maior instituição financeira cooperativa do país. www.sicoob.com.br BEM-VINDO AO SICOOB. A maior instituição financeira cooperativa do país. www.sicoob.com.br Parabéns! Agora você faz parte de uma cooperativa Sicoob e conta com todos os produtos e serviços de um banco,

Leia mais

Informativo sobre Feirão de imóveis

Informativo sobre Feirão de imóveis Informativo sobre Feirão de imóveis 2013 Realização: PROCON Campinas - DICAS DE AQUISIÇÃO DE IMÓVEIS: 1- Pesquise o preço do imóvel Se for o caso, procure outros imóveis à venda no mesmo prédio, condomínio

Leia mais

Exercício 2011. Relatório de prestação de contas

Exercício 2011. Relatório de prestação de contas Exercício Relatório de prestação de contas MENSAGEM DA DIRETORIA A Assembléia Geral da ONU declarou 2012 como o Ano Internacional das Cooperativas, destacando a contribuição das cooperativas para o desenvolvimento

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS Resultados dos estudos sobre a redução de taxas de juros praticadas por bancos públicos e privados. Orientações aos consumidores. Face aos diversos anúncios de redução de juros veiculados na mídia a partir

Leia mais

PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil

PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários

Leia mais

Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 VOCÊ SABE COMO FUNCIONA UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO?... 3 3 COOPERATIVISMO... 3 4 COOPERATIVA DE CRÉDITO...

Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 VOCÊ SABE COMO FUNCIONA UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO?... 3 3 COOPERATIVISMO... 3 4 COOPERATIVA DE CRÉDITO... Manual do Cooperado Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 VOCÊ SABE COMO FUNCIONA UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO?... 3 3 COOPERATIVISMO... 3 4 COOPERATIVA DE CRÉDITO... 3 5 COOPERHIDRO... 3 6 RECONHECIMENTO PARA FUNCIONAMENTO...

Leia mais

Manual do Cooperado COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS COLABORADORES DO GRUPO SAINT-GOBAIN A MELHOR SOLUÇÃO PARA OS SEUS PROBLEMAS

Manual do Cooperado COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS COLABORADORES DO GRUPO SAINT-GOBAIN A MELHOR SOLUÇÃO PARA OS SEUS PROBLEMAS C re d i C o o p e r a t i v a de Ec o n om i a e C rédi t o Mút u o d o s C o l a b o r a d o re s d o G r u p o S a i n t- G o b a i n Ave n id a S a n t a M a r i n a, 443 Ág u a Br a n c a - São Pau

Leia mais

Foto: istockphoto.com/propagcomunica. Aqui você é dono

Foto: istockphoto.com/propagcomunica. Aqui você é dono Foto: istockphoto.com/propagcomunica Aqui você é dono A UNICRED/ASACRED tem como seus pilares dois importantes institutos: o cooperativismo, que vem promover a gestão participativa, equitativa e igualitária,

Leia mais

Cooperativismo. Cooperativa de Crédito Mútuo dos Empregados da INFRAERO

Cooperativismo. Cooperativa de Crédito Mútuo dos Empregados da INFRAERO Cooperativismo Cooperativa de Crédito Mútuo dos Empregados da INFRAERO GESTÃO: Samuel José dos Santos Diretor Presidente Marco Antonio da C.Guimarães - Diretor Operacional João Gonçalves dos Santos Diretor

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

OS LUCROS E PREJUÍZOS NAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS INSERIDAS NO SISTEMA COOPERATIVISTA

OS LUCROS E PREJUÍZOS NAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS INSERIDAS NO SISTEMA COOPERATIVISTA OS LUCROS E PREJUÍZOS NAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS INSERIDAS NO SISTEMA COOPERATIVISTA Por: Vera Cristiane Costa Prezoto Introdução Diante do atual cenário de competitividade, as organizações buscam instrumentos

Leia mais

Empréstimo. Pagamento em até 30 meses; Sem taxa de abertura de crédito; Parcelas debitadas em conta; Limites analisados pela renda.

Empréstimo. Pagamento em até 30 meses; Sem taxa de abertura de crédito; Parcelas debitadas em conta; Limites analisados pela renda. Produtos Conta Corrente Com isenção de tarifas de manutenção, dez folhas cheques, quatro extratos mensais, emissão de extratos on-line, tarifas reduzidas, só na Credlíder. Conta Poupança A Poupança Credlider

Leia mais

Jornal da Globo destaca as Cooperativas financeiras como alternativa para fugir dos juros altos

Jornal da Globo destaca as Cooperativas financeiras como alternativa para fugir dos juros altos cogem news Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! Junho de 2015 Jornal da Globo destaca as Cooperativas financeiras como alternativa para fugir dos juros altos Veja o que fazer

Leia mais

Sr (ª). Prefeito (a),

Sr (ª). Prefeito (a), Sr (ª). Prefeito (a), O Banco do Brasil é um dos principais parceiros dos Governos Federal, Estaduais e Municipais na implantação de políticas públicas, projetos e programas impulsionadores do desenvolvimento.

Leia mais

Educação Financeira PASSATEMPOS. O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA. Diretox Dominox caça-palavra

Educação Financeira PASSATEMPOS. O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA. Diretox Dominox caça-palavra Educação Financeira O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS Diretox Dominox caça-palavra 2 O Paraná Banco propõe um desafio consciente a você! O Paraná Banco,

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA JUNHO/2012

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA JUNHO/2012 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA JUNHO/2012 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade DIRETORIA DE POLÍTICAS E ESTRATÉGIA José

Leia mais

POUPANÇA INVESTIMENTO E SISTEMA FINANCEIRO. Sistema financeiro serve para unir pessoas que poupam com as pessoas que

POUPANÇA INVESTIMENTO E SISTEMA FINANCEIRO. Sistema financeiro serve para unir pessoas que poupam com as pessoas que Aula 21 12/05/2010 Mankiw (2007) - Cap 26. POUPANÇA INVESTIMENTO E SISTEMA FINANCEIRO. investem. Sistema financeiro serve para unir pessoas que poupam com as pessoas que INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS NA ECONOMIA

Leia mais

SICOOB SUL-LITORÂNEO. Resultados

SICOOB SUL-LITORÂNEO. Resultados SICOOB SUL-LITORÂNEO Resultados 2014 MENSAGEM DA DIRETORIA O Sicoob Sul-Litorâneo conseguiu ótimos resultados numa clara demonstração da força do trabalho cooperativo, na busca por maior participação no

Leia mais

Planejamento Estratégico 2012 Novamente, um bom começo. Um time vencedor. PALAVRA DO PRESIDENTE O mundo pede mais cooperativismo.

Planejamento Estratégico 2012 Novamente, um bom começo. Um time vencedor. PALAVRA DO PRESIDENTE O mundo pede mais cooperativismo. PALAVRA DO PRESIDENTE O mundo pede mais cooperativismo. ANO 6 - NÚMERO 27 - FEVEREIRO 2012 - NATAL/RN Um time vencedor Sobras: distribuição inteligente, diferencial importante Pág. 05 Planejamento Estratégico

Leia mais

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você.

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Conheça os benefícios e novidades do seu novo banco. Banco do Brasil. É de São Paulo. É do Brasil. É Todo Seu. Índice Introdução...3

Leia mais

RAÏSSA LUMACK, Vice-Presidente de RH da Coca-Cola Brasil.

RAÏSSA LUMACK, Vice-Presidente de RH da Coca-Cola Brasil. 1 RAÏSSA LUMACK, Vice-Presidente de RH da Coca-Cola Brasil. O Informativo Previcoke (Fundo de Pensão da Coca-Cola Brasil) é feito para quem já pensa no amanhã e para quem quer começar a pensar. Aqui, você

Leia mais

Índice. Boas vindas...03. Missão COOPERFEMSA...04. O que é uma Cooperativa de Crédito Mútuo?...05. O que é a COOPERFEMSA?...06

Índice. Boas vindas...03. Missão COOPERFEMSA...04. O que é uma Cooperativa de Crédito Mútuo?...05. O que é a COOPERFEMSA?...06 Guia do Cooperado Índice Boas vindas...03 Missão COOPERFEMSA...04 O que é uma Cooperativa de Crédito Mútuo?...05 O que é a COOPERFEMSA?...06 Quais as vantagens para se associar?...07 De quem é a COOPERFEMSA?...08

Leia mais

Guia Prático para você. O Besc é Banco do Brasil. Veja a diferença que isso faz no seu dia-a-dia.

Guia Prático para você. O Besc é Banco do Brasil. Veja a diferença que isso faz no seu dia-a-dia. Guia Prático para você. O Besc é Banco do Brasil. Veja a diferença que isso faz no seu dia-a-dia. guia_pf.indd 1 3/24/09 10:53:08 AM Índice Introdução...02 Relacionamento com o Banco do Brasil...03 Conta

Leia mais

% em sua dívida! Aproveite, pague à vista ou em parcelas.

% em sua dívida! Aproveite, pague à vista ou em parcelas. São Paulo, 30 de JANEIRO de 2014 Prezado(a) JEFERSON BATISTA DA SILVA, temos uma ótima oportunidade para você. Pague à vista Pague 48 Parcelas de R$ 82,60 R$ 2.223,95 Ou (*) cada. (*) Este é o valor para

Leia mais

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Credirochas

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Credirochas em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Credirochas O desempenho e os resultados alcançados pelo Sicoob Credirochas em comprovam as vantagens do trabalho coletivo em cooperativa. Mesmo num ano

Leia mais

Sicoob Credicampo. Benefícios para sua empresa, desen

Sicoob Credicampo. Benefícios para sua empresa, desen Sicoob Credicampo. Benefícios para sua empresa, desen desenvolvimento reg para nossa região. Credicampo Credicampo o Sicoob Credicampo é comprometido com o desenvolvimento dos seus associados. O Sicoob

Leia mais

Soluções. para sua Empresa

Soluções. para sua Empresa Atendimento Outras Soluções Investimentos Soluções para Parceiros e Empregados Soluções para sua Empresa Linhas de Crédito Seguros e Cartões Soluções em Recebimentos Soluções em Pagamentos Soluções sob

Leia mais

Produtos e Serviços para Associados. Pessoas Jurídicas

Produtos e Serviços para Associados. Pessoas Jurídicas Produtos e Serviços para Associados Pessoas Jurídicas O Sicoob Divicred entende o que seu associado precisa. Por isso, oferece soluções ágeis e modernas para otimizar suas operações bancárias e proteger

Leia mais

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício?

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício? Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. O Itaú quer estar presente em todos os momentos da sua vida. Por isso, criamos este material para ajudar você com

Leia mais

A FORMALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA

A FORMALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA EVOLUÇÃO DO SEGMENTO DE PROMOÇÃO DE CRÉDITO: A FORMALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA Desenvolvendo Pessoas e Fortalecendo o Sistema Renato Martins Oliva Agenda O que é ABBC Missão e valores Bancos de pequena e média

Leia mais

Cooperativas de crédito Opções de associação para micro e pequenas empresas Vantagens e desvantagens com relação ao sistema bancário

Cooperativas de crédito Opções de associação para micro e pequenas empresas Vantagens e desvantagens com relação ao sistema bancário Cooperativas de crédito Opções de associação para micro e pequenas empresas Vantagens e desvantagens com relação ao sistema bancário 1- Opções de associação de empresas a cooperativas de crédito As pessoas

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Pronunciamento sobre a questão

Leia mais

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Todas as linhas de crédito para pessoas jurídicas subiram. Para pessoas físicas, houve aumento nos juros do comércio,

Leia mais

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2003

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2003 REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2003 (Da Sra. Edna Macedo) Solicita ao Sr. Ministro de Estado do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, no âmbito do Banco Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

Canais Alternativos de Atendimento

Canais Alternativos de Atendimento Canais Alternativos de Atendimento PAGAMENTO DE CONTAS RECEBIMENTO DE BENEFÍCIOS TRANSFERÊNCIA DE DINHEIRO Posso fazer essas operações bancárias nos Canais Alternativos de Atendimento? Veja aqui como fazer

Leia mais

Entenda o Novo Sistema de Pagamentos Brasileiro O Novo SPB O que muda com o novo SPB Saiba o que não muda com o novo SPB Saiba mais

Entenda o Novo Sistema de Pagamentos Brasileiro O Novo SPB O que muda com o novo SPB Saiba o que não muda com o novo SPB Saiba mais * Informações de janeiro/2002 * Sumário Entenda o Novo Sistema de Pagamentos Brasileiro O Novo SPB Benefícios do Novo SPB O que é Porque mudar O que muda O que muda com o novo SPB Transferências só com

Leia mais

ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014

ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014 ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014 Ao terceiro dia de abril do ano de dois mil e quatorze, às dez horas, reuniu-se, ordinariamente, a diretoria da AJUT Associação dos Servidores na Justiça do Trabalho

Leia mais

A Baixa Renda & O Crédito. (Oportunidades & Riscos)

A Baixa Renda & O Crédito. (Oportunidades & Riscos) A Baixa Renda & O Crédito (Oportunidades & Riscos) Mar / 2006 Histórico A TNS Interscience desenvolve regularmente Estudos Institucionais cujo objetivo é o de identificar tendências que estimulem o pensamento

Leia mais

TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM.

TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM. TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM. Por norma do Conselho Monetário Nacional (CMN), foram padronizados os Serviços Prioritários e os serviços isentos para Pessoa

Leia mais

Abra sua. Conta CAIXA Fácil. caixa.gov.br. CAIXA. O banco que acredita nas pessoas.

Abra sua. Conta CAIXA Fácil. caixa.gov.br. CAIXA. O banco que acredita nas pessoas. Abra sua Conta CAIXA Fácil caixa.gov.br CAIXA. O banco que acredita nas pessoas. Este guia vai ajudar você a entender os termos mais usados no dia-a-dia dos bancos, além de mostrar como é fácil e seguro

Leia mais

Assembléia divulga resultados positivos

Assembléia divulga resultados positivos Assembléia divulga resultados positivos A Unicred Natal confirmou sua previsão de crescimento com bons resultados financeiros, que foram apresentados aos cooperados, no dia 26 de março durante a Assembléia

Leia mais

Regulamento da MultiConta Prestige

Regulamento da MultiConta Prestige Regulamento da MultiConta Prestige Mais serviços e mais benefícios feitos para quem recebe seu crédito de salário ou aposentadoria no Itaú Personnalité. A MultiConta Prestige oferece um maior número de

Leia mais

Atendimento no sábado 06/11/2010. Grupo I 8h00 às 10h30. Local: Campus Samambaia. José Osvaldino da Silva Francisco Santos Sousa João Batista Quirino

Atendimento no sábado 06/11/2010. Grupo I 8h00 às 10h30. Local: Campus Samambaia. José Osvaldino da Silva Francisco Santos Sousa João Batista Quirino Atendimento no sábado 06/11/2010 Grupo I 8h00 às 10h30 NOME José Osvaldino da Silva Francisco Santos Sousa João Batista Quirino Edmilson de Araujo Cavalcante Alexandre Brito dos Santos Vacirlene Moura

Leia mais

ANOREG/BR ASSOCIAÇÃO DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES DO BRASIL

ANOREG/BR ASSOCIAÇÃO DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES DO BRASIL ANOREG/BR ASSOCIAÇÃO DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES DO BRASIL São Paulo, 16 de dezembro de 2010. A Associação dos Notários e Registradores do Brasil ANOREG BR At.: Sr. Rogério Portugal Bacellar Prezado Senhor,

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito ficaram praticamente estáveis em janeiro/2013 frente a dezembro/2012. Pessoa Física Das seis

Leia mais

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas.

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. O Itaú quer estar presente em todos os momentos da sua vida. Por isso, criou este material para ajudar você com as

Leia mais

O FINANCIAMENTO DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL

O FINANCIAMENTO DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL O FINANCIAMENTO DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL Abril/2014 2014 Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae Todos os direitos reservados A reprodução não autorizada desta publicação,

Leia mais

PRAZOS E RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução.

PRAZOS E RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução. Proibida a reprodução. A Planner oferece uma linha completa de produtos financeiros e nossa equipe de profissionais está preparada para explicar tudo o que você precisa saber para tomar suas decisões com

Leia mais

Perguntas e Respostas Alteração no rendimento da caderneta de poupança. 1) Por que o governo decidiu mudar as regras da caderneta de poupança?

Perguntas e Respostas Alteração no rendimento da caderneta de poupança. 1) Por que o governo decidiu mudar as regras da caderneta de poupança? Perguntas e Respostas Alteração no rendimento da caderneta de poupança Novas regras 1) Por que o governo decidiu mudar as regras da caderneta de poupança? Por ter parte de sua remuneração (chamada de adicional)

Leia mais

O que é o conglomerado Caixa...

O que é o conglomerado Caixa... CAIXA FEDERAL QUAL CAIXA QUEREMOS? Março 2015 O que é o conglomerado Caixa... A Caixa é uma instituição financeira constituída pelo Decreto-Lei 759/1969, sob a forma de empresa pública, vinculada ao Ministério

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 3: Gerenciamento de dívidas

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 3: Gerenciamento de dívidas Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 3: Gerenciamento de dívidas Objetivo Auxiliar no gerenciamento de dívidas e de como quitá-las, conscientizando as pessoas da importância em diminui-las e de

Leia mais

GPME Prof. Marcelo Cruz

GPME Prof. Marcelo Cruz GPME Prof. Marcelo Cruz Política de Crédito e Empréstimos Objetivos Compreender os tópicos básicos da administração financeira. Compreender a relação da contabilidade com as decisões financeiras. Compreender

Leia mais

Movimentações entre aplicações financeiras sem CPMF

Movimentações entre aplicações financeiras sem CPMF Movimentações entre aplicações financeiras sem CPMF A Conta Investimento foi instituída pela Lei 10.892, que entrou em vigor em 01/10/2004. Trata-se de uma conta corrente de depósitos para investimento

Leia mais

Mensurar a inclusão financeira Uma abordagem focada no cliente. Caitlin Sanford

Mensurar a inclusão financeira Uma abordagem focada no cliente. Caitlin Sanford Mensurar a inclusão financeira Uma abordagem focada no cliente Caitlin Sanford 2 O caminho em direção a uma mensuração da inclusão financeira Mensurar a EXISTÊNCIA dos serviços financeiros em um país (

Leia mais

Estamos presentes em 20 estados

Estamos presentes em 20 estados http://goo.gl/7kuwo O IDEBRASIL é voltado para compartilhar conhecimento de gestão com o empreendedor do pequeno e micro negócio, de forma prática, objetiva e simplificada. A filosofia de capacitação é

Leia mais

com segurança Saiba quem faz a sua viagem acontecer Uma publicação da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT Edição - 1

com segurança Saiba quem faz a sua viagem acontecer Uma publicação da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT Edição - 1 com segurança BOARDING PASS BOARDING PASS com segurança BOARDING PASS BOARDING PASS Uma publicação da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT Edição - 1 Saiba quem faz a sua viagem

Leia mais

Sistema Simulador de Negócios Unicred Central SC

Sistema Simulador de Negócios Unicred Central SC Sistema Simulador de Negócios Unicred Central SC Obtenha mais resultado de sua carteira! 1. Introdução Caros gerentes de agência, consultores e assistentes de negócios do Sistema Unicred de SC, vocês estão

Leia mais

Conheça a Greencred. 10 anos de sucesso

Conheça a Greencred. 10 anos de sucesso Conheça a Greencred Conheça a Greencred A Greencred é uma Cooperativa de crédito que oferece serviços, produtos e facilidades para profissionais da área da saúde. As melhores opções para seus investimentos

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE MUNICÍPIO DE ALCOCHETE ASSEMBLEIA MUNICIPAL N.º 05/08 ACTA DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL REALIZADA EM 19 DE NOVEMBRO DE 2008 1 Aos dezanove dias do mês de Novembro do ano de 2008, nesta

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano.

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano. PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano. Esta elevação é reflexo da elevação da Taxa Básica de Juros (Selic)

Leia mais

REALINHAMENTO DE EMPRESAS

REALINHAMENTO DE EMPRESAS REALINHAMENTO DE EMPRESAS REALINHAMENTO DE EMPRESAS FATORES QUE AFETAM SUA PERFORMANCE GERENCIAMENTO MARGEM DE LUCRO CAPITAL DE GIRO ESCALA DO NEGÓCIO FLUXO DE CAIXA GERENCIAMENTO Objetivo e comando do

Leia mais

Cartão Consignado. Aposentados e Pensionistas do INSS

Cartão Consignado. Aposentados e Pensionistas do INSS Cartão Consignado Aposentados e Pensionistas do INSS Cartão Consignado INSS Regras Vigentes INSS Regras Vigentes Cartão exclusivo para compras (o saque é proibido). Temos que aguardar a manifestação do

Leia mais

Painel da Indústria Financeira - PIF

Painel da Indústria Financeira - PIF Painel da Indústria Financeira - PIF Agenda Desintermediação Bancária nas Operações de Créditos Relacionamento com Instituições não Bancárias As Razões de Uso do Sistema Financeiro, segundo as Empresas:

Leia mais

Poupança, Investimento e o Sistema Financeiro

Poupança, Investimento e o Sistema Financeiro Poupança, Investimento e o Sistema Financeiro Roberto Guena de Oliveira USP 29 de agosto de 2013 Poupança, Investimento e o Sistema Financeiro29 de agosto de 2013 1 / 34 Sumário 1 Instituições Financeiras

Leia mais

POLÍTICA DE CRÉDITO E COBRANÇA: nº 03/2012 de 01/06/2012

POLÍTICA DE CRÉDITO E COBRANÇA: nº 03/2012 de 01/06/2012 POLÍTICA DE CRÉDITO E COBRANÇA: nº 03/2012 de 01/06/2012 1 APRESENTAÇÃO Art. 1º - A política de crédito da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores da Unesp - COOPUNESP é o meio pelo qual

Leia mais

IMA Institute of Management Accountants PESQUISA DE JUROS

IMA Institute of Management Accountants PESQUISA DE JUROS PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em outubro/2013, sendo esta a sexta elevação no ano. Esta elevação pode ser atribuída à última elevação da Taxa de Juros

Leia mais

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO UO DOS FUNCIONARIOS DO SISTEMA FIERGS- CRESUL Travessa Francisco de Leonardo Truda, 40 sala 143 14 andar Porto Alegre-RS CEP 90010-050 Fone (0**51) 3224-3280 Fax:

Leia mais

Curso Preparatório CPA20

Curso Preparatório CPA20 Página 1 de 9 Você acessou como Flávio Pereira Lemos - (Sair) Curso Preparatório CPA20 Início Ambiente ) CPA20_130111_1_1 ) Questionários ) Passo 2: Simulado Módulo II ) Revisão da tentativa 1 Iniciado

Leia mais

CONHEÇA NOSSA ESTRUTURA

CONHEÇA NOSSA ESTRUTURA CONHEÇA NOSSA ESTRUTURA COOPERSERV A nossa cooperativa A COOPERSERV é a cooperativa dos Funcionários Públicos Municipais. Um dos objetivos da instituição é despertar no associado o hábito de poupar. Ela

Leia mais

Cred Rio Norte. Cred Rio Norte fecha novos convênios empresariais

Cred Rio Norte. Cred Rio Norte fecha novos convênios empresariais Cred Rio Norte Informativo Ano 12 - n 65 Maio 2011 AGO aprova contas da Cred Rio Norte referentes ao ano de 2010 Assembleia realizada em 14 de abril também discutiu distribuições das sobras e elegeu conselheiros

Leia mais

Regulamento do Plano de Vantagens Itaú Mais benefícios para quem mantém relacionamento com o Itaú.

Regulamento do Plano de Vantagens Itaú Mais benefícios para quem mantém relacionamento com o Itaú. Regulamento do Plano de Vantagens Itaú Mais benefícios para quem mantém relacionamento com o Itaú. O Plano de Vantagens Itaú oferece benefícios de acordo com o seu relacionamento e a sua utilização dos

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em fevereiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R 8 DICAS ESSENCIAIS PARA ESCOLHER SUA CORRETORA W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados, utilizando-os

Leia mais

Produto INSS Público (estadual/municipal/federal) Empresa privada. CPF Sexo Masc. Fem. Data de nascimento Nº do benefício

Produto INSS Público (estadual/municipal/federal) Empresa privada. CPF Sexo Masc. Fem. Data de nascimento Nº do benefício Termo de Adesão/Autorização para Desconto em Folha Empréstimo Consignado e Cartão de Crédito Operação Produto Cód. Corresp./ Loja Nº ADE Espaço reservado ao Banco BMG Produto INSS Público (estadual/municipal/federal)

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Maio 2009 ... O Brasil é onde mais pessoas se preocupam com o futuro e onde menos se faz poupança Pesquisa realizada em 12 países, pelo Principal Financial Group (03/2004) ... Famílias se endividam mais

Leia mais

Fornecedores. Apresentação. www.grupoquantica.com. Nosso desafio é o seu sucesso!

Fornecedores. Apresentação. www.grupoquantica.com. Nosso desafio é o seu sucesso! Fornecedores www.grupoquantica.com Apresentação 2010 A idéia Fundado e idealizado por Cleber Ferreira, Consultor de Marketing e Vendas, autor do livro Desperte o Vendedor Interior com Técnicas de Vendas

Leia mais

Relatório da assessoria de imprensa do CORECON/RS Eleição e posse dos dirigentes presidente e vice-presidente do CORECON/RS

Relatório da assessoria de imprensa do CORECON/RS Eleição e posse dos dirigentes presidente e vice-presidente do CORECON/RS Relatório da assessoria de imprensa do CORECON/RS Eleição e posse dos dirigentes presidente e vice-presidente do CORECON/RS Data: 15 de janeiro Hora: 12 horas Local: Sede do Conselho Regional de Economia

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em janeiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

O QUE REALMENTE IMPORTA

O QUE REALMENTE IMPORTA BOLETIM INFORMATIVO Boletim Informativo PARTICIPANTE: O QUE REALMENTE IMPORTA Previdência Complementar dos Estados não têm fins lucrativos Regime de previdência complementar como a RJPrev não tem fins

Leia mais

Briefing da entrevista

Briefing da entrevista Briefing da entrevista Membros, as questões a seguir têm o objetivo de orientar a entrevista de obtenção de dados e informações para uso no relatório no plano de convênio de crédito consignado para empresas

Leia mais

RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução.

RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução. Proibida a reprodução. A Planner oferece uma linha completa de produtos financeiros e nossa equipe de profissionais está preparada para explicar tudo o que você precisa saber para tomar suas decisões com

Leia mais

Bom Crédito. Lembre-se de que crédito é dinheiro. Passos

Bom Crédito. Lembre-se de que crédito é dinheiro. Passos Bom Crédito Lembre-se de que crédito é dinheiro É. Benjamin Franklin, Político Americano e inventor quase impossível passar a vida sem pedir dinheiro emprestado. Seja algo básico como usar um cartão de

Leia mais

UM ESPECIALISTA AO SEU LADO. www.doutorfinancas.pt

UM ESPECIALISTA AO SEU LADO. www.doutorfinancas.pt UM ESPECIALISTA AO SEU LADO www.doutorfinancas.pt Programa Principais sintomas de doença financeira Principais Ferramentas de Gestão de Finanças Pessoais Orçamento familiar O Negócio Bancário Mecanismos

Leia mais

O QUE SÃO COOPERATIVAS DE CRÉDITO PERFIL INSTITUCIONAL DESEMPENHO ECONÔMICO SOLUÇÕES FINANCEIRAS SUSTENTABILIDADE

O QUE SÃO COOPERATIVAS DE CRÉDITO PERFIL INSTITUCIONAL DESEMPENHO ECONÔMICO SOLUÇÕES FINANCEIRAS SUSTENTABILIDADE O QUE SÃO COOPERATIVAS DE CRÉDITO PERFIL INSTITUCIONAL DESEMPENHO ECONÔMICO SOLUÇÕES FINANCEIRAS SUSTENTABILIDADE AGENTES DA PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL DAS COMUNIDADES ONDE ATUAM Principais

Leia mais

FINANÇAS A B C D A R$ 24.000,00. B R$ 12.000,00. C R$ 2.000,00. D R$ 0,00.

FINANÇAS A B C D A R$ 24.000,00. B R$ 12.000,00. C R$ 2.000,00. D R$ 0,00. ESPE/Un SERE 2013 Nas questões a seguir, marque, para cada uma, a única opção correta, de acordo com o respectivo comando. Para as devidas marcações, use a Folha de Respostas, único documento válido para

Leia mais

Envio online de formulários Itaú Unibanco

Envio online de formulários Itaú Unibanco Crédito Imobiliário Envio online de formulários Itaú Unibanco 1 O Itaú oferece soluções para facilitar a vida de quem quer financiar a compra de um imóvel. Você poderá enviar pela internet todas as informações

Leia mais