BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 1"

Transcrição

1 JORNAL BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 1 JUNHO/JULHO 2015 Ed. Credfaz - SCS - Q 05 - BL. C - ENT CEP BRASÍLIA - df - FONE-FAX: (61) CONTA CORRENTE MAIS BARATA Cooperativa tem as melhores opções em comparativo com bancos Página 3 Ed ito ria l Destaque Ajuda mútua Página 2 DUAS DÉCADAS DE SUCESSO Sicoob Credfaz Servidor Federal comemora números expressivos Página 5

2 2 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 Editorial Ajuda mútua O sistema de crédito cooperativo tem mudado a história de milhões de pessoas no Brasil e no mundo, oferecendo meios para que equilibrem a economia doméstica. Com produtos e serviços mais baratos do que aqueles ofertados pelos bancos e financeiras, abre oportunidade para redução de dívidas e aumento das receitas. A fórmula é bem simples: tem como princípio a ajuda mútua. Indivíduos juntam recursos materiais e intelectuais para formar uma cooperativa, que passa a ser mediadora e agente no mercado financeiro. O que resulta na redução de custos com pagamento de comissões, campanhas publicitárias nos principais meios de comunicação, altos salários para executivos e obtenção de lucros para acionistas. Todos os benefícios negociados pela cooperativa são direcionados para os associados. Ela tem condições de oferecer taxas de juros menores na contratação de em- José Alves de Sena préstimos e dos cartões de crédito e débito. O dinheiro no sistema de crédito cooperativo é mais barato. Além disso, remunera melhor o capital investido e coloca à disposição os mesmos serviços da rede bancária. Mas com diferenciais bastante relevantes, entre os quais os descontos na contratação de apólices de seguros, nas taxas de administração de grupos de consórcio e previdência privada; ainda custo zero nos serviços da conta corrente e na caderneta de poupança. A diferença entre as receitas e despesas apuradas no término de cada ano é rateada entre os cooperados, de acordo com os percentuais estabelecidos em Assembleia Geral, composta por delegados eleitos. O que completa os significados da cooperativa, que é eficiente, transparente e democrática. Somar esforços para vencer, ajuda mútua é o caminho para superar qualquer distância entre problemas e soluções. EXPEDIENTE COOPERATIVA de CRÉdITO do SERVIdOR FEdERAL LTdA SICOOB CREdFAZ SERVIdOR FEdERAL Ed. Credfaz SCS Q. 05 Bl. C Ent. 165 CNPJ: / CEP Brasília DF Fone/Fax: (61) Ouvidoria SICOOB: Redação: Roni Pinheiro Projeto Gráfico: James Romanzini Diagramação: Ana Helena Melo Produção: Promopipoca Soluções em Comunicação Gráfica: Tiragem: DIRETORIA EXECUTIVA Conselheiro e Diretor Presidente: José Alves de Sena Conselheiro e Diretor Financeiro: Agostinho Fernandes Bezerra Conselheiro e Diretor Administrativo: Carlos Alberto Pio Conselheiro e Diretor de Crédito: Nelson Pessuto DELEGADOS SECCIONAL DF es Bruno Luiz de Assis Pio Isaltino Alves da Cruz Cecilia Maria Ferreira Godofredo da Silva Neto Francisco de Assis Bispo Santos Jorge Brasilico de Araujo Costa Antonia Rodrigues da Silva Manoel Moreira de Carvalho Lucia Helena de Andrade José Vicente Fialho Flores Suplentes Marcelo Joaquim Nunes Moreira Ana José de Santana Guedes Fernando da Silva Fernandes Filho Agostinho Saraiva Cezira Inês Minari diniz Leonisio Resende Judite Ana dos Santos SECCIONAL RJ es Maria Gláudia Férrer Mamede Acir de Castro Guimarães Ana Maria Balthar Pinto Machado Regina Celia Ferreira de Oliveira Edison dos Santos Tomaz SECCIONAL RS Roserlani Schmidt SECCIONAL PR/SC Osvaldo João Pedro Pacheco Padilha Suplente Jesus Luiz Brandão SECCIONAL SP Elias Carneiro Junior CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Conselheiro e Presidente: João dias Neto Conselheiro e Vice- Presidente: José Roberto França Conselheira e Secretária: Eloisa Meireles Santos Telheiro Conselheiro: Geraldo da Silva e Souza Conselheiro: Luiz Alberto Cavalcante dutra SECCIONAL MG João Colaço dos Santos SECCIONAL GO/TO Maurício Barbosa Cintra Suplente Armando Zafalão SECCIONAL MT/MS José Luiz da Silva Suplente Enil Silva Nunes da Conceição SECCIONAL BA/SE Edvaldo Santos Rodrigues SECCIONAL PE/AL Severino José da Silva Suplente Audo Alves de Melo SUPLENTES 1 Conselheiro: Ozéas Lucas de Oliveira 2º Conselheiro: José Lino Soares Teixeira Cavalcante 3º Conselheiro: Goiran Oliveira Rocha 4º Conselheira: Maria Lucia Gonçalves de Aquino 5º Conselheiro: Clovis Rodrigues da Costa 6º Conselheiro: Jose Osmar Monte Rocha. SECCIONAL RN/PB Antonio José da Silva Suplente Francisco Clero Gomes Monteiro SECCIONAL CE Rosenildo Rodrigues Silva Suplente Joaquim Agustinho Rolim Esmeraldo SECCIONAL MA/PI José Maria Silva Ferreira Filho SECCIONAL PA/AM/RR /RO/AP/AC Antonia Helcia Picanço Neiva

3 BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 3 Capa Conta corrente mais barata Cooperativa tem as melhores opções em comparativo com bancos Carlos Alberto Pio a ilho Dados publicados pela Associação de Proteção aos Consumidores, Proteste, no início deste ano, mostram que os serviços oferecidos aos correntistas dos bancos são mais caros dos que aqueles oferecidos pelo Sicoob Credfaz Servidor Federal, simplesmente porque a cooperativa não cobra tarifas. O que representa ganho expressivo para os associados, que não suportam a redução do saldo com esse tipo de cobrança. De acordo com esse levantamento, que dividiu o perfil dos usuários em três níveis de utilização, entre as oito instituições consultadas, clientes com pouca movimentação têm isenção em alguns tipos de serviços, mas pagam até de R$ 14,90 no pacote mais barato para ter sete folhas de cheque, fazer duas transferências por meio de DOC ou TED, quatro saques, quatro transferências entre contas no mesmo banco e retirar um extrato no caixa eletrônico. Para o perfil mediano, que inclui talão com 13 folhas de cheque, dois extratos na máquina, duas transferências, sete saques e cinco transferências entre contas no mesmo banco. Esse pacote pode custar até R$ 38,90. Para 20 folhas de cheque, três DOCs ou TEDs, três extratos no caixa eletrônico, 10 dez saques e sete transferências entre contas no mesmo banco, o valor cobrado pode estar na casa de R$ 55,50. Sem considerar os serviços avulsos. Números que apontam para diferença de gestão entre o sistema bancário e o crédito cooperativo. Este último não tem compromisso com lucros para acionistas, nem com custos elevados com a captação de clientes e operações complexas no mercado financeiro, o que possibilita redução e isenção de tarifas. Segundo o diretor administrativo, Carlos Alberto Pio do Sicoob Credfaz, os cooperados levam grande vantagem em relação aos correntistas dos bancos, porque, além das isenções, ainda contam com um tipo de relacionamento diferente, pelo qual têm acesso ao corpo diretor. Nossas portas estão sempre abertas, bem como nossos ouvidos, a fim de atender as demandas dos nossos cooperados, coloca. Ele diz que muitos cooperados procuram os diretores, porque têm demandas bem específicas. Nós temos ótimos colaboradores na área de atendimento, mas existem casos que pedem algo mais; é quando entramos em ação. Ninguém fica sem resposta aqui. Pio ressalta o pagamento de salários por intermédio da cooperativa como forma de preservação de

4 4 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 ganhos. Frente ao quadro inflacionário atual, deve ser tratado com o máximo de cuidado para o diretor considera fundamental a redução que não haja perda na renda; receber o pagamento de despesas para manutenção do poder de na cooperativa é uma medida inteligente de quem investimento das pessoas. Qualquer montante sabe o quanto vale cada moeda. CONFIRA ABAIXO comparativo feito pelo Proteste, publicado no jornal Valor Econômico em abril. O quadro traça um perfil que inclui 20 folhas de cheque, três transferências por DOC ou TED, três extratos em caixa eletrônico, 10 saques e sete transferências entre contas do mesmo banco. CESTA DE SERVIÇOS TOTAL MENSAL SERVIÇOS (R$) AVULSOS (R$) (R$) BANCO COMPOSIÇÃO DO PACOTE Banco do Brasil Conta digital + serviços essenciais gratuitos + serviços avulsos 0,00 11,50 11,50 Banrisul Super + s erviços essenciais gratuitos 31,00 0,00 31,00 Bradesco Conta digital + serviços essenciais gratuitos 0,00 12,00 12,00 Caixa Padronizado IV + serviços essenciais gratuitos + serviços avulsos 23,85 21,90 45,75 Citibank Top + serviços essenciais gratuitos 55,50 0,00 55,50 Itaú Conta digital + serviços essenciais gratuitos 0,00 12,00 12,00 HSBC Padronizado IV + serviços essenciais gratuitos + serviços avulsos 23,90 23,85 47,75 Santander Padronizado IV + serviços essenciais gratuitos + serviços avulsos 30,50 23,70 54,20 0,00 Informações: (61) / (61) /

5 BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 5 Para você Mais vantagens nos cartões de crédito Juros menores e valores a receber Quem tem cartão de crédito do Sicoob Credfaz Servidor Federal está sorrindo. Além de todos os benefícios oferecidos, programa de fidelidade com troca de pontos por milhas aéreas, compras no exterior e taxas de juros na casa dos 5,35% ao mês, bem abaixo das praticadas em boa parte do mercado, os cooperados ainda recebem dinheiro por conta da utilização. Neste ano, R$ 160 mil foram rateados entres aqueles que utilizam esse serviço. O montante é resultado das sobras, a diferença entre as receitas e despesas; como não há compromisso com lucros e repartes para os acionistas, caso dos bancos, a cooperativa rateia os valores excedentes entre os cooperados, proporcionalmente à movimentação. A definição dos percentuais para distribuição das sobras é feita durante assembleia geral da entidade, mais um diferencial, visto que, em outras modalidades de crédito, não há participação dos usuários no processo decisório, argumenta o diretor de crédito, Nelson Pessuto. Não há a menor sombra de dúvidas que nossos cartões são muito vantajosos, assim como outros produtos que oferecemos, nossos diferenciais estão desde os juros até a distribuição das sobras, feita com transparência e de maneira democrática, avaliou. Ele afirmou que o crescimento da carteira de usuários colaborou com os números alcançados e que há bastante margem para ser ainda maior nos próximos anos. Nossos associados estão conhecendo os benefícios e motivando outros; certamente, vamos avançar muito. O Sicoob Credfaz oferece cartões internacionais das bandeiras Mastercard e Visa, com cobrança de anuidade proporcional à utilização e isenção para usuários com movimentação considerada excelente (ver tabela progressiva). Para o diretor Carlos Alberto Pio, o uso dos cartões de crédito vem crescendo não apenas no sistema de crédito cooperativo, mas também nos bancos e financeiras. A substituição do dinheiro de papel pelas tarjetas de plástico é um fenômeno da pósmodernidade, em que os serviços e produtos estão disponíveis nos ambientes digitais. Sites e caixas eletrônicos vieram para assumir o lugar das lojas e caixas dos bancos, a evolução tecnológica não pode ser ignorada nem tampouco as facilidades que oferece. Pio disse que os programas de fidelização colaboram muito com isso. É um raciocínio simples, porque abastecer meu carro com dinheiro, sem ganhar nada, se posso fazer com meu cartão de crédito e ajuntar milhas para viajar de avião, pergunta. Cada vez mais as pessoas vão optar pelos meios eletrônicos, essa é uma mudança profunda de hábitos sociais para a qual já estamos preparados, oferecendo os melhores cartões. Para solicitar os cartões Mastercard e Visa, os associados devem preencher a ficha de solicitação neste jornal e encaminhar para a sede da cooperativa em Brasília, também podem acessar o site, www. credfaz. org. br e fazer a solicitação.

6 A 6 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 Fique atento Redução de dívida Pagar menos juros na contratação de empréstimo colabora para amortização de débitos, isso é possível por meio da portabilidade de dívidas; o Sicoob Credfaz compra as dos associados e oferece condições de crédito mais viáveis do que aquelas encontradas na maioria dos bancos e financeiras, com taxas de juros reduzidas e prazos que se adequam à necessidade do contratante, que chegam até a 96 meses, aparece como solução para quem não suporta mais viver sempre apertado e com a renda comprometida. A reeducação financeira é fundamental para uma vida com mais qualidade, mas não basta ensinar as pessoas como devem economizar, também é preciso oferecer formas para que alcancem o equilíbrio nas contas, explicou o diretor financeiro Agostinho Bezerra, que apontou os altos juros, tributos e consumismo (com inflação e indexação cada vez mais generalizadas)como principais vilões pela perda da renda. Nós vivemos em uma sociedade de modismos e com pouca instrução em questões econômicas, boa parte das pessoas gastam dinheiro para manter aparência e, por isso, acaba nas mãos daqueles que lucram com esse tipo de comportamento;além disso, não se pode deixar de lado os altos impostos contidos em serviços e produtos, que exercem grande pressão sobre os preços, apontou. Ele disse que as módicas taxas de juros na contratação de crédito e readequação dos prazos são fundamentais para quem busca estabilidade econômica. Os cooperados interessados em fazer a portabilidade devem procurar a sede da cooperativa, em Brasília, para que a solicitação seja feita junto à instituição de crédito de origem, a fim de que a dívida seja quitada naquela e repassada ao Sicoob Credfaz. SAIA DO APERTO! ASSOCIE-SE AO Nom End. R Cidad E-ma Pai: Nacio CPF: Situaç Siape Orgão Banc Conta Nome À Dire P neste pagam á amo captal indete ao SIC consta C Federa D acordo

7 COOPERATIVA DE CRÉDITO DO SERVIDOR FEDERAL LTDA Edifício CREDFAZ - SCS - Quadra 05 Bloco C - Ent. 165/9 - CEP Brasília - DF Fone: Site: Autorizada pelo BACEN em 24/10/95 - CNPJ: / OUVIDORIA SICOOB Nome: PROPOSTA DE ADMISSÃO ATUALIZAÇÃO CADASTRAL AVALISTA Nº End. Resid: Bairro: Cidade: UF: CEP: Fone: ( ) Cel: ( ) Pai: Mãe: Nacionalidade: Data de Nascimento: Local: UF: Sexo: Situação Funcional: Ativo(a) / / CPF: RG: Data de emissão: Orgão Emissor - UF / / Aposentado(a) Pensionista Outros Siape Nº: Data de Admissão: Cargo/Função: / / Orgão Pagador: Lotação: Tel. Trab. ( ) M F Banco Nº: AG. Nº: C.C. Nº: POUPANÇA Nº: Conta é: Individual Conjunta Estado Cívil: Regime Casamento: Nome do Cônjuge: RG do Cônjuge: Orgão Emissor - UF CPF do Cônjuge:! À Diretoria do SICOOB Credfaz Servidor Federal. Pela presente, venho solicitar minha admissão no quadro social do SICOOB Credfaz Servidor Federal, para o que presto as informações acima e neste ato, declaro ser conhecedor(a) de seu Estatuto Social e AUTORIZO o SICOOB Credfaz Servidor Federal a mandar debitar em minha folha de pagamento ou em minha conta de depósitos na própria Cooperativa ou em qualquer instituição financeira da qual sou correntista, os valores referentes á amortização de empréstimos, financiamentos, pagamentos de serviços e outras obrigações, bem como a integralização do capital mínimo e a captalização mensal de R$ ( ) durante ( ) meses ou por prazo indeterminado, de meus proventos ou vencimentos, conforme previsto no Estatuto Social. Autorizo, também, o orgão de Recursos Humanos, a fornecer ao SICOOB Credfaz Servidor Federal meus dados financeiros e cadastrais para fins de atualização de cadastro, bem como, a consultar os dados constantes na central de risco do Banco Central (Bacen). Concordo que o eventual cancelamento desta AUTORIZAÇÃO dar-se-á somente com a anuência prévia e expressa do SICOOB Credfaz Servidor Federal e depois de liquidadas todas as obrigações de minha responsabilidade perante a mesma. Declaro que resido no endereço acima e que as informações prestadas são verdadeiras, respondendo civil e criminalmente por sua autenticidade de acordo com o Código Civil, Lei Nº , de 10 de janeiro de 2002 e com a lei 4.225, de 24/10/2008, do Distrito Federal., de de ASSINATURA PROPONENTE/ASSOCIADO Responsável pela abertura da conta e conferência dos dados Assinatura do Diretor do SICOOB Credfaz Servidor Federal Anexar: Cópia do RG, CPF ou CNH, contra-cheque, comprovante de residência (em nome do solicitante), certidão de casamento e comprovante de depósito identificado no valor de R$ 120,00 em favor da Cooperativa Banco do Brasil (nº 001) Agência: Conta: X;

8 8 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 Expansão e Fortalecimento Mais uma incorporação prevista Acontece Viabilidade de incorporação da Credifisco-MG por parte do Sicoob Credfaz Servidor Federal começou a ser analisada pela Comissão Mista, que esteve reunida, em Belo Horizonte, no dia 29 de abril, na sede da entidade mineira, com a presença de diretores das duas cooperativas. Formada por representantes de ambas, ela tem a missão de analisar questões patrimoniais e financeiras das instituições, a fim de que a junção seja feita com garantias para as partes. Entre os assuntos mais debatidos, as vantagens que os novos associados terão com a junção, visto que a cooperativa dos servidores federais oferece serviços e crédito mais barato, além do excelente histórico na distribuição de sobras. O Sicoob Credfaz Servidor Federal disponibiliza conta corrente sem cobrança de taxas administrativas, cartões de crédito internacional (Mastercard e Visa) e empréstimos com juros menores, aplicações financeiras com rentabilidade superior, caixas eletrônicos, internet home banking, caderneta de poupança, planos de aposentadoria privada, seguros de automóveis, residências e vida. A análise prévia gerou uma expectativa positiva quanto à viabilidade da incorporação e os membros da comissão ressaltaram a saúde financeira, as condições legais em dia e boas práticas de governança corporativa das duas cooperativas. A expectativa é a de que haja fortalecimento, por meio da maior oferta de crédito e serviços, bem como pelo aumento patrimonial, fala o diretor administrativo do Sicoob Credfaz Servidor Federal, Carlos Alberto Pio. Ele diz que esse processo está em conformidade com a tendência que aponta para a formação de cooperativas cada vez maiores, com mais oportunidades para os associados e competitivas. Nós estamos assistindo a uma profunda mudança nas estruturas do mercado financeiro brasileiro; o crédito cooperativo está ocupando um espaço importante, que antes era ocupado somente pelos bancos e financeiras, diz. Para representar a Credifisco-MG na comissão foram eleitas as cooperadas Maria Cristina Roza da Costa, Neusa Magalhães Pereira da Silva e Silvia de Menezes Gama e, como suplente, o cooperado Carlos Alberto Ramos Geraldes Pacheco. Carlos Pio, Nelson Pessuto e João Colaço foram eleitos pelo Sicoob Credfaz Servidor Federal para integrarem a comissão.

9 BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 9 Duas décadas de sucesso Sicoob Credfaz Servidor Federal comemora números expressivos Destaque Vinte anos de história são comemorados com a realização do sonho de estar entre as entidades de crédito cooperativo mais sólidas do DF com força e disposição para o crescimento nos próximos anos, ressaltou o presidente do Sicoob Credfaz Servidor Federal, José Alves de Sena. Para ele, os números mais significativos da cooperativa não são revelados nos balanços anuais, que, diga-se, apontam para resultados positivos, observância aos princípios da administração e ótima saúde financeira, mas nos depoimentos de associados que conseguiram superar problemas de ordem financeira, financiar educação dos filhos e aumentar patrimônio. A cooperativa só tem sentido porque colabora diretamente com a qualidade de vida das pessoas, não criamos uma organização para que fosse justificada em si mesma, todavia naqueles que precisam dela, falou. Criada na metade dos anos 90, ocupando apenas uma pequena sala cedida pela Assefaz, o Sicoob Credfaz venceu a desconfiança dos mais céticos e conseguiu posicionar-se em patamar bastante sólido, oferecendo serviços e crédito mais barato para os cooperados. A receita desse sucesso, explica o diretor Carlos Alberto Pio, está no comprometimento com a organização, transparência e democracia. Confiança é algo que não se compra, mas se conquista depois de tempo e resultados convincentes. Nós temos tudo isso graças ao trabalho da Diretoria, conselheiros, delegados, colaboradores e associados, destacou. A distribuição das sobras tem sido fator decisivo para o desenvolvimento da cooperativa e crescimento do quadro de cooperados, com repasse médio de cerca de R$ 2 milhões nos últimos cinco anos, a cooperativa está entre aquelas que mais distribuiu sobras aos associados. Crescer em momentos de crise e desconfiança não é novidade para o Sicoob Credfaz, com mais de 5 mil associados atualmente, passou ao largo das turbulências econômicas desses vinte anos, sempre com soluções que não comprometeram os ganhos dos associados e o equilíbrio das contas da entidade. Investir bem, observando os riscos e oportunidades, revelou Agostinho Bezerra. O diretor financeiro explicou que uma entidade com as características de uma cooperativa tem não apenas responsabilidades fiscais, contábeis e legais, mas também com a integridade dos

10 10 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 seres humanos, visto que trabalha para melhorar as condições de vida de milhares de indivíduos. Ele deu como exemplo as capacitações. Vez ou outra, nós sempre disponibilizamos cursos de educação financeira, a fim de melhorar o entendimento sobre esse assunto, tão relevante para qualquer um. Expansão e melhoria dos serviços oferecidos aos associados não metas para os próximos anos, emendou Nelson Pessuto. Ele usou a incorporação de outras cooperativas e o aprimoramento da carteira de produtos como exemplos da estratégia de crescimento. Buscamos sempre melhorar, esse é nosso objetivo. O diretor confirmou que mais ações serão implementadas, neste ano, com essa finalidade. Aplicações financeiras rendem mais! O capital integralizado no Sicoob Credfaz rende 100% da taxa média anual da Selic com toda segurança e garantia de qualquer outra instituição financeira, mas com todos os benefícios que só uma cooperativa de crédito pode oferecer. Todo dinheiro aplicado, bem como qualquer outra operação financeira, gera um montante a ser distribuído entre os associados em forma de sobras; isto é: além do rendimento, recebem valores extras. VALORES/TIPO Modalidade Modalidade EM R$ PERCENTUAIS DE REMUNERAÇÃO DA TAXA CDI De R$ 200,00 até R$ 9.999,99 85% 87% 95% De R$ ,00 até R$ ,99 90% 95% 98% De R$ ,00 até R$ ,99 93% 96% 100% De R$ R$ ,00 até R$ ,99 94% 97% 102% De R$ R$ ,00 até R$ ,99 96% 98% 105% Acima de R$ ,00 APLICAÇÕES POR PRAZO DETERMINADO EM RDC LONGO PÓS - CDI I PRAZO DETERMINADO e INDETERMINADO ATÉ 24 MESES Tabela vigente em julho de 2015, sujeita a alterações e imposto de renda. II PRAZO DETERMINADO DE 25 A 42 MESES III PRAZO DETERMINADO ACIMA DE 42 MESES 98% 105% 110%

11 BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 11 Faça empréstimo aqui! Prazos maiores e condições excelentes. A cooperativa continua com a política de juros diferenciados, praticando taxas não superiores ao patamar de 1,85% ao mês para empréstimos consignados. Parte do pagamento dos juros ainda é devolvida na condição de sobras. O que reduz ainda mais esse percentual. O crédito no Sicoob Credfaz Servidor Federal é vantajoso em qualquer modalidade; é dinheiro no bolso e a certeza de um bom negócio. Juros baixos não são novidades, mas uma opção desde o início da cooperativa, que tem ajudado milhares de pessoas nas últimas duas décadas. TAXAS DE JUROS, PRAZOS ESTABELECIDOS E VALORES MÁXIMOS PARA EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS EM FOLHA DE PAGAMENTO VALOR R$ ,00 R$ ,00 Modalidade PRAZOS TAXA DE 01 A 06 MESES 1,25% DE 07 A 12 MESES 1,45% R$ ,00 R$ ,00 SOMENTE CONSIGNADO SOMENTE CONSIGNADO DE 13 A 36 MESES DE 37 A 60 MESES DE 61 A 84 MESES DE 85 A 96 MESES 1,50% 1,55% 1,75% 1,85% * Valores até R$ ,00 em consignação. Tabela vigente em julho de 2015, sujeita a alterações.

12 12 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 Educação Finaceira Equilíbrio, poupança e investimento Segredos para navegar nas marolas e tempestades da economia Com olhos mais apurados podem ser percebidos traços socioculturais que impedem o desenvolvimento da economia brasileira. Além do descontrole das contas públicas, corrupção, carga tributária pesada, a inabilidade de boa parte dos brasileiros em relação às questões financeiras é certamente um fator a ser considerado na hora de buscar soluções para os problemas econômicos atuais. Agravam-se o endividamento das famílias e o aumento da inadimplência em resposta ao fraco desempenho da economia brasileira nos últimos anos, corroborando as teses de que o Brasil enfrenta um quadro de recessão e que a expectativa para 2016 seja de um quadro ainda mais complicado, com fechamento de postos de trabalho, redução da produção e, por consequência, encolhimento do produto interno bruto. A partir da teoria weberiana, nota-se que, o sentido da teologia para o dinheiro ainda exerce grande influência na forma como brasileiros encaram o acúmulo de capital, apenas como prática de usura e não como princípio ao desenvolvimento financeiro tanto no cenário familiar quanto no macroeconômico. A mudança de mentalidade é fundamental a fim de que as relações supraestruturais não exerça força desproporcional nos alicerces da economia brasileira. O caminho da mudança passa pelas vias da educação financeira, ensino de disciplinas que ajudem na racionalização das atividades econômicas em ambiente doméstico, aumentando controle das despesas e receitas e, como resultado, aumento da capacidade de investimentos. Há de se pensar também no futuro, o crescimento progressivo do déficit previdenciário também deve ser considerado como motivo de preocupação e motivador do equilíbrio das contas do lar. Porque uma reserva financeira pode ser fundamental durante a aposentadoria. O Sicoob Credfaz Servidor Federal oferece excelentes condições para aplicações financeiras em 60 meses e 120 meses. Segundo o diretor financeiro, Agostinho Bezerra, as taxas de remuneração e prazos oferecidos pela cooperativa estão entre as melhores modalidades de investimentos encontradas no mercado brasileiro. Nós remuneramos o capital do cooperado em 100% da taxa Selic e não cobramos taxas de administração. Um associado que aplica R$ 100,00 por mês pode acumular, em 60 meses, cerca de R$ 8.248,64 e, se prorrogar para 120 meses, o montante vai para algo em torno de R$ ,91. Esse dinheiro faz muita diferença em momentos de aperto, destaca Carlos Pio. O diretor diz que existe um mito em torno das aplicações

13 BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 13 Educação Finaceira financeiras, colocando-as como algo exclusivo de grandes investidores e corporações. Não existe isso, qualquer um pode fazer investimento, basta ter alguma reserva, explicou. Ele comenta as vantagens das aplicações a longo prazo, que remuneram mais por conta da redução das alíquotas de Imposto de Renda. Quanto maior o tempo, maior também é o retorno. Simulação de aplicações em 60 e 120 meses, em cotas de capital. com remuneração de 100% da taxa Selic, no Sicoob Credfaz Servidor Federal: Valor (em R$) Prazo (em meses) Juros mensal Valor de resgate (em R$) % , % , % , % , % , % , % , % , 08 *Considerando-se a remuneração de 1% a.m. Valores sujeitos à tributação conforme legislação vigente. Além dos ótimos rendimentos, aplicadores do Sicoob Credfaz Servidor Federal ainda recebem valores referentes às sobras, que correspondem à diferença entre os valores arrecadados pela cooperativa e os gastos em cada exercício. Esse montante é rateado proporcionalmente entre todos os cooperados, conforme definição da Assembleia Geral. Pensou em rentabilidade? Pensou:

14 14 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 COOPERATIVA DE CRÉDITO DO SERVIDOR FEDERAL LTDA SICOOB CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL SICOOBcard - PROPOSTA DE: SOLICITAÇÃO DE CARTÃO Edifício CREDFAZ - SCS - Qd. 05, Bl C - Ent. 165/9 - CEP Brasília/DF Fone: Site: Autorizada pelo BACEN em 24/10/95 - CNPJ: / Ouvidoria SICOOB: ALTERAÇÃO DE LIMITE

15 br BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 15 Entrevista Incorporação Credifisco A presidente da Credifisco-MG, Rosa Maria Bicalho, fala da importância do cooperativismo dentro de um cenário de solidariedade e justiça social; e também destaca as mudanças no comportamento do mercado financeiro a partir do processo de globalização e da necessidade de readequação das organizações. 1. Qual seu entendimento para a incorporação de empresas, algo que está acontecendo agora também com as cooperativas? R. Acho que, em função do mundo globalizado, as instituições menores estão perdendo força, vejo Rosa Maria Bicalho incorporações como um processo natural. Isso já vem acontecendo há bastante tempo, chegou a vez 4. Qual tem sido a resposta dos associados? das cooperativas. Bastante tranquila, há um grau de confiança bem elevado, visto que os argumentos são bem sólidos. 2. Quais são as principais razões para esse tipo de reestruturação? 5. Quais as vantagens? R. Existem vários desafios para se criar, manter Todos terão um up grade, com maior remuneração e até desativar uma cooperativa. Atualmente, do capital, cartões de crédito e débito, apólices de só existem dois caminhos para as cooperativas seguro, conta corrente, poupança, consórcio, taxas menores, Nós de juros menores na contratação de empréstimos e preferimos fazê-la maior, é o que acontece com outros serviços; sem falar na distribuição das sobras. a incorporação. Nós estamos subindo um degrau, Ademais, há crescimento patrimonial. incorporação ou liquidação. ampliando nossa área de atuação para todo o Brasil. 6. O que destaca nos 24 anos de Credifisco? Nós criamos uma cooperativa para atender às 3. Por que se juntar ao Sicoob Credfaz Servidor Federal? pessoas necessitadas, com objetivo de acabar com relações informais de empréstimo, que geravam R. Tivemos propostas de outras cooperativas, mas, certos problemas de relacionamentos. Destaco esse preferimos manter nossa identidade. Nós optamos por tipo de ajuda financeira e a solidariedade entre os aquela que também nasceu no Ministério da Fazenda colegas de trabalho, foram as coisas mais importantes e com atuação junto aos servidores federais do até aqui. As cooperativas são necessárias para que Ministério da Fazenda e da Presidência da República. haja mais justiça e desenvolvimento.

16 16 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal BRASÍLIA, JUNHO/JULHO 2015 COOPERATIVA de CRÉdITO do SERVIdOR FEdERAL LTdA. SICOOB CREdFAZ SERVIdOR FEdERAL, CNPJ Nº / e NIRE Nº , situada no Ed. Credfaz, SCS, Quadra 05, Bloco C, loja 165 térreo e 169, pavimento Superior - Brasília df, CEP e COOPERATIVA de ECONOMIA E CRÉdITO MÚTUO dos INTEGRANTES das CARREIRAS de AUdITORIA FISCAL da RECEITA FEdERAL do BRASIL, SERVIdORES E FUNCIONÁRIOS do MINISTÉRIO da FAZENdA EM MINAS GERAIS LTdA. CREdIFISCO, CNPJ Nº / NIRE Nº , situada na Rua da Bahia nº º andar, Centro, Belo Horizonte MG, Cep EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONJUNTA O diretor-presidente da Cooperativa de Crédito do Servidor Federal Ltda. SICOOB CREdFAZ SERVIdOR FEdERAL e a diretora-presidente da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Integrantes das Carreiras de Auditoria Fiscal da Receita Federal do Brasil, Servidores e Funcionários do Ministério da Fazenda em Minas Gerais Ltda. CREdIFISCO, no uso das atribuições que lhes conferem os correspondentes Estatutos Sociais, convocam os seus delegados e Associados, que nesta data somam 27 (vinte e sete) delegados do SICOOB CREdFAZ SERVIdOR FEdERAL e 546 (quinhentos e quarenta e seis) Associados da CREdIFISCO, em pleno gozo de seus direitos sociais, para se reunirem em Assembleia Geral Extraordinária Conjunta a ser realizada no dia 31 de julho de 2015, na sede CREdIFISCO, situado na Rua da Bahia nº º andar, Centro, Belo Horizonte MG, Cep , às 12:00 horas, em primeira convocação, com a presença de 2/3 (dois terços) dos delegados representantes dos Associados do SICOOB CREdFAZ SERVIdOR FEdERAL e 2/3 (dois terços) dos Associados da CREdIFISCO; às 13:00 horas, em segunda convocação, com a presença de metade mais 1 (um) dos delegados representantes dos Associados do SICOOB CREdFAZ SERVIdOR FEdERAL e metade mais 1 (um) dos Associados da CREdIFISCO; ou às 14:00 horas, em terceira e última convocação, com a presença de, no mínimo, 10 (dez) delegados representantes dos Associados do SICOOB CREdFAZ SERVIdOR FEdERAL e de, no mínimo, 10 (dez) Associados da CREdIFISCO, para deliberarem sobre a seguinte ORdEM do dia: 1. Ratificar a Comissão Mista; 2. Apreciar e deliberar sobre o relatório elaborado pela Comissão Mista; 3. deliberar sobre a incorporação da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos integrantes das Carreiras de Auditoria Fiscal da Receita Federal do Brasil, Servidores funcionários do Ministério da Fazenda em Minas Gerais Ltda. CREdIFISCO, pela Cooperativa de Crédito do Servidor Federal Ltda. SICOOB CREdFAZ SERVIdOR FEdERAL, CNPJ Nº / e NIRE Nº: ; 4. deliberar sobre Ampla reforma Estatutária. Brasília df, 06 de julho de José Alves de Sena, diretor-presidente do Sicoob Credfaz Servidor Federal, Rosa Maria Bicalho, diretora-presidente da CREdIFISCO Publicado no jornal Valor Econômico, Pág. B8, em 08/07/2015. VIDA Seguros Toda garantia que você precisa com os benefícios que só o Sicoob Credfaz Servidor Federal pode oferecer. A Seguradora de sua preferência está aqui! CONSULTE! RESIDENCIAL AUTO Informações: /

EMPRÉSTIMO NA CONTA CORRENTE Comodidade e segurança aos associados

EMPRÉSTIMO NA CONTA CORRENTE Comodidade e segurança aos associados BRASÍLIA, JULHO 2014 JORNAL SICOOB Credfaz Servidor Federal 1 JULHO/AGOSTO 2014 ED. Credfaz - SCS - Q 05 - BL. C - ENT 165 - CEP 70305-921 - BRASÍLIA - DF - FONE-FAX: (61) 3035-8299 EMPRÉSTIMO NA CONTA

Leia mais

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Sul

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Sul em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Sul O desempenho e os resultados alcançados pelo Sicoob Sul em comprovam as vantagens do trabalho coletivo em cooperativa. Mesmo num ano de muitas incertezas

Leia mais

NOSSA MARCA, AGORA É...

NOSSA MARCA, AGORA É... AGOSTO/SETEMBRO 2013 ED. Credfaz SCS Q 05 BL. C ENT 165 CEP 70305921 BRASÍLIA DF FONEFAX: (61) 30358299 NOSSA MARCA, AGORA É... MUDANÇA ATENDE À POLÍTICA DE CRESCIMENTO DA COOPERATIVA Editorial Vale mais

Leia mais

SICOOB CREDIROCHAS. Resultados

SICOOB CREDIROCHAS. Resultados SICOOB CREDIROCHAS Resultados 2014 MENSAGEM DA DIRETORIA O Sicoob Credirochas conseguiu ótimos resultados numa clara demonstração da força do trabalho cooperativo, na busca por maior participação no mercado

Leia mais

SICOOB NORTE. Resultados

SICOOB NORTE. Resultados SICOOB NORTE Resultados 2014 MENSAGEM DA DIRETORIA O Sicoob Norte conseguiu ótimos resultados, numa clara demonstração da força do trabalho cooperativo, na busca por maior participação no mercado financeiro

Leia mais

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Norte

em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Norte em números Relatório de Prestação de Contas Sicoob Norte O desempenho e os resultados alcançados pelo Sicoob Norte em comprovam as vantagens do trabalho coletivo em cooperativa. Mesmo num ano de muitas

Leia mais

Exercício 2011. Relatório de prestação de contas

Exercício 2011. Relatório de prestação de contas Exercício Relatório de prestação de contas MENSAGEM DA DIRETORIA A Assembléia Geral da ONU declarou 2012 como o Ano Internacional das Cooperativas, destacando a contribuição das cooperativas para o desenvolvimento

Leia mais

O cooperativismo de crédito e você

O cooperativismo de crédito e você O cooperativismo de crédito e você A Cooperativa de Crédito é uma instituição financeira sem fins lucrativos de propriedade dos associados, controlada de forma democrática por seus membros, e tem o propósito

Leia mais

BEM-VINDO AO SICOOB. A maior instituição financeira cooperativa do país. www.sicoob.com.br

BEM-VINDO AO SICOOB. A maior instituição financeira cooperativa do país. www.sicoob.com.br BEM-VINDO AO SICOOB. A maior instituição financeira cooperativa do país. www.sicoob.com.br Parabéns! Agora você faz parte de uma cooperativa Sicoob e conta com todos os produtos e serviços de um banco,

Leia mais

Foto: istockphoto.com/propagcomunica. Aqui você é dono

Foto: istockphoto.com/propagcomunica. Aqui você é dono Foto: istockphoto.com/propagcomunica Aqui você é dono A UNICRED/ASACRED tem como seus pilares dois importantes institutos: o cooperativismo, que vem promover a gestão participativa, equitativa e igualitária,

Leia mais

Sicoob Sul-Litorâneo

Sicoob Sul-Litorâneo Sicoob Sul-Litorâneo Mensagem da Diretoria 02 2013 Relatório Anual Mais uma vez, a força do trabalho cooperativo foi comprovada através do desempenho e resultados alcançados pelo Sicoob em 2013. Enquanto

Leia mais

Entenda o Novo Sistema de Pagamentos Brasileiro O Novo SPB O que muda com o novo SPB Saiba o que não muda com o novo SPB Saiba mais

Entenda o Novo Sistema de Pagamentos Brasileiro O Novo SPB O que muda com o novo SPB Saiba o que não muda com o novo SPB Saiba mais * Informações de janeiro/2002 * Sumário Entenda o Novo Sistema de Pagamentos Brasileiro O Novo SPB Benefícios do Novo SPB O que é Porque mudar O que muda O que muda com o novo SPB Transferências só com

Leia mais

O C artão d o S ervidor PR P E R F E EI E TUR U A R A MU M N U I N CI C PA P L A L DE D E LOND N R D I R NA N

O C artão d o S ervidor PR P E R F E EI E TUR U A R A MU M N U I N CI C PA P L A L DE D E LOND N R D I R NA N O Cartão do Servidor PREFEITURA MUNICIPAL DE LONDRINA Cartão BMG Card O BMG Card é um cartão de crédito com bandeira MasterCard, direcionado aos Servidores Públicos Estatutários do Governo de Santa Catarina,

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

Empréstimo. Pagamento em até 30 meses; Sem taxa de abertura de crédito; Parcelas debitadas em conta; Limites analisados pela renda.

Empréstimo. Pagamento em até 30 meses; Sem taxa de abertura de crédito; Parcelas debitadas em conta; Limites analisados pela renda. Produtos Conta Corrente Com isenção de tarifas de manutenção, dez folhas cheques, quatro extratos mensais, emissão de extratos on-line, tarifas reduzidas, só na Credlíder. Conta Poupança A Poupança Credlider

Leia mais

MANUAL DO ASSOCIADO. Desde 1974 estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos!

MANUAL DO ASSOCIADO. Desde 1974 estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! MANUAL DO ASSOCIADO Desde 1974 estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! 2 Expediente COGEM - Cooperativa de Crédito Mútuo dos Empregados de Empresas Metalúrgicas do Estado de São Paulo Av.

Leia mais

Mensagem da Diretoria

Mensagem da Diretoria Sicoob Sul-Serrano Mensagem da Diretoria Mais uma vez, a força do trabalho cooperativo foi comprovada através do desempenho e resultados alcançados pelo Sicoob em 2013. Enquanto a economia brasileira se

Leia mais

UL - Unidade Lotérica Cód. UL/CCA Cód Ag. Nome da agência CCA - Correspondente CAIXA AQUI

UL - Unidade Lotérica Cód. UL/CCA Cód Ag. Nome da agência CCA - Correspondente CAIXA AQUI Grau de sigilo Proponho à Caixa Econômica Federal a abertura da conta abaixo especificada e a adesão aos produtos e serviços por ela oferecidos conforme a seguir assinalado: UL - Unidade Lotérica Cód.

Leia mais

COOPERATIVA DE CRÉDITO

COOPERATIVA DE CRÉDITO 3 COOPERATIVISMO Baseia-se na união de pessoas onde cada membro deve contribuir com uma parcela ou quota parte, colaborando para a melhoria das condições econômicas e sociais de todos que fazem parte dessa

Leia mais

Regulamento da MultiConta Prestige

Regulamento da MultiConta Prestige Regulamento da MultiConta Prestige Mais serviços e mais benefícios feitos para quem recebe seu crédito de salário ou aposentadoria no Itaú Personnalité. A MultiConta Prestige oferece um maior número de

Leia mais

Planejamento Estratégico 2012 Novamente, um bom começo. Um time vencedor. PALAVRA DO PRESIDENTE O mundo pede mais cooperativismo.

Planejamento Estratégico 2012 Novamente, um bom começo. Um time vencedor. PALAVRA DO PRESIDENTE O mundo pede mais cooperativismo. PALAVRA DO PRESIDENTE O mundo pede mais cooperativismo. ANO 6 - NÚMERO 27 - FEVEREIRO 2012 - NATAL/RN Um time vencedor Sobras: distribuição inteligente, diferencial importante Pág. 05 Planejamento Estratégico

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS Resultados dos estudos sobre a redução de taxas de juros praticadas por bancos públicos e privados. Orientações aos consumidores. Face aos diversos anúncios de redução de juros veiculados na mídia a partir

Leia mais

Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos

Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos Conforme aprovado pelo Conselho Deliberativo em reunião realizada em 4 de abril de 2011 a São Bernardo implementará em 1º de julho de 2011

Leia mais

1 - A MUTUANTE concede ao MUTUÁRIO um empréstimo no valor, prazo e demais condições indicadas no Termo de Requerimento de Mútuo.

1 - A MUTUANTE concede ao MUTUÁRIO um empréstimo no valor, prazo e demais condições indicadas no Termo de Requerimento de Mútuo. Folha 1 DE 6 Cláusulas e Condições Gerais do Contrato de Mútuo que entre si fazem a Fundação Vale do Rio Doce de Seguridade Social - VALIA e seus participantes na forma do seu Regulamento Básico. Fundação

Leia mais

1. Qual o limite de idade para o empréstimo pessoal? 2. Qual é o valor mínimo e máximo do empréstimo? 3. Como funciona o parcelamento?

1. Qual o limite de idade para o empréstimo pessoal? 2. Qual é o valor mínimo e máximo do empréstimo? 3. Como funciona o parcelamento? 1. Qual o limite de idade para o empréstimo pessoal? De 18 anos a 90 anos, 11 meses e 29 dias. 2. Qual é o valor mínimo e máximo do empréstimo? Mínimo: R$ 200,00 Máximo: R$ 10.000,00 3. Como funciona o

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Planejamento Financeiro Planejamento financeiro é um processo Existe disponibilidade de recursos para isto? racional de administrar sua renda, seus investimentos, De onde virão os recursos para o crescimento

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes 1) Quem passará a receber por meio de conta no BRADESCO e quem deverá providenciar a sua formalização? a. Magistrados, bem como, seus pensionistas e cotistas b. Serventuários ativos

Leia mais

seu dinheiro Consórcio ou financiamento? #103 Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel

seu dinheiro Consórcio ou financiamento? #103 Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel #103 seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel Consórcio ou financiamento? Poupança com ganho real Investimento volta a superar a inflação

Leia mais

Produtos e Serviços para Associados. Pessoas Físicas

Produtos e Serviços para Associados. Pessoas Físicas Produtos e Serviços para Associados Pessoas Físicas O Sicoob Divicred entende o que seu associado precisa. Por isso, oferece soluções ágeis e modernas para otimizar suas operações bancárias e proteger

Leia mais

Cooperativismo - Forma ideal de organização

Cooperativismo - Forma ideal de organização Cooperativismo - Forma ideal de organização Cooperativismo é modelo socioeconômico capaz de unir desenvolvimento econômico e bem-estar social. Seus referenciais fundamentais são: participação democrática,

Leia mais

Manual Perfis de Investimentos

Manual Perfis de Investimentos Manual Perfis de Investimentos 2015 Manual de Perfis de Investimentos Índice Perfi s de Investimentos Avonprev... 4 Por que existem os Perfi s de Investimentos... 5 O que são Perfi s de Investimentos...

Leia mais

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 1. MENSAGEM DA PRESIDÊNCIA: Hoje estamos prestando contas de nossos trabalhos frente à Creditran durante o ano de 2014. Com a entrega final do empreendimento iniciado em 2009,

Leia mais

COOPERATIVA DE CRÉDITO

COOPERATIVA DE CRÉDITO COOPERATIVISMO Baseia-se na união de pessoas onde cada membro deve contribuir com uma parcela ou quota parte, colaborando para a melhoria das condições econômicas e sociais de todos que fazem parte dessa

Leia mais

Cooperativas de crédito Opções de associação para micro e pequenas empresas Vantagens e desvantagens com relação ao sistema bancário

Cooperativas de crédito Opções de associação para micro e pequenas empresas Vantagens e desvantagens com relação ao sistema bancário Cooperativas de crédito Opções de associação para micro e pequenas empresas Vantagens e desvantagens com relação ao sistema bancário 1- Opções de associação de empresas a cooperativas de crédito As pessoas

Leia mais

COOPERATIVA DE CRI:DfTO DO SERVIDOR FEDERAL LTOA. SIC008 CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL

COOPERATIVA DE CRI:DfTO DO SERVIDOR FEDERAL LTOA. SIC008 CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL SICOOB Credfaz Federal Servidor COOPERATIVA DE CRI:DfTO DO SERVIDOR FEDERAL LTOA. SIC008 CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL &I. CREDFAZ- SCS - Q. 05 81.C - EnL 165/9 CEP 70.305-921 Brasllia - DF - Fone - (611 3035-8299

Leia mais

Jonatam Cesar Gebing. Tesouro Direto. Passo a passo do Investimento. Versão 1.0

Jonatam Cesar Gebing. Tesouro Direto. Passo a passo do Investimento. Versão 1.0 Jonatam Cesar Gebing Tesouro Direto Passo a passo do Investimento Versão 1.0 Índice Índice 2 Sobre o autor 3 O Tesouro Direto 4 1.1 O que é? 4 1.2 O que são Títulos Públicos? 5 1.3 O que é o grau de investimento?

Leia mais

M = C. (1 + (i. T)) Juros compostos:- Como calcular juros compostos: montante, capital inicial, fórmula, taxa, tempo, etc.

M = C. (1 + (i. T)) Juros compostos:- Como calcular juros compostos: montante, capital inicial, fórmula, taxa, tempo, etc. Material de Estudo para Recuperação 9 ano. Juros Simples O regime de juros será simples quando o percentual de juros incidirem apenas sobre o valor principal. Sobre os juros gerados a cada período não

Leia mais

Cooperativismo É a união de pessoas voltadas para um objetivo comum, sem fins lucrativos, por meio da cooperação e da ajuda mútua entre associados.

Cooperativismo É a união de pessoas voltadas para um objetivo comum, sem fins lucrativos, por meio da cooperação e da ajuda mútua entre associados. COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS FUNCIONÁRIOS DAS EMPRESAS DE CERÂMICA CoopASPACER Cooperativismo É a união de pessoas voltadas para um objetivo comum, sem fins lucrativos, por meio da cooperação

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL INFORMAÇÕES ÚTEIS SOBRE CONSIGNADO EMPRÉSTIMO, CARTÃO DE CRÉDITO E/OU SERVIÇOS CONTRATADOS - ANO 2015. 1) O que é Margem Consignável? Resposta: É o dado que indica os limites estabelecidos por lei específica

Leia mais

Mensagem do Administrador

Mensagem do Administrador Educação Financeira Índice 1. Mensagem do administrador... 01 2. O Cartão de crédito... 02 3. Conhecendo sua fatura... 03 4. Até quanto gastar com seu cartão... 07 5. Educação financeira... 08 6. Dicas

Leia mais

RAÏSSA LUMACK, Vice-Presidente de RH da Coca-Cola Brasil.

RAÏSSA LUMACK, Vice-Presidente de RH da Coca-Cola Brasil. 1 RAÏSSA LUMACK, Vice-Presidente de RH da Coca-Cola Brasil. O Informativo Previcoke (Fundo de Pensão da Coca-Cola Brasil) é feito para quem já pensa no amanhã e para quem quer começar a pensar. Aqui, você

Leia mais

Exercício 2011. Relatório de prestação de contas

Exercício 2011. Relatório de prestação de contas Exercício Relatório de prestação de contas MENSAGEM DA DIRETORIA A Assembléia Geral da ONU declarou 2012 como o Ano Internacional das Cooperativas, destacando a contribuição das cooperativas para o desenvolvimento

Leia mais

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você e sua empresa.

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você e sua empresa. Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você e sua empresa. Conheça os benefícios do novo banco da sua empresa. Banco do Brasil. É de São Paulo. É do Brasil. É Todo Seu. Índice 2

Leia mais

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você.

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Conheça os benefícios e novidades do seu novo banco. Banco do Brasil. É de São Paulo. É do Brasil. É Todo Seu. Índice Introdução...3

Leia mais

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS EMPREGADOS DA ALCATEL-LUCENT BRASIL SICOOB COOPER ALCATEL-LUCENT. Relatório. anual

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS EMPREGADOS DA ALCATEL-LUCENT BRASIL SICOOB COOPER ALCATEL-LUCENT. Relatório. anual Relatório anual 2014 COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS EMPREGADOS DA ALCATEL-LUCENT BRASIL SICOOB COOPER ALCATEL-LUCENT Relatório 2014 anual SUMÁRIO 07 0 8 10 11 12 15 Mensagem do Presidente

Leia mais

Veja na tabela a seguir as performances de cada aplicação em setembro e no acumulado do ano. Desempenho em setembro. Ibovespa 4,84% -17,96% 30/09/2013

Veja na tabela a seguir as performances de cada aplicação em setembro e no acumulado do ano. Desempenho em setembro. Ibovespa 4,84% -17,96% 30/09/2013 Veículo: Exame.com Os melhores e os piores investimentos de setembro Ibovespa fecha o mês com a maior alta, seguido pelos fundos de ações small caps; na renda fixa, a LTN, título do Tesouro prefixado,

Leia mais

Ficha Cadastral/Proposta de abertura de conta de depósito Pessoa Física

Ficha Cadastral/Proposta de abertura de conta de depósito Pessoa Física Ficha Cadastral/Proposta de abertura de conta de depósito Pessoa Física Identificação do cliente Nome completo (sem abreviações) Sexo Endereço Residencial M Nº F Bairro Cidade UF CEP País Telefone E-mail

Leia mais

CANAL DE ENTREGA SIGLA DO EXTRATO VALOR. Isento Cartão de Débito 2.1.1 Fornecimento de

CANAL DE ENTREGA SIGLA DO EXTRATO VALOR. Isento Cartão de Débito 2.1.1 Fornecimento de RESOLUÇÃO SICOOB CGCRED 039 Institui as taxas e tarifas praticadas para os produtos e serviços. O Conselho de Administração da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Empresários de Campina Grande

Leia mais

TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM.

TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM. TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM. Por norma do Conselho Monetário Nacional (CMN), foram padronizados os Serviços Prioritários e os serviços isentos para Pessoa

Leia mais

SERVIÇOS DISPONÍVEIS NO BANRISUL OFFICE BANKING EXTRATOS

SERVIÇOS DISPONÍVEIS NO BANRISUL OFFICE BANKING EXTRATOS SERVIÇOS DISPONÍVEIS NO BANRISUL OFFICE BANKING EXTRATOS Através do serviço de extratos do Banrisul Office Banking, o correntista pode consultar e imprimir os movimentos em suas contas (correntes ou poupança),

Leia mais

Seja sócio dessa ideia. Filiada a

Seja sócio dessa ideia. Filiada a Seja sócio dessa ideia. Filiada a COMPARE... E VEJA A DIFERENÇA BANCO Você é um Cliente Precisa de resultado Os lucros vão para o banqueiro ou acionistas Antes do ajudar, vem a questão do retorno Taxas

Leia mais

INVESTIMENTOS CONSERVADORES

INVESTIMENTOS CONSERVADORES OS 4 INVESTIMENTOS CONSERVADORES QUE RENDEM MAIS QUE A POUPANÇA 2 Edição Olá, Investidor. Esse projeto foi criado por Bruno Lacerda e Rafael Cabral para te ajudar a alcançar mais rapidamente seus objetivos

Leia mais

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD MATERIAL EXPlICatIvo Plano BAYER CD 1 Prezado Colaborador! você, que está sendo admitido agora ou ainda não aderiu ao Plano de Previdência oferecido pelo Grupo Bayer, tem a oportunidade de conhecer, nas

Leia mais

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Todas as linhas de crédito para pessoas jurídicas subiram. Para pessoas físicas, houve aumento nos juros do comércio,

Leia mais

Plano de Contribuição Definida

Plano de Contribuição Definida Plano de Contribuição Definida Gerdau Previdência CONHEÇA A PREVIDÊNCIA REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR Oferecido pelo setor privado, com adesão facultativa, tem a finalidade de proporcionar uma proteção

Leia mais

RELATÓRIO SEMESTRAL RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

RELATÓRIO SEMESTRAL RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO BALANÇO 213/2 RELATÓRIO SEMESTRAL RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO As incertezas do mercado econômico brasileiro no primeiro semestre de 213 jogaram para baixo as projeções do Produto Interno Bruto (PIB) e elevaram

Leia mais

Cartão Consignado. Aposentados e Pensionistas do INSS

Cartão Consignado. Aposentados e Pensionistas do INSS Cartão Consignado Aposentados e Pensionistas do INSS Cartão Consignado INSS Regras Vigentes INSS Regras Vigentes Cartão exclusivo para compras (o saque é proibido). Temos que aguardar a manifestação do

Leia mais

Guia Prático para você. O Besc é Banco do Brasil. Veja a diferença que isso faz no seu dia-a-dia.

Guia Prático para você. O Besc é Banco do Brasil. Veja a diferença que isso faz no seu dia-a-dia. Guia Prático para você. O Besc é Banco do Brasil. Veja a diferença que isso faz no seu dia-a-dia. guia_pf.indd 1 3/24/09 10:53:08 AM Índice Introdução...02 Relacionamento com o Banco do Brasil...03 Conta

Leia mais

INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE CRÉDITO. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil

INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE CRÉDITO. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE CRÉDITO Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários

Leia mais

Semana Nacional de Educação Financeira Tema. Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação

Semana Nacional de Educação Financeira Tema. Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação Tema Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação Apresentação JOCELI DA SILVA SILVA Analista Administrativo/Gestão Pública Lotado na Assessoria de Coordenação 3ª CCR Especialização UNB Clube

Leia mais

Atendimento das 08:00 hs. às 15:00 hs. CNPJ 01.530.136/0001-76 PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO. Cooperado. Matrícula R.G. CPF

Atendimento das 08:00 hs. às 15:00 hs. CNPJ 01.530.136/0001-76 PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO. Cooperado. Matrícula R.G. CPF COOPERARATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS FUNCIONÁRIOS DA CPTM Rua Zuma de Sá Fernandes, 360 - Térreo - Presidente Altino - Osasco - SP - CEP 06213-040 Telefones: 3689-9166 / 3652-2600 - Ramais 2771

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DE CLUBE DE INVESTIMENTO GRUPOINVEST

ESTATUTO SOCIAL DE CLUBE DE INVESTIMENTO GRUPOINVEST ESTATUTO SOCIAL DE CLUBE DE INVESTIMENTO GRUPOINVEST I - Denominação e Objetivo Artigo 1º - O Clube de Investimento GRUPOINVEST, doravante designado simplesmente Clube constituído por número limitado de

Leia mais

E, matrícula, inscrito no CPF sob o n.º doravante denominado MUTUÁRIO.

E, matrícula, inscrito no CPF sob o n.º doravante denominado MUTUÁRIO. CONTRATO DE MÚTUO, EMPRÉSTIMO FUNCEF NA MODALIDADE DE NOVO CREDINÂMICO FUNCEF VARIÁVEL QUE ENTRE SI FAZEM AS PARTES ABAIXO IDENTIFICADAS, NAS CONDIÇÕES QUE SE SEGUEM: SÃO PARTES DESTE CONTRATO: A FUNDAÇÃO

Leia mais

Guia de serviços Sicoob Cred UFU Um mundo de vantagens para você. Seja um cooperado Sicoob Cred UFU A vantagem é toda sua.

Guia de serviços Sicoob Cred UFU Um mundo de vantagens para você. Seja um cooperado Sicoob Cred UFU A vantagem é toda sua. Guia de serviços Sicoob Cred UFU Um mundo de vantagens para você Seja um cooperado Sicoob Cred UFU A vantagem é toda sua. Sicoob Cred UFU: Tem tudo o que os bancos têm. E até o que eles não têm. Missão:

Leia mais

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO UO DOS FUNCIONARIOS DO SISTEMA FIERGS- CRESUL Travessa Francisco de Leonardo Truda, 40 sala 143 14 andar Porto Alegre-RS CEP 90010-050 Fone (0**51) 3224-3280 Fax:

Leia mais

AULA 06 PRODUTOS BANCÁRIOS

AULA 06 PRODUTOS BANCÁRIOS 1 2 Identificar os principais produtos e serviços oferecidos pelos bancos no Brasil; 3 I INTRODUÇÃO 4 II - DESENVOLVIMENTO 1. PRODUTOS BANCÁRIOS 2. TIPOS DE CONTAS 3. OPERAÇÕES ATIVAS a. Cheque Especial

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos.

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos. PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos. Na pessoa física as taxas de juros tiveram uma pequena elevação sendo esta a décima quinta

Leia mais

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre Educação Financeira

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre Educação Financeira BANRIDICAS FINANCEIRAS A sua cartilha sobre Educação Financeira Planejando seu orçamento Traçar planos e colocar tudo na ponta do lápis - não é tarefa fácil, mas também não é impossível. O planejamento

Leia mais

Roteiro Operacional Última atualização 30/03/2015

Roteiro Operacional Última atualização 30/03/2015 Roteiro Operacional Última atualização 30/03/2015 Produto disponibilizado pela Agiplan Financeira S.A- CFI para conceder crédito pessoal em débito em conta corrente denominado Agidébito. 1. Público Alvo.

Leia mais

Sicoob Credicampo. Benefícios para sua empresa, desen

Sicoob Credicampo. Benefícios para sua empresa, desen Sicoob Credicampo. Benefícios para sua empresa, desen desenvolvimento reg para nossa região. Credicampo Credicampo o Sicoob Credicampo é comprometido com o desenvolvimento dos seus associados. O Sicoob

Leia mais

GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES S.A. (Companhia Aberta) C.N.P.J. n.º 06.164.253/0001-87 N.I.R.E. 35.300.314.441 AVISO AOS ACIONISTAS

GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES S.A. (Companhia Aberta) C.N.P.J. n.º 06.164.253/0001-87 N.I.R.E. 35.300.314.441 AVISO AOS ACIONISTAS GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES S.A. (Companhia Aberta) C.N.P.J. n.º 06.164.253/0001-87 N.I.R.E. 35.300.314.441 AVISO AOS ACIONISTAS Nos termos da Instrução CVM nº 358/02, conforme alterada, a Gol Linhas

Leia mais

Guia PCD. Conheça melhor o Plano

Guia PCD. Conheça melhor o Plano Guia PCD Conheça melhor o Plano Índice De olho no Futuro...3 Quem é a Fundação Centrus?...5 Conhecendo o Plano de Contribuição Definida - PCD...6 Contribuições do Participante...7 Saldo de Conta...8 Benefícios

Leia mais

Ficha Cadastro Pessoa Física

Ficha Cadastro Pessoa Física Em se tratando de mais de um titular, preencher uma ficha para cada um. Caso necessário, utilize outra ficha para completar os dados. Dados da Conta na CAIXA Grau de sigilo Cód. agência Nome da agência

Leia mais

Perguntas Freqüentes

Perguntas Freqüentes Perguntas Freqüentes Dúvidas: 4003-8777 Conhecendo o Crédito Universitário PRAVALER 1. O que é o crédito universitário PRAVALER? O PRAVALER é um crédito universitário que permite você pagar seus estudos,

Leia mais

Autarquia dos Servidores Públicos do Município Regime Próprio de Previdência

Autarquia dos Servidores Públicos do Município Regime Próprio de Previdência Autarquia dos Servidores Públicos do Município Regime Próprio de Previdência Página 01 Paranaguá Previdência Lei Complementar do Município Nº 53/2006 Página 02 PREZADO SEGURADO Com início das atividades

Leia mais

Guia de facilidades Bradesco Prime

Guia de facilidades Bradesco Prime Este material foi impresso em papel certificado FSC. Marketing 7778 out/14 Guia de facilidades Bradesco Prime No Bradesco Prime, você é prioridade sempre. Contar com a presença do Bradesco Prime em 100%

Leia mais

Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias. Tarifas Avulsas. CONTA CORRENTE Tipo FORMA DE DÉBITO

Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias. Tarifas Avulsas. CONTA CORRENTE Tipo FORMA DE DÉBITO Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias Tarifas Avulsas CONTA CORRENTE Tipo FORMA Confecção de Ficha Cadastral P. Abertura da Conta Sistema R$ 50,00 Confecção de Ficha Cadastral P. Física Abertura da Conta

Leia mais

Produto INSS Público (estadual/municipal/federal) Empresa privada. CPF Sexo Masc. Fem. Data de nascimento Nº do benefício

Produto INSS Público (estadual/municipal/federal) Empresa privada. CPF Sexo Masc. Fem. Data de nascimento Nº do benefício Termo de Adesão/Autorização para Desconto em Folha Empréstimo Consignado e Cartão de Crédito Operação Produto Cód. Corresp./ Loja Nº ADE Espaço reservado ao Banco BMG Produto INSS Público (estadual/municipal/federal)

Leia mais

Quatorze anos de história

Quatorze anos de história OPINIÃO Quatorze anos de história Sicoob Engecred completa, no final de O setembro, 14 anos de efetivo funcionamento. Uma conquista que começou a ser construída em 17 de novembro de 1997, quando 25 engenheiros

Leia mais

PARECER DE AUDITORIA

PARECER DE AUDITORIA PARECER DE AUDITORIA Aos Diretores da COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS CORRETORES DE SEGUROS DE BELO HORIZONTE E REGIÃO METROPOLITANA LTDA CREDICORSEGS 1. Examinamos o balanço patrimonial da

Leia mais

Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO. seja um

Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO. seja um Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO seja um A Boa Vista Serviços é uma empresa genuinamente brasileira, atualizada e inovadora, constituída para a operação do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Leia mais

Pesquisa. Intenção de

Pesquisa. Intenção de Pesquisa SPC BRASIL: Intenção de Compras para o Natal Novembro/2013 Pesquisa do SPC Brasil revela que brasileiros pretendem gastar mais e comprar mais presentes neste Natal Se depender dos consumidores

Leia mais

TREINAMENTO BRADESCARD. Lojas BP

TREINAMENTO BRADESCARD. Lojas BP TREINAMENTO BRADESCARD Lojas BP 1 Cartão BradesCard O BradesCard facilita a realização dos seus clientes de forma prática e flexível. Especializado no Varejo, oferece um portfólio completo de produtos

Leia mais

Anúncio de Início da Distribuição Pública de Cotas da Primeira Emissão do

Anúncio de Início da Distribuição Pública de Cotas da Primeira Emissão do Anúncio de Início da Distribuição Pública de Cotas da Primeira Emissão do COGITU FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF n.º 18.653.262/0001-10 Código ISIN das Cotas: BRCGTUCTF009 ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Guia Americanas Itaucard International com chip

Guia Americanas Itaucard International com chip Guia Americanas Itaucard International com chip Índice Seu cartão 2 Para desbloquear seu cartão 3 Na hora de comprar 3 Na hora de pagar a fatura 4 Conheça a fatura 6 Mais conveniência para você 8 Programa

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Julgue os itens a seguir, a respeito da Lei n.º 6.404/197 e suas alterações, da legislação complementar e dos pronunciamentos do Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). 71 Os gastos incorridos com pesquisa

Leia mais

Ficha Cadastro Pessoa Física

Ficha Cadastro Pessoa Física Em se tratando de mais de um titular, preencher uma ficha para cada um. Caso necessário, utilize outra ficha para completar os dados. Dados da Conta na CAIXA Grau de sigilo Cód. agência Nome da agência

Leia mais

CARTA DE RESPONSABILIDADE DA ADMINISTRAÇÃO

CARTA DE RESPONSABILIDADE DA ADMINISTRAÇÃO CARTA DE RESPONSABILIDADE DA ADMINISTRAÇÃO Brasília - DF, 13 de fevereiro de 2014. À DCA - Auditores Independentes S/S ATT. Gerencia de Auditoria Aparecida de Goiânia - GO Assunto: Carta de Representações

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO PESSOAL

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO PESSOAL ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO PESSOAL 1 Sumário 1. EMPRÉSTIMO PESSOAL...3 1.1 EP Cheque...3 1.1.1 Características Gerais do EP Cheque...3 1.1.2 Política de Formalização do EP Cheque...3 1.2 EP Carnê...4

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante Fenacor Prev 1 Índice Introdução...3 O Programa de Previdência Fenacor Prev...3 Contribuições...4 Investimentos...5 Benefício Fiscal...5 Benefícios

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP Material Explicativo Plano de Benefícios HP Janeiro - 2015 1 As informações deste material visam cumprir a legislação aplicável e dar aos participantes uma idéia geral e resumida das alterações promovidas

Leia mais

Assembléia divulga resultados positivos

Assembléia divulga resultados positivos Assembléia divulga resultados positivos A Unicred Natal confirmou sua previsão de crescimento com bons resultados financeiros, que foram apresentados aos cooperados, no dia 26 de março durante a Assembléia

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO. Resumo do Regulamento da Utilização dos Cartões de Crédito Bradesco Empresariais IMPORTANTE: LEIA ESTE SUMÁRIO COM ATENÇÃO

SUMÁRIO EXECUTIVO. Resumo do Regulamento da Utilização dos Cartões de Crédito Bradesco Empresariais IMPORTANTE: LEIA ESTE SUMÁRIO COM ATENÇÃO SUMÁRIO EXECUTIVO Resumo do Regulamento da Utilização dos Cartões de Crédito Bradesco Empresariais IMPORTANTE: LEIA ESTE SUMÁRIO COM ATENÇÃO Este sumário representa um resumo das principais informações

Leia mais

GUIA INFORMATIVO - CARTÕES DE CRÉDITO

GUIA INFORMATIVO - CARTÕES DE CRÉDITO 2013 GUIA INFORMATIVO - CARTÕES DE CRÉDITO CARTÕES DE CRÉDITO Definição Cartão de crédito é modalidade de pagamento à vista, objeto de um contrato de adesão entre o consumidor e uma administradora de cartões,

Leia mais

Conhecendo os Processos de Cobrança

Conhecendo os Processos de Cobrança Conhecendo os Processos de Cobrança 03 Processos de Cobrança Entenda a Fatura Ferramentas de Suporte Consulta de Extratos 05 09 11 16 Consumo Consciente 02 Processos de Cobrança conheça os processos de

Leia mais

Relatório de Administração Semestre findo em 30 de junho de 2015 JS Real Estate Multigestão Fundo de Investimento Imobiliário

Relatório de Administração Semestre findo em 30 de junho de 2015 JS Real Estate Multigestão Fundo de Investimento Imobiliário Relatório de Administração Semestre findo em 30 de junho de 2015 JS Real Estate Multigestão Fundo de Investimento Imobiliário 1. Objetivo do fundo O Fundo JS Real Estate Multigestão Fundo de Investimento

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Material Explicativo Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Sumário Plano CD - Tranqüilidade no futuro 3 Conheça a previdência 4 A entidade Previ-Siemens 6 Como funciona o Plano CD da Previ-Siemens?

Leia mais

Programa CAIXA Melhor Crédito

Programa CAIXA Melhor Crédito Programa CAIXA Melhor Crédito CAIXA REDUZ A PARTIR DE HOJE TAXAS DE JUROS EM ATÉ 88% O Caixa Melhor Crédito trará beneficio imediato para mais de 25 milhões de clientes A Caixa Econômica Federal anunciou

Leia mais