Abordagem Posterior no Tratamento da Malformação da Junção Crânio-Vertebral

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Abordagem Posterior no Tratamento da Malformação da Junção Crânio-Vertebral"

Transcrição

1 Abordagem Posterior no Tratamento da Malformação da Junção Crânio-Vertebral Orientador: Prof. Dr. Ricardo Botelho Pesquisadores: Rodolfo de Moura Carneiro Gustavo Fitas Manaia

2 INTRODUÇÃO A Malformação de Chiari e a Invaginação Basilar são as malformações mesodérmicas mais comuns da junção crânio-vertebral Subdesenvolvimento Ósseo Desproporção entre Capacidade Volumétrica X Conteúdo das Estruturas Redução do espaço liquórico Herniação das tonsilas cerebelares

3 INTRODUÇÃO Abordagem Cirúrgica: Via Ventral (anterior) Via Posterior descompensação clínica Novas técnicas: Reconstrução da Cisterna Magna Preservação da Aracnóide (reconstrução da fossa posterior)

4 OBJETIVO Avaliar os efeitos e limitações da abordagem posterior, independente do grau de compressão ventral ao tronco

5 METODOLOGIA Coorte Retrospectiva Portadores de Malformação de Chiari ou Invaginação Basilar Operados nos últimos 15 anos, pela técnica de Sahuquillo modificada (sem ancoragem do enxerto de dura-máter) n final: 46 pacientes, excluindo as perdas Avaliação Clínica Bindal Pré e Pós-Operatório - teste t de Student Questionário de Autopercepção Avaliação Radiológica RNM

6 METODOLOGIA

7 METODOLOGIA Os sintomas melhoram após a cirurgia? Sim Não Talvez Agora que você sabe o resultado da cirurgia, faria novamente a cirurgia, se tivesse que definir pela primeira vez? Sim Não Não sei Que nota você daria para sua melhora, sendo zero ausência de melhora, e 10, melhora completa dos sintomas?

8 METODOLOGIA

9 METODOLOGIA Malformação de Chiari: Herniação das Tonsilas Cerebelares Compressão da Cisterna Magna Obstrução ao Fluxo Liquórico Invaginação Basilar: Insinuação da coluna cervical em direção à base do crânio Tipos: I: invasão do odontóide pelo forâmen magno II: sem invasão do odontóide pelo forâmen magno Adequação da Descompressão: Melhora clínica dos sinais e sintomas Cisterna Magna refeita Diminuição da siringomielia

10 RESULTADOS Análise do Bindal Pré e Pós-Operatório p<0,001

11 RESULTADOS Análise do Questionário de Autoavaliação n: 39 pacientes

12 RESULTADOS Análise Radiológica Descompressão da Cisterna Magna Apenas um paciente apresentava Cisterna Magna no pré-operatório

13 RESULTADOS Análise Radiológica Evolução da Siringomielia 66% apresentavam siringomielia prévia

14 RESULTADOS Análise Radiológica Formato da Tonsila Cerebelar Todos os pacientes apresentavam um formato pontudo de Tonsila Cerebelar Em todos os pacientes a forma se alterou para redonda

15 RESULTADOS Análise Radiológica Adequação da Descompressão da Fossa Posterior

16 RESULTADOS Embora a descompensação pela abordagem posterior seja temida, há muitas divergências entre os pesquisadores Menezes et al descreve até 30% de descompensação em pacientes submetidos a esse tipo de cirurgia Keklamp realizou abordagem posterior em 314 de uma amostra de 323 via anterior apenas em pacientes com alteração dos nervos cranianos Nosso estudo utilizou a via posterior para todos os pacientes, com emprego da técnica de Sahuquillo (reestabelecimento do coxim liquórico) Malformação de Chiari: descompressão da fossa posterior em todos os pacientes Invaginação Basilar tipo I: (com fixação occipitocervical) uma redução não satisfatória Invaginação Basilar tipo II: descompressão não adequada

17 RESULTADOS Pacientes com Malformação de Chiari sem Invaginação Basilar: Grande chance de sucesso na descompressão Independe da técnica utilizada Pacientes com Invaginação Basilar tipo I: Realinhamento craniocervical + Fixação da fossa posterior Tratamento adequado pela abordagem posterior Pacientes com Invaginação Basila tipo II: Maior controvérsia na técnica (ou associação de técnicas!!!) Não há critérios definidos ainda

18 CONCLUSÃO O objetivo do trabalho foi atingido: a segurança e a eficácia da via posterior foram avaliadas não houve descompensação pós-operatória em nenhum dos casos estudados A via posterior mostrou-se eficaz na maioria dos pacientes Candidatos à abordagem anterior Pacientes, cuja redução intraoperatória da Invaginação Basilar tipo I não foi possível; Platibásicos com grande compressão ventral ao tronco, cuja via posterior não seja benéfica não há valores que definam a abordagem anterior

19 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Goel A, Bhatjiwale M, Desai K. Basilar invagination: a study based on 190 surgically treated patients. J Neurosurg 1998;88: Botelho RV, Ferreira ED. Angular craniometry in craniocervical junction malformation. Neurosurg Rev 2013;36: Menezes AH. Primary craniovertebral anomalies and the hindbrain herniation syndrome (Chiari I): data base analysis. Pediatr Neurosurg 1995;23: Zandonadi Ferreira ED, Botelho RV. Atlas Assimilation Patterns in Different Types of Adult Craniocervical Junction Malformations. J Neurosurg Spine 2015; 40: Pang D, Thompson DN. Embriology and bony malformations of the craniovertebral junction. Childs Nerv Syst 2011;27: Botelho RV, Neto EB, Patriota GC, et al. Basilar invagination craniocervical instability treated with crevical traction and occipitocervical fixation. Case report. J Neurosurg Spine 2007;7:444-9 Menezes AH. Developmental abnormalities of the craniovertebral junction. In: Winn HR, editor. Youman s Neurological Surgery., 5th ed. Philadelphia: Elsevier; p. p Keklamp J. Treatment of basilar invagination. Eur Spine J 2014;23(8):

20 OBRIGADO

RESSONÂNCIA NUCLEAR MAGNÉTICA NOS DISRAFISMOS ESPINAIS MÁRCIA REGINA DE SOUZA *, JOSÉ PÍNDARO PEREIRA PLESE* *, HAMILTONMATUSHITA***, ORILDOCIQUINI***

RESSONÂNCIA NUCLEAR MAGNÉTICA NOS DISRAFISMOS ESPINAIS MÁRCIA REGINA DE SOUZA *, JOSÉ PÍNDARO PEREIRA PLESE* *, HAMILTONMATUSHITA***, ORILDOCIQUINI*** RESSONÂNCIA NUCLEAR MAGNÉTICA NOS DISRAFISMOS ESPINAIS MÁRCIA REGINA DE SOUZA *, JOSÉ PÍNDARO PEREIRA PLESE* *, HAMILTONMATUSHITA***, ORILDOCIQUINI*** RESUMO - Foi avaliada por ressonância nuclear magnética

Leia mais

PROTOCOLO FISIOTERAPÊUTICO DE PÓS- OPERATÓRIO INICIAL DE CIRURGIA LOMBAR. Local: Unidades de Internação

PROTOCOLO FISIOTERAPÊUTICO DE PÓS- OPERATÓRIO INICIAL DE CIRURGIA LOMBAR. Local: Unidades de Internação PROTOCOLO FISIOTERAPÊUTICO DE PÓS- OPERATÓRIO INICIAL DE CIRURGIA LOMBAR Edição: 17/09/2012 Local: Unidades de Internação Versão: 001 Data Versão: 17/07/2015 Página: 1/7 1- Considerações gerais As cirurgias

Leia mais

Simpósio Avançado AOSpine Pre-Congresso - Spinal cord at risk (XIV Congresso Brasileiro de Coluna)

Simpósio Avançado AOSpine Pre-Congresso - Spinal cord at risk (XIV Congresso Brasileiro de Coluna) 08:00 08:15 Introdução 15 08:00 08:05 Opening remarks Boas-vindas e apresentação dos faculties 08:05 08:15 Presentation AOSpine - News & future directions 08:15 09:25 Módulo I: Coluna cervical - A médula

Leia mais

Simpósio Interativo Avançado AOSpine: Trauma das transições da Coluna Vertebral

Simpósio Interativo Avançado AOSpine: Trauma das transições da Coluna Vertebral 07:30 08:30 Introdução 60 07:30 08:00 Opening remarks Registro 08:00 08:15 Presentation AOSpine Latin America (10 anos) 08:15 08:30 Presentation Apresentação dos Faculties e objetivos de aprendizagem do

Leia mais

Existem indicações para utilização do fixador occipi,0to-cervical em detrimento de outras técnicas de artrodese posterior?

Existem indicações para utilização do fixador occipi,0to-cervical em detrimento de outras técnicas de artrodese posterior? Parecer do Grupo Técnico de Auditoria em Saúde 09/2005 Tema: Fixador occipito-cervical - Cervifix I Data: 17/02/2005 II Grupo de Estudo: Dr. Adolfo Orsi Parenzi Dra. Silvana Márcia Bruschi Kelles Dra.

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA UTILIZAÇÃO RACIONAL DE DISPOSITIVOS MÉDICOS IMPLANTÁVEIS (DMIs) EM CIRURGIA DA COLUNA VERTEBRAL

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA UTILIZAÇÃO RACIONAL DE DISPOSITIVOS MÉDICOS IMPLANTÁVEIS (DMIs) EM CIRURGIA DA COLUNA VERTEBRAL MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA UTILIZAÇÃO RACIONAL DE DISPOSITIVOS MÉDICOS IMPLANTÁVEIS (DMIs) EM CIRURGIA DA COLUNA VERTEBRAL SBC Sociedade Brasileira de Coluna São Paulo, 30 de Junho de 2017 APRESENTAÇÃO

Leia mais

Potencial evocado somatossensitivo transoperatório na malformação de Chiari. Relato de caso e argumentação

Potencial evocado somatossensitivo transoperatório na malformação de Chiari. Relato de caso e argumentação Potencial evocado somatossensitivo transoperatório na malformação de Chiari. Relato de caso e argumentação Jefferson Rosi Junior 1, Manoel Jacobsen Teixeira 2, Lin Tchia Yeng 3, Juliana Gozzo Sékula 4,

Leia mais

Tratamento da siringomielia associada à malformação de Chiari: técnica cirúrgica empregada em 60 casos

Tratamento da siringomielia associada à malformação de Chiari: técnica cirúrgica empregada em 60 casos 5 JORNAL BRASILEIRO DE NEUROCIRURGIA ARTIGO ORIGINAL Tratamento da siringomielia associada à malformação de Chiari: técnica cirúrgica empregada em 60 casos José Arnaldo Motta de Arruda* Oswaldo Inácio

Leia mais

MALFORMAÇÃO DE ARNOLD-CHIARI: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ARNOLD-CHIARI MALFORMATION: A BIBLIOGRAPHICAL REVIEW

MALFORMAÇÃO DE ARNOLD-CHIARI: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ARNOLD-CHIARI MALFORMATION: A BIBLIOGRAPHICAL REVIEW 661 Faculdades Integradas de Patos Curso de Medicina v. 2, n. 3, jul./set 2017, p. 651-660 ISSN: 2448-1394 MALFORMAÇÃO DE ARNOLD-CHIARI: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ARNOLD-CHIARI MALFORMATION: A BIBLIOGRAPHICAL

Leia mais

MANUAL DE CODIFICAÇÃO DE PROCEDIMENTOS EM CIRURGIA DA COLUNA VERTEBRAL

MANUAL DE CODIFICAÇÃO DE PROCEDIMENTOS EM CIRURGIA DA COLUNA VERTEBRAL MANUAL DE CODIFICAÇÃO DE PROCEDIMENTOS EM CIRURGIA DA COLUNA VERTEBRAL SBC Sociedade Brasileira de Coluna COMISSÃO DE SISTEMATIZAÇÃO Dr. Albert Vincent Brasil - RS Dr. Aluizio Arantes Júnior - MG Dr. André

Leia mais

MALFORMAÇÃO OCCIPITOCERVICAL Ε SÍNDROME DE ARNOLD- CHIARÍ. BONS RESULTADOS EM UM CASO OPERADO

MALFORMAÇÃO OCCIPITOCERVICAL Ε SÍNDROME DE ARNOLD- CHIARÍ. BONS RESULTADOS EM UM CASO OPERADO MALFORMAÇÃO OCCIPITOCERVICAL Ε SÍNDROME DE ARNOLD- CHIARÍ. BONS RESULTADOS EM UM CASO OPERADO DIAULAS VlDIGAL * CARLOS DE LUCCIA ** O estudo das malformações occípito-cervicais já vêm sendo feito de longa

Leia mais

Pacientes que necessitam de intervenção cirúrgica para a reconstrução do segmento

Pacientes que necessitam de intervenção cirúrgica para a reconstrução do segmento Sistema Lockplan 2.0mm O que é? O Sistema de Fixação Rígida Lockplan 2.0mm é um sistema composto por placas e parafusos, que realizam a reconstrução óssea de pacientes com deformidades, de causas genéticas

Leia mais

MANUAL DE CODIFICAÇÃO DE PROCEDIMENTOS EM CIRURGIA DA COLUNA VERTEBRAL

MANUAL DE CODIFICAÇÃO DE PROCEDIMENTOS EM CIRURGIA DA COLUNA VERTEBRAL MANUAL DE CODIFICAÇÃO DE PROCEDIMENTOS EM CIRURGIA DA COLUNA VERTEBRAL SBC Sociedade Brasileira de Coluna COMISSÃO DE SISTEMATIZAÇÃO Dr. Albert Vincent Brasil - RS Dr. Aluizio Arantes Júnior - MG Dr. André

Leia mais

Anomalias congênitas da transição craniovertebral Congenital anomalies of the cranio vertebral junction

Anomalias congênitas da transição craniovertebral Congenital anomalies of the cranio vertebral junction 5 0 COLUNA/COLUMNA - VOLUME 4 (1) - JANEIRO/FEVEREIRO/MARÇO 2005 VISÃO DE OUTRA ESPECIALIDADE Anomalias congênitas da transição craniovertebral Congenital anomalies of the cranio vertebral junction Denise

Leia mais

Fixação monossegmentar das fraturas da coluna toracolombar

Fixação monossegmentar das fraturas da coluna toracolombar FIXAÇÃO MONOSSEGMENTAR DAS FRATURAS DA COLUNA TORACOLOMBAR Fixação monossegmentar das fraturas da coluna toracolombar HELTON L.A. DEFINO 1, ANDRÉS E.R. FUENTES 2, PAULO H. REMONDI 3, EDUARDO C. VALLIM

Leia mais

Traumatologia e Ortopedia

Traumatologia e Ortopedia Traumatologia e Ortopedia Ressecção de um corpo vertebral cervical; Ressecção de dois ou mais corpos vertebrais cervicais (inclui instrumentação) Principais Resultados de Provas Diagnósticas: Radiografia;

Leia mais

ÓRTESES PARA TRONCO E PESCOÇO

ÓRTESES PARA TRONCO E PESCOÇO ÓRTESES PARA TRONCO E PESCOÇO P R O F. A N A E L Y M A R I C A T O D E C A M A R G O T E R A P E U TA O C U PA C I O N A L e l y m a r i c a t o @ h o t m a i l. c o m ÓRTESES PARA TRONCO E PESCOÇO As

Leia mais

HÉRNIA DE DISCO CERVICAL GIGANTE

HÉRNIA DE DISCO CERVICAL GIGANTE Arq Neuropsiquiatr 1999;57(2-A):296-300 HÉRNIA DE DISCO CERVICAL GIGANTE RELATO DE CASO FERNANDO LUIZ ROLEMBERG DANTAS*, WALTER JOSÉ FAGUNDES-PEREYRA**, DURVALINO LOPES ROCHA***, JAIR L. RASO**** RESUMO

Leia mais

HIDROCEFALIA ASSOCIADA À CISTO ARACNÓIDE DA CISTERNA QUADRIGEMINAL EM CÃO RELATO DE CASO

HIDROCEFALIA ASSOCIADA À CISTO ARACNÓIDE DA CISTERNA QUADRIGEMINAL EM CÃO RELATO DE CASO 1 HIDROCEFALIA ASSOCIADA À CISTO ARACNÓIDE DA CISTERNA QUADRIGEMINAL EM CÃO RELATO DE CASO KAREN CRISTINA DE OLIVEIRA BASTOS 1, ADILSON DONIZETI DAMASCENO¹. 1 Programa de Pós-graduação em Ciência Animal

Leia mais

O que é? Quem pode usar? Benefícios para o médico. Benefícios para o paciente. 2.0 mm. Sistema Lockplan 2.0mm

O que é? Quem pode usar? Benefícios para o médico. Benefícios para o paciente. 2.0 mm. Sistema Lockplan 2.0mm Sistema Lockplan 2.0mm O que é? O Sistema de Fixação Rígida Lockplan 2.0mm é um sistema composto por placas e parafusos, que realizam a reconstrução óssea de pacientes com deformidades, de causas genéticas

Leia mais

GLIOMA CEREBELAR E A CONTRIBUIÇÃO DA NEURORREABILITAÇÃO: RELATO DE CASO

GLIOMA CEREBELAR E A CONTRIBUIÇÃO DA NEURORREABILITAÇÃO: RELATO DE CASO NEURORREABILITAÇÃO: RELATO DE CASO ( Introdução Os tumores do sistema central (SNC) são responsáveis por 1,5% dos cânceres, e por 2,4% de suas mortes. Os tumores localizados no ângulopontocerebelar (APC)

Leia mais

Relato técnico. Igor de Castro 1, José Alberto Landeiro 2

Relato técnico. Igor de Castro 1, José Alberto Landeiro 2 rq Neuropsiquiatr 2003;61(2-):291-295 FIXÇÃO OCCÍPITO-CERVICL INSIDE-OUTSIDE Relato técnico Igor de Castro 1, José lberto Landeiro 2 RESUMO - O entendimento sobre a biomecânica do complexo occípito-atlanto-axial

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA CIRURGIA ONCOGINECOLÓGICA

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA CIRURGIA ONCOGINECOLÓGICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA CIRURGIA ONCOGINECOLÓGICA SETEMBRO DE 2016 2 INTRODUÇÃO Prezados Doutores(as), Temos o prazer de compartilhar nossas newsletters científicas. Nesta edição, aprofundamos

Leia mais

FIXAÇÃO DA COLUNA VERTEBRAL CERVICAL BAIXA ATRAVÉS DE AMARRILHO INTERESPINHOSO E ENXERTO ÓSSEO

FIXAÇÃO DA COLUNA VERTEBRAL CERVICAL BAIXA ATRAVÉS DE AMARRILHO INTERESPINHOSO E ENXERTO ÓSSEO Arq Neuropsiquiatr 1999;57(1):68-73 FIXAÇÃO DA COLUNA VERTEBRAL CERVICAL BAIXA ATRAVÉS DE AMARRILHO INTERESPINHOSO E ENXERTO ÓSSEO EDSON LOPES JR*, JOSÉ ARNALDO MOTTA DE ARRUDA**, CARLOS VINÍCIUS MOTA

Leia mais

Diastematomielia diagnosticada em paciente de idade avançada: relato de caso

Diastematomielia diagnosticada em paciente de idade avançada: relato de caso Revista de Medicina e Saúde de Brasília RELATO DE CASO Diastematomielia diagnosticada em paciente de idade avançada: relato de caso Diastematomyelia diagnosed in elderly patient: a case report Fabiana

Leia mais

Plano de Aula Medula espinal Diagnóstico topográfico

Plano de Aula Medula espinal Diagnóstico topográfico Plano de Aula Medula espinal Diagnóstico topográfico Prof. Dr. José Carlos B. Galego 1-Introdução: A medula espinal estende-se da base do crânio até o nível da segunda vértebra lombar, por onde cursam

Leia mais

ANÁLISE DA EFICACIA DO USO DA CINESIOTERAPIA NO TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO DE LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR ESTUDO DE CASO

ANÁLISE DA EFICACIA DO USO DA CINESIOTERAPIA NO TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO DE LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR ESTUDO DE CASO 1 ANÁLISE DA EFICACIA DO USO DA CINESIOTERAPIA NO TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO DE LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR ESTUDO DE CASO MARTINS, L.C.: ANDOLFATO, K.R. Resumo: A lesão do ligamento cruzado anterior

Leia mais

Mielomeningocele: tratamento cirúrgico e resultados

Mielomeningocele: tratamento cirúrgico e resultados 0021-7557/95/71-06/317 Jornal de Pediatria Copyright 1995 by Sociedade Brasileira de Pediatria Jornal de Pediatria - Vol. 71, Nº6, 1995 317 ARTIGO ORIGINAL Mielomeningocele: tratamento cirúrgico e resultados

Leia mais

Caso Clínico. Aprendendo com Prof. Nicos Labropoulos

Caso Clínico. Aprendendo com Prof. Nicos Labropoulos Caso Clínico Aprendendo com Prof. Nicos Labropoulos História Clínica Paciente sexo feminino, 43 anos Queixa- se de varizes e edema no membro inferior direito Dores, peso e cansaço na perna direita Sem

Leia mais

Emergências Neurológicas. Emergências Neurológicas. Emergências Neurológicas. Emergências Neurológicas. Emergências Neurológicas

Emergências Neurológicas. Emergências Neurológicas. Emergências Neurológicas. Emergências Neurológicas. Emergências Neurológicas Anatomia Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Sistema Nervoso Central (SNC) Cérebro Medula espinhal Sistema Nervoso Periférico (SNP) Nervos Cranianos Nervos Espinhais Fisiologia

Leia mais

Posição Prona 1. INDICAÇÕES 2. CONTRA-INDICAÇÕES 3. PROCEDIMENTOS 4. CUIDADOS 5. FLUXOGRAMA. CTIP - Ft. Luciana B. Haddad, Dra.

Posição Prona 1. INDICAÇÕES 2. CONTRA-INDICAÇÕES 3. PROCEDIMENTOS 4. CUIDADOS 5. FLUXOGRAMA. CTIP - Ft. Luciana B. Haddad, Dra. Posição Prona 1. INDICAÇÕES 2. CONTRA-INDICAÇÕES 3. PROCEDIMENTOS 4. CUIDADOS 5. FLUXOGRAMA CTIP - Ft. Luciana B. Haddad, Dra. Flávia Panico 1. Indicações Insuficiência respiratória aguda com hipoxemia

Leia mais

Cefaléia occipito-nucal secundária a os odontoideum Occipito-nucal headache due to os odontoideum

Cefaléia occipito-nucal secundária a os odontoideum Occipito-nucal headache due to os odontoideum RELATO DE CASO Cefaléia occipito-nucal secundária a os odontoideum Occipito-nucal headache due to os odontoideum 1 André Giacomelli Leal, ¹Erasmo Barros da Silva Junior, 2 Kelly Cristina Bordignon, 2 Jerônimo

Leia mais

ACHADOS CIRÚRGICOS EM 260 CASOS DE IMPRESSÃO BASILAR E/OU MALFORMAÇÃO DE ARNOLD-CHIARI

ACHADOS CIRÚRGICOS EM 260 CASOS DE IMPRESSÃO BASILAR E/OU MALFORMAÇÃO DE ARNOLD-CHIARI ACHADOS CIRÚRGICOS EM 260 CASOS DE IMPRESSÃO BASILAR E/OU MALFORMAÇÃO DE ARNOLD-CHIARI JOSÉ ALBERTO GONÇALVES DA SILVA *, JOSÉ CORREIA DE FARIAS BRITO* *, PAULO VIRGOLINO DA NÓBREGA**, MARIA DO DESTERRO

Leia mais

Ministério da Saúde SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE PORTARIA Nº 765 DE 29 DE DEZEMBRO DE 2005

Ministério da Saúde SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE PORTARIA Nº 765 DE 29 DE DEZEMBRO DE 2005 Ministério da Saúde SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE PORTARIA Nº 765 DE 29 DE DEZEMBRO DE 2005 O Secretário de Atenção à Saúde Substituto, no uso de suas atribuições, e Considerando a Portaria GM/MS nº 1.161,

Leia mais

ESPONDILOLISTESE TRAUMÁTICA DO AXIS FRATURA DO ENFORCADO

ESPONDILOLISTESE TRAUMÁTICA DO AXIS FRATURA DO ENFORCADO ESPONDILOLISTESE TRAUMÁTICA DO AXIS FRATURA DO ENFORCADO André Lima Batista, Marcelo A. Duva Borgheresi, Ricardo Vieira Botelho Introdução A fratura dos elementos posteriores (lâmina, facetas, pedículos

Leia mais

MALFORMAÇÃO DE CHIARI DO TIPO II SINTOMÁTICA

MALFORMAÇÃO DE CHIARI DO TIPO II SINTOMÁTICA Arq Neuropsiquiatr 1998;56(1):98-106 MALFORMAÇÃO DE CHIARI DO TIPO II SINTOMÁTICA J. FRANCISCO SALOMÃO*, ANTÔNIO R. BELLAS**, RENÊ D. LEIBINGER**, ANA PAULA A. BARBOSA**, MARIA ANNA P. B. BRANDÃO** RESUMO

Leia mais

APÊNDICE NOMENCLATURA SUS PARA PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS SELECIONADOS

APÊNDICE NOMENCLATURA SUS PARA PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS SELECIONADOS APÊNDICE NOMENCLATURA SUS PARA PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS SELECIONADOS NOMENCLATURA PARA NOTIFICAÇÃO Apendicectomia CRITÉRIO PARA NOTIFICAÇÃO remoção do apêndice (não acidental por outro procedimento), realizada

Leia mais

1, 3, 8, 12, 16, 17, 18, 20, 21, 23, 24, 31, 34, 38, 42, 43, 44, 46, 49, 54, 60, 64, 66, 68, 70, 71, 72, 73, 79, 80, 82, 88, 97, 99, INDEFERIDOS

1, 3, 8, 12, 16, 17, 18, 20, 21, 23, 24, 31, 34, 38, 42, 43, 44, 46, 49, 54, 60, 64, 66, 68, 70, 71, 72, 73, 79, 80, 82, 88, 97, 99, INDEFERIDOS NÍVEL SUPERIOR Questões 1, 3, 8, 12, 16, 17, 18, 20, 21, 23, 24, 31, 34, 38, 42, 43, 44, 46, 49, 54, 60, 64, 66, 68, 70, 71, 72, 73, 79, 80, 82, 88, 97, 99, 100 - INDEFERIDOS QUESTÃO 1 Além de rara (1/35000

Leia mais

PROTOCOLO FISIOTERAPÊUTICO DE PÓS-OPERATÓRIO INICIAL DE CIRURGIA LOMBAR

PROTOCOLO FISIOTERAPÊUTICO DE PÓS-OPERATÓRIO INICIAL DE CIRURGIA LOMBAR PROTOCOLO FISIOTERAPÊUTICO DE PÓS-OPERATÓRIO INICIAL DE CIRURGIA LOMBAR 1- Considerações gerais As cirurgias de coluna têm indicação médica conforme exames de imagem e apresentação clínica. As cirurgias

Leia mais

Data: 20/08/2014. Resposta Técnica 01/2014. Medicamento Material Procedimento X Cobertura

Data: 20/08/2014. Resposta Técnica 01/2014. Medicamento Material Procedimento X Cobertura Resposta Técnica 01/2014 Solicitante: Dr. Renato Dresch Juiz de direito Nº Processo: 9010665.22.2014.813.0024 Ré: Unimed de Belo Horizonte Data: 20/08/2014 Medicamento Material Procedimento X Cobertura

Leia mais

Procedimento x Procedimento Compativel

Procedimento x Procedimento Compativel Ministério da Saúde - MS Secretaria de Atenção à Saúde Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais do SUS Procedimento x Procedimento Compativel Competencia: 03/2016

Leia mais

TEMA: MONITORIZAÇÃO NEUROFISIOLÓGICA NA CIRURGIA CORRETORA DA ESCOLIOSE CONGÊNITA

TEMA: MONITORIZAÇÃO NEUROFISIOLÓGICA NA CIRURGIA CORRETORA DA ESCOLIOSE CONGÊNITA NTRR29/2013 Solicitante: Ilmo Dr Edgard Penna Amorim Desembargador da 8ª Câmara Cível TJMG Numeração: 1.0079.13.003322-2/003 Data: 22/03/2013 Medicamento Material Procedimento X Cobertura TEMA: MONITORIZAÇÃO

Leia mais

APENDICITE AGUDA O QUE É APÊNCIDE CECAL? O QUE É APENDICITE E PORQUE OCORRE

APENDICITE AGUDA O QUE É APÊNCIDE CECAL? O QUE É APENDICITE E PORQUE OCORRE APENDICITE AGUDA O QUE É APÊNCIDE CECAL? O apêndice vermiforme ou apêndice cecal é uma pequena extensão tubular, com alguns centímetros de extensão, terminada em fundo cego, localizado no ceco, primeira

Leia mais

Artroplastia de Ombro TRATAMENTO POR ARTROPLASTIA NAS FRATURAS DO ÚMERO PROXIMAL INDICAÇÃO. partes? rachadura da

Artroplastia de Ombro TRATAMENTO POR ARTROPLASTIA NAS FRATURAS DO ÚMERO PROXIMAL INDICAÇÃO. partes? rachadura da Artroplastia de Ombro TRATAMENTO POR NAS FRATURAS DO ÚMERO PROXIMAL INDICAÇÃO em 4 partes? tipo rachadura da cabeça umeral (split head) impactada cabeça atingindo 40% do colo anatômico FRATURAS DO ÚMERO

Leia mais

Prepare-se para a consulta com seu médico

Prepare-se para a consulta com seu médico Prepare-se para a consulta com seu médico Para um melhor resultado quando visitar seu médico, é importante estar preparado. Quanto mais claro você descrever a sua dor, mais fácil será para seu médico ajudar

Leia mais

RETALHOS ÂNTERO-LATERAL DA COXA E RETO ABDOMINAL EM GRANDES RECONSTRUÇÕES TRIDIMENSIONAIS EM CABEÇA E PESCOÇO

RETALHOS ÂNTERO-LATERAL DA COXA E RETO ABDOMINAL EM GRANDES RECONSTRUÇÕES TRIDIMENSIONAIS EM CABEÇA E PESCOÇO Artigo Original RETALHOS ÂNTERO-LATERAL DA COXA E RETO ABDOMINAL EM GRANDES RECONSTRUÇÕES TRIDIMENSIONAIS EM CABEÇA E PESCOÇO ANTEROLATERAL THIGH AND RECTUS ABDOMINUS FLAPS IN LARGE TRIDIMENSIONAL HEAD

Leia mais

04/03/2008. Identificar o desenho do estudo. Opinião de especialista Exemplo: Revisão Narrativa. Identificando Principais Tipos de Estudos

04/03/2008. Identificar o desenho do estudo. Opinião de especialista Exemplo: Revisão Narrativa. Identificando Principais Tipos de Estudos Identificando Principais Tipos de Estudos Dr. André Sasse Identificar o desenho do estudo Fundamental para a prática da MBE Leitura atenta dos métodos O desenho do estudo é adequado para responder à pergunta

Leia mais

TRATAMENTO CIRURGICO DA NEVRALGIA DO TRIGEMIO COM PRESERVAÇÃO DA SENSIBILIDADE

TRATAMENTO CIRURGICO DA NEVRALGIA DO TRIGEMIO COM PRESERVAÇÃO DA SENSIBILIDADE TRATAMENTO CIRURGICO DA NEVRALGIA DO TRIGEMIO COM PRESERVAÇÃO DA SENSIBILIDADE PAULO NIEMEYER FILHO* A microcirurgia introduziu novos conceitos quanto à etiologia e tratamento de várias patologias, inclusive

Leia mais

Anatomia da Medula Vertebral

Anatomia da Medula Vertebral Anatomia da Medula Vertebral Anatomia da Vértebra Disco Intervertebral Anatomia da Coluna Vertebral Características Gerais: Corpo Vertebral Foramens Vertebrais: Forame Medular: Medula Vertebral Forames

Leia mais

Gaudencio Barbosa LCCP/HUWC 08/2011

Gaudencio Barbosa LCCP/HUWC 08/2011 Gaudencio Barbosa LCCP/HUWC 08/2011 O manejo cirurgico de pacientes com hiperparatiroidismo primario (HPTP) evoluiu consideravelmente A exploração das quatro glandulas bilateralmente foi substituida por

Leia mais

Torcicolo: Apresentação Rara de uma Malformação Congénita

Torcicolo: Apresentação Rara de uma Malformação Congénita Caso clínico / Case report Torcicolo: Apresentação Rara de uma Malformação Congénita Torticollis: Rare Presentation of a Congenital Malformation Tânia Lopes 1, Ana Raquel Moreira 1, Cristina Duarte Madureira

Leia mais

Espinha Bífida. Dr. Fábio Agertt

Espinha Bífida. Dr. Fábio Agertt Espinha Bífida Dr. Fábio Agertt Neurônio Motor Superior/Inferior Espinha Bífida Defeito de fechamento do tubo neural; Variedade de apresentações e gravidade; As características podem ser diagnosticadas

Leia mais

ESTUDO RETROSPECTIVO DE CIRURGIAS DESCOMPRESSIVAS DA COLUNA TORACOLOMBAR REALIZADAS APÓS RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

ESTUDO RETROSPECTIVO DE CIRURGIAS DESCOMPRESSIVAS DA COLUNA TORACOLOMBAR REALIZADAS APÓS RESSONÂNCIA MAGNÉTICA ESTUDO RETROSPECTIVO DE CIRURGIAS DESCOMPRESSIVAS DA COLUNA TORACOLOMBAR REALIZADAS APÓS RESSONÂNCIA MAGNÉTICA JULIANY G. QUITZAN¹, NATÁLIA LEONEL FERREIRA¹, EMERSON GONÇALVES MARTINS SIQUEIRA¹, ISADORA

Leia mais

Técnicas em Ortopedia Tratamento cirúrgico da escoliose idiopática com instrumentação de terceira geração e manobra de desrotação

Técnicas em Ortopedia Tratamento cirúrgico da escoliose idiopática com instrumentação de terceira geração e manobra de desrotação Tratamento cirúrgico da escoliose idiopática com instrumentação de terceira geração e manobra de desrotação Luiz Claúdio de Moura França 1, Maurício Pagy Calais 2, Manuel Araújo Porto Filho 2, Roberto

Leia mais

Identifique-se na parte inferior desta capa. Caso se identifique em qualquer outro local deste Caderno, você será excluído do Processo Seletivo.

Identifique-se na parte inferior desta capa. Caso se identifique em qualquer outro local deste Caderno, você será excluído do Processo Seletivo. 1 INSTRUÇÕES Identifique-se na parte inferior desta capa. Caso se identifique em qualquer outro local deste Caderno, você será excluído do Processo Seletivo. 2 Este Caderno contém 04 casos clínicos e respectivas

Leia mais

ANATOMIA HUMANA I. Acidentes Ósseos. Prof. Me. Fabio Milioni. Características Anatômicas de Superfície dos Ossos

ANATOMIA HUMANA I. Acidentes Ósseos. Prof. Me. Fabio Milioni. Características Anatômicas de Superfície dos Ossos ANATOMIA HUMANA I Acidentes Ósseos Prof. Me. Fabio Milioni Características Anatômicas de Superfície dos Ossos As superfícies dos ossos possuem várias características estruturais adaptadas a funções específicas.

Leia mais

DISCOPATIA TORACOLOMBAR

DISCOPATIA TORACOLOMBAR DISCOPATIA TORACOLOMBAR FERREIRA, Manoela Maria Gomes AVANTE, Michelle Lopes ROSA, Bruna Regina Teixeira MARTINS, Irana Silva ZANGIROLAMI FILHO, Darcio BENEDETTE, Marcelo Francischinelli Acadêmicos da

Leia mais

ANEXO I ÓRTESES PRÓTESES E MATERIAIS ESPECIAIS (OPME) ELENCO DE CAIXAS E IMPLANTES NECESSÁRIOS AO SERVIÇO DE NEUROCIRURGIA DO HRC E HRN

ANEXO I ÓRTESES PRÓTESES E MATERIAIS ESPECIAIS (OPME) ELENCO DE CAIXAS E IMPLANTES NECESSÁRIOS AO SERVIÇO DE NEUROCIRURGIA DO HRC E HRN ANEXO I ÓRTESES PRÓTESES E MATERIAIS ESPECIAIS (OPME) ELENCO DE CAIXAS E IMPLANTES NECESSÁRIOS AO SERVIÇO DE NEUROCIRURGIA DO HRC E HRN MATERIAL OPME ESTOQUE NECESSÁRIO CAIXAS DE COLUNA VERTEBRAL CAIXA

Leia mais

Fixação transpedicular percutânea em fraturas toraco-lombares

Fixação transpedicular percutânea em fraturas toraco-lombares Rev Port Ortop Traum 21(3): 357-361, 2013 Original Fixação transpedicular percutânea em fraturas toraco-lombares Oliana Tarquini, Luis Teixeira, Carlos Jardim, Jorge Azevedo, Eunice Carvalho, Luis Silva

Leia mais

ARTRODESE ATLANTOAXIAL COM PARAFUSOS TRANSLAMINARES EM C2 UMA NOVA OPÇÃO NO TRATAMENTO DAS INSTABILIDADES ATLANTO-AXIAIS

ARTRODESE ATLANTOAXIAL COM PARAFUSOS TRANSLAMINARES EM C2 UMA NOVA OPÇÃO NO TRATAMENTO DAS INSTABILIDADES ATLANTO-AXIAIS 270 SOCIEDADE PORTUGUESA DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA Rev Port Ortop Traum 24(4): 270-276, 2016 ORIGINAL ARTRODESE ATLANTOAXIAL COM PARAFUSOS TRANSLAMINARES EM C2 UMA NOVA OPÇÃO NO TRATAMENTO DAS INSTABILIDADES

Leia mais

Diagnóstico por imagem nas alterações relacionadas ao envelhecimento e alterações degenerativas da coluna vertebral

Diagnóstico por imagem nas alterações relacionadas ao envelhecimento e alterações degenerativas da coluna vertebral Diagnóstico por imagem nas alterações relacionadas ao envelhecimento e alterações degenerativas da coluna vertebral Marcello H. Nogueira-Barbosa Divisão de Radiologia CCIFM Faculdade de Medicina Ribeirão

Leia mais

3. RESULTADOS DA REVISÃO DE LITERATURA

3. RESULTADOS DA REVISÃO DE LITERATURA Nota Técnica 07/2014 Solicitante: Dr. Sergio Henrique Cordeiro Caldas Fernandes Juiz de direito da 23ª Vara Cível de Belo Horizonte/MG Data: 10/09/2014 Medicamento Material Procedimento X Cobertura X Nº

Leia mais

. Intervalo livre de sintomatologia até 12h (perda de consciência seguindo-se período de lucidez);

. Intervalo livre de sintomatologia até 12h (perda de consciência seguindo-se período de lucidez); Hematomas Cranianos Hematoma Epidural. Calote e dura Educação Doente/família. Associada # (artéria meningea média). Intervalo livre de sintomatologia até 12h (perda de consciência seguindo-se período de

Leia mais

Radioterapia para Metástases em Coluna Eduardo Weltman Hospital Israelita Albert Einstein Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Radioterapia para Metástases em Coluna Aspectos Clínicos Indicações

Leia mais

Diretriz para o tratamento do Traumatismo Raquimedular. Uma proposta do Serviço de Neurocirurgia do Complexo Hospitalar Heliópolis, São Paulo, SP.

Diretriz para o tratamento do Traumatismo Raquimedular. Uma proposta do Serviço de Neurocirurgia do Complexo Hospitalar Heliópolis, São Paulo, SP. Diretriz para o tratamento do Traumatismo Raquimedular Uma proposta do Serviço de Neurocirurgia do Complexo Hospitalar Heliópolis, São Paulo, SP. Marcelo Ferraz de Campos. Neurocirurgião Assistente do

Leia mais

Variações anatômicas das facetas articulares do atlas

Variações anatômicas das facetas articulares do atlas Variações anatômicas das facetas articulares do atlas Arq Bras Neurocir 28(1): 9-13, março de 2009 Max Franco de Carvalho 1, Roberta Teixeira Rocha 2, João Tiago Silva Monteiro 3, Carlos Umberto Pereira

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS 31) O Código de Ética Médica apresenta uma série de princípios que são vedados aos médicos no que se refere à relação do profissional com pacientes e familiares. A respeito

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHAO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA I CURSO DE MEDICINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHAO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA I CURSO DE MEDICINA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHAO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA I CURSO DE MEDICINA ALVARO BRUNO BOTENTUIT SERRA DE CASTRO ESTRABISMO COMO PRIMEIRA MANIFESTAÇÃO DA SÍNDROME

Leia mais

ESPASMO HEMIFACIAL: RESULTADOS DO TRATAMENTO CIRÚRGICO EM 14 CASOS

ESPASMO HEMIFACIAL: RESULTADOS DO TRATAMENTO CIRÚRGICO EM 14 CASOS ESPASMO HEMIFACIAL: RESULTADOS DO TRATAMENTO CIRÚRGICO EM 14 CASOS Rui R. D. CARVALHO*; SALVADOR V. OLIVEIRA**; JUAN R. C. RODRIGUES** O espasmo hemifacial é uma hipercinesia paroxística limitada aos músculos

Leia mais

Posições Cirúrgicas. Professor: Eunaldo Dias

Posições Cirúrgicas. Professor: Eunaldo Dias Posições Cirúrgicas Professor: Eunaldo Dias Posições do paciente para cirurgia ou posições cirúrgicas são aquelas em que o paciente é colocado após procedimento anestésico, para ser submetido a intervenção

Leia mais

Módulo: Neuroanatomofisiologia da Deglutição e da Comunicação Verbal Conteúdo: Tronco Encefálico

Módulo: Neuroanatomofisiologia da Deglutição e da Comunicação Verbal Conteúdo: Tronco Encefálico Módulo: Neuroanatomofisiologia da Deglutição e da Comunicação Verbal Conteúdo: Tronco Encefálico M.Sc. Prof.ª Viviane Marques Fonoaudióloga, Neurofisiologista e Mestre em Fonoaudiologia Coordenadora da

Leia mais

Tipos de Estudos Epidemiológicos

Tipos de Estudos Epidemiológicos Pontifícia Universidade Católica de Goiás Escola de Ciências Agrárias e Biológicas Epidemiologia e Saúde Pública Tipos de Estudos Epidemiológicos Prof. Macks Wendhell Gonçalves Msc. Quando recorrer às

Leia mais

GUIA DO PACIENTE EQUIPE

GUIA DO PACIENTE EQUIPE GUIA DO PACIENTE Preparação, educação e cuidado continuo da sua saúde é fundamental para um bom resultado da sua cirurgia de coluna. Este guia serve como uma ferramenta para educar você sobre sua cirurgia

Leia mais

OSSOS DO CRÂNIO. Prof. ROMMEL BARRETO

OSSOS DO CRÂNIO. Prof. ROMMEL BARRETO OSSOS DO CRÂNIO Prof. ROMMEL BARRETO Crânio: lâmina externa diploe lâmina interna Crânio: Definição: Funções: Divisão Funcional: Ossos do Neurocrânio: Ossos do Viscerocrânio: Crânio: 22 ossos? Crânio

Leia mais

IMPRESSÃO BASILAR COMO CAUSA DE NEURALGIA DO TRIGEMEO

IMPRESSÃO BASILAR COMO CAUSA DE NEURALGIA DO TRIGEMEO IMPRESSÃO BASILAR COMO CAUSA DE NEURALGIA DO TRIGEMEO REGISTRO DE UM CASO JOSÉ ALBERTO GONÇALVES DA SILVA * ERASMO BARROS DA SILVA** Dentre as teorias que tentam elucidar a patogênese da neuralgia do trigêmeo,

Leia mais

Médico Neurocirurgia da Coluna

Médico Neurocirurgia da Coluna Médico Neurocirurgia da Coluna Caderno de Questões Prova Discursiva 2015 01 Um homem de 55 anos de idade foi internado. Tinha histórico de câncer de pulmão operado, vinha apresentando uma dor constante

Leia mais

Residente em Cirurgia de Cabeça e Pescoço

Residente em Cirurgia de Cabeça e Pescoço Dr. Bruno Pinto Ribeiro Residente em Cirurgia de Cabeça e Pescoço Hospital Universitário Walter Cantídio Introdução Mais de 99% câncer de tireóide tópico Locais ectópicos struma ovarii, pescoço Objetivo

Leia mais

Eixos e Planos de Construção do Corpo de Vertebrados

Eixos e Planos de Construção do Corpo de Vertebrados Universidade Federal do Acre Curso de Medicina Veterinária Eixos e Planos de Construção do Corpo de Vertebrados Prof. Adj. Dr. Yuri Karaccas de Carvalho Anatomia Descritiva Animal I Objetivos da Aula Introdução

Leia mais

Tratamento Cirúrgico da Instabilidade Patelo-femoral Indicações do Tratamento Cirúrgico

Tratamento Cirúrgico da Instabilidade Patelo-femoral Indicações do Tratamento Cirúrgico Tratamento Cirúrgico da Instabilidade Patelo-femoral Indicações do Tratamento Cirúrgico Ricardo Navarro São Paulo - SP Marcelo Schmidt Navarro São Paulo SP Introdução Mais de 100 trabalhos foram publicados

Leia mais

Coluna Vertebral MARCIO AP. DOS S. MAJOR

Coluna Vertebral MARCIO AP. DOS S. MAJOR Coluna Vertebral MARCIO AP. DOS S. MAJOR Conteúdo Revisão Anatômica Técnicas de Posicionamento Radiológico Critérios de Avaliação Radiográfica Patologias mais comuns Indicações e contra indicações Principais

Leia mais

Ministério da Saúde SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE

Ministério da Saúde SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE Ministério da Saúde SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE PORTARIA Nº 723, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2007(*) A Secretária de Atenção à Saúde - Substituta, no uso de suas atribuições, Considerando a Portaria SAS/MS

Leia mais

PRÓTESES METÁLICAS AUTOEXPANSÍVEIS NO TRATAMENTO PALIATIVO DA OBSTRUÇÃO GASTRODUODENAL: EXPERIÊNCIA DE UM CENTRO

PRÓTESES METÁLICAS AUTOEXPANSÍVEIS NO TRATAMENTO PALIATIVO DA OBSTRUÇÃO GASTRODUODENAL: EXPERIÊNCIA DE UM CENTRO PRÓTESES METÁLICAS AUTOEXPANSÍVEIS NO TRATAMENTO PALIATIVO DA OBSTRUÇÃO GASTRODUODENAL: EXPERIÊNCIA DE UM CENTRO Oliveira AM; Lourenço L; Branco J; Cardoso M; Anapaz V; Rodrigues C; Carvalho R; Santos

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO O (A) paciente, ou seu responsável, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização

Leia mais

Tratamento cirúrgico do traumatismo raquimedular por arma branca retida em coluna cervical: relato de caso

Tratamento cirúrgico do traumatismo raquimedular por arma branca retida em coluna cervical: relato de caso THIEME Case Report Relato de Caso 245 Tratamento cirúrgico do traumatismo raquimedular por arma branca retida em coluna cervical: relato de caso Surgical Treatment for Spinal Cord Injury Caused by KnifeHeldinCervicalSpine:CaseReport

Leia mais

Base do Cranio. Base do Cranio. Neuroendoscopia. Habilidades/Equipe/ Complicações. Intro/Anatomia/ Fistulas. Intro/Anatomia/ Cuidados.

Base do Cranio. Base do Cranio. Neuroendoscopia. Habilidades/Equipe/ Complicações. Intro/Anatomia/ Fistulas. Intro/Anatomia/ Cuidados. 1 Neuroendoscopia 2 Base do Cranio 3 Base do Cranio Intro/Anatomia/ Cuidados Intro/Anatomia/ Fistulas Habilidades/Equipe/ Complicações Almoço Almoço Almoço Hidrocefalia/Cistos/Tumores Adenomas/craniofaringiomas/

Leia mais

Uma boa questão de múltipla escolha

Uma boa questão de múltipla escolha Uma boa questão de múltipla escolha Resumo baseado em manuais do Teste de Progresso (ABEM), Revalida e ANASEM (INEP) Fabricio Neves Novembro/16 1) Pense nos objetivos Seu aluno está num curso de graduação.

Leia mais

COLAR CERVICAL PHILADELHIA

COLAR CERVICAL PHILADELHIA COLAR CERVICAL PHILADELHIA Colar de Philadelphia: pré-fabricado, limita pouca a restrição dos movimentos. Possui apoio occipital e Metoniano. Pode ser usado em fraturas menores do áxis e do atlas, fraturas

Leia mais

ARTIGO ORIGINAL. Guilherme Lellis Badke 1, José Carlos Esteves Veiga 2, Guilherme Brasileiro de Aguiar 3

ARTIGO ORIGINAL. Guilherme Lellis Badke 1, José Carlos Esteves Veiga 2, Guilherme Brasileiro de Aguiar 3 ARTIGO ORIGINAL Arq Med Hosp Fac Cienc Med Santa Casa São Paulo 2014;59(2):62-6. Avaliação de pacientes com lesões traumáticas intraparenquimatosas cerebrais submetidos a tratamento neurocirúrgico Estudo

Leia mais

FRATURA COM AFUNDAMENTO CRANIANO EM CRIANÇAS COM MENOS DE DOIS ANOS DE IDADE

FRATURA COM AFUNDAMENTO CRANIANO EM CRIANÇAS COM MENOS DE DOIS ANOS DE IDADE FRATURA COM AFUNDAMENTO CRANIANO EM CRIANÇAS COM MENOS DE DOIS ANOS DE IDADE ESTUDO RETROSPECTIVO DE 43 CASOS FLÁVIO K. MIURA *, JOSÉ PÍNDARO P. PLESE**, ORILDO CIQUINI JR***, RESUMO - As fraturas com

Leia mais

PROCESSO-CONSULTA CFM nº 4/2016 PARECER CFM nº 9/2017 INTERESSADO: Dr. A.D.C. ASSUNTO:

PROCESSO-CONSULTA CFM nº 4/2016 PARECER CFM nº 9/2017 INTERESSADO: Dr. A.D.C. ASSUNTO: PROCESSO-CONSULTA CFM nº 4/2016 PARECER CFM nº 9/2017 INTERESSADO: Dr. A.D.C. ASSUNTO: Legalidade e possibilidade de oferecer tratamento cirúrgico minimamente invasivo à coluna vertebral, por acesso lateral

Leia mais

POSICIONAMENTO CIRÚRGICO

POSICIONAMENTO CIRÚRGICO POSICIONAMENTO CIRÚRGICO O posicionamento cirúrgico é uma arte, uma ciência e também um fator chave no desempenho do procedimento seguro e eficiente, por meio da aplicação de conhecimentos relacionados

Leia mais

Cintilografia Óssea com 99mTc-MDP na suspeição do câncer de próstata.

Cintilografia Óssea com 99mTc-MDP na suspeição do câncer de próstata. Cintilografia Óssea com 99mTc-MDP na suspeição do câncer de próstata. Serviço de Medicina Nuclear e Imagem Molecular Hospital Universitário Antônio Pedro Universidade Federal Fluminense Autor Elisa Carla

Leia mais

RM padrão de 1,5T no câncer endometrial: moderada concordância entre radiologistas

RM padrão de 1,5T no câncer endometrial: moderada concordância entre radiologistas Universidade Federal de São Paulo Escola Paulista de Medicina Departamento de Diagnóstico por Imagem RM padrão de 1,5T no câncer endometrial: moderada concordância entre radiologistas Especializanda: Renata

Leia mais

No caso de uma lesão, a mielografia serve para identificar a extensão, o tamanho e o nível da patologia. Outro aspecto importante nesse exame é a

No caso de uma lesão, a mielografia serve para identificar a extensão, o tamanho e o nível da patologia. Outro aspecto importante nesse exame é a Mielografia Objetivo: A mielografia é o estudo radiológico da medula espinhal e de suas raízes nervosas que utiliza um meio de contraste. A medula espinhal e as raízes nervosas são delimitadas injetando

Leia mais

ULTRASSONOGRAFIA OBSTÉTRICA TRICA E CARDIOPATIAS CONGÊNITAS

ULTRASSONOGRAFIA OBSTÉTRICA TRICA E CARDIOPATIAS CONGÊNITAS ULTRASSONOGRAFIA OBSTÉTRICA TRICA E CARDIOPATIAS CONGÊNITAS ROSA, Rafael Fabiano Machado; ROSA, Rosana Cardoso Manique; ZEN, Paulo Ricardo Gazzola; KOSHIYAMA, Dayane Bohn; VARELLA- GARCIA, Marileila; PASKULIN,

Leia mais

CAPÍTULO SUMÁRIO. CAPÍTULO 1 Histórico da implantodontia dentária: da antiguidade aos dias de hoje 1. CAPÍTULO 2 Anatomia maxilar e mandibular 13

CAPÍTULO SUMÁRIO. CAPÍTULO 1 Histórico da implantodontia dentária: da antiguidade aos dias de hoje 1. CAPÍTULO 2 Anatomia maxilar e mandibular 13 CAPÍTULO SUMÁRIO CAPÍTULO 1 Histórico da implantodontia dentária: da antiguidade aos dias de hoje 1 I Período antigo (a.c. a 1000 d.c.)... 1 A Localização geográfica... 1 B Materiais utilizados... 1 C

Leia mais