Principais países: Federação Russa China Japão. Índia Irã Arábia Saudita Israel

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Principais países: Federação Russa China Japão. Índia Irã Arábia Saudita Israel"

Transcrição

1

2 Principais países: Federação Russa China Japão Índia Irã Arábia Saudita Israel

3

4 *Rússia (comumente apenas A Sibéria)

5 Estepes, Montanhas e desertos Cazaquistão Tadjiquistão Quirguistão Turcomenistão Uzbequistão Partes dos seguintes: Afeganistão China Índia Irã Paquistão Rússia Mongólia

6 Região mais populosa da Terra Muitos países dessa área usaram o chinês como escrita em alguma etapa da hist. PIB de U$14,723 trilhões Fazem parte China Japão Coréia do Norte e do Sul Mongólia Taiwan Hong Kong Macau

7 Engloba a maior parte das Ilhas asiáticas, além da porção Continental chamada de Península de Indochina Países organizados na ASEAM (Associação de Nações do Sudeste Asiático) Fazem Parte: Brunei Mianmar Camboja Singapura Indonésia Tailândia Filipinas Timor-Leste Laos Vietnam Malásia

8 Uma das regiões mais pobres Do mundo Todos os países apresentam baixíssima renda per capita Apenas a Índia tem indústrias Agricultura de subsistência Cultivo de cereais (principalmente o Arroz) Uso de tecnologias ultrapassadas Níveis de prod. Baixos Fazem Parte Blangladesh Butão Índia Nepal Maldivas Nepal Paquistão Sri lanka

9 Clima Árido e semiarido Poucos Rios 60% das reservas MUNDIAIS de Petróleo Pastoreio nômade Criação de carneiros, cabras e camelos em áreas desérticas Política instável Disputas hidrográficas, religiosas e armamentistas;

10 O maior PIB da Ásia é a China, seguida de Japão e Índia. Entretanto, pelo critério de PIB nominal (calculado pela taxa de câmbio), o Japão continua sendo o mais rico da Ásia e segundo maior do mundo.

11 Enormes reservas de minério em todo o Continente; Maiores reservas: Oriente Médio (60% das reservas mundiais)

12 Mais difundida em todo o continente Ressalta-se o cultivo de arroz Em áreas férteis, planta-se arroz e trigo Em áreas menos férteis, aproveita-se para cevada, milho e outros cereais Em todos os itens, sobressai-se a China como um dos 4 maiores produtores mundiais Além dos cereais, há o destaque para fumo, chá, juta, algodão e pimenta

13 Arrozal Chinês - Cilvicultura

14 Ainda na agricultura, destaca-se a produção de Amoreiras, que servem de alimento para o Bicho-da-Seda. Do casulo desses animais, extraem-se fios, apreciados por todo o mundo!

15 Atividade comum. China: primeiro produtor mundial de suínos, terceiro de ovinos e quinto de bovinos Índia: maior rebanho bovino do mundo, que não é utilizado para alimentação 3º 1º 5º 1º

16 Maior parque Industrial = Japão Japão: produção de navios, eletroeletrônicos e automóveis Rússia: indústrias de base. Loca- -lizadas proximas às áreas exploratórias Índia: Um dos poucos subdesenvolvidos a utilizar alta tecnologia China: grandes parques industriais, Desenvolvimento maior após desbloqueio Econômico (1970)

17 Sínica (China) BASE DA CULTURA ASIÁTICA Hindu (Índia) Islâmica (Oriente Médio)

18 Uma das oito civilizações contemporâneas; Uma das mais antigas ainda existentes; Principal base: confucionismo, ensinamentos do sábio Confúcio ( Honre seus convidados e guarde sempre o melhor para o próximo ) Taoismo e Budismo também assumem papel importante; China, Coréia do Norte, Coréia do Sul,Tailândia,Taiwan

19 Índia Origem antecede os registroshistóricos Sociedade dividida em classes Possuíram agricultura e meta- Lurgia avançada (exceto ferro) Politeístas Utilizavam formas geométricas, animais e motivos religiosos em gravuras e edificações Ênfase ao Código de Manu

20

21 Sociedade organizada em torno da Religião Monoteístas (Alá ou Allah é o único Deus) Alá os enviou vários profetas, entre eles Jesus Cristo (Isa), dos quais Maomé foi o último Ainda hoje aguardam a vinda do Messias Lugares sagrados: Domo da Rocha (Jerusalém), Meca (Arábia Saudita) * Livro Sagrado: Alcorão

22

23 AMARELOS (MONGOLÓIDES) ETNIAS BRANCOS NEGROS

24 Milhares, de uso cotidiano em todo o continente Principais são: Chinês Árabe Malaio-Indonésio Japonês Hindi Bengali

25 Hinduísmo 80% Budismo Confucionismo Xintoísmo Judaísmo Islamismo

REGIONALIZAÇÃO DA ÁSIA. DIVISÃO EM CINCO REGIÕES POR CRITÉRIOS DE SEMELHANÇAS CULTURAIS E SOCIAIS. ORIENTE MÉDIO.

REGIONALIZAÇÃO DA ÁSIA. DIVISÃO EM CINCO REGIÕES POR CRITÉRIOS DE SEMELHANÇAS CULTURAIS E SOCIAIS. ORIENTE MÉDIO. REGIONALIZAÇÃO DA ÁSIA. DIVISÃO EM CINCO REGIÕES POR CRITÉRIOS DE SEMELHANÇAS CULTURAIS E SOCIAIS. ORIENTE MÉDIO. ORIENTE MÉDIO. UMA DAS PRIMEIRAS PARTES DA ÁSIA A SEREM OCUPADAS. CHAMA A ATENÇÃO DO MUNDO

Leia mais

ORIENTE MÉDIO: QUADRO SOCIOECONÔMICO

ORIENTE MÉDIO: QUADRO SOCIOECONÔMICO OBJETIVO 2016 1º ANO E.M. MÓDULO 26 ORIENTE MÉDIO: QUADRO SOCIOECONÔMICO POPULAÇÃO Grande diversidade étnica: maioria de origem árabe. Dos 16 países, 11 são de etnia árabe, localizados na Península Arábica.

Leia mais

Ásia: suas divisões internas

Ásia: suas divisões internas ÁSIA Ásia: suas divisões internas O maior continente do mundo possui uma divisão bem diferenciada. São seis regiões que compõem a Ásia, delimitando as áreas geoeconômicas do continente asiático: Ásia Central

Leia mais

. a d iza r to u a ia p ó C II

. a d iza r to u a ia p ó C II II Sugestões de avaliação Geografia 9 o ano Unidade 5 5 Unidade 5 Nome: Data: 1. Sobre a regionalização do continente asiático, associe os países às respectivas regiões. (A) Ásia Setentrional (B) Ásia

Leia mais

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL Março/2014 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Mundial 05. População

Leia mais

ÁSIA SUDESTE E MERIDIONAL. ÁSIA SUDESTE e MERIDIONAL RELEVO HIDROGRAFIA. RELEVO e HIDROGRAFIA

ÁSIA SUDESTE E MERIDIONAL. ÁSIA SUDESTE e MERIDIONAL RELEVO HIDROGRAFIA. RELEVO e HIDROGRAFIA ÁSIA SUDESTE E MERIDIONAL -LOCALIZAÇÃO NO MAPA MUNDI - ÁSIA SUDESTE e MERIDIONAL GMT Trópico de Câncer Equador Trópico de Capricórnio 1 2 RELEVO 1) No norte encontra-se uma área com os dobramentos (montanhas)

Leia mais

ORIENTE MÉDIO: SUA IMPORTÂNCIA GEOESTRATÉGICA

ORIENTE MÉDIO: SUA IMPORTÂNCIA GEOESTRATÉGICA ORIENTE MÉDIO: SUA IMPORTÂNCIA GEOESTRATÉGICA ORIENTE MÉDIO: REGIÃO GEOESTRATÉGICA Oriente Médio: região geoestratégica É a porção sudoeste da Ásia Área de encontro entre os continentes asiático, africano

Leia mais

Santa Maria - RS

Santa Maria - RS MERCADO INTERNO E DE EXPORTAÇÃO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL XXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA ZOOTEC 2016 SIMPÓSIO III: MARKETING E EMPREENDEDORISMO Santa Maria - RS 13-05-2016 POSIÇÃO DO BRASIL

Leia mais

Seminário Atores e Agendas da Política Externa Brasileira Belo Horizonte, MG O Brasil e a Ásia. Marco Cepik UFRGS

Seminário Atores e Agendas da Política Externa Brasileira Belo Horizonte, MG O Brasil e a Ásia. Marco Cepik UFRGS Seminário Atores e Agendas da Política Externa Brasileira Belo Horizonte, MG 2012 O Brasil e a Ásia Marco Cepik UFRGS Sumário 1. Introdução 2. Ásia e Mundo 3. Brasil e Ásia 4. Conclusão 5. Referências

Leia mais

Carta IEDI nº 809 Indústria Mundial: O Brasil na contramão dos emergentes

Carta IEDI nº 809 Indústria Mundial: O Brasil na contramão dos emergentes Carta IEDI nº 809 Indústria Mundial: O Brasil na contramão dos emergentes ANEXO ESTATÍSTICO Crescimento anual do VTI e VTI per capita, 2005-2015, (em %, em U$ constante 2010). VTI total VTI per capita

Leia mais

Oriente Médio: aspectos físicos e humanos gerais

Oriente Médio: aspectos físicos e humanos gerais Oriente Médio: aspectos físicos e humanos gerais 1. Oriente Médio: uma visão eurocêntrica A expressão Oriente Médio designa a região da Península Arábica. Oriente Próximo: Turquia, Líbano e Síria. Extremo

Leia mais

VISTOS CONSULARES. Afeganistão Sim Sim. África do Sul Não Não. Albânia Sim Sim. Alemanha Não Não. Andorra Não Sim. Angola Sim Sim

VISTOS CONSULARES. Afeganistão Sim Sim. África do Sul Não Não. Albânia Sim Sim. Alemanha Não Não. Andorra Não Sim. Angola Sim Sim VISTOS CONSULARES - Você vai para o exterior? Uma das primeiras providências a ser tomada é procurar saber se o país de seu destino exige visto no passaporte junto à embaixada ou ao consulado para permitir

Leia mais

Rentabilidade com Preservação de Capital. José Márcio Camargo. Opus Gestão de Recursos Admirável Mundo Novo. Abril 2011.

Rentabilidade com Preservação de Capital. José Márcio Camargo. Opus Gestão de Recursos Admirável Mundo Novo. Abril 2011. Rentabilidade com Preservação de Capital José Márcio Camargo Opus Gestão de Recursos Admirável Mundo Novo Abril 2011 Abril 2011 1 Admirável Mundo Novo 1. Taxas de juros reais negativas em todos os países

Leia mais

ATIVIDADE ALUNO: 8º ANO TURMA: A E N S I N O F U N D A M E N T A L ATIVIDADE DE REVISÃO PROVA 2 CAP. 07 E 08

ATIVIDADE ALUNO: 8º ANO TURMA: A E N S I N O F U N D A M E N T A L ATIVIDADE DE REVISÃO PROVA 2 CAP. 07 E 08 ATIVIDADE GEOGRAFIA ALUNO: Av. José Celso Claudio J. Camburi Tel.: (27) 33395-3000 8º ANO TURMA: A DATA: E N S I N O F U N D A M E N T A L ATIVIDADE DE REVISÃO PROVA 2 CAP. 07 E 08 Utilize o mapa a seguir

Leia mais

Ásia: características naturais gerais. Páginas 26 à 45.

Ásia: características naturais gerais. Páginas 26 à 45. Ásia: características naturais gerais Páginas 26 à 45. Ásia: formas de relevo Extremos altitudinais do relevo mundial. PONTO MAIS ELEVADO Monte Everest, na Cordilheira do Himalaia. PONTO MAIS BAIXO Depressão

Leia mais

Definição de latitude e longitude

Definição de latitude e longitude Definição de latitude e longitude Latitude A latitude é a distância ao Equador medida ao longo do meridiano de Greenwich. Esta distância mede-se em graus, podendo variar entre 0º e 90º para Norte ou para

Leia mais

Prof. Franco Augusto

Prof. Franco Augusto Prof. Franco Augusto Rússia, é um país localizado no norte da Eurásia. Com 17. 075. 400 de quilômetros quadrados, a Rússia é o país com maior área do planeta, cobrindo mais de um nono da área terrestre.

Leia mais

CHINA Comércio Exterior

CHINA Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC CHINA Comércio Exterior Dezembro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Geografia Ásia (Parte 2)

Geografia Ásia (Parte 2) Geografia Ásia (Parte 2) Ásia de Monções: Aspectos Naturais Esta região ocupa a Ásia na posição Sudeste, formada por três penínsulas : Decã, Indochina e Málaca. Além de um agrupamento de ilhas, a Insulíndia.

Leia mais

NOMES DE PAÌSES EM PORTUGUÊS. Lista da ONU

NOMES DE PAÌSES EM PORTUGUÊS. Lista da ONU NOMES DE PAÌSES EM PORTUGUÊS Lista da ONU Países-membros das Nações Unidas Segue-se a lista dos 192 países-membros das Nações Unidas, de acordo com a ordem alfabética de seus nomes em português, com as

Leia mais

Prof. Janderson Barros

Prof. Janderson Barros TEMA 1 Prof. Janderson Barros A Ásia e a Oceania não são continentes próximos apenas na geografia. As divindades que têm esse nome também são parentes. Oceano, o deus dos rios, deu origem à Oceama, e

Leia mais

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO Março/2013 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Mundial 05. População ocupada 06. PIB Mundial 07. PIB per capita Mundial 08. Exportação Mundial

Leia mais

ÁSIA MONÇÔNICA. Síntese dos Módulos 6, 7 e 8 Livro 1 - Frente 03 Pág. 219.

ÁSIA MONÇÔNICA. Síntese dos Módulos 6, 7 e 8 Livro 1 - Frente 03 Pág. 219. ÁSIA MONÇÔNICA Síntese dos Módulos 6, 7 e 8 Livro 1 - Frente 03 Pág. 219. ÁSIA DE MONÇÕES PAÍSES RIZICULTURA SISTEMA DE JARDINAGEM MONÇÕES E RIZICULTURA A importância das Monções está diretamente relacionada

Leia mais

ANEXO B. DADOS MUNDIAIS DE ENERGIA

ANEXO B. DADOS MUNDIAIS DE ENERGIA ANEXO B. DADOS MUNDIAIS DE ENERGIA 1. OFERTA MUNDIAL DE ENERGIA GRÁFICO B.1: OFERTA MUNDIAL DE ENERGIA POR FONTE GRÁFICO B.2: OFERTA MUNDIAL DE ENERGIA POR REGIÃO (*) (*) Excluindo bunkers marítimos internacionais

Leia mais

Sobre a Cordilheira do Himalaia, pode-se destacar que:

Sobre a Cordilheira do Himalaia, pode-se destacar que: PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 9º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- Analise as

Leia mais

Voltagens e Configurações de Tomadas

Voltagens e Configurações de Tomadas Afeganistão C, D, F 240 V África Central C, E 220 V África do Sul C, M, 230 V Albânia C, F, L 230 V Alemanha C, F 230 V American Samoa A, B, F, I 120 V Andorra C, F 230 V Angola C 220 V Anguilla A, B 110

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de janeiro de 2015. COMPARAÇÃO DO MÊS JANEIRO DE 2015 COM

Leia mais

ORIENTE MÉDIO CAPÍTULO 10 GRUPO 07

ORIENTE MÉDIO CAPÍTULO 10 GRUPO 07 ORIENTE MÉDIO CAPÍTULO 10 GRUPO 07 LOCALIZAÇÃO Compreende a região que se estende do Mar Vermelho e Canal de Suez, no Egito, até o Afeganistão, a leste. Também fazem parte do Oriente Médio a Ilha de Chipre,

Leia mais

Compreender as DIFERENÇAS e SEMELHANÇAS O que nos afasta? O que nos aproxima?

Compreender as DIFERENÇAS e SEMELHANÇAS O que nos afasta? O que nos aproxima? Maio 2014 Apresentar a Indústria de MT Compreender as DIFERENÇAS e SEMELHANÇAS O que nos afasta? O que nos aproxima? Diagnosticar as NECESSIDADES MÚTUAS Do que precisamos? Do que podemos fornecer mutuamente?

Leia mais

O Cristianismo - Questionário

O Cristianismo - Questionário O Cristianismo Cristianismo é uma religião abraâmica monoteísta centrada na vida e nos ensinamentos de Jesus de Nazaré, tais como são apresentados no Novo Testamento; A fé cristã acredita essencialmente

Leia mais

*A Sínica (China, Mongólia, Coréia do Norte, Coréia do Sul, Taiwan e Sudeste Asiático).

*A Sínica (China, Mongólia, Coréia do Norte, Coréia do Sul, Taiwan e Sudeste Asiático). REGIONALIZAÇÃO O continente asiático é o maior do mundo e é dividido em seis grandes regiões: Ásia Central, Ásia Meridional (Sul), Ásia Setentrional (Norte), Sudeste Asiático, Oriente Médio e Extremo Oriente.

Leia mais

Agosto / Análise Conjuntural. Assessoria de Assuntos Estratégicos da Presidência

Agosto / Análise Conjuntural. Assessoria de Assuntos Estratégicos da Presidência Agosto / 2012 Análise Conjuntural Assessoria de Assuntos Estratégicos da Presidência 1 Mecanismos de crescimento da economia brasileira após 2003 2 Variação do PIB ((% a.a) China e Índia não acompanham

Leia mais

Marcas: Hyundai, Kia, Samsung, Daewoo, LG e Pantech

Marcas: Hyundai, Kia, Samsung, Daewoo, LG e Pantech A Coreia do Sul possui a décima segunda maior economia do mundo, sendo o principal dos dragões asiáticos, o país atingiu um rápido crescimento económico com a exportação de produtos manufacturados. Na

Leia mais

Oriente Médio Características Principais

Oriente Médio Características Principais Oriente Médio é um termo que se refere a uma área geográfica à volta das partes leste e sul do Mar Mediterrâneo. É um território que se estende desde o leste do Mediterrâneo até ao Golfo Pérsico. O Médio

Leia mais

Análise de Mercado. Transporte Aéreo Internacional BRASIL ÁSIA

Análise de Mercado. Transporte Aéreo Internacional BRASIL ÁSIA Análise de Mercado Transporte Aéreo Internacional BRASIL ÁSIA SRI - Superintendência de Relações Internacionais GAMI Gerência de Análise de Mercados Internacionais Última atualização: 08 de outubro de

Leia mais

JAPÃO Comércio Exterior

JAPÃO Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC JAPÃO Comércio Exterior Dezembro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 07/12/2016) Legenda

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 07/12/2016) Legenda Ministério das Relações Exteriores Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração Quadro Geral de Regime de Vistos para

Leia mais

Movimento Secular versus Bolha Pedro Bastos, CEO HSBC Global Asset Management - Brasil

Movimento Secular versus Bolha Pedro Bastos, CEO HSBC Global Asset Management - Brasil Setembro de 2008 Movimento Secular versus Bolha Pedro Bastos, CEO HSBC Global Asset Management - Brasil Global Asset Management 1 Conteúdo Integração entre Brasil e Ásia Redução do Home Bias e seus efeitos

Leia mais

Membros da MIGA. Agência Multilateral de Garantia de Investimentos. Data de afiliação

Membros da MIGA. Agência Multilateral de Garantia de Investimentos. Data de afiliação Membros da MIGA Agência Multilateral de Garantia de Investimentos Membro Data de afiliação África do Sul 10 de março de 1994 Albânia 15 de outubro de 1991 Alemanha 12 de abril de 1988 Angola 19 de setembro

Leia mais

A Ásia conta com enormes reservas minerais e energéticas, circunstância que tem facilitado seu recente desenvolvimento industrial.

A Ásia conta com enormes reservas minerais e energéticas, circunstância que tem facilitado seu recente desenvolvimento industrial. A Ásia conta com enormes reservas minerais e energéticas, circunstância que tem facilitado seu recente desenvolvimento industrial. Recursos minerais e energéticos de alguns países da Ásia Os principais

Leia mais

Marco Abreu dos Santos

Marco Abreu dos Santos Módulo 07 Capítulo 2 As paisagens rurais e os sistemas agrários Marco Abreu dos Santos marcoabreu@live.com www.professormarco.wordpress.com Organização do espaço agrário Quase todos os países do planeta

Leia mais

Ministério da Defesa, Exército Brasileiro Colégio Militar de Brasília Geografia, do 9º ano do Ensino Fundamental

Ministério da Defesa, Exército Brasileiro Colégio Militar de Brasília Geografia, do 9º ano do Ensino Fundamental Nº Turma: Nome: Ministério da Defesa, Exército Brasileiro Data: / /2017 Cruzadinha: Ásia panorama climático, vegetação, sociedade e economia 1 C L I M A T R O P I C A L Ú M I D O 2 C L I M A E Q U A T

Leia mais

IX-5 Lista de Consulado Geral e Embaixadas em Kansai

IX-5 Lista de Consulado Geral e Embaixadas em Kansai IX-5 Lista de Consulado Geral e s em Kansai 1. Consulado Geral, e consulado em Kansai Consulado Geral Endereço Telefone Australia Ed. Twin 21 MID Tower 16º andar, 06-6941-9271 Consulado Geral da Austrália

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 08/04/2016) Legenda

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 08/04/2016) Legenda Ministério das Relações Exteriores Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração Quadro Geral de Regime de Vistos para

Leia mais

O Setor em Grandes Números 2015

O Setor em Grandes Números 2015 O Setor em Grandes Números 2015 Apresentação Esta publicação reúne dados oficiais de fontes no Brasil e no exterior sobre o desempenho do Setor de Gemas, Joias e Metais Preciosos em 2015. Muitos dos números

Leia mais

Geografia Geopolítica Difícil [10 Questões]

Geografia Geopolítica Difícil [10 Questões] Geografia Geopolítica Difícil [10 Questões] 01 - (ACAFE SC) O mundo é extremamente dinâmico, tanto do ponto de vista natural como do humano ou social. Considerando essa dinamicidade, a alternativa que

Leia mais

Estatística e Probabilidades

Estatística e Probabilidades Estatística e Probabilidades Nesse resumo vamos mostrar como a análise crítica de séries estatísticas podem contribuir para uma compreensão mais precisa da realidade. Todos os dias ouvimos falar sobre

Leia mais

Benfica Telecom Tarifário 2014 em vigor a partir de 1/1/2014

Benfica Telecom Tarifário 2014 em vigor a partir de 1/1/2014 Benfica Telecom Destino preço por minuto / sms / mms Voz Todas as redes nacionais 0,190 Voz (tarifa reduzida) Todas as redes nacionais 0,084 SMS Todas as redes nacionais 0,095 SMS (tarifa reduzida) Todas

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES 2016 SUMÁRIO Pág. 1 - ANÁLISE 3 2 - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 - DESTINOS 5 4 - COURO BOVINO POR TIPO 6 5 - DISTRIBUIÇÃO POR ESTADO 7 1 ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS

Leia mais

Marco Abreu dos Santos

Marco Abreu dos Santos Módulo 07 Capítulo 3 A atividade agropecuária e o comércio mundial Marco Abreu dos Santos marcoabreu@live.com www.professormarco.wordpress.com Principais produtos agropecuários O cultivo de cereais era

Leia mais

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO JOÃO CRUZ REIS FILHO SECRETÁRIO DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Brasília/DF JULHO DE 2015 22 CENÁRIO POPULACIONAL

Leia mais

O potencial do futuro! BRICS

O potencial do futuro! BRICS O potencial do futuro! BRICS CONCEITOS E FUNDAMENTOS Em economia, BRICS é uma sigla que se refere a Brasil, Rússia, Índia, China, que se destacam no cenário mundial como países em desenvolvimento. O acrônimo

Leia mais

Oriente Médio. Palco de instabilidade da política mundial

Oriente Médio. Palco de instabilidade da política mundial Oriente Médio Palco de instabilidade da política mundial Conhecido como Oriente Próximo Está limitado pelo Oceano Índico e pelos mares Mediterrâneo, Negro, Vermelho e Cáspio. Paisagem marcado por áreas

Leia mais

Relatório Mundial de Saúde 2006

Relatório Mundial de Saúde 2006 170 Relatório Mundial de Saúde 2006 Anexo Tabela 1 Indicadores básicos para todos os Estados-Membros Números computados pela OMS para assegurar comparabilidade a ; não são necessariamente estatísticas

Leia mais

Emissões de CO 2 na geração de energia

Emissões de CO 2 na geração de energia Emissões de CO 2 na geração de energia São Paulo, 03 de junho de 2008 Danielle Magalhães Ministério da Ciência e Tecnologia Coordenação-Geral de Mudança Global de Clima Compromissos dos Países na Convenção-Quadro

Leia mais

Tarifário 2016 Em vigor a partir de 5/9/2016

Tarifário 2016 Em vigor a partir de 5/9/2016 Uzo Original Destino Preço por Minuto/SMS/MMS Voz Todas as redes nacionais 0,193 Voz (tarifa reduzida) Todas as redes nacionais 0,145 SMS Todas as redes nacionais 0,098 SMS (tarifa reduzida) Todas as redes

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de fevereiro de 2015. COMPARAÇÃO DO MÊS DE FEVEREIRO DE

Leia mais

EXPANSÃO ISLÂMICA: A IDADE MÉDIA ALÉM DA EUROPA

EXPANSÃO ISLÂMICA: A IDADE MÉDIA ALÉM DA EUROPA EXPANSÃO ISLÂMICA: A IDADE MÉDIA ALÉM DA EUROPA IMPORTANTE O Colégio Ágape preza pelos princípios cristãos, isso norteia sua metodologia, disciplina e modelo de ensino. Sendo assim, em todas as disciplinas

Leia mais

Oriente Médio A T I V I D A D E S. Seção de Recursos Didáticos - Mecanografia

Oriente Médio A T I V I D A D E S. Seção de Recursos Didáticos - Mecanografia SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: 9ª Ano

Leia mais

ALGODÃO TENDÊNCIAS PARA O MERCADO

ALGODÃO TENDÊNCIAS PARA O MERCADO ALGODÃO TENDÊNCIAS PARA O MERCADO Analista de Mercado Élcio A. Bento elcio@safras.com.br ALGODÃO CIF SÃO PAULO R$/@ Preço Mínimo R$ 44,6/@ ALGODÃO CIF SÃO PAULO R$/2 Jul A FORMAÇÃO DE PREÇOS NO MERCADO

Leia mais

CAPÍTULO 03 Poder Paralelo.

CAPÍTULO 03 Poder Paralelo. 01/03/2016 8º Ano B CAPÍTULO 03 Poder Paralelo. Profº Delsomar de Sousa Barbosa Páginas: 32 a 36 Item 01. Estrutura Temática Organizações Terroristas e Radicalismo Islâmico. Al Qaeda ORGANIZACÕES RELIGIOSAS

Leia mais

I. Considerações sobre as Estratégias da OMS para a Medicina Tradicional para

I. Considerações sobre as Estratégias da OMS para a Medicina Tradicional para I. Considerações sobre as Estratégias da OMS para a Medicina Tradicional para 2002 2005 Em Setembro de 2001, o Comitê Regional para o Pacífico Ocidental/ Organização Mundial de Saúde, endossou uma ESTRATÉGIA

Leia mais

Uzo Original. Uzo 8. Tarifário Uzo Destino Voz. Preço por Minuto/SMS/MMS 0,176 0,133 0,09 0,067 0,433 0,654 1,07 0,032 0,664

Uzo Original. Uzo 8. Tarifário Uzo Destino Voz. Preço por Minuto/SMS/MMS 0,176 0,133 0,09 0,067 0,433 0,654 1,07 0,032 0,664 Tarifário Uzo 2012 1 Uzo Original Voz Voz (tarifa reduzida) SMS SMS (tarifa reduzida) MMS - Video Internet Telemóvel / Valor diário Dados UZO / TMN / PT Dados CS (Inosat) Outras redes Chamadas taxadas

Leia mais

2ª Série do Ensino Médio

2ª Série do Ensino Médio 2ª Série do Ensino Médio 01. A posição do Japão no mundo (Adaptado de Danielle e Serge Ceruti. "Histoire _ Géographie". Paris: Hachette, 1998, p. 236) Apesar de ser uma potência tecnológica, o Japão sofre

Leia mais

ESTADOS MEMBROS DAS NAÇÕES UNIDAS

ESTADOS MEMBROS DAS NAÇÕES UNIDAS ESTADOS MEMBROS DAS NAÇÕES UNIDAS Segue-se a lista (de acordo com a ordem alfabética em português) dos 191 Estados Membros das Nações Unidas com as datas em que aderiram à Organização: Membros Data de

Leia mais

Consulta Diárias Internacionais * Os Países marcados com asterisco possuem classes de diárias específicas para esse Órgão.

Consulta Diárias Internacionais * Os Países marcados com asterisco possuem classes de diárias específicas para esse Órgão. País Consulta Diárias Internacionais * Os Países marcados com asterisco possuem classes de diárias específicas para esse Órgão. Classe I CD-1 Classe II CD-2 Classe III CD-3/4 Classe IV NS Classe V Afeganistão

Leia mais

Análisis Prospectivo del Comercio Agroalimentario Internacional. Prof. Dra. Susan E. Martins Cesar de Oliveira (Universidade de Brasília - UnB)

Análisis Prospectivo del Comercio Agroalimentario Internacional. Prof. Dra. Susan E. Martins Cesar de Oliveira (Universidade de Brasília - UnB) Análisis Prospectivo del Comercio Agroalimentario Internacional Prof. Dra. Susan E. Martins Cesar de Oliveira (Universidade de Brasília - UnB) ÍNDICE Tendências do mercado global; Perspectivas para o comércio

Leia mais

SEMINÁRIO INSTITUTO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (ifhc)

SEMINÁRIO INSTITUTO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (ifhc) SEMINÁRIO INSTITUTO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (ifhc) O novo mundo rural e o desenvolvimento do Brasil Marcos Sawaya Jank Diretor Executivo Global de Assuntos Corporativos São Paulo, 12 de novembro de 2014

Leia mais

EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DO CAPÍTULO 71 DA NCM. Por Principais Países de Destino. Janeiro - Dezembro. Bijuterias

EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DO CAPÍTULO 71 DA NCM. Por Principais Países de Destino. Janeiro - Dezembro. Bijuterias Bijuterias Principais Países 2010 2011 2012 2013 2014 US$ mil 2014/ 2013 Estados Unidos 5.667 3.828 2.668 3.491 5.006 43 Colômbia 407 800 748 1.112 993-11 França 1.085 931 910 998 969-3 Argentina 2.112

Leia mais

População estrangeira residente em Portugal, por nacionalidade e sexo, segundo o grupo etário

População estrangeira residente em Portugal, por nacionalidade e sexo, segundo o grupo etário POPULAÇÃO ESTRANGEIRA RESIDENTE E PORTUGAL 263322 12641 13174 16773 18713 27278 33693 32825 28375 21820 15712 10714 8835 7614 15155 143319 6644 7129 8951 9991 13983 18061 18393 16279 12722 8994 5933 4835

Leia mais

Brasil FedEx International Priority. FedEx International Economy 3

Brasil FedEx International Priority. FedEx International Economy 3 SERVIÇOS E TARIFAS Soluções FedEx para o seu negócio Caso você tenha necessidade de enviar documentos urgentes, economizar em remessas regulares ou enviar cargas pesadas, a FedEx tem uma solução de transporte

Leia mais

Brasil FedEx International Priority. FedEx International Economy 3

Brasil FedEx International Priority. FedEx International Economy 3 SERVIÇOS E TARIFAS Soluções FedEx para o seu negócio Caso você tenha necessidade de enviar documentos urgentes, economizar em remessas regulares ou enviar cargas pesadas, a FedEx tem uma solução de transporte

Leia mais

Agosto , , , ,9

Agosto , , , ,9 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA AGOSTO 2010 US$ milhões FOB EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Período Dias Valor Média Valor Média Valor Média Valor Média Úteis p/dia útil p/dia útil p/dia útil p/dia

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA. O CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no uso das

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA. O CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no uso das Resolução nº 1.818, de 19 de setembro de 2009. Altera o valor das diárias definidos pela Resolução nº 1.745, de 26 de janeiro de 2005, e dispõe sobre demais assuntos. O CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no

Leia mais

Política de Escopo Geográfico de Certificação de Produtor para o Comércio Justo Fairtrade

Política de Escopo Geográfico de Certificação de Produtor para o Comércio Justo Fairtrade Política de Escopo Geográfico de Certificação de Produtor para o Comércio Justo Fairtrade 19.01.2015 Objetivo O objetivo do escopo geográfico da Fairtrade International é determinar em quais países as

Leia mais

POLIONU LISTA DE PAÍSES

POLIONU LISTA DE PAÍSES AGH Bolívia 2 Brasil 2 Chile 2 China 2 Colômbia 2 Cuba 2 Equador 2 Espanha 2 Estados Unidos da América 2 França 2 Honduras 2 Israel 2 Itália 2 México 2 Nigéria 2 Panamá 2 Peru 2 Reino Unido 2 Senegal 2

Leia mais

Aula 27/04 e 14/05 - CH Cultura e Geografia das Religiões Prof. Lucas

Aula 27/04 e 14/05 - CH Cultura e Geografia das Religiões Prof. Lucas Aula 27/04 e 14/05 - CH Cultura e Geografia das Religiões Prof. Lucas Definição de conceitos Aspectos relacionados a cultura Geografia das religiões Conflitos religiosos Atividade Todo aquele complexo

Leia mais

Necessidade de visto para. Não

Necessidade de visto para. Não País Necessidade de visto para Turismo Negócios Afeganistão África do Sul Albânia, Alemanha Andorra Angola Antígua e Barbuda Arábia Saudita Argélia. Argentina Ingresso permitido com Cédula de Identidade

Leia mais

O Nascimento e expansão do islã

O Nascimento e expansão do islã O Nascimento e expansão do islã Imagem: Léon Belly (1827-1877) / Pelerins allant à la Mecque, 1861, Pintura Orientalista / Domínio Público. Imagem: Carl Haag (1820 1915) / Hassan Ben Moosa, um bedowee

Leia mais

PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES. ALUNO(a): Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES. ALUNO(a): Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2017 PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES DISCIPLINA: GEOGRAFIA SÉRIE:9º ALUNO(a): Lista de atividades P1 Bimestre III Data da prova: 1/09/2017 No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista

Leia mais

LUGARES SAGRADOS DE ALGUMAS TRADIÇÕES RELIGIOSAS.

LUGARES SAGRADOS DE ALGUMAS TRADIÇÕES RELIGIOSAS. LUGARES SAGRADOS DE ALGUMAS TRADIÇÕES RELIGIOSAS. Pode-se observar que muitas pessoas, de diferentes religiões, estabelecem lugares como sagrados. Sendo o sagrado reconhecido em suas manifestações, os

Leia mais

ÁSIA DE MONÇÕES. Quadro natural

ÁSIA DE MONÇÕES. Quadro natural ÁSIA DE MONÇÕES O sul e o sudeste da Ásia recebem o nome de Ásia de Monções. Reúne países localizados ao sul da China em uma área cortada pela linha do Equador e pelo Trópico de Câncer e banhada pelos

Leia mais

SUL DA ÁSIA. Col. Santa Clara Prof. Marcos

SUL DA ÁSIA. Col. Santa Clara Prof. Marcos SUL DA ÁSIA Col. Santa Clara Prof. Marcos Dobramentos modernos (> 2 mil m) Planícies (0-200m) Planaltos (> 200m) Placas Tectônicas Quais são as placas tectônicas que formam a cordilheira do Himalaia?

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil País Afeganistão África do Sul Albânia Alemanha Andorra Angola Antígua e Barbuda Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Austrália

Leia mais

OBJETIVO º ANO E.M. MÓDULO 31 OS TIGRES ASIÁTICOS

OBJETIVO º ANO E.M. MÓDULO 31 OS TIGRES ASIÁTICOS OBJETIVO 2016 1º ANO E.M. MÓDULO 31 OS TIGRES ASIÁTICOS INTRODUÇÃO TIGRES ASIÁTICOS (Vídeo) Na década de 1970, os novos países industrializados, fortemente apoiados pelos investimentos japoneses, voltaram-se

Leia mais

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano DICAS DO PROFESSOR História 6º Ano OS POVOS DA ANTIGUIDADE ORIENTAL: ORIENTE PRÓXIMO E EXTREMO ORIENTE QUAIS A PRINCIPAL HERANÇA DEIXADA PELOS HEBREUS A maior contribuição dos hebreus foi religiosa.

Leia mais

O mercado e a Feira. Programa da missão

O mercado e a Feira. Programa da missão A AIP organiza de 18 a 25 de Junho uma missão empresarial focada na Feira Taipei Food. O mercado e a Feira Programa da missão Condições de participação NICHOLASHAN - FOTOLIA Esta missão empresarial destina-se

Leia mais

- É um arquipélago vulcânico situado no oceano Pacífico, formado por cerca de 3400 ilhas; Círculo de Fogo do Pacífico. - Quatro ilhas possuem 97% do

- É um arquipélago vulcânico situado no oceano Pacífico, formado por cerca de 3400 ilhas; Círculo de Fogo do Pacífico. - Quatro ilhas possuem 97% do Até 1868, era feudal e agrícola. A partir de 1868 (era Meiji), desenvolvimento econômico e transformações na sociedade. Principais fatores: a industrialização, o combate ao analfabetismo e os investimentos

Leia mais

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS TAXA DE JUROS DO TÍTULO DE 10 ANOS DO TESOURO AMERICANO 2006-2013. Fonte: Bloomberg ESTADOS UNIDOS: TAXAS DE JUROS DE 10 ANOS (% a.a.) 03/04/14

Leia mais

Nascimento e expansão do islã HISTÓRIA 7º EF

Nascimento e expansão do islã HISTÓRIA 7º EF Nascimento e expansão do islã HISTÓRIA 7º EF Nascimento e expansão do islã Imagem: Léon Belly (1827-1877) / Pelerins allant à la Mecque, 1861, Pintura Orientalista / Domínio Público. Imagem: Carl Haag

Leia mais

Abril , , , ,2

Abril , , , ,2 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA ABRIL 2010 US$ milhões FOB EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Período Dias Valor Média Valor Média Valor Média Valor Média Úteis p/dia útil p/dia útil p/dia útil p/dia

Leia mais

MADEIRA 2016 O Brasil e as negociações internacionais de comércio. Camila Sande Especialista em Negociações CNA

MADEIRA 2016 O Brasil e as negociações internacionais de comércio. Camila Sande Especialista em Negociações CNA MADEIRA 2016 O Brasil e as negociações internacionais de comércio Camila Sande Especialista em Negociações CNA 16 de junho de 2016 Agronegócio consumo doméstico e exportação Exportação Consumo Doméstico

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de outubro de 2014. COMPARAÇÃO DO MÊS OUTUBRO COM O MÊS

Leia mais

Relatório sobre o Desenvolvimento Humano 2002

Relatório sobre o Desenvolvimento Humano 2002 a Página da Educação www.apagina.pt Relatório sobre o Desenvolvimento Humano 2002 O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) acaba de publicar o seu Relatório sobre o Desenvolvimento Humano

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 60 CHINA: CARACTERÍSTICAS GERAIS

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 60 CHINA: CARACTERÍSTICAS GERAIS GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 60 CHINA: CARACTERÍSTICAS GERAIS Como pode cair no enem 66º 32 30 ÁSIA - MONÇÕES altas pressões 60º 30º 23º 27 30 baixas pressões 0º A respeito da dinâmica das monções apresentadas

Leia mais

KIT DE RECUPERAÇÃO 1º SEMESTRE/2017 8º ANO A/ B GEOGRAFIA. Profºs. Marcelo e Fernando

KIT DE RECUPERAÇÃO 1º SEMESTRE/2017 8º ANO A/ B GEOGRAFIA. Profºs. Marcelo e Fernando KIT DE RECUPERAÇÃO 1º SEMESTRE/2017 8º ANO A/ B GEOGRAFIA Profºs. Marcelo e Fernando Aluno (a):... Rua São Leopoldo 326-356 - Belenzinho - São Paulo-SP - CEP 03055-000 Telefones: (11) 2692 1196 - (11)

Leia mais

NORMAS PARA SOLICITAÇÃO DE AUXÍLIO EM EVENTOS CIENTÍFICOS

NORMAS PARA SOLICITAÇÃO DE AUXÍLIO EM EVENTOS CIENTÍFICOS NORMAS PARA SOLICITAÇÃO DE AUXÍLIO EM EVENTOS CIENTÍFICOS Prezado Professor, Bem-vindo ao Programa de Fomento à Pesquisa da FMP/FASE. Ele foi desenvolvido para estimular os docentes que desenvolvem investigação

Leia mais

Semana Fiesp/Ciesp de Meio Ambiente

Semana Fiesp/Ciesp de Meio Ambiente Semana Fiesp/Ciesp de Meio Ambiente Agronegócio Brasileiro PIB Brasileiro (2007) US$ 1.314 bilhões Agronegócio 37% Empregos (2006) 25% US$ 329,9 bilhões Exportações (2007) Agronegócio US$ 58,4 bilhões

Leia mais

Total das exportações do Rio Grande do Sul. Exportações no período acumulado de janeiro a fevereiro de 2016.

Total das exportações do Rio Grande do Sul. Exportações no período acumulado de janeiro a fevereiro de 2016. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de fevereiro de 2016. Total das exportações do Rio Grande do

Leia mais