Observa ªo: Nesse esquema estæ representada apenas a solu ªo de cadastro. DNIT DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PROJETO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Observa ªo: Nesse esquema estæ representada apenas a solu ªo de cadastro. DNIT DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PROJETO"

Transcrição

1 EST.: ,00 = 1, VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 290

2 EST.: , EST.: ,00 TIPO: BDTC VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 291

3 EST.: , EST.: ,00 RODOVIA : 00 VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL SEGMENTO : km 148,1 km 509,2 REVISˆO DESCRIMINA ˆO DATA RESPONS`VEL 292

4 EST.: ,00 TIPO: BMTC = 1, EST.: , EST.: ,00 = 1,80 00 VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 293

5 EST.: , VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 294

6 EST.: ,00 = 1,00 EST.: , EST.: ,00 TIPO: BDTC = 1, VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 295

7 EST.: , EST.: ,00 TIPO: BDTC = 1,00 EST.: , EST.: , VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 296

8 129 EST.: , IBIMIRIM BR CIO DA `REA URBANA CRUZEIRO DO SUL BR EST.: ,00 = 1,00 EST.: , IN CIO DA `REA URBANA CRUZEIRO DO SUL EST.: ,00 TIPO: BDTC VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 297

9 EST.: , EST.: ,00 TIPO: BDTC EST.: ,00 TIPO: BDTC VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 298

10 EST.: , EST.: , EST.: ,00 EST.: ,00 = 1, EST.: ,00 TIPO: BSP 3,00 X 2,00m VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 299

11 EST.: , EST.: ,00 EST.: , EST.: , EST.: , VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 300

12 VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 301

13 FINALDA `REA URBANA DE ALGODˆO EST.: , EST.: , EST.: ,00 ALGOD ES 199 IN CIO DA `REA URBANA DE ALGODˆO EST.: ,00 EST.: ,00 00 VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 302

14 EST.: , TIPO: BTP 3,00 X 3,00m EST.: , VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 303

15 RODOVIA : 00 VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL 304

16 EST.: ,00 TIPO: BTP 3,00 X 3,00m VERIFICA ˆO DA VERSˆO INICIAL RODOVIA : 305

FORD C-MAX + FORD GRAND C-MAX CMAX_Main_Cover_2014_V3.indd 1-3 23/08/2013 10:01:48

FORD C-MAX + FORD GRAND C-MAX CMAX_Main_Cover_2014_V3.indd 1-3 23/08/2013 10:01:48 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 12,999,976 km 9,136,765 km 1,276,765 km 499,892 km 245,066 km 112,907 km 36,765 km 24,159 km 7899 km 2408 km 76 km 12 14 16 9 10 1 8 12 7 3 1 6 2 5 4 3 11 18 20 21 22 23 24 26 28 30

Leia mais

Figura 1: Itinerário principal da ligação Recife / PE - Paulo Afonso / BA

Figura 1: Itinerário principal da ligação Recife / PE - Paulo Afonso / BA 1.1 Ligação RECIFE / PE - PAULO AFONSO / BA A ligação Recife / PE - Paulo Afonso / BA deverá ser atendida por meio de 01 itinerário principal e por 1 itinerário(s) secundário(s), conforme mostrado(s) no(s)

Leia mais

LINHA: NOVA VENÉCIA X PRAÇA RICA / CADASTRO - 1-324/344/0/1000 - (CONVENCIONAL)

LINHA: NOVA VENÉCIA X PRAÇA RICA / CADASTRO - 1-324/344/0/1000 - (CONVENCIONAL) LINHA: NOVA VENÉCIA X PRAÇA RICA / CADASTRO - 1-324/344/0/1000 - (CONVENCIONAL) N. VENÉCIA CÓRR. VOLTA CHAPADINHA VILA PAVÃO LAGINHA CÓRR. PENEIRA PRAÇA RICA PISO I (Km) 10,0 10,2 11,1 0,3 0,0 0,3 PISO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Autarquia criada pela Lei n o. 11.892, de 29 de dezembro de 2008.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Autarquia criada pela Lei n o. 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Rodovia BR-9, Km 70 - Zona Rural - Caixa Postal - 6-9709-910 - Colatina - ES 7 7-10 MATRIZ CURRICULAR DE LICENCIATURA EM AGOGIA 1º Período CGEI. 1 - CGEI. 19 Metodologia de Pesquisa - CGEI. 690 Introdução

Leia mais

Localidade Data Ocorrência Providências

Localidade Data Ocorrência Providências 1 Emergências Chuvas Dezembro 2011/janeiro 2012 TABELA CONCESSÕES ANTT Atualização: 17/01/2012 09: 00 hs UF Rodovia/ Concessão Localidade Data Ocorrência Providências Trânsito/situação atual Jamapará próximo

Leia mais

FORD FOCUS Focus_346_2013_V3_cover.indd 1-4 28/11/2012 12:34

FORD FOCUS Focus_346_2013_V3_cover.indd 1-4 28/11/2012 12:34 FORD FOCUS 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 12,999,976 km 9,136,765 km 1,276,765 km 499,892 km 245,066 km 112,907 km 36,765 km 24,159 km 7899 km 2408 km 76 km 17 18 19 21 9 3 1 1 6 4 2 5 7 8 10 23 25

Leia mais

Localidade Data Ocorrência Providências Trânsito/situação atual

Localidade Data Ocorrência Providências Trânsito/situação atual 1 Emergências Chuvas Dezembro 2011/janeiro 2012 TABELA CONCESSÕES ANTT Atualização: 16/01/2012 09: 00 hs UF Rodovia/ Concessão Localidade Data Ocorrência Providências Trânsito/situação atual Jamapará próximo

Leia mais

FORD C-MAX + FORD GRAND C-MAX CMAX_Main_Cover_2012.25_V4.indd 1-3 03/11/2011 12:28

FORD C-MAX + FORD GRAND C-MAX CMAX_Main_Cover_2012.25_V4.indd 1-3 03/11/2011 12:28 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 12,999,976 km 9,136,765 km 1,276,765 km 499,892 km 245,066 km 112,907 km 36,765 km 24,159 km 7899 km 2408 km 76 km 12 14 16 9 10 1 8 12 7 3 1 6 2 5 4 3 11 18 20 21 22 23 24 26 28 30

Leia mais

3 o. Relatório de Acompanhamento dos Estudos BR-101/ES, BR-101/BA e BR-470/SC. 08 de Julho de 2009

3 o. Relatório de Acompanhamento dos Estudos BR-101/ES, BR-101/BA e BR-470/SC. 08 de Julho de 2009 3 o. Relatório de Acompanhamento dos Estudos BR-101/ES, BR-101/BA e BR-470/SC 08 de Julho de 2009 Fases e principais atividades dos estudos Estudo de tráfego Estudo de engenharia Estudo jurídicoregulatório

Leia mais

1º CICLO DE AVALIAÇÃO ESTRATÉGICA. Planejamento Estratégico 2014-2017

1º CICLO DE AVALIAÇÃO ESTRATÉGICA. Planejamento Estratégico 2014-2017 1º CICLO DE AVALIAÇÃO ESTRATÉGICA Planejamento Estratégico 2014-2017 OUTUBRO/2014 Chamamento Editais de Chamamento Público para empresas interessadas em elaborar os estudos para concessão de novos trechos

Leia mais

TRECHO. km Código PNV km Código PNV

TRECHO. km Código PNV km Código PNV km Código PNV km Código PNV ES BR 101 Simples 16,10 101BES2030 17,10 101BES2050 1,00 ES BR 101 Simples 25,30 101BES2050 26,40 101BES2050 1,10 ES BR 101 Simples 63,60 101BES2110 64,60 101BES2110 1,00 ES

Leia mais

ESPELHO DE EMENDA INICIATIVA

ESPELHO DE EMENDA INICIATIVA SISTEMA DE ELABORAÇÃO DE S ÀS LEIS ORÇAMENTÁRIAS 355 ESPELHO DE AUTOR DA Gorete Pereira 20700001 Adequação de Rodovias Federais - Anél Viário de Fortaleza e BR 222 2087 - Transporte Terrestre 0136 - Ordenar

Leia mais

Localidade Data Ocorrência Providências

Localidade Data Ocorrência Providências 1 Emergências Chuvas Dezembro 2011/janeiro 2012 TABELA CONCESSÕES ANTT Atualização: 19/01/2012 09: 00 hs UF Rodovia/ Concessão Localidade Data Ocorrência Providências Trânsito/situação atual próximo ao

Leia mais

* LIMITES DA FAIXA DE DOMÍNIO - LOTE 02

* LIMITES DA FAIXA DE DOMÍNIO - LOTE 02 PR-986 0,000 0,490 Variável 0,490 1,380 30 30 60 Medido a partir do eixo da rodovia 1,380 1,640 40 40 80 Medido a partir do eixo da rodovia 1,640 1,760 40 35 75 Medido a partir do eixo da rodovia 1,760

Leia mais

AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº 001/2015 - CSL/SINFRA

AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº 001/2015 - CSL/SINFRA CONCORRÊNCIA Nº 001/2015 - CSL/SINFRA A realizará às 09:30 horas do dia 22 de Julho de 2015, no seu Auditório, no Centro Administrativo do Estado do DOVIÁRIA DA REGIONAL DE BALSAS COM EXTENSÃO DE 718,00

Leia mais

FORMULÁRIO 1 INSCRIÇÃO

FORMULÁRIO 1 INSCRIÇÃO FORMULÁRIO 1 INSCRIÇÃO NOME COMPLETO: IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO CPF: IDENTIDADE: ÓRGÃO EMISSOR: UF: DATA EMISSÃO: DATA NASCIMENTO: NACIONALIDADE: SEXO: ( ) Masculino ( ) Feminino ENDEREÇO: Foto 3 x 4

Leia mais

ÍNDICE. 1 - Apresentação 04. 2 Relação de Desenhos 06. 3 Desenhos do Projeto de Drenagem 10. pág

ÍNDICE. 1 - Apresentação 04. 2 Relação de Desenhos 06. 3 Desenhos do Projeto de Drenagem 10. pág 2 ÍNDICE 3 ÍNDICE 1 - Apresentação 04 pág 2 Relação de Desenhos 06 3 Desenhos do Projeto de Drenagem 10 4 1 - Apresentação 5 1 Apresentação A Prefeitura de São Luís apresenta ao Ministério das Cidades,

Leia mais

G r u p o P E T C o m p u t a ç ã o. U n i v e r s i d a d e F e d e r a l d e C a m p i n a G r a n d e U F C G

G r u p o P E T C o m p u t a ç ã o. U n i v e r s i d a d e F e d e r a l d e C a m p i n a G r a n d e U F C G M E T O D O L O G I A U T I L I Z A D A P E L O P E T C O M P U T A Ç Ã O D A U F C G P A R A M I N I S T R A R C U R S O S DE I N F O R M À T I C A B À S I C A G r u p o P E T C o m p u t a ç ã o C u

Leia mais

CONCESSÕES DE RODOVIAS

CONCESSÕES DE RODOVIAS RODOVIAS CONCESSÕES DE RODOVIAS 1995-2002 Tarifa média ponderada R$ 10,4 1.316 km concedidos em 6 rodovias 2003-2010 Tarifa média ponderada R$ 3,8 3.305 km concedidos em 8 rodovias 2011-2014 Tarifa média

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EDITAL Nº 14/2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EDITAL Nº 14/2015 EDITAL Nº 14/2015 EDITAL DO PROCESSO PARA SOLICITAÇÃO DE CERTIFICAÇÃO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO E EXPEDIÇÃO DE DECLARAÇÃO PARCIAL DE PROFICIÊNCIA COM BASE NO RESULTADO DO ENEM 2014 O REITOR DO INSTITUTO

Leia mais

Cadeado de aço temperado Alta Segurança

Cadeado de aço temperado Alta Segurança Desde 1843 Cadeado de aço temperado Alta Segurança Os cadeados Stanley 24/7 são feitos em aço reforçado e oferecem um alto grau de qualidade. O corpo revestido em aço temperado permite uma proteção praticamente

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BREJO SANTO PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PDDU LEI DE ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE BREJO SANTO PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PDDU LEI DE ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE BREJO SANTO PLANO DIRETOR DE DESENOLIMENTO URBANO PDDU LEI DE ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL B APRESENTAÇÃO 2 APRESENTAÇÃO B A análise das experiências em planificação no Brasil deste

Leia mais

Transporte Escolar nos Estados e no DF. Novembro/2011

Transporte Escolar nos Estados e no DF. Novembro/2011 Transporte Escolar nos Estados e no DF Novembro/2011 UFs onde existe terceirização total ou parcial (amostra de 16 UFs) AC AL AP AM DF GO MT MS PB PI RJ RN RO RR SE TO TERCEIRIZAÇÃO TERCEIRIZAÇÃO TERCEIRIZAÇÃO

Leia mais

CADASTRO DE EXPORTADORES DE CASTANHA DO BRASIL

CADASTRO DE EXPORTADORES DE CASTANHA DO BRASIL 1. ECONUT CNPJ 12.048.420/0001-27 Beneficiadora/Processadora de CASTANHA DO BRASIL Rodovia AM-10 Km 215 Bairro ITACOATIARA/AM CEP: Responsável Técnico Gabriel Teixeira de Paula Neto - CREA 14.902D Correspondência

Leia mais

HORÁRIOS Período de Natal e Ano Novo

HORÁRIOS Período de Natal e Ano Novo HORÁRIOS Período de Natal e Ano Novo As cinco unidades atacadistas da Ceasa no Paraná Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu terão atendimentos diferenciados para comercialização de hortigranjeiros,

Leia mais

MC-06-116/SP-344-0-Q04/901. 1 de 36 15/7/2011

MC-06-116/SP-344-0-Q04/901. 1 de 36 15/7/2011 Código MC-06-116/SP-344-0-Q04/901 Revisão 0 Lote : Rodovia : 06 BR 116 - ROD. RÉGIS BITTENCOURT Trecho : SÃO PAULO - CURITIBA DUPLICAÇÃO DA SERRA DO CAF. - km 344+000 ao km 363+000 Objeto : Quadro de Cálculo

Leia mais

Análise da percepção da sinalização vertical utilizando ambientes simulados de direção. Um estudo de caso na rodovia BR-116.

Análise da percepção da sinalização vertical utilizando ambientes simulados de direção. Um estudo de caso na rodovia BR-116. Análise da percepção da sinalização vertical utilizando ambientes simulados de direção. Um estudo de caso na rodovia BR-116. 1. OBJETIVO DA PESQUISA 2 2. ESCOPO DA PESQUISA Montagem do simulador Experimento

Leia mais

Justiça Eleitoral - TRE/BA ELO - Cadastro Eleitoral Lista completa de Mesas Receptoras de Justificativas 21/09/2012 13:11 1

Justiça Eleitoral - TRE/BA ELO - Cadastro Eleitoral Lista completa de Mesas Receptoras de Justificativas 21/09/2012 13:11 1 1 Zona : 5 Município: 38490 - SALVADOR PRÓXIMO AO IGUATEMI Endereço: AV. ANTÔNIO CARLOS MAGALHÃES, 148, PERNAMBUÉS Local: ESTAÇÃO RODOVIÁRIA DE SALVADOR 2 Zona : 8 Município: 38490 - SALVADOR Endereço:

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA DE PREÇOS EM POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

RELATÓRIO DA PESQUISA DE PREÇOS EM POSTOS DE COMBUSTÍVEIS RELATÓRIO DA PESQUISA DE S EM POSTOS DE COMBUSTÍVEIS Foram pesquisados pelos fiscais do Procon Jataí, entre os dias 04 e 12/03/2015, os preços dos combustíveis: etanol, gasolina comum, gasolina aditivada,

Leia mais

Escolas Agrotécnicas Federais

Escolas Agrotécnicas Federais Escolas Agrotécnicas Federais AL Escola Agrotécnica Federal de Satuba R. 17 de Agosto, s/nº - Zona Rural Satuba - AL CEP: 57120-000 Telefone: (82) 266-1141 / 266-1142 Fax: (82) 266-1142 R. 250 E-mail /

Leia mais

Como chegar ao Verde Folhas 1. Coordenadas geográficas do Verde Folhas para GPS: Latitude: 20 5' 20.24" S Logitude: 44 3' 7.52" O

Como chegar ao Verde Folhas 1. Coordenadas geográficas do Verde Folhas para GPS: Latitude: 20 5' 20.24 S Logitude: 44 3' 7.52 O Como chegar ao Verde Folhas 1. Coordenadas geográficas do Verde Folhas para GPS: Latitude: 20 5' 20.24" S Logitude: 44 3' 7.52" O Trajeto São Paulo Verde Folhas Se o GPS somente pedir o local onde deseja

Leia mais

ANEXO 1. DOCUMENTAÇÃO FOTOGRÁFICA DOS LOCAIS DE SONDAGEM A TRADO km 353

ANEXO 1. DOCUMENTAÇÃO FOTOGRÁFICA DOS LOCAIS DE SONDAGEM A TRADO km 353 ANEXO 1 DOCUMENTAÇÃO FOTOGRÁFICA DOS LOCAIS DE SONDAGEM A TRADO km 353 Foto 1 Vista do local de execução da sondagem a trado ST-01 (km353). Foto 2- Vista dos tipos de materiais ocorrentes no local da sondagem

Leia mais

0 JAN/2013 - - - - 3 - O PONTO CHAVE INDICA A AMARRAÇÃO AOS DETALHES APRESENTADOS PARA " DESCIDAS D AGUA". 1 - DIMENSÕES EM cm.d

0 JAN/2013 - - - - 3 - O PONTO CHAVE INDICA A AMARRAÇÃO AOS DETALHES APRESENTADOS PARA  DESCIDAS D AGUA. 1 - DIMENSÕES EM cm.d 1 - DIMENSÕES EM cm.d 2 - AJUSTAR NA OBRA A ZONA DE CONTATO DA ENTRADA COM A DESCIDA D ÁGUA TIPO RÁPIDO EM MEIO - CANA DE CONCRETO OU CALHA METÁLICA 3 - O PONTO CHAVE INDICA A AMARRAÇÃO AOS DETALHES APRESENTADOS

Leia mais

1 de 5 ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META

1 de 5 ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS E FISCALIZ S AO PLN 0001 / 2008 - LDO Página: 2760 de 2993 1 de 5 ESPELHO DE S DE INCLUSÃO DE META AUTOR DA 71090001 1250 Esporte e Lazer da Cidade 7J49 Construção

Leia mais

Escritório sem Papel Paperless Office

Escritório sem Papel Paperless Office EDOC SALVADOR 2012: DO AMBIENTE FÍSICO AO DIGITAL Escritório sem Papel Paperless Office Porque Como Quando Qual tecnologia usar! GED + ECM + BPM + KM + BI + BD (Big Data) + MS (Mídia Social) ROI Retorno

Leia mais

Fosnor Logística Atual e Futura. Abril/2014

Fosnor Logística Atual e Futura. Abril/2014 Fosnor Logística Atual e Futura Abril/2014 A Galvani no Brasil Mais de 75 anos de uma história de conquistas Grupo familiar, brasileiro, fundado na década de 30 em São João da Boa Vista (SP). No início,

Leia mais

UPI 07 94.679.479/0006-92 COMPUTADORES E PERIFERICOS 124 IMPRESSORA MATRICIAL EPSO RODOVIA RS 522 KM 12, S/N BAIRRO INDUSTRIAL AUGUSTO PESTANA RIO GRANDE DO SUL 98740000 750,00 406,19 343,81 1 LIVRE DE

Leia mais

A Semana Agricolana de Ciência, Tecnologia e Inovação possui como principais objetivos:

A Semana Agricolana de Ciência, Tecnologia e Inovação possui como principais objetivos: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS ITAPINA Rodovia BR-259, Km 70 Zona Rural Caixa Postal 256 29709-910 Colatina ES 27 3723-1202 EDITAL 09/2014 - SEMANA AGRICOLANA DE CIÊNCIA,

Leia mais

Salvador, Bahia Terça-feira 27 de Maio de 2014 Ano XCVIII N o 21.434 EDITAL Nº 049/2014

Salvador, Bahia Terça-feira 27 de Maio de 2014 Ano XCVIII N o 21.434 EDITAL Nº 049/2014 Salvador, Bahia Terça-feira 27 de Maio de 2014 Ano XCVIII N o 21.434 EDITAL Nº 049/2014 O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna público

Leia mais

Pesquisa Rodoviária CNT 2002. Relatório Gerencial

Pesquisa Rodoviária CNT 2002. Relatório Gerencial Pesquisa Rodoviária CNT 2002 Relatório Gerencial APRESENTAÇÃO A Pesquisa Rodoviária CNT que este ano entra em sua sétima edição é o mais importante balizador da sociedade brasileira para planejar, investir,

Leia mais

REGULAMENTO PARA RECADASTRO NOS PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA UFES 2012/01

REGULAMENTO PARA RECADASTRO NOS PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA UFES 2012/01 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE INCLUSÃO SOCIAL CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE ATENÇÃO À SAUDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL REGULAMENTO PARA RECADASTRO NOS PROGRAMAS

Leia mais

Pecuaristas investem em inseminação artificial para garantir produtividade do gado

Pecuaristas investem em inseminação artificial para garantir produtividade do gado Pecuaristas investem em inseminação artificial para garantir produtividade do gado Alta ministra cursos em vários Estados Brasileiros. São Paulo, 18 de agosto de 2015 De acordo com informações da FAO -

Leia mais

Impactos dos investimentos previstos no PIL 2015 nos corredores logístico de exportação. Apoio

Impactos dos investimentos previstos no PIL 2015 nos corredores logístico de exportação. Apoio Impactos dos investimentos previstos no PIL 2015 nos corredores logístico de exportação Apoio s previstos no PIL 2015 no Corredor Logístico Centro-Norte s estimados em R$ 29,5bilhões com o PIL 2015 Rodovias

Leia mais

Empresa de classe global, concebida para honrar a excelência em operação portuária capixaba, alinhada com as justas expectativas dos clientes,

Empresa de classe global, concebida para honrar a excelência em operação portuária capixaba, alinhada com as justas expectativas dos clientes, Empresa de classe global, concebida para honrar a excelência em operação portuária capixaba, alinhada com as justas expectativas dos clientes, sociedade, profissionais, governos e investidores. O Mercado

Leia mais

de... J?... r... ~... 1... de 19... º.?:... ~

de... J?... r... ~... 1... de 19... º.?:... ~ if. COl:A\SSO. _ ~ pública dos Estados Unidos do Brasil Câmara dos Deputados ( DO SR. "3E1\JEDI TO VA Z) ASSUNTO : P R o TO C o L o N. o.. Alter - a '.. _ o. - Plano - - - o.. Rodoviario Nacional. _"0"

Leia mais

Programa de Investimentos em Logística: Rodovias, Ferrovias e Portos

Programa de Investimentos em Logística: Rodovias, Ferrovias e Portos Programa de Investimentos em Logística: Rodovias, Ferrovias e Portos Logística e Desenvolvimento Econômico Imperativos para o desenvolvimento acelerado e sustentável: Ampla e moderna rede de infraestrutura

Leia mais

1 de 5 ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META

1 de 5 ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS E FISCALIZ S AO PLN 0001 / 2008 - LDO Página: 2636 de 2993 1 de 5 ESPELHO DE S DE INCLUSÃO DE META AUTOR DA 12770001 7G66 Adequação de Trecho Rodoviário - Campina Grande

Leia mais

ANEXO VIII Características Geométricas e Perfis Viários Propostos 1. CARACTERÍSTICAS GEOMÉTRICAS DAS VIAS MUNICIPAIS

ANEXO VIII Características Geométricas e Perfis Viários Propostos 1. CARACTERÍSTICAS GEOMÉTRICAS DAS VIAS MUNICIPAIS ANEXO VIII Características Geométricas e Perfis Viários Propostos 1. CARACTERÍSTICAS GEOMÉTRICAS DAS VIAS MUNICIPAIS CATEGORIAS DAS VIAS MUNICIPAIS SEÇÃO NORMAL DA VIA (m) PISTA DE ROLAMENTO (m) FAIXA

Leia mais

CONCEITOS IMPORTANTES 04/03/2013. Prof. Rodrigo Rosa - UFES 1

CONCEITOS IMPORTANTES 04/03/2013. Prof. Rodrigo Rosa - UFES 1 P R O F. D R. E N G. R O D R I G O D E A L V A R E N G A R O S A C R E A : 5. 6 3 3 - D - E S r o d r i g o r o s a @ c t. u f e s. b r C e l. : 2 7 9 9 4 1-3 3 0 0 CONCEITOS IMPORTANTES Privatização:

Leia mais

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE INVESTIMENTOS. DNIT www.dnit.gov.br

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE INVESTIMENTOS. DNIT www.dnit.gov.br DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE INVESTIMENTOS BREVE HISTÓRICO SISTEMA DE GERÊNCIA DE PAVIMENTOS O SISTEMA DE GERÊNCIA DE PAVIMENTOS (SGP) É UM CONJUNTO

Leia mais

PONTO DE CONSOLIDAÇÃO LGX 1P/2P

PONTO DE CONSOLIDAÇÃO LGX 1P/2P PONTO DE CONSOLIDAÇÃO LGX 1P/2P Manual de Instalação PONTO DE CONSOLIDAÇÃO LGX 1P/2P APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Produtos Elétricos Empresa especializada em soluções completas de alta performance

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFESSORES. No. 015/2015

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFESSORES. No. 015/2015 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFESSORES No. 015/2015 uso das atribuições, A Diretora Acadêmica da Faculdade Maria Milza no Faz saber que estão abertas as inscrições para o processo seletivo de professores, que

Leia mais

1. Descrição da Cidade

1. Descrição da Cidade 1. Descrição da Cidade 2. Top Atrações da Cidade 2.1 - Atração Cervejaria Café Country 2.2 - Atração Avenida Centro Cultural Esportes e Lazer Infantil 2.3 - Atração Casa da Cultura Antônia Ferreira de

Leia mais

Programa de Investimento em Logística

Programa de Investimento em Logística Programa de Investimento em Logística HÉLIO MAURO FRANÇA Empresa de Planejamento e Logística Logística e Desenvolvimento Econômico Imperativos para o desenvolvimento acelerado e sustentável: Ampla e moderna

Leia mais

Tipo de Interdição PARCIAL. Se PARCIAL, quais veículos podem passar OU TOTAL

Tipo de Interdição PARCIAL. Se PARCIAL, quais veículos podem passar OU TOTAL INTERDIÇÃO DA RODOVIA (SIM ou NÃO) Tipo de MUNICIPIO UF BR KM Interdição Se, quais veículos pod passar OU TOTAL 1 NÃO Barreiras BA 242 805 xx XXX 2 NÃO Salvador BA 324 619 xx XXX 3 SIM João Monlevade MG

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO EDITAL Nº 003/2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO EDITAL Nº 003/2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO EDITAL Nº 003/2015 ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFSB EDITAL COMPLEMENTAR DE VAGAS LISTA DE ESPERA Sisu/MEC 2015/2

Leia mais

R E P Ú P L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S

R E P Ú P L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S R E P Ú P L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES DNIT SUPERINTENDENCIA REGIONAL NO ESTADO DE

Leia mais

Ministério dos Transportes

Ministério dos Transportes Ministério dos Transportes DNIT Investimentos do Governo Federal no Estado do Rio Grande do Sul Rodovias Palestrante: Hideraldo Luiz Caron Diretor de Infra-estrutura Rodoviária do DNIT Outubro/2008 2 PROGRAMA

Leia mais

Manutenção e desenvolvimento das atividades da Secretaria. Atividade mantida. Manutenção da Limpeza pública Cidade Limpa

Manutenção e desenvolvimento das atividades da Secretaria. Atividade mantida. Manutenção da Limpeza pública Cidade Limpa LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS - ANEXO III - METAS E PRIORIDADES OBJETIVO ESTRATÉGICO : Prestar serviços urbanos de utilidade pública visando proporcionar melhor qualidade de vida aos cidadãos. PROGRAMA:

Leia mais

021101.006067/2015-03

021101.006067/2015-03 CONTRATO Nº DATA/ASSINATURA PÚBLICAÇÃO PROCESSOS Nº EMPRESAS 04 de JANEIRO DE 2016 A 29 DE JANEIRO DE 2016 001/2016 06/01/2016 Doe 2685 19/01/2016 021101.006067/2015-03 SOMATÓRIO CONSTRUÇÕES LTDA 04

Leia mais

FORMULÁRIO DE CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO

FORMULÁRIO DE CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO FORMULÁRIO DE CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO Deverá ser observada rigorosamente a formatação deste formulário, não sendo permitida rasura e qualquer inclusão, exclusão ou alteração de campos, sob pena

Leia mais

II Etapa CIRCUITO TREINO RJ

II Etapa CIRCUITO TREINO RJ Organização: Apoio: Boletim Único 14 de Janeiro de 2014 A Federação de Orientação do Rio de Janeiro e o Elite Clube de Orientação, com apoio do Kaapora OC, convidam toda família orientista, para participarem

Leia mais

Rio Branco, capital do Estado do Acre, foi fundada no final de 1882, na margem direita do Rio Acre pelo seringalista NeutelMaia com onome Voltada

Rio Branco, capital do Estado do Acre, foi fundada no final de 1882, na margem direita do Rio Acre pelo seringalista NeutelMaia com onome Voltada Prefeitura Municipal de Rio Branco Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito RBTRANS II Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável Programa Cidades Sustentáveis Melhor Mobilidade,

Leia mais

Anexo II.1 Informações sobre a Cidade e seu Serviço de Transporte Coletivo Atual

Anexo II.1 Informações sobre a Cidade e seu Serviço de Transporte Coletivo Atual Anexo II.1 Informações sobre a Cidade e seu Serviço de Transporte Coletivo Atual PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 2 1.1 A Cidade... 2 1.2 Padrão de mobilidade... 5 1.2.1 Frota

Leia mais

Objetivo da Campanha. Atendimentos

Objetivo da Campanha. Atendimentos 12ª EDIÇÃO DA CAMPANHA VIVA MOTOCICLISTA Objetivo da Campanha O presente projeto foi elaborado objetivando prover a conscientização dos usuários de nossas rodovias, bem como a sociedade em geral através

Leia mais

Mapa detalhado para Chácara São João. União Estrela Guia Unidade 2 Embu Guaçu SP

Mapa detalhado para Chácara São João. União Estrela Guia Unidade 2 Embu Guaçu SP Mapa detalhado para Chácara São João União Estrela Guia Unidade 2 Embu Guaçu SP Conteúdo 1 Mapa Detalhado... 3 2 Orientação detalhada em texto, sem mapas... 6 3 Dicas Gerais... 7 2 1 Mapa Detalhado Pegar

Leia mais

pais e produz tambøm o cartªo para outros tipos de embalagens

pais e produz tambøm o cartªo para outros tipos de embalagens A Klabin SA Ø 1APRESENTA ˆO KLABIN SIA uma empresa hoje voltada para o setor de Embalagens E a maior fabricante de embalagens de papelªo ondulado no pais e produz tambøm o cartªo para outros tipos de embalagens

Leia mais

Pós Venda Rcell. Fabio Rigamonti

Pós Venda Rcell. Fabio Rigamonti Pós Venda Rcell Conceitos de DOA Fluxo de Teste Funcional Triagem Processo de Devolução Fluxo de Triagem e Devolução Processo de Remessa para Conserto Fluxo de Remessa para Conserto Garantia e Tempo de

Leia mais

Ministério dos Transportes PNLT - Plano Nacional de Logística e Transportes Portfólio dos Projetos por Unidades da Federação - Versão 2011 Paraná

Ministério dos Transportes PNLT - Plano Nacional de Logística e Transportes Portfólio dos Projetos por Unidades da Federação - Versão 2011 Paraná Ministério dos s Curitiba/ (Bacacheri) - Infraero Curitiba/ (Bacacheri) - Infraero Construção/Melhorias Planejado 1.269 N.A. Pós 2015 Curitiba/ (Internacional Afonso Pena) - Infraero Curitiba/ (Internacional

Leia mais

Rodovia MS 80, Km 10 Campo Grande, MS CEP: 79114-901 fone: 0XX67 368-0100 www.detran.ms.gov.br

Rodovia MS 80, Km 10 Campo Grande, MS CEP: 79114-901 fone: 0XX67 368-0100 www.detran.ms.gov.br EDITAL N. 01 DETRAN-MS O Diretor Presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais, atendendo o disposto na Resolução n. 358, de 13 de agosto de 2010,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ALIMENTOS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ALIMENTOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNAMBUCANO DIREÇÃO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR 1. Perfil do Curso CURSO SUPERIOR

Leia mais

Ca t á l ogo 2011 ÁLBUNS FOTOGRÁFICOS

Ca t á l ogo 2011 ÁLBUNS FOTOGRÁFICOS Julho 2010 Ca t á l ogo 2011 Televendas 0800 478900 Ligação grátis de segunda a sexta-feira, das 8:00 às 18:30h - telemarketing@icalsc.com.br Indústria e Comércio Auxiliadora Ltda. Rodovia BR-470, km 141,

Leia mais

BALANCETE 475 1.1.01.020.101 BANCO SANTANDER 1,28D 490 1.1.01.040.100 BANCO DO BRASIL 324,02D

BALANCETE 475 1.1.01.020.101 BANCO SANTANDER 1,28D 490 1.1.01.040.100 BANCO DO BRASIL 324,02D 0001 1 1 ATIVO 933.119,84D 15.691.582,29 14.852.781,08 1.771.921,05D 2 1.1 ATIVO CIRCULANTE 863.660,82D 15.217.410,29 14.750.455,13 1.330.615,98D 3 1.1.01 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 809.344,89D 15.203.214,77

Leia mais

Estudos preliminares de CONCESSÕES / PPP. Operacionalização do Plano Diretor Rodoviário do Estado do Espírito Santo - DER/ES

Estudos preliminares de CONCESSÕES / PPP. Operacionalização do Plano Diretor Rodoviário do Estado do Espírito Santo - DER/ES Estudos preliminares de CONCESSÕES / PPP Operacionalização do Plano Diretor Rodoviário do Estado do Espírito Santo - DER/ES Objetivos $ Aumentar a competitividade da economia Escoar com eficiência a produção

Leia mais

Manual do usuário. Mobile View - Android TM

Manual do usuário. Mobile View - Android TM Manual do usuário Mobile View - Android TM Mobile View - Android TM Versão 1.0 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

Oi Acre AC Mai/ 2011

Oi Acre AC Mai/ 2011 Oi Acre AC Mai/ 2011 INVESTIMENTOS NO ACRE 2008 a 2010 : AC R$ 53 Milhões AM R$ 178 Milhões 2011(Aprox.): AC R$ 20 Milhões AM R$ 80 Milhões Exemplos de investimentos realizados: Entroncamento óptico entre

Leia mais

0,10 0,06 0,23 0,14 0,37 0,23 0,52 0,32 0,91 0,57 1,14 0,71 1,95 1,21 3,84 2,39 4,46 2,77 4,78 2,97

0,10 0,06 0,23 0,14 0,37 0,23 0,52 0,32 0,91 0,57 1,14 0,71 1,95 1,21 3,84 2,39 4,46 2,77 4,78 2,97 DE PROVA INFORMAÇÃO /h VIII RALLY DA MEIA NOITE - DIA 10/04/2010 - PORTO ALEGRE/RS - MAPFRE SEGUROS S.A. - AV. CEARÁ, 700 - PORTO ALEGRE - RS MAPFRE SEGUROS - AV. CEARÁ, 700 0,000 00:00:00 30 INÍCIO DESLOCAMENTO

Leia mais

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO DA LINHA PERIMÉTRICA DA ÁREA DE EXPANSÃO URBANA DA SEDE DO MUNICÍPIO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO DA LINHA PERIMÉTRICA DA ÁREA DE EXPANSÃO URBANA DA SEDE DO MUNICÍPIO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO DA LINHA PERIMÉTRICA DA ÁREA DE EXPANSÃO URBANA DA SEDE DO MUNICÍPIO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES P 01 Ponto situado na foz do Córrego Poço D' Anta, no Rio Itapemirim. De

Leia mais

COLETAS DE COBERTURA COLETAS DE COBERTURA

COLETAS DE COBERTURA COLETAS DE COBERTURA COLETAS DE COBERTURA Rodovias Federais Brasileiras 66.410 km (malha pavimentada) 12.795 km (malha não pavimentada) 40.731 km (planejada + estadual coincidente) Total: 119.936 km 6.738 SNV Fonte: SNV 2014

Leia mais

Abril/2016. Perspectivas para o setor de infraestrutura no Estado do Rio de Janeiro

Abril/2016. Perspectivas para o setor de infraestrutura no Estado do Rio de Janeiro Abril/2016 Perspectivas para o setor de infraestrutura no Estado do Rio de Janeiro Sumário Quem somos Cenário PPPs e Concessões Desafios do atual modelo Proposta da AEERJ Projetos do ERJ : pontos críticos

Leia mais

Casos de Obra: Terminal de Cruzeiros de Leixões. Projecto Estrutural. João Vaz, DimStrut/Consulmar, joao.vaz@consulmar.pt

Casos de Obra: Terminal de Cruzeiros de Leixões. Projecto Estrutural. João Vaz, DimStrut/Consulmar, joao.vaz@consulmar.pt Casos de Obra: Terminal de Cruzeiros de Leixões Projecto Estrutural João Vaz, DimStrut/Consulmar, joao.vaz@consulmar.pt PROJECTO DE FUNDAÇÕES E ESTRUTURA DO EDIFÍCIO DO TERMINAL DE CRUZEIROS DE LEIXÕES

Leia mais

ANEXO III RELAÇÃO DE CURSOS DA UNISA, LOCAIS DE FUNCIONAMENTO, TURNOS E VAGAS

ANEXO III RELAÇÃO DE CURSOS DA UNISA, LOCAIS DE FUNCIONAMENTO, TURNOS E VAGAS ANEXO III RELAÇÃO DE CURSOS DA UNISA, LOCAIS DE FUNCIONAMENTO, TURNOS E VAGAS Estado Polo de Apoio Presencial Total de Vagas Bolsas 50% Alagoas Polo Educacional de Maceió 160 Bahia Polo Educacional de

Leia mais

index index index index index index

index index index index index index popis 13 popis popis popis 13 popis popis 24 11 24 73 11 7 75 12 77 12 24 13 M3 3 M3 3 M3 3 M3 3 2 21 2 21 3 22 3 22 2 7 M5 2 7 M5 3 7 M5 3 7 M5 G 2 12 4 5 2 12 4 5 3 13 5 5 3 13 5 5 2 7 5 M5 G 2 7 5 M5

Leia mais

Construção: equipamentos, investimentos e materiais Mercado brasileiro 2012-2017

Construção: equipamentos, investimentos e materiais Mercado brasileiro 2012-2017 Construção: equipamentos, investimentos e materiais Mercado brasileiro 2012-2017 Apresentação em Recife, 19 de março de 2013 Brian Nicholson, Consultor, Sobratema Associação Brasileira de Tecnologia para

Leia mais

EDITAL EXTERNO Nº 01/2016 CONVOCAÇÃO DE MATRÍCULA DOS APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO VEST/UFES 2016

EDITAL EXTERNO Nº 01/2016 CONVOCAÇÃO DE MATRÍCULA DOS APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO VEST/UFES 2016 EDITAL EXTERNO Nº 01/2016 CONVOCAÇÃO DE MATRÍCULA DOS APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO VEST/UFES 2016 A UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO, representada pela Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), torna

Leia mais

ANEXO III RELAÇÃO DE CURSOS DA UNISA, LOCAIS DE FUNCIONAMENTO, TURNOS E VAGAS

ANEXO III RELAÇÃO DE CURSOS DA UNISA, LOCAIS DE FUNCIONAMENTO, TURNOS E VAGAS ANEXO III RELAÇÃO DE CURSOS DA UNISA, LOCAIS DE FUNCIONAMENTO, TURNOS E VAGAS Estado Polo de Apoio Presencial Total de Vagas Bolsas 50% Alagoas Polo Educacional de Maceió 160 Bahia Polo Educacional de

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Edital de Chamada Pública nº 08/2016 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO São Mateus/ ES 2016 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA IFES CIDADANIA Nº 8/ 2016 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO O Instituto Federal

Leia mais

DIRETRIZES PARA O TCC (MODALIDADE ON-LINE)

DIRETRIZES PARA O TCC (MODALIDADE ON-LINE) DIRETRIZES PARA O TCC (MODALIDADE ON-LINE) APRESENTAÇÃO O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) será desenvolvido pelo aluno no decorrer do curso e deverá ser apresentado individualmente e presencialmente

Leia mais

PROGRAMA DE INVESTIMENTO EM LOGÍSTICA 2015-2018

PROGRAMA DE INVESTIMENTO EM LOGÍSTICA 2015-2018 PROGRAMA DE INVESTIMENTO EM LOGÍSTICA 2015-2018 Maurício Muniz Secretário do Programa de Aceleração do Crescimento SEPAC Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão NOVA ETAPA DE CONCESSÕES Investimentos

Leia mais

II - INFRA-ESTRUTURA PARA O DESENVOLVIMENTO

II - INFRA-ESTRUTURA PARA O DESENVOLVIMENTO II - INFRA-ESTRUTURA PARA O DESENVOLVIMENTO aceleração do desenvolvimento sustentável no Brasil. Dessa forma, o país poderá superar os gargalos da economia e estimular o aumento da produtividade e a diminuição

Leia mais

Reserva Natural Vale. Uso Público Linhares, Espirito Santo - Brasil

Reserva Natural Vale. Uso Público Linhares, Espirito Santo - Brasil Reserva Natural Vale Uso Público Linhares, Espirito Santo - Brasil Reserva Natural Vale A Reserva Natural Vale (RNV) é uma das maiores áreas protegidas de Mata Atlântica brasileira. Com aproximadamente

Leia mais

206 - Professor de Informática Educativa

206 - Professor de Informática Educativa EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA AS PROVAS OBJETIVAS DO CONCURSO PÚBLICO 01/2014 O Município de Rio Bonito/RJ, através do INCP Instituto Nacional de Concurso Público, torna pública a convocação para a realização

Leia mais

Acalento Viagens Cor por ativas

Acalento Viagens Cor por ativas www.acalento.com.br/empresas A atua no mercado corporativo como uma TMC (Travel Management Company). Oferecemos soluções para empresas na gestão dos recursos destinados a viagens corporativas. Somos responsáveis

Leia mais

LOGÍSTICA DESAFIO AO CRESCIMENTO DA SIDERURGIA BRASILEIRA

LOGÍSTICA DESAFIO AO CRESCIMENTO DA SIDERURGIA BRASILEIRA Associação Nacional dos Usuários do Transporte de Carga LOGÍSTICA DESAFIO AO CRESCIMENTO DA SIDERURGIA BRASILEIRA CRU s Latin American Iron & Steel Trends Rio de Janeiro Brasil / 20 Julho 2010 Renato Voltaire

Leia mais

ELABORAÇÃO DE PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA PARA ESTABILIZAÇÃO DE TALUDES DA RODOVIA BR-101/SP-RIO/SANTOS

ELABORAÇÃO DE PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA PARA ESTABILIZAÇÃO DE TALUDES DA RODOVIA BR-101/SP-RIO/SANTOS R E P Ú P L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L M I N I S T É R I O D O S T R A N S P O R T E S D E P A R T A M E N T O N A C I O N A L D E I N F R A E S T R U T U R A D E T R A N S P O R T E S D

Leia mais