RECEBÍVEIS LIMITE DE ATÉ 80% DO CRÉDITO RECEBÍVEL. Cooperar-se; Abrir a conta corrente; Portabilidade salarial, nos casos de 13º e Férias.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RECEBÍVEIS LIMITE DE ATÉ 80% DO CRÉDITO RECEBÍVEL. Cooperar-se; Abrir a conta corrente; Portabilidade salarial, nos casos de 13º e Férias."

Transcrição

1 REQUISITOS Abrir a conta corrente. Abrir a conta corrente; Portabilidade salarial, nos casos de 13º e Férias. Abrir a conta corrente. Abrir a conta corrente; Portabilidade Salarial. Negociação comercial mediante comprovação de margem consignável. Negociação comercial mediante comprovação do crédito a receber. Concessão automática na abertura da conta corrente do valor de R$ 500,00 (quinhentos reais). Concessão automática na abertura da conta corrente do valor equivalente a 30% do vencimento básico comprovado. SOLICITAÇÃO Nota: Operações cujo valor seja superior ao limite global definido nesta política, serão submetidos a análise técnica de e respectivo Comitê. Nota (i): vide LIBERAÇÃO. Nota (ii): Aumento do limite inicial estabelecido nesta política será submetido à análise de crédito e respectivo Comitê. Nota (i): vide LIBERAÇÃO. Nota (ii): Aumento do limite inicial estabelecido nesta política será submetido à análise de crédito e respectivo Comitê. POLÍTICA INTERNA DE DE CRÉDITO SICOOB COOPEMESP_ANEXO_II Página 1/7

2 DOCUMENTOS Comprovante de residência atualizado; Cópia simples do último comprovante de pagamento (holerite). Demais documentos: a) Antecipação de IRPF Cópia simples do Recibo de entrega com indicação do recebimento da restituição pelo Sicoob Coopemesp. b) 13º Salário e Outros Créditos a receber - Cópia simples da prévia do comprovante de pagamento (holerite) liberada pelo SIAPE onde conste o crédito a receber. Comprovante de residência atualizado; Cópia simples do último comprovante de pagamento (holerite). Comprovante de residência atualizado; Cópia simples do último comprovante de pagamento (holerite). POLÍTICA INTERNA DE DE CRÉDITO SICOOB COOPEMESP_ANEXO_II Página 2/7

3 Garantia Fidejussória (Avalista): para as operações com limite global igual ou superior a R$ ,00. Não exigida garantia fidejussória (avalista). Não exigida garantia fidejussória (avalista). Não exigida garantia fidejussória (avalista). GARANTIAS Garantias Reais: a critério do parecer técnico de crédito e avaliação do respectivo Comitê. POLÍTICA INTERNA DE DE CRÉDITO SICOOB COOPEMESP_ANEXO_II Página 3/7

4 ANÁLISE DO CRÉDITO Alçada da área de Negócios: Operações no valor global de R$ ,00 com devida constatação da margem consignável para desconto em folha de pagamento, por meio de sistema Consist. Operações que excedam as alçadas primárias definidas nesta política serão responsabilidade da área de Crédito que utilizará critérios técnicos para emitir seu parecer. Também serão levados em conta fatores, tais como: (i) a reciprocidade do cooperado e; (ii) seu histórico comportamental na instituição. Alçada da área de Negócios: a inclusão da proposta de acordo com o estabelecido nesta política. A solicitação do cooperado para aumento do limite inicialmente concedido será encaminhada pela área Comercial para à área de Crédito. Operações que excedam as alçadas primárias definidas nesta política serão responsabilidade da área de Crédito que utilizará critérios técnicos para emitir seu parecer. Também serão levados em conta fatores, tais como: (i) a reciprocidade do cooperado e; (ii) seu histórico comportamental na instituição. A solicitação do cooperado para aumento do limite inicialmente concedido será encaminhada pela área Comercial para à área de Crédito. Operações que excedam as alçadas primárias definidas nesta política serão responsabilidade da área de Crédito que utilizará critérios técnicos para emitir seu parecer. Também serão levados em conta fatores, tais como: (i) a reciprocidade do cooperado e; (ii) seu histórico comportamental na instituição. POLÍTICA INTERNA DE DE CRÉDITO SICOOB COOPEMESP_ANEXO_II Página 4/7

5 ANÁLISE DO CRÉDITO (continuação) Emitido o parecer técnico, a área de Crédito o encaminhará para apreciação do Comitê de Crédito. Nota: Cada operação de crédito terá seu dossiê de avaliação, contendo os documentos exigidos para a operação (DOCUMENTOS). Emitido o parecer técnico, a área de Crédito o encaminhará para apreciação do Comitê de Crédito. Nota: Cada operação de crédito terá seu dossiê de avaliação, contendo os documentos exigidos para a operação (Documentos). Emitido o parecer técnico, a área de Crédito o encaminhará para apreciação do Comitê de Crédito. Nota: Cada operação de crédito terá seu dossiê de avaliação, contendo os documentos exigidos para a operação (Documentos). TAXAS E PRAZOS TAXAS E PRAZOS: ANEXO III desta política. JUROS: 2,5% a.m. JUROS NO ROTATIVO: 6,00% a.m. JUROS: 4,5% a.m. PRAZOS: Vencimento em parcela única. PRAZOS: Indeterminado. PRAZOS: Indeterminado. POLÍTICA INTERNA DE DE CRÉDITO SICOOB COOPEMESP_ANEXO_II Página 5/7

6 LIBERAÇÃO Alçada de Liberação: Área Financeira ou Gerência Administrativa. de recursos, o valor da operação será liberado no dia posterior à emissão da proposta e assinatura da CCB Cédula de Crédito Bancário. Alçada de Liberação: Área Financeira ou Gerência Administrativa. de recursos, a liberação ocorre imediatamente após a formalização (contrato e assinaturas das partes). Alçada de Liberação: Área de Negócios. de recursos, a liberação ocorre no momento da emissão do cartão. Alçada de Liberação: Área de Negócios. de recursos, o valor da operação será liberado no dia posterior a emissão da proposta e assinatura da CCB Cédula de Crédito Bancário. Nota (i): Exceção para os casos em que o valor da operação seja superior ao teto estabelecido nesta política para esta modalidade de crédito (Consignado) e que demandem maior critério para sua concessão, não podendo o prazo exceder a 72 horas da data da solicitação; POLÍTICA INTERNA DE DE CRÉDITO SICOOB COOPEMESP_ANEXO_II Página 6/7

7 LIBERAÇÃO (continuação) Nota (ii): Exceção para os casos em que a operação de crédito seja atrelada as garantias reais, ficando sua liberação condicionada ao cumprimento das formalidades do contrato. PAGAMENTO Pactuadas em instrumento próprio, as parcelas acrescidas das devidas correções, serão consignadas em folha de pagamento. Em data do efetivo recebimento do crédito que originou a operação. O pagamento da fatura de despesas do cartão de crédito será debitado automaticamente todo dia 3 de cada mês na conta corrente do associado, sendo possível o cooperado definir data que melhor lhe convier. Também está previsto o pagamento por meio de boletos bancários. Não havendo repactuação automática do instrumento concessório por razões alheias à instituição, o limite de cheque especial deverá ser imediatamente liquidado em conta corrente. POLÍTICA INTERNA DE DE CRÉDITO SICOOB COOPEMESP_ANEXO_II Página 7/7

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO UO DOS FUNCIONARIOS DO SISTEMA FIERGS- CRESUL Travessa Francisco de Leonardo Truda, 40 sala 143 14 andar Porto Alegre-RS CEP 90010-050 Fone (0**51) 3224-3280 Fax:

Leia mais

COOPERATIVA DE CRI:DfTO DO SERVIDOR FEDERAL LTOA. SIC008 CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL

COOPERATIVA DE CRI:DfTO DO SERVIDOR FEDERAL LTOA. SIC008 CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL SICOOB Credfaz Federal Servidor COOPERATIVA DE CRI:DfTO DO SERVIDOR FEDERAL LTOA. SIC008 CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL &I. CREDFAZ- SCS - Q. 05 81.C - EnL 165/9 CEP 70.305-921 Brasllia - DF - Fone - (611 3035-8299

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO AUTARQUIA HOSPITALAR MUNICIPAL SP

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO AUTARQUIA HOSPITALAR MUNICIPAL SP E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE portabilidadeconsignado@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM margemconsignado@bancodaycoval.com.br

Leia mais

REGULAMENTO DE OPERAÇÕES

REGULAMENTO DE OPERAÇÕES 1 GENERALIDADES As operações de crédito da Cooperativa serão realizadas dentro das normas fixadas pelo Estatuto Social, pelas normas legais, as do Banco Central do Brasil e por este Regulamento. 2 OBJETIVO

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS MA

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS MA E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE portabilidadeconsignado@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM margemconsignado@bancodaycoval.com.br

Leia mais

Roteiro Operacional do Crédito Consignado Exército do Brasil

Roteiro Operacional do Crédito Consignado Exército do Brasil 1. DEFINIÇÃO DO PRODUTO Operação de Crédito Consignado em Folha de Pagamento para os Militares do Exército (ativos e pensionistas), abrangendo o Comando do Exército do, mediante convênio com o Banco Industrial.

Leia mais

RO Roteiro Operacional. Servidor Civil Federal SIAPE

RO Roteiro Operacional. Servidor Civil Federal SIAPE RO Roteiro Operacional Servidor Civil Federal - SIAPE RO.02.01 Versão: 29 Exclusivo para Uso Interno Servidor Civil Federal SIAPE Área responsável: Gerência Produtos Consignados I - CONDIÇÕES GERAIS 1.

Leia mais

RO Roteiro Operacional Prefeitura de Campo Grande MS Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Prefeitura de Campo Grande MS Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Prefeitura de Campo Grande MS RO.05.195 Versão: 02 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Prefeitura de Campo Grande MS Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS

Leia mais

POLÍTICA DE CRÉDITO DA COOPERATIVA DE CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES DA SEGURANÇA PÚBLICA DE SÃO PAULO - CREDIAFAM

POLÍTICA DE CRÉDITO DA COOPERATIVA DE CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES DA SEGURANÇA PÚBLICA DE SÃO PAULO - CREDIAFAM POLÍTICA DE CRÉDITO DA COOPERATIVA DE CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES DA SEGURANÇA DAS DEFINIÇÕES 1. A política de crédito da Cooperativa de Crédito Mútuo dos Servidores da Segurança Pública de São Paulo

Leia mais

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de São Paulo - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de São Paulo - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Pref. São Paulo - SP RO.05.29 Versão: 31 Uso Externo RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de São Paulo - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS 1.1.

Leia mais

RO Roteiro Operacional. Prefeitura de Campinas - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional. Prefeitura de Campinas - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados RO Roteiro Operacional Pref. Campinas - SP RO.05.145 Versão: 01 Excluso para Uso Interno Prefeitura de Campinas - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS

Leia mais

CAGEPREV - REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS

CAGEPREV - REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS 1 - OBJETIVO CAGEPREV - REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS 1.1 Estabelecer normas para concessão de empréstimos aos participantes ativos e assistidos. 2 - QUALIFICAÇÃO PARA O EMPRÉSTIMO 2.1 Ser

Leia mais

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA.

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. Índice Capítulo I Da Carteira de Empréstimo Simples... 3 Capítulo II Dos Recursos

Leia mais

POLÍTICA DE CRÉDITO E DE EMPRÉSTIMO OUTUBRO D E

POLÍTICA DE CRÉDITO E DE EMPRÉSTIMO OUTUBRO D E POLÍÍTIICA DE CRÉDIITO E DE EMPRÉSTIIMO OUTUBRO D E 2 0 0 9 COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS FUNCIONÁRIOS DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS - COOPERFEB POLÍTICA DE CRÉDITO E DE EMPRÉSTIMO

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO SIAPE MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO SIAPE MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM siape@bancodaycoval.com.br Versão: 05/15 MESA DE

Leia mais

Cartilha de Empréstimo 1

Cartilha de Empréstimo 1 Cartilha de Empréstimo 1 Empréstimo Economus: Como é? Quem tem direito? Que tipo de empréstimos o Economus oferece? O Economus oferece apenas a modalidade de empréstimo pessoal. Quem poderá solicitar empréstimos?

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE CARTÃO CONSIGNADO cartaoliberacao@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C SUPORTE PROMOTORA suportepromotora@bancodaycoval.com.br

Leia mais

POLÍTICA DE CRÉDITO E COBRANÇA: nº 03/2012 de 01/06/2012

POLÍTICA DE CRÉDITO E COBRANÇA: nº 03/2012 de 01/06/2012 POLÍTICA DE CRÉDITO E COBRANÇA: nº 03/2012 de 01/06/2012 1 APRESENTAÇÃO Art. 1º - A política de crédito da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores da Unesp - COOPUNESP é o meio pelo qual

Leia mais

Roteiro Operacional (Parceiros) CPA TJMG. Características do Produto

Roteiro Operacional (Parceiros) CPA TJMG. Características do Produto Roteiro Operacional (Parceiros) CPA TJMG Características do Produto Público Alvo: Servidores efetivos; Magistrados; Pensionistas ou outros beneficiários do TJMG. Taxa (*): Definida pela Diretoria. Tc:

Leia mais

Consignação Manual do Correspondente Consignação

Consignação Manual do Correspondente Consignação Manual do Correspondente Consignação Banestes S.A. - Banco do Estado do Espírito Santo GCONS - Gerência de Consignação SUMÁRIO 1. Conceito...3 2. Apresentação...3 3. Informações Gerais...3 3.1. Condições

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES - CV

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES - CV SUMÁRIO 1. DEFINIÇÕES... 2 2. FINALIDADE... 3 3. DESTINATÁRIOS... 3 4. DOCUMENTAÇÃO... 4 5. VALOR MÁXIMO... 4 6. PRAZOS... 4 7. ENCARGOS E ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA... 5 8. GARANTIAS... 5 9. CONDIÇÕES GERAIS...

Leia mais

Norma de Empréstimos Financeiros

Norma de Empréstimos Financeiros Gestão de Atendimento AFAF D.GA.03 1/11 ÍNDICE 1. Objetivo... 2 2. Responsabilidades... 2 3. Conceitos... 2 4. Critérios... 3 4.1. Modalidades de Empréstimos Financeiros... 3 4.2. Limite de Contratos...

Leia mais

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Fortaleza CE Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Fortaleza CE Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Prefeitura de Fortaleza CE RO. 05.060 Versão: 1 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Fortaleza CE Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO

Leia mais

PORTABILIDADE DE CRÉDITO RESOLUÇÃO BACEN 4292/2013

PORTABILIDADE DE CRÉDITO RESOLUÇÃO BACEN 4292/2013 1. OBJETIVO ESTE ROTEIRO OPERACIONAL TEM COMO OBJETIVO DISCIPLINAR E PADRONIZAR OS PROCEDIMENTOS ESTABELECIDOS PELO DAYCOVAL CONFORME REGRAS DA RESOLUÇÃO 4292/2013 E CARTA CIRCULAR 3650/2014 DO BACEN.

Leia mais

RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Prefeitura de Campo Grande MS Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Prefeitura de Campo Grande MS Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Prefeitura de Campo Grande MS ROC.05.33 Versão: 04 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Prefeitura de Campo Grande MS Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO FINANCEIRA VICE-DIRETORIA ADMINISTRATIVA

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO FINANCEIRA VICE-DIRETORIA ADMINISTRATIVA POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO FINANCEIRA VICE-DIRETORIA ADMINISTRATIVA ABRIL 2011 1 1. APRESENTAÇÃO A expansão das atividades de ensino e melhoramento da infraestrutura física ofertada tem exigido da Faculdade

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL INFORMAÇÕES ÚTEIS SOBRE CONSIGNADO EMPRÉSTIMO, CARTÃO DE CRÉDITO E/OU SERVIÇOS CONTRATADOS - ANO 2015. 1) O que é Margem Consignável? Resposta: É o dado que indica os limites estabelecidos por lei específica

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE 1. OPERACIONALIZAÇÃO DAS CONTRATAÇÕES E SUPORTE Filial BV Financeira Matriz São Paulo - Fone: (11) 3252-7050. 2. PÚBLICO ALVO CONFORME LEGISLAÇÃO Servidores Ativos/Inativos; Aposentados; Cedidos; Pensionistas

Leia mais

NORMA DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS AOS PARTICIPANTES

NORMA DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS AOS PARTICIPANTES 1. OBJETIVO Esta norma tem por objetivo estabelecer os critérios e procedimentos a serem adotados para concessão e liberação de empréstimos aos participantes. 2. CAMPO DE APLICAÇÃO As operações de empréstimos

Leia mais

BOLSAS DE ESTUDO. A análise contempla dois aspectos:

BOLSAS DE ESTUDO. A análise contempla dois aspectos: BOLSAS DE ESTUDO O programa de bolsas de estudo é um benefício concedido por mera liberalidade do Instituto Sidarta e consiste em desconto no valor da anuidade do Colégio Sidarta. Nossa política é priorizar

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 002/2015

RESOLUÇÃO N. 002/2015 RESOLUÇÃO N. 002/2015 Atualiza a Resolução 005/2014 em seu artigo 3º (Taxa de juros do Consignado Estadual e renovação garantias I e II) de acordo com as condições e garantias oferecidas pelo sócio, inalteradas

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS AO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO DESTINADO À RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS AO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO DESTINADO À RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS O BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A., com sede na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041 e 2235, Bloco A, Vila Olímpia, São Paulo/SP, CEP 04543-011, CNPJ/MF sob n.º 90.400.888/0001-42, disponibiliza

Leia mais

ALTERAÇÃO NAS NORMAS DE EMPRÉSTIMOS AVALISTAS E SEGURO PRESTAMISTA

ALTERAÇÃO NAS NORMAS DE EMPRÉSTIMOS AVALISTAS E SEGURO PRESTAMISTA ALTERAÇÃO NAS NORMAS DE EMPRÉSTIMOS AVALISTAS E SEGURO PRESTAMISTA Segundo deliberação da Diretoria Executiva do Sicoob Cecremef, a partir de 03/12/2012, passam a complementar as Normas para concessão

Leia mais

Roteiro Operacional Última atualização 06/02/2015

Roteiro Operacional Última atualização 06/02/2015 Roteiro Operacional Última atualização 06/02/2015 1. Público alvo 1.1 Atendidos - Aposentados e pensionistas do INSS -Códigos Benefícios- 1.2 Não atendidos -Códigos Benefícios- RESUMO DE CÓDIGOS NÃO CONSIGNÁVEIS

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS Resultados dos estudos sobre a redução de taxas de juros praticadas por bancos públicos e privados. Orientações aos consumidores. Face aos diversos anúncios de redução de juros veiculados na mídia a partir

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE PORTABILIDADE BANRISUL COMO PROPONENTE

MANUAL OPERACIONAL DE PORTABILIDADE BANRISUL COMO PROPONENTE Emissor: Departamento Operacional do Crédito Consignado Versão: 8 Vigência: 17.07.2015 Código MO: OCC 01 MANUAL OPERACIONAL DE PORTABILIDADE BANRISUL COMO PROPONENTE SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 CONCEITOS...

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL DF / INSS

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL DF / INSS ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL DF / INSS Logo: 459 Cód. Entidade: 1581 Atualização:03.08.2015 Vigência: 03.08.2015 Classificação da Informação: INTERNA

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO COMANDO DA AERONÁUTICA

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO COMANDO DA AERONÁUTICA E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE portabilidadeconsignado@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM margemconsignado@bancodaycoval.com.br

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu

Leia mais

RO Roteiro Operacional. Comando do Exército Brasileiro

RO Roteiro Operacional. Comando do Exército Brasileiro RO Roteiro Operacional EXÉRCITO [RO. 03.02] Versão: 45 Exclusivo para Uso Interno Comando do Exército Brasileiro Área responsável: Gerência de Produtos Consignados I - CONDIÇÕES GERAIS 1. PÚBLICO A SER

Leia mais

RO Roteiro Operacional Corpo de Bombeiros MG

RO Roteiro Operacional Corpo de Bombeiros MG Corpo de Bombeiros Militar - MG RO.04.03 Versão: 14 RO Roteiro Operacional Corpo de Bombeiros MG Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Vers I - CONDIÇÕES GERAIS 1. PÚBLICO A SER ATENDIDO E

Leia mais

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA. Regulamento de Empréstimos Plano CV- 03

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA. Regulamento de Empréstimos Plano CV- 03 1/6 TÍTULO: CLASSIFICAÇÃO: REFERENCIAL NORMATIVO: ASSUNTO: GESTOR: ELABORADOR: APROVAÇÃO: Documento Executivo Resolução CMN nº 3456/2007 PO-GEREL-002_Solicitação de Empréstimo Estabelece as regras para

Leia mais

RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados MARINHA DO BRASIL RO. 03.03 Versão: 38 Exclusivo para Uso Interno RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS Categorias

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do

Leia mais

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE EMPRÉSTIMO PESSOAL PERMANENTE PLANO DE BENEFÍCIOS 03

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE EMPRÉSTIMO PESSOAL PERMANENTE PLANO DE BENEFÍCIOS 03 1/6 TÍTULO: CLASSIFICAÇÃO: REFERENCIAL NORMATIVO: ASSUNTO: GESTOR: ELABORADOR: APROVAÇÃO: Regulamento do Programa de Empréstimo Pessoal Permanente Documento Executivo Resolução CMN nº 3456/2007 PO-GEREL-002_Solicitação

Leia mais

CANAL DE ENTREGA SIGLA DO EXTRATO VALOR. Isento Cartão de Débito 2.1.1 Fornecimento de

CANAL DE ENTREGA SIGLA DO EXTRATO VALOR. Isento Cartão de Débito 2.1.1 Fornecimento de RESOLUÇÃO SICOOB CGCRED 039 Institui as taxas e tarifas praticadas para os produtos e serviços. O Conselho de Administração da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Empresários de Campina Grande

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO

ACORDO DE COOPERAÇÃO ACORDO DE COOPERAÇÃO DEFINE O ACORDO DE COOPERAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E O CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DO ESPIRITO SANTO - CREA/ES, PARA CONCESSÃO

Leia mais

Cooperativa de Crédito Mutuo dos Praças e Oficiais da Policia Militar do Estado de São Paulo - Cooperacs - SP

Cooperativa de Crédito Mutuo dos Praças e Oficiais da Policia Militar do Estado de São Paulo - Cooperacs - SP POLÍTICA DE CRÉDITO MANUAL DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO C.C.M. DOS PRAÇAS E OFICIAIS DA PMESP COOPERACS SP Capítulo Seção Ítem Descrição 1 Apresentação 2 Linhas de Crédito 1 Empréstimo Parcelado 1 Conceituação

Leia mais

Roteiro Operacional INSTITUTO NACIONAL DE SEGURANÇA SOCIAL

Roteiro Operacional INSTITUTO NACIONAL DE SEGURANÇA SOCIAL Roteiro Operacional INSTITUTO NACIONAL DE SEGURANÇA SOCIAL CONCEITO E CARACTERISTICAS Liberação de empréstimo para fins de crédito pessoal, destinado a aposentados e pensionistas do INSS, com pagamento

Leia mais

Roteiro Aeronáutica Agência e Corban

Roteiro Aeronáutica Agência e Corban Comando da Aeronáutica 1. REGRAS GERAIS DO PRODUTO... 2 1.1 Público Alvo... 2 1.2 Tipo de Averbação... 2 1.3 Quantidade de empréstimos por militar/pensionista... 2 1.4 Matrícula... 2 1.5 Política de Crédito...

Leia mais

Roteiro Operacional Última atualização 19/03/2015

Roteiro Operacional Última atualização 19/03/2015 Roteiro Operacional Última atualização 19/03/2015 1. Público alvo 1.1 Atendidos - Aposentados e pensionistas do INSS -Códigos Benefícios- 1.2 Não atendidos -Códigos Benefícios- RESUMO DE CÓDIGOS NÃO CONSIGNÁVEIS

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL 1. FINALIDADE 1.1. Este Regulamento tem por finalidade disciplinar as concessões de empréstimos aos Participantes do Plano de Benefícios JMalucelli, administrado pelo

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE PO Procedimento Operacional

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE PO Procedimento Operacional CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS AOS COLABORADORES PO. 12 00 1 / 7 1. OBJETIVOS O Crea-GO, visando atrair e melhorar o índice de retenção de colaboradores, institui a concessão de benefícios, mediante a adoção

Leia mais

RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Governo de Minas Gerais MG Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Governo de Minas Gerais MG Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Gov. Minas Gerais - MG ROC.04.01 Versão: 07 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Governo de Minas Gerais MG Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

Leia mais

Roteiro Operacional de Refinanciamento de Empréstimo Consignado - INSS

Roteiro Operacional de Refinanciamento de Empréstimo Consignado - INSS 1. OBJETIVO Refinanciamento de dívida de Empréstimos vinculados a Consignação em Folha de Pagamento dos aposentados e pensionistas do INSS, contraídas com o Banco Industrial. 2. REGRAS OPERACIONAIS O Banco

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO Art. 1º Este documento, doravante denominado Regulamento de Empréstimo, estabelece os direitos e as obrigações da Boticário Prev, dos Participantes e Assistidos, para a concessão

Leia mais

TREINAMENTO BRADESCARD. Lojas BP

TREINAMENTO BRADESCARD. Lojas BP TREINAMENTO BRADESCARD Lojas BP 1 Cartão BradesCard O BradesCard facilita a realização dos seus clientes de forma prática e flexível. Especializado no Varejo, oferece um portfólio completo de produtos

Leia mais

Governo do Estado de São Paulo SEFAZ e Autarquias

Governo do Estado de São Paulo SEFAZ e Autarquias ROTEIRO OPERACIONAL CDC SERVIDOR PÚBLICO Governo do Estado de São Paulo SEFAZ e Autarquias Entidades: 4193 POLICIA MILITAR Publicação: 01.07.2015 4194 SP PREV Próxima atualização: 01.07.2016 4195 - SEFAZ

Leia mais

PRAZO LIMITE PARA DIGITAÇÃO: 16:00 ARQUIVO DATAPREV: MESMO DIA (D+0)

PRAZO LIMITE PARA DIGITAÇÃO: 16:00 ARQUIVO DATAPREV: MESMO DIA (D+0) Áreas Envolvidas: Área Responsável Negócio Gerência Geral Comercial Fábio Yamaguro Roteiro Operacional Promotora Gerência Geral Comercial Ricardo Silva Empréstimo Cartão Débito C/C Gerência Geral Comercial

Leia mais

Empréstimo e cartão consignado

Empréstimo e cartão consignado outubro/2014 Empréstimo e cartão consignado direcionados a aposentados e pensionistas Todo aquele que recebe benefícios de aposentadoria ou pensão por morte pagos pela Previdência Social pode obter crédito

Leia mais

Aqui seus Resultados Aparecem

Aqui seus Resultados Aparecem Aqui seus Resultados Aparecem 2 Evolution - Cobrança, Contas a Pagar e Fluxo de Caixa Gerenciar títulos vencidos e a vencer, controlar adiantamentos, cobrança eletrônica Cobrança em atraso, comissões,

Leia mais

Regulamento da Carteira de Empréstimo - Antecipação do Abono Anual

Regulamento da Carteira de Empréstimo - Antecipação do Abono Anual Regulamento da Carteira de Empréstimo - Antecipação do Abono Anual Art. 1º - O presente Regulamento tem por finalidade disciplinar o funcionamento da Carteira de Empréstimo - Antecipação do Abono Anual,

Leia mais

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br FINANCEIRO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 14 ÍNDICE Receitas e Despesas... 3 Como Acessar... 3 Como

Leia mais

Módulo 2 Pr T odít ut U os L e O S erx viços Financeiros

Módulo 2 Pr T odít ut U os L e O S erx viços Financeiros Módulo 2 Produtos TÍTULO e Serviços X Financeiros CRÉDITO PESSOAL Olá! Neste módulo, vamos aprofundar nossos conhecimentos sobre os produtos e serviços financeiros que podemos oferecer aos nossos clientes.

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL BANCO DAYCOVAL SIAPE - CONSIST

ROTEIRO OPERACIONAL BANCO DAYCOVAL SIAPE - CONSIST ROTEIRO OPERACIONAL BANCO DAYCOVAL SIAPE - CONSIST Seguem abaixo as regras que deverão ser seguidas a partir do início das atividades do Correspondente Bancário Daycoval. Este documento é parte integrante

Leia mais

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP UNIDADE 2.6.15.1 Atender cliente Atender o cliente e analisar a solicitação para identificar se é restituição por pagamento indevido (erro de leitura, erro de cadastro, faturamento indevido), pagamento

Leia mais

NORMAS DE CONCESSÃO DE SUBSÍDIO PARA CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL

NORMAS DE CONCESSÃO DE SUBSÍDIO PARA CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL NORMAS DE CONCESSÃO DE SUBSÍDIO PARA CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL A Diretoria Executiva da Unimed Vale do Aço, no uso de suas atribuições contidas no Estatuto Social da Cooperativa, vem regulamentar o subsídio

Leia mais

Regras de Negócio EXÉRCITO. Versão: 01 10 2012. *Últimas atualizações destacadas em vermelho

Regras de Negócio EXÉRCITO. Versão: 01 10 2012. *Últimas atualizações destacadas em vermelho Regras de Negócio Versão: 01 10 2012 *Últimas atualizações destacadas em vermelho POLÍTICA DE CRÉDITO RECURSOS PRÓPRIOS 1. Públicos alvo Servidores militares ativos, inativos e pensionistas. 2. Limites

Leia mais

Cartão Consignado. Aposentados e Pensionistas do INSS

Cartão Consignado. Aposentados e Pensionistas do INSS Cartão Consignado Aposentados e Pensionistas do INSS Cartão Consignado INSS Regras Vigentes INSS Regras Vigentes Cartão exclusivo para compras (o saque é proibido). Temos que aguardar a manifestação do

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL 1. OBJETIVO Estabelecer as condições, critérios e normas de concessão de Empréstimo Pessoal aos participantes da PREVICEL Previdência Privada da CELEPAR, obedecendo as disposições legais vigentes sobre

Leia mais

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS SIMPLES. 1.1 Estabelecer as diretrizes para a concessão de empréstimo simples.

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS SIMPLES. 1.1 Estabelecer as diretrizes para a concessão de empréstimo simples. REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS SIMPLES 1 OBJETIVO 1.1 Estabelecer as diretrizes para a concessão de empréstimo simples. 2 CONCESSÃO 2.1 O empréstimo simples poderá ser concedido exclusivamente

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA SICELEBRAM 0 TR1BUNAL DE JUST1ÇA

CAIXA ECONÔMICA SICELEBRAM 0 TR1BUNAL DE JUST1ÇA FEDERAL ACORDO DE COOPERAÇÃO QUE ENTRE SICELEBRAM 0 TR1BUNAL DE JUST1ÇA DO ESTADO DO ceará E A ECONðM1CA FEDERAL PARA CONCESSÃO DE F1NANCIAMENTO HABITACI0NAL E OUTROS PRODUTOS E SERV1ÇOS AOS SERV1DORES

Leia mais

RESUMO DAS RESOLUÇÕES

RESUMO DAS RESOLUÇÕES RESUMO DAS RESOLUÇÕES RESOLUÇÃO 001/2009 -EMPRÉSTIMOS COM BASE NO CAPITAL INTEGRALIADO ESTA RESOLUÇÃO INSTITUI PRAZOS E TAXAS ESPECIAIS DE JUROS PARA OPERAÇÕES DE EMP PARA ASSOCIADOS, COM BASE NO CAPITAL

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES SUMÁRIO 1. DEFINIÇÕES... 2 2. FINALIDADE... 3 3. DESTINATÁRIOS... 3 4. DOCUMENTAÇÃO... 4 5. VALOR MÁXIMO E MÍNIMO... 5 6. PRAZOS... 5 7. ENCARGOS E ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA... 6 8. GARANTIAS... 7 9. CONDIÇÕES

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema Financeiro Opções Disponíveis a partir da versão 8.0.40 do Sistema Micropost

Manual de Utilização do Sistema Financeiro Opções Disponíveis a partir da versão 8.0.40 do Sistema Micropost O Novo Gerenciador Financeiro Micropost é acessado através do botão "Gerenciador Financeiro" na tela principal do sistema (como mostra a figura 1). Caso o botão esteja desabilitado deve-se entrar nas configurações

Leia mais

À vista R$ 26.200,00 R$ 26.990,00 R$ 28.200,00. 5 parcelas R$ 5.345,00 R$ 5.506,00 R$ 5.753,00. 10 parcelas R$ 2.739,00 R$ 2.821,00 R$ 2.

À vista R$ 26.200,00 R$ 26.990,00 R$ 28.200,00. 5 parcelas R$ 5.345,00 R$ 5.506,00 R$ 5.753,00. 10 parcelas R$ 2.739,00 R$ 2.821,00 R$ 2. VALOR DO INVESTIMENTO Formas de pagamento 432h/a Valor com desconto para matrículas até 30/12/2015 Valor com desconto para matrículas de 04/01/2016 a 31/03/2016 Valor a partir de 01/04/2016 À vista R$

Leia mais

CIRCULAR Nº 110 1. DA MODALIDADE E ENCARGOS FINANCEIROS DO EMPRÉSTIMO

CIRCULAR Nº 110 1. DA MODALIDADE E ENCARGOS FINANCEIROS DO EMPRÉSTIMO CIRCULAR Nº 110 Regulamenta a Concessão e Manutenção de Empréstimos a Participantes e Assistidos da Fundação Banestes de Seguridade Social BANESES. 1. DA MODALIDADE E ENCARGOS FINANCEIROS DO EMPRÉSTIMO

Leia mais

TABELA DE TARIFAS PESSOA JURÍDICA Divulgada em 04/02/2015 Vigência a partir de 06/03/2015 (*)

TABELA DE TARIFAS PESSOA JURÍDICA Divulgada em 04/02/2015 Vigência a partir de 06/03/2015 (*) TABELA DE TARIFAS PESSOA JURÍDICA Divulgada em 04/02/2015 Vigência a partir de 06/03/2015 (*) PRODUTOS E SERVIÇOS SIGLA NO EXTRATO COBRANÇA POR Conta Salário Cartões e Pagamentos Emissão de Cartão Salário

Leia mais

PLANO SAFRA 2010/2010 PLANO DE TRABALHO

PLANO SAFRA 2010/2010 PLANO DE TRABALHO PLANO SAFRA 2010/2010 PLANO DE TRABALHO NORMAS E PROCEDIMENTOS 1. Política de Crédito; 2. Limites em contas produção; 3. Seguro de Produção; 4. Comentários gerais. 1. POLÍTICA DE CRÉDITO 1.1 Comentários

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.330. Art. 2º Esta Circular entra em vigor na data de sua publicação. Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen.

CIRCULAR Nº 3.330. Art. 2º Esta Circular entra em vigor na data de sua publicação. Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen. CIRCULAR Nº 3.330 Altera o Regulamento do Mercado de Câmbio e Capitais Internacionais (RMCCI). A Diretoria Colegiada do Banco Central do Brasil, em sessão extraordinária realizada em 27 de outubro de 2006,com

Leia mais

Considerando a necessidade de atender a Resolução 3.518 de 06 de dezembro de 2007 e a 3.919 de 25 de novembro de 2010.

Considerando a necessidade de atender a Resolução 3.518 de 06 de dezembro de 2007 e a 3.919 de 25 de novembro de 2010. Circular da Sicoob Autocred nº. 006 Regula as Taxas e Tarifas praticadas com os associados Considerando a necessidade de atender a Resolução 3.518 de 06 de dezembro de 2007 e a 3.919 de 25 de novembro

Leia mais

CIRCULAR N 3160. Art. 4º Esta Circular entra em vigor na data de sua publicação. Beny Parnes Diretor

CIRCULAR N 3160. Art. 4º Esta Circular entra em vigor na data de sua publicação. Beny Parnes Diretor CIRCULAR N 3160 Admite o curso sob o Convênio de Pagamentos e Créditos Recíprocos de instrumentos de pagamento com prazo superior a 360 dias. A Diretoria Colegiada do Banco Central do Brasil, em sessão

Leia mais

AULA 08. Produtos e Serviços Financeiros II

AULA 08. Produtos e Serviços Financeiros II AULA 08 Produtos e Serviços Financeiros II Operações Ativas As operações ativas são aquelas em que o banco, além dos investimentos destinados à formação do seu ativo permanente e disponibilidades, atua

Leia mais

Tabela de Tarifas. Pessoa Jurídica. Divulgada em 01/08/2013 Vigência a partir de: 01/09/2013. sicoobes.com.br

Tabela de Tarifas. Pessoa Jurídica. Divulgada em 01/08/2013 Vigência a partir de: 01/09/2013. sicoobes.com.br Tabela de Tarifas Pessoa Jurídica Divulgada em 01/08/2013 Vigência a partir de: 01/09/2013 Relação dos serviços tarifados e respectivos valores vigentes. Os valores máximos foram estabelecidos pela Cooperativa,

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO PESSOAL

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO PESSOAL ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO PESSOAL 1 Sumário 1. EMPRÉSTIMO PESSOAL...3 1.1 EP Cheque...3 1.1.1 Características Gerais do EP Cheque...3 1.1.2 Política de Formalização do EP Cheque...3 1.2 EP Carnê...4

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA DP N.º 002/2013

INSTRUÇÃO NORMATIVA DP N.º 002/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA DP N.º 002/2013 Estabelece normas para o pagamento de semestralidade, mensalidades, taxas e outros emolumentos estabelecidos em portaria pelos serviços prestados pela FACCREI/FACED.

Leia mais

SIMULAÇÃO EMPRÉSTIMO EM FOLHA DEMONSTRATIVO DO CUSTO EFETIVO TOTAL

SIMULAÇÃO EMPRÉSTIMO EM FOLHA DEMONSTRATIVO DO CUSTO EFETIVO TOTAL SIMULAÇÃO EMPRÉSTIMO EM FOLHA DEMONSTRATIVO DO CUSTO EFETIVO TOTAL Nome do Cliente: CPF do Cliente: ------------------------------------------------------------------------ (a) Taxa de Juros: % ao ano

Leia mais

Roteiro Operacional Última atualização 06/02/2015

Roteiro Operacional Última atualização 06/02/2015 Roteiro Operacional Última atualização 06/02/2015 1. Público alvo 1.1 Atendidos - Aposentados e pensionistas do INSS -Códigos Benefícios- 1.2 Não atendidos -Códigos Benefícios- RESUMO DE CÓDIGOS NÃO CONSIGNÁVEIS

Leia mais

PARCELAMENTO ORDINÁRIO PORTO ALEGRE

PARCELAMENTO ORDINÁRIO PORTO ALEGRE PARCELAMENTO ORDINÁRIO PORTO ALEGRE 1 A - PARCELAMENTO ORDINÁRIO DE TRIBUTOS MUNICIPAIS 1 Em regra, os créditos tributários junto à Fazenda Municipal de Porto Alegre podem ser pagos em até 24 (vinte e

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS PUBLICO ALVO Aposentados e pensionistas que recebam pelo INSS. Empréstimos consignados para idosos aposentados, pensionistas, analfabetos ou semi-analfabetos, moradores das cidades mencionadas abaixo,

Leia mais

REGULAMENTO DA CARTEIRA DE EMPRÉSTIMO BÁSICO

REGULAMENTO DA CARTEIRA DE EMPRÉSTIMO BÁSICO Rev. 01 Data: 21/05/2014 Página 1 de 8 CAPÍTULO I DEFINIÇÕES Art. 1º - Para fins de aplicação deste Regulamento, o masculino incluirá o feminino e o singular incluirá o plural, a menos que o contexto indique

Leia mais

Portabilidade Consignado Gerencia de Produtos Consignados Janeiro 2015. Título da apresentação

Portabilidade Consignado Gerencia de Produtos Consignados Janeiro 2015. Título da apresentação Portabilidade Consignado Gerencia de Produtos Consignados Janeiro 2015 Título da apresentação Digitação 1º Acessar o site do PANCRED www.pancred.com.br 2º Selecionar a funcionalidade de digitação de Proposta

Leia mais

Contas a Pagar - Política de Pagamentos a Fornecedores

Contas a Pagar - Política de Pagamentos a Fornecedores Contas a Pagar - Política de Pagamentos a Fornecedores Setembro / 2013 Bem vindo ao sistema de consultas de pagamentos da TOTVS S/A. Aqui você encontrará informações sobre condições de pagamentos, bem

Leia mais

3. Digitar Matrícula, CPF e Caracteres Solicitados: 1. PÚBLICO ALVO

3. Digitar Matrícula, CPF e Caracteres Solicitados: 1. PÚBLICO ALVO Instituto de Previdência dos Servidores Militares - IPSM - MG ROC.04.03 Versão: 06 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Inst. de Prev. dos Servidores Militares

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

Norma do Programa de Empréstimo Pessoal TECHNOS

Norma do Programa de Empréstimo Pessoal TECHNOS Norma do Programa de Empréstimo Pessoal TECHNOS SUMÁRIO CAPÍTULO I - DA FINALIDADE...3 CAPÍTULO II - DOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS...3 CAPÍTULO III - DOS CRITÉRIOS PARA CONCESSÕES...4 CAPÍTULO IV - DOS

Leia mais

E m p r é s t i m o E cartão consignado direcionados a aposentados E pensionistas

E m p r é s t i m o E cartão consignado direcionados a aposentados E pensionistas Empréstimo e ca rt ã o c o n s i g n a d o d irec io na do s a apos e nta do s e pe ns io nis ta s Todo aquele que recebe benefícios de aposentadoria ou pensão por morte pagos pela Previdência Social,

Leia mais

Roteiro Operacional - Banco

Roteiro Operacional - Banco Regime de Contratação (Vínculo) Categoria (Situação) Efetivo 1. PÚBLICO ALVO Todas as Secretarias Condição Estatutário Aposentado Pensionista Todas as Secretarias Todas as Secretarias Público que não atenderemos

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora PORTABILIDADE INSS atividadeinss@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C REFINANCIAMENTO E MARGEM INSS refinanciamentoinss@bancodaycoval.com.br

Leia mais

Edital de Credenciamento 003/2012

Edital de Credenciamento 003/2012 1/5 Edital de Credenciamento 003/2012 1 DO OBJETO: 1.1. O presente Termo tem por objetivo o credenciamento de Instituições Financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, para prestação

Leia mais