VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Portaria n.º 15/2014 de 24 de Março de 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Portaria n.º 15/2014 de 24 de Março de 2014"

Transcrição

1 VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Portri n.º /0 Mrço 0 O Decreto-Lei n.º 8/0, bril, criou inicitiv Licencimento Ze, simplificndo o regime exercício diverss tividd económics, trvés d redução encrgos dministrtivos sobre os ciddãos e s emprs, com eliminção licençs, utorizçõ, vlidçõ, utenticçõ, certificçõ, tos emitidos n sequênci comunicçõ prévis com przo, registos e outs tos permissivos, substituindo-os por um reforço d fisclizção sobre ss tividd. Por su vez, o Decreto Legisltivo Regionl n.º 8/0/A, 8 setemb, criou um regime livre cso e exercício tividd económics n Região Autónom dos Açor, brngendo os s comércio, rturção ou bebids, prtção serviços e rmzengem. O referido regime veio permitir bertur imedit s rturção ou bebids, comércio bens, prtção serviços ou rmzengem, sem necsid d emissão outrs licençs, utorizçõ, vlidçõ, utenticçõ, certificçõ, tos emitidos n sequênci comunicçõ prévis com przo, registos, pgmento txs e outs tos permissivos, substituindo s licençs e utorizçõ dministrtivs por um mer comunicção prévi ou comunicção prévi com przo d informção necsári à verificção do cumprimento dos requisitos legis. Por out ldo, tmbém se concentu e sistemtizou o regime utorizção instlção e modificção s comércio retlho, simplificndo su brngênci e trmitção. A Portri n.º 8/0, 7 feverei, pvou os molos imprsos reltivos à clrção instlção e modificção dos s brngidos pelo Decreto Legisltivo Regionl n.º 8/0/A, 8 setemb. Import, nt ltur, prever o regime ocupção do pço público, bem como comunicção e lterção dos horários funcionmento, corrent d plicção dts mtéris à Região, nos termos previstos no Decreto-Lei n.º 8/0, bril, com s lterçõ intduzids pelo Decreto-Lei n.º /0, julho. Atenndo que o Blcão Único Eletrónico, previsto no rtigo.º do Decreto Legisltivo Regionl n.º 8/0/A, 8 setemb, não se encontr ind disponível, torn-se necsário ssegurr comunicção prévi trvés outs meios, pelo que import pvr os molos imprsos prentr n Câmr Municipl e n Direção Regionl Apoio o Invtimento e à Competitivid. Dte modo, e consirndo que fixção dos elementos intifictivos dos diferent pcedimentos pen portri do memb do Governo Regionl com competênci em mtéri dministrção locl e economi, mnd o Governo Regionl dos Açor, pelo Vice-Printe, o brigo do rtigo 8.º do Decreto-Lei n.º 8/0, bril, com s lterçõ intduzids pelo Decreto-Lei n.º /0, julho, e do disposto no nº do rtigo º do Decreto Legisltivo Regionl n.º 8/0/A, 8 setemb, o seguinte: Artigo.º Objeto

2 São pvdos os molos imprsos reltivos à clrção instlção, modificção e encerrmento s comércio, rturção ou bebids, rmzengem e serviços, prtção serviços rturção ou bebids crácter não sentário e pr ocupção pço público, conforme molos nexos à prente portri, d qul fzem prte integrnte: ) Anexo I Mer Comunicção Prévi Instlção, Modificção e Encerrmento Estbelecimentos Comércio, Rturção ou Bebids, Armzengem e Serviços e Comunicção Horário Funcionmento; b) Anexo II Comunicção Prévi com Przo Instlção ou Modificção Estbelecimentos Comércio, Rturção ou Bebids, Armzengem e Serviços; c) Anexo III Comunicção Prévi com Przo pr Prtção Serviços Rturção ou Bebids Crácter não Sentário; d) Anexo IV - Ocupção do Espço Público; e) Anexo V Pedido Autorizção Prévi Instlção e Modificção Estbelecimentos Comércio Retlho. Artigo.º Pcedimentos - Até à disponibilizção do blcão único eletrónico, previsto no rtigo.º do Decreto Legisltivo Regionl n.º 8/0/A, 8 setemb, os molos imprsos previstos no rtigo nterior são disponibilizdos no Portl do Governo Regionl dos Açor, em Os molos imprsos previstos ns lín ), b) e c) do rtigo nterior são remetidos por vi eletrónic à Direção Regionl Apoio o Invtimento e à Competitivid, pois vidmente ssindos, pr o enreço correio eletrónico que os remeterá, pel m vi, à rpetiv câmr municipl. O molo imprso previsto n líne d) do rtigo nterior é remetido à rpetiv câmr municipl. Pr efeitos do disposto nos nú nterior, cd câmr municipl verá disponibilizr um enreço correio eletrónico pr receção dos formulários. - O molo imprso previsto n líne e) do rtigo nterior é disponibilizdo no Portl do Governo Regionl dos Açor, pondo ser prentdo em suporte eletrónico e remetido à Direção Regionl Apoio o Invtimento e à Competitivid, pois vidmente ssindo. Artigo.º Revogção É revogd Portri n.º 8/0, 7 feverei. Artigo.º Entrd em vigor

3 A prente portri entr em vigor no di seguinte o d su publicção. Vice-Pridênci do Governo, Emprego e Competitivid Emprril. Assind em 8 mrço 0. O Vice-Printe do Governo, Sérgio Humberto Roch Ávil. Anexo I Livre Acso e Exercício Atividd Económics n Região Autónom dos Açor Mer Comunicção Prévi Instlção, Modificção, Encerrmento e Horário Funcionmento Decreto Legisltivo Regionl n.º 8/0/A, 8 setemb A Tipo registo comunicr Instlção Horário funcionmento N.º registo Uso exclusivo DRAIC Encerrmento (*) N.º registo (indicr n.º. Comunic registo ção Alterçã o Modificção já inscritos) Se preencheu modificção, indicr o tipo modificção (**). Amplição/redução d áre vend. Modlid vend. Rmo tivid. pr tbelecimen tos... Ctegori pdutos comercilizdos Nome ou insígni Domicílio fiscl

4 Titulr d explorção do /tivid Núme psos o serviço no Núme máquins em explorção Outr os (*) A comunicção dte fcto po ocorrer no przo 0 dis (**) A comunicção dt lterção po ocorrer no przo 0 dis (com exceção d lterção do rmo tivid) B Intificção do titulr Tipo pso. Nome/Firm NIF/NIPC Pso singulr (emprário em nome individul). Pso coletiv E- mi l Código consult d certidão permnente do registo comercil Mord 7 Fregui 8 Concelho Código - 9 Postl 0 Loclid Postl Estdo/P Ilh ís Telefone -Telemóvel Fx C Intificção do Nome/Insígni Núme título utorizção utilizção do edifício/frção Mord Fregui Concelho Código Postl - 7 Loclid Postl Telefone 8 Ilh 9 -Telemóvel - 0 Áre vend (m) Áre (m) N.º psos o serviço Dt bertur o público Código CAE Dignção d CAE Preencher se o tem secção csóri Código CAE d secção csóri 7 Áre d secção csóri (m)

5 8 Dignção d CAE D Crcterizção d tivid económic sem Código CAE Dignção Dt bertur o público Vend.. Preencher se vend for máquins utomátics Núme máquins em explorção Preencher se vend for pel Internet 7 Enreço do site 8 Enreço eletrónico 9 Ctegori pdutos comercilizdos Ao domicíl io. Pel interne t. - - Máquins utomátics Por corrpondênci postl N.º psos o serviço E Horário funcionmento Dis d semn Segund-feir Terç-feir Qurt-feir Quint feir Sext-feir Sábdo Abertur Interrupção pr lmoço 7 Domingo Encerrmen to semnl Segundfeir eir Terç-feir Qurt-f 8 Sext-feir Sábdo Domingo Interrupção pr jntr Quint-f eir Encerrmento F Declrção Decl que tomei conhecimento e que rpeito integrlmente s obrigçõ intificds no nexo III do Decreto Legisltivo Regionl

6 7 n.º 8/0/A, 8 setemb, e d necsid do edifício ou frção on vou instlr o possuir o título utorizção utilizção comptível com tivid nvolver. Decl que utorizo consult d clrção ou lterção tivid. (Aplicável qundo se trte pso singulr - emprário em nome individul) Cump o horário funcionmento leglmente plicável o. Cump s disposiçõ legis, contrtos coletivos e individuis trblho reltivos à durção semnl e diári trblho, regime turnos e horários trblho, dcnso semnl e remunerçõ, inpenntemente do horário funcionmento do que for dotdo. Afixo o mp horário funcionmento do comercil, com indicção ds hors bertur e encerrmento diário e dos períodos encerrmento e dcnso semnl, em locl bem visível do exterior. Efetuo mer comunicção prévi lterção do horário funcionmento, sempre que t se verifique nt dos limit leglmente fixdos. Solicito um utorizção lrgmento horário funcionmento o município competente, se lterção pretendid excer os limit leglmente fixdos. Dt / / Assintur Este formulário ve ser envido pr o seguinte enreço eletrónico: Anexo II Livre Acso e Exercício Atividd Económics n Região Autónom dos Açor Comunicção Prévi com Przo Dispens Requisitos Decreto Legisltivo Regionl n.º 8/0/A, 8 setemb A Tipo registo comunicr Instlção N.º registo Modificção (indicr n.º registo se inscrito) N.º registo

7 B Intificção do titulr Tipo pso. Nome/Firm NIF/NIPC Pso singulr (emprário em nome individul). Pso coletiv E-m il Código consult d certidão permnente do registo comercil Mord 7 Fregui 8 Concelho Código - 9 Postl 0 Loclid Postl Estdo/P Ilh ís Telefone -Telemóvel Fx C Intificção do Nome/Insígni Núme título utorizção utilizção do edifício/frção Mord Fregui Concelho Código Postl - 7 Loclid Postl Telefone 8 Ilh 9 -Telemóvel - 0 Áre vend (m) Áre (m) N.º psos o serviço Dt bertur o público Dignção Código CAE d CAE Preencher se o tem secção csóri Código CAE d secção csóri 7 8 Dignção d CAE Áre d secção csóri (m)

8 D Horário funcionmento Dis d semn Segund-f eir Terç-feir Qurt-fei r Quint feir Sext-feir Sábdo 7 Domingo Encerrmento semnl Segundfeir 8 Abertur Interrupção pr lmoço Terç-fei r Qurt-f eir Sext-feir Sábdo Domingo Interrupção pr jntr x Quint-f eir Encerrmento E Dispens requisitos legis ou regulmentr Intificção dos requisitos legis ou regulmentr dispensr Fundmentção

9 F 7 Declrção Decl que tomei conhecimento ds obrigçõ corrent d legislção intificd no nexo III do Decreto Legisltivo Regionl n.º 8/0/A, 8 setemb, e qu s rpeito integrlmente, com exceção ds reltivs os requisitos que se solicit dispens, bem como d necsid do edifício ou frção on vou instlr o possuir o título utorizção comptível com tivid exercer. Decl que utorizo consult d clrção ou lterção tivid. (Aplicável qundo se trte pso singulr - emprário em nome individul) Cump o horário funcionmento leglmente plicável o. Cump s disposiçõ legis, contrtos coletivos e individuis trblho reltivos à durção semnl e diári trblho, regime turnos e horários trblho, dcnso semnl e remunerçõ, inpenntemente do horário funcionmento do que for dotdo. Afixo o mp horário funcionmento do comercil, com indicção ds hors bertur e encerrmento diário e dos períodos encerrmento e dcnso semnl, em locl bem visível do exterior. Efetuo mer comunicção prévi lterção do horário funcionmento, sempre que t se verifique nt dos limit leglmente fixdos. Solicito um utorizção lrgmento horário funcionmento o município competente, se lterção pretendid excer os limit leglmente fixdos. G List documentos envir em nexo Plnt loclizção do. Plnt do (dimensõ, ár e usos todos os comprtimentos). Termo rponsbilid subscrito por pso hbilitd ser o utor do pjeto. Dt / / Assintur

10 Este formulário ve ser envido pr o seguinte enreço eletrónico: A instlção só po ocorrer qundo câmr municipl emit dpcho ferimento ou, qundo t não correr, no przo 0 dis úteis. D emissão dpcho ferimento será vido pgmento txs cobrr pel rpetiv câmr municipl. Anexo III Livre Acso e Exercício Atividd Económics n Região Autónom dos Açor Comunicção Prévi com Przo Prtção Serviços Rturção ou Bebids Crcter não Sentário Decreto Legisltivo Regionl n.º 8/0/A, 8 setemb A Tipo registo comunicr Instlção N.º registo Uso exclusivo DRAIC Modificção N.º registo (Estbelec. Encerrmento Inscrito) B Intificção do titulr Tipo pso. Nome/Firm NIF/NIPC Pso singulr (emprário em nome individul). Pso coletiv E-m il Código consult d certidão permnente do registo comercil Mord 7 Fregui 8 Concelho Código - 9 Postl 0 Loclid Postl Estdo/P Ilh ís Telefone -Telemóvel Fx C Tipo e loclizção d prtção serviços Em unid móvel ou movível.. Feirs ou em pços públicos utorizdos pr exercer vend mbulnte Espços públicos ou privdos cso público

11 Instlçõ fixs ns quis ocorrm menos 0 eventos nuis Dt d Dt fim d prtção prtção Código Dignção CAE d CAE D Intificção do (*) Nome/Insígni Núme título utorizção utilizção do edifício/frção Mord Fregui Concelho Código Postl - 7 Loclid Postl Telefone 8 Ilh 9 -Telemóvel - 0 Áre vend (m) Áre (m) N.º psos o serviço Dt bertur o público Dignção d Código CAE CAE E Concelhos on preten nvolver tivid Snt Mri. Vil do Porto. Lgo São Miguel. Nordte Pont. Delgd. Povoção Ribeir. Grn Vil Frnc. do Cmpo

12 Terceir.. Angr do Heísmo Pri d Vitóri Grcios. Snt Cruz São Jorge Pico. Clhet. Vels. Lj. Mdlen. São Roque 7 Fil 7. Hort 8 Flor 8. Lj 8. Snt Cruz 9 Corvo 9. Vil Nov F Crcterizção d unid ou d instlção e d prtção serviços Declrç G ão Decl que tomei conhecimento e cump s obrigçõ legis e regulmentr reltivs às instlçõ e equipmentos rturção ou bebids crácter não sentário, bem como s regrs segurnç públic e os requisitos higiene dos gén limentr. Decl que utorizo consult d clrção ou lterção tivid. (Aplicável qundo se trte pso singulr - emprário em nome individul) H List documentos envir em nexo (*) Termo rponsbilid, subscrito por pso hbilitd ser utor do pjeto, qunto o cumprimento todos os requisitos legis e regulmentr reltivos à instlção e à segurnç contr incêndios. Plnt loclizção do

13 (*) No cso instlçõ fixs ns quis ocorrm menos 0 eventos nuis Dt / / Assintur Este formulário ve ser envido pr o seguinte enreço eletrónico: A instlção só po ocorrer qundo câmr municipl emit dpcho ferimento ou, qundo t não correr, no przo 0 dis úteis. D emissão dpcho ferimento será vido pgmento txs cobrr pel rpetiv câmr municipl. Anexo IV Ocupção do Espço Público Artigo 0.º.º do Decreto-Lei n.º 8/0, bril A Tipo registo comunicr Instlção Encerrme nto B Intificção do titulr Tipo pso. Pso singulr (emprário em nome individul). Pso coletiv Nome/Firm NIF/NIPC E-m il Código consult d certidão permnente do registo comercil Mord 7 Fregui 8 Concelho 9 Código Postl - 0 Loclid Postl Ilh Estdo/Pí s Telefone -Telemóvel Fx

14 C Intificção do Nome/Insígni Núme título utorizção utilizção do edifício/frção Mord Fregui Código Postl 8 Ilh 9 Preencher se loclizção do é cent comercil ou mercdo 0 Dignção Piso - 7 Concel ho Loclid Postl Telefone -Telemóvel - N.º loj/bnc D Ocupção do Espço Público - equipmentos instlr D Anúncio luminoso, ilumindo ou eletrónico Medid totl / Quntid Unid Periodici d Anul Mensl dis qudrdo Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. Dt D Medid totl / Quntid Arc ou máquin geldos Unid qudrdo

15 Periodicidd e Anul Mensl dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. Dt D Blão ou insuflável Medid totl / Quntid Periodicid Anul Mensl e s Unid qudrdo dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. Dt D Bnir Medid totl / Quntid Periodici d Loclizção do Equipmento Anu l Men sl Unid dis Junto à fchd d Áre contígu o qudrdo

16 Dt Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D Bnil Medid totl / Quntid Periodici d Anu l Men sl Unid dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Dt qudrdo Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D Brinquedo Mecânico Medid totl / Quntid Periodicidd e Anul Mensl Unid qudrdo dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. Dt

17 Crt D7 z Medid totl / Quntid Periodicid Loclizção do Equipmento Dt Anu l Men sl Unid qudrdo dis Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D 8 Cvlete Medid totl / Quntid Periodicid Anu l Mens l Unid dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Dt qudrdo Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D9 Chp Medid totl / Quntid Periodicid Loclizção do Equipmento Anu l Men sl Unid dis Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento qudrdo

18 Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. Dt D 0 Colun Medid totl / Quntid Periodicid Loclizção do Equipmento Dt Anu l Men sl Unid qudrdo dis Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D Contentor pr ríduos Medid totl / Quntid Periodicidd e Anul Mensl Unid qudrdo dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. Dt

19 D Esplnd bert Medid totl / Quntid Periodicid Anu l Mens l Unid dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Dt qudrdo Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D 7 Estr do Apoio um pnd? Sim Não Medid totl / Unid Quntid Periodicid Loclizção do Equipmento Dt Anu l Men sl qudrdo dis Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D Expositor Medid totl / Quntid Periodicid Anu l Mens l Unid qudrdo

20 dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. Dt D Fix ou fit Medid totl / Quntid Periodicid Anu l Mens l Unid dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Dt qudrdo Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D Florei r Medid totl / Quntid Periodicid Loclizção do Equipmento Dt Anul Mens l Unid qudrdo dis Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr.

21 D 7 Gurd-Vent o Apoio um pnd? Sim Não Medid totl / Unid Quntid Periodicid Anu l Mens l dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento 7 Dt qudrdo Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D 8 Medid totl / Quntid Periodicid Letrs solts ou símbolos Anul Mensl Unid qudrdo dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. Dt D 9 Moldurs Medid totl / Quntid Periodici d Anu l Men sl dis Unid qudrdo

22 Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. Dt D 0 Mupi Medid totl / Quntid Periodicid Loclizção do Equipmento Dt Anu l Men sl Unid qudrdo dis Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D Pinel ou outoor Medid totl / Quntid Periodicid Anu l Mens l Unid dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento qudrdo Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr.

23 Dt D Pend ão Medid totl / Quntid Periodicid Loclizção do Equipmento Dt Anu l Men sl Unid qudrdo dis Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D Plc Medid totl / Quntid Periodicid Loclizção do Equipmento Dt Anu l Men sl Unid qudrdo dis Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D Tbulet Medid totl / Quntid Periodici d Anu l Unid qudrdo

24 Men sl dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. Dt D Tel ou lon Medid totl / Quntid Periodici d Anu l Men sl Unid dis Loclizção do Equipmento Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Dt qudrdo Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D Toldo ou snef Medid totl / Quntid Periodici d Loclizção do Equipmento Anu l Men sl Unid dis Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento qudrdo

25 Dt Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D 7 Vinil Medid totl / Quntid Periodicid Loclizção do Equipmento Dt Anu l Men sl Unid qudrdo dis Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. D 8 Vitrin Medid totl / Quntid Periodicid Loclizção do Equipmento Dt Anu l Men sl Unid qudrdo dis Junto à fchd d Áre contígu o Pretendo inscrever ou fixr mensgens publicitáris no equipmento Mensgem nturez comercil e publicit um ds seguint ár: bens ou serviços comercilizdos no, logótipo d mrc comercil, nome do, nome do titulr. E Cumprimento dos critérios dos equipmentos instldos Cump todos os critérios pr os diferent equipmentos Se instlção do equipmento não cumprir lguns dos critérios indicdos, dcrev s condiçõ instlção

26 Qundo o equipmento instlr ou su loclizção não cumpr um ou mis requisitos legis ou regulmentr, instlção só po ocorrer qundo Câmr Municipl emit dpcho ferimento ou, qundo t não se pnuncie, pós o curso do przo 0 dis úteis, contr do pgmento ds txs vids F Declrção Decl que rpeito integrlmente s obrigçõ legis e regulmentr sobre ocupção do pço público Decl que utorizo consult d clrção ou lterção tivid. (Aplicável qundo se trte pso singulr - emprário em nome individul) G List documentos envir em nexo Documento loclizção do Dt / / Assintur Este formulário ve ser envido ou entregue n Câmr Municipl competente. Ns situçõ em que o serviço tá sujeito o pgmento um tx à entid competente, te formulário só é válido como título qundo compnhdo do rpetivo compvtivo pgmento.

27

28

29

01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente. Pág. a. 02. Termo de responsabilidade do técnico pela ocupação da via pública. Pág.

01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente. Pág. a. 02. Termo de responsabilidade do técnico pela ocupação da via pública. Pág. Câmr Municipl d Amdor DAU - Deprtmento de Administrção Urbnístic OCUPAÇÃO DA VIA PÚBLICA 20 Assunto: Ocupção d Vi Públic. MOD. 20/CMA/DAU/2004 FOLHA 00 List de Documentos (Consultr instruções em nexo)

Leia mais

U04.6. Câmara Municipal da Amadora. Pág. 1 a. 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009) 01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente.

U04.6. Câmara Municipal da Amadora. Pág. 1 a. 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009) 01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente. Câmr Municipl d Amdor Deprtmento de Administrção U04.6 Urbnísitic EMISSÃO DE LICENÇA ESPECIAL OU COMUNICAÇÃO PRÉVIA PARA OBRAS INACABADAS LISTA DE DOCUMENTOS 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009)

Leia mais

Conheça a sua fatura da água!

Conheça a sua fatura da água! Conheç su ftur d águ! Jneiro de 20 FATURA/RECIBO N.º: 27 VALOR 8,7 Euros Município de Reguengos de Monsrz Titulr / Locl Mord ou sítio de leitur/do contdor Loclidde d mord de leitur NIF: Áre NIPC 07 040

Leia mais

TEMA CENTRAL: A interface do cuidado de enfermagem com as políticas de atenção ao idoso.

TEMA CENTRAL: A interface do cuidado de enfermagem com as políticas de atenção ao idoso. TERMO DE ADESÃO A POLITICA DE INSCRIÇÃO NOS EVENTOS DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM 9ª. JORNADA BRASILEIRA DE ENFERMAGEM GERIÁTRICA E GERONTOLÓGICA TEMA CENTRAL: A interfce do cuiddo de enfermgem

Leia mais

Oferta n.º 1260. Praça do Doutor José Vieira de Carvalho 4474-006 Maia Tel. 229 408 600 Fax 229 412 047 educacao@cm-maia.pt www.cm-maia.

Oferta n.º 1260. Praça do Doutor José Vieira de Carvalho 4474-006 Maia Tel. 229 408 600 Fax 229 412 047 educacao@cm-maia.pt www.cm-maia. Procedimento de seleção pr recrutmento de Técnicos no âmbito do Progrm de Atividdes de Enriquecimento Curriculr do 1.º Ciclo de Ensino Básico Inglês Ofert n.º 1260 A Câmr Municipl Mi procede à bertur do

Leia mais

Ilha Solteira, 17 de janeiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013

Ilha Solteira, 17 de janeiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013 Nossos prceiros Pel trnsprênci e qulidde d plicção dos recursos públicos Ilh Solteir, 17 de jneiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013 Ao Exmo. Sr. Alberto dos Sntos Júnior Presidente d Câmr Municipl de Ilh

Leia mais

DECRETO Nº 27631. de 22 de abril de 2010.

DECRETO Nº 27631. de 22 de abril de 2010. DECRETO Nº 27631 de 22 de bril de 2010. Regulment Períci Médic e Ocupcionl dos servidores municipis d Prefeitur de Gurulhos. SEBASTIÃO DE ALMEIDA, PREFEITO DA CIDADE DE GUARULHOS, no uso de sus tribuições

Leia mais

PREÇÁRIO Informação de Produtos e Serviços Aviso nº 1/95 do Banco de Portugal

PREÇÁRIO Informação de Produtos e Serviços Aviso nº 1/95 do Banco de Portugal 01-08-09 / Pág. 1/12 CRÉDITO PESSOAL CRÉDITO NO PONTO DE VENDA - PARTICULARES Crédito Lr Txs Representtivs Tx Preferencil Tx Nominl Nominl 7,500% 29,500% 18,3% CRÉDITO NO PONTO DE VENDA - EMPRESAS Crédito

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE FERREIRA DO ZÊZERE

CÂMARA MUNICIPAL DE FERREIRA DO ZÊZERE CAPITULO I VENDA DE LOTES DE TERRENO PARA FINS INDUSTRIAIS ARTIGO l. A lienção, trvés de vend, reliz-se por negocição direct com os concorrentes sendo o preço d vend fixo, por metro qudrdo, pr um ou mis

Leia mais

Oferta n.º 1274; 1275 e 1276

Oferta n.º 1274; 1275 e 1276 Procedimento de seleção pr recrutmento de Técnicos no âmbito do Progrm de Atividdes de Enriquecimento Curriculr do 1.º Ciclo de Ensino Básico Inglês Ofert n.º 1274; 1275 e 1276 A Câmr Municipl Mi procede

Leia mais

IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE AS TRANSMISSÕES ONEROSAS DE IMÓVEIS - (IMT) DECLARAÇÃO PARA LIQUIDAÇÃO OFICIOSA Modelo 1 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO

IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE AS TRANSMISSÕES ONEROSAS DE IMÓVEIS - (IMT) DECLARAÇÃO PARA LIQUIDAÇÃO OFICIOSA Modelo 1 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE AS TRANSMISSÕES ONEROSAS DE IMÓVEIS - (IMT) DECLARAÇÃO PARA LIQUIDAÇÃO OFICIOSA Modelo 1 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DECLARAÇÃO MODELO 1 Est declrção destin-se solicitr liquidção

Leia mais

Mod. 65 - Emp. - Julho 2015

Mod. 65 - Emp. - Julho 2015 Mod. 65 - Emp. - Julho 2015 1 6 CARTÃO DE CRÉDITO EMPRESA UNICRE Condições Geris de Utilizção, Direitos e Deveres ds Prtes Elbords de cordo com o Aviso nº 11/2001 de 20/11 do Bnco de Portugl, o Regulmento

Leia mais

OCUPAÇÃO DE ESPAÇO PÚBLICO

OCUPAÇÃO DE ESPAÇO PÚBLICO A - IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE Nome Na qualidade de Próprio Representante Sócio-gerente/gerente/administrador/diretor E-mail Telemóvel Telefone Fax [Preencher se for REPRESENTANTE] Código de consulta

Leia mais

Edital de Processo Seletivo Nº 21/2015

Edital de Processo Seletivo Nº 21/2015 Editl de Processo Seletivo Nº 21/2015 O SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO PIAUÍ, SENAC-PI, no uso de sus tribuições regimentis, torn público que estão berts

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 004/2012 UNEMAT A, no uso de sus tribuições legis e em cumprimento ds norms prevists no rtigo

Leia mais

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra Serviços de Acção Socil d Universidde de Coimbr Serviço de Pessol e Recursos Humnos O que é o bono de fmíli pr crinçs e jovens? É um poio em dinheiro, pgo menslmente, pr judr s fmílis no sustento e n educção

Leia mais

Obras de Construção/Alteração/Ampliação, em área não abrangida por operação de loteamento.

Obras de Construção/Alteração/Ampliação, em área não abrangida por operação de loteamento. Câmr Municipl d Amdor Deprtmento de Administrção Urbnísitic U04 LICENCIAMENTO OU COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO CONSTRUÇÃO/RECONSTRUÇÃO/AMPLIAÇÃO/ALTERAÇÃO (ASSINALAR O TIPO DE PEDIDO) LICENCIAMENTO

Leia mais

Mod. 248-1 Tit. - Abril 2015

Mod. 248-1 Tit. - Abril 2015 Mod. 248-1 Tit. - Abril 2015 1 6 CARTÃO DE CRÉDITO PARTICULAR UNICRE Condições Geris de Utilizção, Direitos e Deveres ds Prtes Elbords de cordo com o Aviso nº 11/2001 de 20/11 do Bnco de Portugl, o Regulmento

Leia mais

I - Celebração, Modificação e Cessação do Contrato 1.

I - Celebração, Modificação e Cessação do Contrato 1. 1 6 CARTÃO DE CRÉDITO PARTICULAR SOC. COMERCIAL C. SANTOS Montepio Crédito - Instituição Finnceir de Crédito, S.A. Condições Geris de Utilizção, Direitos e Deveres ds Prtes Elbords de cordo com o Aviso

Leia mais

CÁLCULO E INSTRUMENTOS FINANCEIROS I (2º ANO)

CÁLCULO E INSTRUMENTOS FINANCEIROS I (2º ANO) GESTÃO DE EMPRESAS CÁLCULO E INSTRUMENTOS FINANCEIROS I (2º ANO) Exercícios Amortizção de Empréstimos EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Exercício 1 Um empréstimo vi ser reembolsdo trvés de reembolsos nuis, constntes

Leia mais

GUIA PRÁTICO ABONO DE FAMILIA PARA CRIANÇAS E JOVENS

GUIA PRÁTICO ABONO DE FAMILIA PARA CRIANÇAS E JOVENS Mnul de GUIA PRÁTICO ABONO DE FAMILIA PARA CRIANÇAS E JOVENS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Deprtmento/Gbinete Pág. 1/26 FICHA TÉCNICA TÍTULO Gui Prático Abono de fmíli pr crinçs e jovens

Leia mais

Mod. 248-1 Tit. - Julho 2015

Mod. 248-1 Tit. - Julho 2015 1 6 CARTÃO DE CRÉDITO PARTICULAR UNICRE Condições Geris de Utilizção, Direitos e Deveres ds Prtes Elbords de cordo com o Aviso nº 11/2001 de 20/11 do Bnco de Portugl, o Regulmento (CE) nº 924/2009, o Decreto-Lei

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO. DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turma K)

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO. DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turma K) ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turm K) PLANIFICAÇÃO ANUAL Diretor do Curso Celso Mnuel Lim Docente Celso Mnuel

Leia mais

NORMA REGULAMENTADORA 1 - NR 1 DISPOSIÇÕES GERAIS

NORMA REGULAMENTADORA 1 - NR 1 DISPOSIÇÕES GERAIS NORMA REGULAMENTADORA 1 - NR 1 DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1. As Norms Regulmentdors - NR, reltivs à segurnç e medicin do trblho, são de observânci obrigtóri pels empress privds e públics e pelos órgãos públicos

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 083/2003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2003.

LEI COMPLEMENTAR Nº 083/2003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2003. LEI COMPLEMENTAR Nº 083/2003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2003. INSTITUI A TAXA DE SERVIÇO DE LIMPEZA URBANA, COLETA E DESTINAÇÃO FINAL DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DO MUNICÍPIO DE TANGARÁ DA SERRA-MT E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA 1 - Ddos do Proponente 1.1- Nome d Entidde 1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Dt d Fundção 1.5- Endereço 20/09/2011 1.6- Município 1.7- CEP 1.8- U F

Leia mais

SESSÃO DE ESCLARECIMENTO L LICENCIAMENTO ZERO DE SERVIÇOS DIRETIVA ERO E ERVIÇOS

SESSÃO DE ESCLARECIMENTO L LICENCIAMENTO ZERO DE SERVIÇOS DIRETIVA ERO E ERVIÇOS SESSÃO DE ESCLARECIMENTO L LICENCIAMENTO ZERO ERO E D DIRETIVA DE SERVIÇOS ERVIÇOS 2014 OBJETIVOS Compreender a novidade regulamentar associado à Diretiva de Serviços e à Iniciativa Licenciamento Zero;

Leia mais

5ª EDIÇÃO FEIRA DE TURISMO DA BAHIA O QUE OS TURISTAS VÃO FAZER ANTES, DURANTE E DEPOIS DA COPA DE 2014? ESTÁ NA HORA DE AMARRAR AS CHUTEIRAS.

5ª EDIÇÃO FEIRA DE TURISMO DA BAHIA O QUE OS TURISTAS VÃO FAZER ANTES, DURANTE E DEPOIS DA COPA DE 2014? ESTÁ NA HORA DE AMARRAR AS CHUTEIRAS. 5ª EDIÇÃO O QUE OS TURISTAS VÃO FAZER ANTES, DURANTE E DEPOIS DA COPA DE 01? ESTÁ NA HORA DE AMARRAR AS CHUTEIRAS. FEIRA DE TURISMO DA BAHIA 01 Cpcitção Plestrs Debtes Workshops Rodd de Negócios Como se

Leia mais

Questionário. Base de Dados dos Recursos Humanos da Área Jurídica da Administração Pública da Região Administrativa Especial de Macau

Questionário. Base de Dados dos Recursos Humanos da Área Jurídica da Administração Pública da Região Administrativa Especial de Macau Registo inicil Actulizção de ddos Direcção dos Serviços d Reform Jurídic e do Direito Interncionl Questionário Bse de Ddos dos Recursos Humnos d Áre Jurídic d Administrção Públic d Região Administrtiv

Leia mais

PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE - PSG 1º EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SENAC/AL

PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE - PSG 1º EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SENAC/AL PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE - PSG 1º EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SENAC/AL 1. DO PROGRAMA 1.1. O PSG destin-se pessos de bix rend cuj rend fmilir mensl per cpit não ultrpsse 2 slários mínimos federis,

Leia mais

1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Data da Fundação. 1-10 - Nome do Presidente 1.11-C P F 1.12- RG

1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Data da Fundação. 1-10 - Nome do Presidente 1.11-C P F 1.12- RG 1 - DADOS DO PROPONENTE 1.1- Nome d Entidde 1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Dt d Fundção 1.5- Endereço 20/09/2011 1.6- Município 1.7- CEP 1.8- U F 1.9- Telefone 1-10 - Nome do Presidente 1.11-C P

Leia mais

LICENCIAMENTO ZERO. As novas regras para o exercício das atividades económicas PERGUNTAS FREQUENTES PROCEDIMENTOS CONCEITOS

LICENCIAMENTO ZERO. As novas regras para o exercício das atividades económicas PERGUNTAS FREQUENTES PROCEDIMENTOS CONCEITOS LICENCIAMENTO ZERO As novas regras para o exercício das atividades económicas CONCEITOS PROCEDIMENTOS PERGUNTAS FREQUENTES VILA VERDE APOIA A ATIVIDADE ECONÓMICA O Licenciamento Zero é uma iniciativa que

Leia mais

Ocupação do espaço público

Ocupação do espaço público A Identificação do requerente Nome N.º de identificação civil Tipo de documento CC / BI Passaporte Na qualidade de: Próprio Representante Sócio-gerente / gerente / administrador / diretor Preencher se

Leia mais

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU 1 ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU EDITAL UFU/PREFE/044/2010 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO(A) A Pró-reitori de Grdução d Universidde Federl de Uberlândi, mprd no rtigo 248 ds Norms de Grdução

Leia mais

CONSULTE A LISTA DE CONVÊNIOS PARTICIPANTES DA PROMOÇÃO

CONSULTE A LISTA DE CONVÊNIOS PARTICIPANTES DA PROMOÇÃO CONSULTE A LISTA DE CONVÊNIOS PARTICIPANTES DA PROMOÇÃO Fundção d UFPR (Desenvolvimento d Ciênci, tecnologi e d cultur) - FUNPAR Fundo Previdenciário do Município de Pulist Governo do Estdo d Príb Governo

Leia mais

SALÃO INTERNACIONAL DO MÓVEL - MILÃO 2015. artchitectours

SALÃO INTERNACIONAL DO MÓVEL - MILÃO 2015. artchitectours SALÃO INTERNACIONAL DO MÓVEL - MILÃO 2015 rtchitectours SALONE INTERNAZIONALE DEL MOBILE DI MILANO 2015 A Feir de Móveis de Milão é mior feir do gênero no mundo. A exposição present o mis recente em mobiliário

Leia mais

6.1 Recursos de Curto Prazo ADMINISTRAÇÃO DO CAPITAL DE GIRO. Capital de giro. Capital circulante. Recursos aplicados em ativos circulantes (ativos

6.1 Recursos de Curto Prazo ADMINISTRAÇÃO DO CAPITAL DE GIRO. Capital de giro. Capital circulante. Recursos aplicados em ativos circulantes (ativos ADMINISTRAÇÃO DO CAPITAL DE GIRO 6.1 Recursos de curto przo 6.2 Administrção de disponibiliddes 6.3 Administrção de estoques 6.4 Administrção de conts 6.1 Recursos de Curto Przo Administrção Finnceir e

Leia mais

- NORMA REGULAMENTADORA Nº 5 COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES - CIPA

- NORMA REGULAMENTADORA Nº 5 COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES - CIPA - NORMA REGULAMENTADORA Nº COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES - CIPA Aprovd pel Portri GM/MTB nº. - DOU //. DO OBJETIVO Título do item. d NR crescido pelo rt. º d Portri SSMT nº - DOU //.. - Comissão

Leia mais

EDITAL/SEE Nº 002/2014

EDITAL/SEE Nº 002/2014 EDITAL/SEE Nº 002/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE MONITOR/A PROFESSOR/A INDÍGENA DO ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO PARA AS ESCOLAS INDÍGENAS DA REDE ESTADUAL DE

Leia mais

Finalidade Pessoa Física Residencial

Finalidade Pessoa Física Residencial Gui de Contrtção Finlidde Pesso Físic Residencil Setembro/2013 O correto preenchimento e envio de documentos é ponto importnte n contrtção do Seguro Aluguel ou Finç Loctíci. Elbormos este gui pr judá-lo

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: ETEC ANHANQUERA Município: Sntn de Prníb Áre de Conhecimento: : Proteção e Prevenção Componente Curriculr: LNR Legislção e Norms Regulmentodors

Leia mais

Cartilha Explicativa. Segurança para quem você ama.

Cartilha Explicativa. Segurança para quem você ama. Crtilh Explictiv Segurnç pr quem você m. Bem-vindo, novo prticipnte! É com stisfção que recebemos su desão o Fmíli Previdênci, plno desenhdo pr oferecer um complementção de posentdori num modelo moderno

Leia mais

Despacho n97/2015 ESTATUTOS ESPECIAIS

Despacho n97/2015 ESTATUTOS ESPECIAIS U EtI!O FACULUAUEDE Despcho n97/2015 ESTATUTOS ESPECIAIS Consirndo lgums düvids surgids, no no letivo trnsto, cerc do ärnbito pliccào lguns esttutos especlis, import clrificr quern porn ser tribuldos os

Leia mais

TARIFÁRIO 2016 Operadora Nacional SEMPRE PERTO DE VOCÊ

TARIFÁRIO 2016 Operadora Nacional SEMPRE PERTO DE VOCÊ TARIFÁRIO 2016 Operdor Ncionl SEMPRE PERTO DE VOCÊ 24 HOTÉIS PORTUGAL E BRASIL LAZER E NEGÓCIOS CIDADE, PRAIA E CAMPO Os Hotéis Vil Glé Brsil Rio de Jneiro VILA GALÉ RIO DE JANEIRO 292 qurtos 2 resturntes

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM SINAIZAÇÃ SINAIZAÇÃ - SINAIZAÇÃ INSIUIÇÃ: CNMÍNI (áres de interesse coletivo) PAVIMN: Subsolo, érreo e Andr. otem xterno de Identificção SPCIFICAÇÃ otem de lumínio de 2 fces, medindo 200 x 570 cm, composto

Leia mais

Por uma Administração Pública em Tempo Real

Por uma Administração Pública em Tempo Real Por uma Administração Pública em Tempo Real 22 de Março de 2012 Auditório B, Reitoria UNL Patrocínio Principal Outros Patrocinadores Apoios Patrocinadores Globais APDSI Conferência Por uma Administração

Leia mais

Um parceiro com objectivos

Um parceiro com objectivos Um prceiro com objectivos Índice 1. Sistem de Automção scolr... 3 2. Portri... 5 3. Gestão Finnceir I... 6 4. Sls de Aul... 14 5. Internet... 15 6. Gestão de Alunos.. 16 7. sttístics. 17 8. Inforvist:

Leia mais

Área de Conhecimento ARTES. Período de Execução. Matrícula. Telefone. (84) 8112-2985 / ramal: 6210

Área de Conhecimento ARTES. Período de Execução. Matrícula. Telefone. (84) 8112-2985 / ramal: 6210 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA DE APOIO INSTITUCIONAL À EXTENSÃO PROJETOS DE EXTENSÃO EDITAL 01/014-PROEX/IFRN Os cmpos sombredos

Leia mais

about us zone soft mercado nacional clientes vs softwares

about us zone soft mercado nacional clientes vs softwares bout us zone soft mercdo ncionl clientes vs softwres S Cfé S Rest S POS 1 bout us fturção fturção zone soft 2 bout us the crew Suporte Técnico 3 colbordores Apoio Agentes Testes Softwre Desenvolvimento

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Auxiliar de Contabilidade

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Auxiliar de Contabilidade Plno de Trblho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Hbilitção Profissionl: Técnic de nível médio de Auxilir de Contbilidde

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RECEÇÃO. DISCIPLINA: OPERAÇÕES TÉCNICAS DE RECEÇÃO (12º Ano Turma M)

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RECEÇÃO. DISCIPLINA: OPERAÇÕES TÉCNICAS DE RECEÇÃO (12º Ano Turma M) ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RECEÇÃO DISCIPLINA: (12º Ano Turm M) PLANIFICAÇÃO ANUAL Diretor do Curso Teres Sous Docente Teres Bstos Ano Letivo 2015/2016 Competêncis

Leia mais

Vo t a ç ão TEXTO DO CONGRESSO. PROPOSTA DO GOVERNO / Partidos da Base PROPOSTAS DAS BANCADAS DE OPOSIÇÃO E / OU ATEMPA / SIMPA

Vo t a ç ão TEXTO DO CONGRESSO. PROPOSTA DO GOVERNO / Partidos da Base PROPOSTAS DAS BANCADAS DE OPOSIÇÃO E / OU ATEMPA / SIMPA PROPOSTA DO GOVERNO / Prtidos d Bse PROPOSTAS DAS BANCADAS DE OPOSIÇÃO do Governo (Mensgem Retifictiv) E / OU ATEMPA / SIMPA Vo t ç ão TEXTO DO CONGRESSO Diverss estrtégis pr tingir s mets Emend 1- exclui

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.768, DE 25 DE OUTUBRO DE 2005

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.768, DE 25 DE OUTUBRO DE 2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº.768, DE 5 DE OUTUBRO DE 005 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de sus tribuições legis, e considerndo o disposto n Portri MP no 08, de de julho

Leia mais

Considerando a necessidade de contínua atualização do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores - PROCONVE;

Considerando a necessidade de contínua atualização do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores - PROCONVE; http://www.mm.gov.br/port/conm/res/res97/res22697.html Pge 1 of 5 Resoluções RESOLUÇÃO Nº 226, DE 20 DE AGOSTO DE 1997 O Conselho Ncionl do Meio Ambiente - CONAMA, no uso ds tribuições que lhe são conferids

Leia mais

1.8 Não será permitida a inscrição simultânea em mais de 2 (dois) componentes curriculares a serem lecionados no mesmo período.

1.8 Não será permitida a inscrição simultânea em mais de 2 (dois) componentes curriculares a serem lecionados no mesmo período. VISO PÚBLICO Nº 04/UNOESC-R/2015 O Reitor d Universidde do Oeste de Snt Ctrin Unoesc, Unoesc Virtul, entidde educcionl, crid pel Lei Municipl nº 545/68 e estruturd de direito privdo, sem fins lucrtivos,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ILUMINAÇÃO TÉCNICA FÁBRICAS DE CULTURA

TERMO DE REFERÊNCIA ILUMINAÇÃO TÉCNICA FÁBRICAS DE CULTURA TERMO DE REFERÊNCIA ILUMINAÇÃO TÉCNICA FÁBRICAS DE CULTURA CAPÃO REDONDO Ru Lubvitch, 64 01123010 Bom Retiro São Pulo SP Tel/Fx: 11 3361 4976 www.poiesis.org.br TRIluminção Técnic ArenCPR ÍNDICE DO TERMO

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Pge 1 of 59 Presidênci d Repúblic Cs Civil Subchefi pr Assuntos Jurídicos LEI COMPLEMENTAR Nº 123, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2006 (Republicção em tendimento o disposto no rt. 5º d Lei Complementr nº 139, de

Leia mais

Proteja o que tem de mais valioso, o resultado das suas ideias! Procure o Gabinete de Apoio Técnico do +Valor PME

Proteja o que tem de mais valioso, o resultado das suas ideias! Procure o Gabinete de Apoio Técnico do +Valor PME Protej o que tem de mis vlioso, o resultdo ds sus ideis! www.misvlorpme.pt VlorPME APOIAR, DIFUNDIR E ORGANIZAR A PROPRIEDADE INDUSTRIAL + futuro + inovção + proteção + competitividde + vlor www.misvlorpme.pt

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO

PLANO ANUAL DE TRABALHO PLANO ANUAL DE TRABALHO DE ARAUCÁRIA 06 smed@rucri.pr.gov.br 1 1. APRESENTAÇÃO O Conselho Municipl de Educção CME de Arucári, crido nos termos d Lei Municipl nº 1.527/04, de 02 de novembro de 04, é o órgão

Leia mais

07 AVALIAÇÃO DO EFEITO DO TRATAMENTO DE

07 AVALIAÇÃO DO EFEITO DO TRATAMENTO DE 07 AVALIAÇÃO DO EFEITO DO TRATAMENTO DE SEMENTES NA QUALIDADE FISIOLOGICA DA SEMENTE E A EFICIENCIA NO CONTROLE DE PRAGAS INICIAIS NA CULTURA DA SOJA Objetivo Este trblho tem como objetivo vlir o efeito

Leia mais

ESTRATÉGIA e-sus ATENÇÃO BÁSICA

ESTRATÉGIA e-sus ATENÇÃO BÁSICA NOTA TÉCNICA 07 2013 ESTRATÉGIA e-sus ATENÇÃO BÁSICA E SISTEMA DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE DA ATENÇÃO BÁSICA - SISAB Brsíli, 19 de bril de 2013 (tulizd em julho de 2013 com Portri nº 1.412, de 10 de julho de

Leia mais

Português. Manual de Instruções. Função USB. Transferindo padrões de bordado para a máquina Atualização fácil da sua máquina

Português. Manual de Instruções. Função USB. Transferindo padrões de bordado para a máquina Atualização fácil da sua máquina Mnul de Instruções Função USB Trnsferindo pdrões de borddo pr máquin Atulizção fácil d su máquin Português Introdução Este mnul fornece descrições sobre trnsferênci de pdrões de borddo de um mídi USB

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos http://www.plnlto.gov.br/ccivil_03/eis/cp/cp139.htm Pge 1 sur 22 Presidênci d Repúblic Cs Civil Subchefi pr Assuntos Jurídicos EI COMPEMENTAR Nº139, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2011 Mensgem de veto Vigênci Alter

Leia mais

Acoplamento. Tipos de acoplamento. Acoplamento por dados. Acoplamento por imagem. Exemplo. É o grau de dependência entre dois módulos.

Acoplamento. Tipos de acoplamento. Acoplamento por dados. Acoplamento por imagem. Exemplo. É o grau de dependência entre dois módulos. Acoplmento É o gru de dependênci entre dois módulos. Objetivo: minimizr o coplmento grndes sistems devem ser segmentdos em módulos simples A qulidde do projeto será vlid pelo gru de modulrizção do sistem.

Leia mais

ÍNDICE Registro De Empregados 5 Informações Básicas 5 Documentação Para O Registro 5 Sistema Informatizado 6 Conceito Trabalhadores 6 Empregado 6

ÍNDICE Registro De Empregados 5 Informações Básicas 5 Documentação Para O Registro 5 Sistema Informatizado 6 Conceito Trabalhadores 6 Empregado 6 1 ÍNDICE Registro De Empregdos 5 Informções Básics 5 Documentção Pr O Registro 5 Sistem Informtizdo 6 Conceito Trblhdores 6 Empregdo 6 Empregdo Rurl 6 Empregdo Doméstico 6 Empregdo Temporário 6 Aprendiz

Leia mais

Manual de Operação e Instalação

Manual de Operação e Instalação Mnul de Operção e Instlção Clh Prshll MEDIDOR DE VAZÃO EM CANAIS ABERTOS Cód: 073AA-025-122M Rev. B Novembro / 2008 S/A. Ru João Serrno, 250 Birro do Limão São Pulo SP CEP 02551-060 Fone: (11) 3488-8999

Leia mais

... ... a. Anexo I - Tabela de Tolerâncias Dimensionais e de Montagem de Elementos Pré-Fabricados. Identificação: A1.N2 Revisão: 03 Folha: 3 / 5

... ... a. Anexo I - Tabela de Tolerâncias Dimensionais e de Montagem de Elementos Pré-Fabricados. Identificação: A1.N2 Revisão: 03 Folha: 3 / 5 Identificção: A1.N2 Revisão: 03 Folh: 1 / 5 Função do Elemento Pinéis Arquitetônicos (item b1 do requisito Pilres, Vis, Pórticos, Terçs e Escds (itens b2, b3 e b4 do requisito Ljes Armds ou Protendids

Leia mais

AGENTE ADMINISTRATIVO DO MP/RS DIREITO ADMINISTRATIVO DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO RS

AGENTE ADMINISTRATIVO DO MP/RS DIREITO ADMINISTRATIVO DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO RS 1 SUMÁRIO I. Administrção Públic... II. Atos Administrtivos... III. Poder de Políci... IV. Serviço Público... V. Responsbilidde Civil do Estdo... VI. Controle d Administrção Públic... 02 09 21 23 25 27

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS

FICHA DE INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E GESTÃO DO ESTADO DO CEARÁ POLÍCIA MILITAR DO CEARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NO CARGO DE SOLDADO PM

Leia mais

LEI Nº 5.580. Institui o Plano de Carreira e Vencimentos do Magistério Público Estadual do Espírito Santo O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

LEI Nº 5.580. Institui o Plano de Carreira e Vencimentos do Magistério Público Estadual do Espírito Santo O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO LEI Nº 5.580 Institui o Plno de Crreir e Vencimentos do Mgistério Público Estdul do Espírito Snto O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Fço sber que Assembléi Legisltiv decretou e eu snciono seguinte

Leia mais

Internação WEB BR Distribuidora v20130701.docx. Manual de Internação

Internação WEB BR Distribuidora v20130701.docx. Manual de Internação Mnul de Internção ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 FATURAMENTO... 3 PROBLEMAS DE CADASTRO... 3 PENDÊNCIA DO ATENDIMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO

Leia mais

MRP / MRP II MRP MRP / MRP II 28/04/2009. www.paulorodrigues.pro.br. Material Required Planning (anos 60) Manufacturing Resource Planning (anos 80)

MRP / MRP II MRP MRP / MRP II 28/04/2009. www.paulorodrigues.pro.br. Material Required Planning (anos 60) Manufacturing Resource Planning (anos 80) MSc. Pulo Cesr C. Rodrigues pulo.rodrigues@usc.br www.pulorodrigues.pro.br Mestre em Engenhri de Produção MRP Mteril Required Plnning (nos 60) Mnufcturing Resource Plnning (nos 80) MRP = Mteril Requirement

Leia mais

REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº 018/2007 TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO

REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº 018/2007 TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº 018/2007 TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO SETOR PROCESSO TRT Nº 01330.2006.000.14.00-0 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TIPO Menor Preço por lote, objetivndo

Leia mais

4.1. Modalidades de Pagamento 4.2. Pagamento do Incentivo relativo às Operações de Locação Financeira 4.3. Garantias Bancárias

4.1. Modalidades de Pagamento 4.2. Pagamento do Incentivo relativo às Operações de Locação Financeira 4.3. Garantias Bancárias UNIÃO EUROPEIA Fundos Estruturis SIME Gui do Beneficiário (Portri n.º 262/2004, de 11 de Mrço) - Introdução 1. Notificção e Contrtção dos Incentivos. 1.1. Notificção 1.2. Contrtção 1.3. Elementos Adicionis,

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Lei de Criação 372 13/02/92 PROGRAMA FINALÍSTICO

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Lei de Criação 372 13/02/92 PROGRAMA FINALÍSTICO PROGRAMA FINALÍSTICO PROGRAMA: 022 - Progrm Súde d Fmíli 1. Problem: Alto índice de pcientes que visitm unidde Mist de Súde pr trtr de problems que poderim ser resolvidos com visit do médico em su cs.

Leia mais

ESTABELECIMENTO - MODIFICAÇÃO

ESTABELECIMENTO - MODIFICAÇÃO TIPO DE MODIFICAÇÃO Ampliação ou redução da área de venda ou de armazenagem Categoria de produtos comercializados Domicílio fiscal Método de venda Modalidade de venda Nome ou insígnia N.º de máquinas em

Leia mais

Mod. 246-2 Tit. - Julho 2015

Mod. 246-2 Tit. - Julho 2015 Mo. 246-2 Tit. - Julho 2015 1 5 CARTÃO DE CRÉDITO PARTICULAR UNICRE DECO PRO/TESTE Conições Geris e Utilizção, Direitos e Deveres s Prtes Elbors e coro com o Aviso nº 11/2001 e 20/11 o Bnco e Portugl,

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO EMPREENDIMENTO: 1.1. NOME: 1.3. CPF: 1.4. Endereço: 2.1-Razão Social: 2.2- Nome Fantasia:

1. IDENTIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO EMPREENDIMENTO: 1.1. NOME: 1.3. CPF: 1.4. Endereço: 2.1-Razão Social: 2.2- Nome Fantasia: Cdstro de Instlções e Sistems de Armzenmento de Derivdos de Petróleo e Outros Combustíveis 1. IDENTIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO EMPREENDIMENTO: 1.1. NOME: 1.2. Doc. Identidde: Órgão Expedidor: UF: 1.3.

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ESOLA SEUNDÁRIA DR. JOAQUIM DE ARVALHO, FIGUEIRA DA FOZ PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015-2016 [Escrev texto] Págin 0 B I B L I O T E A E S O L A R PLANO ANUAL DE TRABALHO/ATIVIDADES A urrículo, litercis

Leia mais

Carta Convite para Seleção de Preceptores. Desenvolvimento de Competência Pedagógica para a prática da Preceptoria na Residência Médica

Carta Convite para Seleção de Preceptores. Desenvolvimento de Competência Pedagógica para a prática da Preceptoria na Residência Médica ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MÉDICA (ABEM) Av. Brsil, 4036 sls 1006/1008 21040-361 Rio de Jneiro-RJ Tel.: (21) 2260.6161 ou 2573.0431 Fx: (21) 2260.6662 e-mil: rozne@bem-educmed.org.br Home-pge: www.bem-educmed.org.br

Leia mais

PLANO DE CURSO. Fornecer conhecimentos sobre máquinas elétricas nos diversos segmentos desta ciência.

PLANO DE CURSO. Fornecer conhecimentos sobre máquinas elétricas nos diversos segmentos desta ciência. Instituto Federl do Piuí IFPI Cmpus Teresin Centrl Deprtmento de Indústri, Segurnç e Produção Culturl Coordenção do Curso de Eletrônic Prç d Liberdde, 197- Centro, CEP 64.000-040 Teresin, PI Fone: (86)3131-9430

Leia mais

Regulamento Promoção Promo Dotz

Regulamento Promoção Promo Dotz Regulmento Promoção Promo Dotz 1. Empres Promotor 1.1 Est promoção é relizd pel CBSM - Compnhi Brsileir de Soluções de Mrketing, dministrdor do Progrm Dotz, com endereço n Ru Joquim Florino n. 533 / 15º

Leia mais

TABELA I DOS PROCESSOS EM GERAL

TABELA I DOS PROCESSOS EM GERAL TABELA I DOS PROCESSOS EM GERAL I Ds Cuss em Gerl, inclusive Execução e Reconvenção; ds A ções Cutelres; Embrgos à Execução; dos Mnddos de Segurnç com Vlor Estimável; d Arremtção, Adjudicção e Remissão;

Leia mais

CPV O cursinho que mais aprova na GV

CPV O cursinho que mais aprova na GV O cursinho que mis prov n GV FGV Administrção 04/junho/006 MATEMÁTICA 0. Pulo comprou um utomóvel fle que pode ser bstecido com álcool ou com gsolin. O mnul d montdor inform que o consumo médio do veículo

Leia mais

3. Cálculo integral em IR 3.1. Integral Indefinido 3.1.1. Definição, Propriedades e Exemplos

3. Cálculo integral em IR 3.1. Integral Indefinido 3.1.1. Definição, Propriedades e Exemplos 3. Cálculo integrl em IR 3.. Integrl Indefinido 3... Definição, Proprieddes e Exemplos A noção de integrl indefinido prece ssocid à de derivd de um função como se pode verificr prtir d su definição: Definição

Leia mais

PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE FOSSA BIODISGESTORA

PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE FOSSA BIODISGESTORA PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE FOSSA BIODISGESTORA Acdêmicos: Adenilton Sntos Moreir 123 RESUMO Este rtigo present um projeto de foss biodigestor, que será executdo pelo utor do mesmo, su principl finlidde é

Leia mais

dados de rotina com filtro, 2011

dados de rotina com filtro, 2011 ddos de rotin com filtro, 2011 ddos de rotin com filtro, 2011, vist d instlção / foto ricrdo bsbum performnce d curdori curdori dniel mttos (rj) pço ds rtes (SP) detlhe: crimbos imgem do folder / fotos

Leia mais

MANUAL DE USO DA MARCA DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA

MANUAL DE USO DA MARCA DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA MANUAL DE USO DA MARCA DA MARÇO/2011 1 Identidde Visul Sobre o Mnul d Mrc Este mnul vis pdronizr e estbelecer regrs de uso pr mrc d Forç Aére Brsileir. Mrc é um símbolo que funcion como elemento identificdor

Leia mais

I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS:

I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS: PAINT 24 - I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS: 1.1 - Auditoris de Conformidde Uniddes Orig d dnd: Intern com bse nos resultdos d Mtriz de Risco elbord pel Auditori Intern Nº UNIDADE OBJETIVOS ESCOPO

Leia mais

PLANO SÃO FRANCISCO COMPONENTES DO PLANO

PLANO SÃO FRANCISCO COMPONENTES DO PLANO PLANO SÃO FRANCISCO COMPONENTES DO PLANO REVITALIZAÇÃO NAVEGAÇÃO COMPETITIVA NO NO MÉDIO CURSO IRRIGAÇÃO COM TECNOLOGIA MODERNA INTEGRAÇÃO DO DO SÃO SÃO FRANCISCO COM RIOS INTERMITENTES REFORÇO HÍDRICO

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO DISCIPLINA: Comercilizr e Vender (10.º Ano) PLANIFICAÇÃO ANUAL Diretor do Curso Celso Mnuel Lim Docente Mri do Crmo Mendes Ano Letivo 2013/2014 Competêncis Geris

Leia mais

a) sexto b) sétimo c) oitavo d) nono e) décimo

a) sexto b) sétimo c) oitavo d) nono e) décimo 1 INSPER 16/06/013 Seu Pé Direito ns Melhores Fculddes 1. Nos plnos seguir, estão representds dus relções entre s vriáveis x e y: y = x e y = x, pr x 0.. Em um sequênci, o terceiro termo é igul o primeiro

Leia mais

7.4 Coluna Categoria... 22. 7.6 Coluna Valor... 22 7.7 Coluna Vinculação ao Objeto/Justificativa. Financeiro

7.4 Coluna Categoria... 22. 7.6 Coluna Valor... 22 7.7 Coluna Vinculação ao Objeto/Justificativa. Financeiro SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE GESTÃO DA ESTRATÉGIA GOVERNAMENTAL NÚCLEO CENTRAL DE PARCERIAS COM ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL Índice DE INTERESSE PÚBLICO Introdução...

Leia mais

O Desembargador BERNARDINO LUZ, Corregedor-Geral da Justiça do Estado do Tocantins, no exercício de suas atribuições legais e regimentais;

O Desembargador BERNARDINO LUZ, Corregedor-Geral da Justiça do Estado do Tocantins, no exercício de suas atribuições legais e regimentais; PROVIMENTO Nº. 01/2009 - CGJUS-TO Regulment os procedimentos reltivos à quisição, repsse e uso do Selo de Fisclizção dos Serviços Extrjudiciis e disciplin o ressrcimento os registrdores civis ds pessos

Leia mais