LUZ INTENSA PULSADA. Princípios Básicos. Dra Dolores Gonzalez Fabra

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LUZ INTENSA PULSADA. Princípios Básicos. Dra Dolores Gonzalez Fabra"

Transcrição

1 LUZ INTENSA PULSADA Princípios Básicos Dra Dolores Gonzalez Fabra

2 Fazemos o Uso da L.I.P. ( não é laser) e do laser de Nd Yag, conforme a necessidade. * L.I.P. para lesões pigmentares, telangectasias, epilação etc. * Laser Nd Yag lesões vasculares e vasos de membro inferiores Dra. Dolores Gonzalez Fraga

3 Dra. Dolores Gonzalez Fraga

4 Tipos de Laser Holmium KTP Nd:YAG Er:YAG Excimer x-rays cosmic rays Microwaves TV and radio waves UV VISIBLE INFRARED 400 nm 700 nm Dra. Dolores Gonzalez Fraga

5 Luz Intensa Pulsada * Tem diferentes Comprimentos de ondas * Tem largo espectro de filtros que variam de 500 a nm * Conforme o comprimento de onda, a L.I.P., será preferencialmente absorvida por um ou por outro tipo de cromóforo ( alvo ) * L.I.P. - Cromóforo é o pigmento * Laser de Erbium Yag - Cromóforo é a água * Laser de Co2 - Cromóforo é a água. Dra. Dolores Gonzalez Fraga

6 Princípios da Fototermólise Seletiva Seletividade Espectral - Seleção de um comprimento de onda otimizado a fim de maximizar a absorção da luz pelo alvo e a penetração da luz nos tecidos adjacentes. Seletividade Térmica - Seleção da duração de pulso a fim de maximizar o aquecimento do alvo e minimizar o aquecimento dos tecidos adjacentes. Dra. Dolores Gonzalez Fraga

7 Princípio da Fototermólise Seletiva Alvo - vasos sanguineos/pigmentos/folículo piloso Aquecimento do alvo para causar a fototermólise Penetração nos tecidos adjacentes Minimizar os danos nos tecidos adjacentes Pele Tecido alvo Dra. Dolores Gonzalez Fraga

8 Fototermólise Seletiva e Efetiva Fotons atingem o alvo penetrando através da pele Absorção mínima da epiderme / derme Fotons aquecem o alvo O sangue coagula e a parede do vaso é danificada, ou o pigmento é fragmentado em pequenas particulas, ou o foliculo piloso é destruído. Dra. Dolores Gonzalez Fraga

9 Absorção da Luz no Tecido em Função do Comprimento de Onda Dra. Dolores Gonzalez Frabra

10 Como Funciona? Corte de pele onde estão representados na cor vermelha e azul vasos sanguineos superficiais, em verde granulos de pigmento ( manchas ) e em marron os pêlos

11 Como Funciona? A luz Intensa Pulsada penetra na pele, atraida pelos pigmentos, sem lesionar a camada superficial e de forma seletiva destroi vasos sanguineos superficiais, granulos de pigmento ( manchas ) e pêlos

12 Como Funciona? Representação da destruição dos Alvos Dérmicos pela L.I.P na cor vermelha e azul vasos sanguineos superficiais em verde granulos de pigment os ( manchas) d e em marron os pêlos

13 Como Funciona? Após alguns dias da destruição dos Alvos Dérmicos, reabsorção dos vasos superficiais pêlos e manchas pelo organismo

14 Largo Espectro emitido através dos filtros Banda do espectro: nm % Tra n s. 0% n m n m Banda do espectro: nm % Tra n s. 0% n m n m

15 Profundidade da penetração Filtro baixo Superficial mm Médio mm Profundo > 0.5 mm Filtro alto

16 SELETIVIDADE ESPECTRAL ESCOLHA DO FILTRO Profundidade da lesão Tipo de pigmento e concentração Tipo de pele Dra. Dolores Gonzalez Fraga

17 SELETIVIDADE TÉRMICA É alcançada pela diferença entre: * Capacidade Térmica e o * Tempo de relaxamento térmico Entre a epiderme e o alvo ou Entre diferentes alvos

18 CAPACIDADE TÉRMICA Tamanho Pequeno (pequena capacidade térmica) Aquece rapidamente Esfria rapidamente Tamanho grande (alta capacidade térmica) Aquece lentamente Resfria lentamente

19 Tempo de relaxamento térmico É o tempo necessário para que um objeto se resfrie a uma temperatura 50% menor que a original alcançada pela condutividade térmica. Depende de: * Tamanho do alvo * Geometria * Cromóforo - concentração do pigmento, sangue, etc. * O gel acelera o resfriamento da epiderme

20 Temperature [ C] Distribuição da temperatura na pele e no vaso Time [ms] Vessel Epidermis a

21 Efeito do tamanho do spot A penetração depende do tamanho do spot A dispersão é o maior fator Spot Pequeno Profundidade pequena de penetração devido ao grande efeito de disperção dos fotons Spot grande Maior penetração Dra. Dolores Gonzalez Fraga

22 Efeito do tamanho do spot 2mm 5mm

23 VASCULIGHT Vasculight completo VL- Filtros : 515, 550, 570,590 nm Lesões vasculares PL- Filtros : 570, 590, 615, 645 nm- Lesões pigmentadas HR ou Epi Filtros : 615,645,695,755 nm- Remoção de pêlos Fluências : LIP 3-90 J/cm2 Spot: 8 x 35 mm e 15 x 8 mm Tipo de pulso: simples, duplo ou triplo DL- laser Nd Yag 1064 nm - Lesões profundas Fluência: J/cm2 Spot: 6 mm Tipo de pulso: simples, duplo ou triplo

24 Parâmetros do Vasculight Pulse # 1 Pulse # 2 Pulse # 3 On Time Delay Fluence Time ( msec.) Ajuste dos Parâmetros: Duração do pulso Intervalo entre os pulsos-delay Número de Pulsos por disparo Fluência Total (J/cm 2 )

25 Selecionando os Parâmetros de Tratamento Tamanho da Lesão Profundidade da Lesão * Número de Pulsos (S/D/T) * Fluência (J/cm 2 ) * Duração do Pulso(ms) * Filtro (nm) Tipo de Pele * Filtro (nm) * Intervalo entre os pulsos (ms)

26 Ajuste dos Parâmetros De acordo com a resposta da pele e do alvo Parâmetros mais agressivos: Alta Fluência Duração de pulso curta Intervalo entre os pulsos curto Menor número de pulsos Filtro de comprimento de onda mais curto Parâmetros mais leves: vice versa

27 Vantagens da tecnologia de LIP Emissão de luz em larga faixa do espectro Controle espectral para maior segurança e seletividade Otimização das propriedades do pulso Multiplos pulsos Duração e Intervalo Fluência Tamanho do spot Maior cobertura da área tratada Maior penetração

28 Indicações de uso para o Vasculight Telangectasias Mancha Vinho do Porto Hemangiomas Rosácea Poiquilodermia de Civate Malformações Venosas

29 Indicações de uso para o Vasculight Lentigo Melanose solar Cafe-Au-Lait Efélides Nevus spilus Melasma Nevus de Becker Queratose Nevus de Ota / Ito Nevus Melanociticos Hiperpigmentação pós inflamatória Hiperpigmentação por Hemosiderina Tatuagens Cicatrizes Hipercromicas Cicatrizes Hipertróficas Estrias

LUZ INTENSA PULSADA FOTOREJUVENESCIMENTO. Princípios Básicos - P arte II. Dra Dolores Gonzalez Fabra

LUZ INTENSA PULSADA FOTOREJUVENESCIMENTO. Princípios Básicos - P arte II. Dra Dolores Gonzalez Fabra LUZ INTENSA PULSADA Princípios Básicos - P arte II FOTOREJUVENESCIMENTO Dra Dolores Gonzalez Fabra O Que é Fotorejuvescimento? Procedimento não ablativo e não invasivo. Trata simultaneamente hiperpigmentações,

Leia mais

Elight + IPL 01. Fotodepilação Fotorejuvenescimento Tratamento de lesões vasculares Tratamento do acne e pigmentação

Elight + IPL 01. Fotodepilação Fotorejuvenescimento Tratamento de lesões vasculares Tratamento do acne e pigmentação Elight + IPL 01 Fotodepilação Fotorejuvenescimento Tratamento de lesões vasculares Tratamento do acne e pigmentação 1. ELIGHT VS IPL O IPL (Luz Pulsada Intensa) é a última tecnologia desenvolvida após

Leia mais

O QUE É REJUVENESCIMENTO A LASER

O QUE É REJUVENESCIMENTO A LASER O QUE É REJUVENESCIMENTO A LASER O TITAN, A LUZ PULSADA e o ND: YAG Clínica Naturale 2008 Autor Prof. Dr. Miguel Francischelli Neto Clínica Naturale Av. Moema, 87 cj 51-52, Moema, São Paulo - SP, Brasil

Leia mais

1.000.000 de disparos

1.000.000 de disparos Design exclusivo 1.000.000 de disparos Tela touch screen de 8 com seleção dos parâmetros de tratamento: manuseio simples e interface interativa Contador do número de disparos da lâmpada Chave de segurança

Leia mais

Laser um aliado na dermatologia. Laser an ally in dermatology

Laser um aliado na dermatologia. Laser an ally in dermatology Seção Aprendendo Rev Med (São Paulo). 2007 abr.-jun.;86(2):64-70. Laser um aliado na dermatologia Laser an ally in dermatology Régia Celli Ribeiro Patriota 1 Patriota RCR. Laser um aliado na dermatologia.

Leia mais

APLICAÇÃO DE LASERS NA MEDICINA

APLICAÇÃO DE LASERS NA MEDICINA APLICAÇÃO DE LASERS NA MEDICINA Questões associadas à aplicação dos lasers na Medicina Princípios Físicos e aspectos técnicos do equipamento Interacção da luz laser com os tecidos: fotocoagulação, fotovaporização,

Leia mais

LUZ INTENSA PULSADA. Profile BBL. www.traderm.com.br

LUZ INTENSA PULSADA. Profile BBL. www.traderm.com.br LUZ INTENSA PULSADA 1 Profile BBL A Luz Intensa Pulsada (LIP) veio para ficar. Há cerca de 15 anos, quando foi lançada, havia um descrédito muito grande ao uso da LIP. A idéia inicial seria substituir

Leia mais

Multiplataforma expansível que oferece. a exclusiva tecnologia ELOS. www.skintecmedical.com.br. Sinergia da Luz e Radiofrequência

Multiplataforma expansível que oferece. a exclusiva tecnologia ELOS. www.skintecmedical.com.br. Sinergia da Luz e Radiofrequência Multiplataforma expansível que oferece TM a exclusiva tecnologia ELOS Sinergia da Luz e Radiofrequência Ajuste individual da Energia Óptica e da Energia de RF para alcançar a máxima eficiência. Interface

Leia mais

Laser- Principios básicos e avançados

Laser- Principios básicos e avançados Laser- Principios básicos e avançados Prof.Carlos Roberto Antonio carlos@ipele.com.br Brasil Suspeita-se que a primeira referência a um tipo de energia radiante que pode ser interpretada como laser foi

Leia mais

O EFEITO DA LUZ INTENSA PULSADA EM MANCHAS SENIS: UM RELATO DE CASO.

O EFEITO DA LUZ INTENSA PULSADA EM MANCHAS SENIS: UM RELATO DE CASO. O EFEITO DA LUZ INTENSA PULSADA EM MANCHAS SENIS: UM RELATO DE CASO. Janaína Bastos da Silva¹ Jussara Baronio² Felipe Lacerda³ Vandressa Bueno Resumo: A literatura sugere que a luz intensa pulsada tem

Leia mais

O que é Depilação com Laser?

O que é Depilação com Laser? O que é Depilação com Laser? Autor Prof. Dr. Miguel Francischelli Neto Clínica Naturale Av. Moema, 87 cj 51-52, Moema, São Paulo - SP, Brasil Fone 11 50511075 Clínica Naturale 2008 Pêlos indesejáveis são

Leia mais

LightSheer INFINITYTM

LightSheer INFINITYTM LightSheer INFINITYTM Descubra um mundo de infinitas possibilidades AESTHETIC.LUMENIS.COM Possibilidades infinitas de tratamento 2 2 6 = X X O Lumenis LightSheer INFINITY abre um mundo de possibilidades

Leia mais

O olho humano permite, com o ar limpo, perceber uma chama de vela em até 15 km e um objeto linear no mapa com dimensão de 0,2mm.

O olho humano permite, com o ar limpo, perceber uma chama de vela em até 15 km e um objeto linear no mapa com dimensão de 0,2mm. A Visão é o sentido predileto do ser humano. É tão natural que não percebemos a sua complexidade. Os olhos transmitem imagens deformadas e incompletas do mundo exterior que o córtex filtra e o cérebro

Leia mais

Lasers. Lasers em Medicina Diagnóstico e Terapia. Interacção da luz laser com tecidos. OpE - MIB 2007/2008. - Reflexão, absorção e scattering

Lasers. Lasers em Medicina Diagnóstico e Terapia. Interacção da luz laser com tecidos. OpE - MIB 2007/2008. - Reflexão, absorção e scattering Lasers OpE - MIB 2007/2008 - Reflexão, absorção e scattering Lasers II 2 1 - Absorção A luz que se propaga no interior de um material sofre, muitas vezes, absorção pelo material. A atenuação da irradiância

Leia mais

3. Laser e IPL na medicina

3. Laser e IPL na medicina 3. Laser e IPL na medicina 3.1. Histórico sobre aplicação de radiações laser e IPL na medicina 3.1.1. Laser O laser foi pela primeira vez construído em 1960 pelo físico americano Theodore H. Maiman. A

Leia mais

Aplicações do Laser em Dermatologia

Aplicações do Laser em Dermatologia Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Faculdade de Ciências e Tecnologias da Saúde Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas Aplicações do Laser em Dermatologia Tese de Mestrado Orientadora:

Leia mais

43 225 321 027 5.000,00 4250-062 PORTO

43 225 321 027 5.000,00 4250-062 PORTO LASER DÍODO 808 nm Tratamento permanente para todos os tipos de cores de pêlo: Buço, barba, pêlos no peito, axilas, pêlos nas costas, pêlos nos braços, pêlos nas pernas e pêlos indesejáveis fora da linha

Leia mais

LASER histórico e aplicações

LASER histórico e aplicações LASER histórico e aplicações Marina Scheid Matheus Hennemann Biofísica III Prof. Edulfo Diaz Histórico 1905 Albert Einstein, com auxílio de Max Planck Luz: pacotes discretos e bem determinados Fótons Histórico

Leia mais

Aparelhos de laser e equipamentos correlatos

Aparelhos de laser e equipamentos correlatos http://www.cibersaude.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=4086 Revisão Aparelhos de laser e equipamentos correlatos Laser and laser-like devices Sílvia Karina Kaminsky Dermatologista e diretora do

Leia mais

Despigmentantes ou agentes clareadores:

Despigmentantes ou agentes clareadores: Despigmentantes ou agentes clareadores: Na pele os melanócitos estão presentes na camada basal da epiderme,na junção dermoepiderme e são responsáveis pela produção de melanina. Ocorrem numa taxa de aproximadamente

Leia mais

Sistema Tegumentar. Arquitetura do Tegumento. Funções do Sistema Tegumentar Proteção 09/03/2015

Sistema Tegumentar. Arquitetura do Tegumento. Funções do Sistema Tegumentar Proteção 09/03/2015 Sistema Tegumentar Sistema Tegumentar É constituído pela pele, tela subcutânea e seus anexos cutâneos Recobre quase toda superfície do corpo Profa Elaine C. S. Ovalle Arquitetura do Tegumento Funções do

Leia mais

Conheça a nova tecnologia I²PL da Ellipse

Conheça a nova tecnologia I²PL da Ellipse Conheça a nova tecnologia I²PL da Ellipse A avançada tecnologia I²PL coloca a marca Ellipse na liderança desde 1997. Para realizar tratamentos eficazes, os comprimentos de ondas utilizados devem corresponder

Leia mais

GNE 109 AGROMETEOROLOGIA Características Espectrais da Radiação Solar

GNE 109 AGROMETEOROLOGIA Características Espectrais da Radiação Solar GNE 109 AGROMETEOROLOGIA Características Espectrais da Radiação Solar Prof. Dr. Luiz Gonsaga de Carvalho Núcleo Agrometeorologia e Climatologia DEG/UFLA Absorção seletiva de radiação Absorção seletiva

Leia mais

ULTRA-SOM THIAGO YUKIO FUKUDA

ULTRA-SOM THIAGO YUKIO FUKUDA ULTRA-SOM THIAGO YUKIO FUKUDA Freqüência > 20kHz Depende de um meio para se propagar O que acontece quando a onda atinge um novo material? Refração: mudança na direção da onda sonora. Reflexão: A onda

Leia mais

ATUAÇÃO CIRÚRGICA DO LASER: Laser de CO 2

ATUAÇÃO CIRÚRGICA DO LASER: Laser de CO 2 ATUAÇÃO CIRÚRGICA DO LASER: Laser de CO 2 Departamento Otorrinolaringologia e Laboratório Laser NMCE - FCM e UMML - HC / Por que usar Laser em cirurgias? - Procedimento minimamente invasivo - Facilitação

Leia mais

Especial Melanodermias Diversidade de ativos seguros e completos que tratam as hipercromias faciais nos mais diversos estágios

Especial Melanodermias Diversidade de ativos seguros e completos que tratam as hipercromias faciais nos mais diversos estágios Especial Melanodermias Diversidade de ativos seguros e completos que tratam as hipercromias faciais nos mais diversos estágios Bioafinidade dermo epidérmica para o Clareamento & Controle da pele hiperpigmentada.

Leia mais

APLICAÇÃO DE LUZ PULSADA EM DEPILAÇÃO DE PELOS BRANCOS

APLICAÇÃO DE LUZ PULSADA EM DEPILAÇÃO DE PELOS BRANCOS 1 APLICAÇÃO DE LUZ PULSADA EM DEPILAÇÃO DE PELOS BRANCOS Vanessa Estima B. C. Tonidandel 1, Maria Magali Gosi 1, Mariangela Almeida Wada 1, Maria Goreti de Vasconcelos 2 1 Alunas do Curso de Pós-graduação

Leia mais

TERAPIA FOTODINÂMICA

TERAPIA FOTODINÂMICA TERAPIA FOTODINÂMICA Terapia Fotodinâmica Estudo e desenvolvimento de novas tecnologias. Seu uso por podólogos brasileiros é anterior a 1995. Usado por podólogos em outros países, desde a década de 80.

Leia mais

ESTADO DA ARTE. ALTA FREQUÊNCIA de 4MHz ISO13485 ISO 9001. www.loktal.com

ESTADO DA ARTE. ALTA FREQUÊNCIA de 4MHz ISO13485 ISO 9001. www.loktal.com Qualidade Precisão Segurança Experiência ESTADO DA ARTE ALTA FREQUÊNCIA de 4MHz Wavetronic 5000 Digital, Electrocirurgia de Alta Frequência tecnologia de 4MHz ISO13485 CERTIFIED CERTIFIED ISO 9001 l ta

Leia mais

Métodos e Técnicas Aplicadas à Estética Facial Prof a. Bianca. Lesões elementares

Métodos e Técnicas Aplicadas à Estética Facial Prof a. Bianca. Lesões elementares Lesões elementares Modificações da pele determinadas por processos inflamatórios, circulatórios, metabólicos, degenerativos, tumorais, defeitos de formação. Lesões Elementares Lesões Primárias Alteração

Leia mais

A pele é um sistema orgânico que, quando mantida sua integridade, tem como funções:

A pele é um sistema orgânico que, quando mantida sua integridade, tem como funções: CUIDADOS COM A PELE A pele é um sistema orgânico que, quando mantida sua integridade, tem como funções: Regular a temperatura do nosso corpo; Perceber os estímulos dolorosos e agradáveis; Impedir a entrada

Leia mais

Unidade 1 Energia no quotidiano

Unidade 1 Energia no quotidiano Escola Secundária/3 do Morgado de Mateus Vila Real Componente da Física Energia Do Sol para a Terra Física e Química A 10º Ano Turma C Ano Lectivo 2008/09 Unidade 1 Energia no quotidiano 1.1 A energia

Leia mais

3 conversão térmica da energia solar ÍNDICE

3 conversão térmica da energia solar ÍNDICE ÍNDICE balanço de energia -2 ganho térmico - perdas térmicas -4 aplicações -7 para saber mais... -8-1 balanço de energia A consiste na absorção de radiação numa superfície absorsora e na transferência

Leia mais

TRATAMENTO ESTÉTICO DA PELE NEGRA. Prof. Esp. Maria Goreti de Vasconcelos

TRATAMENTO ESTÉTICO DA PELE NEGRA. Prof. Esp. Maria Goreti de Vasconcelos TRATAMENTO ESTÉTICO DA PELE NEGRA Prof. Esp. Maria Goreti de Vasconcelos A etnia confere características herdadas que devem ser valorizadas na indicação de procedimentos e tratamentos e na avaliação de

Leia mais

1. Ato de esfoliar ou descamar a pele. 2. Denominada esfoliação ou peeling. 3. Técnica utilizada em adição à limpeza da pele.

1. Ato de esfoliar ou descamar a pele. 2. Denominada esfoliação ou peeling. 3. Técnica utilizada em adição à limpeza da pele. 1. Ato de esfoliar ou descamar a pele. 2. Denominada esfoliação ou peeling. 3. Técnica utilizada em adição à limpeza da pele. 4. São preparações cosméticas que aceleram a descamação natural dos corneócitos

Leia mais

4 APLICAÇÃO DE LASERS NA MEDICINA

4 APLICAÇÃO DE LASERS NA MEDICINA 4 APLICAÇÃO DE LASERS NA MEDICINA 4.1. PRINCÍPIOS FÍSICOS DO FUNCIONAMENTO DOS LASERS Como se sabe, a sigla LASER é composta das iniciais de Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation e que

Leia mais

Educación Médica Continuada

Educación Médica Continuada Educación Médica Continuada Sección esponsorizada por Galderma S. A. medigraphic Artemisa en línea Localizador 08-049 Laser: fundamentos e indicações em dermatologia Laser: bases and use in dermatology

Leia mais

PRINCÍPIOS FÍSICOS DO SENSORIAMENTO REMOTO. Peterson Ricardo Fiorio

PRINCÍPIOS FÍSICOS DO SENSORIAMENTO REMOTO. Peterson Ricardo Fiorio PRINCÍPIOS FÍSICOS DO SENSORIAMENTO REMOTO Peterson Ricardo Fiorio Definição: Sensoriamento Remoto É a ciência ou a arte de se obterem informações sobre um objeto, área ou fenômeno, através de dados coletados

Leia mais

DISCIPLINA EFEITOS BIOLÓGICOS DA RADIAÇÕES NÃO IONIZANTES 1º. QUADRIMESTRE DE 2012

DISCIPLINA EFEITOS BIOLÓGICOS DA RADIAÇÕES NÃO IONIZANTES 1º. QUADRIMESTRE DE 2012 INTERAÇÃO LASER-TECIDO DISCIPLINA EFEITOS BIOLÓGICOS DA RADIAÇÕES NÃO IONIZANTES 1º. QUADRIMESTRE DE 2012 1 INTERAÇÃO LUZ-TECIDOS Reflexão Espalhamento Transmissão Refração Absorção Ar Tecido Absorção

Leia mais

Câncer de Pele. Os sinais de aviso de Câncer de Pele. Lesões pré câncerigenas. Melanoma. Melanoma. Carcinoma Basocelular. PEC SOGAB Júlia Käfer

Câncer de Pele. Os sinais de aviso de Câncer de Pele. Lesões pré câncerigenas. Melanoma. Melanoma. Carcinoma Basocelular. PEC SOGAB Júlia Käfer Lesões pré câncerigenas Os sinais de aviso de Câncer de Pele Câncer de Pele PEC SOGAB Júlia Käfer Lesões pré-cancerosas, incluindo melanoma, carcinoma basocelular e carcinoma espinocelular. Estas lesões

Leia mais

Sensoriamento Remoto. Características das Imagens Orbitais

Sensoriamento Remoto. Características das Imagens Orbitais Sensoriamento Remoto Características das Imagens Orbitais 1 - RESOLUÇÃO: O termo resolução em sensoriamento remoto pode ser atribuído a quatro diferentes parâmetros: resolução espacial resolução espectral

Leia mais

Introdução ao Sensoriamento Remoto

Introdução ao Sensoriamento Remoto Introdução ao Sensoriamento Remoto Cachoeira Paulista, 24 a 28 novembro de 2008 Bernardo Rudorff Pesquisador da Divisão de Sensoriamento Remoto Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE Sensoriamento

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO RIO GRANDE DO SUL Autarquia Federal Lei nº 5.905/73

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO RIO GRANDE DO SUL Autarquia Federal Lei nº 5.905/73 PARECER DEFISC Nº 05/2012 Porto Alegre, 26 de abril de 2012. Competência Legal do Enfermeiro para Manusear Equipamento de Laser e Luz Intensa Pulsada (LIP). I - Relatório Em países como o Brasil onde a

Leia mais

Protocolo Clínico - Versão Integral. P r o t o c o l o C l í n i c o - Versão Integral 9.5

Protocolo Clínico - Versão Integral. P r o t o c o l o C l í n i c o - Versão Integral 9.5 Protocolo Clínico - Versão Integral P r o t o c o l o C l í n i c o - Versão Integral 9.5 2013 Sobre o Protocolo Clínico O presente manual é meramente informativo. Os protocolos descritos são de natureza

Leia mais

LASER. Prof. Gabriel Villas-Boas

LASER. Prof. Gabriel Villas-Boas LASER Prof. Gabriel Villas-Boas INTRODUÇÃO O termo Laser constitui-se numa sigla que significa: Amplificação da Luz por Emissão Estimulada da Radiação. Esta radiação é constituída por ondas eletromagnéticas,

Leia mais

4. Medição de Irradiância. 4.1 Introdução

4. Medição de Irradiância. 4.1 Introdução Apostila da Disciplina Meteorologia Física II ACA 0326, p. 40 4. Medição de Irradiância 4.1 Introdução Das grandezas radiométricas definidas no capítulo 1, os instrumentos convencionais utilizados em estudos

Leia mais

Um encontro com o futuro

Um encontro com o futuro Rua Sebastião de Moraes 831 Jardim Alvorada São Carlos-SP Tel. (16) 107 33 Fax (16) 107 30 0800 94 8660 Um encontro com o futuro Catálogo de Produtos - ODONTOLOGIA ESTÉTICA OROFACIAL Elite Serinject Solução

Leia mais

Automação Industrial Parte 5

Automação Industrial Parte 5 Automação Industrial Parte 5 Prof. Ms. Getúlio Teruo Tateoki http://www.getulio.eng.br/meusalunos/autind.html Sensores capacitivos -Sensores de proximidade capacitivos estão disponíveis em formas e tamanhos

Leia mais

Efeito estufa: como acontece, por que acontece e como influencia o clima do nosso planeta

Efeito estufa: como acontece, por que acontece e como influencia o clima do nosso planeta XXII Encontro Sergipano de Física Efeito estufa: como acontece, por que acontece e como influencia o clima do nosso planeta Prof. Dr. Milan Lalic Departamento de Física Universidade Federal de Sergipe

Leia mais

Um encontro com o futuro

Um encontro com o futuro Um encontro com o futuro Catálogo de Produtos - VASCULAR Tratamento Endovenoso de Varizes com Laser O objetivo do Tratamento Endovenoso de Varizes com Laser, comumente referido como EVL (do inglês Endo

Leia mais

Biofísica 1. Ondas Eletromagnéticas

Biofísica 1. Ondas Eletromagnéticas Biofísica 1 Ondas Eletromagnéticas Ondas Ondas são o modo pelo qual uma perturbação, seja som, luz ou radiações se propagam. Em outras palavras a propagação é a forma na qual a energia é transportada.

Leia mais

C O F F I T O CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL

C O F F I T O CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL PARECER DO GRUPO DE TRABALHO FISIOTERAPIA DERMATOFUNCIONAL LUZ INTENSA PULSADA (IPL ou LIP) Utilizando o princípio da fototermólise seletiva, ganharam popularidade aparelhos de emissão de luz intensa pulsada

Leia mais

Acórdão nº. 293 de 16 de junho de 2012.

Acórdão nº. 293 de 16 de junho de 2012. Imprimir Acórdão nº. 293 de 16 de junho de 2012. D.O.U nº 120, Seção I, em 03/07/2012, páginas 127 e 128. O PLENÁRIO DO CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL, no uso de suas atribuições

Leia mais

O que é Radiação Ultravioleta (R-UV)?

O que é Radiação Ultravioleta (R-UV)? O que é Radiação Ultravioleta (R-UV)? A radiação solar mais conhecida é a faixa do visível. No entanto, outras duas faixas muito importantes são as do ultravioleta (UV) e do infravermelho (IV). A faixa

Leia mais

Cabina de Sauna Infravermelhos Stauna Infravermelhos Pack Informativo

Cabina de Sauna Infravermelhos Stauna Infravermelhos Pack Informativo Cabina de Sauna Infravermelhos Stauna Infravermelhos Pack Informativo Oceanic Saunas SLU. Plaza Pintor Amalio García del Moral, Portal 7, Local 21. 41005. Sevilla. España. Tlf: 955 237 541 e:angela@oceanic-saunas.eu

Leia mais

Ficha Formativa Energia do Sol para a Terra

Ficha Formativa Energia do Sol para a Terra ACTIVIDADE PRÁCTICA DE SALA DE AULA FÍSICA 10.º ANO TURMA A Ficha Formativa Energia do Sol para a Terra 1. Na figura seguinte estão representados os espectros térmicos de dois corpos negros, na zona do

Leia mais

ENDERMOTERAPIA INSTITUTO LONG TAO

ENDERMOTERAPIA INSTITUTO LONG TAO ENDERMOTERAPIA INSTITUTO LONG TAO Melissa Betel Tathiana Bombonatti A endermoterapia foi criada na França em 1970 por Louis Paul Guitay. Ele sofreu um grave acidente de carro que causou queimaduras de

Leia mais

Procedimentos Estéticos

Procedimentos Estéticos Abaixo estão relacionados os procedimentos realizados pelo profissional biomédico habilitado em biomedicina estética de acordo com as resoluções e normativas vigentes do Conselho Federal de Biomedicina

Leia mais

Degradação Fotoquímica

Degradação Fotoquímica Degradação de Polímeros e Corrosão Prof. Hamilton Viana Prof. Renato Altobelli Antunes 1. Introdução Os efeitos da radiação em polímeros de engenharia, tornaram-se objeto de consideração de importância

Leia mais

MICROAGULHAMENTO 03/10/2013 MICROAGULHAMENTO: INDUÇÃO PERCUTANEA DE COLÁGENO ASSOCIADA AOS FATORES DE CRESCIMENTO CELULAR

MICROAGULHAMENTO 03/10/2013 MICROAGULHAMENTO: INDUÇÃO PERCUTANEA DE COLÁGENO ASSOCIADA AOS FATORES DE CRESCIMENTO CELULAR MICROAGULHAMENTO: INDUÇÃO PERCUTANEA DE COLÁGENO ASSOCIADA AOS FATORES DE CRESCIMENTO CELULAR MICROAGULHAMENTO MICROAGULHAMENTO DENOMINAÇÕES É uma técnica utilizada para procedimentos estéticos que consiste

Leia mais

PREVENÇÃO DO ENVELHECIMENTO CUTÂNEO E ATENUAÇÃO DE LINHAS DE EXPRESSÃO PELO AUMENTO DA SÍNTESE DE COLÁGENO RESUMO

PREVENÇÃO DO ENVELHECIMENTO CUTÂNEO E ATENUAÇÃO DE LINHAS DE EXPRESSÃO PELO AUMENTO DA SÍNTESE DE COLÁGENO RESUMO PREVENÇÃO DO ENVELHECIMENTO CUTÂNEO E ATENUAÇÃO DE LINHAS DE EXPRESSÃO PELO AUMENTO DA SÍNTESE DE COLÁGENO MACIEL, D. 1 ; OLIVEIRA, G.G. 2. 1. Acadêmica do 3ºano do Curso Superior Tecnólogo em Estética

Leia mais

2. Fundamentos Físicos: Laser e Luz Intensa Pulsada

2. Fundamentos Físicos: Laser e Luz Intensa Pulsada 2. Fundamentos Físicos: Laser e Luz Intensa Pulsada A luz está presente em praticamente todos os momentos de nossas vidas e tem fundamental importância para a sobrevivência da vida no planeta. Atualmente,

Leia mais

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA O trabalho se inicia com uma avaliação diagnóstica (aplicação de um questionário) a respeito dos conhecimentos que pretendemos introduzir nas aulas dos estudantes de física do ensino médio (público alvo)

Leia mais

Palavras chaves: depilação definitiva, laser, luz pulsada, eletrólise.

Palavras chaves: depilação definitiva, laser, luz pulsada, eletrólise. O Processo de Depilação Definitiva: uma análise comparativa Carline Rudolf¹ Acadêmica do Curso de Tecnologia em Cosmetologia e Estética da Universidade do Vale do Itajaí, Balneário Camboriú, Santa Catarina

Leia mais

Instruções de Uso LYRA. Fabricado por IBRAMED Indústria Brasileira de Equipamentos Médicos EIRELI ANVISA Nº 10360319005 2ª edição (02/2015)

Instruções de Uso LYRA. Fabricado por IBRAMED Indústria Brasileira de Equipamentos Médicos EIRELI ANVISA Nº 10360319005 2ª edição (02/2015) Instruções de Uso LYRA Fabricado por IBRAMED Indústria Brasileira de Equipamentos Médicos EIRELI ANVISA Nº 10360319005 2ª edição (02/2015) sumário DEFINIÇÃO DE SÍMBOLOS...3 LISTA DE ABREVIATURAS...6 LISTA

Leia mais

24/03/2014. Enzimocosmética, peeling químico e despigmentantes: Clareamento de Pele 100% seguro para todos os fototipos

24/03/2014. Enzimocosmética, peeling químico e despigmentantes: Clareamento de Pele 100% seguro para todos os fototipos Enzimocosmética, peeling químico e despigmentantes: Clareamento de Pele 100% seguro para todos os fototipos Marcela Altvater canaldoprofissional@buonavita.com.br ENZIMOCOSMÉTICA NA RENOVAÇÃO CELULAR Para

Leia mais

Coerência temporal: Uma característica importante

Coerência temporal: Uma característica importante Coerência temporal: Uma característica importante A coerência temporal de uma fonte de luz é determinada pela sua largura de banda espectral e descreve a forma como os trens de ondas emitidas interfererem

Leia mais

Introd. Física Médica

Introd. Física Médica Introd. Física Médica Aula 04 Atenuação de RX 2012 http://www.upscale.utoronto.ca/generali nterest/harrison/flash/nuclear/xrayinte ract/xrayinteract.html 2 Propriedades do alvo Boa Condutividade Térmica:

Leia mais

Conteúdo Eletromagnetismo Aplicações das ondas eletromagnéticas

Conteúdo Eletromagnetismo Aplicações das ondas eletromagnéticas AULA 22.2 Conteúdo Eletromagnetismo Aplicações das ondas eletromagnéticas Habilidades: Frente a uma situação ou problema concreto, reconhecer a natureza dos fenômenos envolvidos, situando-os dentro do

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 1.º Teste sumativo de FQA 21. Out. 2015 Versão 1 10.º Ano Turma A e B Professora: Duração da prova: 90 minutos. Este teste é constituído por 9 páginas e termina na palavra

Leia mais

SENSORIAMENTO REMOTO. Revisão de conteúdo. Prof. Marckleuber

SENSORIAMENTO REMOTO. Revisão de conteúdo. Prof. Marckleuber SENSORIAMENTO REMOTO Revisão de conteúdo Prof. Marckleuber Engenharia de Agrimensura - 2013 SENSORIAMENTO REMOTO - Conceitos De um modo geral, o Sensoriamento Remoto pode ser definido como: O conjunto

Leia mais

TEORIA INFRAVERMELHO

TEORIA INFRAVERMELHO TEORIA INFRAVERMELHO Irradiação ou radiação térmica é a propagação de ondas eletromagnética emitida por um corpo em equilíbrio térmico causada pela temperatura do mesmo. A irradiação térmica é uma forma

Leia mais

O SANGUE. Constituintes do Sangue e suas funções

O SANGUE. Constituintes do Sangue e suas funções O SANGUE Constituintes do Sangue e suas funções AS HEMÁCIAS OU GLÓBULOS VERMELHOS Células sanguíneas sem núcleo que contém hemoglobina, que é a substância responsável pela cor vermelha. São as células

Leia mais

USOS E Aplicações DE SENSORIAMENTO REMOTO I

USOS E Aplicações DE SENSORIAMENTO REMOTO I USOS E Aplicações DE SENSORIAMENTO REMOTO I AGRICULTURA, E RECURSOS FLORESTAIS DISCRIMINAÇÃO DE TIPOS DE VEGETAÇÃO Tipos de colheita Tipos de madeiras DETERMINAÇÃO DA VARIAÇÃO DE APTIDÃO E BIOMASSA DETERMINAÇÃO

Leia mais

Um encontro com o futuro

Um encontro com o futuro Um encontro com o futuro Catálogo de Produtos - ESTÉTICA Elite O Elite é a solução mais completa de fototerapia mundial com excelente performance no tratamento de acne, manchas na pele, olheiras, marcas

Leia mais

Espectro Eletromagnético (Parte III)

Espectro Eletromagnético (Parte III) Espectro Eletromagnético (Parte III) Nesta aula estudaremos os raios ultravioleta que são raios muito utilizados em câmaras de bronzeamento artificial, dos raios X que são essenciais para os diagnósticos

Leia mais

Guia do Laser de Dióxido de Carbono Fracionado

Guia do Laser de Dióxido de Carbono Fracionado Os lasers de dióxido de carbono (CO 2 ) fracionados ou pixilados são um dos últimos avanços nos tratamento de rejuvenescimento cutâneo não cirúrgico. O CO 2 possui o comprimento de onda mais longo de todos

Leia mais

1 milhão de disparos. A primeira luz intensa pulsada com duas opções de aplicadores

1 milhão de disparos. A primeira luz intensa pulsada com duas opções de aplicadores 1 milhão de disparos Display touch screen de 8 com seleção dos parâmetros de tratamento: manuseio simples e interface interativa Duas opções de aplicadores: filtro óptico intercambiável e filtro fixo Design

Leia mais

Visão humana. Guillermo Cámara-Chávez

Visão humana. Guillermo Cámara-Chávez Visão humana Guillermo Cámara-Chávez Cor e visão humana Como uma imagem é formada? Uma imagem é formada a partir da quantidade de luz refletida ou emitida pelo objeto observado. Cor e visão humana Cor

Leia mais

Um encontro com o futuro

Um encontro com o futuro Um encontro com o futuro PROTOCOLOS NA ESTÉTICA - Corporal 1 2 3 Papel da Luz no Estímulo ao Colágeno Leds Azuis: A absorção da luz pelas células leva ao aparecimento de radicais livres de oxigênio (O--)

Leia mais

Depilação a Laser

Depilação a Laser Depilação a Laser Depilação a laser é um dos procedimentos cosméticos mais comuns. Existem pelos indesejáveis em diversas regiões do corpo. Em geral, as pessoas encaram a presença de pelos em determinadas

Leia mais

ESPECTROMETRIA ATÔMICA. Prof. Marcelo da Rosa Alexandre

ESPECTROMETRIA ATÔMICA. Prof. Marcelo da Rosa Alexandre ESPECTROMETRIA ATÔMICA Prof. Marcelo da Rosa Alexandre Métodos para atomização de amostras para análises espectroscópicas Origen dos Espectros Óticos Para os átomos e íons na fase gasosa somente as transições

Leia mais

Grupo: Ederson Luis Posselt Fábio Legramanti Geovane Griesang Joel Reni Herdina Jônatas Tovar Shuler Ricardo Cassiano Fagundes

Grupo: Ederson Luis Posselt Fábio Legramanti Geovane Griesang Joel Reni Herdina Jônatas Tovar Shuler Ricardo Cassiano Fagundes Curso: Ciências da computação Disciplina: Física aplicada a computação Professor: Benhur Borges Rodrigues Relatório experimental 06: Ondas longitudinais e ondas transversais; Medida do comprimento de uma

Leia mais

Tratamentos Pós-Escleroterapia. Guia de Formulações para Hipercromia Pós-Inflamatória e Por Deposição de Hemossiderina

Tratamentos Pós-Escleroterapia. Guia de Formulações para Hipercromia Pós-Inflamatória e Por Deposição de Hemossiderina Tratamentos Guia de Formulações para Hipercromia Pós-Inflamatória e Por Deposição de Hemossiderina Escleroterapia na Cirurgia Vascular e Dermatologia Overview, Complicações da Escleroterapia, Hiperpigmentação

Leia mais

Departamento de Zoologia da Universidade de Coimbra

Departamento de Zoologia da Universidade de Coimbra Departamento de Zoologia da Universidade de Coimbra Armando Cristóvão Adaptado de "The Tools of Biochemistry" de Terrance G. Cooper Como funciona um espectrofotómetro O espectrofotómetro é um aparelho

Leia mais

Artigo Técnico. Tratamento das sardas.

Artigo Técnico. Tratamento das sardas. Artigo Técnico Dermatologia Fevereiro / 2007 Tratamento das sardas. Este artigo avalia evidências clínicas para o uso de terapias físicas, como crioterapia, lasers, luz pulsátil e peeling químico, assim

Leia mais

Jorge Henrique Fraccari Cury

Jorge Henrique Fraccari Cury Universidade do Vale do Paraíba Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Fototermólise seletiva de hemorróidas externas irradiadas com o laser de Nd:YAG Jorge Henrique Fraccari Cury Dissertação de Mestrado

Leia mais

Radiação Solar como forçante climática

Radiação Solar como forçante climática Radiação Solar como forçante climática O Sol fornece 99,97 % Emite 2,34 x10 22 MJ/min. Terra intercepta apenas 1,06 x 10 13 MJ (milionésimo) Milhares de vezes maior que consumo anual de energia no planeta.

Leia mais

Anatomia da pele. Prof. Dr. Marcos Roberto de Oliveira. marcos.oliveira@fadergs.edu.br

Anatomia da pele. Prof. Dr. Marcos Roberto de Oliveira. marcos.oliveira@fadergs.edu.br Anatomia da pele Prof. Dr. Marcos Roberto de Oliveira marcos.oliveira@fadergs.edu.br SISTEMA TEGUMENTAR: PELE E FÁSCIA Funções: proteção regulação térmica sensibilidade Sua espessura varia de 0.5mm nas

Leia mais

Depilação a Laser da SKIN PLANET Planilha de Fatos Laser Tabela Comparativa de Dispositivos Laser

Depilação a Laser da SKIN PLANET Planilha de Fatos Laser Tabela Comparativa de Dispositivos Laser Depilação a Laser da SKIN PLANET Planilha de Fatos Laser Tabela Comparativa de Dispositivos Laser Baixe a versão em PDF da Tabela comparativa de Dispositivos Laser Dispositivo Descrição Fatos Falácias

Leia mais

Um encontro com o futuro

Um encontro com o futuro Um encontro com o futuro PROTOCOLOS NA ESTÉTICA - Facial 1 2 3 indicação de cada cliente ou resposta ao tratamento. Papel da Luz no Estímulo ao Colágeno Leds Azuis: A absorção da luz pelas células leva

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO PAULO CEFET-SP. Tecnologia Mecânica

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO PAULO CEFET-SP. Tecnologia Mecânica CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO PAULO CEFET-SP Tecnologia Mecânica Tratamentos térmicos e termo-químicos Recozimento Normalização Têmpera Revenimento Cementação Nitretação Tratamentos Térmicos

Leia mais

RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA. Daniel C. Zanotta 23/03/2015

RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA. Daniel C. Zanotta 23/03/2015 RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA Daniel C. Zanotta 23/03/2015 O QUE É A REM? A radiação eletromagnética é uma oscilação, em fase, dos campos elétricos e magnéticos. As oscilações dos campos magnéticos e elétricos

Leia mais

)tvlfd,, 0,(QJ4XtPLFD. ²ž6HPHVWUH ÐSWLFD

)tvlfd,, 0,(QJ4XtPLFD. ²ž6HPHVWUH ÐSWLFD )tvlfd,, 0,(QJ4XtPLFD Óptica Geométrica ²ž6HPHVWUH ÐSWLFD Exercício 1: Um feixe de luz cujo comprimento de onda é 650 nm propaga-se no vazio. a) Qual é a velocidade da luz desse feixe ao propagar-se num

Leia mais

O que é LUZ? SENAI - Laranjeiras. Espectro Eletromagnético. Fontes de luz 14/01/2013. Luminotécnica 40h

O que é LUZ? SENAI - Laranjeiras. Espectro Eletromagnético. Fontes de luz 14/01/2013. Luminotécnica 40h SENAI - Laranjeiras Luminotécnica 40h O que é LUZ? A luz, como conhecemos, faz parte de um comprimento de onda sensível ao olho humano, de uma radiação eletromagnética pulsante ou num sentido mais geral,

Leia mais

IMAGENS DE SATÉLITE PROF. MAURO NORMANDO M. BARROS FILHO

IMAGENS DE SATÉLITE PROF. MAURO NORMANDO M. BARROS FILHO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE TECNOLOGIA E RECURSOS HUMANOS UNIDADE ACADÊMICA DE ENGENHARIA CIVIL IMAGENS DE SATÉLITE PROF. MAURO NORMANDO M. BARROS FILHO Sumário 1. Conceitos básicos

Leia mais

1. DETERMINAÇÃO DE UMIDADE PELO MÉTODO DO AQUECIMENTO DIRETO- TÉCNICA GRAVIMÉTRICA COM EMPREGO DO CALOR

1. DETERMINAÇÃO DE UMIDADE PELO MÉTODO DO AQUECIMENTO DIRETO- TÉCNICA GRAVIMÉTRICA COM EMPREGO DO CALOR UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC FACULDADE DE NUTRIÇÃO DISCIPLINA: BROMATOLOGIA 2º/ 4 O PROFA. IVETE ARAKAKI FUJII. DETERMINAÇÃO DE UMIDADE PELO MÉTODO DO AQUECIMENTO DIRETO- TÉCNICA GRAVIMÉTRICA COM EMPREGO

Leia mais

Imagens de Satélite (características):

Imagens de Satélite (características): Imagens de Satélite (características): São captadas por sensores electro ópticos que registam a radiação electromagnética reflectida e emitida pelos objectos que se encontram à superfície da terra através

Leia mais

Complicações com o uso de lasers. Parte I: lasers não ablativos não fracionados

Complicações com o uso de lasers. Parte I: lasers não ablativos não fracionados 47 Complicações com o uso de lasers. Parte I: lasers não ablativos não fracionados Complications in laser dermatologic surgery Part I: Non-fractional non-ablative lasers Educação Médica Continuada RESUMO

Leia mais

Catálogo de EQUIPAMENTOS

Catálogo de EQUIPAMENTOS Catálogo de EQUIPAMENTOS Estética Mais Setembro de 2015 comercial@esteticamais.com 1 Apresentação da Empresa A Revivre é uma marca italiana, fundada nos anos 70, e desde sempre fortemente orientada para

Leia mais