Relatório social 2007 PROJETOS SOCIAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório social 2007 PROJETOS SOCIAIS"

Transcrição

1 Relatório social 2007 PROJETOS SOCIAIS & ambientais

2 64 PROJETOS SOCIAIS & AMBIENTAIS Programas nas áreas sociais e ambientais apoiados pelos Fundos de Pensão contribuem com a sociedade de diversas formas. A tabela e os relatos que seguem demonstram que, através de parcerias com atores sociais e instituições diversas, com criatividade e participação ativa dos funcionários e de seus próprios participantes, muitos Fundos de Pensão têm feito sua parte na busca por um mundo mais sustentável.

3 65 ÁREA Particip.ação no Total de Projetos PÚBLICO ALVO Principais Parceiros Cidades ou regiões Saúde 13,3% Participantes, Assistidos e ONGs, governos, Todo território nacional, dependentes e funcionários empresas Viçosa (MG), Rio de Janeiro (RJ) e Fortaleza (CE) Educação 6,7% Funcionárias, crianças Empresas, ONGs Estado do Rio de Janeiro e adolescentes (escolas de comunidades) Desenvolvimento 20,0% Comunidades e Patrocinadora Ilha do Governador (RJ), Comunitário e instituições carentes (Empresa), ONGs e Rio de Janeiro (RJ), Inclusão Social e grupos menos outras Fundações Região Metropolitana de favorecidos Belo Horizonte (MG) e Litoral Norte da Bahia (BA) Cultura e 6,7% Participantes ativos e Instituições de Rio de Janeiro (RJ) e Preservação do assistidos e Educação e municípios vizinhos Patrimônio comunidades Pesquisa e ONGs Infância e Juventude 3,3% Crianças Empresas Rio de Janeiro (RJ) Terceira Idade 33,3% Aposentados, pensionistas e Patrocinadora Região Sul (Estados do participantes acima dos (Empresa), corretora Paraná, Santa Catarina, 50 anos, instituições e e seguradora, Rio Grande do Sul e cidade comunidades carentes entidade de educação de Porto Alegre), Região e cultura, ONGs e governo Metropolitana do Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e Fortaleza (CE) Meio Ambiente 16,7% Colaboradores, participantes, ONGs e ABRAPP Rio de Janeiro (RJ) e familiares, empresas, Porto Alegre (RS) investidores e comunidade - Impacto mundial

4 66 PROJETOS SOCIAIS & AMBIENTAIS Saúde O Projeto SEMENTE - Serviço de Atendimento à Saúde Mental realizado pelo AGROS Fundo de Pensão da Universidade Federal de Viçosa, em parceria com a Divisão de Saúde da UFV, atende cerca de 60 portadores de transtornos mentais graves, por meio de uma equipe interdisciplinar. Os pacientes do SEMENTES têm ampliado seus recursos psico-sociais e se estabilizado ao longo do tratamento, participando melhor das atividades propostas, e os familiares têm compartilhado suas dificuldades, desenvolvendo assim uma nova postura frente aos transtornos mentais. O Instituto de dos Correios e Telégrafos (Postalis) desenvolve há 13 anos o Programa de Casos Excepcionais para participantes, assistidos e dependentes em todo território nacional. O programa, que atendeu 545 pessoas em 2006, é oferecido a participantes em situações excepcionais temporárias, de difícil solução por parte dos envolvidos, gerando problemas de ordem psico-social com conseqüente interferência negativa no desempenho de suas atividades funcionais e sociais. O Programa provê remédios, aparelhos auditivos, próteses, cadeiras de rodas, etc., e as atividades assistenciais têm fonte própria de recursos, contabilizadas distintamente das receitas previdenciárias. Seu custeio decorre do pró-labore recebido da venda de seguro de vida em grupo e de seguros de automóveis. Atualmente, o Instituto busca parcerias com empresas e fornecedores a fim de que possa diminuir o custo de aquisição de alguns medicamentos e equipamentos, e com isso atender um maior número de participantes. A Fundação Real Grandeza realiza trabalho em parceria com a casa Ronald McDonald desde 1999, através da venda de vales, que podem ser trocados por sanduíches Big Mac nas lojas McDonald. Os valores arrecadados vão para o tratamento de crianças com câncer atendidas pela Instituição. Em 2006, a Real Grandeza participou da VII Campanha McDia Feliz. Nesse ano, além dos vales para o McDia Feliz, também foram vendidos produtos como camisetas, canetas e toalhas da campanha de combate ao câncer da Casa Ronald McDonald. A parceria também demonstra que, sem utilizar recursos financeiros da Entidade, também se pode contribuir com a sociedade. No Projeto Amor Pela Vida, liderado por uma organização que presta atendimento fisioterapêutico a vítimas de violência urbana e que sobrevivem em estado de pobreza e miséria, a Fundação Real Grandeza contribui por meio da doação de cartuchos vazios. Em 2006, a Fundação doou mais de 32 itens, entre cartuchos de impressoras vazios para reciclagem, alimentos e material de limpeza e higiene, beneficiando 100 pessoas atendidas pelo Projeto. A Fundação Real Grandeza também apóia campanhas de doação de sangue. Através do seu Programa

5 67 Educação de Responsabilidade Social, a Fundação Real Grandeza, em parceria com Furnas e o HemoRio, atuou na 2º Campanha de Doação de Sangue de 2006 e na 1ª Campanha Nacional de Doação de Sangue. O Grupo de Teatro da Fundação, chamado de Real em Cena, participou de uma campanha sócioeducativa e de cidadania e, através de seus meios de comunicação, mobilizou empregados, aposentados e pensionistas do Grande Rio para doarem sangue. Em 2006, foram doadas 547 bolsas de sangue para o HemoRio. O Programa de Consciência Corporal Anti-Estresse da Fundação Real Grandeza realizado desde 1998, tem por finalidade minimizar agentes causadores de estresse, através de trabalhos de respiração e reeducação de postura, alongamento e exercícios para o relaxamento das articulações e musculatura, promovendo uma melhoria da qualidade de vida entre os funcionários, com conseqüente redução do absenteísmo e atrasos. A Fundação Real Grandeza, como filiada ao COEP-RJ (Rede Nacional de Mobilização Social) desde 2004, vem cooperando efetivamente no Concurso Nacional O COEP e a Escola, que agrega alunos de 5ª a 8ª séries das escolas municipais de todo o país. Em 2006 os participantes tinham como tarefa criar uma música com o tema Os Jovens e os Objetivos do Milênio. No Rio de janeiro, o projeto envolveu 400 pessoas. A Semana em homenagem ao Dia Internacional da Mulher acontece há 5 anos na Fundação Real Grandeza e é voltada às funcionárias da Fundação e das instituições parceiras. É realizada nas instalações da Fundação, através da parceria com a CAEFE (Caixa de Assistência dos Empregados de Furnas e Eletronuclear) e Furnas. Durante a semana, ocorrem palestras, debates, homenagens, mostra de projetos sociais e venda de produtos elaborados pelos projetos sociais apoiados pela Fundação Real Grandeza, tais como o das Mulheres Artesãs de Tubiacanga. O Grupo de Teatro Real em Cena também apresentou o espetáculo Mulheres do Cotidiano, criado especialmente para esse evento. O Programa da Condição Físico Funcional, desenvolvido pela Fundação Coelce de, promove exercícios físicos para assistidos voltados à potencialização de suas qualidades físicas, tais como fortalecimento muscular, coordenação motora, equilíbrio estático e dinâmico, agilidade, flexibilidade, reeducação de postura, melhoria respiratória cardiovascular e relaxamento. O Programa acontece desde 2004 na sede da Fundação, em Fortaleza.

6 68 PROJETOS SOCIAIS & AMBIENTAIS Desenvolvimento Comunitário & Inclusão Social A Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil PREVI contribui com o desenvolvimento comunitário através do Programa Berimbau que visa promover o desenvolvimento regional sustentável e a redução das desigualdades através da geração de trabalho e renda e inclusão social da comunidade do entorno do empreendimento de Costa do Sauípe, localizado no Litoral Norte da Bahia. O Programa já desenvolveu projetos de artesanato de piaçava, reciclagem e compostagem, agricultura familiar, pesca artesanal, turismo e educação, que já beneficiaram mais de 800 pessoas. Alguns de seus resultados são: capacitação da comunidade local, maior comercialização dos produtos desenvolvidos, conscientização ambiental e promoção de práticas ecológicas, melhoria da qualidade de vida e maior desenvolvimento comunitário. A Fundação Real Grandeza, como filiada ao COEP- RJ (Rede Nacional de Mobilização Social) participa junto às demais associadas do projeto de desenvolvimento local da comunidade de Tubiacanga, localizada na Ilha do Governador RJ. Há 4 anos o projeto desenvolve ações na área da saúde, cultura, lazer, profissionalização, formação de cooperativas de trabalho, orientação jurídica e inclusão digital. A comunidade possui um telecentro com 10 microcomputadores e já formou 3 cooperativas de trabalho. O projeto GerAção da Caixa de Pecúlios, Assistência e Previdência dos Servidores da Fundação Serviços de Saúde Pública (CAPESESP) é responsável pela captação de recursos financeiros, materiais e humanos, em favor de entidades carentes, tais como orfanatos, asilos e creches comunitárias. No 2º dia útil de cada mês, dia do pagamento do salário dos funcionários, circulam listas entre as divisões da empresa, coletando doações em dinheiro. As doações são espontâneas. As receitas arrecadadas são revertidas em bens e serviços para as instituições assistidas, sem distinção de credo religioso ou viés político. Existe uma comissão gestora composta por seis funcionários que avalia e acompanha as doações. O GerAção não possui cunho meramente assistencialista e, com isso, não faz doações em dinheiro. Em quase quatro anos de movimento, cerca de 2000 pessoas de 30 instituições já foram apoiadas pelo projeto. Há 5 anos a Mendesprev atua como parceira de suas patrocinadoras no Projeto Inverno Solidário, que arrecada roupas, agasalhos, cobertores e calçados novos e usados para doá-los a comunidades carentes da Região Metropolitana de Belo Horizonte. A Gincana da Solidariedade - Troféu Gerência Solidária, promovida pela Fundação Real Grandeza, envolve há cinco anos grupos gerenciais de até 32 componentes na arrecadação e doação de diversos itens para instituições que

7 69 atendem a idosos, crianças, portadores de câncer e HIV positivo de comunidades carentes. Já foram arrecadados e doados itens entre alimentos, material de limpeza e higiene, vestuário, cama mesa e banho, eletrodomésticos, eletro-portáteis, medicamentos e móveis. Só em 2006, a V Gincana da Solidariedade arrecadou mais de 10 mil itens, 124,47% acima do ano anterior. O projeto Moradia e Cidadania busca resgatar na escola o espaço para a construção da identidade e da cidadania. Com esse espírito, a FUNCEF doou 135 microcomputadores para essa entidade. Os aparelhos foram repassados a 16 escolas públicas do Distrito Federal que desenvolvem programas de inclusão digital. A ONG Moradia e Cidadania, uma das maiores organizações da sociedade civil de interesse público do país, tem sede nacional em Brasília, e conta com 24 coordenações estaduais e associados, além de parceiros e voluntários. Fundada pelos empregados da Caixa Econômica Federal em setembro de 2000, a ONG foi motivada pelo Movimento Social de Combate à Fome e à Miséria, lançado em 1993, pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho. A Organização desenvolve, atualmente, 250 projetos em todo o país nas áreas de educação, geração de emprego, microcrédito, qualificação profissionalizante, educação digital, alfabetização de jovens e adultos, ações de melhoria para a moradia de famílias de baixa renda e promoção de cooperativas em economia solidária. Cultura & Preservação do Patrimônio Funcionários da CAPESESP constituiram um grupo de teatro amador, fundado em 2003, denominado Nós em Cena, que se apresenta em teatros, escolas, orfanatos e igrejas sem a cobrança de ingressos e já atendeu 1700 espectadores em O Nós em Cena é patrocinado pela Associação dos Servidores da CAPESESP e tem parceria com a Academia Brasileira de Letras. É solicitado aos espectadores um quilo de alimento não perecível para doar às instituições assistidas pelo Programa GerAção que capta recursos financeiros, materiais e humanos, em favor de entidades carentes. O Grupo de Teatro Real em Cena da Fundação Real Grandeza atende pessoas por ano entre participantes ativos, assistidos e comunidade e tem como objetivo levar cultura, lazer e informação para a sociedade. Ele realiza, há mais de 8 anos, apresentações mensais na empresa, em escolas, hospitais, asilos, orfanatos, comunidades carentes, praças públicas e empresas. Em 2006, os destaques foram as apresentações dos espetáculos Beleleu existe mesmo e Mulheres do Cotidiano, além da esquete Doe Sangue, doe Vida.

8 70 PROJETOS SOCIAIS & AMBIENTAIS Terceira Idade A Fundação Codesc de Seguridade Social FUSESC, desde 2003, formula e implementa políticas de qualidade bio-psico-social e cultural junto aos participantes assistidos do Estado de Santa Catarina, com o apoio de instituições parceiras e conveniadas. Já foram beneficiados mais de 3mil participantes. Visando o atendimento de algumas das necessidades básicas dos idosos, vítimas de AVC Acidente Vascular Cerebral e de deficientes são doados periodicamente ao Centro Social Ana Vieira Pinto, entidade que atende idosos do Morro Santa Marta em Botafogo, Rio de Janeiro, alimentos, material de limpeza e higiene, medicamentos, fraldas geriátricas, vestuário e calçados. O material é arrecadado através de uma caixa de coleta permanente situada na recepção do edifício sede da Fundação Real Grandeza, e durante o Arraiá da Solidariedade, festa anual de confraternização de funcionários, assistidos e pensionistas, que conta com mais de 400 freqüentadores todos os anos. Mais de 2 mil idosos já receberam apoio da Fundação ELETROCEEE no projeto Adoção de Entidades, que beneficia instituições que trabalham com idosos em regime asilar, gerando recursos para o pagamento das despesas das entidades adotadas. As instituições são eleitas por voto direto dos participantes da Fundação ELETROCEEE. Através desse trabalho, a Fundação busca sensibilizar e mobilizar participantes, assistidos e colaboradores para o exercício do voluntariado. Periodicamente, o Serviço Social da Fundação visita as entidades beneficiadas para acompanhar o trabalho desenvolvido junto aos asilados. Os recursos investidos nesse projeto são provenientes de contribuições dos participantes da Fundação, com parceria da seguradora Icatu Hartford e da corretora Amauri Bueno. A Fundação Celpos estimula participantes e colaboradores a contribuírem em trabalhos voltados à cidadania. Nesse contexto, surgiu a Campanha Semear, direcionada a crianças, jovens e idosos carentes da Região Metropolitana do Recife. Essa campanha tem como objetivo principal valorizar trabalhos que possibilitem o crescimento e a integração social da comunidade. A primeira instituição beneficiada foi uma creche e, segundo relato da Fundação Celpos, a consciência da responsabilidade social entre participantes e colaboradores foi despertada de forma significativa. Os Assistidos da Fundação Coelce de FAELCE desde 2004 contam com o Projeto Pipoca com Guaraná, que exibe um filme uma vez por mês e traz um consultor organizacional para discutir e analisar com eles as mensagens contidas no filme. Cerca de 40 pessoas por mês participam da atividade que acontece na

9 71 sede da Fundação em Fortaleza. INFÂNCIA & JUVENTUDE Há 10 anos o Programa de Preparação para a Aposentadoria da Fundação Corsan promove, em parceria com sua patrocinadora, um Seminário de 40 horas para participantes acima dos 50 anos visando promover a reflexão e o estímulo à construção de um projeto de vida. O Programa, que ocorre em Porto Alegre, inclui palestras e oficinas que abordam questões vivenciadas na aposentadoria, bem como suas implicações psico-sociais, despertando os envolvidos para a necessidade de planejar a aposentadoria e quanto aos novos papéis que podem ser desempenhados junto à família e comunidade nesse período. A Fundação Corsan também participa, há 4 anos, da articulação e fortalecimento de Organizações Não Governamentais para a implementação das ações relativas a políticas públicas voltadas ao idoso e tem atuado no Fórum Estadual Permanente da Política do Idoso do Estado do Rio Grande do Sul. O Projeto Maturidade Ativa, realizado pela Fundação Corsan em parceria com o Serviço Social do Comércio-SESC, busca formar um grupo de convivência para aposentados e pensionistas maiores de 50 anos, estimulando-os para o lazer e a realização de atividades físicas e culturais. O Projeto acontece há 2 anos no SESC de Porto Alegre. A Fundação Real Grandeza cede, há 20 anos, um espaço para a venda de produtos do UNICEF - Fundo das Nações Unidas para a Infância. Essa cessão de espaço, localizado no Pátio do Escritório Central de Furnas Centrais Elétricas, ocorre durante algumas semanas no ano. Em 2006, as vendas aconteceram durante os bazares internos da Fundação, entre os meses de novembro e dezembro. A venda dos cartões e produtos Unicef tem beneficiado milhares de crianças e a Fundação se orgulha em participar de um projeto em prol da infância e juventude do Brasil.

10 72 PROJETOS SOCIAIS & AMBIENTAIS MEIO AMBIENTE O projeto de Educação Ambiental da Fundação ELETROCEEE tem promovido, há 8 anos, a conscientização dos colaboradores na busca de novas práticas de desenvolvimento sustentável. Seu objetivo é classificar os resíduos inertes, seco, orgânico e tóxico, e reverter o produto da venda do material reciclável em benefício de creches da periferia de Porto Alegre. Com isso, obteve-se a diminuição da produção de resíduos e sua separação correta, e mil crianças e adolescentes de comunidades carentes de Porto Alegre receberam a doação de cestas básicas e computadores. O Programa ReciclaMendes é responsável pela organização da coleta seletiva e encaminhamento de todo o material reciclável coletado para a ASMARE (Associação de Catadores de Papel, Papelão e Material Reaproveitável). O programa existe desde 2004 e acontece nas empresas do grupo Mendes Júnior. A Mendesprev participa ativamente do programa desde sua criação. O público beneficiado pelo projeto Consciência Ecológico Social da Fundação Real Grandeza é composto de 580 cooperados da ONG Doe Seu Lixo, que recebem os materiais recicláveis oriundos da coleta seletiva da Fundação Real Grandeza. O projeto foi iniciado em 2006, sendo criada uma comissão de consciência ecológicosocial que tem implementado ações e programas para o desenvolvimento e sucesso do projeto. Os Fundos estão se mostrando responsáveis não apenas em relação ao meio ambiente, mas também no que diz respeito ao futuro dos ativos nos quais investem, tornando-se cada vez mais parceiros de projetos que estreitam o compromisso do mundo corporativo com a proteção do meio ambiente e o crescimento sustentado. Neste sentido, o Carbon Disclosure Project (CDP) 1 mobilizou vários Fundos de Pensão Associados à Abrapp para discutir as possibilidades de mapear e reduzir a emissão dos gases causadores do efeito estufa. A ABRAPP tem sido uma das parceiras nesta iniciativa e tem incentivado o envolvimento do setor com o CDP. O resultado na área previdenciária é um esforço coletivo que combina o empenho de empregadores, instituidores e trabalhadores que se dedicam em prol de uma sociedade mais justa e da preservação da qualidade de vida no planeta. No setor de Fundos de Pensão, fazem parte do CDP as Instituições: BANESPREV - Fundo Banespa de Ceres - Fundação de FAELCE Fundação Coelce de

11 73 FAPERS Fundação Assistencial e Previdenciária da Extensão Rural no Rio Grande do Sul FAPES Fundação de Assistência e Previdência Social do BNDES FATL Fundação Atlântico de FIPECq Fundação de Previdência Complementar dos Empregados ou Servidores da FINEP, do IPEA, do CNPq, do INPE e do INPA FUMPRESC Fundo Multipatrocinado de Previdência Complementar de Santa Catarina Itaubanco Fundação Itaubanco Petros Fundação Petrobras de Postalis Instituto de Seguridade Social dos Correios e Telégrafos PREVI Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil Real Grandeza Fundação de Previdência e Assistência Social SEBRAEPREV - Instituto Sebrae de Valia Fundação Vale do Rio Doce de FUNCEF Fundação dos Economiários Federais Fundação Banrisul de Fundação CESP Fundação Copel de Previdência e Assistência Social Fundação CORSAN dos Funcionários da Companhia Riograndense de Saneamento Fundação Rede Ferroviária de REFER Fundação São Francisco de Seguridade Social FUSESC Fundação Codesc de INFRAPREV Instituto Infraero de 1. Carbon Disclosure Project parte de um projeto global que já se encontra no mundo em sua quarta edição e se destina a levar as empresas a reduzir a produção dos gases que são causa do efeito estufa e, conseqüentemente, contribuem para elevar a temperatura média da Terra. Com sede em Londres, o CDP é uma iniciativa que reúne mundialmente 225 investidores institucionais, responsáveis pela gestão de US$ 31,5 trilhões, e que por meio de pesquisas atualizadas anualmente já consegue acompanhar o nível de responsabilidade ambiental de 500 das maiores corporações globais do planeta. O resultado da pesquisa permite que empresas e gestores tenham acesso a dados pertinentes às mudanças climáticas e aos consequentes impactos no mercado corporativo. No Brasil, em 2006, 72% das empresas responderam ao questionário a maior parte delas relatou ter estratégia para redução de emissão de gases relacionados a projetos de ecoeficiência.

RELATÓRIO SOCIAL 2008

RELATÓRIO SOCIAL 2008 RELATÓRIO SOCIAL 2008 PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS 79 Por meio do envolvimento de algumas de suas partes interessadas em projetos próprios ou tecendo parcerias com instituições diversas, os Fundos de Pensão

Leia mais

PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS DOS FUNDOS DE PENSÃO

PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS DOS FUNDOS DE PENSÃO 64 ABRAPP Relatório Social 2010 PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS DOS FUNDOS DE PENSÃO Educação Cultura e Preservação do Patrimônio Aposentados, Instituições de Caridade, Idosos Patrocinador, Entidades Congêneres,

Leia mais

Responsabilidade Social 360º

Responsabilidade Social 360º Responsabilidade Social 360º A Responsabilidade Social se apresenta como um tema cada vez mais importante no comportamento das organizações, exercendo impactos nos objetivos, estratégias e, até mesmo,

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

ÍNDICE. 1. Responsabilidade Social 360º 1 2. Campanhas realizadas em 2013 6. 2013 Demarest Advogados www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados

ÍNDICE. 1. Responsabilidade Social 360º 1 2. Campanhas realizadas em 2013 6. 2013 Demarest Advogados www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados ÍNDICE 1. Responsabilidade Social 360º 1 2. Campanhas realizadas em 2013 6 1. RESPONSABILIDADE SOCIAL 360º RESPONSABILIDADE SOCIAL 360º A Responsabilidade Social se apresenta como um tema cada vez mais

Leia mais

Relatório Anual. Instituto Nossa Ilhéus. Instituto Nossa Ilhéus

Relatório Anual. Instituto Nossa Ilhéus. Instituto Nossa Ilhéus Resumo da ONG O é uma iniciativa da sociedade civil organizada que tem por objetivo fortalecer a cidadania e a democracia participativa, tendo por base a sustentabilidade e o monitoramento social. O age

Leia mais

Inscrições Prêmio ABF-AFRAS. Categoria Franqueador Máster_McDonald s

Inscrições Prêmio ABF-AFRAS. Categoria Franqueador Máster_McDonald s Inscrições Prêmio ABF-AFRAS Categoria Franqueador Máster_McDonald s Nome empresa Arcos Dourados Comércio de Alimentos Ltda. Data de fundação 1979 Número de funcionários 48 mil Localização (cidade e estado

Leia mais

O desenvolvimento do Terceiro Setor e a profissionalização

O desenvolvimento do Terceiro Setor e a profissionalização O desenvolvimento do Terceiro Setor e a profissionalização Cristiane dos Santos Schleiniger * Lise Mari Nitsche Ortiz * O Terceiro Setor é o setor da sociedade que emprega aproximadamente 1 milhão de pessoas.

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA Área de Atuação 1. Formação Profissional Cooperativista São ações voltadas à formação, qualificação e capacitação dos associados,

Leia mais

O que é? Objetivos. FREIRE, P. A educação na cidade. São Paulo: Cortez, 1993, p. 68.

O que é? Objetivos. FREIRE, P. A educação na cidade. São Paulo: Cortez, 1993, p. 68. O que é? Inspirado no Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos (MOVA), criado pelo educador Paulo Freire (1921 1997), o Projeto MOVA Brasil é desenvolvido pelo Instituto Paulo Freire (IPF) em parceria

Leia mais

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009.

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. DISPÕE SOBRE A REESTRUTURAÇÃO DO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE SAÚDE, CRIAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL, DA DIVISÃO DE MEIO-AMBIENTE E

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PROJETO

APRESENTAÇÃO DO PROJETO APRESENTAÇÃO DO PROJETO O Projeto Better World Together da BWT Operadora foi lançado em 2015 e consiste, prioritariamente, em promover a cultura da sustentabilidade ambiental e social. Por meio, entre

Leia mais

Relatório de Ações 2012-2013. Socioambientais

Relatório de Ações 2012-2013. Socioambientais Relatório de Ações 2012-2013 Socioambientais O compromisso com o investimento em ações sociais foi sempre uma prática do Grupo 7COMm e de seus colaboradores. Com a expansão de suas atividades e a modernização

Leia mais

RESPONSÁVEIS RELAÇÕES

RESPONSÁVEIS RELAÇÕES Para a Patrus Transportes, atuar de forma responsável significa valorizar as pessoas. Essa relação começa no ambiente interno e se estende a todos os stakeholders da empresa, como clientes, fornecedores,

Leia mais

CONTEÚDO. 04 Mensagem do Presidente. 06 Sobre o Relatório. 15 Perfil do Setor. 22 Governança Corporativa & Transparência

CONTEÚDO. 04 Mensagem do Presidente. 06 Sobre o Relatório. 15 Perfil do Setor. 22 Governança Corporativa & Transparência CONTEÚDO 04 Mensagem do Presidente 06 Sobre o Relatório 15 Perfil do Setor 22 Governança Corporativa & Transparência 33 Contribuições Previdenciárias & Econômicas 39 Contribuições Sociais 57 Contribuições

Leia mais

Educação para a Sustentabilidade Projeto ESPM Social São Paulo

Educação para a Sustentabilidade Projeto ESPM Social São Paulo Educação para a Sustentabilidade Projeto ESPM Social São Paulo (Escola Superior de Propaganda e Marketing) Apresentação: Prof. Ismael Rocha Prof. Carlos Frederico Lucio São Paulo, julho de 2011 Indicadores

Leia mais

Prefeitura Municipal de Botucatu

Prefeitura Municipal de Botucatu I- Identificação: Projeto Empresa Solidária II- Apresentação : O Fundo Social de Solidariedade é um organismo da administração municipal, ligado ao gabinete do prefeito, que atua em diversos segmentos

Leia mais

COORDENAÇÃO. ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA

COORDENAÇÃO. ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA COORDENAÇÃO ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA Ministério Público - Procuradoria Regional dos Direitos

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 Institui o Programa Mais Educação, que visa fomentar a educação integral de crianças, adolescentes e jovens, por meio do apoio a atividades

Leia mais

Centro Comunitário Vila Gaúcha. Projeto Experimental II

Centro Comunitário Vila Gaúcha. Projeto Experimental II Centro Comunitário Vila Gaúcha Projeto Experimental II Apresentação da Empresa O Centro Comunitário Vila Gaúcha presta atendimento regular em Educação Infantil, Serviço de Apoio Sócio Educativo, Trabalho

Leia mais

NÚCLEO CONSTRUÇÃO E CIDADANIA DO SICEPOT-MG

NÚCLEO CONSTRUÇÃO E CIDADANIA DO SICEPOT-MG NÚCLEO CONSTRUÇÃO E CIDADANIA DO SICEPOT-MG SICEPOT-MG CONSTRUINDO UM MUNDO MELHOR O Núcleo Construção e Cidadania foi criado em 1995 para coordenar, planejar e executar as ações de Responsabilidade Social

Leia mais

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão:

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão: O CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável, é uma Instituição Social Sem Fins Lucrativos, de Utilidade Pública Federal, fundada em 1998, com sede na cidade do Rio de

Leia mais

ESPM Social abre processo seletivo para consultoria de marketing e comunicação

ESPM Social abre processo seletivo para consultoria de marketing e comunicação Financiamento e apoio técnico Prorrogadas as inscrições para o edital de apoio aos Fundos da Infância e Adolescência 2015 Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente de todo o País podem

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 1 Relatório de Sustentabilidade 2014 2 Linha do Tempo TAM VIAGENS 3 Política de Sustentabilidade A TAM Viagens uma Operadora de Turismo preocupada com a sustentabilidade, visa fortalecer o mercado e prover

Leia mais

Promovendo o autodesenvolvimento para as pessoas viverem melhor

Promovendo o autodesenvolvimento para as pessoas viverem melhor Promovendo o autodesenvolvimento para as pessoas viverem melhor para as pessoas Promover o autodesenvolvimento viverem melhor é a missão do Instituto Walmart www.iwm.org.br O Instituto Walmart é uma organização

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS Porta de entrada dos munícipes que necessitam das ações de assistência social que potencializam a família, a comunidade de referência, fortalecendo seus

Leia mais

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Municípios participantes Adrianópolis Bocaiúva do Sul Cerro Azul Doutor Ulysses Rio Branco do Sul Tunas do Paraná Itaperuçu Campo Magro Colombo Almirante Tamandaré

Leia mais

INVESTIMENTO SOCIAL. Agosto de 2014

INVESTIMENTO SOCIAL. Agosto de 2014 INVESTIMENTO SOCIAL Agosto de 2014 INVESTIMENTO SOCIAL Nós promovemos o desenvolvimento sustentável de diversas maneiras Uma delas é por meio do Investimento Social INVESTIMENTO INVESTIENTO SOCIAL - Estratégia

Leia mais

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento,

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento, Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento, Projetos e Capacitação Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

Relatório Anual. Associação Florianopolitana de deficientes Físicos. Associação Florianopolitana de deficientes Físicos

Relatório Anual. Associação Florianopolitana de deficientes Físicos. Associação Florianopolitana de deficientes Físicos Resumo da ONG A Associação Florianopolitana de Deficientes Físicos - AFLODEF é uma entidade sem fins lucrativos, que tem como objetivo a inclusão social de pessoas com deficiênciae em vulnerabilidade social,

Leia mais

PERFIL DOS ESTADOS E DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS: INCLUSÃO PRODUTIVA.

PERFIL DOS ESTADOS E DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS: INCLUSÃO PRODUTIVA. PERFIL DOS ESTADOS E DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS: INCLUSÃO PRODUTIVA. FICHA TÉCNICA Coordenação de População e Indicadores Sociais: Bárbara Cobo Soares Gerente de Pesquisas e Estudos Federativos: Antônio

Leia mais

03 eixos de atuação: ENSINO PESQUISA - EXTENSÃO

03 eixos de atuação: ENSINO PESQUISA - EXTENSÃO A Universidade de Cruz Alta, possui uma área construída de 35.785,92m² em seu Campus Universitário, abrigando, nesse espaço, 26 cursos de graduação, cursos de especialização e mestrado, 119 laboratórios,

Leia mais

Histórico Rede Evangélica Nacional de Ação Social (RENAS) agosto de 2010 no Recife Transformando a sociedade a partir da igreja local

Histórico Rede Evangélica Nacional de Ação Social (RENAS) agosto de 2010 no Recife Transformando a sociedade a partir da igreja local Histórico Esta campanha tem sua origem no contexto do V Encontro Nacional da Rede Evangélica Nacional de Ação Social (RENAS) em agosto de 2010 no Recife PE. Nessa ocasião, o enfoque do evento foi: Transformando

Leia mais

:: LINHAS DE AÇÃO. Apoio aos Municípios. Tecnologia e Informação em Resíduos. Promoção e Mobilização Social. Capacitação

:: LINHAS DE AÇÃO. Apoio aos Municípios. Tecnologia e Informação em Resíduos. Promoção e Mobilização Social. Capacitação :: LINHAS DE AÇÃO Apoio aos Municípios Tecnologia e Informação em Resíduos Capacitação Promoção e Mobilização Social :: PRESSUPOSTOS DA COLETA SELETIVA Gestão participativa Projeto de Governo Projeto da

Leia mais

Categoria Fornecedor

Categoria Fornecedor PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2013 Dados da empresa FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Fornecedor Razão Social: Patrus Transportes Urgentes Ltda Nome Fantasia: Patrus Transportes Data de fundação:

Leia mais

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS 1 DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E OBJETIVO DO MOVIMENTO 2 Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

Projeto de Capacitação de Crianças e Adolescentes sobre Socorrismo, prevenção de acidentes, Defesa Civil e Cidadania

Projeto de Capacitação de Crianças e Adolescentes sobre Socorrismo, prevenção de acidentes, Defesa Civil e Cidadania R e s g a t e M i r i m Comunitário Projeto de Capacitação de Crianças e Adolescentes sobre Socorrismo, prevenção de acidentes, Defesa Civil e Cidadania 1 B E L O H O R I Z O N T E, S A N T A L U Z I A

Leia mais

Esporte como fator de inclusão de jovens na sociedade FGR: Gustavo:

Esporte como fator de inclusão de jovens na sociedade FGR: Gustavo: Esporte como fator de inclusão de jovens na sociedade Entrevista cedida à FGR em Revista por Gustavo de Faria Dias Corrêa, Secretário de Estado de Esportes e da Juventude de Minas Gerais. FGR: A Secretaria

Leia mais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Estatuto da Criança e do Adolescente: 18 anos, 18 Compromissos A criança e o adolescente no centro da gestão municipal O Estatuto

Leia mais

Relatório da Plenária Estadual de Economia Solidária

Relatório da Plenária Estadual de Economia Solidária Relatório da Plenária Estadual de Economia Solidária Nome da Atividade V Plenária Estadual de Economia Solidária de Goiás Data 28 a 30 de agosto de 2012 Local Rua 70, 661- Setor Central -Sede da CUT Goiás

Leia mais

MEIO AMBIENTE Nortel Networks Siemens

MEIO AMBIENTE Nortel Networks Siemens A Nortel Networks aposta na cidadania corporativa e na Responsabilidade Social. Nos últimos anos, a empresa vem se empenhando na realização de um projeto de reciclagem de papéis e outros materiais descartados

Leia mais

Árvore Solidária. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Árvore Solidária. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Árvore Solidária Mostra Local de: Maringá Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Cooperativa Sicredi União PR/SP Cidade: O projeto

Leia mais

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município Estrutura Administrativa e Principais 01. Câmara Municipal - Lei Orgânica do Município de Teresina, de 05 de abril de 1991. - Votar o Orçamento Anual e o Plano Plurianual, bem como autorizar abertura de

Leia mais

Jorn. Esp. Cris Guimarães

Jorn. Esp. Cris Guimarães As Relações Institucionais como Estratégia de Fortalecimento das Causas Sociais Jorn. Esp. Cris Guimarães Quem somos Missão: Potencializar o desenvolvimento integral da criança, adolescente e jovem numa

Leia mais

Transformando o presente, construindo o amanhã.

Transformando o presente, construindo o amanhã. Transformando o presente, construindo o amanhã. Primeira sede em 1988 História No dia 23 de novembro de 1988, a Fundação Belgo-Mineira foi oficialmente constituída, a fim de promover ações de marketing

Leia mais

FICHA PROJETO - nº 072-MA

FICHA PROJETO - nº 072-MA FICHA PROJETO - nº 072-MA Mata Atlântica Grande Projeto TÍTULO: Vereda do Desenvolvimento Sustentável da Comunidade de Canoas: um Projeto Demonstrativo da Conservação da Mata Atlântica. 2) MUNICÍPIOS DE

Leia mais

PROJETO SHOPPINGS CENTERS

PROJETO SHOPPINGS CENTERS Seu Lixo é um Luxo PROJETO SHOPPINGS CENTERS O lixo é um conceito que deveria ser aplicado apenas ao dejeto que realmente não se consegue dar uma destinação correta, que é representado por 5% do que uma

Leia mais

O Investimento Social Britânico no Brasil: Caso do HSBC Bank Brasil

O Investimento Social Britânico no Brasil: Caso do HSBC Bank Brasil O Investimento Social Britânico no Brasil: Caso do HSBC Bank Brasil Ariel Scheffer da Silva Gerente de Sustentabilidade HSBC Bank Brasil São Paulo 24 de novembro de 2009 Sustentabilidade no HSBC Comunicação

Leia mais

Comunidade Solidária: parcerias contra a pobreza

Comunidade Solidária: parcerias contra a pobreza Comunidade Solidária: parcerias contra a pobreza OConselho da Comunidade Solidária foi criado em 1995 com base na constatação de que a sociedade civil contemporânea se apresenta como parceira indispensável

Leia mais

Responsabilidade Social e Ambiental na Petrobras

Responsabilidade Social e Ambiental na Petrobras Responsabilidade Social e Ambiental na Petrobras Carlos Alberto Ribeiro de Figueiredo Janice Dias PETROBRAS - Comunicação Nacional RESPONSABILIDADE SOCIAL SOCIAL CORPORATIVA Necessidade Assistencialismo

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA. Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher

TERMO DE REFERENCIA. Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher TERMO DE REFERENCIA Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher Supervisão Geral No âmbito do Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher, conveniado com a Secretaria Especial

Leia mais

9 FOME ZERO PARCERIAS 138

9 FOME ZERO PARCERIAS 138 9 FOME ZERO PARCERIAS 138 O que é O Fome Zero é uma estratégia do Governo Federal para assegurar o direito à alimentação adequada às pessoas com dificuldades de acesso aos alimentos. A base da estratégia

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projovem em Ação

Mostra de Projetos 2011. Projovem em Ação Mostra de Projetos 2011 Projovem em Ação Mostra Local de: Londrina. Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Prefeitura Municipal Santa Cecilia

Leia mais

Programa Lixo e Cidadania

Programa Lixo e Cidadania Programa Lixo e Cidadania São Bernardo do Campo (SP) Elisabeth Grimberg e Sonia Lima in Segurança Alimentar e Nutricional: a contribuição das empresas para a sustentabilidade das iniciativas locais Fechar

Leia mais

Questionário para Instituidoras

Questionário para Instituidoras Parte 1 - Identificação da Instituidora Base: Quando não houver orientação em contrário, a data-base é 31 de Dezembro, 2007. Dados Gerais Nome da instituidora: CNPJ: Endereço da sede: Cidade: Estado: Site:

Leia mais

Roteiro para orientar o investimento social privado na comunidade 1

Roteiro para orientar o investimento social privado na comunidade 1 Roteiro para orientar o investimento social privado na comunidade 1 O IDIS Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social é uma organização da sociedade civil de interesse público, que tem como

Leia mais

GESTÃO DOS RESÍDUOS ORGÂNICOS

GESTÃO DOS RESÍDUOS ORGÂNICOS PROPOSTAS PARA REELABORAÇÃO PARTICIPATIVA DO PLANO DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS - PGIRS do MUNICÍPIO DE SÃO PAULO Texto de referência TEMA GESTÃO DOS RESÍDUOS ORGÂNICOS 1 O processo de preparação

Leia mais

McDia Feliz. São Paulo, junho 2003. Finalista na Categoria Grande Empresa

McDia Feliz. São Paulo, junho 2003. Finalista na Categoria Grande Empresa McDia Feliz São Paulo, junho 2003 1 McDia Feliz: 15 anos de luta contra o câncer infanto-juvenil no Brasil A cultura de Responsabilidade Social do McDonald s faz parte da filosofia mundial da empresa,

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Cozinha Escola Borda Viva

Mostra de Projetos 2011. Cozinha Escola Borda Viva Mostra de Projetos 2011 Cozinha Escola Borda Viva Mostra Local de: São José dos Pinhais Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais Nome da Instituição/Empresa: Associação

Leia mais

DO PROGRAMA. www.ecolmeia.org.br

DO PROGRAMA. www.ecolmeia.org.br PROGRAMA DO PROGRAMA O Programa ECO RECICLA é uma iniciativa da OSCIP Ecolmeia em parceria com Cooperativas de Reciclagem, seus cooperados, o Primeiro e o Segundo Setor da Sociedade. Tem como objetivo

Leia mais

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE)

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) É o chamado do Ministério da Educação (MEC) à sociedade para o trabalho voluntário de mobilização das famílias e da comunidade pela melhoria da

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios LEI N. 1.343, DE 21 DE JULHO DE 2000 Institui a Política Estadual do Idoso - PEI e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER que a Assembléia Legislativa do Estado

Leia mais

Consumo Consciente e Criação de Valor Compartilhado

Consumo Consciente e Criação de Valor Compartilhado Nestlé Brasil Ltda. Consumo Consciente e Criação de Valor Compartilhado ALAS Agosto, 2010 CSV - Responsabilidade Social Corporativa na Nestlé Além da sustentabilidade: criar valor CRIAR VALOR COMPARTILHADO

Leia mais

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO TAREFAS ESTRUTURA PESSOAS AMBIENTE TECNOLOGIA ÊNFASE NAS TAREFAS Novos mercados e novos conhecimentos ÊNFASE

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO E ORÇAMENTO 2015. Servir a comunidade; educar para a cidadania e incluir os mais vulneráveis

PROGRAMA DE AÇÃO E ORÇAMENTO 2015. Servir a comunidade; educar para a cidadania e incluir os mais vulneráveis PROGRAMA DE AÇÃO E ORÇAMENTO 2015 Servir a comunidade; educar para a cidadania e incluir os mais vulneráveis CAPÍTULO I AETP: A INSTITUIÇÃO 1. Introdução No decorrer do ano de 2015 prevê-se que a AETP

Leia mais

Mapa de Oportunidades e de Serviços Públicos para Plano Brasil Sem Miséria: Proposta de construção em rede colaborativa de instituições brasileiras

Mapa de Oportunidades e de Serviços Públicos para Plano Brasil Sem Miséria: Proposta de construção em rede colaborativa de instituições brasileiras Mapa de Oportunidades e de Serviços Públicos para Plano Brasil Sem Miséria: Proposta de construção em rede colaborativa de instituições brasileiras O que é o Mapa de Oportunidades e de Serviços Públicos?

Leia mais

Jardim Escola Aladdin

Jardim Escola Aladdin Jardim Escola Aladdin Os 4 Rs da Sustentabilidade Rio de janeiro 2016 Objetivo geral Esse projeto tem como objetivo promover o envolvimento dos alunos, professores, pais e comunidade em defesa à sustentabilidade

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. Institui o Programa Pró-Catador, denomina Comitê Interministerial para Inclusão Social

Leia mais

Projetos Sociais da Faculdade Campo Real CIDADANIA REAL 1. O que é o projeto? 2. Em que consistem as atividades do projeto?

Projetos Sociais da Faculdade Campo Real CIDADANIA REAL 1. O que é o projeto? 2. Em que consistem as atividades do projeto? Projetos Sociais da Faculdade Campo Real A promoção da cidadania é qualidade de toda instituição de ensino consciente de sua relevância e capacidade de atuação social. Considerando a importância da Faculdade

Leia mais

Sua empresa é CIDADÃ?

Sua empresa é CIDADÃ? Sua empresa é CIDADÃ? A Câmara de Comércio e Indústria do Estado do Rio de Janeiro (CAERJ) em uma iniciativa inédita está compilando informações corporativas de todos os segmentos: indústria, comércio

Leia mais

O Programa Bolsa Família

O Programa Bolsa Família Painel sobre Programas de Garantia de Renda O Programa Bolsa Família Patrus Ananias de Sousa Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome República Federativa do Brasil Comissão de Emprego e Política

Leia mais

Respar McDonald s Franquia Curitiba Conjunto de Ações de Responsabilidade Social

Respar McDonald s Franquia Curitiba Conjunto de Ações de Responsabilidade Social Respar McDonald s Franquia Curitiba Conjunto de Ações de Responsabilidade Social A Respar JRM Comércio de Alimentos está trabalhando com os seguintes projetos sociais: 1- Contratação de Pessoas Especiais

Leia mais

Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis.

Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis. Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis Localização Missão, Valores e Visão Os 5 Pilares Objetivos e estratégias

Leia mais

DO PROGRAMA. Tem como objetivo gerenciar a coleta seletiva e valorizar a atividade do Catador (a) como agente de transformação ambiental.

DO PROGRAMA. Tem como objetivo gerenciar a coleta seletiva e valorizar a atividade do Catador (a) como agente de transformação ambiental. PROGRAMA DO PROGRAMA O Programa ECO RECICLA é uma iniciativa da OSCIP Ecolmeia em parceria com Cooperativas de Reciclagem, seus cooperados e Setores da Sociedade. Tem como objetivo gerenciar a coleta seletiva

Leia mais

3801 - SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ - ADMINISTRAÇÃO DIRETA

3801 - SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 3801 - SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ - ADMINISTRAÇÃO DIRETA Legislação: Lei nº 17.108, de 27 de julho de 2005. DESCRIÇÃO DO PROGRAMA DE TRABALHO PROGRAMAS ESPECÍFICOS VOLTADOS PARA

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84,

Leia mais

Voluntariado Empresarial

Voluntariado Empresarial Voluntariado Empresarial Agenda 09:00-09:10 Abertura e Introdução ao tema Voluntariado Empresarial 09:10 09:30 Jogo de Palavras conceito trabalho em grupos 09:30 10:15 Apresentação dos grupos e síntese

Leia mais

CONHEÇA OS NOSSOS PROJETOS

CONHEÇA OS NOSSOS PROJETOS CONHEÇA OS NOSSOS PROJETOS APRESENTAÇÃO Em Dezembro de 2004 por iniciativa da Federação das Indústrias do Estado do Paraná o CPCE Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial nasceu como uma organização

Leia mais

Ministério Público do Trabalho

Ministério Público do Trabalho Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho da Nona Região www.prt9.mpt.gov.br A realidade Fundamentos Jurídicos Declaração Universal dos Direitos do Homem, que diz que o reconhecimento

Leia mais

Geração de Oportunidades. para a Inclusão. O que é. Importância. Objetivo. Como funciona

Geração de Oportunidades. para a Inclusão. O que é. Importância. Objetivo. Como funciona 4 112 O que é A articulação para a inclusão busca organizar a intervenção direta dos governos e a apoiar projetos desenvolvidos por estados, Distrito Federal e municípios que gerem oportunidades de inclusão

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

SEMINÁRIO SISTEMA INTERMUNICIPAL DE CAPACITAÇÃO EM PLANEJAMENTO E GESTÃO LOCAL PARTICIPATIVA PORTO ALEGRE - 21 A 23 DE NOVEMBRO/2007

SEMINÁRIO SISTEMA INTERMUNICIPAL DE CAPACITAÇÃO EM PLANEJAMENTO E GESTÃO LOCAL PARTICIPATIVA PORTO ALEGRE - 21 A 23 DE NOVEMBRO/2007 SEMINÁRIO SISTEMA INTERMUNICIPAL DE CAPACITAÇÃO EM PLANEJAMENTO E GESTÃO LOCAL PARTICIPATIVA PORTO ALEGRE - 21 A 23 DE NOVEMBRO/2007 Informações gerais da cidade Ofertas de capacitação Demandas de capacitação

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Inverno Solidário Cocamar

Mostra de Projetos 2011. Inverno Solidário Cocamar Mostra de Projetos 2011 Inverno Solidário Cocamar Mostra Local de: Maringá Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Cocamar Inverno Solidário Cidade: Maringá Contato: thainara.melo@cocamar.br

Leia mais

III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM

III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM Faça parte desse abraço A Fundação Solidariedade ponto focal do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento,braço social do Sistema Correio de Comunicação, é uma Associação

Leia mais

II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA

II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA Salvador, Bahia Brasil, 19 e 20 de novembro de 2009 Mobilização Mundial Conferências

Leia mais

Eixo Inclusão social. Eixo estratégico

Eixo Inclusão social. Eixo estratégico Eixo estratégico Inclusão social de catadores e catadoras de materiais recicláveis através da capacitação e de campanhas de conscientização para a sociedade. 2 Eixo Inclusão social 1 Mapeamento das necessidades

Leia mais

EDUCAÇÃO FISCAL PARA A CIDADANIA - 2015 HISTÓRICO DO GRUPO DE EDUCAÇÃO FISCAL DO MUNICÍPIO DE LAGES

EDUCAÇÃO FISCAL PARA A CIDADANIA - 2015 HISTÓRICO DO GRUPO DE EDUCAÇÃO FISCAL DO MUNICÍPIO DE LAGES EDUCAÇÃO FISCAL PARA A CIDADANIA - 2015 HISTÓRICO DO GRUPO DE EDUCAÇÃO FISCAL DO MUNICÍPIO DE LAGES Em setembro 2011 reuniram-se pela primeira vez um grupo formado por representantes de diversas entidades

Leia mais

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL 4ª Edição QUANDO O BRASIL SE JUNTA, TODO MUNDO GANHA. Secretaria-Geral da Presidência da República Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) Movimento Nacional

Leia mais

Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho da Nona Região. www.prt9.mpt.gov.br

Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho da Nona Região. www.prt9.mpt.gov.br Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho da Nona Região www.prt9.mpt.gov.br A realidade Fundamentos Jurídicos Declaração Universal dos Direitos do Homem, que diz que o reconhecimento

Leia mais

INCLUSÃO PRODUTIVA. 3 - O governo estadual desenvolve ações, programas ou projetos de inclusão produtiva para a geração de trabalho e renda?

INCLUSÃO PRODUTIVA. 3 - O governo estadual desenvolve ações, programas ou projetos de inclusão produtiva para a geração de trabalho e renda? 1 - Existe algum tipo de estudo setorial e/ou diagnóstico socioeconômico do estado que tenha sido realizado no período entre 2010 e 2014? 1 Sim 1.1 - Ano do diagnóstico: Não (passe para 2 o quesito 3)

Leia mais

Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários

Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários Dezembro/2011 Instrumentos da Política SocioAmbiental Linhas de Instituições Financiamento participantes da pesquisa Participação de

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS O mundo inteiro discute, nos dias de hoje, a adoção de medidas globais e locais com o objetivo de diminuir ou, quem sabe, reverter o avanço dos efeitos do aquecimento global. Ações

Leia mais

Categoria Negócios Sustentáveis. Artesanato - Plano de Negócio DRS. Nome do Projeto: Artesanato da Taboa. Agência Responsável: 2440 Piaçabuçu AL

Categoria Negócios Sustentáveis. Artesanato - Plano de Negócio DRS. Nome do Projeto: Artesanato da Taboa. Agência Responsável: 2440 Piaçabuçu AL Categoria Negócios Sustentáveis Artesanato - Plano de Negócio DRS Nome do Projeto: Artesanato da Taboa Agência Responsável: 2440 Piaçabuçu AL Localização: Feliz Deserto Alagoas Feliz Deserto é um município

Leia mais

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012)

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA

POLÍTICAS PÚBLICAS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA POLÍTICAS PÚBLICAS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA 1. Concepções e diretrizes políticas para áreas; Quando falamos de economia solidária não estamos apenas falando de geração de trabalho e renda através de empreendimentos

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Termo de Referência para Elaboração de Plano de Gestão de Praça do PAC modelo de 700m 2

Termo de Referência para Elaboração de Plano de Gestão de Praça do PAC modelo de 700m 2 MINISTÉRIO DA CULTURA Diretoria de Infraestrutura Cultural Secretaria Executiva Termo de Referência para Elaboração de Plano de Gestão de Praça do PAC modelo de 700m 2 1. Objetivos A Praça do PAC é de

Leia mais

PLANO DE GESTÃO DE LOGÍSTICA SUSTENTÁVEL

PLANO DE GESTÃO DE LOGÍSTICA SUSTENTÁVEL Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Guarapuava PLANO DE GESTÃO DE LOGÍSTICA SUSTENTÁVEL Comissão Gestora do Plano de Gestão de Logística Sustentável UTFPR - Câmpus

Leia mais

PAIF. Programa de Atenção Integral à Família - PAIF CRAS

PAIF. Programa de Atenção Integral à Família - PAIF CRAS Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Secretaria Nacional de Assistência Social Programa de Atenção Integral à Família - PAIF CRAS PAIF IMPORTANTE INTERRELAÇÃO ENTRE PAIF E CRAS CRAS O

Leia mais