ARTRÓPODES Mandibulados Terrestres. MSc. Patricia Galante Profes. Zoologia geral Agronomia - UNIPAC

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ARTRÓPODES Mandibulados Terrestres. MSc. Patricia Galante Profes. Zoologia geral Agronomia - UNIPAC"

Transcrição

1 ARTRÓPODES Mandibulados Terrestres MSc. Patricia Galante Profes. Zoologia geral Agronomia - UNIPAC

2

3 CLASSES Classe Chilopoda Classe Diplopoda Classe Insecta

4 Introdução Estimativa de 200 milhões de insetos para cada ser humano! Se adaptaram a todos os climas e ambientes terrestres Apenas no mar são praticamente inexistentes Exoesqueleto Segmentação Órgãos sensoriais desenvolvidos

5 Classificação Miriápodes muitos pés 2 tagmas- cabeça e tronco/ apêndices pareados em todo o tronco - Chilopoda - Diplopoda - Pauropoda - Symphyla Insecta 3 tagmas cabeça/tórax e abdômen com apêndices na cabeça e tórax, mas reduzidos ou ausentes no abômen.

6 Características Gerais 2 ou 3 tagmas 1 par de antenas Traquéias Excreção - Túbulos de Malpighi

7 Sistema digestivo boca com glândulas digestivas, esôfago,papo, moela, estômago, intestino e ânus Sistema excretor túbulos de Malpighi na porção final do intestino Sistema circulatório coração é um tubo alongado com óstios Sistema respiratório Traquéias Sistema nervoso padrão típico dos artrópodes ( cordão nervoso ventral) Sistema reprodutor sexos separados ( dióicos )

8

9 Classe Chilopoda Centopéias e lacraias Podem conter até 177 somitos Todos possuem 1 par de pernas articuladas exceção do primeiro após a cabeça ( modificados e formam garras com veneno)e os dois últimos.

10 Preferem locais úmidos debaixo de troncos, pedras e cascas de árvores Hábitos alimentares carnívoros minhocas, baratas e outros insetos Matam as presas através de suas garras com veneno e maceram com as mandíbulas Algumas lacraias podem atingir até 30 cm de comprimento e são perigosas

11 Classe Diplopoda Piolhos-de-cobra ou milípodes- mil pés Cada somito abdominal possui 2 pares de apêndices 25 a 100 somitos Corpo e hábitos semelhante as centopéias A maioria é herbívora Movimentos lentos / enrolam-se Fluidos tóxicos ou repelentes- glândulas especiais: repugnatórias localizadas ao longo da lateral do corpo

12 Classe Pauropoda Grande grupo de miriápodes diminutos 2 mm ou menos. Pauropus e Allopouropus Corpo mole e esbranquiçados Pequena cabeça com antenas ramificadas e não possuem olhos 1 par de órgãos sensoriais Corpo com 9 pares de pernas Não possuem traquéias e sistema circulatório Pragas em estufas de plantas herbívoros

13 Classe Symphyla 2 a 10 mm Vivem em húmus, folhas decompostas e detritos Pragas vegetais e flores em estufas Corpo mole com 14 segmentos 1 par de fiandeiras Sistema respiratório traqueal Não possuem olhos Scutigerella

14 Classe insecta Mais abundante grupo Estimado em 10 milhões de espécies Estudo dos insetos- entomologia Diferem dos outros artrópodes por possuírem: 3 pares de pernas e 2 pares de asas na região torácica do corpo Tamanho de 1mm a 20 cm Distribuição terrestres e hemípteros marinhos entre o ar e água do mar

15 Adaptabilidade se deve a suas modificações estruturais: asas, pernas, peças bucais e trato digestivo Alguns são parasitas, alguns sugam seiva de plantas, outros mastigam a folhagem vegetal, alguns são predadores e alguns vivem do sangue de outros animais Escleritos- sistema de placas no exoesqueleto, que se conectam por meio de articulações laminares flexíveis Ecleroproteína /composição - leveza

16 Classificação dos insetos São divididos em ordens: Protura cauda Diplura dupla cauda Collembola Thysanura traças Ephemeroptera Odonata libélulas Orthoptera gafanhotos, grilos, baratas, bichos-pau e louva-a-deus

17 Dermaptera tesourinhas Plecoptera Isoptera cupins Embrioptera Psocoptera piolhos-de-livro Zoraptera Mallophaga piolhos mordedores Anoplura piolhos sugadores Trysanoptera - lacerdinhas

18 Hemiptera - percevejos, maria-fedida, barbeiros / glândulas de cheiro Homoptera cigarras, cigarrinhas, pulgões, cochonilhas. Neuroptera formigas-leão, bichos-lixeiros Coleoptera besouros, vagalumes,gorgulhos Diptera moscas e mosquitos, pernilongos,mosca-do-berne, varejeiras, mutucas

19 Trichoptera mosca-d água Siphonaptera pulgas Hymenoptera abelhas,vespas e formigas Strepsiptera Mecoptera Lepdoptera borboletas e mariposas, traçasde-roupa

20 Morfologia externa e função Cabeça/tórax e abdômen 4 placas de escleritos em cada somito Cabeça- 1 par de olhos compostos 1 par de antenas ( táteis, olfativos e auditivos) 3 ocelos olhos simples Peças bucais- cutícula endurecida: 1 par de mandíbulas/ 1 par de maxilas/lábio/hipofaringe em forma de língua

21 órgão visual encontrado em certos artrópodes como insectos e crustáceos. Consiste em cerca de 12 a 1000 omatídeos. O omatídeo é um pequeno sensor que distingue a claridade da escuridão

22 Tórax - Protórax/Mesotórax e Metatórax 1 par de pernas em cada = 6 pernas Na maioria dos insetos mesotórax e metatórax com 1 par de asas em cada Pernas modificadas Abdômen 9 a 11 segmentos Genitália externa no final Várias modificações no corpo

23

24 Locomoção Andar : Arranjo trípode estabilidade Hemíptero aquático caminha sobre água cerdas hidrofóbas Voar : ASAS Projeções dos segmentos meso e metatorácicos Compostas por cutícula A maioria- 2 pares/ mas alguns possuem 1 par ( moscas e mosquitos ) e alguns não possuem (formigas operárias, pulgas e piolhos) Finas e mebranosas ( moscas ) ou grossas e córneas (besouros), cobertas por escamas ( borboletas e mariposas ) Movimentos controlados por um complexo de músculos e controle nervoso

25 Matigador Lambedor Picador Sugador

26 METAMORFOSE Metamorfose Holometábola ( completa ): 80% dos insetos Ovo Larva ( crescimento - vários ínstares) Pupa (diferenciação ) Adulto (reprodução). Ex. Borboletas Metamorfose Hemimetábola (incompleta): Ovo Ninfa ( crescimento/asas / vários ínstares) Adulto. Ex. Gafanhotos, percevejos e cigarras

27

28 ECOLOGIA 1 - Insetos benéficos Abelhas- mel e cera Bicho-da-seda seda Cochonilha- laca de uma cera Fertilização de plantações Polinização de plantações Insetos predadores de insetos daninhos Fonte de alimento para aves, peixes e outros

29 2- Insetos Daninhos Comem e destroem plantas e frutos: Gafanhotos, mariposas, traças, carunchos, pulgões e cochonilhas. Doenças- piolhos, moscas, mosquitos ( febreamarela, filariose, malária, febre tifóide ), pulgas (peste bubônica, verminose), barbeiro (doença de chagas)

30 3- Controle Químico problemas: Erradicação de insetos benéficos, juntamente com os daninhos nas pulverizações indiscriminadas de inseticidas de amplo espectro Resíduos e persistência de inseticidas químicos no ambiente e em animais Resistência aos inseticidas mais usados Uso de alternativas - controle biológico

31

32 4- Controle Biológico Patógenos bacterianos, virais e fúngicos Bacillus thuringiensis controle de lepdópteros praga Introdução de predadores ou parasitas naturais dos insetos-praga (uso do nematóide Deladenus siricidicola no controle de Sirex noctilio. a vespa da madeira, praga chave de florestas de Pinus no sul do Brasil.) Interferir na reprodução ou comportamento do insetopraga através de machos estéreis ou compostos orgânicos existentes na natureza que agem como Ferormônios 51/1/CircTec35.pdf

33 013/noticias/023_noticias.html

34 Controle integrado de pragas : -Utilização conjunta de todas as técnicas práticas possíveis - variedades de plantas resistentes, rotação de culturas,técnicas de cultivo, tempo de semeadura, plantação ou colheita -Uso de controle biológico e uso esparso de inseticidas

35

36 ORDENS INSETOS ORDEM THYSANURA Aparelho bucal = mastigador Asas= ápteros Metamorfose = não fazem Corpo achatado dorsoventralmente Exs.: traças ORDEM PHTIRAPTERA Aparelho bucal = picador sugador Asas = ápteros Podem ser encontrados na cabeça ( piolho ) ou no púbis ( chato)

37 Traça de produtos armazenados (Ordem Lepdóptera) Traça dos livros Traça de roupas ordem lepdóptera

38

39 ORDEM ORTHOPTERA Aparelho Bucal = mastigador Herbívoros Metamorfose- hemimetábolos Pernas posteriores adapatadas para salto Asas anteriores coriáceas ou ausentes Asas posteriores membranosas ou ausentes Macho canta para atrair a fêmea Ex.: grilo, gafanhotos

40 Gafanhoto Maiores que os grilos 5 a 6 cm Herbívoros Antenas curtas Grilo Em média 3cm Se alimentam de outros insetos e plantas - onívoros Antenas tão longas quanto o corpo

41 ORDEM ISOPTERA Aparelho bucal = mastigador Alimentam-se de madeira Metamorfose = hemimetábolos Asas = presentes apenas na época da cópula reis e rainhas Ex.: cupins ORDEM HEMIPTERA Aparelho bucal = picador-sugador Metamorfose = hemimetábolos Subordens: Homoptera pulgões, cochonilhas e cigarrinhas Heteroptera - percevejos Auchenorryncha: cigarras

42

43

44 Percevejo Cigarra

45 ORDEM LEPIDOPTERA Aparelho bucal = lambedor-sugador Metamorfoseholometábolos Asas- = 4, membranosas/ escamas Larvas- taturanas Ex.: borboletas e mariposas ORDEM COLEOPTERA Aparelho Bucal = mastigador Metamorfose = holometábolos Asas anteriores convexas e rígidas Asas posterioresmembranosas Ex.: joaninhas, besouros, carunchos

46

47 Carunchos pequenos besouros

48 ORDEM DIPTERA Aparelho bucal= sugador Alimentação varia Metamorfose = holometábolos Asas = 1 par membranosas/ 1 par balancins (equilíbrio) Ex.: pernilongos, moscas e mosquitos ORDEM SIPHONAPTERA Aparelho bucalpicador sugador Alimentam-se de sangue de aves e mamíferos Asas = ápteros Ex.: pulgas

49 Pernilongo Mosca Mosquito Pulga

50 ORDEM HYMENOPTERA Aparelho bucal = mastigador Alimentação herbívoros ou carnívoros Metamorfose = holometábolos Características especiais- ferrão no abdome Asas = membranosas anteriores maiores Ex.: vespas, abelhas e formigas

TÉCNICO EM AGROECOLOGIA U.C. SANIDADE VEGETAL ARTRÓPODES

TÉCNICO EM AGROECOLOGIA U.C. SANIDADE VEGETAL ARTRÓPODES TÉCNICO EM AGROECOLOGIA U.C. SANIDADE VEGETAL ARTRÓPODES CARACTERÍSTICAS BÁSICAS ARTHROPODA Exoesqueleto quitinoso Bilatérios Filo mais numeroso Características que definem o Grupo Apêndices articulados

Leia mais

Móds. 15 e 16. Setor 1403. Prof. Rafa

Móds. 15 e 16. Setor 1403. Prof. Rafa Móds. 15 e 16 Setor 1403 Prof. Rafa Representantes: crustáceos, Representantes: crustáceos, insetos, Representantes: crustáceos, insetos, aracnídeos, Representantes: crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes

Leia mais

Resumo de Algumas Ordens de Insetos

Resumo de Algumas Ordens de Insetos Resumo de Algumas Ordens de Insetos Prof. Júlio Martins Coleoptera - Besouros Nome: Coleo (estojo) + ptera (asas) Situação: 40% da classe, com mais de 300 mil espécies descritas. Características: aparelho

Leia mais

Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características

Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características O que são artrópodes? Para que servem? Onde podem ser encontrados?

Leia mais

SISTEMA BOM JESUS DE ENSINO COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA CEP CURITIBA PR

SISTEMA BOM JESUS DE ENSINO COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA CEP CURITIBA PR SISTEMA BOM JESUS DE ENSINO COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA CEP CURITIBA PR ARTRÓPODOS INSETOS Insetos Grupo mais numeroso (750 mil espécies) - maioria terrestre. Únicos invertebrados que conseguem voar. Asas

Leia mais

Corpo segmentado e dividido em cabeça, tórax e abdome, podendo alguns apresentar cefalotórax (= cabeça + tórax) e abdome.

Corpo segmentado e dividido em cabeça, tórax e abdome, podendo alguns apresentar cefalotórax (= cabeça + tórax) e abdome. OS ARTRÓPODES Prof. André Maia Apresentam pernas articuladas com juntas móveis. São triblásticos, celomados e dotados de simetria bilateral. Corpo segmentado e dividido em cabeça, tórax e abdome, podendo

Leia mais

Aspectos Gerais - Nome: articulação nos pés. - Maior filo de animais + de 900.000 sp. (3/4 dos animais conhecidos). - Exoesqueleto quitinoso -

Aspectos Gerais - Nome: articulação nos pés. - Maior filo de animais + de 900.000 sp. (3/4 dos animais conhecidos). - Exoesqueleto quitinoso - ARTRÓPODES FILO ARTHROPODA - Sistema digestório completo e sistema circulatório aberto; - Sistema respiratório variável: branquial, traqueal ou filotraqueal; - Sistema excretor por túbulos de Malpighi,

Leia mais

Artrópodes. Profº Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS

Artrópodes. Profº Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS Artrópodes Profº Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS Artrópodes Triblásticos Celomados Protostômios Simetria Bilateral Artrópodes Sistema nervosos ganglionar ventral hiponeuro. Sistema digestório completo Sistema

Leia mais

Artrópodes. Os representantes do Filo Arthropoda (arthro= articulação, podes=pés) são animais com pernas articuladas.

Artrópodes. Os representantes do Filo Arthropoda (arthro= articulação, podes=pés) são animais com pernas articuladas. Artrópodes Os representantes do Filo Arthropoda (arthro= articulação, podes=pés) são animais com pernas articuladas. Todos os artrópodes possuem um exoesqueleto (esqueleto externo), uma carapaça formada

Leia mais

Subfilo Uniramia. Superclasse Myriapoda Superclasse Hexapoda. Subfilo Myriapoda Subfilo Hexapoda

Subfilo Uniramia. Superclasse Myriapoda Superclasse Hexapoda. Subfilo Myriapoda Subfilo Hexapoda MYRIAPODA Subfilo Uniramia Superclasse Myriapoda Superclasse Hexapoda ou Subfilo Myriapoda Subfilo Hexapoda Myriapoda (Gr. myria = inúmeros; podos = pés) - Lacraias, centopéias, piolhos- de- cobra, embuás,

Leia mais

Grupo mais bem sucedido em nº de espécies Exploram mais diferentes ambientes Crustáceos, Aracnídeos, Insetos, Diplópodes e Quilópodes Importância:

Grupo mais bem sucedido em nº de espécies Exploram mais diferentes ambientes Crustáceos, Aracnídeos, Insetos, Diplópodes e Quilópodes Importância: Grupo mais bem sucedido em nº de espécies Exploram mais diferentes ambientes Crustáceos, Aracnídeos, Insetos, Diplópodes e Quilópodes Importância: Alimentação camarão, siris, lagostas,mel Médica uso de

Leia mais

ENT 115 - MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS FLORESTAIS AULAS PRÁTICAS PRÁTICA 4: TÓRAX E SEUS APÊNDICES - TIPOS DE PERNAS E ASAS

ENT 115 - MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS FLORESTAIS AULAS PRÁTICAS PRÁTICA 4: TÓRAX E SEUS APÊNDICES - TIPOS DE PERNAS E ASAS ENT 115 - MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS FLORESTAIS AULAS PRÁTICAS Prof. Alessandra de Carvalho Silva PRÁTICA 4: TÓRAX E SEUS APÊNDICES - TIPOS DE PERNAS E ASAS 1. OBJETIVO E IMPORTÂNCIA Esta aula visa fornecer

Leia mais

CHAVE PARA DETERMINAR AS ORDENS DA CLASSE INSECTA, ATRAVÉS DE INSETOS ADULTOS.

CHAVE PARA DETERMINAR AS ORDENS DA CLASSE INSECTA, ATRAVÉS DE INSETOS ADULTOS. CHAVE PARA DETERMINAR AS ORDENS DA CLASSE INSECTA, ATRAVÉS DE INSETOS ADULTOS. 01 Abdome com estilos esternais; insetos sempre ápteros... 02 01 - Abdome sem estilos esternais; insetos ápteros ou alados...

Leia mais

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats.

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats. Artrópodes - O filo Arthropoda (Artrópodes) possui um número muito grande de animais, o maior grupo com espécies diferentes; - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em

Leia mais

OBJETIVO ELEMENTOS DO JOGO

OBJETIVO ELEMENTOS DO JOGO INSTRUÇÕES DO JOGO OBJETIVO O objetivo do jogo é completar uma coleção de insetos. Para tal, cada jogador deve preencher um cartão com 5 insetos. Cada um deles representa um determinado ciclo de vida,

Leia mais

Artrópodes. Profº Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS

Artrópodes. Profº Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS Artrópodes Profº Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS Artrópodes Triblásticos Celomados Protostômios Simetria Bilateral Artrópodes Sistema nervosos ganglionar ventral hiponeuro. Sistema digestório completo Sistema

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Filo Arthropoda exoesqueleto e patas articuladas. simetria bilateral triblásticos protostômios celomados metamerizados;

Leia mais

Curso Wellington: Biologia-Artrópode-Miriápodes- Características Gerais e Classificação Prof Hilton Franco

Curso Wellington: Biologia-Artrópode-Miriápodes- Características Gerais e Classificação Prof Hilton Franco 1. A cigarra e a formiga Era uma vez uma cigarra que vivia cantando, sem se preocupar com o futuro. Encontrando uma formiga que carregava uma folha pesada, falou: - Para que todo esse trabalho? O verão

Leia mais

biologia 2 biologia dos organismos

biologia 2 biologia dos organismos 1 leitura Principais ordens de insetos Ordem Thysanura (cerca de 700 espécies). Desprovidos de asas; cauda trifurcada. Ametábolos. Aparelho bucal mastigador; alimentam-se de diversos tipos de matéria orgânica,

Leia mais

Grupo de maior sucesso evolutivo: encontrados em praticamente todos os ambientes. Apêndices articulados Correr, nadar, saltar, escavar, copular...

Grupo de maior sucesso evolutivo: encontrados em praticamente todos os ambientes. Apêndices articulados Correr, nadar, saltar, escavar, copular... Grupo de maior sucesso evolutivo: encontrados em praticamente todos os ambientes Apêndices articulados Correr, nadar, saltar, escavar, copular... Exoesqueleto quitinoso Proteção contra agressões e desidratação

Leia mais

Artrópodes. Filo Arthropoda (arthron = articulações e podos = pés)

Artrópodes. Filo Arthropoda (arthron = articulações e podos = pés) Artrópodes Filo Arthropoda (arthron = articulações e podos = pés) Características gerais Mais numeroso do planeta (1.000.000 espécies) Exemplos: insetos, aranhas, caranguejos Vivem em diversos ambientes

Leia mais

ARTRÓPODES PROF. MARCELO MIRANDA

ARTRÓPODES PROF. MARCELO MIRANDA ARTRÓPODES Filo Arthropoda (Artrópodes) Do grego, arthros = articulado e podos = pés; É o filo mais abundante em quantidade de espécies descritas (~1 milhão); Vivem em praticamente todos os tipos de ambientes;

Leia mais

CARACTERÍSTICAS: O corpo dos insetos e formado por três regiões: cabeça, tórax e abdome. Na cabeça das insetos, podemos notar antenas, olhos e peças

CARACTERÍSTICAS: O corpo dos insetos e formado por três regiões: cabeça, tórax e abdome. Na cabeça das insetos, podemos notar antenas, olhos e peças ARTRÓPODES INTRODUÇÃO: Derntro do estudo dos invertebrados, o filo artrópodes merece atenção especial. Ele agrupa mais de 800 mil espécies, contia que supera todos os demais filos reunidos. Além disso,

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com INVERTEBRADOS II ARTRÓPODES Características gerais Corpo segmentado Apêndices articulados coxa trocânter fêmur tíbia garras

Leia mais

Prof Thiago Scaquetti de Souza

Prof Thiago Scaquetti de Souza Prof Thiago Scaquetti de Souza Moluscos Animais de corpo mole Os moluscos são os animais de corpo mole, habitam ambientes terrestres e aquáticos. Representantes: ostra, lula, polvo, sépia, lesma e caracol.

Leia mais

A utilização dos macroinvertebrados aquáticos de riachos na confecção de cartilhas de Educação Ambiental

A utilização dos macroinvertebrados aquáticos de riachos na confecção de cartilhas de Educação Ambiental A utilização dos macroinvertebrados aquáticos de riachos na confecção de cartilhas de Educação Ambiental EQUIPE Professor coordenador Dr. Gabriel de Paula Paciencia (massartella@gmail.com) Professor colaborador

Leia mais

REINO ANIMALIA Filo Artopoda ARTRÓPODES

REINO ANIMALIA Filo Artopoda ARTRÓPODES REINO ANIMALIA Filo Artopoda ARTRÓPODES Artrópodes Corpo e patas articuladas metâmeros Exoesqueleto de quitina(polissacarídeo) = Tegumento Divisão do corpo: cabeça, tórax e abdômen cefalotórax e abdômen

Leia mais

Registro Sobre a Exposição Planeta Inseto

Registro Sobre a Exposição Planeta Inseto Julia S. M. 6 Ano C Registro Sobre a Exposição Planeta Inseto Índice: I. Introdução II. Informações sobre o instituto Biológico III. Não somos insetos! IV. Características gerais sobre o grupo dos insetos.

Leia mais

Móds. 15 ao 18. Setor Prof. Rafa

Móds. 15 ao 18. Setor Prof. Rafa Móds. 15 ao 18 Setor 1423 Prof. Rafa Representantes: crustáceos, Representantes: crustáceos, insetos, Representantes: crustáceos, insetos, aracnídeos, Representantes: crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes

Leia mais

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats.

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats. Artrópodes - O filo Arthropoda (Artrópodes) possui um número muito grande de animais, o maior grupo com espécies diferentes; - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em

Leia mais

Aula 15.1 Conteúdos: Artrópodes: Insetos, crustáceos, aracnídeos e miriápodes DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES

Aula 15.1 Conteúdos: Artrópodes: Insetos, crustáceos, aracnídeos e miriápodes DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula 15.1 Conteúdos: Artrópodes: Insetos, crustáceos, aracnídeos e miriápodes 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com Capítulo 17 - ARTRÓPODES p.250 Você sabe qual é o animal mais forte

Leia mais

Filo Arthropoda. Capítulo 11 aulas 40 a 44. Page 1

Filo Arthropoda. Capítulo 11 aulas 40 a 44. Page 1 Filo Arthropoda Capítulo 11 aulas 40 a 44 Page 1 Você já teve acne??? O que será que isso tem a ver com a nossa aula??? Page 2 Características gerais É o grupo mais numeroso de seres vivos; Aproximadamente

Leia mais

Ordem Isoptera. Alunos: Carlos Felippe Nicoleit; Celso Junior; Charles Magnus da Rosa; Daniella Delavechia.

Ordem Isoptera. Alunos: Carlos Felippe Nicoleit; Celso Junior; Charles Magnus da Rosa; Daniella Delavechia. Ordem Isoptera Alunos: Carlos Felippe Nicoleit; Celso Junior; Charles Magnus da Rosa; Daniella Delavechia. Classificação: Reino: Animal Filo: Artropoda Classe: Insecta Ordem: Isoptera Definição Ordem de

Leia mais

Artrópodes. Características gerais: Celomados Protostômios Triblásticos. Corpo segmentado com apêndices articulados

Artrópodes. Características gerais: Celomados Protostômios Triblásticos. Corpo segmentado com apêndices articulados Artrópodes Características gerais: Celomados Protostômios Triblásticos Artrópodes Corpo segmentado com apêndices articulados Exoesqueleto de quitina (polissacarídeo) impermeável e resistente Conseqüência:

Leia mais

ESPONJA DO MAR CORAL CÉREBRO. MEDUSA ou ÁGUA-VIVA HIDRA PLANÁRIA TERRESTRE. ESCÓLEX de TÊNIA LOMBRIGA. NEMATÓIDE de VIDA LIVRE

ESPONJA DO MAR CORAL CÉREBRO. MEDUSA ou ÁGUA-VIVA HIDRA PLANÁRIA TERRESTRE. ESCÓLEX de TÊNIA LOMBRIGA. NEMATÓIDE de VIDA LIVRE ESPONJA DO MAR Filo Porifera Os poríferos coloniais, como o da foto, são muito comuns nos mares brasileiros. (cerca de 5 cm de altura) HIDRA Filo Cnidaria Classe Hydrozoa Vive em água doce; em seu ciclo

Leia mais

Manuella Rezende Vital Orientado: Prof. Dr. Fábio Prezoto

Manuella Rezende Vital Orientado: Prof. Dr. Fábio Prezoto UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FOR A Instituto de Ciências Biológicas Programa de Pós-graduação em Ecologia Aplicada ao Manejo e Conservação de Recursos Naturais Manuella Rezende Vital Orientado: Prof.

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 59 ARTRÓPODOS E EQUINODERMOS

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 59 ARTRÓPODOS E EQUINODERMOS BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 59 ARTRÓPODOS E EQUINODERMOS ixação F ) (UFF) Assim como os moluscos, anelídeos e artrópodes, os equinodermos também são 2 nvertebrados triploblásticos e celomados. A larva

Leia mais

Curso Wellington:Biologia - Reino Animal - Artrópodes - Aracnídeos - Prof Hilton Franco

Curso Wellington:Biologia - Reino Animal - Artrópodes - Aracnídeos - Prof Hilton Franco 1. Durante uma aula de campo no litoral do Paraná, um aluno fez vários comentários ao encontrar e observar uma série de organismos. Com base em seus conhecimentos sobre os seres vivos, identifique as afirmativas

Leia mais

FILO ARTRÓPODE PROFESSOR :ÉDER

FILO ARTRÓPODE PROFESSOR :ÉDER FILO ARTRÓPODE PROFESSOR :ÉDER CARACTERÍSTICAS GERAIS Do grego, arthros = articulado e podos = pés; Constitui o filo mais abundante em quantidade de espécies descritas ; Vivem em praticamente todos os

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 07 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP 0 A alma da gente durante a vida, produz uma quantidade imensa

Leia mais

COLEÇÃO DIDÁTICA. Parte do conteúdo da apostila Técnicas de coleta, preparação e conservação de insetos (Profª Maria Christina de Almeida)

COLEÇÃO DIDÁTICA. Parte do conteúdo da apostila Técnicas de coleta, preparação e conservação de insetos (Profª Maria Christina de Almeida) 1 COLEÇÃO DIDÁTICA Parte do conteúdo da apostila Técnicas de coleta, preparação e conservação de insetos (Profª Maria Christina de Almeida) I. Material de coleta (Pranchas 1 e 2): 1) -Pinças grandes e

Leia mais

ARTRÓPODES INSETOS, CRUSTÁCEOS, ARACNÍDEOS, QUILÓPODES E DIPLÓPODES. Profa. Monyke Lucena

ARTRÓPODES INSETOS, CRUSTÁCEOS, ARACNÍDEOS, QUILÓPODES E DIPLÓPODES. Profa. Monyke Lucena ARTRÓPODES INSETOS, CRUSTÁCEOS, ARACNÍDEOS, QUILÓPODES E DIPLÓPODES Profa. Monyke Lucena CARACTERÍSTICAS GERAIS Os artrópodes, o grupo mais numeroso de animais, reúnem mais de 1 milhão de espécies catalogados.

Leia mais

Universidade de São Paulo Instituto de Física de São Carlos Licenciatura em Ciências Exatas Biologia

Universidade de São Paulo Instituto de Física de São Carlos Licenciatura em Ciências Exatas Biologia Universidade de São Paulo Instituto de Física de São Carlos Licenciatura em Ciências Exatas Biologia 2 2016 Aula Prática 7: ARTHROPODA UNIRAMIA: MYRIAPODA E INSECTA MYRIAPODA Os miriápodos possuem cabeça

Leia mais

SISTEMA BOM JESUS DE ENSINO COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA CEP CURITIBA PR 2009 ARTRÓPODOS - INSETOS

SISTEMA BOM JESUS DE ENSINO COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA CEP CURITIBA PR 2009 ARTRÓPODOS - INSETOS SISTEMA BOM JESUS DE ENSINO COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA CEP CURITIBA PR 2009 ARTRÓPODOS - INSETOS 7º FILO - ARTHROPODA CLASSE INSECTA Insetos Grupo mais numeroso (750 mil espécies) - maioria terrestre. Únicos

Leia mais

DIVERSIDADE DA VIDA OS SERES VIVOS DIVERSIFICAM OS PROCESSOS VITAIS EXPERIMENTO. Chave taxonômica de identificação para ordens de insetos

DIVERSIDADE DA VIDA OS SERES VIVOS DIVERSIFICAM OS PROCESSOS VITAIS EXPERIMENTO. Chave taxonômica de identificação para ordens de insetos DIVERSIDADE DA VIDA OS SERES VIVOS DIVERSIFICAM OS PROCESSOS VITAIS EXPERIMENTO Chave taxonômica de identificação para ordens de insetos Versão: agosto 18, 2011 4:42 PM 1. Resumo Esta aula tem o objetivo

Leia mais

BAN 160 Entomologia Geral Desenvolvimento de Insetos. Sam Elliot

BAN 160 Entomologia Geral Desenvolvimento de Insetos. Sam Elliot BAN 160 Entomologia Geral Desenvolvimento de Insetos Sam Elliot DIPTERA (Fonte: UNICAMP) O que está acontecendo? DESENVOLVIMENTO: Crescimento Padrões de Desenvolvimento Controle Hormonal Importância Evolutiva

Leia mais

Filo Porífera. Esponjas

Filo Porífera. Esponjas Filo Porífera Esponjas Filo Porifera Osculo Átrio Pinacócitos Amebócito poros Porocito Espícula Flagelo Esponja Mesogléia Coanócito Gonócito Pinacócito Espícula Átrio Póro Porócito Arqueócito Meio Externo

Leia mais

Fazem troca do exoesqueleto Simetria Bilateral O nome deriva-se do fato de terem patas articuladas

Fazem troca do exoesqueleto Simetria Bilateral O nome deriva-se do fato de terem patas articuladas Filo Artrópode Filo Artrópode Acredita-se que tenham evoluído dos anelídeos São animais invertebrados de corpo segmentado (metamerizado) Corpo revestido de exoesqueleto feito de quitina Grupo diverso

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Arthropoda. Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Arthropoda. Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Arthropoda Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia Filos: 1) Porifera; 2) Cnidaria; 3) Platyhelminthes; 4) Nematoda;

Leia mais

CICLO DE VIDA E REPRODUÇÃO. Professora Stella Maris

CICLO DE VIDA E REPRODUÇÃO. Professora Stella Maris CICLO DE VIDA E REPRODUÇÃO Professora Stella Maris CIGARRAS CANTAM ATÉ ESTOURAR? Fonte: https://cienciasnoseculoxxi.wordpress.com/tag/inseto-hemimetabolo/ CICLO DE VIDA DA CIGARRA Ciclo de vida das cigarras

Leia mais

1. Três: cabeça, tórax e abdômen (insetos) 2. Dois: cefalotórax e abdômen (aracnídeos)

1. Três: cabeça, tórax e abdômen (insetos) 2. Dois: cefalotórax e abdômen (aracnídeos) Silvestre 1. Metâmeros bem distintos na fase larvária. 2. Nos adultos se encontram fundidos. 3. Os metâmeros podem se apresentar agrupados em três regiões distintas (insetos) ou em duas (aracnídeos). 1.

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ 2010 01. Cavalos,

Leia mais

Profa Dra. Fernanda Basso Eng. Agr. Msc. Bruno Lodo

Profa Dra. Fernanda Basso Eng. Agr. Msc. Bruno Lodo UNIPAC Curso de Agronomia Manejo Fitossanitário na Cana-de-açúcar Insetos-Pragas GRANDES CULTURAS I - Cultura da Cana-de-açúcar Profa Dra. Fernanda Basso Eng. Agr. Msc. Bruno Lodo Introdução Os danos causados

Leia mais

ARTRÓPODES MÓDULOS 19 E 20

ARTRÓPODES MÓDULOS 19 E 20 ARTRÓPODES MÓDULOS 19 E 20 CARACTERÍSTICAS GERAIS Do grego athros = articulação + podos = patas; Patas articuladas; Corpo segmentado; Corpo revestido por exoesqueleto de quitina; Filo mais diversificado

Leia mais

truta - sapos - rãs - tartaruga - serpente - garça - andorinha - morcego - macaco

truta - sapos - rãs - tartaruga - serpente - garça - andorinha - morcego - macaco PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 3º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== 01- Marque com um (X) a(s) alternativa(s)

Leia mais

REPRODUÇÃO COMPARADA. Sérgio Magalhães

REPRODUÇÃO COMPARADA. Sérgio Magalhães REPRODUÇÃO COMPARADA Sérgio Magalhães REPRODUÇÃO É o processo através do qual o ser vivo dá origem a outros indivíduos da mesma espécie que ele. Pode ser: Assexuada: quando não ocorre troca nem recombinação

Leia mais

NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE BIOLOGIA 2º ANO EM TURMA 222 PROFª FERNANDA 2º BIMESTRE

NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE BIOLOGIA 2º ANO EM TURMA 222 PROFª FERNANDA 2º BIMESTRE DATA: / / 1925 *** COLÉGIO MALLET SOARES *** 2014 89 ANOS DE TRADIÇÃO, RENOVAÇÃO E QUALIDADE DEPARTAMENTO DE ENSINO NOTA: NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE BIOLOGIA 2º ANO EM TURMA 222 PROFª FERNANDA

Leia mais

MOLUSCOS E ARTRÓPODES

MOLUSCOS E ARTRÓPODES MOLUSCOS E ARTRÓPODES MÓDULO 5 ZOOLOGIA MOLUSCOS E ARTRÓPODES O filo Mollusca é o filo dos caracóis, caramujos e lesmas. Estes animais possuem sistema nervoso ganglionar, sistema circulatório aberto, sistema

Leia mais

ARTRÓPODES & EQUINODERMAS. Prof.: Carolina Bossle

ARTRÓPODES & EQUINODERMAS. Prof.: Carolina Bossle & EQUINODERMAS Prof.: Carolina Bossle (do grego, arthron+ articulação, e podos= pés). Reúne o maior número de espécies conhecidas, representam cerca de 80% das espécies de animais conhecidas. Apresentam

Leia mais

Fotomicrografias e Slides Coloridos de 35 mm 169

Fotomicrografias e Slides Coloridos de 35 mm 169 Fotomicrografias e Slides Coloridos de 35 mm 169 FOTOMICROGRAFIAS D518 Ranunculus, typical monocot ro t.s. of central stele D762 Motor nerve cells smear from spinal cord of cow with nerve cells and their

Leia mais

Entomologia Agrícola Características da Classe Insecta em Artrhopoda. Eng. Agr. Luiz Paulo

Entomologia Agrícola Características da Classe Insecta em Artrhopoda. Eng. Agr. Luiz Paulo Entomologia Agrícola Características da Classe Insecta em Artrhopoda Eng. Agr. Luiz Paulo Artrópodes Os artrópodes da classe Insecta ou Hexapoda, considerada a maior e a mais evoluída do filo Arthropoda,

Leia mais

Estão presentes no mundo

Estão presentes no mundo Apêndice C Fichas informativas elaboradas para exposição juntamente com os insetários Apis mellifera Ordem: Hymenoptera Família: APIDAE Gênero: Apis Abelha introduzida no Brasil, muito utilizada na produção

Leia mais

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos PARNAMIRIM - RN Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos Prof. José Roberto E Raphaella Madruga. Nematódeo Vermes de corpo cilíndrico, coberto por cutícula. Apresentam sexos separados (dimorfismo sexual

Leia mais

FILO ARTHROPODA - Enterozoários, triblásticos, celomados, protostômios com simetria bilateral; - Sistema nervoso do tipo ganglionar e ventral; -

FILO ARTHROPODA - Enterozoários, triblásticos, celomados, protostômios com simetria bilateral; - Sistema nervoso do tipo ganglionar e ventral; - ARTRÓPODES FILO ARTHROPODA - Enterozoários, triblásticos, celomados, protostômios com simetria bilateral; - Sistema nervoso do tipo ganglionar e ventral; - Sistema digestório completo e sistema circulatório

Leia mais

Filo Artrópode e Equinoderma. Prof. Rafael Rosolen T. Zafred

Filo Artrópode e Equinoderma. Prof. Rafael Rosolen T. Zafred e Equinoderma Prof. Rafael Rosolen T. Zafred Filo Arthropoda (Artrópode) Maior grupo da Reino Animalia; Representantes Terrestres e Aquáticos; Arthro/poda: Arthros: Articulação; Podos: Pé; Características

Leia mais

Características distintivas do subfilo. Extremidades pares diversamente modificadas

Características distintivas do subfilo. Extremidades pares diversamente modificadas Nenhum grupo de plantas ou de animais no planeta apresenta a amplitude de diversidade morfológica observada entre os Crustacea Atuais (Martin and Davis, 2001) Crustacea GENERALIDADES Cutícula dura crusta

Leia mais

3/3/2017 FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA. Principais funções da cabeça dos insetos: Olhos compostos e ocelos. Antenas.

3/3/2017 FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA. Principais funções da cabeça dos insetos: Olhos compostos e ocelos. Antenas. FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA MORFOLOGIA DOS INSETOS Profª. Dra. Patrícia Bellon. Março/2017 MORFOLOGIA: CABEÇA DOS INSETOS Principais funções da cabeça dos insetos: MORFOLOGIA: CABEÇA DOS INSETOS

Leia mais

Cap. 18 Artrópodes: Características e clasificação

Cap. 18 Artrópodes: Características e clasificação Cap. 18 Artrópodes: Características e clasificação Apresentam metameria, com presença de fusão de segmentos (tagmas). Maior parte apresenta a subdivisão que formam a cabeça, o tórax e o abdome; Presença

Leia mais

6) Assinale a alternativa que mostra o filo, cujos representantes são os animais menos complexos.

6) Assinale a alternativa que mostra o filo, cujos representantes são os animais menos complexos. ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 Aluno: Ano Atual Data : Matéria: Turno: Valor :70pontos Nota:

Leia mais

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats.

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats. Artrópodes - O filo Arthropoda (Artrópodes) possui um número muito grande de animais, o maior grupo com espécies diferentes; - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em

Leia mais

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Níquel Náusea Autor: Fernando Gonsales Distribuição dos Invertebrados: 12,3% 87,7% Como são os artrópodes: O esqueleto destes animais é externo,

Leia mais

Textos de Entomologia. Reginaldo Constantino (coordenador) Ivone R. Diniz José Roberto Pujol-Luz Paulo C. Motta Raul A. Laumann

Textos de Entomologia. Reginaldo Constantino (coordenador) Ivone R. Diniz José Roberto Pujol-Luz Paulo C. Motta Raul A. Laumann Textos de Entomologia Reginaldo Constantino (coordenador) Ivone R. Diniz José Roberto Pujol-Luz Paulo C. Motta Raul A. Laumann versão 3 14 de outubro de 2002 i Textos de apoio para as disciplinas de Entomologia,

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. ALUNO(a): Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. ALUNO(a): Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia SÉRIE: 9º ALUNO(a): Lista de exercícios. No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Leia mais

Vestibular1 A melhor ajuda ao vestibulando na Internet Acesse Agora! www.vestibular1.com.br MOSCAS E INSETOS

Vestibular1 A melhor ajuda ao vestibulando na Internet Acesse Agora! www.vestibular1.com.br MOSCAS E INSETOS MOSCAS E INSETOS Inseto, nome comum de qualquer animal pertencente a uma classe do filo dos artrópodes. Formam a maior classe do Reino Animal, sendo mais numerosos que todos os outros grupos, pois estão

Leia mais

PARASITOLOGIA ZOOTÉCNICA ORDEM HEMIPTERA

PARASITOLOGIA ZOOTÉCNICA ORDEM HEMIPTERA Aula 04 A PARASITOLOGIA ZOOTÉCNICA Aula de hoje: Hemiptera de importância em Parasitologia Zootécnica ORDEM HEMIPTERA Insetos da ordem Hemiptera são divididos em três subordens, os Heteroptera (conhecidos

Leia mais

ARTROPODOLOGIA E MALACOLOGIA

ARTROPODOLOGIA E MALACOLOGIA VICE-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO E CORPO DISCENTE COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA ARTROPODOLOGIA E MALACOLOGIA Rio de Janeiro / 2007 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS À UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO UNIVERSIDADE

Leia mais

Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre

Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre Além do vegetais outros organismos habitavam o ambiente terrestre Organismos de corpo mole como moluscos e anelídeos Organismos com cutícula redução da

Leia mais

Características gerais

Características gerais Artrópodes Quem são? Muitas vezes, não percebemos a presença daqueles animais com corpos de formas estranhas e cores variadas, que vivem ao nosso redor, voam sobre nossas cabeças ou aqueles que se locomovem

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Relações Ecológicas Prof. Enrico Blota

Matéria: Biologia Assunto: Relações Ecológicas Prof. Enrico Blota Matéria: Biologia Assunto: Relações Ecológicas Prof. Enrico Blota Biologia Ecologia Relações ecológicas Representam as interações entre os seres vivos em um determinado ecossistema. Podem ser divididas

Leia mais

MORFOLOGIA EXTERNA TEGUMENTO - CABEÇA. Eng. Agr. Luiz Paulo

MORFOLOGIA EXTERNA TEGUMENTO - CABEÇA. Eng. Agr. Luiz Paulo MORFOLOGIA EXTERNA TEGUMENTO - CABEÇA Eng. Agr. Luiz Paulo Estrutura Geral do Tegumento É constituído de: membrana basal, epiderme e cutícula Tegumento - Origem Possui origem ectodérmica podendo ser descrito

Leia mais

O reino animal. Ao redor da boca existem peças bucais, que ajudam na alimentação do animal e variam muito entre os insetos.

O reino animal. Ao redor da boca existem peças bucais, que ajudam na alimentação do animal e variam muito entre os insetos. Ao redor da boca existem peças bucais, que ajudam na alimentação do animal e variam muito entre os insetos. gafanhoto borboleta Palpos: seguram as folhas. Mandíbula de quitina: corta as folhas. mosquito

Leia mais

Curso Wellington Biologia Reino Animal- Artrópodes Insetos - Prof Hilton Franco

Curso Wellington Biologia Reino Animal- Artrópodes Insetos - Prof Hilton Franco 1. Os insetos são os animais mais bem sucedidos da natureza. São os mais numerosos e sofreram adaptações aos mais diversos ambientes e aos mais diferentes meios de vida. Existem espécies aquáticas (exceto

Leia mais

Principais pragas das hortaliças e perspectivas de controle biológico. Terezinha Monteiro dos Santos Cividanes Pesquisador Científico APTA/SAA - SP

Principais pragas das hortaliças e perspectivas de controle biológico. Terezinha Monteiro dos Santos Cividanes Pesquisador Científico APTA/SAA - SP Principais pragas das hortaliças e perspectivas de controle biológico Terezinha Monteiro dos Santos Cividanes Pesquisador Científico APTA/SAA - SP Plantas cultivadas em sistema de aquaponia Alface Cebolinha

Leia mais

Artrópodes. Conceito. Metazoários formados por anéis e com patas articuladas. Cefalotórax e abdome (ácaros, aracnídeos)

Artrópodes. Conceito. Metazoários formados por anéis e com patas articuladas. Cefalotórax e abdome (ácaros, aracnídeos) Artrópodes Conceito Metazoários formados por anéis e com patas articuladas Cefalotórax e abdome (ácaros, aracnídeos) Cabeça, tórax e abdome (insetos) 2 Classes: Aracnida aracnídeos ácaros, escorpiões e

Leia mais

ARTRÓPODES. Capítulo 8- Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti

ARTRÓPODES. Capítulo 8- Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti ARTRÓPODES Capítulo 8- Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti Evolução dos Artrópodes O filo com o maior nº de espécies do mundo TRILOBITA Origem do grego Artro= articulação e podos= patas

Leia mais

Triblásticos. Celomados. Simetria Bilateral. Protostômios

Triblásticos. Celomados. Simetria Bilateral. Protostômios Artrópodes Triblásticos Celomados Simetria Bilateral Protostômios CARACTERÍSTICAS GERAIS Metameria fusão dos metâmeros Tagmas O filo dos artrópodes (arthros = articulado + poda = pé) apêndices articulados

Leia mais

Possuem sistema circulatório. O sangue desloca-se por um sistema fechado de vasos e contém pigmentos respiratórios dissolvidos no plasma.

Possuem sistema circulatório. O sangue desloca-se por um sistema fechado de vasos e contém pigmentos respiratórios dissolvidos no plasma. Possuem sistema circulatório. O sangue desloca-se por um sistema fechado de vasos e contém pigmentos respiratórios dissolvidos no plasma. Na minhoca, o pigmento respiratório é a hemoglobina, responsável

Leia mais

Crustáceos (crusta= crosta ou pele grossa)

Crustáceos (crusta= crosta ou pele grossa) Grupo Mandibulata Subfilos: Miriápodes: quilópodes (centopéias e lacraias) e diplópodes (piolho de cobra). Crustáceos Insetos Novidades evolutivas: Mandíbulas (importantes para triturar alimentos); Olhos

Leia mais

Simone de Souza Prado, pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente

Simone de Souza Prado, pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente Cupins subterrâneos Simone de Souza Prado, pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente Os cupins são insetos da ordem Isoptera, também conhecidos por térmitas, siriris ou aleluias. Estes insetos são espécies

Leia mais

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA - BIOLOGIA PROFESSOR (A): Renato Azevedo TURMA: 1ª série EM

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA - BIOLOGIA PROFESSOR (A): Renato Azevedo TURMA: 1ª série EM ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA - BIOLOGIA PROFESSOR (A): Renato Azevedo TURMA: 1ª série EM REVISÃO 1) Os moluscos bivalvos (ostras e mexilhões) são organismos economicamente importantes como fonte

Leia mais

CLASSE CYCLOSTOMATA (AGNATHA)

CLASSE CYCLOSTOMATA (AGNATHA) CLASSE CYCLOSTOMATA (AGNATHA) - VERTEBRADOS MAIS PRIMITIVOS; - NÃO POSSUEM VÉRTEBRAS TÍPICAS, APENAS PEÇAS CARTILAGINOSAS, AOS PARES, DISPOSTAS AO LONGO DA MEDULA (NOTOCORDA); - BOCA CIRCULAR COM FUNIL

Leia mais

Manejo Integrado de Pragas de Grandes Culturas

Manejo Integrado de Pragas de Grandes Culturas Manejo Integrado de Pragas de Grandes Culturas Marcelo C. Picanço Prof. de Entomologia Universidade Federal de Viçosa Telefone: (31)38994009 E-mail: picanco@ufv.br Situação do Controle de Pragas de Grandes

Leia mais

Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes. Departamento de Ensino de Ciências e Biologia

Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes. Departamento de Ensino de Ciências e Biologia Universidade do Estado do Rio de Janeiro Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes Departamento de Ensino de Ciências e Biologia Vinícius Amaral Corrêa AVALIAÇÃO DO TEMA INSETOS NOS LIVROS DIDÁTICOS

Leia mais

REVOADA DE FORMIGAS MARCA PERÍODO DE ACASALAMENTO E REVELA SURTO EM LONDRINA

REVOADA DE FORMIGAS MARCA PERÍODO DE ACASALAMENTO E REVELA SURTO EM LONDRINA Instituto de Educação Infantil e Juvenil Primavera, 2014. Londrina, Nome: de Ano: Tempo Início: Edição 35 MMXIV Grupo a REVOADA DE FORMIGAS MARCA PERÍODO DE ACASALAMENTO E REVELA SURTO EM LONDRINA Fábio

Leia mais

Uniramia Características gerais

Uniramia Características gerais Uniramia Características gerais Artrópodes terrestres.. Poucos retornaram à vida aquática (principalmente água doce); Unirremes 1 par de antenas, 1 par de mandíbulas, 2 pares de maxilas (um deles como

Leia mais

ATIVIDADES DE CIÊNCIAS 4º BIMESTRE INVERTEBRADOS II MOLUSCOS, ARACNÍDEOS, ANELÍDEOS E CRUSTÁCEOS

ATIVIDADES DE CIÊNCIAS 4º BIMESTRE INVERTEBRADOS II MOLUSCOS, ARACNÍDEOS, ANELÍDEOS E CRUSTÁCEOS ATIVIDADES DE CIÊNCIAS 4º BIMESTRE INVERTEBRADOS II MOLUSCOS, ARACNÍDEOS, ANELÍDEOS E CRUSTÁCEOS 1. Adivinhe quem sou eu: a) Meu corpo é mole e sem segmento, além de ser dividido em cabeça, pé e massa

Leia mais

Sugestão de avaliação

Sugestão de avaliação Sugestão de avaliação 7 CIÊNCIAS Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao terceiro bimestre escolar ou às Unidades 3 e 4 do livro do Aluno. Avaliação Ciências NOME: TURMA: escola: PROfessOR:

Leia mais

BIOLOGIA Diversidade da Vida Exercícios complementares Gimnospermas, angiospermas e artrópodes

BIOLOGIA Diversidade da Vida Exercícios complementares Gimnospermas, angiospermas e artrópodes 1. (FGV) As plantas portadoras de frutos surgiram na Terra depois das coníferas, provavelmente há cerca de 135 milhões de anos. A análise dos fósseis indica que a quantidade de angiospermas foi rapidamente

Leia mais