Quem reforma o sistema eleitoral?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Quem reforma o sistema eleitoral?"

Transcrição

1 Quem reforma o sistema eleitoral? O nó que amarra a reforma política no Brasil nunca foi desatado. O motivo é simples. Não há interesse. Historicamente, parlamentares só mudam as regras em benefício próprio. Quem está dentro do jogo não quer sair. Agora, com o empurrão que veio das ruas, o país se questiona: as mudanças no sistema político e eleitoral serão levadas adiante? Fonte: João Valadares, Grande Entrave da reforma do sistema eleitoral é o próprio Congresso, site em.com.br, 30/06/2013. A Constituição pode ser alterada por proposta aprovada por três quintos dos membros de cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos. Fonte: Constituição de 1988, art. 60, 2º. Compete privativamente à União legislar sobre direito eleitoral. [...] As votações de projetos de leis eleitorais, em cada Casa do Congresso, são feitas por maioria simples dos presentes. Fonte: Constituição de 1988, art. 22, I e art. 47.

2 Como é o sistema proporcional? Direito: A Constituição determina que a Câmara dos Deputados, as Assembleias Legislativas dos Estados e as Câmaras de Vereadores dos Municípios sejam eleitas pelo sistema proporcional. Fonte: Constituição de 1988, art. 27, 1º, art. 29 e art. 45. Fonte: Gazeta do Povo. Fato: Segundo mais votado nestas eleições, com mais de 1 milhão de votos, o deputado reeleito Tiririca "puxou" mais cinco candidatos de seu partido, o PR, para a Câmara pelo Estado de São Paulo [...]. Ao todo, 478 deputados não alcançaram sozinhos o quociente eleitoral, que é a quantidade necessária de votos para a eleição de um parlamentar. Fonte: UOL, Puxadores de votos ajudam a eleger colegas, disponível em:

3 Como é o sistema majoritário? Direito: A Constituição determina que o Senado Federal, a Presidência da República, os Governos dos Estados e as Prefeituras dos Municípios sejam eleitas pelo sistema majoritário. Fonte: Constituição de 1988, art. 46, art. 77, 2º. Fato: Na disputa mais acirrada desde a redemocratização do país, a presidente Dilma Rousseff (PT) conseguiu se reeleger [...]. Dilma ficou com 51,64% dos votos válidos e Aécio com 48,36%. O resultado mostrou um país dividido, com predominância petista nas regiões Nordeste e Norte e tucana no Sudeste, Sul e Centro-Oeste. Fonte: Biaggio Talento, Reeleição de Dilma mostra divisão do país entre PT e PSDB, site A Tarde, 27/10/2014.

4 Como é o sistema distrital puro? Direito: A Proposta de Emenda à Constituição nº 9, de 2015, alteraria o art. 45 da Constituição para prever o sistema distrital puro. Uma lei dividiria o país em distritos e cada eleitor só poderia votar e se candidatar no seu distrito. O sistema iria ser aplicado a todas as eleições legislativas (Congresso, Assembleias de Estados, Câmaras Municipais). Fonte: Proposta de Emenda à Constituição nº 9/2015. Fato: Vereadores de municípios com mais de 200 mil eleitores poderão passar a ser eleitos por voto distrital, sistema eleitoral que divide a cidade em regiões e elege o mais votado em cada uma delas. A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou, nesta quarta-feira (22/4), o PLS 25/2015, de autoria do senador José Serra (PSDB- SP). [...] A divisão do município em distritos ficará a cargo dos Tribunais Regionais Eleitorais, conforme regulamento a ser expedido pelo Tribunal Superior Eleitoral. [...] Fonte: Revista Consultor Jurídico, Senado aprova voto distrital para vereador e texto segue para Câmara, 22/04/2015. Fonte da imagem: Estadão Dados

5 Como é o distritão? Direito: A Proposta de Emenda à Constituição nº 54, de 2007, alteraria o art. 45 da Constituição para prever o sistema majoritário para todas as eleições legislativas (Congresso, Assembleias de Estados, Câmaras Municipais). Estariam eleitos os candidatos e as candidatas que obtivessem o maior número de votos, na ordem de votação. Fonte: Proposta de Emenda à Constituição nº 54/2007. Fonte: Mariana Desidério, Veja este infográfico e entenda de vez o distritão, Exame.com, 26/05/2014. Fato: Celso Russomanno, que ficou famoso como apresentador de TV, teve 1,5 milhão de votos e é o deputado federal mais votado neste ano. O palhaço Tiririca, com 1 milhão de votos, é o segundo mais votado em São Paulo. O polêmico pastor Marco Feliciano é o terceiro com 398 mil votos. Fonte: Maurício Grego, Veja quem são os deputados mais votados em São Paulo, Exame.com, 05/10/2014.

6 Como é o sistema distrital misto de correção? Modelo alemão: Os eleitores dão um voto para um partido e um voto para um candidato do seu distrito. Cada partido tem direito a uma quantidade de cadeiras no Parlamento, segundo o número de votos que recebeu. Essas vagas são preenchidas, em primeiro lugar, pelos vencedores das eleições distritais. As vagas restantes são preenchidas conforme a lista de candidatos de cada partido, até preencher todas as vagas daquele partido. Se o partido tiver mais vencedores nos distritos que o número de vagas a que tem direito, são criadas vagas extras no Parlamento. Fonte: Guilherme Simões Reis, O Sistema Eleitoral Misto Alemão e o Mito do Melhor dos Mundos, 02/04/2015. Fonte: Horst Frank, Personalisierte Verhältniswahl der Bundesrepublik Deutschland, 01/07/2012, disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/file:pers.ver.wahl.v4.svg.

7 O que é lista aberta e lista fechada? Direito: Art. 59, 1º A votação eletrônica será feita no número do candidato ou da legenda partidária, devendo o nome e fotografia do candidato e o nome do partido ou a legenda partidária aparecer no painel da urna eletrônica, com a expressão designadora do cargo disputado no masculino ou feminino, conforme o caso. Fonte: Lei nº 9504, de 30/09/1997 (Lei Geral das Eleições). Ver também art. 146, IX, do Código Eleitoral. Lista fechada: o eleitor vota numa lista fechada e préordenada de candidatos de um partido. Elegem-se os candidatos segundo a ordem da lista e a quantidade de votos recebidos pelo partido. Fonte: Politize!, Entendendo o voto em lista fechada, disponível em:

8 Como é o sistema distrital misto paralelo? Modelos russo e sul-coreano: o sistema reserva parte dos votos para um modelo proporcional e parte dos outros para um modelo distrital puro. Os eleitores votam numa lista de candidatos e/ou partidos, que serão eleitos proporcionalmente, e também votam num candidato de seu distrito, que será eleito se ganhar a maioria dos votos. Fonte: Guilherme Simões Reis, O Sistema Eleitoral Misto Alemão e o Mito do Melhor dos Mundos, 02/04/2015. Fonte: DeutscheWelle, Sistema eleitoral alemão sofreu poucas mudanças em 60 anos. 60-anos/a

Definição como se transformam votos em poder

Definição como se transformam votos em poder Definição. Sistema eleitoral é o conjunto de regras que define como, em uma determinada eleição, o eleitor pode fazer suas escolhas e como os votos são contabilizados para serem transformados em mandatos.

Leia mais

ELEIÇÕES 2016 O QUE VOCÊ PRECISAR SABER

ELEIÇÕES 2016 O QUE VOCÊ PRECISAR SABER ADVOCACIA & CONSULTORIA EVILSON BRAZ Rua Rodrigues de Aquino, n.º 267, 9º Andar/Sala 903 Edf. Asplan, Centro, João Pessoa/PB - (083) 98761-0375/99989-6277/3021-8444 E-mail: evilsonbraz@ig.com.br / Site:

Leia mais

TRE/RN CICLO DE PALESTRAS

TRE/RN CICLO DE PALESTRAS 01 Vereador: Papel Constitucional e Sistema de Eleição Juiz JAILSOM LEANDRO DE SOUSA 02 Quem é o vereador? O Vereador é o Membro do Poder Legislativo Municipal. 03 Qual é o papel do Vereador? O papel do

Leia mais

Opinião dos Vereadores sobre a Reforma Política

Opinião dos Vereadores sobre a Reforma Política Opinião dos Vereadores sobre a Reforma Política Resultado da pesquisa sobre Reforma Política com Vereadores presentes na 1ª Mobilização Nacional de Vereadores realizada, em Brasília, nos dias 06 e 07 de

Leia mais

ATUALIDADES POLÍTICA : PROCESSO ELEITORAL NORTE-AMERICANO

ATUALIDADES POLÍTICA : PROCESSO ELEITORAL NORTE-AMERICANO ATUALIDADES POLÍTICA : PROCESSO ELEITORAL NORTE-AMERICANO As eleições presidenciais nos Estados Unidos são realizadas de modo indireto por meio de delegados escolhidos via convenções partidárias. Sistema

Leia mais

REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016

REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016 REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016 Dr. Felipe Ferreira Lima Diretor do Instituto Egídio Ferreira Lima 1. Introdução: O debate sobre a Reforma Política no Brasil 2. Registro de Candidatura

Leia mais

Prova Parcial Ciência Política Aluno: Luís Felipe Fachini Turma: AE1 Professora: Silvia Ingrid Lang

Prova Parcial Ciência Política Aluno: Luís Felipe Fachini Turma: AE1 Professora: Silvia Ingrid Lang 1. "Será que existe algum 'poder' que só dependa de quem o exerce e nem um pouco daqueles sobre os quais é exercido? A obediência é sempre uma coisa imposta, mesmo que não pareça? " Ribeiro, João Ubaldo

Leia mais

Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta constituição.

Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta constituição. O Parágrafo Único do Artigo 1º da nossa Constituição (1988) diz: Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta constituição. 2012 é ano de o

Leia mais

Num Congresso Nacional cada vez mais conservador, Jean Wyllys (PSOL/RJ) é o único

Num Congresso Nacional cada vez mais conservador, Jean Wyllys (PSOL/RJ) é o único \"Congresso conservador não significa derrota política\", diz Jean Wyllys Sétimo mais votado no Rio, deputado federal afirma que sua luta pelos direitos das minorias vai além do Legislativo. Segundo ele,

Leia mais

Aula de hoje: Introdução aos sistemas eleitorais (conceitos básicos)

Aula de hoje: Introdução aos sistemas eleitorais (conceitos básicos) Aula de hoje: Introdução aos sistemas eleitorais (conceitos básicos) Referências: Nicolau, J. M. Sistemas eleitorais; uma introdução. Rio de Janeiro: FGV. Lijphart, A. (2003). Modelos de democracia. Rio

Leia mais

Catalogação na Publicação (CIP)

Catalogação na Publicação (CIP) GUIA AOS ELEITORES Catalogação na Publicação (CIP) P221 Pará. Ministério Público. Guia aos eleitores: Perguntas e respostas sobre as eleições municipais de 2016 / Elaboração e Organização de José Edvaldo

Leia mais

Acre nas Eleições. Eleições 2010

Acre nas Eleições. Eleições 2010 Acre nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, a representação acreana na Câmara dos Deputados teve uma renovação de 50%, sendo que apenas um deputado, Márcio Bittar (PSDB), atingiu

Leia mais

Relator: Deputado Ronaldo Caiado

Relator: Deputado Ronaldo Caiado Sugestão de Projeto de Lei sobre a proibição de coligações partidárias nas eleições proporcionais, federações partidárias, listas preordenadas pelos partidos nas eleições proporcionais e financiamento

Leia mais

Papéis dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. O art. 224 do Código Eleitoral dispõe:

Papéis dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. O art. 224 do Código Eleitoral dispõe: Sistemas Eleitorais Voto e Eleições A expressão "sistema eleitoral" designa o modo, os instrumentos e os mecanismos empregados nos países de organização política democrática para constituir seus Poderes

Leia mais

MONARQUIA CONSTITUCIONAL Sinopse da Legislação Eleitoral

MONARQUIA CONSTITUCIONAL Sinopse da Legislação Eleitoral MONARQUIA CONSTITUCIONAL Sinopse da Legislação Eleitoral Legislação Instruções 31 de Outubro de 1820 Instruções 22 de Novembro de 1820 graus em três graus Todos os chefes de família podem votar nas primeiras

Leia mais

Prof. Cristiano Lopes

Prof. Cristiano Lopes Prof. Cristiano Lopes Poder Legislativo Federal ü No Brasil vigora o bicameralismo federativo, no âmbito federal. Ou seja, o Poder Legislativo no Brasil, em âmbito federal, é bicameral, isto é, composto

Leia mais

Para dar seu voto consciente, o eleitor deverá:

Para dar seu voto consciente, o eleitor deverá: Neste ano teremos eleições gerais, para elegermos nossos representantes nas três esferas de Governo: municipal, estadual e federal. Numa democracia representativa, a escolha de prefeitos, governadores,

Leia mais

Reflexões sobre Reforma Política

Reflexões sobre Reforma Política Reflexões sobre Reforma Política Texto Faculdade Assis Gurgacz Cascavel Paraná 27.Set.2013 Roteiro da Apresentação 1a. Parte: Circunstâncias Históricas 2a. Parte: Identificado os caminhos (doutrina de

Leia mais

Veja como a história de Eduardo Campos se funde com a história do PSB

Veja como a história de Eduardo Campos se funde com a história do PSB Biografia de Eduardo Henrique Accioly Campos (Eduardo Campos) Veja como a história de Eduardo Campos se funde com a história do PSB 2014 UNIDOS PELO BRASIL Em 28 de junho, a Coligação Unidos pelo Brasil

Leia mais

TEMAS DA REFORMA POLÍTICA

TEMAS DA REFORMA POLÍTICA TEMAS DA REFORMA POLÍTICA 1 Sistemas Eleitorais 1.1 Sistema majoritário. 1.2 Sistema proporcional 1.2 Sistema misto 2 - Financiamento eleitoral e partidário 3- Suplência de senador 4- Filiação partidária

Leia mais

A TRANSFERÊNCIA DE VOTOS DE CANDIDATOS PARA PARTIDOS E A BARREIRA DO QUOCIENTE ELEITORAL INDIVIDUAL

A TRANSFERÊNCIA DE VOTOS DE CANDIDATOS PARA PARTIDOS E A BARREIRA DO QUOCIENTE ELEITORAL INDIVIDUAL A TRANSFERÊNCIA DE VOTOS DE CANDIDATOS PARA PARTIDOS E A BARREIRA DO QUOCIENTE ELEITORAL INDIVIDUAL ANA LUIZA BACKES Consultora Legislativa da Área XIX Ciências Políticas, Sociologia Política, História,

Leia mais

Diminuir o número de círculos de 22 para 2. Diminuir o número de deputados de 230 para 181. Só exige alteração de 3 artigos da Lei Eleitoral

Diminuir o número de círculos de 22 para 2. Diminuir o número de deputados de 230 para 181. Só exige alteração de 3 artigos da Lei Eleitoral RESUMO DA PROPOSTA Diminuir o número de círculos de 22 para 2 Diminuir o número de deputados de 230 para 181 Só exige alteração de 3 artigos da Lei Eleitoral DOIS PROBLEMAS DA LEI ACTUAL Desrespeito pelo

Leia mais

ESPÉCIES NORMATIVAS E PROCESSO LEGISLATIVO. Maira L. de Souza Melo

ESPÉCIES NORMATIVAS E PROCESSO LEGISLATIVO. Maira L. de Souza Melo ESPÉCIES NORMATIVAS E PROCESSO LEGISLATIVO Maira L. de Souza Melo ESPÉCIES NORMATIVAS Art.18 da CE: Emenda Constitucional Lei Complementar Lei Ordinária Lei Delegada Decreto Legislativo Resolução NORMAS

Leia mais

DIREITO ELEITORAL RE ISAÇO JAIME BARREIROS NETO. 2ª edição

DIREITO ELEITORAL RE ISAÇO JAIME BARREIROS NETO. 2ª edição JAIME BARREIROS NETO Professor Assistente da Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia, aprovado em concurso público de provas e títulos, é Bacharel em Direito, Mestre em Direito Público e

Leia mais

O SISTEMA PROPORCINAL NO BRASIL: ORÍGENS, CARACTERÍSTICAS E EFEITOS Proportional system in Brazil: origins, characteristics and effects.

O SISTEMA PROPORCINAL NO BRASIL: ORÍGENS, CARACTERÍSTICAS E EFEITOS Proportional system in Brazil: origins, characteristics and effects. 21 O SISTEMA PROPORCINAL NO BRASIL: ORÍGENS, CARACTERÍSTICAS E EFEITOS Proportional system in Brazil: origins, characteristics and effects. Noelle Del Giudice Universidad Autónoma de Madrid noellecg@yahoo.com.br

Leia mais

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE. ART. 1, parágrafo único da Constituição Federal de 88:

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE. ART. 1, parágrafo único da Constituição Federal de 88: CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE ART. 1, parágrafo único da Constituição Federal de 88: Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição.

Leia mais

O JOGO DAS ELEIÇÕES A C T I V I D A D E S M A T E M Á T I C A S

O JOGO DAS ELEIÇÕES A C T I V I D A D E S M A T E M Á T I C A S O JOGO DAS ELEIÇÕES A C T I V I D A D E S M A T E M Á T I C A S ÍNDICE Tabelas de Preferência Transitividade e Eliminação de Candidatos Movimentação das preferências individuais Transitividade Eliminação

Leia mais

DIREITOS POLITICOS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS

DIREITOS POLITICOS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS CONCEITO: O direito democrático de participação do povo no governo, por seus representantes, acabou exigindo a formação de um conjunto de normas legais permanentes, que recebe a denominação de direitos

Leia mais

dispunha sobre os poderes constituintes do Parlamento que seria eleito a 2 de Dezembro de 1945 e renomeava o Conselho Federal, que foi novamente chamado de Senado Federal. A dispunha sobre a proclamação

Leia mais

Justiça Eleitoral. Eleições º Turno. Resultado da totalização CEARÁ

Justiça Eleitoral. Eleições º Turno. Resultado da totalização CEARÁ Justiça Eleitoral - Resultado da totalização CEARÁ 31 de janeiro de 2011 Página 1 de 1 Relatório do Resultado da Totalização Resumo Geral do Estado de CEARÁ 23:07: No dia 31 de janeiro de 2011, a Secretaria

Leia mais

Fontes do Direitos: Constituição, lei, costumes, jurisprudência, doutrina e contrato. A Constituição Federal e os tópicos da Economia

Fontes do Direitos: Constituição, lei, costumes, jurisprudência, doutrina e contrato. A Constituição Federal e os tópicos da Economia Fontes do Direitos: Constituição, lei, costumes, jurisprudência, doutrina e contrato. A Constituição Federal e os tópicos da Economia No Brasil, vigora o princípio da Supremacia da Constituição, segundo

Leia mais

PELA REDUÇÃO DO SALARIO DOS DEPUTADOS ESTADUAIS DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO JÁ!

PELA REDUÇÃO DO SALARIO DOS DEPUTADOS ESTADUAIS DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO JÁ! PROJETO DE EMENDA CONSTITUCIONAL DE INICIATIVA POPULAR Projeto de Iniciativa Popular de Emenda à Constituição do Estado do Espírito Santo, que altera os Art.49, 2º e art. 26, IV, a a,b,c,d,e,f. PELA REDUÇÃO

Leia mais

Proibida a reprodução total ou parcial deste livro por qualquer meio sem autorização expressa do autor (Lei nº 9610/98)

Proibida a reprodução total ou parcial deste livro por qualquer meio sem autorização expressa do autor (Lei nº 9610/98) Copyright @ 2015by Ubiratan Félix Pereira dos Santos Proibida a reprodução total ou parcial deste livro por qualquer meio sem autorização expressa do autor (Lei nº 9610/98) Texto: Engº Civil Ubiratan Félix

Leia mais

REGIMENTO INTERNO NORMA Nº 02/ DO REGULAMENTO ELEIÇÕES DA DIRETORIA EXECUTIVA E CONSELH0 FISCAL

REGIMENTO INTERNO NORMA Nº 02/ DO REGULAMENTO ELEIÇÕES DA DIRETORIA EXECUTIVA E CONSELH0 FISCAL REGIMENTO INTERNO NORMA Nº 02/2010 - DO REGULAMENTO ELEIÇÕES DA DIRETORIA EXECUTIVA E CONSELH0 FISCAL Art. 1º - Este Regulamento fixa normas para eleição da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal da, de

Leia mais

Entendendo a Reforma Política no Brasil

Entendendo a Reforma Política no Brasil Entendendo a Reforma Política no Brasil 1- Introdução As manifestações de junho de 2013 trouxeram a tona o questionamento da representatividade do sistema político e eleitoral brasileiro, mostrando a necessidade

Leia mais

Guia de Reforma Política

Guia de Reforma Política Guia de Reforma Política Guia de Reforma Política - 2 de 13 O que os partidos querem com a Reforma Política e a proposta do Movimento Liberal Acorda Brasil O Movimento Liberal Acorda Brasil avaliou as

Leia mais

HOMENS E MULHERES TÊM VISÕES DIFERENTES DO PROCESSO ELEITORAL

HOMENS E MULHERES TÊM VISÕES DIFERENTES DO PROCESSO ELEITORAL HOMENS E MULHERES TÊM VISÕES DIFERENTES DO PROCESSO ELEITORAL Análise realizada a partir de reprocessamento inédito da pesquisa Datafolha de julho de 2010. A produção de tabulações especiais foi realizada

Leia mais

R E S U L T A D O da Sessão:

R E S U L T A D O da Sessão: R E S U L T A D O da Sessão: Sessão do Congresso Nacional (Deliberativa) QUARTA-FEIRA - 18/11/2015 Iniciada 11h30min - Encerrada 22h44min. Aprovado quatro projetos de lei com créditos orçamentários. Entre

Leia mais

Atividade supervisionada de Assessoria de Comunicação

Atividade supervisionada de Assessoria de Comunicação Atividade supervisionada de Assessoria de Comunicação Turma 131 Professora: Cleide Luciane Antoniutti Integrantes: Diego De Souza Basto França Lidiane Da Silva Barbosa Dos Santos Lilian de Melo Virginia

Leia mais

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE ART. 1, 1 da Constituição Federal de 88: Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição. Voto consciente:

Leia mais

EMAIL/FACE: prof.fabioramos@hotmail.com www.facebook.com/prof.fabioramos 1

EMAIL/FACE: prof.fabioramos@hotmail.com www.facebook.com/prof.fabioramos 1 DIREITOS POLÍTICOS Prof. Fábio Ramos prof.fabioramos@hotmail.com Conjunto de normas que disciplinam as formas de exercício da soberania popular. Princípio da Soberania Popular: Art. 1º, par. único: Todo

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS Rodada #1 Regimento Interno da Câmara Professor Julio Ponte Assuntos da Rodada REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS: 1. Disposições Preliminares. 1.1 Sede. 1.2 Sessões Legislativas. 1.3 Sessões Preparatórias.

Leia mais

(CASO PRETENDA SAIR DA CIDADE E JUSTIFICAR O VOTO, OU NÃO PRETENDA VOTAR, NÃO APLIQUE O QUESTIONÁRIO)

(CASO PRETENDA SAIR DA CIDADE E JUSTIFICAR O VOTO, OU NÃO PRETENDA VOTAR, NÃO APLIQUE O QUESTIONÁRIO) PO 813767A INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813767A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813767H INTENÇÃO DE VOTO PARA GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL PO 813767H INTENÇÃO DE VOTO PARA SENADOR DO DISTRITO FEDERAL

Leia mais

O VOTO PROPORCIONAL E A REFORMA POLITICA NO BRASIL

O VOTO PROPORCIONAL E A REFORMA POLITICA NO BRASIL O VOTO PROPORCIONAL E A REFORMA POLITICA NO BRASIL Robison Luiz Marciniaki Karas Co- autor: Bruno Gasparini gasparini_bruno@hotmail.com Palavras-chave: Ciência política -Democracia Sistema- Eleitoral brasileiro.

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, de 2006.

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, de 2006. PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, de 2006. Altera os artigos 46, 56 e 79 da Constituição Federal. As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos termos do art. 60 da Constituição Federal,

Leia mais

2012/ Ao presidente do partido e ao juiz eleitoral

2012/ Ao presidente do partido e ao juiz eleitoral 2012/2014 2016 20/07 a 05/08 Data das Convenções Partidárias 10/06 a 30/06 (Art. 8º da Lei nº. 9.504/97 e 93, 2º da Lei 4.737/65) Prazo de filiação partidária Comunicação de desfiliação partidária Janela

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS MARÇO DE 2014 JOB0311 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO O principal objetivo desse projeto é levantar a intenção de voto do eleitorado acerca

Leia mais

DISPOSIÇÕES CONSTITUCIONAISVISÃO DO PODER LEGISLATIVO DISTRITAL TÍTULO I DO FUNCIONAMENTO CAPÍTULO I DA COMPOSIÇÃO E DA SEDE

DISPOSIÇÕES CONSTITUCIONAISVISÃO DO PODER LEGISLATIVO DISTRITAL TÍTULO I DO FUNCIONAMENTO CAPÍTULO I DA COMPOSIÇÃO E DA SEDE Regimento Interno Ismael Noronha DISPOSIÇÕES CONSTITUCIONAISVISÃO DO PODER LEGISLATIVO DISTRITAL Já caiu em prova A denominação Câmara Legislativa decorre da fusão dos nomes atribuídos às casas legislativas

Leia mais

VOTO EM SEPARADO. AUTORIA: Senador RANDOLFE RODRIGUES I RELATÓRIO

VOTO EM SEPARADO. AUTORIA: Senador RANDOLFE RODRIGUES I RELATÓRIO VOTO EM SEPARADO Perante a COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre a Proposta de Emenda à Constituição nº 43, de 2013 (nº 349, de 2001, na Câmara dos Deputados), primeiro signatário o Deputado

Leia mais

Agrupamento de Escolas José Estêvão. Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral

Agrupamento de Escolas José Estêvão. Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral Agrupamento de Escolas José Estêvão Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral Secção I Disposições gerais Artigo 1º Objeto O presente regulamento estabelece as condições e procedimentos

Leia mais

O grande silêncio aliado a revolta quanto ao resultado das eleições em Barra do Corda

O grande silêncio aliado a revolta quanto ao resultado das eleições em Barra do Corda O grande silêncio aliado a revolta quanto ao resultado das eleições em Barra do Corda Barra do Corda participou de um processo eleitoral neste ano de 2016 como nunca visto antes na história do município.

Leia mais

Tramitação: Requerimento do Dep. Nelson Marquezelli para Criação da Comissão Especial. Mesa Diretora da Câmara dos Deputados

Tramitação: Requerimento do Dep. Nelson Marquezelli para Criação da Comissão Especial. Mesa Diretora da Câmara dos Deputados Tramitação: Requerimento do Dep. Nelson Marquezelli para Criação da Comissão Especial 24/03/2015 Apresentação do Requerimento do Deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), que: "Requer a criação de Comissão

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 2015

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 2015 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 2015, DE Dá nova redação aos arts. 45 e 46 da Constituição Federal para reduzir o número de membros da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. As Mesas da Câmara

Leia mais

É a reforma política, estúpido!

É a reforma política, estúpido! É a reforma política, estúpido! Roberto Ribeiro Corrêa ( 1 ) Quais os mecanismos institucionais que devem vigorar num sistema político de sorte a aperfeiçoar as relações entre os poderes executivo e legislativo,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE COLÉGIO ELEITORAL ESPECIAL COMISSÃO ELEITORAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE COLÉGIO ELEITORAL ESPECIAL COMISSÃO ELEITORAL COLÉGIO ELEITORAL ESPECIAL COMISSÃO ELEITORAL OFÍCIO- Nº 005/2012 COMISSÃO ELEITORAL/UFAC Ao Senhor Eduardo Henrique de Almeida Aguiar Procurador da República Av. Epaminondas Jacome, nº 3017, Centro NC

Leia mais

SENSUS. Relatório Síntese CNT SENSUS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA a 13 de Outubro de 2010

SENSUS. Relatório Síntese CNT SENSUS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA a 13 de Outubro de 2010 Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 106 CNT 11 a 13 de Outubro de 2010 SAUS Q 01 - Bloco J - Entradas 10 e 20 Rua Grão Pará, 737 4ºandar Ed. CNT - 11 o

Leia mais

A sub-representação da mulher na política no Brasil e a nova política de cotas nas eleições de 2010

A sub-representação da mulher na política no Brasil e a nova política de cotas nas eleições de 2010 A sub-representação da mulher na política no Brasil e a nova política de cotas nas eleições de 21 JOSÉ EUSTÁQUIO DINIZ ALVES Doutor em Demografia Prof. Titular do mestrado da ENCE/IBGE Evolução do eleitorado

Leia mais

Questões Fundamentadas da LEI 9.504/97

Questões Fundamentadas da LEI 9.504/97 1 2 APOSTILA AMOSTRA Para adquirir a apostila de 300 Questões fundamentadas da Lei das Eleições Lei 9.504/97 Acesse o site www.odiferencialconcursos.com.br S U M Á R I O Apresentação...3 Questões...4 Respostas...105

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira

CÂMARA DOS DEPUTADOS Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira CÂMARA DOS DEPUTADOS Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Estudo Técnico n.º 09/10 O IMPACTO DO REAJUSTE DO SALÁRIOMÍNIMO NAS CONTAS PÚBLICAS Novembro/2010 Túlio Cambraia Núcleo Trabalho,

Leia mais

O Que Fazem Deputados Federais, Estaduais, Senadores e o Governador? (competências e âmbito de atuação)

O Que Fazem Deputados Federais, Estaduais, Senadores e o Governador? (competências e âmbito de atuação) O Que Fazem Deputados Federais, Estaduais, Senadores e o Governador? (competências e âmbito de atuação) Patricia Brasil Advogada Delegada do Partido Humanista da Solidariedade Junto ao TRE/SP Especialista

Leia mais

PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA:

PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA: Curitiba, 09 de setembro de 2015. Apresentamos a seguir os resultados da pesquisa de opinião pública realizada no município de São Bernardo do Campo, com o objetivo de consulta à população para avaliação

Leia mais

REGULAMENTO DA ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DA COMISSÃO POLÍTICA NACIONAL E DO 36.º CONGRESSO NACIONAL

REGULAMENTO DA ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DA COMISSÃO POLÍTICA NACIONAL E DO 36.º CONGRESSO NACIONAL REGULAMENTO DA ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DA COMISSÃO POLÍTICA NACIONAL E DO 36.º CONGRESSO NACIONAL CAPÍTULO I ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DA COMISSÃO POLÍTICA NACIONAL Artigo 1.º (Eleição do Presidente da CPN)

Leia mais

Distrito Federal nas Eleições. Eleições 2010

Distrito Federal nas Eleições. Eleições 2010 Distrito Federal nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, houve uma renovação de 87,5% na bancada de deputados federais, sendo que apenas um deputado se reelegeu. Por outro lado,

Leia mais

Páginas: DECRETO LEGISLATIVO Nº. 006/2016. O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE BIRITINGA, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, e ainda,

Páginas: DECRETO LEGISLATIVO Nº. 006/2016. O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE BIRITINGA, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, e ainda, Páginas: 8 Índice do diário Atos Oficiais Decreto - N 006/2016 Projeto de Lei - N 001/2015 EMENDA/JUSTIFICAVA Atos Oficiais Decreto N 006/2016 DECRETO LEGISLATIVO Nº. 006/2016 O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE RONDÔNIA

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE RONDÔNIA PATRULHA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE RONDÔNIA O Brasil tornou-se uma República em 1889, quando um golpe militar liderado pelo Marechal Deodoro da Fonseca tirou D. Pedro II do poder. No Brasil,

Leia mais

Sondagem de Opinião Parlamentar Reforma Política

Sondagem de Opinião Parlamentar Reforma Política Reforma Política Abril a Maio de 2009 Brasília, 28 de Maio de 2008 Introdução O recente envio da proposta do Poder Executivo de reforma política trouxe força e fôlego para o debate do tema no Brasil, mobilizando

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LEME SECRETARIA DA CULTURA E TURISMO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LEME SECRETARIA DA CULTURA E TURISMO REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL QUE IRÃO COMPOR O CONSELHO MUNICIPAL DE POLITICA CULTURAL. 1. DAS INSCRIÇÕES 1.1. Poderá se inscrever para participar do processo eleitoral,

Leia mais

Mas você já parou para pensar na importância do seu voto?

Mas você já parou para pensar na importância do seu voto? Desenvolvimento: APOENA Empreendimentos Sociais (www.apoenasocial.com.br) Coordenação técnica: Andrea Goldschmidt e Marcia Hirata Nos próximos dias, todos os brasileiros com 18 anos ou mais irão participar

Leia mais

Cartilha VOTE CONSCIENTE VOTE BEM

Cartilha VOTE CONSCIENTE VOTE BEM Cartilha VOTE VOTE BEM CONSCIENTE O mês de outubro marca a escolha de quem estará, durante os próximos anos, à frente do poder no Brasil. É um dos momentos mais significativos, pois é a hora de o brasileiro

Leia mais

CARTILHA DO JOVEM ELEITOR

CARTILHA DO JOVEM ELEITOR CARTILHA DO JOVEM ELEITOR Elaborada pela Coordenadoria de Comunicação Social do TRE-SP Publicação: internet, intranet e impressão (Autorizada reprodução desde que citada a fonte) www.tre-sp.jus.br Rua

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE BLUMENAU Estado de Santa Catarina

CÂMARA MUNICIPAL DE BLUMENAU Estado de Santa Catarina RESOLUÇÃO MD Nº DISPÕE SOBRE AS ELEIÇÕES DO PROGRAMA VEREADOR MIRIM, PARA O ANO DE 2016. MÁRIO HILDEBRANDT, Presidente da Câmara Municipal de Blumenau, no uso da atribuição que lhe confere o artigo 36,

Leia mais

Comunicamos que a Comissão Executiva Nacional, reunida em 4 de agosto de 2016, analisou os recursos da pauta, conforme abaixo:

Comunicamos que a Comissão Executiva Nacional, reunida em 4 de agosto de 2016, analisou os recursos da pauta, conforme abaixo: São Paulo, 5 de agosto de 2016 DE: DIRETÓRIO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE ORGANIZAÇÃO Assunto: JULGAMENTO DE RECURSOS Comunicamos que a Comissão Executiva Nacional, reunida em 4 de agosto de 2016, analisou

Leia mais

1. DIREITOS POLÍTICOS (art. 1o, II; artigos 14 a 17, da CF) ESPÉCIES: DIREITOS POLÍTICOS POSITIVOS DIREITOS POLÍTICOS NEGATIVOS

1. DIREITOS POLÍTICOS (art. 1o, II; artigos 14 a 17, da CF) ESPÉCIES: DIREITOS POLÍTICOS POSITIVOS DIREITOS POLÍTICOS NEGATIVOS 1. DIREITOS POLÍTICOS (art. 1o, II; artigos 14 a 17, da CF) ESPÉCIES: DIREITOS POLÍTICOS POSITIVOS DIREITOS POLÍTICOS NEGATIVOS DIREITOS POLÍTICOS e REGIME DEMOCRÁTICO O REGIME DEMOCRÁTICO como princípio:

Leia mais

TEMAS DEBATIDOS DECISÕES DA COMISSÃO 1- SUPLÊNCIA DE SENADOR. Foram aprovadas as seguintes alterações:

TEMAS DEBATIDOS DECISÕES DA COMISSÃO 1- SUPLÊNCIA DE SENADOR. Foram aprovadas as seguintes alterações: Senado Federal Comissão da Reforma Política TEMAS DEBATIDOS DECISÕES DA COMISSÃO 1- SUPLÊNCIA DE SENADOR a) Redução de dois suplentes de Senador para um; b) Em caso de afastamento o suplente assume; em

Leia mais

REFORMA POLÍTICA NO BRASIL: OS CONSENSOS POSSÍVEIS E O CAMINHO DO MEIO 1

REFORMA POLÍTICA NO BRASIL: OS CONSENSOS POSSÍVEIS E O CAMINHO DO MEIO 1 REFORMA POLÍTICA NO BRASIL: OS CONSENSOS POSSÍVEIS E O CAMINHO DO MEIO 1 Luís Roberto Barroso 2 I. INTRODUÇÃO Há pouco menos de 10 anos, em 2006, eu escrevi e publiquei um texto com uma proposta de reforma

Leia mais

MÁRIO ELESBÃO LIMA DA SILVA

MÁRIO ELESBÃO LIMA DA SILVA MÁRIO ELESBÃO LIMA DA SILVA 2016 Silva-Regimento Interno da Camara dos Deputados Comentado-1ed.indd 3 08/08/2016 08:12:26 Resolução nº 17, de 1989 REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS TÍTULO I DISPOSIÇÕES

Leia mais

Supremo Tribunal Federal STF Artigo 101

Supremo Tribunal Federal STF Artigo 101 Supremo Tribunal Federal STF Artigo 101 Composto por 11 Ministros de Justiça vitalícios - Taxativamente 11 - Exclusivamente natos - Cidadãos - Mais de 35 e menos de 65 anos de idade - Notável saber jurídico

Leia mais

Resumo das propostas de reforma política

Resumo das propostas de reforma política 1 Resumo das propostas de reforma política A proposta de reforma política apresenta dois eixos principais, tratados mediante projeto de lei: o financiamento público exclusivo de campanhas eleitorais e

Leia mais

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL (2014/2018) Nos termos do artigo 15º do Decreto-Lei nº 75/2008 de 22 de abril, na redação dada pelo Decreto-Lei n.º 137/2012, de 2 de Julho, o Conselho

Leia mais

Resolvem os ministros do Tribunal Superior Eleitoral, por unanimidade, responder afirmativamente à consulta, nos termos do voto do relator.

Resolvem os ministros do Tribunal Superior Eleitoral, por unanimidade, responder afirmativamente à consulta, nos termos do voto do relator. TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 22.767 CONSULTA N 1.476 - CLASSE 5 a - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Carlos Ayres Britto. Consulente: Ciro Francisco Pedrosa, deputado federal.

Leia mais

HISTÓRICO DE REFORMAS A QUE SE REFERE A EXPRESSÃO

HISTÓRICO DE REFORMAS A QUE SE REFERE A EXPRESSÃO HISTÓRICO DE REFORMAS A QUE SE REFERE A EXPRESSÃO REFORMA POLÍTICA NAS DISCUSSÕES EM CURSO NO CONGRESSO NACIONAL MÁRCIO NUNO RABAT Consultor Legislativo da Área XIX Ciência Política, Sociologia Política,

Leia mais

Artigo 1.º. Artigo 2.º

Artigo 1.º. Artigo 2.º REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL DA MESA DA ASSEMBLEIA GERAL, DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E DO CONSELHO FISCAL DA PARCERIA PORTUGUESA PARA A ÁGUA (PPA) Artigo 1.º 1. A eleição da Mesa da Assembleia Geral,

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 351, DE 2014

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 351, DE 2014 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 351, DE 2014 Acrescenta o 2º ao art. 15- A da Lei nº 9.096, de 19 de setembro de 1995, acrescenta o 5º ao art. 22 da Lei 9.504 de 30 de setembro de 1997, e altera o inciso XI

Leia mais

Sumário CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21. TÍTULO III Da Organização do Estado... 39

Sumário CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21. TÍTULO III Da Organização do Estado... 39 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21 TÍTULO I Dos Princípios Fundamentais... 21 TÍTULO II Dos Direitos e Garantias

Leia mais

SENADO FEDERAL PARECER N 670, DE 2015

SENADO FEDERAL PARECER N 670, DE 2015 SENADO FEDERAL PARECER N 670, DE 2015 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre a Mensagem nº 61, de 2015 (nº 312/2015, na origem), que submete à consideração do Senado Federal o nome do

Leia mais

O poder dos partidos políticos nas eleições municipais

O poder dos partidos políticos nas eleições municipais O poder dos partidos políticos nas eleições municipais A Confederação Nacional de Municípios (CNM) vem demonstrar neste estudo o poder dos maiores partidos políticos brasileiros nas últimas três eleições

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS JULHO DE 2014 JOB0478-1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto de

Leia mais

PF.1: Você vota na cidade de? (CITE CIDADE) 1 Sim (PROSSIGA) 2 Não (ENCERRE)

PF.1: Você vota na cidade de? (CITE CIDADE) 1 Sim (PROSSIGA) 2 Não (ENCERRE) PO 813776A INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA - 2º TURNO - VÉSPERA Nº CPD: Nº CIDADE: CHECAGEM: 1 CHECADO 2 SEM TELEFONE 3 TELEFONE ERRADO 4 NÃO ENCONTRADO Nº DE PONTO: V. FECHADAS: QTD: Nº

Leia mais

EDITAL N 002 /2016 DA COMISSÃO ELEITORAL ESPECIAL DA COMPETÊNCIA DA COMISSÃO ELEITORAL ESPECIAL

EDITAL N 002 /2016 DA COMISSÃO ELEITORAL ESPECIAL DA COMPETÊNCIA DA COMISSÃO ELEITORAL ESPECIAL EDITAL N 002 /2016 NORMAS DO PROCESSO ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS MEMBROS DA COMISSÃO PERMANENTE DE PESSOAL DOCENTE (CPPD) DO INSTITUTO FEDERAL GOIANO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS AVANÇADO CRISTALINA.

Leia mais

SENADO FEDERAL PARECER N 718, DE

SENADO FEDERAL PARECER N 718, DE SENADO FEDERAL PARECER N 718, DE 2016 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS, sobre o Projeto de Lei da Câmara nº 200, de 2015 (664, de 2015, na Casa de origem), do Deputado Adail Carneiro, que regulamenta a

Leia mais

CURSO ESCOLA DE DEFENSORIA PÚBLICA Nº

CURSO ESCOLA DE DEFENSORIA PÚBLICA Nº CURSO ESCOLA DE DEFENSORIA PÚBLICA 2016.1 Nº DATA DISCIPLINA Direito Constitucional PROFESSOR Paulo Nasser MONITOR Bruna Oliveira AULA Aula 10 TEMA: DIREITOS POLÍTICOS E NACIONALIDADE DIREITOS POLÍTICOS:

Leia mais

Eleições 2016 São Paulo

Eleições 2016 São Paulo Eleições 06 São Paulo JOB 6_068 Pesquisa registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo SP-00908/06 Perfil da Amostra Especificações Técnicas - Pesquisa Quantitativa - Objetivo Levantar um conjunto

Leia mais

Resultado Eleições 2016 Complexo Aruã

Resultado Eleições 2016 Complexo Aruã INFORMATIVO ELEIÇÕES 2016 02-out-2016 Resultado Eleições 2016 Complexo Aruã Com os resultados das Eleições para Mogi das Cruzes, mais uma vez não temos um vereador morador que represente o complexo dos

Leia mais

CONVOCATÓRIA DA MESA DA ASSEMBLEIA ELEITORAL. Nos termos da Portaria S.R.E. Nº 110/95, de , conjugada com o Ofício

CONVOCATÓRIA DA MESA DA ASSEMBLEIA ELEITORAL. Nos termos da Portaria S.R.E. Nº 110/95, de , conjugada com o Ofício CONVOCATÓRIA DA MESA DA ASSEMBLEIA ELEITORAL Nos termos da Portaria S.R.E. Nº 110/95, de 24-05-95, conjugada com o Ofício Circular D.R.A.E. 3/04, convoco a Assembleia eleitoral do Pessoal Docente para

Leia mais

O que fazer para reformar o Senado?

O que fazer para reformar o Senado? O que fazer para reformar o Senado? Cristovam Buarque As m e d i d a s para enfrentar a crise do momento não serão suficientes sem mudanças na estrutura do Senado. Pelo menos 26 medidas seriam necessárias

Leia mais

PROVA DE GEOGRAFIA 2 o BIMESTRE DE 2012

PROVA DE GEOGRAFIA 2 o BIMESTRE DE 2012 PROVA DE GEOGRAFIA 2 o BIMESTRE DE 2012 PROF. FERNANDO NOME N o 1 a SÉRIE A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

DANÇA D IDEIAS ASSOCIAÇÃO REGULAMENTO ELEITORAL

DANÇA D IDEIAS ASSOCIAÇÃO REGULAMENTO ELEITORAL DANÇA D IDEIAS ASSOCIAÇÃO REGULAMENTO ELEITORAL Aprovado a 29 de Outubro de 2010 CAPÍTULO I PRINCÍPIOS GERAIS Artigo 1º Objecto 1. O presente Regulamento estabelece os princípios reguladores do processo

Leia mais

CURSO BÁSICO SOBRE A ATIVIDADE PARLAMENTAR

CURSO BÁSICO SOBRE A ATIVIDADE PARLAMENTAR CURSO BÁSICO SOBRE A ATIVIDADE PARLAMENTAR Parceria entre a Escola do Legislativo e a Procuradoria-Geral NOÇÕES SOBRE O REGIMENTO INTERNO Instrutora: Dra. Ruth Barros Pettersen da Costa Março, 2015 NOÇÕES

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES RELATÓRIO E PARECER SOBRE A ANTEPROPOSTA DE LEI QUINTA ALTERAÇÃO AO DECRETO-LEI N.º 267/80, DE 8 DE AGOSTO, ALTERADO PELAS LEIS N.º 28/82, DE 15 DE NOVEMBO E N.º 72/93, DE 30 DE NOVEMBRO E PELAS LEIS ORGÂNICAS

Leia mais

Regulamento Eleitoral para a. Eleição dos Órgãos Sociais da. Associação de Professores de Matemática

Regulamento Eleitoral para a. Eleição dos Órgãos Sociais da. Associação de Professores de Matemática Regulamento Eleitoral para a Eleição dos Órgãos Sociais da CAPÍTULO I Dos Princípios Gerais Artigo 1.º Assembleia Eleitoral 1 Em cumprimento do disposto no capítulo sétimo dos Estatutos da Associação de

Leia mais