SISTEMA ELEITORAL BRASILEIRO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMA ELEITORAL BRASILEIRO"

Transcrição

1 Gerente de Relações Institucionais: Sheila Tussi da Cunha Barbosa Analista de Relações Institucionais: Cláudia Fernanda Silva Almeida Assistente Administrativa: Quênia Adriana Camargo Ferreira Estagiários: Tharlen José Nolasco do Nascimento Renan Bonilha Klein SISTEMA ELEITORAL BRASILEIRO O sistema eleitoral brasileiro, responsável pelo conjunto de regras utilizado para eleger representantes e governantes brasileiros, possui dois sistemas eleitorais: o majoritário e o proporcional. O sistema majoritário é praticado nas eleições para o chefe do executivo de todas as esferas (presidente, governador e prefeito) e, no Poder Legislativo, para o Senado Federal. E o sistema proporcional é realizado para a eleição dos membros da Câmara dos Deputados e dos órgãos legislativos estaduais e municipais. Para isso, os partidos sozinhos ou unidos em coligações apresentam uma lista de candidatos em que cada eleitor tem a opção de votar. As eleições são realizadas de dois em dois anos, quando em uma votação se elegem os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores e na próxima o Presidente e vicepresidente da República, governadores e vice-governadores dos Estados e do Distrito Federal, senadores, deputados federais e deputados estaduais. O primeiro turno é no primeiro domingo de outubro e, caso tenha, o segundo turno será no último domingo de outubro. Sistema Majoritário Esse sistema é subdividido em dois tipos: Majoritário simples: utilizado para a escolha de Senadores da República. Nele, está eleito quem receber o maior número de votos. Cada Senador já conta com dois suplentes em sua chapa. Então, quando se vota em um candidato, escolhese também quem o substituirá no caso de sua ausência. Majoritário absoluto: utilizado para a escolha do Presidente da República, governadores e prefeitos. Nesse sistema, é necessária a obtenção de mais de

2 50% dos votos válidos para se eleger. Caso um candidato não atinja esse número haverá um segundo turno de votação, que elegerá o com maior número de votos. Na escolha de prefeitos, apenas os municípios com mais de 200 mil eleitores terão a votação em segundo turno. Sistema Proporcional No sistema proporcional, ser o candidato mais votado não é garantia de eleição. Dois casos em que candidatos bem votados não foram eleitos chamaram a atenção nas eleições de No primeiro, a candidata Luciana Krebs Genro não se elegeu deputada federal mesmo sendo a 9ª mais votada ( votos) no Rio Grande do Sul, que possui 31 vagas. O segundo caso é do candidato Renato Roseno de Oliveira, que foi o 10º mais votado ( votos) no Ceará, Estado que tem 22 vagas de deputado federal. Utilizado no preenchimento dos demais cargos do legislativo (deputados federais, deputados estaduais e distritais, e vereadores), esse sistema condiciona a eleição à quantidade de votos que o partido ou coligação recebeu, e não só aos votos recebidos pelo candidato. Assim, para saber quem foi eleito é preciso saber quais partidos ou coligações receberam mais votos e, posteriormente, localizar quais candidatos deles foram mais votados. Para fazer essa análise, primeiro calcula-se o Quociente Eleitoral (QE) da seguinte forma: divida o número de votos válidos (número de votos retirados os brancos e os nulos) pelo número de cadeiras em disputa. Esse número será a exigência mínima de votos que um partido ou coligação precisará obter para ter direito a uma vaga. Depois, calcula-se o Quociente Partidário dividindo, pelo quociente eleitoral, o número de votos válidos obtidos pelo partido ou pela coligação. O resultado será o número de cadeiras que o partido ou coligação terá direito. Caso sobre alguma vaga, os votos válidos do partido ou da coligação serão divididos pelo número de cadeiras já conquistadas mais um, e quem alcançar o maior resultado fica com a vaga. Com a finalidade de ter mais possibilidade de eleger seus candidatos, os partidos se reúnem em coligações. Os votos recebidos por todos os partidos de uma coligação são somados para funcionar como um grande partido. Serão eleitos

3 os candidatos mais votados de cada partido ou coligação em número correspondente ao de cadeiras conquistadas. Como exemplo, em uma eleição para vereador em uma Câmara com nove cadeiras, os partidos receberam os seguintes votos: Partido A Partido B Coligação com os partidos C e D Partido E 200 Brancos e Nulos 250 Total de votos Dessa forma, o quociente eleitoral será: Votos válidos (Total de votos brancos e nulos) = Quociente eleitoral (Votos válidos / cadeiras) = 550 Observe-se que os partidos A e B e a coligação dos partidos C e D obtiveram uma quantidade de votos acima do quociente eleitoral. Assim, só eles terão direito às cadeiras de vereadores. Agora, calcula-se o quociente partidário: Partido A: 1.150/550 = 2 Partido B: 1.700/550 = 3 Coligação dos partidos C e D: 1.900/550 = 3 A soma das vagas preenchidas resulta em oito, mostrando que sobrou uma vaga. Então, calcula-se qual partido ou coligação ficará com a cadeira remanescente. Partido A: 1.150/(2+1) = 383,3 Partido B: 1.700/(3+1) = 425 Coligação dos partidos C e D: 1.900/(3+1) = 475

4 A coligação dos partidos C e D obteve o maior resultado da divisão da quantidade de votos pelo número de cadeiras já obtidas mais um. Por isso, ficará com quatro vagas, enquanto o partido B ficará com três e o partido A com duas vagas. Votos nulos Nos anos eleitorais, é comum ouvir que se a maioria da população votar nulo, anula-se a eleição. Essa afirmação é falsa. Uma interpretação errada do Art. 224 do Código Eleitoral (Lei 4.737, de 1965) fez com que muitas pessoas acreditassem que o voto nulo tem o poder de cancelar uma eleição. O artigo diz que se a nulidade atingir a mais de metade dos votos do país nas eleições presidenciais, do Estado nas eleições federais e estaduais ou do município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 a 40 dias. Essa nulidade não se refere aos votos nulos, e sim aos votos anulados com base nos Art. 221 e 222 da mesma lei. Essa anulação se dá devido a algum tipo de irregularidade ou descumprimento da Lei Eleitoral, como no caso de alguém votar com falsa identidade em lugar do eleitor chamado. Por isso, o voto nulo apenas expressa nenhuma preferência por candidatos e partidos, não tendo o poder de cancelar uma eleição. As vagas Os legislativos federal, estadual e municipal contam com mais de uma vaga para cada cargo. A definição da quantidade de cadeiras está registrada na Constituição Federal de Para o Senado Federal, cada Estado e o Distrito Federal elegem três senadores, com mandato de oito anos. Os representantes dos Estados serão renovados de quatro em quatro anos, sendo em uma eleição a renovação de uma vaga e na outra de duas vagas. O Senado é o único órgão do legislativo que não se renova completamente em uma eleição e o mandato não é de quatro anos. Na eleição de 2014, será renovado apenas um terço do Senado Federal, então cada Estado e o Distrito Federal elegerão apenas um senador. Já para a Câmara dos Deputados, o número de vagas atualmente é 513, dividida entre os Estados e o Distrito Federal proporcionalmente à população. Cada

5 estado terá no mínimo oito deputados federais e no máximo 70. Os territórios terão direito a quatro representantes. Senado Federal Câmara dos Deputados Sistema majoritário simples Sistema proporcional Mandato de 8 anos Mandato de 4 anos Renovação de 1/3 (27) e 2/3 (54) a Renovação total a cada 4 anos cada 4 anos 81 cadeiras 513 cadeiras Representa as Unidades Federativas Representa o povo Nas Assembleias Legislativas e na Câmara Legislativa do Distrito Federal, o número de deputados corresponderá ao triplo da representação do Estado na Câmara dos Deputados. Caso atinja o número de 36, acrescenta-se a quantidade de Deputados Federais acima de doze. Cada Estado e o Distrito Federal, atualmente, possui a seguinte quantidade de deputados: Unidade Federativa Deputados Federais Deputados Estaduais Acre (AC) 8 24 Alagoas (AL) 9 27 Amapá (AP) 8 24 Amazonas (AM) 8 24 Bahia (BA) Ceará (CE) Distrito Federal (DF) 8 24 Espírito Santo (ES) Goiás (GO) Maranhão (MA) Mato Grosso (MT) 8 24 Mato Grosso do Sul (MS) 8 24 Minas Gerais (MG) Pará (PA) Paraíba (PB) Paraná (PR) Pernambuco (PE) Piauí (PI) Rio de Janeiro (RJ) Rio Grande do Norte (RN) 8 24 Rio Grande do Sul (RS) Rondônia (RO) 8 24 Roraima (RR) 8 24 Santa Catarina (SC) São Paulo (SP) 70 94

6 Sergipe (SE) 8 24 Tocantins (TO) 8 24 O número de vereadores em cada cidade é de acordo com os seus habitantes. A quantidade de cadeiras é expressa na Constituição da seguinte forma: Habitantes Vereadores Até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até De e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de e de até Mais de Eleições 2014 Nestas eleições, serão eleitos o Presidente da República e vice-presidente, senadores, deputados federais e deputados estaduais. O primeiro turno será no dia 5 de outubro e o segundo turno, caso tiver, será no dia 26 do mesmo mês.

7 Para as campanhas, os partidos recebem tanto dinheiro privado quanto público, uma vez que no Brasil funciona o financiamento misto de campanha. A verba privada é arrecadada por meio de doações de pessoas físicas ou jurídicas, e a pública é por meio do Fundo Partidário, que é abastecido com multas eleitorais, doações privadas, recursos financeiros e com dotações orçamentárias da União em valor nunca inferior, cada ano, ao número de eleitores inscritos em 31 de dezembro do ano anterior ao da proposta orçamentária, multiplicados por trinta e cinco centavos de real. Esse fundo é distribuído mensalmente da seguinte forma: 5% são destacados para entrega, em partes iguais, a todos os partidos que tenham seus estatutos registrados no Tribunal Superior Eleitoral; e 95% são distribuídos aos partidos na proporção dos votos obtidos na última eleição geral para a Câmara dos Deputados. O valor é utilizado pelo partido, para: Manutenção das sedes e serviços do partido; Propaganda doutrinária e política; Alistamento e campanhas eleitorais; Criação e manutenção de instituto ou fundação de pesquisa e de doutrinação e educação política; Criação e manutenção de programas de promoção e difusão da participação política das mulheres. A distribuição foi a seguinte nos últimos anos: Divisão do Fundo Partidário (até junho) PT R$ ,44 R$ ,25 R$ ,34 R$ ,60 R$ ,59 PMDB R$ ,51 R$ ,11 R$ ,71 R$ ,47 R$ ,93 PSDB R$ ,16 R$ ,50 R$ ,68 R$ ,14 R$ ,32 DEM R$ ,59 R$ ,21 R$ ,34 R$ ,95 R$ ,94 PP R$ ,57 R$ ,88 R$ ,13 R$ ,67 R$ ,25 PSB R$ ,76 R$ ,59 R$ ,77 R$ ,87 R$ ,33 PDT R$ ,10 R$ ,36 R$ ,71 R$ ,96 R$ ,48 PTB R$ ,63 R$ ,42 R$ ,96 R$ ,64 R$ ,02 PR R$ ,29 R$ ,25 R$ ,97 R$ ,53 R$ ,44 PPS R$ ,51 R$ ,97 R$ ,96 R$ ,37 R$ ,93 PV R$ ,37 R$ ,66 R$ ,61 R$ ,28 R$ ,00 PC do B R$ ,51 R$ ,85 R$ ,00 R$ ,79 R$ ,28 PSC R$ ,78 R$ ,63 R$ ,54 R$ ,55 R$ ,91 PSOL R$ ,59 R$ ,81 R$ ,93 R$ ,95 R$ ,64 PMN R$ ,75 R$ ,53 R$ ,22 R$ ,39 R$ ,11

8 PTC R$ ,20 R$ ,66 R$ ,42 R$ ,74 R$ ,23 PHS R$ ,84 R$ ,54 R$ ,77 R$ ,83 R$ ,55 PSDC R$ ,87 R$ ,73 R$ ,08 R$ ,03 R$ ,71 PT do B R$ ,06 R$ ,00 R$ ,16 R$ ,86 R$ ,77 PRB R$ ,51 R$ ,52 R$ ,71 R$ ,21 R$ ,99 PRP R$ ,03 R$ ,35 R$ ,03 R$ ,43 R$ ,12 PSL R$ ,23 R$ ,84 R$ ,86 R$ ,56 R$ ,76 PRTB R$ ,11 R$ ,66 R$ ,27 R$ ,90 R$ ,24 PTN R$ ,46 R$ ,87 R$ ,68 R$ ,77 R$ ,33 PSTU R$ ,18 R$ ,87 R$ ,23 R$ ,00 R$ ,70 PCB R$ ,03 R$ ,99 R$ ,85 R$ ,30 R$ ,16 PCO R$ 0,00 R$ ,72 R$ ,39 R$ ,81 R$ ,87 PSD - R$ ,10 R$ ,50 R$ ,32 R$ ,59 PPL - R$ ,10 R$ ,74 R$ ,06 R$ ,71 PEN - - R$ ,31 R$ ,27 R$ ,93 PROS R$ ,82 R$ ,40 SDD R$ ,72 R$ ,92 Total , , , , ,16 Fonte:TSE Para visualizar a alteração dos valores durante os últimos anos, pode-se analisar um gráfico com a evolução do fundo partidário dos dez partidos que mais receberam verbas públicas nesta legislatura. Evolução do fundo partidário R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ 0, PT PMDB PSDB DEM PP PSB PDT PTB PR PPS Fonte:TSE Os partidos também recebem doações de pessoas físicas e pessoas jurídicas. Essas doações foram as seguintes nos últimos anos: Doações de Pessoas Físicas e Jurídicas declaradas Partido/ano

9 PT R$ ,57 R$ ,66 R$ ,00 R$ ,91 PMDB R$ ,00 R$ 0,00 R$ ,81 R$ ,00 PSDB R$ ,56 R$ ,00 R$ ,02 R$ ,00 DEM R$ ,01 R$ 0,00 R$ ,09 R$ ,00 PP R$ ,66 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 PSB R$ ,35 R$ 0,00 R$ ,00 R$ ,00 PDT R$ ,00 (não consta no TSE) (não consta no TSE) (não consta no TSE) PTB R$ ,00 R$ 0,00 R$ ,00 R$ 480,00 PR (dados incompletos) R$ 0,00 R$ ,00 R$ ,00 PPS R$ ,00 R$ 0,00 R$ ,00 R$ 0,00 PV R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,97 PC do B R$ ,00 (não consta no TSE) R$ ,38 R$ ,33 PSC R$ ,00 R$ 0,00 R$ ,00 R$ ,00 PSOL R$ 10,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 PMN R$ ,24 R$ ,00 (não consta no TSE) R$ 5.582,99 PTC R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ 0,00 PHS R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 6.000,00 R$ 0,00 PSDC R$ 0,00 (não consta no TSE) R$ 1.000,00 R$ 0,00 PT do B R$ ,00 R$ 0,00 R$ ,00 R$ 1.240,04 PRB R$ ,17 R$ ,47 R$ ,00 R$ ,50 PRP R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 PSL R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 PRTB R$ 3.000,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ ,48 PTN R$ ,93 R$ 350,00 R$ ,00 R$ ,29 PSTU R$ 0,00 R$ 0,00 R$ ,38 R$ ,98 PCB R$ 4.099,23 R$ ,00 R$ 3.093,36 R$ 3.205,00 PCO R$ 9.249,40 R$ 6.890,00 R$ 0,00 R$ 0,00 PSD - R$ 0,00 R$ ,00 R$ ,00 PPL - R$ 3.000,00 R$ ,00 R$ ,56 PEN - - R$ ,00 R$ 1.560,00 PROS R$ 0,00 SDD R$ 0,00 Fonte:TSE Todo o valor gasto pelos partidos deve constar em uma prestação de contas a ser enviada, anualmente, à Justiça Eleitoral, correspondente ao balanço contábil do exercício encerrado, até o dia 30 de abril do ano seguinte. Em anos eleitorais, o partido deverá prestar contas mensalmente à Justiça Eleitoral, durante os quatro meses anteriores e os dois meses posteriores ao pleito. Esses balanços são publicados na imprensa oficial, e, onde ela não exista, são afixados no Cartório Eleitoral. A forma de financiamento de campanha (público, privado ou misto) é uma discussão antiga que teve grande repercussão em abril deste ano, quando o Supremo Tribunal Federal decidiu dar continuidade ao julgamento da proibição de doações de empresas a partidos políticos e campanhas eleitorais. Seis ministros já votaram pela proibição e um pela liberação, mas ainda falta quatro se manifestarem. O julgamento foi suspenso a pedido do ministro Gilmar Mendes para

10 melhor análise e não há previsão de continuidade. No Congresso Nacional, o tema é sempre lembrado, porém não há nenhuma evolução, uma vez que é de grande divergência dentre os partidos e parlamentares. Anexo, a título de exemplo, o Demonstrativo de Receitas e Despesas, do ano de 2013, dos quatro partidos que receberam as maiores parcelas do Fundo Partidário naquele ano. Brasília-DF, 26 de agosto de Cláudia Fernanda Silva Almeida Analista de Relações Institucionais

Relatório sobre Reforma Política

Relatório sobre Reforma Política Relatório sobre Reforma Política Veja como ficariam as bancadas, por estado, por partido e região, nas hipóteses do fim das coligações nas eleições proporcionais e da adoção do voto Distritão Relatório

Leia mais

A presença das mulheres no parlamento brasileiro

A presença das mulheres no parlamento brasileiro A Transparência Brasil é uma organização brasileira, independente e autônoma. e-mail: tbrasil@transparencia.org.br www.transparencia.org.br A presença das mulheres no parlamento brasileiro Renato Abramowicz

Leia mais

Opinião dos Vereadores sobre a Reforma Política

Opinião dos Vereadores sobre a Reforma Política Opinião dos Vereadores sobre a Reforma Política Resultado da pesquisa sobre Reforma Política com Vereadores presentes na 1ª Mobilização Nacional de Vereadores realizada, em Brasília, nos dias 06 e 07 de

Leia mais

AS MULHERES NA POLÍ TÍCA EM NU MEROS

AS MULHERES NA POLÍ TÍCA EM NU MEROS AS MULHERES NA POLÍ TÍCA EM NU MEROS Número de deputados Federais Eleitos em 2006, 2010 e 2014 MULHERES % HOMENS % TOTAL 2006 45 8,8 468 91,2 2010 45 8,8 468 91,2 513 2014 51 9,9 462 90,1 Número de Senadores

Leia mais

OS RESULTADOS DO FENÔMENO DA REELEIÇÃO EM 2008 E UMA COMPARAÇÃO COM OS DOIS ÚLTIMOS PLEITOS MUNICIPAIS

OS RESULTADOS DO FENÔMENO DA REELEIÇÃO EM 2008 E UMA COMPARAÇÃO COM OS DOIS ÚLTIMOS PLEITOS MUNICIPAIS 11 OS RESULTADOS DO FENÔMENO DA REELEIÇÃO EM 2008 E UMA COMPARAÇÃO COM OS DOIS ÚLTIMOS PLEITOS MUNICIPAIS As análises das reeleições em 2008 nesta primeira parte do estudo foram feitas com base nos dados

Leia mais

SENSUS Pesquisa e Consultoria

SENSUS Pesquisa e Consultoria Pesquisa Eleições 2014 Regiões 5 Regiões Estados 24 Estados Municípios 136 Municípios Entrevistas 2.000 Entrevistas Data 22 a 25 de Abril de 2014 SENSUS Pesquisa e Consultoria Atenção Entrevistador Verificar

Leia mais

ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2008 E AS TENDÊNCIAS DOS ÚLTIMOS PLEITOS

ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2008 E AS TENDÊNCIAS DOS ÚLTIMOS PLEITOS 10 ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2008 E AS TENDÊNCIAS DOS ÚLTIMOS PLEITOS Este estudo revela o perfi l dos prefeitos e prefeitas eleitos nas eleições municipais de 2008, 2004 e 2000, fazendo uma comparação entre

Leia mais

Grande doador ignora candidatos negros e mulheres

Grande doador ignora candidatos negros e mulheres A Transparência Brasil é uma organização brasileira, independente e autônoma. e-mail: tbrasil@transparencia.org.br www.transparencia.org.br Grande doador ignora candidatos negros e mulheres Natália Paiva

Leia mais

INFORME ESPECIAL ASSESSORIA PARLAMENTAR Nº 01

INFORME ESPECIAL ASSESSORIA PARLAMENTAR Nº 01 INFORME ESPECIAL ASSESSORIA PARLAMENTAR Nº 01 Elaborado em 09 de julho de 2013 REFORMA POLÍTICA DEPUTADOS DESCARTAM REFORMA POLÍTICA VÁLIDA PARA 2014 O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, afirmou

Leia mais

CURSO DE DIREITO DIREITO ELEITORAL. Prof. Gilberto Kenji Futada SISTEMAS ELEITORAIS

CURSO DE DIREITO DIREITO ELEITORAL. Prof. Gilberto Kenji Futada SISTEMAS ELEITORAIS CURSO DE DIREITO Prof. A CF/88 prevê dois sistemas para a escolha dos representantes que, em nome do titular da soberania, o povo, exercerão o poder: Sistema Majoritário a) Presidência da República b)

Leia mais

ANEXO 2. As eleições municipais no Rio Grande do Sul

ANEXO 2. As eleições municipais no Rio Grande do Sul ANEXO 2 As eleições municipais no Rio Grande do Sul Total de candidatos eleitos por partido político O Rio Grande do Sul elegeu em primeiro turno um total de 493 prefeitos. O Partido Progressista (PP)

Leia mais

8ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (2014)

8ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (2014) 8ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (2014) Elaboração: Contraf-CUT, CNTV e Federação dos Vigilantes do Paraná Fonte: Notícias da imprensa, SSP e sindicatos Apoio: Sindicato dos Vigilantes de Curitiba

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE D TABELA BÁSICA / EDIÇÃO 2016 PRIMEIRA FASE REF ROD DATA - DIA HORA GR JOGO ESTÁDIO CIDADE 1ª 12/06 - Dom A1 Rondônia RO x Amazonas AM A1 Acre AC x Amapá AP A2 Tocantins

Leia mais

TÊNIS DE MESA Nº 03 04/09/2015

TÊNIS DE MESA Nº 03 04/09/2015 ! TÊNIS DE MESA Nº 03 04/09/2015! Jogos Escolares da Juventude 2015 12 a 14 anos Boletim Oficial de Resultados 04/09/2015 CENTRO DE FORMAÇÃO OLÍMPICA - QUADRA 1 TÊNIS DE MESA - EQUIPE - Feminino 1 09:00

Leia mais

Brazilian figures. Territorial area : Km² (USA without Alaska and Hawaii = km²)

Brazilian figures. Territorial area : Km² (USA without Alaska and Hawaii = km²) Brazilian figures Territorial area : 8.515.767 Km² (USA without Alaska and Hawaii = 7.824.535 km²) Population 204,5 million (2015) (USA 321 million) (85% Urban areas) 10 largest States: 75% 10 metropolitan

Leia mais

Eleições Municipais 2008 e as Tendências dos Últimos Pleitos 1

Eleições Municipais 2008 e as Tendências dos Últimos Pleitos 1 Eleições Municipais e as Tendências dos Últimos Pleitos 1 As últimas três eleições municipais vêm apresentando algumas mudanças que refletem novas conjunturas políticas e culturais no país. O perfil dos

Leia mais

Comissão da reforma política aprova distritão e fundo de R$ 3,6 bilhões para campanhas

Comissão da reforma política aprova distritão e fundo de R$ 3,6 bilhões para campanhas Comissão da reforma política aprova distritão e fundo de R$ 3,6 bilhões para campanhas Modelo foi aprovado após votação do texto-base da reforma. Distritão divide estados e municípios em distritos e põe

Leia mais

Acre Previsão por Coeficiente no Estado

Acre Previsão por Coeficiente no Estado Acre 0,6 121.073,55 262.729,59 0,8 161.431,39 350.306,12 1,0 201.789,24 437.882,66 1,2 242.147,09 525.459,19 1,4 - - 1,6 322.862,79 700.612,25 1,8 363.220,64 788.188,78 2,0 - - 2,2 - - 2,4 - - 2,6 524.652,03

Leia mais

Rondônia nas Eleições. Eleições 2010

Rondônia nas Eleições. Eleições 2010 Rondônia nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, dos seis candidatos à reeleição para a Câmara dos Deputados, quatro obtiveram êxito, ou seja, houve uma renovação de 50% em relação

Leia mais

Relatório Equipe Nacional de Relações Institucionais Novembro de 2012

Relatório Equipe Nacional de Relações Institucionais Novembro de 2012 Relatório Equipe Nacional de Relações Institucionais Novembro de 2012 Introdução O Pacto Escoteiro foi lançado no dia 11 de setembro de 2012, propondo ser uma ferramenta para que os grupos escoteiros filiados

Leia mais

4ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos 2012

4ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos 2012 4ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos 2012 Fonte: Notícias da imprensa, SSP e sindicatos Apoio: Sindicato dos Vigilantes de Curitiba e Região Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região Fetec-CUT(PR)

Leia mais

Formação dos Grupos e forma de disputa

Formação dos Grupos e forma de disputa Formação dos Grupos e forma de disputa Sorteio realizado no dia 01 de Novembro de 2010 na sede social da APMP. Categoria Força Livre 1. Amazonas 2. Acre 3. Amapá 4. Ceara 5. Espirito Santo 6. Goiás 7.

Leia mais

Sergipe nas Eleições. Eleições Eleições 2014

Sergipe nas Eleições. Eleições Eleições 2014 Sergipe nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, dos três candidatos à reeleição para a Câmara dos Deputados, apenas dois obtiveram êxito, ou seja, houve uma renovação de 75% em

Leia mais

Direito Processual Civil Recursos

Direito Processual Civil Recursos ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS TRIBUNAIS ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS TRIBUNAIS Jurisdição quanto ao grau hierárquico dos seus órgãos é: 1) inferior; 2) superior. Essas espécies de jurisdições pressupõe

Leia mais

Educação Superior Enade e IGC dos Estados e DF

Educação Superior Enade e IGC dos Estados e DF Educação Superior Enade e IGC dos Estados e DF Enade 2015 O Conceito Enade é um indicador de qualidade que avalia o desempenho dos estudantes a partir dos resultados obtidos anualmente para os cursos que

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014

MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014 MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDUSTRIAS DE SUPLEMENTOS MINERAIS RUA AUGUSTA, 2676 13 ANDAR SALA 132 CEP 01412-100 SÃO PAULO SP Telefone: (011) 3061-9077 e-mail:

Leia mais

Eleições Municipais 2008 e as Tendências dos Últimos Pleitos 1

Eleições Municipais 2008 e as Tendências dos Últimos Pleitos 1 Eleições Municipais e as Tendências dos Últimos Pleitos 1 As últimas três eleições municipais vêm apresentando algumas mudanças que refletem novas conjunturas políticas e culturais no país. O perfil dos

Leia mais

ANÁLISE DOS POSSÍVEIS IMPACTOS DAS

ANÁLISE DOS POSSÍVEIS IMPACTOS DAS ESTUDO ANÁLISE DOS POSSÍVEIS IMPACTOS DAS PROPOSTAS DE FIM DAS COLIGAÇÕES PROPORCIONAIS, PARA AS ELEIÇÕES DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, A PARTIR DOS RESULTADOS DE 2014. Raphael Carvalho da Silva Consultor Legislativo

Leia mais

Reforma política e democracia no Brasil

Reforma política e democracia no Brasil Reforma política e democracia no Brasil Carlos Ranulfo Melo Maio de 2015 Reforma política: um jogo marcado pela incerteza A ocorrência de processos de reforma política depende: da resiliência do antigo

Leia mais

9, R$ , , R$ ,

9, R$ , , R$ , Rondônia 2005 R$ 601.575,17 2005 10.154 2004 1.027.983 2004 108.139 2004 10,52 2006 R$ 609.834,21 2006 10.757 2005 1.025.249 2005 101.539 2005 9,90 2007 R$ 1.229.490,00 2007 9.100 2006 1.047.004 2006 111.068

Leia mais

ATENÇÃO ENTREVISTADOR: É OBRIGATÓRIO O PREENCHIMENTO DOS CAMPOS ABAIXO.

ATENÇÃO ENTREVISTADOR: É OBRIGATÓRIO O PREENCHIMENTO DOS CAMPOS ABAIXO. PP 037-5/2009 NÚMERO DO QUESTIONÁRIO: PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL MARÇO/ABRIL-2010 CÓDIGO DO ENTREVISTADOR: DIGITADOR: ID ENT DIG ATENÇÃO ENTREVISTADOR: É OBRIGATÓRIO O PREENCHIMENTO DOS CAMPOS

Leia mais

Distrito Federal nas Eleições. Eleições 2010

Distrito Federal nas Eleições. Eleições 2010 Distrito Federal nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, houve uma renovação de 87,5% na bancada de deputados federais, sendo que apenas um deputado se reelegeu. Por outro lado,

Leia mais

Quantidade de Acessos / Plano de Serviço / Unidade da Federação - Novembro/2007

Quantidade de Acessos / Plano de Serviço / Unidade da Federação - Novembro/2007 Quantidade de Acessos / Plano de Serviço / Unidade da Federação - Novembro/2007 REGIÃO NORTE 5.951.408 87,35 861.892 12,65 6.813.300 RONDÔNIA 760.521 88,11 102.631 11,89 863.152 ACRE 298.081 85,86 49.094

Leia mais

Relator: Deputado Ronaldo Caiado

Relator: Deputado Ronaldo Caiado Sugestão de Projeto de Lei sobre a proibição de coligações partidárias nas eleições proporcionais, federações partidárias, listas preordenadas pelos partidos nas eleições proporcionais e financiamento

Leia mais

As eleições de 2014 e seus efeitos sobre o sistema político eleitoral brasileiro

As eleições de 2014 e seus efeitos sobre o sistema político eleitoral brasileiro As eleições de 2014 e seus efeitos sobre o sistema político eleitoral brasileiro Paulo Henrique de Almeida Rodrigues, outubro de 2014 As eleições de 2014 mostraram o aumento da fragmentação do sistema

Leia mais

Dados sobre o Programa de Educação Tutorial PET atualizados em abril de Fonte: SESu/MEC Apresentação: Diretoria da CENAPET

Dados sobre o Programa de Educação Tutorial PET atualizados em abril de Fonte: SESu/MEC Apresentação: Diretoria da CENAPET Dados sobre o Programa de Educação Tutorial PET atualizados em abril de 05 Fonte: SESu/MEC Apresentação: Diretoria da CENAPET Informações Gerais Número de Grupos: 84 Número de IES: Categoria Administrativa

Leia mais

ELEIÇÕES 2016 O QUE VOCÊ PRECISAR SABER

ELEIÇÕES 2016 O QUE VOCÊ PRECISAR SABER ADVOCACIA & CONSULTORIA EVILSON BRAZ Rua Rodrigues de Aquino, n.º 267, 9º Andar/Sala 903 Edf. Asplan, Centro, João Pessoa/PB - (083) 98761-0375/99989-6277/3021-8444 E-mail: evilsonbraz@ig.com.br / Site:

Leia mais

Eleições Municipais Resultados das Eleições no 1º Turno

Eleições Municipais Resultados das Eleições no 1º Turno Eleições Municipais Resultados das Eleições no 1º Turno A Confederação Nacional de Municípios (CNM) dando seguimento a seus Estudos sobre as eleições municipais de 2016, apresenta os números dos candidatos

Leia mais

Pesquisa sobre a Securitização da Dívida Ativa dos Municípios

Pesquisa sobre a Securitização da Dívida Ativa dos Municípios Pesquisa sobre a Securitização da Dívida Ativa dos Municípios Objetivos: Diagnosticar a situação atual dos municípios brasileiros em relação à Securitização da Dívida Ativa de acordo com a resolução 33

Leia mais

A OPINIÃO DOS PREFEITOS SOBRE A REFORMA POLÍTICA

A OPINIÃO DOS PREFEITOS SOBRE A REFORMA POLÍTICA A OPINIÃO DOS PREFEITOS SOBRE A REFORMA POLÍTICA Está em discussão no Congresso Nacional a Reforma Política, um conjunto de propostas que visam a alterar a legislação nacional no que se refere aos sistemas

Leia mais

Roraima nas Eleições. Eleições 2010

Roraima nas Eleições. Eleições 2010 Roraima nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, dos cinco candidatos à reeleição para a Câmara dos Deputados, apenas dois obtiveram êxito, ou seja, houve uma renovação de 75% em

Leia mais

2005 CDMA Latin America Regional Conference

2005 CDMA Latin America Regional Conference Agencia Nacional de Telecomunicações 2005 CDMA Latin America Regional Conference JARBAS JOSÉ VALENTE Superintendente de Serviços Privados Conteúdo Situação Atual do SMP Previsão da Evolução do SMP Espectro

Leia mais

Acre nas Eleições. Eleições 2010

Acre nas Eleições. Eleições 2010 Acre nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, a representação acreana na Câmara dos Deputados teve uma renovação de 50%, sendo que apenas um deputado, Márcio Bittar (PSDB), atingiu

Leia mais

DIAP Quadro comparativo: PEC do GT da reforma política no Congresso Qua, 13 de Novembro de :43

DIAP Quadro comparativo: PEC do GT da reforma política no Congresso Qua, 13 de Novembro de :43 Departamento Intersindical de Assessoria Parlametar organiza uma tabela comparativa a partir da PEC aprovada pelo Grupo de Trabalho sobre Reforma Política na Camâra dos Deputados. O Grupo de Trabalho sobre

Leia mais

PROPAGANDA PARTIDÁRIA 2016 Inserções regionais consulta por partido

PROPAGANDA PARTIDÁRIA 2016 Inserções regionais consulta por partido 1º PROS 16/05/2016 segunda-feira 2 inserções de 60 (Diretório 18/05/2016 quarta-feira 2 inserções de 60 Nacional) 20/05/2016 sexta-feira 2 inserções de 60 13/06/2016 segunda-feira 2 inserções de 60 15/06/2016

Leia mais

RELATÓRIO GERAL DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Relatório. Analítico

RELATÓRIO GERAL DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Relatório. Analítico RELATÓRIO GERAL DA JUSTIÇA DO TRABALHO Relatório Analítico 2015 Coordenadoria de Estatística e Pesquisa do TST Relatório Geral da Justiça do Trabalho 9 1 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL 13 1.1. ÓRGÃOS JUDICIÁRIOS

Leia mais

Definição como se transformam votos em poder

Definição como se transformam votos em poder Definição. Sistema eleitoral é o conjunto de regras que define como, em uma determinada eleição, o eleitor pode fazer suas escolhas e como os votos são contabilizados para serem transformados em mandatos.

Leia mais

Em dois anos, políticos que concorrem às eleições de 2008 enriqueceram 46,3%

Em dois anos, políticos que concorrem às eleições de 2008 enriqueceram 46,3% A Transparência Brasil é uma organização brasileira, independente e autônoma. Rua Francisco Leitão 339 cj 122 05414-025 São Paulo SP Brasil. Tel: 55 11 3062 3436. E-mail: tbrasil@transparencia.org.br.

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (Março/15) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

Cargas Aéreas e Rodoviárias Ltda.

Cargas Aéreas e Rodoviárias Ltda. Cargas Aéreas e Rodoviárias Ltda. EMPRESA A Trans Ápia é uma empresa especializada em cargas urgentes, porta a porta para todo território nacional, que atua no mercado de transportes aéreo e rodoviário

Leia mais

Dados Básicos sobre Recursos Humanos. ObservaRH - NESP/CEAM/UnB

Dados Básicos sobre Recursos Humanos. ObservaRH - NESP/CEAM/UnB Dados Básicos sobre Recursos Humanos ObservaRH - NESP/CEAM/UnB Brasília/DF 2007 Apresentação O conjunto de dados básicos sobre recursos humanos integra as expectativas das delegações que participaram da

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (Maio/15) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

PROGRAMA PARTIDÁRIO - 2011 PROGRAMA EM CADEIA NACIONAL (Quintas-feiras) Pedidos de Programas em análise - Atualizado em 16.12.2010

PROGRAMA PARTIDÁRIO - 2011 PROGRAMA EM CADEIA NACIONAL (Quintas-feiras) Pedidos de Programas em análise - Atualizado em 16.12.2010 PROGRAMA PARTIDÁRIO - 2011 PROGRAMA EM CADEIA NACIONAL (Quintas-feiras) Pedidos de Programas em análise - Atualizado em 16.12.2010 Nos termos da Resolução-TSE nº 20.034/1997: As cadeias nacionais ocorrerão

Leia mais

Sergipe nas Eleições. Eleições Eleições 2014

Sergipe nas Eleições. Eleições Eleições 2014 Sergipe nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, dos três candidatos à reeleição para a Câmara dos Deputados, apenas dois obtiveram êxito, ou seja, houve uma renovação de 75% em

Leia mais

PROGRAMA PARTIDÁRIO - 2011 PROGRAMA EM CADEIA NACIONAL (Quintas-feiras) Programas deferidos - Atualizado em 6.5.2011

PROGRAMA PARTIDÁRIO - 2011 PROGRAMA EM CADEIA NACIONAL (Quintas-feiras) Programas deferidos - Atualizado em 6.5.2011 PROGRAMA PARTIDÁRIO - 2011 PROGRAMA EM CADEIA NACIONAL (Quintas-feiras) Programas deferidos - Atualizado em 6.5.2011 Nos termos da Resolução-TSE nº 20.034/1997: As cadeias nacionais ocorrerão às quintas-feiras,

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA MEC

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA MEC SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA MEC A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA O movimento Constitucional; O processo de discussão que antecedeu a LDB nº9394/96; A concepção de Educação Básica e a universalização do

Leia mais

DAS ELEIÇÕES. SISTEMA ELEITORAL (arts. 82 a 86; 105 a 113 do CE)

DAS ELEIÇÕES. SISTEMA ELEITORAL (arts. 82 a 86; 105 a 113 do CE) SISTEMA ELEITORAL (arts. 82 a 86; 105 a 113 do CE) - Conjunto de normas que rege e organiza as eleições. - Processo eleitoral: do alistamento até a diplomação. Eleições: I. Princípio Majoritário Para os

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PREFERÊNCIA PARTIDÁRIA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PREFERÊNCIA PARTIDÁRIA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PREFERÊNCIA PARTIDÁRIA OUTUBRO DE 2012 JOB2313 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O principal objetivo desse projeto é analisar a preferência partidária

Leia mais

Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A Divulgação dos resultados parciais do programa em 2013.

Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A Divulgação dos resultados parciais do programa em 2013. Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A Divulgação dos resultados parciais do programa em 2013. O Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A tem por objetivo a prevenção e controle da hipovitaminose

Leia mais

Processos e inquéritos abertos em 2011 Veja a relação das investigações contra parlamentares que subiram para o STF nos primeiros quatro meses do ano

Processos e inquéritos abertos em 2011 Veja a relação das investigações contra parlamentares que subiram para o STF nos primeiros quatro meses do ano Processos e inquéritos abertos em 2011 Veja a relação das investigações contra parlamentares que subiram para o STF nos primeiros quatro meses do ano 1. DEPUTADOS Parlamentar Partido UF Investigação Data

Leia mais

Estatísticas sobre Analfabetismo no Brasil

Estatísticas sobre Analfabetismo no Brasil Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Estatísticas sobre Analfabetismo no Brasil Audiência pública Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa

Leia mais

Papéis dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. O art. 224 do Código Eleitoral dispõe:

Papéis dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. O art. 224 do Código Eleitoral dispõe: Sistemas Eleitorais Voto e Eleições A expressão "sistema eleitoral" designa o modo, os instrumentos e os mecanismos empregados nos países de organização política democrática para constituir seus Poderes

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A DAR PARECER ÀS PROPOSTAS DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO RELACIONADAS À REFORMA POLÍTICA (PEC 182, DE 2007, E APENSADAS)

COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A DAR PARECER ÀS PROPOSTAS DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO RELACIONADAS À REFORMA POLÍTICA (PEC 182, DE 2007, E APENSADAS) COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A DAR PARECER ÀS PROPOSTAS DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO RELACIONADAS À REFORMA POLÍTICA (PEC 182, DE 2007, E APENSADAS) SUBSTITUTIVO À PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO N o 14,

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL AULA DEMONSTRATIVA TJPE

DIREITO CONSTITUCIONAL AULA DEMONSTRATIVA TJPE DIREITO CONSTITUCIONAL AULA DEMONSTRATIVA TJPE Prof. Jean Pitter BANCA: IBFC INFORMAÇÕES GERAIS DO CONCURSO CARGOS: Técnico (60 vagas) e Analista (49 vagas) INSCRIÇÕES: 24 de julho a 24 de agosto. Valores:

Leia mais

Piores trechos por Unidade Federativa por número de mortos

Piores trechos por Unidade Federativa por número de mortos Piores trechos por Unidade Federativa por número de mortos - 2016 Data: 24/05/2017 FILTROS: Veículos: Todos Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Piores trechos por Estado número de mortos 2016 Estado

Leia mais

SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO TAÍS ARRUTI LYRIO LISBOA AUDITORA FISCAL DO TRABALHO RESPONSÁVEL NACIONAL PELO PROJETO DE INSERÇÃO DE APRENDIZES

SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO TAÍS ARRUTI LYRIO LISBOA AUDITORA FISCAL DO TRABALHO RESPONSÁVEL NACIONAL PELO PROJETO DE INSERÇÃO DE APRENDIZES SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO TAÍS ARRUTI LYRIO LISBOA AUDITORA FISCAL DO TRABALHO RESPONSÁVEL NACIONAL PELO PROJETO DE INSERÇÃO DE APRENDIZES APRENDIZAGEM: CARACTERIZAÇÃO, LIMITES E POSSIBILIDADES

Leia mais

A TRANSFERÊNCIA DE VOTOS DE CANDIDATOS PARA PARTIDOS E A BARREIRA DO QUOCIENTE ELEITORAL INDIVIDUAL

A TRANSFERÊNCIA DE VOTOS DE CANDIDATOS PARA PARTIDOS E A BARREIRA DO QUOCIENTE ELEITORAL INDIVIDUAL A TRANSFERÊNCIA DE VOTOS DE CANDIDATOS PARA PARTIDOS E A BARREIRA DO QUOCIENTE ELEITORAL INDIVIDUAL ANA LUIZA BACKES Consultora Legislativa da Área XIX Ciências Políticas, Sociologia Política, História,

Leia mais

Myrian Massarollo Presidente

Myrian Massarollo Presidente Cálculos eleitorais No Brasil adotamos o sistema político denominado Democracia Representativa. Nele os eleitores concedem um mandato eletivo, ou seja, através do voto, a alguns cidadãos que se candidataram

Leia mais

Partidos políticos, desproporcionalidade e estruturação da competição na Câmara dos Deputados: quem vem ganhando e quem vem perdendo?

Partidos políticos, desproporcionalidade e estruturação da competição na Câmara dos Deputados: quem vem ganhando e quem vem perdendo? Partidos políticos, desproporcionalidade e estruturação da competição na Câmara dos Deputados: quem vem ganhando e quem vem perdendo? Simone Rodrigues da Silva. Seminário Temático No. 15 Paper preparado

Leia mais

Cursos de Dança no Brasil. Dulce Aquino

Cursos de Dança no Brasil. Dulce Aquino Cursos de Dança no Brasil Dulce Aquino Cursos de Dança no Brasil Instituições Federais Instituições Estaduais 3 cursos 9 cursos Total 3 Total de Cursos de Dança nas IES - 3 3 11 Norte - 3 Nordeste - 11

Leia mais

Estado de São Paulo tem a maior quantidade de POS a cada mil habitantes; Maranhão, a menor

Estado de São Paulo tem a maior quantidade de POS a cada mil habitantes; Maranhão, a menor INFORMATIVO PARA A IMPRENSA ML&A Comunicações Fernanda Elen fernanda@mla.com.br (11) 3811-2820 ramal 833 Cresce a aceitação de cartões em 2015, aponta a Boanerges & Cia. Estado de São Paulo tem a maior

Leia mais

Nota sobre o perfil dos candidatos às eleições municipais de 2016

Nota sobre o perfil dos candidatos às eleições municipais de 2016 Nota sobre o perfil dos candidatos às eleições municipais de 2016 Rogério Vianna, rsvianna@hotmail.com, www.inicio.com.br, agosto de 2016 O TSE divulgou no dia 23 de agosto, após o término do prazo de

Leia mais

Distritão, o retorno

Distritão, o retorno Distritão, o retorno Jairo Nicolau 19 de julho de 2017 Resumo Em 2015, a Câmara dos Deputados votou uma emenda constitucional que substituía a representação proporcional por um sistema eleitoral de nome

Leia mais

Edital 1/2017 Comissão Eleitoral Nacional

Edital 1/2017 Comissão Eleitoral Nacional Edital 1/2017 Comissão Eleitoral Nacional 3 de Fevereiro de 2017 A Comissão Eleitoral Nacional da Associação Brasileira de Ciência Política torna público o edital das eleições para as Diretorias Regionais

Leia mais

Sondagem de Opinião Parlamentar Reforma Política

Sondagem de Opinião Parlamentar Reforma Política Reforma Política Abril a Maio de 2009 Brasília, 28 de Maio de 2008 Introdução O recente envio da proposta do Poder Executivo de reforma política trouxe força e fôlego para o debate do tema no Brasil, mobilizando

Leia mais

19/08/17. Atualidades. Projeto de Reforma Política. Prof. Grega

19/08/17. Atualidades. Projeto de Reforma Política. Prof. Grega Atualidades Projeto de Reforma Política A Comissão Especial da Câmara dos Deputados concluiu nesta terça-feira (15/08/2017) a votação das emendas da parte da reforma política que necessita de alterações

Leia mais

PERFIL DOS VEREADORES ELEITOS EM 2016 BRASIL E REGIÕES

PERFIL DOS VEREADORES ELEITOS EM 2016 BRASIL E REGIÕES PERFIL DOS VEREADORES ELEITOS EM 2016 BRASIL E REGIÕES François E. J. de Bremaeker Rio de Janeiro novembro de 2016 PERFIL DOS VEREADORES ELEITOS EM 2016 BRASIL E REGIÕES François E. J. de Bremaeker Bacharel

Leia mais

Pesquisa Hábitos de Consumo Páscoa Copyright Boa Vista SCPC 1

Pesquisa Hábitos de Consumo Páscoa Copyright Boa Vista SCPC 1 Pesquisa Hábitos de Consumo Páscoa 2016 2015 Copyright Boa Vista SCPC 1 Índice o Objetivo, metodologia e amostra... 03 o Perfil dos respondentes... 04 o Percepção do consumidor sobre a Páscoa... 07 o Hábitos

Leia mais

Sondagem Comportamento do Consumidor Dia dos Pais Julho de 2017

Sondagem Comportamento do Consumidor Dia dos Pais Julho de 2017 Sondagem Comportamento do Consumidor Dia dos Pais 2017 Julho de 2017 Objetivo, metodologia e amostra o Objetivo: a sondagem tem por objetivo identificar os hábitos de compras dos consumidores para o Dia

Leia mais

Legislativo custa em média R$ 115,27 ao ano para cada habitante de capitais brasileiras

Legislativo custa em média R$ 115,27 ao ano para cada habitante de capitais brasileiras A Transparência Brasil é uma organização brasileira, independente e autônoma. Rua Francisco Leitão 339 cj 122 05414-025 São Paulo SP Brasil Tel: 55 11 30623436 e-mail: tbrasil@transparencia.org.br; www.transparencia.org.br

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

JJR a Peça que faltava à sua empresa.

JJR a Peça que faltava à sua empresa. Visando facilitar a consulta das alíquotas das 27 unidades da Federação, estamos disponibilizando uma tabela com todas alíquotas internas, separadas por região no País, bem como a fundamentação contida

Leia mais

COMENTÁRIOS EQUIPE INSTITUTO ANÁLISE NOTÍCIAS ELEITORAIS

COMENTÁRIOS EQUIPE INSTITUTO ANÁLISE NOTÍCIAS ELEITORAIS COMENTÁRIOS EQUIPE INSTITUTO ANÁLISE NOTÍCIAS ELEITORAIS Eleições 2012: Partidos e Disputa pelas Prefeituras Como será o 2º Turno - Haverá 2º turno nas eleições de 2012 em 50 cidades do país, o que representa

Leia mais

PROGRAMA PARTIDÁRIO - 2011 PROGRAMA EM CADEIA NACIONAL (Quintas-feiras) Pedidos de Programas em análise - Atualizado em 23.11.2010

PROGRAMA PARTIDÁRIO - 2011 PROGRAMA EM CADEIA NACIONAL (Quintas-feiras) Pedidos de Programas em análise - Atualizado em 23.11.2010 PROGRAMA PARTIDÁRIO - 2011 PROGRAMA EM CADEIA NACIONAL (Quintas-feiras) Pedidos de Programas em análise - Atualizado em 23.11.2010 Nos termos da Resolução-TSE nº 20.034/1997: As cadeias nacionais ocorrerão

Leia mais

CURSO FORMAÇÃO CIDADÃ DEMOCRACIA REPRESENTATIVA. Victor Barau

CURSO FORMAÇÃO CIDADÃ DEMOCRACIA REPRESENTATIVA. Victor Barau CURSO FORMAÇÃO CIDADÃ DEMOCRACIA REPRESENTATIVA Victor Barau 1- O Conceito da palavra Democracia Democracia demos = povo, e kratos = autoridade Origem Conceito Moderno: Revoluções Francesa e Americana.

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 145, DE 2011

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 145, DE 2011 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 145, DE 2011 Altera a Lei n 4.737, de 15 de julho de 1965, (Código Eleitoral), e a Lei n 9.504, de 30 de setembro de 1997, para instituir o sistema eleitoral

Leia mais

REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016

REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016 REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016 Dr. Felipe Ferreira Lima Diretor do Instituto Egídio Ferreira Lima 1. Introdução: O debate sobre a Reforma Política no Brasil 2. Registro de Candidatura

Leia mais

(Do Senhor Marcus Pestana)

(Do Senhor Marcus Pestana) PROJETO DE LEI Nº, DE 2013 (Do Senhor Marcus Pestana) Dispõe sobre o sistema eleitoral para as eleições proporcionais, alterando a Lei nº 4.737, de 15 de julho de 1965 (Código Eleitoral), a Lei nº 9.096,

Leia mais

Vigilância em Saúde do Trabalhador Agenda Estratégica e a Renast

Vigilância em Saúde do Trabalhador Agenda Estratégica e a Renast Vigilância em Saúde do Trabalhador Agenda Estratégica e a Renast Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador Secretaria de Vigilância

Leia mais

Mato Grosso do Sul nas Eleições. Eleições 2010

Mato Grosso do Sul nas Eleições. Eleições 2010 Mato Grosso do Sul nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Na última eleição geral, em 2010, dos cinco deputados federais candidatos à reeleição, quatro conseguiram renovar seu mandato. Dessa forma,

Leia mais

CALENDÁRIO DA PROPAGANDA PARTIDÁRIA PARA 2013 SEGUNDO O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL TSE

CALENDÁRIO DA PROPAGANDA PARTIDÁRIA PARA 2013 SEGUNDO O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL TSE CALENDÁRIO DA PROPAGANDA PARTIDÁRIA PARA 2013 SEGUNDO O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL TSE Atualizado em 29.10.2012 DEM - DEMOCRATAS Rede nacional (10 min.): dias 06.06 e 12.12.2013. Geradoras: Empresa Brasil

Leia mais

Alagoas nas Eleições. Eleições 2010

Alagoas nas Eleições. Eleições 2010 Alagoas nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, apenas três parlamentares conseguiram renovar seus mandatos à Câmara Federal, ou seja, houve uma renovação de 66,6% da bancada.

Leia mais

Distrito Federal nas Eleições. Eleições 2010

Distrito Federal nas Eleições. Eleições 2010 Distrito Federal nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, houve uma renovação de 87,5% na bancada de deputados federais, sendo que apenas um deputado se reelegeu. Por outro lado,

Leia mais

14ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro

14ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro 14ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro Caracterização da Amostra DADOS FISICOS Amostra TOTAL Número de respondentes 293 Crescimento de 37% em relação a 2012 Número de Lojas 2.854 Número de Centro

Leia mais

A Falta de Médicos no Brasil e no Rio

A Falta de Médicos no Brasil e no Rio A Falta de Médicos no Brasil e no Rio Marcelo Cortes Neri Centro de Políticas Sociais do IBRE/FGV e da EPGE/FGV mcneri@fgv.br Ranking - Município do Rio de Janeiro* Salário 1..Direito - Mestrado ou Doutorado

Leia mais

RESULTADO DO LIRAa JANEIRO FEVEREIRO/15

RESULTADO DO LIRAa JANEIRO FEVEREIRO/15 RESULTADO DO LIRAa JANEIRO FEVEREIRO/15 1º LIRAa 2015 - Situação dos municípios brasileiros Participação voluntária de 1.844 municípios Pesquisa realizada entre janeiro/fevereiro de 2015; Identifica focos

Leia mais

QUEM MANDA NO BRASIL?

QUEM MANDA NO BRASIL? QUEM MANDA NO BRASIL? Em época de eleição muito se fala e escreve sobre a representatividade dos políticos eleitos, o voto obrigatório ou opcional, havendo aqueles que propugnam pelo voto em branco, nulo,

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL 11/1/2010

ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL 11/1/2010 ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL PROFESSORES DAS REDES ESTADUAIS NO BRASIL A PRESENTE PESQUISA ESTÁ ENQUADRADA NA ESTRATÉGIA DO SINDICATO APEOC DE CONSTRUIR A ADEQUAÇÃO DO PLANO DE CARREIRA DOS TRABALHADORES

Leia mais

O aumento dos Senadores e Deputados Federais e seu impacto nas outras esferas

O aumento dos Senadores e Deputados Federais e seu impacto nas outras esferas O aumento dos Senadores e Deputados Federais e seu impacto nas outras esferas A Constituição Federal em seu art. 29, inciso VI, estabelece que os subsídios dos Vereadores estão vinculados aos subsídios

Leia mais