Grupo de Redes: Atribuições e Projetos. Infounesp::Workshop de Admins de Rede

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Grupo de Redes: Atribuições e Projetos. Infounesp::Workshop de Admins de Rede"

Transcrição

1 Grupo de Redes: Atribuições e Projetos Carlos Coletti Coordenador do Grupo de Redes Unesp - Reitoria

2 Grupo de Redes: atribuições e projetos Agenda Atribuições e Projetos do GRC Perfil do novo usuário da Internet Realidade da Unesp Um pouco de IPv6 Desafios à distância As nuvens Mobilidade

3 Grupo de Redes: atribuições e projetos GRC tem 8 Analistas de rede Grupo especializado em serviços de rede Auxiliar as unidades e intervir em casos emergenciais Recomendar as melhores práticas de instalação de eqptos de rede Principais atribuições: Manter a unespnet em operação (NOC) Tratamento de Incidentes de Segurança (CSIRT) Designação de blocos IPv4 e IPv6 Delegação de sub-domínios do unesp.br Políticas Globais de Roteamento e QoS Elaborar Projetos de Rede: Dados, Telefonia IP, VPN, Wi-Fi, Videoconferência, Datacenter, Cabeamento, etc. Elaboração de termos de referência para os editais de projetos de Rede

4 Grupo de Redes: atribuições e projetos Interação do GRC com as DTIs da Unesp: Para aplicação das políticas definidas no CSTI e aprovadas pelo reitor Implantação de equipamentos, prefixos IP, DNS, etc Orientações técnicas sobre redes locais (configurações de equiptos e servidores) Campanhas de Segurança em Rede Manter em operação: Datacenter Central (Reitoria, NAP e NCC) Datacenter da Reitoria Suporte à rede local da Reitoria, Praça da Sé, Ipiranga Backbone unespnet (não inclui a rede local das unidades) Conexões externas (ANSP, RNP, PTT) Sessões BGP (ANSP, PTT, RNP, Amazon, Facebook, etc)

5 Grupo de Redes: atribuições e projetos Manter em operação (cont.): Videoconferência (agendamento de reuniões na MCU) Atualizações de versão nos PABX IP das unidades Serviço de VPN Serviço de rede sem fio (Controllers da WFU) Estrutura de autenticação do Eduroam Base de autenticação Centralizada (LDAP) Monitoramento Central da rede sem fio e Backbone IP Zabbix Cacti Nagios NFSen Tipping Point + Exinda Backups do DC Central e Reitoria Domínio unesp.br Sessões BGP redundantes com upstreams

6 Grupo de Redes: atribuições e projetos Participação nos Foruns do CSTI: Forum de Redes Forum de Segurança Forum de soluções de Backup Participação no CGS da AI: Central de Acesso Participação e colaboração em projetos e eventos externos: Palestras sobre projetos da Unesp em eventos nacionais e internacionais Reuniões da ANSP (RSA) e RNP Eventos do Nic.br: GTER/GTS, Forum IPv6, PTT Forum Comitê Gestor da Rede ANSP (indicado para representar o reitor)

7 Grupo de Redes: atribuições e projetos Controle de chamados por telefone e software OTRS Estatísticas de chamados (mês de base Outubro de 2014): Suporte aos Admins das Unidades: Videoconferência: 840 CSIRT: 320 VPN: 180 Total aproximado de chamados por mês Trabalhos além do escopo de atribuição: Suporte aos STAEPEs nas salas de Videoconferência Suporte aos usuários da VPN Suporte aos usuários das salas de Videoconferência Aplicação de ACLs em Switches Reinstalação de servidores nas unidades Implantações locais nos PABX IP das unidades Etc...

8 Projetos em andamento: Grupo de Redes: atribuições e projetos WFU (Compra e configuração de Aps, novos recursos) Cabeamento das unidades (Registro de Preços) Telefones IP (Registro de Preços e homologação) Switches (Registro de Preços, config padrão e homologação) Datacenters das unidades (Registro de Preços) Videoconferência em auditórios (em projeto) Datacenter Central (Em projeto) Cloud unespnet Autenticação Centralizada Centralizado IPv6 unespnet v5 Fibras apagadas no backbone Otimização do tráfego de internet

9 Perfil do novo usuário de Internet Imagem:

10 Perfil do novo usuário de Internet - Poderia me dizer, por favor, qual caminho devo seguir a partir daqui? - Isso depende de onde você quer chegar. - respondeu o Gato - Pouco me importa onde quero chegar... - disse Alice - Então o caminho a seguir também não importará. (Trecho de Alice no país das maravilhas, de Lewis Carroll) Imagem:

11 Perfil do novo usuário de tecnologia Imagem: Fonte: - The Nexus of Forces: Social, Mobile, Cloud and Information

12 A realidade da Unesp Universidade pública do Estado de SP Fundada em 1976 Presente em 24 cidades (35 faculdades) Multi-câmpus

13 A realidade da Unesp 40 pontos de presença (WAN) Mais de 60 mil usuários Telefonia IP (10 mil Ramais) Videoconferência Full HD Rede sem fio com acesso centralizado 2 prefixos IPv4 /16 (públicos) 1 prefixo IPv6 /32

14 A realidade da Unesp 40 pontos de presença (WAN) Mais de 60 mil usuários Telefonia IP (10 mil Ramais) Videoconferência Full HD Rede sem fio com acesso centralizado 2 prefixos IPv4 /16 (públicos) 1 prefixo IPv6 /32

15 A realidade da Unesp Investir em conectividade Estruturas redundantes de acesso Aumento de banda para conexão com a internet Novos links de conexão com a ANSP, PTT, etc...

16 E os próximos passos? Trabalhar no futuro, hoje! (um dos lemas do Google Apps)

17 Por que pensar no IPv6? Esgotamento de endereços IPv4 disponíveis Desperdício de endereços com IPv4 é muito grande Aumento da demanda de dispositivos usando o TCP/IP Telefones Access Points Dispositivos móveis (BYOD) IPv6 não é concorrente do IPv4, é seu sucessor Começar imediatamente traz vantagens Economia de tempo Melhor planejamento Migração suave e sem sustos!

18 La Macchina IPv6 Novas estradas pedem melhores meios de locomoção Foto:

19 Projeto IPv6 unespnet Status atual: 21,87% do tráfego de internet trafega sob IPv6 (mar-2013 era 18%) (fonte: Próximos passos: Implantar IPv6 com DHCPv6 com endereço fixo definido por MAC Address Eliminar IPv4 das VLANs de gerência Intensificar e motivar uso de laboratórios IPv6 puro Empreender esforços para remoção gradativa do IPv4 Na Unesp, o IPv6 não é o novo protocolo... o IPv4 que é o protocolo antigo (Valdinei Rodrigues dos Reis)

20 Desafios à distância A dispersão geográfica leva naturalmente à realidade do mundo virtual Videoconferência: Reuniões de órgãos colegiados Reuniões técnico-administrativas Entre outros...

21 Unesp e os novos desafios da Internet Junho/13

22 Unesp e os novos desafios da Internet

23 As nuvens I Workshop de Admins (2012): Questão: há interesse em se ter uma estrutura de servidores virtuais em um Datacenter Central? Resposta: Sim, por unanimidade Gabinete do Reitor (2013): Solicitou estudos sobre cloud na Unesp Estrutura segura e confiável, capaz de atender as demandas Aquisições para o Datacenter Central (2013/2014): Blades Storages Homologação de ambientes de Cloud (em andamento)

24 As nuvens Modelo híbrido (nuvem pública e privada) Pública: parceria entre ANSP e Terremark Resultados dos vestibulares Podcasts Privada: Implantar grandes repositórios de recursos computacionais virtualizados centralizado (1 o. serviço da nuvem: em andamento) Nuvem Acadêmica Interagir com USP, Unicamp, Unifesp... Criar uma nuvem de recursos acadêmica

25 Mobilidade Projeto Campus Inteligente Permitir acesso aos tablets, smartphones e demais dispositivos móveis (até notebooks!) Prover acesso com qualidade e segurança Autenticação centralizada Em andamento Ampliar áreas de cobertura de redes sem fio Próximos passos (Roadmap) Perfis de acesso (BYOD) Sistema para atender demandas de eventos sazonais (grande concentração de usuários)

26 Mobilidade Education Roaming Mobilidade global para comunidade acadêmica Comunidade unespiana pode acessar a rede sem fio em qualquer instituição participante Pesquisadores de outras instituições tem acesso a internet por meio do Eduroam presente na Unesp Estrutura de autenticação funciona como uma federação

27 Mobilidade A Unesp expandiu em 10 vezes o alcance do Eduroam no Brasil! Fonte:

28 Mobilidade Status atual do projeto: 1300 antenas instaladas 25 mil usuários por dia 11 mil usuários simultâneos 30% do tráfego da unespnet Próximos passos (Roadmap em números e ações): 200 antenas a instalar (já distribuídas) 230 em aquisição (verba Fapesp) Melhoria da interface de visitantes Integração com a Central de Acessos

29 Unesp e os novos desafios da Internet Obrigado! Dúvidas? Perguntas? Sugestões!

Unesp e IPv6. Carlos Coletti carlos@unesp.br Coordenador do Grupo de Redes Unesp - Reitoria

Unesp e IPv6. Carlos Coletti carlos@unesp.br Coordenador do Grupo de Redes Unesp - Reitoria Unesp e IPv6 Carlos Coletti carlos@unesp.br Coordenador do Grupo de Redes Unesp - Reitoria Valdinei Rodrigues nei@unesp.br Analista de Redes Unesp - Reitoria Unesp e IPv6 Cardápio Cenário da Unesp Por

Leia mais

ASSESSORIA DE INFORMÁTICA

ASSESSORIA DE INFORMÁTICA ASSESSORIA DE INFORMÁTICA BALANÇO DE E PERSPECTIVAS PARA 2015 A Assessoria de Informática (AI) é responsável pela coordenação executiva das atividades de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) da

Leia mais

ASSESSORIA DE INFORMÁTICA RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE 2013

ASSESSORIA DE INFORMÁTICA RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE 2013 ASSESSORIA E INFORMÁTICA RELATÓRIO E ATIVIAES E 2013 A Assessoria de Informática (AI) é responsável pela coordenação executiva das atividades de Tecnologia da Informação e Comunicação da Universidade e

Leia mais

CSTI COMITÊ SUPERIOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CSTI COMITÊ SUPERIOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CSTI COMITÊ SUPERIOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO O CSTI é um órgão assessor do Vice-Reitor e é a ele diretamente subordinado. Site: Portal >> Reitoria >> Vice-Reitor >> CSTI Fale conosco Solicitações GEPROC

Leia mais

IPv6 no café da manhã Universidade Federal de Santa Catarina Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina. 28 de maio de 2013

IPv6 no café da manhã Universidade Federal de Santa Catarina Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina. 28 de maio de 2013 IPv6 no café da manhã Universidade Federal de Santa Catarina Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina 28 de maio de 2013 Experiências com IPv6 em rede de Campus UFSC & PoP-SC Universidade Federal de

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FÓRUM TÉCNICO CONSULTIVO TELEFONIA IP Carlos José Rosa Coletti AI Reitoria Lazaro Geraldo Calestini Rio Claro Tatiana Pinheiro de Brito IA São Paulo Valmir Dotta FCLAr - CSTI Walter Matheos Junior IFT

Leia mais

PTTMetro Informações e Destaques

PTTMetro Informações e Destaques PTTMetro Informações e Destaques 3 o PTT Forum 3 Dez 2009 Antonio Galvao de Rezende Filho Eduardo Ascenço Reis Milton Kaoru Kashiwakura 3o PTT Forum

Leia mais

IPv6 em rede de Campus Case UFSC & PoP-SC

IPv6 em rede de Campus Case UFSC & PoP-SC I WORKSHOP DE TECNOLOGIA DE REDES Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina Rede Metropolitana de Educação e Pesquisa da Região de Florianópolis 04 e 05 Outubro/2012 IPv6 em rede de Campus Case UFSC &

Leia mais

UFSC - Infraestrutura e Serviços de TIC Visão Geral

UFSC - Infraestrutura e Serviços de TIC Visão Geral Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina Rede Metropolitana de Educação e Pesquisa da Região de Florianópolis 04 e 05 Outubro/2012 UFSC - Infraestrutura e Serviços de TIC Visão Geral Edison Tadeu Lopes

Leia mais

WORKSHOP DOS ADMINISTRADORES DE REDES DE COMPUTADORES DA UNESP - 2014

WORKSHOP DOS ADMINISTRADORES DE REDES DE COMPUTADORES DA UNESP - 2014 Comitê Superior de Tecnologia da Informação CSTI Assessoria de Informática AI Grupo de Redes de Computadores GRC Diretoria Técnicas de Informática DTI Administradores de rede das DTIs 08h00 08h30: Abertura

Leia mais

Aprovar Regulamento de Gestão de Utilização de Recursos de TI junto ao COUNI Março 2012

Aprovar Regulamento de Gestão de Utilização de Recursos de TI junto ao COUNI Março 2012 Planejamento 2012 Diretoria de TI DIMENSÃO 01: GESTÃO UNIVERSITÁRIA Objetivo Estratégico 1.3: Aprimorar os mecanismos de gestão da tecnologia de informação Aprovar o Regimento do Comitê Gestor de TI Março

Leia mais

Gestão de rede wireless no campus

Gestão de rede wireless no campus Gestão de rede wireless no campus SCIFI e os desafios de uma rede sem fio na Universidade Roteiro o que é o SCIFI Evolução A Rede Wifi-UFF Mobilidade Gerência de identidade Próximos passos 3 O que é o

Leia mais

PTTMetro. 11 Jan 2010

PTTMetro. 11 Jan 2010 PTTMetro 11 Jan 2010 Antonio Galvao de Rezende Filho Eduardo Ascenço Reis Milton Kaoru Kashiwakura PTTMetro http://ptt.br/ Apresentação 1 Sobre o CGI.br

Leia mais

Comitê Superior de Tecnologia da Informação

Comitê Superior de Tecnologia da Informação CSTI UNESP Reunião Ordinária Nº 18 Reunião: CSTI Data: 08 de fevereiro de 2011 Local: Reitoria - Sala de reuniões da AREX - 6º andar Resumo: Portarias CSTI, Processos e Ofícios. Presentes: Prof. Messias

Leia mais

Gerenciador de sistemas Gerenciamento de dispositivo móvel com base em nuvem

Gerenciador de sistemas Gerenciamento de dispositivo móvel com base em nuvem Gerenciador de sistemas Gerenciamento de dispositivo móvel com base em nuvem Resumo O Gerenciador de sistemas da Meraki fornece gerenciamento centralizado em nuvem e pelo ar, diagnósticos e monitoramento

Leia mais

Sumário. 4. Clique no botão Salvar & Aplicar para confirmar as alterações realizadas no. Reiniciar o SIMET- BOX

Sumário. 4. Clique no botão Salvar & Aplicar para confirmar as alterações realizadas no. Reiniciar o SIMET- BOX Manual do usuário Sumário Introdução... 3! Instalar o SIMET-BOX... 4! Primeiro acesso ao SIMET-BOX... 5! Estado Atual... 7! Visão Geral... 7! Gráficos... 8! Rede... 9! Rede sem fio... 9! Ativar rede sem

Leia mais

Catálogo de Serviços Coordenação Técnica CTE Superintendência de Tecnologia da Informação - STI

Catálogo de Serviços Coordenação Técnica CTE Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Catálogo de Serviços Coordenação Técnica CTE Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Pág. 1/10 1. ATENDIMENTO TÉCNICO O objetivo do setor de atendimento técnico é atender solicitações de usuários

Leia mais

ASSESSORIA DE INFORMÁTICA RELATÓRIO DE ATIVIDADES PDI 2011-2012

ASSESSORIA DE INFORMÁTICA RELATÓRIO DE ATIVIDADES PDI 2011-2012 ASSESSORIA DE INFORMÁTICA RELATÓRIO DE ATIVIDADES PDI 2011-2012 A Assessoria de Informática (AI) é responsável pela coordenação executiva de Informática e comunicação de dados da Universidade, em conformidade

Leia mais

Soluções em Segurança

Soluções em Segurança Desafios das empresas no que se refere a segurança da infraestrutura de TI Dificuldade de entender os riscos aos quais a empresa está exposta na internet Risco de problemas gerados por ameaças externas

Leia mais

PTTMetro. Interconexão de Sistemas Autônomos (AS) 15 Agosto 2010. Equipe de Engenharia PTTMetro

PTTMetro. Interconexão de Sistemas Autônomos (AS) 15 Agosto 2010. Equipe de Engenharia PTTMetro <eng@ptt.br> PTTMetro Interconexão de Sistemas Autônomos (AS) 15 Agosto 2010 Equipe de Engenharia PTTMetro 1 Sobre o CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) Criado em maio de 1995 Pela Portaria

Leia mais

Serviços de TIC Soluções e demandas

Serviços de TIC Soluções e demandas Serviços de TIC Soluções e demandas Superintendência de Governança Eletrônica e de Tecnologia da Informação e Comunicação (SeTIC/UFSC) 16/07/2015 CSS/SeTIC 1 Agenda SeTIC Apresentação dos serviços, por

Leia mais

Painel MSP. Guia da solução

Painel MSP. Guia da solução Guia da solução Painel MSP Este documento aborda o painel de serviços gerenciados Cisco Meraki, que contém recursos criados especialmente para provedores de serviços gerenciados que oferecem redes gerenciadas

Leia mais

Unidade 3 Visão Geral de Equipamentos de Rede

Unidade 3 Visão Geral de Equipamentos de Rede Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Redes de Computadores Disciplina: Redes de Computadores Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 3 Visão Geral de Equipamentos de Rede 2 Repetidor

Leia mais

Mobile Device Management MDM. SAP Forum, Fev2014.

Mobile Device Management MDM. SAP Forum, Fev2014. Mobile Device Management MDM SAP Forum, Fev2014. A EMBRATEL ENTREGA Porque é a mais completa operadora de Telecomunicações e TI Referência e líder na oferta de serviços de telecomunicações em toda a América

Leia mais

IPv6: a próxima geração de IPs na Internet!

IPv6: a próxima geração de IPs na Internet! IPv6: a próxima geração de IPs na Internet! Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br CONIP 14 o. Congresso de Inovação da Gestão Pública Governança da informação backoffice 05 de Junho de 2008 São Paulo - SP

Leia mais

Videoconferência e uso de dispositivos móveis para atividades acadêmicas: otimizando tempo e custo

Videoconferência e uso de dispositivos móveis para atividades acadêmicas: otimizando tempo e custo Videoconferência e uso de dispositivos móveis para atividades acadêmicas: otimizando tempo e custo Equipe de apoio audiovisual FCM Leonardo, Oscar, Mário, Francileuda, Wagner, Emilton O CENÁRIO ATUAL A

Leia mais

Impressão digital Sistema de eleição SisElege. Projeto Lógico de Rede

Impressão digital Sistema de eleição SisElege. Projeto Lógico de Rede Sistema de eleição SisElege Projeto Lógico de Rede Brasilia DF 25/10/2014 Histórico de revisões Versão Data Autor Descrição Localização 1.0 27/SET/2010 Grupo 3 Versão Inicial www.siselege.com.br 1.1 28/SET/2010

Leia mais

Visão geral da tecnologia Cisco Unified Access: Acesso convergente

Visão geral da tecnologia Cisco Unified Access: Acesso convergente White Paper Visão geral da tecnologia Cisco Unified Access: Acesso convergente Introdução Hoje, menos de um por cento de tudo no mundo físico está conectado em rede. Em um futuro próximo o crescimento

Leia mais

Solução Acesso Internet Áreas Remotas

Solução Acesso Internet Áreas Remotas Solução Acesso Internet Áreas Remotas Página 1 ÍNDICE GERAL ÍNDICE GERAL... 1 1. ESCOPO... 2 2. SOLUÇÃO... 2 2.1 Descrição Geral... 2 2.2 Desenho da Solução... 4 2.3 Produtos... 5 2.3.1 Parte 1: rádios

Leia mais

Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless)

Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless) Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless) UNISC Setor de Informática/Redes Atualizado em 22/07/2008 1. Definição Uma rede sem fio (Wireless) significa que é possível uma transmissão de dados via

Leia mais

Documento: Treinamentos pfsense Versão do documento: 2014. Treinamentos pfsense. Página 1 de 10

Documento: Treinamentos pfsense Versão do documento: 2014. Treinamentos pfsense. Página 1 de 10 Treinamentos pfsense Página 1 de 10 Definições, Acrônimos e Abreviações Abreviação / Sigla WAN LAN UTM pfsense BGP Descrição Wide Area Network - Rede de longa distância (interface de rede para links de

Leia mais

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Por que redes de computadores? Tipos de redes Componentes de uma rede IFPB/Patos - Prof. Claudivan 2 Quando o assunto é informática, é impossível não pensar em

Leia mais

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Windows Server 2012 Virtualização Hyper-v Firewall Pfsense C o n t e ú d o d o c u r s o H a n d s - on 2 Sumário 1 Conteúdo Windows 2012... 3 2 Conteúdo Virtualização...

Leia mais

Formas de CONECTAR a sua empresa

Formas de CONECTAR a sua empresa SAIBA COMO: Aumentar a produtividade Melhorar a segurança e o atendimento ao cliente Reduzir os custos Para Pequenas Empresas Se você está no mundo dos negócios, está conectado à maior rede pública do

Leia mais

Gestão de Incidentes e Resiliência das Infraestruturas Críticas de Internet

Gestão de Incidentes e Resiliência das Infraestruturas Críticas de Internet Gestão de Incidentes e Resiliência das Infraestruturas Críticas de Internet Cristine Hoepers cristine@cert.br! Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil Núcleo de Informação

Leia mais

SOBRE A CALLIX. Por Que Vantagens

SOBRE A CALLIX. Por Que Vantagens Callix PABX Virtual SOBRE A CALLIX Por Que Vantagens SOBRE A CALLIX Por Que Vantagens Por Que Callix Foco no seu negócio, enquanto cuidamos da tecnologia do seu Call Center Pioneirismo no mercado de Cloud

Leia mais

Armazenamento em nuvem é feito em serviços que poderão ser acessados de diferentes lugares, a qualquer momento e utilizando diferentes dispositivos,

Armazenamento em nuvem é feito em serviços que poderão ser acessados de diferentes lugares, a qualquer momento e utilizando diferentes dispositivos, Nuvem cloud Armazenamento em nuvem é feito em serviços que poderão ser acessados de diferentes lugares, a qualquer momento e utilizando diferentes dispositivos, não havendo necessidade de armazenamento

Leia mais

Caso de sucesso. Impacto no Negócio. A Empresa

Caso de sucesso. Impacto no Negócio. A Empresa Escola disponibiliza acesso wireless de qualidade para alunos, funcionários e visitantes, e contribui para um aprendizado cada vez mais dinâmico. Com o objetivo de aperfeiçoar a iniciativa BYOD (Bring

Leia mais

Resumo: Operacionalização dos processos da CSTI, andamento dos trabalhos dos Fóruns Técnicos e formação de grupos para gerenciamento dos sistemas.

Resumo: Operacionalização dos processos da CSTI, andamento dos trabalhos dos Fóruns Técnicos e formação de grupos para gerenciamento dos sistemas. CSTI UNESP Súmulas Reunião Ordinária N. 02 Reunião: CSTI Data: 12 de maio de 2009 Local: Sala Reuniões do Gabinete/UNESP Início: 9:00 Resumo: Operacionalização dos processos da CSTI, andamento dos trabalhos

Leia mais

VERIZON/TERREMARK - SÃO PAULO BRASIL PRÉDIO: Entrada para o DC, onde está localizado o CTD-Centro de Tecnologia Directcenter

VERIZON/TERREMARK - SÃO PAULO BRASIL PRÉDIO: Entrada para o DC, onde está localizado o CTD-Centro de Tecnologia Directcenter DC = VERIZON/TERREMARK - SÃO PAULO BRASIL PRÉDIO: Entrada para o DC, onde está localizado o CTD-Centro de Tecnologia Directcenter FONTE: VERIZON/TERREMARK BARUERI/ALPHAVILLE/TAMBORÉ SÃO PAULO wwwdirectcentercombr

Leia mais

MUM. Mikrotik User s Meeting Rio de Janeiro - 2009. Mikrotik e a Computação nas nuvens. Maila Networks

MUM. Mikrotik User s Meeting Rio de Janeiro - 2009. Mikrotik e a Computação nas nuvens. Maila Networks MUM Mikrotik User s Meeting Rio de Janeiro - 2009 Mikrotik e a Computação nas nuvens Oferece serviços de Conectividade IP, Desenvolvimento e Integração de Sistemas. Consultoria `a Provedores de Acesso,

Leia mais

Transição IPv4 è IPv6: Desafios e Riscos

Transição IPv4 è IPv6: Desafios e Riscos Transição IPv4 è IPv6: Desafios e Riscos Cristine Hoepers cristine@cert.br! Apresentação desenvolvida em conjunto com a equipe do CEPTRO.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança

Leia mais

Projeto de Atualização Funcional e Tecnológica do Portal de Periódicos CAPES. Maio -2014

Projeto de Atualização Funcional e Tecnológica do Portal de Periódicos CAPES. Maio -2014 Projeto de Atualização Funcional e Tecnológica do Portal de Periódicos CAPES Maio -2014 Agenda Sobre a Cooperação CAPES x RNP Sobre a RNP O fator inovação Oque foi feito Infraestrutura avançada de servidores

Leia mais

Os Pontos de Troca de Tráfego, o PTTMetro, e seu papel na Internet brasileira. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br

Os Pontos de Troca de Tráfego, o PTTMetro, e seu papel na Internet brasileira. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Os Pontos de Troca de Tráfego, o PTTMetro, e seu papel na Internet brasileira. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Agenda O CGI.br e o NIC.br O que é a Internet? E o protocolo IP? Quais as relações possíveis

Leia mais

Características: Switch Industrial Ethernet: Cisco Secure Agent: É isolado de todas as outras redes por um firewall ou por uma lista de acesso

Características: Switch Industrial Ethernet: Cisco Secure Agent: É isolado de todas as outras redes por um firewall ou por uma lista de acesso O switch Industrial Ethernet Cisco Catalyst 2955 garante a confiabilidade o determinismo e a segurança fundamentais para uma rede de controle de produção. A confiabilidade é obtida evitando que PLCs e

Leia mais

5.2 MAN s (Metropolitan Area Network) Redes Metropolitanas

5.2 MAN s (Metropolitan Area Network) Redes Metropolitanas MÓDULO 5 Tipos de Redes 5.1 LAN s (Local Area Network) Redes Locais As LAN s são pequenas redes, a maioria de uso privado, que interligam nós dentro de pequenas distâncias, variando entre 1 a 30 km. São

Leia mais

SISGEP SISTEMA GERENCIADOR PEDAGÓGICO

SISGEP SISTEMA GERENCIADOR PEDAGÓGICO FACSENAC SISTEMA GERENCIADOR PEDAGÓGICO Projeto Lógico de Rede Versão: 1.2 Data: 25/11/2011 Identificador do documento: Documento de Visão V. 1.7 Histórico de revisões Versão Data Autor Descrição 1.0 10/10/2011

Leia mais

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Redes de Computadores 2011-2 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Redes de Computadores 2011-2 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais. Especial Online ISSN 1982-1816 www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.html DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Redes de Computadores 2011-2 EXPANSÃO E MELHORIA NA REDE DE COMPUTADORES DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

Estudo de caso da Solução Unified Wireless Cisco. Jonas Odorizzi. Curso de Redes e Segurança de Sistemas. Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Estudo de caso da Solução Unified Wireless Cisco. Jonas Odorizzi. Curso de Redes e Segurança de Sistemas. Pontifícia Universidade Católica do Paraná Estudo de caso da Solução Unified Wireless Cisco Jonas Odorizzi Curso de Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, Abril de 2010 RESUMO Este artigo tem o objetivo

Leia mais

Introdução. Confiança de milhares de clientes do mundo inteiro. Reconhecida pela inovação

Introdução. Confiança de milhares de clientes do mundo inteiro. Reconhecida pela inovação 2013 Panfleto da empresa Introdução Redes empresariais 100% gerenciadas por nuvem As soluções de rede de borda e redes filiais gerenciadas por nuvem da Meraki simplificam as redes da classe empresarial.

Leia mais

Uso de Virtual Lan (VLAN) para a disponibilidade em uma Rede de Campus

Uso de Virtual Lan (VLAN) para a disponibilidade em uma Rede de Campus Uso de Virtual Lan (VLAN) para a disponibilidade em uma Rede de Campus Edson Rodrigues da Silva Júnior. Curso de Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, Fevereiro

Leia mais

ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015

ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015 ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015 O SESI/SENAI-PR, através de sua Comissão de Licitação, torna público o ESCLARECIMENTO referente ao edital de licitação acima relacionado, conforme

Leia mais

RETIFICAÇÃO. acordo com os critérios definidos neste Edital. Somente serão avaliados os títulos dos candidatos classificados na primeira fase.

RETIFICAÇÃO. acordo com os critérios definidos neste Edital. Somente serão avaliados os títulos dos candidatos classificados na primeira fase. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA MINAS GERAIS GABINETE DO REITOR Avenida Professor Mário Werneck, nº 2.590, Bairro

Leia mais

Endereçamento IP Roteamento Internet. Ricardo Patara NIC.BR

Endereçamento IP Roteamento Internet. Ricardo Patara NIC.BR Endereçamento IP Roteamento Internet Ricardo Patara NIC.BR Introdução Visão geral de funcionamento da Internet Usuário e sua conexão Provedor de acesso, provedor de provedor Interconexão Distribuição de

Leia mais

Classificação::Modelo de implantação

Classificação::Modelo de implantação Classificação::Modelo de implantação Modelo de implantação::privado Operada unicamente por uma organização; A infra-estrutura de nuvem é utilizada exclusivamente por uma organização: Nuvem local ou remota;

Leia mais

Antecipe a. próxima. geração da. comunicação

Antecipe a. próxima. geração da. comunicação Antecipe a próxima geração da comunicação Comunicação e convergência digital com menor custo NOVA, MODERNA, EFICIENTE E ECONÔMICA LIG16 é a marca comercial da empresa LIGCOM. LIG16 é uma operadora de telecomunicações

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Anéis Ópticos em Backbone www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução Em 1980 foi formado o grupo de trabalho ANSI X3T9.5 com a finalidade de desenvolver

Leia mais

A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer

A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer lugar e independente da plataforma, bastando para isso

Leia mais

Universidade Federal do Acre. Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas

Universidade Federal do Acre. Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Universidade Federal do Acre Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Universidade Federal do Acre Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Pós-graduação Lato Sensu em Desenvolvimento de Software e Infraestrutura

Leia mais

02/03/2014. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais

02/03/2014. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais Curso de Preparatório para Concursos Públicos Tecnologia da Informação REDES Conceitos Iniciais; Classificações das Redes; Conteúdo deste módulo Equipamentos usados nas Redes; Modelos de Camadas; Protocolos

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação

Departamento de Tecnologia da Informação Departamento de Tecnologia da Informação Objetivos O DTI é o departamento responsável por toda a arquitetura tecnológica do CRF- SP, ou seja, compreende todo o conjunto de hardware/software necessário

Leia mais

PTTMetro/PTT.br. 27 Junho 2013. Milton Kaoru Kashiwakura Equipe PTT.br

PTTMetro/PTT.br. 27 Junho 2013. Milton Kaoru Kashiwakura <mkaoruka@nic.br> Equipe PTT.br <eng@ptt.br> PTTMetro/PTT.br 27 Junho 2013 Milton Kaoru Kashiwakura Equipe PTT.br 1 Referência IXP - Internet exchange Point PTT Ponto de Troca de Tráfego 2 PTT Historico e Datas Marcantes

Leia mais

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia.

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A EMPRESA A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A experiência da Future Technology nas diversas áreas de TI disponibiliza aos mercados público

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO Relatório de Gestão 2011 GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA UTFPR A Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação (DIRGTI) é responsável pelas atividades

Leia mais

Serviços Prestados Infovia Brasília

Serviços Prestados Infovia Brasília Serviços Prestados Infovia Brasília Vanildo Pereira de Figueiredo Brasília, outubro de 2009 Agenda I. INFOVIA Serviços de Voz Softphone e Asterisk INFOVIA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO INFOVIA MINISTÉRIO

Leia mais

Instalação da Rede sem fio da UFMG Instalação da Rede sem fio da UFMG

Instalação da Rede sem fio da UFMG Instalação da Rede sem fio da UFMG www.ufmg.br/dt Instalação da Rede sem fio da UFMG Instalação da Rede sem fio da UFMG Apresentação IX WTICIFES Belo Horizonte Centro de Computação Divisão de Redes de Comunicação 04/08/2015 Tópicos Histórico

Leia mais

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Aula 1 Conceitos da Computação em Nuvem A computação em nuvem ou cloud computing

Leia mais

EXIN Cloud Computing Fundamentos

EXIN Cloud Computing Fundamentos Exame Simulado EXIN Cloud Computing Fundamentos Edição Maio 2013 Copyright 2013 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicado, reproduzido, copiado ou armazenada

Leia mais

Documento de Requisitos de Rede (DRP)

Documento de Requisitos de Rede (DRP) Documento de Requisitos de Rede (DRP) Versão 1.2 SysTrack - Grupo 1 1 Histórico de revisões do modelo Versão Data Autor Descrição 1.0 30/04/2011 João Ricardo Versão inicial 1.1 1/05/2011 André Ricardo

Leia mais

Benefícios e processos relacionados à migração e servidores dedicados para cloud servers. Juliano Simões. Diretor de Tecnologia

Benefícios e processos relacionados à migração e servidores dedicados para cloud servers. Juliano Simões. Diretor de Tecnologia Benefícios e processos relacionados à migração e servidores dedicados para cloud servers Juliano Simões Diretor de Tecnologia Agenda Comparar o modelo de servidor dedicado, orientado ao hardware, com os

Leia mais

São Paulo, Brasil 24 de Novembro de 2014

São Paulo, Brasil 24 de Novembro de 2014 São Paulo, Brasil 24 de Novembro de 2014 PTT.br Definição de Conexão PTT Fórum 8 Galvão Rezende Equipe de Engenharia PTT.br PTT.br Referência IXP - Internet exchange Point

Leia mais

FACSENAC Banco de questões Documento de Projeto Lógico de Rede

FACSENAC Banco de questões Documento de Projeto Lógico de Rede FACSENAC Banco de questões Documento de Projeto Lógico de Versão: 1.3 Data: 20 de novembro de 2012 Identificador do documento: GTI Soluções Versão do Template Utilizada na Confecção: 1.0 Localização: www.gestaotisolucoes.com.br

Leia mais

Migração para Software Livre Administração da Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira

Migração para Software Livre Administração da Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira Migração para Software Livre Administração da Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira Valdir Barbosa valdir@adm.feis.unesp.br Outubro 2009 Agenda Motivação Objetivos Projeto Piloto /Treinamento Aplicativos

Leia mais

ANEXO 5 AO CONTRATO DE INTERCONEXÃO DE REDES CLASSE V ENTRE SAMM E XXX NºXXX

ANEXO 5 AO CONTRATO DE INTERCONEXÃO DE REDES CLASSE V ENTRE SAMM E XXX NºXXX ANEXO 5 AO CONTRATO DE INTERCONEXÃO DE REDES CLASSE V ENTRE SAMM E XXX NºXXX PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS, PROCEDIMENTOS DE TESTES E PARÂMETROS DE QUALIDADE 1. PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS 1.1 As Partes observarão

Leia mais

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. Conjunto de ferramentas permite à Ondunorte o monitoramento proativo dos serviços de TI

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. Conjunto de ferramentas permite à Ondunorte o monitoramento proativo dos serviços de TI Case de Sucesso Conjunto de ferramentas permite à Ondunorte o monitoramento proativo dos serviços de TI Perfil O Grupo Ondunorte é um dos mais tradicionais do estado de Pernambuco e líder em transformação

Leia mais

Cloud Computing. Andrêza Leite. andreza.lba@gmail.com

Cloud Computing. Andrêza Leite. andreza.lba@gmail.com Cloud Computing Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com Roteiro O que é cloud computing? Classificação O que está 'por traz' da cloud? Exemplos Como montar a sua? O que é cloud computing? Cloud Computing O

Leia mais

Técnicas de Transição em 45 minutos

Técnicas de Transição em 45 minutos Capacitação IPv6.br Técnicas de Transição em 45 minutos Agenda Introdução Classificação das Técnicas Pilha Dupla DS-Lite e DS-Lite + A+P 6rd 6PE e 6VPE NAT64 e DNS64 464XLAT IVI, divi e divi-pd Considerações

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

Projeto Rede WiFi amplia disponibilidade, segurança e praticidade da rede de internet da UERJ

Projeto Rede WiFi amplia disponibilidade, segurança e praticidade da rede de internet da UERJ Projeto Rede WiFi amplia disponibilidade, segurança e praticidade da rede de internet da UERJ Perfil A história da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) teve início em 04 de dezembro de 1950,

Leia mais

Administração e Desenvolvimento de Soluções em TI

Administração e Desenvolvimento de Soluções em TI Administração e Desenvolvimento de Soluções em TI Projeto Corporativo Missão: Oferecer soluções corporativas em Tecnologia da Informação, fornecendo e integrando produtos e serviços profissionais de alta

Leia mais

Figura 1 Taxas de transmissão entre as redes

Figura 1 Taxas de transmissão entre as redes Conceitos de Redes Locais A função básica de uma rede local (LAN) é permitir a distribuição da informação e a automatização das funções de negócio de uma organização. As principais aplicações que requerem

Leia mais

BlackBerry Mobile Voice System

BlackBerry Mobile Voice System BlackBerry Mobile Voice System BlackBerry Mobile Voice System Comunicações móveis unificadas O Mobile Voice System ( MVS) foi projetado para unificar os recursos do telefone fixo aos smartphones e às redes

Leia mais

BlackBerry Mobile Voice System

BlackBerry Mobile Voice System BlackBerry Mobile Voice System Comunicações móveis unificadas O BlackBerry Mobile Voice System (BlackBerry MVS) leva os recursos do telefone do escritório aos smartphones BlackBerry. Você pode trabalhar

Leia mais

Access Point Router 150MBPS

Access Point Router 150MBPS Access Point Router 150MBPS Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

Oferta Pública de Interconexão. Classe V

Oferta Pública de Interconexão. Classe V SAMM - Sociedade de Atividades em Multimídia Ltda. Oferta Pública de Interconexão Classe V Oferta Pública de Interconexão de Redes OPI apresentada ao mercado nos termos do Regulamento Geral de Interconexão

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE Aquisição de Solução de Criptografia para Backbone da Rede da Dataprev ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE 1.1 Cada appliance deverá ser instalado em rack de 19 (dezenove) polegadas

Leia mais

Disciplina : Transmissão de Dados

Disciplina : Transmissão de Dados Disciplina : Transmissão de Dados Paulo Henrique Teixeira Overwiew Conceitos Básicos de Rede Visão geral do modelo OSI Visão geral do conjunto de protocolos TCP/IP 1 Conceitos básicos de Rede A largura

Leia mais

Troca de Tráfego : criando uma infraestrutura Internet melhor e mais barata (http://ptt.br). Milton Kaoru Kashiwakura mkaoruka@nic.

Troca de Tráfego : criando uma infraestrutura Internet melhor e mais barata (http://ptt.br). Milton Kaoru Kashiwakura mkaoruka@nic. Troca de Tráfego : criando uma infraestrutura Internet melhor e mais barata (http://ptt.br). Milton Kaoru Kashiwakura mkaoruka@nic.br Agenda O CGI.br e o NIC.br O que é a Internet? E o protocolo IP? Quais

Leia mais

DESCRITIVO DE SERVIÇO COLOCATION TELEFÔNICA (ANEXO ÀS CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS)

DESCRITIVO DE SERVIÇO COLOCATION TELEFÔNICA (ANEXO ÀS CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS) DESCRITIVO DE SERVIÇO COLOCATION TELEFÔNICA (ANEXO ÀS CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS) 1. Descritivo e Considerações Gerais O serviço Colocation Telefônica permite à CONTRATANTE a colocação de

Leia mais

O Outsourcing de TI que entende o seu negócio. Descomplique!

O Outsourcing de TI que entende o seu negócio. Descomplique! O Outsourcing de TI que entende o seu negócio Descomplique! CENÁRIO ATUAL TI Saúde Suporte processos burocráticos Agências Reguladoras Muito papel e baixa informatização no ecossistema Muito foco em tecnologia

Leia mais

Implantação de IPv6. O Caso de sucesso do Parque Tecnológico Itaipu

Implantação de IPv6. O Caso de sucesso do Parque Tecnológico Itaipu Implantação de IPv6 O Caso de sucesso do Parque Tecnológico Itaipu Parque Tecnológico Itaipu (PTI) Mas o que é o PTI... Missão ITAIPU Binacional: Gerar energia elétrica de qualidade, com responsabilidade

Leia mais

Rivolta Cloud Backup

Rivolta Cloud Backup Rivolta Cloud Backup Apresentação O que é o cloud backup? Cloud backup ou backup na nuvem é a forma mais economica e segura de manter as informações da sua empresa segura e sempre atualizada, caso haja

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores

Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores Prof.: Roberto Franciscatto Introdução Perguntas iniciais O que você precisa colocar para funcionar? Entender a necessidade Tens servidor específico

Leia mais

IPv6 no Governo Federal

IPv6 no Governo Federal ARIAL BLACK 23 IPv6 no Governo Federal Silvio César da Silva Lima São Paulo, 09 de dezembro de 2015 VI Fórum Brasileiro de IPv6 Agenda Resumo do Plano de Disseminação do Uso do IPv6 no Governo Federal.

Leia mais

OpenStack. Cloud Software

OpenStack. Cloud Software OpenStack Cloud Software O que é o OpenStack? Concebido como um SO para a nuvem Todo em código aberto Infraestrutura de nuvem como serviço (IaaS) Nuvens públicas ou privadas Composto por um conjunto de

Leia mais

UPAEP Otimiza Serviços de TI a 17.000 Usuários com Soluções CA Technologies

UPAEP Otimiza Serviços de TI a 17.000 Usuários com Soluções CA Technologies CUSTOMER SUCCESS STORY Junho 2013 UPAEP Otimiza Serviços de TI a 17.000 Usuários com Soluções CA Technologies CUSTOMER LOGO HERE EMPRESA Fundada em 1973, no México, a UPAEP oferece importantes serviços

Leia mais

Vídeo@RNP: integrando serviços de vídeo digital para a comunidade acadêmica

Vídeo@RNP: integrando serviços de vídeo digital para a comunidade acadêmica Cuarta Conferencia de Directores de Tecnología de Información, TICAL2014 Gestión de las TICs para la Investigación y la Colaboración, Cancún, del 26 al 28 de mayo de 2014 Vídeo@RNP: integrando serviços

Leia mais

ALGUNS CONCEITOS. Rede de Computadores

ALGUNS CONCEITOS. Rede de Computadores ALGUNS CONCEITOS Rede de Computadores Prof. Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiros@gmail.com 1 OBJETIVO 1. Compartilhar recursos computacionais disponíveis sem considerar a localização física

Leia mais

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP 26430 - INST.FED.DE EDUC.,CIENC.E TEC.S.PERNAMBUCANO 158149 - INST.FED.EDUC.CIENC.E TEC.SERTãO PERNAMBUCANO RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP 1 - Itens da Licitação 1 - EQUIPAMENTO

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PGFN Departamento de Gestão Corporativa - DGC Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação - CTI CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA Infraestrutura

Leia mais