MARKETING EM BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA PÚBLICA: uma década de atividades

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MARKETING EM BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA PÚBLICA: uma década de atividades"

Transcrição

1 PÔSTER EMPREENDEDORISMO EM BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS Empreendedorismo na gestão da informação e do conhecimento MARKETING EM BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA PÚBLICA: uma década de atividades ABDALLA, E. R. F. 1 SOUZA, A. M. M. 2 SANTOS, S. A. O. 3 CASTILHO, V. 4 RESUMO O objetivo do trabalho é descrever como a área de marketing, em uma década de atuação, impactou os produtos, os serviços e a imagem da Biblioteca Centro de Informação e Referência em Saúde Pública da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (Biblioteca/CIR da FSP/USP). A área de marketing responde pela produção de publicações, normalização documentária para divulgação, estudo de usuários e de novas tendências e tecnologias, comunicação interna e externa da Biblioteca/CIR e promoção da ação cultural. O trabalho apresenta as atividades e produtos desenvolvidos no período de , a estrutura de recursos humanos e materiais que dão suporte à área. Conclui-se que os resultados alcançados foram integradores e representam o completo esforço organizacional para satisfazer às necessidades dos usuários. Recomenda-se a criação dessa área nos organogramas institucionais das bibliotecas universitárias. Palavras-chave: Marketing em bibliotecas. Marketing em unidades de informação. ABSTRACT The aim of this work is to describe how the marketing area, which has been performing for a decade, made an impact on the products, services and image of Biblioteca Centro de Informação e Referência em Saúde Pública da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (Biblioteca/CIR, FSP/USP). The marketing area is responsible for the production of publications, documentary standardization for disclosure, study of users and new tendencies and technologies, internal and external communication for Biblioteca/CIR and promotion of cultural action. This work shows the services and products developed between 1998 and 2007, as well as the material and human resources structure that gives support to the

2 2 area. It comes to the conclusion that marketing activities are integrative and represent the complete organizational effort to satisfy the users needs, while it suggests the official creation of this area in the institutional organogram of university libraries. Keywords: Library marketing. Information units marketing. 1 INTRODUÇÃO Muito se fala da importância do marketing nas bibliotecas brasileiras, mas o que se vê na prática é que são poucas as experiências relatadas na literatura onde o marketing de biblioteca assume um caráter profissional com uma estrutura administrativa no organograma institucional, recursos humanos e materiais próprios. Normalmente o que se encontra é o acúmulo das atribuições de marketing no serviço de atendimento ao público ou ligadas às práticas de qualidade. Em 1992, Silveira 7 ao analisar 38 bibliotecas universitárias do Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo afirmou que o nível de aplicação de marketing nesse universo era, de forma geral, baixo. Seus resultados apontavam que apenas uma, dentre todas as bibliotecas, aplicava marketing em nível médio. Kotler 5 já disse que é difícil acreditar que houve época em que as empresas não tinham departamento de marketing (...) nem toda a gama de cargos encontrados hoje nos departamentos de marketing. Será que um dia poderemos dizer isso das bibliotecas universitárias brasileiras? Continua em voga a definição da American Library Association dada por Young 8 para marketing no contexto bibliotecário como um grupo útil de atividades que fomenta intercâmbio construtivo e responsivo entre os mantenedores da biblioteca, os serviços de informação e os usuários reais e potenciais desses serviços. Essas atividades dizem respeito aos produtos, custos, métodos de entrega/distribuição e métodos promocionais. O objetivo do trabalho é descrever como a área de marketing, em uma década de atuação, impactou os produtos, os serviços e a imagem da Biblioteca Centro de Informação e Referência em Saúde Pública da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (Biblioteca/CIR da FSP/USP).

3 3 2 DESENVOLVIMENTO As atribuições do Serviço de Marketing e Informática estão descritas no documento Atribuições dos Serviços/Seções da Biblioteca/CIR. Esse Serviço é dividido em duas subáreas: a de Marketing e Publicações e a de Informática. A primeira responde pela produção de publicações, normalização documentária para divulgação, estudo de usuários e de novas tendências e tecnologias, comunicação interna e externa da Biblioteca/CIR e promoção da ação cultural. A segunda responde por atividades mais técnicas, como o suporte de informática e o gerenciamento da rede, sendo o site e a intranet as atividades de convergência entre as duas subáreas. A seguir, apresentamos o quadro ilustrativo das competências da área de marketing e os produtos/serviços desenvolvidos no período: Competências Edição e produção de publicações Normalização documentária para divulgação Estudo de usuários Estudo de novas tendências e tecnologias Comunicação interna Comunicação externa Serviços online Promoção da ação cultural Outras atividades Produtos/serviços Projeto de identidade visual da Biblioteca/CIR; folders; Guia de Apresentação de Teses (impresso e online); regulamentos; marcadores; apostila; papelaria básica (cartas, envelopes, fax, modelos de cartazes, padronização de formulários internos, crachás); posters; banners; power point para eventos e aulas; certificados; relatórios anuais da diretoria; páginas do site (cerca de 1050) Guia de Apresentação de Teses, Informativo Bibliográfico Caixa de sugestões; Avaliação e apoio ao Programa Educativo Site (1999 e 2003); intranet (2001 e 2003); marcação SciELO; publicações eletrônicas em textos completos; quiosque eletrônico Intranet; agenda coletiva online; espaço de Gestão da Biblioteca; murais Site; murais; avisos e cartazes; participação em eventos; estandes; press-releases Levantamento bibliográfico; Solicitação de cópias de documentos; Empréstimo entre bibliotecas; Renovação de empréstimos; Referência Virtual; Captação da produção bibliográfica da FSP; Sugira uma publicação Exposições; campanhas; eventos (seminários, cafés, lançamentos) Assessoria ao planejamento e ao sistema de gestão da biblioteca; capacitação HTML para outras áreas Quadro 1 - Competências da área de marketing e os produtos/serviços desenvolvidos Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Biblioteca Centro de Informação e Referência. Serviço de Marketing e Informática. São Paulo, [documento interno] Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Biblioteca Centro de Informação e Referência. Atribuições dos Serviços/Seções da Biblioteca/CIR. São Paulo, [documento interno]

4 4 Para maior clareza dos produtos/serviços desenvolvidos, destacam-se a seguir pontos relevantes das atividades realizadas. Entre delineou-se o projeto de identidade visual da Biblioteca/CIR modernizando sua imagem. Definiu-se a cor azul esverdeada para os detalhes da construção do prédio e do ambiente virtual. A criação de um logotipo esférico com a sigla CIR (Centro de Informação e Referência) remete à dinâmica da informação e da comunicação científica alimentadas pela velocidade introduzida pela internet. Com esse projeto criou-se um padrão de fontes e cores para a papelaria básica, cartazes, avisos, folders e sinalização na biblioteca. Com a criação da área de marketing, a normalização documentária, comum nas bibliotecas acadêmicas, passou da publicação em brochura para a edição do Guia de Apresentação de Teses em formato impresso e online, com uma tiragem inicial de exemplares. Desde 2001 criou-se um canal de comunicação com os usuários para sugestões ou comentários via caixa de sugestões. Também foi elaborada uma página para envio de sugestões no site; essas mensagens eletrônicas foram analisadas por Cuenca et al. 2 As sugestões e comentários dos usuários são criteriosamente registrados numa base de dados, categorizados, respondidos por um ou mais profissionais e divulgados no mural na entrada da biblioteca. As respostas que demandam maior complexidade de atendimento são levadas às reuniões de planejamento. A Biblioteca/CIR mantém há quinze anos o Programa Educativo para capacitar seus usuários no acesso à informação eletrônica. A área de marketing participa das atividades com a criação de cartazes, divulgação e inscrição no site, formulários, certificados, apostilas, roteiros, tutoriais, dentre outros, e coleta a opinião dos usuários finais para avaliar o desempenho e a contínua melhoria do Programa. A avaliação dessa capacitação pode ser vista em diversos trabalhos publicados pela equipe da Biblioteca (CUENCA; ALVAREZ; NORONHA 3 ). O estudo de novas tendências e tecnologias (CUENCA e TANAKA 4 ) revelou-se necessário, porém de difícil viabilidade e como solução desse problema ocorreu a integração do Marketing com a subárea de Informática. Vários são os

5 5 produtos que ilustram a integração multiprofissional: a marcação da Revista de Saúde Pública para a SciELO (Scientific Electronic Library Online), a criação da Editora Eletrônica da FSP/USP, o quiosque eletrônico, a atualização do site em 1999 e posteriormente em 2003 e a criação da intranet em 2001 com sua nova versão, também em Todo esse know-how eletrônico possibilitou um diferencial na capacitação da equipe dessa área. A comunicação interna, com e entre a equipe de funcionários, e a comunicação externa, com os usuários reais e potenciais, sofreu sensível crescimento desde a implantação do Serviço de Marketing. Mensagens Comunicação interna Comunicação externa Gráfico 1 Crescimento da comunicação interna e externa da Biblioteca, nos anos de 1998 a 2007 A comunicação interna mantém a equipe informada a fim de responder às dúvidas dos usuários e por isso tem sido um investimento crescente da área de marketing. Na intranet, espaço privilegiado de acesso à informação, o funcionário pode consultar a agenda coletiva, as atas do Grupo Gestor da Biblioteca, os relatórios de cursos e treinamentos, toda a documentação do Sistema de Gestão da Biblioteca, com a missão, visão, valores e os planos bianuais, dentre outras divulgações. A comunicação externa foi ampliada devido a um estreito relacionamento do Serviço de Marketing com profissionais de outras áreas e instituições, principalmente jornalistas. Os maiores contatos são com a Assessoria de

6 6 Comunicação da FSP, o Sistema Integrado de Bibliotecas da USP e a Bireme, por meio do Diretório de Eventos e Notícias da Biblioteca Virtual de Saúde Pública. A elaboração de banners, posters e slides de apresentação para eventos, além de outros materiais promocionais, passou a ser de responsabilidade da área de marketing, tendo a preocupação de fixar a marca CIR seguindo a identidade visual pré-estabelecida. A promoção da ação cultural ainda é incipiente, porque essas atividades requerem especialização, mas periodicamente são realizadas exposições culturais como a Êxodos de Sebastião Salgado, Belezas Naturais de Leandro Giatti, ou comemorativas, como as do Dia Mundial da Saúde, Os 70 anos de USP, campanhas de preservação do acervo, uso do celular e eventos como a Semana do Livro e da Biblioteca, preparo de seminários internos, palestras, lançamentos, inaugurações, cafés e cursos. O Serviço de Marketing também assessorou a diretoria da biblioteca em duas novas formas de trabalhar: o planejamento estratégico, com a implantação de uma base de dados, inicialmente em Access e a edição de relatórios anuais. Posteriormente houve a substituição daquela base por uma planilha na web possibilitando a navegação por hiperlinks no espaço de Gestão da Biblioteca, onde qualquer funcionário pode ver o andamento dos projetos e programas. Além da descrição dos produtos/serviços desenvolvidos, para se ter uma idéia global do funcionamento do Serviço de Marketing, expõe-se a seguir sua estrutura em termos de recursos humanos e materiais. Quanto aos recursos humanos, a área de marketing da biblioteca contou com os seguintes profissionais do quadro fixo de funcionários: 2 bibliotecários, 1 técnico de documentação e informação e 1 técnico de informática. Muitas vezes recorreu-se à terceirização, principalmente para o desenvolvimento de projetos e produtos, contando com analistas, programadores, designers, ilustradores, tradutores, serviços gráficos e de impressão. Todos esses serviços são supervisionados pela área de marketing.

7 7 A equipe foi capacitada de acordo com o desempenho específico de suas funções, assim as bibliotecárias foram treinadas no uso de softwares gráficos e recursos de internet. Um funcionário de cada equipe da biblioteca foi treinado para a atualização descentralizada do conteúdo das páginas do site. Outros cursos realizados foram qualidade no atendimento ao cliente e especialização em saúde pública. Quanto aos recursos materiais, a área dispõe de 5 computadores, 1 impressora a laser (rede), 1 impressora colorida a jato de tinta A3, 10 painéis acrílicos, 3 murais para o público, 3 murais para os funcionários, sendo 2 para o programa de gestão e qualidade, 5 totens, suporte para banner e cartazes, dezenas de placas e displays acrílicos. Quanto aos softwares, além do pacote Office (processador de texto, planilha, banco de dados e Power Point) e dos de internet (web e correio eletrônico), dispõe de pacote gráfico, como Corel Draw, Photoshop, PageMaker, Adobe Writer, Dreamweaver dentre outros. 3 CONCLUSÃO Após uma década do Serviço de Marketing pode-se afirmar que a equipe de profissionais da Biblioteca/CIR da FSP/USP está focada no usuário final de seus produtos e serviços (ANDRADE et al. 1 ). As atividades de marketing foram determinantes na implementação de mudanças, principalmente do ponto de vista digital (por exemplo: site, intranet e publicações eletrônicas) e na adequação ao novo modelo de gestão (assessoria ao planejamento e ao sistema de gestão da biblioteca). Foram também integradoras e representam o completo esforço organizacional para satisfazer às necessidades dos usuários. As bibliotecas devem investir na criação dessa área, acreditando que é essencial, aplicável e apropriado dentro de suas estruturas e não algo supérfluo e de pouca importância: o público agradece.

8 8 REFERÊNCIAS 1. ANDRADE, Maria Teresinha Dias de; ABDALLA, Eidi Raquel Franco; CUENCA, Angela Maria Belloni; HUSSEIN, Francis Sierra; SIQUEIRA, Arnaldo Augusto Franco de; TANAKA, Ana Cristina d Andretta; FRANÇA JÚNIOR, Ivan. Influência de novas tecnologias no acesso a serviços de informação pelos docentes da área de saúde pública. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 13, n. 1, p , jan./jun CUENCA, Angela Maria Belloni; ALVAREZ, Maria do Carmo Avamilano; FERRAZ, Maria Lucia Evangelista de Faria; GARBIN, Vanda Lúcia. O usuário remoto de uma biblioteca acadêmica na área de saúde pública. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 13, n. 2, p , jul./dez CUENCA, Angela Maria Belloni; ALVAREZ, Maria do Carmo Avamilano; NORONHA, Daisy Pires. Avaliação da capacitação de usuários em fontes de bibliotecas virtuais. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE BIBLIOTECAS DIGITAIS BRASIL SIBDB, 4., 2007, São Paulo. Anais... Campinas: UNICAMP, p CUENCA, Angela Maria Belloni; TANAKA, Ana Cristina d Andretta. Influência da internet na comunidade acadêmico-científica da área de saúde pública. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 39, n. 5, p , out KOTLER, Philip. Marketing para o século XXI: como criar, conquistar e dominar mercados. São Paulo: Futura, SHONTZ, Mailyn L.; PARKER, Jon C.; PARKER, Richard. What do Librarians think about marketing? A survey of public librarians attitudes toward the marketing of library services. Library Quarterly, v. 74, n. 1, p , SILVEIRA, Amélia. Marketing em bibliotecas universitárias. Florianópolis: Editora da UFSC, YOUNG, Heartsill (Ed.). The ALA Glossary of Library and Information Science. Chicago: American Library Association, Eidi Raquel Franco Abdalla, Universidade de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública (FSP/USP), Biblioteca Centro de Informação e Referência em Saúde Pública, 2 Alice Mari Miyazaki de Souza, Universidade de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública (FSP/USP), Biblioteca Centro de Informação e Referência em Saúde Pública, 3 Suely Assunção de Olim Santos, Universidade de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública (FSP/USP), Biblioteca Centro de Informação e Referência em Saúde Pública, 4 Virginia Castilho, Universidade de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública (FSP/USP), Biblioteca Centro de Informação e Referência em Saúde Pública,

PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO

PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO U N I R I O UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REITORA MALVINA TUTTMAN PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (COMSO) Fernanda Soares Coordenadora Gabriel Melo Assistente

Leia mais

NIESC/VR NÚCLEO DE INFORMAÇÃO E ESTUDOS DE CONJUNTURA

NIESC/VR NÚCLEO DE INFORMAÇÃO E ESTUDOS DE CONJUNTURA NIESC/VR NÚCLEO DE INFORMAÇÃO E ESTUDOS DE CONJUNTURA MISSÃO DA UNIDADE O NIESC/VR é o órgão destinado à coleta, sistematização e interpretação de dados organizacionais e sociais, de modo a fornecer às

Leia mais

ATENDIMENTO AO USUÁRIO ATRAVÉS DE CHAT: a experiência da biblioteca da PUC-RIO

ATENDIMENTO AO USUÁRIO ATRAVÉS DE CHAT: a experiência da biblioteca da PUC-RIO TRABALHO ORAL IMPACTO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NA GESTÃO DA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA Dimensionamento dos impactos dos serviços digitais na Biblioteca ATENDIMENTO AO USUÁRIO ATRAVÉS DE CHAT: a experiência

Leia mais

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 O SESI/SENAI - PR, torna pública a RETIFICAÇÃO referente ao Edital de CREDENCIAMENTO N.º 502/2009, conforme segue: Fica Incluído no ANEXO III - ÁREAS

Leia mais

Edital/ Nead Nº 01/2014.

Edital/ Nead Nº 01/2014. Edital/ Nead Nº 01/2014. ANEXO 1 FUNÇÃO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO - vagas 1,2 e 3 Graduados em Secretariado Executivo, Administração ou formandos do último ano de Secretariado Executivo ou Administração

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1. Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis

IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1. Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1 Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis Resumo Descreve a implantação da Biblioteca Virtual

Leia mais

GERÊNCIA DA PROMOÇÃO NA BIBLIOTECA CENTRAL DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

GERÊNCIA DA PROMOÇÃO NA BIBLIOTECA CENTRAL DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA GERÊNCIA DA PROMOÇÃO NA BIBLIOTECA CENTRAL DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Sueli Angelica do Amaral, CRB 1-1044 * Tatiara Paranhos Guimarães ** Maira Murrieta Costa *** RESUMO: A promoção em unidades de informação

Leia mais

Edital/ Nead Nº 04/2014.

Edital/ Nead Nº 04/2014. Edital/ Nead Nº 04/2014. ANEXO 1 FUNÇÃO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO - vagas 01 e 02 Graduados em Secretariado Executivo, Administração ou formandos do último ano de Secretariado Executivo ou Administração

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS PROFESSOR: Itair Pereira da Silva DISCENTES: Maria das Graças João Vieira Rafael Vitor ORGANOGRAMA PRESIDENTE GERENTE

Leia mais

Kennya Torres Andrade Brasileira, 27 anos.

Kennya Torres Andrade Brasileira, 27 anos. Kennya Torres Andrade Brasileira, 27 anos. CEP:242742-140 (21)99535-3287 São Gonçalo-RJ (21)3706-4194 Kennyat@yahoo.com.br OBJETIVO PROFISSIONAL: Tem interesse de aumentar seus conhecimentos e experiências

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ1134 EDITAL Nº 001/2014 1. Perfil: I - Consultoria para monitoramento e avaliação acerca de como se dá a apropriação de conteúdos, conceitos e novas

Leia mais

Scientific Electronic Library Online Sistema SciELO de Publicação Guia do usuário

Scientific Electronic Library Online Sistema SciELO de Publicação Guia do usuário Scientific Electronic Library Online Sistema SciELO de Publicação Guia do usuário São Paulo, junho de 2007 1º Versão SUMÁRIO 1 Introdução... 3 2 Autor... 5 2.1 Cadastro no sistema (http://submission.scielo.br),

Leia mais

Reunião Técnica da Biblioteca Virtual em Saúde Pública - Brasil

Reunião Técnica da Biblioteca Virtual em Saúde Pública - Brasil Reunião Técnica da Biblioteca Virtual em Saúde Pública - Brasil São Paulo, 31 de maio de 2011, das 10h00 às 16h00 Local: BIREME/OPAS/OMS Introdução A Reunião Técnica da BVS Saúde Pública Brasil foi realizada

Leia mais

RESOLUÇÃO CREMERO Nº 02/2012

RESOLUÇÃO CREMERO Nº 02/2012 RESOLUÇÃO CREMERO Nº 02/2012 Alterar o Normativo de Pessoal Cargos de Livre Provimento criado pela Resolução 03/2009 No anexo I e anexo II. O Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia - CREMERO,

Leia mais

1988 - Sistema de Automação do NDC (SAND): Controle da Terminologia de Indexação e Sistema de Informações Legislativas

1988 - Sistema de Automação do NDC (SAND): Controle da Terminologia de Indexação e Sistema de Informações Legislativas A Coordenação de Bibliotecas e a informatização do sistema: onde estamos e o que queremos 1988 - Sistema de Automação do NDC (SAND): Controle da Terminologia de Indexação e Sistema de Informações Legislativas

Leia mais

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO II EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO A-01 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR PEDAGOGICO; A-02 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR

Leia mais

FRAMES E MÓDULO SEPARADOR DE ASSUNTOS: FACILITADORES NA BUSCA DE MATERIAIS NO ACERVO

FRAMES E MÓDULO SEPARADOR DE ASSUNTOS: FACILITADORES NA BUSCA DE MATERIAIS NO ACERVO FRAMES E MÓDULO SEPARADOR DE ASSUNTOS: FACILITADORES NA BUSCA DE MATERIAIS NO ACERVO Rosemeire A. C. Zambon 1, Maria Alice S. de Castro 2, Regina C. V. Medeiros 3, Irene Lucinda 1, Maria G. Lima 4, Gláucia

Leia mais

USO DA INTERNET EM BIBLIOTECAS ACADÊMICAS: proposta para estabelecimento de política para o usuário (Primeira fase) 1

USO DA INTERNET EM BIBLIOTECAS ACADÊMICAS: proposta para estabelecimento de política para o usuário (Primeira fase) 1 USO DA INTERNET EM BIBLIOTECAS ACADÊMICAS: proposta para estabelecimento de política para o usuário (Primeira fase) 1 THE USE OF INTERNET IN ACADEMIC LIBRARIES: a proposal for establish policies for its

Leia mais

TÍTULO / TÍTULO: COMUNICAÇÃO PÚBLICA DE PESQUISAS CIENTÍFICAS DO CAMPO DA SAÚDE

TÍTULO / TÍTULO: COMUNICAÇÃO PÚBLICA DE PESQUISAS CIENTÍFICAS DO CAMPO DA SAÚDE TÍTULO / TÍTULO: COMUNICAÇÃO PÚBLICA DE PESQUISAS CIENTÍFICAS DO CAMPO DA SAÚDE AUTOR / AUTOR: Carlos Antonio Teixeira, Paulo Rogério Gallo, Angela Maria Belloni Cuenca y Aline Moraes da Silva INSTITUIÇÃO

Leia mais

AS BASES DE DADOS EM SAÚDE COMO FERRAMENTAS DE BUSCA DA INFORMAÇÃO: um relato de experiência da Biblioteca Central Julieta Carteado

AS BASES DE DADOS EM SAÚDE COMO FERRAMENTAS DE BUSCA DA INFORMAÇÃO: um relato de experiência da Biblioteca Central Julieta Carteado PÔSTER IMPACTO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NA GESTÃO DA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA Uso estratégico das tecnologias em informação documentária AS BASES DE DADOS EM SAÚDE COMO FERRAMENTAS DE BUSCA DA INFORMAÇÃO:

Leia mais

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Aprovado por: Diretoria de Informação Institucional 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos referentes

Leia mais

POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIP

POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIP POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIP 1. POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIP 1.1. Objetivos Nas últimas décadas as bibliotecas passaram por mudanças

Leia mais

Com a sua atuação pró-ativa a SUCESU trouxe diversos benefícios em prol do setor que representa no Brasil, podendo destacar:

Com a sua atuação pró-ativa a SUCESU trouxe diversos benefícios em prol do setor que representa no Brasil, podendo destacar: Introdução É grande a parcela da população das nações mais desenvolvidas do mundo que está se organizando em sociedades e associações civis que defendem interesses comuns. Essas pessoas já perceberam que

Leia mais

Título I. Das Finalidades

Título I. Das Finalidades REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA VISCONDE DE SÃO LEOPOLDO Título I Das Finalidades Art. 1º - A biblioteca foi criada em 13 de maio de 1961. A missão é contribuir para a melhoria do ensino, da pesquisa e

Leia mais

Documentos produzidos pelo Prossiga

Documentos produzidos pelo Prossiga Documentos produzidos pelo Prossiga CHASTINET, Yone. Prossiga: Programa de Trabalho para o exercício do 2º semestre de 1999 e 1º semestre de 2000. Rio de Janeiro, p.1-20, maio 1999. (MCT/CNPq/Prossiga

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática para

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UERGS (SiBi)

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UERGS (SiBi) SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UERGS (SiBi) ATRIBUIÇÕES ANALISTAS: BIBLIOTECÁRIOS - Catalogar e classificar documentos; - Orientar a normalização de trabalhos técnicos e/ou publicações editadas pela Universidade;

Leia mais

ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO

ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO 1. DIMENSÃO PEDAGÓGICA 1.a) ACESSIBILIDADE SEMPRE ÀS VEZES NUNCA Computadores, laptops e/ou tablets são recursos que estão inseridos na rotina de aprendizagem dos alunos, sendo possível

Leia mais

SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS EM SITES DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS: O CASO DA BIBLIOTECA JOSÉ DE ALENCAR DA FACULDADE DE LETRAS/UFRJ

SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS EM SITES DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS: O CASO DA BIBLIOTECA JOSÉ DE ALENCAR DA FACULDADE DE LETRAS/UFRJ SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS EM SITES DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS: O CASO DA BIBLIOTECA JOSÉ DE ALENCAR DA FACULDADE DE LETRAS/UFRJ Andréia Dutra Fraguas 1, Nadia Bernuci dos Santos 2, Camila da Silva Antunes

Leia mais

RESULTADO DO PROGRAMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DA QUALIDADE DO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO (SID)

RESULTADO DO PROGRAMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DA QUALIDADE DO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO (SID) TRABALHO ORAL EMPREENDEDORISMO EM BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS Qualidade dos serviços e foco no usuário RESULTADO DO PROGRAMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DA QUALIDADE DO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

SOFTWARE PARA INTERCÂMBIO DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO

SOFTWARE PARA INTERCÂMBIO DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO SOFTWARE PARA INTERCÂMBIO DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFG Cezar Augusto Meggiolaro 1 CRB1 1.259 RESUMO Relata o processo de informatização do Setor de Intercâmbio do Sistema

Leia mais

Guia do usuário Rev.: 04 Data: 04/11/2015 GUIA DO USUÁRIO

Guia do usuário Rev.: 04 Data: 04/11/2015 GUIA DO USUÁRIO CADASTRO GUIA DO USUÁRIO Quem pode efetuar o cadastro na biblioteca? O acesso à Biblioteca é público, qualquer pessoa pode utilizar suas dependências e pesquisar no acervo. Entretanto, a abertura de cadastro

Leia mais

www.elloconsultores.com.br www.ellomkt.com.br www.feirasindustriais.com.br O portal Feiras Industriais É de propriedade da Ello Consultores

www.elloconsultores.com.br www.ellomkt.com.br www.feirasindustriais.com.br O portal Feiras Industriais É de propriedade da Ello Consultores www.elloconsultores.com.br www.ellomkt.com.br www.feirasindustriais.com.br O portal Feiras Industriais É de propriedade da Ello Consultores WWW.ELLOCONSULTORES.COM.BR CONSULTORIA DE MARKETING MARKETING

Leia mais

APRESENTAÇÃO. É com grande satisfação que apresentamos a você uma proposta de desenvolvimento de website para sua empresa.

APRESENTAÇÃO. É com grande satisfação que apresentamos a você uma proposta de desenvolvimento de website para sua empresa. APRESENTAÇÃO É com grande satisfação que apresentamos a você uma proposta de desenvolvimento de website para sua empresa. A proposta consiste em um website com uma área administrativa que permite a você

Leia mais

FAPPES FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR ORGANIZAÇÃO, POLÍTICA DE AQUISIÇÃO, EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DE ACERVO

FAPPES FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR ORGANIZAÇÃO, POLÍTICA DE AQUISIÇÃO, EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DE ACERVO FAPPES FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR ORGANIZAÇÃO, POLÍTICA DE AQUISIÇÃO, EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DE ACERVO A Biblioteca da FAPPES é uma Biblioteca especializada, mantida pela Sociedade

Leia mais

PÔSTER. Desenvolvimento de serviços inovadores em bibliotecas

PÔSTER. Desenvolvimento de serviços inovadores em bibliotecas PÔSTER EMPREENDEDORISMO EM BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS Desenvolvimento de serviços inovadores em bibliotecas BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS EM TEMPOS DE AVANÇOS TECNOLÓGICOS: os novos serviços de referência

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DS Documento de Suporte

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DS Documento de Suporte 51 / 192 8. DEPARTAMENTO DE APOIO AO COLEGIADO 8.1. Função: Gerente de Apoio ao Colegiado Planejar, supervisionar e orientar as atividades do Depto. sob sua responsabilidade, definindo metas mensais e

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho PUBLICIDADE IT. 40 09 1 / 4 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para a execução das atividades de publicidade do Crea GO. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA PO. 08 Avaliação da satisfação do cliente 3. PROCEDIMENTOS

Leia mais

São 13 trilhas para sua evolução

São 13 trilhas para sua evolução São 13 trilhas para sua evolução variedade Confira as 13 trilhas de aprendizado metodologia certificado Conheça a inovadora metodologia WVA, a única no mercado! Todos os cursos são certificados! Amplie

Leia mais

_áääáçíéå~= `Éåíêç=ÇÉ=fåÑçêã~ ç=é=oéñéêæååá~

_áääáçíéå~= `Éåíêç=ÇÉ=fåÑçêã~ ç=é=oéñéêæååá~ _áääáçíéå~ `ÉåíêçÇÉfåÑçêã~ çéoéñéêæååá~ DIRETRIZES PARA A SELEÇÃO E AQUISIÇÃO DE LIVROS, MONOGRAFIAS E SIMILARES PARA A BIBLIOTECA DA FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA/ USP 1. INTRODUÇÃO O fluxo crescente de

Leia mais

XVIII SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS SNBU 2014

XVIII SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS SNBU 2014 1 XVIII SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS SNBU 2014 IMPLANTAÇÃO DO SERVIÇO DE DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS NO SISTEMA DE BIBLIOTECAS (SiBi) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (UFPR) Fernando

Leia mais

REGIMENTO INTERNO LABORATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO DE MATERIAL INSTRUCIONAL (LDMI)

REGIMENTO INTERNO LABORATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO DE MATERIAL INSTRUCIONAL (LDMI) REGIMENTO INTERNO LABORATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO DE MATERIAL INSTRUCIONAL (LDMI) UFPB Virtual 2013 Sumário CAPÍTULO I: Das Disposições Preliminares... 3 CAPÍTULO II: Do LDMI... 3 CAPÍTULO III: Do Coordenador

Leia mais

BIBLIOTECA CENTRAL. Estrutura física

BIBLIOTECA CENTRAL. Estrutura física BIBLIOTECA CENTRAL A missão da Biblioteca Central Prof. Eurico Back - UNESC é promover com qualidade a recuperação de informações bibliográficas, com enfoque no desenvolvimento das atividades de ensino,

Leia mais

Iris da Silva Vieira1. Gerais

Iris da Silva Vieira1. Gerais A EXPERIÊNCIA DA BIBLIOTECA DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA, FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (EEFFTO/UFMG) COM O TWITTER Iris da Silva Vieira1 1Especialista em Gestão

Leia mais

A empresa não é uma ilha

A empresa não é uma ilha A empresa não é uma ilha Relacionamento implica em comunicação. A empresa com as rédeas da sua comunicação. Comunicação social tem ferramentas que ajudam na construção de empresas de alta performance.

Leia mais

Programa de Comunicação Interna e Externa

Programa de Comunicação Interna e Externa Programa de Comunicação Interna e Externa Aprovado na Reunião do CONASU em 21/01/2015. O Programa de Comunicação Interna e Externa das Faculdades Integradas Ipitanga FACIIP pretende orientar a execução

Leia mais

Projeto de Inclusão Digital

Projeto de Inclusão Digital LINS INFORMÁTICA QUALIDADE E COMPETÊNCIA Attualize CURSOS & TREINAMENTOS PROFISSIONALIZANTES Projeto de Inclusão Digital Com o aumento da velocidade das comunicações e o avanço tecnológicos presente nos

Leia mais

MEC/CAPES. Portal de Periódicos

MEC/CAPES. Portal de Periódicos MEC/CAPES Portal de Periódicos A CAPES e a formação de recursos de alto nível no Brasil Criada em 1951, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é uma agência vinculada ao

Leia mais

Portfolio de Produtos

Portfolio de Produtos Introdução O Guia de Produtos e Serviços da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi elaborado com o objetivo de apresentar os produtos e serviços prestados

Leia mais

Fluxograma de Eventos (versão final aprovada 29/04/13)

Fluxograma de Eventos (versão final aprovada 29/04/13) Fluxograma de Eventos (versão final aprovada 29/04/13) INÍCIO Atenção: A Administração financeira do evento deve estar vinculada OBRIGATORIAMENTE a um CNPJ. A Coordenador do evento Até 60 dias antes do

Leia mais

RECURSOS PARA PESQUISA NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR ATRAVÉS DAS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO: um caso para o marketing de serviços

RECURSOS PARA PESQUISA NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR ATRAVÉS DAS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO: um caso para o marketing de serviços TRABALHO ORAL IMPACTO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NA GESTÃO DA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA Uso estratégico das tecnologias em informação documentária RECURSOS PARA PESQUISA NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR

Leia mais

BIBLIOTECA 1.1 INFORMAÇÕES GERAIS

BIBLIOTECA 1.1 INFORMAÇÕES GERAIS BIBLIOTECA 1.1 INFORMAÇÕES GERAIS A Biblioteca possui atenção especial dos dirigentes da UCSal, por constituirse em um instrumento de apoio valioso aos programas de ensino, pesquisa e extensão. O foco

Leia mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais sz propaganda um novo começo. propaganda sz um novo começo. sz consulting maximizando resultados sz branding além da marca sz design e muito mais sz webdesign sem portas fechadas Planejamento estratégico,

Leia mais

setores administrativos Barreiro

setores administrativos Barreiro setores administrativos Barreiro PUC Minas no atualização março de 2010 Pró-reitoria Adjunta Local: Prédio 4, sala 102 Telefone: 3328 9508 E-mail: proreitoriasec.bar@pucminas.br Diretoria Acadêmica Local:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PROGRAMA DE ESTUDOS E AÇÕES PARA O SEMIÁRIDO MUSEU INTERATIVO DO SEMIÁRIDO MISA_PEASA_UFCG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PROGRAMA DE ESTUDOS E AÇÕES PARA O SEMIÁRIDO MUSEU INTERATIVO DO SEMIÁRIDO MISA_PEASA_UFCG UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PROGRAMA DE ESTUDOS E AÇÕES PARA O SEMIÁRIDO MUSEU INTERATIVO DO SEMIÁRIDO MISA_PEASA_UFCG PROGRAMA DE ESTÁGIO DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA PARA ALUNOS DE GRADUAÇÃO Carga

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 052/2011, DE 25 DE OUTUBRO DE 2011 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 052/2011, DE 25 DE OUTUBRO DE 2011 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG Secretaria Geral RESOLUÇÃO Nº 052/2011, DE 25 DE OUTUBRO DE 2011 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG O Conselho

Leia mais

Intranet Embrapa. Princípios e conceitos

Intranet Embrapa. Princípios e conceitos Intranet Embrapa Princípios e conceitos Brasília, 9 de setembro de 2014 2 1. Apresentação O projeto de uma Nova Intranet para a Embrapa teve início em julho de 2012, com o diagnóstico das Intranets das

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA GABINETE DO PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 937/2012 - PGJ

PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA GABINETE DO PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 937/2012 - PGJ RESOLUÇÃO Nº 937/2012 - PGJ O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais e com fundamento no art. 19, XX, da Lei Complementar nº 85, de 27 de dezembro de 1999, Considerando

Leia mais

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida.

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida. A Dehlicom Soluções em Comunicação é a agência de comunicação integrada que busca divulgar a importância da comunicação empresarial perante as empresas e todos os seus públicos, com atendimento personalizado

Leia mais

SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO

SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO COORDENADORIA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA INTEGRAL (CATI) PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL MICROBACIAS II ACESSO AO MERCADO SELEÇÃO DE CONSULTORES PELOS

Leia mais

CAPÍTULO 4. AG8 Informática

CAPÍTULO 4. AG8 Informática 2ª PARTE CAPÍTULO 4 Este capítulo têm como objetivo: 1. Tratar das etapas do projeto de um Website 2. Quais os profissionais envolvidos 3. Administração do site 4. Dicas para não cometer erros graves na

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO EXERCÍCIO 2007

PLANO ANUAL DE TRABALHO EXERCÍCIO 2007 EXERCÍCIO I Unidade Organizacional ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO Responsável Eng. Mec. Duarte Ferreira Diretriz Nº 01 Coordenar a preparação do plano tático-operacional do para o exercício e elaborar os instrumentos

Leia mais

Plano de COMUNICAÇÃO do Planejamento Estratégico da Justiça Federal

Plano de COMUNICAÇÃO do Planejamento Estratégico da Justiça Federal Plano de COMUNICAÇÃO do Planejamento Estratégico da Justiça Federal PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA Introdução É importante ressaltar que um plano de comunicação tem a finalidade de tornar conhecida

Leia mais

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento.

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento. Vamos, juntos Somos agência de publicidade e consultoria em marketing digital com a missão de atender as necessidades de comunicação da sua empresa, com serviços que abrangem desde campanhas integradas

Leia mais

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA PRODUÇÃO GRÁFICA PUBLICIDADE & PROPAGANDA Prova Semestral --> 50% da nota final. Sistema de avaliação Atividades em laboratório --> 25% da nota final Exercícios de práticos feitos nos Laboratórios de informática.

Leia mais

ARQUIVO HISTÓRICO DO FIGUEIRENSE FUTEBOL CLUBE. Adriana Marques. Raquel Sell Pires

ARQUIVO HISTÓRICO DO FIGUEIRENSE FUTEBOL CLUBE. Adriana Marques. Raquel Sell Pires ARQUIVO HISTÓRICO DO FIGUEIRENSE FUTEBOL CLUBE Adriana Marques Raquel Sell Pires Resumo: Este artigo tem a finalidade de relatar e divulgar as atividades desenvolvidas no Arquivo Histórico do Figueirense

Leia mais

Thiago de Oliveira Lopes

Thiago de Oliveira Lopes Especialista em Engenharia de Software (61) 9666-7485 thiago.ol03@gmail.com Especialista em Engenharia de Software (61) 9666-7485 thiago.ol03@gmail.com > CURRICULUM > WEB SITES > SISTEMAS WEB > CURRICULUM

Leia mais

IMPLANTAÇÃO E GESTÃO DA OUVIDORIA DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFPE

IMPLANTAÇÃO E GESTÃO DA OUVIDORIA DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFPE IMPLANTAÇÃO E GESTÃO DA OUVIDORIA DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFPE Lílian Melo Bibliotecária Especialista em Gestão e Tecnologia da Informação, UFPE, Recife, PE. RESUMO O estudo mostra qual o papel da

Leia mais

Relatório de Gestão Setorial 2010

Relatório de Gestão Setorial 2010 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial 2010 Cruz das Almas BA 2010 ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO RELATÓRIO DE ATIVIDADES Período: Janeiro

Leia mais

Usina de Site em gênero Seus principais valores são: iniciativa, qualidade, criatividade, competência e profissionalismo. Ao adquirir serviços e

Usina de Site em gênero Seus principais valores são: iniciativa, qualidade, criatividade, competência e profissionalismo. Ao adquirir serviços e Usina de Site em número Uma agência, uma equipe, uma unidade. São vários membros, estilos diferentes e inúmeras habilidades que se complementam e dão um novo sentido à publicidade e propaganda, guiados

Leia mais

Mediadora: Marta Pião Florianópolis, SC junho 2015

Mediadora: Marta Pião Florianópolis, SC junho 2015 Mediadora: Marta Pião Florianópolis, SC junho 2015 ORGANOGRAMA DA EDUCAÇÃO PROCESSOS NA EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA QUE AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO TENHAM SEUS CURSOS APROVADOS E REGULAMENTADOS, É NECESSÁRIO

Leia mais

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Faculdade Educacional da Lapa 1 FAEL RESULTADOS - AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 O referido informativo apresenta uma súmula dos resultados da autoavaliação institucional, realizada no ano de 2012, seguindo

Leia mais

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS CONVITE Nº 01/2012 ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS OBJETIVO E ESCOPO 1. Informações Gerais 1.1 Objetivo geral do trabalho: desenvolvimento de novo site institucional para o Senac (www.senac.br), nas versões

Leia mais

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES BIBLIOTECA PAULO ERNESTO TOLLE

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES BIBLIOTECA PAULO ERNESTO TOLLE POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES BIBLIOTECA PAULO ERNESTO TOLLE 1 INTRODUÇÃO A Biblioteca Paulo Ernesto Tolle é mantida pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado FECAP, uma das mais antigas

Leia mais

III. Formação Corporativa

III. Formação Corporativa I. O Instituto Atualmente, o Instituto Infnet oferece mais de 100 cursos intensivos, graduações, pós-graduações e formações corporativas, organizados em duas escolas: II. Clientes Sendo referência na formação

Leia mais

Currículo. Wildiney Fernando Pimentel Di Masi. Formação Acadêmica. Cursos. Experiência Profissional

Currículo. Wildiney Fernando Pimentel Di Masi. Formação Acadêmica. Cursos. Experiência Profissional Wildiney Fernando Pimentel Di Masi 29 anos - solteiro celular: 11.8159-1082 email: wildiney@gmail.com Currículo Formação Acadêmica Pós-graduando em Criação Visual e Multimídia (Gráfica, Vídeo, Cinema,

Leia mais

BIBLIOTECA JUSCELINO KUBITSCHEK

BIBLIOTECA JUSCELINO KUBITSCHEK PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DA BIBLIOTECA JUSCELINO KUBITSCHEK (INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR PLANALTO IESPLAN) Brasília Janeiro/2014 1 EQUIPE TÉCNICA Thayanne Farias das Virgens Ferreira Bibliotecária Diretora

Leia mais

as cores locais formando um mosaico de sucesso

as cores locais formando um mosaico de sucesso 3º PRÊMIO DE COMUNICAÇÃO DO SISTEMA UNIMED Regulamento O presente regulamento tem a finalidade de estabelecer as normas aplicáveis ao Prêmio de Comunicação do Sistema Unimed, relativas aos participantes,

Leia mais

XVIII Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias SNBU 2014

XVIII Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias SNBU 2014 1 XVIII Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias SNBU 2014 O USO DAS REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTA PARA O MARKETING DIGITAL EM UNIDADES DE INFORMAÇÃO: o caso do SISTEMOTECA da UFCG Walqueline Silva

Leia mais

Software Utilitário; Software Orientado a Tarefas; Software de Negócios;

Software Utilitário; Software Orientado a Tarefas; Software de Negócios; NOÇÕES DE SOFTWARE II Disciplina: Introdução à Microinformática Software Utilitário; Software Orientado a Tarefas; Software de Negócios; 2 ... do mundo empresarial 3 Executam tarefas secundárias. Exemplos:

Leia mais

ANÁLISE DAS FERRAMENTAS WEB DISPONIBILIZADAS PELAS BIBLIOTECAS DA USP, UNESP E UNICAMP

ANÁLISE DAS FERRAMENTAS WEB DISPONIBILIZADAS PELAS BIBLIOTECAS DA USP, UNESP E UNICAMP ANÁLISE DAS FERRAMENTAS WEB DISPONIBILIZADAS PELAS BIBLIOTECAS DA USP, UNESP E UNICAMP Maria Cláudia Pestana 1, Vânia Martins Bueno de Oliveira Funaro 2,, Lúcia Maria Sebastiana Verônica Costa Ramos 3

Leia mais

EDITAL Nº 003/2009. Quadro de vagas. semanal ASC-01 Analista Social - Comercialização 01 44h R$3.949,69

EDITAL Nº 003/2009. Quadro de vagas. semanal ASC-01 Analista Social - Comercialização 01 44h R$3.949,69 EDITAL Nº 003/2009 O Presidente da UNIÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E ENSINO UBEE, por meio do Diretor do Instituto Marista de Solidariedade IMS, torna público a abertura de inscrições para contratação de

Leia mais

OUVIDORIA GERAL RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2006

OUVIDORIA GERAL RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2006 OUVIDORIA GERAL RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2006 Apresentação Nossa história Objetivos, Atribuições e Compromisso Nosso Método de Trabalho Manifestações dos Usuários 1. Quantidade 2. Tipos 3. Percentual

Leia mais

Otimização no fluxo de informação através de ferramenta eletrônica. Confecção de notas fiscais, holerites, boletos bancários.

Otimização no fluxo de informação através de ferramenta eletrônica. Confecção de notas fiscais, holerites, boletos bancários. Soluções - Hardwares OUTSOURCING DE IMPRESSÃO Consultoria Técnica Projeto de reengenharia de impressão. BILHETAGEM - ACCOUNTING Gestão e gerenciamento de impressão. WORKFLOW Otimização no fluxo de informação

Leia mais

a)conteúdos do site e redes sociais Do Something (notícias, artigos, dicas de acção, etc.)

a)conteúdos do site e redes sociais Do Something (notícias, artigos, dicas de acção, etc.) GESTOR (A) DE COMUNICAÇÃO E IT DO PROJECTO DO SOMETHING Responsabilidades do Gestor(a) de comunicação e IT do Do Something: -Produzir, supervisionar e gerir diariamente todos os conteúdos do Do Something,

Leia mais

Papel da SBIS na Educação

Papel da SBIS na Educação I Ciclo de Seminários de Tecnologias de Informação em Saúde Educação Continuada, Certificação Profissional e Título de Especialista: o Projeto da SBIS Prof. Renato M.E. Sabbatini Diretor de Educação e

Leia mais

RESUMO DOS PROGRAMAS POR TIPO

RESUMO DOS PROGRAMAS POR TIPO Tipo: 1 - Finalístico Programa: 5224 - NÚCLEO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO Objetivo: CRIAR UM NÚCLEO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO CAPAZ DE MAPEAR, CATEGORIZAR, ORGANIZAR E DISTRIBUIR INFORMAÇÕES PARA OS DIVERSOS

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

4. Relatório Final e Comprovação das Contrapartidas

4. Relatório Final e Comprovação das Contrapartidas 1. Da Solicitação de Patrocínio O proponente interessado em firmar patrocínio cultural com o Serpro deverá encaminhar à Coordenação Estratégica de Comunicação Social, pelo e-mail cultura@serpro.gov.br,

Leia mais

O Advogado sem fronteiras

O Advogado sem fronteiras O Advogado sem fronteiras Até 201 8 100 os Tribunais devem estar com das ações no PJe A lei que prevê o processo eletrônico é de 2006. Mas Minas Gerais iniciou a implantação do sistema somente seis anos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO CONSULTOR NACIONAL OPAS/OMS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO CONSULTOR NACIONAL OPAS/OMS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO CONSULTOR NACIONAL OPAS/OMS 1. Objetivo geral: Apoiar tecnicamente a gestão e a implementação das atividades do TC 50 - Qualidade do Sistema Único de Saúde - QUALISUS,

Leia mais

Nilda de Fátima Ferreira Soares. Demetrius David da Silva. José Gouveira da Silva. Renner Coelho Messias Alves. Edir Barbosa

Nilda de Fátima Ferreira Soares. Demetrius David da Silva. José Gouveira da Silva. Renner Coelho Messias Alves. Edir Barbosa Reitora Nilda de Fátima Ferreira Soares Vice-Reitor Demetrius David da Silva Diretor da José Gouveira da Silva Organizador Renner Coelho Messias Alves Capa/Diagramação Renner Coelho Messias Alves Revisão

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGOCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO

Leia mais

SERVIÇO DE REFERÊNCIA E INFORMAÇÃO: DO TRADICIONAL AO ON-LINE.

SERVIÇO DE REFERÊNCIA E INFORMAÇÃO: DO TRADICIONAL AO ON-LINE. 1 SERVIÇO DE REFERÊNCIA E INFORMAÇÃO: DO TRADICIONAL AO ON-LINE. LIDIANE DOS SANTOS CARVALHO (lidianebiblio@hotmail.com) ELAINE R. DE OLIVEIRA LUCAS (lani@udesc.br) Contextualiza as Bibliotecas Universitárias

Leia mais

BIBLIOTECA 24 HORAS: a informação na ponta dos dedos

BIBLIOTECA 24 HORAS: a informação na ponta dos dedos TRABALHO ORAL EMPREENDEDORISMO EM BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS Desenvolvimento de serviços inovadores em bibliotecas BIBLIOTECA 24 HORAS: a informação na ponta dos dedos ZINSLY, S. M. 1 DAMIANO, L. C. C.

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA DIRETORIA DO CENTRO DE ESTUDOS DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARÁ

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA DIRETORIA DO CENTRO DE ESTUDOS DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARÁ MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA DIRETORIA DO CENTRO DE ESTUDOS DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARÁ SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO, 3 2 FUNCIONALIDADE ADMINISTRATIVA, 3 2 S ORGANIZACIONAIS DO CENTRO DE ESTUDOS, 3

Leia mais

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 Cruz das Almas BA 2013 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO

Leia mais