CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015"

Transcrição

1 ESCOLA DE GOVERNO PROFESSOR PAULO NEVES DE CARVALHO FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO Governo de Minas Gerais CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 1ª ETAPA LEIA COM ATENÇÃO! 1. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala. 2. Esta prova tem duração de 5h. 3. Este caderno de provas contêm 75 (setenta e cinco) questões, sendo 15 questões de Matemática, 10 questões de Ciências Físicas, Químicas e Biológicas, 10 questões de História, 10 questões de Geografia, 20 questões de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira e 10 questões de Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol de acordo com a opção do candidato). 4. Todas as questões são de múltipla escolha, com 4 alternativas e uma única resposta correta. 5. Ao receber a folha de respostas, confira o nome da prova, o seu nome e número de inscrição. Qualquer irregularidade observada comunique imediatamente ao fiscal. 6. Marque a alternativa de cada questão no corpo da prova e, só depois, transfira os resultados para a folha de respostas, utilizando apenas caneta esferográfica preta ou azul e faça as marcas de acordo com o modelo afixado no quadro. 7. A marcação da folha de respostas é definitiva, não admitindo rasuras, nem mais de uma alternativa marcada. 8. Não risque, amasse, dobre ou suje a folha de respostas, pois isso poderá prejudicá-lo. 9. Se a Comissão verificar que a resposta de uma questão é dúbia ou inexistente, a questão será posteriormente anulada e os pontos, a ela correspondentes, serão atribuídos a todos os candidatos. 10. Nenhum fiscal é autorizado a tratar de assuntos inerentes a prova. A interpretação das questões faz parte da avaliação.

2

3 1ª PROVA MATEMÁTICA QUESTÃO 01 Considere a sequência de infinitos termos dada por: À soma infinita desta sequência, denotada por ou simplesmente, corresponde um valor real, isto é, a soma converge. Marque a alternativa que contém o valor real para o qual tal soma converge: (A) (B) (C) (D) QUESTÃO 02 Sejam os polinômios:,, e. Na divisão de por obtemos o resto. Calcule resultado obtido. e marque a alternativa abaixo que contém o (A) 4 (B) 16 (C) 12 (D) 24 2

4 QUESTÃO 03 Considere a função determinada por O conjunto, domínio de, satisfaz a inequação Se é o valor mínimo de e é o valor máximo de, então vale: (A) -1 (B) -5 (C) 3 (D) -3 QUESTÃO 04 Um grupo de 100 pessoas que trabalham no mesmo prédio responderam questionário sobre a utilização de estacionamentos privados nas imediações desse prédio. Os seguintes resultados foram obtidos: Todos vão para o trabalho com seus carros particulares; 35 pessoas utilizam o estacionamento A; 42 pessoas utilizam o estacionamento B; 15 pessoas utilizam os estacionamentos A, B e C; 7 pessoas sempre estacionam na rua. Marque a alternativa CORRETA. (A) O número de pessoas entrevistadas que utilizam apenas os estacionamentos A e B pode ser 27. (B) O número de pessoas entrevistadas que utilizam apenas os estacionamentos A e C é igual a 28. (C) O número de pessoas entrevistadas que utilizam somente o estacionamento A é menor ou igual a 20. (D) O número de pessoas entrevistadas que não utilizam o estacionamento A é igual a 7. 3

5 QUESTÃO 05 Seja um baú com bolinhas numeradas de a. Considere agora o sorteio aleatório de bolinhas desse baú, com reposição após cada sorteio. Qual a probabilidade de sair uma sequência de quatro algarismos com o algarismo na última posição, dado que os dois últimos algarismos sorteados são maiores que? (A) (B) (C) (D) 4

6 QUESTÃO 06 No gráfico abaixo estão representadas as funções, e Seja a distância entre o ponto (interseção entre e ) e o gráfico de, marque a alternativa CORRETA. (A) (B) (C) (D) 5

7 QUESTÃO 07 Seja uma matriz com determinante diferente de,,. Em relação à matriz, sabemos que. Se, marque a alternativa que contém o resultado de. (A) (B) (C) (D) QUESTÃO 08 Três torneiras abertas, com o mesmo fluxo de água, preenchem completamente um tanque de 5000 litros em apenas 2 horas. Com 2 torneiras abertas, qual seria o tempo necessário para preencher o mesmo tanque? (A) 1 hora e 20 minutos. (B) 5 horas. (C) 3 horas. (D) 3 horas e 40 minutos. 6

8 QUESTÃO 09 Sejam as retas e paralelas, as retas e transversais e os pontos,,,, e, com entre e. Considerando o ângulo (trinta graus), (cento e vinte graus) e o segmento alternativa que contém a área do triângulo., marque a (A). (B). (C). (D). 7

9 QUESTÃO 10 Observe o gráfico abaixo. O gráfico mostra as médias da taxa de juros anual real (em percentual). Supondo serem essas as taxas anuais de juros aplicadas a empréstimos financeiros nesses países, nesse período, considere que um empréstimo financeiro de R$ 5.000,00 tomado no ano 2000, a juros compostos, com pagamento em 2 anos gerou um montante no Brasil e um montante na Turquia. Marque a alternativa que contém a diferença arredondamento). em reais (com (A) R$ 48,35 (B) R$ 52,78 (C) R$ 14,13 (D) R$ 63,30 8

10 QUESTÃO 11 Professor José precisa formar, através de um sorteio aleatório, grupos de 12 jovens dentre 48 jovens da classe onde leciona. Seja o número de possibilidades de grupos diferentes que podem ser formados. Supondo agora que Professor José necessite estabelecer hierarquia nos grupos de 12 jovens, estabelecida pela ordem de escolha dos membros, e seja o número de possiblidades de grupos diferentes que podem ser formados, marque a alternativa que contém o resultado da divisão de por. (A) (B) (C) (D) QUESTÃO 12 Seja a função real: Calcule o domínio contém o conjunto dessa função e marque a alternativa que (A) (B) (C) (D) QUESTÃO 13 Qual a quantidade mínima de papel colorido necessária para cobrir todas as faces de uma caixa em forma de prisma reto, com base retangular, de dimensões iguais a? (A) (B) (C) (D) 9

11 QUESTÃO 14 Ana Júlia é representante comercial e visita vários clientes todos os dias. O cliente A é visitado por Ana Júlia a cada 16 dias, o cliente B é visitado a cada 44 dias e o cliente C é visitado a cada 22 dias. Considerando que Ana Júlia visitou os clientes A, B e C no mesmo dia, marque a alternativa que contém a data exata representada por, sabendo que, depois dessa data, Ana Júlia voltou a visitar esses clientes no mesmo dia apenas em 10/09/2014. (A) 18/03/2014 (B) 28/07/2014 (C) 09/09/2014 (D) 06/06/2014 QUESTÃO 15 Considere as cartas Dama de Paus (DP), Dama de Ouro (DO) e Dama de Espada (DE). Propõe-se o seguinte jogo: As três cartas são conhecidas pelos jogadores, mas embaralhadas pelo proponente. O apostador escolhe uma das cartas aleatoriamente. Sem ver a carta, o apostador diz qual delas ele escolheu, se ele disser DP e acertar, ganha R$ 10,00 do proponente, se ele errar, perde R$ 5,00, se ele disser DO e acertar, ganha R$ 20,00, se ele errar, perde R$ 10,00, se ele disser DE e acertar, ganha R$ 30,00, se ele errar, perde R$ 15,00. Três apostadores jogaram com o proponente e todos eles disseram vezes DP, vezes DO e vezes DE. O primeiro perdeu todas as vezes que disse DP, ganhou todas as vezes que disse DO e perdeu todas as vezes que disse DE. O segundo apostador ganhou todas as vezes que disse DP, perdeu todas as vezes que disse DO e perdeu todas as vezes que disse DE. O terceiro ganhou todas as vezes que disse DP, ganhou todas as vezes que disse DO e perdeu todas as vezes que disse DE. O proponente ganhou R$ 10,00 do primeiro apostador, ganhou R$ 55,00 do segundo apostador e perdeu R$ 5,00 para o terceiro apostador. Marque a alternativa que contém respectivamente e. (A) 2, 0 e 4 (B) 3, 2 e 0 (C) 1, 1 e 1 (D) 1, 2 e 3 10

12 2ª PROVA CIÊNCIAS FÍSICAS, QUÍMICAS E BIOLÓGICAS FÍSICA QUESTÃO 16 Uma viatura policial encontra-se parada diante de um semáforo fechado, em uma pista horizontal e retilínea. No instante t o = 0, o sinal abre e um veículo ultrapassa a viatura, movendo-se em M.R.U., a uma velocidade de 108 km/h. Neste mesmo instante, a viatura arranca em perseguição a ele, com uma aceleração constante de 18 km/h. A figura abaixo ilustra a situação: Desprezando-se as dimensões dos veículos, marque a alternativa CORRETA. (A) A viatura alcançará o veículo na posição S = 360 m, em relação ao marco inicial. (B) O veículo só poderá ser alcançado se iniciar um movimento desacelerado. (C) A viatura alcançará o veículo no instante t = 6,0 s, a partir do instante t o = 0. (D) A viatura não poderá alcançar o veículo. 11

13 QUESTÃO 17 Um estudante monta um pêndulo para medir o módulo g da aceleração da gravidade no local onde ele se encontra. Ele realiza um procedimento clássico simples, em que o pêndulo é montado com uma pequena massa, presa à extremidade de um barbante comprido, e um cronômetro é utilizado para se obter o seu período de oscilação. Feito isto, o módulo de g é calculado utilizando-se conhecimentos sobre o movimento harmônico simples (MHS). Ao montar o pêndulo e colocá-lo em movimento oscilatório de baixa amplitude, o estudante resolve analisar as características da dinâmica que envolvem o fenômeno. Considere que o pêndulo montado por ele oscile entre dois pontos P e Q, em circunstâncias nas quais os atritos possam ser desprezados. A figura abaixo ilustra a situação: Com base na situação apresentada, quando a massa ocupa a posição P, durante as oscilações, é CORRETO afirmar que: (A) a sua aceleração naquele ponto é nula. (B) a sua energia cinética naquele ponto é nula. (C) a sua energia mecânica naquele ponto é nula. (D) a resultante das forças sobre ela naquele ponto é nula. 12

14 QUESTÃO 18 Um dos comportamentos comuns em muitas pessoas é a aversão ao uso dos óculos. Esta postura relaciona-se mais comumente com o incômodo causado pelo apoio deles sobre o nariz e pela modificação estética que eles promovem no rosto. Contudo, a necessidade muitas vezes compele o indivíduo a usá-los e a deixar de lado os incômodos que eles causam. Uma alternativa bastante comum hoje em dia é o uso das cirurgias a laser. "A cirurgia a laser, conhecida formalmente como cirurgia refrativa, é um dos procedimentos usados pelo oftalmologista para alterar o estado refracional do olho. Erros refracionais como miopia, astigmatismo ou hipermetropia podem ser indicados para a cirurgia, mas critérios específicos devem ser adotados em cada caso, como a escolha da melhor técnica cirúrgica e a avaliação cuidadosa do candidato..." Fonte: O olho humano é um sistema ótico complexo, mas a sua lente convergente pode ser representada, de forma simplificada, pelo conjunto córnea-cristalino. Sabe-se que os míopes têm dificuldade de enxergar objetos distantes e os hipermétropes, de enxergar objetos próximos. Considerando-se os conceitos da ótica geométrica, é CORRETO afirmar que, em uma cirurgia a laser realizada com o intuito de corrigir... (A) a miopia deve diminuir a distância focal do conjunto córneacristalino a fim de se obter uma projeção eficiente dos raios de luz sobre a retina, já que este defeito de visão se caracteriza por um alongamento do globo ocular, ou seja, um aumento da distância entre o cristalino e a retina. (B) a hipermetropia deve aumentar a distância focal do conjunto córnea-cristalino a fim de se obter uma projeção eficiente dos raios de luz sobre a retina, já que este defeito de visão se caracteriza por um achatamento do globo ocular, ou seja, uma redução da distância entre o cristalino e a retina. (C) a hipermetropia deve aumentar a distância focal do conjunto córnea-cristalino a fim de se obter uma projeção eficiente dos raios de luz sobre a retina, já que este defeito de visão se caracteriza por um alongamento do globo ocular, ou seja, um aumento da distância entre o cristalino e a retina. (D) a miopia deve aumentar a distância focal do conjunto córnea-cristalino a fim de se obter uma projeção eficiente dos raios de luz sobre a retina, já que este defeito de visão se caracteriza por um alongamento do globo ocular, ou seja, um aumento da distância entre o cristalino e a retina. 13

15 QUESTÃO 19 Quando se deseja iluminar um ambiente fechado por meio de uma fonte de luz primária, normalmente utilizamos lâmpadas elétricas. Hoje em dia, encontra-se no mercado uma série de opções de lâmpadas, com os mais variados preços e especificações. As lâmpadas incandescentes estão sendo substituídas, em sua maioria, pelas lâmpadas frias, já que estas convertem mais eficientemente a energia elétrica em energia luminosa. Quando se deseja obter uma luz mais intensa em um ambiente fechado, iluminado por uma lâmpada fria, a característica CORRETA que se deve levar em consideração ao comprá-la é: (A) a voltagem (ou ddp) a que ela será ligada. (B) a frequência da rede elétrica. (C) a sua potência. (D) o tamanho da lâmpada. 14

16 QUÍMICA QUESTÃO 20 A quantidade de energia, sob a forma de calor, que um combustível pode fornecer quando queimado completamente chama-se poder calorífico. No caso do automóvel, os combustíveis mais comuns são a gasolina e o álcool, cujos poderes caloríficos típicos são, respectivamente, 9600 e 6100 kcal/kg. Sabendo que a gasolina e o álcool são vendidos nos postos por litro, e considerando a densidade do álcool de 0,8g/ml a uma determinada temperatura, marque a alternativa que representa quantos litros de álcool precisamos abastecer a essa mesma temperatura para gerar 1,22x10 4 Kcal. (A) 25 litros. (B) 2,5 litros. (C) 12,2,litros. (D) 122 litros. QUESTÃO 21 O estanho é um metal muito procurado e utilizado em centenas de processos industriais, em especial na galvanoplastia e na formação de ligas como o bronze e as soldas. É usado no fabrico das folhasde-flandres, que são lâminas de aço ou ferro recobertas com estanho. Serve ainda como cobertura protetora para dutos de cobre e para manufatura de latas. O estanho protege o aço contra corrosão e age como lubrificante quando o aço passa entre superfícies durante a fabricação de latas. Sobre esse elemento(estanho) podemos afirmar que (A) é um elemento de transição da família 3B. (B) está no 4 período da tabela periódica. (C) apresenta 7 elétrons na camada de valência. (D) aumenta o potencial de redução do aço. 15

17 QUESTÃO 22 A tabela a seguir fornece os pontos de fusão, ponto de ebulição (sob pressão de 1atm) e solubilidade em água de algumas substâncias. Substância Fusão /ºC Ebulição/ºC Solubilidade em água Fenol Pentano Clorofórmio Etanol solúvel Em relação à essas substâncias é CORRETO afirmar que (A) o pentano é o que apresenta menor interação entre as moléculas. (B) o clorofórmio é gás a temperatura ambiente. (C) a água é uma substância polar e o etanol apolar. (D) a água e o etanol são substâncias apolares. 16

18 BIOLOGIA QUESTÃO 23 Muitos dos tecidos que formam os órgãos de humanos adultos sofrem lesões e danos que precisam ser continuamente reparados para que possam exercer suas funções específicas. Uma importante fonte de reposição e regeneração tecidual são as células-tronco, células pouco diferenciadas que se multiplicam continuamente durante a vida do organismo e que são capazes de diferenciar-se em tipos celulares especializados, conforme o tecido considerado. Estas células são classificadas como células-tronco tecido específicas e são encontradas em vários sistemas, como o tegumentar, o respiratório e o digestório, atuando na regeneração de vários tecidos. Sobre o processo de divisão celular realizado por essas células-tronco humanas, analise as proposições abaixo e marque a alternativa CORRETA. (A) Durante a metáfase e a anáfase acontecem, respectivamente, a espiralização dos cromossomos e a separação das cromátides irmãs. (B) A fase inicial da divisão celular, denominada prófase, é caracterizada pelo rompimento da membrana nuclear e formação do fuso mitótico. (C) Ao final do processo de divisão celular ocorre a citocinese, originando células-filhas que terão a metade do número de cromossomos da célula-mãe. (D) A divisão celular, uma das etapas do ciclo de vida da célula, apresenta acentuada atividade metabólica tanto do núcleo quanto do citoplasma. 17

19 QUESTÃO 24 O Ministério da Saúde informa que foram registrados dois casos da febre Chikungunya em pessoas sem registro de viagem internacional para países onde ocorre transmissão da doença. Os casos foram registrados no município de Oiapoque, no Amapá. Os pacientes apresentaram os primeiros sintomas nos dias 26 e 27 de agosto e os diagnósticos foram confirmados nesta semana. A febre por vírus Chikungunya é uma doença parecida com a dengue, sendo transmitida pelos mesmos mosquitos, entretanto a letalidade é rara e menos frequente do que a registrada nos casos de dengue. (...) Desde janeiro o Sistema de Vigilância em Saúde do SUS (Sistema Único de Saúde) registrou 39 casos da febre Chikungunya neste ano. Deste total, 37 são importados, ou seja, de pessoas que viajaram para países com transmissão da doença, e dois foram de transmissão dentro do país. (Ministério da Saúde intensifica medidas de controle da febre chikungunya. Disponível em Acesso em 16/09/2014) Sobre as doenças infecciosas mencionadas no texto, analise as proposições abaixo. I. Os arbovírus não possuem organelas celulares e, para realizar a síntese de proteínas e de material genético para sua reprodução, infectam células e assumem o controle dos seus processos fisiológicos. II. A ocupação, pelo ser humano, dos ambientes florestais que apresentam alta densidade de mosquitos do gênero Aedes, aumenta as chances de transmissão do vírus Chikungunya às populações humanas. III. A remoção e tratamento químico dos criadouros dos mosquitos, bem como a aplicação de inseticidas nas casas com o uso do fumacê são mecanismos de controle e prevenção destas arboviroses. Marque a alternativa CORRETA. (A) Existem apenas 2 proposições verdadeiras. (B) Existe apenas 1 proposição verdadeira. (C) As 3 proposições são verdadeiras. (D) As 3 proposições são falsas. 18

20 QUESTÃO 25 As atividades humanas têm alterado e prejudicado a ciclagem natural dos elementos químicos na natureza. Os ciclos naturais são lentos e movimentados pelos processos que regulam os ecossistemas, como a fotossíntese, a respiração celular e a decomposição. Dentre os ciclos biogeoquímicos existentes, o ciclo da água pode ser considerado o regulador dos demais, pois torna disponível nutrientes minerais e transporta os nutrientes nos ecossistemas. No Brasil, a floresta Amazônica é responsável pelo bombeamento de grande parte da umidade atmosférica, que vai se transformar em chuva nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do país, pelo fenômeno da evapotranspiração, que irá formar rios voadores (nuvens de chuva que se formam na região Amazônica e que cruzam o país). O recente aumento de 29% da taxa de desmatamento da Amazônia Legal, registrado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), associado ao constante desmatamento da Mata Atlântica no estado de São Paulo, parecem ser os principais responsáveis pela falta de abastecimento dos rios e nascentes da região Sudeste. Sobre os fenômenos biológicos e geoquímicos mencionados no texto, marque a alternativa que apresenta a correlação entre o fenômeno e a sua descrição de maneira CORRETA. (A) Decomposição: a matéria orgânica morta, originada dos organismos produtores e consumidores, gera alimento para os organismos decompositores, que a devolve ao ambiente sob a forma de sais minerais. (B) Respiração celular: reações químicas intracelulares, sem a participação do oxigênio, que são realizadas pelas células para obtenção de energia, liberando gás carbônico e água. (C) Fotossíntese: processo de conversão da energia luminosa em energia química, realizado pelas células de organismos heterótrofos, liberando oxigênio e água para o meio ambiente. (D) Evapotranspiração: a Floresta Amazônica capta a umidade evaporada do oceano Atlântico, que cai sob a forma de chuva que, por sua vez, é devolvida à atmosfera sob a forma de vapor d água, gerado pela fusão da água obtida da transpiração dos seres vivos. 19

21 3ª PROVA HISTÓRIA QUESTÃO 26 Considerando os acontecimentos que antecederam a 2ª Guerra Mundial e o seu desenvolvimento avalie os fatos a seguir: I. Batalha de Stalingrado: uma das mais sangrentas batalhas da 2ª Guerra Mundial ocorrida em 1942 na URSS. Esta batalha marca o recuo das tropas soviéticas e a consolidação do poderio alemão. II. Corredor Polonês: estreita faixa de terra cedida à Polônia pela Alemanha por determinação do Tratado de Versalhes. Por meio de um acordo secreto, parte da Polônia seria anexada pela França e Inglaterra dando continuidade à política imperialista. III. Guerra-relâmpago: tática de guerra usada pela Alemanha que consistia em atacar rapidamente os adversários com veículos blindados apoiados pela força aérea alemã e as tropas de ocupação. IV. Anchluss: invasão e anexação do território austríaco pela Alemanha em 1938, sob a justificativa de buscar a unidade dos povos germânicos. Dos fatos acima pode-se dizer que: (A) II, III e IV estão corretos. (B) I e III estão corretos. (C) I e IV estão corretos. (D) III e IV estão corretos. 20

22 QUESTÃO 27 No período entre guerras (1918/1939), os Estados Unidos da América alcançaram posição de destaque na economia mundial, sendo responsável por quase 50% de toda produção industrial do planeta. A euforia pela prosperidade econômica permaneceria durante quase toda a década de Entretanto, no ano de 1929, os Estados Unidos enfrentariam uma forte recessão afetando vários países capitalistas. Sobre as causas dessa crise, marque a alternativa CORRETA. (A) Desequilíbrio do parque industrial norte-americano cujos investimentos eram destinados à indústria bélica. (B) A superprodução industrial e a retração dos mercados estrangeiros. (C) Retração nos investimentos para produção de alimentos, principal produto de exportação. (D) A aprovação da Lei Seca que provocou o fechamento das fábricas de bebidas e o aumento do desemprego no país. QUESTÃO 28 O Governo Vargas utilizou vários recursos de propaganda para conquistar a simpatia popular. Essa estratégia foi comum a diversos ditadores das décadas de 1930 e 1940, como Mussolini, Hitler e Stalin. Em 1939, o governo Vargas criou o Departamento de Imprensa Propaganda (DIP), ligado diretamente à Presidência da República. Sobre esse órgão marque a alternativa CORRETA. (A) Desenvolver uma consciência crítica na população brasileira. (B) Perseguir os opositores do governo de Getúlio Vargas. (C) Divulgar imagens positivas do governo e promover festas e comemorações cívicas. (D) Prestar esclarecimento e dar satisfação à população de todos as ações do governo de Getúlio Vargas. 21

23 QUESTÃO 29 Depois da fome, a peste come Ditado Medieval. Alfredo Boullos Junior São Paulo 1ª ed 2013 A fome e as péssimas condições de higiene facilitaram a ocorrência de uma terrível epidemia que atingiu toda a Europa, desde Portugal, a oeste até a Rússia, a leste. Marque a alternativa que aponta corretamente esta epidemia. (A) O Ebola. (B) A Gripe Espanhola. (C) A Tifo Epidêmica. (D) A Peste Negra. QUESTÃO 30 Um dos mais célebres e trágicos episódios das lutas religiosas na França, no século XVI, ficou conhecido como Noite de São Bartolomeu. Nesse episódio, milhares de protestantes foram massacrados por forças católicas a mando do rei Carlos IX. Líderes religiosos da época pregavam que a fé era um dom de Deus e por isso não poderia ser imposta pela espada do governante. Depois da 2ª Guerra Mundial, a ONU adotou a Declaração Universal dos Direitos Humanos, que colocava em pauta o respeito universal e observância dos direitos humanos e liberdades fundamentais para todos sem distinção de raça, sexo, língua e religião. Passados muitos anos e outras muitas tentativas de garantir a liberdade religiosa, grande parte dos conflitos que hoje acontecem no mundo ainda envolve crenças e doutrinas, que se misturam a fatores políticos, econômicos, raciais e étnicos. Os conflitos atuais que tem entre suas motivações a intolerância religiosa são: I. Tibete: budistas e hinduistas. II. Israel: judeus e muçulmanos. III. Nigéria: cristãos e muçulmanos. IV. Tailândia: budistas e muçulmanos. Marque a alternativa CORRETA. (A) Apenas os itens II e IV estão corretos. (B) Apenas os itens I, II e III estão corretos. (C) Apenas os itens II, III e IV estão corretos. (D) Apenas os itens I e III estão corretos. 22

24 QUESTÃO 31 A abundância de recursos naturais e o grande número de cidades portuárias foram fatores importantes para o desenvolvimento da Revolução Industrial na Grã-Bretanha, nos séculos XVIII e XIX. Marque a alternativa que NÃO apresenta uma condição para o pioneirismo inglês na Revolução Industrial. (A) As abundantes jazidas de carvão no subsolo inglês supriram de energia as indústrias. (B) O fato de a Inglaterra ser uma ilha situada à margem da Europa Ocidental facilitou as invasões estrangeiras, deixando o território vulnerável à exploração imperialista. (C) Com a Revolução Gloriosa, ocorrida no século XVII, a burguesia inglesa tornou-se politicamente poderosa incentivando a industrialização inglesa. (D) Sem terra e sem trabalho após os cercamentos dos campos, os camponeses mendigavam pelas estradas ou iam para as cidades tornando-se uma mão-de-obra farta e barata. QUESTÃO 32 Era um populista de direita apoiado por setores burgueses, sobretudo aqueles ligados ao capital multinacional, mas obteve votos em todos os segmentos sociais, em cima da campanha cujo o símbolo era uma vassoura que prometia varrer a corrupção, a inflação e o comunismo (Maria Helena S. Paes. A década de 60. São Paulo. Ática, 1992 ) O texto acima faz referência ao Presidente: (A) Jânio da Silva Quadros. (B) Humberto de Alencar Castelo Branco. (C) João Goulart. (D) Getúlio Dornelles Vargas. 23

25 QUESTÃO 33 O golpe militar de 1964, no Brasil, tinha objetivos claros e as elites políticas mais conservadoras receavam o avanço das organizações populares durante o governo João Goulart. Sobre o contexto desta época é CORRETO afirmar: I. O início da década de 60 é marcado pelo aumento considerável do número de greves e sindicatos. II. No meio rural, a atuação das Ligas Camponesas incomodava os grandes proprietários de terra do nordeste. III. As grandes mobilizações operárias, como a greve dos 700 mil trabalhadores ocorrida em 1963, eram vistas como ameaça às elites da época. Marque a alternativa CORRETA. (A) Apenas os itens I e II estão corretos. (B) Apenas os itens I e III estão corretos. (C) Os itens I, II e III estão corretos. (D) Apenas os itens II e III estão corretos. QUESTÃO 34 Analise as mensagens a seguir: I. Cinquenta anos de progresso em cinco de governo: 50 em 5. II. Ninguém mais segura este país. III. Ontem, hoje, sempre, Brasil. IV. Fome Zero: O Brasil que come ajudando o Brasil que tem fome. V. Brasil: ame-o ou deixe-o. São mensagens usadas durante a Era dos Militares (1964/85), no Brasil, como propaganda exaltando o período: (A) I, IV e V. (B) I, II e IV. (C) II, IV e V. (D) II, III e V. 24

26 QUESTÃO 35 A Declaração Universal dos Direitos Humanos, adotada e proclamada pela Resolução n. 217 A (III) da Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948, apresentou-se como reação da comunidade internacional ao genocídio havido durante a Segunda Guerra Mundial. Segundo Flávia Piovesan, no momento em que os seres humanos se tornam supérfluos e descartáveis, no momento em que vige a lógica da destruição, em que é cruelmente abolido o valor da pessoa humana, torna-se necessária a reconstrução dos direitos humanos, como paradigma ético capaz de restaurar a lógica do razoável. A barbárie do totalitarismo significou a ruptura do paradigma dos direitos humanos, por meio da negação do valor da pessoa humana como valor-fonte do Direito. (Direitos Humanos e Justiça Internacional. 3ª ed. rev., ampl. e atual. São Paulo: Saraiva, 2012, p. 39). Assim, com base em seus conhecimentos sobre o assunto, marque a alternativa INCORRETA. (A) Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos, são dotadas de razão e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade. (B) Toda pessoa tem direito à instrução, que deverá ser gratuita nos graus elementares, fundamentais, técnico-profissionais e superiores. (C) No exercício de seus direitos e liberdades, toda pessoa estará sujeita apenas às limitações determinadas pela lei, com o fim, dentre outros, de assegurar o devido reconhecimento e respeito dos direitos e liberdades de outrem. (D) Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem-estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços indispensáveis. 25

27 4ª Prova Geografia Questão 36 Segundo a ONU, no início dos anos de 1970 até 2012, o crescimento da população mundial caiu de 2,1% para 1,1% ao ano e o número médio de filhos por mulher (taxa de fecundidade) caiu de 6 para 2. Ainda assim, esse ritmo continua elevado e, caso se mantenha, a população do planeta será aproximadamente de 9 bilhões em É possível atribuir a queda do número de filhos por mulher ao: I. Maior custo para criar os filhos nas cidades e maior acesso a métodos contraceptivos. II. Trabalho feminino extradomiciliar e rigorosas campanhas de controle da natalidade em todos os países. III. Acesso a assistência médica, saneamento básico e programas de vacinação. Marque a alternativa CORRETA. (A) Apenas os itens I e III estão corretos. (B) Apenas os itens I e II estão corretos. (C) Apenas os itens II e III estão corretos. (D) Os itens I, II e III estão corretos. 26

28 Questão 37 Os processos tectônicos condicionam estruturas na superfície das terras emersas do planeta. Elas podem ser classificadas em três grandes províncias geológicas, ou seja, áreas com a mesma origem e formação geológica: dobramentos modernos, escudos cristalinos e bacias sedimentares. (http://goo.gl/ymk1ka. Acesso em 10/09/2014). Em relação às estruturas geológicas, marque a alternativa CORRETA. (A) Os dobramentos modernos ou dobramentos terciários apresentam baixas altitudes, além de uma grande estabilidade tectônica. Estão bastante desgastados pelos agentes externos como as chuvas e ventos. (B) As bacias sedimentares são depressões do relevo preenchidas apenas por fragmentos minerais de rochas erodidas e transportadas por agentes externos. (C) Os escudos cristalinos são encontrados nas áreas de consolidação da crosta terrestre e compõem sua formação mais antiga. São constituídos por minerais metálicos e não metálicos e o Brasil possui 36% da superfície do seu território composto por escudos. (D) As bacias sedimentares apresentam baixo potencial econômico uma vez que os sedimentos ali depositados ao longo dos milhares de anos já se encontram bastante degradados pelo intemperismo. 27

CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015

CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 ESCOLA DE GOVERNO PROFESSOR PAULO NEVES DE CARVALHO FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO Governo de Minas Gerais CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 1ª ETAPA LEIA COM ATENÇÃO! 1. Só abra este caderno após ler todas as

Leia mais

GEOGRAFIA. Professores: Marcus, Ronaldo

GEOGRAFIA. Professores: Marcus, Ronaldo GEOGRAFIA Professores: Marcus, Ronaldo Questão que trabalha conceitos de cálculo de escala, um tema comum nas provas da UFPR. O tema foi trabalhado no Módulo 05 da apostila II de Geografia I. Para melhor

Leia mais

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37 01 - Os problemas ambientais estão na ordem do dia dos debates científicos, das agendas políticas, da mídia e das relações econômicas. Até muito recentemente, ao se falar de meio ambiente, as instituições

Leia mais

Centro Educacional Juscelino Kubitschek

Centro Educacional Juscelino Kubitschek Centro Educacional Juscelino Kubitschek ALUNO: N.º: DATA: / /2011 ENSINO FUNDAMENTAL SÉRIE: 6ª série/7 ano TURMA: TURNO: DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSOR: Equipe de Geografia Roteiro e lista de Recuperação

Leia mais

O mito da estiagem de São Paulo

O mito da estiagem de São Paulo TRABALHO GEOGRAFIA: Formar grupos de no máximo 4 integrantes. Preparar apresentação do texto para próxima 5 a feira(16/06). O mito da estiagem de São Paulo Costa do Sudeste brasileiro Embora as fontes

Leia mais

UFU 2014 Geografia 2ª Fase

UFU 2014 Geografia 2ª Fase QUESTÃO 1 (Geopolítica) A região representada no mapa conta com quase dois terços das reservas mundiais de petróleo. Nas últimas décadas, o controle sobre essas fontes de petróleo foi a principal causa

Leia mais

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O fluxo de energia em um ecossistema é unidirecional e necessita de uma constante renovação de energia, que é garantida pelo Sol. Com a matéria inorgânica que participa dos ecossistemas

Leia mais

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE. DA REPRODUÇÃO DA VIDA E PODE SER ANALISADO PELA TRÍADE HABITANTE- IDENTIDADE-LUGAR. OBJETIVOS ESPECÍFICOS A. Caracterizar o fenômeno da urbanização como maior intervenção humana

Leia mais

Geografia QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 15 pontos)

Geografia QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 15 pontos) Geografia QUESTÕES de 01 a 06 LEIA CUIDADOSAMENTE O ENUNCIADO DE CADA QUESTÃO, FORMULE SUAS RESPOSTAS COM OBJETIVIDADE E CORREÇÃO DE LINGUAGEM E, EM SEGUIDA, TRANSCREVA COMPLETAMENTE CADA UMA NA FOLHA

Leia mais

1º ano. Os elementos da Paisagem Natural e Paisagem modificada

1º ano. Os elementos da Paisagem Natural e Paisagem modificada 1º ano Os elementos da Paisagem Natural e Paisagem modificada A origem da Terra; A origem dos continentes; A teoria da deriva dos continentes; A teoria das placas tectônicas; Tempo geológico; A estrutura

Leia mais

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro?

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro? População mundial Leia as manchetes abaixo: População mundial superará 9,2 bilhões em 2050, estima ONU BBC Brasil Casais ricos burlam lei do filho único na China BBC Brasil A população mundial atingiu

Leia mais

Nome: Assinatura: CONHECIMENTOS GERAIS (5 questões)

Nome: Assinatura: CONHECIMENTOS GERAIS (5 questões) Nome: Assinatura: CONHECIMENTOS GERAIS (5 questões) 1. O Ministério do Meio Ambiente, em junho de 2009, lançou campanha para o consumo consciente de sacolas plásticas, que já atingem, aproximadamente,

Leia mais

PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2012

PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROFa. JULIANA NOME N o 8 o ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

7ºano 2º período vespertino 25 de abril de 2014

7ºano 2º período vespertino 25 de abril de 2014 GEOGRAFIA QUESTÃO 1 A Demografia é a ciência que estuda as características das populações humanas e exprime-se geralmente através de valores estatísticos. As características da população estudadas pela

Leia mais

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos POPULAÇÃO BRASILEIRA Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos Desde a colonização do Brasil o povoamento se concentrou no litoral do país. No início do século XXI, a população brasileira ainda

Leia mais

UFSC. Resposta: 01 + 02 = 03. Comentário

UFSC. Resposta: 01 + 02 = 03. Comentário Resposta: 01 + 02 = 03 01. Correta. 04. Incorreta. O número de trabalhadores no setor primário, principalmente na agropecuária, continuou diminuindo devido à automação. O aumento ocorreu no setor de serviço.

Leia mais

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A visão dos brasileiros O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água Dezembro, 2006 METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para

Leia mais

A dinâmica do relevo terrestre e A hidrografia terrestre

A dinâmica do relevo terrestre e A hidrografia terrestre 1 O relevo terrestre é formado e modelado pela ação de diversos agentes internos (movimentos tectônicos, vulcanismo, terremoto) e externos (ação das águas, do vento e do próprio homem). Explique de que

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1G

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1G CADERNO DE EXERCÍCIOS 1G Ensino Fundamental Ciências Humanas Questão Conteúdo Habilidade da Matriz da EJA/FB 1 Relevo H5 2 Agricultura Familiar H12 3 Revoltas Separatistas no Brasil Colonial H42 4 Período

Leia mais

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO - 2013 Professor : Bruno Matias Telles 1ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA ROTEIRO DE ESTUDO - QUESTÕES

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO - 2013 Professor : Bruno Matias Telles 1ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA ROTEIRO DE ESTUDO - QUESTÕES COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO - 2013 Professor : Bruno Matias Telles 1ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA ROTEIRO DE ESTUDO - QUESTÕES Estudante: Turma: Data: / / QUESTÃO 1 Analise o mapa

Leia mais

Lição 5. Instrução Programada

Lição 5. Instrução Programada Instrução Programada Lição 5 Na lição anterior, estudamos a medida da intensidade de urna corrente e verificamos que existem materiais que se comportam de modo diferente em relação à eletricidade: os condutores

Leia mais

Grandes Problemas Ambientais

Grandes Problemas Ambientais Grandes Problemas Ambientais O aumento do efeito de estufa; O aquecimento global; A Antárctica; A desflorestação; A Amazónia; A destruição da camada de ozono; As chuvas ácidas; O clima urbano; Os resíduos

Leia mais

Clima, tempo e a influência nas atividades humanas

Clima, tempo e a influência nas atividades humanas As definições de clima e tempo frequentemente são confundidas. Como esses dois termos influenciam diretamente nossas vidas, é preciso entender precisamente o que cada um significa e como se diferenciam

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 3ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 3ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 3ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 6º Turma: Data: Nota: Professor(a): Élida Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

QUAL É A CIDADE MAIS DISTANTE DO MAR?

QUAL É A CIDADE MAIS DISTANTE DO MAR? SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 03 / 2 / 203 UNIDADE III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 6.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo.

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade IV Natureza sociedade: questões ambientais. Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. 2 CONTEÚDO

Leia mais

Climatologia GEOGRAFIA DAVI PAULINO

Climatologia GEOGRAFIA DAVI PAULINO Climatologia GEOGRAFIA DAVI PAULINO Efeito no clima sobre fatores socioeconômicos Agricultura População Diversidade global de climas Motivação! O Clima Fenômeno da atmosfera em si: chuvas, descargas elétricas,

Leia mais

Biomas Brasileiros. 1. Bioma Floresta Amazônica. 2. Bioma Caatinga. 3. Bioma Cerrado. 4. Bioma Mata Atlântica. 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense

Biomas Brasileiros. 1. Bioma Floresta Amazônica. 2. Bioma Caatinga. 3. Bioma Cerrado. 4. Bioma Mata Atlântica. 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense Biomas Brasileiros 1. Bioma Floresta Amazônica 2. Bioma Caatinga 3. Bioma Cerrado 4. Bioma Mata Atlântica 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense 6. Bioma Pampas BIOMAS BRASILEIROS BIOMA FLORESTA AMAZÔNICA

Leia mais

Unidade III. Aula 16.1 Conteúdo Aspectos políticos. A criação dos Estados nas regiões; os conflitos árabe-israelenses. Cidadania e Movimento

Unidade III. Aula 16.1 Conteúdo Aspectos políticos. A criação dos Estados nas regiões; os conflitos árabe-israelenses. Cidadania e Movimento CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade III Cidadania e Movimento Aula 16.1 Conteúdo Aspectos políticos. A criação dos Estados nas regiões; os conflitos árabe-israelenses. 2

Leia mais

ÁGUA. USOS, DISTRIBUIÇÃO e PRESERVAÇÃO

ÁGUA. USOS, DISTRIBUIÇÃO e PRESERVAÇÃO ÁGUA USOS, DISTRIBUIÇÃO e PRESERVAÇÃO Embora a água seja a substância mais abundante do nosso planeta, especialistas e autoridades internacionais alertam para um possível colapso das reservas de água doce,

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O DISCIPLINA: Geografia ANO: 7ºano TURMAS: B, C ed ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O UNIDADE DIDÁTICA 1: A Terra: Estudos e Representações (1º Período) AULAS PREVISTAS:

Leia mais

PROVA TEMÁTICA/2014 Conhecimento e Expressão nas Artes e nas Ciências

PROVA TEMÁTICA/2014 Conhecimento e Expressão nas Artes e nas Ciências PROVA TEMÁTICA/2014 Conhecimento e Expressão nas Artes e nas Ciências 5 ANO / ENSINO FUNDAMENTAL MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS. (LÍNGUA PORTUGUESA E REDAÇÃO) Competência

Leia mais

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa.

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O que é o Aquecimento Global? O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O efeito estufa é um fenômeno natural e consiste na retenção de calor irradiado pela

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

MATÉRIA 6º 2º Dez/13 NOTA

MATÉRIA 6º 2º Dez/13 NOTA Valores eternos. TD Recuperação MATÉRIA Geografia ANO/TURMA SEMESTRE DATA 6º 2º Dez/13 ALUNO(A) PROFESSOR(A) Tiago Bastos TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS NOTA VISTO DOS PAIS/RESPONSÁVEIS 1. Analise e

Leia mais

O capitalismo e a sociedade de consumo

O capitalismo e a sociedade de consumo O capitalismo e a sociedade de consumo Sociedade de consumo As sociedades dos países capitalistas desenvolvidos que usufruem intensamente dos bens e serviços existentes no mundo moderno. O consumismo contribui

Leia mais

Praticando seus conhecimentos sobre desertificação

Praticando seus conhecimentos sobre desertificação Praticando seus conhecimentos sobre desertificação O fenômeno de desertificação pode ocorrer através de um processo natural ou pela ação humana. O manejo inadequado do solo para agricultura, atividades

Leia mais

GEOGRAFIA - RECUPERAÇÃO

GEOGRAFIA - RECUPERAÇÃO 1ª série Ens. Médio EXERCÍCIOS DE MONITORIA 2º PERÍODO JULHO GEOGRAFIA - RECUPERAÇÃO 1. Associe os tipos de chuva às suas respectivas características. ( ) Resulta do deslocamento horizontal do ar que,

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS 3º trimestre 2012

PLANO DE ESTUDOS 3º trimestre 2012 PLANO DE ESTUDOS 3º trimestre 2012 ano: 9º disciplina: geografia professor: Meus caros (as) alunos (as): Durante o 2º trimestre, você estudou as principais características das cidades globais e das megacidades

Leia mais

Climatologia. humanos, visto que diversas de suas atividades

Climatologia. humanos, visto que diversas de suas atividades Climatologia É uma parte da que estuda o tempo e o clima cientificamente, utilizando principalmente técnicas estatísticas na obtenção de padrões. É uma ciência de grande importância para os seres humanos,

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4.º ANO/EF 2015 Caro (a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados na

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros O que o brasileiro pensa sobre a conservação e o uso da água no Brasil METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para subsidiar o planejamento

Leia mais

Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo

Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo A UA UL LA MÓDULO 7 Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo Nesta aula O café foi o principal produto de exportação durante a República Velha. Os cafeicultores detinham o controle da

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015

CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 ESCOLA DE GOVERNO PROFESSOR PAULO NEVES DE CARVALHO FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO Governo de Minas Gerais CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 2ª ETAPA Provas abertas: Matemática, História e Redação em Língua Portuguesa.

Leia mais

DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO Provas 2º Bimestre 2012 CIÊNCIAS DESCRITORES DESCRITORES DO 2º BIMESTRE DE 2012

Leia mais

Módulo 1 Questões Básicas da Economia. 1.1. Conceito de Economia

Módulo 1 Questões Básicas da Economia. 1.1. Conceito de Economia Módulo 1 Questões Básicas da Economia 1.1. Conceito de Economia Todos nós temos uma série de necessidades. Precisamos comer, precisamos nos vestir, precisamos estudar, precisamos nos locomover, etc. Estas

Leia mais

Eu não nasci de óculos!

Eu não nasci de óculos! A U A UL LA Eu não nasci de óculos! Enquanto Roberto conversa com Gaspar, Ernesto coloca os óculos de Roberto e exclama: - Puxa, estou enxergando tudo embaralhado. Tudo meio turvo! - É como você tivesse

Leia mais

Escola Profissional Desenvolvimento Rural de Abrantes. O consumismo de energia

Escola Profissional Desenvolvimento Rural de Abrantes. O consumismo de energia Escola Profissional Desenvolvimento Rural de Abrantes O consumismo de energia Consumo de Energia O consumo da energia no mundo está resumido na sua maioria pelas fontes tradicionais como o petróleo, carvão

Leia mais

GRUPO X 3 o BIMESTRE PROVA A

GRUPO X 3 o BIMESTRE PROVA A A GERAÇÃO DO CONHECIMENTO Transformando conhecimentos em valores www.geracaococ.com.br Unidade Portugal Série: 6 o ano (5 a série) Período: MANHÃ Data: 27/10/2010 PROVA GRUPO GRUPO X 3 o BIMESTRE PROVA

Leia mais

CURSO e COLÉGIO ESPECÍFICO Ltda

CURSO e COLÉGIO ESPECÍFICO Ltda CURSO e COLÉGIO ESPECÍFICO Ltda www.especifico.com.br DISCIPLINA : Sociologia PROF: Waldenir do Prado DATA:06/02/2012 O que é Sociologia? Estudo objetivo das relações que surgem e se reproduzem, especificamente,

Leia mais

E C O L O G I A. Incluindo todos os organismos e todos os processos funcionais que a tornam habitável

E C O L O G I A. Incluindo todos os organismos e todos os processos funcionais que a tornam habitável E C O L O G I A Deriva do grego oikos, com sentido de casa e logos com sentido de estudo Portanto, trata-se do estudo do ambiente da casa Incluindo todos os organismos e todos os processos funcionais que

Leia mais

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.:

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= TEMPO ATMOSFÉRICO

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 9 º ANO

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 9 º ANO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 9 º ANO 2010 QUESTÃO 1 Com a finalidade de diminuir

Leia mais

::Seu João o Senhor sabe o que é o meio ambiente?

::Seu João o Senhor sabe o que é o meio ambiente? O Meio Ambiente ::Seu João o Senhor sabe o que é o meio ambiente? Seu João: Não sei não! Mas quero que você me diga direitinho pra eu aprender e ensinar todo mundo lá no povoado onde eu moro. : Seu João,

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências Nome: Ano: 5º Ano 1º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências da Natureza Disciplina:

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR. Causas da dívida Empréstimos internacionais para projetar e manter grandes obras. Aquisição de tecnologia e maquinário moderno.

COMÉRCIO EXTERIOR. Causas da dívida Empréstimos internacionais para projetar e manter grandes obras. Aquisição de tecnologia e maquinário moderno. 1. ASPECTOS GERAIS Comércio é um conceito que possui como significado prático, trocas, venda e compra de determinado produto. No início do desenvolvimento econômico, o comércio era efetuado através da

Leia mais

TAG 4/2010 STC-6. Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº 20

TAG 4/2010 STC-6. Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº 20 TAG 4/2010 STC-6 Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº 20 1 Índice Introdução A Migração As Diversas Formas de migração humana As Causas ou motivos de migração humana Os grandes fluxos de migratórios

Leia mais

MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro

MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro Notícias - 18/06/2009, às 13h08 Foram realizadas 8 mil entrevistas com homens e mulheres entre 15 e 64 anos. A análise das informações auxiliará

Leia mais

Elementos Climáticos CLIMA

Elementos Climáticos CLIMA CLIMA Elementos Climáticos O entendimento e a caracterização do clima de um lugar dependem do estudo do comportamento do tempo durante pelo menos 30 anos: das variações da temperatura e da umidade, do

Leia mais

Fuvest 2014 Geografia 2ª Fase (Segundo Dia) A região metropolitana do litoral sul paulista é constituída pelos municípios representados no mapa:

Fuvest 2014 Geografia 2ª Fase (Segundo Dia) A região metropolitana do litoral sul paulista é constituída pelos municípios representados no mapa: QUESTÃO 3 (Ocupação do território brasileiro) A região metropolitana do litoral sul paulista é constituída pelos municípios representados no mapa: Ao longo do tempo, essa região conheceu diferentes formas

Leia mais

DESENVOLVENDO HABILIDADES CIÊNCIAS DA NATUREZA I - EM

DESENVOLVENDO HABILIDADES CIÊNCIAS DA NATUREZA I - EM Olá Caro Aluno, Você já reparou que, no dia a dia quantificamos, comparamos e analisamos quase tudo o que está a nossa volta? Vamos ampliar nossos conhecimentos sobre algumas dessas situações. O objetivo

Leia mais

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Itens do capítulo 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5. A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5.1 O consumo

Leia mais

CP/CAEM/2005 1ª AVALIAÇÃO FORMATIVA - 2005 FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO

CP/CAEM/2005 1ª AVALIAÇÃO FORMATIVA - 2005 FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO CP/CAEM/05 1ª AVALIAÇÃO FORMATIVA - 05 FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA DO BRASIL 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar os fatores fisiográficos do espaço territorial do Brasil, concluindo sobre a influência

Leia mais

Aula 1. Atividades. V. A cartografia é a arte que tem o interesse de explicar a origem do planeta Terra. Estão corretas: e) II, IV e V.

Aula 1. Atividades. V. A cartografia é a arte que tem o interesse de explicar a origem do planeta Terra. Estão corretas: e) II, IV e V. Aula 1 1. Atividades A palavra cartografia é relativamente nova, sendo utilizada pela primeira vez em 8 de dezembro de 1839. Seu uso aconteceu na carta escrita em Paris, enviada pelo português Visconde

Leia mais

ECOLOGIA GERAL FLUXO DE ENERGIA E MATÉRIA ATRAVÉS DE ECOSSISTEMAS

ECOLOGIA GERAL FLUXO DE ENERGIA E MATÉRIA ATRAVÉS DE ECOSSISTEMAS ECOLOGIA GERAL Aula 05 Aula de hoje: FLUXO DE ENERGIA E MATÉRIA ATRAVÉS DE ECOSSISTEMAS Sabemos que todos os organismos necessitam de energia para se manterem vivos, crescerem, se reproduzirem e, no caso

Leia mais

GEOGRAFIA. População Brasileira

GEOGRAFIA. População Brasileira População Brasileira No Brasil a concentração populacional tem sua maior ocorrência em áreas litorâneas ou próximas ao litoral. Temos como fatores contribuintes as faixas de planície, clima tropical, sem

Leia mais

Os impactos ambientais de maior incidência no país

Os impactos ambientais de maior incidência no país Os impactos ambientais de maior incidência no país Segundo a Pesquisa de Informações Básicas Municipais Perfil dos Municípios Brasileiros/MUNIC 2008, realizada regularmente pelo Instituto Brasileiro de

Leia mais

B I O G E O G R A F I A

B I O G E O G R A F I A B I O G E O G R A F I A FLORESTA AMAZÔNICA 2011 Aula XII O bioma Amazônia representa aproximadamente 30% de todas as florestas tropicais remanescentes do mundo e nele se concentra a maioria das florestas

Leia mais

A Terra gira... Nesta aula vamos aprender um pouco mais. sobre o movimento que a Terra realiza em torno do seu eixo: o movimento de

A Terra gira... Nesta aula vamos aprender um pouco mais. sobre o movimento que a Terra realiza em torno do seu eixo: o movimento de A U A U L L A A Terra gira... Nesta aula vamos aprender um pouco mais sobre o movimento que a Terra realiza em torno do seu eixo: o movimento de rotação. É esse movimento que dá origem à sucessão dos dias

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 62 O PETRÓLEO EM DESTAQUE

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 62 O PETRÓLEO EM DESTAQUE GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 62 O PETRÓLEO EM DESTAQUE Como pode cair no enem? (ENEM) No mundo contemporâneo, as reservas energéticas tornam-se estratégicas para muitos países no cenário internacional. Os

Leia mais

CAPÍTULO 4 DESASTRES NATURAIS

CAPÍTULO 4 DESASTRES NATURAIS CAPÍTULO 4 DESASTRES NATURAIS Quando vimos na TV o acontecimento do Tsunami, em 2004, pensamos: O mundo está acabando! Mas por que esses desastres naturais estão, cada vez mais, assolando nosso planeta?

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - julho 2007-1ª Prova Comum GEOGRAFIA QUESTÃO 11. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %)

Processo Seletivo/UFU - julho 2007-1ª Prova Comum GEOGRAFIA QUESTÃO 11. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %) GEOGRAFIA QUESTÃO 11 Observe a tabela. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %) * Estimativa. Fonte: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD, 2003. Com relação ao processo

Leia mais

Objetivo Conteúdos Habilidades

Objetivo Conteúdos Habilidades Tema 8 Um Lugar Frio e Escuro Objetivo investigar as condições ambientais predominantes nos oceanos, com destaque para os gradientes verticais de temperatura, luz e pressão hidrostática. Conteúdos física,

Leia mais

3º BIMESTRE 2ª Avaliação Área de Ciências Humanas Aula 148 Revisão e avaliação de Humanas

3º BIMESTRE 2ª Avaliação Área de Ciências Humanas Aula 148 Revisão e avaliação de Humanas 3º BIMESTRE 2ª Avaliação Área de Ciências Humanas Aula 148 Revisão e avaliação de Humanas 2 Tipos de vegetação Vegetação é caracterizada como o conjunto de plantas de uma determinada região. Em razão da

Leia mais

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre N o Brasil há 2.361 municípios, em 23 estados, onde vivem mais de 38,3 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza. Para eles, o Governo Federal criou

Leia mais

Parte A - Questões Múltipla Escolha

Parte A - Questões Múltipla Escolha Matriz Energética Professor: Marcio Luiz Magri Kimpara Parte A - Questões Múltipla Escolha LISTA DE EXERCÍCIOS 1 1) Uso de fontes renováveis de energia no mundo. Fonte: Rio de Janeiro: IBGE, 21 O uso de

Leia mais

Cerrado e caatinga. Compare estas duas fotos:

Cerrado e caatinga. Compare estas duas fotos: A UU L AL A Cerrado e caatinga Compare estas duas fotos: cerrado caatinga Observando as duas figuras, a característica que mais nos chama a atenção é que os dois ambientes parecem muito secos. Nesta aula,

Leia mais

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros A Lição de Lynch O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros Por Laura Somoggi, de Marblehead (EUA) É muito provável que o nome Peter Lynch não lhe seja familiar. Ele

Leia mais

BRIEFING BRASIL. Parceiro:

BRIEFING BRASIL. Parceiro: BRIEFING BRASIL Parceiro: 1 ÍNDICE 1 Índice... 1 2 Introdução... 2 3 Apresentação... 3 3.1 Tema 1 Consumo consciente... 3 3.2 Tema 2 - Qualidade e Satisfação no Atendimento ao Cliente... 4 4 Desenvolvimento

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br PROFESSOR ALUNO ANA CAROLINA DISCIPLINA GEOGRAFIA A TURMA SIMULADO: P3 501 Questão

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

As Principais Fontes De Energia Presentes No Mundo

As Principais Fontes De Energia Presentes No Mundo As Principais Fontes De Energia Presentes No Mundo INTRODUÇÃO: Desde a pré-história o homem vem se utilizando de diversas fortes e formas de energia, para suprir suas necessidades energéticas, por isso,

Leia mais

Apostila 2. Capítulo 7. A evolução da capacidade energética do ser humano. Página 233

Apostila 2. Capítulo 7. A evolução da capacidade energética do ser humano. Página 233 Apostila 2 Capítulo 7 Página 233 A evolução da capacidade energética do ser humano A vantagem energética Nosso antepassados criaram um método para as caçadas, que lhes dava certa vantagem energética sobre

Leia mais

Teste de Habilidade Específica - THE

Teste de Habilidade Específica - THE LEIA COM ATENÇÃO 1. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala. 2. Preencha os dados pessoais. 3. Autorizado o inicio da prova, verifique se este caderno

Leia mais

5º Ano O amor é paciente. (I Coríntios 13:4 a)

5º Ano O amor é paciente. (I Coríntios 13:4 a) 5º Ano O amor é paciente. (I Coríntios 13:4 a) Roteiro Semanal de Atividades de Casa (06 a 10 de Maio 013) Desafio! 1) Agora, temos um desafio com formas geométricas. Observe. ) Complete a sequência seguindo

Leia mais

Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens

Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens Um país de idosos Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens A expectativa de vida do brasileiro aumentou mais de 20 anos em

Leia mais

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava:

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava: EXERCÍCIOS REVISÃO QUÍMICA AMBIENTAL (EFEITO ESTUFA, DESTRUIÇÃO DA CAMADA DE OZÔNIO E CHUVA ÁCIDA) e EQUILÍBRIO QUÍMICO DATA: 17/11/2015 PROF. ANA 1. Na década de 70, alguns cientistas descobriram quais

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação Disciplina: Geografia Trimestre: 1º PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 1. População: - Crescimento populacional - O espaço urbano e o processo de urbanização - Teorias demográficas. 2. Mundo contemporâneo:

Leia mais

MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA

MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMED DIVISÃO PEDAGÓGICA 2010 MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA 06 ANOS 07 ANOS 08 ANOS COMPETÊNCIAS HABILIDADES

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2D

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2D CADERNO DE EXERCÍCIOS 2D Ensino Fundamental Ciências da Natureza II Habilidade da Questão Conteúdo Matriz da EJA/FB 01 Fisiologia Vegetal (Transporte e absorção de H34, H40, H41, H63 substâncias); Fotossíntese

Leia mais

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR LINGUAGENS 01. C 02. D 03. C 04. B 05. C 06. C 07. * 08. B 09. A 10. D 11. B 12. A 13. D 14. B 15. D LÍNGUA ESTRANGEIRA 16. D 17. A 18. D 19. B 20. B 21. D MATEMÁTICA 22. D 23. C De acordo com as informações,

Leia mais

www.google.com.br/search?q=gabarito

www.google.com.br/search?q=gabarito COLEGIO MÓDULO ALUNO (A) série 6 ano PROFESSOR GABARITO DA REVISÃO DE GEOGRAFIA www.google.com.br/search?q=gabarito QUESTÃO 01. a) Espaço Geográfico RESPOSTA: representa aquele espaço construído ou produzido

Leia mais

O que é preciso para desenvolver uma experiência global sobre florestas e mudanças climáticas?

O que é preciso para desenvolver uma experiência global sobre florestas e mudanças climáticas? O que é preciso para desenvolver uma experiência global sobre florestas e mudançasclimáticas? Entrevista com o Dr. Stuart Davies, Diretor do CentrodeCiênciasFlorestaisdoTrópico Em2007,oBancoHSBCdoou100milhõesde

Leia mais

O Mundo industrializado no século XIX

O Mundo industrializado no século XIX O Mundo industrializado no século XIX Novas fontes de energia; novos inventos técnicos: Por volta de 1870, deram-se, em alguns países, mudanças importantes na indústria. Na 2ª Revolução Industrial as indústrias

Leia mais

Olá Professor, seja bem vindo!

Olá Professor, seja bem vindo! Olá Professor, seja bem vindo! O trabalho Aula Zuggi de Zuggi foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição- CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada. Atribuição: Zuggi www.zuggi.com.br http://bit.ly/16si4pb

Leia mais

Células de combustível

Células de combustível Células de combustível A procura de energia no Mundo está a aumentar a um ritmo alarmante. A organização WETO (World Energy Technology and Climate Policy Outlook) prevê um crescimento anual de 1,8 % do

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO SÃO JOSÉ Geografia 9º Ano Prof.º Daniel Fonseca. Produção energética no Brasil: Etanol, Petróleo e Hidreletricidade

COLÉGIO SALESIANO SÃO JOSÉ Geografia 9º Ano Prof.º Daniel Fonseca. Produção energética no Brasil: Etanol, Petróleo e Hidreletricidade COLÉGIO SALESIANO SÃO JOSÉ Geografia 9º Ano Prof.º Daniel Fonseca Produção energética no Brasil: Etanol, Petróleo e Hidreletricidade Etanol A produção de álcool combustível como fonte de energia deve-se

Leia mais