CONTROLADOR DE TRÁFEGO AÉREO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTROLADOR DE TRÁFEGO AÉREO"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: Gabarito 3 - Prova Azul LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Janeiro / 2007 a) este caderno, com as 60 questões das Provas Objetivas, sem repetição ou falha, assim distribuídas: LÍNGUA PORTUGUESA Questões 1 a 5 6 a a 15 Pontos 1,0 1,5 2,5 Questões 16 a a a 30 LÍNGUA INGLESA Pontos 1,0 1,5 2,5 MATEMÁTICA Questões 31 a a 40 b) 1 CARTÃO-RESPOSTA destinado às respostas às questões objetivas formuladas nas provas Verifique se este material está em ordem e se o seu nome e número de inscrição conferem com os que aparecem no CARTÃO. Caso contrário, notifique IMEDIATAMENTE o fiscal Após a conferência, o candidato deverá assinar no espaço próprio do CARTÃO, preferivelmente a caneta esferográfica de tinta na cor preta. No CARTÃO-RESPOSTA, o candidato deverá assinalar também, no espaço próprio, o gabarito correspondente às suas provas: 1 Verde, 2 Amarela, 3 Azul, 4 Branca. Se assinalar um gabarito que não corresponda ao de suas provas ou deixar de assinalá-lo, será eliminado No CARTÃO-RESPOSTA, a marcação das letras correspondentes às respostas certas deve ser feita cobrindo a letra e preenchendo todo o espaço compreendido pelos círculos, a caneta esferográfica de tinta na cor preta, de forma contínua e densa. A LEITORA ÓTICA é sensível a marcas escuras; portanto, preencha os campos de marcação completamente, sem deixar claros. Exemplo: A B C D E 05 - Tenha muito cuidado com o CARTÃO, para não o DOBRAR, AMASSAR ou MANCHAR. O CARTÃO SOMENTE poderá ser substituído caso esteja danificado em suas margens superior ou inferior - BARRA DE RECONHECIMENTO PARA LEITURA ÓTICA Para cada uma das questões objetivas são apresentadas 5 alternativas classificadas com as letras (A), (B), (C), (D) e (E); só uma responde adequadamente ao quesito proposto. Você só deve assinalar UMA RESPOSTA: a marcação em mais de uma alternativa anula a questão, MESMO QUE UMA DAS RESPOSTAS ESTEJA CORRETA As questões objetivas são identificadas pelo número que se situa acima de seu enunciado SERÁ ELIMINADO do Concurso Público o candidato que: a) se utilizar, durante a realização das provas, de máquinas e/ou relógios de calcular, bem como de rádios gravadores, headphones, telefones celulares ou fontes de consulta de qualquer espécie; b) se ausentar da sala em que se realizam as provas levando consigo o Caderno de Questões e/ou o CARTÃO-RESPOSTA. Obs.: Por medida de segurança, o candidato só poderá retirar-se da sala após 1(uma) hora a partir do início das provas e só poderá levar o Caderno de Questões das Provas Objetivas faltando 1 (uma) hora ou menos para o término das mesmas Reserve os 30 (trinta) minutos finais para marcar seu CARTÃO-RESPOSTA. Os rascunhos e as marcações assinaladas no Caderno de Questões NÃO SERÃO LEVADOS EM CONTA Quando terminar, entregue ao fiscal O CADERNO DE QUESTÕES, ressalvado o disposto na observação do item 08, E O CARTÃO-RESPOSTA, ASSINE A LISTA DE PRESENÇA E ASSINALE O NÚMERO DO GABARITO CORRESPONDENTE ÀS SUAS PROVAS O TEMPO DISPONÍVEL PARA ESTAS PROVAS DE QUESTÕES OBJETIVAS É DE 3 (TRÊS) HORAS E 30 (TRINTA) MINUTOS As questões e os gabaritos das Provas Objetivas serão divulgados, no dia útil seguinte à realização das provas, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br). 1 Pontos 1,5 2,5 INFORMÁTICA Questões 41 a a 50 Pontos 1,0 2,0 Questões 51 a a 60 FÍSICA Pontos 1,0 2,0

2 Texto I LÍNGUA PORTUGUESA A outra noite Outro dia fui a São Paulo e resolvi voltar à noite, uma noite de vento sul e chuva, tanto lá como aqui. Quando vinha para casa de táxi, encontrei um amigo e o trouxe até Copacabana; e contei a ele que lá em cima, além das nuvens, estava um luar lindo, de lua cheia; e que as nuvens feias que cobriam a cidade eram, vistas de cima, enluaradas, colchões de sonho, alvas, uma paisagem irreal. Depois que o meu amigo desceu do carro, o chofer aproveitou um sinal fechado para voltar-se para mim: O senhor vai desculpar, eu estava aqui a ouvir sua conversa. Mas, tem mesmo luar lá em cima? Confirmei: sim, acima da nossa noite preta e enlamaçada e torpe havia uma outra pura, perfeita e linda. Mas, que coisa... Ele chegou a pôr a cabeça fora do carro para olhar o céu fechado de chuva. Depois continuou guiando mais lentamente. Não sei se sonhava em ser aviador ou pensava em outra coisa. Ora, sim senhor... E, quando saltei e paguei a corrida, ele me disse um boa noite e um muito obrigado ao senhor tão sinceros, tão veementes, como se eu lhe tivesse feito um presente de rei. Rubem Braga. Disponível em: croanoitebraga.htm. Acesso em 04/01/07. A narração sobre a outra noite, no primeiro parágrafo (l. 4-8), recorre a(à): (A) termos técnicos, da área da meteorologia. (B) uma descrição detalhada da mudança de tempo. (C) oralidade, fora dos padrões gramaticais. (D) linguagem poética, estruturada em versos. (E) linguagem figurada, metafórica. 2 Com base no Texto I, é correto afirmar que o(s): (A) narrador percebeu uma vocação frustrada do chofer. (B) narrador considerou insólita a reação do chofer. (C) taxista conteve, com muito esforço, a sua curiosidade. (D) amigo do narrador demonstrou discordância do que ouviu. (E) interlocutores se mostraram surpresos com o relato do narrador. 3 A reação do chofer se deve à(ao): (A) conversa animada do amigo. (B) previsão do tempo, feita pelo amigo. (C) mensagem transmitida pelo aviador. (D) relato do passageiro sobre a viagem. (E) pedido de desculpas do passageiro. 4 Assinale a frase com o uso INCORRETO do acento indicativo de crase. (A) Estamos à procura de bons roteiros de viagem. (B) Deve ser garantido à todas as pessoas o direito de ir e vir. (C) Foi da Itália à Alemanha de avião. (D) Viajamos à tarde para São Paulo. (E) Às vezes ele caminha no Jardim Botânico. 5 Na oração... para voltar-se para mim: (l. 10), destaca-se o verbo pronominal. Assinale a opção em que este verbo NÃO está conjugado adequadamente. (A) Voltei-me e vi que ele tinha chegado. (B) Todos se voltaram e esperaram que ele chegasse. (C) Seguimos reto e, a seguir, voltamos-nos para a direita. (D) Voltai-vos para o lado do Oriente. (E) Obedeceu à ordem: Volta-te para Deus! 6 É correto afirmar que, em o chofer aproveitou um sinal fechado para voltar-se para mim: (l. 9-10), a oração destacada estabelece, com a anterior, uma relação de: (A) causa. (B) alternância. (C) temporalidade. (D) finalidade. (E) concessão. 2

3 7 A seqüência cujas palavras têm o mesmo número de fonemas é: (A) irreal amigo contei. (B) chuva Paulo vento. (C) guiando convém presente. (D) noite trouxe desceu. (E) uma sim meu. Texto II Viagem Que emoção, leitor! A crônica que ocuparia este espaço já estava pronta quando, folheando uma velha edição de A Cidade e a Roça, de Rubem Braga, dei de cara com aquele que, na minha mitologia íntima, foi o 5 primeiro texto que me emocionou de fato! Eu devia ter uns dez anos e entrara na moda a Matemática Moderna e a Interpretação de Textos - dois avanços pedagógicos que pais e alunos olharam com desconfiança porque, no fundo, sabíamos, vinham abrir 10 ainda mais o abismo de gerações que os separava. Enfim, eu tinha nove, dez anos e eis que, numa prova de Português, surge o item já então inevitável: Interpretação de Texto. E, logo abaixo, seguia um bloco de letras intimidador que, no entanto, para minha surpresa, 15 me acolheria com suas palavras talvez um pouco tristes, mas carregadas de amor e esperança. (Mais ou menos como, dizem, era o próprio Rubem: fechado e monolítico em aparência, mas com uma alma de navio...). Falo em navio, mas era de avião que tratava o 20 texto. Este texto. Sim, este sobre uma curta viagem de avião de São Paulo ao Rio em que o autor enfrentara o mau tempo e o contava de um modo que o menino não sabia ainda nomear, mas que o comovia tão profundamente que naquele momento ele, o menino, 25 já sentia que seria para sempre. (...) Ah! Rubem... E mesmo ainda, quando céu e chão me faltam e vago, frio, por meus escuros, é em teu lirismo que busco abrigo, mesmo que ainda ele soe falso em mim como um casaco comprado de segunda mão, 30 mas que insistimos em usar porque imaginamos que ele nos faz mais elegantes. (...) Antônio Caetano. Disponível em: Cronicas/2001/ htm 3 8 Sobre o Texto II, é correto afirmar que: (A) era obrigatório constar Interpretação de Textos nos livros didáticos. (B) o cronista retoma, de Rubem Braga, a referência à cultura mítica grega. (C) os avanços pedagógicos uniam, na incerteza, duas gerações. (D) a lembrança do texto supre a falta de inspiração do cronista. (E) a fonte textual era a edição original de A Cidade e a Roça. 9 Com o termo destacado em... de um modo que o menino não sabia ainda nomear, (l ), o narrador: (A) refere-se ao cronista Rubem Braga quando novo. (B) marca o tempo em que ele leu a crônica. (C) indica o tipo de leitor a que sua crônica se destina. (D) enfatiza a temática infantil contida no texto. (E) incentiva o hábito de leitura nas crianças. 10 O fragmento quando céu e chão me faltam... (l ), do Texto II, fala de um momento em que o narrador: (A) não distingue o céu da terra. (B) não obtém abrigo no lugar de chegada. (C) tem sua auto-estima renovada. (D) vê que o lirismo não ilumina suas decisões. (E) sente-se inseguro e sem apoio. 11 Em... vago, frio, por meus escuros, (l. 27), a expressão em destaque significa: (A) acontecimentos diários ressoando falsidade. (B) caminhadas em noites tempestuosas. (C) períodos de angústia da existência. (D) insistência em percorrer caminhos perigosos. (E) viagens realizadas na escuridão da noite. 12 A oração que exerce a mesma função que a destacada em... imaginamos que ele nos faz mais elegantes. (l ) encontra-se em: (A)... ele, o menino, já sentia que seria para sempre. (l ) (B)... o abismo de gerações que os separava. (l. 10) (C)... avanços pedagógicos que pais e alunos olharam com desconfiança... (l. 8-9) (D)... o primeiro texto que me emocionou de fato! (l. 4-5) (E) A crônica que ocuparia este espaço... (l. 1-2)

4 13 Mas, que coisa... (l Texto I) Ah! Rubem... (l Texto II) Text I LÍNGUA INGLESA Nos fragmentos acima, o emprego das reticências transmite, respectivamente, as idéias, de: (A) oposição e rivalidade. (B) dúvida e desesperança. (C) hesitação e antagonismo. (D) ambivalência e complacência. (E) perplexidade e cumplicidade. 14 Há um ditongo na palavra: (A) mitologia. (B) reencadernar. (C) navio. (D) ainda. (E) abaixo. 15 É preciso que adequadamente sentimentos. A flexão do verbo nomear que completa corretamente a frase acima é: (A) nomeiemos. (B) nomeas. (C) nomeamos. (D) nomeemos. (E) nomeem The air traffic control system is a vast network of people and equipment that ensures the safe operation of commercial and private aircraft. Air traffic controllers coordinate the movement of air traffic to make certain that planes stay a safe distance apart. Their immediate concern is safety, but controllers also must direct planes efficiently to minimize delays. Some regulate airport traffic through designated airspaces; others regulate airport arrivals and departures. Although airport tower controllers (or terminal controllers) watch over all planes traveling through the airport s airspace, their main responsibility is to organize the flow of aircraft into and out of the airport. Relying on radar and visual observation, they closely monitor each plane to ensure a safe distance between all aircraft and to guide pilots between the hangar or ramp and the end of the airport s airspace. In addition, controllers keep pilots informed about changes in weather conditions such as wind shear, a sudden change in the velocity or direction of the wind that can cause the pilot to lose control of the aircraft. During arrival or departure, several controllers direct each plane. As a plane approaches an airport, the pilot radios ahead to inform the terminal of the plane s presence. The controller in the radar room, just beneath the control tower, has a copy of the plane s flight plan and already has observed the plane on radar. If the path is clear, the controller directs the pilot to a runway; if the airport is busy, the plane is fitted into a traffic pattern with other aircraft waiting to land. As the plane nears the runway, the pilot is asked to contact the tower. There, another controller, who also is watching the plane on radar, monitors the aircraft the last mile or so to the runway, delaying any departures that would interfere with the plane s landing. Once the plane has landed, a ground controller in the tower directs it along the taxiways to its assigned gate. The ground controller usually works entirely by sight, but may use radar if visibility is very poor. The radar controller, who is the senior team member, observes the planes in the team s airspace on radar and communicates with the pilots when necessary. Radar controllers warn pilots about nearby planes, bad weather conditions, and other potential hazards. As the flight progresses, the team responsible for the aircraft notifies the next team in charge of the airspace ahead. Through team coordination, the plane arrives safely at its destination. Adapted from

5 16 According to Text I, air traffic controllers are responsible for all the actions below, EXCEPT: (A) coordinating the movement of air traffic. (B) apologizing for aircraft delays. (C) organizing airplane flow into and out of airports. (D) keeping planes a safe distance apart. (E) informing pilots of changes in weather conditions. 17 The main purpose of Paragraph 2 is to: (A) complain against controllers who fail to keep airplanes safely apart. (B) illustrate the difference between airport tower controllers and terminal controllers. (C) explain in detail all possible changes in weather conditions pilots may face. (D) describe how airport tower controllers (or terminal controllers) work. (E) list all the equipment controllers might possibly use to observe the airport s airspace. 18 The actions below are mentioned in Paragraph 3. I - The plane lands. II - The pilot is directed to a runway. III - The plane is directed to its assigned gate. IV - The terminal is informed of the plane s presence. V - A plane approaches an airport. Mark the option that best represents their chronological sequence according to Text I. (A) I II III IV V. (B) II III IV V I. (C) IV V I II III. (D) V II III IV I. (E) V IV II I III. 19 Mark the correct statement about air traffic control according to lines (A) Each plane is directed by just one controller. (B) Ground controllers observe planes on radar only. (C) Airplane landings have priority over departures. (D) The radar room is located above the control tower. (E) When visibility is good, ground controllers are not needed The pronoun others (line 8) refers to: (A) arrivals and departures (lines 8-9). (B) airspaces (line 8). (C) delays (line 7). (D) planes (line 6). (E) controllers (line 6). 21 In airport tower controllers (or terminal controllers) watch over all planes traveling through the airport s airspace, (lines ), watch over means: (A) look at. (B) identify. (C) examine. (D) keep an eye on. (E) stay away from. 22 The phenomenon of wind shear (lines 17-21): (A) is very dangerous for airplanes. (B) is caused by inexperienced pilots. (C) results from a change in a plane s speed. (D) cannot be detected by controllers. (E) will never be noticed by pilots. 23 The only word(s) that could NOT replace nears in As the plane nears the runway (line 30) is(are): (A) draws near. (B) approaches. (C) follows. (D) moves towards. (E) comes close to. 24 Mark the only option in which the word(s) in bold type express(es) an idea of hypothesis/condition. (A) As the plane nears the runway, the pilot is asked to contact the tower. (lines 30-31). (B) If the path is clear, the controller directs the pilot to a runway; (lines 27-28). (C)...such as wind shear, a sudden change in the velocity or direction of the wind (lines 18-20). (D) In addition, controllers keep pilots informed about changes in weather conditions (lines 17-18). (E) but controllers also must direct planes efficiently (line 6 ).

6 25 According to the last paragraph of Text I, a radar controller: (A) works entirely alone in his designated airspace. (B) is responsible for alerting pilots to several potential dangers. (C) is the only person responsible for conducting a plane to its destination. (D) is an inexperienced member of the team of air traffic controllers. (E) operates a radar but never contacts airplane pilots. Text II A cloudless day is what Vince Polk hopes for when he walks into work each day. As an Air Traffic Control Specialist for Hartsfield International Airport in Atlanta, Georgia, Polk s first responsibility is to make sure that pilots land safely. Sometimes that means guiding planes through thunderstorms, tornadoes and wind shear. The weather is a major player on stress, Polk said. It helps a pilot that is in a very stressful situation to have a calm voice on the other end of the radio. Our responsibility is to offer avenues to help that pilot get the aircraft to a safe landing location. When aircraft start to face inclement weather conditions upon approach, air traffic controllers start changing flight courses to avoid problems. There are many aspects of air traffic control that I like. It s high-paced, Polk said. It s one of the most challenging jobs I ve ever experienced. Adapted from CNN Student News - cnnstudentnews.cnn.com2002/ fyi/news/01/30/air.traffic.controller/index.html 27 According to Text II, Vince Polk s main role is to: (A) assist pilots in their landing procedures. (B) predict dangerous weather conditions. (C) train pilots to find safe landing locations. (D) calm down colleagues who are too stressed. (E) prevent any changes in original flight courses. 28 How does Polk feel about his job as an air controller? (A) He likes it because it is risky and unsafe. (B) He considers it the worst profession to choose. (C) He finds it one of the most demanding jobs he has ever had. (D) He wishes pilots were less nervous and stressed. (E) He fears the responsibility of guiding pilots to a safe landing. 29 In It helps a pilot that is in a very stressful situation to have a calm voice on the other end of the radio. (lines 9-10), have could be replaced by: (A) hear. (B) expect. (C) call. (D) play. (E) simulate. 30 Check the correct pair of opposites. (A) high-paced (line 17) busy. (B) inclement (line 13) severe. (C) safe (line 12) stormy. (D) major (line 8) main. (E) land (line 5) take off. 26 Vince Polk hopes for good weather every time he goes to work because: (A) airports do not need air traffic controllers if the skies are clear. (B) he does not know how to guide planes through thunderstorms. (C) it is impossible to help pilots land safely in poor visibility conditions. (D) only under fine weather conditions he can keep his voice calm. (E) his job is more difficult to perform when the weather is bad. 6

7 MATEMÁTICA 31 Uma empresa tem um quadro de funcionários formado por 3 supervisores e 10 técnicos. Todo dia, é escalada para o trabalho uma equipe com 1 supervisor e 4 técnicos. Quantas equipes diferentes podem ser escaladas? (A) (B) 3780 (C) 840 (D) 630 (E) Há duas urnas sobre uma mesa, ambas contendo bolas distinguíveis apenas pela cor. A primeira urna contém 2 bolas brancas e 1 bola preta. A segunda urna contém 1 bola branca e 2 bolas pretas. Uma bola será retirada, aleatoriamente, da primeira urna e será colocada na segunda e, a seguir, retirar-se-á, aleatoriamente, uma das bolas da segunda urna. A probabilidade de que esta bola seja branca é: (A) 1/12 (B) 1/6 (C) 1/4 (D) 1/3 (E) 5/12 35 Um tanque de combustível tem a forma de um prisma triangular regular reto, como ilustra a figura acima. Há um pequeno orifício na tampa superior do tanque, exatamente no ponto correspondente ao baricentro. Esse tanque está completamente cheio e será deitado sobre uma superfície horizontal, apoiado em uma das suas faces laterais, de modo que o orifício permitirá o escoamento de parte do combustível. Ao fim do escoamento, a que fração do volume total corresponderá o volume do combustível remanescente no tanque? (A) 8/27 (B) 4/9 (C) 5/9 (D) 2/3 (E)19/27 33 A função real f, definida para cada x IN por f(x) = log2 + log4 + log log2 x 1 + log2 x, corresponde a: (A) (B) A figura ABCDEF é um hexágono regular de lado cm e, um arco de circunferência com centro em D. A área delimitada pelos lados AB, AF e o arco, em cm 2, vale: (A) (B) (C) (D) (C) (D) (E) (E) 7

8 36 A circunferência de equação x 2 + y 2 2x 4y = 0 intersecta o eixo vertical na origem e no ponto A. A equação da reta que passa por A e pelo centro da circunferência dada é: (A) x + y 4 = 0 (B) x y + 4 = 0 (C) 2x y + 4 = 0 (D) 2x + y + 4 = 0 (E) 2x + y 4 = 0 38 A alternativa que melhor representa um trecho da função real definida por f(x) = 2.senx.cosx, para todo x real, é: (A) 37 y 4 P 3 (B) 2 1 P 1 P x A figura acima ilustra uma seqüência de arcos de parábolas cujas equações são as seguintes: P 1 : y 1 = A 1.x 2 + B 1.x P 2 : y 2 = A 2.x 2 + B 2.x P 3 : y 3 = A 3.x 2 + B 3.x P 4 : y 4 = A 4.x 2 + B 4.x... com y 0 para todas elas. É correto afirmar que A 101 e B 101, respectivamente, valem: (C) (D) (A) (B) (C) (D) (E) (E) 8

9 39 INFORMÁTICA 41 Uma CPU X rodou um programa P em 30 segundos, enquanto que uma CPU Y rodou o mesmo programa P em 20 segundos. O desempenho de Y em relação a X foi: (A) 60% inferior. (B) 1/5 inferior. (C) 1/3 superior. (D) 50% superior. (E) 2/3 superior. Um plano secciona uma esfera a 1m do seu centro, formando um círculo com 8πm 2 de área. O volume dessa esfera, em m 3, vale: (A) (C) (E) 36π π 3 38 π 3 (B) 12π (D) 18π 42 Um arquivo está selecionado no Windows Explorer. Após confirmação, que ação ocorrerá com o arquivo ao serem pressionadas as teclas SHIFT e DEL simultaneamente? (A) Desfragmentação dos blocos contíguos. (B) Envio para a lixeira, com possível recuperação futura. (C) Compactação em background. (D) Backup imediato de segurança. (E) Remoção direta, sem passar pela lixeira. 43 Na Internet, um dos papéis do DNS é o(a): (A) bloqueio de ataques distribuídos de negação de serviço. (B) roteamento de pacotes IP pelo melhor caminho possível. (C) criptografia de dados das redes sem fio (wireless). (D) resolução de nomes de domínios em endereços IP. (E) coleta de estatísticas de acesso via protocolo HTTP. 44 Um Pen Drive (Flash Drive) pode ser conectado ao computador por meio da interface: (A) AGP. (B) ROM. (C) USB. (D) Floppy. (E) Flash M2048. Duas torres de controle, B e C, ambas com 40m de altura, avistam um mesmo avião A com ângulos de elevação de 45 e 30, respectivamente. A distância entre as torres é de 3km. Se A, B e C estão no mesmo plano vertical, qual a altura do avião, em metros, com relação ao solo? (A) (B) (C) (D) (E) Em impressoras, as medidas DPI e PPM determinam, respectivamente, a(o): (A) resolução e a velocidade. (B) duração do cartucho e a memória. (C) velocidade e o consumo de energia. (D) tempo de garantia e a resolução. (E) consumo de energia e a memória. 46 Que técnica é utilizada em programas de antivírus para detecção de vírus desconhecidos? (A) md5. (B) Heurística. (C) Imunização. (D) Quarentena. (E) Backdoor.

10 47 No Windows XP, qual o objetivo do recurso de atualizações automáticas? (A) Manter o sistema operacional atualizado. (B) Atualizar a base de dados da Microsoft com informações de hardware. (C) Receber notícias RSS diretamente de portais da Internet. (D) Manter o relógio do sistema sincronizado mundialmente. (E) Reiniciar automaticamente o computador em caso de falha. 48 Observe o fragmento de uma planilha de cálculo. Qual o valor da célula D1? (A) 0 (B) 60 (C) 90 (D) 610 (E) No editor de textos Wordpad, disponível na instalação padrão do Windows XP, qual a função do botão acima? (A) Enviar um . (B) Deletar o parágrafo selecionado. (C) Imprimir o documento. (D) Alterar a senha do arquivo. (E) Duplicar o texto selecionado. 50 Uma empresa faz backup completo (full, com duração de 2h) de seus arquivos, semanalmente, sempre aos domingos às 18h. Diariamente, um backup incremental é realizado às 21h. Em uma determinada quinta-feira, houve uma pane às 15h, ocasionando a perda total dos arquivos. Com base nestas informações, assinale a afirmativa correta. (A) Para recuperação dos arquivos até a última posição possível, serão necessários somente os backups de domingo e quarta-feira. (B) Para recuperação dos arquivos até a última posição possível, serão necessários os backups de domingo a quarta-feira, indispensavelmente. (C) A recuperação poderá ser feita a partir dos backups de segunda a quarta-feira, sem a necessidade do backup de domingo. (D) Arquivos gravados na quinta-feira às 14h serão recuperados a partir dos backups de domingo e quarta-feira. (E) Todos os arquivos gravados na quinta-feira serão perdidos, exceto os menores que 1 MB FÍSICA Em tubos sonoros fechados, pode ocorrer a formação de uma onda estacionária. Neste caso, formam-se nós e ventres, sendo um dos nós na extremidade fechada e um dos ventres na extremidade aberta, como ilustram as figuras. Uma caixa de som colocada na entrada de um longo corredor sem saída emite um som cuja freqüência é 85Hz. A velocidade de propagação do som no local é 340m/s. É correto afirmar que o som produzido tem intensidade: (A) mínima a 2,5m da caixa de som. (B) mínima a 4,0m da caixa de som. (C) máxima a 2,5m da caixa de som. (D) máxima a 3,0m da caixa de som. (E) máxima a 4,0m da caixa de som. 52 Um projétil será lançado obliquamente do solo com velocidade inicial de 80m/s e ângulo de 60 com a horizontal. Desprezando-se a resistência do ar e considerando-se a gravidade local igual a 10m/s 2 e o solo horizontal, a que distância, em metros, do ponto de lançamento o projétil volta a atingir o chão? (A) 320 (B) 320 (C) 160 (D) 160 (E) Um calorímetro tem capacidade térmica de 12,0cal/ C e sua temperatura é 25 C. Um certo líquido de calor específico 0,5cal/g C cuja temperatura é 38 C será armazenado no calorímetro. Que massa desse líquido, em gramas, é necessária para que o equilíbrio térmico seja estabelecido a 35 C? (A) 50 (B) 60 (C) 70 (D) 80 (E) 90

11 54 Um avião voa em círculo com velocidade de 342km/h, a uma altitude constante na qual a aceleração da gravidade vale 9,5m/s 2. As asas do avião formam um ângulo de 45 com a direção da força peso, que atua sobre o avião juntamente com uma força de sustentação. Assim, o raio do círculo descrito pelo avião, em metros, é igual a: (A) 950 (B) 900 (C) 850 (D) 800 (E) A declinação magnética de um certo lugar corresponde ao ângulo formado, no local, pelos meridianos magnético e geográfico. A inclinação magnética de um certo lugar corresponde ao ângulo que a agulha de uma bússola faz, no local, com o plano horizontal. A esse respeito, é correto afirmar que o(a): (A) norte das bússolas sempre aponta para o norte geográfico. (B) norte das bússolas sempre aponta para o norte magnético. (C) inclinação magnética é praticamente nula nos pólos. (D) inclinação magnética é mais acentuada nas proximidades dos pólos. (E) declinação magnética em um certo local é sempre a mesma. 56 Dois pulsos propagam-se ao longo de uma corda esticada, em sentidos contrários. O primeiro pulso propaga-se com velocidade de 2,5m/s e sua amplitude é de 10cm e o segundo, com a mesma velocidade escalar, mas com deslocamento vertical invertido e amplitude de 6cm. Em certo instante, a distância entre eles é de 30m. O tempo, em segundos, necessário para que os pulsos se encontrem, e a amplitude do pulso formado pela sua superposição, em cm, respectivamente, são: (A) 4 e 6 (B) 6 e 4 (C) 6 e 16 (D) 10 e 4 (E) 10 e Um corpo de massa m=15kg desloca-se em linha reta com velocidade horizontal de intensidade 6m/s. Esse corpo recebe um impulso de tal forma que passa a ter uma velocidade perpendicular a e de intensidade 8m/s. O módulo desse impulso, em N.s, é: (A) 210 (B) 180 (C) 150 (D) 120 (E) Um remador, treinando em um rio, parte de um certo cais e sobe o rio remando contra a corrente. Ao fim de 1km, ele cruza com uma tora de madeira, que desce o rio levada pela correnteza. Ele continua a remar rio acima durante mais meia hora e então volta, sempre remando no mesmo ritmo, só que agora a favor da correnteza. O remador passa em frente ao cais, de onde partira, junto com a tal tora de madeira. Qual a velocidade da correnteza do rio, em km/h? (A) 1,5 (B) 1,4 (C) 1,2 (D) 1,1 (E) 1,0 59 Sobre um ponto material de massa desprezível, aplicam-se duas forças de mesma intensidade = 10N que formam, entre si, um ângulo de 120. Para que o ponto fique em equilíbrio, pode-se aplicar uma terceira força cujo módulo, em newtons, deverá ser de: (A) 20 (B) 15 (C) 10 (D) 8 (E) 5 60 Uma prancha de 2,00m x 1,00m x 0,08m encontra-se flutuando sobre a água de uma piscina, estando totalmente emersa. Um corpo de 100kg será colocado sobre a prancha, o que fará com que parte da mesma fique submersa. Se a densidade da água vale 1000kg/m 3, qual será, em centímetros, a altura h da parte submersa? (A) 4 (B) 5 (C) 6 (D) 7 (E) 8 11

COMENTÁRIO Questão de Hardware/Processador. De acordo com a definição do Livro de Desempenho do professor Morgan Kaufmann, é dito:

COMENTÁRIO Questão de Hardware/Processador. De acordo com a definição do Livro de Desempenho do professor Morgan Kaufmann, é dito: CONTROLADOR DE TRÁFEGO AÉREO - CESGRANRIO Comentário da prova realizada dia 21/01/2007. 41. Uma CPU X rodou um programa Perfume em 30 segundos, enquanto que uma CPU Y rodou o mesmo programa Perfume em

Leia mais

www.leitejunior.com.br 03/04/2012 13:47 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 03/04/2012 AO VIVO

www.leitejunior.com.br 03/04/2012 13:47 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 03/04/2012 AO VIVO 03/04/2012 13:47 QUESTÕES CESGRANRIO 03/04/2012 AO VIVO CONCURSO: TCE - RONDÔNIA CARGO: AGENTE ADMINISTRATIVO QUESTÃO 21 - No Microsoft Word, qual a extensão de um arquivo do tipo modelo de documento?

Leia mais

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I GESTÃO DA QUALIDADE LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I GESTÃO DA QUALIDADE LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 7 EDITAL N o 04/2013 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - O candidato recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 8 (oito) questões discursivas, sem

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. FORMAÇÃO: ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE (2 a FASE)

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. FORMAÇÃO: ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE (2 a FASE) 02 TARDE SETEMBRO / 2010 FORMAÇÃO: ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE (2 a FASE) LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este Caderno, com o enunciado das

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE) 2 a FASE 16 BNDES EDITAL N o N 02/2011 o 01/2012 - () 2 a FASE 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 5 (cinco)

Leia mais

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES O BANCO DO DESENVOLVIMENTO DE TODOS OS BRASILEIROS BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES JANEIRO / 2008 PROVA DISCURSIVA PROFISSIONAL BÁSICO - LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. (FORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. (FORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL) 2 a FASE 10 EDITAL N o 02/2011 (FORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL) 2 a FASE 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das

Leia mais

UNIDADE 10 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO LISTA DE EXERCÍCIOS

UNIDADE 10 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO LISTA DE EXERCÍCIOS INTRODUÇÃO À FÍSICA turma MAN 26/2 profa. Marta F. Barroso UNIDADE 1 LISTA DE EXERCÍCIOS UNIDADE 1 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO Exercício 1 Movendo-se com velocidade constante de 15 m/s, um trem, cujo

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 2011 1 a QUESTÃO Valor: 1,00 Um varal de roupas foi construído utilizando uma haste rígida DB de massa desprezível, com

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL CASA DA MOEDA DO BRASIL SETEMBRO 005 ALMOXARIFE e CONTROLADOR OLADOR DE PRODUÇÃO 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este caderno, com o enunciado

Leia mais

CARGOS DE CLASSE D TÉCNICO DE ELETRÔNICA E TÉCNICO DE LABORATÓRIO / ÁREA: ELETRÔNICA

CARGOS DE CLASSE D TÉCNICO DE ELETRÔNICA E TÉCNICO DE LABORATÓRIO / ÁREA: ELETRÔNICA 7 CEFET CARGOS DE CLASSE D TÉCNICO DE ELETRÔNICA E TÉCNICO DE LABORATÓRIO LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - O candidato recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com

Leia mais

Programa de Retomada de Conteúdo - 3º Bimestre

Programa de Retomada de Conteúdo - 3º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Programa de Retomada de Conteúdo

Leia mais

de energia anteriores representa a forma correta de energia.

de energia anteriores representa a forma correta de energia. 1 a fase Nível II Ensino Médio 1ª e 2ª séries LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO: 01) Esta prova dest ina-se exclusivamente a alunos das 1ª e 2ª séries do ensino médio. Ela contém vinte e cinco questões.

Leia mais

18 a QUESTÃO Valor: 0,25

18 a QUESTÃO Valor: 0,25 6 a A 0 a QUESTÃO FÍSICA 8 a QUESTÃO Valor: 0,25 6 a QUESTÃO Valor: 0,25 Entre as grandezas abaixo, a única conservada nas colisões elásticas, mas não nas inelásticas é o(a): 2Ω 2 V 8Ω 8Ω 2 Ω S R 0 V energia

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ARQUIVOLOGIA) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ARQUIVOLOGIA) 2 a FASE 18 BNDES EDITAL N o N 02/2011 o 01/2012 - () 2 a FASE LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 5 (cinco)

Leia mais

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização. 04/12/2011 Física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL CASA DA MOEDA DO BRASIL GABARITO 4 PROVA ROSA SETEMBRO 2005 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este caderno, com o enunciado das 30 questões das

Leia mais

Exercícios cinemática MCU, Lançamento horizontal e Oblíquo

Exercícios cinemática MCU, Lançamento horizontal e Oblíquo Física II Professor Alexandre De Maria Exercícios cinemática MCU, Lançamento horizontal e Oblíquo COMPETÊNCIA 1 Compreender as Ciências Naturais e as tecnologias a elas associadas como construções humanas,

Leia mais

Lista 1 Cinemática em 1D, 2D e 3D

Lista 1 Cinemática em 1D, 2D e 3D UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ESTUDOS BÁSICOS E INSTRUMENTAIS CAMPUS DE ITAPETINGA PROFESSOR: ROBERTO CLAUDINO FERREIRA DISCIPLINA: FÍSICA I Aluno (a): Data: / / NOTA: Lista

Leia mais

User Guide Manual de Utilizador

User Guide Manual de Utilizador 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE User Guide Manual de Utilizador 2014 1Life Simplify it All rights reserved. www.1-life.eu 2 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE ENGLISH USER GUIDE...4 MANUAL DE UTILIZADOR PORTUGUÊS...18

Leia mais

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA 2 o DIA MANHÃ GRUPO 2 Novembro / 2011 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este

Leia mais

AULA: 19.2 Conteúdo: Gêneros literários: cordel, conto e romance. INTERATIVIDADE FINAL LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

AULA: 19.2 Conteúdo: Gêneros literários: cordel, conto e romance. INTERATIVIDADE FINAL LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA : 19.2 Conteúdo: Gêneros literários: cordel, conto e romance. Habilidades: Compreender as características que compõem os gêneros discursivos. REVISÃO Produzindo a Literatura Repente Literatura de cordel

Leia mais

Programa de Revisão Paralela 4º Bimestre

Programa de Revisão Paralela 4º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Programa de Revisão Paralela 4º Bimestre

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL CASA DA MOEDA DO BRASIL SETEMBRO 00 TÉCNICA 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este caderno, com o enunciado das 30 questões das Provas Objetivas,

Leia mais

Exercícios sobre Movimentos Verticais

Exercícios sobre Movimentos Verticais Exercícios sobre Movimentos Verticais 1-Uma pedra, deixada cair do alto de um edifício, leva 4,0 s para atingir o solo. Desprezando a resistência do ar e considerando g = 10 m/s 2, escolha a opção que

Leia mais

EXAME DISCURSIVO 2ª fase

EXAME DISCURSIVO 2ª fase EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 MATEMÁTICA Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Matemática. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

CINEMÁTICA SUPER-REVISÃO REVISÃO

CINEMÁTICA SUPER-REVISÃO REVISÃO Física Aula 10/10 Prof. Oromar Baglioli UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA

Leia mais

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2009

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2009 Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá Vestibular 2009 PROVA ANALÍÍTIICO--DIISCURSSIIVA 2ªª Fase 05//01//2009 Tiipo de Prrova B05 Nome do Candidato: Nº de Inscrição Curso: 1. Este caderno

Leia mais

Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de Admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx

Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de Admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de dmissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx Questão Concurso 009 Uma partícula O descreve um movimento retilíneo uniforme e está

Leia mais

Exemplos de aceleração Constante 1 D

Exemplos de aceleração Constante 1 D Exemplos de aceleração Constante 1 D 1) Dada a equação de movimento de uma partícula em movimento retilíneo, s=-t 3 +3t 2 +2 obtenha: a) A velocidade média entre 1 e 4 segundos; e) A velocidade máxima;

Leia mais

www.leitejunior.com.br 29/06/2012 14:30 Leite Júnior QUESTÕES CESPE BACKUP

www.leitejunior.com.br 29/06/2012 14:30 Leite Júnior QUESTÕES CESPE BACKUP QUESTÕES CESPE BACKUP QUESTÃO 01 - Analise as seguintes afirmações relativas a cópias de segurança. I. No Windows é possível fazer automaticamente um backup, em um servidor de rede, dos arquivos que estão

Leia mais

Cinemática Unidimensional

Cinemática Unidimensional Cinemática Unidimensional 1 INTRODUÇÃO Na Cinemática Unidimensional vamos estudar o movimento de corpos e partículas, analisando termos como deslocamento, velocidade, aceleração e tempo.os assuntos que

Leia mais

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer?

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer? MONEY CHANGER Câmbio I d like to exchange some money. Where can I find a money changer? Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Onde posso encontrar um câmbio? I d like to exchange (I would) Where can

Leia mais

Tânia observa um lápis com o auxílio de uma lente, como representado nesta figura:

Tânia observa um lápis com o auxílio de uma lente, como representado nesta figura: PROVA DE FÍSICA QUESTÃO 0 Tânia observa um lápis com o auxílio de uma lente, como representado nesta figura: Essa lente é mais fina nas bordas que no meio e a posição de cada um de seus focos está indicada

Leia mais

QUESTÃO 01. a) Qual a temperatura do forno? b) Qual a variação de energia interna do bloco do latão. QUESTÃO 02

QUESTÃO 01. a) Qual a temperatura do forno? b) Qual a variação de energia interna do bloco do latão. QUESTÃO 02 Quando necessário considere: g = 10 m/s 2, densidade da água = 1 g/cm 3, 1 atm = 10 5 N/m 2, c água = 1 cal/g. 0 C, R = 8,31 J/mol.K, velocidade do som no ar = 340 m/s e na água = 1500 m/s, calor específico

Leia mais

FÍSICA. Questões de 01 a 04

FÍSICA. Questões de 01 a 04 GRUPO 1 TIPO A FÍS. 1 FÍSICA Questões de 01 a 04 01. Considere uma partícula presa a uma mola ideal de constante elástica k = 420 N / m e mergulhada em um reservatório térmico, isolado termicamente, com

Leia mais

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão III

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão III Questões COVEST Física Mecânica Prof. Rogério Porto Assunto: Cinemática em uma Dimensão III 1. Um atleta salta por cima do obstáculo na figura e seu centro de gravidade atinge a altura de 2,2 m. Atrás

Leia mais

-----> V = 73,3V. Portanto: V2 = 73,3V e V1 = 146,6V, com isso somente L1 brilhará acima do normal e provavelmente queimará.

-----> V = 73,3V. Portanto: V2 = 73,3V e V1 = 146,6V, com isso somente L1 brilhará acima do normal e provavelmente queimará. TC 3 UECE 01 FASE POF.: Célio Normando Conteúdo: Lâmpadas Incandescentes 1. A lâmpada incandescente é um dispositivo elétrico que transforma energia elétrica em energia luminosa e energia térmica. Uma

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 1 a QUESTÃO Valor: 1,00 A L 0 H mola apoio sem atrito B A figura acima mostra um sistema composto por uma parede vertical

Leia mais

γ = 5,0m/s 2 2) Cálculo da distância percorrida para a velocidade escalar reduzir-se de 30m/s para 10m/s. V 2 2

γ = 5,0m/s 2 2) Cálculo da distância percorrida para a velocidade escalar reduzir-se de 30m/s para 10m/s. V 2 2 OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representado por g. Quando necessário, adote: para g, o valor 10 m/s 2 ; para a massa específica

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL CASA DA MOEDA DO BRASIL GABARITO 1 PROVA AMARELA SETEMBRO 2005 AJUDANTE, ANTE, AUXILIAR DE PRODUÇÃO/ARMAZEN ODUÇÃO/ARMAZENAGEM, OPERADOR DE 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE

Leia mais

Professor : Vinicius Jacques Data: 03/08/2010 EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES / LEIS DE NEWTON

Professor : Vinicius Jacques Data: 03/08/2010 EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES / LEIS DE NEWTON Aluno (a): N Série: 1º Professor : Vinicius Jacques Data: 03/08/2010 Disciplina: FÍSICA EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES / LEIS DE NEWTON 01. Explique a função do cinto de segurança de um carro, utilizando o

Leia mais

Neste ano estudaremos a Mecânica, que divide-se em dois tópicos:

Neste ano estudaremos a Mecânica, que divide-se em dois tópicos: CINEMÁTICA ESCALAR A Física objetiva o estudo dos fenômenos físicos por meio de observação, medição e experimentação, permite aos cientistas identificar os princípios e leis que regem estes fenômenos e

Leia mais

Caderno de Provas Processo Seletivo Para Tutores - 2011

Caderno de Provas Processo Seletivo Para Tutores - 2011 INSTRUÇÕES: Caderno de Provas Processo Seletivo Para Tutores - 2011 1. Aguarde autorização para abrir o caderno da prova. 2. Assine no local indicado. 3. A prova é individual e sem consultas, portanto

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013 ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AO SEGUINTE CARGO: Auxiliar de Serviços Gerais I PROVAS DE

Leia mais

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO A prova de física exigiu um bom conhecimento dos alunos. Há questões relacionadas principalmente com a investigação e compreensão dos

Leia mais

O BANCO DO DESENVOLVIMENTO PROVA DISCURSIVA PROFISSIONAL BÁSICO - CIÊNCIAS CONTÁBEIS LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

O BANCO DO DESENVOLVIMENTO PROVA DISCURSIVA PROFISSIONAL BÁSICO - CIÊNCIAS CONTÁBEIS LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 04 NOVEMBRO / 2009 O BANCO DO DESENVOLVIMENTO PROVA DISCURSIVA PROFISSIONAL BÁSICO - CIÊNCIAS CONTÁBEIS (2 a FASE) LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material:

Leia mais

Código: FISAP Disciplina: Física Aplicada Preceptores: Marisa Sayuri e Rodrigo Godoi Semana: 05/11/2015 14/11/2015

Código: FISAP Disciplina: Física Aplicada Preceptores: Marisa Sayuri e Rodrigo Godoi Semana: 05/11/2015 14/11/2015 Código: FISAP Disciplina: Física Aplicada Preceptores: Marisa Sayuri e Rodrigo Godoi Semana: 05/11/2015 14/11/2015 1) Certo dia, uma escaladora de montanhas de 75 kg sobe do nível de 1500 m de um rochedo

Leia mais

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho GUIÃO A 1º Momento Intervenientes e Tempos Descrição das actividades Good morning / afternoon / evening, A and B. For about three minutes, I would like

Leia mais

Questão 57. Questão 58. alternativa D. alternativa C. seu mostrador deverá indicar, para esse mesmo objeto, o valor de

Questão 57. Questão 58. alternativa D. alternativa C. seu mostrador deverá indicar, para esse mesmo objeto, o valor de OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representado por g. Quando necessário, adote: para g, o valor 10 m/s ; para a massa específica

Leia mais

Vamos relatar alguns fatos do dia -a- dia para entendermos a primeira lei de Newton.

Vamos relatar alguns fatos do dia -a- dia para entendermos a primeira lei de Newton. CAPÍTULO 8 As Leis de Newton Introdução Ao estudarmos queda livre no capítulo cinco do livro 1, fizemos isto sem nos preocuparmos com o agente Físico responsável que provocava a aceleração dos corpos em

Leia mais

Resolução Comentada CEFET/MG - 2 semestre 2014

Resolução Comentada CEFET/MG - 2 semestre 2014 Resolução Comentada CEFET/MG - 2 semestre 2014 01 - A figura mostra um sistema massa-mola que pode oscilar livremente, sem atrito, sobre a superfície horizontal e com resistência do ar desprezível. Nesse

Leia mais

Guião M. Descrição das actividades

Guião M. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Inovação Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião M Intervenientes

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE FÍSICA 2 a SÉRIE

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE FÍSICA 2 a SÉRIE ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE FÍSICA 2 a SÉRIE Nome: Nº Série: 2º EM Data: / /2015 Professores Gladstone e Gromov Assuntos a serem estudados - Movimento Uniforme. Movimento Uniformemente Variado. Leis

Leia mais

Versão 1. Nome do aluno: N.º: Turma: Atenção! Não vires esta página até receberes a indicação para o fazeres.

Versão 1. Nome do aluno: N.º: Turma: Atenção! Não vires esta página até receberes a indicação para o fazeres. Teste Intermédio de Inglês Parte III Compreensão do oral Versão 1 Teste Intermédio Inglês Versão 1 Duração do Teste: 15 minutos 22.02.2013 9.º Ano de Escolaridade Escola: Nome do aluno: N.º: Turma: Classificação

Leia mais

Bom trabalho! DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL. SÉRIE: 2 a EM NOME COMPLETO:

Bom trabalho! DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL. SÉRIE: 2 a EM NOME COMPLETO: DISCIPLINA: FÍSICA PROFESSOR: Erich/ André DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2 a EM Circule a sua turma: Funcionários: 2 o A 2ºB Anchieta:2 o NOME COMPLETO:

Leia mais

TIPO-A FÍSICA. r 1200 v média. Dado: Aceleração da gravidade: 10 m/s 2. Resposta: 27

TIPO-A FÍSICA. r 1200 v média. Dado: Aceleração da gravidade: 10 m/s 2. Resposta: 27 1 FÍSICA Dado: Aceleração da gravidade: 10 m/s 01. Considere que cerca de 70% da massa do corpo humano é constituída de água. Seja 10 N, a ordem de grandeza do número de moléculas de água no corpo de um

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

LIQUIGÁS LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

LIQUIGÁS LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 13 LIQUIGÁS EDITAL N o 1, LIQUIGÁS PSP - 01/2013 Conhecimentos Básicos para oa Cargos 4 a 13 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES,

Leia mais

Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade Avaliação Sumativa - Ciências Físico - Químicas 11.º Ano - Ano Lectivo 09/10

Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade Avaliação Sumativa - Ciências Físico - Químicas 11.º Ano - Ano Lectivo 09/10 Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade Avaliação Sumativa - Ciências Físico - Químicas 11.º Ano - Ano ectivo 09/10 Duração da Actividade: 90 minutos Data: 04/ 12 / 09 Responda com clareza às questões

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO) 2 a FASE 14 BNDES EDITAL N o N 02/2011 o 01/2012 - () 2 a FASE LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 5 (cinco)

Leia mais

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO DE PETRÓLEO E DERIVADOS... QUESTÃO 21 - Um determinado usuário trabalha em uma rede que possui o servidor anpout.gov.br para envio de e-mails e o servidor anpin.gov.br

Leia mais

Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA

Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA Caderno de Provas MATEMÁTICA Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA Use apenas caneta esferográfica azul ou preta. Escreva o seu nome completo e o número do seu

Leia mais

As leis de Newton e suas aplicações

As leis de Newton e suas aplicações As leis de Newton e suas aplicações Disciplina: Física Geral e Experimental Professor: Carlos Alberto Objetivos de aprendizagem Ao estudar este capítulo você aprenderá: O que significa o conceito de força

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: MONITOR DE INCLUSÃO DIGITAL CADERNO DE PROVAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: MONITOR DE INCLUSÃO DIGITAL CADERNO DE PROVAS CADERNO DE PROVAS 1 A prova terá a duração de duas horas, incluindo o tempo necessário para o preenchimento do gabarito. 2 Marque as respostas no caderno de provas, deixe para preencher o gabarito depois

Leia mais

7] As polias indicadas na figura se movimentam em rotação uniforme, ligados por um eixo fixo.

7] As polias indicadas na figura se movimentam em rotação uniforme, ligados por um eixo fixo. Colégio Militar de Juiz de Fora Lista de Exercícios C PREP Mil Prof.: Dr. Carlos Alessandro A. Silva Cinemática: Vetores, Cinemática Vetorial, Movimento Circular e Lançamento de Projéteis. Nível I 1] Dois

Leia mais

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS 1 a LISTA DE EXERCÍCIOS DE MECÂNICA - NOTURNO. Sejam 3 vetores a, b e c dados por.

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS 1 a LISTA DE EXERCÍCIOS DE MECÂNICA - NOTURNO. Sejam 3 vetores a, b e c dados por. Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS 1 a LISTA DE EXERCÍCIOS DE MECÂNICA - NOTURNO Questão 1 Sejam 3 vetores a, b e c dados por a = (2, 1, 3), b = ( 1, 1, 0) e c = (0, 2, 1). Determine: a)

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL CASA DA MOEDA DO BRASIL SETEMBRO 2005 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este caderno, com o enunciado das 30 questões das Provas Objetivas, sem

Leia mais

Qual gráfico expressa as intensidades das forças que a Terra exerce sobre cada satélite em função do tempo?

Qual gráfico expressa as intensidades das forças que a Terra exerce sobre cada satélite em função do tempo? 1. (Enem 2013) A Lei da Gravitação Universal, de Isaac Newton, estabelece a intensidade da força de atração entre duas massas. Ela é representada pela expressão: F G mm d 1 2 2 onde m1 e m2 correspondem

Leia mais

INSS CESGRANRIO JAN/2005 5. FCC ABRIL 2006 1. Atualizada 18/06/2007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1

INSS CESGRANRIO JAN/2005 5. FCC ABRIL 2006 1. Atualizada 18/06/2007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1 FCC ABRIL 2006 1. CESGRANRIO JAN/2005 5. 6. 2. 7. 3. 8. 9. 4. Atualizada 18/06/2007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1 [[[[ INSS 10. CESGRANRIO JAN 2005

Leia mais

Lista de exercícios comitê. (Professor BOB)

Lista de exercícios comitê. (Professor BOB) Lista de exercícios comitê (Professor BOB) 1. (Fuvest) Dois carros, A e B, movem-se no mesmo sentido, em uma estrada reta, com velocidades constantes VÛ=l00km/h e V½=80km/h, respectivamente. a) Qual é,

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

E P E ADVOGADO ÁREA JURÍDICA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

E P E ADVOGADO ÁREA JURÍDICA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 E P E ADVOGADO ÁREA JURÍDICA EDITAL N o 001/2012 - EPE LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este caderno, com os enunciados das 50 (cinquenta) questões

Leia mais

Licenciatura em Engenharia de Telecomunicações e Informática. 1ª Parte Frequência

Licenciatura em Engenharia de Telecomunicações e Informática. 1ª Parte Frequência ISCTE Ano Lectivo 2005/2006 Licenciatura em Engenharia de Telecomunicações e Informática Física Frequência / 2º Teste Duração: Frequência 3h, Teste 1h 30min. Não é permitido o uso de telemóveis durante

Leia mais

(S.I.) = 10 + 6 3) (FP) O

(S.I.) = 10 + 6 3) (FP) O Lista Cinemática 1) (FP) Um motorista pretende realizar uma viagem com velocidade média de 90 km/h. A primeira terça parte do percurso é realizada à 50km/h e os próximos 3/5 do restante é realizado à 80

Leia mais

Gráficos: Q2)Para cada função posição x(t) diga se a aceleração é positiva, negativa ou nula.

Gráficos: Q2)Para cada função posição x(t) diga se a aceleração é positiva, negativa ou nula. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA-CFM DEPARTAMENTO DE FÍSICA FSC 5107 FÍSICA GERAL IA Semestre 2012.2 LISTA DE EXERCÍCIOS 2 - MOVIMENTO EM UMA DIMENSÃO Gráficos: Q1) Para cada gráfico seguinte de

Leia mais

UNOCHAPECÓ Lista 03 de exercícios Mecânica (lançamento de projéteis) Prof: Visoli

UNOCHAPECÓ Lista 03 de exercícios Mecânica (lançamento de projéteis) Prof: Visoli UNOCHAPECÓ Lista 03 de exercícios Mecânica (lançamento de projéteis) Prof: Visoli 1. A figura abaixo mostra o mapa de uma cidade em que as ruas retilíneas se cruzam perpendicularmente e cada quarteirão

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL 17 CASA DA MOEDA DO BRASIL TÉCNICO INDUSTRIAL PROJETOS MECÂNICOS LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N o 01/2012 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este caderno,

Leia mais

Física PRÉ VESTIBULAR / / Aluno: Nº: Turma: PRÉ-VESTIBULAR

Física PRÉ VESTIBULAR / / Aluno: Nº: Turma: PRÉ-VESTIBULAR PRÉ VESTIBULAR Física / / PRÉ-VESTIBULAR Aluno: Nº: Turma: Exercícios: Doppler, cordas e tubos sonoros. 01. Observe as afirmações referentes às ondas sonoras: I) Sons de maior frequência têm maior velocidade.

Leia mais

Questão 46. o diagrama horário da velocidade escalar, cuja ilustração correta para esse movimento. a) d)

Questão 46. o diagrama horário da velocidade escalar, cuja ilustração correta para esse movimento. a) d) Questão 46 b) Sobre um trilho reto, uma pequena esfera descreve um movimento uniformemente variado. Um estudante resolveu analisar esse movimento e construiu o gráfico do espaço percorrido (S) em função

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12

LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12 LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12 Questão 01) Quando uma pessoa se aproxima de um espelho plano ao longo da direção perpendicular a este e com uma velocidade de módulo 1 m/s, é correto afirmar que

Leia mais

FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES

FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 2015 1 a QUESTÃO Valor: 1,00 Uma mola comprimida por uma deformação x está em contato com um corpo de massa m, que se encontra

Leia mais

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças 1) (UNIGRANRIO) Um veículo de massa 1200kg se desloca sobre uma superfície plana e horizontal. Em um determinado instante passa a ser acelerado uniformemente, sofrendo uma variação de velocidade representada

Leia mais

a. Efetivos b. Autônomos c. Comissionados d. Empregados

a. Efetivos b. Autônomos c. Comissionados d. Empregados CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES 1. Segundo o Art. 5º do Estatuto do Servidor Público Municipal de Bom Jardim da Serra, quanto às formas de provimento os cargos públicos dividem-se em, exceto: a. Efetivos

Leia mais

AJUDANTE DE MOTORISTA GRANEL I

AJUDANTE DE MOTORISTA GRANEL I 06 LIQUIGÁS EDITAL N o 1, LIQUIGÁS PSP - 02/2012 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este caderno, com o enunciado das 30 (trinta) questões objetivas,

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Lista de Exercícios - Movimento em uma dimensão

Lista de Exercícios - Movimento em uma dimensão UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FÍSICA E MATEMÁTICA Departamento de Física Disciplina: Física Básica II Lista de Exercícios - Movimento em uma dimensão Perguntas 1. A Figura 1 é uma gráfico

Leia mais

Questão 57. Questão 58. Questão 59. alternativa C. alternativa C

Questão 57. Questão 58. Questão 59. alternativa C. alternativa C Questão 57 Um automóvel e um ônibus trafegam em uma estrada plana, mantendo velocidades constantes em torno de 100 km/h e 75 km/h, respectivamente. Os dois veículos passam lado a lado em um posto de pedágio.

Leia mais

grandeza do número de elétrons de condução que atravessam uma seção transversal do fio em segundos na forma, qual o valor de?

grandeza do número de elétrons de condução que atravessam uma seção transversal do fio em segundos na forma, qual o valor de? Física 01. Um fio metálico e cilíndrico é percorrido por uma corrente elétrica constante de. Considere o módulo da carga do elétron igual a. Expressando a ordem de grandeza do número de elétrons de condução

Leia mais

4. A função horária do espaço de um móvel é S = 10 + 5t (SI). Qual a posição desse móvel no instante t = 2 s? a) 10 m b) 15 m c) 20 m d) 30 m e) 40 m

4. A função horária do espaço de um móvel é S = 10 + 5t (SI). Qual a posição desse móvel no instante t = 2 s? a) 10 m b) 15 m c) 20 m d) 30 m e) 40 m 1. A distância entre duas cidades A e B, de 546 km, é percorrida por um ônibus em 8 h. O primeiro trecho de 120 km é percorrido com velocidade constante de 50 km/h e o segundo trecho de 156km com velocidade

Leia mais

C A D E R N O D E P R O V A S

C A D E R N O D E P R O V A S C ONCURSO PÚBLICO 03 / JUNHO / 2012 CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA MINAS GERAIS C A D E R N O D E P R O V A S CADERNO 7 CARGOS: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS RECEPCIONISTA E TELEFONISTA PROVAS: PORTUGUÊS MATEMÁTICA

Leia mais

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO COMENTÁRIO GERAL DOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO Uma prova, para avaliar tantos candidatos deve ser sempre bem dosada como foi a deste ano. Houve tanto questões de interpretação (6) como de gramática

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL CASA DA MOEDA DO BRASIL GABARITO 1 PROVA AMARELA SETEMBRO 200 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este caderno, com o enunciado das 30 questões das

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais

Tópico 02: Movimento Circular Uniforme; Aceleração Centrípeta

Tópico 02: Movimento Circular Uniforme; Aceleração Centrípeta Aula 03: Movimento em um Plano Tópico 02: Movimento Circular Uniforme; Aceleração Centrípeta Caro aluno, olá! Neste tópico, você vai aprender sobre um tipo particular de movimento plano, o movimento circular

Leia mais

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them?

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them? GUIÃO A Prova construída pelos formandos e validada pelo GAVE, 1/7 Grupo: Chocolate Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas 1º Momento Intervenientes

Leia mais

Física. Resolução. Q uestão 01 - A

Física. Resolução. Q uestão 01 - A Q uestão 01 - A Uma forma de observarmos a velocidade de um móvel em um gráfico d t é analisarmos a inclinação da curva como no exemplo abaixo: A inclinação do gráfico do móvel A é maior do que a inclinação

Leia mais

b) A distância X, em km, entre o receptor R, no avião, e o ponto O.

b) A distância X, em km, entre o receptor R, no avião, e o ponto O. 1. (Fuvest 94) Dois carros, A e B, movem-se no mesmo sentido, em uma estrada reta, com velocidades constantes Va = 100 km/h e Vb = 80 km/h, respectivamente. a) Qual é, em módulo, a velocidade do carro

Leia mais

GABARITO DO SIMULADO DISCURSIVO

GABARITO DO SIMULADO DISCURSIVO GABARITO DO SIMULADO DISCURSIVO 1. (Unifesp 013) O atleta húngaro Krisztian Pars conquistou medalha de ouro na olimpíada de Londres no lançamento de martelo. Após girar sobre si próprio, o atleta lança

Leia mais