ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO GRADEAMENTO NO PRÉDIO DO POSTO DE NOVA PRATA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO GRADEAMENTO NO PRÉDIO DO POSTO DE NOVA PRATA"

Transcrição

1 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO GRADEAMENTO NO PRÉDIO DO POSTO DE NOVA PRATA 1. APRESENTAÇÃO: 1.1. A presente especificação trata da confecção e da instalação de grades, portas / portões e cortinas metálicos, e demais serviços correlatos ao perfeito acabamento e funcionamento das instalações no novo prédio do Posto de Nova Prata. O local a ser atingido pela reforma está situado na R. Luiz Marafon, lotes 3 e 4 da quadra H, no loteamento Dona Nilda. Os serviços incluirão: Confecção e instalação de grades, porta e portão de ferro; Confecção e instalação de Cortina metálica; Instalação de cerca elétrica; Serviços correlatos; Limpeza geral com remoção dos entulhos; 1.2. A presente especificação fará parte do Contrato. Pelo fato de apresentar sua proposta, a Contratada reconhece ter examinado cuidadosamente todos os documentos do edital. 2. DISCREPÂNCIAS, PRIORIDADES, INTERPRETAÇÕES: 2.1. Para efeito de interpretação de divergências entre documentos contratuais estabelece-se que: Em caso de divergências entre os desenhos e o caderno de especificações deverá ser consultado este Tribunal, através da Seção de Projetos de Edificações, pelos telefones (51) e (51) Deverá ser observado que nos desenhos constam modelos padrões para cada tipo de gradeamento. Estes modelos devem ser adaptados às dimensões tiradas pela Contratada, no local de execução O orçamento prevalecerá sobre quaisquer divergências Consideram-se incluídos nestes serviços, todos os materiais, mão de obra, acessórios e/ou complementos necessários à completa execução dos serviços, mesmo que não explicitamente descritos nestas especificações, porém necessários à entrega dos serviços perfeitamente prontos e acabados em todos os seus detalhes. 3. RESPONSABILIDADE E GARANTIA 3.1. A Contratada assumirá integral responsabilidade pela boa execução e eficiência dos serviços que efetuar, de acordo com estas especificações técnica, instruções dos fabricantes, desenhos e demais documentos fornecidos. 1

2 4. GRADES DE FERRO PARA ESQUADRIAS 4.1. Todas as janelas externas do primeiro pavimento deverão possuir grades de ferro, com seção quadrada de, no mínimo 10mm de espessura As grades de ferro serão posicionadas verticalmente, com espaçamento de 10cm entre as mesmas. No entanto, deve-se observar o espaçamento de 20x20cm nos locais dos fechos das esquadrias maximo-ar com requadro As grades devem ser colocadas de forma a permitir a abertura de todas as partes móveis das esquadrias, bem como permitir o fácil acesso e manejo de maçanetas, fechaduras e demais mecanismos Deverá ser verificado com atenção as indicações de projeto para a colocação das grades pelo lado interno A porta de grade a ser colocada sobre a porta de vidro, nos fundos da construção, será composta por barras de ferro, com seção quadrada de, no mínimo 10mm de espessura, posicionadas verticalmente, com espaçamento de 10cm entre as mesmas, e travados por quatro barras horizontais retangulares (dimensões 50x6,3mm) seguindo o mesmo padrão das barras verticais. A porta de grade deverá ter porta cadeado na parte central e ferrolho com porta cadeado na parte inferior e superior. Deverá acompanhar o cadeado nos ferrolhos e na parte central das portas. Deverão ser entregues 2 cópias das chaves As grades de ferro das esquadrias deverão ser pintadas com tinta esmalte de cor branca, marca Suvinil ou similar As grades deverão obedecer às dimensões indicadas no Quadro Geral de Esquadrias conforme planta de detalhamento. 5. CORTINA DE AÇO 5.1. Na porta da entrada principal do prédio, junto ao vidro temperado, pela face externa do prédio, deverá ser instalada uma cortina de enrolar, automatizada através de controle remoto, em aço galvanizado, acabamento com chapa metálica Transvision, e pintura eletrostática epóxi, cor alumínio natural, fixada conforme detalhes. Deverão ser fornecidos 2 (dois) controles remotos para acionamento da porta. 6. GRADIL FACHADA FRONTAL 6.1. Nos locais indicados em planta, a saber: fachada principal do prédio, deverão ser instaladas grades, com alturas variadas, conforme definido em planta. Elas deverão ter as mesmas características daquelas já instaladas no local, ou seja, deverão ser em barras de ferro, com seção quadrada, pintado com tinta esmate de cor branca, marca Suvinil ou similar. Os pilares metálicos dos portões basculantes deverão ter uma base de concreto armado de 40x40x40cm, com 5 ferros de 8.0mm nos dois sentidos em cada base. A grade deverá ter 2

3 tubos quadrados de 100mm, nas distâncias indicadas em planta. Os tubos terão proteção na parte superior com chapéu metálico. 7. PORTÕES DE VEÍCULOS 7.1. Para a entrada de veículos no estacionamento, deverão ser instalados quatro portões de ferro, no mesmo padrão da grade. Os portões serão do tipo basculante, dotados de movimentadores elétricos para abertura e fechamento automático. Os movimentadores dos portões serão individuais, de uso comercial, de instalação ao tempo, bivolt, com potência mínima de 1/4 hp, com tempo de abertura ou fechamento de no máximo 16 segundos, com capacidade de no mínimo 20 ciclos por hora, com central de comando microprocessada, com ajuste de embreagem eletrônica, com tempo de pausa para fechamento automático ajustável, dotado de sistema antiesmagamento, com 4 controles remotos de acionamento por movimentador Os portões deverão ser pintados com tinta esmalte de cor branca, marca Suvinil ou similar. 8. GUARDA-CORPO 8.1. Os guarda-corpos existentes em frente aos mastros das bandeiras deverão receber quadros de tela expandida, com malha losangular, diagonais 9x20mm, espessura de chapa igual ou superior a 0,9mm. As telas serão soldados em quadros de tubos de ferro, de seção quadrada, 30x30mm No pavimento superior, deverão ser instalados 2 (dois) novos guarda-corpos em frente e ao lado da escada que dá acesso ao andar. Eles deverão obedecer às mesmas características daquele instalado e reformado em frente aos mastros das bandeiras O novo guarda-corpo e os quadros de tela expandida deverão ser pintados com tinta esmalte de cor branca, marca Suvinil ou similar Os quadros deverão ser fixados nos elementos verticais, através de parafusos tipo parabolt, em número mínimo de 3 (três) por montante Todos os elementos (quadro, montante vertical e tela expandida) serão soldados entre si. 9. CERCA ELÉTRICA 9.1. Deverá ser instalada cerca elétrica com hastes fixadas sob a estrutura dos muros e das grades do perímetro do terreno conforme indicado em projeto, com, no mínimo, seis isoladores em cada uma delas, com fio de aço de repuxo automático As cercas serão dotadas de central de choque pulsativo alimentada da rede existente, backup de energia com bateria de 12V, gerando pulso de choque de alta tensão e baixa corrente. 3

4 9.3. As cercas deverão ainda gerar, além do pulso de choque de 60 (sessenta) vezes por minuto, o disparo sonoro, no caso de tentativa de invasão Todas as cercas elétricas deverão possuir placa identificando o perigo e a presença de eletricidade, conforme determinação legal Deverá ter ART respectiva para a instalação da cerca elétrica. 10. PINTURAS Receberão pintura todo e qualquer elemento novo de ferro, objeto desta contratação, tais como: gradis, portões, guarda-corpos, dentre outros acabamentos A pintura deverá ser com tinta esmalte brilhante, cor branca, marca Suvinil, ou equivalente técnico Antes de qualquer pintura, deverá ser feito o exame da superfície a ser pintada, para ser determinado o tipo de preparo As áreas que receberão pintura, previamente à sua execução, deverão ser lavadas, para remoção completa de resíduos orgânicos e inorgânicos Nas superfícies metálicas a serem pintadas deverá ser usado fundo tipo "Ferlicon" ou similar, aplicado conforme recomendação do fabricante Todas as superfícies a serem pintadas deverão ser lixadas, antes da execução da pintura As tintas deverão ser aplicadas rigorosamente de acordo com as instruções do fabricante Não será permitida a adição de substâncias estranhas para dissolver as tintas ou para qualquer outra finalidade, a não ser as recomendadas pelo fabricante Nenhuma superfície será pintada enquanto estiver úmida e cada demão só será aplicada quando a anterior estiver completamente seca Deverá haver o cuidado para que os salpiques de tinta não atinjam as superfícies não destinadas à pintura. Em qualquer superfície a pintar, serão exigidas, no mínimo, duas demãos de tinta e tantas mais quantas forem necessárias ao perfeito acabamento. 11. REMOÇÕES E LIMPEZA Correrão por conta da contratada todos os serviços preparatórios, tais como locação de telentulhos, caso haja necessidade, bem como toda a mobilização e desmobilização necessária para a execução da reforma, de modo que não interfira na normalidade dos serviços do prédio. 12. VERIFICAÇÃO FINAL As instalações só serão aceitas se em perfeito acabamento. 4

5 12.2. Correrá por conta da Contratada qualquer reparo causado por danos aos bens deste Tribunal que possam ocorrer durante a execução dos serviços Será procedido um teste final de funcionamento de todas as instalações Os entulhos e sobras de materiais deverão ser removidos nesta etapa Após a conclusão dos serviços, efetuar limpeza final completa, desmontagem de equipamentos e retirada de sobras de materiais. O local deverá apresentar condição de imediata utilização. 5

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS SERVIÇOS DE REFORMA NA 3ª VARA DO TRABALHO DO FORO TRABALHISTA DE CAXIAS DO SUL

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS SERVIÇOS DE REFORMA NA 3ª VARA DO TRABALHO DO FORO TRABALHISTA DE CAXIAS DO SUL ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS SERVIÇOS DE REFORMA NA 3ª VARA DO TRABALHO DO FORO TRABALHISTA DE CAXIAS DO SUL Revisão 01 - Junho/2011 A presente especificação trata basicamente do redimensionamento

Leia mais

1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS

1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS ANEXO V MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DO CPD UNIUV - UV MEMORIAL DESCRITIVO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS Este memorial tem por objetivo descrever e especificar de forma clara os serviços a serem executados para

Leia mais

LEI Nº 8553. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 8553. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 8553 Dispõe sobre a instalação de cercas energizadas destinadas à proteção de perímetros no Município de Porto Alegre e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE. Faço saber que

Leia mais

E S P E C I F I C A Ç Õ E S T É C N I C A S

E S P E C I F I C A Ç Õ E S T É C N I C A S SUBGRUPO: 180400 CERCA / MURO FOLHA: SUMÁRIO 1. CERCA COM TELA DE ARAME GALVANIZADO E ESTACAS DE CONCRETO...1 1.1 OBJETIVO E DEFINIÇÕES...1 1.2 MATERIAIS...1 1.3 EQUIPAMENTOS...2 1.4 EXECUÇÃO...2 1.5 CONTROLE...2

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DA CORTINA DE AR INTERNATIONAL

MANUAL DE INSTALAÇÃO DA CORTINA DE AR INTERNATIONAL MANUAL DE INSTALAÇÃO DA CORTINA DE AR INTERNATIONAL APRESENTAÇÃO Agradecemos pela preferência na escolha de produtos International Refrigeração. Este documento foi elaborado cuidadosamente para orientar

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. APRESENTAÇÃO 1.1. A presente especificação trata dos serviços de reforma a serem executados na unidade judiciária denominada Juízo Auxiliar de Conciliação, acrescido

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CLIENTE: UNIFACS UNIVERSIDADE SALVADOR DISCIPLINA DE EXPRESSÃO GRÁFICA E PROJETOS ELÉTRICOS

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CLIENTE: UNIFACS UNIVERSIDADE SALVADOR DISCIPLINA DE EXPRESSÃO GRÁFICA E PROJETOS ELÉTRICOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CLIENTE: PROGRAMA: ÁREA: UNIFACS UNIVERSIDADE SALVADOR DISCIPLINA DE EXPRESSÃO GRÁFICA E PROJETOS ELÉTRICOS CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA ELETROTÉCNCIA FOLHA 1 de 5 ÍNDICE DE REVISÕES

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 0001/2012 COMPRASNET. Termo de Referência Mobiliário

COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 0001/2012 COMPRASNET. Termo de Referência Mobiliário COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 0001/2012 COMPRASNET Termo de Referência Mobiliário Objeto O presente Termo de Referência tem por objetivo a aquisição de mobiliários para atender as demandas decorrentes das novas

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Figura 01: Meio fio de concreto

MEMORIAL DESCRITIVO. Figura 01: Meio fio de concreto MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO: MELHORIAS CALÇADAS QUADRA CENTRO ADMINISTRATIVO PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL SERAFINA CORRÊA-RS LOCALIZAÇÃO: QUADRA COMPREENDIDA ENTRE RUA ORESTES ASSONI, RUA CASTELO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Secretaria Municipal de Administração LEI Nº 5.485 DE 26 DE SETEMBRO DE 2008.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Secretaria Municipal de Administração LEI Nº 5.485 DE 26 DE SETEMBRO DE 2008. LEI Nº 5.485 DE 26 DE SETEMBRO DE 2008. Dispõe sobre a instalação de cercas energizadas e destinadas à proteção de perímetros no Município de Sant Ana do Livramento e da outras providências. WAINER VIANA

Leia mais

Especificação Disjuntores Baixa Tensão

Especificação Disjuntores Baixa Tensão Especificação Disjuntores Baixa Tensão Descrição: DISJUNTOR MICROPROCESSADO Local de Aplicação: QGBT Modelo: Fabricante: Fabricante Alternativo: Normas NBR-5361 / 8176, IEC-947-2 Aplicáveis Critério de

Leia mais

BIOMBO ESTAÇÃO DE TRABALHO 31.07.11 I.ID

BIOMBO ESTAÇÃO DE TRABALHO 31.07.11 I.ID I.ID ID PD/PD1- PAINEL/ BIOMBO PDB- PAINEL/BIOMBO COM BALCÃO PDJ/PDJ1- PAINEL/BIOMBO COM VIDRO I.ID BIOMBOS ESPECIFICAÇÕES GERAIS 1. TIPOS PD (PAINEL/BIOMBO CEGO COM 02 CALHAS ELETRIFICÁVEIS); PD1(PAINEL/BIOMBO

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 718/2014 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UASG: 154040

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 718/2014 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UASG: 154040 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 718/2014 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UASG: 154040 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONFECÇÃO E INSTALAÇÃO DE PLACAS

Leia mais

LEI N 1.873/2008 Dispõe sobre as instalações de cercas energizadas destinadas à proteção de perímetro no município de Viçosa e dá outras providências

LEI N 1.873/2008 Dispõe sobre as instalações de cercas energizadas destinadas à proteção de perímetro no município de Viçosa e dá outras providências LEI N 1.873/2008 Dispõe sobre as instalações de cercas energizadas destinadas à proteção de perímetro no município de Viçosa e dá outras providências O Povo do Município de Viçosa, por seus representantes

Leia mais

Adaptação do galpão de aqüicultura do campus Fazenda Experimental e da sala destinada aos técnicos do núcleo de atendimento ao dicente e docente.

Adaptação do galpão de aqüicultura do campus Fazenda Experimental e da sala destinada aos técnicos do núcleo de atendimento ao dicente e docente. PROJETO BÁSICO: Adaptação do galpão de aqüicultura do campus Fazenda Experimental e da sala destinada aos técnicos do núcleo de atendimento ao dicente e docente 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO 1.1 Título do

Leia mais

LICITAÇÃO Nº 006/2011-PREGÃO ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

LICITAÇÃO Nº 006/2011-PREGÃO ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Especificações técnicas: LICITAÇÃO Nº 006/2011-PREGÃO ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LOTE I CONJUNTO DE MESAS PLENÁRIAS 1. Mesa Plenária tipo I medindo 800 x 800 x 900 mm 34 (trinta e quatro) unidades (perspectiva

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OBTER LIGAÇÃO DE ÁGUA E PARA MONTAGEM DA MURETA PADRÃO DE LIGAÇÃO DE ÁGUA DA SANESC

INSTRUÇÕES PARA OBTER LIGAÇÃO DE ÁGUA E PARA MONTAGEM DA MURETA PADRÃO DE LIGAÇÃO DE ÁGUA DA SANESC Instrução Normativa a partir de 01 de Junho de 2014 INSTRUÇÕES PARA OBTER LIGAÇÃO DE ÁGUA E PARA MONTAGEM DA MURETA PADRÃO DE LIGAÇÃO DE ÁGUA DA SANESC Passo 1 Certifique a disponibilidade do serviço de

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO REPUXADORA DE CHAPAS MODELO : KA-060

MANUAL DO USUÁRIO REPUXADORA DE CHAPAS MODELO : KA-060 1 MANUAL DO USUÁRIO REPUXADORA DE CHAPAS MODELO : KA-060 2 MANUAL DO USUARIO KA060 INDICE APRESENTAÇÃO----------------------------------------------------------------------------3 INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA-----------------------------------------------------------4

Leia mais

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES AQUISIÇÃO/INSTALAÇÃO DE NO-BREAK MICROPROCESSADO E BANCO DE BATERIAS CAPACIDADE 150 KVA

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES AQUISIÇÃO/INSTALAÇÃO DE NO-BREAK MICROPROCESSADO E BANCO DE BATERIAS CAPACIDADE 150 KVA ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES AQUISIÇÃO/INSTALAÇÃO DE NO-BREAK MICROPROCESSADO E BANCO DE BATERIAS CAPACIDADE 150 KVA 1 INTRODUÇÃO Este Caderno de Especificações estabelece as características gerais

Leia mais

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA Aquisição de Material de Elétrica com ENTREGA PARCELADA conforme especificação, para uso da Divisão de Manutenção Predial para utilização na nova sede da SEFAZ. 1. DO OBJETO: Aquisição de material de Elétrica

Leia mais

Painéis de Concreto Armado

Painéis de Concreto Armado CONCEITO É constituído por painéis estruturais pré-moldados maciços de concreto armado e pelas ligações entre eles. Destina-se à construção de paredes de edifícios habitacionais de até 5 pavimentos. A

Leia mais

Comércio de Grades e Ferragens Ltda. Catálogos de Produtos

Comércio de Grades e Ferragens Ltda. Catálogos de Produtos Comércio de Grades e Ferragens Ltda. Catálogos de Produtos S DE PISO As grades COM são utilizadas largamente em plataformas industriais, passarelas, canaletas, circulares, plataformas circulares, degraus,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Readequação de espaços divisórias em drywall FÁBRICAS DE CULTURA

TERMO DE REFERÊNCIA Readequação de espaços divisórias em drywall FÁBRICAS DE CULTURA TERMO DE REFERÊNCIA Readequação de espaços divisórias em drywall FÁBRICAS DE CULTURA JAÇANÃ ÍNDICE DO TERMO DE REFERÊNCIA TÉCNICA 1. OBJETIVO GERAL 2. JUSTIFICATIVA 3. DA MODALIDADE DA CONTRATAÇÃO 4. DISPOSIÇÕES

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE MG ER 04

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE MG ER 04 PREGÃO AMPLO 009/2003 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANATEL ER04 MINAS GERAIS CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Obra: MUROS CEMITÉRIO MUNICIPAL Localização: RUA MONTEIRO LOBATO, BAIRRO: INDUSTRIAL Cidade: NÃO-ME-TOQUE 1 OBJETIVO O presente memorial tem por objetivo definir os materiais a serem

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO ABRIGO MODELO. O novo abrigo de ligação facilitará a vida de todos.

MANUAL DE INSTALAÇÃO ABRIGO MODELO. O novo abrigo de ligação facilitará a vida de todos. MANUAL DE INSTALAÇÃO ABRIGO MODELO O novo abrigo de ligação facilitará a vida de todos. ÍNDICE O QUE É ABRIGO MODELO? VANTAGENS DO NOVO ABRIGO COMO INSTALAR POSIÇÕES POSSÍVEIS PARA INSTALAÇÃO MATERIAIS

Leia mais

Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional Identificação: PROSHISET 03. Procedimento para GCR (Guarda Corpo e Rodapé)

Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional Identificação: PROSHISET 03. Procedimento para GCR (Guarda Corpo e Rodapé) Revisão: 00 Folha: 1 de 6 1. Objetivo Este procedimento tem como objetivo, assegurar que todas as obras efetuem o sistema de Guarda Corpo e Rodapé, o qual destina-se a promover a proteção contra riscos

Leia mais

DDS Cercas Elétricas. Cercas Elétricas

DDS Cercas Elétricas. Cercas Elétricas Cercas Elétricas A utilização de cercas eletrificadas como meio de proteção patrimonial tem aumentado muito, assim como acidentes têm ocorrido, inclusive com morte de pessoas e animais, em consequência

Leia mais

Anexo I. Caderno de Especificações Técnicas. Execução de Adaptações, Obras Civis e Instalações para Implantação de Grupo Motor Gerador.

Anexo I. Caderno de Especificações Técnicas. Execução de Adaptações, Obras Civis e Instalações para Implantação de Grupo Motor Gerador. Anexo I Caderno de Especificações Técnicas Execução de Adaptações, Obras Civis e Instalações para Implantação de Grupo Motor Gerador Fortaleza/CE 1. Serviços Preliminares Antes do início de quaisquer serviços

Leia mais

Exemplos: janelas ESQUADRIA. Aula 01: ESQUADRIAS Conceituação, Desempenho, Tipos

Exemplos: janelas ESQUADRIA. Aula 01: ESQUADRIAS Conceituação, Desempenho, Tipos Aula 01: ESQUADRIAS Conceituação, Desempenho, Tipos Profs. Fernando H. Sabbatini, Luis Sergio Franco, Mercia M. B. Barros, Ubiraci Espinelli Lemes de Souza e Agosto 2007 ESQUADRIA Elemento da Vedação Vertical

Leia mais

Referente: Processo nº 80038-2015 Contratação de empresa Especializada em Manutenção Predial Corretiva no Prédio da Secid Município: Cuiabá - MT

Referente: Processo nº 80038-2015 Contratação de empresa Especializada em Manutenção Predial Corretiva no Prédio da Secid Município: Cuiabá - MT Cuiabá, 13 de Abril de 2015. À SUPR Arqtº. Rogério Nogueira Dias Referente: Processo nº 80038-2015 Contratação de empresa Especializada em Manutenção Predial Corretiva no Prédio da Secid Município: Cuiabá

Leia mais

Manual de Operação e Instalação

Manual de Operação e Instalação Manual de Operação e Instalação LI-100 Indicador de Nível Cod: 073AA-018-122M Outubro / 2003 S/A. Rua João Serrano, 250 Bairro do Limão São Paulo SP CEP 02551-060 Fone: (11) 3488-8999 FAX: (11) 3488-8980

Leia mais

CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL (CMEI) DE SANTA LÚCIA Presidente Kennedy, E.S. MEMORIAL DESCRITIVO DOS ACABAMENTOS

CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL (CMEI) DE SANTA LÚCIA Presidente Kennedy, E.S. MEMORIAL DESCRITIVO DOS ACABAMENTOS ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL (CMEI) DE SANTA LÚCIA Presidente Kennedy, E.S. MEMORIAL DESCRITIVO DOS ACABAMENTOS O presente memorial integra o projeto arquitetônico do

Leia mais

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 MATERIAL CÓDIGO PISO ELEVADO PARA ÁREAS TEMPORÁRIAS PTEN 01_02_03 PISO ELEVADO PARA ÁREAS TEMPORÁRIAS PTEN 01_02_03 Descrição

Leia mais

CE-CTET-GERAL AAP+AECOPS GER 00X / 00Y 13SR.21.--.--. Medição por unidade pronta, assente, acabada e a funcionar (un).

CE-CTET-GERAL AAP+AECOPS GER 00X / 00Y 13SR.21.--.--. Medição por unidade pronta, assente, acabada e a funcionar (un). 13SR.21.-- TÍTULO13SR SERRALHARIAS DE FERRO CAPÍTULO.2-. COMPONENTES EM CHAPA E PERFILADO SUB.CAPº.21. VÃOS I. UNIDADE E CRITÉRIO DE MEDIÇÃO Medição por unidade pronta, assente, acabada e a funcionar (un).

Leia mais

uso externo Nº 2117 1

uso externo Nº 2117 1 Nº Data Revisões Aprov.: Vanderlei Robadey Página 1 de 12 DESENHO 2 - CORPO DA CAIXA DISPOSITIVO PARA LACRE DE SEGURANÇA A B ROSCA M6 x 1 TORRE DE FIXAÇÃO ROSCA M10 x 1,5 C TORRE DE FIXAÇÃO ROSCA M10 x

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA PARA REPAROS NA ESCOLA MUNICIPAL MARINHO FERNANDES

TERMO DE REFERENCIA PARA REPAROS NA ESCOLA MUNICIPAL MARINHO FERNANDES TERMO DE REFERENCIA PARA REPAROS NA ESCOLA MUNICIPAL MARINHO FERNANDES 1. OBJETIVO E ESCLARECIMENTO: A obra em questão tem por finalidade fazer reparos na Escola Municipal Marinho Fernandes. A planilha

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA PARA A OBRA DE REFORMA E AMPLIAÇÃO DA ESCOLA MUNICIPAL JULIA MIRANDA

TERMO DE REFERENCIA PARA A OBRA DE REFORMA E AMPLIAÇÃO DA ESCOLA MUNICIPAL JULIA MIRANDA TERMO DE REFERENCIA PARA A OBRA DE REFORMA E AMPLIAÇÃO DA ESCOLA MUNICIPAL JULIA MIRANDA 1. OBJETIVO E ESCLARECIMENTO: A obra em questão tem por finalidade fazer reformas na Escola Municipal Julia Miranda.

Leia mais

Escola Municipal Caminho para o Futuro. Rua Goiânia 559-S, Lucas do Rio Verde - MT. Elaine Benetti Lovatel

Escola Municipal Caminho para o Futuro. Rua Goiânia 559-S, Lucas do Rio Verde - MT. Elaine Benetti Lovatel DADOS CADASTRAIS CLIENTE PROPRIETÁRIO Pref. Municipal de Lucas do Rio Verde OBRA Escola Municipal Caminho para o Futuro LOCAL DA OBRA Rua Goiânia 559-S, Lucas do Rio Verde - MT SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO MUNICIPAL

Leia mais

02. ENCARGOS: 02.01. Os encargos do construtor são aqueles estipulados no Caderno de Encargos do DERT/SEINFRA, que o empreiteiro declara conhecer.

02. ENCARGOS: 02.01. Os encargos do construtor são aqueles estipulados no Caderno de Encargos do DERT/SEINFRA, que o empreiteiro declara conhecer. OBRA: IMPERMEABILIZAÇÃO DA COBERTA DO AUDITÓRIO; REFORMA DA COBERTA DOS GALPÕES; IMPERMEABILIZAÇÃO DO HALL ESCOLA: EEEP JOSÉ IVANILTON NOCRATO ASSUNTO: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 01. OBJETO: 01.01. Estas

Leia mais

EXECUÇÃO DE CERCA CASA DO MEL

EXECUÇÃO DE CERCA CASA DO MEL ESTADO DE MATO GROSSO AV. CARLOS HUGUENEY, 552 CENTRO - CEP: 78.780-000 TEL/FAX: (66) 3481 1165 MEMORIAL DESCRITIVO EXECUÇÃO DE CERCA CASA DO MEL Agosto 2014 ESTADO DE MATO GROSSO AV. CARLOS HUGUENEY,

Leia mais

Banheiro. 7.3.4 Boxes para chuveiro e ducha. 7.3.4.1 Área de transferência

Banheiro. 7.3.4 Boxes para chuveiro e ducha. 7.3.4.1 Área de transferência Banheiro 7.3.4 Boxes para chuveiro e ducha 7.3.4.1 Área de transferência Para boxes de chuveiros deve ser prevista área de transferência externa ao boxe, de forma a permitir a aproximação paralela, devendo

Leia mais

Anexo I do Edital do Pregão Eletrônico nº 05/2014-Anatel Especificações Técnicas

Anexo I do Edital do Pregão Eletrônico nº 05/2014-Anatel Especificações Técnicas Lote 1 Impressora portátil all-in-one Impressora, copiadora e scanner all-in-one portátil, com as seguintes características: a) Funções incorporadas no produto: impressora / scanner / copiadora b) Tecnologia

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA 1 PRELIMINARES 1.1 Instalações do canteiro de obra vb 1,00 2.500,00 2.500,00 81,97 1.2 Placa de obra 2,00m x 3,00m, conforme orietações da administração vb 1,00 550,00 550,00 18,03 SUB TOTAL PRELIMINARES

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS CATÁLOGO DO MOBILIÁRIO Aplicado às Unidades Administrativas e Jurisdicionais de 1º e 2º Graus 1ª Edição PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ACRE Outubro 2012 RESOLUÇÃO Nº 37/2012 Publicada

Leia mais

Gradis e Grades de Piso Eletrofundidos

Gradis e Grades de Piso Eletrofundidos Gradis e Grades de Piso Eletrofundidos Desde 1980 a PISOMETAL vem fornecendo e instalando gradis e grades de piso eletrofundidos. Localizada em São Paulo Capital é uma empresa nacional que atua nos mais

Leia mais

Forros. Pesquisa de Materiais Kely Medeiros Carvalho

Forros. Pesquisa de Materiais Kely Medeiros Carvalho Forros Pesquisa de Materiais Kely Medeiros Carvalho Tipos de Forros!! Índice! Forro Monolítico Knauf D112 Unidirecional - slide 03 Forro Monolítico Knauf D112 Bidirecional - slide 11 Forro de Madeira -

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA: IMPLANTAÇÃO DE TRILHAS RETAS E PARCELAS EM CURVA DE NÍVEL EM FLORESTAS NA REGIÃO DE SÃO GABRIEL DA CACHOEIRA.

TERMO DE REFERÊNCIA: IMPLANTAÇÃO DE TRILHAS RETAS E PARCELAS EM CURVA DE NÍVEL EM FLORESTAS NA REGIÃO DE SÃO GABRIEL DA CACHOEIRA. TERMO DE REFERÊNCIA: IMPLANTAÇÃO DE TRILHAS RETAS E PARCELAS EM CURVA DE NÍVEL EM FLORESTAS NA REGIÃO DE SÃO GABRIEL DA CACHOEIRA. 1. Objeto Contratação de serviço especializado de topografia plani-altimétrica

Leia mais

Memorial Técnico Descritivo do Alarme de Incêndio

Memorial Técnico Descritivo do Alarme de Incêndio Memorial Técnico Descritivo do Alarme de Incêndio 1. IDENTIFICAÇÃO Prefeitura Municipal De Veranópolis Posto de Saúde Central. Av. Pinheiro Machado, 581 Centro Veranópolis RS CEP: 95330-000 CNPJ: 98671597/0001-09

Leia mais

1/8 EF-30. Esquadria de ferro para duto de capela (L=90cm) Componentes. Código de listagem. Atenção. Revisão Data Página 1 27/03/15

1/8 EF-30. Esquadria de ferro para duto de capela (L=90cm) Componentes. Código de listagem. Atenção. Revisão Data Página 1 27/03/15 /8 2/8 3/8 4/8 5/8 6/8 7/8 8/8 DESCRIÇÃO Constituintes Contra-marcos e perfis conforme bitolas especificadas nos desenhos. --Obs.: Em regiões litorâneas ou outros locais sujeitos à atmosfera corrosiva

Leia mais

LABORATÓRIO DE DESENHO E PROJETOS (PRANCHETÁRIO)

LABORATÓRIO DE DESENHO E PROJETOS (PRANCHETÁRIO) LABORATÓRIO DE DESENHO E PROJETOS (PRANCHETÁRIO) 1. Descrição Física Este espaço se configuraria a sala de aula onde são realizadas todas as atividades de desenho e aulas teóricas. O número das salas de

Leia mais

05. COMUNICAÇÃO VISUAL EXTERNA

05. COMUNICAÇÃO VISUAL EXTERNA 05. COMUNICAÇÃO VISUAL EXTERNA 5.1 COMUNICAÇÃO VISUAL EXTERNA AGÊNCIAS Agências sem recuo em relação à calçada 1 2 3 4 Elementos de comunicação visual As fachadas das agências dos Correios, sem recuo em

Leia mais

SANDIVEDA. Rede Simples Torção Plastificada e Zincada. Rede Ondulada. Arame Farpado Plastificado e Zincado. Arames Plastificados e Zincados

SANDIVEDA. Rede Simples Torção Plastificada e Zincada. Rede Ondulada. Arame Farpado Plastificado e Zincado. Arames Plastificados e Zincados SANDIVEDA Rede Simples Torção Plastificada e Zincada Rede Ondulada Arame Farpado Plastificado e Zincado. Arames Plastificados e Zincados Vedações Rígidas Postes com secção quadrada Postes com secção rectangular

Leia mais

Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas

Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas Pág. 1 Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas Cliente: Unidade: Assunto: Banco de Brasília - BRB DITEC Reforma das instalações Código do Projeto: 1564-12 Pág. 2 Índice Sumário 1. Memorial Descritivo

Leia mais

- Companhia Hidro Elétrica do São Francisco

- Companhia Hidro Elétrica do São Francisco - Companhia Hidro Elétrica do São Francisco DO - DIRETORIA DE OPERAÇÃO GRP GERÊNCIA REGIONAL DE OPERAÇÃO DE PAULO AFONSO DRMP Divisão Regional de Manutenção Elétrica e Mecânica das Usinas e Instalações

Leia mais

TRE-MS TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO MATO GROSSO DO SUL MEMORIAL DESCRITIVO DE SERVIÇOS OBRA: BRISE PRÉDIO DO ANEXO

TRE-MS TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO MATO GROSSO DO SUL MEMORIAL DESCRITIVO DE SERVIÇOS OBRA: BRISE PRÉDIO DO ANEXO TRE-MS TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO MATO GROSSO DO SUL MEMORIAL DESCRITIVO DE SERVIÇOS OBRA: BRISE PRÉDIO DO ANEXO MAIO/2011 Conteúdo 1. Disposições gerais... 3 2. Implantação do canteiro... 3 3. Remoção

Leia mais

Ofício Circ. n o 14/2002/ADADC-ANATEL. Brasília, 28 de Fevereiro de 2002. Ilmo(a). Senhor(a)

Ofício Circ. n o 14/2002/ADADC-ANATEL. Brasília, 28 de Fevereiro de 2002. Ilmo(a). Senhor(a) Ofício Circ. n o 14/2002/ADADC-ANATEL Brasília, 28 de Fevereiro de 2002 Ilmo(a). Senhor(a) Em resposta a consulta formulada por empresa interessada em participar da licitação de que trata o PREGÃO AMPLO

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS - MOBILIÁRIO

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS - MOBILIÁRIO Anexo I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS - MOBILIÁRIO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES DE MOBILIÁRIO DESTINADO AO ESCRITÓRIO REGIONAL DA ANATEL NA BAHIA ER08, SITUADO NA CIDADE DE SALVADOR/BA. APRESENTAÇÃO

Leia mais

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções.

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções. Manual de instruções. Esquadrias Metálicas Ltda. PORTA DE CORRER A Atimaky utiliza, na fabricação das janelas, aço galvanizado adquirido diretamente da Usina com tratamento de superfície de ultima geração

Leia mais

CARRETA AGRÍCOLA METÁLICA BASCULANTE, TRANSILO, TRANSFENO. MANUAL TÉCNICO E OPERACIONAL

CARRETA AGRÍCOLA METÁLICA BASCULANTE, TRANSILO, TRANSFENO. MANUAL TÉCNICO E OPERACIONAL CARRETA AGRÍCOLA METÁLICA BASCULANTE, TRANSILO, TRANSFENO. MANUAL TÉCNICO E OPERACIONAL 1) CARACTERÍSTICAS 2) MANUTENÇÃO 3) GARANTIA 1) CARACTERÍSTICAS A Carreta Metálica Basculante Hidráulica FIDO, é

Leia mais

OBRA: REFORMA GERAL DA COBERTA ESCOLA: EEFM DE AQUIRAZ ASSUNTO: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

OBRA: REFORMA GERAL DA COBERTA ESCOLA: EEFM DE AQUIRAZ ASSUNTO: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: REFORMA GERAL DA COBERTA ESCOLA: EEFM DE AQUIRAZ ASSUNTO: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 01. OBJETO: 01.01. Estas especificações dizem respeito à reforma geral da coberta da escola EEFM de Aquiraz.. 01.02.

Leia mais

Anexo I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SERVIÇOS DE OBRAS CIVIS

Anexo I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SERVIÇOS DE OBRAS CIVIS Anexo I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SERVIÇOS DE OBRAS CIVIS REFORMAS GERAIS DOS PRÉDIOS 1 E 2 DAS VARAS DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE DO Revisão 02 - Jun/11 APRESENTAÇÃO E CONSIDERAÇÕES GERAIS A presente especificação

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2013 GERÊNCIA ADMINISTRATIVA TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2013 GERÊNCIA ADMINISTRATIVA TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 2 EDITAL DE LICITAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO MOBILIÁRIO DIRETORIA 1 MESAS COM TAMPO DE MADEIRA 1.1 MESA PRINCIPAL COM TAMPO DE MADEIRA C/ DETALHE EM COURO - O Tampo da mesa deverá ser confeccionado em

Leia mais

Reparos em Para-Choques, Retrovisores, Portão de Garagem e Paredes/Revestimentos

Reparos em Para-Choques, Retrovisores, Portão de Garagem e Paredes/Revestimentos CONDIÇÕES DA ASSISTÊNCIA PROTEÇÃO GARAGEM Reparos em Para-Choques, Retrovisores, Portão de Garagem e Paredes/Revestimentos As solicitações de atendimento para esta Assistência deverão ser realizadas pelo

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 2ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 2ª MEDIÇÃO RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 2ª MEDIÇÃO OBRA: EXECUÇÃO DE REFORMA DO FÓRUM TRABALHISTA DE COLOMBO CONTRATADA: VENTO NORDESTE CONSTRUÇÕES E EMPREENDIMENTO LTDA. Considerando a instituição da Comissão de Recebimento

Leia mais

CE-CTET-GERAL AAP+AECOPS GER 00X / 00Y 14AL.21.--.--. CAPÍTULO.2-. COMPONENTES EM PERFILADO DE ALUMÍNIO

CE-CTET-GERAL AAP+AECOPS GER 00X / 00Y 14AL.21.--.--. CAPÍTULO.2-. COMPONENTES EM PERFILADO DE ALUMÍNIO 14AL.21.-- TÍTULO14AL SERRALHARIAS DE ALUMÍNIO CAPÍTULO.2-. COMPONENTES EM PERFILADO DE ALUMÍNIO SUB.CAPº.21. VÃOS I. UNIDADE E CRITÉRIO DE MEDIÇÃO Medição por unidade pronta acabada, assente e a funcionar

Leia mais

MANUAL DO USÚARIO MOTORES PARA PORTA DE ENROLAR Modelos : Zatek-RD2000 Modelos : Zatek-RD3000 Modelos : Zatek-RD5000

MANUAL DO USÚARIO MOTORES PARA PORTA DE ENROLAR Modelos : Zatek-RD2000 Modelos : Zatek-RD3000 Modelos : Zatek-RD5000 MANUAL DO USÚARIO MOTORES PARA PORTA DE ENROLAR Modelos : Zatek-RD2000 Modelos : Zatek-RD3000 Modelos : Zatek-RD5000 Imagem Meramente Ilustrativo SAC: (11) 3333-6690 CARACTERISTICAS DOS ES PARA PORTA DE

Leia mais

PLANILHA PARA COTAÇÃO. Lote I

PLANILHA PARA COTAÇÃO. Lote I PLANILHA PARA COTAÇÃO. Lote I 1 ITEM UND QUANT V. UNT V.TOTAL Serviços de locação dos seguintes equipamentos, para atender ao Dia do Servidor, que acontecerá no Parque Anauá, no dia 30 de outubro do corrente

Leia mais

Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho 14ª Região

Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho 14ª Região TERMO DE REFERÊNCIA PARA EXECUÇÃO DE MANUTENÇÃO E PINTURA NA SEDE DA PROCURADORIA DO TRABALHO DO MUNICÍPIO DE RIO BRANCO. 1 Do Objeto: Contratação de Empresa Construtora e ou Prestadora de Serviços, devidamente

Leia mais

Divisórias Sanitárias Newplac

Divisórias Sanitárias Newplac Divisórias Sanitárias Newplac Sistema completo de Divisórias Sanitárias que une a resistência do painel estrutural TS com a rigidez dos batentes de alumínio, resultando em um produto de grande estabilidade

Leia mais

Fichas Técnicas de Produto. Linha Slit

Fichas Técnicas de Produto. Linha Slit Fichas Técnicas de Produto Estante Face Dupla 2M Imagem de Referência Descritivo Técnico Completo Estante face dupla totalmente confeccionada em chapa de aço de baixo teor de carbono, sem arestas cortantes

Leia mais

RELATÓRIO 1ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO 1ª MEDIÇÃO RELATÓRIO 1ª MEDIÇÃO OBRA: REFORMA DA SOBRELOJA E GARAGEM DO FÓRUM TRABALHISTA DE CURITIBA. CONTRATADA: TOWERING CONSTRUÇÃO CIVIL LTDA. Considerando a instituição da Comissão de Recebimento e Fiscalização

Leia mais

Aeroporto Internacional de Florianópolis - SBFL. Gerência de Manutenção - FLMN TERMO DE REFERÊNCIA

Aeroporto Internacional de Florianópolis - SBFL. Gerência de Manutenção - FLMN TERMO DE REFERÊNCIA 2/ 12 Aeroporto Internacional de Florianópolis - SBFL Gerência de Manutenção - FLMN TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA INSTALAÇÃO DE FORRO MINERAL, DIVISÓRIAS E SUPORTE DE MONITORES DA ANTIGA

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CONCEPÇÃO E IMAGENS DO LOCAL

MEMORIAL DESCRITIVO CONCEPÇÃO E IMAGENS DO LOCAL MEMORIAL DESCRITIVO CONCEPÇÃO E IMAGENS DO LOCAL REVITALIZAÇÃO DA PRAÇA DA MATRIZ, COM A TROCA DO PAVIMENTO, INSTALAÇÃO DE NOVA ILUMINAÇÃO, NOVOS BANCOS E RESTAURAÇÃO DO ENTORNO DA PROTEÇÃO DA ESTATUA

Leia mais

Memorial Descritivo Escola Municipal Professor Ismael Silva

Memorial Descritivo Escola Municipal Professor Ismael Silva PREFEITURA MUNICIPAL DE ILICÍNEA Estado de Minas Gerais CNPJ: 18.239.608/0001-39 Praça. Padre João Lourenço Leite, 53 Centro Ilicínea Tel (fax).: (35) 3854 1319 CEP: 37175-000 Memorial Descritivo Escola

Leia mais

Segurança Industrial Equipamentos SEGURANÇA EM PRIMEIRO LUGAR

Segurança Industrial Equipamentos SEGURANÇA EM PRIMEIRO LUGAR Telefones para Atmosfera Explosiva, Gás e Poeira - TUC229A1IN Telefone para uso industrial, classificado para uso em atmosferas explosivas no grupos IIC na zona II2GD (Gás e poeira). Carcaça na cor laranja

Leia mais

Memorial Descritivo. 2.0 Transportes 2.1 Deverá ser feita retirada de entulho por conta da contratada;

Memorial Descritivo. 2.0 Transportes 2.1 Deverá ser feita retirada de entulho por conta da contratada; Memorial Descritivo I Introdução A obra objeto deste memorial consiste na descrição dos elementos para CONSTRUÇÃO DE ACADEMIA DA SAUDE, a ser edificada no município de Gaúcha do Norte MT.. II - Descrição

Leia mais

PROC IBR EDIF 01.02.014/2014

PROC IBR EDIF 01.02.014/2014 INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDITORIA DE OBRAS PÚBLICAS IBRAOP INSTITUTO RUI BARBOSA IRB / COMITÊ OBRAS PÚBLICAS PROC IBR EDIF 01.02.014/2014 01 - Fase Licitatória 01.02 - Análise das especificações, quantidades

Leia mais

Padrão de entrada para baixa tensão 380/220v

Padrão de entrada para baixa tensão 380/220v Padrão de entrada para baixa tensão 380/220v DESENHO 1: padrão ligação monofásica - instalação na parede com ramal de entrada aéreo, edificação do mesmo lado da rede e na divisa com o passeio público.

Leia mais

COMO DESENVOLVER O ORÇAMENTO

COMO DESENVOLVER O ORÇAMENTO COMO DESENVOLVER O ORÇAMENTO Orçamentos COMO DESENVOLVER O ORÇAMENTO Autora: Amanda Marques Orçamentos Elaboração do Orçamento Atenção: O material está disponível apenas para este curso. É proibida cópia

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2711.01/2014

1ª RETIFICAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2711.01/2014 Criação, editoração e Criação, editoração e 1ª RETIFICAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2711.01/2014 O INSTITUTO AGROPOLOS DO CEARÁ torna pública a retificação dos itens abaixo do edital supra em seu ANEXO I,

Leia mais

TAMPÕES DE FERRO FUNDIDO DÚCTIL

TAMPÕES DE FERRO FUNDIDO DÚCTIL Rev. 0 1 DIRTEC Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul. 1 de 6 ÍNDICE DE REVISÕES DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS EMISSÃO INICIAL REVISÃO GERAL DATA: 24/06/05 30/05/12 EXECUÇÃO: Hebert Michael

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM - MT MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM - MT MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO MELHORIAS SANITÁRIAS DOMICILIARES BANHEIROS -(Área = 2,73m 2 ). O memorial descritivo a seguir determina as normas para construção do MÓDULO SANITÁRIO SIMPLIFICADO padrão, de área construída

Leia mais

INFRAERO VT.06/204.92/04724/01 2 / 5

INFRAERO VT.06/204.92/04724/01 2 / 5 REV MODIFICAÇÃO DATA PROJETISTA DESENHISTA APROVO Coordenador Contrato: Autor do Projeto Resp. Técnico: Co-Autor: MARGARET SIEGLE 4522D/ES ELISSA M. M. FRINHANI5548D/ES NUMERO: 200_PB.ARQ.CV.ET-1000/01

Leia mais

Projeto arquitetônico: Cortes Professora Valéria Peixoto Borges

Projeto arquitetônico: Cortes Professora Valéria Peixoto Borges Universidade Federal de Campina Grande Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar Projeto arquitetônico: Cortes Professora Valéria Peixoto Borges DEFINIÇÃO Os CORTES são representações de vistas ortográficas

Leia mais

Manual técnico Painéis de comando com puxadores laterais

Manual técnico Painéis de comando com puxadores laterais Manual técnico Painéis de comando com puxadores laterais Os painéis de comando se destacam pelo alto nível de ergonomia, eficiência na montagem e design atraente, além de estarem disponíveis para pronta

Leia mais

Professor: José Junio Lopes

Professor: José Junio Lopes Aula 2 - Tensão/Tensão Normal e de Cisalhamento Média; Tensões Admissíveis. A - Tensão Normal Média 1. Exemplo 1.17 - A luminária de 80 kg é sustentada por duas hastes, AB e BC, como mostra a Figura 1.17a.

Leia mais

Modelo MASTERPLAC ESPAÇO DURABILIDADE BELEZA ECONOMIA SOLUÇÕES QUE MULTIPLICAM OS ESPAÇOS

Modelo MASTERPLAC ESPAÇO DURABILIDADE BELEZA ECONOMIA SOLUÇÕES QUE MULTIPLICAM OS ESPAÇOS Modelo MASTERPLAC ESPAÇO DURABILIDADE BELEZA ECONOMIA SOLUÇÕES QUE MULTIPLICAM OS ESPAÇOS FERRAGENS DO SISTEMA FERRAGENS EXCLUSIVAS Pivot corrediço da porta Puxador interno de latão Dobradiça entre-folhas

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Botoeira / Acionador Manual Resetável - Acionamento Direto, Controle de Acesso, Combate e Alarme de Incêndio Código: AFAM3AM Os Acionadores Manuais ou Botoeiras de Acionamento Direto Para Combate de Incêndio,

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ MEMORIAL DESCRITIVO EXECUÇÃO DE ADEQUAÇÃO

Leia mais

ESTADO DO PARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ SECRETARIA MUNCIPAL DE INFRAESTRUTURA E URBANISMO

ESTADO DO PARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ SECRETARIA MUNCIPAL DE INFRAESTRUTURA E URBANISMO SECRETARIA MUNCIPAL DE INFRAESTRUTURA E URBANISMO MEMORIAL DESCRITIVO PARA A REFORMA E AMPLIAÇÃO DA E. M. E. F. IZAURA DOMINGOS COSTA, LOCALIZADA NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ-PA Praça

Leia mais

ANEXO X. Especificações Técnicas. Concorrência nº. 003/2011

ANEXO X. Especificações Técnicas. Concorrência nº. 003/2011 ANEXO X Especificações Técnicas Concorrência nº. 003/2011 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA COM MÃO-DE-OBRA ESPECIALIZADA, VISANDO À EXECUÇÃO INDIRETA, POR PREÇO UNITÁRIO, DE SERVIÇOS TÉCNICOS ENVOLVENDO O MANEJO

Leia mais

CONSTRUÍMOS A CASA DOS SEUS SONHOS Desenvolvemos qualquer projecto à sua medida

CONSTRUÍMOS A CASA DOS SEUS SONHOS Desenvolvemos qualquer projecto à sua medida CONSTRUÍMOS A CASA DOS SEUS SONHOS Desenvolvemos qualquer projecto à sua medida STORY HOUSE PREÇO DESDE: 130.000 + IVA RIVER HOUSE PREÇO DESDE: 250.000 + IVA SEA HOUSE PREÇO DESDE: 350.000 + IVA COUNTRY

Leia mais

L A U D O T É C N I C O. Segurança estrutural contra incêndio

L A U D O T É C N I C O. Segurança estrutural contra incêndio L A U D O T É C N I C O Segurança estrutural contra incêndio GINASIO POLIESPORTIVO TAPEJARA RS MAIO DE 2015 OBJETIVO: Este laudo tem por objetivo estabelecer as condições mínimas que os materiais existentes

Leia mais

CAIXA DE VISITA TRONCO CÓNICA Ø 200

CAIXA DE VISITA TRONCO CÓNICA Ø 200 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 307 22 de junho de 2012 Página 2 de 8 ÍNDICE Registo das revisões... 3 Preâmbulo... 4 1. Objetivo... 4 2. Âmbito... 4 3. Referências externas... 4 4. Condições gerais de fabrico...

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA: O presente aditamento tem por objeto alterar a CLÁUSULA SEGUNDA do termo primordial, que passa a ter a seguinte redação:

CLÁUSULA PRIMEIRA: O presente aditamento tem por objeto alterar a CLÁUSULA SEGUNDA do termo primordial, que passa a ter a seguinte redação: OITAVO TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 306/2013, que celebram entre si a PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO e a empresa CONJUNTO CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS LTDA-EPP, objetivando a CONTRATAÇÃO DE EMPRESA

Leia mais

COMUNICADO TÉCNICO Nº 04

COMUNICADO TÉCNICO Nº 04 Página 1 de 1 COMUNICADO TÉCNICO Nº 04 CAIXA DE MEDIÇÃO INSTALADA NA DIVISA COM O PASSEIO PÚBLICO PARA ATENDIMENTO INDIVIDUAL EM BAIXA TENSÃO ATRAVÉS DA NORMA CEMIG ND- 5.1 1.OBJETIVO Visando a redução

Leia mais

Desumidificadores DESIDRAT. Manual de Instruções e Garantia. ATENÇÃO: Leia antes de ligar o aparelho

Desumidificadores DESIDRAT. Manual de Instruções e Garantia. ATENÇÃO: Leia antes de ligar o aparelho Desumidificadores DESIDRAT Manual de Instruções e Garantia ATENÇÃO: Leia antes de ligar o aparelho Prezado Cliente, Parabéns! Você acaba de adquirir um desumidificador DESIDRAT. Esse aparelho foi construído

Leia mais

Hytronic Automação Ltda.

Hytronic Automação Ltda. 1/8 2/8 HSP68N Instruções de Instalação A instalação mecânica do HSP é feita por 4 parafusos. Faça 4 furos com rosca M5 conforme o espaçamento mostrado na figura 1. Monte o HSP68N com o prensa cabo para

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SISTEMA DE DETECÇÃO VEICULAR OVERHEAD

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SISTEMA DE DETECÇÃO VEICULAR OVERHEAD ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SISTEMA DE DETECÇÃO VEICULAR OVERHEAD SUMÁRIO 1. SISTEMA DE DETECÇÃO OVERHEAD... 2 2. PROCEDIMENTO DE TESTE DE SISTEMA DE DETECÇÃO OVERHEAD PARA O SISTEMA SCOOT... 3 3. DOCUMENTAÇÃO...

Leia mais