- Companhia Hidro Elétrica do São Francisco

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "- Companhia Hidro Elétrica do São Francisco"

Transcrição

1 - Companhia Hidro Elétrica do São Francisco DO - DIRETORIA DE OPERAÇÃO GRP GERÊNCIA REGIONAL DE OPERAÇÃO DE PAULO AFONSO DRMP Divisão Regional de Manutenção Elétrica e Mecânica das Usinas e Instalações Gerais de Paulo Afonso SPMP Serviço de Manutenção das Usinas de Paulo Afonso I, II e III MANUTENÇÃO MECÂNICA USINA PAULO AFONSO III ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE EQUIPAMENTOS ET-SPMP-002-R OBJETO: Fornecimento de Vaso Separador para linha de Ar-Comprimido do sistema de regulação de velocidade das unidades geradoras da Usina Paulo Afonso III. Maio/2013

2 DO/GRP/DRMP/SPMP Página 2 de 5 Í N D I C E I. OBJETO II. DEFINIÇÕES III. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS IV. EMBALAGEM / FRETE DE ENTREGA/ IMPOSTOS/ SEGUROS V. INSPEÇÃO TÉCNICA VI. LOCAL DE ENTREGA DOS EQUIPAMENTOS VII. GARANTIA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA VIII. CRONOGRAMA DO FORNECIMENTO IX. FATURAMENTO

3 DO/GRP/DRMP/SPMP Página 3 de 5 I. OBJETO Fornecimento de Vaso Separador para linha de Ar-Comprimido do sistema de regulação de velocidade das unidades geradoras da Usina Paulo Afonso III. II. DEFINIÇÕES Os termos abaixo terão o seguinte significado: a) CHESF Companhia Hidro Elétrica do São Francisco - Concessionária de Energia Elétrica, com sede à Rua Delmiro Gouveia, 333- Bongi Recife/PE, CNPJ nº / b) PROPONENTE Empresa responsável por apresentação de proposta no processo licitatório de acordo com os requisitos desta Especificação Técnica. c) CONTRATADA Empresa vencedora do processo de licitação e assim caracterizada após a assinatura do Contrato. d) ADMINISTRADOR DO CONTRATO Funcionário designado pela CHESF para, agindo em seu nome, representá-la junto à Contratada no tocante aos assuntos administrativos relativos ao Contrato. e) FISCALIZAÇÃO Preposto do Administrador do Contrato para, agindo em seu nome, atuar na fiscalização do cumprimento das condições contratadas para execução do objeto desta Especificação Técnica. f) AUTORIZAÇÃO DE FORNECIMENTO Documento a ser emitido pela CHESF após aprovação do projeto elaborado pela Contratada.

4 DO/GRP/DRMP/SPMP Página 4 de 5 III. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. Vaso 1.1 Volume Útil 0,5m Pressão de Projeto 44 kgf/cm Espessura do costado mínima 16 mm 1.4 Espessura dos tampos mínima 16 mm. 1.5 Diâmetro interno 600mm. 1.6 Altura total, com os suportes 2090mm. 1.7 Tampos do tipo semi-elíptico ASME 2:1 1.8 Placa de identificação em aço inox, fixada em local visível, contendo todas as informações requeridas na NR Conecções de entrada e saída 2 NPT, separadas a 90º e distantes 1400mm de altura Dois olhais na parte superior a 180º dimensionados para movimentação do vaso Dreno na parte mais baixa do tampo inferior, com conecção ¾ NPT Três suportes na parte inferior para fixação do vaso à base através de parafusos chumbadores no diâmetro Ø5/ Pintura externa com jateamento e posterior aplicação de tinta de fundo e de acabamento em epóxi, 40 a 60µm na cor azul segurança cód. Munsell 2,5 PB 4/ Acessórios 2.1. Válvula de segurança ajustada para pressão de projeto, conecção ¾ NPT, instalada após uma válvula de esfera de mesma conecção Purgador termodinâmico compatível com a pressão de Projeto, conecção ¾ NPT, instalada após uma válvula de esfera de mesma conecção Manômetro analólico (kgf/cm 2 ) 0 a 100 kgf/cm 2, conecção ½ NPT, instalada após uma válvula de esfera de mesma conecção. IV. EMBALAGEM, FRETE DE ENTREGA, IMPOSTOS E SEGUROS Deverão ser todos incluídos, prevendo-se o deslocamento até o local de entrega, sendo todas as despesas por conta do Fornecedor, a embalagem deve garantir a entrega do material sem nenhuma danificação até o momento de sua entrega. V. INSPEÇÃO TÉCNICA A CHESF, como mínimo necessário, para aceitação do fornecimento, avaliará o equipamento seguindo os itens a seguir: Inspeção visual: acabamento das partes, qualidade dos componentes; Dimensional: conforme a documentação preliminar apresentada e devidamente aprovada pelo requisitante; Comparativo do fornecimento com o pedido;

5 DO/GRP/DRMP/SPMP Página 5 de 5 Teste: Deve ser fornecido pelo um certificado do teste hidrostático realizado conforme requisitos da norma NR13; Prontuário do vaso contendo todas as informações requeridas na NR 13. Devem ser atendidos todos os requisitos da NR13. VI. LOCAL DE ENTREGA DO EQUIPAMENTO O local de entrega será no Almoxarifado da Chesf localizado à Avenida Maranhão, 716 Bairro Oliveira Lopes, Município de Paulo Afonso/BA, CEP VII. GARANTIA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA A garantia total de fabricação do equipamento e dos acessórios será de 12 meses após a entrada em operação ou 18 meses contados a partir da data da entrega. Durante o prazo de garantia, deverão ser substituídas quaisquer parte ou peças defeituosas sem ônus para a CHESF. VIII. CRONOGRAMA DO FORNECIMENTO Após a assinatura do contrato, a empresa ganhadora terá até 60 (sessenta) dias corridos para a entrega do objeto desta Especificação Técnica. IX. FATURAMENTO O faturamento será realizado em uma única parcela, em caso de total conformidade com o Objeto desta Especificação Técnica.

COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 0001/2012 COMPRASNET. Termo de Referência Mobiliário

COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 0001/2012 COMPRASNET. Termo de Referência Mobiliário COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 0001/2012 COMPRASNET Termo de Referência Mobiliário Objeto O presente Termo de Referência tem por objetivo a aquisição de mobiliários para atender as demandas decorrentes das novas

Leia mais

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS FOLHA DE CAPA TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA VÁLVULAS DE BLOQUEIO - REDE DE AÇO CARBONO VÁLVULA ESFERA E TOP-ENTRY NÚMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA ET-6000-6520-200-TME-005 ET-65-200-CPG-005 1 / 6 CONTROLE

Leia mais

Escola Estadual Dr. José Marques de Oliveira Rua Bueno Brandão nº 220 centro Pouso Alegre - MG Tel (35) 3422-2529 EDITAL Nº 04 /2012 AQUISIÇÃO -

Escola Estadual Dr. José Marques de Oliveira Rua Bueno Brandão nº 220 centro Pouso Alegre - MG Tel (35) 3422-2529 EDITAL Nº 04 /2012 AQUISIÇÃO - Escola Estadual Dr. José Marques de Oliveira Rua Bueno Brandão nº 220 centro Pouso Alegre - MG Tel (35) 3422-2529 EDITAL Nº 04 /2012 AQUISIÇÃO - A Caixa Escolar Dr. José Marques de Oliveira, inscrita no

Leia mais

uso externo Nº 2117 1

uso externo Nº 2117 1 Nº Data Revisões Aprov.: Vanderlei Robadey Página 1 de 12 DESENHO 2 - CORPO DA CAIXA DISPOSITIVO PARA LACRE DE SEGURANÇA A B ROSCA M6 x 1 TORRE DE FIXAÇÃO ROSCA M10 x 1,5 C TORRE DE FIXAÇÃO ROSCA M10 x

Leia mais

Termo de Referência nº 24/AGSP-2/2012 Página - 1 - de 8

Termo de Referência nº 24/AGSP-2/2012 Página - 1 - de 8 Termo de Referência nº 24/AGSP-2/2012 Página - 1 - de 8 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA EVENTUAL FORNECIMENTO DE FITA HOLOGRÁFICA TRANSPARENTE 250 FACES, MATERIAL UTILIZADO NA ÁREA DE SEGURANÇA DA SRSP E AEROPORTOS

Leia mais

Segurança em Caldeiras e Vasos de Pressão NR 13.

Segurança em Caldeiras e Vasos de Pressão NR 13. Segurança em Caldeiras e Vasos de Pressão NR 13. 1 NR-13 CALDEIRAS E VASOS SOB PRESSÃO Objetivo: Estabelecer os procedimentos obrigatórios nos locais onde se situam vasos de pressão e caldeiras de qualquer

Leia mais

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. 2ª 15/02/2007 Retirado o tubulete da caixa de muflas do medidor.

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. 2ª 15/02/2007 Retirado o tubulete da caixa de muflas do medidor. Especificação Sucinta de Caixa Modelo F3 Uso Externo Processo Planejamento, Ampliação e Melhoria da Rede Elétrica Atividade Planeja o Desenvolvimento da Rede Código Edição Data VR01.01-00.4 4ª Folha 1

Leia mais

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. 2ª 15/02/2007 Retirado o tubulete da caixa de muflas do medidor.

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. 2ª 15/02/2007 Retirado o tubulete da caixa de muflas do medidor. Especificação Sucinta de Caixa Modelo F4 Uso Externo Processo Planejamento, Ampliação e Melhoria da Rede Elétrica Atividade Planeja o Desenvolvimento da Rede Código Edição Data VR01.01-00.5 5ª Folha 1

Leia mais

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. 2ª 15/02/2007 Retirado o tubulete da caixa de muflas do medidor.

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. 2ª 15/02/2007 Retirado o tubulete da caixa de muflas do medidor. Especificação Sucinta de Caixa Modelo F4 Uso Externo Processo Planejamento, Ampliação e Melhoria da Rede Elétrica Atividade Planeja o Desenvolvimento da Rede Código Edição Data VR01.01-00.5 6ª Folha 1

Leia mais

02.01.01.02.001 02.01.02.02.001

02.01.01.02.001 02.01.02.02.001 INFRAERO RJ.06/432.92/2073/00 33/58 02.01.01.02 02.01.02.02 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE TUBULAÇÕES E ACESSÓRIOS DA CASA DE BOMBAS Descrição: O fornecimento e instalação de tubulações e acessórios da casa

Leia mais

O CONSELHO DE GESTÃO DA AGÊNCIA GOIANA DE REGULAÇÃO, CONTROLE E FISCALIZAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS, no uso de suas competências legais e,

O CONSELHO DE GESTÃO DA AGÊNCIA GOIANA DE REGULAÇÃO, CONTROLE E FISCALIZAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS, no uso de suas competências legais e, 1 RESOLUÇÃO Nº 205 /2008 - CG Dispõe sobre a inspeção de segurança veicular dos veículos de propriedade das concessionárias que operam no transporte rodoviário intermunicipal de passageiros do Estado de

Leia mais

ANEXO 3 GERENCIAMENTO DE MODIFICAÇÕES

ANEXO 3 GERENCIAMENTO DE MODIFICAÇÕES ANEXO 3 GERENCIAMENTO DE MODIFICAÇÕES 1 OBJETIVO O objetivo do Gerenciamento de Modificações consiste em prover um procedimento ordenado e sistemático de análise dos possíveis riscos introduzidos por modificações,

Leia mais

Especificação Técnica de Projeto N.º 009 ETP009 Lacres para unidade de medição.

Especificação Técnica de Projeto N.º 009 ETP009 Lacres para unidade de medição. SERVIÇO AUTONOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE SOROCABA ETP 009 Especificação Técnica de Projeto N.º 009 ETP009 Lacres para unidade de medição. 1. Objetivo. Esta ETP 009, especificação Técnica de Projeto nº 009

Leia mais

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES AQUISIÇÃO/INSTALAÇÃO DE NO-BREAK MICROPROCESSADO E BANCO DE BATERIAS CAPACIDADE 150 KVA

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES AQUISIÇÃO/INSTALAÇÃO DE NO-BREAK MICROPROCESSADO E BANCO DE BATERIAS CAPACIDADE 150 KVA ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES AQUISIÇÃO/INSTALAÇÃO DE NO-BREAK MICROPROCESSADO E BANCO DE BATERIAS CAPACIDADE 150 KVA 1 INTRODUÇÃO Este Caderno de Especificações estabelece as características gerais

Leia mais

IMPUGNAÇÃO 1 PREGÃO 09/2016

IMPUGNAÇÃO 1 PREGÃO 09/2016 MEC Ministério da Educação Uasg 150002 IMPUGNAÇÃO 1 PREGÃO 09/2016 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 09/2016 Processo nº 23000.004587/2016-05 Trata-se de peça impugnatória impetrada por empresa interessada em participar

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE CINTO DE SEGURANÇA TIPO PARA-QUEDISTA TORRES EÓLICAS

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE CINTO DE SEGURANÇA TIPO PARA-QUEDISTA TORRES EÓLICAS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE CINTO DE SEGURANÇA TIPO PARA-QUEDISTA TORRES EÓLICAS ET-DAST 007/13 Data 14/10/2013 I- APLICAÇÃO Este cinto deve ser utilizado para trabalhos em altura superior a 02 (dois) metros,

Leia mais

LOTE 1. Pote. Pote. Pote. Pote. Pote. DATA : / / 2009 Firma Proponente Assinatura Responsável LICITAÇÃO POR: PREGÃO ELETRÔNICO Nº

LOTE 1. Pote. Pote. Pote. Pote. Pote. DATA : / / 2009 Firma Proponente Assinatura Responsável LICITAÇÃO POR: PREGÃO ELETRÔNICO Nº A firma ao lado mencionada propõe fornecer ao Estado do rio de Janeiro, pelos preços abaixo assinalados, obedecendo rigorosamente às condições estipuladas constantes do EDITAL nº /2009. Nº. de Estoque

Leia mais

MÓVEIS ESCOLARES CADEIRA E MESA PARA CONJUNTO ALUNO INDIVIDUAL. Portaria Inmetro 105/2012 e 184/2015 Códigos: 3795 Cadeira e 3796 - Mesa

MÓVEIS ESCOLARES CADEIRA E MESA PARA CONJUNTO ALUNO INDIVIDUAL. Portaria Inmetro 105/2012 e 184/2015 Códigos: 3795 Cadeira e 3796 - Mesa MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA- INMETRO Diretoria da Qualidade Dqual Divisão de Fiscalização e Verificação

Leia mais

Especificação Disjuntores Baixa Tensão

Especificação Disjuntores Baixa Tensão Especificação Disjuntores Baixa Tensão Descrição: DISJUNTOR MICROPROCESSADO Local de Aplicação: QGBT Modelo: Fabricante: Fabricante Alternativo: Normas NBR-5361 / 8176, IEC-947-2 Aplicáveis Critério de

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa RESOLUÇÃO DE MESA Nº 864/2008. (publicada no DOAL nº 9339, de 10 de setembro de 2008) Dispõe sobre as características

Leia mais

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS FOLHA DE CAPA TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA TUBOS DE COBRE RÍGIDOS E FLEXÍVEIS NÚMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS ET-65-200-CPG-039 1 / 7 ESTA FOLHA DE CONTROLE INDICA

Leia mais

PROPOSTA DE TEXTO-BASE MARMITA DE ALUMÍNIO

PROPOSTA DE TEXTO-BASE MARMITA DE ALUMÍNIO MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO LOGÍSTICO DIRETORIA DE SUPRIMENTO Seção de Suprimento Classe II 84/04 PROPOSTA DE TEXTO-BASE SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 1 2. CARACTERÍSTICAS GERAIS...

Leia mais

PROCEDIMENTO DE FISCALIZAÇÃO - CONTENTORES INTERMEDIÁRIOS PARA GRANÉIS (IBC) Portaria Inmetro 250/2006 e 280/2008 Código 3368

PROCEDIMENTO DE FISCALIZAÇÃO - CONTENTORES INTERMEDIÁRIOS PARA GRANÉIS (IBC) Portaria Inmetro 250/2006 e 280/2008 Código 3368 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA- INMETRO Diretoria da Qualidade Dqual Divisão de Fiscalização e Verificação

Leia mais

CENTRAIS GERADORAS EÓLICAS

CENTRAIS GERADORAS EÓLICAS INSTRUÇÕES PARA REQUERIMENTO AO ONS DE PARECER OU DOCUMENTO EQUIVALENTE DE ACESSO AO SISTEMA DE TRANSMISSÃO PARA FINS DE CADASTRAMENTO NA EPE COM VISTAS À HABILITAÇÃO TÉCNICA AO LEILÃO DE ENERGIA DE RESERVA

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 50/2012

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 50/2012 FUNDO NACION DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO-GER DE RECURSOS LOGÍSTICOS CGLOG TERMO DE REFERÊNCIA Nº 50/202. OBJETO. Aquisição de PNEUS, para uso em veículo oficial, leve, de acordo com os critérios

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 4. DESCRIÇÃO DO OBJETO 4.1. DESCRIÇÃO RESUMIDA Item Descrição Resumida. Preço médio total

TERMO DE REFERÊNCIA. 4. DESCRIÇÃO DO OBJETO 4.1. DESCRIÇÃO RESUMIDA Item Descrição Resumida. Preço médio total TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada em fornecimento de cópias de chaves para o Campus Birigui do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo IFSP.

Leia mais

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA Processo n.º E-04/. /2012 Aquisição de Forro Mineral com ENTREGA PARCELADA conforme especificação, para uso da Divisão de Manutenção Predial para manutenção dos imóveis ocupados pela SEFAZ. 1. DO OBJETO:

Leia mais

CENTRAIS GERADORAS FOTOVOLTAICAS.

CENTRAIS GERADORAS FOTOVOLTAICAS. INSTRUÇÕES PARA REQUERIMENTO AO ONS DE PARECER OU DOCUMENTO EQUIVALENTE DE ACESSO AO SISTEMA DE TRANSMISSÃO PARA FINS DE CADASTRAMENTO NA EPE COM VISTAS À HABILITAÇÃO TÉCNICA AO 1º LEILÃO DE ENERGIA DE

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Impermeabilização da laje de cobertura do prédio principal FÁBRICAS DE CULTURA

TERMO DE REFERÊNCIA Impermeabilização da laje de cobertura do prédio principal FÁBRICAS DE CULTURA TERMO DE REFERÊNCIA laje de cobertura do prédio principal FÁBRICAS DE CULTURA BRASILÂNDIA ÍNDICE DO TERMO DE REFERÊNCIA TÉCNICA 1. OBJETIVO GERAL 2. JUSTIFICATIVA 3. DA MODALIDADE DA CONTRATAÇÃO 4. DISPOSIÇÕES

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO ST8000C

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO ST8000C MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO ST8000C Índice Apresentação...3 Introdução...3 Princípio de funcionamento...3 Operação...4 Modo de Operação...4 Esquema elétrico das ligações...4 Sinalizações do equipamento...7

Leia mais

LICITAÇÃO Nº 006/2011-PREGÃO ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

LICITAÇÃO Nº 006/2011-PREGÃO ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Especificações técnicas: LICITAÇÃO Nº 006/2011-PREGÃO ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LOTE I CONJUNTO DE MESAS PLENÁRIAS 1. Mesa Plenária tipo I medindo 800 x 800 x 900 mm 34 (trinta e quatro) unidades (perspectiva

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Readequação de espaços divisórias em drywall FÁBRICAS DE CULTURA

TERMO DE REFERÊNCIA Readequação de espaços divisórias em drywall FÁBRICAS DE CULTURA TERMO DE REFERÊNCIA Readequação de espaços divisórias em drywall FÁBRICAS DE CULTURA JAÇANÃ ÍNDICE DO TERMO DE REFERÊNCIA TÉCNICA 1. OBJETIVO GERAL 2. JUSTIFICATIVA 3. DA MODALIDADE DA CONTRATAÇÃO 4. DISPOSIÇÕES

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO Entre: - RNAE Associação das Agências de Energia e Ambiente - Rede Nacional, pessoa coletiva n.º 509 206 379, com sede na Rua dos Mourões, n.º 476, sala 23, em São Félix da Marinha,

Leia mais

CÓDIGO DE CONTROLE TRS/DEMIE-06/09

CÓDIGO DE CONTROLE TRS/DEMIE-06/09 1 de 5 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO COM VIDROS DE 4mm INCLUSOS, PORTAS DE ENROLAR EM CHAPA DE AÇO E ESQUADRIAS EM VIDRO TEMPERADO NAS EDIFICAÇÕES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERNAMBUCO.

Leia mais

FECHADURA SOLENOIDE FAIL SAFE

FECHADURA SOLENOIDE FAIL SAFE FECHADURA SOLENOIDE FAIL SAFE VERSÃO DO MANUAL 1.1 de 04/02/2014 6879 Sumário 1. Apresentação... 3 2. Itens que Acompanham... 3 3. Especificações Técnicas... 4 4. Características Gerais... 4 5. Recomendações

Leia mais

CAIXA DE VISITA TRONCO CÓNICA Ø 200

CAIXA DE VISITA TRONCO CÓNICA Ø 200 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 307 22 de junho de 2012 Página 2 de 8 ÍNDICE Registo das revisões... 3 Preâmbulo... 4 1. Objetivo... 4 2. Âmbito... 4 3. Referências externas... 4 4. Condições gerais de fabrico...

Leia mais

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA Aquisição de Material de Elétrica com ENTREGA PARCELADA conforme especificação, para uso da Divisão de Manutenção Predial para utilização na nova sede da SEFAZ. 1. DO OBJETO: Aquisição de material de Elétrica

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO REV. 00 Rodovia PR-317 Km 106+200m Maringá PR Tel.: (44) 3033-6000 Fax: (44) 3033-6060 CEP 87065-005 http://www.viapar.com.br Sumário 1. FLUXOGRAMA

Leia mais

E S P E C I F I C A Ç Õ E S T É C N I C A S

E S P E C I F I C A Ç Õ E S T É C N I C A S SUBGRUPO: 180400 CERCA / MURO FOLHA: SUMÁRIO 1. CERCA COM TELA DE ARAME GALVANIZADO E ESTACAS DE CONCRETO...1 1.1 OBJETIVO E DEFINIÇÕES...1 1.2 MATERIAIS...1 1.3 EQUIPAMENTOS...2 1.4 EXECUÇÃO...2 1.5 CONTROLE...2

Leia mais

SECRETARIA DE HABITAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO

SECRETARIA DE HABITAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO ANEXO P.8 PRESTAÇÃO DE CONTAS RECEBIMENTO DE OBRAS DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA 1. Ofício assinado pelo Prefeito, encaminhando a Prestação de Contas à Casa Paulista, fazendo menção aos documentos anexados. 2.

Leia mais

A NOVA REGULAMENTAÇÃO DE ESTRUTURAS EM BETÃO ARMADO

A NOVA REGULAMENTAÇÃO DE ESTRUTURAS EM BETÃO ARMADO A NOVA REGULAMENTAÇÃO DE ESTRUTURAS EM BETÃO ARMADO 18 Janeiro.2012 ESTRUTURAS EM BETÃO ARMADO INSPEÇÃO E ENSAIOS A NOVA REGULAMENTAÇÃO DE ESTRUTURAS EM BETÃO ARMADO ESTRUTURAS EM BETÃO ARMADO INSPEÇÃO

Leia mais

1. SISTEMA DE ESGOTO SANITÁRIOS

1. SISTEMA DE ESGOTO SANITÁRIOS 1. SISTEMA DE ESGOTO SANITÁRIOS 1.1 - CONCEPÇÃO DO PROJETO: O projeto constará de plantas, detalhes, memória de cálculo e especificações, que sejam necessárias para que haja o perfeito entendimento. 1.

Leia mais

Prefeitura Municipal de Assis Paço Municipal Profª. Judith de Oliveira Garcez

Prefeitura Municipal de Assis Paço Municipal Profª. Judith de Oliveira Garcez Prefeitura Municipal de Assis Paço Municipal Profª. Judith de Oliveira Garcez Anexo I Termo de Referência Compreende o objeto desta REGISTRO DE PREÇOS SERVIÇO DE RECUPERAÇÃO DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CLIENTE: UNIFACS UNIVERSIDADE SALVADOR DISCIPLINA DE EXPRESSÃO GRÁFICA E PROJETOS ELÉTRICOS

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CLIENTE: UNIFACS UNIVERSIDADE SALVADOR DISCIPLINA DE EXPRESSÃO GRÁFICA E PROJETOS ELÉTRICOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CLIENTE: PROGRAMA: ÁREA: UNIFACS UNIVERSIDADE SALVADOR DISCIPLINA DE EXPRESSÃO GRÁFICA E PROJETOS ELÉTRICOS CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA ELETROTÉCNCIA FOLHA 1 de 5 ÍNDICE DE REVISÕES

Leia mais

SUPLEMENTO TÉCNICO. Automação Elevador Vertical a Cabo/Cremalheira EL03IN

SUPLEMENTO TÉCNICO. Automação Elevador Vertical a Cabo/Cremalheira EL03IN P á g i n a 1 SUPLEMENTO TÉCNICO Automação Elevador Vertical a Cabo/Cremalheira EL03IN P á g i n a 2 1. Introdução O sistema de automação para elevadores foi desenvolvido para conforto e especialmente

Leia mais

Manual de instruções. Rampa de moto 250

Manual de instruções. Rampa de moto 250 Manual de instruções Rampa de moto 250 Apresentação Somos uma empresa voltada no ramo de equipamentos para auto centers e borracharias em geral, contamos com uma linha de funcionários altamente qualificada

Leia mais

REGULAMENTO DE CONFORMIDADE TÉCNICA DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS

REGULAMENTO DE CONFORMIDADE TÉCNICA DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS REGULAMENTO DE CONFORMIDADE TÉCNICA DE (versão 03) JULHO / 2012 Página 1 DIRETORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL DGE GERÊNCIA DE LOGÍSTICA GELOG SUPERVISÃO DE CONTROLE DE QUALIDADE DE MATERIAIS SCQ Página 2 SUMÁRIO

Leia mais

TAMPÕES DE FERRO FUNDIDO DÚCTIL

TAMPÕES DE FERRO FUNDIDO DÚCTIL Rev. 0 1 DIRTEC Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul. 1 de 6 ÍNDICE DE REVISÕES DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS EMISSÃO INICIAL REVISÃO GERAL DATA: 24/06/05 30/05/12 EXECUÇÃO: Hebert Michael

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESTAÇÃO DE PEQUENO PORTE - EPP 300 m³/h

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESTAÇÃO DE PEQUENO PORTE - EPP 300 m³/h TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESTAÇÃO DE PEQUENO PORTE - EPP 300 m³/h SUMÁRIO 1. OBJETIVO 2 2. REFERÊNCIAS E NORMAS APLICÁVEIS 2 2.1 DOCUMENTOS SULGÁS 2 2.2 NORMAS PETROBRAS 2 2.3 OUTRAS NORMAS 2 3. FINALIDADE

Leia mais

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA Processo n.º E-04/. /2011 Aquisição de roupas especializadas para utilização dos profissionais da área de Manutenção Predial da Secretaria de Estado de Fazenda - SEFAZ 1. DO OBJETO: Aquisição de roupas

Leia mais

www.star.ind.br Fone: (19) 3864-1007

www.star.ind.br Fone: (19) 3864-1007 www.star.ind.br Fone: (19) 3864-1007 Módulo Disjuntor Introdução O seu Módulo Disjuntor reúne o que há de mais recente em tecnologia para valorizar ainda mais o seu empreendimento. Para maximizar a performance

Leia mais

MANUAIS: Caso sejamos adjudicados forneceremos juntamente com os equipamentos seus respectivos Manuais Técnicos de Instruções de Uso/Operação.

MANUAIS: Caso sejamos adjudicados forneceremos juntamente com os equipamentos seus respectivos Manuais Técnicos de Instruções de Uso/Operação. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA Sr. Luciano Anchieta Benitez Rua Monsenhor Constábile Hipólito, 125 CEP 96400-590 -Bagé/RS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 71/2010 PROCESSO Nº 23100.001309/2010-74

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES DA ABRANGÊNCIA, ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES DA ABRANGÊNCIA, ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL (*) RESOLUÇÃO N o 247, DE 13 DE AGOSTO DE 1999. Altera as condições gerais da prestação de serviços de transmissão e contratação do acesso, compreendendo os

Leia mais

NPT 034 HIDRANTE URBANO

NPT 034 HIDRANTE URBANO Janeiro 2012 Vigência: 08 Janeiro 2012 NPT 034 Hidrante Urbano CORPO DE BOMBEIROS BM/7 Versão: 02 Norma de Procedimento Técnico 9páginas SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Referências Normativas e Bibliográficas

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL n.º 023, de 13 de fevereiro de 2003.

Leia mais

PÁ CARREGADEIRA TRASEIRA

PÁ CARREGADEIRA TRASEIRA PÁ CARREGADEIRA TRASEIRA IT - 400 PCT ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 02 NORMAS DE SEGURANÇA... 03 e 04 Normas de Segurança... 03 Importante... 03 Atenção... 04 COMPONENTES... 05 Componentes IT - 400PCT... 05 ENGATE

Leia mais

Controles de Nível - Modelo 007

Controles de Nível - Modelo 007 Controles de Nível - Modelo 007 Execução: Conexões Roscadas Laterais c/ 01 ponto de atuação - Modelo 007RLL Execução: Conexões Flangeadas Laterais c/ 01 ponto de atuação - Modelo 007FLL 12 Execução: Conexões

Leia mais

INSTALADO COM COLA ESPECIAL, COM MEDIDAS DE 1,80 M DE ALTURA X 1,90 M DE COMPRIMENTO

INSTALADO COM COLA ESPECIAL, COM MEDIDAS DE 1,80 M DE ALTURA X 1,90 M DE COMPRIMENTO 1 1 16/00247 FORNECIMENTO DE ESPELHOS EM CRISTAL PRATA, DE 04 MM DE ESPESSURA, LAPIDADO, PC 4 INSTALADO COM COLA ESPECIAL, MEDIDAS DE 1,80 M DE ALTURA X 6,92 M DE COMPRIMENTO, SENDO 04 PAINÉIS DE 1,80

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 012/2014. Confecção, aplicação e instalação de comunicação visual da nova exposição de média duração.

CARTA CONVITE Nº 012/2014. Confecção, aplicação e instalação de comunicação visual da nova exposição de média duração. Santos, 17 de outubro de 2014. CARTA CONVITE Nº 012/2014 Confecção, aplicação e instalação de comunicação visual da nova exposição de média duração Museu do Café O Instituto de Preservação e Difusão da

Leia mais

DECRETO N 001/2014 10 DEJANEIRO DE 2014

DECRETO N 001/2014 10 DEJANEIRO DE 2014 DECRETO N 001/2014 10 DEJANEIRO DE 2014 "REGULAMENTA LEI MUNICIPAL 2.592/2007, CRIA MODELOS DE DOCUMENTOS DE PORTE OBRIGATÓRIO PARA USO DOS PROFISSIONAIS AUTORIZADOS A PRESTAR SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR

Leia mais

Estado do Paraná Secretaria Municipal de Gestão Pública

Estado do Paraná Secretaria Municipal de Gestão Pública ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 0038/2009 Homologado o processo licitatório Pregão Presencial nº PG/SMGP-0183/2009 (Registro de preços para o fornecimento de extintores, carga de extintores, suporte veicular

Leia mais

Boletim de Serviço BS 24-08-15/001

Boletim de Serviço BS 24-08-15/001 Boletim de Serviço BS 24-08-15/001 Data de Lançamento: 24 / 08 / 2015 Boletim Número: BS 24-08-15/001 Título: Modelos Afetados: Boletim de Berço Acoplamento dos Coxins de Motor Conquest 160, 180, 180 LSA,

Leia mais

Vimos através desta, apresentar nossa proposta para fornecimento de cadeiras ergonômicas giratórias, conforme solicitação de V.S.

Vimos através desta, apresentar nossa proposta para fornecimento de cadeiras ergonômicas giratórias, conforme solicitação de V.S. AO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO SECRETARIA DE LICITAÇÕES, CONTRATOS E PATRIMÔNIO DIRETORIA DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 27/2015 Abertura: 15/05/2015 às 10:00 hs FLEXFORM INDUSTRIA METALURGICA LTDA

Leia mais

Revisado em 18/11/2008

Revisado em 18/11/2008 PROCEDIMENTOS PARA VERIFICAÇÃO INICIAL E SUBSEQUENTE DE TANQUES DE ARMAZENAMENTO E RESFRIAMENTO DE LEITE A GRANEL NORMA N o NIE-DIMEL- APROVADA EM N o Revisado em 18/11/2008 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 167, DE 31 DE MAIO DE 2000

RESOLUÇÃO Nº 167, DE 31 DE MAIO DE 2000 RESOLUÇÃO Nº 167, DE 31 DE MAIO DE 2000 Estabelece as Receitas Anuais Permitidas vinculadas às instalações de transmissão de energia elétrica, o valor da Tarifa de Uso da Rede Básica e os Encargos de Conexão.

Leia mais

OBJETIVO: APLICAÇÃO:

OBJETIVO: APLICAÇÃO: OBJETIVO: Este manual tem por objetivo sugerir os procedimentos, do ponto de vista técnico, para execução da infra-estrutura interna das unidades usuárias dos serviços em fibra óptica da Copel Telecomunicações.

Leia mais

DECRETO Nº 31605 DE 18 DE DEZEMBRO DE 2009. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e

DECRETO Nº 31605 DE 18 DE DEZEMBRO DE 2009. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e DECRETO Nº 31605 DE 18 DE DEZEMBRO DE 2009. Consolida os procedimentos para atestação de despesa, aplicação de multas contratuais e dá outras providências. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso

Leia mais

Painel com disjuntor Ex d / Ex tb

Painel com disjuntor Ex d / Ex tb Painel com disjuntor Ex d / Ex tb A prova de explosão, tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Painel de distribuição, alimentação, proteção, etc. montado em invólucros fabricados em

Leia mais

Requisitos legais. Para obter mais informações, consulte o documento Homologação de tipo.

Requisitos legais. Para obter mais informações, consulte o documento Homologação de tipo. Informação geral sobre leis e regulamentos Informação geral sobre leis e regulamentos Todos os países possuem requisitos legais para veículos conduzidos em vias públicas. Na União Europeia, eles são regidos

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Prefeitura de Capão da Canoa Secretaria de Meio Ambiente e Planejamento

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Prefeitura de Capão da Canoa Secretaria de Meio Ambiente e Planejamento Construção de Playground em Madeira Tratada Memorial Descritivo O presente memorial descritivo tem por finalidade orientar a execução da Construção de 04 conjuntos de Playgrounds em madeira tratada com

Leia mais

NORMA TÉCNICA 34/2014

NORMA TÉCNICA 34/2014 ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA 34/2014 Hidrante Urbano SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Referências normativas e bibliográficas 4 Definições 5

Leia mais

MUNICÍPIO DE ERECHIM EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº _01/2015

MUNICÍPIO DE ERECHIM EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº _01/2015 MUNICÍPIO DE ERECHIM EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº _01/2015 A Prefeitura Municípal de Erechim/RS, no uso de suas atribuições legais, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar

Leia mais

Contrato n.º 22 /2014

Contrato n.º 22 /2014 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE EMPREITADA DE OBRAS DE REMODELAÇÃO DAS COBERTURAS DAS GALERIAS DE LIGAÇÃO DOS PAVILHÕES DA ESCOLA SECUNDÁRIA DE VALONGO ESCOLA SEDE DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VALONGO Contrato

Leia mais

TERMO DE CONTRATO: Nº 17/2009

TERMO DE CONTRATO: Nº 17/2009 TERMO DE CONTRATO: Nº 17/2009 CONTRATANTE: TRIBUNAL DE CONTAS DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO CONTRATADA: PORT DISTRIBUIDORA DE INFORMÁTICA E PAPELARIA LTDA. OBJETO DO CONTRATO: Aquisição de toner para impressora

Leia mais

ANEXO VII PROPOSTA TÉCNICA

ANEXO VII PROPOSTA TÉCNICA ANEXO VII PROPOSTA TÉCNICA 1 Introdução 2 Propostas Técnica 2.1. Economia de Combustível 2.2. Controle da Frota e da Segurança Interna dos Veículos 2.2.1. GPS para Monitoramento da Frota 2.2.2. Câmera

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE SILVÂNIA SECRETARIA M. DE ADMINISTRAÇÃO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE SILVÂNIA SECRETARIA M. DE ADMINISTRAÇÃO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE FORNECIMENTO DE UNIFORMES ESCOLARES PARA ATENDER AOS ALUNOS DAS ESCOLAS DO ENSINO FUNDAMENTAL, DO MUNICÍPIO DE SILVÂNIA/GO. A Prefeitura Municipal de Silvânia,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DA CORTINA DE AR INTERNATIONAL

MANUAL DE INSTALAÇÃO DA CORTINA DE AR INTERNATIONAL MANUAL DE INSTALAÇÃO DA CORTINA DE AR INTERNATIONAL APRESENTAÇÃO Agradecemos pela preferência na escolha de produtos International Refrigeração. Este documento foi elaborado cuidadosamente para orientar

Leia mais

PEDIDO DE RECEÇÃO PROVISÓRIA DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO E REDUÇÃO DA CAUÇÃO

PEDIDO DE RECEÇÃO PROVISÓRIA DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO E REDUÇÃO DA CAUÇÃO Registo n.º Data / / O Funcionário PEDIDO DE RECEÇÃO PROVISÓRIA DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO E REDUÇÃO DA CAUÇÃO Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher

Leia mais

PLANILHA DE ESPECIFICAÇÃO

PLANILHA DE ESPECIFICAÇÃO 1.1 AGITADOR MAGNÉTICO, MULTIPOSIÇÕES, COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS: POSIÇÕES DE AGITAÇÃO: 05. FAIXA DE VELOCIDADE: RANGE DE 50-1200 RPM QUANTIDADE MÁXIMA DE AGITAÇÃO POR POSIÇÃO: 0,5 LITROS. DISTÂNCIA

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL N. 11/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL N. 11/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO 1 PREGÃO PRESENCIAL N. 11/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Objeto AQUISIÇÃO DE PNEUS, CÂMARA DE AR E PROTETORES NOVOS DE FABRICAÇÃO NACIONAL PARA USO DE VEÍCULOS E MÁQUINAS DA PREFEITURA MUNICIPAL

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATERIAL E PATRIMÔNIO DIVISÃO DE COMPRAS 1º TERMO DE REFERÊNCIA (PRÉDIO DO CAN)

DEPARTAMENTO DE MATERIAL E PATRIMÔNIO DIVISÃO DE COMPRAS 1º TERMO DE REFERÊNCIA (PRÉDIO DO CAN) OFÍCIO Nº 055/2012 PROCESSO Nº 020/1522/2012 URGENTE FIRMA: TEL: E-MAIL: FAX: PREZADOS SENHORES, SOLICITAMOS PROPOSTA DE PREÇO PARA O SERVIÇO ABAIXO: 1º TERMO DE REFERÊNCIA (PRÉDIO DO CAN) OBJETO Contratação

Leia mais

ANEXO X. Especificações Técnicas. Concorrência nº. 003/2011

ANEXO X. Especificações Técnicas. Concorrência nº. 003/2011 ANEXO X Especificações Técnicas Concorrência nº. 003/2011 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA COM MÃO-DE-OBRA ESPECIALIZADA, VISANDO À EXECUÇÃO INDIRETA, POR PREÇO UNITÁRIO, DE SERVIÇOS TÉCNICOS ENVOLVENDO O MANEJO

Leia mais

Conjuntos mecânicos II

Conjuntos mecânicos II A UU L AL A Conjuntos mecânicos II Nesta aula trataremos de outro assunto também relacionado a conjuntos mecânicos: o desenho de conjunto. Introdução Desenho de conjunto Desenho de conjunto é o desenho

Leia mais

MINUTA DA CHAMADA PÚBLICA OO1/2014

MINUTA DA CHAMADA PÚBLICA OO1/2014 MINUTA DA CHAMADA PÚBLICA OO1/2014 Assunto: Chamada Pública nº 001 /2014, para aquisição de gêneros alimentícios da Agricultura Familiar, para alimentação escolar com dispensa de licitação amparada na

Leia mais

a) Hospedagem do site pelo tempo de vigência do contrato; b) Criação de até 50 contas de com 2GB cada;

a) Hospedagem do site pelo tempo de vigência do contrato; b) Criação de até 50 contas de com 2GB cada; CONTRATO Nº 003/16. Dispensa de Licitação nº 011/16, Processo nº 0284/16. CONTRATO DE SERVIÇOS PARA HOSPEDAGEM, MANUTENÇÃO E ATUALIZAÇÕES DE SITE, QUE ENTRE SI CELEBRAM A CÂMARA MUNICIPAL DE CAPÃO BONITO

Leia mais

BIOMBO ESTAÇÃO DE TRABALHO 31.07.11 I.ID

BIOMBO ESTAÇÃO DE TRABALHO 31.07.11 I.ID I.ID ID PD/PD1- PAINEL/ BIOMBO PDB- PAINEL/BIOMBO COM BALCÃO PDJ/PDJ1- PAINEL/BIOMBO COM VIDRO I.ID BIOMBOS ESPECIFICAÇÕES GERAIS 1. TIPOS PD (PAINEL/BIOMBO CEGO COM 02 CALHAS ELETRIFICÁVEIS); PD1(PAINEL/BIOMBO

Leia mais

Edital de Licitação Nº XX/Ano Concessão do Serviço de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros do Estado de Goiás TRIP-GO

Edital de Licitação Nº XX/Ano Concessão do Serviço de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros do Estado de Goiás TRIP-GO ANEXO IX TERMOS DE COMPROMISSO Termo de Compromisso I Eu,, RG nº, CPF nº, representante legal da empresa ou consórcio _, CNPJ nº e atuando em seu nome, venho declarar que a Concessionária manterá, durante

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Procuradoria-Geral Departamento de Administração Divisão de Material e Patrimônio Seção de Compras

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Procuradoria-Geral Departamento de Administração Divisão de Material e Patrimônio Seção de Compras Ref: aquisição de leitoras ópticas. MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROPOSTA DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 078/2008. Senhora Chefe da Coordenação de Material e Patrimônio, Considerando a solicitação constante

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS CATÁLOGO TÉCNICO DE MATERIAIS VOLUME I MATERIAIS DE FERRO FUNDIDO TOMO I TUBO DE FERRO FUNDIDO DÚCTIL MARÇO/2015 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS CATÁLOGO

Leia mais

CRR-RA CRR-RF CRR-RS Recorte Recorte Semi- Aberto Fechado Recortado

CRR-RA CRR-RF CRR-RS Recorte Recorte Semi- Aberto Fechado Recortado Dutos - Dutoplast Os dutos Dutoplast, protegem os cabos e fios contra todo o tipo de influência externa, e estão disponíveis em 4 recortes laterais diferentes, liso, recorte fechado, recorte aberto e semi

Leia mais

Manual de Operação e Instalação

Manual de Operação e Instalação Manual de Operação e Instalação LI-100 Indicador de Nível Cod: 073AA-018-122M Outubro / 2003 S/A. Rua João Serrano, 250 Bairro do Limão São Paulo SP CEP 02551-060 Fone: (11) 3488-8999 FAX: (11) 3488-8980

Leia mais

Inventário de Estoques

Inventário de Estoques Inventário de Estoques O inventário de estoques constitui-se em uma ferramenta de importância fundamental para o aperfeiçoamento dos controles internos da organização, mitigando riscos de perdas, proporcionando

Leia mais

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS FOLHA DE CAPA TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SOLDAGEM E FURAÇÃO (TREPANAÇÃO) EM DUTOS DE AÇO CARBONO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL DA COMPAGAS EM OPERAÇÃO NÚMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA ET-65-940-CPG-029

Leia mais

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SUL-3

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SUL-3 DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SUL-3 INSCRIÇÕES PARA CEL EDITAL 2015 O Dirigente Regional de Ensino da Diretoria de Ensino Região Sul-3, em atendimento às disposições da Resolução SE 03, de 28/01/2011, Resolução

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SISTEMA DE DETECÇÃO VEICULAR OVERHEAD

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SISTEMA DE DETECÇÃO VEICULAR OVERHEAD ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SISTEMA DE DETECÇÃO VEICULAR OVERHEAD SUMÁRIO 1. SISTEMA DE DETECÇÃO OVERHEAD... 2 2. PROCEDIMENTO DE TESTE DE SISTEMA DE DETECÇÃO OVERHEAD PARA O SISTEMA SCOOT... 3 3. DOCUMENTAÇÃO...

Leia mais

CE-CTET-GERAL AAP+AECOPS GER 00X / 00Y 14AL.21.--.--. CAPÍTULO.2-. COMPONENTES EM PERFILADO DE ALUMÍNIO

CE-CTET-GERAL AAP+AECOPS GER 00X / 00Y 14AL.21.--.--. CAPÍTULO.2-. COMPONENTES EM PERFILADO DE ALUMÍNIO 14AL.21.-- TÍTULO14AL SERRALHARIAS DE ALUMÍNIO CAPÍTULO.2-. COMPONENTES EM PERFILADO DE ALUMÍNIO SUB.CAPº.21. VÃOS I. UNIDADE E CRITÉRIO DE MEDIÇÃO Medição por unidade pronta acabada, assente e a funcionar

Leia mais

TERRACAP - COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA TERMO DE REFERÊNCIA

TERRACAP - COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA TERMO DE REFERÊNCIA TERRACAP - COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA PARA ESPECIFICAÇÃO DO SERVIÇO DE LIMPEZA, TRATAMENTO E CONSERVAÇÃO DO ESPELHO D ÁGUA DA TORRE DE TV DIGITAL. Gerência

Leia mais

APLICAÇÃO DE PLACAS IDENTIFICADORAS PARA EQUIPAMENTOS DA REDE AÉREA DE DISTRIBUIÇÃO

APLICAÇÃO DE PLACAS IDENTIFICADORAS PARA EQUIPAMENTOS DA REDE AÉREA DE DISTRIBUIÇÃO 1. OBJETIVO Este Informativo tem como objetivo padronizar a aplicação de placa de identificação em equipamentos da rede aérea de distribuição de energia elétrica, de forma a garantir o melhor posicionamento

Leia mais

GUIA PARA A REALIZAÇÃO DE ESTUDOS DE ESTABILIDADE DE PRODUTOS SANEANTES

GUIA PARA A REALIZAÇÃO DE ESTUDOS DE ESTABILIDADE DE PRODUTOS SANEANTES GUIA PARA A REALIZAÇÃO DE ESTUDOS DE ESTABILIDADE DE PRODUTOS SANEANTES A estabilidade de produtos saneantes depende de fatores ambientais como temperatura, umidade e luz, e de outros inerentes ao produto

Leia mais

A SUA SOLUÇÃO EM ENERGIA. Centro de Treinamento

A SUA SOLUÇÃO EM ENERGIA. Centro de Treinamento A SUA SOLUÇÃO EM ENERGIA Centro de Treinamento SUMÁRIO TD1 Operação e Manutenção de GMG equipamentos diesel operação manual (sem USCA) TD2 Operação e Manutenção de GMG equipamentos diesel operação em

Leia mais