Painéis de Concreto Armado

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Painéis de Concreto Armado"

Transcrição

1 CONCEITO É constituído por painéis estruturais pré-moldados maciços de concreto armado e pelas ligações entre eles. Destina-se à construção de paredes de edifícios habitacionais de até 5 pavimentos. A fabricação dos painéis é feita em unidade de produção montada em canteiro de obra ou em usina. A moldagem dos painéis é feita na posição vertical, com formas de aço apoiadas sobre quadro metálico.

2 TIPOS/MODELOS Os painéis podem ser de concreto armado e concreto celular autoclavado. Concreto celular autoclavado: tem como base de fabricação a mistura de cimento, cal, areia e alumínio em pó. Essas matérias lhe conferem características especiais, como leveza, resistência e fácil manejo. MÉTODO/TÉCNICA CONSTRUTIVA 1. Preparação das formas, com limpeza e aplicação de desmoldante; 2. Preparação da armadura em cada painel: introdução dos separadores do tipo caranguejo entre as telas, espaçadores plásticos para cobrimento das armaduras; introdução dos eletrodutos e das caixas elétricas; Para cada painel existe um desenho específico de armaduras e de instalações. 3. Fechamento e travamento da forma e lançamento do concreto; 4. Desenforma após 20 horas da concretagem e estocagem dos painéis; Após desenforma, os painéis são transportados e armazenados para serem curados (aspersão de água) por um período de no mínimo 48 horas. 5. Transporte e posicionamento do painel em local específico, no edifício: Os painéis são transportados em equipamentos de transporte vertical ou pórticos rolantes, posicionados e colocados no local definitivo sobre uma camada de argamassa de assentamento.

3 MÉTODO/TÉCNICA CONSTRUTIVA 6. Junção das armaduras de ligações dos painéis-paredes: Os painéis possuem rebaixos e armaduras de ligação nas bordas laterais para possibilitar a junção entre eles. As armaduras de ligação de cada painel são soldadas às armaduras de ligação dos painéis adjacentes e às armaduras verticais de arranque (cabos de aço); 7. Posicionamento de fundo de junta; Colocação de formas metálicas na região das juntas entre painéis, para facilitar o seu preenchimento com graute. 8. Grauteamento das juntas entre painéis; 9. Colocação das esquadrias externas nos ressaltos dos painéis: As janelas são posicionadas nas abas existentes nos painéis e fixadas lateralmente nos painéis com parafusos e buchas. A vedação entre janela e painel é feita com selante de poliuretano. 10. Posicionamento das lajes pré-moldadas sobre as paredes: É feito o posicionamento das armaduras negativas das lajes; Concretagem complementar dos rebaixos da laje.

4 CUIDADOS GERAIS NA EXECUÇÃO 1. Verificação da armadura e seus cobrimentos; 2. Controle de qualidade do painel concretado; 3. Antes de iniciar a movimentação dos painéis no canteiro, é importante chegar a carga máxima suportada pelo equipamento; 4. Evitar que haja queda de materiais; 5. Deve haver também na obra a relação de equipamentos de segurança coletiva e individual; 6. Limpeza e controle geométrico das formas; 7. Sequência e qualidade da montagens dos painéis em canteiro de obras (ligação com fundação, travamento e alinhamento dos painéis, soldas, tratamento das juntas, interfaces com lajes, acabamentos e interfaces com esquadrias e demais componentes, colocação das golas e realização de acabamentos externos). PROPRIEDADES 1. As formas dos painéis são compostas por chapas e perfis de aço, parafusos e ganchos de travamento; 2. Os painéis possuem espessura de 10cm com altura igual ao pé direito e comprimento máximo de 4 metros; 3. O concreto utilizado tem adição de fibras de polipropileno; 4. Os painéis possuem basicamente dois tipos de armaduras: simples e centralizada ou dupla; 5. Os painéis de parede são assentados sobre as lajes com argamassa, sendo as juntas horizontais externas acabadas com componentes pré-moldados (golas) e tratados com emulsão acrílica e tela de poliéster. Esse tratamento também é feito no pavimento térreo na região da junta entre piso externo e painéis;

5 PROPRIEDADES 6. As instalações elétricas são embutidas nos painéis de parede. As instalações hidráulicas, água fria e esgoto, são posicionadas em shafts; 7. As faces externas dos painéis podem receber pintura ou textura acrílica. As faces internas podem receber pintura ou revestimento cerâmico; 8. O sistema possui os seguintes prazos para uma residência de um pavimento de 205m²: Montagem dos painéis: dois dias úteis; Grauteamento entre painéis: um dia útil; Montagem de lajes, conexões elétricas e armadura negativa: um dia útil; Concretagem do rebaixo entre lajes: um dia útil. MATERIAIS UTILIZADOS Concreto (cimento, brita, areia, água, aditivos); Concreto celular autoclavado (cimento, cal, areia e alumínio em pó); Aço para armadura.

6 REFERÊNCIAS NORMAS TÉCNICAS DE REFERÊNCIA: ABNT NBR Paredes de Concreto Celular; ABNT NBR 12644/1992 Concreto Celular Espumoso; ABNT NBR 12645/1992 Execução de Paredes de Concreto Celular Espumoso Moldadas no Local. OUTRAS REFERÊNCIAS: SILVA, Fernando Benigno da. Painéis Estruturais Pré-Moldados Maciços de Concreto Armado para Execução de Paredes. Revista Téchne, edição 180. Editora Pini, São Paulo, Março de Disponível em: Acesso em: 10 de novembro de 2012.

Bloco de Concreto CONCEITO

Bloco de Concreto CONCEITO CONCEITO A alvenaria de bloco de concreto é empregada em paredes com função estrutural ou mesmo como vedação em edifícios com estrutura de concreto armado. Substituem a alvenaria de tijolos que, por falta

Leia mais

NBR 5629 Execução de tirantes ancorados no solo, 17/03/206.

NBR 5629 Execução de tirantes ancorados no solo, 17/03/206. ATENDIMENTO DE DE SERVIÇOS E TECNOLÓGICO 1 DE 8 1. NORMAS DE DE SERVIÇOS 1.1 LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO NBR 13133 - Execução de levantamento topográfico, 30/05/1994. Errata em 30/12/1996. 1.2 SOLOS E FUNDAÇÕES

Leia mais

SUMÁRIO. 2 Fundações 29. 1 Construindo Edifícios 3. 3 Madeira 85

SUMÁRIO. 2 Fundações 29. 1 Construindo Edifícios 3. 3 Madeira 85 SUMÁRIO 2 Fundações 29 1 Construindo Edifícios 3 Aprendendo a construir 4 Sustentabilidade 4 O trabalho do projetista: a escolha de sistemas construtivos 8 Normas para construção e fontes de informação

Leia mais

PROJETO DAS FÔRMAS PROJETO DAS FÔRMAS RACIONALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO

PROJETO DAS FÔRMAS PROJETO DAS FÔRMAS RACIONALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL PCC 2435 - Tecnologia da Construção de Edifícios I PROJETO DAS FÔRMAS Aula 11 PROJETO DAS FÔRMAS Profs. Fernando H. Sabbatini, Francisco F. Cardoso, Luiz

Leia mais

PRODUTOS GERDAU PARA PAREDES DE CONCRETO

PRODUTOS GERDAU PARA PAREDES DE CONCRETO PRODUTOS GERDAU PARA PAREDES DE CONCRETO SISTEMA CONSTRUTIVO PAREDES DE CONCRETO NBR160 PAREDES DE CONCRETO Sistema construtivo em que as lajes e as paredes são moldadas em conjunto, formando um elemento

Leia mais

Estaca pré-fabricada de concreto

Estaca pré-fabricada de concreto CONCEITO Podem ser de concreto armado ou protendido. São utilizadas com maior frequência em obras de pequeno e médio porte e causam grande vibração no solo. TIPOS/MODELOS Sua seção pode ser quadrada, hexagonal,

Leia mais

PVC e Concreto CONCEITO

PVC e Concreto CONCEITO CONCEITO As paredes de PVC e Concreto é uma técnica construtiva desenvolvida no Canadá. É formado por perfis leves de PVC que possibilita o encaixe de módulos de plástico, que são preenchidos com concreto

Leia mais

Aços Longos. Treliças Nervuradas Belgo

Aços Longos. Treliças Nervuradas Belgo Aços Longos Treliças Nervuradas Belgo Treliças Nervuradas As Treliças Nervuradas Belgo utilizam aço Belgo 60 Nervurado (CA 60) em todos os fios que as compõem: uma garantia de procedência e qualidade.

Leia mais

CONSTRUÍMOS A CASA DOS SEUS SONHOS Desenvolvemos qualquer projecto à sua medida

CONSTRUÍMOS A CASA DOS SEUS SONHOS Desenvolvemos qualquer projecto à sua medida CONSTRUÍMOS A CASA DOS SEUS SONHOS Desenvolvemos qualquer projecto à sua medida STORY HOUSE PREÇO DESDE: 130.000 + IVA RIVER HOUSE PREÇO DESDE: 250.000 + IVA SEA HOUSE PREÇO DESDE: 350.000 + IVA COUNTRY

Leia mais

sistema construtivo Steel Frame

sistema construtivo Steel Frame sistema construtivo Steel Frame A Allmas é uma indústria da construção civil, especializada na fabricação de estruturas e na construção em Steel Frame ou Light Steel Frame (LSF). Atua nos segmentos residenciais,

Leia mais

PLANILHA AUXILIAR A DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 01. ÁREA TOTAL TERRENO: 352,87m²

PLANILHA AUXILIAR A DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 01. ÁREA TOTAL TERRENO: 352,87m² DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 0 ENDEREÇO: Rua nº 0 - Loteamento Maria Laura - INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas. Unidade:

Leia mais

Produto Painéis estruturais pré-moldados Casa Express, mistos de concreto armado e lajotas cerâmicas Tipo A

Produto Painéis estruturais pré-moldados Casa Express, mistos de concreto armado e lajotas cerâmicas Tipo A Rua Aquinos, 111 Água Branca 05036-070 - São Paulo/SP Tel/Fax (11) 3611-0833 www.ifbauer.org.br inovacons@ifbauer.org.br Emissão setembro de 2014 Validade agosto de 2016 Produto Painéis estruturais pré-moldados

Leia mais

APLICAÇÃO DOS PRÉ-MOLDADOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

APLICAÇÃO DOS PRÉ-MOLDADOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL APLICAÇÃO DOS PRÉ-MOLDADOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL Arthur Pimentel Falcão Soares 1 Elisson Lima Santana 2 Felipe Bomfim Cavalcante do Nascimento 3 Engenharia Civil ISSN IMPRESSO 1980-1777 ISSN ELETRÔNICO 2316-3135

Leia mais

Atividade. 04) Qual a finalidade da cura do concreto? De que maneira a cura pode ser realizada (cite no mínimo 3 exemplos)?

Atividade. 04) Qual a finalidade da cura do concreto? De que maneira a cura pode ser realizada (cite no mínimo 3 exemplos)? Curso: Superior de Tecnologia em Construção de Edifícios - Disciplina: Construções de Concreto Armado - Data: / / Aluno: Turma: Professor: Marcos Valin Jr Atividade 01) Defina: A- Concreto B- Concreto

Leia mais

Resistência mecânica Isolamento térmico e acústico Resistência ao fogo Estanqueidade Durabilidade

Resistência mecânica Isolamento térmico e acústico Resistência ao fogo Estanqueidade Durabilidade APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE: Escolher a alvenaria adequada; Orientar a elevação das paredes (primeira fiada, cantos, prumo, nível); Especificar o tipo de argamassa de assentamento;

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CONCEPÇÃO E IMAGENS DO LOCAL

MEMORIAL DESCRITIVO CONCEPÇÃO E IMAGENS DO LOCAL MEMORIAL DESCRITIVO CONCEPÇÃO E IMAGENS DO LOCAL REVITALIZAÇÃO DA PRAÇA DA MATRIZ, COM A TROCA DO PAVIMENTO, INSTALAÇÃO DE NOVA ILUMINAÇÃO, NOVOS BANCOS E RESTAURAÇÃO DO ENTORNO DA PROTEÇÃO DA ESTATUA

Leia mais

Aços Longos. Treliças Nervuradas Belgo

Aços Longos. Treliças Nervuradas Belgo Aços Longos Treliças Nervuradas Belgo trelic as nervuradas.indd 1 12/19/08 8:29:53 AM Treliças Nervuradas As Treliças Nervuradas Belgo utilizam aço Belgo 60 nervurado (CA 60) em todos os fios que as compõem:

Leia mais

07/05/2014. Professor

07/05/2014. Professor UniSALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Disciplina: Introdução a Engenharia Civil Área de Construção Civil MSc. Dr. André Luís Gamino Professor Definição

Leia mais

Materiais de Construção Civil. Aula 09 parte 2. Concreto

Materiais de Construção Civil. Aula 09 parte 2. Concreto Materiais de Construção Civil Aula 09 parte 2 Concreto Taciana Nunes Arquiteta e Urbanista Traço do concreto Existem tabelas prontas de traço que dão o valor aproximado da resistência esperada ou pode-se

Leia mais

TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES

TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES 1 TCCC2 TÉCNICAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL 2 Capítulo IX Alvenarias Prof. Lucas HP Silva 2 NR 18 - Condições e meio ambiente do trabalho na indústria da construção (norma regulamentadora

Leia mais

Aula de Laboratório de Materiais de Construção Civil Professora: Larissa Camporez Araújo

Aula de Laboratório de Materiais de Construção Civil Professora: Larissa Camporez Araújo Aula de Laboratório de Materiais de Construção Civil Professora: Larissa Camporez Araújo De acordo com a NBR 12655, o responsável pelo recebimento do concreto é o proprietário da obra ou o responsável

Leia mais

Construção Civil. Lajes Nervuradas com EPS / Fachadas e Rodatetos em EPS. A leveza do EPS, gerando economia

Construção Civil. Lajes Nervuradas com EPS / Fachadas e Rodatetos em EPS. A leveza do EPS, gerando economia Construção Civil Lajes Nervuradas com EPS / Fachadas e Rodatetos em EPS A leveza do EPS, gerando economia Enchimento para Lajes EPS Unidirecional Moldada (330 e 400mm) 330 / 400mm 1000mm 30 40 330 / 400

Leia mais

ALVENARIA ESTRUTURAL. - projeto - LUIS ALBERTO CARVALHO 85-3244-3939 9982-4969. la99824969@yahoo.com.br

ALVENARIA ESTRUTURAL. - projeto - LUIS ALBERTO CARVALHO 85-3244-3939 9982-4969. la99824969@yahoo.com.br ALVENARIA ESTRUTURAL - projeto - Engenheiro Civil - Ph.D. 85-3244-3939 9982-4969 la99824969@yahoo.com.br aspectos estruturais do PROJETO DE ARQUITETURA evitar-se, a todo custo, a arquitetura tipo caixão,

Leia mais

Estaca Escavada Circular

Estaca Escavada Circular Estaca Escavada Circular 1 Definição e Recomendações da Norma NBR 6122 / 96 A Norma NBR 6122 / 96 define estaca escavada como o tipo de fundação profunda executada por escavação mecânica, com uso ou não

Leia mais

RELATÓRIO 2ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO 2ª MEDIÇÃO RELATÓRIO 2ª MEDIÇÃO OBRA: EXECUÇÃO DE REFORMA NO FÓRUM TRABALHISTA DE CORNÉLIO PROCÓPIO - IMÓVEL LOCADO. CONTRATADA: NS ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA - EPP. Considerando a instituição da Comissão de Recebimento

Leia mais

BIOMBO ESTAÇÃO DE TRABALHO 31.07.11 I.ID

BIOMBO ESTAÇÃO DE TRABALHO 31.07.11 I.ID I.ID ID PD/PD1- PAINEL/ BIOMBO PDB- PAINEL/BIOMBO COM BALCÃO PDJ/PDJ1- PAINEL/BIOMBO COM VIDRO I.ID BIOMBOS ESPECIFICAÇÕES GERAIS 1. TIPOS PD (PAINEL/BIOMBO CEGO COM 02 CALHAS ELETRIFICÁVEIS); PD1(PAINEL/BIOMBO

Leia mais

PAREDES E LAJES DE CONCRETO

PAREDES E LAJES DE CONCRETO SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA PAREDES E LAJES DE CONCRETO ARMAÇÃO, CONCRETAGEM, ESTUCAMENTO e FORMAS LOTE 1 Versão: 002

Leia mais

Todo concreto estrutural deverá ser usinado e dosado em peso, não se aceitando dosagens volumétricas.

Todo concreto estrutural deverá ser usinado e dosado em peso, não se aceitando dosagens volumétricas. 03.00.000 FUNDAÇÕES E ESTRUTURAS DE CONCRETO 03.02.000 ESTRUTURAS DE CONCRETO 03.02.100 CONCRETO ARMADO A estrutura de concreto armado será executada em estrita obediência às disposições do projeto estrutural,

Leia mais

Projeto da Estrutura Pré-Moldada de Edifício do Instituto do Câncer do do Estado do Ceará

Projeto da Estrutura Pré-Moldada de Edifício do Instituto do Câncer do do Estado do Ceará Projeto da Estrutura Pré-Moldada de Edifício do Instituto do Câncer do do Estado do Ceará Resumo Design of the Precast Concrete Building of Cancer s Hospital of Ceará MOTA, Joaquim Eduardo (1) (1) Doutorando,

Leia mais

Desempenho de sistemas habitacionais produzidos com painéis pré-moldados de concreto: Uma experiência real apresentada pelo IPT.

Desempenho de sistemas habitacionais produzidos com painéis pré-moldados de concreto: Uma experiência real apresentada pelo IPT. Desempenho de sistemas habitacionais produzidos com painéis pré-moldados de concreto: Uma experiência real apresentada pelo IPT Luciana Oliveira Apresentação Objetivos do SiNAT / Cronologia Processo de

Leia mais

E S P E C I F I C A Ç Õ E S T É C N I C A S

E S P E C I F I C A Ç Õ E S T É C N I C A S SUBGRUPO: 180400 CERCA / MURO FOLHA: SUMÁRIO 1. CERCA COM TELA DE ARAME GALVANIZADO E ESTACAS DE CONCRETO...1 1.1 OBJETIVO E DEFINIÇÕES...1 1.2 MATERIAIS...1 1.3 EQUIPAMENTOS...2 1.4 EXECUÇÃO...2 1.5 CONTROLE...2

Leia mais

Execução de Revestimentos Cerâmicos

Execução de Revestimentos Cerâmicos TG-06 Tecnologia de Produção de Revestimentos Execução de Revestimentos Cerâmicos Prof. Fernando Henrique Sabbatini Profª Mercia Maria S. Bottura Barros TÉCNICAS TRADICIONAIS DE ASSENTAMENTO TÉCNICAS DE

Leia mais

Painéis de garrafas PET e argamassa armada FICHA CATALOGRÁFICA NOVEMBRO/2014

Painéis de garrafas PET e argamassa armada FICHA CATALOGRÁFICA NOVEMBRO/2014 Tecnologias, Sistemas Construtivos e Tipologias para Habitações de Interesse Social Painéis de garrafas PET e argamassa armada FICHA CATALOGRÁFICA NOVEMBRO/2014 Tecnologias, Sistemas Construtivos e Tipologias

Leia mais

Projecto cbloco Aspectos Estruturais

Projecto cbloco Aspectos Estruturais Projecto cbloco Aspectos Estruturais Paulo B. Lourenço, G. Vasconcelos, J.P. Gouveia, P. Medeiros, N. Marques pbl@civil.uminho.pt www.civil.uminho.pt/masonry 2008-06-26 2 Alvenaria de Enchimento As alvenarias

Leia mais

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 MATERIAL CÓDIGO PISO ELEVADO PARA ÁREAS TEMPORÁRIAS PTEN 01_02_03 PISO ELEVADO PARA ÁREAS TEMPORÁRIAS PTEN 01_02_03 Descrição

Leia mais

CASAS COM PAREDES DE CONCRETO

CASAS COM PAREDES DE CONCRETO PAREDES DE CONCRETO CASAS COM PAREDES DE CONCRETO 2 PRÉDIOS 5 PAVTS. MCMV 3 25 PAVTS. CONCRETANDO 17ª LAJE TIPO 4 SELEÇAO DO PROCESSO CONSTRUTIVO OBJETIVOS: QUALIDADE DA OBRA FLUXO DE CAIXA POSITIVO RESULTADO

Leia mais

ÁREA TOTAL TERRENO: 336,00m² ÁREA TOTAL CASA: 50,90m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 67,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL TERRENO: 336,00m² ÁREA TOTAL CASA: 50,90m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 67,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS 1 1.1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas 01520.8.1.1 7,50 1.2 Ligação provisória de água para a obra e

Leia mais

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções.

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções. Manual de instruções. Esquadrias Metálicas Ltda. PORTA DE CORRER A Atimaky utiliza, na fabricação das janelas, aço galvanizado adquirido diretamente da Usina com tratamento de superfície de ultima geração

Leia mais

Residência Austregésilo Freitas Alanna Maria Ribeiro Eduardo Pinto Nathalia Nishida

Residência Austregésilo Freitas Alanna Maria Ribeiro Eduardo Pinto Nathalia Nishida Um registro da arquitetura moderna Residência Austregésilo Freitas Alanna Maria Ribeiro Eduardo Pinto Nathalia Nishida Residência Austregésilo Freitas, 1958. Av. Cabo Branco 2332, Tambaú, João Pessoa-PB.

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA 1 PRELIMINARES 1.1 Instalações do canteiro de obra vb 1,00 2.500,00 2.500,00 81,97 1.2 Placa de obra 2,00m x 3,00m, conforme orietações da administração vb 1,00 550,00 550,00 18,03 SUB TOTAL PRELIMINARES

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 0001/2012 COMPRASNET. Termo de Referência Mobiliário

COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 0001/2012 COMPRASNET. Termo de Referência Mobiliário COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 0001/2012 COMPRASNET Termo de Referência Mobiliário Objeto O presente Termo de Referência tem por objetivo a aquisição de mobiliários para atender as demandas decorrentes das novas

Leia mais

Forros. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II

Forros. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II Forros Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II Definição Revestimento da face inferior da laje ou de telhados de modo a constituir

Leia mais

Tintas para construção civil - tintas para edificações não industriais - Classificação

Tintas para construção civil - tintas para edificações não industriais - Classificação RELAÇÃO NORMAS ABNT NÚMERO DESCRIÇÃO DATA ABNT EB-11869 Madeira serrada de coníferas provenientes de reflorestamento, para uso geral - inspeção e recebimento - Especificação. (não consta no site ABNT)

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 1ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 1ª MEDIÇÃO RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 1ª MEDIÇÃO OBRA: INTERVENÇÕES CORRETIVAS NO EDIFÍCIO RIO BRANCO (anexo casarão) CONTRATADA: N.S. SANTA RITA COSNTRUTORA DE OBRAS EIRELI Considerando a instituição da Comissão de Recebimento

Leia mais

Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas

Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas Pág. 1 Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas Cliente: Unidade: Assunto: Banco de Brasília - BRB DITEC Reforma das instalações Código do Projeto: 1564-12 Pág. 2 Índice Sumário 1. Memorial Descritivo

Leia mais

Adaptação do galpão de aqüicultura do campus Fazenda Experimental e da sala destinada aos técnicos do núcleo de atendimento ao dicente e docente.

Adaptação do galpão de aqüicultura do campus Fazenda Experimental e da sala destinada aos técnicos do núcleo de atendimento ao dicente e docente. PROJETO BÁSICO: Adaptação do galpão de aqüicultura do campus Fazenda Experimental e da sala destinada aos técnicos do núcleo de atendimento ao dicente e docente 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO 1.1 Título do

Leia mais

L A U D O T É C N I C O. Segurança estrutural contra incêndio

L A U D O T É C N I C O. Segurança estrutural contra incêndio L A U D O T É C N I C O Segurança estrutural contra incêndio GINASIO POLIESPORTIVO TAPEJARA RS MAIO DE 2015 OBJETIVO: Este laudo tem por objetivo estabelecer as condições mínimas que os materiais existentes

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Serviços Preliminares

MEMORIAL DESCRITIVO. Serviços Preliminares MEMORIAL DESCRITIVO O presente memorial refere-se aos serviços a serem executados para construção de ponte mista, com longarinas em vigas metálicas perfil I bi-apoiadas, sendo as bases de apoio construídas

Leia mais

Produto Painéis maciços pré-moldados de concreto armado para paredes da VIVER

Produto Painéis maciços pré-moldados de concreto armado para paredes da VIVER Produto Painéis maciços pré-moldados de concreto armado para paredes da VIVER Av. Prof. Almeida Prado, 532 Cidade Universitária - Butantã CEP 05508-901 São Paulo - SP Tel: (11) 3767-4164 Fax: (11) 3767-4961

Leia mais

LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE ELEMENTOS ESTRUTURAIS. Prof. Janine Gomes da Silva

LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE ELEMENTOS ESTRUTURAIS. Prof. Janine Gomes da Silva LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE PROJETOS ELEMENTOS ESTRUTURAIS ELEMENTOS ESTRUTURAIS - LAJES Elementos estruturais Elementos Lajes Elemento plano bidimensional Duas dimensões são da mesma ordem de grandeza

Leia mais

ALVENARIA ESTRUTURAL SERVIÇOS

ALVENARIA ESTRUTURAL SERVIÇOS Alvenaria Ministério Estruturalda Educação Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Marcação da Alvenaria: Construção Civil II ( TC-025) Verificação do esquadro e nível do pavimento; Traçado

Leia mais

Distribuição de Cargas Verticais

Distribuição de Cargas Verticais Distribuição de Cargas Verticais Disponível em http://www.chasqueweb.ufrgs.br/~jeanmarie/eng01208/eng01208.html jean.marie@ufrgs.br Funções das paredes de alvenaria Compressão axial Transmite as cargas

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES ANEXO - I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES 1 - OBJETIVO: Tem este o objetivo de esclarecer e orientar os diversos serviços para a construção de um abrigo para o grupo gerador de 380/220 V, 55 KVA e interligações

Leia mais

Nº Desempenho de sistemas habitacionais com painéis pré-moldados de concreto: uma experiência real apresentada pelo IPT.

Nº Desempenho de sistemas habitacionais com painéis pré-moldados de concreto: uma experiência real apresentada pelo IPT. COMUNICAÇÃO TÉCNICA Nº 174566 Desempenho de sistemas habitacionais com painéis pré-moldados de concreto: uma experiência real apresentada pelo IPT Luciana Alves de Oliveira Palestra apresentado no SEMINÁRIO

Leia mais

Memorial Descritivo Escola Municipal Professor Ismael Silva

Memorial Descritivo Escola Municipal Professor Ismael Silva PREFEITURA MUNICIPAL DE ILICÍNEA Estado de Minas Gerais CNPJ: 18.239.608/0001-39 Praça. Padre João Lourenço Leite, 53 Centro Ilicínea Tel (fax).: (35) 3854 1319 CEP: 37175-000 Memorial Descritivo Escola

Leia mais

CONSTRUÇÃO CIVIL. Impermeabilização e Injeção

CONSTRUÇÃO CIVIL. Impermeabilização e Injeção CONSTRUÇÃO CIVIL Impermeabilização e Injeção PROJETO E EXECUÇÃO DE IMPERMEABILIZAÇÃO EM PISCINAS COM MEMBRANA DE POLIURETANO PALESTRANTE: ENG. PAULO ROBERTO FERRAZ DATA: 14/04/2016 OBJETIVOS PROJETO E

Leia mais

4.2.5. Vigas baldrame

4.2.5. Vigas baldrame 33 fundação do tipo profunda, sendo a de estaca de concreto armado moldada em loco. Com o trado mecânico foram realizadas escavações que resultaram em forma cilíndrica de 8,50 a 9,00m de altura para chegar

Leia mais

DESENHO E ARQUITETURA REVESTIMENTOS

DESENHO E ARQUITETURA REVESTIMENTOS CURSO TÉCNICO EM TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS DESENHO E ARQUITETURA REVESTIMENTOS Elisa Furian elisafurian@outlook.com REVESTIMENTOS É a camada externa que cobre e protege a alvenaria, o piso ou o forro dando

Leia mais

GOIÂNIA. Eng. Roberto Barella Filho

GOIÂNIA. Eng. Roberto Barella Filho PROGRAMA OBRAS MONITORADAS ALVENARIA ESTRUTURAL GOIÂNIA Eng. Roberto Barella Filho GOIÂNIA METODOLOGIA DE COLETA DE INDICADORES Eng. Roberto Barella Filho OBJETIVOS PROGRAMA OBRAS MONITORADAS ALVENARIA

Leia mais

DIRETRIZES EXECUTIVAS DE SERVIÇOS

DIRETRIZES EXECUTIVAS DE SERVIÇOS DIRETRIZES EXECUTIVAS DE SERVIÇOS ES-F01 FUNDAÇÕES RASAS DOCUMENTO DE CIRCULAÇÃO EXTERNA 1 ÍNDICE PÁG. 1. OBJETO E OBJETIVO... 3 2. S... 3 3. CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 3 4. MATERIAIS... 4 5. EXECUÇÃO DA

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA Item Descriminação dos serviços Unid. Quantidade Unitário Unitário C/ BDI Total % CÓDIGO REFERÊNCIAL 1 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 Locação de obra - casas M² 0,00 6,08 7,60 0,00 SN-73992/001 Raspagem e Limpeza

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO Acessibilidade A solução arquitetônica, exigência do programa e característica do uso da edificação prioriza a acessibilidade. Os banheiros são adaptados ao uso de pessoas

Leia mais

Técnicas de construção Profa. Keila Bento TIJOLOS CERÂMICOS

Técnicas de construção Profa. Keila Bento TIJOLOS CERÂMICOS Técnicas de construção Profa. Keila Bento TIJOLOS CERÂMICOS TIPOS DE TIJOLOS PARA ALVENARIA 1 - Tijolos maciços cerâmicos 2 - Tijolos de solo cimento 1 - TIJOLOS MACIÇOS Definições Componente industrializado

Leia mais

3 Barreiras de Fogo - Sistema C-AJ-5030

3 Barreiras de Fogo - Sistema C-AJ-5030 3 Barreiras de Fogo - Sistema C-AJ-5030 Dados Técnicos Junho/02 Substitui: Janeiro/01 Tubos Metálicos Isolados F 1 and 2 horas (veja o item 1) T 0 horas L Temperatura Ambiente 0,30 m³/m² ( 2 CFM/sq ft)

Leia mais

ANÁLISE DOS SISTEMAS ESTRUTURAIS PRESENTES NO CENTRO DE CONVIVÊNCIA INFANTIL DA UNESP DE PRESIDENTE PRUDENTE

ANÁLISE DOS SISTEMAS ESTRUTURAIS PRESENTES NO CENTRO DE CONVIVÊNCIA INFANTIL DA UNESP DE PRESIDENTE PRUDENTE Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 205 ANÁLISE DOS SISTEMAS ESTRUTURAIS PRESENTES NO CENTRO DE CONVIVÊNCIA INFANTIL DA UNESP DE PRESIDENTE PRUDENTE Beatriz

Leia mais

Construções e Eletrificação Rural

Construções e Eletrificação Rural Universidade Federal de Goiás Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos Setor de Engenharia Rural Construções e Eletrificação Rural Prof. Dr. Regis de Castro Ferreira rcastro@agro.ufg.br INTRODUÇÃO

Leia mais

PRIS - PLANO E REGISTRO DE INSPEÇÃO DE SERVIÇOS

PRIS - PLANO E REGISTRO DE INSPEÇÃO DE SERVIÇOS PRS - PLANO E REGSTRO DE NSPEÇÃO DE SERVÇOS UNDADES HABTACONAS - BALDRAMES SERVÇO Locação de Obra Execução de Baldrame Alvenaria Marcação Alvenaria Elevação nstalações Elétricas (Colocação na Alvenaria

Leia mais

Produto Sistema CASA EXPRESS de painéis pré-moldados mistos de concreto armado e blocos cerâmicos para paredes

Produto Sistema CASA EXPRESS de painéis pré-moldados mistos de concreto armado e blocos cerâmicos para paredes Av. Prof. Almeida Prado, 532 Cidade Universitária Butantã CEP 05508-901 São Paulo - SP Tel: (11) 3767-4164 Fax: (11) 3767-4961 ipt@ipt.br / www.ipt.br Emissão Fevereiro de 2012 Validade Janeiro de 2014

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DO EDF. D. PEDRO II A ser construido à Avenida Boa Viagem Nº s. 694 E 670

ESPECIFICAÇÕES DO EDF. D. PEDRO II A ser construido à Avenida Boa Viagem Nº s. 694 E 670 PAVTO. SEMIENTERRADO ESTACIONAMENTO: Lajotas de cimento 50x50 cm ou concreto de alta resistência Azulejo ou cerâmica até a altura de 1.80m Pilares Concreto natural Concreto natural ESCADA: * (Para todos

Leia mais

Casas geminadas. Veja os custos detalhados dessa obra com 1.841,49 m². Características. Resumo da obra

Casas geminadas. Veja os custos detalhados dessa obra com 1.841,49 m². Características. Resumo da obra Casas geminadas Veja os custos detalhados dessa obra com 1.841,49 m² Características Empreendimento > Área construída de 1.841,49 m² > Casas padrão médio com três pavimentos > Casas localizadas em condomínio

Leia mais

Os Painéis Cimentício são compostos de Cimento Portland, partículas de madeira, água, aditivos e pigmentos. Muito

Os Painéis Cimentício são compostos de Cimento Portland, partículas de madeira, água, aditivos e pigmentos. Muito Os Painéis Cimentício são compostos de Cimento Portland, partículas de madeira, água, aditivos e pigmentos. Muito utilizados em fechamentos de edifícios comerciais e residências, estes painéis são uma

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM - MT MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM - MT MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO MELHORIAS SANITÁRIAS DOMICILIARES BANHEIROS -(Área = 2,73m 2 ). O memorial descritivo a seguir determina as normas para construção do MÓDULO SANITÁRIO SIMPLIFICADO padrão, de área construída

Leia mais

Estudo dos Traços. Prof. Amison de Santana Silva

Estudo dos Traços. Prof. Amison de Santana Silva Estudo dos Traços Prof. Amison de Santana Silva Traços - Definição Relação entre as proporções de cimento e os outros materiais componentes (areia, cal, água, aditivos) = Traço. Pode ser especificado em

Leia mais

Telhas Térmicas Dânica.

Telhas Térmicas Dânica. Telhas Térmicas Dânica. Economizar se aprende em casa. As Telhas Térmicas Dânica são produzidas com núcleo de poliuretano isolante que bloqueia 95% do calor, contribuindo para um ambiente mais confortável

Leia mais

P r o t e g e m, e m b e l e z a m e v a l o r i z a m s e u a m b i e n t e.

P r o t e g e m, e m b e l e z a m e v a l o r i z a m s e u a m b i e n t e. PROTETORES DE PAREDE CORRIMAOS, CANTONEIRAS E BATE-MACAS - EM PVC PVC P r o t e g e m, e m b e l e z a m e v a l o r i z a m s e u a m b i e n t e. Protetor de Parede/Bate-Macas TEC 200 O protetor de parede

Leia mais

GABINETES DE VENTILAÇÃO TIPO SIROCCO GVS

GABINETES DE VENTILAÇÃO TIPO SIROCCO GVS GABINETES DE VENTILAÇÃO TIPO SIROCCO CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS INTRODUÇÃO Os gabinetes de ventilação da linha são equipados com ventiladores de pás curvadas para frente (tipo "sirocco"), de dupla aspiração

Leia mais

Operação de rebitagem e montagem

Operação de rebitagem e montagem Operação de rebitagem e montagem O que são rebites? Tipos de rebites Prof. Fernando 1 E agora? Um mecânico tem duas tarefas: consertar uma panela cujo cabo caiu e unir duas barras chatas para fechar uma

Leia mais

Racionaliza o processo construtivo; Desempenha função estrutural e de vedação, simultaneamente; Oferece maior conforto térmico e acústico; Oferece

Racionaliza o processo construtivo; Desempenha função estrutural e de vedação, simultaneamente; Oferece maior conforto térmico e acústico; Oferece MANUAL LUMIFORM SH 1 >> VANTAGENS DA Paredes de concreto Racionaliza o processo construtivo; Desempenha função estrutural e de vedação, simultaneamente; Oferece maior conforto térmico e acústico; Oferece

Leia mais

CAUSAS E CLASSIFICAÇÕES DE PATOLOGIAS EM PAREDES DE ALVENARIA DE PEDRA

CAUSAS E CLASSIFICAÇÕES DE PATOLOGIAS EM PAREDES DE ALVENARIA DE PEDRA N.17 Julho 2003 CAUSAS E CLASSIFICAÇÕES DE PATOLOGIAS EM PAREDES DE ALVENARIA DE PEDRA Ana Luísa Ferreira EDIÇÃO: CONSTRULINK PRESS Construlink, SA Tagus Park, - Edifício Eastecníca 2780-920 Porto Salvo,

Leia mais

FALCULDADE DE TECNOLOGIA DE ALAGOAS ENGENHARIA CIVIL FUNDAÇÕES 1. Prof. MsC. Roberto Monteiro

FALCULDADE DE TECNOLOGIA DE ALAGOAS ENGENHARIA CIVIL FUNDAÇÕES 1. Prof. MsC. Roberto Monteiro FALCULDADE DE TECNOLOGIA DE ALAGOAS ENGENHARIA CIVIL FUNDAÇÕES 1 Prof. MsC. Roberto Monteiro FUNDAÇÕES PROFUNDAS Prof MsC Roberto Monteiro FUNDAÇÕES PROFUNDAS Definição A transmissão da carga ocorre de

Leia mais

ROTEIROS DOS TRABALHOS

ROTEIROS DOS TRABALHOS TÉCNICAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL I ECV 5356 ROTEIROS DOS TRABALHOS Profs. Denise e Humberto ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO - FÔRMAS escolher 1 pavimento inteiro, incluindo montagem de fôrmas de pilares, vigas,

Leia mais

Exemplos de lajes mistas

Exemplos de lajes mistas Lajes Mistas Exemplos de lajes mistas Exemplos de utilização de lajes mistas Estruturas novas Reabilitação de estruturas Edifícios comerciais Edifícios industriais Edifícios de escritórios Armazéns logísticos

Leia mais

TH 030- Sistemas Prediais Hidráulico Sanitários

TH 030- Sistemas Prediais Hidráulico Sanitários Universidade Federal do Paraná Engenharia Civil TH 030- Sistemas Prediais Hidráulico Sanitários Aula 17 Instalações de Esgoto Profª Heloise G. Knapik 1 Instalações prediais de esgotamento sanitário Objetivo

Leia mais

A m a r c a d a c o n s tr u ç ã o

A m a r c a d a c o n s tr u ç ã o Passo-a-passo 1. Analisando o Contrapiso Verifique se o contrapiso apresenta irregularidades, com a utilização de uma régua. Faça a medição de parede a parede em tiras de 1,5 metro. Se apresentar saliências

Leia mais

Concretagem da Laje de Fundo do Poço Sul da Estação Vila Prudente Lote 8 da Linha 2 Verde do Metrô de São Paulo METRÔ DE SÃO PAULO

Concretagem da Laje de Fundo do Poço Sul da Estação Vila Prudente Lote 8 da Linha 2 Verde do Metrô de São Paulo METRÔ DE SÃO PAULO Concretagem da Laje de Fundo do Poço Sul da Estação Vila Prudente Lote 8 da Linha 2 Verde do Metrô de São Paulo A MAIOR CONCRETAGEM REALIZADA PELO A MAIOR CONCRETAGEM REALIZADA PELO METRÔ DE SÃO PAULO

Leia mais

Aluguer. Visite o nosso novo website em: www.rentacesso.pt. Delegação no Porto Tel. 22 947 71 81 Delegação em Lisboa Tel. 21 231 89 19 N O R M A L

Aluguer. Visite o nosso novo website em: www.rentacesso.pt. Delegação no Porto Tel. 22 947 71 81 Delegação em Lisboa Tel. 21 231 89 19 N O R M A L Delegação no Porto Tel. 22 947 71 81 Delegação em Lisboa Tel. 21 231 89 19 Aluguer N O R M A L I Z A D O S Visite o nosso novo website em: BASES SIMPLES / DUPLAS - ALUMÍNIO EN 1004 classe 3 EN 1298 DE

Leia mais

Canaletas PVC DLP & Acessórios

Canaletas PVC DLP & Acessórios Centro de Suporte Técnico T 0800-11 11-8008 servmercado@piallegrand.com.br Canaletas PVC DLP & Acessórios CONTEÚDOS PÁGINAS 1.Linha 1 a 2 2.Acessórios de acabamento 3 a 5 3.Acessórios complementares 6

Leia mais

VEDAJÁ é um revestimento impermeável de alta aderência e de fácil aplicação.

VEDAJÁ é um revestimento impermeável de alta aderência e de fácil aplicação. Descrição VEDAJÁ é um revestimento impermeável de alta aderência e de fácil aplicação. Pode ser aplicado sobre concreto, alvenaria e argamassa. VEDAJÁ proporciona impermeabilidade, mesmo com a ocorrência

Leia mais

SANDIVEDA. Rede Simples Torção Plastificada e Zincada. Rede Ondulada. Arame Farpado Plastificado e Zincado. Arames Plastificados e Zincados

SANDIVEDA. Rede Simples Torção Plastificada e Zincada. Rede Ondulada. Arame Farpado Plastificado e Zincado. Arames Plastificados e Zincados SANDIVEDA Rede Simples Torção Plastificada e Zincada Rede Ondulada Arame Farpado Plastificado e Zincado. Arames Plastificados e Zincados Vedações Rígidas Postes com secção quadrada Postes com secção rectangular

Leia mais

SÉRIE AB 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE

SÉRIE AB 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE SÉRIE AB 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE SÉRIE AB 102 103 104 105 Fotografias gerais e pormenores 4 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE Caracterização Modelo Tipologia AB1 1 folha AB2 2 folhas Certificações Resistência

Leia mais

Memorial Descritivo. 2.0 Transportes 2.1 Deverá ser feita retirada de entulho por conta da contratada;

Memorial Descritivo. 2.0 Transportes 2.1 Deverá ser feita retirada de entulho por conta da contratada; Memorial Descritivo I Introdução A obra objeto deste memorial consiste na descrição dos elementos para CONSTRUÇÃO DE ACADEMIA DA SAUDE, a ser edificada no município de Gaúcha do Norte MT.. II - Descrição

Leia mais

b. Referencias bibliográficas, endereço da página.

b. Referencias bibliográficas, endereço da página. Roteiro para Apresentação de Questões Orientações: 1. Cada grupo (e cada integrante do grupo) será responsável em pesquisar, responder e apresentar as questões (mostradas a seguir para cada grupo), bem

Leia mais

Modelo MASTERPLAC ESPAÇO DURABILIDADE BELEZA ECONOMIA SOLUÇÕES QUE MULTIPLICAM OS ESPAÇOS

Modelo MASTERPLAC ESPAÇO DURABILIDADE BELEZA ECONOMIA SOLUÇÕES QUE MULTIPLICAM OS ESPAÇOS Modelo MASTERPLAC ESPAÇO DURABILIDADE BELEZA ECONOMIA SOLUÇÕES QUE MULTIPLICAM OS ESPAÇOS FERRAGENS DO SISTEMA FERRAGENS EXCLUSIVAS Pivot corrediço da porta Puxador interno de latão Dobradiça entre-folhas

Leia mais

INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS DE ÁGUAS PLUVIAIS SINAPI LOTE 2 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL

INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS DE ÁGUAS PLUVIAIS SINAPI LOTE 2 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS DE ÁGUAS PLUVIAIS LOTE 2 Versão: 002 Vigência: 12/2014 GRUPO INSTALAÇÕES

Leia mais

PLANILHA PARA COTAÇÃO. Lote I

PLANILHA PARA COTAÇÃO. Lote I PLANILHA PARA COTAÇÃO. Lote I 1 ITEM UND QUANT V. UNT V.TOTAL Serviços de locação dos seguintes equipamentos, para atender ao Dia do Servidor, que acontecerá no Parque Anauá, no dia 30 de outubro do corrente

Leia mais

e-mail: ederaldoazevedo@yahoo.com.br

e-mail: ederaldoazevedo@yahoo.com.br Assunto: Gesso Acartonado Prof. Ederaldo Azevedo Aula 8 e-mail: ederaldoazevedo@yahoo.com.br 6.1. Introdução: Comparado com países Estados Unidos e Japão, o mercado de drywall no Brasil é ainda incipiente.

Leia mais

Concreto celular autoclavado Unidades avançadas de produção

Concreto celular autoclavado Unidades avançadas de produção Construindo para o futuro Concreto celular autoclavado Unidades avançadas de produção Equipamentos Nossas linhas de produção de CCA De alta qualidade, econômicas e flexíveis. Caracterizadas por uma precisão

Leia mais

PERFIL COLABORANTE. Dimensionamento

PERFIL COLABORANTE. Dimensionamento PERFIL COLABORANTE Dimensionamento O dimensionamento da laje mista, usando o perfil COLABORANTE, pode ser feito através da consulta, por parte do projectista, de tabelas de dimensionamento de uso directo,

Leia mais

Referente: Processo nº 80038-2015 Contratação de empresa Especializada em Manutenção Predial Corretiva no Prédio da Secid Município: Cuiabá - MT

Referente: Processo nº 80038-2015 Contratação de empresa Especializada em Manutenção Predial Corretiva no Prédio da Secid Município: Cuiabá - MT Cuiabá, 13 de Abril de 2015. À SUPR Arqtº. Rogério Nogueira Dias Referente: Processo nº 80038-2015 Contratação de empresa Especializada em Manutenção Predial Corretiva no Prédio da Secid Município: Cuiabá

Leia mais

07/05/2017. Cuiabá/MT Maio

07/05/2017. Cuiabá/MT Maio Cuiabá/MT Maio - 2017 Alvenaria e um maciço constituído de pedras ou blocos, naturais ou artificiais, ligadas entre si de modo estável pela combinação de juntas e interposição de argamassa, ou somente

Leia mais