Perfis de Investimento

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Perfis de Investimento"

Transcrição

1 Perfis de Investimento

2 OBJETIVO O presente documento apresenta como principal objetivo a defi nição de uma estrutura de Perfis de Investimento para os Participantes do Plano de Aposentadoria PREVIPLAN. INTRODUÇÃO Índice Manual Perfis de Investimento Objetivo... 3 Introdução... 3 Falando sobre sua escolha e seu plano... 3 Perfis de Investimento... 5 Principais Características... 5 Implementação de Perfis de Investimento... 8 Qual perfil escolher?... 9 Perguntas e Respostas Entenda os conceitos utilizados FALANDO SOBRE SUA ESCOLHA E SEU PERFIL DE INVESTIMENTO A PREVIPLAN é um Plano de Previdência Privada de Contribuição Definida, onde o benefício na aposentadoria é resultado direto do saldo obtido ao longo do período de acumulação. O saldo, por sua vez, é proveniente das contribuições efetuadas (Participante e Patrocinadora), bem como do resultado dos investimentos realizados ao longo do período de acumulação. Quanto maior o aporte e a taxa de retorno dos investimentos, maior o saldo final do Participante. Dessa forma, cada Participante terá seu Saldo Individual de Poupança acrescido das contribuições realizadas e dos resultados dos investimentos desses recursos. Os benefícios que os Participantes desse tipo de plano usufruirão dependem do volume de recursos efetivamente acumulados durante a sua atividade na Empresa e do rendimento dos investimentos antes e depois da aposentadoria. O retorno dos investimentos representa relevante importância para o Participante que adere a esse tipo de plano, assim é fundamental sua atenção para os conceitos de Risco x Retorno a seguir. 2 3

3 RISCO X RETORNO Em termos gerais, os recursos devem ser administrados de forma a garantir um benefício condizente com a expectativa dos Participantes, maximizando seu retorno. O percentual do patrimônio a ser alocado em investimentos de maior risco deve ser definido com base nas expectativas de seus Participantes, porém, deve-se admitir a dificuldade de conciliar o desejo de todo um grupo de trabalhadores. Um Participante mais idoso, cuja única fonte de renda após a aposentadoria irá provir de seus benefícios, provavelmente não gostará de ver suas economias sendo aplicadas em investimentos de risco. Ao contrário de um Participante mais jovem, ou de um Participante que tenha outras fontes de renda, além do benefício de aposentadoria. Uma forma de solucionar essa questão é a oferta de Opções de Investimentos para cada um dos Participantes, permitindo, dessa forma, maior liberdade de escolha para o Participante, que pode optar por uma estratégia de investimento adequada à sua expectativa de retorno e ao seu apetite ao risco. Os Perfis de Investimentos criados pela PREVIPLAN oferecem opções de carteiras com diferentes combinações de retorno esperado e risco, permitindo maior liberdade de escolha para o Participante, podendo optar por uma estratégia de investimento adequada à sua expectativa de retorno e disposição a correr os riscos inerentes ao mercado financeiro e de capitais. PERFIS DE INVESTIMENTO Trata-se de uma combinação entre rentabilidade e risco proporcionada por meio de carteiras de investimentos formadas por Renda Variável, Renda Fixa e Empréstimos a Participantes. Cada Perfil de Investimento terá um valor de cota que vai remunerar o saldo de contas dos Participantes do Plano. Essa combinação varia de acordo com o perfil escolhido. A PREVIPLAN deverá sempre observar os limites estabelecidos pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), fiscalizados pela PREVIC. Quando necessário, deve rever o percentual aplicado, em cada segmento e efetuar o reenquadramento. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS A PREVIPLAN disponibiliza aos seus participantes três perfis de investimentos para a alocação dos recursos, sendo: Perfil Conservador: I. Alocação de 100% dos recursos em Renda Fixa; II. É formado por carteiras de investimentos com maior participação em Renda Fixa com baixo nível de risco e Empréstimo a Participantes; III. Indicado para: Participantes Ativos ou Aposentados que já estão recebendo pela PREVIPLAN, com baixa tolerância a risco ou em período próximo para requerer a aposentadoria na PREVIPLAN; IV. Baixa oscilação nos valores das cotas. Perfil Moderado: I. Alocação objetivo de 20% em Renda Variável (de 16% a 24%) e a diferença em Renda Fixa; II. É formado por carteiras com objetivo de buscar no médio e longo prazos, uma relação de retorno e risco maior do que a do Perfil Conservador por meio de uma composição maior em Renda Variável (20%); 4 5

4 III. Indicado para: Participantes com média tolerância a risco ou que levarão algum tempo para requerer a aposentadoria; IV. Oscilação intermediária nos valores das cotas. Perfil Alocação Objetivo: Renda Fixa e Empréstimos Inferior Limites em Renda Fixa Superior Perfil Agressivo I. Alocação objetivo de 35% em Renda Variável (de 28% a 42%), e a diferença em Renda Fixa. II. É formado por carteiras com objetivo de buscar no longo prazo, uma relação de retorno e risco maior do que a do Perfil Moderado por meio de uma composição ainda maior em Renda Variável (35%); III. Indicado para: Participantes com elevada tolerância a risco com objetivo de buscar retornos mais elevados ou que têm prazo mais longo para requerer a aposentadoria; IV. Grande oscilação nos valores das cotas, devido à volatilidade do mercado de ações. A seleção do Perfil de Investimento deve ocorrer livremente, de acordo com o desejo do Participante observada a estrutura definida pela PREVIPLAN. A definição do perfil do Participante será escolhida por ele mesmo ao ingressar na PREVIPLAN. A periodicidade para a alteração do perfil será anual (escolha realizada no mês de novembro para efetivação das movimentações a partir do mês de janeiro do ano seguinte). O Participante que não optar pela alteração de seu perfil, dentro da periodicidade estabelecida, será mantido no último perfil escolhido. Ao lado apresentamos um quadro com as Alocações Objetivo nos segmentos de Renda Fixa e Renda Variável em cada Perfil de Investimento. Perfi l Conservador 100,00% 100,00% 100,00% Perfi l Moderado 80,00% 76,00% 84,00% Perfi l Agressivo 65,00% 58,00% 72,00% Perfil Alocação Objetivo: Renda Variável Limites em Renda Variável Inferior Superior Perfi l Conservador 0,00% 0,00% 0,00% Perfi l Moderado 20,00% 16,00% 24,00% Perfi l Agressivo 53,00% 28,00% 42,00% Dessa forma, quando há valorização ou desvalorização do segmento de Renda Variável e a proporção em relação ao segmento de investimento superar os limites inferiores ou superiores estabelecidos, o Banco que aplica os investimentos da PREVIPLAN deve realizar o movimento de saída ou entrada no segmento de Renda Variável. Para que desta forma possa enquadrar novamente o perfil à sua alocação objetivo. De qualquer forma, todas as aplicações financeiras e as alocações em Renda Variável previstas nos Perfis de Investimentos são realizadas de acordo com a política de investimentos estabelecida e divulgadas no site e no relatório anual da Entidade. 6 7

5 IMPLEMENTAÇÃO DE PERFIS DE INVESTIMENTO Com a implantação da Política de Perfis de Investimento, a Entidade deve preocupar-se com a conformidade do plano em relação a todas as obrigatoriedades legais, além de fomentar nos Participantes os conceitos e aplicações desta Política, de forma que tenham plenos conhecimentos da metodologia e principalmente dos respectivos riscos na escolha do seu perfil. Política de Investimento Tempo para a Aposentadoria Expectativa de Rentabilidade Risco x Retorno Apesar do Participante do plano de Contribuição Definida com Perfis de Investimento ter controle sobre seus recursos, a PREVIPLAN ainda assim detém um grau significativo de responsabilidade fiduciária, e deve dispensar especial atenção à seleção de ativos, bem como à escolha de seus Bancos e Custodiantes. A responsabilidade fiduciária não representa a obrigação da PREVIPLAN na identificação do perfil de cada Participante, mas sim na obrigatoriedade de oferecer ferramentas adequadas de apoio para uma escolha segura do perfil por parte do Participante. Para a sua proteção, a Entidade possui procedimentos de gestão em conformidade com a legislação aplicável, administrando da melhor maneira possível a performance do plano. Além disso, apresenta todos os procedimentos de gestão de investimentos na Política de Investimentos do plano, conforme mencionamos anteriormente, disponíveis no site e no Relatório Anual da Entidade. Não existe o melhor investimento, mas sim o investimento mais adequado para você atingir seus objetivos. QUAL PERFIL ESCOLHER? Analise o tipo de perfil que melhor se adapta às suas expectativas. Lembrese de que não existe o melhor investimento, mas sim o investimento mais adequado para atingir seus objetivos. Para decidir por um dos Perfis de Investimento, você tem que ponderar sobre: - Sua tolerância ao risco: Como você se sente com a possibilidade de obter uma rentabilidade negativa? É importante conhecer seu grau de conforto em relação a possíveis perdas durante o período de investimentos. Investimentos de maior risco apresentam maior possibilidade de sucesso (retorno positivo acima do apresentado para Renda Fixa), quando mantidos por um longo período de tempo. Portanto, planeje cuidadosamente sua estratégia e não se assuste com períodos de maior flutuação de preços. - Seu objetivo de rentabilidade: Se sua intenção com a aposentadoria é preservar seu poder de compra e, portanto, proteger o seu benefício futuro de grandes oscilações, o melhor é manter-se num perfil Moderado ou Conservador. A busca de um retorno maior, sempre vem acompanhada de maior risco! - Tempo de serviço até a sua aposentadoria: Você que está no início do período de acumulação pode buscar maior retorno, aceitando mais risco (por exemplo, com maior participação em Renda Variável), uma vez que dispõe de mais tempo para se recuperar de um ano ruim; ao contrário de um Participante no final do período de acumulação, que deve optar por um investimento de menor risco (menor participação em Renda Variável). 8 9

6 PERGUNTAS E RESPOSTAS 1. Qual o momento em que o Participante deve optar pelo Perfil de Investimento? A opção pelo Perfil de Investimento deve ser feita no momento de Adesão ao Plano. Neste mesmo momento deve ser feita a opção pela tributação progressiva ou regressiva. 4. Sou Participante do Plano de Aposentadoria da PREVIPLAN e não sei qual é meu Perfil de Investimento. Você deverá entrar na página da PREVIPLAN (www.previplan.com.br) com seu Login (número do CPF) e Senha e consultar Dados do Plano. Caso não se lembre da sua senha basta clicar em Esqueci a minha senha e o site lhe enviará uma nova senha para seu cadastrado na PREVIPLAN. 2. No momento da Adesão ao Plano qual o procedimento caso o Participante não faça a escolha por um dos perfis oferecidos? O Participante somente será aceito no Plano quando optar por um dos perfis oferecidos. 5. Se não efetuar a troca da opção pelo Perfil de Investimento como fica meu Perfil? Caso não seja do interesse do Participante efetuar a troca de Perfil de Investimento, o escolhido anteriormente permanece, sem alteração. 3. Posso alterar meu Perfil de Investimento? Sim. Você poderá alterá-lo uma vez por ano, no mês de Novembro (mês de escolha) e a efetivação das movimentações a partir do mês de Janeiro do ano seguinte. 6. Posso escolher livremente o Perfil de acordo com meu desejo? Sim, todos os Participantes Ativos, Assistidos e Pensionistas poderão escolher livremente entre os 3 (três) perfis fornecidos pela PREVIPLAN em Novembro de cada ano, para alteração em Janeiro do ano seguinte

7 ENTENDA OS CONCEITOS UTILIZADOS Renda Fixa Segmento composto por ativos cujo rendimento está previamente definido. Esse rendimento pode ser pré-fixado (quando compra o título, o investidor já sabe de antemão quanto vai receber ao final de determinado prazo) ou pós-fixado (a valorização do papel é proporcional a um índice de inflação, e/ou a taxa de juros vigente). Entre os investimentos de Renda Fixa estão os Certificados de Depósito Bancário (CDBs), Cadernetas de Poupança e a maioria dos títulos públicos, tais como Notas do Tesouro Nacional (NTNS), LFT (Letras Financeiras do Tesouro) e LTNA (Letras do Tesouro Nacional). Atualmente já são bastante negociados outros títulos/aplicações como: Debêntures, Certificados de Crédito Imobiliário (CRI), Certificados de Crédito Bancário (CCB), Fundos de Direitos Creditórios, etc. Renda Variável Segmento composto por ativos cujo retorno de capital não pode ser definido no momento da aplicação, pois dependem da cotação diária estabelecida através da negociação que ocorre no mercado específico. Entre os investimentos de Renda Variável mais conhecidos estão as ações que são negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo Bovespa e contratos negociados na Bolsa de Mercadorias e Futuros BM&F. Dentre os ativos de risco, as ações tornam-se atrativas por apresentarem altos rendimentos históricos, justificando, em muitos casos, a aceitação de um risco maior - principalmente quando mantidas por períodos mais longos, mas que podem proporcionar perdas significativas em períodos específicos. Plano de Empréstimo PREVIPLAN Segmento composto pelos contratos de empréstimo pessoal, com base a juros pré-fixados. Rentabilidade Medida de retorno do investimento calculada pela divisão do lucro obtido pelo valor do investimento inicial. Risco Representa o grau de incerteza sobre o comportamento futuro do preço de um ativo. Historicamente, investimentos em Renda Fixa apresentam menor risco (e menor retorno) em comparação com os investimentos em Renda Variável. Toda oportunidade de sucesso carrega consigo uma possibilidade de falha, cabendo a cada um avaliar a relação risco versus retorno e determinar se estar sujeito a perda vale a pena. Rentabilidade Real Para um acompanhamento exato dos investimentos existem três variáveis que necessariamente precisam ser consideradas. São elas a rentabilidade nominal, a inflação e a rentabilidade real. Mas como calcular a rentabilidade real de um investimento? Se você quiser ter apenas uma noção geral do retorno do seu investimento, você pode descontar da rentabilidade nominal a infl ação (calculada pelo IPCA) decorrida no período. Por exemplo: uma aplicação que rende 9,25% a.a. num país cuja inflação é de 4%, qual seria a rentabilidade real desse investimento? Rentabilidade real = ((rentabilidade nominal + 1) / (inflação + 1)) 1 Em termos práticos, pegando o exemplo acima: rentabilidade real=(1,0925 / 1,04)-1= 1,05-1 = 5% O Participante deverá prestar bastante atenção nos números informados a partir das contas do simulador. O simulador fornecido pela PREVIPLAN foi desenvolvido para que o Participante consiga visualizar o real retorno do investimento. A infl ação é uma das maiores inimigas do investidor, pois ela corrói o valor do dinheiro ao longo dos anos silenciosamente. Por exemplo: um investimento em CDB hoje rende 10% ao ano. Se tirarmos o Imposto de Renda (15% ou +) e a inflação (5%), a rentabilidade real é de apenas 4%!!! Rentabilidade Nominal É a valorização (ou desvalorização) de um investimento em determinado período (desconsiderando o efeito da infl ação). As cotas fornecidas pela PREVIPLAN no extrato são cotas considerando o retorno nominal dos investimentos

8 Crescimento salarial A premissa de crescimento real dos salários representa a taxa real estimada (descontado o efeito infl acionário) com que os salários crescerão, em média, anualmente, durante a fase de acumulação dos recursos no Plano. Taxa de Inflação Os índices de infl ação são instrumentos para medir a variação de preços e seu impacto no mercado e no custo de vida da população. A utilização da taxa de inflação em um plano de Previdência Privada, tem como objetivo avaliar o valor real dos salários e benefícios ao longo do período de um ano, já que os reajustes salariais não ocorrem mensalmente. É utilizada uma taxa de infl ação estimada para o período e que projeta o valor real do poder de compra. CDI Certificados de Depósitos Interbancários (CDIs) são títulos emitidos pelos bancos como forma de captação ou aplicação de recursos excedentes. A taxa média diária do CDI é utilizada como referencial para o custo do dinheiro (juros). Por esse motivo, essa taxa também é utilizada como referencial para avaliar a rentabilidade das aplicações em fundos de investimento. Mercado Acionário / Bolsa de Valores Vários são os índices de desempenho da Bolsa de Valores. Entre eles destacam-se: Ibovespa: É o principal indicador do desempenho médio das cotações das ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. Ele é formado pelas ações com maior volume de negociação e pela liquidez. IBrX: Índice Brasil é um dos índices da Bolsa de Valores de São Paulo que avalia o retorno de uma carteira teoricamente composta pelas 100 ações mais negociadas na Bolsa. Estas ações são selecionadas em função do número de negócios e do volume financeiro. Essa carteira teórica é composta de um percentual de ações ponderado pelo respectivo número de ações disponíveis à negociação no mercado. IMA-B O índice de Renda Fixa IMA-B calculado com base na evolução do valor de mercado de uma carteira composta por títulos públicos de diferentes prazos atrelados ao IPCA (NTN-B) pode apresentar oscilações positivas ou negativas. Os recursos destinados na parcela IMA-B busca no médio e longo prazo proteção contra a infl ação que podem apresentar retornos positivos ou negativos devido às condições de mercado tais como mudanças nas expectativas de juros reais. Mais dúvidas, entre em contato com a Equipe da PREVIPLAN: Tel.:(11) A PREVIPLAN não se responsabiliza por qualquer decisão sobre investimento tomada com base nestas orientações de caráter meramente informativo

9 Av. das Nações Unidas, Térreo Santo Amaro - São Paulo - SP Telefone: (11)

Perfis de Investimento

Perfis de Investimento Perfis de Investimento Manual Perfis de Investimento Manual Perfis de Investimento Índice Objetivo... 3 Introdução... 3 Falando sobre sua escolha e seu plano... 3 Perfis de Investimento... 5 Principais

Leia mais

CARTILHA DO PLANO DE BENEFÍCIOS

CARTILHA DO PLANO DE BENEFÍCIOS CARTILHA DO PLANO DE BENEFÍCIOS Esta cartilha traz informações e dicas, de forma simples e clara, para que você conheça as vantagens que o seu plano de previdência oferece. Leia com atenção e comece a

Leia mais

Investimentos na Duprev

Investimentos na Duprev Investimentos na Duprev Plano de Aposentadoria Duprev CD Contribuições Participantes + = aposentadoria Contribuições da empresa Saldo para Patrimônio Investido Perfis de Investimento Alternativas de aplicação

Leia mais

Educação Financeira e Previdenciária 03 INVESTIMENTOS

Educação Financeira e Previdenciária 03 INVESTIMENTOS Educação Financeira e Previdenciária 03 INVESTIMENTOS Novembro de 2015 Educação Financeira e Previdenciária Saiba o que considerar HORA DE INVESTIR? Além de poupar para a realização dos seus sonhos, sejam

Leia mais

Adesão ao Plano de Benefícios HP

Adesão ao Plano de Benefícios HP Adesão ao Plano de Benefícios HP OBJETIVO DA HP PREV Proporcionar aos seus participantes a oportunidade de contribuir para a HP Prev e, juntamente com as contribuições da patrocinadora, formar uma renda

Leia mais

Entretanto, este benefício se restringe a um teto de 12% da renda total tributável. O plano VGBL é vantajoso em relação ao PGBL para quem:

Entretanto, este benefício se restringe a um teto de 12% da renda total tributável. O plano VGBL é vantajoso em relação ao PGBL para quem: 2 1 3 4 2 PGBL ou VGBL? O plano PGBL, dentre outras, tem a vantagem do benefício fiscal, que é dado a quem tem renda tributável, contribui para INSS (ou regime próprio ou já aposentado) e declara no modelo

Leia mais

PERFIL DE INVESTIMENTOS PERFIL DE INVESTIMENTO

PERFIL DE INVESTIMENTOS PERFIL DE INVESTIMENTO PERFIL DE INVESTIMENTOS O QUE É? É a opção dada ao participante para que indique os percentuais de seu saldo que devem ser alocados em Renda Fixa e em Renda Variável (ações), de acordo com a sua aptidão

Leia mais

Material Explicativo

Material Explicativo Material Explicativo Material Explicativo Índice Introdução...4 Sobre o Plano Previplan...5 Adesão...5 Benefícios do Plano...6 Entenda o Plano...7 Rentabilidade...8 Veja como funciona a Tributação...9

Leia mais

INVISTA NO. Tesouro Direto

INVISTA NO. Tesouro Direto INVISTA NO Tesouro Direto Introdução CAPÍTULO 1 OS TÍTULOS E SUAS CARACTERÍSTICAS O Tesouro Nacional criou o Tesouro Direto, programa oferecido em parceria com a B3, que permite ao investidor pessoa física

Leia mais

Safra Títulos Públicos DI - Fundo de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2004

Safra Títulos Públicos DI - Fundo de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2004 Safra Títulos Públicos DI - Fundo de Investimento Financeiro Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2004 e de 2003 e parecer de auditores independentes Demonstração da composição e diversificação

Leia mais

Sumário. Prefácio, XV Introdução, 1

Sumário. Prefácio, XV Introdução, 1 Sumário Prefácio, XV Introdução, 1 Capítulo 1 Sistema Financeiro Nacional, 3 1.1 Funções básicas do Sistema Financeiro Nacional, 4 1.2 Principais participantes do mercado, 4 1.2.1 Introdução, 4 1.2.2 Órgãos

Leia mais

Demonstração do Simulador de Saldo e Benefícios

Demonstração do Simulador de Saldo e Benefícios Demonstração do Simulador de Saldo e Benefícios Disponível na área do participante www.prhosper.com.br área do participante acesso com logine senha Bem vindo(a) ao novo simulador PRhosper! O seu futuro

Leia mais

Fundo de Investimento em Ações - FIA

Fundo de Investimento em Ações - FIA Renda Variável Fundo de Investimento em Ações - FIA Fundo de Investimento em Ações O produto O Fundo de Investimento em Ações (FIA) é um investimento em renda variável que tem como principal fator de risco

Leia mais

REGULAMENTO PERFIL DE INVESTIMENTOS CARGILLPREV

REGULAMENTO PERFIL DE INVESTIMENTOS CARGILLPREV REGULAMENTO PERFIL DE INVESTIMENTOS CARGILLPREV 1) Do Objeto Este documento estabelece as normas gerais aplicáveis ao Programa de Perfil de Investimentos (Multiportfólio) da CargillPrev. O programa constitui-se

Leia mais

Perfis de Investimento Flexibilidade para você

Perfis de Investimento Flexibilidade para você Perfis de Investimento Flexibilidade para você ESCOLHA SEU PERFIL O Plano Odeprev está mais moderno e flexível. Agora você também pode escolher como o seu patrimônio para o póscarreira será investido.

Leia mais

Manual do Aposentado e Pensionista EBC Prev. Plano de Benefícios da EBC Empresa Brasil de Comunicação

Manual do Aposentado e Pensionista EBC Prev. Plano de Benefícios da EBC Empresa Brasil de Comunicação Manual do Aposentado e Pensionista Prev Plano de Benefícios da Empresa Brasil de Comunicação SUMÁRIO Qual é o significado de Aposentado e Pensionista?...3 Quando é realizado o pagamento das parcelas do

Leia mais

ALTERAÇÃO DE PERFIL E % DE CONTRIBUIÇÃO Dezembro/2015

ALTERAÇÃO DE PERFIL E % DE CONTRIBUIÇÃO Dezembro/2015 ALTERAÇÃO DE PERFIL E % DE CONTRIBUIÇÃO Dezembro/2015 PORQUE TER UM PLANO DE APOSENTADORIA PRIVADA? TETO ATUAL DO INSS ATUALIZADO SOMENTE PELO INPC: R$ 4.663,00 INDEPENDENTE DO SEU SALÁRIO NA ATIVA, O

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL RESUMO

RELATÓRIO ANUAL RESUMO 2016 RELATÓRIO ANUAL RESUMO 2 MENSAGEM DA DIRETORIA Há quem diga que 2016 ficará para a história. De fato, foi um ano marcado por reviravoltas nos âmbitos político e econômico no cenário nacional e internacional.

Leia mais

Relatório. Anual. Resumo 2015

Relatório. Anual. Resumo 2015 Relatório Anual Resumo 2015 2 Mensagem da Diretoria O ano de 2015 foi marcado por um cenário volátil e conturbado com inflação alta, PIB negativo, escândalos políticos, rebaixamento de grau de investimento

Leia mais

DUAS DEFINIÇÕES IMPORTANTES

DUAS DEFINIÇÕES IMPORTANTES Você está trabalhando, construindo sua vida e de sua família. Tudo vai bem. Mas... Você já começou a pensar na sua aposentadoria? Quando se aposentar, você receberá o benefício do INSS, mas ele será suficiente?

Leia mais

Safra Multicarteira Agressivo - Fundo de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 30 de junho de

Safra Multicarteira Agressivo - Fundo de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 30 de junho de Safra Multicarteira Agressivo - Fundo de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 30 de junho de 2004 e de 2003 e parecer de auditores independentes Parecer

Leia mais

Adesão ao Plano de Benefícios HP

Adesão ao Plano de Benefícios HP Adesão ao Plano de Benefícios HP 1 Objetivo da HP Prev Proporcionar aos seus participantes a oportunidade de contribuir para a HP Prev e, juntamente com as contribuições da patrocinadora, formar uma renda

Leia mais

Renda Fixa. Escrito por Sandra Blanco, CFP, Consultora de Investimentos da Órama, mais de 20 anos de mercado e autora de diversos livros.

Renda Fixa. Escrito por Sandra Blanco, CFP, Consultora de Investimentos da Órama, mais de 20 anos de mercado e autora de diversos livros. Renda Fixa Escrito por Sandra Blanco, CFP, Consultora de Investimentos da Órama, mais de 20 anos de mercado e autora de diversos livros. ÍNDICE investimentos em renda fixa... 4 CARACTERÍSTICAS da Renda

Leia mais

PREVI Futuro. Conheça o desempenho de Janeiro a Julho/2017. Resultado - =

PREVI Futuro. Conheça o desempenho de Janeiro a Julho/2017. Resultado - = Resultado PREVI Futuro Conheça o desempenho de Janeiro a Julho/ - = Balanço Patrimonial Ativo Onde estão aplicados todos os recursos do PREVI Futuro Passivo Renda Variável Investimentos em ações 29,39%

Leia mais

Visão Mais Perto Visão Prev

Visão Mais Perto Visão Prev Visão Mais Perto 2015 Visão Prev 2016 Perfil de Investimentos Estrutura Gestão Visão Prev Entendendo Conceitos Renda Fixa Os investimentos em renda fixa podem ser feitos em títulos públicos ou títulos

Leia mais

Rio de Janeiro, novembro de 2010. Renato Andrade

Rio de Janeiro, novembro de 2010. Renato Andrade Tesouro Direto Rio de Janeiro, novembro de 2010 Renato Andrade Visão Geral Vantagens Comprando Tributação e Vendendo Títulos Comprando e Vendendo Títulos Entendendo o que altera o preço Simulador do Tesouro

Leia mais

Etapa 1. Etapa 2. Etapa 3. Etapa 4

Etapa 1. Etapa 2. Etapa 3. Etapa 4 São Paulo, 02 de janeiro de 2015 PREZADO (A) PARTICIPANTE DO PLANO III, Conforme já divulgado na Edição nº 10 Dezembro/2014 do nosso Jornal e no site, o Plano III da BRF Previdência passará por mudanças

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ: Informações referentes a Outubro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o As informações completas sobre esse fundo podem ser

Leia mais

PREVI futuro - Out / = Resultado

PREVI futuro - Out / = Resultado PREVI futuro - Out / 2017 - = Resultado Balanço Patrimonial Ativo Passivo Onde estão aplicados todos os recursos do Plano PREVI Futuro Estes são distribuídos em uma Carteira de Investimentos Distribuição

Leia mais

Produtos e Serviços Financeiros

Produtos e Serviços Financeiros 1 APRESENTAÇÃO DE APOIO Produtos e Serviços Financeiros 3º Encontro Pós-Graduação em Finanças, Investimentos e Banking 2 por Leandro Rassier Complementação + Aplicações práticas METODOLOGIA PARA COMPREENSÃO

Leia mais

PRINCIPAIS FATORES DE ANÁLISES. INVESTIMENTOS e RISCOS

PRINCIPAIS FATORES DE ANÁLISES. INVESTIMENTOS e RISCOS PRINCIPAIS FATORES DE ANÁLISES INVESTIMENTOS e RISCOS RENTABILIDADE A rentabilidade é a variação entre um preço inicial e um preço final em determinado período. É o objetivo máximo de qualquer investidor,

Leia mais

Visão Mais Perto 2015 Perfil Investimentos 2015

Visão Mais Perto 2015 Perfil Investimentos 2015 Visão Mais Perto 2015 Perfil Investimentos 2015 Gestão Visão Prev Bradesco Custódia e Administração VP Finanças Telefonica-Vivo Conselho Deliberativo Comitê Investimentos Conselho Fiscal Diretoria Executiva

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES SELECTION 03.660.879/0001-96. Informações referentes a Abril de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES SELECTION 03.660.879/0001-96. Informações referentes a Abril de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES SELECTION 03.660.879/0001-96 Informações referentes a Abril de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA DA FPI

PERGUNTAS E RESPOSTAS PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA DA FPI PERGUNTAS E RESPOSTAS PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA DA FPI Válido para participantes que ingressaram no plano até 05/08/2008 1. O que é o Plano de Contribuição Definida? É o seu plano de benefícios na

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX BENCHMARK 100.00%CDI Relatório Gerencial Consolidado - Período de 02/12/2013 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 31/12/2013 pg. 1 Posição Sintética dos Ativos em 31/12/2013 Financeiro % PL FUNDOS

Leia mais

TESOURO DIRETO TÍTULOS PÚBLICOS

TESOURO DIRETO TÍTULOS PÚBLICOS TÍTULOS PÚBLICOS TESOURO DIRETO ESTA INSTITUIÇÃO É ADERENTE AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA ATIVIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS DE INVESTIMENTO NO VAREJO. O Tesouro Nacional utiliza

Leia mais

Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI

Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI Renda Fixa Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI O produto O Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) é um título que gera um direito de crédito ao

Leia mais

Opção de contribuição e perfil de investimento. Maio/2016

Opção de contribuição e perfil de investimento. Maio/2016 Opção de contribuição e perfil de investimento Maio/2016 Introdução As contribuições mensais feitas para os Planos HP e Agilent administrados pela HP Prev são investidas de acordo com o perfil de investimento

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS SOBERANO FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA - SIMPLES CNPJ/MF: Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém

Leia mais

Alocação Estratégica em Planos CD Benchmark de Longo Prazo

Alocação Estratégica em Planos CD Benchmark de Longo Prazo Alocação Estratégica em Planos CD Benchmark de Longo Prazo Funpresp Seminário Perfis de Investimentos Novembro, 2016 Arthur Lencastre 2016 Willis Towers Watson. Todos os direitos reservados. Que fatores

Leia mais

Parecer Atuarial dos Planos de Benefícios Unisys Brasil Ltda. e Unisys Tecnologia Ltda. de 31/12/2013 Unisys-Previ - Entidade de Previdência

Parecer Atuarial dos Planos de Benefícios Unisys Brasil Ltda. e Unisys Tecnologia Ltda. de 31/12/2013 Unisys-Previ - Entidade de Previdência Parecer Atuarial dos Planos de Benefícios Unisys Brasil Ltda. e Unisys Tecnologia Ltda. de Unisys-Previ - Entidade de Previdência Complementar 21 de fevereiro de 2014 CONTEÚDO 1. Introdução... 1 2. Perfil

Leia mais

PSS Seguridade Social. Retirada de Patrocínio

PSS Seguridade Social. Retirada de Patrocínio PSS Seguridade Social Retirada de Patrocínio 1 Agenda Retirada de Patrocínio Motivo e Implicações Cronograma Material Explicativo Entregue Valores Opções para os valores Documentos a serem assinados Motivo

Leia mais

Programa de Previdência Complementar ArcelorMittal Brasil. ArcelorMittal Brasil

Programa de Previdência Complementar ArcelorMittal Brasil. ArcelorMittal Brasil Programa de Previdência Complementar ArcelorMittal Brasil ArcelorMittal Brasil 1 Porque ter um Plano de Previdência Complementar? 2 O Novo Programa de Previdência Complementar ArcelorMittal Brasil Conheça

Leia mais

Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Petrobras (C.N.P.J. nº 03.910.929/0001-46) (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.) Demonstrações Financeiras

Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Petrobras (C.N.P.J. nº 03.910.929/0001-46) (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.) Demonstrações Financeiras Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Petrobras (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 30 de setembro de 2015 e relatório dos auditores independentes Relatório dos auditores

Leia mais

O que você quer ser quando envelhecer

O que você quer ser quando envelhecer O que você quer ser quando envelhecer Entenda como funciona o Fundo de Pensão Multipatrocinado da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Rio Grande do Sul - OABPrev-RS. 2 01 02 03 O que é OABPrev-RS?

Leia mais

SIMULADOR DE BENEFÍCIOS ON-LINE: PASSO A PASSO

SIMULADOR DE BENEFÍCIOS ON-LINE: PASSO A PASSO SIMULADOR DE BENEFÍCIOS ON-LINE: PASSO A PASSO Os participantes dos Planos de Benefícios da Fundação Banrisul podem acessar, no site da Entidade, o Simulador de Benefícios On-line, ferramenta que permite

Leia mais

Perfis de Investimento Ciclo de Vida baseado em Target Date Funds

Perfis de Investimento Ciclo de Vida baseado em Target Date Funds Perfis de Investimento Ciclo de Vida baseado em Target Date Funds Seminário Funpresp Fabio Alvarez Brasília, 10 de novembro de 2016 2 PLANO ODEPREV Perfis de Investimento baseados em Datas-Alvo Desde Abr/14

Leia mais

PRINCIPAIS PRODUTOS E PERFIL DO INVESTIDOR

PRINCIPAIS PRODUTOS E PERFIL DO INVESTIDOR PRINCIPAIS PRODUTOS E PERFIL DO INVESTIDOR CARACTERÍSTICAS DOS PRODUTOS DE RENDA FIXA OS PRINCIPAIS PRODUTOS DE RENDA FIXA PERFIL DE RISCO DO INVESTIDOR Quais são as diferenças básicas entre Renda Fixa

Leia mais

Folheto explicativo PLANO D

Folheto explicativo PLANO D Folheto explicativo PLANO D Benefícios do plano Como participante do Plano D, você conta com esses benefícios: Benefícios Aposentadoria Normal Condições necessárias para receber o benefício Desligar-se

Leia mais

perfis de investimento MATERIAL EXPLICATIVO

perfis de investimento MATERIAL EXPLICATIVO perfis de investimento MATERIAL EXPLICATIVO INTRODUÇÃO Este material explicativo vai apresentar a você uma grande novidade que a Fundação Itaúsa Industrial criou para os participantes do Plano PAI: os

Leia mais

Quem Pode Investir no TD?

Quem Pode Investir no TD? 2 1 3 Quem Pode Investir no TD? Pessoa física com CPF, residente no Brasil. Para tal: Cadastro junto a instituição financeira habilitada (conta corrente). Mínimo: R$ 30 por operação. Máximo: R$ 1.000.000,00

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO O QUE É?

FUNDO DE INVESTIMENTO O QUE É? FUNDO DE INVESTIMENTO O QUE É? FUNDO DE INVESTIMENTO O QUE É? Se você sempre ouviu falar, mas não tem ideia do que é e como funciona, você não é o único. Por isso, vamos ajudá-lo a conhecer e entender

Leia mais

Acompanhamento de ordens Cadastro Carteira

Acompanhamento de ordens Cadastro Carteira MANUAL FOLHAINVEST Acompanhamento de ordens Nesta página é possível acompanhar a posição de todas as ordens incluídas nos últimos cinco dias. As ordens podem ser filtradas pela situação, exibindo por exemplo

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

LEI 8.849, DE 28 DE JANEIRO DE 1994

LEI 8.849, DE 28 DE JANEIRO DE 1994 LEI 8.849, DE 28 DE JANEIRO DE 1994 Altera a legislação do Imposto sobre a Renda e proventos de qualquer natureza, e dá outras providências. Faço saber que o presidente da República adotou a Medida Provisória

Leia mais

INFORMAR PERFIS DE INVESTIMENTO AJUSTADOS AO MOMENTO DO PARTICIPANTE MANUAL DE DEFINIÇÃO

INFORMAR PERFIS DE INVESTIMENTO AJUSTADOS AO MOMENTO DO PARTICIPANTE MANUAL DE DEFINIÇÃO INFORMAR PERFIS DE INVESTIMENTO AJUSTADOS AO MOMENTO DO PARTICIPANTE MANUAL DE DEFINIÇÃO Índice Introdução... 3 O que é Ciclo de Vida?... 4 Objetivo do Ciclo de Vida... 5 Estudos realizados... 6 Composição

Leia mais

Novo Plano de Contribuição Definida -CD

Novo Plano de Contribuição Definida -CD Previ-Siemens Novo Plano de Contribuição Definida -CD Protection notice / Copyright notice Agenda A Importância de um plano de previdência Plano de Aposentadoria CD -Previ-Siemens Contribuições Procedimentos

Leia mais

Perfis de Investimento

Perfis de Investimento 1 Perfis de Investimento Material Explicativo www.previsiemens.com.br 2 3 ESCOLHA O SEU LUGAR AO SOL Tem gente que gosta muito de sol. Afinal, ele trás certos benefícios à nossa saúde, nos deixa mais animados,

Leia mais

Folheto explicativo PLANO A

Folheto explicativo PLANO A Folheto explicativo PLANO A Como está o seu planejamento para a aposentadoria? Você já parou para pensar que a vida está passando rápido demais? A gente sabe que ao longo dos anos muitas prioridades surgem

Leia mais

Desenvolvimento Imobiliário I FII

Desenvolvimento Imobiliário I FII 03 09 10 11 13 15 16 18 20 22 24 26 28 30 31 32 34 36 38 39 02 1. Imobiliário I 03 1. Imobiliário I 04 1. Imobiliário I 05 1. Imobiliário I 06 1. Imobiliário I 07 1. Imobiliário I 1. LANÇAMENTO 2. OBRAS

Leia mais

Autoatendimento do Plano B

Autoatendimento do Plano B Autoatendimento do Plano B Tutorial para participante ATIVO O autoatendimento do Plano B foi reformulado para facilitar a navegação. Agora, ao logar, você será direcionado ao menu do Plano B, diminuindo

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O AGORA BOLSA FIC DE FIA 08.909.429/0001-08. Informações referentes a Abril de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O AGORA BOLSA FIC DE FIA 08.909.429/0001-08. Informações referentes a Abril de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O AGORA BOLSA FIC DE FIA 08.909.429/0001-08 Informações referentes a Abril de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o ÁGORA BOLSA FUNDO

Leia mais

Norma de Perfis de Investimento

Norma de Perfis de Investimento Seguridade SEBE D.SE.17 1/9 ÍNDICE 1. Objetivo... 2 2. Responsabilidades... 2 3. Conceitos... 2 4. Dos Perfis de Investimento... 4 5. Regras Gerais... 7 6. Alocação das Contribuições... 8 7. Pagamentos...

Leia mais

PLANO DE APOSENTADORIA DA DUPREV Fazendo manutenção no seu Plano de Aposentadoria

PLANO DE APOSENTADORIA DA DUPREV Fazendo manutenção no seu Plano de Aposentadoria PLANO DE APOSENTADORIA DA DUPREV Fazendo manutenção no seu Plano de Aposentadoria 2016 DUPREV Entidade Fechada da Previdência Complementar Sociedade Civil sem fins lucrativos independente da DuPont Regulada

Leia mais

PLANO PORTOPREV II MATERIAL EXPLICATIVO

PLANO PORTOPREV II MATERIAL EXPLICATIVO Perfis de Investimento Diversificados PLANO PORTOPREV II MATERIAL EXPLICATIVO quem está seguro, tem futuro. Perfis de Investimento Diversificados www.portoprev.org.br Introdução Este Material Explicativo

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O AZ LEGAN BRASIL FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES / Informações referentes a Maio de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O AZ LEGAN BRASIL FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES / Informações referentes a Maio de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O AZ LEGAN BRASIL FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES 14.550.994/0001-24 Informações referentes a Maio de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA AÇÕES PREMIUM - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: /

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA AÇÕES PREMIUM - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: / LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA AÇÕES PREMIUM - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES Informações referentes à Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o ALFA

Leia mais

SIMULADOR % SALDO DE CONTA:

SIMULADOR % SALDO DE CONTA: SIMULADOR % SALDO DE CONTA: PASSO A PASSO Os assistidos da Fundação Banrisul que optaram por receber seu benefício por Prazo Indeterminado (% Saldo de Conta) podem acessar, no site da Entidade, um simulador

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES IBOVESPA PLUS 03.394.711/0001-86

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES IBOVESPA PLUS 03.394.711/0001-86 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES IBOVESPA PLUS 03.394.711/0001-86 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

INVESTIMENTO NO EXTERIOR. LUIZ SORGE, CFP Recife, 19/05/2016

INVESTIMENTO NO EXTERIOR. LUIZ SORGE, CFP Recife, 19/05/2016 INVESTIMENTO NO EXTERIOR LUIZ SORGE, CFP Recife, 19/05/2016 Investimentos no Exterior Por que investimos tão pouco? Tema multifacetado : Contexto Legal e Econômico Psicologia do Investidor Aspectos Técnicos

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Previdência Tokio Marine

Material Explicativo. Plano de Previdência Tokio Marine Material Explicativo Plano de Previdência Tokio Marine Este material apresenta um resumo das principais características do Plano e não dispensa a leitura do seu Regulamento, cujo teor sempre prevalecerá

Leia mais

Na aba "Dados do Participante", o saldo acumulado está posicionado no último dia do mês anterior ao da simulação.

Na aba Dados do Participante, o saldo acumulado está posicionado no último dia do mês anterior ao da simulação. O simulador de renda do Plano Petros-2 foi criado com o objetivo de ajudar o Participante a projetar o valor de sua renda de aposentadoria, respeitando as regras previstas no Regulamento do Plano. Esse

Leia mais

Plano CV Prevdata. Conheça mais sobre o seu Plano de Previdência Complementar

Plano CV Prevdata. Conheça mais sobre o seu Plano de Previdência Complementar Plano CV Prevdata Conheça mais sobre o seu Plano de Previdência Complementar A entidade Nossos números Patrimônio de R$ 1,1 bilhão (dez/2016) 2 planos de benefícios e plano de gestão administrativa 36

Leia mais

BEM-VINDOS NOÇÕES DE INVESTIMENTOS - TESOURO DIRETO

BEM-VINDOS NOÇÕES DE INVESTIMENTOS - TESOURO DIRETO BEM-VINDOS Palestra NOÇÕES DE INVESTIMENTOS - TESOURO DIRETO Realização 3ª CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO SEDEP - SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL/PGR Semana ENEF ENEF - Estratégia

Leia mais

PROGRAMA DE PERFIS DE INVESTIMENTO REGULAMENTO

PROGRAMA DE PERFIS DE INVESTIMENTO REGULAMENTO PROGRAMA DE PERFIS DE INVESTIMENTO REGULAMENTO 1. FINALIDADE 1.1. Este regulamento define as regras gerais do Programa de Perfis de Investimento da Odebrecht Previdência (ENTIDADE), disciplinando as modalidades

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FIC REF DI LP EMPRESA 04.044.634/0001-05 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FIC REF DI LP EMPRESA 04.044.634/0001-05 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI LONGO PRAZO. As informações completas sobre esse fundo podem

Leia mais

DOUTOR MAURÍCIO CARDOSO-RS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

DOUTOR MAURÍCIO CARDOSO-RS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS RPPS Fundo de Aposentadoria e Pensão do Servidor FAPS DOUTOR MAURÍCIO CARDOSO-RS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS 2013 1. FINALIDADE DA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS Este documento estabelece o modelo de investimentos

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE NANUQUE Fevereiro/2014 RELATÓRIO DE DESEMPENHO MENSAL Em atendimento a Resolução CMN 3.922/10 de acordo com os artigos: Art. 4º. Os responsáveis

Leia mais

O Treinamento Mais Completo Sobre o Tesouro Direto Tesouro Direto Descomplicado. Clique Aqui

O Treinamento Mais Completo Sobre o Tesouro Direto Tesouro Direto Descomplicado. Clique Aqui Índice Sumário 5 investimentos seguros para 2017... 3 Mesmo com projeção de queda da Selic, especialistas continuam indicando a renda fixa para este ano. Veja quais são as melhores opções... 3 TESOURO

Leia mais

Manual do Aposentado HCPA PREV

Manual do Aposentado HCPA PREV Manual do Aposentado HCPA PREV SUMÁRIO Seu benefício 3 Qual a diferença entre Aposentado, Beneficiário e Pensionista? Quando é realizado o pagamento do Benefício? Quando o benefício é reajustado? Quando

Leia mais

CARTILHA DA PORTABILIDADE. - Visão Prev -

CARTILHA DA PORTABILIDADE. - Visão Prev - CARTILHA DA PORTABILIDADE - - CARTILHA DA PORTABILIDADE Tome uma decisão consciente entenda, conheça e analise todos os fatores envolvidos em um processo de portabilidade. Após o encerramento de seu vínculo

Leia mais

Sobrou dinheiro? Hora de investir!

Sobrou dinheiro? Hora de investir! Guia Financeiro 9 Sobrou dinheiro? Hora de investir! Você tem avançado em seu planejamento financeiro, conseguido controlar melhor seus gastos e, assim, tem feito sobrar dinheiro! Pois bem, é hora de dar

Leia mais

Os recursos não investidos permanecem alocados no HG Premium, Fundo que acumula uma rentabilidade de 2,50% em 2008, representando 97,00% do CDI.

Os recursos não investidos permanecem alocados no HG Premium, Fundo que acumula uma rentabilidade de 2,50% em 2008, representando 97,00% do CDI. Relatório Gerencial HG Realty BC FIP 1 Trimestre de 2008 CREDIT SUISSE HEDGING-GRIFFO 1. Palavra do Gestor Prezado Investidor, No primeiro trimestre de 2008 o Fundo continuou o acompanhamento das vendas

Leia mais

Prof. Eugênio Carlos Stieler

Prof. Eugênio Carlos Stieler CAPITALIZAÇÃO COMPOSTA CAPITALIZAÇÁO COMPOSTA: MONTANTE E VALOR ATUAL PARA PAGAMENTO ÚNICO Capitalização composta é aquela em que a taxa de juros incide sobre o capital inicial, acrescido dos juros acumulados

Leia mais

Regulamento. Perfis de Investimento

Regulamento. Perfis de Investimento Regulamento Perfis de Investimento 2017 ÍNDICE CAPÍTULO I - DA FINALIDADE....3 CAPÍTULO II - DOS PARTICIPANTES ELEGÍVEIS...3 CAPÍTULO III - DOS PERFIS...3 CAPÍTULO IV - DO PRAZO DE ESCOLHA DO PERFIL DE

Leia mais

PROGRAMA DE PERFIS DE INVESTIMENTO REGULAMENTO

PROGRAMA DE PERFIS DE INVESTIMENTO REGULAMENTO PROGRAMA DE PERFIS DE INVESTIMENTO REGULAMENTO 1. FINALIDADE 1.1. Este regulamento define as regras gerais do Programa de Perfis de Investimento da Odebrecht Previdência (ENTIDADE), disciplinando as modalidades

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

Relatório Estatístico da Pesquisa do Perfil de Investimentos da São Rafael Realizada entre 27/03/2012 à 27/04/2012.

Relatório Estatístico da Pesquisa do Perfil de Investimentos da São Rafael Realizada entre 27/03/2012 à 27/04/2012. Relatório Estatístico da Pesquisa do Perfil de Investimentos da São Rafael Realizada entre 27/03/2012 à 27/04/2012 Prezado (a) participante: A seguir estão discriminados os gráficos estatísticos das Perguntas

Leia mais

MATERIAL EXPLICATIVO PLANO CD PREVIBAYER SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA

MATERIAL EXPLICATIVO PLANO CD PREVIBAYER SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA MATERIAL EXPLICATIVO PREVIBAYER SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA MATERIAL EXPLICATIVO PREZADO COLABORADOR! Você, que está sendo admitido agora ou que ainda não aderiu ao Plano CD, conheça, nas próximas

Leia mais

T souro Direto Belo Horizonte outubro 2011 201 Diogo g Coscrato

T souro Direto Belo Horizonte outubro 2011 201 Diogo g Coscrato Tesouro Direto Belo Horizonte, outubro de 2011 Diogo Coscrato Visão Geral Vantagens Tributação Entendendo o que altera o preço Comprando e Vendendo Títulos Simulador do Tesouro Direto Perfil do Investidor

Leia mais

Ações e títulos públicos, os mais rentáveis nos últimos sete anos

Ações e títulos públicos, os mais rentáveis nos últimos sete anos Veículo: AE Investimentos Data: 18/11/09 Ações e títulos públicos, os mais rentáveis nos últimos sete anos Pesquisa identifica as melhores e as piores aplicações desde 2002, quando surgiu o Tesouro Direto

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA EMPRESA FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ: /

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA EMPRESA FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ: / LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O Informações referentes à Outubro de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o ALFA EMPRESA FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA, administrado

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS TERMO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS TERMO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ/MF: Informações referentes a Agosto de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o BNP PARIBAS TERMO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA,

Leia mais

Plano de Benefícios CD-05

Plano de Benefícios CD-05 1/5 Plano de Benefícios CD-05 Nosso Plano é cuidar do seu futuro! 2/5 1 Apresentação A REGIUS Sociedade Civil de Previdência Privada é uma entidade fechada de previdência privada, que tem como objetivo

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE TEÓFILO OTONI CNPJ /

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE TEÓFILO OTONI CNPJ / REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO DELIBERATIVO DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE TEOFILO OTONI RELATÓRIO TRIMESTRAL DE ANÁLISE DA RENTABILIDADE E RISCOS DOS INVESTIMENTOS

Leia mais

CARTILHA DO PARTICIPANTE. O OABPREV/RS é uma Entidade Fechada de Previdência Complementar, criada para administrar planos de previdência.

CARTILHA DO PARTICIPANTE. O OABPREV/RS é uma Entidade Fechada de Previdência Complementar, criada para administrar planos de previdência. O que é o OABPREV/RS? CARTILHA DO PARTICIPANTE O OABPREV/RS é uma Entidade Fechada de Previdência Complementar, criada para administrar planos de previdência. Quem instituiu o OABPREV/RS? A Ordem dos Advogados

Leia mais

Plano PreVisão. Para quem quer seguir por caminhos com menos turbulências

Plano PreVisão. Para quem quer seguir por caminhos com menos turbulências MIRANTE Informativo da Visão Prev Sociedade de Previdência Complementar e d i ç ã o e s p e c i a l d e z e m b r o / 2 0 1 4 Plano PreVisão Para quem quer seguir por caminhos com menos turbulências Conheça

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O RIO ARBITRAGEM FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO /

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O RIO ARBITRAGEM FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO / LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O RIO ARBITRAGEM FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO 07.967.080/0001-06 Informações referentes a Outubro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

MANUAL DE CLUBES DE INVESTIMENTO XP INVESTIMENTOS CCTVM S/A. Departamento de Clubes

MANUAL DE CLUBES DE INVESTIMENTO XP INVESTIMENTOS CCTVM S/A. Departamento de Clubes MANUAL DE CLUBES DE INVESTIMENTO XP INVESTIMENTOS CCTVM S/A Departamento de Clubes Versão 2.0 Junho/2012 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 O que é um clube de investimento?... 3 1.2 Como criar um clube de

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA MIX - FI RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ: / Informações referentes à Janeiro de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA MIX - FI RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ: / Informações referentes à Janeiro de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O Informações referentes à Janeiro de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o, administrado e gerido por Banco Alfa de Investimento S.A..

Leia mais