Panorama Semanal. Análise Fundamentalista Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio: Fly to risk, a dinâmica continua.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Panorama Semanal. Análise Fundamentalista Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio: Fly to risk, a dinâmica continua."

Transcrição

1 Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio: Fly to risk, a dinâmica continua Continuamos convictos de que o mercado direciona-se para ativos com perfil de risco mais acentuado, dado o reajuste gradual de expectativas com relação ao ritmo de crescimento doméstico e global para 2013 e diante do movimento de valorização acentuada observado ao longo do mês. Neste sentido, ratificamos a confiança em nosso portfólio com a ausência de alterações para a semana. Portfólio: BB Seguridade (20%), Even (20%), Cemig (20%), Cia Hering (20%) e Vale (20%). Visão Macroeconômica Retrospectiva A sensação com os ativos brasileiros vem melhorando gradativamente nas últimas semanas. Processo que é notório pelo comportamento da moeda, que abandonou os patamares depreciados de R$ 2,45 e encontra algum equilíbrio mais próximo de R$ 2,30. O responsável por essa melhora de humor tem sido exatamente o contexto externo. Índice Resumo Visão Macroeconômica Visão Macroeconômica: Agenda : Portfólio Sugerido : Estatísticas & Rentabilidade : Alteração Contábil Análise Técnica Equipe Disclaimer Perspectiva Há tempos que temos chamado atenção para o dia 18 de setembro e, hoje, o que nos separa desta data são menos de 48 horas. Todos os olhos estarão na decisão do Fed e seus próximos passos de política monetária. Destaques na Agenda Agenda Dia Hora Local Indicador 16/09/ :15 EUA Produção industrial (a.m.) 17/09/ :00 EUR Pesquisa ZEW (Expectativas) 18/09/ :00 EUA Fed Pace of Treasury Pur 19/09/ :30 EUA Seguro-desemprego 20/09/ :00 BRA IPCA-15 Inflação IBGE (a.a.) Fonte: Bloomberg & Análise XP William Castro Alves Analista, CNPI Panorama Semanal

2 Visão Macroeconômica Retrospectiva - China bem. EUA nem tanto. Bom para o Brasil! A sensação com os ativos brasileiros vem melhorando gradativamente nas últimas semanas. Processo que é notório pelo comportamento da moeda, que abandonou os patamares depreciados de R$ 2,45 e encontra algum equilíbrio mais próximo de R$ 2,30. O responsável por essa melhora de humor tem sido exatamente o contexto externo. A junção bombástica que tivemos em maio e junho, em que de um lado do mapa os EUA poderiam retirar mais rápido e forte a liquidez abundante do sistema e, do outro, a China emitia sinais de que poderia entrar em alguma rota de colisão com seu projeto de equilíbrio econômico, foi responsável por colocar uma nuvem negra nas perspectivas positivas. Hoje, 3 meses depois, estes dois temas aliviaram e, com isso, o temor sobre nossos ativos. Os dados recentes de atividade na China corroboram um quadro de estabilização do processo de desaceleração visto no primeiro semestre e podemos até assistir a alguma aceleração pontual. O direcional da segunda maior economia do mundo continua sendo de desaceleração e devemos conviver em um futuro próximo com taxas mais amenas de crescimento econômico por lá. Mas, por enquanto, temos que receber com otimismo os números correntes. Nos EUA, as estatísticas de atividade fraquejaram e sugerem um ritmo mais moderado que o desejado, principalmente, do mercado de trabalho. Tal fato pode fazer o Fed postergar ou ser o mais gradativo possível em seu projeto de reversão de estímulos na economia. China bem e EUA mantendo o quadro de liquidez intacto fizeram o sol renascer para as economias emergentes. Para reforçar o quadro, o dado de vendas no varejo que tivemos referente a julho mostrou alta de 1,9%, bem acima do esperado, afastando as expectativas mais pessimistas para o desempenho econômico de Perspectiva - Chegou o dia. Há tempos que temos chamado atenção para o dia 18 de setembro e, hoje, o que nos separa desta data são menos de 48 horas. Todos os olhos estarão na decisão do Fed e seus próximos passos de política monetária. Muita interrogação ainda permanece no ar, mas uma deles, e no caso relevante, acabou de cair. No último domingo, o mercado se surpreendeu com a notícia de que Summers não está mais concorrendo à sucessão de Ben Bernanke para a presidência do Fed. Como Summers apresenta um perfil de histórico truculento e não tem muita transparência sobre suas preferências na política monetária, estava se formando uma sombra de dúvidas a respeito de como seria o Fed sob sua batuta. Os mercados comemoram a retirada de sua candidatura e tudo aponta que a atual vice-presidente, Janet Yellen, deverá assumir, o que se realizado, seria uma transição bastante suave. Em termos de dados, o destaque também fica para maior economia do mundo com uma bateria de dados do setor imobiliário e os primeiros indicadores regionais de atividade. No Brasil, destaque para a prévia da inflação do IPCA de setembro. Panorama Semanal 2

3 Visão Macroeconômica: Agenda Hora Local Indicador Data Exp. Ant. segunda-feira, 16 de setembro de :00 EUR Custos de mão de obra (a.a.) 2T % 06:00 EUR IPC (a.m.) Ago 0.1% -0.5% 06:00 EUR IPC (a.a.) Ago 1.3% 1.3% 06:00 EUR IPC principal (a.a.) Ago 1.1% 1.1% 08:00 BRA IGP-10 Inflação FGV M/A Set 0.91% 0.15% 08:00 BRA IPC-S IPC FGV Set % 0.25% 08:30 BRA Central Bank Weekly Economists Survey :30 EUA Índice Empire State, manufatura em Nova York Set :15 EUA Produção industrial (a.m.) Ago 0.4% 0.0% 10:15 EUA Utilização da capacidade instalada Ago 77.9% 77.6% 10:15 EUA Produção manufatureira (SIC) Ago 0.4% -0.1% 23:00 CHI Conference Board China August Leading Economic Index terça-feira, 17 de setembro de :00 EUR Pesquisa ZEW (Expectativas) Set :00 EUR Balança comercial SA Jul 15.0B 14.9B 09:30 EUA IPC (a.a.) Ago 1.6% 2.0% 09:30 EUA Índice principal IPC Saz Ago :30 EUA Índice IPC NSA Ago :00 BRA CNI Industrial Confidence Ago :30 CHI China August Property Prices quarta-feira, 18 de setembro de :00 BRA IPC FIPE- Semanal Set % 0.21% 06:00 EUR Produção de construção (a.a.) Jul % 08:00 EUA MBA-Solicitações de empréstimos hipotecários Set % 08:00 BRA IGP-M Inflation 2nd Preview Set 1.15% 0.11% 09:30 EUA Construção de casas novas Ago 920K 896K 12:30 BRA Central Bank Posts Currency Flows' Data for Prev. Week :00 EUA FOMC Decisão sobre a taxa de juros Set % 0.25% 15:00 EUA Fed Releases Summary of Economic Projections :00 EUA Fed Pace of MBS Purchases Set $40 $40 15:00 EUA Fed Pace of Treasury Pur Set $35 $45 quinta-feira, 19 de setembro de :30 EUA Novos pedidos seguro-desemprego Set K 292K 09:30 EUA Seguro-desemprego Set K 2871K 09:30 EUA Saldo em conta corrente 2T -$97.2B -$106.1B 11:00 EUA Panorama dos negócios Fed da Filadélfia Set :00 EUA Vendas casas existentes (a.m.) Ago -2.6% 6.5% 11:00 EUA Índice antecedente Ago 0.6% 0.6% sexta-feira, 20 de setembro de :00 BRA IPCA-15 Inflação IBGE (a.a.) Set 5.94% -- 11:00 EUR Confiança do consumidor Set Sem data BRA Coleta de impostos Ago 84750M 94293M BRA Criação de empregos formais Total Ago CHI Investimento direto no exterior (a.a.) Ago 12.5% 24.1% Panorama Semanal 3

4 : Portfólio Sugerido Vale (VALE5) A Vale é a 2ª maior mineradora do mundo e dispensa apresentações. Por que gostamos da Vale? (i) é um produtor com importantes vantagens competitivas em termos de custos, com minério de ferro de elevada qualidade que, aliados a forte barreira de entrada, propicia à empresa capturar margens e rentabilidade elevadas em suas operações; (ii) empresa forte geradora de caixa, com endividamento baixo e com projetos que garantirão seu crescimento no longo prazo tanto em minério de ferro quanto em outras vertentes de seu negócio; (iii) novo patamar de câmbio tende a impactar positivamente para ela que é uma exportadora; (iv) cenário positivo de longo prazo para o mercado de minério de ferro; (v) baixo patamar de múltiplos que o ativo negocia. Cemig (CMIG4) Cemig é uma empresa estatal (governo do estado de Minas Gerais) com atuações nas três diferentes áreas do segmento geração, transmissão e distribuição, além de distribuição de gás natural, e transmissão de dados e operação em mais de 18 estados. Após um forte movimento de alta de suas ações iniciado em agosto/2011, a empresa e o setor foram surpreendidos pelo governo federal com termos menos favoráveis à definição da renovação de concessões vicendas em 2015, no âmbito da MP 579. A empresa foi particularmente impactada da seguinte forma: (i) moldes menos favoráveis (menor rentabilidade nas operações) para renovação de concessão de ativos de transmissão de energia, os quais a empresa aceitou aderir ao programa de renovação antecipada do governo; (ii) redução drástica no valor de ativos a serem amortizados de usinas geradoras, os quais a empresa optou por não aderir ao programa do governo; (iii) não renovação automática de usinas geradoras de primeira licença. No que tange ao terceiro ponto, a empresa segue contestando na justiça a interpretação do governo, pleiteando a renovação automática nos atuais padrões de rentabilidade. Vemos este como um importante catalisador para a companhia, que adicionaria valor capaz de levar o ativo de volta aos valores de negociação (por volta dos R$ 29). Independentemente disso, acreditamos no profissionalismo da empresa e a sua capacidade de entrega de retorno. Negociando a múltiplos realmente baixos (P/L 2013E 7,2x e EV/Ebitda de 5,7x) e com uma perspectiva interessante de dividendos (cerca de 8% de yield, adotando premissas conservadoras) vemos o ativo com uma assimetria de valor interessante nos atuais patamares. BB Seguridade (BBSE3) A BB Seguridade é o grupo segurador do Banco do Brasil, atuando com dois negócios: (i) produtos de seguros, previdência aberta e capitalização; e (ii) serviços de corretagem. É dessa forma que a empresa se divide no que tange ao arranjo societário BB Corretora e BB Seguros. A empresa recentemente estreou em bolsa através de uma oferta secundária de ações que movimentou mais de R$ 11 bilhões. Passado o período de restrição por conta da oferta, adicionamos o ativo em nosso portfólio semanal por acreditar nos seus bons fundamentos. Em suma gostamos do case por: (i) potencial de crescimento dos setores de atuação; (ii) baixa penetração de tais produtos entre os clientes do Banco do Brasil, o que sustenta a tese de crescimento; (iii) capilaridade por usar a estrutura do Banco do Brasil; (iv) elevada taxa de retorno (ROE) com baixo Capex para sustentar crescimento; (v) suporte financeiro de seu controlador o Banco do Brasil. Ainda que não seja nenhuma pechincha e que exista o risco relacionado ao seu controlador ser um agente estatal, acreditamos que seus pontos fortes dominem e sustentem novas valorizações do ativo. Even (EVEN3) Even é uma construtora operando no setor de construção civil, que atua principalmente nas regiões Sudeste e Sul do Brasil. O foco da empresa está em unidades residenciais para as classes de renda média e média-alta, embora a empresa também atua em outras classes de renda e unidades comerciais, embora em menor escala. Através de rigoroso controle de custos e um ritmo mais lento de lançamentos, a empresa conseguiu manter as margens que são mais elevados do que a maioria dos outras construtoras. O foco na conclusão de projetos resultou em um ciclo de caixa, que é menor do que a maioria dos concorrentes, e um estoque de projetos que é relativamente jovem. Estes aspectos devem criar resultados que são mais previsíveis do que a maioria do setor. Atualmente negociando a menos de 7x P/L de 2013, estimado, com um ROE acima de 14%. Hering (HGTX3) Nas últimas semanas podemos observar uma apreciação cambial, seguida por um alívio em termos de pressão inflacionária, que somado a outros vetores propiciaram uma maior busca a ativos de risco. Uma forma de elevarmos o beta da carteira com uma posição que alie qualidade e upside, é justamente alocando parte da carteira em Hering. Num horizonte de tempo maior, vimos uma grande mudança no cenário macroeconômico, que acabaram se traduzindo em fortes desvalorizações no papel, com destaque para: (i) aumento de taxa básica de juros; (ii) valorização do dólar pressão em custos; (iii) maior endividamento de famílias e (iv) manifestações inibidoras de consumo. Apesar disso, acreditamos que o case agrega: exposição a um segmento que, apesar de apresentar desaceleração na margem, segue em expansão; uma empresa com retorno acima da média do seu segmento, sem dívida e negociando a múltiplos interessantes. Nesses patamares e por essas razões, temos o ativo em nosso portfólio. Panorama Semanal 4

5 : Estatísticas & Rentabilidade Performance: Portfólio Inicial* Carteira 8,3 15,0 1,1 17,8-52, Ibovespa -13,4 8,2-17,3 6, , dif. p.p. 21,8 p.p. 6,8 p.p. 18,5 p.p. 10,9 p.p. - 65,9 p.p Portfólio semana 4 sem. 26 sem. 52 sem. Carteira -0,7 3,5-2,0 12, Ibovespa -0,2 7,6-7,5-7, dif. p.p. -0,5 p.p. -4,1 p.p. 5,5 p.p. 19,8 p.p *Inicial: Carteira XP 30/4/2009 Portfólio Beta Beta (atual) VaR Carteira 0, ,2% -20,6% 15,1% 2,3% 38,54 98,00 69,00 0,3% 8,5% -12,5% TTM: Últimos 12 meses (Traling Twelve months) Sharpe Estatísticas: Alpha Vol. # Sem. # Sem. Positivo # Sem. Negativo Retorno Médio Semana Maior Retorno Semana Menor Retorno Semana DESEMPENHO 2013 % Semanal CMIG4 EVEN3 HGTX3 IBOV VALE5 Ibovespa BBSE3-3,0-2,0-1,0 0,0 1,0 2,0 DESEMPENHO HISTÓRICO Ibovespa Panorama Semanal 5

6 Análise Técnica Ibovespa A semana que passou foi de indecisão, começou de maneira positiva, tivemos três dias de queda e finalizou a sexta-feira de maneira altista. Com isso a variação semanal foi de +0,07%. A tendência continua sendo claramente altista no gráfico diário, temos resistência no topo formado na semana em , mas esse ponto não é muito forte, se essa resistência for rompida, teremos outra resistência na linha de retorno do canal de alta e depois outra bem forte em , na qual temos vários topos formados entre março e maio desse ano. Se voltarmos a cair, suporte só em e na LTA do canal de alta. Panorama Semanal 6

7 Equipe Analistas Caio Sasaki, CNPI-T Lauro Vilares, CNPI-T Luiz Augusto Ceravolo, CNPI-T Richard Cole, CNPI (21) (21) (21) (21) Tito Gusmão, CNPI-T William Alves, CNPI (21) (21) Disclaimer 1. O atendimento de nossos clientes pessoas físicas e jurídicas (não institucionais) é realizado por agentes de investimento. Todos os agentes de investimento que atuam através da XP Investimentos CCTVM S/A ( XP Investimentos Corretora ) encontram-se devidamente registrados na Comissão de Valores Mobiliários. A relação completa de agentes de investimento da XP Investimentos Corretora pode ser consultada no site > Agentes Autônomos > Relação dos Agentes Autônomos contratados por uma Instituição Financeira > Corretoras > XP Investimentos e no site da XP Investimentos. Na forma da legislação da CVM, o agente autônomo de investimento não pode administrar ou gerir o patrimônio de investidores. O agente de investimento é um intermediário e depende da autorização prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro. 2. Este relatório foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A ( XP Investimentos Corretora ) e tem como único propósito fornecer informações que possam ajudar o investidor a tomar sua decisão de investimento. Este relatório não constitui oferta ou solicitação de compra ou venda de qualquer instrumento financeiro. As informações contidas neste relatório são consideradas confiáveis na data da divulgação deste relatório e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. 3. O analista de investimento responsável pela elaboração deste relatório, em conformidade ao artigo 17, I, da Instrução Normativa CVM n. 483/10, declara que as recomendações expressas neste relatório refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais e foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à pessoa ou a instituição à qual está vinculado. 4. O analista de investimento está indiretamente envolvido na intermediação dos valores mobiliários objeto deste relatório, em conformidade ao artigo 17, II, c, da Instrução Normativa CVM n. 483/ A remuneração do analista de investimento responsável por este relatório é indiretamente influenciada pelas receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela pessoa a que esteja vinculado, em conformidade ao artigo 17, II, e, da Instrução Normativa CVM n, 483/ Os instrumentos financeiros discutidos neste relatório podem não ser adequados para todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de cada investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A rentabilidade de instrumentos financeiros pode apresentar variações, e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste relatório em relação a desempenhos futuros. A XP Investimentos Corretora se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. 7. Este relatório não pode ser reproduzido ou redistribuído para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento por escrito da XP Investimentos Corretora. Informações adicionais sobre os instrumentos financeiros discutidos neste relatório se encontram disponíveis quando solicitadas. 8. A Ouvidoria da XP Investimentos Corretora tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. Para contato, ligue O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Corretora: Inexistem situações de conflitos de interesses entre a XP Investimentos e a utilização desse produto. 11. Este relatório é baseado na avaliação dos fundamentos de determinadas empresas e dos diferentes setores da economia. A análise do ativo objeto do relatório utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento. 12. Este produto é indicado, sobretudo, a investidores cujo perfil haja sido definido como Moderado, Moderado-agressivo, Agressivo, de acordo com a Política de Suitability empregada pela XP Investimentos. 13. Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, dependendo das cotações nos mercados. O investimento em ações é um investimento de risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. O patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. Panorama Semanal 7

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio: Incertezas mais intensas. Agenda.

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio: Incertezas mais intensas. Agenda. Análise XP Análise Fundamentalista Panorama Semanal Estratégia & Portfólio: Incertezas mais intensas Em meio ao contínuo clima de nervosismo dos mercados, consequência do cenário político e fiscal americano.

Leia mais

Ajuste Diário Boi Gordo. 1 x R$ 150,00 x 330 = R$ ,00 1 x R$ 152,00 x 330 = R$ ,00. Ajuste Diário Milho. Dia 1-09:00 Dia 1-15:30

Ajuste Diário Boi Gordo. 1 x R$ 150,00 x 330 = R$ ,00 1 x R$ 152,00 x 330 = R$ ,00. Ajuste Diário Milho. Dia 1-09:00 Dia 1-15:30 XP - Análise Cálculo de Diário BM&F Diário Boi Gordo Dia 1-09:00 Dia 1-16:00 1 x R$ 150,00 x 330 = R$ 49.500,00 1 x R$ 152,00 x 330 = R$ 50.160,00 R$ 152,00 - R$150,00 = R$ 2,00 diário R$ 2,00 x 330 =

Leia mais

15/12/2016. Metodologia:

15/12/2016. Metodologia: O TRADEBOOK apresenta neste relatório as análises gráficas dos principais ativos do IBX-100, do índice, dólar e juros futuros da BMF e ainda a análise do mercado dos EUA, Dólar comercial e Euro/Dólar.

Leia mais

17/11/2016. Metodologia:

17/11/2016. Metodologia: O TRADEBOOK apresenta neste relatório as análises gráficas dos principais ativos do IBX-100, do índice, dólar e juros futuros da BMF e ainda a análise do mercado dos EUA, Dólar comercial e Euro/Dólar.

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 13 de julho de 2015. Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 13 de julho de 2015. Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Nesta semana iremos retirar Qualicorp e Fibria (duas posições pequenas na carteira) para a entrada de Sulamérica e Embraer. Apesar

Leia mais

Fechamento do Mercado

Fechamento do Mercado Análise Técnica Análise XP Fechamento do Mercado Visão Geral Em véspera de feriado, o índice Bovespa fecha em alta e interrompe uma queda acentuada dos últimos 3 pregões. Com as atenções voltadas para

Leia mais

Disclaimer Trocas: Redução em FIBR3 (5%). Aumento em ITUB4 (1%). Aumento em PETR4 (1%). Aumento em VIVT4 (2%). Aumento em VALE5 (1%).

Disclaimer Trocas: Redução em FIBR3 (5%). Aumento em ITUB4 (1%). Aumento em PETR4 (1%). Aumento em VIVT4 (2%). Aumento em VALE5 (1%). Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Nessa semana optamos por retirar Fibria da carteira, cuja participação estava em 5%. Ainda temos uma visão positiva sobre a condução

Leia mais

Relatório de Mercado Semanal

Relatório de Mercado Semanal Boletim Focus Relatório de Mercado Focus Fonte:Banco Central Cenário A semana contou com a divulgação de importantes dados do cenário interno e, principalmente, do cenário externo, dentre eles: vendas

Leia mais

VALE RIO DOCE S/A. No resultado de 2013 a receita líquida da companhia tinha a seguinte divisão:

VALE RIO DOCE S/A. No resultado de 2013 a receita líquida da companhia tinha a seguinte divisão: VALE RIO DOCE S/A Empresa: A companhia é uma das maiores mineradoras do mundo, sendo a maior das Américas, baseada na capitalização de mercado. É a maior produtora mundial de minério de ferro e pelotas

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio: Semana de agenda macro e corporativa carregada

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio: Semana de agenda macro e corporativa carregada 28 Outubro, 2013 Análise XP Análise Fundamentalista Panorama Semanal Estratégia & Portfólio: Semana de agenda macro e corporativa carregada Racional das alterações: Optamos por retirar as ações da Cielo,

Leia mais

Relatório de Mercado Semanal

Relatório de Mercado Semanal Boletim Focus Relatório de Mercado Focus Fonte:Banco Central Cenário A semana que passou foi marcada pelo forte movimento de correção nas bolsas mundiais ocorrido na sexta-feira (9), após declarações hawkish

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 19 de dezembro de Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 19 de dezembro de Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Sem trocas para esta semana Portfólio final: ITUB4 (30%), BBAS3 (15%), PETR4 (15%), BBSE3 (15%), ELET6 (10%), FIBR3 (10%) e GGBR4

Leia mais

Trocas: Retirada de BBSE3 (15%). Redução de ELET6 (5%). Entrada de VALE5 (10%). Aumento FIBR3 (3%), BBAS3 (2%) e GGBR4 (5%).

Trocas: Retirada de BBSE3 (15%). Redução de ELET6 (5%). Entrada de VALE5 (10%). Aumento FIBR3 (3%), BBAS3 (2%) e GGBR4 (5%). Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio A principal mudança da semana é a introdução de VALE5 no portfólio (+10%), com o objetivo de capturar o movimento de curto prazo

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 26 de dezembro de Destaques na Agenda Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 26 de dezembro de Destaques na Agenda Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Sem trocas para esta semana Portfólio final: ITUB4 (30%), BBAS3 (15%), PETR4 (15%), BBSE3 (15%), ELET6 (10%), FIBR3 (10%) e GGBR4

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio: Visibilidade diminuindo. Agenda.

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio: Visibilidade diminuindo. Agenda. Análise XP Análise Fundamentalista Panorama Semanal Estratégia & Portfólio: Visibilidade diminuindo Racional das alterações: Não ocorreram alterações para a carteira semanal. Dado o cenário de curto prazo

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 6 de fevereiro de Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 6 de fevereiro de Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Essa semana optamos por adicionar Vivo na carteira semanal, reduzindo a participação de Fibria em 5 p.p. e a de Petrobras em 3

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 2 de janeiro de Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 2 de janeiro de Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Sem trocas para esta semana Portfólio final: ITUB4 (30%), BBAS3 (15%), PETR4 (15%), BBSE3 (15%), ELET6 (10%), FIBR3 (10%) e GGBR4

Leia mais

Disclaimer Trocas: Retirada de VIVT4 (10%). Redução em PETR4 (4%). Entrada de SBSP3 (11%). Aumento em CCRO3 (3%).

Disclaimer Trocas: Retirada de VIVT4 (10%). Redução em PETR4 (4%). Entrada de SBSP3 (11%). Aumento em CCRO3 (3%). Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Essa semana decidimos retirar Vivo da carteira, por conta da ausência de catalisadores para as ações no curto prazo. Adicionamos

Leia mais

quarta-feira, 19 de julho de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão

quarta-feira, 19 de julho de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão ÍNDICES MUNDIAIS Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão * Ibovespa * S&P-500 ** DAX-30 ** CAC-40 ** FTSE 100 *** Xangai *** Nikkei 225 65.337,67 2.460,61 12.427,00 5.178,50 7.389,50 3.230,98

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 9 de janeiro de Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 9 de janeiro de Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Decidimos reduzir em 5 p.p. a participação de Banco do Brasil na carteira essa semana, devido à recente comunicação da revisão

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio: Alívio temporário. Agenda.

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio: Alívio temporário. Agenda. Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio: Alívio temporário Racional da alteração: Optamos por retirar as ações de Usiminas, após a forte alta acumulada pelo ativo desde

Leia mais

21/1/2014. Analista responsável: Fábio Gonçalves, CNPI-P RES RES IBOV SUP SUP

21/1/2014. Analista responsável: Fábio Gonçalves, CNPI-P RES RES IBOV SUP SUP Analista responsável: Fábio Gonçalves, CNPI-P RES2 50.054 RES1 49.189 IBOV 48.708 SUP1 47.498 SUP2 46.093 Os gráficos sinalizam mais desvalorização pela frente. A tendência tanto de curto quanto de longo

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 23 de janeiro de Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 23 de janeiro de Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Optamos por alocar 5% de Fibria em Vale no portfólio dessa semana. O motivo da redução de Fibria é reduzir a exposição ao Dólar,

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista Análise XP. Índice. Top Picks. Estratégia & Portfólio. 14 de Julho, 2014. Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista Análise XP. Índice. Top Picks. Estratégia & Portfólio. 14 de Julho, 2014. Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Racional das alterações: Esta semana optamos por alocar nossa exposição ao setor de Educação de forma mais dispersa. Reduzimos

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 4 de julho de 2016. Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 4 de julho de 2016. Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Nesta semana optamos por reduzir nossa exposição em Lojas Renner, pelo bom desempenho do ativo no mês de junho, onde o mesmo apresenta

Leia mais

terça-feira, 1 de agosto de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão

terça-feira, 1 de agosto de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão ÍNDICES MUNDIAIS Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão * Ibovespa * S&P-500 ** DAX-30 ** CAC-40 ** FTSE 100 *** Xangai *** Nikkei 225 65.920,36 2.470,30 12.164,00 5.114,50 7.410,25 3.292,64

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa encerrou ontem em queda de 0,34% aos 50.993 pontos com volume reduzido de R$ 4,2 bilhões. Os investidores estão fora do mercado aproveitando o noticiário fraco e agenda econômica

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 13 de outubro de Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 13 de outubro de Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Nesta semana realizaremos os ganhos com a boa performance de Sulamérica e aumentaremos nossa exposição ao dólar. Desde que inserimos

Leia mais

Relatório de Mercado Semanal

Relatório de Mercado Semanal Boletim Focus Relatório de Mercado Focus Fonte:Banco Central Cenário A semana contou com a divulgação de importantes dados no cenário internacional, dentre eles, o corte da taxa de juros pelo Bank of England,

Leia mais

Relatório de Recomendações de Investimentos

Relatório de Recomendações de Investimentos Relatório de Recomendações de Investimentos Este relatório foi elaborado de acordo com as especificações da Synoro investimentos e destinado apenas para os clientes e funcionários da mesma. 24/07/2017

Leia mais

Relatório de Recomendações de Investimentos

Relatório de Recomendações de Investimentos Relatório de Recomendações de Investimentos Este relatório foi elaborado de acordo com as especificações da Synoro investimentos e destinado apenas para os clientes e funcionários da mesma. 09/08/2017

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 20 de março de Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 20 de março de Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Aproveitando a alta expressiva das ações da Vale na semana passada, optamos por realizar marginalmente as posições em VALE5 e

Leia mais

Ibovespa encerra o dia com alta de 0,49%

Ibovespa encerra o dia com alta de 0,49% DICA DO ANALISTA Com a chegada do final de ano, é hora de readequar sua carteira de investimentos conforme as novas premissas do mercado. É importante aplicar em ativos que possam beneficiar-se do aumento

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 26 de outubro de 2015

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 26 de outubro de 2015 Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Sem trocas para esta semana. Portfólio final: ITSA4 (25%), BBSE3 (20%), SUZB5 (15%), CIEL3 (13%), SULA11 (10%), KROT3 (10%) e

Leia mais

Apresentação Semanal. De 04 a 15 de abril de Matheus Rosignoli

Apresentação Semanal. De 04 a 15 de abril de Matheus Rosignoli 1 Apresentação Semanal De 04 a 15 de abril de 2016 Matheus Rosignoli mrosignoli@santander.com.br Indicadores e eventos da última semana Mar-08 Jul-08 Nov-08 Mar-09 Jul-09 Nov-09 Mar-10 Jul-10 Nov-10 Mar-11

Leia mais

Ibovespa desvalorizou 0,81%. Destaque positivo para Hering (+3,81%). Destaque negativo para Usiminas (- 3,49%).

Ibovespa desvalorizou 0,81%. Destaque positivo para Hering (+3,81%). Destaque negativo para Usiminas (- 3,49%). COMENTÁRIOS Os mercados domésticos tiveram uma segunda-feira negativa, em um dia de queda nas bolsas norteamericanas e valorização do dólar no mundo. Neste contexto, o CDS (proxy para prêmio de risco-brasil)

Leia mais

Fevereiro Abril Junho Agosto Outubro Dezembro

Fevereiro Abril Junho Agosto Outubro Dezembro Como especular com contratos futuro do Índice Bovespa Além dos contratos futuros de dólar, outro contrato que costuma ser utilizado em operações de curto prazo é o contrato futuro de índice Bovespa. Assim

Leia mais

GESTÃO ATIVA DE FUNDOS DE AÇÕES

GESTÃO ATIVA DE FUNDOS DE AÇÕES GESTÃO ATIVA DE FUNDOS DE AÇÕES CASE GERAÇÃO FUTURO FIA Mauro Giorgi giorgi@gerafuturo.com.br MERCADO DE AÇÕES NO BRASIL VISÃO DO INVESTIDOR - Dificil acesso - Compreensão reduzida - Pressões Externas

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Abril. Carteira Sugerida de Março

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Abril. Carteira Sugerida de Março A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

PETROBRÁS S/A. No resultado de 2013 a receita líquida da companhia tinha a seguinte divisão: - Refino, Transporte e Comercialização (44%)

PETROBRÁS S/A. No resultado de 2013 a receita líquida da companhia tinha a seguinte divisão: - Refino, Transporte e Comercialização (44%) PETROBRÁS S/A Empresa: É uma companhia que atua na exploração, produção e distribuição de petróleo e derivados. A Petrobrás possui atividades operacionais em 25 países, estando presente em todos os continentes.

Leia mais

ISHARES BOVA11. Olhar Técnico 10/11/17

ISHARES BOVA11. Olhar Técnico 10/11/17 Analista responsável: Guilherme Volcato, CNPI-T ISHARES BOVA11 Cotação atual R$ 70,50 Recomendação COMPRA Risco ALTO Resistência 2 R$ 74,50 Upside 5,67% Resistência 1 R$ 72,00 Upside 2,13% Suporte 1 R$

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Agosto. Carteira Sugerida de Julho

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Agosto. Carteira Sugerida de Julho A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

CDB - CERTIFICADO DE DEPÓSITO BANCÁRIO

CDB - CERTIFICADO DE DEPÓSITO BANCÁRIO CDB - CERTIFICADO DE DEPÓSITO BANCÁRIO O Certificado de Depósito Bancário ou CDB é uma das mais populares aplicações de Renda Fixa no mercado. O CDB é, na verdade, um instrumento de captação dos bancos,

Leia mais

Técnico Diário I 10 de fevereiro de 2017 I Citi Corretora

Técnico Diário I 10 de fevereiro de 2017 I Citi Corretora Dólar Futuro Índice Futuro Ibovespa SP500 ECOR3 ITUB4 TAEE11 R4 3.610 81.420 - - 10.83 - - R3 3.481 72.195 73.920-9.97 - - R2 3.372 71.685 71.990-9.42-24.95 R1 3.286 67.527 68.970 2.300 9.06 40.49 22.62

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

Resumo do dia 29 de outubro de 2009

Resumo do dia 29 de outubro de 2009 Resumo do dia 29 de outubro de 2009 Se os dois últimos dias foram de pessimismo, hoje foi diferente. Os investidores mostraram apetite ao risco, impulsionando altas valorizações na Bovespa. A principal

Leia mais

sexta-feira, 5 de maio de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão

sexta-feira, 5 de maio de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão ÍNDICES MUNDIAIS Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão Ibovespa S&P-500 DAX-30 CAC-40 FTSE 100 Xangai Nikkei 225 64.862,61 2.389,52 12.609,25 5.374,48 7.249,00 3.103,36 19.445,70-1,86% 0,06%

Leia mais

Carteira Recomendada 4/7/16

Carteira Recomendada 4/7/16 Analista responsável: Fábio Gonçalves, CNPI-P PERSPECTIVAS PARA O MÊS Após devolver boa parte dos ganhos do ano em maio, o Ibovespa voltou a subir em junho, conforme esperávamos. Para o mês de julho, o

Leia mais

Extrato de Fundos de Investimento

Extrato de Fundos de Investimento São Paulo, 02 de Janeiro de 2014 Prezado(a) FUNDO DE PENSAO MULTIPATR OAB 02/12/2013 a 31/12/2013 Panorama Mensal Dezembro 2013 O mês de dezembro foi marcado pelo início do tapering nos EUA. O FOMC, comitê

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Dezembro. Carteira Sugerida de Novembro

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Dezembro. Carteira Sugerida de Novembro A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

Taxas de juros domésticas cedem com divulgação de IPCA de abril mais baixo;

Taxas de juros domésticas cedem com divulgação de IPCA de abril mais baixo; 12-mai-2014 Taxas de juros domésticas cedem com divulgação de IPCA de abril mais baixo; Dólar encerra praticamente estável em semana de maior entrada de fluxo externo; Ibovespa termina semana com leve

Leia mais

Spinelli Mercado Top Picks Semanal

Spinelli Mercado Top Picks Semanal 16 de Novembro de 2010 Spinelli Mercado Top Picks Semanal Retorno (%) Fechamento Semana Mês Atual 12 Meses Brasil R$ Ibovespa 70,367-3.08-0.43 9.18 IBX-50 9,670-3.15 0.27 5.96 Américas Dow Jones 11,202-1.80

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) a MERCADOS Bolsa O Ibovespa teve mais um dia de volatilidade nos negócios, influenciado pelo vencimento do Ibovespa futuro e das opções sobre o índice e também pelos dados divulgados nos Estados Unidos

Leia mais

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%)

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%) Carteira: CARTEIRA MODELO - CONSERVADORA Patrimônio: R$300.000,00 Índice de comparação: Extrato Carteira CDI Data Início: 30/08/2013 (melhor data) Data Referência: 29/09/2016 SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE

Leia mais

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%)

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%) Carteira: CARTEIRA MODELO - MODERADA Patrimônio: R$300.000,00 Índice de comparação: Extrato Carteira CDI Data Início: 31/10/2013 (melhor data) Data Referência: 11/11/2016 SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR

Leia mais

Técnico Diário I 13 de fevereiro de 2017 I Citi Corretora

Técnico Diário I 13 de fevereiro de 2017 I Citi Corretora Dólar Futuro Índice Futuro Ibovespa SP500 ECOR3 ITUB4 TAEE11 R4 3.610 81.420 - - 10.83 - - R3 3.481 72.195 73.920-9.97 - - R2 3.372 71.685 71.990-9.42-24.95 R1 3.286 67.527 68.970 2.319 9.06 40.49 22.62

Leia mais

DESTAQUES DIÁRIOS RESEARCH 22 DE DEZEMBRO DE 2016

DESTAQUES DIÁRIOS RESEARCH 22 DE DEZEMBRO DE 2016 dez-08 mar-09 jun-09 set-09 dez-09 mar-10 jun-10 set-10 dez-10 mar-11 jun-11 set-11 dez-11 mar-12 jun-12 set-12 dez-12 mar-13 jun-13 set-13 dez-13 mar-14 jun-14 set-14 dez-14 mar-15 jun-15 set-15 dez-15

Leia mais

Carta Mensal Janeiro 2016

Carta Mensal Janeiro 2016 Carta Mensal Janeiro 2016 Índice: Fundos Multimercados Fundos de Ações 2 4 Fundos Multimercados - Atribuição de Performance Safra Carteira Institucional FI Multimercado (CTI) (a)(2)(4)(10)(12)(24)(27)(33)(35)

Leia mais

Sonae Sierra Brasil. A receita líquida da companhia tem a seguinte composição:

Sonae Sierra Brasil. A receita líquida da companhia tem a seguinte composição: Sonae Sierra Brasil Empresa: A Sonae Sierra Brasil é uma das principais incorporadoras, proprietárias e operadoras de shopping centers no Brasil, tendo em seu portfólio a participação de onze shoppings

Leia mais

sexta-feira, 12 de maio de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão

sexta-feira, 12 de maio de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão ÍNDICES MUNDIAIS Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão Ibovespa S&P-500 DAX-30 CAC-40 FTSE 100 Xangai Nikkei 225 67.537,62 2.394,44 12.730,00 5.387,50 7.404,05 3.083,36 19.883,90 0,28% -0,22%

Leia mais

sexta-feira, 30 de junho de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão

sexta-feira, 30 de junho de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão ÍNDICES MUNDIAIS Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão * Ibovespa * S&P-500 ** DAX-30 ** CAC-40 ** FTSE 100 *** Xangai *** Nikkei 225 62.238,95 2.419,70 12.456,75 5.189,80 7.376,25 3.192,43

Leia mais

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%)

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%) Carteira: CARTEIRA MODELO - AGRESSIVA Patrimônio: R$300.000,00 Índice de comparação: Extrato Carteira CDI Data Início: 30/08/2013 (melhor data) Data Referência: 28/09/2016 SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS SOBERANO FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA - SIMPLES CNPJ/MF: Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Setembro. Carteira Sugerida de Agosto

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Setembro. Carteira Sugerida de Agosto A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

Abril. Stock Guide CONTEÚDO. 02 Neutras / Não Atrativas 03 Análise de empresas. Atrativas

Abril. Stock Guide CONTEÚDO. 02 Neutras / Não Atrativas 03 Análise de empresas. Atrativas Stock Guide 04 de abril de 2017 Abril CONTEÚDO Guia técnico do mercado brasileiro voltado para investidores de longo prazo. 01 s 02 Neutras / Não s 03 Análise de empresas Analista responsável Victor Benndorf

Leia mais

Técnico Diário I 10 de janeiro de 2017 I Citi Corretora

Técnico Diário I 10 de janeiro de 2017 I Citi Corretora Dólar Futuro Índice Futuro Ibovespa SP500 ECOR3 ITUB4 TAEE11 R4 3.823 72.195 68.970-13.03 - - R3 3.753 71.685 65.300-10.83 - - R2 3.582 67.527 63.473-9.97 38.31 24.95 R1 3.502 64.563 62.400 2.280 9.42

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Novembro. Carteira Sugerida de Outubro

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Novembro. Carteira Sugerida de Outubro A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

Relatório Mercatto OABPREV RJ Fundo Multimercado

Relatório Mercatto OABPREV RJ Fundo Multimercado Relatório Mercatto OABPREV RJ Fundo Multimercado Abril/11 Sumário 1. Características do Fundo Política de Gestão Objetivo do Fundo Público Alvo Informações Diversas Patrimônio Líquido 2. Medidas Quantitativas

Leia mais

Crise de confiança. Roberto Padovani Setembro 2013

Crise de confiança. Roberto Padovani Setembro 2013 Crise de confiança Roberto Padovani Setembro 2013 jan/92 nov/92 set/93 jul/94 mai/95 mar/96 jan/97 nov/97 set/98 jul/99 mai/00 mar/01 jan/02 nov/02 set/03 jul/04 mai/05 mar/06 jan/07 nov/07 set/08 jul/09

Leia mais

quarta-feira, 21 de junho de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão

quarta-feira, 21 de junho de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão ÍNDICES MUNDIAIS Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão * Ibovespa * S&P-500 ** DAX-30 ** CAC-40 ** FTSE 100 *** Xangai *** Nikkei 225 60.766,16 2.437,03 12.746,00 5.248,00 7.438,75 3.156,21

Leia mais

RIO DE JANEIRO - CENTRO

RIO DE JANEIRO - CENTRO MACRO EUA: Nonfarm Payrolls Jan 11h30 180k 156k Taxa de Desemprego Jan 11h30 4,7% 4,7% ISM de Serviços Jan 13h00 57,0 57,2 Pedido às Fábricas Dez 13h00 0,5% -2,4% Pedidos de Bens Duráveis Dez 13h00 --

Leia mais

REUNIÃO MATINAL 22 de outubro de 2015

REUNIÃO MATINAL 22 de outubro de 2015 REUNIÃO MATINAL 22 de outubro de 2015 Reunião Matinal Índices Mundiais Bullets: Índices Internacionais Último Dia Mês Ano CHINA 3.368,74 1,45% 10,35% 4,14% HONG KONG 22.845,37-0,63% 9,59% -3,22% JAPÃO

Leia mais

DESTAQUES DIÁRIOS RESEARCH 6 DE JANEIRO DE 2017

DESTAQUES DIÁRIOS RESEARCH 6 DE JANEIRO DE 2017 dez-08 mar-09 jun-09 set-09 dez-09 mar-10 jun-10 set-10 dez-10 mar-11 jun-11 set-11 dez-11 mar-12 jun-12 set-12 dez-12 mar-13 jun-13 set-13 dez-13 mar-14 jun-14 set-14 dez-14 mar-15 jun-15 set-15 dez-15

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional DISCLAIMER Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam

Leia mais

RENDA VARIÁVEL. Novembro / 2011

RENDA VARIÁVEL. Novembro / 2011 Novembro / 2011 Acreditamos no Investimento em Renda Variável O mercado americano é um exemplo de consistentes e elevados retornos no longo prazo 2 A Bolsa Brasileira também Apresenta Sólidos Resultados

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) 15 de Julho de 2013 MERCADOS Bolsa Índices, Câmbio e Commodities A Bovespa não conseguiu sustentar o movimento da alta da quinta feira, encerrando a sexta-feira com queda de 2,34%, aos 45.533 pontos e

Leia mais

Hoje, o Ibovespa encerrou com valorização de 0,46%, aos 61,517 pontos e volume negociado de R$ 6,14 bilhões.

Hoje, o Ibovespa encerrou com valorização de 0,46%, aos 61,517 pontos e volume negociado de R$ 6,14 bilhões. Resumo do dia 30 de Setembro de 2009 No último dia do mês, a Bovespa operou com volatilidade. O mercado brasileiro seguiu as bolsas americanas reagindo aos indicadores que trouxeram tanto dados positivos,

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Março. Carteira Sugerida de Fevereiro

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Março. Carteira Sugerida de Fevereiro A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

Investimento no Exterior. Fernando Lovisotto & Marcelo Rabbat

Investimento no Exterior. Fernando Lovisotto & Marcelo Rabbat Investimento no Exterior Fernando Lovisotto & Marcelo Rabbat Gestão de passivo: como funciona hoje? Asset Liability Management: define a alocação alvo nas classes de ativos para fazer frente ao passivo

Leia mais

Taxa de Juros no Período (SELIC)

Taxa de Juros no Período (SELIC) Os títulos públicos federais são emitidos pelo Tesouro Nacional e compõem a dívida pública interna. Servem como instrumento de captação de recursos para que o governo execute suas atividades. Todos os

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Janeiro. Carteira Sugerida de Dezembro

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Janeiro. Carteira Sugerida de Dezembro A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

Investidores internacionais avaliam o discurso do FED

Investidores internacionais avaliam o discurso do FED Investidores internacionais avaliam o discurso do FED No cenário externo, o comportamento das principais bolsas internacionais não seguiu um viés único na semana. O destaque da semana ficou por conta do

Leia mais

Conjuntura semanal. Itaú Personnalité. Semana de 12 a 16 de Agosto. Fatores externos e internos elevaram o dólar para perto de R$ 2,40;

Conjuntura semanal. Itaú Personnalité. Semana de 12 a 16 de Agosto. Fatores externos e internos elevaram o dólar para perto de R$ 2,40; Semana de 12 a 16 de Agosto Fatores externos e internos elevaram o dólar para perto de R$ 2,40; Curva de juros voltou a precificar mais aumentos de 0,5 p.p. para a taxa Selic; Com a presente semana muito

Leia mais

Ibovespa encerra o dia com alta de 2,62%

Ibovespa encerra o dia com alta de 2,62% DICA DO ANALISTA Neste início de ano, passado os temores frente ao abismo fiscal nos EUA, é hora do investidor posicionar-se para o primeiro mês de 2013. Continua valendo a dica de aplicar em ativos que

Leia mais

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 15 de abril de 2016

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 15 de abril de 2016 Diário do Mercado Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a sessão em queda de 1,39%, a 52.411 pontos, direção oposta aos mercados acionários internacionais, refletindo o cenário interno, com ações

Leia mais

Carta Mensal Dezembro 2016

Carta Mensal Dezembro 2016 Carta Mensal Dezembro 2016 Índice: Fundos Multimercados Fundos de Ações 2 4 Fundos Multimercados - Atribuição de Performance Safra Carteira Institucional FI Multimercado (CTI) (a)(2)(4)(10)(12)(24)(27)(33)(35)

Leia mais

Lojas Americanas Relatório de Atualização

Lojas Americanas Relatório de Atualização Recomendação LAME4 Compra Preço em 19/07/17 (R$) 14,88 Ações (MM) 1.043 Valor Mercado (R$ MM) 22.150 Mín. 52 semanas (R$) 13,20 Máx. 52 semanas (R$) 21,64 Variação 1 Semana (2,6%) Variação 1 Mês 7,2% Variação

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Abril. Carteira Sugerida de Março

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Abril. Carteira Sugerida de Março A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

Calendário de Eventos Econômicos

Calendário de Eventos Econômicos Calendário de Eventos Econômicos Horário Eventos Previsão Comentários SegundaFeira 15/08 08:25 Bacen: Boletim Focus (semanal) 15:00 MDIC: Balança comercial (semanal) 01:30 Japão: Produção industrial (jun)

Leia mais

Carta Mensal Fevereiro 2017

Carta Mensal Fevereiro 2017 Carta Mensal Fevereiro 2017 Estratégia Macro Os fundos dentro da estratégia macro da Mauá Capital tiveram um mês de fevereiro bastante positivo, principalmente nas seguintes estratégias: Juros-Brasil Play

Leia mais

Fence. Participação na alta com Proteção Parcial

Fence. Participação na alta com Proteção Parcial Perfil: Moderado Agressivo e Agressivo Fence Participação na alta com Proteção Parcial A Fence é uma estrutura utilizada como proteção para o investidor que já possui um ativo, ou deseja comprá-lo com

Leia mais

Ibovespa cai na semana contrariando comportamento das bolsas internacionais.

Ibovespa cai na semana contrariando comportamento das bolsas internacionais. 28 de Outubro de 2013 Juros encerram a semana em queda seguindo comportamento da Treasury; Dólar encerrou a semana em alta de 0,5%, cotado a R$ 2,189; Ibovespa cai na semana contrariando comportamento

Leia mais

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes 1 Pilares Estratégicos 1 Forte cultura corporativa, cujo principal foco é a valorização das pessoas 2 Plataforma de vendas integrada, com múltiplos canais de venda 3 Grande base de clientes, com CRM visando

Leia mais

Financiamento. Remuneração de Carteira de ações

Financiamento. Remuneração de Carteira de ações Financiamento Remuneração de Carteira de ações Perfil: Moderado Agressivo e Agressivo O Financiamento é uma das estratégias mais tradicionais do mercado de renda variável. Ela consiste na venda coberta

Leia mais

Extrato de Fundos de Investimento

Extrato de Fundos de Investimento Extrato de Fundos de Investimento São Paulo, 02 de Maio de 2013 Prezado(a) Período de Movimentação FUNDO DE PENSAO MULTIPATR OAB 01/04/2013 a 30/04/2013 Panorama Mensal Abril 2013 Na Ásia, o mês de abril

Leia mais

EconoWeek Relatório Semanal. EconoWeek 18/05/2015

EconoWeek Relatório Semanal. EconoWeek 18/05/2015 18/05/2015 EconoWeek DESTAQUE INTERNACIONAL Semana bastante volátil de mercado, com uma agenda mais restrita em termos de indicadores macroeconômicos. Entre os principais destaques, os resultados de Produto

Leia mais

Tesouro Direto Comentário Geral do Mercado Gráfico de Indicadores Mercado Curva do DI Taxa Selic Inflação acumulada em 12 meses

Tesouro Direto Comentário Geral do Mercado Gráfico de Indicadores Mercado Curva do DI Taxa Selic Inflação acumulada em 12 meses Tesouro Direto Comentário Geral do Mercado Gráfico de Indicadores Mercado: Em setembro, a inflação veio praticamente em linha com expectativas, com o IPCA registrando alta de 0,54% e acumulando 9,49% em

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI VALOR AÇÕES / Informações referentes a Outubro de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI VALOR AÇÕES / Informações referentes a Outubro de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI VALOR AÇÕES 15.323.164/0001-27 Informações referentes a Outubro de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

Pesquisa Eleições 2018

Pesquisa Eleições 2018 Análise XP Pesquisa Eleições 2018 Realizamos uma pesquisa com 168 investidores institucionais e mais 400 assessores, entre os dias 31 de julho e 02 de agosto, sobre as Eleições 2018. Faltando, praticamente,

Leia mais