HISTÓRIA - 6º AO 9º ANO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HISTÓRIA - 6º AO 9º ANO"

Transcrição

1 A FORMAÇÃO DO CURRÍCULO DA REDE O solicitou-nos uma base para colocar em discussão com os professores de história da rede de São Roque. O ponto de partida foi a grade curricular formulada em 2008 pelos professores da rede sob a supervisão do professor Francisco. Naquele momento houve a preocupação em se adequar o currículo ao que era colocado em nível estadual pela Secretaria de Educação de São Paulo e o que já era adotado em nível curricular pela rede de escolas particulares de São Paulo. Em 2009 há também a sugestão para a rede de uma Matriz de Competências e Habilidades formulada pelo Instituto Ayrton Senna, calcado em um conjunto de sugestões elaborado pela Prefeitura Municipal de São Paulo. A análise das duas propostas nos levou à conclusão que muitas propostas entravam em choque e que, sem entrar na consideração de mérito sobre as mesmas, deveriam ser adequadas a uma terceira proposta que contemplasse: A necessidade de adequação do currículo aos conteúdos hoje exigidos pelos diversos exames avaliatórios (Saresp, Inade, etc.) inclusive os próprios exames de admissão nas escolas públicas mais conceituadas como as Etecs e visando também a preparação do aluno ao próprio vestibular. Observar e aplicar estes mesmos conteúdos na formação de habilidades e competências, visto que uma mudança se processa no sistema de ensino do Brasil, de onde saímos gradativamente de um ensino mnemônico para um ensino que privilegia a associação de idéias. Resguardar a liberdade do professor no exercício de sua função em sala de aula, sem, no entanto, deixar de atentar aos tópicos observados acima, buscando homogeneizar o ensino de história e adequá-lo à realidade educacional do país. Para iniciar este trabalho concluímos que era importante situar a discussão sobre habilidades e competências. Sem a menor intenção de encerrar tal discussão colocaremos em evidências algumas definições que podem embasar a discussão pelo grupo. COMPETÊNCIAS Historicamente as origens do termo competência estão associadas ao saber jurídico, e diz respeito ao poder que tem uma certa jurisdição de conhecer e decidir sobre uma causa. Ampliou-se, com o tempo, seu significado para a capacidade que alguém tem para se manifestar sobre dado assunto, ou habilidade, conhecimento, aptidão. Hoje o termo competência vem substituindo a idéia de qualificação no domínio do trabalho, e as idéias de saberes e conhecimento no campo da educação. Frente as várias significações de competências é feito um trabalho sobre o sentido em que podemos utilizá-la. A SEB-MEC (2001) vai qualificar competência como: - A re-significação da noção competência nos meios educacionais e acadêmicos está muito provavelmente atrelada à necessidade de encontrar um termo que substituísse os conceitos usados para descrever a inteligência, os quais se mostraram inadequados, quer pela abrangência, quer pela limitação. Para o Instituto Ayrton Senna competências seriam: - O resultado da relação entre pensamento e ação, refere-se à capacidade de agir eficazmente, ao enfrentar uma situação, resolver um problema ou superar uma situação inédita. Há, de qualquer maneira, uma preocupação de se romper com a tradicionalidade conteúdista no ensino, já que o que é estudado não possui sua relevância em si mesma e sim na possibilidade de articulação destes conhecimentos na realização de uma ação.

2 HABILIDADES Para que essa ação de concretize, para que a competência desejada esteja sendo posta em prática, isto é, que o aluno consiga mobilizar os diversos saberes, são requisitadas as habilidades, que é o instrumento do fazer, ou o saber-fazer. Tomando como exemplo a habilidade de se realizar as operações matemáticas satisfatoriamente, pode-se não se ter a competência ao não se saber adequar estas operações a uma situação problema. COMPETÊNCIAS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO DE HISTÓRIA Identificar relações sociais no seu próprio grupo de convívio, na localidade, Situar acontecimentos históricos e localizá-los em uma multiplicidade de Reconhecer que o conhecimento histórico é parte de um conhecimento Compreender que as histórias individuais são partes integrantes de histórias Conhecer e respeitar o modo de vida de diferentes grupos, em diversos sociais, reconhecendo semelhanças e diferenças entre eles, continuidades e Questionar sua realidade, identificando problemas e possíveis soluções, que possibilitem modos de atuação; Dominar procedimentos de pesquisa escolar e de produção de texto, registros escritos, iconográficos, sonoros e materiais; Valorizar o patrimônio sociocultural e respeitar a diversidade social, Valorizar o direito de cidadania dos indivíduos, dos grupos e dos povos respeito às diferenças e a luta contra as desigualdades.

3 5ª Série / 6º Ano 1º Bimestre AS ORGANIZAÇÕES DAS SOCIEDADES E AS RELAÇÕES HISTÓRIA, CULTURA E TEMPO - A prática histórica Conhecer as formas de reconstituição do passado e especificidades do trabalho do historiador COM NATUREZA A - A divisão da história Paleolítico, neolítico e Idade dos metais - As sociedades coletoras e caçadoras na antiguidade A questão indígena. (América, Ásia, África e Europa) - As sociedades criadoras de animais e agrícolas na América, Ásia, África e Europa - As primeiras manifestações da escrita Identificar e localizar no tempo as sociedades estudadas - Identificar e comparar organizações de algumas sociedades coletoras e caçadoras na antiguidade - Identificar e comparar organizações de algumas sociedades sustentadas na criação de animais e na agricultura na Antiguidade americana, africana, asiática e européia

4 5ª Série / 6º Ano 2º Bimestre AS ORGANIZAÇÕES DAS SOCIEDADES E AS RELAÇÕES CIVILIZA ÇÕES DA ÁFRICA E DO - Apresentação de textos que problematize e relacione a história do presente e local. - Identificar transformações temporais quanto às formas diferenciadas de ocupação do espaço e mudanças nas COM A ORIENTE paisagens pelas populações NATUREZA - As primeiras cidades na Antiguidade - Civilizações do Oriente: as sociedades: Mesopotâmica, Hebraica, Fenícia, Persa, Egito e China Artes, cultura, religião, organização social, divisão do trabalho - Identificar mudanças na organização social quanto às formas de produção de alimentos, de comércio e utilização de recursos naturais em espaços diferenciados - Identificar as concepções da natureza em manifestações religiosas e nas artes em diferentes culturas da antiguidade. - Identificar registros não escritos que informam sobre as sociedades na antiguidade e a criação da escrita em diferentes lugares

5 5ª Série / 6º Ano 3º Bimestre AS ORGANIZAÇÕES DAS SOCIEDADES E AS RELAÇÕES CIVILIZA ÇÕES DO OCIDENTE - Identificar a origem de conceitos políticos usados na atualidade COM NATUREZA A - A vida na Grécia antiga: sociedade, vida cotidiana, mitos, religião, cidadesestados, polis, democracia e cidadania - A cultura grega - Reconhecer a importância do patrimônio étnicocultural e artístico para preservação da memória e identidades. - Identificar a divisão do trabalho na antiguidade grega e romana. O surgimento dos latifúndios. - Conhecer a cultura grega.

6 5ª Série / 6º Ano 4º Bimestre AS ORGANIZAÇÕES DAS SOCIEDADES E AS RELAÇÕES CIVILIZA ÇÕES DO OCIDENTE - A vida na Roma Antiga: vida urbana e sociedade, cotidiano, república, escravismo, - Reconhecer a importância da divisão do trabalho para o desenvolvimento das sociedades grega e romana COM A militarismo e direito NATUREZA - A Europa na Idade Média As invasões bárbaras e o Cristianismo Império Bizantino e o Oriente - Identificar a origem das bases da divisão social na Europa - Distinguir a influência do cristianismo na formação da mentalidade da civilização ocidental

7 6ª Série / 7º Ano 1º Bimestre TRABALHO, CAMPO E VIDA URBANA AS SOCIEDA DES ÁRABES, AFRICA NAS E CHINESAS A EUROPA MEDIEVAL - A civilização do Islã (sociedade e cultura): a expansão islâmica e sua presença na península ibérica - A África: As sociedades africanas anteriores aos contatos com os europeus - Feudalismo Organização social Divisão das terras - A Igreja Católica O papel da Igreja As cruzadas - O Império Carolíngio - Identificar e comparar a organização do trabalho em sociedades européias, no campo e nas cidades, na idade média. - Identificar conflitos sociais e urbano na idade média. - Identificar mudanças e permanências nas formas de trabalho, no campo e na cidade, na Europa naqueles contextos. - Identificar diferentes formas de organização do trabalho nas sociedades africanas

8 6ª Série / 7º Ano 2º Bimestre TRABALHO, CAMPO E VIDA URBANA MUDANÇAS NA EUROPA - Renascimento cultural na Europa - Identificar conflitos sociais e urbanos na Europa renascentista. - As transformações sociais na Europa - Absolutismo - Reforma e contra reforma - A expansão marítima nos séculos XV e XVI - Identificar e comparar a organização do trabalho em sociedades Européias no campo e na cidade.

9 6ª Série / 7º Ano 3º Bimestre TRABALHO, CAMPO E VIDA URBANA - A América após a colonização espanhola - Identificar as diferentes formas de organização do trabalho nas sociedades africanas e coloniais americanas. A OCUPAÇÃO DA AMÉRICA DA EUROPA E DA ÁFRICA - A África após a chegada dos europeus - A conquista espanhola na América - Valorizar atitudes de respeito à diversidade étnica, cultural e a importância dos intercâmbios entre as diferentes sociedades..

10 6ª Série / 7º Ano 4º Bimestre AS ORGANIZA O BRASIL - Sociedades indígenas - Conhecer a organização ÇÕES DAS COLONIAL no território brasileiro social no Brasil colônia. SOCIEDADES E AS RELAÇÕES - A chegada dos - Comparar formas de COM A portugueses no Brasil trabalho atuais e formas de NATUREZA trabalho na sociedade - A sociedade no Brasil colonial brasileira. colonial: o engenho e a cidade - Conhecer o comércio de escravos pelo Oceano Atlântico. - Identificar as sociedades estudadas no tempo e no espaço.

11 7ª Série / 8º Ano 1º Bimestre TERRITÓRIO NACIONAL E CONFRONTO SOCIAIS A União Ibérica Fundação de São Roque - Identificar a forma de organização política e territorial do Município de São Roque. POVOS, MOVIMEN TOS E TERRITÓ RIO NA AMÉRICA PORTUGUE SA E ESPANHO LA A ocupação do território brasileiro O tropeirismo e a ocupação da região de Sorocaba A colonização Inglesa e a Independência dos Estados Unidos A colonização Espanhola e a Independência da América Espanhola A colonização africana - Conhecer o processo de organização do território brasileiro. - Conhecer a organização política dos estados nacionais americanos e os conflitos na sua constituição territorial - Identificar conflitos territoriais na África no decorrer dos séculos XVI, XVII e XVIII

12 7ª Série / 8º Ano 2º Bimestre TERRITÓRIO NACIONAL E CONFRONTO SOCIAIS REVOLU ÇÕES NA AMÉRICA E NA EUROPA - Revolução Industrial Inglesa Conflitos sociais no campo e nas cidades - Questão ambiental - Iluminismo - A Revolução Francesa - Transformações sociais na Europa A época napoleônica - A Família Real no Brasil - A Independência no Brasil - O I Reinado no Brasil - A divisão da África A Conferência de Berlim - Conhecer transformações no campo em função da Revolução Industrial - Conhecer o significado da Revolução Francesa e seus desdobramentos em outros países - Conhecer a organização de conflitos no Brasil envolvendo questões de autonomia política - Identificar conflitos territoriais na África no século XIX - Identificar o imperialismo no mundo e suas conseqüências - Reconhecer o papel do patrimônio étnico-cultural e artístico para preservação e construção da memória e identidades nacionais

13 7ª Série / 8º Ano 3º Bimestre TERRITÓRIO NACIONAL E CONFRONTOS SOCIAIS TRANSFOR MAÇÕES NO SÉCULO XIX - Período Regencial no Brasil As revoltas e os conflitos estabelecidos - Identificar o surgimento das idéias socialistas, comunistas e anarquistas. - Movimentos sociais e políticos na Europa no século XIX: as idéias socialistas, comunistas e anarquistas nas associações dos trabalhadores, o liberalismo e o nacionalismo - Os EUA no século XIX - O II Reinado no Brasil: política interna. - Conhecer o processo de desenvolvimento americano no século XIX - Identificar confrontos sociais no II Reinado no Brasil.

14 7ª Série / 8º Ano 4º Bimestre AS ORGANIZA CIVILIZA - Economia cafeeira - Conhecer o processo da ÇÕES DAS ÇÕES DA no Brasil instalação da República no SOCIEDADES E ÁFRICA E DO - São Roque: o Brasil. AS RELAÇÕES ORIENTE cultivo da uva COM A - Escravidão e - Conhecer o processo de NATUREZA abolicionismo: formas de resistência (os quilombos), o fim do tráfico e da escravidão - África: O fim do tráfico - Industrialização, urbanização e imigração: as transformações econômicas, políticas e sociais no Brasil - Proclamação da República transformação da mão-deobra escrava para livre no Brasil. - Identificar as transformações sócias na África com o fim da escravidão. - Identificar as transformações sociais no Brasil com o processo de industrialização. - Identificar e localizar no tempo e no espaço as sociedades estudadas.

15 8ª Série / 9º Ano 1º Bimestre PODER A ERA DOS - Identificar relações POLÍTICO E IMPÉRIOS entre a economia INSTITUIÇÕES capitalista e guerras POLÍTICAS DAS contemporâneas. SOCIEDADES CONTEMPO RÂNEAS - Panorama no Brasil, na África, na América e na Europa pré- 1ª Guerra Mundial: a organização da república brasileira, a Conferência de Berlim e suas conseqüências, o Imperialismo, a Doutrina Monroe e as Tensões na Europa, o nacionalismo. - A I Guerra Mundial - A Revolução Russa e o Stalinismo - A ação dos sindicatos no Brasil. A exclusão política, econômica e social das classes populares até a década de Relacionar o surgimento das idéias socialistas e as Revoluções no século 20.

16 8ª Série / 9º Ano 2º Bimestre PODER REPÚBLICA: O movimento dos - Conhecer a organização POLÍTICO E DOMINAÇÃO trabalhadores no Brasil da República Brasileira. INSTITUIÇÕES E RESISTÊN até 1930 O anarcosindicalismo POLÍTICAS DAS CIA - Conhecer e identificar SOCIEDADES CONTEMPO RÂNEAS Os movimentos sociais A fundação do PCB A crise de 1929 O período Vargas as lutas no Brasil republicano.

17 8ª Série / 9º Ano 3º Bimestre PODER O MUNDO O nazifascismo - Identificar os regimes POLÍTICO E DIVIDIDO totalitários na Europa e INSTITUIÇÕES II Guerra Mundial suas conseqüências. POLÍTICAS DAS SOCIEDADES CONTEMPO RÂNEAS O nacionalismo na Ásia e na África e as lutas pela independência - Identificar o processo de bipolarização dominante no mundo no século XX Guerra fria: contextualização e conseqüências para a América Latina e o Brasil

18 8ª Série / 9º Ano 4º Bimestre PODER POLÍTICO E INSTITUIÇÕES POPULISMO E DITADURA - Populismo e ditadura militar no Brasil e na - Identificar a relação entre política e cultura, POLÍTICAS DAS NO BRASIL. América Latina. De expressa em diferentes SOCIEDADES CONTEMPO RÂNEAS Dutra a Figueiredo manifestações artísticas A NOVA ORDEM MUNDIAL - Redemocratização no Brasil. A Era Sarney - Os EUA após a II Guerra Mundial - Movimentos sociais e culturais nas décadas de 1950, 1960 e Fim da Guerra fria e a nova ordem mundial - Brasil contemporâneo: de Collor a Lula - Identificar os períodos de autoritarismo e democráticos na República brasileira. - Reconhecer a importância dos movimentos sociais pela igualdade de direitos. - Contextualizar historicamente as transformações no Brasil contemporâneo. - Identificar relações sociais no seu próprio grupo de convívio, na localidade, na região e no país, e outras manifestações estabelecidas em outros tempos e - Compreender que as histórias individuais são partes integrantes de histórias

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo História baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA Middle e High School 2 6 th Grade A vida na Grécia antiga: sociedade, vida cotidiana, mitos,

Leia mais

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs. História Oficina de História

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs. História Oficina de História Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs História Oficina de História 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta

Leia mais

Curso: Estudos Sociais Habilitação em História. Ementas das disciplinas: 1º Semestre

Curso: Estudos Sociais Habilitação em História. Ementas das disciplinas: 1º Semestre Curso: Estudos Sociais Habilitação em História Ementas das disciplinas: 1º Semestre Disciplina: Introdução aos estudos históricos Carga horária semestral: 80 h Ementa: O conceito de História, seus objetivos

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE - Sistemas sociais e culturais de notação de tempo ao longo da história, - As linguagens das fontes históricas; - Os documentos escritos,

Leia mais

1º ano. 1º Bimestre. Revolução Agrícola Capítulo 1: Item 5 Egito - política, economia, sociedade e cultura - antigo império

1º ano. 1º Bimestre. Revolução Agrícola Capítulo 1: Item 5 Egito - política, economia, sociedade e cultura - antigo império Introdução aos estudos de História - fontes históricas - periodização Pré-história - geral - Brasil As Civilizações da Antiguidade 1º ano Introdução Capítulo 1: Todos os itens Capítulo 2: Todos os itens

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes 4ª FASE Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes Unidade I Tempo, espaço, fontes históricas e representações cartográficas. 2 Aula 1.1 Conteúdo O que é História I? 3 Habilidade Compreender o estudo da História

Leia mais

Cronograma de Estudos de História - Projeto Medicina - www.projetomedicina.com.br

Cronograma de Estudos de História - Projeto Medicina - www.projetomedicina.com.br Cronograma de Estudos de História - Projeto Medicina - www.projetomedicina.com.br Área Assunto Início Fim Teoria Exercícios História da América A Conquista da América e os Povos Pré-Colombianos História

Leia mais

Material de divulgação da Editora Moderna

Material de divulgação da Editora Moderna Material de divulgação da Editora Moderna Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

CURSO DE HISTÓRIA: EMENTAS DAS DISCIPLINAS NÍVEL I

CURSO DE HISTÓRIA: EMENTAS DAS DISCIPLINAS NÍVEL I CURSO DE HISTÓRIA: EMENTAS DAS DISCIPLINAS NÍVEL I 15201-04 Introdução ao Estudo da História Introdução ao estudo da constituição da História como campo de conhecimento, ao longo dos séculos XIX e XX,

Leia mais

CURSO À DISTÂNCIA DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA Currículo nº 01

CURSO À DISTÂNCIA DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA Currículo nº 01 CURSO À DISTÂNCIA DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA Turno: INTEGRAL Currículo nº 01 Autorizado pela Resolução CEPE n.º 226, DE 16.12.08. Para completar o currículo pleno do curso superior de graduação à distância

Leia mais

1º ano. I. O Surgimento do Estado e a Organização de uma Sociedade de Classes

1º ano. I. O Surgimento do Estado e a Organização de uma Sociedade de Classes Africana: África como berço da humanidade Capítulo 1: Item 1 Européia Capítulo 1: Item 2 Asiática Capítulo 1: Item 2 Americana Capítulo 1: Item 3 Arqueologia Brasileira Capítulo 1: Item 4 A paisagem e

Leia mais

HISTÓRIA 7 O ANO FUNDAMENTAL. PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA

HISTÓRIA 7 O ANO FUNDAMENTAL. PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA 7 O ANO FUNDAMENTAL PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA Unidade I Identidades, Diversidades e Direitos Humanos Aula 1.1 Conteúdos Apresentação do Componente A formação da Europa feudal Os germanos:

Leia mais

EIXO TEMÁTICO: Dos primeiros humanos ao legado cultural do helenismo. Indicadores/ Descritores

EIXO TEMÁTICO: Dos primeiros humanos ao legado cultural do helenismo. Indicadores/ Descritores P L A N O D E E N S I N O A N O D E 2 0 1 3 ÁREA / DISCIPLINA: Ciências Humanas e suas tecnologias / História Professor(a): Joubert Cordeiro Lisboa SÉRIE: Nº DE HORAS/AULA SEMANAIS: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO

Leia mais

Centro Educacional Juscelino Kubitschek

Centro Educacional Juscelino Kubitschek Centro Educacional Juscelino Kubitschek ALUNO: N.º: DATA: / / ENSINO: ( x ) Fundamental ( ) Médio SÉRIE: 6º Ano TURMA: TURNO: DISCIPLINA: História PROFESSOR(A): Equipe de História Roteiro de Recuperação

Leia mais

O candidato deverá demonstrar uma visão globalizante do processo transformacional

O candidato deverá demonstrar uma visão globalizante do processo transformacional CIÊNCIAS HUMANAS (HISTÓRIA/ATUALIDADES/GEOGRAFIA) O candidato deverá demonstrar uma visão globalizante do processo transformacional das sociedades através dos tempos, observando os fatores econômico, histórico,

Leia mais

Orientação Geral. Expansão Marítima e Comercial: a crise do feudalismo a partir do século XIII

Orientação Geral. Expansão Marítima e Comercial: a crise do feudalismo a partir do século XIII Orientação Geral Objetivos Este programa enfatiza a articulação do evento histórico com o processo geral de desenvolvimento das sociedades. O candidato deve saber: Analisar as instâncias econômicas, políticas

Leia mais

Planejamento. Ensino fundamental I 5 o ano. história Unidade 1. Ético Sistema de Ensino Planejamento Ensino fundamental I

Planejamento. Ensino fundamental I 5 o ano. história Unidade 1. Ético Sistema de Ensino Planejamento Ensino fundamental I história Unidade 1 A vinda da família real portuguesa para o Brasil Os desdobramentos sociais, políticos e econômicos da independência do Brasil Os aspectos históricos do início do Império brasileiro O

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA Currículo nº 8 A partir de 2012

CURSO DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA Currículo nº 8 A partir de 2012 CURSO DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA Turno: NOTURNO Currículo nº 8 A partir de 2012 Reconhecido pelo Decreto n o 32.242, de 10.02.53, D.O.U. nº 42 de 20.02.53. Renovação de Reconhecimento Decreto nº. 8405,

Leia mais

MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA

MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMED DIVISÃO PEDAGÓGICA 2010 MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA 06 ANOS 07 ANOS 08 ANOS COMPETÊNCIAS HABILIDADES

Leia mais

Gabarito 7º Simulado Humanas

Gabarito 7º Simulado Humanas GEOGRAFIA QUESTÃO 01 a) Alguns fatores físico-naturais são: relevo, área de encosta de forte declividade; clima, elevada precipitação pluviométrica e infiltrações em áreas desflorestadas, levando a deslizamentos

Leia mais

Conteúdo Básico Comum (CBC) de HISTÓRIA do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Exames Supletivos/2015

Conteúdo Básico Comum (CBC) de HISTÓRIA do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Exames Supletivos/2015 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO MÉDIO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Conteúdo

Leia mais

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO- 3º CEB

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO- 3º CEB 1. INTRODUÇÃO HISTÓRIA Prova 19 O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico, a realizar em 2015 pelos alunos que se encontram abrangidos

Leia mais

SUMÁRIO UNIDADE I UNIDADE II A PRÉ-HISTÓRIA... 10. A Pré-História... 12. África, o berço da humanidade... 30

SUMÁRIO UNIDADE I UNIDADE II A PRÉ-HISTÓRIA... 10. A Pré-História... 12. África, o berço da humanidade... 30 SUMÁRIO UNIDADE I A PRÉ-HISTÓRIA... 10 CAPÍTULO 1 A Pré-História... 12 A origem do homem... 13 O desenvolvimento cultural... 16 A periodização da Pré-História... 20 A Pré-História na América... 24 A origem

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CIÊNCIAS HUMANAS 3º ANO FILOSOFIA FILOSOFIA NA HISTÓRIA

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PROSEL/PRISE 1ª ETAPA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PROSEL/PRISE 1ª ETAPA HISTÓRIA PROSEL/PRISE 1ª ETAPA EIXOS TEMÁTICOS: I. MUNDOS DO TRABALHO COMPETÊNCIA HABILIDADES CONTEÚDO -Compreender as relações de trabalho no mundo antigo, nas sociedades pré-colombianas e no mundo medieval.

Leia mais

UFPI- Colégio Técnico de Teresina. Curso: Ensino Médio. Disciplina: História - Série: 2º ano. Profª Msc. Julinete Vieira Castelo Branco

UFPI- Colégio Técnico de Teresina. Curso: Ensino Médio. Disciplina: História - Série: 2º ano. Profª Msc. Julinete Vieira Castelo Branco UFPI- Colégio Técnico de Teresina Curso: Ensino Médio Disciplina: História - Série: 2º ano Profª Msc. Julinete Vieira Castelo Branco PLANEJAMENTO/2015 Apresentação: A história, enquanto ciência, corresponde

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA ENSINO MÉDIO ÁREA CURRICULAR: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS DISCIPLINA: HISTÓRIA SÉRIE 1.ª CH 68 ANO 2012 COMPETÊNCIAS:. Compreender

Leia mais

1º ano. A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10: Item 2

1º ano. A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10: Item 2 1º ano O absolutismo e o Estado Moderno Capítulo 12: Todos os itens A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10:

Leia mais

Total aulas previstas

Total aulas previstas ESCOLA BÁSICA 2/3 DE MARTIM DE FREITAS Planificação Anual de História do 7º Ano Ano Lectivo 2011/2012 LISTAGEM DE CONTEÚDOS TURMA Tema 1.º Período Unidade Aulas Previas -tas INTRODUÇÃO À HISTÓRIA: DA ORIGEM

Leia mais

MONITORIA SEMIPRESENCIAL NA MODALIDADE REMUNERADA

MONITORIA SEMIPRESENCIAL NA MODALIDADE REMUNERADA ANEXO V - EDITAL Nº. 15/2011 PERÍODO: 2012/01 INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES - ICHLA MONITORIA SEMIPRESENCIAL NA MODALIDADE REMUNERADA PEDAGOGIA VAGAS DIA CARGA História da Educação 01 4N

Leia mais

Pr Além do Mare Nostrum Um Guia para a Navegação Romano no Atlântico. Articulação de conteúdos didáticos com as matérias das disciplinas escolares

Pr Além do Mare Nostrum Um Guia para a Navegação Romano no Atlântico. Articulação de conteúdos didáticos com as matérias das disciplinas escolares História e Geografia de Portugal 5º Ano (2º Ciclo do EB) Pr Além do Mare Nostrum Um Guia para a Navegação Romano no Atlântico Articulação de conteúdos didáticos com as matérias das disciplinas escolares

Leia mais

GHI052 Cultura Afro-Brasileira 60 Cultura afro-brasileira e resistência escrava no Brasil escravista. Estudo da historiografia sobre o tema.

GHI052 Cultura Afro-Brasileira 60 Cultura afro-brasileira e resistência escrava no Brasil escravista. Estudo da historiografia sobre o tema. Ementas das Disciplinas Optativas GHI050 A Constituição do Homem Moderno 60 A figura do homem moderno. Humanismo, individualismo, racionalismo e as mudanças no comportamento, na cultura e o processo civilizatório

Leia mais

FUNDAÇÃO FACULDADES INTEGRADAS DE ENSINO SUPERIOR DO MUNICÍPIO DE LINHARES Dados do Professor. Dados da Disciplina Ementa

FUNDAÇÃO FACULDADES INTEGRADAS DE ENSINO SUPERIOR DO MUNICÍPIO DE LINHARES Dados do Professor. Dados da Disciplina Ementa FUNDAÇÃO FACULDADES INTEGRADAS DE ENSINO SUPERIOR DO MUNICÍPIO DE LINHARES Dados do Professor Curso: Direito Período: 1º Ano: 2011/02 Disciplina: História e Institutos Jurídicos Carga Horária Semestral:

Leia mais

HISTÓRIA. Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo.

HISTÓRIA. Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo. HISTÓRIA 37 Associe as civilizações da Antigüidade Oriental, listadas na Coluna A, às características políticas que as identificam, indicadas na Coluna B. 1 2 3 4 COLUNA A Mesopotâmica Fenícia Egípcia

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã 0 3 º C I C L O 2015-2016

P L A N I F I C A Ç Ã 0 3 º C I C L O 2015-2016 P L A N I F I C A Ç Ã 0 3 º C I C L O 2015-2016 DISCIPLINA / ANO: História - 9º MANUAL ADOTADO: Missão História! - 9.º Ano, Porto Editora, Cláudia Amaral, Bárbara Alves, Tiago Tadeu GESTÃO DO TEMPO 1º

Leia mais

1º ano CULTURA, DIVERSIDADE E SER HUMANO TRABALHO, CONSUMO E LUTAS POR DIREITOS

1º ano CULTURA, DIVERSIDADE E SER HUMANO TRABALHO, CONSUMO E LUTAS POR DIREITOS 1º ano Estudo da História Estudo da História O Brasil antes dos portugueses América antes de Colombo Povos indígenas do Brasil A colonização portuguesa A colonização europeia na América Latina Introdução:

Leia mais

FAÇA HISTÓRIA. Prof. Iair Grinschpun - Grupo de Estudos. www.grupodehistoria.com.br ANTIGUIDADE ORIENTAL ANTIGUIDADE OCIDENTAL OU CLÁSSICA

FAÇA HISTÓRIA. Prof. Iair Grinschpun - Grupo de Estudos. www.grupodehistoria.com.br ANTIGUIDADE ORIENTAL ANTIGUIDADE OCIDENTAL OU CLÁSSICA ANTIGUIDADE ORIENTAL Crescente Fértil; Modo de produção asiático; Mesopotâmia Iraque, Rios Tibre e Eufrates Egito Rio Nilo Fenícios Líbano, comércio e navegação, alfabeto Hebreus Israel, Rio Jordão, monoteísmo,

Leia mais

TRABALHOS BIMESTRAIS Aluno: Ano: 6º ano. Bimestre Disciplina Tema Data de Entrega

TRABALHOS BIMESTRAIS Aluno: Ano: 6º ano. Bimestre Disciplina Tema Data de Entrega TRABALHOS BIMESTRAIS Aluno: Ano: 6º ano Bimestre Disciplina Tema Data de Entrega 1º Bim Inglês Dialogues(encenação de pequenos diálogos em inglês) Espanhol Países que hablan español 21 de março capitales

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO DE AMORA

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO DE AMORA ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO DE AMORA 9º Ano História Planficação a Médio e Longo Prazo Ano Letivo 2014/2015 I - AVALIAÇÃO: 1. Domínios de avaliação, parâmetros e ponderações I Domínio dos Conhecimentos

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

Quadro de conteúdos HISTÓRIA

Quadro de conteúdos HISTÓRIA Quadro de conteúdos HISTÓRIA 1 Apresentamos, a seguir, o conteúdo a ser trabalhado em cada período do segundo ciclo do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano. 6 o ano 1 A História e a humanidade 2 Sociedades

Leia mais

Durante. Utilize os conteúdos multimídia para ilustrar a matéria de outras formas.

Durante. Utilize os conteúdos multimídia para ilustrar a matéria de outras formas. Olá, Professor! Assim como você, a Geekie também tem a missão de ajudar os alunos a atingir todo seu potencial e a realizar seus sonhos. Para isso, oferecemos recomendações personalizadas de estudo, para

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE HISTÓRIA

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE HISTÓRIA PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE HISTÓRIA 6 ano 1 volume CONTEÚDOS OBJETIVOS 1.O que é História? Fontes para o estudo da História Escrita da História História e tempo Calendários e relógios também são históricos

Leia mais

Colégio Estadual João Ferreira Neves Ensino Fundamental e Médio. Plano de Trabalho Docente PTD 2014

Colégio Estadual João Ferreira Neves Ensino Fundamental e Médio. Plano de Trabalho Docente PTD 2014 Colégio Estadual João Ferreira Neves Ensino Fundamental e Médio Plano de Trabalho Docente PTD 2014 Professora: Marcela Szymanski Disciplina: História Série: 7º B, E 1º Trimestre. Conteúdo Estruturante

Leia mais

TRABALHOS BIMESTRAIS Aluno: Ano: 6º ano. Bimestre Disciplina Tema Data de Entrega

TRABALHOS BIMESTRAIS Aluno: Ano: 6º ano. Bimestre Disciplina Tema Data de Entrega TRABALHOS BIMESTRAIS Aluno: Ano: 6º ano Bimestre Disciplina Tema Data de Entrega 1º Bim Inglês Dialogues(encenação de pequenos diálogos em inglês) Espanhol Países que hablan español 21 de março capitales

Leia mais

PLANO ANUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DE HISTÓRIA DO 6º AO NONO ANO

PLANO ANUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DE HISTÓRIA DO 6º AO NONO ANO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃOAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CEDUC - CENTRO DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA COLÉGIO DE APLICAÇÃO PLANO ANUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DE HISTÓRIA DO 6º AO NONO

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PROSEL/PRISE 1ª ETAPA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PROSEL/PRISE 1ª ETAPA HISTÓRIA PROSEL/PRISE 1ª ETAPA EIXOS TEMÁTICOS HABILIDADES/ COMPETÊNCIAS TEMAS/ CONTEÚDO - Compreender a diversidade do trabalho em sociedades que se baseiam nas relações sociais compulsórias e nas de

Leia mais

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 27.09.06 HISTÓRIA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 27.09.06 HISTÓRIA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO Simulado 5 Padrão FUVEST Aluno: N o do Cursinho: Sala: HISTÓRIA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO 1. Aguarde a autorização do fiscal para abrir o caderno de questões e iniciar a prova. 2. Duração

Leia mais

HISTÓRIA. 1. TURNO: Noturno HABILITAÇÃO: Licenciatura. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos

HISTÓRIA. 1. TURNO: Noturno HABILITAÇÃO: Licenciatura. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos HISTÓRIA 1. TURNO: Noturno HABILITAÇÃO: Licenciatura GRAU ACADÊMICO: Licenciado em História PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos Máximo = 8 anos 2. OBJETIVO/PERFIL DO PROFISSIONAL A SER FORMADO A definição

Leia mais

Composição dos PCN 1ª a 4ª

Composição dos PCN 1ª a 4ª Composição dos PCN 1ª a 4ª Compõem os Parâmetros os seguintes módulos: Volume 1 - Introdução - A elaboração dos Parâmetros curriculares Nacionais constituem o primeiro nível de concretização curricular.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 221, DE 26 DE JULHO DE 2011

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 221, DE 26 DE JULHO DE 2011 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 221, DE 26 DE JULHO DE 2011 O Presidente, Substituto, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas

Leia mais

DIPLOMACIA E CHANCELARIA CONCURSOS DA. 2 a EDIÇÃO COMENTADAS. 1 a FASE 1.200 QUESTÕES NOS. Renan Flumian Coordenador da obra

DIPLOMACIA E CHANCELARIA CONCURSOS DA. 2 a EDIÇÃO COMENTADAS. 1 a FASE 1.200 QUESTÕES NOS. Renan Flumian Coordenador da obra 2 a EDIÇÃO Renan Flumian Coordenador da obra NOS CONCURSOS DA DIPLOMACIA E CHANCELARIA 1 a FASE 1.200 QUESTÕES COMENTADAS Wander Garcia coordenador da coleção SUMÁRIO SUMÁRIO COMO USAR O LIVRO? 15 01.

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio ETEC Professora Nair Luccas Ribeiro Código: 156 Município: TEODORO SAMPAIO Área de conhecimento: Ciências Humanas Componente Curricular: Historia

Leia mais

A partir desse texto e de seus conhecimentos, responda às questões propostas.

A partir desse texto e de seus conhecimentos, responda às questões propostas. História 0 Na manhã de 12 de agosto de 1798, um panfleto revolucionário afixado em vários lugares da cidade de Salvador dizia: Povo, o tempo é chegado para vós defendêreis a vossa Liberdade; o dia da nossa

Leia mais

HABILIDADES CONTEÚDO METODOLOGIA/ESTRATÉGIA HORA/ AULA

HABILIDADES CONTEÚDO METODOLOGIA/ESTRATÉGIA HORA/ AULA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA ENSINO MÉDIO ÁREA CURRICULAR: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS DISCIPLINA: FILOSOFIA SÉRIE 1.ª CH 68 ANO 2012 COMPETÊNCIAS: Contextualizar

Leia mais

Professor: MARCOS ROBERTO Disciplina: HISTÓRIA Aluno(a): Série: 9º ano - REGULAR Turno: MANHÃ Turma: Data:

Professor: MARCOS ROBERTO Disciplina: HISTÓRIA Aluno(a): Série: 9º ano - REGULAR Turno: MANHÃ Turma: Data: Professor: MARCOS ROBERTO Disciplina: HISTÓRIA Aluno(a): Série: 9º ano - REGULAR Turno: MANHÃ Turma: Data: REVISÃO FINAL PARA O SIMULADO 1ª Avaliação: Imperialismo na Ásia e na África 01. Podemos sempre

Leia mais

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO.

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO. ENSINO MÉDIO Conteúdos da 1ª Série 1º/2º Bimestre 2014 Trabalho de Dependência Nome: N. o : Turma: Professor(a): Yann/Lamarão Data: / /2014 Unidade: Cascadura Mananciais Méier Taquara História Resultado

Leia mais

UNIDADE 10 PARA UMA EDUCAÇAO ANTIRRACISTA

UNIDADE 10 PARA UMA EDUCAÇAO ANTIRRACISTA UNIDADE 10 PARA UMA EDUCAÇAO ANTIRRACISTA Módulo 1 - Aspectos gerais da educação e das relações étnico-raciais Unidade 10 - Para uma educação antirracista Objetivos: Analisar o conceito de multiculturalismo;

Leia mais

6. PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR DE FILOSOFIA ENSINO MÉDIO 6.1 APRESENTAÇÃO

6. PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR DE FILOSOFIA ENSINO MÉDIO 6.1 APRESENTAÇÃO 1 6. PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR DE FILOSOFIA ENSINO MÉDIO 6.1 APRESENTAÇÃO A disciplina de Filosofia no Ensino Médio visa desenvolver o senso crítico dos alunos objetivando um cidadão preparado para

Leia mais

O imperialismo. Prof Ferrari

O imperialismo. Prof Ferrari O imperialismo Prof Ferrari Imperialismo ou neocolonialismo do séc. XIX Conceitos e definições sobre o imperialismo O imperialismo dos séculos XIX e XX resultou da expansão capitalista e atendia aos interesses

Leia mais

1º Período UNIDADE 1. Exercícios; A aventura de navegar

1º Período UNIDADE 1. Exercícios; A aventura de navegar 1º Período UNIDADE 1 A aventura de navegar Produtos valiosos Navegar em busca de riquezas Viagens espanholas Viagens portuguesas Ampliação O dia a dia dos marinheiros Conhecer as primeiras especiarias

Leia mais

RESOLUÇÃO CEPEC Nº 727

RESOLUÇÃO CEPEC Nº 727 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO CEPEC Nº 727 Fixa o currículo pleno do curso de graduação em História - modalidade Licenciatura, para os alunos do Câmpus de Goiânia, ingressos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º HI547- HISTÓRIA DO BRASIL COLÔNIA OBRIG 60 0 60 4.0 Fórmula: HI245 HI245- HISTORIA DO BRASIL 5 A DISCIPLINA ABORDA A INSERÇÃO DO BRASIL NO MUNDO OCIDENTAL SOB A ÉGIDE DO ANTIGO REGIME, OBSERVANDO

Leia mais

BANDEIRAS EUROPÉIAS: CORES E SÍMBOLOS (PORTUGAL)

BANDEIRAS EUROPÉIAS: CORES E SÍMBOLOS (PORTUGAL) BANDEIRAS EUROPÉIAS: CORES E SÍMBOLOS (PORTUGAL) Resumo A série apresenta a formação dos Estados europeus por meio da simbologia das cores de suas bandeiras. Uniões e cisões políticas ocorridas ao longo

Leia mais

A América Espanhola.

A América Espanhola. Aula 14 A América Espanhola. Nesta aula, trataremos da colonização espanhola na América, do processo de independência e da formação dos Estados Nacionais. Colonização espanhola na América. A conquista

Leia mais

EJA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

EJA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS PREFEITURA MUNICIPAL DE COLINA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E.M.E.F. CEL. JOSÉ VENÂNCIO DIAS EJA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Ninguém educa ninguém. Ninguém se educa sozinho. Os homens se educam em

Leia mais

(Perry Anderson, Linhagens do Estado absolutista. p. 18 e 39. Adaptado)

(Perry Anderson, Linhagens do Estado absolutista. p. 18 e 39. Adaptado) 1. (Fgv 2014) O paradoxo aparente do absolutismo na Europa ocidental era que ele representava fundamentalmente um aparelho de proteção da propriedade dos privilégios aristocráticos, embora, ao mesmo tempo,

Leia mais

AGRICULTURA FAMILIAR COMO FORMA DE PRODUÇÃO RURAL PARA ABASTECIMENTO DE GRANDES CENTROS URBANOS

AGRICULTURA FAMILIAR COMO FORMA DE PRODUÇÃO RURAL PARA ABASTECIMENTO DE GRANDES CENTROS URBANOS AGRICULTURA FAMILIAR COMO FORMA DE PRODUÇÃO RURAL PARA ABASTECIMENTO DE GRANDES CENTROS URBANOS Jaqueline Freitas dos Santos 692 jaquelineufmg_09@hotmail.com Klécia Gonçalves de Paiva Farias kleciagp@gmail.com

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A LONGO PRAZO (sujeita a reajustamentos)

PLANIFICAÇÃO A LONGO PRAZO (sujeita a reajustamentos) PLANIFICAÇÃO A LONGO PRAZO (sujeita a reajustamentos) História A 12º Ano Ano Lectivo - 2012/2013 Prof. Armando Sousa Pereira Prof.ª Maria Amélia de Andrade e Pinto de Almeida Vasconcelos 1º PERÍODO MÓDULO

Leia mais

FILOSOFIA. 1. TURNO: Vespertino HABILITAÇÃO: Licenciatura. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos

FILOSOFIA. 1. TURNO: Vespertino HABILITAÇÃO: Licenciatura. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos FILOSOFIA 1. TURNO: Vespertino HABILITAÇÃO: Licenciatura GRAU ACADÊMICO: Licenciado em Filosofia PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos Máximo = 8 anos 2. OBJETIVO/PERFIL DO PROFISSIONAL A SER FORMADO O

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO PARA OS CURSOS PRÉ-VESTIBULARES

A IMPORTÂNCIA DO PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO PARA OS CURSOS PRÉ-VESTIBULARES A IMPORTÂNCIA DO PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO PARA OS CURSOS PRÉ-VESTIBULARES Alexandre do Nascimento Sem a pretensão de responder questões que devem ser debatidas pelo coletivo, este texto pretende instigar

Leia mais

HISTÓRIA Resolução OBJETIVO 2001

HISTÓRIA Resolução OBJETIVO 2001 1 Tito Lívio, em História de Roma, referindo-se às lutas entre patrícios e plebeus que se estenderam do século V ao IV a.c., escreveu: "... apesar da oposição da nobreza, houve eleições consulares em que

Leia mais

RESUMO DA PLANIFICAÇÃO ANO LETIVO 2014/2015

RESUMO DA PLANIFICAÇÃO ANO LETIVO 2014/2015 História - 7ºAno RESUMO DA PLANIFICAÇÃO Professores: EAV Mª Alice Gomes; Joaquim Jorge Oliveira ESB Nuno Abrantes; Nuno Pinto Período DOMÍNIOS/SUBDOMÍNIOS Total de tempos previstos por Período Apresentação

Leia mais

MATRIZ DE EXAME (Avaliação em regime não presencial) Ano Letivo 2015/2016 Disciplina: História B Módulo(s): 1, 2 e 3

MATRIZ DE EXAME (Avaliação em regime não presencial) Ano Letivo 2015/2016 Disciplina: História B Módulo(s): 1, 2 e 3 Agrupamento de Escolas de Rio Tinto nº 3 Escola Secundária de Rio Tinto ENSINO SECUNDÁRIO RECORRENTE POR MÓDULOS MATRIZ DE EXAME (Avaliação em regime não presencial) Ano Letivo 2015/2016 Disciplina: História

Leia mais

LIMITES E POSSIBILIDADES DO USO DO MARCO LÓGICO/ZOOP EM UMA MÉDIA ONG DE EDUCAÇÃO POPULAR. Cristina Schroeter Simião 1

LIMITES E POSSIBILIDADES DO USO DO MARCO LÓGICO/ZOOP EM UMA MÉDIA ONG DE EDUCAÇÃO POPULAR. Cristina Schroeter Simião 1 LIMITES E POSSIBILIDADES DO USO DO MARCO LÓGICO/ZOOP EM UMA MÉDIA ONG DE EDUCAÇÃO POPULAR. Cristina Schroeter Simião 1 I. Introdução do Marco Lógico/Zopp na Aditepp: Limites e Possibilidades. No ano de

Leia mais

EDUARDO PAES PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CLAUDIA COSTIN SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGINA HELENA DINIZ BOMENY SUBSECRETARIA DE ENSINO

EDUARDO PAES PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CLAUDIA COSTIN SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGINA HELENA DINIZ BOMENY SUBSECRETARIA DE ENSINO EDUARDO PAES PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CLAUDIA COSTIN SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGINA HELENA DINIZ BOMENY SUBSECRETARIA DE ENSINO MARIA DE NAZARETH MACHADO DE BARROS VASCONCELLOS COORDENADORIA

Leia mais

1º ano. 1) Relações de Trabalho, Relações de Poder...

1º ano. 1) Relações de Trabalho, Relações de Poder... Liberdade, propriedade e exploração. A revolução agrícola e as relações comerciais. Capítulo 1: Item 5 Relações de trabalho nas sociedades indígenas brasileiras e americanas. Escravidão e servidão. Divisão

Leia mais

CADERNO 1 BRASIL CAP. 3. Gabarito: EXERCÍCIOS DE SALA. Resposta da questão 1: [D]

CADERNO 1 BRASIL CAP. 3. Gabarito: EXERCÍCIOS DE SALA. Resposta da questão 1: [D] Gabarito: EXERCÍCIOS DE SALA Resposta da questão 1: Somente a proposição está correta. Com a expansão napoleônica na Europa e a invasão do exército Francês em Portugal ocorreu a vinda da corte portuguesa

Leia mais

HISTÓRIA Professores: Pedro Alexandre, Guga, André, Osvaldo

HISTÓRIA Professores: Pedro Alexandre, Guga, André, Osvaldo HISTÓRIA Professores: Pedro Alexandre, Guga, André, Osvaldo Comentário Geral Como sempre foi ressaltado em sala de aula, temas como Grécia, Idade Média, Revolução Francesa, Direitos Civis, refugiados,

Leia mais

História/15 8º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / /

História/15 8º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / História/15 8º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / 8ºhist301r ROTEIRO DE ESTUDO RECUPERAÇÃO 2015 8º ano do Ensino Fundamental II HISTÓRIA 1º TRIMESTRE 1. Conteúdos Objetivo 1: Africanos no Brasil (Cap.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATA DE SÃO JOÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATA DE SÃO JOÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE MATA DE SÃO JOÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2015 Dispõe orientações sobre a realização da Avaliação Anual Interna da Secretaria Municipal de Educação

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Profª Drª Renata Palandri Sigolo Sell 37219249

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Profª Drª Renata Palandri Sigolo Sell 37219249 Documentação: Objetivo: Titulação: Diplomado em: Renovação de Reconhecimento - Port. nº286/mec de 21/12/12-DOU 27/12/12.Curso reconhecido pelo Decreto Federal 6266 de 26/06/1959, publicado no Diário Oficial

Leia mais

EIXO 1 ESTADO, SOCIEDADE E DEMOCRACIA. D1.2 Democracia e Cidadania no Brasil (16h) Professor : Roberto Rocha Coelho Pires. Aula 2

EIXO 1 ESTADO, SOCIEDADE E DEMOCRACIA. D1.2 Democracia e Cidadania no Brasil (16h) Professor : Roberto Rocha Coelho Pires. Aula 2 EIXO 1 ESTADO, SOCIEDADE E DEMOCRACIA D1.2 Democracia e Cidadania no Brasil (16h) Professor : Roberto Rocha Coelho Pires Aula 2 5 e 6, 12 e 13 de setembro de 2011 Cidadania Introdução (conexão com aula

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 N 007/2015

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 N 007/2015 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 N 007/2015 A Direção Geral da Faculdade Católica Nossa Senhora das Vitórias (FCNSV), credenciada pela Portaria nº 3898, no uso de suas atribuições, nos termos

Leia mais

MONITORIA SEMIPRESENCIAL NA MODALIDADE REMUNERADA PEDAGOGIA

MONITORIA SEMIPRESENCIAL NA MODALIDADE REMUNERADA PEDAGOGIA ANEXO II - EDITAL Nº. 16/2011 PERÍODO: 2012/01 INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES - ICHLA MONITORIA SEMIPRESENCIAL NA MODALIDADE REMUNERADA PEDAGOGIA VAGAS DIA CARGA História da Educação 01

Leia mais

C - Objetivos de aprendizagem (conceituais e procedimentais/habilidades):

C - Objetivos de aprendizagem (conceituais e procedimentais/habilidades): ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE FILOSOFIA Nome: Nº 9 a. Série Data: / /2014 Professores: ALESSANDRO E BENTO Nota: (valor: 2,0) A - Introdução Neste ano, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou

Leia mais

6º ANO CIÊNCIAS / PEDRO Astronomia: Capítulos: 3 e 7 Água: Capítulos: 10, 14, 18 e 19 Terra: Capítulos: 22 e 23 Atmosfera: Capítulos: 28, 29, 30 e 31

6º ANO CIÊNCIAS / PEDRO Astronomia: Capítulos: 3 e 7 Água: Capítulos: 10, 14, 18 e 19 Terra: Capítulos: 22 e 23 Atmosfera: Capítulos: 28, 29, 30 e 31 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PARA EXAMES FINAIS ENSINO FUNDAMENTAL 6º ANO CIÊNCIAS / PEDRO Astronomia: Capítulos: 3 e 7 Água: Capítulos: 10, 14, 18 e 19 Terra: Capítulos: 22 e 23 Atmosfera: Capítulos: 28, 29,

Leia mais

AS ORIGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO

AS ORIGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO AS ORIGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO 1. A TEORIA LIBERAL Os Países pobres são pobres porque não atingiram ainda a eficiência produtiva e o equilíbrio econômico necessário à manutenção de um ciclo de prosperidade

Leia mais

Cite e analise UMA SEMELHANÇA e UMA DIFERENÇA entre a religião muçulmana e a religião cristã durante a Idade Média.

Cite e analise UMA SEMELHANÇA e UMA DIFERENÇA entre a religião muçulmana e a religião cristã durante a Idade Média. Questão 1: Leia o trecho abaixo a responda ao que se pede. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO COPESE Quando Maomé fixou residência em Yatrib, teve início uma fase decisiva na vida do profeta, em seu empenho

Leia mais

RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE

RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE Conceitos Diversos Estado É uma organização políticoadministrativa da sociedade. Estado-nação - Quando um território delimitado é composto de um governo e uma população

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º AM076- ANTROPOLOGIA OBRIG 60 0 60 4.0 Fórmula: CS013 CS013- ANTROPOLOGIA CAMPOS DA ANTROPOLOGIA. PROBLEMAS E CONCEITOS BÁSICOS: CULTURA, ETNOCENTRISMO, ALTERIDADE E RELATIVISMO. NOÇÕES DE MÉTODOS/PRÁTICAS

Leia mais

TESTE SELETIVO 01/2016 EDITAL COMPLEMENTAR Nº 001/2016 DE 22 DE JANEIRO DE 2016

TESTE SELETIVO 01/2016 EDITAL COMPLEMENTAR Nº 001/2016 DE 22 DE JANEIRO DE 2016 TESTE SELETIVO 01/2016 EDITAL COMPLEMENTAR Nº 001/2016 DE 22 DE JANEIRO DE 2016 GILVAN APARECIDO DE OLIVEIRA, Prefeito Municipal de Porto Esperidião, do Estado de Mato Grosso, e Comissão Municipal de Teste

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA

PROCESSO SELETIVO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA PROCESSO SELETIVO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA A prova de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira visa a avaliar a capacidade de ler, compreender

Leia mais

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar HISTÓRIA

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar HISTÓRIA Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar HISTÓRIA A proposta A proposta do material didático para a área de História privilegia as novas tendências do estudo da História dando mais

Leia mais

História. Bussunda. Prof. Bussunda

História. Bussunda. Prof. Bussunda Prof. Australopithecus Homo Habilis Homo Erectus Homo Neanderthalensis Homo Sapiens Primeiro hominídeo Confecção de ferramentas Domínio Do fogo linguagem cultura Paleolítico Sem agricultura Nomadismo

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Médio Etec Etec: PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Área de conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias Componente Curricular: História Série:

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA (EDUCAÇÃO) DO CAMPO

PÓS-GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA (EDUCAÇÃO) DO CAMPO PÓS-GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA (EDUCAÇÃO) DO CAMPO Instituição Certificadora: FALC Faculdade da Aldeia de Carapicuíba Amparo Legal: Resolução CNE CES 1 2001/ 2007 Carga Horária: 460h Período de Duração: 12

Leia mais