PRECAUÇÕES PARA MINIMIZAR O RUÍDO DO TRANSFORMADOR A SECO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PRECAUÇÕES PARA MINIMIZAR O RUÍDO DO TRANSFORMADOR A SECO"

Transcrição

1

2 PRECAUÇÕES PARA MINIMIZAR O RUÍDO DO TRANSFORMADOR A SECO Há uma série de precauções básicas de instalação e técnicas de montagem de transformadores que se cuidadosamente observados e seguidos, irá minimizar o nível de som audível (ruído) de transformadores energizados. Alguns dos mais relevantes são indicados abaixo. Limites de decibéis de transformadores Um local adequado é a primeira consideração em uma instalação para termos um baixo nível de som. Para manter os limites dentro do estabelecido em norma ou melhorar o nível de ruído audível, seguem regras para melhorar os limites de decibéis prescritos em norma: Regra # 1 Mantenha o transformador o mais longe possível da área em que o ruído traria maior desconforto. Regra # 2 Evite montar a unidade em um canto da cela ou cubículo perto do teto. Três cantos atuam como megafones e amplificam o som. Regra # 3 Evite a instalação em salões e corredores estreitos ou em cantos de escadas. O som do transformador reverbera a partir das paredes e pode tornar-se aditivo para o som do primário do transformador aquele zumbido característico e pode causar a formação de indesejáveis decibéis adicionais. Fonte: adaptado da norma NBR Transformadores e reatores - Determinação do nível de ruído

3 Regra # 4 A operação temporária experimental de um transformador em uma sala ou área irá indicar rapidamente a melhor localização e orientação do som emitido pela unidade. Regra # 5 Sempre que necessário, cobrir as paredes da sala de transformador com material acústico de amortecimento - fibra de vidro, telha acústica, kimsul e materiais absorventes semelhantes - para reduzir a propagação de ruído transformador do cubículo/cela para todas as áreas adjacentes. Deve notar-se, no entanto, que tal material tem um efeito importante sobre os harmônicos elevados de ruído do transformador, mas não interfere sobre o efeito de zumbido da fundamental, normal do transformador. Métodos de montagem de transformadores Métodos de montagem de transformadores desempenham um papel importante no controle e redução do som audível que vem da unidade. O objetivo principal é "isolar" o barulho - ou seja, evitar a sua transmissão mecânica à estrutura de suporte e sistema de canal adutor conectado. Isto pode ser conseguido com um ou uma combinação das seguintes técnicas de instalação: Transformador instalado e conectado (fonte: mrazik.info)

4 Técnica # 1 Use montagem sólida quando o transformador pode ser fixado a uma massa pesada; sólido seria o que não pode vibrar de modo audível, tal como concreto reforçado no chão ou parede. Técnica # 2 Para a instalação em uma armação estrutural, parede, teto ou coluna. usar a técnica de montagem com calços flexíveis, que funcionam como amortecedores de vibração flexíveis. Não deve haver qualquer contato de metal sólido entre o transformador e superfície de apoio, caso contrário, o ponto de vibração pode fechar um curto-circuito. Técnica # 3 Use conexões flexíveis de cobre entre o sistema de calha e da armadura do transformador para evitar a transmissão de vibrações sonoras da armadura ao sistema de calha, painéis e outras peças mecânicas. A canalização do metal flexível e tubulação não metálica, conforme exemplo abaixo são itens aceitáveis para seções relativamente curtas de "acoplamento". Conexões de transformadores de baixa tensão com barramento flexível. (fonte: eep.com)

5 Técnica # 4 Alguns transformadores do tipo seco são fornecidos com parafusos de fixação para evitar problemas durante o transporte (solicitar ao fabricante se o mesmo tem esta prática). Após a instalação da unidade estes parafusos de fixação devem ser removidos, para o amortecimento de vibrações ser mais eficaz e minimizarmos o ruído. Técnica # 5 Se não forem mais utilizados, os olhais de elevação podem contribuir para o nível alto de som e podem ser removidos após a instalação. Técnica # 6 Certifique-se todos os parafusos e porcas estão bem fixados. Lado de baixa tensão de transformador a seco. (fonte: eep.com) (Fonte: traduzido e adaptado do Electrical Engineering Portal.) Diego Hostin Depto. Engenharia Sobretensão Eletricidade do Brasil

GUIA DE INSTALAÇÃO. AXIS T91A61 Wall Mount. AXIS T91A62 Parapet Mount. AXIS T91A63 Ceiling Mount. AXIS T91A64 Corner Mount. AXIS T91A67 Pole Mount

GUIA DE INSTALAÇÃO. AXIS T91A61 Wall Mount. AXIS T91A62 Parapet Mount. AXIS T91A63 Ceiling Mount. AXIS T91A64 Corner Mount. AXIS T91A67 Pole Mount GUIA DE INSTALAÇÃO AXIS T91A61 Wall Mount AXIS T91A62 Parapet Mount PORTUGUÊS AXIS T91A63 Ceiling Mount AXIS T91A64 Corner Mount AXIS T91A67 Pole Mount Considerações legais A vigilância por vídeo e áudio

Leia mais

Laboratório de robótica

Laboratório de robótica CAMINHÃO TRANSPORTADOR 1. Introdução Laboratório Em uma região muito arborizada da cidade, há muitas árvores altas que perdem algumas folhas durante o dia, derrubando-as nos telhados das casas. Como as

Leia mais

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA O RANGE DE CAIXAS ABTECH SXCS TÜV 11.0324

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA O RANGE DE CAIXAS ABTECH SXCS TÜV 11.0324 ABTQ-82 rev 03 Última Revisão: 13 Dez 2011 INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA O RANGE DE CAIXAS ABTECH SXCS TÜV 11.0324 Marcação A marcação mostrada é para uma caixa de terminação certificada.

Leia mais

ABTQ-33 rev 05 Última Revisão 22nd March 2010: INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA O RANGE DE CAIXAS ABTECH SX SIRA99ATEX3171 Marcação A marcação mostrada é para uma caixa de terminação

Leia mais

Precauções de segurança

Precauções de segurança ANTENA DIGITAL SUPERdigi Modelo DA-618 Amplificada FAZENDO SUA MELHOR IMAGEM PRONTA PARA HDTV Precauções de segurança Aviso! Manusear com extremo cuidado ao instalar ou ao remover uma antena externa que

Leia mais

Manual de montagem. Equipamento básico ISOBUS com tomada de cabine ISOBUS

Manual de montagem. Equipamento básico ISOBUS com tomada de cabine ISOBUS Manual de montagem Equipamento básico ISOBUS com tomada de cabine ISOBUS Última atualização: V1.20150220 30322575-02-PT Leia e respeite este manual de instruções. Guarde este manual de instruções para

Leia mais

Instruções de Instalação do Rack

Instruções de Instalação do Rack Instruções de Instalação do Rack Revise a documentação que acompanha o gabinete do rack para as informações sobre segurança e cabeamento. Antes de instalar o servidor em um gabinete do rack, revise as

Leia mais

Metalo. Modular. Sistema de Andaimes em Alumínio. Instruções Técnicas

Metalo. Modular. Sistema de Andaimes em Alumínio. Instruções Técnicas Metalo Modular Sistema de Andaimes em Alumínio Instruções Técnicas Modular_AF4.indd 1 Modular Índice Favor observar: Nestas instruções técnicas, encontram-se todas as informações e indicações importantes

Leia mais

WORX AEROCART MODELO WG050

WORX AEROCART MODELO WG050 WORX AEROCART MODELO WG050 Avisos Gerais de Segurança AVISO Leia todos os avisos e instruções de segurança. Não seguir os avisos e instruções pode resultar em lesão séria. Guarde todos os avisos e instruções

Leia mais

CS-HS601 MANUAL DE INSTRUÇÕES ALTO-FALANTES ESTÉREO PARA CARRO. SAC 0800-142080 Impresso no Brasil

CS-HS601 MANUAL DE INSTRUÇÕES ALTO-FALANTES ESTÉREO PARA CARRO. SAC 0800-142080 Impresso no Brasil CS-HS601 ALTO-FALANTES ESTÉREO PARA CARRO MANUAL DE INSTRUÇÕES ALTO-FALANTES ESTÉREO PARA CARRO CS-HS601 SAC 0800-142080 Impresso no Brasil Para uso do cliente: Anote abaixo o modelo e o número de série,

Leia mais

Apostila Técnica de Estantes 01 de 12

Apostila Técnica de Estantes 01 de 12 01 de 12 ESTANTES METÁLICAS - Componentes Cantoneiras Perfuradas: Tipo N3, produzidas em aço estrutural de média resistência. As cantoneiras podem ser fornecidas em comprimentos múltiplos de 40 mm. 35

Leia mais

Sumário Serra Fita FAM

Sumário Serra Fita FAM Sumário Serra Fita FAM 1 Componentes... 1 Painel de controle... 1 Sensores de segurança... 2 Especificações... 2 Instalação... 3 Condições Gerais do Local... 3 Rede Elétrica... 3 Instalação da Tomada...

Leia mais

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA A A LINHA DE CAIXAS ABTECH ABCS TÜV 11.0323 X

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA A A LINHA DE CAIXAS ABTECH ABCS TÜV 11.0323 X ABTQ-81 rev 03 Última Revisão: 13 Dez 2011 INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA A A LINHA DE CAIXAS ABTECH ABCS TÜV 11.0323 X Marcação A marcação mostrada é para uma caixa de terminação

Leia mais

VOSS ES-4 A conexão por vedação suave com quatro vezes mais vantagens

VOSS ES-4 A conexão por vedação suave com quatro vezes mais vantagens VOSS ES-4 A conexão por vedação suave com quatro vezes mais vantagens Experiência e Inovação Descrição das Funções VOSS ES-4: A vedação suave conforme DIN/ISO com 4 benefícios 1. Embasamento no anel de

Leia mais

REGULAMENTO PARA MONTAGENS Y DESMOTANGENS HOTEL HILTON. Deverá ser apresentada ao organizador com 5 dias úteis de antecipação a seguinte informação:

REGULAMENTO PARA MONTAGENS Y DESMOTANGENS HOTEL HILTON. Deverá ser apresentada ao organizador com 5 dias úteis de antecipação a seguinte informação: REGULAMENTO PARA MONTAGENS Y DESMOTANGENS HOTEL HILTON 1 - Requerimentos preliminares: Deverá ser apresentada ao organizador com 5 dias úteis de antecipação a seguinte informação: (a) Nomes das companhias

Leia mais

AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 24

AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 24 AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 24 9º NO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1º ANO DO ENSINO MÉDIO OBJETIVO Diversos experimentos, usando principalmente água e materiais de fácil obtenção, são

Leia mais

Termossifão pressurizado (EA8896) Manual de instruções. Manual de instruções. Termossifão pressurizado (EA8896)

Termossifão pressurizado (EA8896) Manual de instruções. Manual de instruções. Termossifão pressurizado (EA8896) Manual de instruções Termossifão pressurizado (EA8896) Índice 1. Aviso... 3 2. Caracteristicas técnicas... 4 3. Princípios da Operação... 4 3.1. Tubos de vácuo... 4 3.2. Heat Pipe... 5 4. Instalação...

Leia mais

INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA. Faça uma manutenção preventiva a cada 6 meses. NUNCA USE QUALQUER OUTRO PRODUTO DE LIMPEZA.

INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA. Faça uma manutenção preventiva a cada 6 meses. NUNCA USE QUALQUER OUTRO PRODUTO DE LIMPEZA. w i n d INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA Faça uma manutenção preventiva a cada 6 meses. NUNCA USE QUALQUER OUTRO PRODUTO DE LIMPEZA. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Disponível nas tensões nacional 127 V - 60 Hz - 120

Leia mais

APRESENTAÇÃO RELAÇÃO DE COMPONENTES

APRESENTAÇÃO RELAÇÃO DE COMPONENTES Manual de Instalação Linha Máximo Fotos ilustrativas. Ventiladores de Teto Nesta marca você pode confiar APRESENTAÇÃO Os ventiladores de teto da LINHA MÁXIMO são desenvolvidos para oferecer ao usuário

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA MONTAGEM DA ESTRUTURA DE FIXAÇÃO PARA SISTEMAS FOTOVOLTAICOS

MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA MONTAGEM DA ESTRUTURA DE FIXAÇÃO PARA SISTEMAS FOTOVOLTAICOS MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA MONTAGEM DA ESTRUTURA DE FIXAÇÃO PARA SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Silver 00TO WWW.SOLARFIX.COM.BR Silver 00TO MATERIAL INCLUSO Cód Peças de alumínio Comprimento Quantidade Pilar BR0

Leia mais

Manual técnico Caixas em poliéster KS

Manual técnico Caixas em poliéster KS Manual técnico Caixas em poliéster KS 1 2 3 6 7 6 4 5 1 As caixas em poliéster KS são altamente versáteis na aplicação. Elevado grau de proteção, sem risco de corrosão, alta resistência a produtos químicos

Leia mais

IT - 32 SUBESTAÇÕES ELÉTRICAS

IT - 32 SUBESTAÇÕES ELÉTRICAS IT - 32 SUBESTAÇÕES ELÉTRICAS SUMÁRIO ANEXO 1 Objetivo - Figuras, separações e afastamentos entre equipamentos e edificações. 2 Aplicação 3 Referências normativas e bibliográficas 4 Definições 5 Procedimentos

Leia mais

Apresentação. Conceito

Apresentação. Conceito Apresentação Apresentamos um novo conceito de Mercado para a Distribuição e Venda Direta de Produtos e Serviços para o Setor da Construção Civil; Com Ênfase em atender principalmente, construtoras, lojas

Leia mais

Manual Descritivo para Construção do ASBC

Manual Descritivo para Construção do ASBC Manual descritivo para construção do ASBC 1 Felipe Marques Santos Manual Descritivo para Construção do ASBC (Aquecedor Solar de Baixo Custo) Coordenador: Prof. Dr. Rogério Gomes de Oliveira 2 Manual descritivo

Leia mais

Especificação Quadro Autoportante de Baixa Tensão

Especificação Quadro Autoportante de Baixa Tensão Especificação Quadro Autoportante de Baixa Tensão Descrição: QUADRO AUTO-PORTANTE ATÉ 4000A Local de Aplicação QGBT Modelo Fabricante: Fabricante Alternativo Normas NBR 6808, IEC 60439-1 Aplicáveis Critério

Leia mais

Soluções FORTLEV para a Sua Obra

Soluções FORTLEV para a Sua Obra Soluções FORTLEV para a Sua Obra 1 2 3 6 9 8 7 5 Soluções para Cuidar da Água 1. Caixa de Polietileno FORTLEV 2. Tanque Fortplus FORTLEV 3. Filtro de Entrada FORTLEV Soluções para Cuidar do Meio Ambiente

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR ECOLÓGICO DE PAINEL ECOTERMIC AQC700

MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR ECOLÓGICO DE PAINEL ECOTERMIC AQC700 MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR ECOLÓGICO DE PAINEL ECOTERMIC AQC700 Obrigado por adquirir o Aquecedor Ecológico de Painel ecotermic Cadence, AQC700, um produto de alta tecnologia, seguro e eficiente. É muito

Leia mais

Aprova a Norma Técnica nº 009/2002-CBMDF, sobre Atividades Eventuais, que especificam.

Aprova a Norma Técnica nº 009/2002-CBMDF, sobre Atividades Eventuais, que especificam. DODF Nº237 de 14 de dezembro de 2000. CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL PORTARIA Nº 69/2002-CBMDF, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2002 Aprova a Norma Técnica nº 009/2002-CBMDF, sobre Atividades Eventuais,

Leia mais

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono.

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Definição ( montado): é uma combinação de dispositivos e equipamentos de manobra,

Leia mais

AMPLIFICADOR HD 1600 HD 2200 HD 2800 MANUAL DE INSTRUÇÕES INTRODUCÃO INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO - 1 - 1 CANAL - CLASSE D - 2 Ohms

AMPLIFICADOR HD 1600 HD 2200 HD 2800 MANUAL DE INSTRUÇÕES INTRODUCÃO INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO - 1 - 1 CANAL - CLASSE D - 2 Ohms INTRODUCÃO AMPLIFICADOR MANUAL DE INSTRUÇÕES HD 1600 HD 2200 HD 2800 Nós da HURRICANE agradecemos pela escolha dos nossos produtos. Nossos amplificadores são projetados para oferecer a mais alta performance.

Leia mais

Iluminação LED de nível alto

Iluminação LED de nível alto Iluminação LED de nível alto Sistemas de iluminação em linha com LED As séries E4, E5 e E7 da ETAP oferecem uma vasta gama de iluminação LED para espaços com pé direito elevado, como pavilhões industriais,

Leia mais

Para a consulta atualizada deste manual, acesse o site www.nardelli.com.br/downloads

Para a consulta atualizada deste manual, acesse o site www.nardelli.com.br/downloads 1 Parabéns Obrigado por adquirir uma coifa de ilha Fogatti, esperamos que este produto satisfaça a sua necessidade. Por favor, leia todas as instruções atentamente para obter os melhores resultados da

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO CATEGORIA: SIRENES ELETROMECÂNICAS Sirene Eletromecânica Industrial Convencional Para Médias e Grandes Áreas - Código: AFRT12. A sirene de alarme código AFRT12 é um equipamento que deve ser instalado no

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO versão 04

MEMORIAL DESCRITIVO versão 04 MEMORIAL DESCRITIVO versão 04 Arquitetônico Hidrossanitário EMPREENDIMENTO: Edifício Residencial ÁREA CONSTRUIDA: 2.323,60 m² ÁREA DO TERRENO: 1.474,00 m² LOCALIZAÇÃO: Rua Ianne Thorstemberg, n 344 Bairro

Leia mais

MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO

MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO Dados do Cliente Cliente: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Campus de Concórdia Obra: Reforma de Rede e Depósito de Cilindros de Gás de Cozinha Setor da Obra:

Leia mais

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS FOLHA DE CAPA TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA JUNTA DE ISOLAMENTO ELÉTRICO NÚMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA ET-6000-6520-200-TME-020 ET-65-200-CPG-020 1 / 5 CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS ESTA FOLHA

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DE CASAS DE BANHO

GUIA DE INSTALAÇÃO DE CASAS DE BANHO GUIA DE INSTALAÇÃO DE CASAS DE BANHO Guia passo a passo para instalar a sua nova casa de banho Esta brochura é o seu guia para preparar e instalar você mesmo a sua casa banho. No interior, vai encontrar

Leia mais

placa de linha ubr-mc5x20u-d e ubr-mc2x8u que segura recomendações

placa de linha ubr-mc5x20u-d e ubr-mc2x8u que segura recomendações placa de linha ubr-mc5x20u-d e ubr-mc2x8u que segura recomendações Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Produtos Relacionados Convenções Materiais que geram elétricos estáticos

Leia mais

FÓRUM DE POÇÕES MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DAS INSTALAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO E SPDA

FÓRUM DE POÇÕES MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DAS INSTALAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO E SPDA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA FÓRUM DE POÇÕES MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DAS INSTALAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO E SPDA EMPRESA RESPONSÁVEL: Senemig Engenharia LTDA RESPONSÁVEIS

Leia mais

Infra-estrutura tecnológica

Infra-estrutura tecnológica Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação ATTI Supervisão de Infra-estrutura Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Infra-estrutura tecnológica Rede Lógica

Leia mais

ANEXO 1 ETAPAS FÍSICAS E CONTEÚDO LOCAL QUE DEVERÃO SER CUMPRIDOS PELO FABRICANTE

ANEXO 1 ETAPAS FÍSICAS E CONTEÚDO LOCAL QUE DEVERÃO SER CUMPRIDOS PELO FABRICANTE ANEXO 1 ETAPAS FÍSICAS E CONTEÚDO LOCAL QUE DEVERÃO SER CUMPRIDOS PELO FABRICANTE A. AEROGERADORES COM CAIXA MULTIPLICADORA A.1. MARCO INICIAL Consiste no enquadramento do Fabricante, pela análise do BNDES,

Leia mais

MTS Criterion Série 40 Manual Title

MTS Criterion Série 40 Manual Title MTS Criterion Série 40 Manual Title Instruções para Levantamento Additional e Movimentação Information be certain. 100-238-293 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação

Leia mais

PORTEIRO ELETRÔNICO. Modelo: EG-PRL002. Manual do Usuário

PORTEIRO ELETRÔNICO. Modelo: EG-PRL002. Manual do Usuário PORTEIRO ELETRÔNICO Modelo: EG-PRL002 Manual do Usuário 1 Introdução Parabéns por adquirir o Porteiro Eletrônico modelo EG-PRL002 da EcoGold! Para conhecer toda a linha de produtos EcoGold, visite o site:

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA [REV.00 03082011] 1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA Antes da utilização, é muito importante que você leia atentamente o manual de instruções, estas informações ajudam a prevenir acidentes e utilizar

Leia mais

SEÇÃO 7C Alternadores

SEÇÃO 7C Alternadores SEÇÃO 7C Alternadores Índice da Seção Página ALTERNADORES Tabela nº... Identificação, Descrição dos Sistemas... Teste de Saída de Tensão - Somente CA... 0 Teste de Saída de Tensão - Somente CC... 9 / A...

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO SOPRADORES TIPO ROOTS DOSITEC SÉRIE Cutes - CR

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO SOPRADORES TIPO ROOTS DOSITEC SÉRIE Cutes - CR MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO SOPRADORES TIPO ROOTS DOSITEC SÉRIE Cutes - CR Parabéns por adquirir sopradores roots Dositec, série Cutes - CR, os quais são o resultado de avançado projeto

Leia mais

PA-2000 Series Hardware Reference Guide. 8/31/11 Esboço de Revisão Final - CONFIDENCIAL DA EMPRESA Palo Alto Networks

PA-2000 Series Hardware Reference Guide. 8/31/11 Esboço de Revisão Final - CONFIDENCIAL DA EMPRESA Palo Alto Networks PA-2000 Series Hardware Reference Guide 8/31/11 Esboço de Revisão Final - CONFIDENCIAL DA EMPRESA Palo Alto Networks Palo Alto Networks, Inc. www.paloaltonetworks.com Copyright 2011 Palo Alto Networks.

Leia mais

LISTA DE MONTAGEM MULTIPLA POR FAVOR INFORME O NÚMERO OU CÓDIGO, CASO VOCE NECESSITE DE ATENDIMENTO OU PEÇAS. F I T N E S S

LISTA DE MONTAGEM MULTIPLA POR FAVOR INFORME O NÚMERO OU CÓDIGO, CASO VOCE NECESSITE DE ATENDIMENTO OU PEÇAS. F I T N E S S A V I S O : ANTES DE INICIAR QUALQUER EXERCÍCIO OU PROGRAMA DE EXERCÍCIOS, POR FAVOR CONSULTE SEU MÉDICO. ANTES DOS EXERCÍCIOS, TENHA CERTEZA QUE TODAS AS PARTES DESTE EQUIPAMENTO FORAM BEM FIXADOS PELOS

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA N 15

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA N 15 ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA N 15 CONTROLE DE FUMAÇA PARTE 2 CONCEITOS, DEFINIÇÕES E COMPONENTES DO SISTEMA

Leia mais

MDP e MDF Conceito dos produtos e seus principais USOS & APLICAÇÕES

MDP e MDF Conceito dos produtos e seus principais USOS & APLICAÇÕES MDP e MDF Conceito dos produtos e seus principais USOS & APLICAÇÕES Características MDF MDP O que é Painel de média densidade Painel de média densidade produzido a partir de fibras produzido a partir de

Leia mais

00 15/03/13 EMISSÃO INICIAL JCS/OSM JCS

00 15/03/13 EMISSÃO INICIAL JCS/OSM JCS 00 15/03/13 EMISSÃO INICIAL JCS/OSM JCS N.º DATA REVISÃO ELAB./ VERIF. ENGEPRO APROV. ENGEPRO APROV. CLIENTE ENG10A-LT-013 ATE XVI PROJETO BÁSICO - LOTE A LEILÃO Nº 007/2012 - ANEEL ELAB. VERIF. LT S 500

Leia mais

SESI - SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI DE SIMÕES FILHO QUADRA POLIESPORTIVA. Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas

SESI - SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI DE SIMÕES FILHO QUADRA POLIESPORTIVA. Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas SESI - SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI DE SIMÕES FILHO QUADRA POLIESPORTIVA Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas Memorial Descritivo Revisão - 1 Outubro / 2010 página 1 S U M Á R I O : 1

Leia mais

SOLARBLOC. suporta para módulos fotovoltaicos. www.solarbloc.es. Novo modelo SOLARBLOC Coberturas, desenvolvido con pista de sujeição de âncoras.

SOLARBLOC. suporta para módulos fotovoltaicos. www.solarbloc.es. Novo modelo SOLARBLOC Coberturas, desenvolvido con pista de sujeição de âncoras. suporta para módulos fotovoltaicos Novo modelo Coberturas, desenvolvido con pista de sujeição de âncoras. As montagens ainda mais rápidos e mais baratos. Com sistemas você pode salvar onde não pode agora.

Leia mais

Estruturas Metálicas. Módulo II. Coberturas

Estruturas Metálicas. Módulo II. Coberturas Estruturas Metálicas Módulo II Coberturas 1 COBERTURAS Uma das grandes aplicações das estruturas metálicas se dá no campo das coberturas de grande vão, especialmente as de caráter industrial. Também devido

Leia mais

16/24 Portas Comutador de Ethernet Rápida montável em Computador de Secretária & Prateleira

16/24 Portas Comutador de Ethernet Rápida montável em Computador de Secretária & Prateleira 16/24 Portas Comutador de Ethernet Rápida montável em Computador de Secretária & Prateleira Manual de Utilizador Certificação Declaração FCC Este equipamento foi testado e comprovado estar em conformidade

Leia mais

Mini Dome CT831D/CT-832D

Mini Dome CT831D/CT-832D Mini Dome CT831D/ Manual de Referência e Instalação 1 Introdução Obrigado por adquirir nosso produto. Este documento apresenta as operações da Câmera CT- 831D e. Mantenha-se atualizado visitando nosso

Leia mais

Treinamento de Segurança em Andaimes

Treinamento de Segurança em Andaimes 1 Treinamento de Segurança em Andaimes Definiçao de Andaime Andaime Significa qualquer plataforma elevada temporariamente (apoiada ou suspensa) e sua estrutura de apoio (incluindo pontos de ancoragem),

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 37/2011

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 37/2011 Instrução Técnica nº 37/2011 - Subestação elétrica 739 SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 37/2011 Subestação

Leia mais

w w w. p h i l c o. c o m. b r 03/14 708-09-05 775579 REV.3 MANUAL DE INSTRUÇÕES www.philco.com.br/faleconosco.aspx

w w w. p h i l c o. c o m. b r 03/14 708-09-05 775579 REV.3 MANUAL DE INSTRUÇÕES www.philco.com.br/faleconosco.aspx w w w. p h i l c o. c o m. b r 03/14 708-09-05 775579 REV.3 MANUAL DE INSTRUÇÕES www.philco.com.br/faleconosco.aspx ATENÇÃO Parabéns pela escolha de um produto da linha Philco Para garantir o melhor desempenho

Leia mais

Manual do Usuário BT200

Manual do Usuário BT200 Manual do Usuário BT200 INFORMAÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA Por favor, mantenha este manual em local seguro para referência. 1. É importante que se leia todo este manual antes de montar e utilizar o equipamento.

Leia mais

Concreto e Postes de Concreto Diego Augusto de Sá /Janaína Rodrigues Lenzi

Concreto e Postes de Concreto Diego Augusto de Sá /Janaína Rodrigues Lenzi Concreto e Postes de Concreto Diego Augusto de Sá /Janaína Rodrigues Lenzi INTRODUÇÃO: Neste trabalho será apresentado um apanhado sobre as diversas formas de concreto e agregados bem como o seu uso, dando

Leia mais

REQUISITOS BÁSICOS PARA TÁXI ACESSÍVEL

REQUISITOS BÁSICOS PARA TÁXI ACESSÍVEL REQUISITOS BÁSICOS PARA TÁXI ACESSÍVEL 1. OBJETIVO...3 2. APRESENTAÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS...3 3. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS...4 3.1 Características Gerais...4 3.2 Carroceria...4 4. ACESSIBILIDADE...8 4.1

Leia mais

ANTES DE UTILIZAR A PLACA EM VIDRO CERÂMICO

ANTES DE UTILIZAR A PLACA EM VIDRO CERÂMICO MANUAL DE UTILIZAÇÃO ANTES DE UTILIZAR A PLACA EM VIDRO CERÂMICO INSTALAÇÃO LIGAÇÃO ELÉCTRICA SUGESTÕES PARA POUPANÇA DE ENERGIA SUGESTÕES PARA A PROTECÇÃO DO AMBIENTE PRECAUÇÕES E RECOMENDAÇÕES GERAIS

Leia mais

Instruções de elevação e movimentação da unidade de carga série 370

Instruções de elevação e movimentação da unidade de carga série 370 m be certain. Instruções de elevação e movimentação da unidade de carga série 370 Modelo 370.02 Modelo 370.10 Modelo 370.25 Modelo 370.50 100-317-762 A Informações de direitos autorais Informação sobre

Leia mais

REF.: RTM 145/13 - RELATÓRIO DA CONSULTORIA ACÚSTICA PARA A RESIDÊNCIA JOÃO BASILIO - JARDIM PERNAMBUCO RIO DE JANEIRO

REF.: RTM 145/13 - RELATÓRIO DA CONSULTORIA ACÚSTICA PARA A RESIDÊNCIA JOÃO BASILIO - JARDIM PERNAMBUCO RIO DE JANEIRO 1 À LAER ENGENHARIA ATENÇÃO : DRA. LAILA CANEDO e-mail : laila@laer.com.br fabio@laer.com.br Rio de Janeiro, 24 de abril de 2013. REF.: RTM 145/13 - RELATÓRIO DA CONSULTORIA ACÚSTICA PARA A RESIDÊNCIA

Leia mais

PORTA PIACENZA MANUAL DA CONSTRUTORA

PORTA PIACENZA MANUAL DA CONSTRUTORA MANUAL DA CONSTRUTORA PIACENZA REV.1 e-mail: detectamax@detectamax.com.br Aviso As informações contidas neste manual estão sujeitas a alterações sem notificação prévia. Todos os cuidados foram tomados

Leia mais

Tanque vertical. Reservatório vertical em filamento contínuo. Manual de Instalação, Manutenção e Garantia

Tanque vertical. Reservatório vertical em filamento contínuo. Manual de Instalação, Manutenção e Garantia Tanque vertical Reservatório vertical em filamento contínuo Manual de Instalação, Manutenção e Garantia 1 - Descrição do equipamento Tanque vertical fabricado em PRFV (poliéster reforçado com fibra de

Leia mais

Parede de Garrafa Pet

Parede de Garrafa Pet CONCEITO As paredes feitas com garrafas pet são uma possibilidade de gerar casas pré fabricadas através da reciclagem e é uma solução barata e sustentável. As garrafas pet são utilizadas no lugar dos tijolos

Leia mais

Braços fixos e giratórios - Fixado em parede. Nota:

Braços fixos e giratórios - Fixado em parede. Nota: Braços fixos e giratórios - Fixado em parede Estes guindastes de lança são projetados para serem montados em uma parede estruturalmente sólida, em dois modelos básicos como mostrado abaixo: Ponto de Obstrução

Leia mais

MANIFOLD DIGITAL PARA SISTEMAS HVAC/R

MANIFOLD DIGITAL PARA SISTEMAS HVAC/R Manual de Instruções MANIFOLD DIGITAL PARA SISTEMAS HVAC/R RECURSOS ESPECIAIS Indicador de nível baixo de bateria Exibe 61 gases de refrigeração Exibe temperatura correspondente do ponto de saturação,

Leia mais

Recebimento, Manuseio e Armazenamento dos Centros de Controle de Motores CENTERLINE 2500

Recebimento, Manuseio e Armazenamento dos Centros de Controle de Motores CENTERLINE 2500 Instruções Recebimento, Manuseio e Armazenamento dos Centros de Controle de Motores CENTERLINE 2500 Recebimento IMPORTANTE A entrega de equipamentos às empresas de transporte pela Rockwell Automation é

Leia mais

Riscos adicionais. Riscos adicionais. Altura COMISSÃO TRIPARTITE PERMANENTE DE NEGOCIAÇÃO DO SETOR ELETRICO NO ESTADO DE SP - 1

Riscos adicionais. Riscos adicionais. Altura COMISSÃO TRIPARTITE PERMANENTE DE NEGOCIAÇÃO DO SETOR ELETRICO NO ESTADO DE SP - 1 Riscos adicionais Riscos adicionais De altura; De ambientes confinados; De áreas classificadas; De umidade; Condições atmosféricas; Ataque de animais peçonhentos/domésticos. Altura Trabalho em altura é

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 8

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 8 REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 8 Índice 1. Cabeamento estruturado...3 2 1. CABEAMENTO ESTRUTURADO Montar uma rede doméstica é bem diferente de montar uma rede local de 100 pontos em uma

Leia mais

SISTEMA DRY WALL E STEEL FRAME

SISTEMA DRY WALL E STEEL FRAME GESSO SISTEMA DRY WALL E STEEL FRAME Gesso O gesso é uma substância, normalmente vendida na forma de um pó branco, produzida a partir do mineral gipsita, composto basicamente de sulfato de cálcio hidratado.

Leia mais

DuPont Surfaces SUPERFÍCIES SÓLIDAS DUPONT CORIAN INSTALAÇÃO DE SUPERFÍCIES EM INTERIOES DE AMBIENTES COMERCIAIS BOLETIM TÉCNICO INTRODUÇÃO

DuPont Surfaces SUPERFÍCIES SÓLIDAS DUPONT CORIAN INSTALAÇÃO DE SUPERFÍCIES EM INTERIOES DE AMBIENTES COMERCIAIS BOLETIM TÉCNICO INTRODUÇÃO DuPont Surfaces SUPERFÍCIES SÓLIDAS DUPONT CORIAN INSTALAÇÃO DE SUPERFÍCIES EM INTERIOES BOLETIM TÉCNICO SUMÁRIO PÁGINA SEÇÃO 3 A. Adesivo de silicone 4 B. Limites da extensão das paredes INTRODUÇÃO Este

Leia mais

BEBEDOURO COMPRESSOR PRESSÃO MASTERFRIO MODELOS MF40 & MFA40 MANUAL DE INSTRUÇÕES

BEBEDOURO COMPRESSOR PRESSÃO MASTERFRIO MODELOS MF40 & MFA40 MANUAL DE INSTRUÇÕES BEBEDOURO COMPRESSOR PRESSÃO MASTERFRIO MODELOS MF40 & MFA40 MANUAL DE INSTRUÇÕES Prezado Cliente, A MASTERFRIO cumprimenta-o pela escolha feita ao comprar nosso bebedouro. Tudo foi feito para que este

Leia mais

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE Página 1 de 10 Manual Técnico Transformadores de potência Revisão 5 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO...2 2 RECEBIMENTO...2 3 INSTALAÇÃO...3 3.1 Local de instalação...3 3.2 Ligações...3 3.3 Proteções...7 4 MANUTENÇÃO...9

Leia mais

ISF 214: PROJETO DE SUPERESTRUTURA DA VIA PERMANENTE ACESSÓRIOS

ISF 214: PROJETO DE SUPERESTRUTURA DA VIA PERMANENTE ACESSÓRIOS 1. OBJETIVO ISF 214: PROJETO DE SUPERESTRUTURA DA VIA PERMANENTE ACESSÓRIOS Definir o tipo e características dos acessórios metálicos a serem utilizados no assentamento e fixação dos trilhos aos dormentes

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA INSTALAÇÃO DO CABO CONCÊNTRICO DE ALUMÍNIO PARA CONEXÃO DE CONSUMIDOR À REDE DE DISTRIBUIÇÃO

PROCEDIMENTO PARA INSTALAÇÃO DO CABO CONCÊNTRICO DE ALUMÍNIO PARA CONEXÃO DE CONSUMIDOR À REDE DE DISTRIBUIÇÃO PROCEDIMENTO PARA INSTALAÇÃO DO CABO CONCÊNTRICO DE ALUMÍNIO PARA CONEXÃO DE CONSUMIDOR À REDE DE DISTRIBUIÇÃO 1) Conexão do ramal do cliente ao medidor de energia a) Decapar o cabo concêntrico e separar

Leia mais

Bigcompra. "Qualidade mundial na distribuição e fabricação de Equipamentos de Proteção ao Homem"

Bigcompra. Qualidade mundial na distribuição e fabricação de Equipamentos de Proteção ao Homem Bigcompra "Qualidade mundial na distribuição e fabricação de Equipamentos de Proteção ao Homem" A Bigcompra Ltda é uma empresa especializada na fabricação e importação de E.P.I. (Equipamentos de Proteção

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO COIFAS DE PAREDE VIDRO RETO VIDRO CURVO

MANUAL DE INSTRUÇÃO COIFAS DE PAREDE VIDRO RETO VIDRO CURVO MANUAL DE INSTRUÇÃO COIFAS DE PAREDE VIDRO RETO VIDRO CURVO MODELOS: BLT BOX BLT VD 60 BLT VD 90 INTRODUÇÃO Parabéns Ao escolher a linha Built de produtos, você optou por um produto de qualidade. As coifas

Leia mais

Luminárias LED Lumination (Série BT Versão UL - Opção EL Luz de Emergência)

Luminárias LED Lumination (Série BT Versão UL - Opção EL Luz de Emergência) GE Lighting Guia de Instalação Luminárias LED Lumination (Série BT Versão UL - Opção EL Luz de Emergência) DICAS DE SEGURANÇA IMPORTANTES AO UTILIZAR EQUIPAMENTO ELÉTRICO, DEVEM SEMPRE SER SEGUIDAS AS

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COMANDO LOGÍSTICO DIRETORIA DE ABASTECIMENTO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Item 01 CONTAINER DEPÓSITO TIPO A -20 pés Aquisição de container montado para utilização como

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA Projeto:... REFORMA POSTO DE SAÚDE Proprietário:... PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAÍ Endereço:... RUA TORRES GONÇALVES, N 537 Área a Reformar:... 257,84

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DA TRENA DIGITAL MODELO TN-1070

MANUAL DE INSTRUÇÕES DA TRENA DIGITAL MODELO TN-1070 MANUAL DE INSTRUÇÕES DA TRENA DIGITAL MODELO TN-1070 julho 2008 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do aparelho ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. REGRAS DE SEGURANÇA...

Leia mais

PROJETO BÁSICO I - DISPOSIÇÕES GERAIS I.1 - INTRODUÇÃO

PROJETO BÁSICO I - DISPOSIÇÕES GERAIS I.1 - INTRODUÇÃO PROJETO BÁSICO OBJETO: Obras de Engenharia para Reforma e Ampliação do CAIC THEOPHILO DE SOUZA PINTO. Localizado na Rua Praça do Terço, s/nº - Nova Brasília - Bonsucesso Rio de Janeiro. I- DISPOSIÇÕES

Leia mais

PORTA ROMA 80 MANUAL DA CONSTRUTORA

PORTA ROMA 80 MANUAL DA CONSTRUTORA MANUAL DA CONSTRUTORA PORTA ROMA 80 REV.1 Aviso As informações contidas neste manual estão sujeitas a alterações sem notificação prévia. Todos os cuidados foram tomados para garantir a acuidade das informações

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES ASPIRADOR DE PÓ 800 W COM CABO TELESCÓPICO Equipamento somente para uso doméstico. Obrigado por escolher um produto com a marca Tramontina. Por favor, leia o Manual de Instruções por

Leia mais

SOLUÇÕES EM REVESTIMENTOS ACÚSTICOS

SOLUÇÕES EM REVESTIMENTOS ACÚSTICOS SOLUÇÕES EM REVESTIMENTOS ACÚSTICOS Manual de Montagem Parede www.ambibrasil.com.br Acústica XXI é um sistema de revestimento para paredes e tetos que pode ser utilizado na fabricação de divisórias para

Leia mais

PAINEL DE COMANDO MANUAL DE INSTALAÇÃO OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO

PAINEL DE COMANDO MANUAL DE INSTALAÇÃO OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO PAINEL DE COMANDO MANUAL DE INSTALAÇÃO OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 1 ÍNDICE 01- SEQUENCIADOR MIDES SEQ1 1.1- DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 1.2- CONSTRUÇÃO... 4 1.3- COLOCAÇÃO EM FUNCIONAMENTO... 4 1.4- ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

Manual do Usuário. Antena Painel Outdoor 65-806 a 960MHz - 17 dbi Downtilt Ajustável ANT040009

Manual do Usuário. Antena Painel Outdoor 65-806 a 960MHz - 17 dbi Downtilt Ajustável ANT040009 Manual do Usuário Antena Painel Outdoor 65-806 a 960MHz - 17 i Downtilt Ajustável ANT040009 Este Manual Aplica- se Somente ao Produto que o Acompanha Índice Pag. 1 - Informações Gerais...2 1.1 - Apresentação...2

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Administração Regional no Estado da Bahia. Criado e mantido pelos Empresários do Comércio de Bens, Serviços e Turismo

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Administração Regional no Estado da Bahia. Criado e mantido pelos Empresários do Comércio de Bens, Serviços e Turismo CONVITE N. 44/2012 MEMORIAL DESCRITIVO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA REALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE AJUSTES E CORREÇÕES EM INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DO SESC COMÉRCIO, PARA INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS DE

Leia mais

GE Energy Management Industrial Solutions. Novo. QuiXtra 630. Sistema de painéis de baixa tensão até 630A. GE imagination at work

GE Energy Management Industrial Solutions. Novo. QuiXtra 630. Sistema de painéis de baixa tensão até 630A. GE imagination at work GE Energy Management Industrial Solutions Novo QuiXtra 630 Sistema de painéis de baixa tensão até 630A GE imagination at work Introdução QuiXtra 63 A.2 Principais vantagens A.4 Aplicações A.5 Descrição

Leia mais

MTS Criterion Série 60

MTS Criterion Série 60 MTS Criterion Série 60 Instruções para Levantamento e Movimentação 100-238-533 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação Proprietária Validação e verificação do

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESPÍRITO SANTO Comissão Permanente de Licitação - CPL. TERMO DE ESCLARECIMENTO nº 02 Concorrência 002/2014

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESPÍRITO SANTO Comissão Permanente de Licitação - CPL. TERMO DE ESCLARECIMENTO nº 02 Concorrência 002/2014 TERMO DE ESCLARECIMENTO nº 02 Concorrência 002/2014 Nos termos do item 7.1 das Condições Específicas do Edital da Concorrência Nº 002/2014, a Comissão de Licitação do MP-ES presta as seguintes informações:

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES GERAIS

CADERNO DE ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES GERAIS CADERNO DE ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES GERAIS Instalação do sistema de geração de ozônio na piscina coberta do Centro de Atividades do SESC Ceilândia. Brasília-DF COMAP/DIAD Página 1 BASES TÉCNICAS PARA

Leia mais

Elevador de Cremalheira. ELC001-F - Catálogo Técnico 2015

Elevador de Cremalheira. ELC001-F - Catálogo Técnico 2015 Elevador de Cremalheira ELC001-F - Catálogo Técnico 2015 Conheça o Elevador de Cremalheira ELC001-F! Porque utilizar o Elevador de Cremalheira ELC001-F em minha obra? Vivemos em uma época em que a maioria

Leia mais

Cuidados na Instalação

Cuidados na Instalação Cuidados na Instalação Os principais cuidados na instalação referem-se a: Localização da Bomba Fundação/Base Alinhamento Nivelamento/Fixação à Base/Grouting Acoplamento às Tubulações Instalação Final/Partida

Leia mais

Enroladores de Cabos - Contrapeso. Sistemas de Recuperação

Enroladores de Cabos - Contrapeso. Sistemas de Recuperação Enroladores de Cabos - Contrapeso Sistemas de Recuperação As figuras acima ilustram os tipos de acionamento a contrapeso. Na figura 7a temos o acionamento direto, na 7b, o acionamento direto através de

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 37/2015

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 37/2015 Instrução Técnica nº 37/2011 - Subestação elétrica 739 SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 37/2015 Subestação

Leia mais