U.O. ADMINISTRAÇÃO GERAL PROJETOS E OBRAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "U.O. ADMINISTRAÇÃO GERAL PROJETOS E OBRAS"

Transcrição

1 INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE AR CONDICIONADO NO E.R. GUARULHOS 1. OBJETO O presente memorial refere-se ao fornecimento e instalação de conjuntos de ar condicionado, a serem instalados no E.R. Guarulhos, localizado na Avenida Esperança,176 Centro Guarulhos /SP. 2. DESCRIÇÃO GERAL DA INSTALAÇÃO 2.1. Generalidades. Trata-se de um conjunto de ar condicionado para verão com controle de temperatura para conforto, beneficiando às dependências do E.R. Guarulhos /SP. O sistema adotado é o de expansão direta, com a utilização de condicionadores de ar do tipo dividido (split system), com condensadores resfriados a ar. As unidades internas (evaporadoras) serão do tipo parede e teto, e serão montadas aparentes nas áreas condicionadas e interligadas as respectivas unidades externas (condensadoras) através de tubulações frigorígenas e elétricas. As unidades condensadoras serão instaladas no vazio interno (jardim) do prédio, distribuídas de modo a não permitir a ocorrência de curto-circuito de ar quente entre as mesmas. 3. ESPECIFICAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS, MATERIAIS E SERVIÇOS 3.1 Condicionadores de Ar. - Gabinetes Será em chapa de aço tratada contra corrosão e pintada, com painéis removíveis para inspeção e limpeza. - Ventiladores Será do tipo centrífugo, com motor de pás curvadas para frente, de dupla aspiração na unidade evaporadora e do tipo axial para a unidade condensadora e deverão ser balanceados estática e dinamicamente. Deverá ser acionado por motor elétrico de indução, elevação máxima de temperatura de 40ºC em funcionamento contínuo.o acoplamento do ventilador ao motor elétrico de acionamento deverá ser direto. - Filtros de Ar Os filtros de ar deverão ser em material sintético, laváveis, atendendo á classe G1 da ABNT. - Compressores Será do tipo rotativo hermético para fluido refrigerante R-22, montado sobre calços antivibração. Deverá conter dispositivos de controle e segurança, tais como: sensor de temperatura, válvulas de serviços, etc. - Quadro Elétrico O quadro elétrico deverá ser montado no gabinete do condensador, contendo todos os dispositivos para assegurar o correto funcionamento, tanto da unidade condensadora como da unidade evaporadora. -1-

2 3.2 Circuitos Elétricos Interligações Elétricas. Serão feitas entre as unidades condensadoras e as unidades evaporadoras através de fiação e terminais devendo estar de acordo com as normas da ABNT e recomendações da concessionária de energia elétrica. Os fios elétricos deverão ter dupla isolação, classe até 750V. Todos os equipamentos deverão ter fio terra. Os eletrodutos quando utilizados, sempre que possível deverão ser montados aparentes. As bitolas mínimas dos cabos deverão ser no mínimo Ø2,5mm para circuitos de força e Ø 1,5mm para circuitos de comando Circuitos Frigorígenos Interligações Frigorígenas. Serão feitos de tubos de cobre sem costura, com espessura de parede mínima de 0,65mm, cujas características atendam ás recomendações da ABNT. O dimensionamento dos tubos será feito levando em conta a perda de carga em função da distancia entre a unidade evaporadora e a unidade condensadora A tubulação a ser dimensionada e utilizada deverá ser compatível com os requisitos solicitados pelos fabricantes dos equipamentos. Toda tubulação deverá ser adequadamente apoiada ou suspensa em suporte e abraçadeiras apropriadas, com pontos de sustentação e apoio. A rede frigorígena deverá ser limpa com nitrogênio, testada contra vazamento e efetuado vácuo no sistema antes de ser completada a carga de gás refrigerante do circuito. A rede frígorígena deverá receber isolação térmica através de tubos de espuma elastomérica, com espessura adequada para o diâmetro do tubo. 4. ENCARGOS DA EMPRESA CONTRATADA. Serão encargos da empresa contratada a execução dos serviços, objeto do presente especificação: Efetuar um levantamento minucioso das condições de realização dos serviços, comunicando por escrito, eventual desacordo com o apresentado. Efetuar a montagem de todos os componentes orçados, devendo para isso, utilizar mão-de-obra de pessoal especializado, sob responsabilidade de engenheiro credenciado. Execução de serviços complementares, de obra civil, de elétrica, de alvenaria, carpintaria e concreto, furação e recomposição de paredes, disfarces de dutos, e de qualquer outra natureza. Execução de toda instalação elétrica necessária, incluindo pontos de energia elétrica, trifásica de 220 V, 60Hz e monofásica de 110 V, nos locais e nas capacidades indicados nos desenhos, sem chaves, entendendo-se que todas as ligações elétricas dos equipamentos e instrumentos de controle, inclusive conduítes, chaves junto aos pontos de força e enfiação, a partir desses pontos de força, serão encargos da contratada. Utilização de meios disponíveis de transporte vertical dos equipamentos, bem como cessão de mão-de-obra auxiliar, entendendo-se que a responsabilidade e a orientação desse transporte cabem à contratada. Execução de toda a rede frigorífica e de todo o sistema de drenagem dos equipamentos a serem instalados. Colocar a instalação em funcionamento, efetuando ajustes e regulagem necessários. -2-

3 5. GARANTIA Deverá ser dada a garantia de um ano, no mínimo, a contar da data de entrega da instalação, em funcionamento, contra qualquer defeito de qualidade, fabricação ou montagem, exceto aqueles que se verificarem por não obediência às recomendações feitas pelo fornecedor. 6. QUALIFICAÇÃO TÉCNICA Apresentação de atestado de qualificação técnica, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, comprovando que a licitante tenha executado serviços semelhantes ao objeto desta licitação. Apresentar Atestado de Vistoria Apresentar o Registro do engenheiro responsável junto ao CREA. 7.NORMAS As instalações serão baseadas nas exigências das seguintes normas: ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas o NBR 6401: Instalações Centrais de Ar Condicionado para Conforto o NR 10: Instalações em Segurança e serviços de eletricidade o NR 5410: Norma Brasileira de Instalações Elétricas ASHRAE American Society of Heating Refrigerating and Air Conditioning Engineers SMACNA Sheet Metal Association of Contractors National Association Ministério da Saúde Portaria 3523 (28/08/1998) Agencia Nacional de Vigilância Sanitária Resolução 176 (24/10/2000) 8.QUANTITATIVO CÁLCULO CARGA TÉRMICA / QUANTITATIVO EQUIPAMENTO Setor Área/m2 BTU Adicional Pessoa Adicional PC Total/BTU Quantidade Aparelhos Capacidade Aparelhos Recepção 44, Projetos+Administrativo , Sala de Reuniões Gerência Servidor 3, Teleconferência 9, Sala de treinamento 30 38, Sala de treinamento

4 -4-

5 9.ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SPLIT HI-WALL BTU/h Capacidade (BTU/h) Corrente de operação (A) 6,4 Potência elétrica (W) 1044 Vazão de ar (m3/h) 550/500/460 E.E,R. (BTU/Wh) 8,6 Nível de Ruído - int./ext (db) 41 Rolativo Área de aplicação (m2) x280x x425x477 Peso Líquido - int./ext. (kg) 9,5/42 Comp. máximo da tubulação (m) 10 Desnível máximo (m) 5 Linha líquida, sucção (pol) 1/4;1,2 Garantia: 2 anos para equipamento e 5 anos para compressor; SPLIT HI-WALL BTU/h Capacidade (BTU/h) Corrente de operação (A) 6,4 Potência elétrica (W) 1044 Vazão de ar (m3/h) 550/500/460 E.E,R. (BTU/Wh) 8,6 Nível de Ruído - int./ext (db) 41 Rolativo Área de aplicação (m2) x280x x425x477 Peso Líquido - int./ext. (kg) 9,5/42 Comp. máximo da tubulação (m) 10 Desnível máximo (m) 5 Linha líquida, sucção (pol) 1/4;1,2. Garantia: 2 anos para equipamento e 5 anos para compressor; -5-

6 SPLIT HI-WALL BTU/h Capacidade (BTU/h) Corrente de operação (A) 8,9 Consumo (W) 1815 E.E,R. (BTU/Wh) 2,96 Nível de Ruído - int./ext (db) 42/56 Rotativo 920x292x x540x250 Peso Líquido - int./ext. (kg) 13/37 Comp. máximo da tubulação (m) 15 Desnível máximo (m) 8 Linha líquida, sucção (pol) 1/4;1/2. Garantia: 2 anos para equipamento e 5 anos para compressor; SPLIT HI-WALL BTU/h Capacidade (BTU/h) Corrente de operação (A) 8,9 Consumo (W) 1815 E.E,R. (BTU/Wh) 2,96 Nível de Ruído - int./ext (db) 42/56 Rotativo 920x292x x540x250 Peso Líquido - int./ext. (kg) 13/37 Comp. máximo da tubulação (m) 15 Desnível máximo (m) 8 Linha líquida, sucção (pol) 1/4;1/2. Garantia: 2 anos para equipamento e 5 anos para compressor; -6-

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES GERAIS SISTEMA DE AR CONDICIONADO

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES GERAIS SISTEMA DE AR CONDICIONADO ANEXO I ESPECIFICAÇÕES GERAIS SISTEMA DE AR CONDICIONADO 1. OBJETIVO O presente memorial tem pôr objetivo conceituar, definir e apresentar as bases do sistema de ar condicionado que irá atender ao imóvel

Leia mais

0(025,$/'(6&5,7,92. (63(&,),&$d (67e&1,&$63$5$,167$/$d 2'2/27(

0(025,$/'(6&5,7,92. (63(&,),&$d (67e&1,&$63$5$,167$/$d 2'2/27( 35(* 235(6(1&,$/683$71ž 0(025,$/'(6&5,7,92 (63(&,),&$d (67e&1,&$63$5$,167$/$d 2'2/27( As presentes especificações estabelecem os requisitos mínimos a serem obedecidos no fornecimento e instalação dos materiais

Leia mais

PROJETO AME BOTUCATU

PROJETO AME BOTUCATU PROJETO AME BOTUCATU Memorial Descritivo Ar Condicionado - PRELIMINAR Ass: - Data: - - PARA INFORMAÇÃO Ass: - Data: - - PARA APROVAÇÃO Ass: - Data: - X LIBERADO P/ FABRICAÇÃO Ass: CONNECT / ALDE BARCELOS

Leia mais

Coldex Tosi Ar Condicionado

Coldex Tosi Ar Condicionado Coldex Tosi Ar Condicionado Condicionadores de Ar Self Contained 5 a 40 TR tipo ROOF-TOP ESPECIFICAÇÕES A linha SELF CONTAINED TOSI foi projetada visando obter a melhor relação custo-beneficio do mercado,

Leia mais

PALÁCIO DA ABOLIÇÃO PROJETO DE AR CONDICIONADO ASSUNTO: MEMORIAL DESCRITIVO DAS INSTALAÇÕES E ESPEFIFICAÇÕES TÉCNICAS

PALÁCIO DA ABOLIÇÃO PROJETO DE AR CONDICIONADO ASSUNTO: MEMORIAL DESCRITIVO DAS INSTALAÇÕES E ESPEFIFICAÇÕES TÉCNICAS PALÁCIO DA ABOLIÇÃO PROJETO DE AR CONDICIONADO ASSUNTO: MEMORIAL DESCRITIVO DAS INSTALAÇÕES E ESPEFIFICAÇÕES TÉCNICAS AUTOR : COMARU PROJETOS E CONSULTORIA DATA : JULHO DE 2008 ÍNDICE: 1.0 Relação de desenhos

Leia mais

Saiba mais sobre Condicionadores de AR.

Saiba mais sobre Condicionadores de AR. Saiba mais sobre Condicionadores de AR. O ar-condicionado está na vida das pessoas: em casa, no carro e no trabalho. Apesar de ser um alívio contra o calor, este equipamento pode ser um meio de disseminação

Leia mais

Refrigeração de Transporte

Refrigeração de Transporte EQUIPAMENTOS PARA REFRIGERAÇÃO DE TRANSPORTE Refrigeração de Transporte TD-12 DESCRIÇÃO Equipamento frigorífico frontal vertical, acionado por motor diesel. Itens de série Escada de acesso ao equipamento.

Leia mais

Projeto de Dimensionamento dos Ar Condicionados para Climatização dos Ambientes do COT-UFMT

Projeto de Dimensionamento dos Ar Condicionados para Climatização dos Ambientes do COT-UFMT Projeto de Dimensionamento dos Ar Condicionados para Climatização dos Ambientes do COT-UFMT Engenheiro Mecânico: Marcelo Mendes Vieira Registro Nacional CREA: 260569341-4 Convênio 002/2011/SECOPA Fundação

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 01/2015 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 01/2015 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 01/2015 CREMEB 1 -DO OBJETO 1.1 O objeto do Pregão Presencial é a aquisição desinstalação e instalação por demanda de 13 aparelhos de ar condicionado

Leia mais

INSTALAÇÕES DE AR CONDICIONADO

INSTALAÇÕES DE AR CONDICIONADO FNDE ProInfância INSTALAÇÕES DE AR CONDICIONADO PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL TÉCNICO 13 de março de 2008 FNDE ProInfância INSTALAÇÕES DE AR CONDICIONADO MEMORIAL TÉCNICO Memória Descritiva e Justificativa

Leia mais

Unidade de Tratamento de Ar. Fácil, Versátil e Digital Perfeito para Aplicações de Conforto

Unidade de Tratamento de Ar. Fácil, Versátil e Digital Perfeito para Aplicações de Conforto Unidade de Tratamento de Ar Fácil, Versátil e Digital Perfeito para Aplicações de Conforto Informações Técnicas Módulos Acessibilidade do equipamento O sistema de tratamento de ar que se adapta a qualquer

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO FL.: 1/8 SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO SISTEMA DO AR CONDICIONADO CENTRO DE CULTURA, MEMÓRIA E ESTUDOS DA DIVERSIDADE SEXUAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. LOJAS 515 e 518 - METRÔ REPÚBLICA

Leia mais

ANEXO I CONDIÇÕES DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS PREGÃO AMPLO Nº 011/2005 PROCESSO Nº 53569.002.040/2005

ANEXO I CONDIÇÕES DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS PREGÃO AMPLO Nº 011/2005 PROCESSO Nº 53569.002.040/2005 1. OBJETO ANEXO I CONDIÇÕES DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS PREGÃO AMPLO Nº 011/2005 PROCESSO Nº 53569.002.040/2005 1.1. Estas especificações visam estabelecer as condições de execução dos serviços de manutenção

Leia mais

PROCESSO N 020601.010253/15-70 CARIMBO CNPJ Nº

PROCESSO N 020601.010253/15-70 CARIMBO CNPJ Nº Ao Governo do Estado de Roraima Secretaria de Estado da Saúde SESAU Gerencia Especial de Cotação GEC MODELO DA PROPOSTA DE PREÇOS PROCESSO N 020601.010253/15-70 CARIMBO ANEXO I 01 Condicionadores de Ar

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CADERNO DE MEMORIAL DESCRITIVO EQUIPAMENTOS DE VENTILAÇÃO LOCAL: FORTALEZA-CE UNIDADE: RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO DATA: JANEIRO/2010 AUTOR: ADERBAL COSTA ARAÚJO ENG MECÂNICO

Leia mais

Centro de Seleção/UFGD Técnico em Refrigeração ==Questão 26==================== Assinale a alternativa que define refrigeração.

Centro de Seleção/UFGD Técnico em Refrigeração ==Questão 26==================== Assinale a alternativa que define refrigeração. Técnico em Refrigeração ==Questão 26==================== Assinale a alternativa que define refrigeração. (A) O movimento de energia de frio dentro de um espaço onde ele é necessário. (B) A remoção de calor

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7 MANUAL DE INSTRUÇÕES Compact Indústria de Produtos Termodinâmicos Ltda. Fábrica: Est. BR-116 KM 152,3, 21940 Pavilhão 1 Bairro Planalto Caxias do Sul - RS - CEP 95070-070 Fone (0XX) 54-2108-3838- Fax:

Leia mais

Desumidificador. Desidrat Plus IV Desidrat Plus V

Desumidificador. Desidrat Plus IV Desidrat Plus V Desumidificador Desidrat Plus IV Desidrat Plus V Lista de instrução de uso. Painel de controle. Introdução à estrutura. Instrução de Uso. Proteção e Manutenção. Solução de problemas. Referência. Obrigado

Leia mais

SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Bombas de Calor para A.Q.S. AQUAECO SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Bombas de Calor para A.Q.S. Uma tecnologia de futuro Sistema eficiente de aquecimento de águas 03 Serviços de Apoio ao Cliente 04 Bomba

Leia mais

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PROJETO: ELÉTRICO Modelo: 3.000 m2 MAIO 2011 SUMÁRIO 1. GENERALIDADES... 03 2. DOCUMENTOS APLICÁVEIS... 04 3. DESCRIÇÃO DO PROJETO...

Leia mais

Ar Condicionado Split System Hi-Wall

Ar Condicionado Split System Hi-Wall COTAÇÃO ELETRÔNICA: 027/2013 COMPRASNET Termo de Referência Ar Condicionado Split System Hi-Wall Sala dos Administradores Almoxarifado Unidade Pedro de Toledo 1- OBJETO Contratação de empresa especializada

Leia mais

1. OBJETO 2. PRODUTOS

1. OBJETO 2. PRODUTOS 1. OBJETO 1.1 Aquisição com instalação de aparelhos de ar-condicionado tipo split para atendimento da Unidade Operacional da Anatel em Mato Grosso do Sul (UO7.2). 2. PRODUTOS 2.1 Fornecimento de 4 (quatro)

Leia mais

A entrada de energia elétrica será executada através de:

A entrada de energia elétrica será executada através de: Florianópolis, 25 de março de 2013. 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS O presente memorial tem como principal objetivo complementar as instalações apresentadas nos desenhos/plantas, descrevendo-os nas suas partes

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. (Serviço de Manutenção dos Condicionadores de Ar da Câmara Municipal de Sinop MT)

TERMO DE REFERÊNCIA. (Serviço de Manutenção dos Condicionadores de Ar da Câmara Municipal de Sinop MT) TERMO DE REFERÊNCIA (Serviço de Manutenção dos Condicionadores de Ar da Câmara Municipal de Sinop MT) 1. DO OBJETO 1.1 A presente licitação tem por objeto a seleção da proposta mais vantajosa para a CÂMARA

Leia mais

Anexo VI - Memorial Para Sistemas Mecânicos (Elevador)

Anexo VI - Memorial Para Sistemas Mecânicos (Elevador) Anexo VI - Memorial Para Sistemas Mecânicos (Elevador) Nota: As especificações técnicas abaixo são um modelo a ser adaptado para cada caso. ELEVADOR ELÉTRICO AUTOMÁTICO PARA TRANSPORTE DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Leia mais

SISTEMAS DE AR CONDICIONADO

SISTEMAS DE AR CONDICIONADO LOCAL : RESP : REVISÃO : 0 DATA : 08/2014 PROJETO AC/ UD GOIANIRA RUA JOSÉ RODRIGUES NAVES, LOTES 07 E 08, VILA PADRE PELÁGIO GOIANIRA, GOIÁS Engenheiro Mecânico Jonatas de Oliveira DOCUMENTO: MEMORIAL

Leia mais

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1 ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EDITAL DO PREGÃO AMPLO Nº 008/2010-ER05-Anatel PROCESSO Nº 53528.001004/2010 Projeto Executivo e Estudos de Adequação da nova Sala de Servidores da rede de

Leia mais

Câmara Frigorífica para Frios & Laticínios Resfriados - CRE. www.capitalrefrigeracao.com.br. www.capitalrefrigeracao.com.br

Câmara Frigorífica para Frios & Laticínios Resfriados - CRE. www.capitalrefrigeracao.com.br. www.capitalrefrigeracao.com.br Imagem Ilustrativa Câmara Frigorífica para Frios & Laticínios Resfriados - CRE F R I O L I N O Descritivo Descritivo A linha de Câmaras Frigoríficas COLD Stock para estocagem de Frios & Laticínios Resfriados

Leia mais

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO E PLANILHA DE SERVIÇOS

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO E PLANILHA DE SERVIÇOS ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO E PLANILHA DE SERVIÇOS MEMORIAL DESCRITIVO 1.0 - INTRODUÇÃO Este memorial descritivo tem por objetivo definir as especificações e características técnicas básicas para a execução

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Fornecimento e Instalação de Equipamento de Ar Condicionado Sede Poiesis

TERMO DE REFERÊNCIA Fornecimento e Instalação de Equipamento de Ar Condicionado Sede Poiesis 1. JUSTIFICATIVA O presente Termo tem por objetivo a contratação de empresa especializada em prover solução técnica que venha a garantir condições internas de temperatura e climatização de acordo com Norma

Leia mais

Jato suave e concentrado; Chuveiro com chave seletora para ajuste da temperatura (4 temperaturas); Inovação tecnológica;

Jato suave e concentrado; Chuveiro com chave seletora para ajuste da temperatura (4 temperaturas); Inovação tecnológica; 1 1. INFORMAÇÕES GERAIS Função O Chuveiro tem como função principal fornecer água com vazão adequada à higiene pessoal. Aplicação Utilizado para higiene pessoal em banheiros ou áreas externas como piscinas.

Leia mais

Self Wall Mounted. Catálogo Técnico Unidade Wall Mounted 50BW 24/36/48/60

Self Wall Mounted. Catálogo Técnico Unidade Wall Mounted 50BW 24/36/48/60 Self Wall Mounted Catálogo Técnico Unidade Wall Mounted 50BW 24/36/48/60 Índice 1 2 3 4 5 6 7 8 INTRODUÇÃO...3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS GERAIS...5 DADOS ELÉTRICOS...6 DADOS DIMENSIONAIS...6 CIRCUITO FRIGORÍFICO...9

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO GR06 Nº 03/2015-ANATEL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO GR06 Nº 03/2015-ANATEL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETIVO 1.1. Iniciar procedimento licitatório, no âmbito da Agência Nacional de Telecomunicações Anatel, para contratar serviços continuados de manutenção preventiva e corretiva em equipamentos de

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÕES CASA DE RUI BARBOSA

MANUAL DE OPERAÇÕES CASA DE RUI BARBOSA MANUAL DE OPERAÇÕES CLIMATIZAÇÃO DA BIBLIOTECA CASA DE RUI BARBOSA Av. São Clemente, Nº134 Botafogo Rio de Janeiro/RJ 1 O presente Manual tem por objetivo descrever e especificar as características operacionais,

Leia mais

Artigo Técnico: Startup de Elevadores

Artigo Técnico: Startup de Elevadores Artigo Técnico: Startup de Elevadores Problemas enfrentados no início de operação de elevadores instalados em edifícios existentes modernização ou substituição dos equipamentos em edificações habitadas.

Leia mais

CONDICIONADOR DE AR TIPO JANELA MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO LINHA: EGF GARANTIA. Condicionador de ar

CONDICIONADOR DE AR TIPO JANELA MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO LINHA: EGF GARANTIA. Condicionador de ar CONDICIONADOR DE AR TIPO JANELA MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO LINHA: EGF DE GARANTIA LEIA O CERTIFICADO Condicionador de ar 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. CONDICIONADOR DE AR, PEÇAS

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TRANSITO DE GOIAS PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS.

DEPARTAMENTO DE TRANSITO DE GOIAS PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS. MEMORIAL DESCRITIVO DEPARTAMENTO DE TRANSITO DE GOIAS PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS. 1 I INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE GOIÁS. 1.0 - DADOS BÁSICOS: 1.1 - Edifício: Prédio

Leia mais

LANÇAMENTO VALORIZE SEU MOMENTO DE LAZER. AQUECIMENTO DE ÁGUA. O novo grau de conforto. LINHA BOMBA DE CALOR PARA PISCINA

LANÇAMENTO VALORIZE SEU MOMENTO DE LAZER. AQUECIMENTO DE ÁGUA. O novo grau de conforto. LINHA BOMBA DE CALOR PARA PISCINA LANÇAMENTO VALORIZE SEU MOMENTO DE LAZER. AQUECIMENTO DE ÁGUA LINHA BOMBA DE CALOR PARA PISCINA O novo grau de conforto. EFICIÊNCIA COMPROVADA, SATISFAÇÃO GARANTIDA. EFICIÊNCIA Ventilador com alta efi

Leia mais

Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas www.ibraop.com.br

Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas www.ibraop.com.br Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas www.ibraop.com.br ORIENTAÇÃO TÉCNICA OT - IBR 001/2006 PROJETO BÁSICO Primeira edição: válida a partir de 07/11/2006 Palavras Chave: Projeto Básico,

Leia mais

DIAMOND Self Contained

DIAMOND Self Contained DIAMOND Self Contained Condicionador de Ar Central Self Contained 20 a 40 TR - Ar ou Água Condensador Remoto CRCE/CRCB 60 Hz Março, 2004 PKG-PRC001-PT Introdução Self Contained Diamond Desenvolvido para

Leia mais

ANEXO I 1.5 TIPOS DE APARELHOS DE AR CONDICIONADO E QUANTIDADE A SEREM INSTALADAS. TIPO MAT./Serv. Material consumo. Material. consumo.

ANEXO I 1.5 TIPOS DE APARELHOS DE AR CONDICIONADO E QUANTIDADE A SEREM INSTALADAS. TIPO MAT./Serv. Material consumo. Material. consumo. ANEXO I 1.1 Este Termo de Referência tem por objetivo a contratação de empresa especializada em prestação de serviços de Instalação de aparelhos de ar condicionado tipo split (unidade condensadora, unidade

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO CATEGORIA: SIRENES ELETROMECÂNICAS Sirene Eletromecânica Industrial Convencional Para Médias e Grandes Áreas - Código: AFRT12. A sirene de alarme código AFRT12 é um equipamento que deve ser instalado no

Leia mais

Manual de Operação 1

Manual de Operação 1 Manual de Operação 1 Termo de Garantia A Midea do Brasil, garante este produto contra defeito de fabricação pelo prazo de um ano a contar da data da emissão da nota fiscal de compra para o consumidor final.

Leia mais

PRÉDIO SRNO - INFRAERO

PRÉDIO SRNO - INFRAERO I - SISTEMA DE EXPANSÃO DIRETA - VRF I.1 - SISTEMA 01 - TÉRREO I.1.1 EQUIPAMENTOS VRF - conforme especificação Módulo externo (condensador) 48 HP - 380 V - 3F unid. 1,00 Evaporadora Cassete 4 Vias - 9.000

Leia mais

ANEXO 1 ETAPAS FÍSICAS E CONTEÚDO LOCAL QUE DEVERÃO SER CUMPRIDOS PELO FABRICANTE

ANEXO 1 ETAPAS FÍSICAS E CONTEÚDO LOCAL QUE DEVERÃO SER CUMPRIDOS PELO FABRICANTE ANEXO 1 ETAPAS FÍSICAS E CONTEÚDO LOCAL QUE DEVERÃO SER CUMPRIDOS PELO FABRICANTE A. AEROGERADORES COM CAIXA MULTIPLICADORA A.1. MARCO INICIAL Consiste no enquadramento do Fabricante, pela análise do BNDES,

Leia mais

Manual Técnico e Certificado de Garantia

Manual Técnico e Certificado de Garantia Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes. Com design diferenciado o Efyx Nauta é pré-montado. Siga todas

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES PARA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE CIRCUITO FECHADO DE TV CFTV PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DA ANATEL NO RIO GRANDE DO SUL ER05,

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES PARA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE CIRCUITO FECHADO DE TV CFTV PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DA ANATEL NO RIO GRANDE DO SUL ER05, ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES ANATEL CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES PARA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE CIRCUITO FECHADO DE TV CFTV PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DA ANATEL NO RIO GRANDE DO SUL ER05, SITUADO EM

Leia mais

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 MATERIAL CÓDIGO SISTEMA DE EXAUSTÃO CE 01 SISTEMA DE EXAUSTÃO CE 01 Descrição de Equivalência Técnica Exigida Toda a cozinha

Leia mais

EXAUSTORES CENTRÍFUGOS DE TELHADO ROTOR DE PÁS CURVADAS PARA TRÁS / FLUXO VERTICAL. Modelo TCV

EXAUSTORES CENTRÍFUGOS DE TELHADO ROTOR DE PÁS CURVADAS PARA TRÁS / FLUXO VERTICAL. Modelo TCV EXAUSTORES CENTRÍFUGOS DE TELHADO ROTOR DE PÁS CURVADAS PARA TRÁS / FLUXO VERTICAL Modelo TCV VENTILADORES CENTRÍFUGOS DUPLA ASPIRAÇÃO Aspectos Gerais Os exaustores centrífugos modelo TCV, especificamente

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1. Aquisição e instalação de aparelhos de ar, com fornecimento materiais para a instalação, conforme especificações discriminadas: SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA - COLATINA

Leia mais

Estado do Pará Prefeitura Municipal de Canaã dos Carajás Comissão Permanente de Licitação

Estado do Pará Prefeitura Municipal de Canaã dos Carajás Comissão Permanente de Licitação OFICIO nº 047/2016 - FMS A: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social At. Sr(a). Maria Pereira Lima de Souza. Assunto: Resposta ao Oficio 030/2016 - SEMDES Prezado (a) Senhor (a), O Fundo Municipal

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES 1. GENERALIDADES Este documento tem por objetivo fornecer aos interessados no Chamamento Público as especificações básicas que deverão ser seguidas para o atendimento deste objeto.

Leia mais

http://www.comprasnet.gov.br/livre/pregao/ataeletronico.asp?uasg=200098&numprp=42009&s...

http://www.comprasnet.gov.br/livre/pregao/ataeletronico.asp?uasg=200098&numprp=42009&s... Page 1 of 13 200098.42009.2601.4216.339152667.147 MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Ministério Público do Trabalho Procuradoria Geral do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho da 22ª Região Ata de Realização

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA DE AR CONDICIONADO

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA DE AR CONDICIONADO FOLHA: 1/18 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA DE AR CONDICIONADO FOLHA: 2/18 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO...4 2. NORMAS TÉCNICAS DE REFERÊNCIA...4 2.1. Normas Nacionais:...4 2.2. Normas Internacionais:...4 3. EQUIPAMENTOS...5

Leia mais

INDICE DESEMBALAJE FUNCIONANDO A VITRINE USO

INDICE DESEMBALAJE FUNCIONANDO A VITRINE USO NOTAS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS PANNEL DE CONTROL LIMPEZA POSICIONAMIENTO / NIVELACÃO CONEXIÓN ELÉCTRICA CONSERVACION SERVICIO ASISTENCIA COMPOSIÇÃO DAS CUBAS SUBSTITUIÇÃO DAS LÂMPADAS INDICE NOTAS Sempre

Leia mais

Ar Condicionado. Linha Mini Split. Linha Completa para o Conforto Térmico. piso teto

Ar Condicionado. Linha Mini Split. Linha Completa para o Conforto Térmico. piso teto Ar Condicionado Linha Mini Split VOCÊ CRIA O AMBIENTE, NÓS CRIAMOS O CLIMA. CASSETE piso teto Linha Completa para o Conforto Térmico Cassete Apresentação Os aparelhos Cassete são discretos tanto por seu

Leia mais

NOTA TÉCNICA 6.005. Página 1 de 20. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Planejamento do Sistema. Gerência da Distribuição

NOTA TÉCNICA 6.005. Página 1 de 20. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Planejamento do Sistema. Gerência da Distribuição Página 1 de 0 NOTA TÉCNICA 6.005 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INTERLIGAÇÃO DE GERADOR PARTICULAR DE CONSUMIDOR PRIMÁRIO COM A REDE DE DISTRIBUIÇÃO DA AES ELETROPAULO UTILIZANDO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA

Leia mais

MOBILIÁRIO DE INFORMÁTICA ARQUIVO DESLIZANTE

MOBILIÁRIO DE INFORMÁTICA ARQUIVO DESLIZANTE ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MOBILIÁRIO DE INFORMÁTICA ARQUIVO DESLIZANTE ESPECIFICAÇÕES DE MOBILIÁRIO DE INFORMÁTICA E ARQUIVOS DESLIZANTES DESTINADOS À AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE VENÂNCIO AIRES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE VENÂNCIO AIRES EMEF CIDADE NOVA BAIRRO CIDADE NOVA MOBILIÁRIO COZINHA, DESPENSA E DEPÓSITO MATERIAIS DE LIMPEZA MEMORIAL DE INTENÇÕES 1. OBJETIVO: A presente especificação tem por objetivo estabelecer os critérios para

Leia mais

ESTADO DO ACRE Secretaria de Estado da Gestão Administrativa Secretaria Adjunta de Compras e Licitações Comissão Permanente de Licitação CPL 06

ESTADO DO ACRE Secretaria de Estado da Gestão Administrativa Secretaria Adjunta de Compras e Licitações Comissão Permanente de Licitação CPL 06 1 2 9.000btu/h só frio especificações técnicas mínimas: capacidade de refrigeração 9.000 btu/h; operação eletrônica; ciclo frio; tensão 220v/60hz; cor branca; vazão de ar mínima de 450 m³/h; corrente total

Leia mais

USINA DE TRATAMENTO DE ESGOTO US3-RALF RESUMO

USINA DE TRATAMENTO DE ESGOTO US3-RALF RESUMO MEMORIAL TÉCNICO: TROCA DE TRANSFORMADOR, CONSTRUÇÃO DE SUBESTAÇÃO EM POSTE SIMPLES COM CABINA DE MEDIÇÃO INDIRETA EM BT DE ENERGIA ELÉTRICA E ADEQUAÇÃO AS NORMAS VIGENTES USINA DE TRATAMENTO DE ESGOTO

Leia mais

INFRA-ESTRUTURA PARA INSTALAÇÃO, ATIVAÇÃO E RECUPERAÇÃO DE EILD

INFRA-ESTRUTURA PARA INSTALAÇÃO, ATIVAÇÃO E RECUPERAÇÃO DE EILD ANEXO 5 Contrato de Fornecimento de Serviços de Exploração Industrial de Linhas Dedicadas EILD entre a BRASIL e a OPERADORA INFRA-ESTRUTURA PARA INSTALAÇÃO, ATIVAÇÃO E RECUPERAÇÃO DE EILD Página 1 de 7

Leia mais

Compressores de parafuso

Compressores de parafuso Construídos para toda a vida Compressores de parafuso SÉRIE SM Capacidade: 0.45 a 1.20 m³/min Pressão: 7.5 a 13 bar Compressor de parafusos rotativos Máxima Eficiência e Confiabilidade Há anos os consumidores

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSPEÇÃO, MANUTENÇÃO, RECARGA E TESTE HIDROSTÁTICO EM EXTITORES DE INCÊNDIO DO SESC/AR/DF CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES 1. INTRODUÇÃO Este documento

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO VIII Referente ao Edital de Pregão nº. 029/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Página 1 de 8 1. OBJETO: Contratação de empresa para prestação de serviços de manutenção em sistemas de ar condicionado existentes

Leia mais

Responsavel Técnico: Kadner Pequeno Feitosa CREA 1600584594 Email-ativaprojetoseletricos@gmail.com

Responsavel Técnico: Kadner Pequeno Feitosa CREA 1600584594 Email-ativaprojetoseletricos@gmail.com Projeto Elétrico Padrão de Medição, fornecimento de energia em tensão primária 13.8kV, a partir da rede aérea de distribuição para atender Defensoria Pública do Estado da Paraíba. Responsavel Técnico:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO NORMAS GERAIS:

MEMORIAL DESCRITIVO NORMAS GERAIS: MEMORIAL DESCRITIVO INFORMAÇÕES GERAIS: OBRA: REFORMA E ADAPTAÇÃO DE P.S.F. CIDADE/UF: GOIATUBA / GO DATA: ABRIL DE 2013. UNIDADE: RECREIO DOS BANDEIRANTES (307) NORMAS GERAIS: 1. Os materiais e serviços

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS OBRA: C.M.E.I TIA JOVITA LOCAL: RUA PARACATU C/ RUA 4 C/ AVENIDA CRUZEIRO DO SUL - VILA PEDROSO. GOIÂNIA / GO. 1 1.0 - MEMORIAL DESCRITIVO.

Leia mais

Instruções de montagem

Instruções de montagem Instruções de montagem Módulos de função xm10 para Caldeiras de aquecimento Murais, de Chão e para a parede. Para os técnicos especializados Leia atentamente antes da montagem 7 747 005 078 03/003 PT Prefácio

Leia mais

Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA

Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA Caderno de Provas REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA Use apenas caneta esferográfica azul ou preta. Escreva o seu nome completo

Leia mais

MEMORIAL DE ESPECIFICAÇÕES PROJETO DE CLIMATIZAÇÃO CLIMATIZAÇÃO ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA ZENAIDE SCHMITT COSTA BAIRRO SANTA TEREZINHA

MEMORIAL DE ESPECIFICAÇÕES PROJETO DE CLIMATIZAÇÃO CLIMATIZAÇÃO ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA ZENAIDE SCHMITT COSTA BAIRRO SANTA TEREZINHA MEMORIAL DE ESPECIFICAÇÕES PROJETO DE CLIMATIZAÇÃO RESPONSÁVEIS TÉCNICOS: JOEL REINERT ENGENHEIRO MECÂNICO - CREA/SC 012168-6 OBRA: CLIMATIZAÇÃO ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA ZENAIDE SCHMITT COSTA BAIRRO SANTA

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças 1. DO OBJETO: Governo do Estado do Rio de Janeiro Código de Classificação: 13.02.01.15 TERMO DE REFERÊNCIA Outorga de permissão de uso, com encargos, de área localizada no prédio sede da, situado na Avenida

Leia mais

Assim como o diâmetro de um cano é função da quantidade de água que passa em seu interior, a bitola de um condutor depende da quantidade de elétrons

Assim como o diâmetro de um cano é função da quantidade de água que passa em seu interior, a bitola de um condutor depende da quantidade de elétrons Elétrica Quem compõe a instalação elétrica - quadro de luz - centro nervoso das instalações elétricas. Deve ser metálico ou de material incombustível, e nunca de madeira (na sua parte interna ou externa).

Leia mais

Autor do Proj. / Resp. Técnico CREA /UF ENG DARCIO BENJAMIN REIS 425 D/PE. Coordenador Adjunto do Contrato CREA/UF. Sítio

Autor do Proj. / Resp. Técnico CREA /UF ENG DARCIO BENJAMIN REIS 425 D/PE. Coordenador Adjunto do Contrato CREA/UF. Sítio 02 REVISÃO CONF. COMENTÁRIOS 28/02/2011 DÁRCIO REIS CLÁUDIO JOSÉ L. V. LAGHI 01 REVISÃO GERAL 12/01/2011 DÁRCIO REIS CLÁUDIO JOSÉ L. V. LAGHI 00 EMISSÃO INICIAL 30/08/2010 DÁRCIO REIS CLÁUDIO JOSÉ L. V.

Leia mais

MANUTENÇÃO DO AR CONDICIONADO

MANUTENÇÃO DO AR CONDICIONADO MANUTENÇÃO DO AR CONDICIONADO LOCAL : APARELHO: JANEIRO FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO LIMPEZA TROCA DE PEÇA PEÇA TROCADA TÉCNICO RESPONSÁVEL CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

Este produto está garantido contra defeito de fabricação por um período de 18 (dezoito) meses, a contar da data da nota fiscal de saída do produto.

Este produto está garantido contra defeito de fabricação por um período de 18 (dezoito) meses, a contar da data da nota fiscal de saída do produto. Parabéns por ter adquirido um dos produtos da Fertron, uma empresa que tem orgulho de ser brasileira, atendendo clientes em todo o território nacional e também em diversos países. Nossa meta é oferecer

Leia mais

ERGONOMIA Notas de Aula. Ponto 02 ANÁLISE ERGONÔMICA DO TRABALHO Prof. Dr. Mario S. Ferreira, Prof. Dr. Carlos Antônio Ramires Righi Março, 2009.

ERGONOMIA Notas de Aula. Ponto 02 ANÁLISE ERGONÔMICA DO TRABALHO Prof. Dr. Mario S. Ferreira, Prof. Dr. Carlos Antônio Ramires Righi Março, 2009. 1. INTRODUÇÃO ERGONOMIA Notas de Aula Ponto 02 ANÁLISE ERGONÔMICA DO TRABALHO Prof. Dr. Mario S. Ferreira, Prof. Dr. Carlos Antônio Ramires Righi Março, 2009. A Análise Ergonômica do Trabalho - AET é uma

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ MEMORIAL DESCRITIVO FORNECIMENTO E EXECUÇÃO

Leia mais

QUALIFICAÇÃO E ATUAÇÃO DE ÓRGÃOS DE SUPERVISÃO TÉCNICA INDEPENDENTE EM USINAS NUCLEOELÉTRICAS E OUTRAS INSTALAÇÕES

QUALIFICAÇÃO E ATUAÇÃO DE ÓRGÃOS DE SUPERVISÃO TÉCNICA INDEPENDENTE EM USINAS NUCLEOELÉTRICAS E OUTRAS INSTALAÇÕES Norma CNEN NE 1.28 Resolução CNEN 15/99 Setembro / 1999 QUALIFICAÇÃO E ATUAÇÃO DE ÓRGÃOS DE SUPERVISÃO TÉCNICA INDEPENDENTE EM USINAS NUCLEOELÉTRICAS E OUTRAS INSTALAÇÕES Resolução CNEN 15/99 Publicação:

Leia mais

Equipe: Eliton Baltazar; Ednaldo Luciano; Anderson Cisne; Jeferson Carlos; Antônio Rodrigues. 10 Período Engenharia Mecânica Prof : Fernando Corade

Equipe: Eliton Baltazar; Ednaldo Luciano; Anderson Cisne; Jeferson Carlos; Antônio Rodrigues. 10 Período Engenharia Mecânica Prof : Fernando Corade Equipe: Eliton Baltazar; Ednaldo Luciano; Anderson Cisne; Jeferson Carlos; Antônio Rodrigues. 10 Período Engenharia Mecânica Prof : Fernando Corade OBJETIVO Conforto térmico. Extrair o calor de uma fonte

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 021/2015 Termo de Referência 1. DO OBJETO 1.1. Este Termo de Referência tem por objetivo a aquisição, por intermédio de licitação na modalidade de Pregão Presencial, de

Leia mais

SUMÁRIO. Elaboração Revisão Aprovado (ou Aprovação) Data aprovação Maturino Rabello Jr Marco Antônio W. Rocha Carmen T. Fantinel

SUMÁRIO. Elaboração Revisão Aprovado (ou Aprovação) Data aprovação Maturino Rabello Jr Marco Antônio W. Rocha Carmen T. Fantinel SUMÁRIO 1. Objetivo e campo de aplicação...2 2. Referências...2 3. Definições...2 3.1 Hidrômetro...2 3.2 A.R.T...2 3.3 Ramal predial de água...2 4. Procedimentos e Responsabilidades...3 4.1 Generalidades...3

Leia mais

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 IMPORTANTE... 3 SEGURANÇA... 3 CUIDADOS AO RECEBER O EQUIPAMENTO... 4 1) Instalação dos exaustores... 5 2) Instalação

Leia mais

Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança

Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança Impression TM Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança Impression Ar condicionado Central VRF Perfil do Produto A linha de produtos Impression é um novo conceito de condicionador de ar inteligente VRF

Leia mais

CONCORRÊNCIA PÚBLICA DE TÉCNICA E PREÇONº 003/15 CIRCULAR Nº01

CONCORRÊNCIA PÚBLICA DE TÉCNICA E PREÇONº 003/15 CIRCULAR Nº01 Contratação para os serviços de elaboração de Projetos Executivos de Engenharia para gasodutos, redes internas, incluindo levantamento topográfico semi-cadastral, proteção catódica, o estudo de interferência

Leia mais

SESI - SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI DE SIMÕES FILHO QUADRA POLIESPORTIVA. Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas

SESI - SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI DE SIMÕES FILHO QUADRA POLIESPORTIVA. Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas SESI - SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI DE SIMÕES FILHO QUADRA POLIESPORTIVA Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas Memorial Descritivo Revisão - 1 Outubro / 2010 página 1 S U M Á R I O : 1

Leia mais

SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS

SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS Instruções de preenchimento: Para preenchimento desta ficha sugere-se a participação das equipes Comercial, Manutenção, TI, Meio ambiente, Operações

Leia mais

ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS

ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS 1 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 CANTEIRO DE OBRAS 1.1.1 Construção provisória em madeira -

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO : TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO DIRETORIA DE ENGENHARIA E ARQUITETURA TERMO DE REFERÊNCIA

PODER JUDICIÁRIO : TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO DIRETORIA DE ENGENHARIA E ARQUITETURA TERMO DE REFERÊNCIA : j TERMO DE REFERÊNCIA FORNECIMENTO DE CORTINAS TIPO ROMANAS A SEREM INSTALADAS NO GABINETE DO DESEMBARGADOR CORREGEDOR DA CORRÊGEDORIA GERAL DE JUSTIÇA DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE PERNAMBUCO 1.

Leia mais

Manual de Instalação e Operações

Manual de Instalação e Operações Manual de Instalação e Operações Acionador On/Off Bivolt Sistema de Aquecimento para banheira de hidromassagem PARA SUA SEGURANÇA: Antes de Instalar este produto, leia atentamente este manual de instruções.

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO PREGAO POR REGISTRO DE PRECOS nº. 116 2008 CPL 05 SESP AQUISICAO DE MATERIAL PERMANENTE CONDICIONADOR DE AR

1ª RETIFICAÇÃO PREGAO POR REGISTRO DE PRECOS nº. 116 2008 CPL 05 SESP AQUISICAO DE MATERIAL PERMANENTE CONDICIONADOR DE AR 1ª RETIFICAÇÃO PREGAO POR REGISTRO DE PRECOS nº. 116 2008 CPL 05 SESP AQUISICAO DE MATERIAL PERMANENTE CONDICIONADOR DE AR A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CPL 05 comunica aos interessados que o Pregão

Leia mais

CONTROLE DO COMPRESSOR DE REFRIGERAÇÃO

CONTROLE DO COMPRESSOR DE REFRIGERAÇÃO Ferramental [1] Caixa Exxoclim (ver manual da montadora) : Flash equipamento 2.4.2-1) [2] Estação de recuperação, reciclagem, escoamento a vácuo, carga [3] Kit tampões (climatização) : (-).1701-HZ Controle

Leia mais

EVAPORADOR ELIMINADOR DE GOTEJAMENTO

EVAPORADOR ELIMINADOR DE GOTEJAMENTO EVAPORADOR ELIMINADOR DE GOTEJAMENTO Aparelho Bivolt 110v 220v ATENÇÃO: INSTALAR EXTERNAMENTE * Capacidade total em 220v. Em 110v, redução de 50% a 60% na capacidade de evaporação. *Não testar com água

Leia mais

IT - 32 SUBESTAÇÕES ELÉTRICAS

IT - 32 SUBESTAÇÕES ELÉTRICAS IT - 32 SUBESTAÇÕES ELÉTRICAS SUMÁRIO ANEXO 1 Objetivo - Figuras, separações e afastamentos entre equipamentos e edificações. 2 Aplicação 3 Referências normativas e bibliográficas 4 Definições 5 Procedimentos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Instalação e readequação de aparelhos de ar condicionado FÁBRICAS DE CULTURA

TERMO DE REFERÊNCIA Instalação e readequação de aparelhos de ar condicionado FÁBRICAS DE CULTURA TERMO DE REFERÊNCIA Instalação e readequação de aparelhos de ar condicionado FÁBRICAS DE CULTURA Brasilândia Vila Nova Cachoeirinha Jardim São Luís Capão Redondo Jaçanã ÍNDICE DO TERMO DE REFERÊNCIA TÉCNICA

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES GERAIS

CADERNO DE ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES GERAIS CADERNO DE ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES GERAIS Instalação do sistema de geração de ozônio na piscina coberta do Centro de Atividades do SESC Ceilândia. Brasília-DF COMAP/DIAD Página 1 BASES TÉCNICAS PARA

Leia mais

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL METAL/MECÂNICA SENAI RR SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS Catálogo de Cursos 1. TÍTULO ALINHAMENTO E BALANCEAMENTO DE RODAS Preparar profissionais a identificar os ângulos

Leia mais

Circulação do Ar remove o calor Interno... Ciclo Frigorífico

Circulação do Ar remove o calor Interno... Ciclo Frigorífico Circulação do Ar remove o calor Interno... Ciclo Frigorífico Tipos de Expansão : Ciclo Frigorífico * Expansão Direta: O Refrigerante Troca Calor Diretamente com o Ar a ser condicionado. Expansão Direta

Leia mais

VarioSynergic 3400 / 4000 / 5000 VarioSynergic 3400-2 / 4000-2 / 5000-2. Soldadura MIG/MAG PERFEIÇÃO EM SOLDADURA

VarioSynergic 3400 / 4000 / 5000 VarioSynergic 3400-2 / 4000-2 / 5000-2. Soldadura MIG/MAG PERFEIÇÃO EM SOLDADURA VarioSynergic 3400 / 4000 / 5000 VarioSynergic 3400-2 / 4000-2 / 5000-2 Soldadura MIG/MAG PERFEIÇÃO EM SOLDADURA Elevado desempenho com todo o conforto GENERALIDADES CAMPO DE APLICAÇÃO Contém todo o equipamento

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO SELF CONTAINED

CATÁLOGO TÉCNICO SELF CONTAINED CATÁLOGO TÉCNICO SELF CONTAINED Capacidade de 3 a 50TR Estrutura em perfil de alumínio extrudado Tampas rechapeadas e facilmente removíveis Pintura eletrostática a pó Várias opções de montagem e acabamentos

Leia mais