Sistema de consulta de medicamentos quimioterápicos para auditores em saúde Chemotherapy drugs application system for healthcare auditors

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema de consulta de medicamentos quimioterápicos para auditores em saúde Chemotherapy drugs application system for healthcare auditors"

Transcrição

1 Sistema de consulta de medicamentos quimioterápicos para auditores em saúde Chemotherapy drugs application system for healthcare auditors Luciane Mandia Grossi 1,Ivan Torres Pisa 2,Heimar de Fátima Marin 3 1.Enfermeira Auditora, aluna do Programa de Pós Graduação em Gestão e Informática em Saúde, Universidade Federal de São Paulo- UNIFESP, São Paulo (SP), Brasil. 2.Professor Adjunto. Departamento de informática em Saúde. Universidade Federal de São Paulo-UNIFESP, São Paulo (SP), Brasil. 3.Professora Titular, Coordenadora do Programa de Pós Graduação em Gestão e Informática em Saúde. Universidade Federal de São Paulo- UNIFESP, São Paulo (SP), Brasil. Resumo- Objetivo: Desenvolver um software para consulta de medicamentos quimioterápicos antineoplásicos para enfermeiros auditores que integre as informações necessárias de forma ágil e completa auxiliando a prática da auditoria. Método: Foi criado um banco de dados com 178 medicações quimioterápicas antineoplásicas dividido por itens e informações relevantes para a prática da auditoria disponibilizada em ambiente web (open source) e em aplicativo móvel para que possa ser usado em vários ambientes de auditoria. Resultado: Desenvolvida a base do banco de dados, o website e a aplicação móvel. Conclusão: Com o desenvolvimento desse software e futura análise e avaliação, pretende-se disponibilizar as informações necessárias para a prática da auditoria de forma que o profissional não necessite consultar outro meio eletrônico ou físico, tornando a prática da auditoria mais ágil e efetiva. Palavra chave: Oncologia, Preparações farmacêuticas, Auditoria de Enfermagem, Informática em Enfermagem. Abstract- Objective: Developing a software for searching antineoplastic chemotherapy drugs to be used by nurses auditors that links the necessary information by fast and complete way helping the practice of auditing. Method: The database was created with 178 antineoplastic chemotherapy drugs divided by items and other relevant information for the practice of auditing available by web environment (open source) and by mobile application in order to be used on many environments audit. Result: Developing the basis of the database, website and mobile application Conclusion: The development of this software, further analysis and evaluation is intended to provide the necessary information for the practice of the audit in order to the practitioner does not need to make the search by another electronic or physical way, becoming the practice of auditing more responsive and effective. Keywords: Medical Oncology, Pharmaceutical Preparations, Nursing Audit, Nursing Informatics. Autor Correspondente: Luciane Mandia Grossi

2 1. Introdução O avanço da utilização de recursos tecnológicos na área da saúde está proporcionando agilidade e facilidade na elaboração e realização de processos e eventos na prestação da assistência ao paciente. Um exemplo disso é o uso de notebooks ou dispositivos móveis como tablets e smartphones em auditorias, para coletar os dados gerar as informações e leva-las à organização, ou disponibilizar por meio da internet, enviando dados rapidamente para que sejam processados (1). Assim, todos os setores de atividade começaram a utilizar estes recursos e obter suas vantagens para desenvolver facilidades e incrementar eficiência. O caso a ser estudado e aplicado neste estudo esta direcionado para a área de auditorias em saúde. A prática da auditoria na área hospitalar foi introduzida nos Estados Unidos, em 1918, por George Gray Word, médico ginecologista que apresentou em seu trabalho a verificação da qualidade da assistência prestada ao paciente por meio da análise dos registros nos prontuários (2). Na enfermagem, a auditoria compreende a avaliação sistemática da qualidade da assistência prestada ao cliente, feita pela análise dos prontuários, pelo acompanhamento do cliente in loco e pela verificação da compatibilidade entre o procedimento realizado e os itens que compõem a conta hospitalar cobrada, garantindo assim um pagamento justo e adequado. (3) Uma das atividades desempenhadas pelo enfermeiro auditor é a verificação das medicações cobradas na conta hospitalar do paciente, sendo que os medicamentos devem ser compatíveis com a prescrição médica. Na prática, durante a análise na auditoria de medicações utilizam-se rotineiramente referências de medicamentos (bulas) para conhecer principalmente a indicação, posologia, estabilidade, modo de administração e as orientações do fabricante sobre cada produto. Uma das principais referências é o Dicionário de Especialidades Farmacêuticas (DEF) que possui mais de medicações contendo informações sobre a composição, estrutura química e indicação terapêutica. Além da consulta ao DEF, o website da indústria farmacêutica ou em websites especializados em bulas, tal como o bulário eletrônico da Anvisa fornecem informações. Os bulários em formatos eletrônicos, de modo geral apresentam toda a informação da bula no aplicativo, podendo tornar a prática da auditoria menos ágil, aumentando o tempo para encontrar a informação necessária. Além disso, alguns bulários precisam ser comprados para ter acesso via internet ou, como no caso do DEF eletrônico, o interessado deve realizar a compra do CD-ROM. Ainda existe a possibilidade das medicações pesquisadas nesses bulários não serem encontradas, exigindo que o enfermeiro auditor tenha que recorrer a outros bulários ou contatar o SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) da indústria farmacêutica para conseguir completar ou mesmo obter a informação necessária. Em geral, não há um instrumento integrado e completo que permita acessar todas as informações necessárias em uma única consulta, de forma prática e rápida para otimizar o processo de análise. Sendo assim, o objetivo principal desse trabalho foi desenvolver um software que facilitasse este processo, tornando-o mais dinâmico e eficiente. 2. Métodos Este estudo caracteriza-se como pesquisa aplicada de produção tecnológica, cujo desenvolvimento foi dividido em três etapas, descritas a seguir.

3 A primeira etapa consistiu no levantamento do banco de dados de medicações quimioterápicas antineoplásicas administradas por via endovenosa. Esta escolha se deu pelo fato destas possuírem informações diferenciadas quanto à forma de administrar e a estabilidade, sendo medicamentos de alto custo com especificações diferenciadas. Os dados foram inseridos em um banco de dados MySQL (4), contendo: Nome comercial; nome farmacológico; apresentação; indicação; posologia; compatibilidade com frascos e equipos; estabilidade da solução diluída; diluente, volume final e tempo de infusão; incompatibilidade com soluções, via de administração, referências web(url), código brasíndice; consultas realizadas; fabricante; grupo farmacológico; data do cadastro e data da atualização. O conteúdo teve como base principal a bula da indústria farmacêutica. Como informação complementar também foi consultado o Manual de Oncologia Clínica do Brasil (MOC); Guia farmacêutico de uma instituição particular do município de São Paulo; Revista Brasíndice; DEF, Bulário eletrônico da Anvisa, livros e contato ativo com a indústria por meio do SAC. Para o desenvolvimento da interface e usabilidade, alguns modelos de bulários eletrônicos disponíveis no mercado serviram de recurso, tais como: Índice Brasileiro de Fármacos (IBF); DEF eletrônico; Manual de oncologia clínica do Brasil (MOC); Bulário eletrônico da Anvisa e Epocrates (5). No processo de elaboração do software houve participação de uma equipe multidisciplinar formada pelos autores da pesquisa, por analista de sistema e programador. A segunda etapa contou com o desenvolvimento de um website para expor as informações coletadas, amparado pela plataforma de gerenciamento de conteúdo de código aberto denominada Drupal (6) Esta plataforma é codificada por meio da linguagem PHP (7) e utiliza como sistema gerenciador de banco de dados o software MySQL (4). A terceira etapa consistiu no desenvolvimento da aplicação móvel para a plataforma Android (8) principalmente para a utilização em tablets. O desenvolvimento de aplicativos para Android é facilitado por uma biblioteca Java disponibilizada pelo Google, a Android Development Kit (ADK). A ADK contém diversos componentes prontos que agilizam o desenvolvimento de aplicativos para essa plataforma. Ainda, por ter licença de uso livre, o sistema operacional Android está presente em grande parte dos tablets, inclusive nos de baixo custo, o que pode facilitar na aceitação do uso do aplicativo móvel. A aplicação móvel do bulário de medicamento será baseada em aplicações já existentes, como o Epocrates (5). Um dos parâmetros pré-determinado foi à utilização de software livre (open source), disponíveis na internet, de forma que o fator custo não interferisse na construção do sistema e pudesse ser acessado em qualquer lugar para facilitar a análise da auditoria com o uso de desktop ou com dispositivos móveis. Para tanto, foram utilizadas as tecnologias PHP, HTML e Javascript devido a facilidade de portabilidade, uso, segurança, escalabilidade e possibilidade de criação de componentes compatíveis com o ambiente web. Ainda, por serem portáveis, podem ser utilizadas em qualquer plataforma -Windows, Linux e Unix, entre outras. As exigências de hardware constam de um computador desktop ou dispositivo móvel conectado a internet e um servidor, em que os dados são armazenados para fins de codificação do sistema. Para utilização do software são necessários apenas computadores desktop e dispositivos móveis conectados à internet, com velocidade usual de conexão. Também foi desenvolvido um modelo simplificado de construção de base de conhecimento, onde o enfermeiro auditor possa trocar experiências com outros enfermeiros auditores por meio de campos de observações criados para que os mesmos possam registrar dificuldades ou qualquer informação sobre as medicações apresentadas, de modo a compartilhar com todos os usuários do sistema.

4 3. Resultados e discussão Como resultado houve a criação do banco de dados (178 medicações) com informações relevantes para a prática da auditoria, o desenvolvimento do website e a criação do aplicativo para uso em tablets com a plataforma Android. O processo de busca de todas as bulas foi árduo, já que a bula nem sempre constava no site da indústria. Muitas vezes foi necessário realizar o cadastro do pesquisador no website para se ter acesso as bulas. Tais dificuldades permitiram constatar, como já inferido, a importância de desenvolver esse aplicativo, pois na prática da auditoria, este é um fator que ocasiona grande demora, com potencial prejuízo na análise. Com o ambiente web, para manter a segurança das informações a ferramenta necessita de um cadastro para o acesso às informações dos medicamentos. Inicialmente somente médicos, enfermeiros e farmacêuticos poderão se cadastrar, os demais profissionais interessados deverão obter a autorização com o administrador do sistema. Futuramente o perfil deste usuário poderá ser traçado, além de observar o comportamento de acesso do usuário. Tais aspectos serão usados para avaliar o sistema aqui proposto. O sistema conta com filtros por Nome comercial e/ou Nome farmacológico para que agilize o acesso à informação, uma vez que podem ser combinados ou utilizados com o nome parcial do medicamento. Conta ainda com informações disponibilizadas de forma objetiva (estabilidade da solução diluída, compatibilidade com frascos e equipos; diluente, volume final e tempo de infusão; incompatibilidade com soluções etc) para facilitar e agilizar o processo de busca da informação pelos auditores. Existe também um formulário para registro de comentários, cujo objetivo é acompanhar a opinião dos usuários em relação as informações disponibilizadas. Com a elaboração do banco de dados incluindo a informação da bula de cada medicação por itens (por exemplo, compatibilidade com frascos e equipos, estabilidade da solução diluída) espera-se que o tempo de busca seja otimizado e que as informações sejam mais completas e integradas para a prática sem precisar consultar outro meio físico ou eletrônico. Este estudo terá outra etapa futura que consistirá na avaliação por especialistas quanto à completude e agilidade e também testes em tablets para avaliar usabilidade. 4. Conclusão Espera-se que este protótipo desenvolvido em ambiente web e móvel disponibilize as informações necessárias para a prática da auditoria sem que o profissional precise consultar outro meio eletrônico ou físico. Infere-se que as informações possam ser encontradas de forma mais rápida do que se fosse utilizado outra forma de pesquisa e que o desenho do aplicativo possa atender às necessidades dos enfermeiros auditores. 5. Agradecimentos À Fernando Sequeira Sousa e Fabio Oliveira Teixeira desenvolvedores do aplicativo em ambiente web e móvel. Projeto CNPq n / (Heimar de F. Marin) e NIH/BRIGHT program- TW (Lucila O. Machado e Heimar F. Marin).

5 Referências [1] Motta ALC, Leão E, Zagatto JR. Auditoria médica no sistema privado: abordagem prática para organizações de saúde. São Paulo: Iátria; [2] Buzatti CV, Chianca TC. Auditoria em enfermagem: erros e custos envolvidos nas anotações. Rev Nursing (São Paulo). 2005;8(90): [3] Motta ALC. Auditoria de enfermagem nos hospitais e operadoras de planos de saúde. 4a ed. São Paulo: Iátria; [4] MySQL: The world s most popular open source database [Internet]. c2012 [cited 2012 May 19]. Available from: [5] Epocrates [Internet]. c2012 [cited 2012 May 19]. Available from: [6] Drupal: Open Source CMS [internet]. [cited 2012 may 28]. Available from: [7] Php: Hypertext Preprocessor [internet]. [cited 2012 may 28]. Available from: [8] Licenses. Android Open Source [Internet]. [cited 2012 May 19]. Available from:

Oncoaudit: desenvolvimento e avaliação de aplicativo para enfermeiros auditores

Oncoaudit: desenvolvimento e avaliação de aplicativo para enfermeiros auditores Artigo Original Oncoaudit: desenvolvimento e avaliação de aplicativo para enfermeiros auditores Oncoaudit: development and evaluation of an application for nurse auditors Luciane Mandia Grossi 1 Ivan Torres

Leia mais

SOLUÇÃO EM DISPOSITIVO MÓVEL PARA ATENDIMENTO DE RESTAURANTES E LANCHONETES EM VIÇOSA-MG 1

SOLUÇÃO EM DISPOSITIVO MÓVEL PARA ATENDIMENTO DE RESTAURANTES E LANCHONETES EM VIÇOSA-MG 1 615 SOLUÇÃO EM DISPOSITIVO MÓVEL PARA ATENDIMENTO DE RESTAURANTES E LANCHONETES EM VIÇOSA-MG 1 Guilherme Paulo de Barros 2, Arthur Lemos 3, Heber Fernandes Amaral 4 Resumo: Nos dias atuais, com a popularização

Leia mais

Desenvolvimento de Software Livre para a área

Desenvolvimento de Software Livre para a área Desenvolvimento de Software Livre para a área de Saúde Daniel Weingaertner Departamento de Informática UFPR Centro de Computação Científica e Software Livre C3SL Programa de Extensão Conhecendo Padrões

Leia mais

Sistema para gestão de restaurante

Sistema para gestão de restaurante Sistema para gestão de restaurante Luciana Tavares Rosa luciana.rosa@inf.aedb.br AEDB Fábio Rezende Dutra fabio.dutra@inf.aedb.br AEDB Resumo:O sistema para gestão de restaurante é um software desenvolvido

Leia mais

MAPEAMENTO E LOCALIZAÇÃO DE REGIÕES DE INTERESSE UTILIZANDO REALIDADE AUMENTADA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS COM PLATAFORMA ANDROID

MAPEAMENTO E LOCALIZAÇÃO DE REGIÕES DE INTERESSE UTILIZANDO REALIDADE AUMENTADA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS COM PLATAFORMA ANDROID MAPEAMENTO E LOCALIZAÇÃO DE REGIÕES DE INTERESSE UTILIZANDO REALIDADE AUMENTADA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS COM PLATAFORMA ANDROID Alessandro Teixeira de Andrade¹; Geazy Menezes² UFGD/FACET Caixa Postal 533,

Leia mais

Desenvolvimento de um Programa de Prontuário Eletrônico via Web, por ciclos de vida

Desenvolvimento de um Programa de Prontuário Eletrônico via Web, por ciclos de vida Desenvolvimento de um Programa de Prontuário Eletrônico via Web, por ciclos de vida SIQUEIRA JÚNIOR, Luciano Martins de; REIS, José Claudio de Souza RESUMO O Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) em

Leia mais

Frameworks para criação de Web Apps para o Ensino Mobile

Frameworks para criação de Web Apps para o Ensino Mobile 393 Frameworks para criação de Web Apps para o Ensino Mobile Lucas Zamim 1 Roberto Franciscatto 1 Evandro Preuss 1 1 Colégio Agrícola de Frederico Westphalen (CAFW) Universidade Federal de Santa Maria

Leia mais

Resenha temática. An information system based on the Internet development to support pharmacovigilance activities

Resenha temática. An information system based on the Internet development to support pharmacovigilance activities Resenha temática Desenvolvimento de um sistema de informação para apoio às atividades de farmacovigilância em um centro de informação sobre medicamentos An information system based on the Internet development

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PRODUÇÃO DE EVENTOS

SISTEMA DE GESTÃO DE PRODUÇÃO DE EVENTOS SISTEMA DE GESTÃO DE PRODUÇÃO DE EVENTOS Rodrigo das Neves Wagner Luiz Gustavo Galves Mählmann Resumo: O presente artigo trata de um projeto de desenvolvimento de uma aplicação para uma produtora de eventos,

Leia mais

ISHIFT: Informação em Movimento

ISHIFT: Informação em Movimento ISHIFT: Informação em Movimento Contato: www.ishift.com.br +55 51 32798159 contato@ishift.com.br Somos uma empresa completa de produtos e serviços ligados à tecnologia, que procura apresentar soluções

Leia mais

Aplicativo para elaboração de questionários, coleta de respostas e análise de dados na área da saúde em dispositivos móveis

Aplicativo para elaboração de questionários, coleta de respostas e análise de dados na área da saúde em dispositivos móveis Aplicativo para elaboração de questionários, coleta de respostas e análise de dados na área da saúde em dispositivos móveis Visão Versão Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 24/06/12

Leia mais

SISTEMA DE AUDITORIA ELETRONICA DE CONTAS MEDICO- HOSPITALARES: UM ALIADO NO TRABALHO DOS AUDITORES EM SAÚDE

SISTEMA DE AUDITORIA ELETRONICA DE CONTAS MEDICO- HOSPITALARES: UM ALIADO NO TRABALHO DOS AUDITORES EM SAÚDE SISTEMA DE AUDITORIA ELETRONICA DE CONTAS MEDICO- HOSPITALARES: UM ALIADO NO TRABALHO DOS AUDITORES EM SAÚDE ELECTRONIC AUDIT SYSTEM FOR MEDICAL ACCOUNTS: AN ALLY IN THE WORK OF HEALTHCARE AUDITORS Sergio

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Ponta Grossa 2012 ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Trabalho elaborado pelo

Leia mais

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS CORPORATIVOS

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS CORPORATIVOS PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS CORPORATIVOS SUA EMPRESA PRECISA DE SOLUÇÕES MÓVEIS? O NOVO PERFIL DO CLIENTE Aumento do número de Smartphones com acesso a dados;" Migração de Buscas no PC

Leia mais

Estudo de Viabilidade

Estudo de Viabilidade Universidade Federal de Pernambuco Ciência da Computação Especificação de Requisitos e Validação de Sistemas Professora: Carla Taciana Lima Lourenço Silva Schuenemann Estudo de Viabilidade Clínica médica

Leia mais

Estatística Básica via MySQL para Pesquisas On-Line

Estatística Básica via MySQL para Pesquisas On-Line Estatística Básica via MySQL para Pesquisas On-Line Gabriel Ramos Guerreiro - DEs, UFSCar 1 2 Anderson Luiz Ara-Souza - DEs, UFSCar 1 3 Francisco Louzada-Neto - DEs, UFSCar 1 4 1. INTRODUÇÃO Segundo Cavalcanti

Leia mais

Tecnologia da Informação e Comunicação na Auditoria em Enfermagem

Tecnologia da Informação e Comunicação na Auditoria em Enfermagem J. Health Inform. 2015 Janeiro-Março; 7(1): 30-4 Artigo de Revisão Tecnologia da Informação e Comunicação na Auditoria em Enfermagem Information and Communication Technology in Nursing Audi Tecnologías

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas Linguagem de Programação JAVA Professora Michelle Nery Nomeclaturas Conteúdo Programático Nomeclaturas JDK JRE JEE JSE JME JVM Toolkits Swing AWT/SWT JDBC EJB JNI JSP Conteúdo Programático Nomenclatures

Leia mais

SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA 2014 FORMULÁRIO PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS

SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA 2014 FORMULÁRIO PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA 2014 FORMULÁRIO PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS Formulário para submissão de projeto Dados do Projeto e do (a) Orientador (a) do Projeto Título do Projeto: Um aplicativo

Leia mais

(STUDY OF AGILITY IN SOFTWARE DEVELOPMENT PROCESS WITH TEAMS AT DIFFERENT WORK UNITS USING A ON-LINE MANAGEMENT TOOL)

(STUDY OF AGILITY IN SOFTWARE DEVELOPMENT PROCESS WITH TEAMS AT DIFFERENT WORK UNITS USING A ON-LINE MANAGEMENT TOOL) ESTUDO DE AGILIDADE NO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE COM EQUIPES EM DIFERENTES UNIDADES DE TRABALHO UTILIZANDO UMA FERRAMENTA DE GERENCIAMENTO ON-LINE (STUDY OF AGILITY IN SOFTWARE DEVELOPMENT

Leia mais

EIMOBILE INSTITUIÇÕES DE ENSINO MOBILE

EIMOBILE INSTITUIÇÕES DE ENSINO MOBILE UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS CENTRO POLITÉCNICO TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EIMOBILE INSTITUIÇÕES DE ENSINO MOBILE por Miguel Aguiar Barbosa Trabalho de curso II submetido como

Leia mais

IMPACTOS DA IMPLANTAÇÃO DO SiGH NO NÚCLEO DE HEMOTERAPIA DE RESENDE

IMPACTOS DA IMPLANTAÇÃO DO SiGH NO NÚCLEO DE HEMOTERAPIA DE RESENDE SEGeT Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia 1 IMPACTOS DA IMPLANTAÇÃO DO SiGH NO NÚCLEO DE HEMOTERAPIA DE RESENDE RESUMO Este artigo tem como finalidade apresentar a possibilidade de informatização

Leia mais

PRONTUÁRIO ELETRÔNICO DO PACIENTE EM ONCOLOGIA CLINICA/QUIMIOTERAPIA (PEP-Onco)

PRONTUÁRIO ELETRÔNICO DO PACIENTE EM ONCOLOGIA CLINICA/QUIMIOTERAPIA (PEP-Onco) PRONTUÁRIO ELETRÔNICO DO PACIENTE EM ONCOLOGIA CLINICA/QUIMIOTERAPIA (PEP-Onco) Guilherme Vilar, Carlos Antônio Menezes Albuquerque, João Marcos Pedrosa de Vasconcelos, Rafael Marques Universidade Católica

Leia mais

Produtos da Fábrica de Software

Produtos da Fábrica de Software Produtos da Fábrica de Software Módulo Biométrico Computer ID - MBC O que é? O Módulo Biométrico Computer ID é um produto, constituído por componentes de software, cuja finalidade é oferecer recursos tecnológicos

Leia mais

5 Mecanismo de seleção de componentes

5 Mecanismo de seleção de componentes Mecanismo de seleção de componentes 50 5 Mecanismo de seleção de componentes O Kaluana Original, apresentado em detalhes no capítulo 3 deste trabalho, é um middleware que facilita a construção de aplicações

Leia mais

Treinamento em PHP com MySQL - Fundamental

Treinamento em PHP com MySQL - Fundamental Treinamento em PHP com MySQL - Fundamental Sobre PHP PHP é uma linguagem interpretada livre, usada originalmente apenas para o desenvolvimento de aplicações presentes e atuantes no lado do servidor, capazes

Leia mais

TEMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO -Tipos de SI e Recursos de Software parte2. AULA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFa. ROSA MOTTA

TEMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO -Tipos de SI e Recursos de Software parte2. AULA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFa. ROSA MOTTA TEMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO -Tipos de SI e Recursos de Software parte2 AULA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFa. ROSA MOTTA CONTEÚDO DA AULA Tipos de Software Serviços Web Tendências 2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Leia mais

O Sistema de Controle de Egressos utilizado pelo Instituto Metodista Granbery: uma ferramenta de acompanhamento e relacionamento

O Sistema de Controle de Egressos utilizado pelo Instituto Metodista Granbery: uma ferramenta de acompanhamento e relacionamento Revista Eletrônica da Faculdade Metodista Granbery http://re.granbery.edu.br - ISSN 1981 0377 Curso de Sistemas de Informação - N. 7, JUL/DEZ 2009 O Sistema de Controle de Egressos utilizado pelo Instituto

Leia mais

Estudo de Frameworks Multiplataforma Para Desenvolvimento de Aplicações Mobile Híbridas

Estudo de Frameworks Multiplataforma Para Desenvolvimento de Aplicações Mobile Híbridas 72 Estudo de Frameworks Multiplataforma Para Desenvolvimento de Aplicações Mobile Híbridas Ezequiel Douglas Prezotto 1, Bruno Batista Boniati 1 1 Tecnologia em Sistemas para Internet - Universidade Federal

Leia mais

Procedimento Operacional Padrão (POP) Núcleo de Segurança do Paciente - COSEP - NUVISAH Título: Práticas seguras de distribuição de medicamentos.

Procedimento Operacional Padrão (POP) Núcleo de Segurança do Paciente - COSEP - NUVISAH Título: Práticas seguras de distribuição de medicamentos. Procedimento Operacional Padrão (POP) Núcleo de Segurança do Paciente - COSEP - NUVISAH Título: Práticas seguras de distribuição de medicamentos. POP nº 06 - NUVISAH/HU Versão: 01 Próxima revisão: 30/07/2016

Leia mais

Produção de aplicativo de catálogo de cursos da UTFPR para o sistema Android

Produção de aplicativo de catálogo de cursos da UTFPR para o sistema Android Produção de aplicativo de catálogo de cursos da UTFPR para o sistema Android Wenner S. Santos*, Marcos Silvano Orita Almeida* *COINT / UTFPR, Campo Mourão, Brasil e-mail: wenner.santos@hotmail.com Resumo/Abstract

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS CENTRO POLITÉCNICO CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS CERVA TOISS. por

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS CENTRO POLITÉCNICO CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS CERVA TOISS. por UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS CENTRO POLITÉCNICO CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS CERVA TOISS por Daniel Teixeira Braga Trabalho de Conclusão de curso II Prof. Marcos Echevarria

Leia mais

Partner Network. www.scriptcase.com.br

Partner Network. www.scriptcase.com.br www.scriptcase.com.br A Rede de Parceiros ScriptCase é uma comunidade que fortalece os nossos representantes em âmbito nacional, possibilitando o acesso a recursos e competências necessários à efetivação

Leia mais

Pré-Projeto do Trabalho de Conclusão de Curso Tiago Garcia Pereira 1. INTRODUÇÃO

Pré-Projeto do Trabalho de Conclusão de Curso Tiago Garcia Pereira 1. INTRODUÇÃO UM PADRÃO ABERTO DE SOFTWARE PARA COMPUTAÇÃO MÓVEL: UM ESTUDO SOBRE GOOGLE ANDROID 1. INTRODUÇÃO O aumento do número usuários de dispositivos móveis atrai cada vez os desenvolvedores a produzir aplicações

Leia mais

SISTEMA PARA CONTROLE DE RESERVA DE EQUIPAMENTOS MULTIMEIOS E AMBIENTES DE APRENDIZAGEM

SISTEMA PARA CONTROLE DE RESERVA DE EQUIPAMENTOS MULTIMEIOS E AMBIENTES DE APRENDIZAGEM SISTEMA PARA CONTROLE DE RESERVA DE EQUIPAMENTOS MULTIMEIOS E AMBIENTES DE APRENDIZAGEM Marcelo Karpinski Brambila Acadêmico em Sistemas de Informação Universidade Luterana do Brasil Guaíba mkbrambila@connect-rs.com.br

Leia mais

7 Utilização do Mobile Social Gateway

7 Utilização do Mobile Social Gateway 7 Utilização do Mobile Social Gateway Existem três atores envolvidos na arquitetura do Mobile Social Gateway: desenvolvedor do framework MoSoGw: é o responsável pelo desenvolvimento de novas features,

Leia mais

Biblioteca Virtual de Soluções Assistivas

Biblioteca Virtual de Soluções Assistivas 264 Biblioteca Virtual de Soluções Assistivas Maria Helena Franciscatto 1 Adriana Soares Pereira 1 Roberto Franciscatto 1 Liliana Maria Passerino 2 1 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Colégio

Leia mais

Procedimento Operacional Padrão (POP) Núcleo de Segurança do Paciente - COSEP - NUVISAH Título: Segurança na prescrição de medicamentos.

Procedimento Operacional Padrão (POP) Núcleo de Segurança do Paciente - COSEP - NUVISAH Título: Segurança na prescrição de medicamentos. Procedimento Operacional Padrão (POP) Núcleo de Segurança do Paciente - COSEP - NUVISAH Título: Segurança na prescrição de medicamentos. POP nº 05 - NUVISAH/HU Versão: 01 Próxima revisão: 11/12/2015 Elaborado

Leia mais

PRÓTOTIPO MÓVEL DE TELEMEDICINA PARA AUXILIO DE DIAGNOSTICO CARDIACO COM ECG EM CARATER EMERGENCIAL

PRÓTOTIPO MÓVEL DE TELEMEDICINA PARA AUXILIO DE DIAGNOSTICO CARDIACO COM ECG EM CARATER EMERGENCIAL PRÓTOTIPO MÓVEL DE TELEMEDICINA PARA AUXILIO DE DIAGNOSTICO CARDIACO COM ECG EM CARATER EMERGENCIAL Adson Diego Dionisio da SILVA 1, Saulo Soares de TOLEDO², Luiz Antonio Costa Corrêa FILHO³, Valderí Medeiros

Leia mais

AUDITORIA EM ENFERMAGEM. UNIPAC UBERLÂNDIA CURSO GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DISCIPLINA: Administração ll Profa : Amanda Cristina de Oliveira Mendes

AUDITORIA EM ENFERMAGEM. UNIPAC UBERLÂNDIA CURSO GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DISCIPLINA: Administração ll Profa : Amanda Cristina de Oliveira Mendes AUDITORIA EM ENFERMAGEM UNIPAC UBERLÂNDIA CURSO GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DISCIPLINA: Administração ll Profa : Amanda Cristina de Oliveira Mendes Conceito AUDITORIA é uma avaliação sistemática e formal de

Leia mais

Aplicações Móveis e sua aplicação na saúde: micd, exemplo prático

Aplicações Móveis e sua aplicação na saúde: micd, exemplo prático Aplicações Móveis e sua aplicação na saúde: micd, exemplo prático Leonel Machava Email: leonelmachava@gmail.com MOZAMBICAN OPEN ARCHITECTURES STANDARDS AND INFORMATION SYSTEMS Conteúdo Definição de aplicação

Leia mais

Utilização do aplicativo ODK como suporte na inspeção de Via Permanente

Utilização do aplicativo ODK como suporte na inspeção de Via Permanente Utilização do aplicativo ODK como suporte na inspeção de Via Permanente Eric Pretti Serafim 1 * 1 VALES/A. Rod. BR155, s/n, Pátio Ferroviário de Marabá, 68508-970, Marabá - Pará e-mail: eric.pretti@vale.com

Leia mais

Sistema Online de Gerenciamento de Dados Clínicos Utilizando RIA (Rich Internet Applications)

Sistema Online de Gerenciamento de Dados Clínicos Utilizando RIA (Rich Internet Applications) Sistema Online de Gerenciamento de Dados Clínicos Utilizando RIA (Rich Internet Applications) ANTUNES, M. S.¹, SILVA, R. E. S. 2 (orientadora) ¹ Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas RS (FATEC-PEL) Rua

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 03, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 03, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 03, DE 4 DE JANEIRO DE 205 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Projeto BRA/07/004 Seleciona: Consultor para identificação das melhores

Leia mais

Oracle Solaris Studio 12.4: Guia de Segurança

Oracle Solaris Studio 12.4: Guia de Segurança Oracle Solaris Studio 12.4: Guia de Segurança Número do Item: E60510 Outubro de 2014 Copyright 2013, 2014, Oracle e/ou suas empresas afiliadas. Todos os direitos reservados e de titularidade da Oracle

Leia mais

Programa de Pós Graduação em Enfermagem

Programa de Pós Graduação em Enfermagem UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Programa de Pós Graduação em Enfermagem GIATE - Grupo de Pesquisa em Tecnologias, Informações e Informática em Saúde e Enfermagem Mestranda: Camila Rosalia Antunes

Leia mais

ENCAPSULAMENTO DE URL COM A API GOOGLE CHART TOOLS

ENCAPSULAMENTO DE URL COM A API GOOGLE CHART TOOLS ENCAPSULAMENTO DE URL COM A API GOOGLE CHART TOOLS Aguinaldo Canali 1 Pedro Clarindo da Silva Neto 2 Clodoaldo Nunes 3 RESUMO: Este artigo descreve a utilização da Interface de Programação de Aplicações,

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

Sistema de Automação Comercial de Pedidos

Sistema de Automação Comercial de Pedidos Termo de Abertura Sistema de Automação Comercial de Pedidos Cabana - Versão 1.0 Iteração 1.0- Release 1.0 Versão do Documento: 1.5 Histórico de Revisão Data Versão do Documento Descrição Autor 18/03/2011

Leia mais

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS PARA EMPRESAS

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS PARA EMPRESAS PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS PARA EMPRESAS SUA EMPRESA PRECISA DE SOLUÇÕES MÓVEIS? O NOVO PERFIL DO CLIENTE Aumento do número de Smartphones com acesso a dados; Migração de Buscas no PC

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO CONFIGURAÇÃO IDE ECLIPSE

MANUAL DE INSTALAÇÃO CONFIGURAÇÃO IDE ECLIPSE MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO IDE ECLIPSE T1011 GUILHERME RODRIGUES Ano 2015 MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DA IDE ECLIPSE. Neste documento aborda como instalar e configurar a IDE eclipse para

Leia mais

Uma Perspectiva sobre o Sistema de Controle de Eventos utilizado pela Faculdade Metodista Granbery

Uma Perspectiva sobre o Sistema de Controle de Eventos utilizado pela Faculdade Metodista Granbery Revista Eletrônica da Faculdade Metodista Granbery http://re.granbery.edu.br - ISSN 1981 0377 Curso de Sistemas de Informação - N. 4, JAN/JUN 2008 Uma Perspectiva sobre o Sistema de Controle de Eventos

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

LSoft SGC Gestão Empresarial

LSoft SGC Gestão Empresarial LSoft SGC Gestão Empresarial O LSoft SGC é um sistema de gestão dinâmico, eficiente e flexível idealizado para atender diversos segmentos de indústrias, comércios e serviços. O objetivo principal é tornar

Leia mais

IIH Introdução à Informática e Hardware

IIH Introdução à Informática e Hardware INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO - CAMPUS VOTUPORANGA Técnico em Manutenção e Suporte em Informática IIH Introdução à Informática e Hardware Aula: Linguagens de Programação

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DE DEMANDAS DE SUPORTE E DE EVOLUÇÃO DO SOFTWARE ACADÊMICO E-TAG PARA ENSINO DE GRAFOS

IMPLEMENTAÇÃO DE DEMANDAS DE SUPORTE E DE EVOLUÇÃO DO SOFTWARE ACADÊMICO E-TAG PARA ENSINO DE GRAFOS IMPLEMENTAÇÃO DE DEMANDAS DE SUPORTE E DE EVOLUÇÃO DO SOFTWARE ACADÊMICO E-TAG PARA ENSINO DE GRAFOS TEMPLATE FOR POC AND TCC André Augusto Couto Corrêa dos Santos 1 ; Fábio Lacerda Henriques 2 ; Jonathan

Leia mais

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho vi http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Administração de Redes de Computadores Resumo de Serviços em Rede Linux Controlador de Domínio Servidor DNS

Leia mais

e-vent-br: Proposta de um Sistema Web de Gerenciamento de Eventos Acadêmicos

e-vent-br: Proposta de um Sistema Web de Gerenciamento de Eventos Acadêmicos e-vent-br: Proposta de um Sistema Web de Gerenciamento de Eventos Acadêmicos Luis Paulo da Silva Carvalho, Moara Sousa Brito, Pablo Freire Matos, Lucas Amparo Barbosa, Cremildo Lima Gomes, Ivick Roberta

Leia mais

CARACTERÍSTICAS E FUNCIONALIDADES BÁSICAS INGRIS CMS

CARACTERÍSTICAS E FUNCIONALIDADES BÁSICAS INGRIS CMS CARACTERÍSTICAS E FUNCIONALIDADES BÁSICAS INGRIS CMS Documentação da Infraestrutura de TIC com o INGRIS CMS Cabling Management System INFRAESTRUTURA DE CONECTIVIDADE Um bom sistema de administração provê

Leia mais

APRAZAMENTO DE MEDICAÇÃO ATIVIDADE PARA O ENFERMEIRO RESUMO

APRAZAMENTO DE MEDICAÇÃO ATIVIDADE PARA O ENFERMEIRO RESUMO APRAZAMENTO DE MEDICAÇÃO ATIVIDADE PARA O ENFERMEIRO FREIRE, Ana Maria de Sousa Silva OLIVEIRA, Thiciana Souza de RESUMO Objetivou-se, com este estudo, conhecer a opinião dos enfermeiros sobre a atividade

Leia mais

i-educar Sistema de Gestão Escolar

i-educar Sistema de Gestão Escolar i-educar Sistema de Gestão Escolar Sistema de Gestão Escolar i-educar O i-educar é um sistema integrado de gestão escolar, desenvolvido com o objetivo principal de centralizar informações sobre o sistema

Leia mais

Inicialização Rápida do Novell Vibe Mobile

Inicialização Rápida do Novell Vibe Mobile Inicialização Rápida do Novell Vibe Mobile Março de 2015 Introdução O acesso móvel ao site do Novell Vibe pode ser desativado por seu administrador do Vibe. Se não conseguir acessar a interface móvel do

Leia mais

PROPOSTA DE SOFTWARE DE INSTALAÇÃO PARA UM AMBIENTE INTEGRADO DE GERÊNCIA DE PROJETOS E DE PROCESSOS DE NEGÓCIOS

PROPOSTA DE SOFTWARE DE INSTALAÇÃO PARA UM AMBIENTE INTEGRADO DE GERÊNCIA DE PROJETOS E DE PROCESSOS DE NEGÓCIOS PROPOSTA DE SOFTWARE DE INSTALAÇÃO PARA UM AMBIENTE INTEGRADO DE GERÊNCIA DE PROJETOS E DE PROCESSOS DE NEGÓCIOS Élysson Mendes Rezende Bacharelando em Sistemas de Informação Bolsista de Iniciação Científica

Leia mais

Action Vision Visão. Versão 1.0. Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 06/08/2014 1.0 Visão geral do projeto Matheus Camilo

Action Vision Visão. Versão 1.0. Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 06/08/2014 1.0 Visão geral do projeto Matheus Camilo Action Vision Visão Versão 1.0 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 06/08/2014 1.0 Visão geral do projeto Matheus Camilo Página 1 de 12 Sumário 1. INTRODUÇÃO...3 1.1 Finalidade...3 1.2 Escopo...3

Leia mais

DESENVOLVIMENTO EM DISPOSITIVOS MÓVEIS UTILIZANDO BANCO DE DADOS

DESENVOLVIMENTO EM DISPOSITIVOS MÓVEIS UTILIZANDO BANCO DE DADOS DESENVOLVIMENTO EM DISPOSITIVOS MÓVEIS UTILIZANDO BANCO DE DADOS Leandro Guilherme Gouvea 1, João Paulo Rodrigues 1, Wyllian Fressatti 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil leandrog.gouvea@gmail.com,

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web. Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres

Tópicos de Ambiente Web. Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres Tópicos de Ambiente Web Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres Roteiro Motivação Desenvolvimento de um site Etapas no desenvolvimento de software (software:site) Analise

Leia mais

Google Web Toolkit* Clério Damasceno Soares, Daniel da Silva Filgueiras e Fábio Figueiredo da Silva

Google Web Toolkit* Clério Damasceno Soares, Daniel da Silva Filgueiras e Fábio Figueiredo da Silva Google Web Toolkit* Clério Damasceno Soares, Daniel da Silva Filgueiras e Fábio Figueiredo da Silva Universidade Federal de Juiz de Fora UFJF-MG Campo Universitário Bairro Marmelos Juiz de Fora MG Brasil

Leia mais

ANEXO 05 ARQUITETURAS TECNOLÓGICAS PROCERGS

ANEXO 05 ARQUITETURAS TECNOLÓGICAS PROCERGS ANEXO 05 ARQUITETURAS TECNOLÓGICAS PROCERGS Este anexo apresenta uma visão geral das seguintes plataformas: 1. Plataforma Microsoft.NET - VB.NET e C#; 2. Plataforma JAVA; 3. Plataforma Android, ios e Windows

Leia mais

Rafael O. Lamari Jr. IBM WebSphere Portal Family Sales Mastery Lotus Solution Sales Professional Tel. 11-3254.6200. Portal Corporativo

Rafael O. Lamari Jr. IBM WebSphere Portal Family Sales Mastery Lotus Solution Sales Professional Tel. 11-3254.6200. Portal Corporativo Rafael O. Lamari Jr. IBM WebSphere Portal Family Sales Mastery Lotus Solution Sales Professional Tel. 11-3254.6200 Portal Corporativo Agenda Desafio A Proposta O Produto Exemplos Cases Perguntas Agenda

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UMA APLICAÇÃO WEB PARA AQUISIÇÃO DE DADOS E GERAÇÃO DE ÍNDICES AMBIENTAIS. Rafael Ferreira de Paula Paiva.

DESENVOLVIMENTO DE UMA APLICAÇÃO WEB PARA AQUISIÇÃO DE DADOS E GERAÇÃO DE ÍNDICES AMBIENTAIS. Rafael Ferreira de Paula Paiva. DESENVOLVIMENTO DE UMA APLICAÇÃO WEB PARA AQUISIÇÃO DE DADOS E GERAÇÃO DE ÍNDICES AMBIENTAIS Rafael Ferreira de Paula Paiva Felipe Cavalaro Universidade São Francisco rafaelferreirad@hotmail.com Resumo:

Leia mais

Mudanças no mercado de TI com a popularização da internet GUSTAVO FREITAS

Mudanças no mercado de TI com a popularização da internet GUSTAVO FREITAS Mudanças no mercado de TI com a popularização da internet GUSTAVO FREITAS Formação Acadêmica Bacharel em Sistemas de Informação Pós graduado em Docência do Ensino Superior Experiência profissional Fui

Leia mais

6/06/2012 09h26 - Atualizado em 26/06/2012 12h30 Boot to Gecko: o futuro celular da Mozilla

6/06/2012 09h26 - Atualizado em 26/06/2012 12h30 Boot to Gecko: o futuro celular da Mozilla 6/06/2012 09h26 - Atualizado em 26/06/2012 12h30 Boot to Gecko: o futuro celular da Mozilla O mercado brasileiro de dispositivos móveis em breve ganhará mais uma grande plataforma. Anunciado oficialmente

Leia mais

FOUR Soluções. Projeto Integrador Documento Visão. Versão <1.0>

FOUR Soluções. Projeto Integrador Documento Visão. Versão <1.0> FOUR Soluções Projeto Integrador Documento Visão Versão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 24/11/2014 001 Reunião para discussão e divisão do trabalho Eudes Pina 24/11/2014 002 Apresentação

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO DO TIPO SECRETÁRIO VIRTUAL PARA A PLATAFORMA ANDROID

DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO DO TIPO SECRETÁRIO VIRTUAL PARA A PLATAFORMA ANDROID DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO DO TIPO SECRETÁRIO VIRTUAL PARA A PLATAFORMA ANDROID Maik Olher CHAVES 1 ; Daniela Costa Terra 2. 1 Graduado no curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Leia mais

PLATAFORMA URBANMOB Aplicativo para captura de trajetórias urbanas de objetos móveis

PLATAFORMA URBANMOB Aplicativo para captura de trajetórias urbanas de objetos móveis PLATAFORMA URBANMOB Aplicativo para captura de trajetórias urbanas de objetos móveis Gabriel Galvão da Gama 1 ; Reginaldo Rubens da Silva 2 ; Angelo Augusto Frozza 3 RESUMO Este artigo descreve um projeto

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof. Esp. Lucas Cruz

Tecnologia da Informação. Prof. Esp. Lucas Cruz Tecnologia da Informação Prof. Esp. Lucas Cruz Software A utilização comercial da informática nas empresas iniciou-se por volta dos anos 1960. O software era um item menos dispendioso que o hardware, e

Leia mais

MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S. Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick

MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S. Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick Roteiro Introdução Objetivos do trabalho Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

GT-Mconf: Sistema de Multiconferência para acesso interoperável web e dispositivos móveis

GT-Mconf: Sistema de Multiconferência para acesso interoperável web e dispositivos móveis Proposta de Serviço Piloto Grupo de Trabalho Segunda Fase GT-Mconf: Sistema de Multiconferência para acesso interoperável web e dispositivos móveis http://www.mconf.org Valter Roesler: roesler@inf.ufrgs.br

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: TÉCNICO EM PROGRAMAÇÃO DE

Leia mais

ONE TOONE CURSOS PARTICULARES HTML5 + CSS3 + ADOBE DREAMWEAVER CC

ONE TOONE CURSOS PARTICULARES HTML5 + CSS3 + ADOBE DREAMWEAVER CC ONE TOONE CURSOS PARTICULARES HTML5 + CSS3 + ADOBE DREAMWEAVER CC Plano do Curso. Curso One. Os Cursos desenvolvidos pela One To One, são reflexo da experiência profissional no âmbito da Formação, do Design

Leia mais

GuiBi: Um aplicativo para plataforma Android com um guia comercial da cidade de Bambuí MG

GuiBi: Um aplicativo para plataforma Android com um guia comercial da cidade de Bambuí MG GuiBi: Um aplicativo para plataforma Android com um guia comercial da cidade de Bambuí MG Bruno Alberto Soares Oliveira 1,3 ; Lucas Vieira Murilo 1,3 ; Maik Olher Chaves 2,3 1 Estudante de Engenharia de

Leia mais

AUTOR(ES): LUIS WAGNER PASSINHO, ALESSANDRA CRISTINA SILVA, DANIEL ALVES DA ROCHA

AUTOR(ES): LUIS WAGNER PASSINHO, ALESSANDRA CRISTINA SILVA, DANIEL ALVES DA ROCHA TÍTULO: AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL PELA INTERNET COM PHP E ARDUINO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE CAMPINAS AUTOR(ES):

Leia mais

Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC

Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC Objetivo O objetivo do projeto é especificar o desenvolvimento de um software livre com a finalidade de automatizar a criação de WEBSITES através do armazenamento

Leia mais

Lucas Nascimento Santos

Lucas Nascimento Santos Lucas Nascimento Santos Mobile Application Developer lucassantoos56@gmail.com Resumo Lucas Nascimento Santos (@ll_ucasn), engenheiro de software. Estudante de Ciência da Computação na Universidade Salvador

Leia mais

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E AVALIAÇÃO DO SAMU NO ESTADO DE SANTA CATARINA

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E AVALIAÇÃO DO SAMU NO ESTADO DE SANTA CATARINA Centro de Ciências da Saúde Departamento de Enfermagem GIATE Grupo de Pesquisa em Tecnologias, Informações e Informática em Saúde SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E AVALIAÇÃO DO SAMU NO ESTADO DE SANTA

Leia mais

SOLUÇÕES PARA SERVIÇOS DE WEBMAIL

SOLUÇÕES PARA SERVIÇOS DE WEBMAIL SOLUÇÕES PARA SERVIÇOS DE WEBMAIL Maicon de Vargas Pereira Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS (FATEC PELOTAS) Rua Gonçalves Chaves, 602 96.015-000

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE INTERFACE PARA ACESSO AO BANCO DE DADOS METEOROLÓGICOS DO CPTEC/INPE.

DESENVOLVIMENTO DE INTERFACE PARA ACESSO AO BANCO DE DADOS METEOROLÓGICOS DO CPTEC/INPE. DESENVOLVIMENTO DE INTERFACE PARA ACESSO AO BANCO DE DADOS METEOROLÓGICOS DO CPTEC/INPE. Bianca Antunes de S. R. Alves 1, Luciana M. C. Mira 2, Ana Paula Tavarez 3, José Alberto Ferreira 4, Luíz Henrique

Leia mais

INFORMATIZAÇÃO DE FARMÁCIAS PÚBLICAS UTILIZANDO SOFTWARE

INFORMATIZAÇÃO DE FARMÁCIAS PÚBLICAS UTILIZANDO SOFTWARE INFORMATIZAÇÃO DE FARMÁCIAS PÚBLICAS UTILIZANDO SOFTWARE Murilo Nunes Elias 1 1 Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC) Caixa Postal 475 88.040 900 Florianópolis

Leia mais

Sistema de Geração de Sítios e Manutenção de Conteúdo: uma solução incorporando regras de acessibilidade

Sistema de Geração de Sítios e Manutenção de Conteúdo: uma solução incorporando regras de acessibilidade Sistema de Geração de Sítios e Manutenção de Conteúdo: uma solução incorporando regras de acessibilidade Ilan Chamovitz Datasus Departamento de Informática e Informação do SUS Ministério da Saúde - Brasil

Leia mais

AULA 1 PHP O QUE É APACHE FRIENDS

AULA 1 PHP O QUE É APACHE FRIENDS O QUE É PHP Se você já programa PHP, aconselho que pule para o capítulo 7 desse livro. Pois até esse capitulo iremos abordar algoritmos em PHP até a construção de uma classe com seus métodos e atributos

Leia mais

Líder em Soluções Samba 4 no Brasil

Líder em Soluções Samba 4 no Brasil Apresentação Líder em Soluções Samba 4 no Brasil A Vantage TI conta uma estrutura completa para atender empresas de todos os segmentos e portes, nacionais e internacionais. Nossos profissionais dedicam-se

Leia mais

GESTÃO DE PEDIDOS EM PLATAFORMA ANDROID:

GESTÃO DE PEDIDOS EM PLATAFORMA ANDROID: GESTÃO DE PEDIDOS EM PLATAFORMA ANDROID: UM SISTEMA PARA ESTABELECIMENTOS DO SETOR GASTRONÔMICO SAMUEL ELIAS BRAVO LOPEZ Prof. Rion Brattig Correia, M.Sc. - Orientador ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO Introdução

Leia mais

Maximus Software Soluções Tecnológicas Ltda. A empresa que desenvolve o seu Produto ao Máximo

Maximus Software Soluções Tecnológicas Ltda. A empresa que desenvolve o seu Produto ao Máximo Maximus Software Soluções Tecnológicas Ltda. A empresa que desenvolve o seu Produto ao Máximo FARMAINFOR Modernização da Farmácia do Hospital Mater Day Documento de Requisitos Versão 2.0 Histórico de Revisão

Leia mais

Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in

Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in Aviso sobre direitos autorais 2004 Copyright Hewlett-Packard Development Company, L.P. A reprodução, adaptação ou tradução sem permissão

Leia mais

Estratégias para o Desenvolvimento de Aplicações Móveis HP Enterprise Services CMT - Cloud, Mobility and Transformation Março, 2013

Estratégias para o Desenvolvimento de Aplicações Móveis HP Enterprise Services CMT - Cloud, Mobility and Transformation Março, 2013 Estratégias para o Desenvolvimento de Aplicações Móveis HP Enterprise Services CMT - Cloud, Mobility and Transformation Março, 2013 Copyright 2012 Hewlett-Packard Development Company, L.P. The information

Leia mais

SocialNetLab Uma Proposta de Site de Rede Social para Educação

SocialNetLab Uma Proposta de Site de Rede Social para Educação II ENINED - Encontro Nacional de Informática e Educação ISSN:2175-5876 SocialNetLab Uma Proposta de Site de Rede Social para Educação Sandra Costa Pinto Hoentsch, Admilson de Ribamar Lima Ribeiro, Joanna

Leia mais

Uma proposta de um juiz online didático para o ensino de programação

Uma proposta de um juiz online didático para o ensino de programação Uma proposta de um juiz online didático para o ensino de programação Joanna Cecilia da Silva Santos, Admilson de Ribamar Lima Ribeiro UFS - Universidade Federal de Sergipe Departamento de Computação Av.

Leia mais

Estudo de Viabilidade

Estudo de Viabilidade Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática Estudo de Viabilidade SorveTech (Sistema de Gerenciamento) Professora: Carla Silva Disciplina: Especificação de Requisitos e Validação de Sistemas

Leia mais

Digitalização de Documentos

Digitalização de Documentos Digitalização de Documentos Fluxo de Tarefas: A Disal Tecnologia reconhece que no mercado existem certas tarefas que requerem o manuseio de um grande número de documentos em papel. Dentre elas, a compra

Leia mais