Sistema de Armazenamento de Dados Eleitorais - SisElege

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema de Armazenamento de Dados Eleitorais - SisElege"

Transcrição

1 Faculdade de Tecnologia Senac DF Sistema de Armazenamento de Dados Eleitorais - SisElege Documento de Visão Versão 4.0 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 05/09/ Versão Inicial do Documento Grupo 03 14/09/ Alterações no escopo e finalidades do sistema Grupo 03 11/10/ Ajustes das funcionalidades Grupo 03 30/10/ Ajuste da funcionalidade Login e correção da função do stakeholder Felipe. Grupo 03

2 Sumário 1. INTRODUÇÃO Finalidade Escopo Definições, Acrônimos, e Abreviações Referências POSICIONAMENTO Oportunidade de Negócio Relato do Problema DESCRIÇÃO DOS ENVOLVIDOS Resumo dos Envolvidos NECESSIDADES DOS ENVOLVIDOS Cadastrar Clientes Importância VISÃO GERAL DO PRODUTO Perspectiva do Produto Suposições Licenciamento e Instalação CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO Manter dados dos candidatos Manter os dados dos partidos Manter os dados das coligações Manter dados das pesquisas realizadas Manter dados sobre as empresas pesquisadoras/clientes Gerar relatório RESTRIÇÕES OUTROS REQUISITOS DO PRODUTO Recurso necessário para a execução do sistema Descrição de hardware ideal APROVAÇÃO Documento de Visão do SISELEGE Página: 2 de 11

3 1. INTRODUÇÃO 1.1 Finalidade O objetivo deste documento é elucidar a visão geral do produto, levando em consideração as necessidades, características de nível superior do sistema e funcionalidades definidas pelos stakeholders, analisando de forma geral os principais requisitos do. 1.2 Escopo Empresa especializada em divulgar pesquisas eleitorais. (Apenas divulgação, pois a parte da pesquisa em si é realizada por outra empresa). A divulgação de pesquisas eleitorais deve observar as determinações previstas na legislação. A partir do primeiro dia do ano eleitoral, qualquer pesquisa relativa às eleições e aos candidatos, realizada para fim de divulgação, deverá obrigatoriamente ser precedida, em pelo menos 5 (cinco) dias da data divulgação, de registro no Juízo Eleitoral competente das informações elencadas no artigo 33 da Lei 9504/97 e no artigo 1º da Resolução TSE /2011. O registro deve ser feito pela empresa que realizou a pesquisa. Arquitetura: Internet (web) Principais funcionalidades: Manter dados sobre o candidato (nome guerra, cargo pretendido, UF, Partido); Manter dados sobre os partidos (nome e sigla); Manter dados sobre coligação (partidos, nome); Manter dados sobre a pesquisa (data, cliente, número registro, valores (incluindo nulos, brancos e indecisos)); Manter dados sobre as empresas pesquisadoras/clientes (razão social, nome fantasia, CNPJ, contato, ); Gerar relatório; Sincronizar (Google Docs / Forms); Manter Login (base própria de senha com Identificador unívoco por login da rede) Documento de Visão do SISELEGE Página: 3 de 11

4 Principais Requisitos -funcionais: Conexão com a internet não exigida após a instalação; Interface amigável; Disponibilidade 24x7; Facilidade de utilização; Segurança por meio de bloqueio de login por inatividade; Performance que suporte resposta de menos de 5 segundos para acesso a apresentação de cada funcionalidade; Backup Automático; Compatibilidade de software e hardware. 1.3 Definições, Acrônimos, e Abreviações Termo Login Logoff SisElege Web Google Docs / Forms Off-line MySQL Windows 8.1 Windows Server 2008 R2 Google Drive Hardware HD Significado Identificador de usuário Desconectar da sessão Sistema de armazenamento dados eleitorais Internet Editor de texto / formulário do Google Acesso sem a necessidade de internet Servidor de banco de dados (SGBD) Sistema operacional para estação Sistema operacional para servidor Aplicação da Google para sincronização de dados Parte física do dispositivo Disco rígido Documento de Visão do SISELEGE Página: 4 de 11

5 GB Giga byte (unidade de medida de tamanho) 1.4 Referências Portal Planalto, Lei nº 9.504, de 30 de setembro de Disponível em: acesso em 14 de setembro de HELDMAN, K. Gerência de Projetos: Fundamentos: um guia prático para quem quer certificação de s ; tradução de Luciana do Amaral Teixeira Rio de Janeiro : Elsevier, POSICIONAMENTO 2.1 Oportunidade de Negócio A oportunidade de negócio atendida com o é conseguir disponibilizar, em plataforma Web e em tempo integral, as informações referentes às pesquisas eleitorais recebidas para tratamento onde, depois do tratamento dos dados recebidos das empresas pesquisadoras, é realizada a divulgação. Sendo dado a essa divulgação automatização e confiabilidade, usando como fonte o banco de dados desenvolvido a partir dos dados das pesquisas registradas, no juízo eleitoral, pelas demais empresas que efetuaram as pesquisas. 2.2 Relato do Problema O problema Afeta Cujos impactos são Uma solução de sucesso seria A indisponibilidade dos dados A empresa Os dados não estão disponíveis em tempo integral para a realização das consultas necessárias. Por meio do uso da plataforma web a disponibilização dos dados se torna acessível de qualquer lugar e em tempo integral. Documento de Visão do SISELEGE Página: 5 de 11

6 O problema Afeta Cujos impactos são Uma solução de sucesso seria O armazenamento físico A empresa A dificuldade do acesso aos dados, a disponibilização de espaço para arquivo físico e riscos de perda dos dados. A implantação de um SGBD com sincronização web. 3. DESCRIÇÃO DOS ENVOLVIDOS 3.1 Resumo dos Envolvidos Envolvido Função Descrição Responsabilidades É um usuário do Sistema? Rogério Lopes Patrocinador A pessoa que fornece os recursos e suportes para o Quem inicia, supervisiona e fiscaliza o, atuando como conselheiro para a sua criação Saulo Moreira Gerente do Projeto Gerencia as áreas administrativas e funcionais do Cria planos de e planos de gerenciamento relacionados ao, mede o desempenho, aplica ações corretivas, controla os resultados e coordena a equipe do. Além de atuar nas decisões estratégicas Stakeholder Clientes, Mantenedor e Analista Pessoas e organizações que utilizarão as funções do sistema Fazer a correta utilização do sistema Sim José Henrique Marcos Vinicius Roberto Schaefer Robson Alves Supervisores Quem supervisiona e auxilia na elaboração do Responsável por sanar as dúvidas existentes durante a criação do e avaliar os artefatos Documento de Visão do SISELEGE Página: 6 de 11

7 Felipe Lopes Analista de banco de dados análise dos processos de redes para a elaboração do Mateus Ottoni Analista de requisitos / Desenvolvedor análise dos requisitos e o desenvolvimento Para a elaboração do Priscila de Paula Analista de testes análise dos processos de testes para a elaboração do Samuel Brito Analista de redes análise dos processos de redes para a elaboração do Thiago Gomes Analista de requisitos análise dos requisitos para a elaboração do Vinicius Abrantes Revisor de artefatos / Desenvolvedor revisão dos artefatos a serem entregues e desenvolve para a elaboração do Stakeholder Fornecedor Responsável por fornecer bens ou serviços para ajudar a equipe do a finalizar o Documento de Visão do SISELEGE Página: 7 de 11

8 4. NECESSIDADES DOS ENVOLVIDOS 4.1 Cadastrar Clientes Importância Necessidades Prioridade Preocupações Solução Atual Soluções Propostas Manter dados sobre o candidato Armazenar dados de forma segura e consistente Implementação de um SGBD para a obtenção de melhor manipulação, organização/gerência e controle dos dados. Manter dados sobre os partidos Armazenar dados de forma segura e consistente Implementação de um SGBD para a obtenção de melhor manipulação, organização/gerência e controle dos dados. Manter dados sobre as coligações Armazenar dados de forma segura e consistente Implementação de um SGBD para a obtenção de melhor manipulação, organização/gerência e controle dos dados. Manter dados sobre as pesquisas Armazenar dados de forma segura e consistente Implementação de um SGBD para a obtenção de melhor manipulação, organização/gerência e controle dos dados. Manter dados sobre os clientes Armazenar dados de forma segura e consistente arquivos físicos Implementação de um SGBD para a obtenção de melhor manipulação, organização/gerência e controle dos dados. Gerar Relatórios Gerar relatórios reflexos do tratamento dos dados para o auxílio na divulgação das pesquisas e na sua documentação Os relatórios são gerados manualmente Os relatórios serão gerados a partir da ferramenta Google Drive Documento de Visão do SISELEGE Página: 8 de 11

9 Sincronizar com o Google Docs / Forms Disponibilização dos dados em tempo integral existe ferramenta para auxiliar a disponibilização dos dados Sincronizar os dados acolhidos com o sistema Google Driver Login Secundário Identificação dos usuários que realizam as consultas e registros no sistema O cliente não dispõe um sistema para a identificação dos usuários Criação de login para a identificação dos usuários. Conexão com a internet não exigida após a instalação Secundário O acesso aos dados não é possível fora da internet O sistema realizará a sincronização dos dados para acesso offline Disponibilidade 24/7 Os dados não podem ser consultados a qualquer momento O acesso aos dados somente é realizado em horário comercial, com a necessidade de disponibilização de funcionário Disponibilizar os dados em tempo integral por meio do Google Drive Segurança por meio de login por inatividade Os dados não podem ficar disponíveis a não ser para o usuário que realizou o login existe o controle de acesso aos dados Realizar logoff do usuário após constatado período de inatividade Resposta de menos de 5 segundos para apresentação de cada funcionalidade Agilidade na utilização do sistema Dar agilidade ao acesso das funcionalidades 5. VISÃO GERAL DO PRODUTO 5.1 Perspectiva do Produto O sistema servirá para o armazenamento dos dados referente a pesquisas eleitorais, seguindo as determinações previstas na Lei 9504/97 e resolução TSE /2011. As funcionalidades do sistema serão de armazenamento dos dados dos candidatos, dos partidos, das coligações e das pesquisas realizadas, auxiliando na consulta e divulgação por meio de um banco de dados que estará disponível em tempo integral (24/7). A realização dos registros e das consultas das pesquisas eleitorais também serão permitidas por meio da arquitetura Web, havendo sincronização com os sistemas Docs / Forms do Google a fim de facilitar o acesso que será efetuado a partir de Login, tornando os dados mais confiáveis. Documento de Visão do SISELEGE Página: 9 de 11

10 5.2 Suposições A empresa deverá disponibilizar estações de trabalho e um servidor para o armazenamento do banco de dados, com a utilização do MySQL, assim como também fornecer internet para a sincronização dos dados. Os computadores terão instalados o sistema operacional Windows 8.1 Pro, a aplicação Google Drive e um browser atualizado. Deverá ser fornecido conexão de internet com o mínimo de 10 Mbps de velocidade de transmissão. 5.3 Licenciamento e Instalação As licenças necessárias para o funcionamento do sistema serão de responsabilidade da empresa, conforme descrição abaixo: Windows 8.1 Pro Windows Server 2008 R2 6. CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO 6.1 Manter dados dos candidatos Permitirá o registro dos dados dos candidatos, sua consulta e exclusão. 6.2 Manter os dados dos partidos Permitirá o registro dos dados dos partidos, sua consulta, alteração e exclusão. 6.3 Manter os dados das coligações Permitirá o registro dos dados das coligações, sua consulta, alteração e exclusão. 6.4 Manter dados das pesquisas realizadas Permitirá o registro dos dados das pesquisas realizadas, sua consulta e exclusão. 6.5 Manter dados sobre as empresas pesquisadoras/clientes Permitirá o registro dos dados dos clientes, sua consulta, alteração e exclusão. Documento de Visão do SISELEGE Página: 10 de 11

11 6.6 Gerar relatório Permitirá a geração de relatórios após o tratamento dos dados das pesquisas recebidas a fim de auxiliar a divulgação. 7. RESTRIÇÕES Deverá obrigatoriamente ser precedida, em pelo menos 5 (cinco) dias da data divulgação, de registro no Juízo Eleitoral competente das informações elencadas no artigo 33 da Lei 9504/97 e no artigo 1º da Resolução TSE /2011. Para a obtenção do requisito de disponibilização em tempo integral (24x7) a rede deverá permanecer em operação constante. 8. OUTROS REQUISITOS DO PRODUTO 8.1 Recurso necessário para a execução do sistema Sistema operacional Windows 8.1 Pro; Browser atualizado; Servidor Windows Server 2008 R2 Servidor de banco de dados MySQL 8.2 Descrição de hardware ideal Processador Intel Core I5 4ª geração, ou equivalente; Memória RAM de 4GB no mínimo; HD de 500 GB no mínimo; 9. APROVAÇÃO Estou ciente e de acordo com as informações passadas por mim para composição deste documento e com o conteúdo deste. Data : 05/09/2014 Data : 05/09/2014 RESPONSÁVEL SOLICITANTE Saulo Amaral Moreira Gerente do Projeto Impressão Digital Marcos Vinicius Gonçalves Engenharia de Software Faculdade de Tecnologia SENAC-DF Documento de Visão do SISELEGE Página: 11 de 11

Declaração de Escopo do Projeto

Declaração de Escopo do Projeto Declaração de Escopo do Projeto I. Informações gerais Nome do projeto: Divulgação de Pesquisa Eleitoral Número do projeto: 05 Nome do solicitante: Rogério Gomes Lopes Data do pedido: 07/08/2014 II. Visão

Leia mais

TERMO DE ABERTURA DE PROJETO

TERMO DE ABERTURA DE PROJETO TERMO DE ABERTURA DE PROJETO I. Informações gerais: Nome do projeto: Divulgação de Pesquisa Eleitoral Nº do projeto: 05 Nome do patrocinador: Rogério Gomes Lopes Origem: Demanda de Mercado Data: 06/09/2014

Leia mais

Sistema Gerenciador de Locadora Documento de Visão

Sistema Gerenciador de Locadora Documento de Visão Documento de Visão Sistema Gerenciador de Locadora Documento de Visão Versão 1.2 Responsável: Gustavo Teles DV01 Documento de Visão 01 Página 1 de 8 Controle de Alteração: Data Versão Descrição Autor 09/03/2012

Leia mais

Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor

Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor H6Projetos Documento de Requisitos Versão 1.3 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 05/09/2013 1.0 Preenchimento do Capítulo 2 Requisitos Funcionais Evilson Montenegro 26/09/2013 1.1 Preenchimento

Leia mais

DOCUMENTO DE REGRAS DE NEGÓCIO

DOCUMENTO DE REGRAS DE NEGÓCIO SISGED - SISTEMA DE GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS DOCUMENTO DE REGRAS DE NEGÓCIO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 04/2011 1.0 Primeira versão. Priscila Drielle Sumário

Leia mais

Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 19/09/2014 1.0 Implementação de itens essenciais para futuro aprimoramento.

Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 19/09/2014 1.0 Implementação de itens essenciais para futuro aprimoramento. Documento de Requisitos 1 Documento de Requisitos Versão 1.2 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 19/09/2014 1.0 Implementação de itens essenciais para futuro aprimoramento. Camilo Fernandes

Leia mais

DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 BAIXA DE CONTAS A PAGAR RELEASE 4.1

DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 BAIXA DE CONTAS A PAGAR RELEASE 4.1 DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 BAIXA DE CONTAS A PAGAR RELEASE 4.1 SUMÁRIO DEFINIÇÃO DE REQUISITOS 4 1. INTRODUÇÃO 4 1.1 FINALIDADE 4 1.2 ESCOPO 4 1.3 DEFINIÇÕES, ACRÔNIMOS

Leia mais

FACSENAC. SISGEP SISTEMA GERENCIADOR PEDAGÓGICO DRP (Documento de Requisitos do Projeto de Rede)

FACSENAC. SISGEP SISTEMA GERENCIADOR PEDAGÓGICO DRP (Documento de Requisitos do Projeto de Rede) FACSENAC SISTEMA GERENCIADOR PEDAGÓGICO Versão: 1.2 Data: 25/11/2011 Identificador do documento: Documento de Visão V. 1.7 Histórico de revisões Versão Data Descrição Autor 1.0 03/10/2011 Primeira Edição

Leia mais

Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software SISPA FACULDADE SENAC

Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software SISPA FACULDADE SENAC 1 Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software SISPA FACULDADE SENAC Edilberto Silva 1, André Luiz (1012545), Andreia Pereira da Silva (1012547) Carlos Alberto (1012206), Humberto César de Carvalho

Leia mais

Documento de Requisitos

Documento de Requisitos Documento de Requisitos Projeto: Data 26/05/2005 Responsável Autor (s) Doc ID Localização Versão do Template Márcia Jacyntha Nunes Rodrigues Lucena Silvia Cássia Pereira Márcia Jacyntha Nunes Rodrigues

Leia mais

Documento de Requisitos Projeto SisVendas Sistema de Controle de Vendas para Loja de Informática.

Documento de Requisitos Projeto SisVendas Sistema de Controle de Vendas para Loja de Informática. Documento de Requisitos Projeto SisVendas Sistema de Controle de Vendas para Loja de Informática. 1 Introdução 1.1 Propósito O propósito deste documento de especificação de requisitos é definir os requisitos

Leia mais

InfoMix Tecnologia. Soluções em Tecnologia da Informação. SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias. Documento Requisitos Versão 1.

InfoMix Tecnologia. Soluções em Tecnologia da Informação. SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias. Documento Requisitos Versão 1. SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias Documento Requisitos Versão 1.1 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 06/09/2009 1.0 Elaboração da para análise da 1º versão Marcos Silva do documento

Leia mais

Cláudia Araújo Coordenadora Diego Macêdo Programador Marcelo Rodrigues Suporte

Cláudia Araújo Coordenadora Diego Macêdo Programador Marcelo Rodrigues Suporte BCON Sistema de Controle de Vendas e Estoque Declaração de escopo Versão 1.0 Histórico de Revisão Elaborado por: Filipe de Almeida do Amaral Versão 1.0 Aprovado por: Marcelo Persegona 22/03/2011 Time da

Leia mais

Plano de Gerenciamento do Projeto

Plano de Gerenciamento do Projeto Projeto para Soluções Contábeis 2015 Plano de Gerenciamento do Projeto Baseado na 5ª edição do Guia PMBOK Brendon Genssinger o e Elcimar Silva Higor Muniz Juliermes Henrique 23/11/2015 1 Histórico de alterações

Leia mais

GTI2-Tecnologia. <Analisador de logs> Documento Visão. Versão <1.0>

GTI2-Tecnologia. <Analisador de logs> Documento Visão. Versão <1.0> GTI2-Tecnologia Documento Visão Versão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 02/06/2014 1.0 Desenvolvimento do documento Visão Eduardo, Fernando, Inácio e Hudson.

Leia mais

Manual de Instalação, Administração e Uso do Sistema Elétric

Manual de Instalação, Administração e Uso do Sistema Elétric Manual de Instalação, Administração e Uso do Sistema Elétric Versão 1.0 Autores Bruna Cirqueira Mariane Dantas Milton Alves Robson Prioli Nova Odessa, 10 de Setembro de 2013 Sumário Apoio 1. Licença deste

Leia mais

Termo de Abertura Sistema de Vendas de Pizzas Online (PizzaWeb) - Versão 1.0

Termo de Abertura Sistema de Vendas de Pizzas Online (PizzaWeb) - Versão 1.0 Termo de Abertura Sistema de Vendas de Pizzas Online (PizzaWeb) - Versão 1.0 Versão do Documento: 1.1 Histórico de Revisão Data Versão do Documento Descrição Autor 18/03/2011 1.0 Montar o Termo de Abertura.

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS. BioGer Server e BioGer Client

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS. BioGer Server e BioGer Client ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS BioGer Server e BioGer Client ÍNDICE A) OBJETIVO...3 B) MODELOS...3 C) CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS...5 D) CARACTERÍSTICAS OPERACIONAIS...5 D.1) Características Operacionais

Leia mais

Documento de Requisitos

Documento de Requisitos Documento de Requisitos Sistema Gerenciador de Locadora Documento de Requisitos Versão 1.1 Responsável: Gustavo Teles DR01 Documento de Requisitos 01 Página 1 de 10 Controle de Alteração: Data Versão Descrição

Leia mais

DIGITALIZAÇÃO DE OBRAS RARAS DOCUMENTO DE REGRAS DE NEGÓCIOS. Versão 1.2 Histórico de Revisão

DIGITALIZAÇÃO DE OBRAS RARAS DOCUMENTO DE REGRAS DE NEGÓCIOS. Versão 1.2 Histórico de Revisão DIGITALIZAÇÃO DE OBRAS RARAS DOCUMENTO DE REGRAS DE NEGÓCIOS Versão 1.2 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 12/05/2011 1.0 Criação do Documento Ronan Alves 13/05/2011 1.1 Criação do Documento

Leia mais

Sistema de Automação Comercial de Pedidos- Versão 1.1

Sistema de Automação Comercial de Pedidos- Versão 1.1 Termo de Abertura Sistema de Automação Comercial de Pedidos- Versão 1.1 Iteração 1.0- Release 1.0 Versão do Documento: 1.1 Histórico de Revisão Data Versão do Documento Descrição Autor 18/03/2011 1.0 Versão

Leia mais

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 ArpPrintServer Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO SISTEMA... 3 REQUISITOS DE SISTEMA... 4 INSTALAÇÃO

Leia mais

Manual de Instalação ProJuris8

Manual de Instalação ProJuris8 Manual de Instalação ProJuris8 Sumário 1 - Requisitos para a Instalação... 3 2 - Instalação do Firebird.... 4 3 - Instalação do Aplicativo ProJuris 8.... 8 4 - Conexão com o banco de dados.... 12 5 - Ativação

Leia mais

Dell Infrastructure Consulting Services

Dell Infrastructure Consulting Services Proposta de Serviços Profissionais Implementação do Dell OpenManage 1. Apresentação da proposta Esta proposta foi elaborada pela Dell com o objetivo de fornecer os serviços profissionais de implementação

Leia mais

Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software SISCOP TORRE FORTE CONSTRUÇÕES LTDA.

Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software SISCOP TORRE FORTE CONSTRUÇÕES LTDA. 1 Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software SISCOP TORRE FORTE CONSTRUÇÕES LTDA. EDILBERTO SILVA 1, ADRIANO MARRA (1012295) 2, BRUNO OLIVEIRA (1012415) 2, BRUNO MOTTA (1012509) 2, JANAÍNA LIMA

Leia mais

FOUR Soluções. Projeto Integrador Documento Visão. Versão <1.0>

FOUR Soluções. Projeto Integrador Documento Visão. Versão <1.0> FOUR Soluções Projeto Integrador Documento Visão Versão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 24/11/2014 001 Reunião para discussão e divisão do trabalho Eudes Pina 24/11/2014 002 Apresentação

Leia mais

GTI2-2015 Gestão Tecnologia Da Informação. Analisador de logs

GTI2-2015 Gestão Tecnologia Da Informação. Analisador de logs GTI2-2015 Gestão Tecnologia Da Informação Analisador de logs Documento Visão Versão : 1.0 Helton Klinthon Douglas Silva Dyonathan Rodrigues ANALISADOR DE LOGS Documento Visão Histórico de Revisões Data

Leia mais

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação Índice 1. Introdução... 3 2. Funcionamento básico dos componentes do NetEye...... 3 3. Requisitos mínimos para a instalação dos componentes do NetEye... 4 4.

Leia mais

*HUPRQGR±0DQXDOGR8VXiULR

*HUPRQGR±0DQXDOGR8VXiULR 1 of 23 *HUPRQGR±0DQXDOGR8VXiULR O manual do usuário tem como objetivo, detalhar o funcionamento do Sistema de Gerenciamento e Monitoramento On-Line de Obras, de forma clara para seus usuários. Clique

Leia mais

BRAlarmExpert. Software para Gerenciamento de Alarmes. BENEFÍCIOS obtidos com a utilização do BRAlarmExpert:

BRAlarmExpert. Software para Gerenciamento de Alarmes. BENEFÍCIOS obtidos com a utilização do BRAlarmExpert: BRAlarmExpert Software para Gerenciamento de Alarmes A TriSolutions conta com um produto diferenciado para gerenciamento de alarmes que é totalmente flexível e amigável. O software BRAlarmExpert é uma

Leia mais

WebZine Manager. Documento de Projeto Lógico de Rede

WebZine Manager. Documento de Projeto Lógico de Rede WebZine Manager Documento de Projeto Lógico de Rede Versão:1.0 Data: 10 de Setembro de 2012 Identificador do documento: WebZine Manager Versão do Template Utilizada na Confecção: 1.0 Localização: SoftSolut,

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) ABRIL/2011

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) ABRIL/2011 SERVIÇOS BÁSICOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) ABRIL/2011 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 MANTER FUNCIONÁRIO RELEASE 4.1

DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 MANTER FUNCIONÁRIO RELEASE 4.1 DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 MANTER FUNCIONÁRIO RELEASE 4.1 SUMÁRIO DEFINIÇÃO DE REQUISITOS 4 1. INTRODUÇÃO 4 1.1 FINALIDADE 4 1.2 ESCOPO 4 1.3 DEFINIÇÕES, ACRÔNIMOS

Leia mais

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Visão. Versão 1.0

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Visão. Versão 1.0 ARCO - Associação Recreativa dos Correios Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Versão 1.0 Data: 27/03/2011 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 27/03/2011 1.0 Versão Inicial

Leia mais

SISCVP SISTEMA DE CONTROLE VARANDAS

SISCVP SISTEMA DE CONTROLE VARANDAS SISCVP SISTEMA DE CONTROLE VARANDAS DECLARAÇÃO DE ESCOPO SCOPE STATEMENT Preparado por CCPD- Companhia de Criação, Programação e Desenvolvimento 1.3 Aprovado por Erick Richards Data 08/08/2010 I - Time

Leia mais

Plano de Gerenciamento do Projeto Baseado na 5ª edição do Guia PMBOK

Plano de Gerenciamento do Projeto Baseado na 5ª edição do Guia PMBOK 0 2015 Projeto: Conecta Contábil Sistema de controle e depreciação de patrimônio Plano de Gerenciamento do Projeto Baseado na 5ª edição do Guia PMBOK Plano de Gerenciamento desenvolvido para a realização

Leia mais

Documento de Requisitos Sistema WEB GEDAI

Documento de Requisitos Sistema WEB GEDAI Universidade Federal de São Carlos Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia Departamento de Computação GEDAI-Grupo de Estudo e Desenvolvimento em Automação Industrial Documento de Requisitos Sistema WEB

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE II. Primeiro Trabalho

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE II. Primeiro Trabalho UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE II Primeiro Trabalho Descrição do trabalho: Escrever um Documento de Visão. Projeto: Automatização do sistema que

Leia mais

CRM GESTÃO DOS SERVIÇOS AOS CLIENTES

CRM GESTÃO DOS SERVIÇOS AOS CLIENTES Página 1 de 6 Este sistema automatiza todos os contatos com os clientes, ajuda as companhias a criar e manter um bom relacionamento com seus clientes armazenando e inter-relacionando atendimentos com informações

Leia mais

Programação com acesso a BD. Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br

Programação com acesso a BD. Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Programação com acesso a BD Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br 1 Introdução BD desempenha papel crítico em todas as áreas em que computadores são utilizados: Banco: Depositar ou retirar

Leia mais

Engenharia de Requisitos

Engenharia de Requisitos Engenharia de Requisitos Introdução a Engenharia de Requisitos Professor: Ricardo Argenton Ramos Aula 08 Slide 1 Objetivos Introduzir a noção de requisitos do sistema e o processo da engenharia de requisitos.

Leia mais

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1 Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1 1 - INTRODUÇÃO NEXCODE NOTE, também conhecido como NEXNOTE, é um conjunto de soluções de software desenvolvidas sob a plataforma

Leia mais

Especificação Suplementar

Especificação Suplementar Especificação Suplementar Versão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 29/10/2014 2.0 2.1 funcionalidade e segurança de M. Vinícius acesso 30/10/2014

Leia mais

Manual do Usuário Eleição Virtual. Versão 2.0

Manual do Usuário Eleição Virtual. Versão 2.0 Manual do Usuário Eleição Virtual Versão 2.0 Março, 2015 Sistema Nível de Serviço Manual de utilização Tribunal de Justiça do Estado da Bahia Setor: Coordenação de Sistemas - COSIS Histórico de Revisões

Leia mais

Universal sistema oficial CBO

Universal sistema oficial CBO P2D Prontuário 2013 Universal sistema oficial CBO P2D Prontuário Universal 14/2/2013 2 Conteúdo 1. O que é o P2D Prontuário Universal?... 3 2. Quanto custa?... 3 3. Quais os benefícios?... 3 4. Quais os

Leia mais

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Sumário Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial do Portal WEB Criando um

Leia mais

Manual Operacional Expansão Nono Digito

Manual Operacional Expansão Nono Digito Manual Operacional Expansão Nono Digito 1 Sumário Histórico de Mudanças... 2 Introdução... 3 WBS Visão Geral... 3 Lógica Operacional... 3 CRM... 4 Gerenciamento Operacional... 4 Importações... 5 Carga

Leia mais

Requisitos técnicos dos produtos Thema

Requisitos técnicos dos produtos Thema Requisitos técnicos dos produtos Thema 1 Sumário 2 Apresentação...3 3 Servidor de banco de dados Oracle...4 4 Servidor de aplicação Linux...4 5 Servidor de terminal service para acessos...4 6 Servidor

Leia mais

1.Introdução. 2. Posicionamento

1.Introdução. 2. Posicionamento 1.Introdução 1.1 Finalidade Este documento tem o objetivo de demonstrar as necessidades e problemas que a rede de clínicas de vacinação IMUNIZA encontra em seu dia a dia, propondo após um levantamento

Leia mais

SCP - Sistema de Controle de Processo

SCP - Sistema de Controle de Processo SCP - Sistema de Controle de Processo Módulo PTS Versão do produto: 1.0 Edição do documento: Julho de 2010 Série A. Normas e Manuais Técnicos MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria Executiva Departamento de Informática

Leia mais

Fox Gerenciador de Sistemas

Fox Gerenciador de Sistemas Fox Gerenciador de Sistemas Índice 1. FOX GERENCIADOR DE SISTEMAS... 4 2. ACESSO AO SISTEMA... 5 3. TELA PRINCIPAL... 6 4. MENU SISTEMAS... 7 5. MENU SERVIÇOS... 8 5.1. Ativação Fox... 8 5.2. Atualização

Leia mais

REQUISITOS. Prof. Msc. Hélio Esperidião

REQUISITOS. Prof. Msc. Hélio Esperidião REQUISITOS Prof. Msc. Hélio Esperidião OS REQUISITOS O que são requisitos? Uma descrição de um serviço ou de uma limitação O que é a engenharia de requisitos? O processo envolvido no desenvolvimento de

Leia mais

Gerenciador de Log. Documento Visão. Projeto Integrador 2015/2. Engenharia de Software. Versão 2.0. Engenharia de Software

Gerenciador de Log. Documento Visão. Projeto Integrador 2015/2. Engenharia de Software. Versão 2.0. Engenharia de Software Documento Visão e Documento Suplementar Gerenciador de Log Documento Visão Versão 2.0 1 Índice 1. Histórico de Revisões...3 2. Objetivo do Documento...4 3. Sobre o Problema...4 4. Sobre o produto...4 4.1.

Leia mais

Termo de Abertura. Projeto: SysTrack. Documento: 1.0

Termo de Abertura. Projeto: SysTrack. Documento: 1.0 Termo de Abertura Projeto: SysTrack Documento: 1.0 1 Nome do Projeto: SysTrack Centro de Custo: XXXX Gerente do Projeto: Renato Santos Empresa contratante: Hórus Empresa contratada: TechHouse Método de

Leia mais

Excelência em Metodologia de Helpdesk

Excelência em Metodologia de Helpdesk Excelência em Metodologia de Helpdesk O IntraDesk foi desenvolvido com base nas melhores práticas conhecidas de Helpdesk, indicadas por organizações como o Gartner Group e o Helpdesk Institute, que, aliadas

Leia mais

Disciplina de Banco de Dados Introdução

Disciplina de Banco de Dados Introdução Disciplina de Banco de Dados Introdução Prof. Elisa Maria Pivetta CAFW - UFSM Banco de Dados: Conceitos A empresa JJ. Gomes tem uma lista com mais ou menos 4.000 nomes de clientes bem como seus dados pessoais.

Leia mais

GERENCIAMENTO DE REDES

GERENCIAMENTO DE REDES GERENCIAMENTO DE REDES Professor Victor Sotero Gerenciamento de Redes 1 GERENCIAMENTO DE REDES(1/2) DEFINIÇÃO A gerência de redes consiste no desenvolvimento, integração e coordenação do hardware,software

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento... 3 2. Suporte técnico... 3 3. Requisitos de hardware... 4 3.1. Estação... 4 3.2. Servidor... 4 4. Instalação... 5 4.1. Instalação no servidor... 5

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS.

MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS. PROGRAMA EMBRAPA DE MELHORAMENTO DE GADO DE CORTE MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS. MANUAL DE INSTALAÇÃO: 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS

Leia mais

Documento de Visão. Sistema de Ponto Eletrônico A2MEPonto. Versão 1.0

Documento de Visão. Sistema de Ponto Eletrônico A2MEPonto. Versão 1.0 Documento de Visão Sistema de Ponto Eletrônico A2MEPonto Versão 1.0 HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autor 23/10/2010 #1 Elaboração do documento. Eduardo Neto Versão 1.0 Documento de Visão A2ME

Leia mais

SAV Sistema de Aluguel de Veículos I - DOCUMENTO DE REQUISITOS Versão 1.00

SAV Sistema de Aluguel de Veículos I - DOCUMENTO DE REQUISITOS Versão 1.00 SAV Sistema de Aluguel de Veículos I - DOCUMENTO DE REQUISITOS Versão 1.00 Conteúdo 1. INTRODUÇÃO...3 1.1 CONVENÇÕES, TERMOS E ABREVIAÇÕES... 3 1.1.1 Identificação dos Requisitos... 3 1.1.2 Prioridades

Leia mais

Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento

Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento Introdução O presente documento descreverá de forma objetiva as principais operações para abertura e consulta de uma solicitação ao Setor de Desenvolvimento

Leia mais

Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 03/08/2012 1.0 Versão Inicial do Documento Rodrigo Montes

Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 03/08/2012 1.0 Versão Inicial do Documento Rodrigo Montes WebZine Manager Vi Ver 1.1 Histórico de Revi Data Ver Descrição Autor 03/08/2012 1.0 Ver Inicial do Documento Rodrigo Montes 18/08/2012 1.1 Adicionados os tópicos 5,6,7 e 8 ao Documento Guilherme Cardozo

Leia mais

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Satélite Manual de instalação e configuração CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Índice Índice 1.Informações gerais 1.1.Sobre este manual 1.2.Visão geral do sistema 1.3.História

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

INSTRUÇÃO DE TRABALHO PARA INFORMAÇÕES GERENCIAIS

INSTRUÇÃO DE TRABALHO PARA INFORMAÇÕES GERENCIAIS INSTRUÇÃO DE TRABALHO PARA INFORMAÇÕES GERENCIAIS Asia Shipping Transportes Internacionais Ltda. como cópia não controlada P á g i n a 1 7 ÍNDICE NR TÓPICO PÁG. 1 Introdução & Política 2 Objetivo 3 Responsabilidade

Leia mais

Gerência e Administração de Redes

Gerência e Administração de Redes Gerência e Administração de Redes IFSC UNIDADE DE SÃO JOSÉ CURSO TÉCNICO SUBSEQUENTE DE TELECOMUNICAÇÕES! Prof. Tomás Grimm Agenda! Apresentação da disciplina! Introdução! Tipos de Gerência! Ferramentas

Leia mais

Manual de Instalação Flex

Manual de Instalação Flex Manual de Instalação Flex Sumário 1. Sobre este documento... 3 2. Suporte técnico... 3 3. Requisitos de hardware... 4 4. Instalação... 5 4.1. Instalação no servidor... 5 4.1.1. Instalação do sistema...

Leia mais

Nome da Empresa Sistema digitalizado no almoxarifado do EMI

Nome da Empresa Sistema digitalizado no almoxarifado do EMI Nome da Empresa Documento Visão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 23/02/2015 1.0 Início do projeto Anderson, Eduardo, Jessica, Sabrina, Samuel 25/02/2015 1.1 Correções Anderson e Eduardo

Leia mais

LINGUAGEM DE BANCO DE DADOS

LINGUAGEM DE BANCO DE DADOS LINGUAGEM DE BANCO DE DADOS Gabriela Trevisan Bacharel em Sistemas de Informação Universidade Federal do Rio Grande Pós-Graduanda Formação Pedagógica de Professores (FAQI) Conceito de BD Um banco de dados

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

Roteiro. BCC321 - Banco de Dados I. Conceitos Básicos. Conceitos Básicos. O que é um banco de dados (BD)?

Roteiro. BCC321 - Banco de Dados I. Conceitos Básicos. Conceitos Básicos. O que é um banco de dados (BD)? Roteiro BCC321 - Banco de Dados I Luiz Henrique de Campos Merschmann Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto luizhenrique@iceb.ufop.br www.decom.ufop.br/luiz Conceitos Básicos Banco

Leia mais

Manual BitFarmácia Popular Versão 2 Software Autorizador Farmácia Popular

Manual BitFarmácia Popular Versão 2 Software Autorizador Farmácia Popular Manual BitFarmácia Popular Versão 2 Software Autorizador Farmácia Popular Bitshop Informática Ltda Todos os Direitos Reservados www.bitshop.com.br Conteúdo 1. A Quem se Destina o BitFarmácia Popular 2.

Leia mais

Prova de Conhecimento para Consultores de Implementação MPS.BR INSTRUÇÕES

Prova de Conhecimento para Consultores de Implementação MPS.BR INSTRUÇÕES Implementação MPS.BR 26 de maio de 2008 4 horas de duração e-mail: (DEIXAR EM BRANCO) RESULTADO: Q1 Q2 Q3 Q4 Q5 Q6 Q7 Q8 Q9 Q10 Nota INSTRUÇÕES Para a maioria das questões você tem mais de uma opção e

Leia mais

MUDANÇAS NA ISO 9001: A VERSÃO 2015

MUDANÇAS NA ISO 9001: A VERSÃO 2015 MUDANÇAS NA ISO 9001: A VERSÃO 2015 Está em andamento o processo de revisão da Norma ISO 9001: 2015, que ao ser concluído resultará na mudança mais significativa já efetuada. A chamada família ISO 9000

Leia mais

Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A

Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A Esperança_TI S.A S/A Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A 25/11/2014 Gerador do documento: Gerente de Negociação: Marcos Alves de Oliveira Marcos Antônio de Morais Aprovação

Leia mais

04/08/2012 MODELAGEM DE DADOS. PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO, M.Sc. @ribeirord MODELAGEM DE DADOS. Aula 1. Prof. Rafael Dias Ribeiro. M.Sc.

04/08/2012 MODELAGEM DE DADOS. PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO, M.Sc. @ribeirord MODELAGEM DE DADOS. Aula 1. Prof. Rafael Dias Ribeiro. M.Sc. MODELAGEM DE DADOS PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO, M.Sc. @ribeirord MODELAGEM DE DADOS Aula 1 Prof. Rafael Dias Ribeiro. M.Sc. @ribeirord 1 Objetivos: Apresenta a diferença entre dado e informação e a importância

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P. TJAM 56 PROJUDI Revisado por: Breno Figueiredo Corado DVTIC/PROJUDI

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE

ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE Introdução O administrador de redes geovanegriesang@ifsul.edu.br www.geovanegriesang.com Gerenciamento de redes Gerenciamento de rede é o ato de iniciar, monitorar e modificar

Leia mais

O que é o SAT. Principais características do SAT. Prazos e obrigatoriedade

O que é o SAT. Principais características do SAT. Prazos e obrigatoriedade O que é o SAT SA T O SAT, Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos, é um sistema que tem por objetivo documentar, de forma eletrônica, as operações comerciais do varejo dos contribuintes

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Auto Download

Manual do usuário. Mobile Auto Download Manual do usuário Mobile Auto Download Mobile Auto Download Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e

Leia mais

Documento de Arquitetura

Documento de Arquitetura Documento de Arquitetura A2MEPonto - SISTEMA DE PONTO ELETRÔNICO A2MEPonto - SISTEMA DE PONTO ELETRÔNICO #1 Pág. 1 de 11 HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autor 28/10/2010 1 Elaboração do documento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA. Sistema de Gerenciamento Eletrônico de Documentos

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA. Sistema de Gerenciamento Eletrônico de Documentos UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA Sistema de Gerenciamento Eletrônico de Documentos Autor: Evandro Bastos Tavares Orientador: Antônio Claudio Gomez

Leia mais

Action Vision Visão. Versão 1.0. Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 06/08/2014 1.0 Visão geral do projeto Matheus Camilo

Action Vision Visão. Versão 1.0. Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 06/08/2014 1.0 Visão geral do projeto Matheus Camilo Action Vision Visão Versão 1.0 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 06/08/2014 1.0 Visão geral do projeto Matheus Camilo Página 1 de 12 Sumário 1. INTRODUÇÃO...3 1.1 Finalidade...3 1.2 Escopo...3

Leia mais

Documento de Análise e Projeto VideoSystem

Documento de Análise e Projeto VideoSystem Documento de Análise e Projeto VideoSystem Versão Data Versão Descrição Autor 20/10/2009 1.0 21/10/2009 1.0 05/11/2009 1.1 Definição inicial do documento de análise e projeto Revisão do documento

Leia mais

Sistemas de Informação I

Sistemas de Informação I + Sistemas de Informação I Dimensões de análise dos SI Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br + Introdução n Os sistemas de informação são combinações das formas de trabalho, informações, pessoas

Leia mais

CATÁLOGO DE CUSTOMIZAÇÕES Apontamento Web

CATÁLOGO DE CUSTOMIZAÇÕES Apontamento Web CATÁLOGO DE CUSTOMIZAÇÕES Apontamento Web Índice CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 3 DADOS DO PROJETO... 4 OBJETIVO(S) DO PROJETO... 4 ESCOPO... ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. PREMISSAS... 17 LIMITAÇÕES E RESTRIÇÕES...

Leia mais

Universal sistema oficial CBO

Universal sistema oficial CBO P2D Prontuário 2012 Universal sistema oficial CBO P2D Prontuário Universal 1/9/2012 2 Conteúdo 1. O que é o P2D Prontuário Universal?... 3 2. Quanto custa?... 3 3. Quais os benefícios?... 3 4. Quais os

Leia mais

XDOC. Solução otimizada para armazenamento e recuperação de documentos

XDOC. Solução otimizada para armazenamento e recuperação de documentos XDOC Solução otimizada para armazenamento e recuperação de documentos ObJetivo Principal O Que você ACHA De ter Disponível Online todos OS Documentos emitidos por SUA empresa em UMA intranet OU Mesmo NA

Leia mais

Rotina de Discovery e Inventário

Rotina de Discovery e Inventário 16/08/2013 Rotina de Discovery e Inventário Fornece orientações necessárias para testar a rotina de Discovery e Inventário. Versão 1.0 01/12/2014 Visão Resumida Data Criação 01/12/2014 Versão Documento

Leia mais

Documento de Requisitos. Async Fábrica de Software

Documento de Requisitos. Async Fábrica de Software Documento de Requisitos Async Fábrica de Software Nome do Projeto Agile Room Data de início 1 / 03 / 2013 Membro Cargo Yrineu Felipe Rodrigues Desenvolvedor / Analista de Requisitos / Gerente do Projeto

Leia mais

Manual do usuário. v1.0

Manual do usuário. v1.0 Manual do usuário v1.0 1 Iniciando com o Vivo Gestão 1. como fazer login a. 1º acesso b. como recuperar a senha c. escolher uma conta ou grupo (hierarquia de contas) 2. como consultar... de uma linha a.

Leia mais

Think Idea S/A. Documento Visão. Versão 1.0

Think Idea S/A. Documento Visão. Versão 1.0 Think Idea S/A Documento Visão Versão 1.0 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor(es) 02/12/2013 1.0 Documento Inicial Projeto Integrador Bruno Rodrigues, Edy Laus, Igor Pereira, Marcelo Gonçalves

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

Manual de Instalação Hunes

Manual de Instalação Hunes Manual de Instalação Hunes Instalador Hunes Através do programa Instalador Hunes é possível instalar e atualizar o seu sistema numa estação de trabalho, ou no servidor da empresa. O Instalador Hunes poderá

Leia mais

SERVIDOR VIRTUAL BÁSICO - WINDOWS

SERVIDOR VIRTUAL BÁSICO - WINDOWS SERVIDOR VIRTUAL BÁSICO - WINDOWS Estamos à sua disposição para quaisquer esclarecimentos. Atenciosamente, Eunice Dorino Consultora de Corporativa eunice@task.com.br Tel.: 31 3123-1000 Rua Domingos Vieira,

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Group Folha no servidor...6

Leia mais

AUTOR: DAVID DE MIRANDA RODRIGUES CONTATO: davidmr@ifce.edu.br CURSO FIC DE PROGRAMADOR WEB VERSÃO: 1.0

AUTOR: DAVID DE MIRANDA RODRIGUES CONTATO: davidmr@ifce.edu.br CURSO FIC DE PROGRAMADOR WEB VERSÃO: 1.0 AUTOR: DAVID DE MIRANDA RODRIGUES CONTATO: davidmr@ifce.edu.br CURSO FIC DE PROGRAMADOR WEB VERSÃO: 1.0 SUMÁRIO 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 O que é Software?... 3 1.2 Situações Críticas no desenvolvimento

Leia mais

Roteiro para a escrita do documento de Especificação de Requisitos de Software (ERS)

Roteiro para a escrita do documento de Especificação de Requisitos de Software (ERS) Roteiro para a escrita do documento de Especificação de Requisitos de Software (ERS) Definição Geral: Disciplina de Compiladores Prof. Jorge Bidarra (UNIOESTE) A especificação de requisitos tem como objetivo

Leia mais

Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software FARMAINFOR - GERENCIAMENTO DA FARMACIA

Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software FARMAINFOR - GERENCIAMENTO DA FARMACIA 1 Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software FARMAINFOR - GERENCIAMENTO DA FARMACIA PATRÍCIA LIMA 1, ALEXANDRE ALMEIDA, 2, LAÉCIO 3, OTAVIO 4,, PEDRO HENRIQUE 5, DAIRO 6,EDUARDO RADICHHI 7 LUA

Leia mais