I SEMINÁRIO ESTADUAL DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Engª Agrônoma e Perita Ambiental Suelen Alves Bomfim

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "I SEMINÁRIO ESTADUAL DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS 2010. Engª Agrônoma e Perita Ambiental Suelen Alves Bomfim"

Transcrição

1 I SEMINÁRIO ESTADUAL DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS 2010 Engª Agrônoma e Perita Ambiental Suelen Alves Bomfim Manaus - 13/8/2010

2 APL DE POLPAS, EXTRATOS E CONCENTRADOS DE FRUTAS REGIONAIS CIDADE PÓLO: ITACOATIARA Municípios: Anori, Codajás, Iranduba, Itacoatiara, Manacapuru, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva.

3 I SEMINÁRIO ESTADUAL DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS 2010 OBJETIVO Abordar as ações desenvolvidas e a desenvolver no âmbito institucional e das parcerias

4 APRESENTAÇÃO Produtos definidos Programas da SEPROR Demonstrativo das áreas plantadas e produção Mudas distribuídas em 2008 e 2009 Projetos Contratados por Agente Financeiro no Período 2007/2009. Público Beneficiário dos Serviços de ATER e Unidades Locais do IDAM 2007/2009. Capacitação e Organização Social

5 PRODUTOS SERVIÇOS POTENCIAIS DEFINIDOS NO APL DE POLPAS, EXTRATOS E CONCENTRADOS DE FRUTAS DO ESTADO DO AMAZONAS Guaraná Cupuaçu Açaí Pupunha Bacuri

6 A partir de 2007 a SEPROR estruturou sua política em torno de 05 Programas e dezenas de projetos. Os Programas são: Aprimoramento Legislativo, Aprimoramento da Infraestrutura Rural, Expansão da Agroindústria, Expansão da Produção Rural, e apoio Sócio Cultural Rural. Foram conseguidos diversos recursos através de Emendas parlamentares e de articulações diretas com os Ministérios que permitiram a celebração de vários Convênios com o MAPA, MDA, SUFRAMA, INCRA, MI, Ministério das Cidades, Secretaria de Pesca da Presidência da República, visando apoiar financeiramente os programas e projetos desenvolvidos pela Secretaria.

7 II. Aprimoramento da Infraestrutura Rural 1. Transporte e Equipamentos O Governo do Estado, através da SEPROR, tem celebrado diversos Convênios para aquisição de barcos, caminhões e equipamentos agrícolas que são repassados para associações e cooperativas de produtores de vários municípios, merecendo destacar o Convênio firmado com a SUFRAMA, através do qual adquiriu 2 (dois) ônibus adaptados para escoamento dos produtos dos agricultores familiares.

8 II. Aprimoramento da Infraestrutura Rural 2. Estradas vicinais Um dos pontos de estrangulamento do processo produtivo é o escoamento da produção. A SEPROR não tem medido esforços para melhorar a infraestrutura de apoio a produção, tendo recuperado cerca de 500 KM de estradas vicinais na área rural de Manaus, Manacapuru, Iranduba e Guajará, estando em andamento alguns Convênios com INCRA e com a SUFRAMA para recuperar vicinais no Distrito Agropecuário da SUFRAMA e área rural de Manaus.

9 III. Expansão da Agroindústria 1. Agroindústria agrícola A SEPROR através de convênio com a SUFRAMA está implantando 4 (quatro) agroindústrias de processamento de frutas em Rio Preto da Eva, Presidente Figueiredo, Autaz-Mirim e Manacapuru. No início do ano de 2010 foram entregues equipamentos e materiais para a indústria de beneficiamento de frutas da ASCOP de Novo Remanso em Itacoatiara.

10 IV. Expansão da Produção Rural 1. Expansão Agrícola A fruticultura tem se expandido no Estado do Amazonas, por conta da demanda do mercado, tanto na forma in natura como industrializada, isso se deve as ações do Governo, no que diz respeito à parceria com o Governo federal, por meio da Companhia Nacional de Abastecimento CONAB/SEPROR/IDAM/ADS no apoio à comercialização de frutas oriundas da agricultura familiar, principalmente dos municípios localizados no entorno de Manaus.

11 Demonstrativo das áreas plantadas nos anos 2008 e 2009, no Estado do Amazonas. DISCRIMIN. ÁREA (ha) AÇAÍ CUPUAÇU PRODUÇÃO ÁREA (ha) PRODUÇÃO cachos frutos cachos frutos GUARANÁ toneladas toneladas PUPUNHA cachos cachos BACURI Fonte: IDAM

12 Distribuição de mudas diversas de fruteiras produzidas em viveiros comunitários com assistência técnica do IDAM. Objeto Mudas de Banana (un.) Mudas de Pupunha (un.) Mudas de Guaraná (un.) Mudas de Citrus (un.) Quant. Quant Fonte: IDAM

13 Crédito Rural Na área de Crédito Rural é de se destacar a integração realizada pela SEPROR com os agentes financeiros AFEAM, Banco da Amazônia S/A e Banco do Brasil, na busca de melhorar o desempenho das metas, reduzir a inadimplência e desburocratizar o acesso ao Crédito Rural. Neste propósito, foram elaboradas duas cartilhas com a participação dos técnicos da SEPROR, IDAM e dos Agentes Financeiros sendo uma sobre Regras para Financiamento da Agricultura Familiar, e a outra Ações em Defesa dos Agricultores Familiares atingidos pela enchente.

14 Continuação Projetos Contratados por Agente Financeiro no Período 2007/2009. Agentes Financeiro AFEAM Banco da Amazônia Banco do Brasil TOTAL Fonte: IDAM

15 Expansão da ATER Extensão Rural A Extensão Rural (IDAM) tem intensificado ações no sentido de estimular e promover a organização dos produtores, objetivando a formação de associações e cooperativas, de forma participativa, visando a organização da produção, transferência de tecnologias, o acesso ao crédito rural, a inserção dos produtos e serviços nos mercados, a capacidade de gestão dos empreendimentos rurais, o trato nas questões sociais e ambientais, com foco na melhoria da qualidade de vida do produtor rural.

16 Público Beneficiário dos Serviços de ATER e Unidades Locais do IDAM 2007/2009. DISCRIMINAÇÃO RESULTADOS ALCANÇADOS Unidades locais Produtores Rurais Pescadores Famílias Rurais Cooperativas/ n de participantes Associação/ n de participantes Comunidades Rurais Sindicatos/ n de participantes Fonte: IDAM

17 Capacitação e Organização Social Números de Cursos e Produtores treinados no período 2007/2009. DISCRIMINAÇÃO Curso para Produtores Rurais RESULTADOS ALCANÇADOS Produtores Treinados Fonte: IDAM

18 V. Apoio Sócio Cultural Rural. Festas e exposições agropecuária Município Investim. Investim. Investim. IRANDUBA , ,00 ITACOATIARA , , ,00 MANACAPURU , , ,00 RIO PRETO DA EVA ,00 TOTAL , , ,00

19 Obrigada!

POLPAS, EXTRATOS E CONCENTRADOS DE FRUTAS REGIONAIS

POLPAS, EXTRATOS E CONCENTRADOS DE FRUTAS REGIONAIS POLPAS, EXTRATOS E CONCENTRADOS DE FRUTAS REGIONAIS SUELEN ALVES BOMFIM ENGENHEIRA AGRÔNOMA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PÓS: - GEOTECNOLOGIA APLICADA NA AMAZÔNIA - AUDITORIA, PERÍCIA E GESTÃO AMBIENTAL

Leia mais

PROGRAMA ZONA FRANCA VERDE

PROGRAMA ZONA FRANCA VERDE PROGRAMA ZONA FRANCA VERDE IDAM INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO FLORESTAL SUSTENTÁVEL DO ESTADO DO AMAZONAS SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL 1 ESTRUTURA DO SETOR PRIMÁRIO NO ESTADO

Leia mais

A CAR E O DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO ESTADO DA BAHIA

A CAR E O DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO ESTADO DA BAHIA A CAR E O DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO ESTADO DA BAHIA QUEM SOMOS Empresa pública de direito privado, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento e Integração Regional - SEDIR, criada por Lei Estadual em

Leia mais

Ações do Sistema SEPROR para o incentivo a produção de orgânicos. Sonia Alfaia Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento

Ações do Sistema SEPROR para o incentivo a produção de orgânicos. Sonia Alfaia Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento Ações do Sistema SEPROR para o incentivo a produção de orgânicos Sonia Alfaia Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento Política Institucional da SEPROR QUEM SOMOS NÓS? O Amazonas possui 270 mil produtores

Leia mais

Estratégias da Agência de Desenvolvimento Sustentável para Produção Orgânica do Extrativismo no Amazonas. Outubro/2011. Fernando Guimarães

Estratégias da Agência de Desenvolvimento Sustentável para Produção Orgânica do Extrativismo no Amazonas. Outubro/2011. Fernando Guimarães Estratégias da Agência de Desenvolvimento Sustentável para Produção Orgânica do Extrativismo no Amazonas Outubro/2011 Fernando Guimarães ZONA FRANCA VERDE Política estadual de interiorização do desenvolvimento,

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL APL DE TURISMO ECOLÓGICO E RURAL

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL APL DE TURISMO ECOLÓGICO E RURAL ARRANJO PRODUTIVO LOCAL APL DE TURISMO ECOLÓGICO E RURAL CIDADE PÓLO: MANAUS OBJETIVOS Orientar a integração e a convergência de ações dos agentes atuantes no APL de Turismo; Formalizar novas parcerias,

Leia mais

Agricultura Familiar e Alimentação Escolar no município de Registro.

Agricultura Familiar e Alimentação Escolar no município de Registro. Rua José Antônio de Campos, nº 250 Centro Registro/SP 11900-000 Fone (13) 3828.1000 Fax (13) 3821.2565 CNPJ: 45.685.872/0001-79 Agricultura Familiar e Alimentação Escolar no município de Registro. Marcos

Leia mais

CASOS DE SUCESSO DE APL s NO AMAZONAS

CASOS DE SUCESSO DE APL s NO AMAZONAS CASOS DE SUCESSO DE APL s NO AMAZONAS DEZEMBRO 2013 Valdelino Cavalcante Coordenador do Núcleo Estadual de apoio aos Arranjos Produtivos Locais GTP/APL s Política estadual de interiorização do desenvolvimento,

Leia mais

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS. PAA Renda para quem produz e comida na mesa de quem precisa!

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS. PAA Renda para quem produz e comida na mesa de quem precisa! PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA Renda para quem produz e comida na mesa de quem precisa! O que se planta, se colhe. PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA A agricultura sempre foi tema de sabedoria

Leia mais

CRÉDITO RURAL: DESAFIANDO UM PARADIGMA SOCIAL, ECONOMICO E AMBIENTAL PARA SUSTENTABILIDADE

CRÉDITO RURAL: DESAFIANDO UM PARADIGMA SOCIAL, ECONOMICO E AMBIENTAL PARA SUSTENTABILIDADE CRÉDITO RURAL: DESAFIANDO UM PARADIGMA SOCIAL, ECONOMICO E AMBIENTAL PARA SUSTENTABILIDADE INTRODUÇÃO O crédito rural é um importante instrumento para fomentar atividades e proporcionar a realização de

Leia mais

Plano de Expansão e Melhorias do Setor Elétrico do Estado do Amazonas MME. Ministério de Minas e Energia. Ministro Eduardo Braga 10 de Abril de 2015

Plano de Expansão e Melhorias do Setor Elétrico do Estado do Amazonas MME. Ministério de Minas e Energia. Ministro Eduardo Braga 10 de Abril de 2015 MME Ministério de Minas e Energia Plano de Expansão e Melhorias do Setor Elétrico do Estado do Amazonas Ministro Eduardo Braga 10 de Abril de 2015 Objetivo do Plano 1 1 2 3 Melhorar o suprimento de energia

Leia mais

Segurança Alimentar e Nutricional na Amazônia

Segurança Alimentar e Nutricional na Amazônia Segurança Alimentar e Nutricional na Amazônia Contribuições ao debate na XI Plenária do Consea Agosto de 2013 Aprimoramento da estratégia de identificação e caracterização das famílias pertencentes a povos

Leia mais

ESTRATÉGIAS E DESAFIOS PARA O DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO NO ESTADO DO AMAZONAS

ESTRATÉGIAS E DESAFIOS PARA O DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO NO ESTADO DO AMAZONAS ESTRATÉGIAS E DESAFIOS PARA O DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO NO ESTADO DO AMAZONAS SECRETARIA SECRETARIA DE ESTADO DE Manaus ESTADO DE - Amazonas CIÊNCIA, DE CIÊNCIA TECNOLOGIA E TECNOLOGIA E

Leia mais

SEMINÁRIO. Agricultura Familiar no Amazonas: Desafios para Inovação e Sustentabilidade. 25 a 27 de novembro de 2014. Felipe Santos da Rosa

SEMINÁRIO. Agricultura Familiar no Amazonas: Desafios para Inovação e Sustentabilidade. 25 a 27 de novembro de 2014. Felipe Santos da Rosa SEMINÁRIO Agricultura Familiar no Amazonas: Desafios para Inovação e Sustentabilidade 25 a 27 de novembro de 2014 Felipe Santos da Rosa APRESENTAÇÃO A agropecuária do Estado do Amazonas é desenvolvida

Leia mais

Departamento Administrativo

Departamento Administrativo Departamento Administrativo Prestando apoio a toda a equipe e departamentos da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca - SMAP, o Departamento Administrativo serve como uma base, um sustentáculo para

Leia mais

UF: AM. 15112 - Tribunal Regional do Trabalho da 11a. Região - Amazonas/Roraima. 20121 - Secretaria Especial dos Direitos Humanos

UF: AM. 15112 - Tribunal Regional do Trabalho da 11a. Região - Amazonas/Roraima. 20121 - Secretaria Especial dos Direitos Humanos ORÇAMENTO DA UNIÃO PARA 2010 - INVESTIMENTOS POR UF UF: AM 15112 - Tribunal Regional do Trabalho da 11a. Região - Amazonas/Roraima 02.122.0571.10WS.0105 - Construção do Edifício-Sede do Fórum Trabalhista

Leia mais

Assistência Técnica e Extensão Rural no Brasil: Um debate nacional sobre as realidades e novos rumos para o desenvolvimento do País

Assistência Técnica e Extensão Rural no Brasil: Um debate nacional sobre as realidades e novos rumos para o desenvolvimento do País Assistência Técnica e Extensão Rural no Brasil: Um debate nacional sobre as realidades e novos rumos para o desenvolvimento do País Cenário 66 ANOS DE EXTENSÃO RURAL A agricultura como via estratégica

Leia mais

ATALAIA DO NORTE Ato de Criação do município: Lei n. º 96 de 19/12/1955.

ATALAIA DO NORTE Ato de Criação do município: Lei n. º 96 de 19/12/1955. @ ATALAIA DO NORTE Ato de Criação do município: Lei n. º 96 de 19/12/1955. ATALAIA DO NORTE I ASPECTOS FÍSICOS E GEOGRÁFICOS: Localização: Situado na 1ª Sub-Região - Região do Alto Solimões. Limites: Benjamin

Leia mais

Planejamento Estratégico COLETIVO AGROECOLÓGICO DE PARATY. Foco no Mercado

Planejamento Estratégico COLETIVO AGROECOLÓGICO DE PARATY. Foco no Mercado Planejamento Estratégico COLETIVO AGROECOLÓGICO DE PARATY Foco no Mercado Paraty, 26 de julho 2012 Consultora: Marlize Porto Apresentação A Gastronomia Sustentável de Paraty se pauta pelo compromisso de

Leia mais

O NOVO INCRA 1. POR QUE MUDAR O INCRA

O NOVO INCRA 1. POR QUE MUDAR O INCRA O NOVO INCRA Apresentação Estamos chegando ao final do processo de reestruturação do Incra. Foram alguns meses de árduo trabalho, construindo nosso futuro. Chegamos agora ao termo de uma mudança que foi

Leia mais

AÇAO ENCAMINHAMENTO RESPONSAVEL ORGAO PERIODO OBSERVAÇOES. 1, 2 e 3 - ITERPA e Secretaria de Terras e Patrimoniais (Prefeitura)

AÇAO ENCAMINHAMENTO RESPONSAVEL ORGAO PERIODO OBSERVAÇOES. 1, 2 e 3 - ITERPA e Secretaria de Terras e Patrimoniais (Prefeitura) OPERAÇÃO ARCO VERDE - SANTANA DO ARAGUAIA EIXO - REGULARIZAÇÃO FUNDIÀRIA AÇAO ENCAMINHAMENTO RESPONSAVEL ORGAO PERIODO OBSERVAÇOES 1 2 Presença do Estado regularização fundiária de imóveis rurais em áreas

Leia mais

A Suzano e o Fomento na Bahia

A Suzano e o Fomento na Bahia A Suzano e o Fomento na Bahia Como é a atuação da Suzano na região? Fundada há 85 anos, a Suzano começou a produzir papel em 1940 e celulose em 1950 sempre abastecendo o mercado brasileiro e os de diversos

Leia mais

Caderno de Diretrizes - lista de produtos elegíveis Consulta Popular 2015/2016

Caderno de Diretrizes - lista de produtos elegíveis Consulta Popular 2015/2016 Caderno de Diretrizes - lista de produtos elegíveis Consulta Popular 2015/2016 NOME ÓRGÃO Demanda Produto FUNDAÇÃO DE AMPARO A FOMENTO À PESQUISA, AO PESQUISA DO ESTADO DO RIO DESENVOLVIMENTO E À GRANDE

Leia mais

ESPELHO DE EMENDAS DE ACRÉSCIMO DE META

ESPELHO DE EMENDAS DE ACRÉSCIMO DE META SISTEMA DE ELABORAÇÃO DE S ÀS LEIS ORÇAMENTÁRIAS Página: 240 de 2619 ESPELHO DE S DE ACRÉSCIMO DE META 1 DESAFIO 7 Reduzir as desigualdades regionais e intra-regionais com integração das múltiplas escalas

Leia mais

PROJETO RESUMO EXECUTIVO

PROJETO RESUMO EXECUTIVO PROJETO RESUMO EXECUTIVO Submetido e aprovado pelo Edital FEHIDRO/2011 Proponente: Associação Águas do Nordeste (ANE) Parceiros: Sociedade Nordestina de Ecologia (SNE); Universidade Federal de Pernambuco/Grupo

Leia mais

BANCO DA AMAZÔNIA. Seminário FNO-ITINERANTE 2012. São Gabriel da Cachoeira (AM). 24/04/2012

BANCO DA AMAZÔNIA. Seminário FNO-ITINERANTE 2012. São Gabriel da Cachoeira (AM). 24/04/2012 BANCO DA AMAZÔNIA Seminário FNO-ITINERANTE 2012 São Gabriel da Cachoeira (AM). 24/04/2012 Município de São Gabriel da Cachoeira - AM Principais Destaques. Considerado um ponto estratégico pelo país e,

Leia mais

Programas e Ações para alocação de Emendas Parlamentares à SUDAM

Programas e Ações para alocação de Emendas Parlamentares à SUDAM Programas e Ações para alocação de Emendas Parlamentares à SUDAM 2016 República Federativa do Brasil Dilma Vana Rousseff Ministério da Integração Nacional Gilberto Magalhães Occhi Superintendência do Desenvolvimento

Leia mais

Governo Federal investe R$ 13,3 bilhões no combate à pobreza em 2007

Governo Federal investe R$ 13,3 bilhões no combate à pobreza em 2007 Governo Federal investe R$ 13,3 bilhões no combate à pobreza em 2007 O Governo Federal está investindo R$ 13,3 bilhões, em 2007, no combate à pobreza, integrando mais de 30 programas e ações que visam

Leia mais

CRIAÇÃO DE COOPERATIVAS ORGÂNICAS NA AMAZÔNIA E ACESSO A MERCADOS DIFERENCIADOS

CRIAÇÃO DE COOPERATIVAS ORGÂNICAS NA AMAZÔNIA E ACESSO A MERCADOS DIFERENCIADOS CRIAÇÃO DE COOPERATIVAS ORGÂNICAS NA AMAZÔNIA E ACESSO A MERCADOS DIFERENCIADOS O Território da Transamazônica O Papel da Fundação Viver, Produzir e Preservar NOSSA MISSÃO: Contribuir para as Políticas

Leia mais

É HORA DE INCLUIR O DESENVOLVIMENTO LOCAL NAS PRIORIDADES DO SEU MUNICÍPIO! Especialistas em pequenos negócios

É HORA DE INCLUIR O DESENVOLVIMENTO LOCAL NAS PRIORIDADES DO SEU MUNICÍPIO! Especialistas em pequenos negócios É HORA DE INCLUIR O DESENVOLVIMENTO LOCAL NAS PRIORIDADES DO SEU MUNICÍPIO! Especialistas em pequenos negócios MÃOS À OBRA!!! Prefeito e Prefeita, seguem sugestões de Programas e Ações a serem inseridos

Leia mais

Agenda Estratégica da Palma de Óleo

Agenda Estratégica da Palma de Óleo 1. ESTATÍSTICAS Versão 20-09-2011 Levantamento de área plantada e safras 1. Definir metodologias, sistema de governança, gestão do trabalho, valores de orçamento, cronograma de trabalho, implantação e

Leia mais

agricultura familiar

agricultura familiar saúde A importância da agricultura familiar na merenda escolar Iniciativas em Santa Rosa do Viterbo são exemplos de sucesso Por Danielle Lautenschlaeger Inúmeras famílias brasileiras ainda obtêm sua renda

Leia mais

Segurança Alimentar e Nutricional na Amazônia

Segurança Alimentar e Nutricional na Amazônia Segurança Alimentar e Nutricional na Amazônia Com o intuito de subsidiar os debates sobre segurança alimentar e nutricional na Amazônia que acontecerão na XI Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Segurança

Leia mais

Promover o desenvolvimento rural sustentável no Estado de São Paulo, ampliando as oportunidades de emprego e renda, a inclusão social, a preservação

Promover o desenvolvimento rural sustentável no Estado de São Paulo, ampliando as oportunidades de emprego e renda, a inclusão social, a preservação GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável MicrobaciasII OBJETIVO GERAL Promover o desenvolvimento

Leia mais

Compra Direta Local da Agricultura Familiar do Recife

Compra Direta Local da Agricultura Familiar do Recife Prefeitura da Cidade do Recife Secretaria de Desenvolvimento Econômico PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS Compra Direta Local da Agricultura Familiar do Recife Recife, 2004 Preâmbulo O presente projeto

Leia mais

PANORAMA GERAL DO PROGRAMA NO ESTADO

PANORAMA GERAL DO PROGRAMA NO ESTADO GOVERNO DO DO PARÁ SECRETARIA ESPECIAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E INCENTIVO À PRODUÇÃO-SEDIP PROGRAMA DE REDUÇÃO DA POBREZA E GESTÃO DOS RECURSOS NATURAIS DO PARÁ Incentivo Apoio Técnico Fortalecimento

Leia mais

III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE

III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE Painel 8: O papel de Instituições Públicas para Desenvolvimento da Cacauicultura Brasileira O Cacau e a Agricultura Familiar Adriana

Leia mais

Monitoramento e assessoria técnica para ações de saneamento básico.

Monitoramento e assessoria técnica para ações de saneamento básico. Monitoramento e assessoria técnica para ações de saneamento básico. EIXO1: Monitoramento de possibilidades de captação de convênios para melhoria nos serviços e infraestruturas de saneamento básico. PRODUTO

Leia mais

O Crédito e a. no BB

O Crédito e a. no BB O Crédito e a Sustentabilidade no BB O Crédito e a Sustentabilidade no BB Para efeito de concessão de crédito, os produtores são divididos da seguinte forma: Agricultura Familiar: Agricultores e Pecuaristas

Leia mais

olímpico das 24 milhões de árvores Beto Mesquita

olímpico das 24 milhões de árvores Beto Mesquita Indução de reflorestamento no Rio de Janeiro: Das compensações ambientais ao desafio olímpico das 24 milhões de árvores Beto Mesquita Seminário Reflorestamento da Mata Atlântica no Estado do Rio de Janeiro

Leia mais

Consultoria e Projetos Produzindo sementes e alimentos biodinâmicos, avaliando resultados, planejando a comercialização e projetando um Futuro

Consultoria e Projetos Produzindo sementes e alimentos biodinâmicos, avaliando resultados, planejando a comercialização e projetando um Futuro Consultoria e Projetos Produzindo sementes e alimentos biodinâmicos, avaliando resultados, planejando a comercialização e projetando um Futuro melhor... Projeto MDA 2008-2010 Ministério do Desenvolvimento

Leia mais

Projeto Quintais Amazônicos

Projeto Quintais Amazônicos Projeto Quintais Amazônicos BOLETIM INFORMATIVO DO PROJETO QUINTAIS AMAZÔNICOS - MAIO - Nº.01 CONHEÇA 0 PROJETO QUE IRÁ GERAR NOVAS OPORTUNIDADES ECONÔMICAS, INCLUSÃO SOCIAL E CONSERVAÇÃO AMBIENTAL PARA

Leia mais

Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1

Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1 Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1 Conceito de Tecnologia Social aplicada a Municípios Sustentáveis: "Compreende técnicas, metodologias e experiências

Leia mais

Apresentação. Comitê Gestor do PAC

Apresentação. Comitê Gestor do PAC AMAZONAS Apresentação Esta publicação apresenta informações regionalizadas do 4º balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), referente a abril de 2008. Traz, também, dados sobre outros importantes

Leia mais

Compra e Venda da Produção da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar

Compra e Venda da Produção da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Compra e Venda da Produção da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Hilda Lorena Freitas Agente PNAE/REBRAE Cecane/UNB A partir da Lei n. 11.947/2009 Art. 14. Do total dos recursos financeiros

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA LEIN. 2.717,DE 16 DE ABRIL DE2012.

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA LEIN. 2.717,DE 16 DE ABRIL DE2012. LEIN. 2.717,DE 16 DE ABRIL DE2012. Altera dispositivos da Lei Estadual n 2.412, de 18 de fevereiro de 2011 que "Cria o Programa de Verticalização da Pequena Produção Agropecuária do Estado de Rondônia,

Leia mais

Unidade de Monitoramento e Avaliação Avaliação ex-post 2013 Relatório sucinto

Unidade de Monitoramento e Avaliação Avaliação ex-post 2013 Relatório sucinto Unidade de Monitoramento e Avaliação Avaliação ex-post 2013 Relatório sucinto Apoio aos pequenos produtores rurais do Estado do Amazonas, Brasil Como empresa federal, a GIZ apóia o Governo Federal alemão

Leia mais

PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE CULTURA - "A SANTA MARIA QUE QUEREMOS"

PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE CULTURA - A SANTA MARIA QUE QUEREMOS Elaborar o projeto do Plano Municipal de Projeto do Plano Projeto realizado Cultura com ampla participação dos setores da sociedade Conferência Municipal de Cultura Conferência realizada PLANILHA DE OBJETIVOS

Leia mais

POR QUE FAZER O PROGRAMA EMPREENDEDOR RURAL NO CEARÁ?

POR QUE FAZER O PROGRAMA EMPREENDEDOR RURAL NO CEARÁ? POR QUE FAZER O PROGRAMA EMPREENDEDOR RURAL NO CEARÁ? 1 1. Necessidade de modernização das propriedades rurais; 2. Necessidades de novas lideranças; 3. Necessidade de visão empresarial; 4. Baixa auto-estima

Leia mais

2013/2014 mda.gov.br incra.gov.br

2013/2014 mda.gov.br incra.gov.br 2013/2014 2013/2014 Presidenta da República Dilma Rousseff Ministro de Estado do Desenvolvimento Agrário Pepe Vargas Secretário Executivo do Ministério do Desenvolvimento Agrário Laudemir Müller Secretário

Leia mais

Gerencia de Arranjos Produtivos Locais. Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ciência e Tecnologia

Gerencia de Arranjos Produtivos Locais. Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ciência e Tecnologia Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ciência e Tecnologia Diretoria de Desenvolvimento Econômico Gerencia de Arranjos Produtivos Locais APL Pecuária Leiteira Região Sul e Sudeste

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA SEINFRA RELATÓRIO DE GESTÃO EXERCÍCIO 2007 FEVEREIRO - 2008 SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA ANTONIO CARLOS BATISTA NEVES Secretário de Infra-Estrutura

Leia mais

Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar. Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos

Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar. Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos Agricultura Familiar no Mundo São 500 milhões de estabelecimentos da agricultura familiar

Leia mais

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA)

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) Relatório com as principais notícias divulgadas pela mídia

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CECÍLIA GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CECÍLIA GABINETE DO PREFEITO Lei Nº 181/2014 Dispõe sobre a utilização de equipamentos e máquinas doados ao município no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento PAC2, assim como os equipamentos e máquinas objetos de compra

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO NÚCLEO DE ESTUDOS AGRÁRIOS E DESENVOLVIMENTO RURAL PCT FAO UTF/BRA/083/BRA

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO NÚCLEO DE ESTUDOS AGRÁRIOS E DESENVOLVIMENTO RURAL PCT FAO UTF/BRA/083/BRA TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS NÃO CONTINUADOS TR Nº MODALIDADE PROCESSO SELETIVO CONS NEAD 024/2013 Consultoria por produto FUNDAMENTO LEGAL Decreto nº 5.151/2004; Portaria MRE Nº 717/2006 e Portaria MDA

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº Institui

PROJETO DE LEI Nº Institui PROJETO DE LEI Nº Institui o Programa Agricultura Familiar Urbana na Escola Cidadã, priorizando, para a merenda escolar, a aquisição de hortifrutigranjeiros da agricultura familiar de Canoas. Art. 1. Fica

Leia mais

Agricultura & Inovação:

Agricultura & Inovação: Agricultura & Inovação: Rota para o Desenvolvimento Sustentável Belém, 03 de setembro de 2012 TRANSFORMAÇÃO Macro-objetivos Macro - objetivos REDUÇÃO DA POBREZA E DAS DESIGUALDADES REGIONAIS PRODUÇÃO CONHECIMENTO

Leia mais

PROPOSTA DE LEI SANITÁRIA PARA MUNICÍPIOS A PARTIR DA CONSTITUIÇÃO DO SUASA

PROPOSTA DE LEI SANITÁRIA PARA MUNICÍPIOS A PARTIR DA CONSTITUIÇÃO DO SUASA PROPOSTA DE LEI SANITÁRIA PARA MUNICÍPIOS A PARTIR DA CONSTITUIÇÃO DO SUASA Sugestão elaborada pela equipe do Programa de Agroindústria do MDA: José Adelmar Batista Leomar Luiz Prezotto João Batista da

Leia mais

Consultoria e Projetos Preparando o solo, aplicando Preparados Biodinâmicos, Produzindo as sementes e Colhendo Bons Frutos

Consultoria e Projetos Preparando o solo, aplicando Preparados Biodinâmicos, Produzindo as sementes e Colhendo Bons Frutos Consultoria e Projetos Preparando o solo, aplicando Preparados Biodinâmicos, Produzindo as sementes e Colhendo Bons Frutos Projeto MDA Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria de Desenvolvimento

Leia mais

PROJETO DE COMBATE À POBREZA RURAL

PROJETO DE COMBATE À POBREZA RURAL PROJETO DE COMBATE À POBREZA RURAL GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO COORDENAÇÃO ESTADUAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA - COECT INSTITUTO DE APOIO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO JONES DOS SANTOS NEVES - IPES

Leia mais

Propostas da LDO 2013

Propostas da LDO 2013 Propostas da LDO 2013 Secretaria Municipal de Educação Complementação da Merenda Escolar; Reforma de Escolas; Construção de Escolas; Reparos em Escolas; Construção de Espaços para prática de Educação Física;

Leia mais

Meio: Jornal do Commercio. Editoria: Economia Economia. Data: 07/11/2015

Meio: Jornal do Commercio. Editoria: Economia Economia. Data: 07/11/2015 Meio: Jornal do Commercio Editoria: Economia Caderno: Economia Data: 07/11/2015 Meio: Diário do Amazonas Editoria: Economia Caderno: Economia Data: 07/01/2016 Meio: Portal do Holanda Editoria: -- Hora:

Leia mais

LEGISLAÇÃO BRASILEIRA E PROGRAMAS DO GOVERNO FEDERAL PARA O USO SUSTENTÁVEL E A CONSERVAÇÃO DE SOLOS AGRÍCOLAS

LEGISLAÇÃO BRASILEIRA E PROGRAMAS DO GOVERNO FEDERAL PARA O USO SUSTENTÁVEL E A CONSERVAÇÃO DE SOLOS AGRÍCOLAS ESTUDO LEGISLAÇÃO BRASILEIRA E PROGRAMAS DO GOVERNO FEDERAL PARA O USO SUSTENTÁVEL E A CONSERVAÇÃO DE SOLOS AGRÍCOLAS ESTUDO DEZEMBRO/2014 Rodrigo Hermeto Corrêa Dolabella Consultor Legislativo da Área

Leia mais

SÍNTESE JUINA. Meio Ambiente

SÍNTESE JUINA. Meio Ambiente SÍNTESE JUINA Aperfeiçoar mecanismos controle ambiental Meio Ambiente Instalação de viveiros de distribuição de mudas para o reflorestamento e matas ciliares Ampliar aceso aos programas de crédito de Capacitar

Leia mais

Oportunidades no Financiamento do Setor Florestal. Oduval Lobato Neto Gerente Executivo de Gestão de Programas Governamentais

Oportunidades no Financiamento do Setor Florestal. Oduval Lobato Neto Gerente Executivo de Gestão de Programas Governamentais Oportunidades no Financiamento do Setor Florestal Oduval Lobato Neto Gerente Executivo de Gestão de Programas Governamentais Seminário: Políticas ambientais como fonte de novos negócios para Instituições

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Sustentável da Unidade Familiar. 9 de agosto de 2011

Plano de Desenvolvimento Sustentável da Unidade Familiar. 9 de agosto de 2011 Plano de Desenvolvimento Sustentável da Unidade Familiar 9 de agosto de 2011 Agricultura familiar é a forma de produção em que predominam: interação entre gestão, trabalho e direção do processo produtivo;

Leia mais

ANEXO II HISTÓRICO DAS FEIRAS DE TROCA DE SEMENTES TRADICIONAIS E CRIOULAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

ANEXO II HISTÓRICO DAS FEIRAS DE TROCA DE SEMENTES TRADICIONAIS E CRIOULAS DO ESTADO DE SÃO PAULO ANEXO II HISTÓRICO DAS FEIRAS DE TROCA DE SEMENTES TRADICIONAIS E CRIOULAS DO ESTADO DE SÃO PAULO JUSTIFICATIVA Após a organização do 1 Seminário de Acesso a Sementes Crioulas e Orgânicas em abril de 2010

Leia mais

Agricultura & Inovação:

Agricultura & Inovação: Agricultura & Inovação: Rota para o Desenvolvimento Sustentável Rio de Janeiro, 16 de junho de 2012 TRANSFORMAÇÃO Macro-objetivos Macro - objetivos REDUÇÃO DA POBREZA E DAS DESIGUALDADES REGIONAIS PRODUÇÃO

Leia mais

21. Em 7 anos, mais famílias assentadas do que em 3 décadas

21. Em 7 anos, mais famílias assentadas do que em 3 décadas 21. Em 7 anos, mais famílias assentadas do que em 3 décadas O Brasil está realizando a maior reforma agrária do mundo. A pesada herança de séculos de um Brasil latifundiário passou a mudar, em 1995, a

Leia mais

A ECOAR E O DESENVOLVIMENTO FLORESTAL JUNTO À PEQUENA E MÉDIA PROPRIEDADE RURAL. Atuação e abordagem dos trabalhos desenvolvidos pela ECOAR

A ECOAR E O DESENVOLVIMENTO FLORESTAL JUNTO À PEQUENA E MÉDIA PROPRIEDADE RURAL. Atuação e abordagem dos trabalhos desenvolvidos pela ECOAR A ECOAR E O DESENVOLVIMENTO FLORESTAL JUNTO À PEQUENA E MÉDIA PROPRIEDADE RURAL Eduardo S. Quartim. João C. S. Nagamura. Roberto Bretzel Martins. Atuação e abordagem dos trabalhos desenvolvidos pela ECOAR

Leia mais

Sementes e Mudas Orgânicas

Sementes e Mudas Orgânicas Sementes e Mudas Orgânicas Cenário atual e desafios para o futuro Eng Agr Marcelo S. Laurino Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Comissão da Produção Orgânica de São Paulo BioFach América

Leia mais

PERNAMBUCO IDH: 0,705 PIB: 42,2 BILHÕES-2003 ÁREA: 98.588,30 KM 2

PERNAMBUCO IDH: 0,705 PIB: 42,2 BILHÕES-2003 ÁREA: 98.588,30 KM 2 MICROCRÉDITO RURAL PERNAMBUCO IDH: 0,705 PIB: 42,2 BILHÕES-2003 ÁREA: 98.588,30 KM 2 POPULAÇÃO-2000 RMR: 3.337.565 HAB MATAS:1.207.274 HAB AGRESTES: 1.993.868 HAB SERTÕES: 1.377.586 HAB TOTAL ESTADO: 8.340.453

Leia mais

INTRODUÇÃO 2.1 O MUNICÍPIO E A REGIÃO

INTRODUÇÃO 2.1 O MUNICÍPIO E A REGIÃO 2 INTRODUÇÃO 2.1 O MUNICÍPIO E A REGIÃO O Município de Manaus está localizado na Região Norte do Brasil, no centro geográfico da Amazônia. A superfície total do Município é de 11.458,5km 2 (Lei Municipal

Leia mais

PLANO NACIONAL DE AGROECOLOGIA E PRODUÇÃO ORGÂNICA

PLANO NACIONAL DE AGROECOLOGIA E PRODUÇÃO ORGÂNICA PLANO NACIONAL DE AGROECOLOGIA E PRODUÇÃO ORGÂNICA PLANAPO 2013-2015 Câmara Interministerial de Agroecologia e Produção Orgânica (Ciapo) Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria-Geral da Presidência

Leia mais

O Programa Produtor de Água

O Programa Produtor de Água O Programa Produtor de Água Arcabouço Legal e Institucional Lei nº 9.433 de 8.01.97 Titulo I - Da Política Nacional de Recursos Hídricos Capitulo II Dos Objetivos Artigo 2º - São objetivos da Política

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA

POLÍTICAS PÚBLICAS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA POLÍTICAS PÚBLICAS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA 1. Concepções e diretrizes políticas para áreas; Quando falamos de economia solidária não estamos apenas falando de geração de trabalho e renda através de empreendimentos

Leia mais

RESOLUÇÕES DA 3ª PLENÁRIA DO CONAPE Brasília, 28 e 29 de setembro de 2005.

RESOLUÇÕES DA 3ª PLENÁRIA DO CONAPE Brasília, 28 e 29 de setembro de 2005. RESOLUÇÕES DA 3ª PLENÁRIA DO CONAPE Brasília, 28 e 29 de setembro de 2005. COMITÊ TEMÁTICO PERMANENTE Nº 3 - COMERCIALIZAÇÃO E INFRA-ESTRUTURA 1. CONSELHEIROS PRESENTES: Coordenador: - Relator: Odmir Andrade

Leia mais

GOVERNO QUE CUIDA DA CIDADE E DAS PESSOAS!

GOVERNO QUE CUIDA DA CIDADE E DAS PESSOAS! GOVERNO QUE CUIDA 8 DA CIDADE E DAS PESSOAS! EDUCAÇÃO Logo que Badel assumiu a Prefeitura de, se comprometeu em fortalecer a agricultura familiar do município, estimulando o pequeno produtor a diversificar

Leia mais

Plano Plurianual 2008-2011 Anexo II Programas de Governo Finalístico Valores em R$ 1,00

Plano Plurianual 2008-2011 Anexo II Programas de Governo Finalístico Valores em R$ 1,00 Plano Plurianual 20082011 Anexo II Programas de Governo Finalístico Valores em 1,00 de Governo Setorial Promover o crescimento econômico ambientalmente sustentável, com geração de empregos e distribuição

Leia mais

Proposta da ABIVIDRO para Logística Reversa de vidro março de 2013

Proposta da ABIVIDRO para Logística Reversa de vidro março de 2013 Proposta da ABIVIDRO para Logística Reversa de vidro março de 2013 Contexto e Desafios Criação da Política Nacional de Resíduos Sólidos Em ago.2010 o Presidente Lula sancionou a Lei 12.305 que estabelece

Leia mais

Esta versão não substitui a publicada no DOU INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 30 DE SETEMBRO DE 2005

Esta versão não substitui a publicada no DOU INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 30 DE SETEMBRO DE 2005 Esta versão não substitui a publicada no DOU INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 30 DE SETEMBRO DE 2005 Dispõe sobre os critérios e procedimentos relativos ao enquadramento de projetos de produção de biodiesel

Leia mais

Palma de óleo, agricultura familiar e desenvolvimento rural sustentável

Palma de óleo, agricultura familiar e desenvolvimento rural sustentável Palma de óleo, agricultura familiar e desenvolvimento rural sustentável Sumário Agricultura familiar no Brasil Importância e aspectos positivos da palma de óleo Programa Palma de Óleo e sinergia com o

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL PLANO AMAZÔNIA SUSTENTÁVEL - PAS SECRETARIA DE POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL PLANO AMAZÔNIA SUSTENTÁVEL - PAS SECRETARIA DE POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA DE POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO TERRITORIAL PLANO AMAZÔNIA SUSTENTÁVEL - PAS Brasília, outubro/novembro de 2007 O QUE

Leia mais

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA)

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) Relatório com as principais notícias divulgadas pela mídia

Leia mais

PROJETO VALE SUSTENTÁVEL: RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS VISANDO A CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DA CAATINGA NA REGIÃO DO VALE DO AÇU RN.

PROJETO VALE SUSTENTÁVEL: RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS VISANDO A CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DA CAATINGA NA REGIÃO DO VALE DO AÇU RN. PROJETO VALE SUSTENTÁVEL: RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS VISANDO A CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DA CAATINGA NA REGIÃO DO VALE DO AÇU RN. Elisângelo Fernandes da Silva (E-mail: elisangelo.silva@bol.com.br);

Leia mais

Maria Luiza da Silva MEC/FNDE/PNAE

Maria Luiza da Silva MEC/FNDE/PNAE Maria Luiza da Silva MEC/FNDE/PNAE Art. 14. da Art. 14. Do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE, no âmbito do PNAE, no mínimo trinta por cento deverá ser utilizado na aquisição de gêneros

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO DO PROJETO

RESUMO EXECUTIVO DO PROJETO RESUMO EXECUTIVO DO PROJETO DECLARAÇÃO DE PROJETO: Implantação de um Centro Profissional de Pesquisa e Educação Técnica e Tecnológica CETEC - Cidade da Escada Pernambuco/ Brasil Proponente: FAESC Faculdade

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria da Agricultura Familiar. Programa de Turismo Rural na Agricultura Familiar 2004/2007

Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria da Agricultura Familiar. Programa de Turismo Rural na Agricultura Familiar 2004/2007 Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria da Agricultura Familiar Programa de Turismo Rural na Agricultura Familiar 2004/2007 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇAO 2. INTRODUÇÃO 3. FUNDAMENTOS 4. PRINCÍPIOS 5.

Leia mais

Carta à sociedade referente à participação no Plano de Investimentos do Brasil para o FIP

Carta à sociedade referente à participação no Plano de Investimentos do Brasil para o FIP Carta à sociedade referente à participação no Plano de Investimentos do Brasil para o FIP Prezado(a)s, Gostaríamos de agradecer por sua participação e pelas contribuições recebidas no âmbito da consulta

Leia mais

FINANCIAMENTO DO DESENVOLVIMENTO

FINANCIAMENTO DO DESENVOLVIMENTO FINANCIAMENTO DO DESENVOLVIMENTO Apresentação Esse relatório trata do Financiamento do Desenvolvimento Regional formulado pelo Ministério da Integração Nacional-MI, como contribuição à reflexão do tema

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARULHOS SECRETARIA DE SAÚDE REGIÃO DE SAÚDE CANTAREIRA GERAÇÃO DE RENDA CAPACITAÇÃO JARDINAGEM & PAISAGISMO

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARULHOS SECRETARIA DE SAÚDE REGIÃO DE SAÚDE CANTAREIRA GERAÇÃO DE RENDA CAPACITAÇÃO JARDINAGEM & PAISAGISMO PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARULHOS SECRETARIA DE SAÚDE REGIÃO DE SAÚDE CANTAREIRA GERAÇÃO DE RENDA CAPACITAÇÃO JARDINAGEM & PAISAGISMO VIVEIRO DE MUDAS NATIVAS GUARULHOS/SP 2009 I APRESENTAÇÃO Em setembro

Leia mais

SEMINÁRIO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA ATER: BALANÇO DAS AÇÕES NA ÚLTIMA DÉCADA E DESAFIOS

SEMINÁRIO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA ATER: BALANÇO DAS AÇÕES NA ÚLTIMA DÉCADA E DESAFIOS SEMINÁRIO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA ATER: BALANÇO DAS AÇÕES NA ÚLTIMA DÉCADA E DESAFIOS Instituição: Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira - CEPLAC Palestrante: Helinton José Rocha 31 de Agosto

Leia mais

PRONAF SUSTENTÁVEL PLANO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA UNIDADE FAMILIAR

PRONAF SUSTENTÁVEL PLANO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA UNIDADE FAMILIAR PRONAF SUSTENTÁVEL PLANO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA UNIDADE FAMILIAR ANTECEDENTES DO PRONAF SUSTENTÁVEL RESGATANDO OS OBJETIVOS DO PRONAF... Estimular o incremento ordenado dos investimentos rurais,

Leia mais

2.1- Identificação dos Programas

2.1- Identificação dos Programas O Plano Plurianual 2004-2007 foi aprovado pelo Congresso Nacional e recebeu sanção presidencial em 06 de outubro de 2004 (Decreto 5.233). Ele está estruturado em Programas e Ações, visando proporcionar

Leia mais

POLÍTICAS PUBLICAS E AGRICULTURA FAMILIAR. FORTALEZA, 21 de novembro de 2014

POLÍTICAS PUBLICAS E AGRICULTURA FAMILIAR. FORTALEZA, 21 de novembro de 2014 POLÍTICAS PUBLICAS E AGRICULTURA FAMILIAR FORTALEZA, 21 de novembro de 2014 Crédito e Proteção DFPP Assistência Técnica DATER Comercialização e Organização Produtiva DGRAV Secretaria da AGRICULTURA FAMILIAR

Leia mais

Banco do Nordeste Apoio à Agricultura Familiar

Banco do Nordeste Apoio à Agricultura Familiar Banco do Nordeste Apoio à Agricultura Familiar Programa Nacional de Fortalecimento Da Agricultura Familiar OBJETIVO Fortalecer a agricultura familiar, mediante o financiamento da infra-estrutura de produção

Leia mais

Plano Agropecuário Municipal de Preparação e Resposta à Seca Piquet Carneiro-Ceará Mônica Amorim

Plano Agropecuário Municipal de Preparação e Resposta à Seca Piquet Carneiro-Ceará Mônica Amorim Plano Agropecuário Municipal de Preparação e Resposta à Seca Piquet Carneiro-Ceará Mônica Amorim Fortaleza 20 de novembro de 2014 Plano de Preparação e Resposta a Seca é parte de estratégia maior Diálogo

Leia mais

Oficina de Controle Social na Alimentação Escolar

Oficina de Controle Social na Alimentação Escolar Projeto Consumo Responsável e Coletivo Oficina de Campina Grande, 21 de Novembro de 2011 Ana Flávia Badue, Danuta Chmielewska e Viviany Félix Instituto Kairós - Ética e Atuação Responsável www.institutokairos.net

Leia mais

RELATÓRIO DA REDE DE ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS

RELATÓRIO DA REDE DE ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS RELATÓRIO DA REDE DE ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS Nome do Responsável: Seilani N. Almendros de Oliveira Cargo do Responsável: Coordenadora do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas NETP/SEJUS

Leia mais