Informática. Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Informática. Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br"

Transcrição

1 Informática Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva

2 Roteiro de Aula Softwares Conceito, Classificação, exemplos, uso e aplicações Formas de distribuição Pesquisas softwares para agronegócio Atividades

3 Hardware + Software A relação existente entre Hardware, Software Básico e Software Aplicativo [2] Hardware

4 Hardware + Software A relação existente entre Hardware, Software Básico e Software Aplicativo Hardware + Software Básico

5 Hardware + Software A relação existente entre Hardware, Software Básico e Software Aplicativo Hardware + Software Básico + Software Aplicativo

6 Hardware + Software A relação existente entre Hardware, Software Básico e Software Aplicativo Hardware + Software Básico + Software Aplicativo + Usuário (Peopleware [1])

7 Softwares Aplicativos Conceito São programas que têm por objetivo o desempenho de tarefas práticas, em geral ligadas ao processamento de dados, como o trabalho em escritório ou empresarial. Tem como foco o usuário. [6]

8 Softwares Aplicativos Uma analogia: Peça de teatro Palco: Sistema operacional Atores: Sistemas aplicativos O sistema operacional pode ser comparado como um palco, em que os aplicativos, são os atores, que atuam [7].

9 Softwares Aplicativos O Software Aplicativo Utiliza recursos do computador para resolver problemas e executar tarefas de modo geral ou específicas. Pode dar suporte para: Indivíduos, Grupos, ou Organizações.

10 Softwares Aplicativos Podem ser divididos em Uso geral: Editores de Texto Planilhas de cálculo Gráficos, Etc. Uso específico (comum várias áreas): Folha de Pagamento Controle de Estoque Imposto de Renda Cadastros Contas a pagar e receber Etc. Uso específico (área específica): Controle de produção de plantio Controle de desbaste e extração de pinherios Gerador Laudos medicos Etc.

11 Softwares Aplicativos Classificação Automação Industrial Aplicações Comerciais Apoio Educacional Especiais e científicos Artístico CAD/CAM Entretenimento Agronegócio Etc

12 Softwares Aplicativos Automação Industrial Ativação Programação e controle de máquinas e equipamentos Controle de processos

13 Softwares Aplicativos Automação Comercial Reserva e impressão de passagens Contas correntes Pontos de venda Caixas eletrônicos

14 Softwares Aplicativos Apoio educacional Assistência a instruções Ensino auxiliado pelo computador

15 Softwares Aplicativos Especiais e Científicos Teleprocessamento Comunicações Militares Pesquisas espaciais Pesquisas metereológicas

16 Softwares Aplicativos Artístico Composição de imagens Sons Músicas Vídeos

17 Softwares Aplicativos CAD/CAM Softwares específicos para simular e otimizar: projetos de peças, engenharia, chapas de metal, ou roupas

18 Softwares Aplicativos Entretenimento Jogos Músicas Programas educacionais para crianças

19 Softwares Aplicativos Agronegócio Scadiagra SIAGRI Consultar Embrapa Informática Agropecuária Estudo do mercado brasileiro de software para agronegócio.

20 Formas de Distribuição de Sistemas Aplicativos

21 Distribuição Formas de distribuição do software Freeware (livre) Software de código aberto (open source, GPL e GNU) Domínio público Shareware Proprietário

22 Distribuição Freeware São softwares gratuitos Possui um autor que detém o copyright Ele pode impor restrições de uso O software não pode ser alterado ou redistribuído sem permissão

23 Distribuição Código Aberto (Open Source, GPL e GNU) Uma variação de freeware É freeware e seu código-fonte é disponível para download Outros programadores pode utilizar o código e readaptar o software livremente Mas deverá distribuir nos mesmos padrões open source

24 Distribuição Domínio Público Software que não tem copyright Pode ser usado e até mesmo alterado sem permissão Tipicamente, é desenvolvido por universidades e/ou instituições de pesquisa usando subvenções do governo

25 Distribuição Shareware Software garantido por copyright, distribuído gratuitamente para um período experimental Após o período experimental, caso o software agrade o usuário, o mesmo deverá efetuar o registro pagando o preço que vale o produto Para estimular o registro, normalmente o software é acompanhado de documentação, suporte e atualizações

26 Distribuição Proprietário Não livre O distribuídor (autor) retém os direitos de uso: Não é permitido: Cópia Redistribuição Modificação O usuário deve pagar pelo produto

27 Exemplos Softwares

28 Exemplos Software de Uso Geral Pacote de aplicativos Microsoft Office Pago e de código proprietário Pacote de aplicativos BrOffice.org ou OpenOffice.org Gratuíto e de código aberto

29 Exemplos Editores de Texto: Microsoft Office Word

30 Exemplos Editores de Texto: BrOffice Writer

31 Exemplos Planilha Eletrônica: Microsoft Office Excel

32 Exemplos Planilha Eletrônica: BrOffice Calc

33 Exemplos Software de Apresentação: Microsoft Office PowerPoint

34 Exemplos Software de Apresentação: BrOffice Impress

35 Exemplos Ferramenta de Editoração Gráfica: Corel Draw

36 Exemplos Ferramenta de Editoração Gráfica: Gimp (gratuíto)

37 Síntese

38 Síntese Computadores são máquinas de uso geral Softwares (sistemas) dão vida ao hardware Sistemas aplicativos reforçam a gama de programas para computadores Muitos já existem Muitos podem ser criados

39 Síntese O usuário pode escolher o tipo de software que deseja: Livre Proprietário Shareware Open Source

40 ATIVIDADE

41 Referências Bibliográficas [1] SHITSUKA, R.; SHITSUKA, C. D. W. M.; SHITSUKA, R. I. C. M.; SHITSUKA, D. M.; Sistemas de Informação: Um Enfoque Computacional. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, [2] LAUDON, K. C.; LAUDON, J. P.; Sistemas de Informação. 4ª ed. Rio de Janeiro: LTC, [3] VELLOSO, F. C.; Informática: Conceitos Básicos. 4ª Ed. Rio de Janeiro: Campus, [4] NORTON, Peter. Introdução à Informática. São Paulo: Makron Books, [5] MEIRELLES, F. S.; Informática: Novas aplicações com Microcomputadores. 2ª Ed. São Paulo: Makron Books, [6] SOFTWARE APLICATIVO. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, Disponível em Acesso em: 14 de maio [7] Material adaptado do Prof. Marcos André Pishing, M.Sc. e da Profa. Sabrina Bet Koerich, UNIPLAC, Curso de Sistemas de Informação.

Informática Software. Prof. Marcos André Pisching, M.Sc.

Informática Software. Prof. Marcos André Pisching, M.Sc. Informática Software Prof. Marcos André Pisching, M.Sc. Objetivos Definir e classificar os principais tipos de softwares Básico Aplicativos Software Categorias Principais de Software Básico Chamado de

Leia mais

Informática. Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br

Informática. Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br Informática Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br Roteiro de Aula Introdução Computador Hardware, Software básico, Software Aplicativo Hardwares

Leia mais

Aula 04. Prof Wesley Sathler www.wesleysathler.webnode.com.br

Aula 04. Prof Wesley Sathler www.wesleysathler.webnode.com.br Aula 04 Prof Wesley Sathler www.wesleysathler.webnode.com.br Atualmente existe uma enorme quantidade de softwares (ou programas, ou sistemas de software) disponíveis para diversas finalidades. Desde o

Leia mais

Software 3. Software. Quando pessoas e empresas compram computadores, em geral, háh Entretanto, é o software que torna um computador útil

Software 3. Software. Quando pessoas e empresas compram computadores, em geral, háh Entretanto, é o software que torna um computador útil 1 Software 3 Software Formado por algoritmos e suas representações para o computador (programas) Instruções codificadas necessárias para transformar dados em informações 2 X Quando pessoas e empresas compram

Leia mais

Sist i em em I a n I fo f rm r at m i at zad

Sist i em em I a n I fo f rm r at m i at zad Sistema Informatizado Software Software Formado por algoritmos e suas representações para o computador (programas) Instruções codificadas necessárias para transformar dados em informações X Quando pessoas

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação 1 Universidade Federal Fluminense Campus de Rio das Ostras Curso de Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Professor: Leandro Soares de Sousa e-mail: leandro.uff.puro@gmail.com site:

Leia mais

frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br

frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br Informática Básica Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br Ementa Conceitos básicos O que é a informática Conceitos de software e hardware CPU, periféricos e sistemas

Leia mais

Profª MSc. Heloína Alves Arnaldo

Profª MSc. Heloína Alves Arnaldo Profª MSc. Heloína Alves Arnaldo É a integração de componentes atuando como uma entidade, com o propósito de processar dados e produzir informações. Esses componentes são: Hardware: parte física ou material

Leia mais

Informatica Báica: Aplicativos de escritório

Informatica Báica: Aplicativos de escritório Informatica Báica: Aplicativos de escritório Instrutores Isail Danilo Arisneuza Aula 4 Aplicativos de escritórios O que são aplicativos de escritório? São todos os aplicativos voltados para os trabalhos

Leia mais

Objetivos. Definir e classificar os principais tipos de softwares Básico Aplicativos

Objetivos. Definir e classificar os principais tipos de softwares Básico Aplicativos Objetivos Definir e classificar os principais tipos de softwares Básico Aplicativos Software Categorias Principais de Software Básico Chamado de Sistema Operacional. Informa ao computador como ele deve

Leia mais

PLANO DE ENSINO. TURNO: Noturno ETAPA: 1ª ANO: 2016 SEMESTRE: 1º TURMA: A PROFESSOR(A): Enir da Silva Fonseca

PLANO DE ENSINO. TURNO: Noturno ETAPA: 1ª ANO: 2016 SEMESTRE: 1º TURMA: A PROFESSOR(A): Enir da Silva Fonseca CURSO: Logística DISCIPLINA: Informática Aplicada CÓDIGO: P4960 CARGA HORÁRIA: 33 H TURNO: Noturno ETAPA: 1ª ANO: 2016 SEMESTRE: 1º TURMA: A PROFESSOR(A): Enir da Silva Fonseca PERFIL DO EGRESSO E PERFIL(IS)

Leia mais

Sistemas Operacionais: Aplicativos. Prof. Rafael J. Sandim

Sistemas Operacionais: Aplicativos. Prof. Rafael J. Sandim Sistemas Operacionais: Aplicativos Prof. Rafael J. Sandim Aplicativos Programa de computador que desempenha uma tarefa específica; Em geral ligada ao processamento de dados; Podem ser divididos em duas

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR PREVISTO... 3 INSTRUÇÕES... 4

CALENDÁRIO ESCOLAR PREVISTO... 3 INSTRUÇÕES... 4 Sumário CALENDÁRIO ESCOLAR PREVISTO... 3 INSTRUÇÕES... 4 Informática Básica... 5 Excel Avançado... 6 Word Avançado... 7 Montagem e Manutenção de Microcomputadores... 8 Formação Inicial e Continuada Programação

Leia mais

Introdução ao Processamento de Dados (IPD)

Introdução ao Processamento de Dados (IPD) Universidade Federal de Pelotas Instituto de Física e Matemática Departamento de Informática Introdução ao Processamento de Dados (IPD) Estrutura da Apresentação Conceitos Básicos Processamento de Dados

Leia mais

Software. Prof. Demétrios Coutinho. C a m p u s N a t a l C e n t r a l D i s c i p l i n a d e I n f o r m á t i c a B á s i c a 0 6 / 0 5 / 2 0 1 2

Software. Prof. Demétrios Coutinho. C a m p u s N a t a l C e n t r a l D i s c i p l i n a d e I n f o r m á t i c a B á s i c a 0 6 / 0 5 / 2 0 1 2 Software Prof. Demétrios Coutinho C a m p u s N a t a l C e n t r a l D i s c i p l i n a d e I n f o r m á t i c a B á s i c a 0 6 / 0 5 / 2 0 1 2 COMPUTADOR X SOFTWARE X É o software que torna um computador

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Introdução a Computação - CSTA. Classificação / Licenciamento de Software

Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Introdução a Computação - CSTA. Classificação / Licenciamento de Software Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Introdução a Computação - CSTA Classificação / Licenciamento de Software MATERIAL PARA ESTUDO PRIMEIRO BIMESTRE Componentes de um Sistema Computacional

Leia mais

Prof. Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck

Prof. Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck Prof. Ricardo Beck www.aprovaconcursos.com.br Página 1 de 5 Noções de Informática SISTEMA OPERACIONAL Software O hardware consiste nos equipamentos que compõe

Leia mais

São programas de computador utilizados para realizar diversas tarefas É a parte lógica do computador, o que faz o computador realmente funcionar.

São programas de computador utilizados para realizar diversas tarefas É a parte lógica do computador, o que faz o computador realmente funcionar. São programas de computador utilizados para realizar diversas tarefas É a parte lógica do computador, o que faz o computador realmente funcionar. Quais são eles? Vários outros programas 1 Sistema Básico

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO :

UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO : Curso/Habilitação: Direito UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO : PLANO DE ENSINO Disciplina: Informática Período: 1º Créditos: 4 Carga horária: 60h Semestre Letivo: 2012/2 Professor(a):

Leia mais

PROF. JEFERSON BOGO INFORMÁTICA WWW.JEFERSONBOGO.PRO.BR FACEBOOK: INFORMÁTICA PARA GABARITAR

PROF. JEFERSON BOGO INFORMÁTICA WWW.JEFERSONBOGO.PRO.BR FACEBOOK: INFORMÁTICA PARA GABARITAR PROF. JEFERSON BOGO INFORMÁTICA WWW.JEFERSONBOGO.PRO.BR FACEBOOK: INFORMÁTICA PARA GABARITAR SOFTWARE LIVRE Professor Jeferson Bogo 2 SOFTWARE LIVRE = FREE SOFTWARE = OPEN SOURCE (CÓDIGO ABERTO) Professor

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO :

UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO : Curso/Habilitação: Direito UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO : PLANO DE ENSINO Disciplina: Informática Período: 1º (Primeiro) Créditos: 4 Carga horária: 60h Semestre Letivo: 2013/1

Leia mais

Implantação de Software Livre no Sistema FIEC

Implantação de Software Livre no Sistema FIEC 1º Encontro Nacional BrOffice FIEC - Federação das Indústrias do Estado do Ceará Implantação de Software Livre no Sistema FIEC Cesar Cals Neto e Marcus Vinicius Veloso Objetivo Utilização do software livre

Leia mais

Software Livre e Engenharia Elétrica

Software Livre e Engenharia Elétrica Software Livre e Engenharia Elétrica Diego Cézar Silva de Assunção Henrique Ribeiro Soares José Rubens Guimarães Vilaça Lima Pedro Dias de Oliveira Carvalho Rafael Viegas de Carvalho Carlos Gomes O software

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BUENO BRANDÃO ESTÂNCIA CLIMÁTICA E HIDROMINERAL CNPJ: 18.940.098/0001-22

PREFEITURA MUNICIPAL DE BUENO BRANDÃO ESTÂNCIA CLIMÁTICA E HIDROMINERAL CNPJ: 18.940.098/0001-22 1. Qual programa não faz parte do pacote BrOffice.org? a) Groove b) Writer c) Draw d) Math e) Calc 2. Considerando a figura abaixo que apresenta uma parte da Barra de ferramentas de formatação do LibreOffice

Leia mais

2-Introdução e Conceitos Básicos das TIC

2-Introdução e Conceitos Básicos das TIC Agrupamento de escolas de Pevidém 2-Introdução e Conceitos Básicos das TIC Conhecer e adotar regras de ergonomia e exploração de diferentes tipos de software Prof.: Alexandra Matias Sumário Conhecer as

Leia mais

Informática Básica: aplicativos de escritório Aula 2 Instrutores: Arisneuza Gonçalves Isail Araújo Danilo Azevedo

Informática Básica: aplicativos de escritório Aula 2 Instrutores: Arisneuza Gonçalves Isail Araújo Danilo Azevedo Informática Básica: aplicativos de escritório Aula 2 Instrutores: Arisneuza Gonçalves Isail Araújo Danilo Azevedo História do Linux 1987 S.O Minix Andrew S. Tanembaum 1960 Multics Unics - Unix S.O Ken

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO. Jogos educacionais para aprendizado de algoritmos. Davi Simões Freitas

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO. Jogos educacionais para aprendizado de algoritmos. Davi Simões Freitas 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO Jogos educacionais para aprendizado de algoritmos Davi Simões Freitas (Coordenador do Projeto) Março. 2008 2 Sumário 1. Contexto...3

Leia mais

Programação dos Cursos 2011.2

Programação dos Cursos 2011.2 PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE ENSINO FUNDAMENTAL NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL DE NATAL (NTE NATAL) Programação dos Cursos 2011.2 Secretaria Municipal

Leia mais

PLANO DE ENSINO-APRENDIZAGEM POR COMPETÊNCIAS

PLANO DE ENSINO-APRENDIZAGEM POR COMPETÊNCIAS PLANO DE ENSINO-APRENDIZAGEM POR COMPETÊNCIAS CURSO: Técnico em redes de computadores COMPONENTE CURRICULAR: Instalação de sistema operacional cliente e aplicativos CARGA HORÁRIA: 42 hs SEMESTRE/ANO: 01;2010

Leia mais

INFORMÁTICA. Prof. Rafael Fernando Zimmermann

INFORMÁTICA. Prof. Rafael Fernando Zimmermann INFORMÁTICA Prof. Rafael Fernando Zimmermann SOFTWARE O software é um conjunto de instruções, composto de uma seqüência ordenada de passos que dizem ao computador e às partes do mesmo, o que fazer. A execução

Leia mais

Introdução aos Sistemas da InformaçãoAula 5 - Software (cont.) p. 1

Introdução aos Sistemas da InformaçãoAula 5 - Software (cont.) p. 1 Introdução aos Sistemas da Informação Aula 5 - Software (cont.) Ivan da Silva Sendin ivansendin@yahoo.com FACOM - Universidade Federal de Uberlândia Introdução aos Sistemas da InformaçãoAula 5 - Software

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA PROFESSOR: Alexei Manso Correa Machado 1. EMENTA: Conceitos básicos em informática. Uso do World e Excel. Uso da internet. Uso das ferramentas

Leia mais

PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO. Instituição: Faculdade Santa Maria Curso: Administração Professor: Alessandro Pinon Leitão

PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO. Instituição: Faculdade Santa Maria Curso: Administração Professor: Alessandro Pinon Leitão PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Faculdade Santa Maria Curso: Administração Professor: Alessandro Pinon Leitão Período: 3º Semestre: 2º Ano: 2010 Disciplina: Informática Empresarial

Leia mais

Hardware. Computador. Hardware parte do computador em que você normalmente mete o pé quando seu computador não executa uma tarefa solicitada por você.

Hardware. Computador. Hardware parte do computador em que você normalmente mete o pé quando seu computador não executa uma tarefa solicitada por você. Computador Hardware Hardware é a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes eletrônicos, circuitos integrados e placas, que se comunicam através de barramentos. Hardware parte do

Leia mais

Informática I. Aula 26. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson

Informática I. Aula 26. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson Informática I Aula 26 Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 26-17/07/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de

Leia mais

UNIDADE 6 APLICATIVOS

UNIDADE 6 APLICATIVOS UNIDADE 6 APLICATIVOS Professor: Leandro M. Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br 19/11/2010 Colégio Politécnico da UFSM 1 Tipos de Software Software de sistema Executa tarefas que são comuns nos sistemas

Leia mais

Apostila da disciplina Introdução à Engenharia de Software Professor: Sandro Melo Faculdades São José Curso de Tecnologia de Sistemas de Informação

Apostila da disciplina Introdução à Engenharia de Software Professor: Sandro Melo Faculdades São José Curso de Tecnologia de Sistemas de Informação Capítulo 1: Software e Engenharia de Software O que é? E quem produz? Porque é importante? Quais são as fases? Qual o resultado? Como avaliar? Arcabouço: processo, conjunto de métodos e ferramentas. 1.1

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 3. Software Prof. Ronaldo Software Formado por um conjunto de instruções (algoritmos) e suas representações para o

Leia mais

Assunto 9 : Tecnologias de Inteligência Artificial nos Negócios

Assunto 9 : Tecnologias de Inteligência Artificial nos Negócios Assunto 9 : Tecnologias de Inteligência Artificial nos Negócios Empresas e outras organizações estão ampliando significativamente suas tentativas para auxiliar a inteligência e a produtividade de seus

Leia mais

Como é o desenvolvimento de Software?

Como é o desenvolvimento de Software? Como é o desenvolvimento de Software? Fases do Desenvolvimento Modelo Cascata Define atividades seqüenciais Outras abordagens são baseadas nesta idéia Especificação de Requisitos Projeto Implementação

Leia mais

Por meio da opção Subtotais, encontrada no menu Dados, é possível consolidar a quantidade de processos em cada data que aparece na planilha.

Por meio da opção Subtotais, encontrada no menu Dados, é possível consolidar a quantidade de processos em cada data que aparece na planilha. 01 Q298518 Noções de Informática Editor de Textos Microsoft Word e BrOffice.org Writer Ano: 2013 Banca: CESPE Órgão: CNJProva: Técnico Judiciário Área BETA Administrativa Julgue os itens seguintes, acerca

Leia mais

VIGDENGUE - SISTEMA DE APOIO AO ACOMPANHAMENTO E VIGILÂNCIA DE CASOS NOTIFICADOS DE DENGUE

VIGDENGUE - SISTEMA DE APOIO AO ACOMPANHAMENTO E VIGILÂNCIA DE CASOS NOTIFICADOS DE DENGUE VIGDENGUE - SISTEMA DE APOIO AO ACOMPANHAMENTO E VIGILÂNCIA DE CASOS NOTIFICADOS DE DENGUE 1. Introdução Prof. MSc. Bruno Carlos da Cunha Costa Coordenador do Projeto UNIFESO Prof. MSc. José Roberto de

Leia mais

Planilhas Eletrônicas. / NT Editora. -- Brasília: 2014. 118p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm.

Planilhas Eletrônicas. / NT Editora. -- Brasília: 2014. 118p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm. Autor Ismael Souza Araujo Pós-graduado em Gerência de Projetos PMBOK UNICESP, Graduado em Tecnologia em Segurança da Informação - UNICESP. Professor de concurso da área de informática e consultor em EAD.

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática. Módulo de Automação de Escritório Prof. Walter Travassos

FTIN Formação Técnica em Informática. Módulo de Automação de Escritório Prof. Walter Travassos FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Automação de Escritório Prof. Walter Travassos MÓDULO DE AUTOMAÇÃO DE ESCRITÓRIO AULA 01 Competências Organização de Documentos Eletrônicos Conhecer as técnicas

Leia mais

IIH Introdução à Informática e Hardware

IIH Introdução à Informática e Hardware Prof. MSc. André Luis Gobbi Primo andre.gobbi@ifsp.edu.br INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO - CAMPUS VOTUPORANGA Técnico em Manutenção e Suporte em Informática IIH Introdução

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Administração Disciplina: Informática I Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1 1 - Ementa (sumário, resumo) Conceitos gerais sobre hardware, software,

Leia mais

Introdução Software Livre Projeto GNU/Linux Software Livre vs Software Proprietário Liberdade para todos. Software Livre. Grupo 5

Introdução Software Livre Projeto GNU/Linux Software Livre vs Software Proprietário Liberdade para todos. Software Livre. Grupo 5 Introdução Projeto GNU/Linux vs Software Proprietário Liberdade para todos Tronco Inicial Universidade Federal de Alagoas - UFAL- Arapiraca 29 de Março 2012 Introdução Projeto GNU/Linux vs Software Proprietário

Leia mais

Desenvolvimento de jogo educativo digital para estimular o processo de aprendizagem

Desenvolvimento de jogo educativo digital para estimular o processo de aprendizagem Desenvolvimento de jogo educativo digital para estimular o processo de aprendizagem André R. Moreira¹, Paulo H. Tirabassi², Vinicius R. Dogo³,4 ¹Técnico em Administração, Escola Técnica Estadual Sales

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES NA RESOLUÇÃO DE UM PROBLEMA DE PROGRAMAÇÃO LINEAR. Cintia da Silva Araújo, Tiago de Souza Marçal, Magda Aparecida Nogueira

UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES NA RESOLUÇÃO DE UM PROBLEMA DE PROGRAMAÇÃO LINEAR. Cintia da Silva Araújo, Tiago de Souza Marçal, Magda Aparecida Nogueira UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES NA RESOLUÇÃO DE UM PROBLEMA DE PROGRAMAÇÃO LINEAR Cintia da Silva Araújo, Tiago de Souza Marçal, Magda Aparecida Nogueira 1 Centro de Ciências Agrárias-Universidade Federal do Espírito

Leia mais

Prof. André Di Thommazo

Prof. André Di Thommazo Unidade 3 Comunicação e Organização Pessoal Tipos de Arquivo Prof. André Di Thommazo Pacote de software para escritório Pacote de software para escritório é um conjunto de software destinados a atividades

Leia mais

MODELAGEM DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

MODELAGEM DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Unidade III MODELAGEM DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Daniel Arthur Gennari Junior Sobre esta aula Ciclo de Vida de Sistemas Engenharia de Software Aplicações de Software Diagramação de Software Ciclo

Leia mais

MODELIX SYSTEM SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO DE ROBÔS

MODELIX SYSTEM SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO DE ROBÔS MODELIX SYSTEM SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO DE ROBÔS A Modelix Robotics é pioneira dentre as empresas nacionais no segmento de robótica educacional (uso acadêmico e educação tecnológica) e robótica para usuário

Leia mais

APLICATIVOS BR OFFICE: UMA FERRAMENTA EFICAZ NO ENSINO DA ESTATÍSTICA

APLICATIVOS BR OFFICE: UMA FERRAMENTA EFICAZ NO ENSINO DA ESTATÍSTICA APLICATIVOS BR OFFICE: UMA FERRAMENTA EFICAZ NO ENSINO DA ESTATÍSTICA Fabíola da Cruz Martins 1 Grazielle de Souto Pontes Haus 2 Alecxandro Alves Vieira 3 Resumo O presente relato descreve um trabalho

Leia mais

Planificação de. Aplicações Informáticas B

Planificação de. Aplicações Informáticas B Escola básica e secundária de Velas Planificação de Aplicações Informáticas B Ano letivo 2011/2012 1- Introdução à Programação Planificação de Aplicações Informáticas B Unidade Sub-Unidades Objetivos Conteúdos

Leia mais

A INFORMÁTICA E O ENSINO DA MATEMÁTICA

A INFORMÁTICA E O ENSINO DA MATEMÁTICA A INFORMÁTICA E O ENSINO DA MATEMÁTICA Nélia Caires da Silva Acadêmico de Matemática da FACITEC Andreia Júlio de Oliveira Rocha MSc. Em Ensino de Ciências Naturais e Matemática FACITEC Resumo Essa pesquisa

Leia mais

O USO DO EDITOR DE APRESENTAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES EDUCATIVAS

O USO DO EDITOR DE APRESENTAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES EDUCATIVAS O USO DO EDITOR DE APRESENTAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES EDUCATIVAS Mário Sérgio de Andrade Mendonça, mariomendonc@gmail.com Eduardo Machado Real, eduardomreal@uems.br UEMS Universidade Estadual

Leia mais

PLANO DE ENSINO/AULA

PLANO DE ENSINO/AULA GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE GESTÃO PEDAGÓGICA E INCLUSÃO EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ESCOLA TÉCNICA DE BRASÍLA PLANO DE ENSINO/AULA

Leia mais

11/06/2013. O que é Software Aplicativo? Suítes de Software. Adquirindo Software SOFTWARES APLICATIVOS

11/06/2013. O que é Software Aplicativo? Suítes de Software. Adquirindo Software SOFTWARES APLICATIVOS 2 O que é Software Aplicativo? SOFTWARES APLICATIVOS Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Software que realiza tarefa útil específica Suítes de aplicativos Softwares empresariais Softwares

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Aula 6 http://www.ic.uff.br/~bianca/introinfo/ Aula 6-21/09/2007 1 Ementa Conceitos Básicos de Computação (Hardware, Software e Internet) Softwares Aplicativos Tutorial: Word Tutorial:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Técnico em Enfermagem Qualificação:

Leia mais

Engenharia de Software Unidade I Visão Geral

Engenharia de Software Unidade I Visão Geral Conteúdo programático Engenharia de Software Unidade I Visão Geral Prof. Francisco Gerson A. de Meneses O que é Produtos de Software Distribuição de Software Um sistema de Software O software em um cenário

Leia mais

Amostra OpenOffice.org 2.0 Writer SUMÁRIO

Amostra OpenOffice.org 2.0 Writer SUMÁRIO Amostra OpenOffice.org 2.0 Writer SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. INSERIR TEXTO 3. SALVAR UM DOCUMENTO 4. FECHAR UM DOCUMENTO 5. INICIAR UM NOVO DOCUMENTO 6. ABRIR UM DOCUMENTO 7. SELECIONAR TEXTO 8. RECORTAR,

Leia mais

Catálogo de cursos MAIS DE 50 OPÇÕES DE CURSOS! VEJA ABAIXO ALGUNS DELES: DESENVOLVIMENTO DE SITES PARA INTERNET PROFISSÕES DO SUPERMECADO

Catálogo de cursos MAIS DE 50 OPÇÕES DE CURSOS! VEJA ABAIXO ALGUNS DELES: DESENVOLVIMENTO DE SITES PARA INTERNET PROFISSÕES DO SUPERMECADO Catálogo de cursos Up Centro de Ensino Pro ssional 2015 MAIS DE 50 OPÇÕES DE CURSOS! VEJA ABAIXO ALGUNS DELES: PROFISSÕES DO SUPERMECADO DESENVOLVIMENTO DE SITES PARA INTERNET DESENHO MECÂNICO / ARQUITETURA

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

Fórum de Software Livre. Capacitação em Software Livre 2014 Nelson Luiz Cesário UNESP/FCAV Jaboticabal/SP

Fórum de Software Livre. Capacitação em Software Livre 2014 Nelson Luiz Cesário UNESP/FCAV Jaboticabal/SP Fórum de Software Livre Capacitação em Software Livre 2014 Nelson Luiz Cesário UNESP/FCAV Jaboticabal/SP Objetivos Capacitar o servidor a realizar operações básicas e intermediárias de edição de documentos

Leia mais

EMENTA DO CURSO DE BROFFICE

EMENTA DO CURSO DE BROFFICE EMENTA DO CURSO DE BROFFICE O curso de BrOffice está formatado com a duração de 44 horas-aulas e tem previsto 05 (cinco) módulos como descritos abaixo. Módulos Carga horária (horas/aula) Conhecendo o Computador

Leia mais

Cargo Descrição Benefícios

Cargo Descrição Benefícios Vitória, 04 de Março de 2012. A Selecta, empresa de Recrutamento e Seleção, divulga as vagas de emprego em aberto, com destaque para: Operador de Torno, Recepcionista, Vendedor, Faturista, Analista de

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1 EMENTA A informática e a Administração: origem, conceitos gerais, componentes básicos. Tecnologia da Comunicação e Informação. Conceitos básicos de Hardware e Software: Sistemas e Ambientes Operacionais

Leia mais

Catálogo decursos. metodologiaadvance.com.br MAIS DE 50 OPÇÕES DE CURSOS! VEJA ABAIXO ALGUNS DELES: DESENVOLVIMENTO DE SITES PARA INTERNET

Catálogo decursos. metodologiaadvance.com.br MAIS DE 50 OPÇÕES DE CURSOS! VEJA ABAIXO ALGUNS DELES: DESENVOLVIMENTO DE SITES PARA INTERNET Catálogo decursos Ensino de qualidade para todos 2016 MAIS DE 50 OPÇÕES DE CURSOS! VEJA ABAIXO ALGUNS DELES: @ PROFISSÕES DO SUPERMECADO DESENVOLVIMENTO DE SITES PARA INTERNET DESENHO MECÂNICO / ARQUITETURA

Leia mais

13/10/11 TIPOS DE UTILITÁRIOS UTILITÁRIOS 0798 INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO TIPOS DE UTILITÁRIOS TIPOS DE UTILITÁRIOS

13/10/11 TIPOS DE UTILITÁRIOS UTILITÁRIOS 0798 INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO TIPOS DE UTILITÁRIOS TIPOS DE UTILITÁRIOS 2 OBJETIVOS E COMPETÊNCIAS OBJETIVOS Instalar e configurar utilitários sobre o sistema operativo (SO). UTILITÁRIOS 0798 COMPETÊNCIAS No final do curso os/as formandos/as deverão ser capazes de utilizar

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Bruno Vilela Oliveira Professor CCA-UFES Departamento de Engenharia Rural E-mail: bruno@cca.ufes.br Nesta aula... Apresentação da disciplina Avaliação A Disciplina Fundamentos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE EDUCAÇÃO CEDUC COLÉGIO DE APLICAÇÃO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA CURSO DE LINUX:

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE EDUCAÇÃO CEDUC COLÉGIO DE APLICAÇÃO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA CURSO DE LINUX: UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE EDUCAÇÃO CEDUC COLÉGIO DE APLICAÇÃO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA CURSO DE LINUX: * Nível Básico para Professores* *Impress* APRESENTAÇÃO Teresa Kátia Alves de Albuquerque

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUIDOS. Prof. Marcelo de Sá Barbosa

SISTEMAS DISTRIBUIDOS. Prof. Marcelo de Sá Barbosa Prof. Marcelo de Sá Barbosa CLUSTER: Um cluster é um conjunto de computadores independentes conectados por rede que formam um sistema único através do uso de software. Um cluster, ou aglomerado de computadores,

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação 08 - Licenças, Tipos de Softwares, Tradutores. Linguagens de Máquina, de Baixo Nível e de Alto Nível Márcio Daniel Puntel marcio.puntel@ulbra.edu.br Software Livre GPL BSD Software

Leia mais

SUÍTES DE APLICATIVOS PARA ESCRITÓRIO. Prof. Erion Monteiro

SUÍTES DE APLICATIVOS PARA ESCRITÓRIO. Prof. Erion Monteiro SUÍTES DE APLICATIVOS PARA ESCRITÓRIO Prof. Erion Monteiro Pensamento do Dia Sabemos o que somos, mas não o que poderíamos ser. William Shakespeare SUÍTES DE APLICATIVOS São pacotes de programas disponibilizados

Leia mais

Introdução. Hardware X Software. Corpo Humano Parte Física. Capacidade de utilizar o corpo em atividades especificas explorando seus componentes

Introdução. Hardware X Software. Corpo Humano Parte Física. Capacidade de utilizar o corpo em atividades especificas explorando seus componentes Introdução Hardware X Software Corpo Humano Parte Física Componentes 18 Capacidade de utilizar o corpo em atividades especificas explorando seus componentes Hardware Introdução Parte física: placas, periféricos,

Leia mais

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO NA I GINCANA DE INCLUSÃO DIGITAL DO MUNICÍPIO DE RUSSAS-CE

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO NA I GINCANA DE INCLUSÃO DIGITAL DO MUNICÍPIO DE RUSSAS-CE REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO NA I GINCANA DE INCLUSÃO DIGITAL DO MUNICÍPIO DE RUSSAS-CE A coordenação da I Semana de Inclusão Digital - SEMID através do Projeto Ação Digital - PAD, usando de suas atribuições,

Leia mais

Software Livre Introdução ao Linux

Software Livre Introdução ao Linux Software Livre Introdução ao Linux Instituto Granbery 06/03/2004 Carlos de Castro Goulart Departamento de Informática-UFV goulart@dpi.ufv.br Parte I - Software Livre O que é Software Livre? Vantagens da

Leia mais

ÁREA: CONTÁBIL / FISCAL / ADM / RH / ECONOMIA / PUBLICIDADE

ÁREA: CONTÁBIL / FISCAL / ADM / RH / ECONOMIA / PUBLICIDADE ÁREA: CONTÁBIL / FISCAL / ADM / RH / ECONOMIA / PUBLICIDADE AUX. ADMINISTRATIVO Escolaridade: Ensino médio completo Experiência: Necessário experiência com rotinas administrativas Informações Adicionais:

Leia mais

Informática. Aula 04/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Informática. Aula 04/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Informática Aula 04/12 Prof. Márcio Hollweg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO

Leia mais

Programação de Cursos

Programação de Cursos Cursos preparatórios para a prova da ANBIMA CPA-20 CPA-10 FINANCEIRO GESTÃO Professores de mercado, experientes, são bancários. Buscamos sua matrícula sem ônus. É só ligar no IEB CURSOS e agendar: 31-2551-0339

Leia mais

Síntese de voz panorama tecnológico ANTONIO BORGES

Síntese de voz panorama tecnológico ANTONIO BORGES Síntese de voz panorama tecnológico ANTONIO BORGES Quase todos nós vamos precisar de óculos um dia (a menos que a tecnologia médica promova a substituição deste artefato por alguma outra coisa tecnológica,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS INCUBADORA DE EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS PROJETO TELECENTROS COMUNITÁRIOS GOOGLE MICROSOFT LINUX APPLE Existem vários pacotes

Leia mais

Este artigo abaixo foi produzido originalmente para a Network Core Wiki. Reproduzo-a aqui na íntegra. Publicado originalmente em 07/12/2007.

Este artigo abaixo foi produzido originalmente para a Network Core Wiki. Reproduzo-a aqui na íntegra. Publicado originalmente em 07/12/2007. Vírus no Linux? Este artigo abaixo foi produzido originalmente para a Network Core Wiki. Reproduzo-a aqui na íntegra. Publicado originalmente em 07/12/2007. Interface de uma distribuição Linux Uma das

Leia mais

Introdução à. Engenharia de Software. Givanaldo Rocha de Souza givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.

Introdução à. Engenharia de Software. Givanaldo Rocha de Souza givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu. "Antes de imprimir pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE." Engenharia de Software Introdução à Engenharia de Software Givanaldo Rocha de Souza givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico. Qualificação: Sem certificação técnica

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico. Qualificação: Sem certificação técnica Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos - SP Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança Habilitação Profissional: Técnico em Enfermagem Qualificação:

Leia mais

Aulas teóricas: As aulas serão teóricas e práticas.

Aulas teóricas: As aulas serão teóricas e práticas. PLANO DE ENSINO GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL. LOCAL: CONCÓRDIA DISCIPLINA: INFORMÁTICA ALICADA PARA ENGENHARIA CARGA HORÁRIA: 60h FASE: 4ª FASE SEMESTRE: 2º ANO: 2015 PROFESSOR: MAICO PETRY MATERIAIS/ATIVIDADES:

Leia mais

Softwares Aplicativos. (Capítulo 2)

Softwares Aplicativos. (Capítulo 2) Softwares Aplicativos (Capítulo 2) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Definição 2. Aquisição 3. Classificações 4. Ética 5. Profissionais 03

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2015 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos EE: Etec Paulino Botelho Eixo Tecnológico: Controle e Processos

Leia mais

Planilha Eletrônica - Excel

Planilha Eletrônica - Excel 29/04/2016 99 O Excel é um programa de planilha eletrônica desenvolvido pela Microsoft para Windows, que pode ser utilizado para calcular, armazenar e trabalhar com lista de dados e fazer relatórios e

Leia mais

Catálogo de cursos 2016

Catálogo de cursos 2016 Catálogo de cursos 2016 Fone: 3632-1446 MAIS DE 50 OPÇÕES DE CURSOS! VEJA ABAIXO ALGUNS DELES: @ PROFISSÕES DO SUPERMECADO DESENVOLVIMENTO DE SITES PARA INTERNET DESENHO MECÂNICO / ARQUITETURA COM AUTOCAD

Leia mais

Algumas dúvidas freqüentes com relação à suíte OpenOffice.

Algumas dúvidas freqüentes com relação à suíte OpenOffice. Prezados alunos: Algumas dúvidas freqüentes com relação à suíte OpenOffice. 1. Afinal, o que muda nesta nova versão? 2. Preciso, como aluno, ficar preocupado em obtê-la? 3. Qual versão será cobrada nas

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos SP Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Recursos Humanos Qualificação:

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DO PACOTE DE ESCRITÓRIO LIBREOFFICE NO AUXÍLIO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COLÉGIO ESTADUAL OSVALDO FRANCO

A UTILIZAÇÃO DO PACOTE DE ESCRITÓRIO LIBREOFFICE NO AUXÍLIO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COLÉGIO ESTADUAL OSVALDO FRANCO A UTILIZAÇÃO DO PACOTE DE ESCRITÓRIO LIBREOFFICE NO AUXÍLIO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COLÉGIO ESTADUAL OSVALDO FRANCO Wislayne Aires Moreira 1, Luciano Ribeiro da Silva 2, Ramásio Ferreira de Melo 3 1 Mestranda

Leia mais

Informática Básica. Conceitos de Linux

Informática Básica. Conceitos de Linux Informática Básica Conceitos de Linux Introdução Um Sistema Operacional é um programa que tem por função controlar os recursos do computador e servir de interface entre ele e o usuário. Um sistema operacional,

Leia mais

O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital

O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Tipos de GED: Document imaging Document management Document Imaging / Document Management O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Mundo analógico Criação Revisão Processamento Arquivo Mundo digital

Leia mais

6.1 A Simulação Empresarial tem utilização em larga escala nos cursos de Administração, em seus diversos níveis de ensino no Brasil?

6.1 A Simulação Empresarial tem utilização em larga escala nos cursos de Administração, em seus diversos níveis de ensino no Brasil? 195 6 Discussão Neste capítulo, são discutidos os resultados apresentados nas suas unidades de pesquisa e a relação existente entre cada uma dessas unidades. Assim, este capítulo traz subsídios para a

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA LINDOMÁRIO LIMA ROCHA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA LINDOMÁRIO LIMA ROCHA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA LINDOMÁRIO LIMA ROCHA FACILITADOR VIRTUAL DA APRENDIZAGEM EM QUÍMICA Campina Grande-

Leia mais

Introdução. Software (Parte III)

Introdução. Software (Parte III) Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Introdução à Computação Software (Parte III) Prof. a Joseana Macêdo Fechine

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Prof. Edberto Ferneda Software 1 Sistema Operacional Sistema Operacional Sistema Operacional Softwares aplicativos U s u á r i o s Freeware é o software pelo qual não se cobra

Leia mais