Como Escolher a Melhor Tecnologia de Captura de Dados

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como Escolher a Melhor Tecnologia de Captura de Dados"

Transcrição

1 Whitepaper Como Escolher a Melhor Tecnologia de Captura de Dados ÍNDICE Tecnologias de Captura de Dados Disponíveis 2 Leitores Laser Padrão 2 Leitores a laser MEMS 3 Linear Imagers 3 Area Imagers 4 RFID 5 Selecionando as Tecnologias de Captura de Dados 5 Qual é a distância de leitura de cada item a ser lido? 7 Que tipo de simbologia será usada? 7 Sua empresa precisa gerar etiquetas de conformidade? 7 Sua empresa precisa de uma leitura que não exija visão direta? 7 Qual é a condição ou a origem do código de barras? 7 Quais são as condições ambientais? 7 Sua empresa precisa ler códigos de barras em telas de computadores? 7 Qual é a importância do desempenho? 8 Quanto a empresa quer pagar? 8 Soluções de Leitura da Intermec Technologies 8 Glossário 9

2 Em 1974, quando a Intermec inventou o Código 39, a tecnologia de captura de dados era muito simples: imprimir uma etiqueta de código de barras linear e lê-la com um leitor laser simples. Com a popularização dos códigos de barras, as empresas perceberam as vantagens de transportar mais dados, o que levou a novas simbologias, tais como a PDF417 e os códigos matriciais, que transmitem muito mais informações, e agora a identificação por radiofreqüência (RFID), que pode servir como um banco de dados dinâmico e portátil conectado a um pallet, a uma caixa ou a um único item. Com a proliferação de novas simbologias para a transmissão de dados, houve uma significativa mudança nas tecnologias de leitura. Os incansáveis mecanismos de leitura laser foram complementados e muitas vezes superados por novos mecanismos de leitura por imagem. Os leitores Linear Imager e Area Imager são mais poderosos e confiáveis que os leitores laser. Além disso, há os interrogadores RFID para contar com um cenário de captura de dados muito mais complexo. Embora possa ser lógico perguntar qual é a melhor tecnologia, a pergunta mais adequada é Qual é a combinação ideal de tecnologias de captura de dados para o meu conjunto específico de aplicativos? Todas as tecnologias de leitura são excepcionalmente boas para aquilo a que se propõem, desde que sejam usadas no aplicativo correto. Com um grande número de aplicativos em uso, é necessária uma combinação de tecnologias de leitura. As tecnologias de leitura laser e imagem existem há muitos anos e continuam melhorando. Avanços recentes na tecnologia de leitura por imagem mudaram consideravelmente sua área de atuação, tornando-a melhor para a leitura de vários tipos de códigos. A tecnologia mais recente, RFID que, na verdade, já é utilizada há décadas está no caminho certo da adoção ampla pelo mercado. O primeiro passo para escolher as tecnologias mais adequadas ao seu ambiente é compreender as vantagens e desvantagens de cada uma e como elas podem ser usadas com suas aplicações. TECNOLOGIAS DE CAPTURA DE DADOS DISPONÍVEIS Leitores Laser Padrão Vantagens: Excelentes para leituras a longa distância Feixe claro, com detecção bastante coerente Desvantagens: Espelhos oscilantes reduzem a confiabilidade Não é tão eficaz na leitura de etiquetas danificadas ou mal-impressas Melhores Aplicações: Leitura de códigos lineares em prateleiras altas de armazéns e centros de distribuição Os leitores laser padrão lêem códigos de barras através de um feixe de laser em conjunto com espelhos oscilantes para mover automaticamente o feixe através do código. Os mecanismos a laser possuem diversas configurações (por exemplo, distância padrão, ângulo aberto, alta densidade, longa distância e alta visibilidade) para contemplar diversas aplicações. A principal vantagem dos leitores laser é o alcance: eles podem ler códigos de barras a vários metros de distância. Na verdade, se o símbolo impresso for suficientemente grande, o laser pode lê-lo a uma distância de até 35 pés (10,7 metros). Para aplicações que envolvem um operador de empilhadeira em um armazém, a capacidade de ler um código de barras sem precisar sair várias vezes da empilhadeira é uma vantagem considerável. Outra vantagem dos lasers é a possibilidade de serem concentrados em um feixe muito estreito. Como a luz é coerente (tem uma única freqüência), o feixe não se dispersa muito a uma determinada distância. Portanto, o diâmetro do feixe permanecerá suficientemente pequeno para ler as barras largas e estreitas do código de barras, mesmo que a distância de leitura varie. Isso permite que os leitores laser leiam corretamente códigos de barras em uma ampla gama de profundidades de campo. O lado negativo é que os lasers costumam ser mais caros que os leitores Linear Imager e possuem partes móveis (os espelhos oscilantes) que se desgastam, exigindo freqüentemente a troca de todo o leitor. Os leitores laser podem ser portáteis ou fixos. As unidades portáteis geralmente operam na faixa inferior das velocidades de leitura ( vezes por segundo) porque, normalmente, o símbolo lido é estático. Os leitores fixos operam em velocidades mais elevadas ( vezes por segundo) e são suficientemente rápidos para ler a etiqueta antes ou durante a passagem pela área de leitura. 2

3 Leitores Laser MEMS Vantagens: Mais compactos e confiáveis que os leitores laser padrão Feixe claro, com detecção bastante coerente Velocidade de leitura cinco vezes maior que a do laser padrão Desvantagens: Inferior aos leitores Linear Imager para a leitura de etiquetas danificadas ou mal-impressas Melhores Aplicações: Leitura a uma distância padronizada (comprimento do braço) em aplicações de varejo, hospitais e armazéns Os leitores laser que utilizam a tecnologia de Micro-Sistemas Eletromecânicos (MEMS) apresentam um desempenho melhor que os mecanismos comuns de leitura laser devido à maior velocidade de leitura e à maior confiabilidade, pois os espelhos oscilantes do laser comum são substituídos por um chip de silício. Os dispositivos MEMS são fabricados através de técnicas de fabricação de semicondutores de silício, semelhantes às usadas nos circuitos integrados. A tecnologia MEMS comprovou sua confiabilidade em alguns dos ambientes mais difíceis do mundo, inclusive no uso em sensores para sistemas de air-bag e freios ABS em automóveis, e em comutadores ópticos para comunicações por fibra. A tecnologia MEMS produz um mecanismo de leitura laser com recursos totalmente novos, inclusive maior velocidade de leitura, miniaturização, maior durabilidade e partes mecânicas sem atrito, permitindo uma operação mais duradoura. As velocidades de leitura iniciais são cinco vezes maiores que as dos atuais leitores laser que utilizam motores mecânicos, podendo aumentar até milhares de leituras por segundo em gerações futuras do produto. Essa velocidade permite leituras precisas em duas dimensões, bem como a leitura de códigos de barras empilhados e de dimensão única em qualquer direção, além da leitura bidimensional por varredura para códigos matriciais. O mecanismo de leitura EL10 da Intermec é o primeiro mecanismo de leitura laser que utiliza a tecnologia MEMS. Linear Imagers Vantagens: Desempenho confiável e sólido Excelente para a leitura de etiquetas mal-impressas e danificadas Desvantagens: Não consegue ler a distâncias muito grandes Melhores Aplicações: PDV no varejo Gerenciamento de estoque e picking de pedidos Reposição em linha de produção Nota de Aplicação Sistemas de Gerenciamento de Armazéns O WMS inclui todas as atividades em um armazém ou centro de distribuição que gerenciam e rastreiam o recebimento, a inspeção, o armazenamento, o controle de estoque e a retirada e expedição de itens. Um conjunto sugerido de tecnologias de leitura para WMS inclui: Leitores Area Imager para picking e recebimento de caixas de provedores externos de logística, utilizando códigos matriciais. Os leitores Area Imager também são ideais para a leitura de códigos lineares sem a necessidade de mudar a posição das caixas para alinhar corretamente as etiquetas. Além disso, eles proporcionam a vantagem exclusiva de capturar fotos de caixas de papelão danificadas para uso em comprovantes de condição de entrega. Leitores Linear Imager para leitura a pequenas distâncias durante o gerenciamento de estoque e retirada de pedidos. Normalmente, os leitores Linear Imager são mais velozes e melhores para a leitura de códigos de barras danificados durante o armazenamento, a retirada ou em trânsito. Leitores laser de longa distância para a leitura de etiquetas em prateleiras altas e caixas. Os lasers de longa distância permitem que os trabalhadores realizem leituras a até 35 pés (10,7 metros) de distância, com um feixe de leitura nítido, eliminando a necessidade de subir em escadas ou sair de uma empilhadeira para ler etiquetas. RFID Fixo Leitores para a leitura das tags sem intervenção no momento em que elas passam pelas portas dos armazéns/centros de distribuição. Para aplicativos de transferência entre terminais de cargas, o operador da empilhadeira pode receber imediatamente os pedidos, indicando onde os pallets devem ser entregues através de um computador com tecnologia de rede sem fio instalada no veículo, eliminando o tempo de inatividade e o extravio de mercadorias. A tecnologia básica de um leitor Linear Imager é a de CCD. Esses componentes de última geração estão presentes em uma grande variedade de produtos, desde simples leitores e dispositivos de captura de imagens, tais como aparelhos de fax, até dispositivos altamente sofisticados, tais como câmeras digitais e de vídeo. Em um leitor Linear Imager, o CCD captura diferentes níveis de luz refletida das barras e dos espaços de um código de barras, convertendo-os em um sinal de vídeo. 3

4 A fonte de luz de um leitor Linear Imager consiste em LEDs (diodos emissores de luz). Seu baixo consumo de energia e sua longa vida útil permitem que a luz fique acesa ininterruptamente, eliminando a necessidade de acionamento embora alguns leitores incorporem acionadores e modos de inatividade/ retorno para economizar energia, especialmente se estiverem conectados a dispositivos alimentados por bateria. Como os leitores Linear Imager não possuem partes móveis, eles são naturalmente mais confiáveis que os leitores laser, que usam espelhos de movimentação rápida para mover o feixe através do código. Para ler um código de barras, um leitor Linear Imager o ilumina com um LED e utiliza uma lente para focalizar a imagem do código de barras no componente CCD. O processo mais simples de leitura identifica os altos e baixos no sinal e aplica algoritmos de decodificação para acessar os dados do código de barras. Isso é feito pelo conversor analógico-digital do leitor e pelo software executado no processador. A velocidade do processador e a eficiência do software determinam a velocidade desse processo e a sensibilidade de resposta do leitor para o usuário. Os leitores Linear Imager oferecem um desempenho melhor na leitura de códigos por vários motivos. 1. Leitura mais rápida: 200 a 500 leituras por segundo. 2. A tecnologia de feixe espesso lê uma parte muito maior do código de barras que os leitores laser, podendo reunir as partes boas da etiqueta e ignorar as imperfeições. 3. Seu espectro amplo de luz (também conhecido como luz incoerente) proporciona 300 vezes mais oportunidades de diferenciar a luz que um feixe coerente de laser. Imagers são uma opção cada vez mais adotada devido ao tamanho mais compacto e ao menor custo. Segundo a Venture Development Corp., espera-se que o mercado de leitores Linear Imagers cresça a uma taxa anual de 11%, e os leitores de imagens bidimensionais a uma taxa de 20,8%, enquanto o mercado geral de leitores crescerá a 8%. Area Imagers Vantagens: Leitura de códigos em todas as direções (elimina a necessidade de alterar a orientação das etiquetas para a leitura) Lê praticamente qualquer simbologia, inclusive códigos bidimensionais Captura assinaturas, comprovantes de entrega Pode tirar fotos de caixas de papelão para comprovação de condições Desvantagens: Não consegue ler a distâncias muito grandes Melhores Aplicações: Expedição e recebimento de provedores terceirizados de logística Linha de produção Serviço de campo e entrega de encomendas Seguros Um leitor Area Imager fotografa códigos bidimensionais ou lineares e os processa através de algoritmos avançados de decodificação. Os leitores Area Imager permitem a leitura de códigos de barras lineares em qualquer orientação, tornando desnecessária a mudança de posição das etiquetas para a leitura. Além disso, os leitores Area Imager são a tecnologia de leitura apropriada para leitura de códigos bidimensionais (2-D). Os códigos bidimensionais contêm muito mais informação em um espaço menor que os códigos de barras lineares, o que os torna ideais para aplicações em espaços limitados, como fabricação de placas de circuito impresso, manufatura, hospitais e entrega de encomendas. Os leitores Area Imager podem ser produzidos utilizando as tecnologias de CCD ou CMOS, que são mais sofisticadas e consomem bem menos energia, ao mesmo tempo em que proporcionam melhor desempenho. Os leitores Area Imager baseados em CMOS são ideais para aplicações como coleta portátil de dados em armazéns, manufatura e distribuição, em que a troca ou recarga de baterias durante o meio turno reduz a produtividade. Os leitores Area Imager com tecnologia APS (Sensor CMOS de Pixel Ativo), como o mecanismo de leitura EV10 da Intermec, são uma nova forma de tecnologia de leitura de estado sólido que permite a programação de pixels individuais nos sensores. Isso facilita a leitura de várias simbologias diferentes com o mesmo dispositivo. Por exemplo, para ler os símbolos em PDF, um pixel quadrado é melhor que um retangular. Como os leitores Area Imager capturam uma imagem real (por exemplo, uma assinatura ou caixas de papelão danificadas), eles são ideais para serviço de campo, comprovação de entrega e aplicações de expedição/recebimento. 4

5 RFID Vantagens: Captura de dados realmente automatizada, sem intervenção Não exige uma linha de visão para a leitura da tag Atua como um banco de dados portátil dinâmico que pode ser lido e atualizado em qualquer ponto da cadeia de suprimentos Desvantagens: Custo das tags Melhores Aplicações: Transferência entre terminais de carga Gerenciamento de estoque Rastreamento em toda a cadeia de suprimentos Rastreabilidade de peças/genealogia de produtos Gerenciamento de patrimônio Controle de acesso RFID é a tecnologia que complementa os códigos de barras atualmente, mas tem o potencial de substituí-los em determinadas aplicações da cadeia de suprimentos. No curto prazo, a combinação entre leitores de código de barras/interrogadores RFID permitirá que os trabalhadores usem ambas as tecnologias com um único dispositivo. O conceito da tecnologia RFID é semelhante ao do código de barras, mas, em vez de uma etiqueta impressa com informações estáticas que exigem a leitura com linha de visão, as tags de RFID agem como um banco de dados portátil dinâmico que pode ser lido e/ou gravado a cada etapa da cadeia de suprimentos. A tecnologia RFID não exige uma linha de visão para a leitura das tags, acelerando o processo de coleta de dados. Além disso, muitas tags podem ser lidas com uma única passagem pelo campo de leitura. As tags de RFID podem ser fixadas em praticamente qualquer coisa de um veículo a um pallet de mercadorias. Além disso, como é de difícil falsificação, a tecnologia RFID eleva o nível de segurança. Nota de Aplicação Rastreabilidade de Peças/Genealogia de Produtos Alterações de registros de rastreabilidade de partes, inclusive data e local de origem, para cada componente ou elemento de um produto durante toda a sua vida em outras palavras, ele documenta a genealogia, ou a história, de um produto. Isso pode incluir origens de materiais, locais de produção, pessoal envolvido, locais e durações de armazenamento, meios e provedores de transporte, atualizações após a venda, manutenção e reparos praticamente todas as partes e ações que afetam o produto. Duas tecnologias podem ser usadas, separadamente ou em conjunto, para gerenciar a rastreabilidade das partes: Leitores Area Imager/Linear Imager Dependendo da simbologia usada, é possível usar um leitor Area Imager ou um leitor Linear Imager para ler o código da parte e inserir as informações de genealogia em um banco de dados central. RFID Grande parte dos dados genealógicos de um produto (se não todos) pode ser armazenada em uma tag RFID, em vez do armazenamento em um banco de dados central. Isso permite que os dados se desloquem com o produto para que eles possam ser acessados e atualizados a qualquer momento. A tecnologia RFID é ideal para um grande número de aplicações de rastreabilidade, especialmente em produtos e conjuntos mais complexos. SELECIONANDO AS TECNOLOGIAS DE CAPTURA DE DADOS Para algumas aplicações, uma única tecnologia de captura de dados pode ser suficiente, mas para a maioria, uma combinação é a resposta mais apropriada. Os critérios utilizados devem considerar a sua aplicação e os seus objetivos: O que sua empresa está tentando conseguir com a automação? Que quantidade de dados seria mais adequada à aplicação? Quais são as tarefas específicas envolvidas? Qual é o ambiente de trabalho? Ele exige equipamentos mais robustos? Quais são os padrões de conformidade para etiquetas? Que ROI sua empresa pode esperar da automação? 5

6 A tabela a seguir resume as características das tecnologias mais recentes de captura de dados: DESEMPENHO E APLICAÇÕES DAS TECNOLOGIAS DE CAPTURA DE DADOS Aplicação Leitores Laser Padrão Leitor Laser MEMS Leitor Linear Imager Leitores Area Imager RFID Distância: Distância de leitura não superior a 9 polegadas (23 cm) Distância de leitura não superior a 18 polegadas (46 cm) Distância de leitura de até 35 pés (10,7 metros) Leitura da Etiqueta ou da Tag: Não exige uma linha de visão para a leitura dos dados Leitura em todas s as orientações Recursos de Leitura/Gravação (banco de dados dinâmico) Pode ler várias tags simultaneamente Qualidade da Etiqueta/Código: Distância dependente da freqüência da tag Densidades mais altas de códigos de barras Exige um mecanismo de leitura especial Códigos de barras danificados/ de má qualidade Códigos de barras sobre laminados Simbologia/Tipo de Dados: Etiquetas lineares de códigos de barras Códigos de barras bidimensionais empilhados PDF417, Código 49 Exige um mecanismo de leitura especial Códigos matriciais (Data Matrix, QR code) Tags RFID Velocidades de Leitura: Velocidade de leitura: leituras por segundo Velocidade de leitura: leituras por segundo Velocidade de leitura: Até tags por segundo Outros: Apenas posição fixa Confiabilidade do dispositivo Mira e feixe de leitura bem nítidos Leitura rápida em posições fixas Opção de Leitura Integrada: Preço sugerido: US$ 0 - US$ 500 Preço sugerido: US$ US$ Indústria PDV no varejo Cadeia de suprimentos de varejo Armazéns/Centros de Distribuição Hospitais Linhas de Produção Rastreabilidade/Genealogia de Produtos Logística Serviço de campo Setor Público/Defesa Interna 6

7 Qual é a distância de leitura de cada item a ser lido? Para códigos de tamanho médio, os leitores Linear Imager e os leitores laser funcionam excepcionalmente bem a uma distância de leitura padronizada de até 18 polegadas (46 cm). Os leitores Area Imager podem capturar códigos a uma distância de até 9 polegadas (23 cm). Se as etiquetas estiverem em uma distância superior a 18 polegadas, os leitores de longa distância a laser são a única opção. Entretanto, códigos de resolução mais baixa (maiores) podem ser lidos a uma distância maior que os códigos de alta resolução (menores) com todas as tecnologias. A distância de leitura das tags de RFID depende da freqüência da tag. Por exemplo, uma etiqueta de 915 MHz normalmente permite a leitura a pés (3 a 4 metros), ao passo que uma tag de MHz pode ser lida a uma distância de até 48 polegadas (1,2 metros). Que tipo de simbologia será usada? A maioria das tecnologias de leitura lê o mesmo conjunto de símbolos de código de barras linear em várias densidades (ou seja, o número de caracteres que podem ser representados em uma unidade de medida linear), inclusive EAN/UPC, Código 39 e Código 128. Os leitores Linear Imager são a melhor opção para esses códigos com densidades maiores (onde mais caracteres são comprimidos no mesmo espaço), na região de dimensões X (largura de barra estreita) entre 2 mil e 5 mil (0,05 e 0,13 mm), e com larguras de código de até 8 polegadas (200 mm) para dimensões X entre 10 e 20 mil (0,25 mm e 0,5 mm). Para aplicações que exijam a leitura de códigos matriciais ou de uma ampla gama de simbologias, os leitores Area Imager são a melhor opção. Sua empresa precisa gerar etiquetas de conformidade? Algumas grandes lojas e o Departamento de Defesa Norte- Americano estão exigindo que seus fornecedores incorporem tags de RFID à identificação das suas remessas. Leitores fixos de RFID e dispositivos portáteis de RFID para gerenciamento de exceções são a melhor resposta nesses casos. Outras exigências de identificação de conformidade podem exigir que códigos matriciais sejam incorporados a uma etiqueta com códigos lineares, além de textos. Nesse caso, os leitores Area Imager são ideais. Nota de Aplicação Linhas de Produção Em linhas de produção (WIP) monitora-se o fluxo de produtos durante o processo de fabricação, desde a matéria-prima ou peças até o estágio dos produtos acabados. Uma sugestão de conjunto de captura de dados para WIP incluiria: Leitores Area Imager Códigos pequenos bidimensionais e matriciais estão sendo cada vez mais usados em WIP (por exemplo, fabricação de produtos eletrônicos e automóveis) devido a sua capacidade de conter muitas informações em um espaço reduzido. Os leitores Area Imager lêem praticamente qualquer simbologia usada em WIP. RFID As tags RFID podem ser usadas em carrinhos de peças ou outros containers para ajudar a automatizar o fluxo de trabalho e documentar o movimento de peças ou conjuntos sem intervenção humana. Sua empresa precisa de uma leitura que não exija visão direta? Como RFID é a única tecnologia de captura de dados por rádio, ela não exige a leitura óptica da tag. Os leitores RFID também podem ler dezenas de tags simultaneamente, o que os torna ideais para rastrear grandes quantidades de mercadorias em armazéns e centros de distribuição. Os leitores portáteis capazes de ler tanto RFID como códigos lineares são ideais para o gerenciamento de exceções. Qual é a condição ou a origem do código de barras? Códigos de má qualidade ou códigos que devam ser lidos através de laminados podem ser muito difíceis de ler. Os leitores Linear Imager não são apenas excelentes em densidades mais altas, como também lêem excepcionalmente bem códigos de má qualidade e códigos com baixo contraste entre as barras e os espaços (causado pela cor ou pela má impressão/desbotamento). Alguns leitores Linear Imager também podem ler corretamente códigos danificados. A maior velocidade de leitura dos mecanismos lineares por imagem desempenha um papel considerável nesses recursos, assim como os métodos usados para decodificar as informações complexas de sinais de vídeo fornecidas pelo leitor Linear Imager. Quais são as condições ambientais? O ambiente de trabalho certamente determinará o nível de robustez do leitor, mas até mesmo um ambiente aparentemente seguro como uma loja pode acabar sendo um ambiente hostil para os leitores, que podem ficar desalinhados devido ao manuseio descuidado. Os leitores Area Imager e Linea Imager (assim como os leitores RFID) não possuem partes móveis. Por isso, eles tendem a ser mais confiáveis que os lasers, que usam espelhos móveis para fazer o feixe cobrir todo o código. Entretanto, em ultima análise, é o estojo do leitor que define a sua adequação a este ou aquele ambiente. Por exemplo, no varejo, um leitor Linear Imager em um estojo de plástico ABS é uma solução durável e de longa vida útil, ao passo que um estojo mais robusto é necessário para o mesmo leitor em um armazém ou em uma aplicação industrial. Sua empresa precisa ler códigos de barras em telas de computadores? Os leitores Linear Imager possuem uma aplicação exclusiva de leitura de códigos de barras em telas de computadores. Isso é extremamente útil para configurar dispositivos através de códigos de barras, especialmente se for preciso configurar um grande número de dispositivos. Em vez de imprimir uma série de códigos de barras, basta exibi-los em um monitor e lê-los diretamente. Nota de Aplicação Ponto de Venda/Atendimento em lojas Os PDVs incluem aplicações tradicionais de caixa, além do uso de dispositivos portáteis para a leitura de itens antes da finalização da transação. Leitores Linear Imager Devido a sua confiabilidade, agilidade, distância ideal de leitura e capacidade de ler códigos danificados ou malimpressos, os leitores Linear Imager são ideais para todas as aplicações de PDV. 7

8 Qual é a importância do desempenho? Se um leitor ler um código, independentemente de sua tecnologia, as diferenças de desempenho entre eles serão julgadas através de fatores como velocidade de leitura, distância de leitura e definição da zona de leitura. Quanto à distância de leitura, os lasers MEMS e os leitores Linear e Area Imager podem proporcionar um desempenho excepcional. Alguns leitores Linear Imager são leitores de contato, realizando a leitura apenas se a ponta do leitor tocar o código. Isso é adequado para superfícies planas, mas pode causar problemas se o código estiver em uma superfície curva. Leitores Linear Imager de longa distância são melhores para leituras em superfícies curvas. Para distâncias padronizadas podem ler a até 18 polegadas (46 cm). À medida que aumenta a distância de leitura, fica mais importante saber onde está a linha de leitura. Com os leitores laser, ela é claramente marcada pela linha do laser. Os leitores Linear Imager dependem da iluminação do código de barras pelos LEDs, de forma que a linha de leitura pode ser mais difícil de ver com o aumento da distância de leitura ou em condições de iluminação ambiente intensa, como sob a luz solar. Quanto a empresa quer pagar? Geralmente, os leitores Linear Imager são mais econômicos que os lasers, leitores Area Imager e leitores RFID. Com preços de varejo entre US$ 150 e US$ 700 nos EUA, os leitores Linear Imager têm uma justificativa simples. Se o preço for um problema, tome cuidado para não comprometer os seguintes recursos, especialmente se o objetivo for o aumento da produtividade. 1. A distância de leitura do leitor é adequada à aplicação? Normalmente, a maioria dos usuários lê a uma distância de 8-12 polegadas (20-30 cm) do código de barras. O leitor que sua empresa esta avaliando permite isso? O usuário precisa ver a linha de leitura no código de barras? 5. Se for necessária uma distância maior de leitura, o leitor tem a profundidade de campo adequada nos códigos reais? 6. O leitor lê todos os códigos com facilidade, ou a leitura é demorada? Um bom teste é verificar o tempo necessário para a leitura de 10 ou 20 códigos reais, em vez de testar apenas uma amostra. 7. O leitor é adequado ao ambiente (ou seja, robustez, estilo, força e comprimento do cabo; vedação contra água, poeira e vibrações, iluminação ambiente, temperatura, etc.)? 8. Verifique se as necessidades mais óbvias são realmente atendidas, inclusive o tipo de simbologia, as necessidades de formatação de dados, etc. 9. Os cabos do leitor apresentam falhas ou problemas de segurança? Os leitores que se comunicam por Bluetooth solucionam esses problemas. SOLUÇÕES DE LEITURA DA INTERMEC TECHNOLOGIES A Intermec oferece uma gama completa de leitores Linear e Area Imager, leitores laser e leitores e etiquetas RFID para atender às necessidades de praticamente todas as aplicações em toda a cadeia de suprimentos. Das aplicações industriais e de manufatura até as aplicações de varejo e logística, a Intermec oferece um produto projetado especificamente para atender a quase todas as necessidades ambientais, ergonômicas e de leitura. Para saber mais sobre as soluções de leitura da Intermec, entre em contato com a Intermec pelo telefone ou visite o site da Intermec: 2. A faixa de resolução do leitor é adequada à aplicação? O leitor deve ler os códigos com alguma zona de conforto. 3. O leitor lê todos os tipos e todas as qualidades possíveis do código que estará presente na aplicação? 4. O leitor é confortável e fácil de usar? Ele pode ser retirado e recolocado no lugar com facilidade? O plano e a zona de leitura são adequados à posição do operador e ao posicionamento dos itens codificados? Se o leitor possuir um gatilho, facilita a utilização? 8

9 GLOSSÁRIO APS Active Pixel Sensors (Sensores de Pixel Ativo), freqüentemente fabricados com a tecnologia CMOS. O APS permite que cada pixel nos sensores seja programado, facilitando a leitura de várias simbologias diferentes pelo mesmo dispositivo. Area Imager Os leitores Area Imager fotografam códigos bidimensionais ou lineares e os processam através de algoritmos avançados de decodificação. Os leitores Area Imager podem ser produzidos com a tecnologia de CCD ou com uma tecnologia mais sofisticada, a CMOS. Bidirecional Característica de alguns códigos de barras que permite a decodificação do símbolo, independentemente da direção de leitura (para trás ou para frente). CCD Charge-Coupled Device, o componente sem partes móveis encontrado em uma ampla gama de produtos, desde simples scanners e aparelhos de fax até dispositivos altamente sofisticados, como os leitores Linear Imager, câmeras de vídeo e câmeras digitais. CMOS Complementary Metal-Oxide Semiconductor (Semicondutor de Óxido Metálico Complementar), pronuncia-se cê-mós. O CMOS é um tipo amplamente usado de semicondutor. Os semicondutores CMOS usam circuitos NMOS (polaridade negativa) e PMOS (polaridade positiva). Como apenas um dos tipos de circuito está ativado em qualquer dado momento, os chips de CMOS consomem menos energia que os chips que usam apenas um tipo de transistor. Isso os torna especialmente atraentes para uso em dispositivos alimentados por bateria, tais como computadores portáteis. Código Empilhado Símbolo longo, em várias linhas, subdividido em seções e empilhado de forma semelhante a frases em um parágrafo. Códigos matriciais Disposição de células poligonais regulares onde a distância entre os centros de elementos adjacentes é uniforme. A disposição dos elementos representa dados ou funções de simbologia. Os símbolos matriciais podem incluir padrões de reconhecimento que não seguem a mesma regra que os outros elementos do símbolo. Curta distância De zero a 5 polegadas (12,7 cm). Decodificação Processo de interpretação das informações lidas e apresentação das mesmas ao computador, de uma forma utilizável. Dimensão X A dimensão nominal das barras estreitas e dos espaços em códigos lineares e bidimensionais empilhados. Nos símbolos matriciais bidimensionais, a dimensão X é a dimensão de altura e largura do menor elemento, pois cada módulo é quadrado, exceto pelos módulos MaxiCode, que são hexagonais. Distância padronizada De 2 a 9 polegadas (5 a 23 cm). Laser Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation (Amplificação de Luz por Emissão Estimulada de Radiação). Os leitores laser lêem códigos de barras através de um feixe de laser em conjunto com espelhos oscilantes para mover automaticamente o feixe através do símbolo. LED Light Emitting Diodes (Diodos Emissores de Luz) são diodos especiais que emitem luz quando são conectados a um circuito. Eles são freqüentemente usados como luzes piloto em aparelhos eletrônicos para indicar se o circuito está fechado ou não. Linear Imager Os leitores Linear Imager são leitores sem partes móveis que usam CCD como tecnologia de base. Geralmente, os leitores Linear Imager oferecem melhor desempenho e confiabilidade a um preço menor que o dos leitores laser. Longa distância De 2 pés (61 cm) a 35 pés (10,7 metros). MEMS Micro Electro Mechanical System (Micro-Sistema Eletromecânico). Os dispositivos MEMS são fabricados através de técnicas de manufatura de semicondutores de silício, semelhantes às usadas nos circuitos integrados. Usada na fabricação de mecanismos de leitura laser, a tecnologia MEMS produz um mecanismo com velocidades de leitura mais altas, dimensões reduzidas, maior durabilidade e peças mecânicas sem atrito, permitindo uma operação mais duradoura. RFID Radio Frequency IDentification (Identificação por Radiofreqüência). O uso de sinais de radiofreqüência para identificação automática de itens. A tecnologia RFID utiliza um leitor (ou interrogador) e tags especiais RFID contendo um circuito integrado e uma antena que permitem a leitura e a gravação centenas de vezes. Simbologia Linguagem de código de barras, inclusive códigos lineares, matriciais e bidimensionais. Simbologia bidimensional (2-D) Um símbolo legível por máquina composto de linhas de dados criptografados dispostos em um padrão retangular ou quadrado. As linhas de dados podem consistir em tiras de códigos de barras empilhadas para formar o padrão bidimensional de blocos ou podem ser dispostas como uma matriz xadrez de elementos normalmente quadrados. Simbologias de Código de barras Uma seqüência de formas retangulares e espaços intermediários usada para codificar uma cadeia de dados. Uma simbologia de código de barras normalmente consiste em cinco partes: 1) uma zona de silêncio inicial, 2) um caractere de início, 3) caracteres de dados, inclusive um caractere opcional de verificação, 4) um caractere de parada e 5) uma zona de silêncio final. 9

10 América do Norte Sede Mundial th Avenue West Everett, Washington Tel.: (425) Fax: (425) South America & Mexico Escritório principal Newport Beach, California Tel.: (949) Fax: (949) Europa/Oriente Médio/África Escritório principal Reading, Reino Unido Tel.: Fax: Ásia-Pacífico Escritório principal Singapore Tel.: Fax: Internet Localizações em todo o mundo Sales Chamada gratuita na América do Norte: (800) Telefone na América do Norte: (425) Chamada gratuita para o restante do mundo: Telefone para o restante do mundo: Vendas de OEM Tel.: (425) Vendas de mídia Tel.: (513) Atendimento e suporte ao cliente Chamada gratuita na América do Norte: (800) Telefone na América do Norte: (425) Copyright 2007 Intermec Technologies Corporation. Todos os direitos reservados. Intermec é marca comercial registrada da Intermec Technologies Corporation. Todas as outras marcas comerciais são propriedades dos seus respectivos titulares. Impresso nos EUA A 02/07 Em um esforço contínuo para aprimorar seus produtos, a Intermec Technologies Corporation reserva para si o direito de alterar as especificações e os recursos sem prévio aviso.

Usos Práticos da Tecnologia RFID em Aplicações de Produção e Distribuição

Usos Práticos da Tecnologia RFID em Aplicações de Produção e Distribuição Whitepaper Usos Práticos da Tecnologia RFID em Aplicações de Produção e Distribuição ÍNDICE A Tecnologia RFID simplifica os Processos de Negócio 2 O que é RFID? 2 Como funciona a Tecnologia RFID 2 Vantagens

Leia mais

Como a tecnologia móvel de RFID pode melhorar a produtividade e o ROI

Como a tecnologia móvel de RFID pode melhorar a produtividade e o ROI Whitepaper Como a tecnologia móvel de RFID pode melhorar a produtividade e o ROI ÍNDICE Introdução 2 Quatro maneiras pelas quais o uso de RFID em empilhadeiras melhora o ROI 2 Redução Dos Gastos 2 Aumento

Leia mais

Fundamentos da RFID: Entendendo e usando a identificação por radiofreqüência

Fundamentos da RFID: Entendendo e usando a identificação por radiofreqüência Whitepaper Fundamentos da RFID: Entendendo e usando a identificação por radiofreqüência ÍNDICE Introdução 2 Como funciona a tecnologia RFID 2 Tags (Transponders) 2 Opções de leitores/gravadores 3 Utilizando

Leia mais

White Paper. Como os sistemas portáteis de identificação por radiofrequência (RFID) melhoram as operações e o retorno sobre o investimento (ROI)

White Paper. Como os sistemas portáteis de identificação por radiofrequência (RFID) melhoram as operações e o retorno sobre o investimento (ROI) White Paper Como os sistemas portáteis de identificação por radiofrequência (RFID) melhoram as operações e o retorno sobre o investimento (ROI) Escalabilidade inerente elimina o custo incremental Introdução

Leia mais

Capítulo 12 Identificação automática e captura de dados

Capítulo 12 Identificação automática e captura de dados Capítulo 12 Identificação automática e captura de dados Seções: 1. Visão geral dos métodos de identificação automática 2. Tecnologia de códigos de barra 3. Identificação por radiofrequência 4. Outras tecnologias

Leia mais

Scanners Manual Básico. Um guia prático e rápido para conhecer o melhor tipo de equipamento para seus trabalhos.

Scanners Manual Básico. Um guia prático e rápido para conhecer o melhor tipo de equipamento para seus trabalhos. Scanners Manual Básico Um guia prático e rápido para conhecer o melhor tipo de equipamento para seus trabalhos. Tipos de Scanners Diferentes tipos de scanners funcionam de diferentes maneiras. Conheça

Leia mais

RFID Você vai usar! Jean Pierre Borges de Sousa jeansousa@inf.ufg.br

RFID Você vai usar! Jean Pierre Borges de Sousa jeansousa@inf.ufg.br RFID Você vai usar! Jean Pierre Borges de Sousa jeansousa@inf.ufg.br Graduado em Sistemas de Informação FASAM Mestrado em andamento em Ciência da Computação INF/UFG PRIMEIROS PASSOS Surgiu na Segunda Guerra

Leia mais

RFID. Laird SEU FORNECEDOR DE ANTENAS RFID

RFID. Laird SEU FORNECEDOR DE ANTENAS RFID RFID Laird SEU FORNECEDOR DE ANTENAS RFID RFID A Identificação por Rádiofrequência permite a uma organização capturar, mover e gerenciar informações de e para cada ponto de atividade dentro do negócio

Leia mais

MARKETING DE PRODUTO. Leitores Bematech e o Código Febraban

MARKETING DE PRODUTO. Leitores Bematech e o Código Febraban MARKETING DE PRODUTO Leitores Bematech e o Código Febraban Leitores Bematech Leitores de Código de Barras Leitores Bematech Leitor de Código de Barras BR-310 ATENDIMENTO MAIS SIMPLES E DINÂMICO NO CHECK

Leia mais

WMS. Agenda. Warehouse Management Systems (WMS) Warehouse Management Systems Sistema de Gerenciamento de Armazéns

WMS. Agenda. Warehouse Management Systems (WMS) Warehouse Management Systems Sistema de Gerenciamento de Armazéns WMS Warehouse Management Systems Sistema de Gerenciamento de Armazéns Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com Informática Aplicada a Logística Profº Breno Amorimsexta-feira, 11 de setembro de 2009 Agenda

Leia mais

Considerações de legibilidade de código de barras e OCR

Considerações de legibilidade de código de barras e OCR OCR e fontes de código de 3 de 9 1 Considerações de legibilidade de código de e OCR de tela Existem diversos fatores que podem afetar a legibilidade de caracteres OCR e de código de e de OCR, incluindo

Leia mais

Tecnologia Aplicada à Logística

Tecnologia Aplicada à Logística Tecnologia Aplicada à Logística Movimentação e TI Alunos: Keriton Leandro Fernando TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA Definição de Informação na Logística É um elemento de grande importância nas operações

Leia mais

Guia de apoio à codificação de medicamentos

Guia de apoio à codificação de medicamentos Guia de apoio à codificação de medicamentos Para atender à RDC 54/2013 (Versão 2) Apoio: Introdução... 3 Benefícios esperados... 3 Aplicações... 4 Embalagem secundária:... 4 Identificação: GTIN Codificação:

Leia mais

Março de 2010 Visão geral dos leitores

Março de 2010 Visão geral dos leitores Março de 2010 Visão geral dos leitores Produtos de captura avançada de dados para aplicações de códigos de barras em toda a empresa Captura avançada de dados A verdadeira mobilidade empresarial começa

Leia mais

A codificação a laser é a solução correta para necessidades simples de codificação?

A codificação a laser é a solução correta para necessidades simples de codificação? Nota técnica Principais fatores a se considerar ao selecionar uma codificadora a laser A codificação a laser é a solução correta para necessidades simples de codificação? Equipamento Fluidos Treinamento

Leia mais

ESTUDO DA TECNOLOGIA DE IDENTIFICAÇÃO POR RÁDIO FREQUÊNCIA

ESTUDO DA TECNOLOGIA DE IDENTIFICAÇÃO POR RÁDIO FREQUÊNCIA ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 ESTUDO DA TECNOLOGIA DE IDENTIFICAÇÃO POR RÁDIO FREQUÊNCIA Camila de Brito Miranda 1 ; Rafaela do

Leia mais

Introdução à tecnologia RFID

Introdução à tecnologia RFID Sumário Como surgiu a tecnologia RFID... 2 Como funciona?... 2 Quais os benefícios e onde utilizar o sistema de RFID... 4 Utilização proposta... 4 Etapas para leitura de dados via RFID... 5 Diagrama de

Leia mais

Plataformas para Manuseio de Estoques (Stock Pickers)

Plataformas para Manuseio de Estoques (Stock Pickers) Plataformas para Manuseio de Estoques (Stock Pickers) Plataformas para Manuseio de Estoques JLG Alcance um Nível Superior de Segurança e Produtividade com as Plataformas para Manuseio de Estoques JLG (Stock

Leia mais

Manual de código de Barras

Manual de código de Barras 1. VISÃO GERAL 1.1 MODITIVAÇÃO: O código de barras é uma forma de representar a numeração, que viabiliza a captura automática dos dados por meio de leitura óptica nas operações automatizadas (EAN Brasil,

Leia mais

A eficiência do laser. The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software

A eficiência do laser. The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software A eficiência do laser The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software Inovação e experiência Econômica e ecológica A máquina de corte a laser PLATINO Fiber 2D tem perfeito balanço entre

Leia mais

AUTOMATION. Soluções em sensoriamento industrial. Sensores fotoelétricos e laser, digitais e analógicos

AUTOMATION. Soluções em sensoriamento industrial. Sensores fotoelétricos e laser, digitais e analógicos Sensores fotoelétricos e laser, digitais e analógicos Sensores Indutivos, capacitivos e ultrassônicos Sistemas de medição laser e visão industrial Cabos e conectores de campo AUTOMATION. Soluções em sensoriamento

Leia mais

Empilhadoras Elétricas IXION SPE125/SPE160. Controle Sensi-lift

Empilhadoras Elétricas IXION SPE125/SPE160. Controle Sensi-lift Empilhadoras Elétricas Os empilhadores com braços de suporte oferecem uma solução efetiva e econômica para todos os tipos de armazém grandes ou pequenos. A BT oferece o grupo mais completo de empilhadores

Leia mais

Brasil EPC. Código Eletrônico de Produto. Volume 3

Brasil EPC. Código Eletrônico de Produto. Volume 3 Brasil EPC Código Eletrônico de Produto Volume 3 A implementação do código eletrônico de produto (EPC) e da tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID), promete importantes benefícios aos consumidores

Leia mais

Inspeção através de sistema de visão industrial Ergon

Inspeção através de sistema de visão industrial Ergon Inspeção através de sistema de visão industrial Ergon Introdução A Ergon Sistemas de Visão Industrial, parceira das empresas Industrial Vision Systems e Neurocheck, juntas formam importantes fornecedores

Leia mais

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS INTRODUÇÃO: Entende-se por Mobilidade a possibilidade de poder se comunicar em qualquer momento e de qualquer lugar. Ela é possível graças às redes wireless, que podem

Leia mais

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO Sistema de rádio bidirecional digital profissional A solução de comunicação em rádios bidirecionais de próxima geração está aqui, com melhor desempenho, produtividade e preço e mais oportunidades para

Leia mais

Extrusão de Tubos, Cabos e Fios Sistemas para Marcação e Codificação

Extrusão de Tubos, Cabos e Fios Sistemas para Marcação e Codificação Jato de Tinta. Laser. Transferência Térmica. Etiquetadoras. Sistemas de Rastreamento. Consumíveis. Peças e Assistência Técnica. Extrusão de Tubos, Cabos e Fios Sistemas para Marcação e Codificação Fio

Leia mais

Entendendo a Tecnologia RFID

Entendendo a Tecnologia RFID Entendendo a Tecnologia RFID Como o próprio nome sugere a identificação por radiofreqüência é uma tecnologia de identificação automática que utiliza ondas eletromagnéticas como meio para capturar as informações

Leia mais

SISTEMAS DE ORDER FULFILLMENT REAL TIME SOLUTIONS

SISTEMAS DE ORDER FULFILLMENT REAL TIME SOLUTIONS SISTEMAS DE ORDER FULFILLMENT REAL TIME SOLUTIONS Sistemas de Order Fulfillment Real Time Solutions Atualmente, a operação de order fulfillment desempenha um papel primordial na cadeia de abastecimento

Leia mais

A Tecnologia RFID Aplicada à Logística Instituto de Desenvolvimento Logístico

A Tecnologia RFID Aplicada à Logística Instituto de Desenvolvimento Logístico A Tecnologia RFID Aplicada à Logística Instituto de Desenvolvimento Logístico Avenida Prudente de Morais, 290 4º andar Cidade Jardim (31) 2531 0166 contato@idel.com.br www.idel.com.br 1 Palestrante Mac

Leia mais

RFID. RFID - Identificação por Radiofreqüência

RFID. RFID - Identificação por Radiofreqüência RFID RFID - Identificação por Radiofreqüência Sistema de Identificação por Radio Frequência O que é RFID? Objetivo e utilidade similares ao código de barras; Composto por 3 elementos: Uma antena; Um leitor;

Leia mais

Sistemas de separação

Sistemas de separação Intelligrated Com mais de 100 anos de experiência em separação e milhares de instalações, a Intelligrated oferece sistemas de separação para operações de distribuição e abastecimento automatizados eficientes,

Leia mais

A primeira coisa que se precisa definir é a lógica que rege os sistemas de captura, e essa pode ser descrita em linhas gerais por:

A primeira coisa que se precisa definir é a lógica que rege os sistemas de captura, e essa pode ser descrita em linhas gerais por: 4 Tecnologias A ideia da construção de Digital Human Models não caminha em separado das diversas tecnologias que englobam tal construção. Porém, para um melhor entendimento, serão descritas a seguir as

Leia mais

Viewpoint: perspectives on modern mining. 2007 Caterpillar Inc. www.cat.com/viewpoint. A publication of Caterpillar Global Mining

Viewpoint: perspectives on modern mining. 2007 Caterpillar Inc. www.cat.com/viewpoint. A publication of Caterpillar Global Mining 2007: issue 1 A publication of Caterpillar Global Mining Vendo claramente: melhorar a visibilidade significa locais de mineração mais seguros Quando você está operando algumas das maiores máquinas do mundo

Leia mais

Localização de veículos em chão de fábrica usando tecnologia RFID

Localização de veículos em chão de fábrica usando tecnologia RFID Localização de veículos em chão de fábrica usando tecnologia RFID José Lourenço Lemos Netto, Mauricio Duarte (Orientador), Bacharelado em Ciência da Computação Centro Universitário Eurípedes de Marília,

Leia mais

Introdução ao sistema RFID

Introdução ao sistema RFID Introdução ao sistema RFID Profa. Renata Rampim de Freitas Dias Professora associada ao Centro de Excelência em RFID RFID _ Filme O que é RFID? RFID é um termo genérico denotando: A identifição de um objeto

Leia mais

Considerações do mundo real. Profa. Renata Rampim de Freitas Dias, RFIDSCM Eng. Luiz Renato Costa - RFID CoE

Considerações do mundo real. Profa. Renata Rampim de Freitas Dias, RFIDSCM Eng. Luiz Renato Costa - RFID CoE Considerações do mundo real Profa. Renata Rampim de Freitas Dias, RFIDSCM Eng. Luiz Renato Costa - RFID CoE 2 Benefícios e oportunidades com RFID 3 Benefícios e oportunidades com RFID São os benefícios

Leia mais

+ CONFIABILIDADE + GRANDE RESISTÊNCIA + PLUG & PRINT + PRODUTIVIDADE + FACILIDADE DE USO + OPÇÕES

+ CONFIABILIDADE + GRANDE RESISTÊNCIA + PLUG & PRINT + PRODUTIVIDADE + FACILIDADE DE USO + OPÇÕES + CONFIABILIDADE + GRANDE RESISTÊNCIA + PLUG & PRINT + PRODUTIVIDADE + FACILIDADE DE USO + OPÇÕES As soluções de impressão térmica de código de barras da Printronix mantêm sua operação funcionando sem

Leia mais

THE POWER OF DELIVERY. Máquinas de armazenamento e retirada Mais poder no armazém

THE POWER OF DELIVERY. Máquinas de armazenamento e retirada Mais poder no armazém THE POWER OF DELIVERY Máquinas de armazenamento e retirada Mais poder no armazém Sempre a solução adequada As máquinas de armazenamento e retirada da viastore são sempre a solução ideal para você. Entregamos

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...9

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...9 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas...9 2 APRESENTAÇÃO: O SS100 Moto é um rastreador exclusivo para Motos desenvolvido com os mais rígidos

Leia mais

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações.

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações. Roteiro de Estudos Redes PAN IV O Portal Teleco apresenta periodicamente Roteiros de Estudo sobre os principais temas das Telecomunicações. Os roteiros apresentam uma sugestão de tutoriais publicados para

Leia mais

Fornece novos benefícios para o mercado postal

Fornece novos benefícios para o mercado postal Entrega de Pacotes e Encomendas Classificação de correspondências e pacotes Vantage TM Sorting Solution Classificadora flexível e de alta velocidade Fornece novos benefícios para o mercado postal A classificadora

Leia mais

5. Aplicação na gestão do fluxo inbound e na armazenagem

5. Aplicação na gestão do fluxo inbound e na armazenagem 5. Aplicação na gestão do fluxo inbound e na armazenagem O presente capítulo tem como objetivo analisar o uso do sistema RFID no varejo com foco na gestão do fluxo inbound e na armazenagem de um centro

Leia mais

Sistemas de abastecimento de pedidos

Sistemas de abastecimento de pedidos Sistemas de abastecimento de pedidos Sistemas de abastecimento de pedidos Intelligrated Densidade de separação A Intelligrated usa suas décadas de experiência e centenas de instalações para oferecer as

Leia mais

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Suprimentos. WMS Gerenciamento de Armazém

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Suprimentos. WMS Gerenciamento de Armazém Bloco Suprimentos WMS Gerenciamento de Armazém Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo WMS, que se encontra no Bloco Suprimentos. Todas informações aqui disponibilizadas foram

Leia mais

Variedade de produto de laser de fibra e de CO 2

Variedade de produto de laser de fibra e de CO 2 Questões especializadas de configuração e integração selecione a solução correta de laser para sua aplicação Soluções de Marcação a Laser Variedade de produto de laser de fibra e de CO 2 Videojet oferecendo

Leia mais

Tecnologia com Máxima Economia. RECURSO EXCLUSIVO INOVANDO SEMPRE. Balança Computadora Urano Maximus II. Automação Comercial e Balanças Eletrônicas

Tecnologia com Máxima Economia. RECURSO EXCLUSIVO INOVANDO SEMPRE. Balança Computadora Urano Maximus II. Automação Comercial e Balanças Eletrônicas Tecnologia com Máxima Economia. RECURSO EXCLUSIVO INOVANDO SEMPRE Comunicação po r Cabo ou Rádio Frequência Etiquetador conjugado Produt o patenteado P I 8502136 Balança Computadora Urano Maximus II Automação

Leia mais

Leitor CCD Long Range. PS-950 3em1. Boletos Bancários. Notas Fiscais Eletrônicas. Códigos de Produtos

Leitor CCD Long Range. PS-950 3em1. Boletos Bancários. Notas Fiscais Eletrônicas. Códigos de Produtos Leitor CCD Long Range PS-950 3em1 Notas Fiscais Eletrônicas Boletos Bancários Códigos de Produtos Obrigado por comprar um Produto Comtac Você comprou um produto de uma empresa que oferece alta qualidade

Leia mais

O que é RFID? Fernando Xavier Maio/2007

O que é RFID? Fernando Xavier Maio/2007 Fernando Xavier Maio/2007 Agenda :: Contexto :: RFID :: Elementos :: Funcionamento :: Benefícios :: Barreiras :: Mercado :: Usos :: Questões :: Segurança :: Mitos Contexto :: Dificuldade na identificação

Leia mais

Soluções Track & Trace Track & Trace Flexibilidade Design à prova do futuro

Soluções Track & Trace Track & Trace Flexibilidade Design à prova do futuro Soluções Track & Trace Track & Trace Flexibilidade Design à prova do futuro Soluções de Serialização de Etiquetas Track & Trace Integrado de Última Geração Solução Track & Trace Soluções de Serialização

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas...8 2 APRESENTAÇÃO: O SS300 é um rastreador desenvolvido com os mais rígidos padrões de qualidade

Leia mais

AR 200. Aplicações AR 200

AR 200. Aplicações AR 200 Sensores Laser AR 200 O sensor laser AR200 tem como princípio de medição o método de triangularização laser e utiliza a tecnologia CMOS para proporcionar alta velocidade com alta precisão em um modelo

Leia mais

Curso de Graduação em Administração. Administração da Produção e Operações II

Curso de Graduação em Administração. Administração da Produção e Operações II Curso de Graduação em Administração Administração da Produção e Operações II 19º Encontro - 09/10/2011 18:50 às 20:30h COMO SERÁ NOSSO ENCONTRO HOJE? - ABERTURA - TECNOLOGIA DE PROCESSAMENTO DE INFORMAÇÃO

Leia mais

Guia para o processo de avaliação e seleção da solução de separação correta para a sua empresa

Guia para o processo de avaliação e seleção da solução de separação correta para a sua empresa Entendendo suas opções de separação Guia para o processo de avaliação e seleção da solução de separação correta para a sua empresa automação 1 Entendendo que traz suas resultados opções de separação Entendendo

Leia mais

Soluções De Transporte e Logística

Soluções De Transporte e Logística Soluções De Transporte e Logística Code2id Tecnologias para a Mobilidade, Lda Rua Marcelino Mesquita 15 Lj. 1 2795-134 Linda-a-Velha Telf: 21 414 73 20 Fax: 21 414 73 29 Recolha e Entrega Gerir recolhas

Leia mais

Guia de produtos industriais

Guia de produtos industriais Soluções de sistemas de marcação e codificação Guia de produtos industriais Sua marca é muito importante. Proteja-a e aprimore-a com a Videojet. Independente dos seus requisitos, a Videojet tem soluções

Leia mais

Coerência temporal: Uma característica importante

Coerência temporal: Uma característica importante Coerência temporal: Uma característica importante A coerência temporal de uma fonte de luz é determinada pela sua largura de banda espectral e descreve a forma como os trens de ondas emitidas interfererem

Leia mais

A câmera As lentes A exposição

A câmera As lentes A exposição A câmera As lentes A exposição 1 Corpo da câmera: a caixa sem as objetivas e os demais acessórios. Objetiva: as lentes intercambiáveis. Diafragma: dispositivo que controla a quantidade de luz que passa

Leia mais

Introdução à Série MT2000

Introdução à Série MT2000 Introdução à Série MT2000 1 Agenda Visão geral Características chave e benefícios Acessórios disponíveis Mercados, objetivo e aplicações Posicionamento no portfólio da Motorola 2 Em que consiste a Série

Leia mais

ATUALIZE SEUS SISTEMAS DE PONTO DE VENDA PARA OTIMIZAR O ATENDIMENTO AO CLIENTE E REDUZIR SEUS CUSTOS OPERACIONAIS

ATUALIZE SEUS SISTEMAS DE PONTO DE VENDA PARA OTIMIZAR O ATENDIMENTO AO CLIENTE E REDUZIR SEUS CUSTOS OPERACIONAIS ATUALIZE SEUS SISTEMAS DE PONTO DE VENDA PARA OTIMIZAR O ATENDIMENTO AO CLIENTE E REDUZIR SEUS CUSTOS OPERACIONAIS CAPTURE TODO TIPO DE CÓDIGOS DE BARRAS, DE HOJE E DE AMANHÃ, COM O LEITOR 1D/2D E BALANÇA

Leia mais

SISTEMAS TRANSPORTADORES DE CAIXAS

SISTEMAS TRANSPORTADORES DE CAIXAS SISTEMAS TRANSPORTADORES DE CAIXAS Sistemas transportadores de caixas Com mais de um século de experiência e centenas de instalações, os equipamentos, o software e os controles dos transportadores de caixas

Leia mais

RFID: APLICABILIDADE, CONFIABILIDADE, SEGURANÇA, PADRÕES E CASES DE SUCESSO

RFID: APLICABILIDADE, CONFIABILIDADE, SEGURANÇA, PADRÕES E CASES DE SUCESSO WORKSHOP TECNOLOGIA CARDS 2009 RFID: APLICABILIDADE, CONFIABILIDADE, SEGURANÇA, PADRÕES E CASES DE SUCESSO São Paulo, 27.4.2009 Karina Prado Diretora Comercial GD Burti S.A. DEFINIÇÃO Radio-Frequency Identification

Leia mais

FUNCIONAMENTO, VANTAGENS E DESVANTAGENS DAS DIVERSAS TECNOLOGIAS

FUNCIONAMENTO, VANTAGENS E DESVANTAGENS DAS DIVERSAS TECNOLOGIAS FUNCIONAMENTO, VANTAGENS E DESVANTAGENS DAS DIVERSAS TECNOLOGIAS FUNCIONAMENTO DOS RFID s O Um sistema de RFID é composto, basicamente, por uma antena, que funciona como receptor, faz a leitura do sinal

Leia mais

Sistema de Contagem, Identificação e Monitoramento Automático de Rotas de Veículos baseado em Visão Computacional

Sistema de Contagem, Identificação e Monitoramento Automático de Rotas de Veículos baseado em Visão Computacional Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação Sistema de Contagem, Identificação e Monitoramento Automático de Rotas de Veículos baseado

Leia mais

TEORIA GERAL DE SISTEMAS

TEORIA GERAL DE SISTEMAS TEORIA GERAL DE SISTEMAS A Internet global A World Wide Web Máquinas de busca Surgiram no início da década de 1990 como programas de software relativamente simples que usavam índices de palavras-chave.

Leia mais

Identificação na gestão logística dos dispositivos médicos

Identificação na gestão logística dos dispositivos médicos Identificação na gestão logística dos dispositivos médicos rastreabilidade de instrumentos cirúrgicos Patrícia Ruivo Lisboa, 25 Junho 2015 Identificação individual de instrumentos Cirúrgicos Patrícia Ruivo

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas......8 2 APRESENTAÇÃO: O SS100 é um rastreador desenvolvido com os mais rígidos padrões de qualidade

Leia mais

Câmera com Iluminador Infravermelho

Câmera com Iluminador Infravermelho Câmera com Iluminador Infravermelho Manual de Instruções 051118, VER.: 2.0, NO.: 040115 Obrigado por adquirir o nosso produto. Antes de operar esta unidade, por favor, leia este manual de instruções cuidadosamente

Leia mais

Soluções de antenas RFID industriais sem fio

Soluções de antenas RFID industriais sem fio Soluções de antenas RFID industriais sem fio A Laird cria e fabrica produtos personalizados com nível máximo de desempenho para aplicativos sem fio e outros aplicativos de eletrônica avançada. Sobre a

Leia mais

2 Tecnologia de Identificação por Rádio Freqüência (RFID)

2 Tecnologia de Identificação por Rádio Freqüência (RFID) 2 Tecnologia de Identificação por Rádio Freqüência (RFID) A tecnologia de IDentificação por Rádio Freqüência (RFID) provê uma forma de identificar unicamente itens, distinguindo-os de qualquer outro, além

Leia mais

Métodos de marcação direta de peças. Identificação legível de máquina para indústrias automotivas e aeroespaciais

Métodos de marcação direta de peças. Identificação legível de máquina para indústrias automotivas e aeroespaciais Guia técnico Métodos de marcação direta de peças Identificação legível de máquina para indústrias automotivas e aeroespaciais A prática da Marcação Direta de Peças (DPM) é utilizada em muitas indústrias

Leia mais

Sistemas de esteiras transportadoras de paletes

Sistemas de esteiras transportadoras de paletes Sistemas de esteiras transportadoras de paletes Sistemas de esteiras transportadoras de paletes Intelligrated A Intelligrated oferece uma linha completa de sistemas de esteiras transportadoras de paletes

Leia mais

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios.

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios. Internet of Things 10 formas de utilizá-la em diversos tipos de negócios. INTRODUÇÃO As interfaces Machine to Machine (M2M) estão facilitando cada vez mais a comunicação entre objetos conectados. E essa

Leia mais

SISTEMA DE VIGILÂNCIA

SISTEMA DE VIGILÂNCIA SISTEMA DE VIGILÂNCIA O PROJETO A objetivo deste projeto é fornecer um sistema de vigilância que atenda as exigências da Receita Federal feitas aos recintos alfandegários. Características básicas: monitoramento

Leia mais

Webinar Pergunte ao especialista.

Webinar Pergunte ao especialista. Webinar Pergunte ao especialista. Código de Barras: Entenda, crie e gerencie a identificação do seu produto. Edson Matos 26/02/2015 Padrões GS1 que serão abordados Webinar Para fazer perguntas coloque:

Leia mais

Curso de Tecnologia 1º semestre Introdução à Informática Professor: Gale. Thiago R. França: 06030860 Denis Brolesi: : 06030711

Curso de Tecnologia 1º semestre Introdução à Informática Professor: Gale. Thiago R. França: 06030860 Denis Brolesi: : 06030711 Curso de Tecnologia 1º semestre Introdução à Informática Professor: Gale Thiago R. França: 06030860 Denis Brolesi: : 06030711 Introdução: Há 4 tipos básicos de impressoras utilizados normalmente em escritórios,

Leia mais

ALCANCE DINÂMICO CCD CMOS

ALCANCE DINÂMICO CCD CMOS ALCANCE DINÂMICO Nos sensores de imagem CCD (charge-coupled device) ou CMOS (complementary metal oxide semiconductor), o alcance dinâmico (ou dinâmica) é especificado tipicamente como a razão entre o sinal

Leia mais

Aula 2 Aquisição de Imagens

Aula 2 Aquisição de Imagens Processamento Digital de Imagens Aula 2 Aquisição de Imagens Prof. Dr. Marcelo Andrade da Costa Vieira mvieira@sc.usp.br EESC/USP Fundamentos de Imagens Digitais Ocorre a formação de uma imagem quando

Leia mais

WMS - Warehouse Management System

WMS - Warehouse Management System Sistema de Gestão Empresarial LUSANA SOUZA NATÁLIA BATUTA MARIA DAS GRAÇAS TATIANE ROCHA GTI V Matutino Prof.: Itair Pereira Sumário 1. INTRODUÇÃO... 2 2. WMS... 2 3. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO... 2 4. POLÍTICA

Leia mais

SOLUÇÕES EM METROLOGIA SCANNER CMM 3D PARA APLICAÇÕES INDUSTRIAIS

SOLUÇÕES EM METROLOGIA SCANNER CMM 3D PARA APLICAÇÕES INDUSTRIAIS SOLUÇÕES EM METROLOGIA SCANNER CMM 3D PARA APLICAÇÕES INDUSTRIAIS TRUsimplicity TM MEDIÇÃO MAIS FÁCIL E RÁPIDA PORTÁTIL E SEM SUPORTE. MOVIMENTAÇÃO LIVRE AO REDOR DA PEÇA USO FACILITADO. INSTALAÇÃO EM

Leia mais

4 Impacto dos Sistemas RFID na cadeia de suprimentos

4 Impacto dos Sistemas RFID na cadeia de suprimentos 4 Impacto dos Sistemas RFID na cadeia de suprimentos As tecnologias de informação proporcionaram um novo tratamento na maneira de se fazer negócios, e na forma de se gerenciar vastas quantidades de informações.

Leia mais

PORTFOLIO DE LEITORES MOTOROLA UM LEITOR DE CÓDIGO DE BARRAS PARA CADA INDÚSTRIA, APLICAÇÃO E AMBIENTE

PORTFOLIO DE LEITORES MOTOROLA UM LEITOR DE CÓDIGO DE BARRAS PARA CADA INDÚSTRIA, APLICAÇÃO E AMBIENTE PORTFOLIO DE LEITORES MOTOROLA UM LEITOR DE CÓDIGO DE BARRAS PARA CADA INDÚSTRIA, APLICAÇÃO E AMBIENTE QUANDO VOCÊ ESCOLHE OS LEITORES DE CÓDIGOS DE BARRAS MOTOROLA, SEUS FUNCIONÁRIOS OBTÊM O DESEMPENHO,

Leia mais

TM-RFID010: MODULO DE TREINAMENTO COMERCIAL DE LEITORES E TAGS

TM-RFID010: MODULO DE TREINAMENTO COMERCIAL DE LEITORES E TAGS TM-RFID010: MODULO DE TREINAMENTO COMERCIAL DE LEITORES E TAGS TM-RFID010: PALESTRANTES Antonio de Carvalho Administração de Empresas - FECAP Analise de Sistemas ADP Systems Gerente de Negócios Wagner

Leia mais

Manual de Operação TCU 100

Manual de Operação TCU 100 Manual de Operação TCU 100 INTRODUÇÃO Seguindo em sua constante busca pela satisfação de seus clientes, a Urano apresenta este seu novo produto, o TCU100. Trata-se de um terminal de consulta de preços

Leia mais

Solução de Marcação e Gravação para Indústria de ÓLEO & GÁS

Solução de Marcação e Gravação para Indústria de ÓLEO & GÁS Solução de Marcação e Gravação para Indústria de ÓLEO & GÁS FABRICAÇÃO INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO Áreas de Atuação MARCAR - RASTREAR - IDENTIFICAR Através das marcas: Gravograph, Technifor e Propen, a Gravotech

Leia mais

IP Camera Tutorial. CNet Technology Jan 2008

IP Camera Tutorial. CNet Technology Jan 2008 IP Camera Tutorial CNet Technology Jan 2008 O que é Câmera IP? Camera IP é a combinação entre câmera e computador. As câmeras podem ser conectadas diretamente na sua rede. Ela possui internamente software

Leia mais

MC3190-Z LEITOR RFID DE MÃO DE CLASSE EMPRESARIAL DA MOTOROLA

MC3190-Z LEITOR RFID DE MÃO DE CLASSE EMPRESARIAL DA MOTOROLA MC3190-Z LEITOR RFID DE MÃO DE CLASSE EMPRESARIAL DA MOTOROLA Produtos que se adaptam perfeitamente bem à sua maneira de trabalhar DA FÁBRICA ATÉ A LOJA Industrial Armazenamento no depósito e distribuição

Leia mais

Sistemas de esteiras transportadoras de caixas, bolsas e embalagens plásticas

Sistemas de esteiras transportadoras de caixas, bolsas e embalagens plásticas Sistemas de esteiras transportadoras de caixas, bolsas e embalagens plásticas Sistemas de esteiras transportadoras de caixas, bolsas e embalagens plásticas As soluções em esteiras transportadoras da Intelligrated

Leia mais

LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO E DISTRIBUIÇÃO - ESTUDO DE CASO PROF.ROBSON SELEME CASO 5: MARMITOU

LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO E DISTRIBUIÇÃO - ESTUDO DE CASO PROF.ROBSON SELEME CASO 5: MARMITOU CASO 5: MARMITOU A Marmitou fabrica e distribui uma gama de produtos de condimento: molhos de tomate, mostarda, condimentos, pimenta, maionese etc. Esses produtos são direcionados a clientes variando de

Leia mais

Lenke e Meitech é um grupo de empresas especializadas em fornecer equipamentos e sistemas para a indústria de alimentos.

Lenke e Meitech é um grupo de empresas especializadas em fornecer equipamentos e sistemas para a indústria de alimentos. Lenke e Meitech é um grupo de empresas especializadas em fornecer equipamentos e sistemas para a indústria de alimentos. Atuando a mais de 10 anos no mercado brasileiro, com o apoio de profissionais experientes,

Leia mais

1. CAPÍTULO COMPUTADORES

1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1.1. Computadores Denomina-se computador uma máquina capaz de executar variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento de dados. Os primeiros eram capazes

Leia mais

A CÂMARA DIGITAL A CAPTURA DE UMA IMAGEM NUMA CÂMARA DIGITAL ENVOLVE OS SEGUINTES PROCESSOS:

A CÂMARA DIGITAL A CAPTURA DE UMA IMAGEM NUMA CÂMARA DIGITAL ENVOLVE OS SEGUINTES PROCESSOS: A CÂMARA DIGITAL A CAPTURA DE UMA IMAGEM NUMA CÂMARA DIGITAL ENVOLVE OS SEGUINTES PROCESSOS: EXISTEM TRÊS TIPOS DE SENSORES UTILIZADOS NAS CÂMARAS DIGITAIS: CCD - Charge Coupled Device CMOS - Complimentary

Leia mais

Fundamentos da Informática

Fundamentos da Informática 1 PROCESSAMENTO DE DADOS I - FUNDAMENTOS A) CONCEITO DE INFORMÁTICA - é a ciência que estuda o tratamento automático e racional da informação. B) PROCESSAMENTO DE DADOS 1) Conceito Processamento de dados

Leia mais

Visão geral sobre a área automotiva. Produtos e Soluções Rexnord para a Indústria Automotiva

Visão geral sobre a área automotiva. Produtos e Soluções Rexnord para a Indústria Automotiva Visão geral sobre a área automotiva Produtos e Soluções Rexnord para a Indústria Automotiva Escolha a Rexnord para ajudar a fabricar hoje os veículos de amanhã. Da compra e instalação ao monitoramento

Leia mais

Automação industrial Sensores

Automação industrial Sensores Automação industrial Sensores Análise de Circuitos Sensores Aula 01 Prof. Luiz Fernando Laguardia Campos 3 Modulo Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina Cora Coralina O que são sensores?

Leia mais

Segurança com tecnologia LED

Segurança com tecnologia LED K9 Segurança com tecnologia LED TECNOLOGIA LED A K9 é uma gama completa de iluminação de emergência com tecnologia LED (Díodo Emissor de Luz), desde a iluminação de presença e iluminação de vias de emergência

Leia mais

Industrial. CVI3 Sistema de montagem avançado. More Than Productivity. Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável

Industrial. CVI3 Sistema de montagem avançado. More Than Productivity. Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável Industrial Tools 3 Sistema de montagem avançado Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável More Than Productivity Soluções totalmente integradas para aplicações delicadas

Leia mais

Módulo 2/3: Automação nos Sistemas de Produção. Prof. André Pedro Fernandes Neto

Módulo 2/3: Automação nos Sistemas de Produção. Prof. André Pedro Fernandes Neto Módulo 2/3: Automação nos Sistemas de Produção Prof. André Pedro Fernandes Neto Razões para Automatizar Alto custo de mão de obra Investimentos em máquinas que possam automatizar a produção com um custo

Leia mais