Gonçalves, Adriel - Porto Alegre, RS Brazil. Guia de Configuração TACACS+ no NR2G-3200.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gonçalves, Adriel {adriel@digitel.com.br} - Porto Alegre, RS Brazil. Guia de Configuração TACACS+ no NR2G-3200."

Transcrição

1 ! " # "$$% % %

2 Folha de Rosto Índice I. Introdução II. O que é TACACS III. Topologia IV. Configuração do Servidor Adicionando Grupo Adicionando Usuário Adicionando Elemento de Rede Criando Perfil de Acesso (Usuário Administrador) Criando Perfil de Acesso (Usuário Restrito) Ajustando a Configuração do Sistema Analisando os Logs do Sistema V. Configuração do Roteador NR2G Campos Obrigatórios VI. Referências Gonçalves, Adriel - Porto Alegre, RS Brazil. Guia de Configuração TACACS+ no NR2G Métodos de Autenticação 2. Segurança 3. NR2G-3200 IMPORTANTE: É concedida aos clientes da Digitel - Indústria Eletrônica para reproduzir cópias deste documento e para emprestar ou vender tais cópias somente para propósitos acadêmicos e científicos. Embora o autor tenha se precavido com todo o cuidado possível, o autor e a Digitel não aceitam qualquer responsabilidade sobre prejuízos causados por omissões que ele possa conter. Este texto pode ser reproduzido no todo ou em parte, desde que seja citada a fonte.

3 E sse documento descreve os passos necessários para habilitar o método de autenticação TACACS+ nos equipamentos NR2G O equipamento utilizado para a criação desse documento foi um roteador Digitel NR2G-3211 e um software proprietário da Cisco chamado ACS - Cisco Secure que por sua vez será o servidor Tacacs+. TACACS + é a sigla (Terminal Access Controller Access Control System Plus). Um dos protocolos de segurança mais empregados para controlar acesso a equipamentos de rede, normalmente muito usado em redes UNIX e CISCO. Consiste em uma técnica de acesso a rede na qual os usuários conectam-se a um servidor centralizado exclusivo que contém um banco de dados das contas autorizadas. Após autenticar o usuário, o servidor de acesso encaminha a informação de login para o equipamento remoto que solicitou autenticação. Para definirmos melhor esse método de autenticação, utilizaremos o cenário abaixo que demonstra como o roteador Digitel faz a verificação da identidade do usuário na rede utilizando o protocolo Tacacs. Figura-1: Topologia de acesso que demonstra como o protocolo tacacs faz autenticação.

4 Nesta seção partiremos do princípio que você já tem conhecimento específico sobre instalação e operação do servidor Tacacs+ (ACS - Cisco Secure). Desta forma, mostraremos apenas como você adiciona/remove usuários, grupos e elementos de rede. Para obter mais informações sobre este servidor de autenticação, sugerimos que você busque mais informações no site do fabricante. Quaisquer dúvidas quanto à operação de nosso equipamento NR2G-3200 com este servidor podem ser esclarecidas pelo ou pelo fone +55 (51) ) ADICIONANDO GRUPO: Vá ao menu à esquerda opção Group Setup. Abrirá uma tela onde você deve selecionar os grupos existentes, como uma nova instalação selecione 1:Group 1, logo em seguida no botão Rename Group onde abrirá uma caixa de diálogo para você colocar um nome qualquer. Por exemplo, coloque como nome ROUTER_DIGITEL aplique no botão Submit 2) ADICIONANDO USUÁRIO: Retorne novamente ao menu, opção USER SETUP e adicione um ou quantos usuários você julgar necessário no botão Add/Edit. 3) ADICIONANDO ELEMENTO DE REDE: No menu à esquerda, escolha a opção Network Configuration irá abrir a tela AAA Clientes e mais abaixo AAA Servers. Escolha a tabela AAA Clientes selecione o botão Add Entry, onde irá abrir a tela solicitando os dados abaixo: Coloque qualquer nome ou endereço IP + AAA Client Hostname. : < > + AAA Client IP Address : < > + Key... : <test_digitel> + Authenticate Using... : <TACACS+ (Cisco IOS)> ( ) Single Connect TACACS+ AAA Client ( ) Log Update/Watchdog Packets from this AAA Client ( ) Log RADIUS Tunneling Packets from this AAA Client Aqui você deve colocar endereço IP Aqui você coloca a palavra secreta (senha) Deixe esses campos como default.

5 4) CRIANDO PERFIL DE ACESSO (USUÁRIO ADMINISTRADOR): Esta fase é crucial para que o elemento de rede possa ter níveis de acesso controlado, observe esta configuração: Vá ao menu à esquerda opção Shared Profile Components (Figura-2) escolha Sell Command Authorization Sets, logo abaixo você adiciona com o botão ADD. Nesta parte você estará adicionando comandos de acesso para usuário ADMINISTRADOR, certifique-se que todos os comandos têm a opção Permit unmatched Args habilitada. Figura-2: Shared Profile Components (perfil Administrador)

6 4) CRIANDO PERFIL DE ACESSO (USUÁRIO RESTRITO): Depois que você criou um perfil para acesso como administrador (completo) você não pode esquecer de criar um perfil restrito com apenas alguns comandos. Para isso, sugerimos que repita os passos acima com apenas os comandos (DUMP e SHOW). Figura-3: Shared Profile Components (perfil usuário restrito) Agora que os dois perfis estão criados, você deve voltar na configuração dos GRUPOS (Figura-4), para isso acesse o menu à sua esquerda na opção Group Setup edite o grupo no botão Edit Settings e role a barra de rolagem até a opção Shell Command Authorization Set, selecione um dos perfis que você acaba de configurar. Exemplo: [Digitel NR2g_adm, NR2G_digitel_user] Figura-4: Group Setup (Menu Grupo) referenciando os perfis criados na Shared Profile.

7 5) AJUSTANDO A CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA: Nessa parte você irá ajustar e definir como será apresentado o resultado nos relatórios. Para isso, vá até o menu à esquerda selecione System Configuration escolha a opção LOGGING, então abrirá uma nova janela para você selecionar qual tipo de log você prefere, escolha CSV TACACS+ Administration. Veja abaixo (Figura-5), estamos incluindo o atributo cmd-arg. Depois que você incluir esse atributo, posicione-o após o atributo cmd na coluna Logged Attributes conforme abaixo. Figura-5: System Configuration, mostrando como configurar os Log`s do sistema. 6) ANALISANDO OS LOGS DO SISTEMA: No menu Reports and Activity (Figura-6) você verifica a saída do (AAA) Tacacs+ Accounting, Administration e Authorization. Figura-6: Na tela Reports and Activity você verifica os Log`s do AAA.

8 Os roteadores Digitel permitem que além da configuração de autenticação seja possível configurar AAA (Authentication, Authorization e Accounting) utilizando-se para isto o protocolo TACACS. Para você ativar a configuração do Tacacs AAA, siga o exemplo abaixo: set system aaa authentication purge set system aaa authentication shadow up set system aaa authentication tacacs up encrypt true server set system aaa authentication tacacs secret test_digitel set system aaa authentication tacacs interface lo:0 set system aaa authentication order tacacs shadown set system aaa authentication tacacs onerror fail set system aaa authorization tacacs up set system aaa accounting tacacs up 1) CAMPOS OBRIGATÓRIOS: server: Esse campo é onde você indica o endereço IP do servidor tacacs+ secret: test_digitel interface: lo:0 O campo secret é a senha que você definiu no servidor (passo 03) A interface pode ser LAN0 ou LAN1 ou como mostra nosso exemplo: LoopBack. Esse campo é utilizado para informar qual endereço que roteador se identificará ao servidor tacacs. Para saber a tradução de todos os parâmetros, consulte o manual do produto disponível em nosso site ou FTP. Se preferir, nos mande um para + Cisco Systems + URL: + Disponível em: 28/maio/2007.

Application Notes: DmSwitch AAA. Uso do TACACS

Application Notes: DmSwitch AAA. Uso do TACACS Application Notes: DmSwitch AAA Uso do TACACS Application Notes: DmSwitch AAA Uso do TACACS. Data 11/06/2010, Revisão 1.0 1. Introdução 2. Instalação do tacplus 2.1. Instalação do tacplus 2.1.1. Atualizar

Leia mais

$!! % &' $! ( ! ) * +!,! - .! / 0!, 1,//0 0 0 / / 0! ! " #!

$!! % &' $! ( ! ) * +!,! - .! / 0!, 1,//0 0 0 / / 0! !  #! $!! % &' $! (! ) * +!,! - ",.! / 0!, 1,//0 0 0 / / 0! Folha de Rosto... 01 Índice... 02 I. Introdução... 03 II. O que é Balanceamento de Carga(LoadBalance)... 03 III. Topologia por balanceamento estático...

Leia mais

$ %$ & ' ( ! ) * +!, 3! 4 5!, 6,445 5 5 4 4 5! ! " #!

$ %$ & ' ( ! ) * +!, 3! 4 5!, 6,445 5 5 4 4 5! !  #! $ %$ & ' (! ) * +!, ",! ) * +!. * /., ",! - 0 1! '! 2 3! 4 5!, 6,445 5 5 4 4 5! Folha de Rosto... 01 Índice... 02 I. Introdução... 03 II. Topologia... 03 III. Preparação & configuração dos equipamentos...

Leia mais

Cisco ASA Firewall Guia Prático

Cisco ASA Firewall Guia Prático Cisco ASA Firewall Guia Prático 2014 v1.0 Renato Pesca 1 Sumário 2 Topologia... 3 3 Preparação do Appliance... 3 3.1 Configurações de Rede... 7 3.2 Configurações de Rotas... 8 3.3 Root Básico... 9 3.4

Leia mais

Escola de Artes, Ciências e Humanidades Universidade de São Paulo. Tutorial de Conexão SSH (Secure Shell)

Escola de Artes, Ciências e Humanidades Universidade de São Paulo. Tutorial de Conexão SSH (Secure Shell) Tutorial de Conexão SSH (Secure Shell) Elaborado por: Informática Sistemas em junho de 2012 Antonio Carlos de O. Macedo Evandro F. Gonçalves Luciana A. Carradori Prefácio Este tutorial fornece o passo

Leia mais

TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO MIKROTIK UTILIZANDO ROTEAMENTO DINÂMICO COM OSPF E AUTENTIÇÃO RADIUS EM NOSSO SISTEMA IXCPROVEDOR.

TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO MIKROTIK UTILIZANDO ROTEAMENTO DINÂMICO COM OSPF E AUTENTIÇÃO RADIUS EM NOSSO SISTEMA IXCPROVEDOR. TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO MIKROTIK UTILIZANDO ROTEAMENTO DINÂMICO COM OSPF E AUTENTIÇÃO RADIUS EM NOSSO SISTEMA IXCPROVEDOR. Neste senário temos um roteador de internet que vai ser nosso gateway do MK1,

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo WDS

Procedimentos para configuração em modo WDS Procedimentos para configuração em modo WDS 1- WDS (Wireless Distribution System) permite o acesso de um DAP-1353 com o outro DAP-1353 de um modo padronizado. Dessa forma pode simplificar a infraestrutura

Leia mais

Gerenciando usuários com. MikroTik User Manager

Gerenciando usuários com. MikroTik User Manager Gerenciando usuários com MikroTik User Manager Anderson Marin Matozinhos MTCNA, MTCWE, MTCRE, MTCTCE, MTCINE, MTCUME MikroTik Official Consultant MikroTik Certified Training Partner anderson@icorporation.com.br

Leia mais

Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende:

Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende: Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende: 1 1- Para configurar o DPR-1260 conecte um cabo de rede na porta LAN do DPR-1260 até

Leia mais

Como utilizar o User Management (Gerenciamento de usuários).

Como utilizar o User Management (Gerenciamento de usuários). Como utilizar o User Management (Gerenciamento de usuários). Neste documento iremos demonstrar o uso do User Management em três partes: Parte A. autenticação para acesso à internet. Parte B. autenticação

Leia mais

CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2

CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2 CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2 1. Antes de começar A tabela a seguir lista as informações que você precisa saber antes de configurar um servidor VPN de acesso remoto. Antes de

Leia mais

Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas

Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas 1 Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas O DIR 635 tem duas opções para liberação de portas: Virtual server: A opção Virtual Server permite que você defina uma única porta pública

Leia mais

Certifique-se de que você possui todas as informações necessárias e equipamento em mãos antes de iniciar a instalação.

Certifique-se de que você possui todas as informações necessárias e equipamento em mãos antes de iniciar a instalação. Este produto pode ser configurado utilizando qualquer navegador web atual, como por ex. Internet Explorer 6 ou Netscape Navigator 7 ou superior. DSL-2730B Roteador ADSL Wireless Antes de começar Certifique-se

Leia mais

Configuração de Redirecionamento de Porta. Manual de configuração de redirecionamento de porta do modem TD5130.

Configuração de Redirecionamento de Porta. Manual de configuração de redirecionamento de porta do modem TD5130. Configuração de Redirecionamento de Porta Manual de configuração de redirecionamento de porta do modem TD5130. 1. Com o computador ligado via cabo ao modem, pela porta LAN 1, para acessar a interface web

Leia mais

Esta nota apresenta como definir o SSL VPN no roteador Vigor.

Esta nota apresenta como definir o SSL VPN no roteador Vigor. Como configurar o SSL para VPN Esta nota apresenta como definir o SSL VPN no roteador Vigor. Dividiremos o tutorial em cinco partes: Parte A: Como criar uma conta de SSL. Parte B: Como configurar a segurança

Leia mais

Manual de Instalação KIT DVR VENTURA Parte 1: Conexões Parte 2: Configurações de rede Parte 3: Acesso via telefone móvel

Manual de Instalação KIT DVR VENTURA Parte 1: Conexões Parte 2: Configurações de rede Parte 3: Acesso via telefone móvel 1 Manual de Instalação KIT DVR VENTURA Parte 1: Conexões Parte 2: Configurações de rede Parte 3: Acesso via telefone móvel Parte 1: Conexões 2 Instalação do Disco Rídigo (HD) Primeiro é necessário a instalação

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto

Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 Protocolo de rede... 3 Protocolo TCP/IP... 3 Máscara de sub-rede... 3 Hostname... 3

Leia mais

CSAU 10.0. Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar.

CSAU 10.0. Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar. CSAU 10.0 Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar. Data do Documento: Janeiro de 2012 Sumário 1. Sobre o manual do CSAU... 3 2. Interface do CSAU 10.0... 4 2.1. Início... 4 2.2. Update...

Leia mais

2- Instale no seu computador o programa Installation Wizard que você encontra no CD da câmera ou no site http://www.dlink.com.br/suporte.

2- Instale no seu computador o programa Installation Wizard que você encontra no CD da câmera ou no site http://www.dlink.com.br/suporte. Este manual mostra a maneira de configurar as seguintes câmeras IP: DCS-5300, DCS-5300G, DCS-5300W, DCS-6620 e DCS-6620G. Utilizaremos como exemplo a câmera DCS-5300W. 1- Antes de iniciar a configuração

Leia mais

WiNGS Wireless Gateway WiNGS Telecom. Manual. Índice

WiNGS Wireless Gateway WiNGS Telecom. Manual. Índice Wireless Network Global Solutions WiNGS Wireless Gateway Manual Índice Pagina Características Técnicas 3 Descrição do Aparelho 4 Quick Start 5 Utilizando a interface de administração WEB 7 Login 7 Usuários

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA SERVIÇOS REALIZADOS NO PLANTÃO

PROCEDIMENTOS PARA SERVIÇOS REALIZADOS NO PLANTÃO PROCEDIMENTOS PARA SERVIÇOS REALIZADOS NO PLANTÃO A primeira coisa a ser verificada é a navegação dos servidores e isso será possível com o Programa PuTTY. Selecione o servidor que está na caixa Load,

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo Router Dynamic IP

Procedimentos para configuração em modo Router Dynamic IP O equipamento DWL-G730AP tem 3 modos possíveis de configuração: Router, Access Point ou Client. Em baixo do equipamento há um chaveador para que seja efetuada a mudança de modo de configuração. Neste caso,

Leia mais

DVG-5121SP. 3. Após realizar o login, aparecerá no canto esquerdo (figura 4) o menu do aparelho.

DVG-5121SP. 3. Após realizar o login, aparecerá no canto esquerdo (figura 4) o menu do aparelho. DVG-5121SP A configuração deste ATA consiste em acessar o seu software de configuração por meio do seu navegador web (browser). O IP de seu D-Link DVG-5121SP por padrão é 192.168.1.1 Figura 1 1. Para acessá-lo,

Leia mais

Laboratório - Acesso a dispositivos de rede com SSH

Laboratório - Acesso a dispositivos de rede com SSH Topologia Tabela de endereçamento Dispositivo Interface Endereço IP Máscara de subrede Gateway padrão Objetivos R1 G0/1 192.168.1.1 255.255.255.0 ND S1 VLAN 1 192.168.1.11 255.255.255.0 192.168.1.1 PC-A

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Redirecionando áudio via RDP com terminal Daruma

STK (Start Kit DARUMA) Redirecionando áudio via RDP com terminal Daruma STK (Start Kit DARUMA) Redirecionando áudio via RDP com terminal Daruma Neste STK apresentaremos como configurar servidor para redirecionamento do áudio (input e output) via RDP utilizando sistema para

Leia mais

Ilustração 1: Componentes do controle de acesso IEEE 802.1x

Ilustração 1: Componentes do controle de acesso IEEE 802.1x Laboratório de IER 8 o experimento Objetivos: i) Configurar o controle de acesso IEEE 802.1x em uma LAN ii) Usar VLANs dinâmicas baseadas em usuário Introdução A norma IEEE 802.1x define o controle de

Leia mais

PROTOCOLO 802.1X COM FRERADIUS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PROTOCOLO 802.1X COM FRERADIUS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO WISLIY LOPES JULIANO PIROZZELLI TULIO TSURUDA LUIZ GUILHERME MENDES PROTOCOLO 802.1X COM FRERADIUS GOIÂNIA JUNHO DE 2014 Sumário 1.

Leia mais

Introdução ao Cisco Packet Tracer

Introdução ao Cisco Packet Tracer Introdução ao Cisco Packet Tracer Uma solução interessante que pode ajudar a quem for criar uma rede na prática, seria antes de tudo, criar, configurar e simular o funcionamento de uma rede de computador

Leia mais

Manual de Instalação Rápida

Manual de Instalação Rápida Modelo:FI8919W Manual de Instalação Rápida Câmera IP Wireless Pan/Tilt Externa Para Windows OS ------1 Para MAC OS ------17 ShenZhen Foscam Intelligent Technology Co., Ltd Manual de Instalação Rápida Para

Leia mais

Procedimentos para configuração de Filters

Procedimentos para configuração de Filters 1 Procedimentos para configuração de Filters 1- Para realizar o procedimento de configuração de Filters, acesse agora a página de configuração do Roteador. Abra o Internet Explorer e digite na barra de

Leia mais

Guia de configuração de destinos de digitalização e mensagens de alerta da X500 Series

Guia de configuração de destinos de digitalização e mensagens de alerta da X500 Series Guia de configuração de destinos de digitalização e mensagens de alerta da X500 Series www.lexmark.com Julho de 2007 Lexmark e Lexmark com desenho de losango são marcas registradas da Lexmark International,

Leia mais

Laboratório - Gerenciamento de arquivos de configuração de roteador com software de emulação de terminal

Laboratório - Gerenciamento de arquivos de configuração de roteador com software de emulação de terminal Laboratório - Gerenciamento de arquivos de configuração de roteador com software de emulação de terminal Topologia Tabela de Endereçamento Dispositivo Interface Endereço IP Máscara de Sub-Rede Gateway

Leia mais

Apple ipad ( ipad Primeira Geração, ipad 2, ou ipad terceira geração)

Apple ipad ( ipad Primeira Geração, ipad 2, ou ipad terceira geração) 1.0 Exigências de Sistema Apple ipad ( ipad Primeira Geração, ipad 2, ou ipad terceira geração) Yamaha M7CL ou LS9 ou CL series Ponto de acesso Wi-Fi ( preferencialmente com 802.11n, 5GHz, embora 2.4GHz

Leia mais

Configuração de acesso VPN para Windows XP

Configuração de acesso VPN para Windows XP Campus de Gualtar 4710-057 Braga P Serviço de Comunicações Configuração de acesso VPN para Windows XP Para aceder à Rede WiFi da Universidade do Minho utilizando autenticação VPN, necessita de efectuar

Leia mais

Roteiro de Práticas de Roteamento IGP usando Quagga

Roteiro de Práticas de Roteamento IGP usando Quagga Roteiro de Práticas de Roteamento IGP usando Quagga OSPF O objetivo desse roteiro é mostrar como o pacote Quagga pode ser utilizado para construir roteadores com suporte a protocolos de roteamento utilizando

Leia mais

Configurando o roteador para roteador do IPsec com sobrecarga e Cisco Secure VPN Client NAT

Configurando o roteador para roteador do IPsec com sobrecarga e Cisco Secure VPN Client NAT Configurando o roteador para roteador do IPsec com sobrecarga e Cisco Secure VPN Client NAT Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Configurar Diagrama de Rede Configurações

Leia mais

Como utilizar a central de gerenciamento VPN.

Como utilizar a central de gerenciamento VPN. Como utilizar a central de gerenciamento VPN. Construir conexões VPN entre vários roteadores pode ser uma tarefa demorada. Em cada um dos roteadores há diversos parâmetros que precisam ser sincronizados,

Leia mais

Guia de Início Rápido do SecureLinx SLC Console Managers

Guia de Início Rápido do SecureLinx SLC Console Managers Guia de Início Rápido do SecureLinx SLC Console Managers CONTEÚDO DO GUIA DE INÍCIO RÁPIDO DO SECURELINX SLC CONSOLE MANAGERS Visão Geral do Sistema...2 O que está na caixa...3 Conectando o SLC...4 Instalando

Leia mais

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice Manual B.P.S ATA 5xxx Índice 1. Conectando o Adaptador para Telefone Analógico (ATA)...02 2. Configurações básicas...05 2.1 Configuração dos parâmetros de usuário e senha para acessos de banda larga do

Leia mais

Guia de configuração para liberar Portas no DSLink 260E para acesso via PPPoE Rev. 3.3

Guia de configuração para liberar Portas no DSLink 260E para acesso via PPPoE Rev. 3.3 Guia de configuração para liberar Portas no DSLink 260E para acesso via PPPoE Rev. 3.3 http://www.dslink.com.br/ Índice Como conectar o modem DSLink 260E ao meu computador?... 3 Configurando o modem como

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DE MODEM ADSL

CONFIGURAÇÃO DE MODEM ADSL CONFIGURAÇÃO DE MODEM ADSL Para localizar seu modem basta pressionar Ctrl + F, e digitar o modelo ou fabricante. Caso tenha dúvidas quando ao seu usuário e/ou senha de autenticação, entre em contato com

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma Neste STK apresentaremos como configurar seu servidor Windows 2008 R2 para abrir diretamente sua aplicação ao

Leia mais

GUIA DE CONFIGURAÇÃO AUTENTICAÇÃO DE REDES WIFI COM CAPTIVE PORTAL

GUIA DE CONFIGURAÇÃO AUTENTICAÇÃO DE REDES WIFI COM CAPTIVE PORTAL GUIA DE CONFIGURAÇÃO AUTENTICAÇÃO DE REDES WIFI COM CAPTIVE PORTAL GUIA DE CONFIGURAÇÃO AUTENTICAÇÃO DE REDES WIFI COM CAPTIVE PORTAL Captive Portal é um programa de computador responsável por controlar

Leia mais

Laboratório - Configuração de um endereço de gerenciamento do switch

Laboratório - Configuração de um endereço de gerenciamento do switch Laboratório - Configuração de um endereço de gerenciamento do switch Topologia Tabela de Endereçamento Dispositivo Interface Endereço IP Máscara de Sub-Rede Gateway Padrão Objetivos S1 VLAN 1 192.168.1.2

Leia mais

Status Enterprise Guia do Usuário. Parte 12 Serviço de conector de Dados

Status Enterprise Guia do Usuário. Parte 12 Serviço de conector de Dados Guia do Usuário Parte 12 Serviço de conector de Dados Conteúdos 1 INTRODUÇÃO... 4 1.1 Descrição do Serviço conector de Dados ou Data com nector... 4 2 CRIAR UMA CONFIGURAÇÃO DE ENLACE DE DADOS... 5 2.1

Leia mais

Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011

Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011 Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011 Para usuários de conexão banda larga do tipo PPPoE (autenticação por usuário e senha) Capítulo 1 Conectando-se à Internet Alguns provedores

Leia mais

Ilustração 1: Componentes do controle de acesso IEEE 802.1x

Ilustração 1: Componentes do controle de acesso IEEE 802.1x Laboratório de RCO2 10 o experimento Objetivos: i) Configurar o controle de acesso IEEE 802.1x em uma LAN ii) Usar VLANs dinâmicas baseadas em usuário Introdução A norma IEEE 802.1x define o controle de

Leia mais

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Tecgraf/PUC Rio infogrid@tecgraf.puc rio.br 1.Introdução O objetivo deste documento é podermos registrar em um único local todas as informações necessárias

Leia mais

GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR

GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR 1 - Integra Services Atenção: o Integra Services está disponível a partir da versão 2.0 do software Urano Integra. O Integra Services é um aplicativo que faz parte

Leia mais

Instalação do cliente VPN versão 5.0.00.0340 em Windows Vista

Instalação do cliente VPN versão 5.0.00.0340 em Windows Vista Campus de Gualtar 4710-057 Braga P Serviço de Comunicações Instalação do cliente VPN versão 5.0.00.0340 em Windows Vista Para aceder à Rede WiFi da Universidade do Minho utilizando autenticação VPN, necessita

Leia mais

PHONE. manual do usuário Version 1.1 FPP 011001

PHONE. manual do usuário Version 1.1 FPP 011001 Version 1.1 FPP 011001 CONTEÚDO DO KIT FLIP ESPECIFICAÇÃO FUNÇÕES DO TERMINAL COMO INSTALAR O TERMINAL ANEXO I ANEXO II ANEXO III ÍNDICE 5 5 6 9 12 17 18 3 CONTEÚDO DO KIT FLIP Terminal FLIP Phone ESPECIFICAÇÃO

Leia mais

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Mozilla Thunderbird O Mozilla Thunderbird é um software livre feito para facilitar a leitura, o envio e o gerenciamento de e-mails. Índice Configurando o Mozilla

Leia mais

SoftPhone e Integração de diretório ativo

SoftPhone e Integração de diretório ativo SoftPhone e Integração de diretório ativo Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Integre o diretório ativo com SoftPhone Prepare para integrar o diretório ativo com

Leia mais

TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH!

TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH! UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP) ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES (EACH) TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH! Autoria e revisão por: PET Sistemas

Leia mais

Configurações básicas de telefones INOC-DBA

Configurações básicas de telefones INOC-DBA Configurações básicas de telefones INOC-DBA O projeto INOC opera atualmente com dois modelos de telefone, CISCO 7940 e CISCO 7942. Confira algumas opções importantes de configuração dos dois modelos a

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo Router PPPOE

Procedimentos para configuração em modo Router PPPOE O equipamento DWL-G730AP tem 3 modos possíveis de configuração: Router, Access Point ou Client. Em baixo do equipamento há um chaveador para que seja efetuada a mudança de modo de configuração. Neste caso,

Leia mais

Capítulo 2. Laboratório 2.1. Introdução ao Packet Tracer, Roteadores, Switches e Inicialização

Capítulo 2. Laboratório 2.1. Introdução ao Packet Tracer, Roteadores, Switches e Inicialização Capítulo 2 Laboratório 2.1 Introdução ao Packet Tracer, Roteadores, Switches e Inicialização tel (41) 430457810 ou (41) 4063-7810 - info@dltec.com.br - www.dltec.com.br INDICE 1 Objetivo do Laboratório...

Leia mais

INSTRUÇÕES DE CONFIGURAÇÃO DE ACESSO AOS PERIÓDICOS CAPES

INSTRUÇÕES DE CONFIGURAÇÃO DE ACESSO AOS PERIÓDICOS CAPES INSTRUÇÕES DE CONFIGURAÇÃO DE ACESSO AOS PERIÓDICOS CAPES 1. PARA USUÁRIOS DO INTERNET EXPLORER Pág 1 2. PARA USUÁRIOS DO MOZILA FIREFOX Pág 7 3. PARA USUÁRIOS DO SAFARI Pág 11 4. PARA USUÁRIOS DO GOOGLE

Leia mais

Criação de Web Sites I

Criação de Web Sites I WebDesigner / IBPINET Criação de Web Sites I Anexos Avaliação e Projetos Publicação do site Anexos página 1 1. Avaliação e Projetos 1.1. Questões As questões tratam de assuntos discutidos em sala de aula

Leia mais

Procedimento para configuração de Redirecionamento de Portas

Procedimento para configuração de Redirecionamento de Portas 1 Procedimento para configuração de Redirecionamento de Portas 1- Para realizar a configuração de redirecionamento de portas o computador deve estar conectado via cabo Ethernet em uma das portas LAN do

Leia mais

Laboratório - Configuração de NAT Dinâmico e Estático

Laboratório - Configuração de NAT Dinâmico e Estático Topologia Tabela de Endereçamento Dispositivo Interface Endereço IP Máscara de Sub-rede Gateway padrão Objetivos Gateway G0/1 192.168.1.1 255.255.255.0 N/A S0/0/1 209.165.201.18 255.255.255.252 N/A ISP

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: Acesse o seguinte endereço e faça o download gratuito do SQL SRVER EXPRESS, conforme a sua plataforma x32 ou

Leia mais

EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER

EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER Host On-Demand - HOD Versão 6.0 Fev/2002 Suporte Técnico: Central de Atendimento SERPRO CAS 0800-782323 Gilson.Pereira@serpro.gov.br Marcio.Nunes@serpro.gov.br O que é o serviço

Leia mais

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal)

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Acessando o Sistema Para acessar a interface de colaboração de conteúdo, entre no endereço http://paginapessoal.utfpr.edu.br. No formulário

Leia mais

MANUAL DE FTP. Instalando, Configurando e Utilizando FTP

MANUAL DE FTP. Instalando, Configurando e Utilizando FTP MANUAL DE FTP Instalando, Configurando e Utilizando FTP Este manual destina-se auxiliar os clientes e fornecedores da Log&Print na instalação, configuração e utilização de FTP O que é FTP? E o que é um

Leia mais

Configuração de Conta - Passo a Passo Outlook Express

Configuração de Conta - Passo a Passo Outlook Express Configuração de Conta - Passo a Passo Outlook Express Explicação do 1º PASSO Na "Barra de menus" do Outlook Express clique em "Ferramentas", depois em "Contas..." Explicação do 2º PASSO Abrirá a janela

Leia mais

Gateway TT211S/S+/O/O+/SO/SO+

Gateway TT211S/S+/O/O+/SO/SO+ Guia Rápido de Instalação TT211S/S+/O/O+/SO/SO+ v120511 Índice Introdução 2 Procedimentos para Instalação 2 Conectando o Hardware 2 Configuração Inicial 3 Configuração Network 3 Configuração do DNS (Domain

Leia mais

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações Manual de Instalação de Telecentros Comunitários Ministério das Comunicações As informações contidas no presente documento foram elaboradas pela International Syst. Qualquer dúvida a respeito de seu uso

Leia mais

Neste manual apresentaremos a configuração de uma VPN IPSec com dois equipamentos, (DI-LB604 e um DI-804HV). Vamos simular uma Filial e uma Matriz

Neste manual apresentaremos a configuração de uma VPN IPSec com dois equipamentos, (DI-LB604 e um DI-804HV). Vamos simular uma Filial e uma Matriz Neste manual apresentaremos a configuração de uma VPN IPSec com dois equipamentos, (DI-LB604 e um DI-804HV). Vamos simular uma Filial e uma Matriz geograficamente distantes. Exemplo: (São Paulo Rio de

Leia mais

Índice. 8. Como habilito a criptografia WEP para que meus dispositivos mais antigos possam se conectar?..24

Índice. 8. Como habilito a criptografia WEP para que meus dispositivos mais antigos possam se conectar?..24 Índice 1. Como configuro e instalo o meu roteador?...1 2. Como altero a senha de Administrador no meu roteador?...9 3. Esqueci minha senha wireless, como faço para recuperá-la?...11 4. Como altero o Endereço

Leia mais

MANUAL TECLADO ADAPTADO IntelliKeys USB

MANUAL TECLADO ADAPTADO IntelliKeys USB NAPNE Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Especiais SIEP Sistema de Informações da Educação Profissional e Tecnológica MANUAL TECLADO ADAPTADO IntelliKeys USB Fonte: User s Guide (Guia do

Leia mais

Instalação do OnSite

Instalação do OnSite Instalação do OnSite Para instalar o OnSite, acesse a interface Central do IBSTracker Advanced à partir do servidor (de impressão ou não) pelo Internet Explorer. Antes de realizar esta instalação, a conta

Leia mais

Vamos iniciar a nossa exploração do HTTP baixando um arquivo em HTML simples - bastante pequeno, que não contém objetos incluídos.

Vamos iniciar a nossa exploração do HTTP baixando um arquivo em HTML simples - bastante pequeno, que não contém objetos incluídos. Wireshark Lab: HTTP Versão 1.1 2005 KUROSE, J.F & ROSS, K. W. Todos os direitos reservados 2008 BATISTA, O. M. N. Tradução e adaptação para Wireshark. Tendo molhado os nossos pés com o Wireshark no laboratório

Leia mais

L A B O RATÓRIO DE REDES

L A B O RATÓRIO DE REDES L A B O RATÓRIO DE REDES TRÁFEGO, ENQUADRAMEN TO, DEFAU LT G A TEWA Y E ARP. VALE 2,0 P ONT OS. INTRODUÇÃO AO LABORATÓRIO Nosso laboratório é composto de três hosts Linux, representados pelo símbolo de

Leia mais

Configurando o Adaptador de Telefone na interface WEB para conexões de IP dinâmico (DHCP):

Configurando o Adaptador de Telefone na interface WEB para conexões de IP dinâmico (DHCP): Configurando o Adaptador de Telefone na interface WEB para conexões de IP dinâmico (DHCP): Abaixo segue informações com os passos a serem tomados, bem como os campos a serem preenchidos na interface web

Leia mais

Tutorial de como configurar o Roteador DIR-600 Wireless 150

Tutorial de como configurar o Roteador DIR-600 Wireless 150 Tutorial de como configurar o Roteador DIR-600 Wireless 150 Para começar a configurar sua rede sem fio, conecte o cabo de rede do seu computador ao roteador em uma porta LAN, e outro cabo do seu modem

Leia mais

Índice. 8. Como habilito a criptografia WEP para que meus dispositivos mais antigos possam se conectar?... 30

Índice. 8. Como habilito a criptografia WEP para que meus dispositivos mais antigos possam se conectar?... 30 Índice 1. Como configuro e instalo o meu roteador?... 1 2. Como altero a senha de Administrador no meu roteador?... 9 3. Como recupero minha senha de rede wireless?... 10 4. Como altero o Endereço IP do

Leia mais

Instalação e Operação dos Aplicativos Serie 5000/6000

Instalação e Operação dos Aplicativos Serie 5000/6000 Instalação e Operação dos Aplicativos Serie 5000/6000 Requisitos mínimos de Hardware: Pentium 3 de 500 mhz ou Celeron de 700 mhz ou superior 128 MB de RAM 100 MB livres no disco rígido Requisitos de Software:

Leia mais

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 1 Instalando o Linux Comunicações para Telecentros (servidor) 2 1.1 Experimentar o Linux

Leia mais

Configurando DDNS no Stand Alone

Configurando DDNS no Stand Alone Configurando DDNS no Stand Alone Abra o seu navegador de internet e acesse o endereço http://www.advr.com.tw(ou, http://59.124.143.151 ). Clique em Register para efetuar o cadastro de um novo grupo.(foto

Leia mais

Laboratório - Identificação e Solução de Problemas de Configuração de VLAN

Laboratório - Identificação e Solução de Problemas de Configuração de VLAN Laboratório - Identificação e Solução de Problemas de Configuração de VLAN Topologia Tabela de Endereçamento Dispositivo Interface Endereço IP Máscara de Sub-rede Gateway padrão S1 VLAN 1 192.168.1.2 255.255.255.0

Leia mais

Roteador. Como os cabos devem ser ligados?

Roteador. Como os cabos devem ser ligados? Roteador Roteador (estrangeirismo do inglês router, ou encaminhador) é um equipamento usado para fazer a comutação de protocolos, a comunicação entre diferentes redes provendo a comunicação entre computadores

Leia mais

Manual do usuário. isic 5 - Windows Phone

Manual do usuário. isic 5 - Windows Phone Manual do usuário isic 5 - Windows Phone 1. Informações para o usuário Este manual irá auxiliá-lo na instalação e utilização do software para visualização das imagens dos DVRs e Câmera Speed Dome IP da

Leia mais

Câmera IP Sem/Com Fio. Manual de Instalação Rápida. (Para MAC OS)

Câmera IP Sem/Com Fio. Manual de Instalação Rápida. (Para MAC OS) Modelo:FI8918W Câmera IP Sem/Com Fio Manual de Instalação Rápida (Para MAC OS) Modelo:FI8918W Color:Preta Modelo:FI8918W Color: Branca ShenZhen Foscam Intelligent Technology Co., Ltd Manual de Instalação

Leia mais

Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral.

Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral. DVR Veicular Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral. Dentro do menu Geral, clique em rede, como mostra a figura.

Leia mais

ATA. manual do usuário. Version 1.0 ATA 010001

ATA. manual do usuário. Version 1.0 ATA 010001 Version 1.0 ATA 010001 CONTEÚDO DO KIT FLIP ATA - Adaptador de Analógico (Terminal FLIP) Fonte de energia elétrica AC/DC Cabo de Cabo de Rede Manual do Usuário ESPECIFICAÇÃO LED RING LNK/ACT STATUS PWR

Leia mais

Laboratório - Configuração de NAT dinâmico e estático

Laboratório - Configuração de NAT dinâmico e estático Topologia Tabela de Endereçamento Dispositivo Interface Endereço IP Máscara de Sub-Rede Gateway padrão Objetivos Gateway G0/1 192.168.1.1 255.255.255.0 N/A S0/0/1 209.165.201.18 255.255.255.252 N/A ISP

Leia mais

Laboratório - Exploração do FTP

Laboratório - Exploração do FTP Objetivos Parte 1: Usar o FTP em um prompt de comando Parte 2: Baixar um arquivo FTP usando WS_FTP LE Parte 3: Usar o FTP em um navegador Histórico/cenário O File Transfer Protocol (FTP) faz parte do conjunto

Leia mais

Load Balance / Route Policy (para series Vigor 2860 / Vigor 2925)

Load Balance / Route Policy (para series Vigor 2860 / Vigor 2925) Load Balance / Route Policy (para series Vigor 2860 / Vigor 2925) Route Policy (também conhecido como PBR, policy-based routing) é um recurso que permite configurar estratégias de roteamento. Os pacotes

Leia mais

Backup de E-mails Utilizando o Outlook Express

Backup de E-mails Utilizando o Outlook Express Backup de E-mails Utilizando o Outlook Express Uma grande dúvida dos usuários do e-mail da Universidade Federal do Piauí é a realização de backups. Uma forma de realizar o backup é configurar programas

Leia mais

PHONE. manual do usuário. Version 1.0 FPP 010001

PHONE. manual do usuário. Version 1.0 FPP 010001 Version 1.0 FPP 010001 índice CONTEÚDO DO KIT FLIP ESPECIFICAÇÃO TERMINAL FUNÇÕES DO TERMINAL COMO INSTALAR O TERMINAL ANEXO I ANEXO II 5 5 5 6 9 12 17 CONTEÚDO DO KIT FLIP RC Terminal FLIP Phone Fonte

Leia mais

COMO CONFIGURAR MEU ROTEADOR?

COMO CONFIGURAR MEU ROTEADOR? COMO CONFIGURAR MEU ROTEADOR? PRIMEIROS PASSOS COMO CONFIGURAR MEU ROTEADOR? Antes de dar início a configuração através de um computador, siga os passos abaixo para preparar o aparelho: 1 - Mantenha o

Leia mais

Aula Prática 10 - Configuração Básica de Rede Wi-Fi

Aula Prática 10 - Configuração Básica de Rede Wi-Fi Aula Prática 10 - Configuração Básica de Rede Wi-Fi Equipamento: O equipamento utilizado nesta demonstração é um roteador wireless D-Link modelo DI-524, apresentado na figura abaixo. A porta LAN desse

Leia mais

HVR - GRAVADOR DIGITAL DE VÍDEO HÍBRIDO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO

HVR - GRAVADOR DIGITAL DE VÍDEO HÍBRIDO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO HVR - GRAVADOR DIGITAL DE VÍDEO HÍBRIDO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO Guia rápido do usuário para instalação e operação do DVR Edição R1.0 Bem-vindo! A série DVR/HVR, é um gravador, reprodutor e editor de imagens,

Leia mais

Abra o software de programação. Clique na opção VOIP, depois opção configuração conforme as imagens:

Abra o software de programação. Clique na opção VOIP, depois opção configuração conforme as imagens: Caro cliente, atendendo a sua solicitação de auxílio no processo de configuração da placa VoIP na central Impacta, segue um passo-a-passo para ajudar a visualização. Abra o software de programação. Clique

Leia mais

SERVIDOR HOTSPOT PARA HOTÉIS/POUSADAS - SMARTWEB MANUAL DE OPERAÇÕES

SERVIDOR HOTSPOT PARA HOTÉIS/POUSADAS - SMARTWEB MANUAL DE OPERAÇÕES SERVIDOR HOTSPOT PARA HOTÉIS/POUSADAS - SMARTWEB MANUAL DE OPERAÇÕES O SMARTWEB é um servidor baseado na plataforma Mikrotik que permite o gerenciamento e controle de acessos à internet. Libera acesso

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

W-R2000nl Guia de instalação

W-R2000nl Guia de instalação W-R2000nl Guia de instalação Sumário Introdução...3 Instalação...5 Configurando seu computador...6 Acessando a tela de configurações...7 Configuração de Roteamento...8 Trocando senha de sua rede sem fio...13

Leia mais